ASSISTÊNCIA AOS NECESSITADOS DIÓGENES DE MEDEIROS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ASSISTÊNCIA AOS NECESSITADOS DIÓGENES DE MEDEIROS"

Transcrição

1 ASSISTÊNCIA AOS NECESSITADOS DIÓGENES DE MEDEIROS PROGRAMAÇÃO DOS ESTUDOS DE 2ªs E 5ªs FEIRAS 2017 DATA 02/01 05/01 09/01 12/01 16/01 19/01 23/01 26/01 30/01 02/02 06/02 09/02 13/02 16/02 20/02 23/02 DIA DA SEMANA TEMAS EXPOSITOR O CRISTO CONSOLADOR Marco A FÉ QUE TRANSPORTA MONTANHAS Nilson O CRISTO CONSOLADOR Luis A FÉ QUE TRANSPORTA MONTANHAS Sérgio A AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE OS FLUIDOS Lincoln CRIAÇÕES MENTAIS Jonas A AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE OS FLUIDOS Olga CRIAÇÕES MENTAIS Alcir HÁ ESPÍRITOS? Junior HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI HÁ ESPÍRITOS? Rubens HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI Alcir MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO Isabel MUITOS OS CHAMADOS E POUCOS OS ESCOLHIDOS Gilson MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO Clara MUITOS OS CHAMADOS E POUCOS OS ESCOLHIDOS Sérgio DEFINIÇÃO E PROPRIEDADES DO PERISPÍRITO Marco A ESCALA ESPÍRITA Lincoln DEFINIÇÃO E PROPRIEDADES DO PERISPÍRITO Luis A ESCALA ESPÍRITA Olga NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS... Jonas BEM-AVENTURADOS OS POBRES DE ESPÍRITO Junior NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS... Rubens BEM-AVENTURADOS OS POBRES DE ESPÍRITO PLURALIDADE DAS EXISTÊNCIAS Isabel PRELÚDIO DO RETORNO E LIGAÇÃO DA E DO CORPO PLURALIDADE DAS EXISTÊNCIAS Alcir PRELÚDIO DO RETORNO E LIGAÇÃO DA E DO CORPO Gilson BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS JUSTIÇA DAS AFLIÇÕES E Lincoln BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS ESQUECIMENTO DO BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS JUSTIÇA DAS AFLIÇÕES E BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS ESQUECIMENTO DO Junior Clara Sérgio

2 27/02 Segunda CARNAVAL /03 06/03 09/03 13/03 16/03 20/03 23/03 27/03 30/03 03/04 06/04 10/04 13/04 17/04 20/04 24/04 27/04 01/05 HONRAI VOSSO PAI E A VOSSA MÃE Francine Marco HONRAI VOSSO PAI E A VOSSA MÃE Gilson NÃO SEPARAR O QUE DEUS JUNTOU Olga Luis NÃO SEPARAR O QUE DEUS JUNTOU Isabel A MISSÃO EDUCADORA DOS PAIS Alcir O INCONSCIENTE Rubens A MISSÃO EDUCADORA DOS PAIS Jonas O INCONSCIENTE Lincoln AMAI O PRÓXIMO COMO A SI MESMO Clara ORIGENS DAS FORÇAS SEXUAIS DA Sérgio AMAI O PRÓXIMO COMO A SI MESMO Junior ORIGENS DAS FORÇAS SEXUAIS DA Luis A VISÃO ESPÍRITA DA HOMOSSEXUALIDADE Olga O PRECONCEITO Gilson A VISÃO ESPÍRITA DA HOMOSSEXUALIDADE Marco O PRECONCEITO FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO Rubens Francine FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO Jonas Isabel EMANCIPAÇÃO DA 1 O SONO E OS SONHOS Sérgio BEM-AVENTURADOS OS QUE TÊM PURO O CORAÇÃO Alcir EMANCIPAÇÃO DA 1 O SONO E OS SONHOS Lincoln BEM-AVENTURADOS OS QUE TÊM PURO O CORAÇÃO Gilson PEDI E OBTEREIS Clara EMANCIPAÇÃO DA 2 SONAMBULISMO, ÊXTASE E DUPLA VISTA (LETARGIA E CATALEPSIA) PEDI E OBTEREIS Junior EMANCIPAÇÃO DA 2 SONAMBULISMO, ÊXTASE E DUPLA VISTA (LETARGIA E CATALEPSIA) A MORTE: SEPARAÇÃO DA DO CORPO Olga NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMOM Francine A MORTE: SEPARAÇÃO DA DO CORPO Nilson NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMOM Jonas

