Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes!"

Transcrição

1 Nº 11 A Domingo IV do Tempo Comum Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão, aguardando a aurora. Conservai essa vossa fome e sede de justiça, praticando sempre o bem. Perdoai setenta vezes sete, isto é, sede misericordiosos. Que o vosso coração tenha a limpidez e a pureza das fontes de água pura. Onde houver discórdia e tristeza, levai a paz e a alegria. Não tenhais medo por serdes perseguidos ou incompreendidos.

2 Leitura: 1 Cor 1, Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Coríntios Irmãos: Vede quem sois vós, os que Deus chamou: não há muitos sábios, nem muitas pessoas importantes, nem muitos ricos. Deus escolheu o que não nos parece normal, para confundir os sábios; Deus escolheu quem não é importante aos olhos do mundo, para mostrar que as coisas a que as pessoas dão valor, não são realmente importantes, para que ninguém se possa gloriar diante de Deus. É por Deus que vós estais em Cristo Jesus, que para nós é a sabedoria de Deus, justiça, santidade e redenção. Deste modo, conforme está escrito, quem se gloria deve gloriar-se no Senhor, ou seja, só tem razão para se alegrar quem é bom, e não quem é rico ou poderoso. Evangelho: Mt 5, 1 12a Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus Naquele tempo, ao ver muita gente, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Os discípulos sentaram-se à volta, e Ele começou a ensiná-los, dizendo: - Bem-aventurados os pobres em espírito, porque é deles o reino dos Céus. - Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados. - Bem-aventurados os humildes, porque possuirão a terra. - Bem-aventurados os que sofrem injustiças, porque lhes será feita justiça. - Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. - Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus. - Bem-aventurados os que fazem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. - Bem-aventurados os que são perseguidos por amor da justiça, porque deles é o reino dos Céus. - Bem-aventurados sereis, quando, por minha causa, vos insultarem, vos castigarem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós. Alegrai-vos, porque será grande a vossa recompensa, no Céu.

3 - Felizes os em espírito. Felizes os que sabem viver sobriamente e sabem partilhar do que lhes sobra, pelos outros. Felizes os que. Felizes estão sempre os disponíveis para chorar com os que choram e também alegrar-se com os que se alegram. Felizes os. Felizes os que são pacientes, são compreensivos, são tolerantes com toda agente. Felizes os que têm e sede de. Felizes os que sonham com um mundo solidário, onde não haja crianças a morrer com fome e com sede. Felizes os. Felizes os que têm um coração tão grande que perdoam as ofensas a todos, também aos inimigos. Felizes os de coração. Felizes os que são límpidos como a água pura, sinceros quando é preciso dizer a verdade. os que promovem a. Felizes os que onde há discórdia levam a reconciliação; onde há conflitos levam o diálogo; onde há guerra levam a paz. Felizes os que sofrem. Felizes os que não têm medo de serem insultados, gozados, postos a ridículo, marginalizados, martirizados por causa da sua fé. PERSEGUIÇÃO FOME POBRES JUSTIÇA MANSOS MISERICORDIOSOS PAZ PUROS CHORAM FELIZES JESUS ENSINOU AOS APÓSTOLOS O QUE É PRECISO PARA SER FELIZ. DEPOIS DE FAZERES O PASSATEMPO, LÊ COM MUITA ATENÇÃO O TEXTO TODO, E TENTA SEGUIR A RECEITA QUE JESUS DÁ PARA SER FELIZ. SE NÃO COMPREENDERES TUDO, PORQUE O TEXTO É UM BOCADINHO DIFÍCIL, PEDE AJUDA A UM ADULTO

4 O Anjo Gabriel apareceu à Virgem Maria e disse-lhe:: Avé Maria, cheia de Graça.Não te assustes, porque tenho uma notícia muito boa para te dar: Deus escolheu-te para seres a mãe do seu Filho. Maria ficou muito admirada e disse ao Amjo: Não compreendo como é possível, mas sei que Deus pode tudo. Eu gosto muito de Deus, e faço tudo o que Ele quiser. Fico contente de poder servir aos planos de Deus. Faça-se em mim o que Deus quiser!

5

6

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis.

