SUMÁRIO 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017"

Transcrição

1 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017 CURSO DE RESPONSABILIDADE DO DEPARTAMENTO DE ENSINO DO CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES DE CATANDUVA DIRIGENTE NAZIK BAUAB DE ALMEIDA SILVA SUMÁRIO 1ª AULA 1 Eu não vim destruir a Lei 1 A Primeira Revelação 1 A Segunda Revelação 2 A Terceira Revelação 3 Código de Ética da Nova Era 3 2ª AULA 6 Visão Geral do Antigo Testamento Suas Subdivisões Principais Profetas Salmos Provérbios. 6 Complemento da Aula 8 3ª AULA 10 O povo Hebreu Abrão José As Doze Tribos 10 Abraão 10 Isaac 10 Jaco 11 Os filhos de Jacó e a divisão das Tribos 11 Complemento da Aula 11 4ª AULA 13 Josué Os Juízes Os Reis Davi Salomão Os Dois Reinos Exílio - Diáspora 13 Complemento da Aula 14 5ª AULA 16 Visão Geral do Novo Testamento Suas Subdivisões 16 O Evangelho 16 Os Quatro Evangelistas 16 Atos dos Apóstolos e Epístolas 17 Evangelhos Apócrifos 18 Complemento da Aula 18 6ª AULA 20 O Advento do Messias Cumprimento das Profecias Nascimento de Jesus Os Magos 20 Complemento da Aula 22 7ª AULA 23 O Povo Judeu na Época de Jesus 23 Classes Sociais - Hierarquia Política e Religiosa 24

2 Costumes Cidades Vestuário Comércio Alimentação Trabalho Profissões 26 Complemento da Aula 28 Templo de Jerusalém 30 Mapa das Regiões e Cidades da Palestina 31 8ª AULA 32 Infância e Juventude de Jesus Fuga para o Egito Os Irmãos de Jesus Jesus no Templo entre os Doutores 32 João Batista 34 Nascimento de João Batista (Lc 1:57-66) 34 O Batismo de Jesus e o Testemunho de João Batista (Lc 3:21-22; Mt 3:13-17; Mc 1:9-11; Jo 1:32-34) 35 Prisão e Execução (Mt 14:1-13; Mc 6:14-29; Lc 3:19-20) 35 Complemento da Aula 36 ANÁLISE DO LIVRO HÁ ANOS EMMANUEL 38 9ª AULA 40 Início da Vida Pública de Jesus 40 Os Primeiros Discípulos 40 A Missão dos Doze Apóstolos 42 Complemento da Aula 43 10ª AULA 45 O Sermão do Monte 45 As Bem Aventuranças 45 Bem Aventurados os Pobres de Espírito 45 Bem Aventurados os que Choram (Mt., 5:4) 47 Bem Aventurado os que Sofrem perseguição por Amor da Justiça (Mt.,5:10) 48 Complemento da Aula 48 11ª AULA 50 Bem Aventurados os Manos Bem Aventurados os Pacificadores 50 Como reconhecer a injúria, a violência, a cólera? 50 Como nos tornamos afáveis, mansos e pacificadores? 51 Como ser manso e brando neste mundo de violência? 51 Como honrar a promessa do Senhor, na edificação desse mundo melhor? 52 Bem Aventurados os que têm fome e sede de justiça Bem aventurados os misericordiosos 52 Complemento da Aula 53 12ª AULA 55 Sermão do Monte 55 Bem aventurados os limpos de coração (Mt., 5:8) 55 A Virtude 56 Bem Aventurados quando vos Injuriarem e Perseguirem por Minha causa (Mt., 5:11) 56 Exultai-vos Porque é Grande o Vosso Galardão nos Céus (Mt., 5:12) 57 Complemento da Aula 58