3 04/05 08/05 11/05 15/05 18/05 22/05 25/05 29/05 01/06 05/06 08/06 12/06 15/06 19/06 22/06 OS TRABALHADORES DA ÚLTIMA HORA Luis A VIDA ESPÍRITA 1 - ESPÍRITOS ERRANTES, MUNDOS TRANSITÓRIOS E PERCEPÇÃO E SENSAÇÃO DOS ESPÍRITOS Rubens OS TRABALHADORES DA ÚLTIMA HORA Marco A VIDA ESPÍRITA 1 - ESPÍRITOS ERRANTES, MUNDOS TRANSITÓRIOS E PERCEPÇÃO E SENSAÇÃO DOS ESPÍRITOS A VIDA ESPÍRITA 2: RELAÇÕES DE ALÉM-TÚMULO E LEMBRANÇAS DA EXISTÊNCIA CORPÓREA Lincoln Sérgio BEM-AVENTURADOS OS BRANDOS E PACÍFICOS Alcir A VIDA ESPÍRITA 2: RELAÇÕES DE ALÉM-TÚMULO E LEMBRANÇAS DA EXISTÊNCIA CORPÓREA Isabel BEM-AVENTURADOS OS BRANDOS E PACÍFICOS Gilson HAVERÁ FALSOS CRISTOS E FALSOS PROFETAS Clara INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS NO MUNDO CORPÓREO 1 AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE O PENSAMENTO HAVERÁ FALSOS CRISTOS E FALSOS PROFETAS Junior INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS NO MUNDO CORPÓREO 1 AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE O PENSAMENTO INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS NO MUNDO CORPÓREO 2: OS PROCESSOS OBSESSIVOS: OBSESSÃO SIMPLES, SUBJUGAÇÃO E FASCINAÇÃO Olga AMAI OS VOSSOS INIMIGOS Francine INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS NO MUNDO CORPÓREO 2: OS PROCESSOS OBSESSIVOS: OBSESSÃO SIMPLES, SUBJUGAÇÃO E FASCINAÇÃO AMAI OS VOSSOS INIMIGOS Jonas DAI DE GRAÇA O QUE GRAÇA RECEBER Sérgio INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS NO MUNDO CORPÓREO 3: A MEDIUNIDADE E OS PROCESSOS DE COMUNICAÇÃO MEDIÚNICA Luis Rubens DAI DE GRAÇA O QUE GRAÇA RECEBER Marco INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS NO MUNDO CORPÓREO 3: A MEDIUNIDADE E OS PROCESSOS DE COMUNICAÇÃO MEDIÚNICA INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS NO MUNDO CORPÓREO 4 AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE OS ACONTECIMENTOS DA VIDA E SOBRE OS FENÔMENOS NATURAIS Lincoln Alcir BEM-AVENTURADOS OS MISERICORDIOSOS Clara INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS NO MUNDO CORPÓREO 4 AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE OS ACONTECIMENTOS DA VIDA E SOBRE OS FENÔMENOS NATURAIS Junior BEM-AVENTURADOS OS MISERICORDIOSOS Isabel BUSCAI E ACHAREIS Nilson ANJOS E DEMÔNIOS BUSCAI E ACHAREIS Jonas ANJOS E DEMÔNIOS Gilson OS PACTOS E O PODER OCULTO DE TALISMÃS E FEITICEIROS Olga NÃO SAIBA SUA MÃO ESQUERDA O QUE FAZ A DIREITA Francine

4 26/06 29/06 03/07 06/07 10/07 13/07 17/07 20/07 24/07 27/07 31/07 03/08 07/08 10/08 14/08 17/08 21/08 24/08 28/08 31/08 04/09 OS PACTOS E O PODER OCULTO DE TALISMÃS E FEITICEIROS Luis NÃO SAIBA SUA MÃO ESQUERDA O QUE FAZ A DIREITA Marco NÃO PONHAIS A CADEIA DEBAIXO DO ALQUEIRE Sérgio O DOM DE CURAR: OS PASSES E AS VIBRAÇÕES Alcir NÃO PONHAIS A CADEIA DEBAIXO DO ALQUEIRE Lincoln O DOM DE CURAR: OS PASSES E AS VIBRAÇÕES FELICIDADE E INFELICIDADE RELATIVAS: PENAS E GOZOS TERRENOS Rubens A MORAL ESTRANHA Clara FELICIDADE E INFELICIDADE RELATIVAS: PENAS E GOZOS TERRENOS Isabel A MORAL ESTRANHA Gilson O PORVIR E O NADA: PENAS E GOZOS TERRENOS Olga A LEI DIVINA OU NATURAL O PORVIR E O NADA: PENAS E GOZOS TERRENOS Jonas A LEI DIVINA OU NATURAL Junior LEI DE ADORAÇÃO Luis LEI DO TRABALHO Sérgio LEI DE ADORAÇÃO Marco LEI DO TRABALHO LEI DE REPRODUÇÃO Alcir LEI DE CONSERVAÇÃO LEI DE REPRODUÇÃO Junior LEI DE CONSERVAÇÃO Lincoln LEI DE DESTRUIÇÃO Clara A VISÃO ESPÍRITA DAS DROGAS Rubens LEI DE DESTRUIÇÃO Isabel A VISÃO ESPÍRITA DAS DROGAS Gilson LEI DE SOCIEDADE Alcir LEI DE PROGRESSO Francine LEI DE SOCIEDADE Jonas LEI DE PROGRESSO Luis LEI DE IGUALDADE Clara LEI DE LIBERDADE LEI DE IGUALDADE Marco LEI DE LIBERDADE LEI DE JUSTIÇA, AMOR E CARIDADE Olga A EXISTÊNCIA DE DEUS Rubens LEI DE JUSTIÇA, AMOR E CARIDADE Isabel A EXISTÊNCIA DE DEUS Lincoln OS ATRIBUTOS DA DIVINDADE E A PROVIDÊNCIA DIVINA Sérgio EU NÃO VIM DESTRUIR A LEI Alcir OS ATRIBUTOS DA DIVINDADE E A PROVIDÊNCIA DIVINA Junior EU NÃO VIM DESTRUIR A LEI Gilson