Sede felizes! Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Felizes sereis. Sede felizes! Combatei a miséria e reparti do que é vosso com os outros. Sede pacientes, tolerantes, dialogantes, humildes. Tende esperança no meio da escuridão, aguardando a aurora. Conservai essa vossa

Leia mais

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças)

GUIÂO FESTA DAS BEM-AVENTURANÇAS 2014/2015. (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) (Admonitor 1-Lê as admonições normais; Admonitor 2- Lê as admonições das bem-aventuranças) Admonitor 1- Jovem da Maria da Luz Admonitor 2- Jovem da Jovem Bússola- Jovem da Mónica/Fátima ADMONIÇÃO INICIAL

Leia mais

EVANGELHO. Jo 15, [Leccionário, pg. 398]

EVANGELHO. Jo 15, [Leccionário, pg. 398] EVANGELHO As sugestões aqui apresentadas estão de acordo com o Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. Jo 15, 12-16 [Leccionário, pg. 398] «É este o meu mandamento:que vos ameis uns aos

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM egunda-feira da 10ª Semana do Tempo Comum S 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Análise. analisa linguisticamente o texto tal e qual como está, no seu presente.

Análise. analisa linguisticamente o texto tal e qual como está, no seu presente. Análise Sincrónica analisa linguisticamente o texto tal e qual como está, no seu presente. Diacrónica analisa o texto na sua evolução, procurando reconstruir o seu processo redaccional. Autógrafos Transmissão

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico

Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico Propedêutica Bíblica 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico 24* Este é o discípulo que dá testemunho destas coisas e que as escreveu. E nós sabemos bem que o seu testemunho é verdadeiro. 25 Há ainda muitas

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A LITURGIA DOMINICAL VII DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Orações próprias do VII Domingo do Tempo comum (Missal Romano, p. 401); Prefácio dos Domingos do Tempo Comum VIII (Missal Romano, p. 483); Oração Eucarística

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 10 de Fevereiro de 2014 Síntese e conclusões

Propedêutica Bíblica. 10 de Fevereiro de 2014 Síntese e conclusões Propedêutica Bíblica 10 de Fevereiro de 2014 Síntese e conclusões ORAÇÃO Lucas, 24, 13-33 13* Nesse mesmo dia, dois dos discípulos iam a caminho de uma aldeia chamada Emaús, que ficava a cerca de duas

Leia mais

Em busca da felicidade

Em busca da felicidade Em busca da felicidade Contribuição de Pr. Sergio Mascarenhas 28 de outubro de 2010 Em busca da felicidade (MT 5:1-12) (1) A felicidade segundo o consenso do mundo, é insana e fantasiosa; já segundo o

Leia mais

DOMINGO IV DO TEMPO COMUM- ANO A

DOMINGO IV DO TEMPO COMUM- ANO A BEM-AVENTURADOS OS POBRES EM ESPÍRITO DOMINGO IV DO TEMPO COMUM- ANO A Paroquia de S. Joao Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelo 7º ano de catequese 1. Admonição de entrada (os catequizados

Leia mais

Evangelho. As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12

Evangelho. As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12 Evangelho As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12 12 As Bem Aventuranças 1. Bem Aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus. 2. Bem Aventurados os que choram, porque eles serão consolados.

Leia mais

Nº 28 A Ascensão do Senhor

Nº 28 A Ascensão do Senhor Nº 28 A Ascensão do Senhor - 1.6.2014 Ide por todo o mundo! Estarei sempre convosco! I de Ide Ide e anunciai a Boa Nova. Quando partilhais o que tendes com os outros, quando dais atenção a quem está sozinho

Leia mais

Amar como Jesus amou Um dia uma criança me parou Olhou-me nos meus olhos a sorrir Caneta e papel na sua mão Tarefa escolar para cumprir E perguntou no meio de um sorriso O que é preciso para ser feliz?

Leia mais

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Paróquia de Barco Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Missa com crianças Entrada: Linda noite, Linda noite Linda noite de Natal (bis) Introdução A imagem de Maria está aqui ao lado, porque hoje celebramos

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 23ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA HORA 2010-2011 P = Presidente: Aquele que preside à oração. Qualquer pessoa o pode fazer, desde que tenha gosto e capacidade para tal.