3 13ª AULA 60 O Sermão do Monte 60 Vós Sois o Sal da Terra 60 Vós Sois a Luz do Mundo 60 Não vim Destruir a Lei (Mt., 5:17) 61 Reconcilia-te com Teu Adversário (Mt., 5:23 A 26) 62 O Adultério (Mt., 5:27) e (Lc., 16:18) 63 O Escândalo (Mt., 5:29-30) 63 O Juramento (Mt., 5:33) 63 Complemento da Aula 64 14ª AULA 66 O Sermão do Monte 66 Olho Por Olho, Dente Por Dente (Mt., 5:38) 66 Amai os Vossos Inimigos (Mt., 5:44) 67 Sede Perfeitos como Vosso Pai que está nos Céus (Mt., 5:48) 67 Complemento da Aula 68 15ª AULA 70 O Sermão do Monte 70 Que a Mão Esquerda não Saiba o que Faz a Direita 70 Orar e Vigiar (Mt 26:41; 6:5-8; Lc 22:46) 71 Oração Dominical (Mt 6:9-13) 72 O Jejum (Mt 6:16-18) 73 Complemento da Aula 74 16ª AULA 75 O Sermão do Monte 75 O Verdadeiro Tesouro (Mt., 6:19-21) 75 A Candeia do Corpo (Mt., 6:22-23) 75 Ninguém Pode Servir a Dois Senhores (Mt., 6:24) 75 Buscai e Achareis (Mt.,6:25) e (Lc.,12:23) 76 Complemento da Aula 77 17ª AULA 79 Sermão do Monte 79 Só Deus Pode Julgar 79 A Responsabilidade da Fé 80 Pedi e dar-se-vos-á (Mt., 7:7) e (Lc., 11:9) 80 Entrai pela porta estreita (Mt., 7:13-14) e (Lc., 13:24) 80 Acautelai-vos dos Falsos Profetas (Mt., 7:15-23) 81 O Verdadeiro Discípulo (Mt., 7:21-23) 81 A Casa Sobre Pedra (Mt., 7: 24-27; Lc., 6:46-49) 81 Complemento da Aula 82 18ª AULA 84 Caracteres dos Milagres 84 Os Milagres no Sentido Teológico 84 Faz Deus Milagres? 85

4 O Sobrenatural e as Religiões 86 Ação dos Espíritos Sobre a Matéria 87 Complemento da Aula 87 19ª AULA 89 Superioridade da Natureza de Jesus 89 Entrada de Jesus em Jerusalém 90 Pesca Milagrosa (Lc., 5:1-7) 90 Vocação de Pedro, André, Tiago, João, Mateus e Natanael 91 Complemento da Aula 91 20ª AULA 93 Os Milagres de Jesus 93 Perda de Sangue 93 Cego de Betsaida 94 Paralítico de Cafarnaum 94 Os Dez Leprosos 94 O Homem da Mão Ressequida 95 O Paralítico da Piscina 95 Cego de Nascença 96 O Servo do Centurião de Cafarnaum 96 Outras Curas Operadas por Jesus 96 Complemento da Aula 97 21ª AULA 99 Ressurreições 99 A Ressurreição de Lázaro 99 Ressurreição da Filha de Jairo 100 Ressurreição do Filho da Viúva de Naim 101 Jesus Caminha Sobre as Águas (Mt., 14:22-33; Mc., 6:45-52) 101 Tempestade Aplacada (Mt., 8:23-27; Lc., 8:22-25) 102 Água Tornada Vinho (Bodas de Caná) 102 Complemento da Aula ª AULA 105 Transfiguração de Jesus (Mt., 17:9-13) (Mc., 9:9-13) (Lc., 9:28-36) 105 A Multiplicação dos Pães (Mt., 14:13-21e15:32-39; Mc., 6:30-44; Lc., 9:10-17; Jo., 6:1-14) 106 O Pão da Vida (Jo., 6:22-41) 107 As Aparições de Jesus Após a Sua Morte 107 Complemento da Aula ª AULA 111 Análise Sumária das Obsessões. Possessão 111 Os Obsedados do Evangelho 112 O Possesso de Cafarnaum (Mc., 1:21-28; Lc., 4:31-37) 113 Os Possessos Gadarenos (Mt., 8:28-34; Mc., 5:1-20; Lc., 8:26-39) 113 O Jovem Lunático (Mt., 17:14-21; Mc., 9:14-29; Lc., 9:37-43) 114 A Filha da Mulher Cananéia (Mt., 15:21-28; Mc., 7:24-30) 114

5 Os Sete Espíritos de Maria Madalena (Lc., 8:1-2; Mc., 16:9) 114 A Mulher Curvada (Lc., 13:10-17) 115 Complemento da Aula ª AULA 117 Estranha Moral 117 Abandonar Pais, Irmãos, Esposa e Filhos 118 Não vim trazer a paz, mas sim a espada 120 Deixa que os mortos enterrem seus mortos 121 O Ciclo de Eliseu 122

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Bem - Aventuranças Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Eu estou à tua porta a bater, Eu estou à tua porta a bater, Se me abrires a porta entrarei para enviar. Eu preciso

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS

ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS Esboço do Evangelho de Mateus 1 ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS FILIPE DUNAWAY I. Prólogo (Mt 1.1 2.23). A. A genealogia messiânica de Jesus (1.1-17). B. O nascimento de Jesus Cristo, o filho de Davi e Deus