5 07/09 11/09 14/09 18/09 21/09 25/09 28/09 02/10 05/10 09/10 12/10 16/10 19/10 23/10 26/10 30/10 O CRISTO CONSOLADOR Nilson AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE OS FLUIDOS Clara O CRISTO CONSOLADOR Luis AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE OS FLUIDOS Jonas CRIAÇÕES MENTAIS Olga SEDES PERFEITOS COMO VOSSO PAI CELESTIAL É PERFEITO Francine CRIAÇÕES MENTAIS Marco SEDES PERFEITOS COMO VOSSO PAI CELESTIAL É PERFEITO A FÉ QUE TRANSPORTA MONTANHA Rubens HÁ ESPÍRITOS? A FÉ QUE TRANSPORTA MONTANHA Isabel HÁ ESPÍRITOS? Junior DEFINIÇÃO E PROPRIEDADES DO PERISPÍRITO Sérgio HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI Alcir DEFINIÇÃO E PROPRIEDADES DO PERISPÍRITO Lincoln HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI Gilson MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO Clara A ESCALA ESPÍRITA Olga MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO Luis A ESCALA ESPÍRITA A PLURALIDADE DAS EXISTÊNCIAS Nilson MUITOS OS CHAMADOS E POUCOS OS ESCOLHIDOS Francine A PLURALIDADE DAS EXISTÊNCIAS Marco MUITOS OS CHAMADOS E POUCOS OS ESCOLHIDOS Jonas BEM-AVENTURADOS OS POBRES DE ESPÍRITO Rubens ENCARNAÇÃO DOS ESPÍRITOS PRELÚDIO DO RETORNO E LIGAÇÃO DA E DO CORPO Sérgio BEM-AVENTURADOS OS POBRES DE ESPÍRITO Isabel ENCARNAÇÃO DOS ESPÍRITOS PRELÚDIO DO RETORNO E LIGAÇÃO DA E DO CORPO BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS JUSTIÇA DAS AFLIÇÕES E BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS JUSTIÇA DAS AFLIÇÕES E Gilson Alcir Junior Luis 02/11 Quinta NÃO HAVERÁ ATIVIDADES /11 BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS ESQUECIMENTO DO Jonas Lincoln

6 09/11 13/11 16/11 20/11 23/11 27/11 30/11 04/12 07/12 11/12 14/12 18/12 21/12 BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS ESQUECIMENTO DO Clara Olga A MISSÃO EDUCADORA DOS PAIS Marco HONRAI VOSSO PAI E A VOSSA MÃE A MISSÃO EDUCADORA DOS PAIS Sérgio HONRAI VOSSO PAI E A VOSSA MÃE Francine NÃO SEPARAR O QUE DEUS JUNTOU Junior ORIGENS DAS FORÇAS SEXUAIS DA Isabel NÃO SEPARAR O QUE DEUS JUNTOU Rubens ORIGENS DAS FORÇAS SEXUAIS DA Alcir A VISÃO ESPÍRITA DA HOMOSSEXUALIDADE Luis AMAI O PRÓXIMO COMO A SI MESMO Jonas A VISÃO ESPÍRITA DA HOMOSSEXUALIDADE Clara AMAI O PRÓXIMO COMO A SI MESMO FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO Lincoln Gilson FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO Olga Francine EMANCIPAÇÃO DA O SONO E OS SONHOS Marco BEM-AVENTURADOS OS QUE TÊM PURO O CORAÇÃO Junior EMANCIPAÇÃO DA O SONO E OS SONHOS Rubens BEM-AVENTURADOS OS QUE TÊM PURO O CORAÇÃO Sérgio PEDI E OBTEREIS Isabel EMANCIPAÇÃO DA SONAMBULISMO, ÊXTASE E DUPLA VISTA (LETARGIA E CATALEPSIA) PEDI E OBTEREIS Clara EMANCIPAÇÃO DA SONAMBULISMO, ÊXTASE E DUPLA VISTA (LETARGIA E CATALEPSIA) 25/12 Segunda NÃO HAVERÁ ATIVIDADES /12 Alcir A MORTE: SEPARAÇÃO DA DO CORPO Olga NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMOM

EBD ADU 2011. Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio

EBD ADU 2011. Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio Aulas sobre o Espírito Santo e você. EBD ADU 2011 Prefácio 1. Quem é o Espírito Santo? 2. Os símbolos do Espírito Santo 3. O Espírito Santo e as Escrituras 4. Da criação até o nascimento de Jesus 5. Do

Leia mais

CIDADANIA CELESTIAL CÉDULA DE IDENTIDADE

CIDADANIA CELESTIAL CÉDULA DE IDENTIDADE 1 CIDADANIA CELESTIAL CÉDULA DE IDENTIDADE 13 Todos estes morreram na fé, sem ter obtido as promessas; vendo-as, porém, de longe, e saudando-as, e confessando que eram estrangeiros e peregrinos sobre a

Leia mais

Naquela ocasião Jesus disse: "Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos

Naquela ocasião Jesus disse: Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos As coisas encobertas pertencem ao Senhor, ao nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei. Deuteronômio 29.29 Naquela ocasião

Leia mais

TI GO A T U A N T LIÇÃO - 06 IV TRIMESTRE

TI GO A T U A N T LIÇÃO - 06 IV TRIMESTRE cartas de TI GO 2014 IV TRIMESTRE LIÇÃO - 0 FÉ A T U A N T E RELEMBRANDO eé O homem com anel de ouro Luta de Classes Amor ao Próximo Toda a Lei Julgado pela Lei Resumo: O equilíbrio entre juízo e misericórdia