Leia mais

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos

1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos NOVENA À NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO 1º dia: Ó Consoladora dos Aflitos Vós que consolastes a pobre Joaneta em meio à sua aflição familiar, concedei a graça que tanto necessito, intercedendo junto a Jesus

Leia mais

FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA

FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA 1 Deus quer nos tornar sagrados. Ele nos chama para crescer em santidade. Em sua providência, ele nos deu uma maneira de triunfar: a Sociedade de São Vicente de Paulo. 2 A Sociedade

Leia mais

Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição.

Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição. Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade. Ficando na 16ª posição. 1º Expectativa de Vida (estamos vivendo mais) 2º Apoio social (significa ter com quem contar em situações problemáticas).

Leia mais

XVI Domingo do Tempo Comum

XVI Domingo do Tempo Comum XVI Domingo do Tempo Comum «Após o pecado, dais lugar ao arrependimento» Leitura do Livro da Sabedoria Sab 12, 13.16-19 Não há Deus, além de Vós, que tenha cuidado de todas as coisas; a ninguém tendes

Leia mais

LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A LITURGIA DOMINICAL IV DOMINGO TEMPO COMUM ANO A Orações do Domingo IV do Tempo Comum (Missal Romano, p. 398); Prefácio dos Domingos do Tempo Comum IV (Missal Romano, p. 479); Oração Eucarística III (Missal

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

Nesta liturgia de todos os santos, muito mais do que sempre acontece em todas as liturgias que celebramos no decorrer do ano, o céu e a terra se

Nesta liturgia de todos os santos, muito mais do que sempre acontece em todas as liturgias que celebramos no decorrer do ano, o céu e a terra se Nesta liturgia de todos os santos, muito mais do que sempre acontece em todas as liturgias que celebramos no decorrer do ano, o céu e a terra se tocam. Com o apóstolo João na ilha de Patmos, e ao mesmo

Leia mais

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este COMO FAZER? A. Empenha-te a encontrar o Senhor. Contempla com os teus olhos a presença de Deus em todas as coisas, e vê que Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da Celebração Eucarística,

Leia mais

Egmon Pereira. 22 de Junho de 2016

Egmon Pereira. 22 de Junho de 2016 Igreja Presbiteriana do Brasil 22 de Junho de 2016 Por que estudar o Sermão do Monte? Por que estudar o Sermão do Monte? 1 - Por se tratar da descrição pessoal do que Jesus Cristo desejava que seus seguidores

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania:

Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania: Fundamentos bíblicos comprovando ser a vontade de Deus que seus discípulos exerçam o ministério da capelania: CAPELANIA EM GERAL: Mateus 25: 31 a 46 CAPELANIA JUDICIAL: em especial o vs. 37 de Mateus 25

Leia mais

Nº 1 C 1ºDomingo do Advento

Nº 1 C 1ºDomingo do Advento Nº 1 C 1ºDomingo do Advento-29.12.2015 S. Francisco Xavier No dia 3 de Dezembro, temos uma grande festa na nossa paróquia: é o dia de São Francisco Xavier, o padroeiro da nossa paróquia, É como se fosse

Leia mais

DOMINGO IV DO ADVENTO

DOMINGO IV DO ADVENTO 65 DOMINGO IV DO ADVENTO LEITURA I 2 Sam 7, 1-5.8b-12.14a.16 O reino de David permanecerá eternamente na presença do Senhor Leitura do Segundo Livro de Samuel Quando David já morava em sua casa e o Senhor

Leia mais

SUMÁRIO 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017

SUMÁRIO 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017 1º ANO DO CURSO APRENDIZES DO EVANGELHO 2017 CURSO DE RESPONSABILIDADE DO DEPARTAMENTO DE ENSINO DO CENTRO ESPÍRITA BEZERRA DE MENEZES DE CATANDUVA DIRIGENTE NAZIK BAUAB DE ALMEIDA SILVA SUMÁRIO 1ª AULA

Leia mais

Consciência. que muda a História

Consciência. que muda a História Consciência que muda a História A consciência da brevidade e fragilidade da vida torna bem mais claro o que de fato importa, transformando nossas intenções em atitudes. Sermão do Monte Altamente desafiador