Leia mais

Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ

Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ Como foi a missão de Jesus de Nazaré? Viveu o anúncio Anunciou o que viveu Para entender a missão de Jesus Entender o contexto

Leia mais

LIÇÃO 1 ENSINANDO COM AUTORIDADE Mateus 5.1-2; 7.28-29. Estudo Indutivo

LIÇÃO 1 ENSINANDO COM AUTORIDADE Mateus 5.1-2; 7.28-29. Estudo Indutivo LIÇÃO 1 ENSINANDO COM AUTORIDADE Mateus 5.1-2; 7.28-29 1. Por que é relevante saber a quem Jesus se dirigiu quando proferiu o Sermão do Monte? 2. Com base no texto de Mateus 4.24, é possível saber qual

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 3 MILAGRES DE JESUS

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 3 MILAGRES DE JESUS ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 3 MILAGRES DE JESUS JESUS ACALMA AS TEMPESTADES MATEUS 8:23-27; 14:22-33; MARCOS 4:35-41 OS MILAGRES: R E L E M B R A N D O - São ricos em significados (nos acorda dos milagres

Leia mais

Os pobres de espírito. Os que choram. Os mansos. Os que tem fome e sede de justiça. Os misericordiosos. Os limpos de coração

Os pobres de espírito. Os que choram. Os mansos. Os que tem fome e sede de justiça. Os misericordiosos. Os limpos de coração O Reino De Deus Intro. No AT, não se encontra a frase, Reino de Deus e nem dos Ceus. Por outro lado temos muitos textos que mostra que Deus reina sobre sua criação. A reação do Senhor diante do pedido

Leia mais

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1)

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) Ministério de Intercessão A Intercessão e a Batalha Espiritual Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) O que é Intercessão?

Leia mais

O Movimento de Jesus

O Movimento de Jesus O Movimento de Jesus Tudo começou na Galiléia Quando Jesus começou a percorrer a Palestina, indo das aldeias às cidades, anunciando a Boa Nova do Evangelho, o povo trabalhador ia atrás dele. A fama de

Leia mais

BATISMO COM ESPÍRITO SANTO

BATISMO COM ESPÍRITO SANTO 1 BATISMO COM ESPÍRITO SANTO 1 Cantai de júbilo a Deus, força nossa; celebrai o Deus de Jacó.2 Salmodiai e fazei soar o tamboril, a suave harpa com o saltério.3 Tocai a trombeta na Festa da Lua Nova, na

Leia mais

DOMINGO XXVIII. «Considerei a riqueza como nada, em comparação com a sabedoria»

DOMINGO XXVIII. «Considerei a riqueza como nada, em comparação com a sabedoria» LEITURA I Sab 7, 7-11 «Considerei a riqueza como nada, em comparação com a sabedoria» Leitura do Livro da Sabedoria Orei e foi-me dada a prudência; implorei e veio a mim o espírito de sabedoria. Preferi-a

Leia mais

BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO

BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO PAGINA 1 BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO 10. O ENSINAMENTO SOBRE JESUS Pouco tempo depois, ajuntou-se outra vez uma grande multidão. Como eles não tinham nada para comer, Jesus chamou os discípulos

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

ESCOLA DE EDUCAÇÃO EVANGÉLICA

ESCOLA DE EDUCAÇÃO EVANGÉLICA ÁRE DE ENSINO ESCOL DE EDUCÇÃO EVNGÉLIC PROGRM 1 o NO DE EDUCÇÃO EVNGÉLIC 2015 UL/DI SSUNTOS/TEMS BIBLIOGRFI Reunidos em torno de Ismael, não tendes outros deveres senão estudar os Evangelhos à luz da

Leia mais

EBD ADU 2011. Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio

EBD ADU 2011. Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio Aulas sobre o Espírito Santo e você. EBD ADU 2011 Prefácio 1. Quem é o Espírito Santo? 2. Os símbolos do Espírito Santo 3. O Espírito Santo e as Escrituras 4. Da criação até o nascimento de Jesus 5. Do

Leia mais

Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor!

Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor! 16º DOMINGO DO TEMPO COMUM - 19 de julho de 2015 Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor! Leituras: Jeremias 23, 1-6; Salmo 22 (23), 1-3a.3b-4.5.6 (R/1.6a); Efésios 2, 13-18;

Leia mais

EVANGELHO DE JOÃO 1. QUEM É O AUTOR DO EVANGELHO DE JOÃO. 2. QUEM SÃO OS DESTINATÁRIOS DO EVANGELHO? 3. ESTRUTURA DO EVANGELHO DE JOÃO.

