Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico"

Transcrição

1 Propedêutica Bíblica 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico

2 24* Este é o discípulo que dá testemunho destas coisas e que as escreveu. E nós sabemos bem que o seu testemunho é verdadeiro. 25 Há ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se elas fossem escritas, uma por uma, penso que o mundo não teria espaço para os livros que se deveriam escrever. Jo 21, 24ss ORAÇÃO

3 AULA ANTERIOR

4 Análise Texto Bíblico Sincrónica analisa linguisticamente o texto tal e qual como está, no seu presente. Diacrónica analisa o texto na sua evolução, procurando reconstruir o seu processo redaccional.

5 Autógrafos Texto Bíblico Transmissão Texto Interpretação Comunidade Apógrafos

6 Não há conhecimentos dos autógrafos (escritos originais) mas só dos apógrafos (cópias dos originais) Pouca resistência dos materiais Ausência de consciência de salvaguardar os documentos Vitalidade das comunidades crentes Carácter prático e/ou utilitário das cópias Texto Bíblico

7 1. Tradição oral Texto Bíblico 2. Redacção 3. Transcrição 4. Recensão

8 Da tradição oral à redacção

9 5. Livros Compilam-se os livros do AntigoTestamento Compilam-se os livros do Novo Testamento 4. Tradição escrita Os relatos são postos por escrito Os relatos são postos por escrito 3. Tradição oral 2. Reflexão Da reflexão nascem relatos que se transmitem oralmente O povo reflecte a sua História à luz das suas crenças Relatos sobre a vida de Jesus são falados nas comunidades e aos não crentes Os discípulos reflectem sobre Jesus à luz da sua fé nele 1. Facto histórico História do povo Hebreu Jesus e primeiras comunidades

10 São Boaventura afirma que, sem a fé, não há chave de acesso ao texto sagrado: «Esta é o conhecimento de Jesus Cristo, do qual têm origem, como de uma fonte, a segurança e a inteligência de toda a Sagrada Escritura. Por isso é impossível que alguém possa entrar para a conhecer, se antes não tiver a fé infusa de Cristo que é lanterna, porta e também fundamento de toda a Escritura».

11 E São Tomás de Aquino, mencionando Santo Agostinho, insiste vigorosamente: «A letra do Evangelho também mata, se faltar a graça interior da fé que cura». Verbum Domini 29

12 Da redacção à transcrição e recensão

13 Tradições hebraicas escritas Pentateuco: fixação e consolidação Versão do Pentateuco Samaritano Tradução grega dos LXX [séc. III I a.ec] Manuscritos de Qumrán [séc. III a EC a séc. I] Targumim [séc. V a.ec.] Texto Bíblico Texto massorético [séc. VI - VIII] Fixação do texto consonântico e do cânone [final do séc. I]

14 Textos mais antigos da Bíblia (consideremos o cântico de Débora) séc. XI a.ec. Último livro do cânone bíblico cristão do AT (o livro da Sabedoria) séc. I a.ec. Fixação do texto hebraico consonântico: início do séc. II d.c. Cópia do códice de S. Petersburgo: concluída no ano 1008

15

16

17

18

19

20

21

22

23 1 No princípio existia o Verbo; o Verbo estava em Deus; e o Verbo era Deus. 2 No princípio Ele estava em Deus. 3 Por Ele é que tudo começou a existir; e sem Ele nada veio à existência. 4 Nele é que estava a Vida de tudo o que veio a existir. E a Vida era a Luz dos homens. 5 A Luz brilhou nas trevas, mas as trevas não a receberam. 6 Apareceu um homem, enviado por Deus, que se chamava João. 7 Este vinha como testemunha, para dar testemunho da Luz e todos crerem por meio dele. 8 Ele não era a Luz, mas vinha para dar testemunho da Luz. 9 O Verbo era a Luz verdadeira, que, ao vir ao mundo, a todo o homem ilumina. Texto Bíblico