Leia mais

Dia de Todos os Santos

Dia de Todos os Santos 1 «Vinde a Mim, vós todos os que andais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei, diz o Breve comentário: As Bem-aventuranças revelam a realidade misteriosa da vida em Deus, iniciada no Baptismo. Aos olhos

Leia mais

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum-17.11.13 Deus renova todas as coisas Eu tive um sonho. Sonhei que os rios já não estavam poluídos, e as suas águas eram puras e cristalinas. Sonhei que. em vez de

Leia mais

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum-26.1.2014 Vinde comigo! - Quem irá anunciar a toda a gente a Boa Nova da ternura de Deus? - Quem irá falar de Jesus Cristo vivo a quem busca razões para viver? - Quem

Leia mais

Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum Bodas de Caná

Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum Bodas de Caná Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum-17.1.2016 Bodas de Caná Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque

Leia mais

Anúncio do Reino e o convite à conversão

Anúncio do Reino e o convite à conversão Apostolado do Oratório Meditação dos Primeiros Sábados 3º Mistério Luminoso Novembro 2014 Anúncio do Reino e o convite à conversão Introdução Vamos dar início à meditação reparadora dos primeiros sábados,

Leia mais

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus,

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum-20.1.13 Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque o vinho se tinha

Leia mais

Nº 35 A Domingo XXIX do Tempo Comum Dar a Deus o que é de Deus Louvar a Deus Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança.

Nº 35 A Domingo XXIX do Tempo Comum Dar a Deus o que é de Deus Louvar a Deus Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança. Nº 35 A Domingo XXIX do Tempo Comum-16.10.2011 Dar a Deus o que é de Deus Louvar a Deus Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança. Tu és alegria e paz. Tu és beleza Tu és bondade. Tu

Leia mais

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa - 1.5.2016 A paz de Cristo A paz de Cristo Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Tu nos dás a tua paz, Senhor Jesus, mas também nos convidas ao esforço de fazer a paz. Para

Leia mais

Orações Semanais para a Quaresma

Orações Semanais para a Quaresma Orações Semanais para a Quaresma Nesta Quaresma iremos realizar uma pequena oração no inicio ou no fim de cada reunião, pretendendo assim criar o hábito de oração em grupo, mas relembrando sempre que somos

Leia mais

Olhai os lírios do campo Olhai as aves do céu

Olhai os lírios do campo Olhai as aves do céu Olhai os lírios do campo Olhai as aves do céu No Evangelho de hoje, Jesus ensina-nos a não nos preocuparmos com as coisas que queremos ter, mas darmos atenção às coisas importantes da vida: - admirarmos

Leia mais

Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas.

Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. 1 Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo 5 5.3 Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. Você se considera mais crente que seu irmão? Acha que sua fé

Leia mais

1 OBRIGADO POR FAZER O DOWNLOAD! Temos uma gama gigantesca de material de formação e espiritualidade esperando por você! Nós somos a Comunidade Católica El Shaddai e nossa missão é realizar Obras de Misericórdia

Leia mais

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese VI Domingo TC Ano A Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese Admonição Inicial - Cântico Inicial - Sou Feliz 1- Sopra o vento de mansinho

Leia mais

Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de º Ano de Catequese

Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de º Ano de Catequese Celebração das Bem-Aventuranças Paróquia de Barco, 10 Fevereiro de 2013 7º Ano de Catequese Entrada Solene Cântico de entrada Senhor, quero cantar a manhã e o sol, Escuta o meu louvor por mais um dia.

Leia mais

- Você pode ficar feliz quando alguém caçoa de vc por estar agindo certo?

- Você pode ficar feliz quando alguém caçoa de vc por estar agindo certo? AULA: As bem-aventuranças DESENVOLVIMENTO: Apresentar cartaz colorido com a bem-aventurança a ser estudada e desenvolver o tema. O Mestre Jesus consola aos que são perseguidos e incompreendidos por crerem

Leia mais

AUTA DE SOUZA CUR U S R O S : : N OÇÕES S B ÁS Á I S C I A C S A

AUTA DE SOUZA CUR U S R O S : : N OÇÕES S B ÁS Á I S C I A C S A CURSO: NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA EDITORA 1 / 12 Moisés e a 1º Grande Revelação 2 / 12 No Séc. 12 ac.libertou os Hebreus do Egito onde ficaram 500 anos como escravos. Conhecedor de toda a ciências

Leia mais

Domingo IV do Tempo Comum Ano A. Bem-aventurados. ados...

