A Intel e a AMD são os mais conhecidos fabricantes de processadores ambos tiveram a sua evolução em termos de fabrico de processadores

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Intel e a AMD são os mais conhecidos fabricantes de processadores ambos tiveram a sua evolução em termos de fabrico de processadores"

Transcrição

1 A Intel e a AMD são os mais conhecidos fabricantes de processadores ambos tiveram a sua evolução em termos de fabrico de processadores

2 De seguida mencionamos a evolução de ambos os fabricantes

3 Intel 8086 Em 1979, foi introduzido o primeiro microprocessador da linha x86. Vinha acompanhado pelo 8087, um coprocessador de ponto flutuante. O 8086 foi o primeiro microprocessador da Intel a 16 bits Em 1982 foi introduzido o 80286, conhecido por 286. Corria a velocidades de 6, 8, 10 e 12mhz. Possuía uma arquitectura com suporte de 16 bits, tinha como novidade: o modo de protecção. Esse modo de protecção permitia que vários programas utilizassem a mesma memória sem ter a preocupação de haver erros.

4 O Em 1985 foi introduzido o 80386, também conhecido por 386, possuía uma arquitectura muito poderosa de 32bits. Já vinha com sistema de divisão de memória para multitarefa integrado. Possuía velocidades de 12.5, 16, 20, 25 e 33MHz. Uma novidade também introduzida neste novo produto. O Modo Virtual. Este modo, permitia criar maquinas x86 virtuais, o que fazia com que cada programa dividisse ciclos de processamento entre eles. Havia também uma versão mais barata desse processador, o 386SX. Esse modelo possuía arquitectura de apenas 16bits.

5 80486 Lançado antes de 1990, o 80486, mais conhecido por 486, introduzia pela primeira vez um coprocessador matemático integrado. Isso eliminava a necessidade de ter que o comprar em separado. Outra novidade, era a introdução do cache L1 pela primeira vez na história dos x86. Tinha velocidades de 20, 25, 33 e 50mhz. Este processador, por ter trazido tantas inovações com ele, provocou os primeiros impactos reais no mercado consumidor. As vendas de microcomputadores tinham dado saltos espantosos. Como no 386, este processador vinha em dois formatos: DX (que possuía o coprocessador matemático integrado) e o SX que não possuía esse recurso, sendo mais barato. A Intel chegou a lançar as versões DX2 e DX4 desse processador. A primeira, tinha o dobro de velocidade de bus interna do 486 original e a segunda o triplo, porém nada de inovador.

6 Pentium Em 1993, a Intel lançava o processador que realmente deu início á corrida pelos MHz: O Pentium. Possuindo um BUS externo de 64bits, esse processador podia ter velocidades maiores. O modelo original possuía 60 ou 66mhz. Logo depois, uma segunda geração do Pentium foi lançado. Esse novo Pentium possuía um novo core e tinha velocidades de 75 à 200Mhz. Por fim, uma terceira geração desse processador foi lançado e introduzia uma incrível tecnologia: a Multi-Media Extensions (MMX). Essa terceira geração tinha velocidades de 166 à 233mhz.

7 Pentium II Em 1997, a Intel lançava um novo conceito no modo de produção dos processadores. Pela primeira vez, o clássico modelo de socket tinha sido abandonado. Entrava o modelo de Slot. Esse novo processador vinha com velocidades de 233Mhz à 450Mhz e era revolucionário em tudo que fazia, incluindo aplicações mais pesadas em 3D. Em 1998 a Intel anuncia um modelo novo do Pentium II, o Xeon. Este, destinado a servidores, era nada mais que um Pentium II clássico com mais cache L1. Em compensação, vinha com preços absurdos.

8 Pentium III Lançado em 1999, e até hoje sendo o melhor (mais vendido) processador da empresa, o Pentium 3 apresentava mais cache, MHZ e velocidades finais que os seus antecessores. Vinha com velocidades de 450Mhz a incríveis 1Ghz. Como sempre fez, a Intel lançou varias versões do Pentium III. O normal, a E, e a EB. A E difere do original por possuir um processo de fabrico de 0.18 micron. Isso resulta num menor consumo de energia e menos dissipação de calor. O modelo EB, é o mesmo do E só que possui um bus de 133Mhz. O PIII Xeon, destinado a servidores também apareceu mais tarde. Vinha nos formatos de socket e slot.

9 Pentium 4 No final do ano 2000, a Intel anuncia o seu mais recente e mais poderoso processador. O Pentium 4. Esse novo processador, com um bus de 400mhz (100mhz x 4) possui velocidades de 1.3 à 1.5Ghz. Alguns testes mostram que este processador não é tão inovador quanto pretendia ser, isto porque ficou atrás de processadores de gerações mais antigas. A evolução deste processador Inicialmente conhecido pelo nome de código willamette de socket 423, levou á introdução do Pentium 4 socket 478 com um bus de 400 MHz a 1066 MHz. O socket 478 é um tipo de socket usado para os Pentium 4 e Celerons, e foi substituído mais tarde com o aparecimento do socket LGA775. Foi produzido entre 2000 (1.4 e 1.5 GHz ) e 2006 (3800 MHz ) Os processadores para socket 478 tem suporte para DDR (133/266/333/400 SDRAM).