24 1 No princípio existia o Verbo; o Verbo estava em Deus; e o Verbo era Deus. 2 No princípio Ele estava em Deus. 3 Por Ele é que tudo começou a existir; e sem Ele nada veio à existência. 4 Nele é que estava a Vida de tudo o que veio a existir. E a Vida era a Luz dos homens. 5 A Luz brilhou nas trevas, mas as trevas não a receberam. 6 Apareceu um homem, enviado por Deus, que se chamava João. 7 Este vinha como testemunha, para dar testemunho da Luz e todos crerem por meio dele. 8 Ele não era a Luz, mas vinha para dar testemunho da Luz. 9 O Verbo era a Luz verdadeira, que, ao vir ao mundo, a todo o homem ilumina. Texto Bíblico

25 3 Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu. 4 Felizes os que choram, porque serão consolados. 5 Felizes os mansos, porque possuirão a terra. 6 Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. 7 Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. 8 Felizes os puros de coração, porque verão a Deus. 9 Felizes os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus. 10 Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu. 11 Felizes sereis, quando vos insultarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o género de calúnias contra vós, por minha causa. 12 Exultai e alegrai-vos, porque grande será a vossa recompensa no Céu; pois também assim perseguiram os profetas que vos precederam.

26 3 Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu. 4 Felizes os que choram, porque serão consolados. 5 Felizes os mansos, porque possuirão a terra. 6 Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. 7 Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. 8 Felizes os puros de coração, porque verão a Deus. 9 Felizes os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus. 10 Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu. 11 Felizes sereis, quando vos insultarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o género de calúnias contra vós, por minha causa. 12 Exultai e alegrai-vos, porque grande será a vossa recompensa no Céu; pois também assim perseguiram os profetas que vos precederam.

27 Foram assim terminados os céus e a Terra e todo o seu conjunto. 2 Concluída, no sétimo dia, toda a obra que tinha feito, Deus repousou, no sétimo dia, de todo o trabalho por Ele realizado. 3 Deus abençoou o sétimo dia e santificou-o, visto ter sido nesse dia que Ele repousou de toda a obra da criação. 4 Esta é a origem da criação dos céus e da Terra. Quando o Senhor Deus fez a Terra e os céus, 5 e ainda não havia arbusto algum pelos campos, nem sequer uma planta germinara ainda, porque o Senhor Deus ainda não tinha feito chover sobre a terra, e não havia homem para a cultivar, 6 e da terra brotava uma nascente que regava toda a superfície, 7 então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e insufloulhe pelas narinas o sopro da vida, e o homem transformou-se num ser vivo.

28 Foram assim terminados os céus e a Terra e todo o seu conjunto. 2 Concluída, no sétimo dia, toda a obra que tinha feito, Deus repousou, no sétimo dia, de todo o trabalho por Ele realizado. 3 Deus abençoou o sétimo dia e santificou-o, visto ter sido nesse dia que Ele repousou de toda a obra da criação. 4 Esta é a origem da criação dos céus e da Terra. Quando o Senhor Deus fez a Terra e os céus, 5 e ainda não havia arbusto algum pelos campos, nem sequer uma planta germinara ainda, porque o Senhor Deus ainda não tinha feito chover sobre a terra, e não havia homem para a cultivar, 6 e da terra brotava uma nascente que regava toda a superfície, 7 então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e insufloulhe pelas narinas o sopro da vida, e o homem transformou-se num ser vivo.

29 SEMESTRE Datas das Aulas 14 Outubro 21 Outubro 28 Outubro 4 Novembro 11Novembro 18 Novembro 25 Novembro 2 Dezembro 9 Dezembro 16 Dezembro 6 de Janeiro 13 Janeiro 20 Janeiro 27 Janeiro 3 Fevereiro

30 Propedêutica Bíblica Paróquia do Algueirão P. Hugo Gonçalves

Propedêutica Bíblica. 10 de Fevereiro de 2014 Síntese e conclusões

Propedêutica Bíblica. 10 de Fevereiro de 2014 Síntese e conclusões Propedêutica Bíblica 10 de Fevereiro de 2014 Síntese e conclusões ORAÇÃO Lucas, 24, 13-33 13* Nesse mesmo dia, dois dos discípulos iam a caminho de uma aldeia chamada Emaús, que ficava a cerca de duas

Leia mais

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis.