Domingo IV do Tempo Comum Ano A. Bem-aventurados. ados... Domingo IV do Tempo Comum Ano A Bem-aventurados ados... 57 58 4.º Domingo do Tempo Comum (O Projecto do Reino: Bem-aventuranças) 1.ª Leit. Sof 2, 3; 3, 12-13; Salmo Sal 145, 7. 8-9a. 9bc-10; 2.ª Leit.

Leia mais

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar Entrada: Deixa a Luz do céu entrar TU ANSEIAS EU BEM SEI POR SALVAÇÃO, TENS DESEJO DE BANIR A ESCURIDÃO ABRE POIS DE PAR EM PAR TEU CORAÇÃO, E DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR. (DEIXA

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

A natureza do povo do reino

A natureza do povo do reino A natureza do povo do reino Aqui está a descrição da natureza de um vencedor, alguém que está debaixo do domínio e do governo do Rei; Os nove aspectos da natureza dos filhos do reino são acompanhados da

Leia mais

As melhores coisas da vida são de graça. Não creiam nisso!

As melhores coisas da vida são de graça. Não creiam nisso! As melhores coisas da vida são de graça. Não creiam nisso! As melhores coisas da vida não são de graça. Sucesso e vitória não vêm sozinhos, requerem preparo e realização. A amizade não é unilateral; para

Leia mais

19 DE MARÇO 119 A tua casa e o teu reino permanecerão diante de Mim eternamente e o teu trono será firme para sempre». Palavra do Senhor. SALMO RESPON

19 DE MARÇO 119 A tua casa e o teu reino permanecerão diante de Mim eternamente e o teu trono será firme para sempre». Palavra do Senhor. SALMO RESPON 118 MARÇO 18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja Comum dos Pastores da Igreja: pp. 486 ss. ou Comum dos Doutores da Igreja: pp. 527 ss. LEITURA I 1 Jo 5, 1-5: p. 606 SALMO RESPONSORIAL

Leia mais

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "ELE te declarou, ó homem, o que é bom;

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. ELE te declarou, ó homem, o que é bom; O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "ELE te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR requer de ti, 1 / 6 senão que pratiques a justiça, e ames a

Leia mais

Sejam bem-vindos a nossa série de mensagens baseada no Evangelho de Jesus, narrado pelo evangelista João.

Sejam bem-vindos a nossa série de mensagens baseada no Evangelho de Jesus, narrado pelo evangelista João. Série: Encontros com Jesus O ENCONTRO DE JESUS COM OS DISCÍPULOS (06/07) Sejam bem-vindos a nossa série de mensagens baseada no Evangelho de Jesus, narrado pelo evangelista João. Aqui no Evangelho original

Leia mais

DOMINGO V DA QUARESMA

DOMINGO V DA QUARESMA DOMINGO V DA QUARESMA LEITURA I Ez 37, 12-14 «Infundirei em vós o meu espírito e revivereis» Leitura da Profecia de Ezequiel Assim fala o Senhor Deus: «Vou abrir os vossos túmulos e deles vos farei ressuscitar,

Leia mais

Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011

Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011 Indaiatuba 23 de Janeiro de 2011 Mensagem 01 Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, 02 e ele começou a ensiná-los, dizendo: 03 Bem-aventurados os

Leia mais

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA PADROEIRA DE MOÇAMBIQUE E PORTUGAL Solenidade LEITURA I Gen 3, 9-15.20 «Estabelecerei inimizade entre a tua descendência e a descendência dela» Leitura do Livro

Leia mais

Nº34 A DomingoXXVIII do Tempo Comum Felizes os convidados

Nº34 A DomingoXXVIII do Tempo Comum Felizes os convidados Nº34 A DomingoXXVIII do Tempo Comum-9.10.2011 Felizes os convidados Todos os domingos, Deus convida-nos para virmos à festa do seu filho: a Eucaristia. Nós, às vezes, também fazemos festas, e convidamos

Leia mais

Assunção da Virgem Maria

Assunção da Virgem Maria Assunção da Virgem Maria Exultemos de alegria no Senhor, ao celebrar este dia de festa em honra da Virgem Maria. Na sua Assunção alegram-se os Anjos e cantam louvores ao Filho de Deus. Perdoa-nos, Senhor.