10 Celeron Lançado em 1998 este processador sofreu inúmeras modificações desde a sua criação até os dias actuais. Foi uma versão 'light' das versões mais 'top' da linha Intel e trouxe a oportunidade de inclusão digital por parte das pessoas com menos capacidade econômica e também é caracterizado por ser constantemente usado em computadores on-board, existente em marcas conhecidas como a Dell. Geralmente é preferida por pessoas que entendem menos de máquinas. Os núcleos dos Celeron são: Convington, Mendocino, Coppermine, Tualatin, Willamette, Northwood, Prescott, Prescott + 64 bits e Cedar Mill.

11 Centrino Foi introduzido em 2003 o Intel Centrino, um microprocessador especificamente desenvolvido para computadores portáteis. O Centrino (também conhecido como Centrino Mobile Technology) foi uma iniciativa de marketing da empresa Intel para uma combinação do CPU com a Mainboard-chipset com a interface wireless network no formato de um laptop pessoal. A combinação consiste em um processador, Pentium M, o Intel 855 chipset family e uma conexão Intel PRO/Wireless 2100 (IEEE_802.11b)

12 AMD A AMD (Advanced Micro Devices) foi fundada em 1969 e começou a produzir chips para a Intel a partir de algumas encomendas. Mas decidiu produzir seus próprios produtos. Em função do monopólio da intel os preços dos produtos da AMD eram muito inferiores. A guerra entre os fabricantes de processadores estava finalmente declarada e a AMD procurava uma saída desesperada para passar á frente da Intel. Em 1998 lançou o K6-2 para fazer frente ao Pentium MMX e o Pentium 2. Em 1999 lançou o K6-3 mantendo a disputa, com o Pentium 3. Em 2000 a AMD lança um processador com o nome de ATHLON prometendo revolucionar o mercado de hardware e superar a concorrente Intel. Finalmente a AMD acertou no seu processador, concorria de forma igual, pois o seu novo processador possuía algumas vantagens em relação á Intel e vice-versa. Porém o preço era mais baixo.

13 O K7, mais conhecido popularmente como ATHLON, fez com que a AMD mostrasse que poderia se tornar líder no mercado com um processador simplesmente excepcional. As primeiras versões do ATHLON vinham com um cache externo de 512Kb. Os dois processadores concorrentes, ATHLON e pentium 3, eram de certa forma equivalentes, pois cada um apresentava algum tipo de vantagem sobre o outro. O ATHLON foi fabricado também no formato SLOT-A, bem parecido fisicamente com o SLOT-1 da intel, porém incompatível. Um dos problemas do ATHLON era seu super aquecimento, que ocorria porque o processador ainda utilizava o antigo processo de fabrico de 0.25 Mícrons uma desvantagem em relação ao pentium 3 que produzia menos calor. Em compensação, era ligeiramente mais barato. Assim a AMD resolveu modificar o processo de fabrico deste processador, passando a utilizar o 0.18 Mícrons, o que fez, então, resolver este problema. Isso fez com que o ATHLON alcançasse vendas excelentes, impulsionadas pelo seu menor preço em comparação ao pentium 3, e também pela performance parecida, ou até melhor que a do pentium 3.

14 AMD ATHLON THUNDERBIRD Da mesma maneira que a intel, a AMD também incorporou o cache L2 ao núcleo do seu processador, sob o nome de "ATHLON THUNDERBIRD". Esta nova versão possui menos cache (256Kb) que o ATHLON original. No entanto, consumia bem menos energia e produzia bem menos calor. O cache integrado no processador oferece um grande ganho de performance, pois trabalha a mesma velocidade. Assim, a AMD deixou de estar próxima da intel para, finalmente, igualar-se a ela. Logo, foi introduzido um novo socket de encaixe, chamado socket-a ou (socket 462).

15 AMD DURON A AMD queria controlar ambos os mercados de alto e baixo custo. Simultaneamente ao lançamento do ATHLON THUNDERBIRD, foi lançado o processador DURON, que também veio para disputar o mercado de baixo custo com o seu principal concorrente, o Celeron. Descobriu-se depois que esta concorrência era muito mais fácil de ser vencida. Na verdade, o Duron é uma versão do THUNDERBIRD com menos cache L2.O ATHLON THUNDERBIRD vem com cache L2 (Full Speed), e com um cache L1 de 128Kb, totalizando 192Kb de cache, superando, assim o Celeron, seu processador rival. O Duron utilizava o mesmo encaixe dos novos ATHLONS THUNDERBIRS, o socket-a. Sendo ele incompatível com as placa-mãe para o antigo Athlon (Athlon classics, os Athlons de slot-a), nem com processadores intel. Assim, os encaixes para modelos antigos não são compatíveis.

16 Sempron Usando a plataforma do Athlon XP e Duron (K7), os primeiros Semprons foram lançados com o objectivo de substituírem os aclamados Athlon XP e Duron (ambos de socket 462, popularmente conhecido como socket A), que vinha competindo com os recém-chegados Athlon 64. Era na verdade, um Athlon XP "remarcado", possuía o mesmo núcleo da maioria dos Athlons (Thoroughbred), e a mesma quantidade de Cache L2. O Duron possui 64kb de Cache L2, enquanto que o Athlon Thoroughbred B possui 256kb. Uma vantagem do Sempron de Socket A sobre o Athlon XP e Duron é que o núcleo dele é de 130nm (nanometros) mesmo nas versões de baixo clock, ou seja, os transistores são menores dos que os Athlons XP e Durons. As versões menos potentes tinham um processo de fabrico de 180nm, isto fazia com que o Sempron de Socket 462, ser mais eficiente e ter menor aquecimento do que os Athlons XP e Durons de mesmo clock. Existiam Athlons XP de 130nm, mas eram das versões superiores a Já os Durons eram de 180nm.