EVANGELHO DE JOÃO 1. QUEM É O AUTOR DO EVANGELHO DE JOÃO. 2. QUEM SÃO OS DESTINATÁRIOS DO EVANGELHO? 3. ESTRUTURA DO EVANGELHO DE JOÃO. EVANGELHO DE JOÃO 1. QUEM É O AUTOR DO EVANGELHO DE JOÃO. Pe. Deolino Pedro Baldissera Curso Bíblico Paróquia Nossa Senhora Aparecida Moema, São Paulo - SP É difícil dizer com certeza quem escreveu o Evangelho

Leia mais

E aconteceu que, apertando-o a multidão para ouvir a Palavra de Deus, estava Ele junto ao lago de Genezaré.

E aconteceu que, apertando-o a multidão para ouvir a Palavra de Deus, estava Ele junto ao lago de Genezaré. E aconteceu que, apertando-o a multidão para ouvir a Palavra de Deus, estava Ele junto ao lago de Genezaré. E andando ao longo do mar da Galileia, viu dois barcos junto à praia. Os pescadores, Simão, chamado

Leia mais

Vós sois a luz do mundo Mateus 5:14

Vós sois a luz do mundo Mateus 5:14 Vós sois a luz do mundo Mateus 5:14 Bem aventuranças O caráter do Cristão Humilde de Espírito O que chora Manso Fome e sede de justiça Misericordioso Limpo de coração Pacificador A influência do Cristão

Leia mais

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição. São Mateus Ano litúrgico A

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição. São Mateus Ano litúrgico A Evangelho de São Mateus Ano litúrgico A O Segundo Envangelho O TEMPO DE JESUS E O TEMPO DA IGREJA Este Evangelho, transmitido em grego pela Igreja, deve ter sido escrito originariamente em aramaico, a

Leia mais

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo.

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo. Adoração Eucarística Subsídios Pastorais www.fatima.pt/documentacao André Batista BATISTA, André Adoração Eucarística. Em VAZ, Carla Abreu, coord. Envolvidos no amor de Deus pelo mundo: Itinerário Temático

Leia mais

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14)

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Português Sagrada Família de Jesus, Maria e José B Deus apareceu na terra e começou a viver no meio de nós. (cf. Bar 3,38) Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Deus quis honrar os pais nos filhos

Leia mais

Batismo do Senhor. Homilia comentada para a Família Salesiana. Mc 1,7-11

Batismo do Senhor. Homilia comentada para a Família Salesiana. Mc 1,7-11 Batismo do Senhor Homilia comentada para a Família Salesiana P. J. Rocha Monteiro, sdb Mc 1,7-11 1. Introdução. Cenário. O tema do Batismo do Senhor poderia ser definido como construir uma igreja para

Leia mais

Filho de Zebedeu. Irmão de Tiago. João 21:20-24 descreve o autor como sendo "o discípulo que Jesus amava Filhos do trovão; Marcos 3:17

Filho de Zebedeu. Irmão de Tiago. João 21:20-24 descreve o autor como sendo o discípulo que Jesus amava Filhos do trovão; Marcos 3:17 Aula 4 05/11/2014 Filho de Zebedeu Irmão de Tiago João 21:20-24 descreve o autor como sendo "o discípulo que Jesus amava Filhos do trovão; Marcos 3:17 João provavelmente morava em Betsaida, na Galileia

Leia mais

Roteiro 7 Fenômenos psíquicos no Evangelho

Roteiro 7 Fenômenos psíquicos no Evangelho FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 7 Fenômenos psíquicos no Evangelho Objetivos Conceituar milagre

Leia mais

Fraternidade Espírita Lar de Luz - FELLUZ

Fraternidade Espírita Lar de Luz - FELLUZ PROGRAMAÇÃO JANEIRO 2008 07 10 14 17 21 24 28 31 20:30 21:30 ANO NOVO: COMPROMISSOS E IDEALIZAÇÕES PARA O ANO QUE SE INICIA Salim 20:30 21:30 MEDIUNIDADE COM JESUS Regina Bedeschi 20:30 21:30 O HOMEM NO

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA Introdução: A devoção à Sagrada Família alcançou grande popularidade no século XVII, propagando-se rapidamente não só na Europa, mas também nos países da América. A festa, instituída

Leia mais

Unidade 6 Unidade 5 Unidade 4 Unidade 3 Unidade 2 Unidade 1

Unidade 6 Unidade 5 Unidade 4 Unidade 3 Unidade 2 Unidade 1 Unidade 6 Unidade 5 Unidade 4 Unidade 3 Unidade 2 Unidade 1 O nascimento de Jesus me ajuda a louvar Jesus foi criança igual a mim Jesus me convida a segui-lo suas atitudes As histórias de m a segui-lo

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 1ª Semana da Quaresma Dai-nos,

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

Igreja Batista Renovada de Boituva www.igrejabatista.boituvasp.com.br

Igreja Batista Renovada de Boituva www.igrejabatista.boituvasp.com.br 34 Lição 5 A Quem deve ser batizado? Antes de subir ao céu, o Senhor Jesus Cristo ordenou aos seus discípulos: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda a criatura. Quem crê e for batizado

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas?

Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas? Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas? 1 Coríntios 15.1-11 1. Irmãos, quero lembrar-lhes o evangelho que lhes preguei, o qual vocês receberam e no qual estão firmes. 2. Por meio deste evangelho

Leia mais

Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011

Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011 Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011 Mensagem 01 Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, 02 e ele começou a ensiná-los, dizendo: 03 Bem-aventurados os

Leia mais

O Antigo Testamento Deus mostra-se no Antigo Testamento como Aquele que criou o mundo por amor e permanece fiel ao ser humano, mesmo que este, pelo

O Antigo Testamento Deus mostra-se no Antigo Testamento como Aquele que criou o mundo por amor e permanece fiel ao ser humano, mesmo que este, pelo A missão na Bíblia A Bíblia No Antigo Testamento, a Missão é o convite para que o povo se purifique da idolatria e da magia e caminhe junto de Deus. No Novo Testamento, a Missão é envio aos confins do

Leia mais

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque

Leia mais

segunda-feira, 20 de agosto de 12

segunda-feira, 20 de agosto de 12 o perigo: abordagens contemporâneas (remakes) Sempre e sempre, de novo, a figura de Jesus tem sido terrivelmente amputada a fim de adaptar-se ao gosto de cada geração. Durante toda a história da igreja

Leia mais

A PESSOA MAIS IMPORTANTE DO MUNDO

A PESSOA MAIS IMPORTANTE DO MUNDO A PESSOA MAIS IMPORTANTE DO MUNDO ELBEN M. LENZ CÉSAR A PESSOA MAIS IMPORTANTE DO MUNDO Copyright 2001 by Elben M. Lenz César Projeto Gráfico: Editora Ultimato 1ª Edição: Julho de 2001 Revisão: Bernadete

Leia mais

A Intenção do Coração

A Intenção do Coração A Intenção do Coração Provérbios 4:23 Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida. Provérbios 4:23 Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida

Leia mais

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO 25-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Como se deu a entrada messiânica em Jerusalém? No tempo estabelecido,

Leia mais

Mateus 10: Jesus e Seus Discípulos

Mateus 10: Jesus e Seus Discípulos Lição 5 26 de julho a 2 de agosto Mateus 10: Jesus e Seus Discípulos Sábado à tarde Ano Bíblico: Is 11 14 VERSO PARA MEMORIZAR: Não temais, pois! Bem mais valeis vós do que muitos pardais (Mt 10:31). LEITURAS

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 A PESCA MILAGROSA

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 A PESCA MILAGROSA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 A PESCA MILAGROSA A PESCA MILAGROSA LUCAS 5:1-11; JOÃO 21:1-17 A PRIMEIRA PESCA MARAVILHOSA JÁ ESTÁ TUDO PAGO! NÃO DEVO + Porque estudar os milagres de Jesus? Jesus nos

Leia mais

MARÇO. 4 de Março S. Casimiro. 7 de Março S. Perpétua e S. Felicidade, mártires. Memória. Comum dos Santos: pp. 562 ss.

MARÇO. 4 de Março S. Casimiro. 7 de Março S. Perpétua e S. Felicidade, mártires. Memória. Comum dos Santos: pp. 562 ss. MARÇO 4 de Março S. Casimiro Comum dos Santos: pp. 562 ss. LEITURA I Filip 3, 8-14: p. 598 SALMO RESPONSORIAL Salmo 14 (15), 2-3a.3bc-4ab.4c-5: p. 563 EVANGELHO Jo 15, 9-17: p. 641 7 de Março S. Perpétua

Leia mais

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT)

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) A FMT-Escola oferece este Curso para aqueles que tem um chamado para a obra de missões, mas que também queiram servir na igreja local. O CURSO A) CURSO

Leia mais

O povo da Bíblia HEBREUS

O povo da Bíblia HEBREUS O povo da Bíblia HEBREUS A FORMAÇÃO HEBRAICA Os hebreus eram pastores nômades que se organizavam em tribos lideradas por chefes de família denominado patriarca. Principais patriarcas: Abraão, Jacó e Isaac.