Leia mais

1ª Leitura - Lv 19,

1ª Leitura - Lv 19, 1ª Leitura - Lv 19,1-2.11-18 Julga teu próximo conforme a justiça. Leitura do Livro do Levítico 19,1-2.11-18 1 O Senhor falou a Moisés, dizendo: 2 'Fala a toda a comunidade dos filhos de Israel, e dize-lhes:

Leia mais

Solenidade da Ascensão do Senhor - Ano B Seg, 29 de Dezembro de :11 - Última atualização Sáb, 16 de Maio de :44

Solenidade da Ascensão do Senhor - Ano B Seg, 29 de Dezembro de :11 - Última atualização Sáb, 16 de Maio de :44 At 1,1-11 Sl 46 Ef 4,1-13 Mc 16,15-20 Hoje, celebramos o mistério da Ascensão do Senhor. É mistério porque brota do coração de Deus, é mistério porque ultrapassa tudo quanto possamos imaginar, é mistério

Leia mais

Riconciliados para reconciliar

Riconciliados para reconciliar Riconciliados para reconciliar VIGÍLIA DE ORAÇÃO PARA A FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS 2013. INTRODUCÃO Na solenidade do Coração de Jesus, somos convidados a contemplar a Cristo, o homem de coração

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de Jesus Objetivos Explicar, à luz da Doutrina Espírita, o

Leia mais

Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum

Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum-29.1.2016 O Evangelho de hoje, é a continuação do da semana passada. Na semana passada São Lucas tinha contado como Jesus, depois de ter andado pela Galileia, a ensinar

Leia mais

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. 5 Introdução A devoção ao Imaculado Coração de Maria é uma das mais belas manifestações

Leia mais

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA. Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra.

IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA. Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra. IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra. LEITURA DO LIVRO DE GÉNESIS Gen 3, 9-15.20 Depois de Adão ter comido da árvore, o Senhor Deus chamou-o

Leia mais

18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja. 19 de Março S. JOSÉ, ESPOSO DA VIRGEM SANTA MARIA

18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja. 19 de Março S. JOSÉ, ESPOSO DA VIRGEM SANTA MARIA 118 MARÇO 18 de Março S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja Comum dos Pastores da Igreja: pp. 486 ss. ou Comum dos Doutores da Igreja: pp. 527 ss. LEITURA I 1 Jo 5, 1-5: p. 606 SALMO RESPONSORIAL

Leia mais

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI O CRISTO CONSOLADOR O JUGO DO CRISTO Vinde a mim todos os que estais cansados sob o peso do vosso fardo e vos darei descanso. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de

Leia mais

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.622, de 13/03/2012, transmitida em Casemiro de Abreu/RJ

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.622, de 13/03/2012, transmitida em Casemiro de Abreu/RJ Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.622, de 13/03/2012, transmitida em Casemiro de Abreu/RJ www.facebook.com/men sageirosdeanguera Queridos filhos, Eu vos amo. Alegrai-vos, pois vossos nomes já

Leia mais

A Oração. Egmon Pereira. 23 de Agosto de Igreja Presbiteriana do Brasil. A Oração. Egmon Pereira. Texto Bíblico. Introdução.

A Oração. Egmon Pereira. 23 de Agosto de Igreja Presbiteriana do Brasil. A Oração. Egmon Pereira. Texto Bíblico. Introdução. Igreja Presbiteriana do Brasil 23 de Agosto de 2016 Mateus 6.5-15 5 E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos

Leia mais

ESTUDO BÍBLICO I A SALVAÇÃO EM JESUS CRISTO SAMUEL CORNÉLIO

ESTUDO BÍBLICO I A SALVAÇÃO EM JESUS CRISTO SAMUEL CORNÉLIO ESTUDO BÍBLICO I A SALVAÇÃO EM JESUS CRISTO SAMUEL CORNÉLIO AGOSTO 2016 www.abracandoapalavra.org A Salvação em JESUS CRISTO Um Novo Nascimento De acordo com a Bíblia, O Santo, Eterno, Soberano e Todo

Leia mais

3.º Encontro 2015/2016

3.º Encontro 2015/2016 Escola da Fé 3.º Encontro 2015/2016 CÂNTICO: Onde há Caridade e Amor Onde há caridade e amor aí habita Deus. Papa Francisco abriu porta santa do Jubileu da Misericórdia na Catedral de Bangui, em África,

Leia mais

Nº20A Domingo V da Quaresma Acreditai!