17 Turion Lançado em 2006 Turion 64 é o nome de marca que a AMD aplica aos seus processadores de 64 bits de baixo consumo (para portáteis). Os processadores Turion 64 (excepto processadores Turion 64 X2) são eles, compatíveis com o Socket 754 da AMD e são equipados com 512 ou 1024 KiB de cache L2, um único canal controlador de memória de 64 bits no próprio chip, e um barramento de 800MHz "HyperTransport".

18 Fim

HARDWARE Montagem e Manutenção de Computadores Instrutor: Luiz Henrique Goulart 15ª AULA OBJETIVOS: PROCESSADORES EVOLUÇÃO / GERAÇÕES BARRAMENTO (BITS) FREQÜÊNCIA (MHZ) OVERCLOCK ENCAPSULAMENTO APOSTILA

Leia mais

Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES

Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES Processador... 2 Clock... 5 Multiplicador de clock / FSB... 6 Memória Cache... 6 Processador O processador é o cérebro do

Leia mais

CPU Unidade Central de Processamento. História e progresso

CPU Unidade Central de Processamento. História e progresso CPU Unidade Central de Processamento História e progresso O microprocessador, ou CPU, como é mais conhecido, é o cérebro do computador e é ele que executa todos os cálculos e processamentos necessários,

Leia mais

Manutenção de Computadores Montagem de microcomputadores: Entendendo melhor os processadores. Professor: Francisco Ary

Manutenção de Computadores Montagem de microcomputadores: Entendendo melhor os processadores. Professor: Francisco Ary Manutenção de Computadores Montagem de microcomputadores: Entendendo melhor os processadores Professor: Francisco Ary Introdução O processador é um dos componentes mais importantes (e geralmente o mais

Leia mais

ENIAC (Electronic Numerical Integrator Analyzer and Computer)

ENIAC (Electronic Numerical Integrator Analyzer and Computer) No final do século XIX os computadores mecânicos, que realizavam cálculos através de um sistema de engrenagens, acionado por uma manivela ou outro sistema mecânico qualquer. PROF. MARCEL SANTOS SILVA O

Leia mais

Hardware Avançado. Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br

Hardware Avançado. Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br Hardware Avançado Laércio Vasconcelos Rio Branco, mar/2007 www.laercio.com.br Avanços recentes em Processadores Chipsets Memórias Discos rígidos Microeletrônica Um processador moderno é formado por mais

Leia mais

Capítulo 2. AMD K6, K6-2, K6-III Super 7 Cyrix MII / 6x86 / 6x86MX Super 7 ou Socket 7 AMD K5, Pentium, Pentium MMX Socket 7

Capítulo 2. AMD K6, K6-2, K6-III Super 7 Cyrix MII / 6x86 / 6x86MX Super 7 ou Socket 7 AMD K5, Pentium, Pentium MMX Socket 7 Processadores Capítulo 2 O processador e o seu soquete Existem vários processadores para PCs. A maioria deles são produzidos pela Intel e AMD. É preciso levar em conta que cada processador exige um tipo

Leia mais

Curso Técnico em Informática. Rafael Barros Sales Tecnólogo em Redes de Computadores Técnico em Informatica CREA/AC

Curso Técnico em Informática. Rafael Barros Sales Tecnólogo em Redes de Computadores Técnico em Informatica CREA/AC Curso Técnico em Informática Rafael Barros Sales Tecnólogo em Redes de Computadores Técnico em Informatica CREA/AC Athlon e Duron O Athlon (em formato de cartucho, com cache L2 externo) Assim como o Pentium

Leia mais

Sumário. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Manutenção de Hardware.

Sumário. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Velocidade do processador. Manutenção de Hardware. Manutenção de Hardware Sumário CPU Clock Interno e Externo Palavra binária Cronologia dos processadores Multiplicação de clock Tipos de soquetes e famílias de processadores Tecnologias proprietárias de

Leia mais

Sumário. Manutenção de Hardware. Clock

Sumário. Manutenção de Hardware. Clock Manutenção de Hardware CPU Reinaldo Gomes reinaldo@cefet-al.br Clock Interno e Externo Sumário Palavra binária Cronologia dos processadores Multiplicação de clock Tipos de soquetes e famílias de processadores

Leia mais

A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores

A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores A história do Processadores O que é o processador Características dos Processadores Vários tipos de Processadores As empresas mais antigas e ainda hoje no mercado que fabricam CPUs é a Intel, AMD e Cyrix.

Leia mais

Cap. 5 - Microprocessadores

Cap. 5 - Microprocessadores Cap. 5 - Microprocessadores Arquitectura de Computadores 2010/2011 Licenciatura em Informática de Gestão Dora Melo (Responsável) Originais cedidos gentilmente por António Trigo (2009/2010) Instituto Superior

Leia mais

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas Óbidos MÓDULO 769 Arquitectura interna do computador Carga horária 25 2. PROCESSADOR (UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO CPU) Formadora: Vanda Martins 3 O processador

Leia mais

Comparação entre Alguns Processadores

Comparação entre Alguns Processadores Comparação entre Alguns Processadores AMD Sempron x Athlon XP Desde o lançamento do processador Sempron, da AMD, a pergunta é "afinal, qual é a diferença do Sempron para o Athlon XP?" O Sempron é um Athlon