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

14a edição CAMPINAS SP 2012

14a edição CAMPINAS SP 2012 14 a edição CAMPINAS SP 2012 SUMÁRIO Esclarecimentos preliminares... IX PRIMEIRA UNIDADE 1. Radiações ou vibrações...15 2. Deus...21 3. A criação...27 4. Os Espíritos...35 5. Classificação dos Espíritos

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA Introdução: A devoção à Sagrada Família alcançou grande popularidade no século XVII, propagando-se rapidamente não só na Europa, mas também nos países da América. A festa, instituída

Leia mais

Carta pastoral do Bispo Charles Morerod para a Quaresma de 2012. 4 Domingo de Quaresma, Ano B. 17-18 de Março de 2012. «A Fé»

Carta pastoral do Bispo Charles Morerod para a Quaresma de 2012. 4 Domingo de Quaresma, Ano B. 17-18 de Março de 2012. «A Fé» Carta pastoral do Bispo Charles Morerod para a Quaresma de 2012 4 Domingo de Quaresma, Ano B 17-18 de Março de 2012 «A Fé» Carta pastoral do Bispo Charles Morerod 4 Domingo de Quaresma, Ano B 17-18 de

Leia mais

CRISTO E NOSSA PLENITUDE

CRISTO E NOSSA PLENITUDE 1 CRISTO E NOSSA PLENITUDE e tendes a vossa plenitude nele, que é a cabeça de todo principado e potestade Col 2.10 OBJETIVO. O presente sermão trata do privilégio de nós termos em Jesus Cristo toda nossa

Leia mais

GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE

GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE / Data:09/10-Junho-2013. Aula 21 Irradiação mental Conhecer os elementos e meios básicos para a ação da irradiação mental de forma adequada e segura. 1 FLUÍDO 1. Fluido

Leia mais

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I DOMINGO VII DA PÁSCOA (Onde a solenidade da Ascensão não é transferida para este Domingo). Semana III do Saltério Hi n o. Vésperas I Sa l m o d i a Salmos e cântico do Domingo III. Ant. 1 Elevado ao mais

Leia mais

www.sede.umnovotempo.org.br/estudos JEJUM DO AVIVAMENTO

www.sede.umnovotempo.org.br/estudos JEJUM DO AVIVAMENTO JEJUM DO AVIVAMENTO 1 Dia do Jejum do Avivamento Leitura: Romanos 13:10 à 14 Introdução: Avivamento ou avivar é tornar mais vivo, mais desperto e renovado. O avivamento está ligado a disposição de reformar,

Leia mais

OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO ORAÇÃO A SÃO JERÔNIMO. Pai nosso que estais nos céus. Santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino

OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO ORAÇÃO A SÃO JERÔNIMO. Pai nosso que estais nos céus. Santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino OUTRAS ORAÇÕES PAI NOSSO Pai nosso que estais nos céus Santificado seja o vosso nome Venha a nós o vosso reino Seja feita a vossa vontade Assim na Terra como no Céu O pão nosso de cada dia nos dai hoje

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA A IMPORTÂNCIA DAS OBRAS DE FÉ William Soto Santiago Cayey Porto Rico 16 de Março de 2011 Reverendo William Soto Santiago, Ph. D. CENTRO DE DIVULGAÇÃO DO EVANGELHO DO REINO http://www.cder.com.br E-mail:

Leia mais

LEIS DA JUSTIÇA, AMOR e CARIDADE 1. O obje6vo deste tema, será o de possibilitar o entendimento das leis de jus6ça, amor e caridade.

LEIS DA JUSTIÇA, AMOR e CARIDADE 1. O obje6vo deste tema, será o de possibilitar o entendimento das leis de jus6ça, amor e caridade. LEIS DA JUSTIÇA, AMOR e CARIDADE 1 O obje6vo deste tema, será o de possibilitar o entendimento das leis de jus6ça, amor e caridade. DIREITOS NATURAIS 2 Direitos Naturais: São os mesmos para todos os indivíduos,

Leia mais

ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS

ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS CANTATA DE NATAL 2015 ECBR PROFESSORA PRISCILA BARROS 1. O PRIMEIRO NATAL AH UM ANJO PROCLAMOU O PRIMEIRO NATAL A UNS POBRES PASTORES DA VILA EM BELÉM LÁ NOS CAMPOS A GUARDAR OS REBANHOS DO MAL NUMA NOITE

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

Sumário Rosário de Nossa Senhora

Sumário Rosário de Nossa Senhora Sumário PRECES DIÁRIAS DO CRISTÃO... 13 1. Sinal da Cruz... 13 2. Pai-Nosso... 14 3. Ave-Maria... 15 4. Glória ao Pai... 16 5. Creio... 16 6. Invocação ao Espírito Santo... 17 7. Bênção contra a Tristeza...

Leia mais

Espiritualidade. O que é Espiritualidade?