Leia mais

JESUS É CONDENADO À MORTE

JESUS É CONDENADO À MORTE É um caminho de oração muito presente na tradição da Igreja: ele ajuda os fiéis a fazer memória da paixão de Cristo para que o seu amor salvífico seja revelado em suas vidas e suscitar uma activa participação

Leia mais

BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa)

BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa) BAPTISMO DAS CRIANÇAS (Sem Missa) Cântico de Entrada SAUDAÇÃO E MONIÇÃO INICIAL DIÁLOGO COM OS PAIS E PADRINHOS Que nome escolhestes para o vosso filho? Pais: (dizem o nome do filho). Que pedis à Igreja

Leia mais

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Quando, porém, chegou a plenitude do tempo, enviou Deus o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a Lei,

Leia mais

Pedro Livro de Atos ITQ-Vila Ema Prof.Baroni

Pedro Livro de Atos ITQ-Vila Ema Prof.Baroni Pedro Livro de Atos ITQ-Vila Ema Prof.Baroni Os Apóstolos Recebem o Espírito Santo (2:1-4) As coisas relatadas no capítulo 2 aconteceram no dia de Pentecostes (2:1), que foi o dia depois do sétimo sábado

Leia mais

EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS

EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS Lição 3 EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS 1. Mateus O Evangelho de Mateus recebe o nome do seu autor, que significa presente do Senhor. Mateus foi um judeu, coletor de impostos para o governo romano, ou seja,

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes Unidade II Natureza-Sociedade: questões ambientais 2 Aula 8.1 Conteúdo Hebreus, Fenícios e Persas. 3 Habilidade Identificar as principais características físicas,

Leia mais

Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia.

Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia. Páscoa do Senhor de 2015 Missa do Dia. Caríssimos Irmãos e Irmãs: Assim que Maria Madalena vira o túmulo vazio, correu à Jerusalém atrás de Pedro e João. Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DISCIPLINA: UNIDADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PLANIFICAÇÃO ANUAL - ANO LETIVO: 2015-2016 1 A PESSOA HUMANA EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA

Leia mais

Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes

Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes 17º DOMINGO DO TEMPO COMUM 26 de julho de 2015 Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes Leituras: Segundo Livro dos Reis 4, 42-44; Salmo 144 (145),

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 5

Ajuntai tesouros no céu - 5 "Ajuntai tesouros no céu" - 5 Mt 6:19-21 Temos procurado entender melhor através das escrituras, o que Jesus desejou ensinar aos seus discípulos nesta sequência de palavras, e pra isso, estudamos algumas

Leia mais

Permanecei no meu amor

Permanecei no meu amor PNV 325 Permanecei no meu amor Círculos Bíblicos sobre o Evangelho de João Carlos Mesters Mercedes Lopes Francisco Orofino São Leopoldo/RS 2014 Centro de Estudos Bíblicos Rua João Batista de Freitas, 558

Leia mais

Pe. Mário Zuchetto, CSS

Pe. Mário Zuchetto, CSS de São Marcos Estudo Bíblico dirigido por Pe. Mário Zuchetto, CSS sobre o Evangelho de São Marcos, versículo a versículo (Mc 1,1 a 16,19-20) Edição Eletrônica: Dezembro, 2007 Pe. Mário Zuchetto css Pertence

Leia mais

Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar perguntas durante a exibição; montar grupos de reflexão após a exibição, e assim por diante.

Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar perguntas durante a exibição; montar grupos de reflexão após a exibição, e assim por diante. O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar

Leia mais

Perfil da Igreja que possui maturidade

Perfil da Igreja que possui maturidade Perfil da Igreja que possui maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Atos 2.7-45 7 - E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?

Leia mais

A Apostolicidade da Fé

A Apostolicidade da Fé EMBARGO ATÉ ÀS 18H30M DO DIA 10 DE MARÇO DE 2013 A Apostolicidade da Fé Catequese do 4º Domingo da Quaresma Sé Patriarcal, 10 de Março de 2013 1. A fé da Igreja recebemo-la dos Apóstolos de Jesus. A eles

Leia mais

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim 5º DOMINGO DA PÁSCOA 18 de maio de 2014 Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim Leituras: Atos 6, 1-7; Salmo 32 (33), 1-2,4-5.18-19; Primeira Carta de Pedro 2, 4-9; João

Leia mais

SEGUIMENTO DE JESUS. FREI JOÃO CARLOS KARLING, ofm jckarling@gmail.com 51 9833 8421. jckarling@gmail.com "Vem e segue-me..." 1