Leia mais

TABELA DE PROCESSADORES TABELA DE ESPECIFICAÇÕES DE PROCESSADORES

TABELA DE PROCESSADORES TABELA DE ESPECIFICAÇÕES DE PROCESSADORES TABELA DE ESPECIFICAÇÕES DE PROCESSADORES A intenção da presente Tabela é concentrar numa única fonte de consulta as informações sobre processadores, a partir da sua Quinta Geração, e suas principais características,

Leia mais

29/3/2011. Primeira unidade de execução (pipe U): unidade de processamento completa, capaz de processar qualquer instrução;

29/3/2011. Primeira unidade de execução (pipe U): unidade de processamento completa, capaz de processar qualquer instrução; Em 1993, foi lançada a primeira versão do processador Pentium, que operava a 60 MHz Além do uso otimizado da memória cache (tecnologia já amadurecida) e da multiplicação do clock, o Pentium passou a utilizar

Leia mais

Microprocessadores II - ELE 1084

Microprocessadores II - ELE 1084 Microprocessadores II - ELE 1084 CAPÍTULO III OS PROCESSADORES 3.1 Gerações de Processadores 3.1 Gerações de Processadores Primeira Geração (P1) Início da arquitetura de 16 bits CPU 8086 e 8088; Arquiteturas

Leia mais

Contil Informática. Curso Tecnico em Informatica Rafael Barros Sales Tecnologo em Redes de Computadores Tecnico em Informatica CREA/AC

Contil Informática. Curso Tecnico em Informatica Rafael Barros Sales Tecnologo em Redes de Computadores Tecnico em Informatica CREA/AC Contil Informática Curso Tecnico em Informatica Rafael Barros Sales Tecnologo em Redes de Computadores Tecnico em Informatica CREA/AC Processadores O processador é o cérebro do micro, encarregado de processar

Leia mais

Hardware - Microprocessador

Hardware - Microprocessador Introdução Um microprocessador é um circuito integrado encarregue de executar as instruções de todos os programas armazenados na memória. É o motor que põe tudo a trabalhar desde o momento em que se liga

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Processadores É indispensável em qualquer computador, tem a função de gerenciamento, controlando todas as informações de

Leia mais

Este curso destina-se a uso pessoal pelo cliente que o adquiriu na Laércio Vasconcelos Computação. Ele não pode ser duplicado para ser repassado a

Este curso destina-se a uso pessoal pelo cliente que o adquiriu na Laércio Vasconcelos Computação. Ele não pode ser duplicado para ser repassado a Processadores Este curso destina-se a uso pessoal pelo cliente que o adquiriu na Laércio Vasconcelos Computação. Ele não pode ser duplicado para ser repassado a outros usuários, nem pode ser usado para

Leia mais

ORGANIZACÃO DE COMPUTADORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES

ORGANIZACÃO DE COMPUTADORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES PROCESSADORES CHIPS TRANSISTORES O que é um chip? - conhecido como circuito integrado; - pequeno e fino pedaço de silício no qual os transistores, que formam o microprocessador, foram encapsulados; - processadores

Leia mais

INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.

INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas (EFA-S4A)-NS Trabalho Realizado Por: Igor_Saraiva nº 7 Com

Leia mais

Hardware Fundamental

Hardware Fundamental Hardware Fundamental Arquitectura de Computadores 10º Ano 2006/2007 Unidade de Sistema Um computador é um sistema capaz de processar informação de acordo com as instruções contidas em programas. Na década

Leia mais

Soquetes para o processador

Soquetes para o processador Soquetes para o processador Nos primeiros equipamentos 286, os soquetes eram bem simples. Para a remoção do processador, era necessária a utilização de uma chave de fenda. Nos processadores 386DX, isso

Leia mais

Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui

Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui Trabalho de: Alexandre / Paulo / Rui Índice 1 - CPU-Processador 2 - Chipset Intel/AMD 3 - Cache 4 - Núcleo 5 - CISC/RISC 1. CPU / Processador A unidade central de processamento ou CPU (Central Processing

Leia mais

Organização de Computadores. CPU: Evolução dos Processadores. (Material Complementar)

Organização de Computadores. CPU: Evolução dos Processadores. (Material Complementar) Organização de Computadores CPU: Evolução dos Processadores (Material Complementar) 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura da bibliografia básica.

Leia mais

Bits internos e bits externos. Barramentos. Processadores Atuais. Conceitos Básicos Microprocessadores. Sumário. Introdução.

Bits internos e bits externos. Barramentos. Processadores Atuais. Conceitos Básicos Microprocessadores. Sumário. Introdução. Processadores Atuais Eduardo Amaral Sumário Introdução Conceitos Básicos Microprocessadores Barramentos Bits internos e bits externos Clock interno e clock externo Memória cache Co-processador aritmético

Leia mais

Organização de Computadores 2005/2006 Processadores Intel

Organização de Computadores 2005/2006 Processadores Intel Organização de Computadores 2005/2006 Processadores Intel Paulo Ferreira paf a dei.isep.ipp.pt Março de 2006 Pré História 2 8080.............................................................................................