Espiritualidade. O que é Espiritualidade? Espiritualidade O que é Espiritualidade? Nos primeiros séculos do cristianismo a pergunta é: Quem é o homem espiritual? Nos padres do deserto Homem espiritual Aquele que recebeu o dom: - do conhecimento

Leia mais

FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO CAPÍTULO 15 FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO O que é preciso para ser salvo Parábola do bom samaritano O maior mandamento Necessidade da caridade segundo São Paulo Fora da Igreja não há salvação. Fora

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes

MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes 2015 MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015 Lição 2 O CORAÇÃO DO PASTOR REUNIÃO DO M.D.A Ganhar almas para Jesus (atos 2:37-47) Introdução No Brasil

Leia mais

Obsessão LM Cap. XXIII

Obsessão LM Cap. XXIII O Livro dos Médiuns ou Guia dos Médiuns e Evocadores PARIS, 15 DE JANEIRO DE 1861 Obsessão LM Cap. XXIII Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br FONTES DE PESQUISA: Obras da Codificação: O

Leia mais

Roteiro 3 João Batista, o precursor

Roteiro 3 João Batista, o precursor FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 3 João Batista, o precursor Objetivo Identificar a missão de João

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina

Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Associação Tenda Espírita Pai Joaquim D Angola e Vovó Cambina Psicografias Outubro de 2014 Sumário Cavaleiro da Chama-Vermelha.... 2 Dr. Emanuel.... 2 João Augusto... 3 Mago Horax... 3 Caravana de Koré....

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Consolidação para o Discipulado - 1

Consolidação para o Discipulado - 1 Consolidação para o Discipulado - 1 Fortalecendo o novo convertido na Palavra de Deus Rev. Edson Cortasio Sardinha Consolidador/a: Vida consolidada: 1ª Lição: O Amor de Deus O amor de Deus está presente

Leia mais

O Que Deus Realmente Quer

O Que Deus Realmente Quer Livrinho 2 Pàgina 19 Lição Três O Que Deus Realmente Quer Muitas pessoas ficam confusas acerca da verdadeira natureza do seu relacionamento com Deus. Esta confusão resulta dum conceito errado da natureza

Leia mais

Terceira Aula Robert Rautmann A SANTÍSSIMA TRINDADE

Terceira Aula Robert Rautmann A SANTÍSSIMA TRINDADE Terceira Aula Robert Rautmann A SANTÍSSIMA TRINDADE Ícone da Santíssima Trindade Autor: Andrej Rublëv (aprox. 1441) A FÉ CATÓLICA É TRINITÁRIA O Mistério da Fé Trinitária é central na fé e na vida cristã;

Leia mais

Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure. (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de

Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure. (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de 1 06.06.05 Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de junho teremos mais uma Marcha para Jesus em Brasília, evento que acontece

Leia mais

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem?

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? O Batismo nas Águas O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? É UMA ORDENANÇA DE JESUS O batismo é uma ordenança clara de Jesus para todo aquele que

Leia mais

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR CANTO 1 - LOUVOR DA CRIAÇÃO D Bm G Em A7 D Bm G Em A7 Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! D F#m G Em A7 1. Javé o nosso Deus é poderoso, seu nome é grande em todas as nações D F#m G Em A7 Na boca das crianças

Leia mais

O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã;

O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã; Pastoral do Batismo Sacramentos Batismo O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã; Consiste em derramar

Leia mais

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009. Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO NA ABERTURA DO ANO SACERDOTAL 19 de junho de 2009 Fidelidade de Cristo, fidelidade do Sacerdote 1 - MOTIVAÇÃO INICIAL: Dir.: Em comunhão

Leia mais

Esperança e Consolação

Esperança e Consolação Esperança e Consolação MARCELO ANDRÉ CLETO 29.04.2015 Esperança Definições (dicionário Aurélio) 1 Disposição do espírito que induz a esperar que uma coisa se há de realizar ou suceder. 2 Expectativa. 3

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

Nossa Senhora da Assunção

Nossa Senhora da Assunção Série Pe. Roque Vicente Beraldi, CMF Novena milagrosa a Nossa Senhora da Assunção Dia da festa: 15 de agosto EDITORA AVE-MARIA Introdução Contemplações sobre a Sagrada Escritura, sem conteúdo comprovado,

Leia mais

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Bem - Aventuranças Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Eu estou à tua porta a bater, Eu estou à tua porta a bater, Se me abrires a porta entrarei para enviar. Eu preciso

Leia mais

Aprovado pela Diocese Anglicana de Recife

Aprovado pela Diocese Anglicana de Recife RITO EUCARÍSTICO DE CAAPORÃ Em forma de literatura de Cordel Aprovado pela Diocese Anglicana de Recife CANTO DE ENTRADA Venham todos e louvemos / com muita sinceridade A eterna aliança / Sacramento de

Leia mais

Recomendação Inicial

Recomendação Inicial Recomendação Inicial Este estudo tem a ver com a primeira família da Terra, e que lições nós podemos tirar disto. Todos nós temos uma relação familiar, e todos pertencemos a uma família. E isto é o ponto

Leia mais

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus CAPÍTULO 2 O Propósito Eterno de Deus Já falamos em novo nascimento e uma vida com Cristo. Mas, a menos que vejamos o objetivo que Deus tem em vista, nunca entenderemos claramente o porque de tudo isso.