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão, aguardando a aurora. Conservai essa vossa

Leia mais

Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes!

Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes! Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum-2.2.2014 Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão,

Leia mais

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças)

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) Admonitor 1- Jovem da Maria da Luz Admonitor 2- Jovem da Jovem Bússola- Jovem da Mónica/Fátima ADMONIÇÃO INICIAL

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM egunda-feira da 10ª Semana do Tempo Comum S 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

PARTE 2 - A PALAVRA NORMATIVA. O CÂNONE BÍBLICO

PARTE 2 - A PALAVRA NORMATIVA. O CÂNONE BÍBLICO Índice Siglas e abreviaturas 6 Introdução 7 PARTE 1 - A PALAVRA INSPIRADA CAPÍTULO I - NATUREZA DA INSPIRAÇÃO BÍBLICA 12 1. A inspiração bíblica no limiar do Vaticano II 13 1.1. Deus, autor principal,

Leia mais

EVANGELHO. Jo 15, [Leccionário, pg. 398]

EVANGELHO. Jo 15, [Leccionário, pg. 398] EVANGELHO As sugestões aqui apresentadas estão de acordo com o Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. Jo 15, 12-16 [Leccionário, pg. 398] «É este o meu mandamento:que vos ameis uns aos

Leia mais

Evangelho. As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12

Evangelho. As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12 Evangelho As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12 12 As Bem Aventuranças 1. Bem Aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus. 2. Bem Aventurados os que choram, porque eles serão consolados.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 30 DE DEZEMBRO Deus eterno e todo-poderoso, que

Leia mais

Missa do Dia. «Todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus»

Missa do Dia. «Todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus» 80 TEMPO DO NATAL Missa do Dia LEITURA I Is 52, 7-10 «Todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus» Leitura do Livro de Isaías Como são belos sobre os montes os pés do mensageiro que anuncia

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

Egmon Pereira. 22 de Junho de 2016

Egmon Pereira. 22 de Junho de 2016 Igreja Presbiteriana do Brasil 22 de Junho de 2016 Por que estudar o Sermão do Monte? Por que estudar o Sermão do Monte? 1 - Por se tratar da descrição pessoal do que Jesus Cristo desejava que seus seguidores

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes BÍBLIA Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO BÍBLIA: ENTENDENDO A PALAVRA DE DEUS O que devo conhecer sobre a bíblia? Diversidade dos Autores Condições de alguns autores quando foram inspirados

Leia mais

Em busca da felicidade

Em busca da felicidade Em busca da felicidade Contribuição de Pr. Sergio Mascarenhas 28 de outubro de 2010 Em busca da felicidade (MT 5:1-12) (1) A felicidade segundo o consenso do mundo, é insana e fantasiosa; já segundo o

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 23ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

A leitura da Bíblia. questões centrais

A leitura da Bíblia. questões centrais questões centrais O que é a Bíblia? Quem é o autor e como escreveu? O que é o tema central? Por quê devo lê-la? Quando devo lê-la? Como? Requisitos? Como? Ajuda? Um novo propósito! o que é a Bíblia (1)

Leia mais

AS BEM-AVENTURANÇAS. Introdução. Trem de mineiro...

AS BEM-AVENTURANÇAS. Introdução. Trem de mineiro... AS BEM-AVENTURANÇAS Introdução Trem de mineiro... Nós, mineiros, gostamos muito de trem. Eu me lembro das várias vezes que embarquei no trem que vai de Belo Horizonte a Vitória e desembarquei em Aimorés,

Leia mais

- Você pode ficar feliz quando alguém caçoa de vc por estar agindo certo?

- Você pode ficar feliz quando alguém caçoa de vc por estar agindo certo? AULA: As bem-aventuranças DESENVOLVIMENTO: Apresentar cartaz colorido com a bem-aventurança a ser estudada e desenvolver o tema. O Mestre Jesus consola aos que são perseguidos e incompreendidos por crerem

Leia mais

Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição.

Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição. Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição. 1º Expectativa de Vida (estamos vivendo mais) 2º Apoio social (significa ter com quem contar em situações problemáticas).

Leia mais

Amar como Jesus amou Um dia uma criança me parou Olhou-me nos meus olhos a sorrir Caneta e papel na sua mão Tarefa escolar para cumprir E perguntou no meio de um sorriso O que é preciso para ser feliz?

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa 1 Evangelho de João Este evangelho tem 21 capítulos. Evangelho do Filho de Deus / Divino. 1 - Autor: João, o apóstolo, ele foi o último dos apóstolos a morrer. 2 - Data: Alguns escritores acreditam que

Leia mais

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood LIVROS APÓCRIFOS Aula 1 Introdução Guilherme A. Wood Perguntas: Por que a Bíblia contém estes livros? Por que a Bíblia Católica contém alguns livros a mais? Por que alguns outros livros despertam o interesse

Leia mais

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL Pr. Adriano Diniz 18 jan 2015 TEXTO ÁUREO O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas.

Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. 1 Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo 5 5.3 Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. Você se considera mais crente que seu irmão? Acha que sua fé

Leia mais

Dia de Todos os Santos

Dia de Todos os Santos 1 «Vinde a Mim, vós todos os que andais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei, diz o Breve comentário: As Bem-aventuranças revelam a realidade misteriosa da vida em Deus, iniciada no Baptismo. Aos olhos

Leia mais

«Vai, profeta, ao meu povo»

«Vai, profeta, ao meu povo» Perdão, Senhor. «Vai, profeta, ao meu povo» Leitura da Profecia de Amós Amós 7, 12-15 Naqueles dias, Amasias, sacerdote de Betel, disse a Amós: «Vai-te daqui, vidente. Foge para a terra de Judá. Aí ganharás

Leia mais

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. 5 Introdução A devoção ao Imaculado Coração de Maria é uma das mais belas manifestações

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 20 de Janeiro de 2014 Bíblia e Magistério

Propedêutica Bíblica. 20 de Janeiro de 2014 Bíblia e Magistério Propedêutica Bíblica 20 de Janeiro de 2014 Bíblia e Magistério ORAÇÃO Hebreus 1 Muitas vezes e de muitos modos, falou Deus aos nossos pais, nos tempos antigos, por meio dos profetas. 2 Nestes dias, que

Leia mais

A construção de uma casa

A construção de uma casa 5º ano Catequese 1 A construção de uma casa De quem precisamos? Quais os materiais a comprar? 5º Ano 1ª Catequese " O Projeto de DEUS" Vamos construir uma casa: (Desenhar uma casa, a planta da casa, etc.)

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático O Reino de Deus Estudo Bíblico e Sistemático Antigo Testamento Sl 103.19 Deus é visto como o rei da criação, tendo domínio sobre todos os aspectos da criação (inanimados, animados e humanos). Ao criar

Leia mais

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM FÉ: Primeiro você coloca o pé, depois Deus coloca o chão. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM Para muitos, a

Leia mais

NOSSA SENHORA APARECIDA

NOSSA SENHORA APARECIDA NOSSA SENHORA APARECIDA Denilson Aparecido Rossi Nossa Senhora Aparecida 1 REFLETINDO No corrente ano de 2017, estamos celebrando os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida. Lembramos que essa

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 3ª Semana do Advento 1) Oração O Evangelho

Leia mais

Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de º Ano de Catequese

Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de º Ano de Catequese Celebração das Bem-Aventuranças Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de 2013 7º Ano de Catequese Entrada Solene Cântico de entrada Senhor, quero cantar a manhã e o sol, Escuta o meu louvor por mais um dia.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM arta-feira da 3ª Semana da Páscoa Qu 1) Oração Permanecei,

Leia mais

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã Objetivos da Disciplina Facilitar o estudo, compreensão e o uso adequado da Bíblia. Familiarizar o aluno com