Leia mais

Processadores. Guilherme Pontes

Processadores. Guilherme Pontes Processadores Guilherme Pontes Já sabemos o básico! Como já sabemos, o processador exerce uma das mais importantes funções do computador. Vamos agora nos aprofundar em especificações mais técnicas sobre

Leia mais

Fundamentos de Hardware

Fundamentos de Hardware Fundamentos de Hardware Curso Técnico em Informática SUMÁRIO PROCESSADOR... 3 CLOCK... 4 PROCESSADORES COM 2 OU MAIS NÚCLEOS... 5 NÚCLEOS FÍSICOS E LÓGICOS... 6 PRINCIPAIS FABRICANTES E MODELOS... 6 PROCESSADORES

Leia mais

Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos

Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos Introdução Os processadores (ou CPUs, de Central Processing Unit) são chips responsáveis pela execução de cálculos, decisões lógicas e instruções

Leia mais

AULA4: PROCESSADORES. Figura 1 Processadores Intel e AMD.

AULA4: PROCESSADORES. Figura 1 Processadores Intel e AMD. AULA4: PROCESSADORES 1. OBJETIVO Figura 1 Processadores Intel e AMD. Conhecer as funcionalidades dos processadores nos computadores trabalhando suas principais características e aplicações. 2. INTRODUÇÃO

Leia mais

Evolução dos Microcomputadores PC

Evolução dos Microcomputadores PC Evolução dos Microcomputadores PC O IBM PC, ou Personal Computer (Computador Pessoal), surgiu em 1981 e se tornou um padrão de microcomputador, o qual passou a ter uma evolução muito rápida, e difícil

Leia mais

Placa - Mãe - Introdução

Placa - Mãe - Introdução Aula de Hardware Placa - Mãe - Introdução Também conhecida como "motherboard" ou "mainboard", a placa-mãe é, basicamente, a responsável pela interconexão de todas as peças que formam o computador. O HD,

Leia mais

CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento

CPU - Significado CPU. Central Processing Unit. Unidade Central de Processamento CPU - Significado CPU Central Processing Unit Unidade Central de Processamento CPU - Função Na CPU são executadas as instruções Instrução: comando que define integralmente uma operação a ser executada

Leia mais

Organização de Computadores 2005/2006 Processadores Intel

Organização de Computadores 2005/2006 Processadores Intel GoBack Organização de Computadores 2005/2006 Processadores Intel Paulo Ferreira paf a dei.isep.ipp.pt Março de 2006 ORGC Processadores Intel slide 1 Pré 8080 8086 80286 Pré ORGC Processadores Intel slide

Leia mais

PROCESSADORES INTEL E AMD TABELAS E PARÂMETROS DE CONFIGURAÇÃO VCORE CLOCK FSB PINAGEM - TEMPERATURA

PROCESSADORES INTEL E AMD TABELAS E PARÂMETROS DE CONFIGURAÇÃO VCORE CLOCK FSB PINAGEM - TEMPERATURA PROCESSADORES INTEL E AMD TABELAS E PARÂMETROS DE CONFIGURAÇÃO VCORE CLOCK FSB PINAGEM - TEMPERATURA Freqüência do Processador Freqüência da placa mãe (barramento) Multiplicador 486DX-2 50 MHz 25 MHz 2x

Leia mais

Hardware de Computadores

Hardware de Computadores Placa Mãe Hardware de Computadores Introdução Placa-mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso eletrônico. É considerado o elemento mais importante de um computador,

Leia mais

Processadores de Núcleo Duplo

Processadores de Núcleo Duplo Processadores de Núcleo Duplo Autor: Fernando Galdino de Moraes Processadores de Núcleo Duplo A sensação desta edição do IDF foi, sem dúvida alguma, o anúncio e a demonstração pública dos processadores

Leia mais

PROCESSADOR. Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM).

PROCESSADOR. Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM). PROCESSADOR Montagem e Manutenção de Microcomputadores (MMM). INTRODUÇÃO O processador é o C.I. mais importante do computador. Ele é considerado o cérebro do computador, também conhecido como uma UCP -

Leia mais

Processadores Parte 1

Processadores Parte 1 Processadores Parte 1 1 Conhecendo os Processadores...3 1.1. Características Básicas...3 1.2. Coprocessador aritmético...3 1.3. Memória Cache...4 1.4. Diferenças na arquitetura...4 1.5. 8088...5 1.6. 80286...5

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU

ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU ARTIGO IV PRINCIPAIS PARTES DA CPU Principais partes da CPU: Nos primeiros computadores as partes da CPU eram construídas separadamente, ou seja, um equipamento fazia o papel de unidade lógica e aritmética

Leia mais

ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES.. Prof. Francisco Tesifom Munhoz 15 PROCESSADORES 3 16 BIBLIOGRAFIA 13

ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES.. Prof. Francisco Tesifom Munhoz 15 PROCESSADORES 3 16 BIBLIOGRAFIA 13 FRANCISCO TESIFOM MUNHOZ 2006 Índice 15 PROCESSADORES 3 15.1 MICROPROCESSADOR 4004 - [1971] 3 15.2 MICROPROCESSADOR 8008 - [1972] 3 15.3 MICROPROCESSADOR 8080 - [1974] 4 15.4 MICROPROCESSADOR 8086-8088

Leia mais

Tabela de soquetes para CPU

Tabela de soquetes para CPU Tabela de soquetes para CPU Soquete Número de Pinos Soquete 0 168 Soquete 1 169 Exemplos de Processadores Compatíveis 486 DX 486 DX 486 DX2 486 SX 486 SX2 Soquete 2 238 486 DX 486 DX2 486 SX 486 SX2 Pentium

Leia mais

CENTRAL PRCESSING UNIT

CENTRAL PRCESSING UNIT Processador O processador, também chamado de CPU ( CENTRAL PRCESSING UNIT) é o componente de hardware responsável por processar dados e transformar em informação. Ele também transmite estas informações