Nº20A Domingo V da Quaresma Acreditai! Nº20A Domingo V da Quaresma - 6.4.2014 Acreditai! Nos amigos confiamos plenamente! Sabemos que jamais nos enganarão e que estarão presentes sempre que deles precisarmos. Nos amigos nós acreditamos: temos

Leia mais

Explicação das leituras nas. Eucaristia. Crisma ou. Sacramento da Ordem

Explicação das leituras nas. Eucaristia. Crisma ou. Sacramento da Ordem 25 de dezembro Unção dos enfermos Explicação das leituras nas Eucaristias Não furtar Ave-Maria Credo Não levantar falsos testemunhos Jordão bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

Gênesis 17:1 g Quando Abrão completou noventa e nove anos, o SENHOR lhe apareceu e declarou: Eu Sou El-Shaddai, Deus Todo-Poderoso, anda na minha

Gênesis 17:1 g Quando Abrão completou noventa e nove anos, o SENHOR lhe apareceu e declarou: Eu Sou El-Shaddai, Deus Todo-Poderoso, anda na minha Gênesis 17:1 g Quando Abrão completou noventa e nove anos, o SENHOR lhe apareceu e declarou: Eu Sou El-Shaddai, Deus Todo-Poderoso, anda na minha presença e sê íntegro!. Deus é. Deus é Onipotente. Apesar

Leia mais

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus»

Ascensão do Senhor. «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Ascensão do Senhor «Foi elevado ao Céu e sentou-se à direita de Deus» Perdão, Senhor. Leitura dos Actos dos Apóstolos Actos 1, 1-11 No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

Imitação de Cristo: sensibilidade à dor humana!

Imitação de Cristo: sensibilidade à dor humana! Imitação de Cristo: sensibilidade à dor humana! DESTAQUE DO DIA: Queridos filhos, os sinais extraordinários que Meu Filho vos oferece, certamente são obras do Seu poder divino, mas principalmente frutos

Leia mais

Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum

Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum Nº 35 C Domingo XXX do Tempo Comum-27.10.13 Se eu for como o fariseu, rezo só a falar em mim: EU...EU...EU... Eu, Senhor, sou o melhor de todos. Eu não sou mentiroso, como os meus colegas. Eu digo bom-dia

Leia mais

Palavra alimento. Nem só de pão vive o homem

Palavra alimento. Nem só de pão vive o homem Palavra alimento A tua palavra, Senhor Jesus, é o pão que me dá forças para escolher servir em vez de ser servido; para perdoar as ofensas em vez de guardar rancor. A tua Palavra, Senhor Jesus, é o alimento

Leia mais

Israel Mazzacorati Ibaviva 2016

Israel Mazzacorati Ibaviva 2016 Israel Mazzacorati Ibaviva 2016 A Igreja é o Corpo de Cristo; o plano eterno e cósmico de Deus, realizado em Cristo Jesus, no poder e no testemunho do Espírito Santo, que se concretiza na história através

Leia mais

AS BEM-AVENTURANÇAS. Introdução. Trem de mineiro...

AS BEM-AVENTURANÇAS. Introdução. Trem de mineiro... AS BEM-AVENTURANÇAS Introdução Trem de mineiro... Nós, mineiros, gostamos muito de trem. Eu me lembro das várias vezes que embarquei no trem que vai de Belo Horizonte a Vitória e desembarquei em Aimorés,

Leia mais

As Bem-Aventuranças. Roteiro 1

As Bem-Aventuranças. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus As Bem-Aventuranças Roteiro 1 Objetivo Explicar as bem-aventuranças

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 25 de Abril - São Marcos Evangelista 1) Oração Ó Deus, que