Leia mais

AS PARÁBOLAS DA BÍBLIA

AS PARÁBOLAS DA BÍBLIA AS PARÁBOLAS DA BÍBLIA Série de Estudos Teológicos By Rev. Roger Rangel AS PARÁBOLAS DO NT Parábola do sal e de seu sabor Mt 5:13 Mc 9:50 Lc 14:34,35 Essa parábola será estudada em conjunto com a da luz

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 ORAÇÃO DE ABERTURA CANTO (REPOUSAR EM TI) Música de Tânia Pelegrino baseada na obra Confissões, de

Leia mais

O Arrebatamento da Igreja

O Arrebatamento da Igreja Texto Base: 1Ts 4.13-18 O Arrebatamento da Igreja "Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Pois,

Leia mais

nossa liberdade. Uma certa resistência da teologia em reconhecer esta realidade levou a muitos, sobretudo aqueles mais influenciados pela cultura

nossa liberdade. Uma certa resistência da teologia em reconhecer esta realidade levou a muitos, sobretudo aqueles mais influenciados pela cultura Conclusão Jesus Cristo é a nossa salvação. Esta é uma verdade fundamental do cristianismo. No primeiro capítulo vimos que o ser humano possui um desejo intrínseco de autorrealização, mas por outro lado,

Leia mais

DOMINGO XXVIII. «Considerei a riqueza como nada, em comparação com a sabedoria»

DOMINGO XXVIII. «Considerei a riqueza como nada, em comparação com a sabedoria» LEITURA I Sab 7, 7-11 «Considerei a riqueza como nada, em comparação com a sabedoria» Leitura do Livro da Sabedoria Orei e foi-me dada a prudência; implorei e veio a mim o espírito de sabedoria. Preferi-a

Leia mais

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação)

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação) O batismo do Espírito Santo (continuação) #62 Estamos falando sobre alguns dons do Espírito Santo; falamos de suas obras, dos seus atributos, como opera o novo nascimento e, por último, estamos falando

Leia mais

PLANO DE DEUS E VONTADE DO PAI

PLANO DE DEUS E VONTADE DO PAI 22º ENCONTRO DE CASAIS COM CRISTO PARÓQUIA SÃO PELEGRINO PLANO DE DEUS E VONTADE DO PAI Pai como aquele que manda e tem poder Em Roma, o pai possuía um poder ilimitado e vitalício sobre todos os seus familiares

Leia mais

CAPÍTULO IGUALDADE NATURAL

CAPÍTULO IGUALDADE NATURAL O LIVRO DOS ESPÍRITOS CAPÍTULO 9 LEI DE IGUALDADE Igualdade natural Desigualdade das aptidões Desigualdades sociais Desigualdade das riquezas Provas de riqueza e de miséria Igualdade dos direitos do homem

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 5

Ajuntai tesouros no céu - 5 "Ajuntai tesouros no céu" - 5 Mt 6:19-21 Temos procurado entender melhor através das escrituras, o que Jesus desejou ensinar aos seus discípulos nesta sequência de palavras, e pra isso, estudamos algumas

Leia mais

CREMAÇÃO E TRANSPLANTES

CREMAÇÃO E TRANSPLANTES CREMAÇÃO E TRANSPLANTES A) CREMAÇÃO E TRANSPLANTES Uma vez ocorrida à morte, que destino dar ao corpo, que já não pode entreter a vida? Enterra-lo ou cremá-lo, são as alternativas mais comuns. Agora, está

Leia mais

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE AS GRANDES DOUTRINAS DA BÍBLIA LIÇÃO 07 O QUE A BÍBLIA DIZ A RESPEITO DA SALVAÇÃO INTRODUÇÃO Chegamos ao que pode ser o tópico mais importante desta série: a salvação. Uma pessoa pode estar equivocada

Leia mais

Dia a dia. com o Evangelho 2016. Texto e comentário Ano C São Lucas

Dia a dia. com o Evangelho 2016. Texto e comentário Ano C São Lucas 7 8 9 Dia a dia 10 com o Evangelho 2016 11 12 Texto e comentário Ano C São Lucas 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline Mendes Fontes

Leia mais

Igreja sempre missionária

Igreja sempre missionária Igreja sempre missionária O mês de outubro é dedicado às missões. Jesus disse ao enviar os apóstolos para anunciar o ano da graça: Eis que vos envio como cordeiros em meio a lobos vorazes (Mt. 10,16).

Leia mais

HINÁRIO PRESENÇA TRANSPARENTE DO BEIJA-FLOR. Tema 2012: Flora Brasileira Sol-da-mata (Brownea grandiceps) Madrinha Nonata

HINÁRIO PRESENÇA TRANSPARENTE DO BEIJA-FLOR. Tema 2012: Flora Brasileira Sol-da-mata (Brownea grandiceps) Madrinha Nonata HINÁRIO PRESENÇA TRANSPARENTE DO BEIJA-FLOR Tema 2012: Flora Brasileira Sol-da-mata (Brownea grandiceps) Madrinha Nonata 1 www.hinarios.org 2 01 ÁGUIA PIOU Mazurca 2X Águia piou, águia piou E todo pássaro

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

Quadrados da Conferência

Quadrados da Conferência Celestial Palavra de Sabedoria Batismo Joseph Smith Mãe Amor Família Familiar Celestial Pioneiros Profetas Batismo Casamento Família Familiar Palavra de Sabedoria Pioneiros Família Dízimo Mãe Testemunho

Leia mais

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Deus nos alerta pela profecia de Oséias de que o Povo dele se perde por falta de conhecimento. Cf. Os 4,6 1ª Tm 4,14 Porque meu povo se perde

Leia mais

01197_059_PlanSalvBroch.qxd 12-13-2012 11:04 Page 1 O PLAN O P O LAN DE D SAL S V AL A V Ç A Ã Ç O Ã

01197_059_PlanSalvBroch.qxd 12-13-2012 11:04 Page 1 O PLAN O P O LAN DE D SAL S V AL A V Ç A Ã Ç O Ã O PLANO DE SALVAÇÃO O QUE É O PLANO DE SALVAÇÃO? O plano de salvação* é o plano de Deus para a felicidade de Seus filhos. Está centralizado na Expiação de Jesus Cristo. Se seguir os ensinamentos de Jesus

Leia mais

A primeira razão pela qual Jesus chamou os discípulos foi para que estivessem consigo para que tivesses comunhão com Ele.