Leia mais

Capítulo. Processadores modernos

Capítulo. Processadores modernos Capítulo 7 Processadores modernos É um pouco difícil definir o que é um processador moderno. O que é moderno hoje pode ser obsoleto dentro de dois anos, e ser descontinuado (ou seja, deixar de ser fabricado)

Leia mais

Evolução dos Processadores

Evolução dos Processadores Evolução dos Processadores Comparação das Famílias de Processadores Intel e AMD Rafael Bruno Almeida Instituto de Computação Unicamp rafaelbruno82@gmail.com RESUMO Em 1965 um dos fundadores da Intel, Gordon

Leia mais

:: Social Bits :: - Socket de processadores http://www.socialbits.com.br/articles/99/socket-de-processadores

:: Social Bits :: - Socket de processadores http://www.socialbits.com.br/articles/99/socket-de-processadores 1 de 7 29/03/2013 11:46 Entrar Registre-se Pesquisar Home Albuns Notícias / Artigos Enquetes Forum Grupos Videos Shopping Sensei Matsumoto 115 articles All Submitter Articles Share Share Share Share More

Leia mais

Duo Core Autor: Luciano Pinheiro dos Santos

Duo Core Autor: Luciano Pinheiro dos Santos 3 Duo Core Autor: Luciano Pinheiro dos Santos 4 História do Core Duo A idéia de processamento duplo adota-se já faz tempo. Esse emprego é mais perceptível nos computadores de grande porte, servidores ou

Leia mais

Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO

Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO Aula 11 27/10/2008 Universidade do Contestado UnC/Mafra Sistemas de Informação Arquitetura de Computadores Prof. Carlos Guerber PROCESSADOR INTRODUÇÃO O processador é um dos componentes que mais determina

Leia mais

5.7.2 Pentium II slot 1

5.7.2 Pentium II slot 1 5.7.2 Pentium II O processador Pentium II é um processador Intel de 6ª geração que também usa a arquitetura P6. Ao contrário do Pentium Pro, o Pentium II foi direcionado aos usuários caseiros e não ao

Leia mais

Hardware. Objetivos da aula. Fornecer exemplos de processadores Intel. Esclarecer as diferenças e as tecnologias embutidas nos processadores Intel.

Hardware. Objetivos da aula. Fornecer exemplos de processadores Intel. Esclarecer as diferenças e as tecnologias embutidas nos processadores Intel. Hardware UCP Unidade Central de Processamento Características dos processadores Intel Disciplina: Organização e Arquitetura de Computadores Prof. Luiz Antonio do Nascimento Faculdade Nossa Cidade Objetivos

Leia mais

Montagem e Manutenção de Computadores

Montagem e Manutenção de Computadores Montagem e Manutenção de Computadores Sistemas Operacionais, soquetes e barramentos Bolsa instrutor-dinf-ufpr SISTEMAS OPERACIONAIS O sistema operacional cria a possibilidade de: - Realizar uma variedade

Leia mais

PROCESSADORES. INTEL x AMD

PROCESSADORES. INTEL x AMD PROCESSADORES INTEL x AMD 1 Microprocessadores Definição: Um microprocessador é um circuito integrado digital que realiza operações matemáticas e lógicas para cumprir determinada tarefa de acordo com uma

Leia mais

O que é Arquitetura de Computadores?

O que é Arquitetura de Computadores? O que é Arquitetura de Computadores? Forças Coordenação de um conjunto de níveis de abstração de um computador sobre um grande conjunto de forças de mudança Arquitetura de Computadores = Arquitetura de

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

Automação e Computadores

Automação e Computadores Automação e Computadores MICROCOMPUTADORES Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores O Computador Hardware Unidades Funcionais de um Sistema Informático Dispositivos de Entrada

Leia mais

AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais

AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais Disciplina: Aplicações Avançadas de Microprocessadores (AAM) Prof. Eduardo Henrique Couto ehcouto@hotmail.com 2014/1 Apresentação do Professor: Cronograma:

Leia mais

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Processadores Prof. Alexandre Beletti Ferreira Introdução O processador é um circuito integrado de controle das funções de cálculos e tomadas de decisão de um computador. Também é chamado de cérebro do

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Aula 01 Tecnologias e Perspectiva Histórica Edgar Noda Pré-história Em 1642, Blaise Pascal (1633-1662) construiu uma máquina de calcular mecânica que podia somar

Leia mais

Capítulo. Processadores descontinuados

Capítulo. Processadores descontinuados Capítulo 6 Processadores descontinuados Para entender a fundo os processadores modernos, você precisa estudar também este capítulo sobre processadores mais antigos. Aqui explicarmos todos os avanços tecnológicos

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

1.3. Componentes dum sistema informático HARDWARE SOFTWARE

1.3. Componentes dum sistema informático HARDWARE SOFTWARE 1.3. Componentes dum sistema informático Computador Sistema Informático HARDWARE SOFTWARE + Periféricos Sistema Operativo Aplicações HARDWARE - representa todos os componentes físicos de um sistema informático,

Leia mais

PROCESSADORES HT, DUAL CORE E TURION 64

PROCESSADORES HT, DUAL CORE E TURION 64 FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS SAGRADO CORAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO SUPERIOR COLEGIADO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ALÉCIO FRANÇA ANDRÉ GOMES SANTANA EDUARDO DOS SANTOS SOPRANI CONCEIÇÃO EROS ALVES GUSTAVO