SEGUIMENTO DE JESUS. FREI JOÃO CARLOS KARLING, ofm jckarling@gmail.com 51 9833 8421. jckarling@gmail.com Vem e segue-me... 1 FREI JOÃO CARLOS KARLING, ofm jckarling@gmail.com 51 9833 8421 jckarling@gmail.com "Vem e segue-me..." 1 Quem foi Jesus? Onde e como viveu? O que viu? Ouviu? Falou? Testemunhou? Como era seu mundo? Quais

Leia mais

LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS

LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS 1 TEXTO BÍBLICO - Lucas 6,12-19 (Fazer uma Oração ao Espírito Santo, ler o texto bíblico, fazer um momento de meditação, refletindo sobre os três verbos do texto

Leia mais

BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA

BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS EM PALAVRA HUMANA 1 - Palavra de Deus testemunhada no AT e no NT. A Bíblia testemunha a Palavra de Deus que chegou ao povo de Israel formando o Antigo Testamento; é Palavra de Deus

Leia mais

DOMINGO XXVIII. «Naamã foi ter novamente com o homem de Deus» e confessou a sua fé no Senhor

DOMINGO XXVIII. «Naamã foi ter novamente com o homem de Deus» e confessou a sua fé no Senhor DOMINGO XXVIII LEITURA I 2 Reis 5, 14-17 «Naamã foi ter novamente com o homem de Deus» e confessou a sua fé no Senhor Leitura do Segundo Livro dos Reis Naqueles dias, o general sírio Naamã desceu ao Jordão

Leia mais

Virgindade perpétua de Maria Santíssima

Virgindade perpétua de Maria Santíssima Virgindade perpétua de Maria Santíssima Maternidade e virgindade são alternativas da mulher, que se excluem por natureza, que Deus quer reunir milagrosamente na sua Mãe. Os textos mais antigos chamam a

Leia mais

Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar perguntas durante a exibição; montar grupos de reflexão após a exibição, e assim por diante.

Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar perguntas durante a exibição; montar grupos de reflexão após a exibição, e assim por diante. O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar

Leia mais

2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS

2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS 2.3. A MISSÃO NOS SINÓTICOS Sergio Bensur 1. RESUMO E OBJETIVO Resumo Os Evangelhos Sinóticos não apresentam uma visão unitária da missão. Embora tendo um pano de fundo comum cada um deles tem seu próprio

Leia mais

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio FB MED, M3, 3 ANO, ANUAL, INTENSIVO Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio Todavia, eu sou o SENHOR teu Deus desde a terra do Egito; portanto não reconhecerás outro deus além de mim, porque não há Salvador

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso.

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. Evangelho de Lucas O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. A Dimensão Bíblica da Missão Verbita Brasil Norte SVD Referente: Benjamin Eber Barrios (Gigio) SVD Material

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

A História do Novo Testamento

A História do Novo Testamento A História do Novo Testamento Resumos dos relatos históricos do Novo Testamento preparados para ajudar professores nas aulas a serem ministradas para crianças Dennis Allan Distribuição Gratuita Venda Proibida

Leia mais

Ev. Jacson Austragésilo 10/05/2015

Ev. Jacson Austragésilo 10/05/2015 1 2 3 4 OBJETIVO GERAL Mostrar a importância das mulheres no ministério do Senhor Jesus Cristo e na expansão do Reino de Deus. 5 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Analisar a participação das mulheres no judaísmo e

Leia mais

www.autoresespiritasclassicos.com

www.autoresespiritasclassicos.com www.autoresespiritasclassicos.com A Importância da Bíblia para a Doutrina Espírita Astrid Sayegh Filósofa, é Diretora de Cursos Básicos da Federação Espírita do Estado de São Paulo A Humanidade já foi

Leia mais

JOÃO DE JESUS MOUTINHO EVANGELHO SEM MISTÉRIOS VÉUS NEM. Textos bíblicos interpretados à luz da Codificação Kardequiana

JOÃO DE JESUS MOUTINHO EVANGELHO SEM MISTÉRIOS VÉUS NEM. Textos bíblicos interpretados à luz da Codificação Kardequiana JOÃO DE JESUS MOUTINHO O EVANGELHO SEM MISTÉRIOS NEM VÉUS Textos bíblicos interpretados à luz da Codificação Kardequiana Sumário Conversa com o leitor... 11 Os mistérios... 13 Véus do templo... 17 1 Saga

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem?