Leia mais

3.º Encontro 2015/2016

3.º Encontro 2015/2016 Escola da Fé 3.º Encontro 2015/2016 CÂNTICO: Onde há Caridade e Amor Onde há caridade e amor aí habita Deus. Papa Francisco abriu porta santa do Jubileu da Misericórdia na Catedral de Bangui, em África,

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ Material Estudo Bíblico Parte I Apresentação Pe Antônio 24/08 A BÍBLIA SAGRADA Palavra de Deus. Deus fala ao seu povo Deus se revela, se manifesta, intervém

Leia mais

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

Lição 1 O Obreiro na Família de Deus

Lição 1 O Obreiro na Família de Deus Lição 1 O Obreiro na Família de Deus Há poucos meses que o António é crente, e ele está extremamente feliz com as maravilhosas verdades que encontra no seu estudo frequente da Palavra de Deus. Ele tem

Leia mais

Programação de palestras ABRIL E MAIO de 2014 Sábado TEMA PRINCIPAL DO ANO:

Programação de palestras ABRIL E MAIO de 2014 Sábado TEMA PRINCIPAL DO ANO: Programação de palestras ABRIL E MAIO de 2014 Sábado 5/4 12/4 19/4 26/4 3/5 10/5 17/5 24/5 31/5 ABRIL Bem-aventurados os pobres de espírito porque deles é o reino dos céus. Bens materiais e bens espirituais.

Leia mais

CREIO EM DEUS PAI Catequese com adultos Chave de Bronze

CREIO EM DEUS PAI Catequese com adultos Chave de Bronze CREIO EM DEUS PAI 03-12-2011 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze O que são os símbolos da fé? São definições abreviadas da fé, que possibilitam uma confissão comum a todos os crentes. Como surgiram

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 4ª Semana da Páscoa 1) Oração Ó Deus, vida

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Festa do Batismo do Senhor Ano C Dom, 17 de Maio de :24 - Última atualização Dom, 10 de Janeiro de :07

Festa do Batismo do Senhor Ano C Dom, 17 de Maio de :24 - Última atualização Dom, 10 de Janeiro de :07 Is 42,1-4.6-7 Sl 28 At 10,34-38 Lc 3,15s.21-22 A Festa de hoje encerra o sagrado tempo do Natal: o Pai apresenta, manifesta a Israel o Salvador que ele nos deu, o Menino que nasceu para nós: Tu és o meu

Leia mais

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "ELE te declarou, ó homem, o que é bom;

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. ELE te declarou, ó homem, o que é bom; O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "ELE te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR requer de ti, 1 / 6 senão que pratiques a justiça, e ames a

Leia mais

Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania:

Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania: Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania: CAPELANIA EM GERAL: Mateus 25: 31 a 46 CAPELANIA JUDICIAL: em especial o vs. 37 de Mateus 25

Leia mais

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Tema do trimestre: Maravilhosa graça O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Estudo da epístola de Paulo aos Romanos, um dos livros mais analisados na história da Igreja (Agostinho,

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico REGULAMENTO OFICIAL Alfabeto Bíblico Tem como objetivo levar o competidor a encontrar na Bíblia versículos que comecem com cada letra do alfabeto da língua portuguesa e contenham em seu texto, uma palavra-chave,

Leia mais

Prefácio. Santo Tomás de Aquino. Suma Teológica, II-II, q. 28, a. 4.