Leia mais

Nº 40A Domingo XXXIV do Tempo Comum Quando ajudamos alguém, é como se ajudássemos Jesus

Nº 40A Domingo XXXIV do Tempo Comum Quando ajudamos alguém, é como se ajudássemos Jesus Nº 40A Domingo XXXIV do Tempo Comum- 20.11.1011 Quando ajudamos alguém, é como se ajudássemos Jesus Quando eu tive fome, deste-me de comer. Quando eu tinha sede, deste-me de beber. Quando eu estava sem

Leia mais

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses:

Carta aos Filipenses. Carta aos Filipenses: : Filipos: cidade na Macedônia que recebeu seu nome de Filipe II, pai de Alexandre o Grande, que a conquistou no 4 século a.c. Tornou-se colônia romana no 2 século a.c. A segunda das chamadas Cartas da

Leia mais

O Evangelho é prático Parte 1. Romanos 12:9-21

O Evangelho é prático Parte 1. Romanos 12:9-21 O Evangelho é prático Parte 1 Romanos 12:9-21 O amor deve ser sincero. Odeiem o que é mau; apeguem-se ao que é bom. Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do

Leia mais

Reunião - Terço estrutural alavanca em prol do movimento de Emaús e dos cursos que estão chegando.

Reunião - Terço estrutural alavanca em prol do movimento de Emaús e dos cursos que estão chegando. Reunião - Terço estrutural alavanca em prol do movimento de Emaús e dos cursos que estão chegando. Texto de inspiração Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e

Leia mais

Nº 13 B - 6º Domingo do Tempo Comum

Nº 13 B - 6º Domingo do Tempo Comum Nº 13 B - 6º Domingo do Tempo Comum-15.2.2015 Ajudar quem precisa Vamos imitar Jesus A Bíblia foi escrita há muitas centenas de anos, mas é fácil perceber como se aplica agora, à nossa vida. No Evangelho

Leia mais

HINOS DE CONCENTRAÇÃO

HINOS DE CONCENTRAÇÃO HINOS DE CONCENTRAÇÃO 73 1. FIRMEZA (Padrinho Sebastião - 03) Firmeza firmeza no amor Firmeza firmeza aonde estou Eu estou firme com meu Jesus Eu estou firme nesta luz Aonde estou Firmeza firmeza no amor

Leia mais

Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO

Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO 353 Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO Solenidade LEITURA I Ez 34, 11-12.15-17 «Quanto a vós, meu rebanho, hei-de fazer, justiça entre ovelhas e ovelhas» Leitura da Profecia

Leia mais

A formula para viver e ir ao céu.

A formula para viver e ir ao céu. A formula para viver e ir ao céu. Jesus, pois, vendo as multidões, subiu ao monte; e, tendo se assentado, aproximaram-se os seus discípulos, e ele se pôs a ensiná-los, dizendo: Bem-aventurados os humildes

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA VINDE A MIM, VÓS QUE ESTAIS AFLITOS E EU VOS ALIVIAREI Mt 11, 28-30 EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 15ª Semana

Leia mais

Celebração do Mês de Maria

Celebração do Mês de Maria Celebração do Mês de Maria Quarta-feira, 22 de maio de 2013 Pais e Padrinhos das Crianças da Catequese Ritos Iniciais Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Pres. A graça de nosso Senhor

Leia mais

«Vai, profeta, ao meu povo»

«Vai, profeta, ao meu povo» Perdão, Senhor. «Vai, profeta, ao meu povo» Leitura da Profecia de Amós Amós 7, 12-15 Naqueles dias, Amasias, sacerdote de Betel, disse a Amós: «Vai-te daqui, vidente. Foge para a terra de Judá. Aí ganharás

Leia mais

Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos

Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos Nº 22 C Domingo II da Páscoa Cristo ressuscitado, os primeiros apóstolos viram-te, tocaram-te, escutaram-te e acreditaram em ti. Nós, os teus amigos de hoje não te contemplámos, nem escutámos a tua voz,

Leia mais

Wagner Fonseca

Wagner Fonseca 16.06.13 Wagner Fonseca Elementos da Maturidade Introdução Medidor de Maturidade!?! Roupas Linguajar Face Tempo de Igreja Tempo na Igreja 9 E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais

Leia mais