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? O Batismo nas Águas O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? É UMA ORDENANÇA DE JESUS O batismo é uma ordenança clara de Jesus para todo aquele que

Leia mais

São Paulo ganha dos companheiros. São atribuías a S.Paulo 14 cartas. Umas são dele mesmo: Romanos, 1 e 2 aos Corintios, a Filemom, aos Gálatas, aos

São Paulo ganha dos companheiros. São atribuías a S.Paulo 14 cartas. Umas são dele mesmo: Romanos, 1 e 2 aos Corintios, a Filemom, aos Gálatas, aos No Antigo Testamento são citadas algumas cartas, como no 2ºMacabeus, capi.1º. Mas é no Novo Testamento que muitas cartas foram conservadas como parte integrante da revelação de Deus. No Novo Testamento

Leia mais

Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015. LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO

Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015. LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO Curso OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015 LEI DIVINA ou NATURAL e LEI DE ADORAÇÃO José Aparecido 18.03.2015 CURSO DOUTRINARIO OAM Turma 6 Módulo 2 1º Semestre 2015 Aulas Curso Doutrinário OAM Turma 6

Leia mais

Um pouco mais de história

Um pouco mais de história Um pouco mais de história Narrativa bíblica De acordo com João, este milagre ocorreu perto da "Porta das Ovelhas", perto de uma fonte ou "piscina" que é chamada de Betesda em aramaico. Ali costumava juntar

Leia mais

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO Solenidade LEITURA I 2 Sam 5, 1-3 «Ungiram David como rei de Israel» Leitura do Segundo Livro de Samuel Naqueles dias, todas as tribos

Leia mais

O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa

O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa Nenhuma parte desta publicação poderá ser utilizada ou reproduzida -

Leia mais

APOSTOLADO DA ORAÇÃO

APOSTOLADO DA ORAÇÃO APOSTOLADO DA ORAÇÃO INFORMATIVO APOSTOLADO DA ORAÇÃO ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS - SC Outubro: Mês Missionário A missão é feita: com os pés dos que partem... com os joelhos dos que rezam... e as mãos

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

Vivendo Para o Propósito de Deus

Vivendo Para o Propósito de Deus Muitos desejam viver para agradar a Deus. Porém, poucos são os que procuram descobrir seu propósito de vida. Para quê eu nasci e por que ainda estou vivo(a)? São duas questões chaves para a nossa existência

Leia mais

PROGRAMA PARA ESTUDO DO EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO Organizado por André Bozzetti

PROGRAMA PARA ESTUDO DO EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO Organizado por André Bozzetti PROGRAMA PARA ESTUDO DO EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO Organizado por André Bozzetti A explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias

Leia mais

Dia 23 de Janeiro - Domingo

Dia 23 de Janeiro - Domingo Comunidade de Católicos Brasileiros Diocese de Arlington, Virginia EUA Leituras da missa para o domingo dia 23 de janeiro de 2011 III DOMINGO DO TEMPO COMUM Dia 23 de Janeiro - Domingo Antífona da entrada:

Leia mais

Síntese. Coragem, filha! A tua fé te salvou. (Mt 9, 22).

Síntese. Coragem, filha! A tua fé te salvou. (Mt 9, 22). Síntese Coragem, filha! A tua fé te salvou (Mt 9, 22). Novembro de 2013 2 Editorial Caros Polens, Entramos no penúltimo mês do ano. Nossos novos irmãos se encontram cada vez mais perto de nós em suas e

Leia mais

O investimento para viagem saíra por $ 4.390,00 à vista ou parcelado em 36 vezes pela financeira.

O investimento para viagem saíra por $ 4.390,00 à vista ou parcelado em 36 vezes pela financeira. Contagem regressiva para a caravana do Pastor Juanribe Pagliarin a Israel, que ocorrerá em maio. O grupo embarcará rumo a Terra Santa no dia 19 de maio e permanecerá até o dia 28. No roteiro, lugares sagrados

Leia mais

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica A unidade na fé a caminho da missão Nossa Visão Manifestar a unidade da igreja por meio do testemunho visível

Leia mais

Nasce uma nova Igreja

Nasce uma nova Igreja Nasce uma nova Igreja O Livro dos Atos dos Apóstolos é a segunda parte do Evangelho de São Lucas. No Evangelho, Lucas apresenta a vida e a atividade terrena de Jesus como a grande viagem que vai da Galiléia

Leia mais

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero saudá-lo,

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero saudá-lo, Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero saudá-lo, desejando sobre você e toda a sua família as mais preciosas bênçãos do Senhor. É um 1 prazer estar mais uma vez

Leia mais

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406

Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário. Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Estudo 17 Testemunhar a Cristo: um desafio diário Em Marcha, 2015.1 IGREJA METODISTA ASA NORTE 406 Roteiro 1- Introdução 2- Fundamento Bíblico 3- Conclusão 1. Introdução Voce entende por que é importante

Leia mais