Prefácio. Santo Tomás de Aquino. Suma Teológica, II-II, q. 28, a. 4. Prefácio A vida de São Francisco de Assis foi e continua sendo fonte de inspiração para tantos homens e mulheres de boa vontade que, percebendo a beleza que emana do amor, desejam experimentar também a

Leia mais

"E o verbo se fez carne e habitou entre nós João 1.14

E o verbo se fez carne e habitou entre nós João 1.14 "E o verbo se fez carne e habitou entre nós João 1.14 Genesis 1.1 No princípio A história da 1ª criação João 1.1 No princípio A história da Nova criação Nas duas obras de criação o agente é a Palavra de

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Curso de Teologia de Leigos

Curso de Teologia de Leigos Curso de Teologia de Leigos O MISTÉRIO DA CRIAÇÃO; DEUS MANTÉM E SUSTENTA A CRIAÇÃO; DEUS REALIZA O SEU PROJETO: A DIVINA PROVIDÊNCIA; A DIVINA PROVIDÊNCIA E AS CAUSAS SEGUNDAS; A DIVINA PROVIDÊNCIA E

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles»

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles» ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos «Elevou-Se à vista deles» No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, desde

Leia mais

Bem aventurado os misericordiosos...

Bem aventurado os misericordiosos... Bem aventurado os misericordiosos... Mateus 5.7 Mateus 5: 7 Bem aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia. (NVI) Outras versões Mateus 5: 7 Felizes as pessoas que têm misericórdia dos outros,

Leia mais

Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento

Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento A palavra Bíblia deriva do grego: ta biblía; plural de: ton biblíon. E significa "livros" Logo descobrimos que a Bíblia é uma coleção de livros! Nós, cristãos,

Leia mais

JUSTIFICATIVA. OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e metodologicamente fundam Específicos:

JUSTIFICATIVA. OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e metodologicamente fundam Específicos: JUSTIFICATIVA A Bíblia é a fonte primeira da teologia cristã, de onde os mais diversos grupos do cristianismo retiram OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e

Leia mais

XVI Domingo do Tempo Comum

XVI Domingo do Tempo Comum XVI Domingo do Tempo Comum «Após o pecado, dais lugar ao arrependimento» Leitura do Livro da Sabedoria Sab 12, 13.16-19 Não há Deus, além de Vós, que tenha cuidado de todas as coisas; a ninguém tendes

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO Sumário Introdução 1. A compreensão do dízimo 1.1 Os fundamentos do dízimo 1.2 O que é o dízimo? 1.3 As dimensões do dízimo 1.4 As finalidades do dízimo 2. Orientações

Leia mais

Quando a Bíblia é vista assim, ela parece um livro caído do céu. E aí, acaba negando a relação que a Bíblia tem com a história de um povo.

Quando a Bíblia é vista assim, ela parece um livro caído do céu. E aí, acaba negando a relação que a Bíblia tem com a história de um povo. A Bíblia A Bíblia chegou e chega até nós, sendo Palavra de Deus e Fruto da revelação direta de Deus. Quando a Bíblia é vista assim, ela parece um livro caído do céu. E aí, acaba negando a relação que a

Leia mais

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja Lição 5 ATOS 1. Atos O livro de Atos foi o segundo escrito por Lucas, também destinado a Teófilo. Acredita-se que originalmente não tivesse título, sendo inserido Atos ou Atos dos Apóstolos nos manuscritos

Leia mais

As Bem-Aventuranças. Roteiro 1

As Bem-Aventuranças. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus As Bem-Aventuranças Roteiro 1 Objetivo Explicar as bem-aventuranças

Leia mais

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus»

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Ascensão do Senhor «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Perdão, Senhor. Leitura dos Actos dos Apóstolos Actos 1, 1-11 No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou

Leia mais

A natureza do povo do reino

A natureza do povo do reino A natureza do povo do reino Aqui está a descrição da natureza de um vencedor, alguém que está debaixo do domínio e do governo do Rei; Os nove aspectos da natureza dos filhos do reino são acompanhados da

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011

Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011 Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011 Mensagem 01 Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, 02 e ele começou a ensiná-los, dizendo: 03 Bem-aventurados os

Leia mais

LIÇÃO 2 O ÚNICO DEUS VERDADEIRO E A CRIAÇÃO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 2 O ÚNICO DEUS VERDADEIRO E A CRIAÇÃO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 2 O ÚNICO DEUS VERDADEIRO E A CRIAÇÃO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO NÃO EXISTE OUTRO DEUS YAHWEH é o único e verdadeiro Deus não existindo outro deus além dele. Nesta lição estudaremos