Leia mais

Hardware Avançado SENAC Rio, 27/08/2014

Hardware Avançado SENAC Rio, 27/08/2014 Hardware Avançado SENAC Rio, 27/08/2014 Laércio Vasconcelos www.laercio.com.br facebook.com/laerciovasconcelosoficial https://www.youtube.com/user/matematicaparavencer Avanços recentes em Processadores

Leia mais

Organização de Computadores Processadores. Professor: Francisco Ary

Organização de Computadores Processadores. Professor: Francisco Ary Organização de Computadores Processadores Professor: Francisco Ary Introdução O que vimos no último encontro: O que é um computador; Arquitetura Três partes principais: Processador; Memória; e Sistema

Leia mais

PROCESSADORES. Introdução. O que é processador? 1/10

PROCESSADORES. Introdução. O que é processador? 1/10 1/10 PROCESSADORES Introdução Os processadores (ou CPU, de Central Processing Unit - Unidade Central de Processamento) são chips responsáveis pela execução de cálculos, decisões lógicas e instruções que

Leia mais

Laboratório de Hardware

Laboratório de Hardware Laboratório de Hardware Um PC é composto por diversos componentes, incluindo o processador, pentes de memória, HD, placa de rede e assim por diante. Prof. Marcel Santos Silva No início, as placas-mãe serviam

Leia mais

Hardware Básico. Processador. Professor: Wanderson Dantas

Hardware Básico. Processador. Professor: Wanderson Dantas Hardware Básico Processador Professor: Wanderson Dantas Processador Este componente é um dos principais responsáveis pelo desempenho de um computador. Um microprocessador é um chip que contem o que chamamos

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Hardware. Arquitetura básica de Processadores. Profº André Luiz andreluizsp@gmail.

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Hardware. Arquitetura básica de Processadores. Profº André Luiz andreluizsp@gmail. Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Hardware Arquitetura básica de Processadores Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com 1 Microprocessador Ao comprar um desktop ou notebook, quase

Leia mais

Carlos E. Morimoto http://www.guiadohardware.net.n morimoto@guiadohardware.net

Carlos E. Morimoto http://www.guiadohardware.net.n morimoto@guiadohardware.net Carlos E. Morimoto http://www.guiadohardware.net.n morimoto@guiadohardware.net Prefácio O Mundo da Informática está em constante evolução. Neste mundo mutável, não é fácil manter-se atualizado. Praticamente

Leia mais

FUNDAMENTOS DE HARDWARE PROCESSADORES. Professor Carlos Muniz

FUNDAMENTOS DE HARDWARE PROCESSADORES. Professor Carlos Muniz FUNDAMENTOS DE HARDWARE Processadores Apesar de ser o componente principal de um microcomputador, o processador depende da ajuda dos demais componentes. Caso apenas um componente apresente baixo desempenho,

Leia mais

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo

Placa-Mãe. Christian César de Azevedo Placa-Mãe Christian César de Azevedo Componentes Básicos Placa-Mãe 2 Componentes da Placa-Mãe 1. Soquete do Processador 2. Chipset 3. Soquetes de memória RAM 4. Conector de alimentação 5. Conector do drive

Leia mais

12/09/2014. Processadores Intel e AMD. Agenda. Prof. Doutorando Luiz Carlos Pereira Santos. Resumo Evolução Intel X AMD PROGRAMAÇÃO

12/09/2014. Processadores Intel e AMD. Agenda. Prof. Doutorando Luiz Carlos Pereira Santos. Resumo Evolução Intel X AMD PROGRAMAÇÃO PROGRAMAÇÃO AVALIAÇÃO I: PROCESSADORES, MEMÓRIA E BARRAMENTO 10,0 PONTOS DATA: 03/10/2014 AVALIAÇÃO II: ARQUITETURA RISC E CISC, DISPOSITIVOS DE ENTRADA E SAÍDA, PROCESSOS DE MONTAGEM DE MICROCOMPUTADORES.

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas MEMÓRIA DDR (DOUBLE DATA RATING) José Vitor Nogueira Santos FT2-0749 Mealhada, 2009 Introdução A memória DDR (Double

Leia mais

Tecnologia PCI express. Introdução. Tecnologia PCI Express

Tecnologia PCI express. Introdução. Tecnologia PCI Express Tecnologia PCI express Introdução O desenvolvimento de computadores cada vez mais rápidos e eficientes é uma necessidade constante. No que se refere ao segmento de computadores pessoais, essa necessidade

Leia mais

Processadores. Fabricantes dos processadores: Intel e AMD

Processadores. Fabricantes dos processadores: Intel e AMD Processadores Os processadores (ou CPUs, de Central Processing Unit) são chips responsáveis pela execução de cálculos, decisões lógicas e instruções que resultam em todas as tarefas que um computador pode

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

Microprocessadores II - ELE 1084

Microprocessadores II - ELE 1084 Microprocessadores II - ELE 1084 CAPÍTULO III OS PROCESSADORES 3.1 Gerações de Processadores 3.1 Gerações de Processadores Primeira Geração (P1) Início da arquitetura de 16 bits CPU 8086 e 8088; 20 bits

Leia mais

Athlon XP 3200+ vs. Athlon 64 3200+ vs. Pentium 4 3,2 GHz Por Gabriel Torres em 13 de fevereiro de 2004

Athlon XP 3200+ vs. Athlon 64 3200+ vs. Pentium 4 3,2 GHz Por Gabriel Torres em 13 de fevereiro de 2004 Página 1 de 12 Athlon XP 3200+ vs. Athlon 64 3200+ vs. Pentium 4 3,2 GHz Por Gabriel Torres em 13 de fevereiro de 2004 Placa De Vídeo Nvidia Geforce... R$197.90 Computador Pentium 4 2.66 Lga... R$1,539.00