A primeira razão pela qual Jesus chamou os discípulos foi para que estivessem consigo para que tivesses comunhão com Ele. 1 Marcos 3:13 «E (Jesus) subiu ao Monte e chamou para si os que ele quis; e vieram a ele. E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar, e para que tivessem o poder de curar as enfermidades

Leia mais

A revelação do Sétimo Selo

A revelação do Sétimo Selo A revelação do Sétimo Selo Apocalipse 8:1. E havendo aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora. Em todos os demais selos que João escreveu haviam símbolos. Primeiro selo: cavalo

Leia mais

Orândio da Paixão e da Transfiguração de Jesus

Orândio da Paixão e da Transfiguração de Jesus Orândio da Paixão e da Transfiguração de Jesus Transmitido por Cristo Jesus, por revelação interior, a membros da Ordem Graça Misericórdia, na Semana Santa de 2012 Introdução As instruções apresentadas

Leia mais

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO ORAÇÃO DO INÍCIO DA NOVENA SENHOR JESUS CRISTO, Vós nos encorajastes a Vos trazer nossa preocupação na oração. Se me pedirdes alguma coisa em meu

Leia mais

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe.

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe. NOVENA O verdadeiro crente deve conscientizar-se da importância da oração em sua vida. O senhor Jesus disse : Rogai sem cessar ; quando fazemos uma novena que é uma de oração, estamos seguindo um ensinamento

Leia mais

Solenidade da Ascenção do Senhor

Solenidade da Ascenção do Senhor Solenidade da Ascenção do Senhor Homilias Meditadas Lectio Divina para a Família Salesiana P. J. Rocha Monteiro, sdb Solenidade da Ascensão do Senhor Mc 16,15-20 1. Breve síntese A Solenidade da Ascensão

Leia mais

Capítulo Vinte e Cinco (Chapter Twenty-Five) A Disciplina do Senhor (God s Discipline)

Capítulo Vinte e Cinco (Chapter Twenty-Five) A Disciplina do Senhor (God s Discipline) Capítulo Vinte e Cinco (Chapter Twenty-Five) A Disciplina do Senhor (God s Discipline) Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem desanimem.

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista?

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? VOCÊ TAMBÉM É MARISTA? Um novo jeito de ser Marista: Na emergência de um novo tempo para o carisma Marista INTRODUÇÃO O relacionamento entre

Leia mais

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Pr Joaquim Costa Junior 1

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Pr Joaquim Costa Junior 1 Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Pr Joaquim Costa Junior 1 "assim será a palavra que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia; antes, fará o que me apraz e prosperará naquilo

Leia mais

Oração na Vida Diária

Oração na Vida Diária Oração na Vida Diária Caro jovem,, Que alegria saber que como você muitos jovens estão encontrando um caminho para a oração pessoal e diária. Continue animado com a busca de um relacionamento mais pessoal

Leia mais

PROGRAMA I PRÁTICA MODULO II

PROGRAMA I PRÁTICA MODULO II PROGRAMA I / MODULO I ROTEIROS: 3 E 4 PROGRAMA I PRÁTICA MODULO II MARIA JOSÉ, REJANE, ROBERTO OBJETIVOS Conceituar passe, prece e irradiação Apresentar os tipos de prece e seus benefícios Esclarecer sobre

Leia mais

É POSSÍVEL TER PAZ NA TERRA?

É POSSÍVEL TER PAZ NA TERRA? É POSSÍVEL TER PAZ NA TERRA? SÉRIE: Neste final de ano vamos refletir sobre a paz O MUNDO PRECISA: violência, drogas, depressão, suicídio, etc INICIATIVAS RECENTES: Rio (Complexo Alemão), Bauru (favela),

Leia mais

PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO

PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO www.iaproparanaense.com.br PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO Março - 2013 Amados pastores, missionários, obreiros e irmãos em Cristo Jesus. Estamos enviando aos amados irmãos o Projeto Regional de Oração para

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS

LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS 1 LC 19_1-10 OS ENCONTROS DE JESUS ZAQUEU O HOMEM QUE QUERIA VER JESUS Lc 19 1 Jesus entrou em Jericó e estava atravessando a cidade. 2 Morava ali um homem rico, chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores

Leia mais

Os Mandamentos da Igreja

Os Mandamentos da Igreja Os Mandamentos da Igreja Por Marcelo Rodolfo da Costa Os mandamentos da Igreja situam-se na linha de uma vida moral ligada à vida litúrgica e que dela se alimenta CIC 2041 Os Mandamentos da Igreja tem

Leia mais

2º Aquele que não pratica (não pratica a Lei), mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é

2º Aquele que não pratica (não pratica a Lei), mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é Muitos, ao ouvirem que o cristão não precisa praticar as obras da Lei, como: guarda do sábado, sacrifício de jejum, uso do véu, devolução de dízimo, etc., logo fazem a seguinte pergunta: A Lei de Deus

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

DEZ ANOS. Esquema de adoração eucarística para o dia 20 de Agosto de 2011 Texto base: DIECI ANNI, in UCBS de 15 de Agosto de 1924