Leia mais

II Domingo do Tempo Pascal

II Domingo do Tempo Pascal «Porque Me viste, acreditaste.» «felizes os que acreditam sem terem visto.» 1 Ambiente: Continuamos na segunda parte do Quarto Evangelho, onde nos é apresentada a comunidade da Nova Aliança. A indicação

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

1ª LIÇÃO O SERMÃO DA MONTANHA Parte 1

1ª LIÇÃO O SERMÃO DA MONTANHA Parte 1 0 1ª LIÇÃO O SERMÃO DA MONTANHA Parte 1 As Bem-Aventuranças Mateus 5:1-12 E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos; e, abrindo a sua boca, os

Leia mais

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA NASCIMENTO Pb. Márcio Tarcísio Mendonça Ferreira 5º) NA NECESSIDADE ABSOLUTA DO PELA GRAÇA DE

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

Orações Semanais para a Quaresma

Orações Semanais para a Quaresma Orações Semanais para a Quaresma Nesta Quaresma iremos realizar uma pequena oração no inicio ou no fim de cada reunião, pretendendo assim criar o hábito de oração em grupo, mas relembrando sempre que somos

Leia mais

4 O que é uma igreja baseada em princípios?

4 O que é uma igreja baseada em princípios? 4 O que é uma igreja baseada em princípios? Essa igreja é uma comunidade local onde todos os membros, vivenciando os princípios apresentados na Palavra de Deus, têm por objetivo glorificar a Deus e cumprir

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 5ª Semana da Páscoa Ó Deus, vossa

Leia mais

Gênesis 1:1 É a MAÇANETA, o TRINCO que abrirá a porta para descobrir toda a beleza, de toda a história da humanidade e do universo.

Gênesis 1:1 É a MAÇANETA, o TRINCO que abrirá a porta para descobrir toda a beleza, de toda a história da humanidade e do universo. Gênesis 1:1 É a MAÇANETA, o TRINCO que abrirá a porta para descobrir toda a beleza, de toda a história da humanidade e do universo. * Por toda a Bíblia vemos referências e afirmações sobre a CRIAÇÃO, sempre

Leia mais

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 CRISTOLOGIA OS TRÊS OFÍCIOS

Leia mais

1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação.

1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação. Introdução 1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação. 4º A Regra Espiritual da Interpretação 5º O que disse Jesus

Leia mais

Quando a Bíblia é vista assim, ela parece um livro caído do céu. E aí, acaba negando a relação que a Bíblia tem com a história de um povo.

Quando a Bíblia é vista assim, ela parece um livro caído do céu. E aí, acaba negando a relação que a Bíblia tem com a história de um povo. A Bíblia A Bíblia chegou e chega até nós, sendo Palavra de Deus e Fruto da revelação direta de Deus. Quando a Bíblia é vista assim, ela parece um livro caído do céu. E aí, acaba negando a relação que a

Leia mais

Cristo, o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna. Uma Exposição de 1ªJoão. (1ª Mensagem)

Cristo, o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna. Uma Exposição de 1ªJoão. (1ª Mensagem) Cristo, o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna Uma Exposição de 1ªJoão (1ª Mensagem) Imagine um homem com seus noventa e poucos anos, por quem você tem um profundo respeito, cujos ensinamentos estão carregados

Leia mais

O ÚNICO DEUS DE ISRAEL

O ÚNICO DEUS DE ISRAEL - 2014 - QUE A GRAÇA E A PAZ DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO ESTEJA SEMPRE COM VOCÊ! Boa Leitura! JESUS: O Cordeiro e O Leão O ÚNICO DEUS DE ISRAEL O DEUS JEOVÁ É JESUS... Sim ou Não? Para afirmar

Leia mais

Quantos querem uma família feliz? Certamente, todos. Olhemos a felicidade segundo Jesus, nas bem-aventuranças (Mt ).

Quantos querem uma família feliz? Certamente, todos. Olhemos a felicidade segundo Jesus, nas bem-aventuranças (Mt ). FAMÍLIAS BEM-AVENTURADAS Mensagem pregada pelo Pr Luciano R. Peterlevitz, na Igreja Batista Novo Coração, em 14 de maio de 2017. Mateus 5.3-12. INTRODUÇÃO Quantos querem uma família feliz? Certamente,

Leia mais

O Espírito Santo. Ontem e Hoje

O Espírito Santo. Ontem e Hoje O Espírito Santo Ontem e Hoje E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem

Leia mais

As epístolas de Paulo (1)

As epístolas de Paulo (1) FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 14 As epístolas de Paulo (1) Objetivos Assinalar características

Leia mais

Nota: As palavras do Papa estão em negrito e os nossos acréscimos estão em itálico. CIC significa Catecismo da Igreja Católica.

Nota: As palavras do Papa estão em negrito e os nossos acréscimos estão em itálico. CIC significa Catecismo da Igreja Católica. A luz da Fé O Papa Francisco presenteia para todos nós sua primeira Encíclica, titulada Lumen Fidei (Luz da Fé). Logo abaixo apresentamos um trecho da referida Carta. O que seria a Luz da Fé? Nós precisamos

Leia mais

A DOUTRINA DA TRINDADE

A DOUTRINA DA TRINDADE A DOUTRINA DA TRINDADE A Trindade, Ensinamento doutrinal de domínio no cristianismo, diz que, o Único Deus, revela-se em três pessoas divinas distintas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Que a mesma divindade

Leia mais

A BÍBLIA. Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração. Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto

A BÍBLIA. Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração. Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto A BÍBLIA Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto CONSOLIDAÇÃO 2015, O ANO DA ADORAÇÃO 2016, O ANO DA COMUNHÃO 2017, O ANO DA DOUTRINA 2018,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

Aula 7 : 22/Mar/2015. Te m a d a A u l a O Evangelho de João Proclamando Fé em Jesus como única fonte de salvação

Aula 7 : 22/Mar/2015. Te m a d a A u l a O Evangelho de João Proclamando Fé em Jesus como única fonte de salvação Te m a G e r a l A h i s t ó r i a d e J e s u s V i d a e M i n i s t é r i o Aula 7 : 22/Mar/2015 Te m a d a A u l a Escola Bíblica Dominical COXIPÓ lorikrama@hotmail.com Visão Geral Título Autoria Datação

Leia mais

INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização.

INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização. INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização. - O trabalho de ganhar almas é de iniciativa divina e somente quem tem comunhão com o Senhor

Leia mais

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Hoje, muitos cristãos têm a Bíblia em mão e lêem-na com freqüência. Essa realidade acontece, também, entre os católicos, cuja

Leia mais

Marcos 9,11: E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?.

Marcos 9,11: E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?. MARCOS 9,11 JOÃO BATISTA E ELIAS vivendopelapalavra.com Revisão e comentários: Helio Clemente Marcos 9,11: E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?.

Leia mais

A BÍBLIA. Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração. Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto

A BÍBLIA. Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração. Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto A BÍBLIA Palavra de Deus, Regra de Fé e Adoração Sem. Augusto José Honorio de Almeida Diác. Denis do Prado Netto CONSOLIDAÇÃO 2015, O ANO DA ADORAÇÃO 2016, O ANO DA COMUNHÃO 2017, O ANO DA DOUTRINA 2018,

Leia mais

DOMINGO II DEPOIS DO NATAL. (entre 2 e 5 de Janeiro) Vésperas I

DOMINGO II DEPOIS DO NATAL. (entre 2 e 5 de Janeiro) Vésperas I DOMINGO II DEPOIS DO NATAL (entre 2 e 5 de Janeiro) Nas regiões onde a Epifania se celebra a 6 de Janeiro. Semana II do Saltério Hi n o. Vésperas I Sa l m o d i a Salmos e cântico do Domingo II. Ant. 1

Leia mais

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s O Reino de Deus Mateus 3:1,2 Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo. Mateus 4:17 Daí

Leia mais