DEZ ANOS. Esquema de adoração eucarística para o dia 20 de Agosto de 2011 Texto base: DIECI ANNI, in UCBS de 15 de Agosto de 1924 DEZ ANOS Esquema de adoração eucarística para o dia 20 de Agosto de 2011 Texto base: DIECI ANNI, in UCBS de 15 de Agosto de 1924 «Não temais, Eu estou convosco» Introdução «No dia de S. Bernardo, 20 de

Leia mais

UM RESUMO DO QUE É O ISLÂM

UM RESUMO DO QUE É O ISLÂM Reino Da Arábia Saudita Ministério Do Ensino Superior Universidade Islâmica de Medina Departamento De Investigação Secção de tradução www.iu.edu.sa UM RESUMO DO QUE É O ISLÂM ١ Em nome de Deus o Clemente

Leia mais

8º Capítulo. Petros Os Dons Pilares 1ª Parte

8º Capítulo. Petros Os Dons Pilares 1ª Parte 8º Capítulo Petros Os Dons Pilares 1ª Parte O texto de I Co 12:7-11 fala sobre os dons espirituais, aqui chamados de carismáticos; O texto de Ef 4:11 fala sobre os dons ministeriais, aqui chamados de dons

Leia mais

LIÇÃO TRIMESTRE 2015 ISRAEL OS ÚLTIMOS5REIS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida

LIÇÃO TRIMESTRE 2015 ISRAEL OS ÚLTIMOS5REIS. Preparado por: Pr. Wellington Almeida OS ÚLTIMOS5REIS DE ISRAEL 0 IV TRIMESTRE 2015 Preparado por: Pr. Wellington Almeida OS ÚLTIMOS CINCO REIS DE ISRAEL INTRODUÇÃO Nunca tinha sido intenção de Deus dar um rei a Israel. Um após outro, esses

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM

VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM VIGÍLIA DE LOUVOR JOVEM Se espera de uma v i g í l i a jo v e m um bom planejamento, divulgação, objetivo e um tema definido acertando em cheio o objetivo proposto no planejamento da vigília. Em uma vigília

Leia mais

1.995 Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz - 01/01/2002 Angüera/BA Terça

1.995 Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz - 01/01/2002 Angüera/BA Terça 1.995 Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz - 01/01/2002 Angüera/BA Terça Queridos filhos, sou a Rainha da paz. Venho do Céu para oferecer-vos a graça da paz que é o grande tesouro que a humanidade perdeu

Leia mais

Seminário: Terapia pelos Passes

Seminário: Terapia pelos Passes 1 Atividade Integrativa Para a tarefa do passe, no plano espiritual, não basta boa vontade. São necessárias qualidades de ordem superior e conhecimentos especializados. Padrão superior de elevação mental

Leia mais

Condições Gerais de Uso e Permissões de Cópias

Condições Gerais de Uso e Permissões de Cópias - Ensino Sistêmico sobre a Vida Cristã - Condições Gerais de Uso e Permissões de Cópias Série: Informações Gerais sobre o Ensino Sistêmico Sobre Vida Cristã 1ª Edição Out/2013 - Copyright do Autor Ver

Leia mais

O chamado de Jesus ao discipulado

O chamado de Jesus ao discipulado Lição 3 12 a 19 de janeiro O chamado de Jesus ao discipulado Sábado à tarde Ano Bíblico: Gn 37 39 VERSO PARA MEMORIZAR: "Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

1ª Estação Jesus é condenado à morte

1ª Estação Jesus é condenado à morte 1ª Estação Jesus é condenado à morte Jesus foi julgado e condenado. Falou pouco. Já tinha dito tudo. Olhou nos olhos de Pilatos. Abaixou a cabeça para Herodes. Olhou também para o Sumo Sacerdote. O Sinédrio

Leia mais

Carta Pastoral do Bispo pelo Ano Novo 2010 A VOCAÇÃO : Segunda Parte ~ O que queres de mim, Senhor? ~ Paulo Yoshinao Otsuka, Bispo de Kyoto

Carta Pastoral do Bispo pelo Ano Novo 2010 A VOCAÇÃO : Segunda Parte ~ O que queres de mim, Senhor? ~ Paulo Yoshinao Otsuka, Bispo de Kyoto Carta Pastoral do Bispo pelo Ano Novo 2010 A VOCAÇÃO : Segunda Parte ~ O que queres de mim, Senhor? ~ Paulo Yoshinao Otsuka, Bispo de Kyoto 1. Vivendo o Ano Sacerdotal. Estamos celebrando o começo de um

Leia mais

CONSELHOS EVANGÉLICOS

CONSELHOS EVANGÉLICOS CONSELHOS EVANGÉLICOS 1- RAZÃO TEOLÓGICA 1.1. Fato de Vida na Igreja A vivência da virgindade-pobreza-obediência de Jesus Cristo é fato de vida que existe na igreja desde suas origens. O estado religioso:

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 3

Ajuntai tesouros no céu - 3 "Ajuntai tesouros no céu" - 3 Mt 6:19-21 Como já vimos nas mensagens anteriores, Jesus queria que os seus discípulos tivessem seus valores alinhados aos valores do seu Reino, ou seja, os discípulos de

Leia mais

Lição Um. Um Novo Princípio. O Poder Transformador de Cristo

Lição Um. Um Novo Princípio. O Poder Transformador de Cristo Livro 1 página 4 Lição Um Um Novo Princípio O Poder Transformador de Cristo Da Palavra de Deus: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo

Leia mais