Leia mais

Aula 04 Memórias e suas Características

Aula 04 Memórias e suas Características Aula 04 Memórias e suas Características Turma 2 SINA/05.2 Prof. Fábio Martins Memórias Memória DDR2-1000 OCZ terá memórias DDR2-1000 Publicada por badangel em Quinta, fevereiro 23 @ 09:27:36 BRT (89 visualizações)

Leia mais

Capítulo 3. Processadores modernos. O processador e o seu soquete

Capítulo 3. Processadores modernos. O processador e o seu soquete Capítulo 3 Processadores modernos O processador e o seu soquete A primeira decisão a ser tomada por quem quer montar um computador é escolher o fabricante do processador: Intel ou AMD. A segunda decisão

Leia mais

A era dos múltiplos núcleos chegou para ficar e com ela surgiram muitas dúvidas. Conheça hoje os detalhes dos novos processadores da Intel.

A era dos múltiplos núcleos chegou para ficar e com ela surgiram muitas dúvidas. Conheça hoje os detalhes dos novos processadores da Intel. Imprimir Quais as diferenças entre os processadores Intel Core i3, i5 e i7? Por Fabio Jordão Fonte: www.baixaki.com.br/info/3904-quais-as-diferencas-entre-os-processadores-intel-core-i3-i5-e-i7-.htm Quinta-Feira

Leia mais

Microprocessadores II - ELE 1084

Microprocessadores II - ELE 1084 Microprocessadores II - ELE 1084 CAPÍTULO III PROCESSADORES P7 a P9 3.1 Gerações de Processadores Sétima Geração (P7) AMD: Athlon; Intel: Pentium 4; Oitava Geração (P8) Tecnologia Hyper-Threading (HT);

Leia mais

Sistemas de Computação. Dentro da Unidade do Sistema

Sistemas de Computação. Dentro da Unidade do Sistema Sistemas de Computação Dentro da Unidade do Sistema Conexão de rede subwoofer impressora microfone Unidade de disco flexível Monitor de vídeo Unidade de DVD modem Alto-falante Unidade de sistema ou gabinete

Leia mais

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br Fundamentos da Informática História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br História da Computação Hoje em dia, os computadores estão presentes em nossa vida de uma forma nunca vista

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

SIS17 - Arquitetura de Computadores. Introdução (Parte III)

SIS17 - Arquitetura de Computadores. Introdução (Parte III) SIS17 - Arquitetura de Computadores Introdução (Parte III) Espectro Computacional (Visão Geral) Servidor Estações de Trabalho Mainframe Supercomputador TIPO Computadores de uso comum (pequenos chips) Computadores

Leia mais

Sistemas Computacionais

Sistemas Computacionais 2 Introdução Barramentos são, basicamente, um conjunto de sinais digitais com os quais o processador comunica-se com o seu exterior, ou seja, com a memória, chips da placa-mãe, periféricos, etc. Há vários

Leia mais

CISC RISC Introdução A CISC (em inglês: Complex Instruction Set Computing, Computador com um Conjunto Complexo de Instruções), usada em processadores Intel e AMD; suporta mais instruções no entanto, com

Leia mais

Organização de Computadores

Organização de Computadores Organização de Computadores Marcelo Lobosco DCC/UFJF Avaliando e Compreendendo o Desempenho Aula 10 Agenda Análise de Desempenho (cont.) Avaliando o Desempenho Benchmark SPEC Falácias e Armadilhas Desempenho

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Arquitetura de Computadores e Redes de Dados

Arquitetura de Computadores e Redes de Dados Arquitetura de Computadores e Redes de Dados Curso Técnico de Informática de Sistemas Ano Letivo 2017/2018 Ciclo de Formação 2017/2020 Professora Ana Reis Prof. Ana Reis - ASRD 1 UFCD o769 Arquitetura

Leia mais

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES Escola Europeia de t Ensino Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES TRABALHO REALIZADO: ANDRÉ RIOS DA CRUZ ANO LETIVO: 2012/ 2013 TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS 2012 / 2013 3902 Escola

Leia mais

Processadores Tecnologia de Multiprocessamento VS + Núcleos. Claudio Damasceno prof.claudiodamasceno@hotmail.com

Processadores Tecnologia de Multiprocessamento VS + Núcleos. Claudio Damasceno prof.claudiodamasceno@hotmail.com Processadores Tecnologia de Multiprocessamento VS + Núcleos Claudio Damasceno prof.claudiodamasceno@hotmail.com Core Solo O Core Solo é a versão do Core Duo com apenas um núcleo de processamento. Ele mantém

Leia mais

INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES

INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES INSTALAÇÃO e MANUTENÇÃO de MICRO COMPUTADORES 2010/2011 1 Processador O microprocessador, popularmente conhecido como processador, é um circuito integrado que realiza as funções de cálculo e tomada de

Leia mais

ÍNDICE.1 ÍNDICE.2 O QUE O PROCESSADOR.3 VELOCIDADE.3 ACTUALIDADE.3 INTEL.4 OS PROCESSADORES MAIS IMPORTANTES DE INTEL.4 CHIPSET.5 TABELA.8 COOLER.

ÍNDICE.1 ÍNDICE.2 O QUE O PROCESSADOR.3 VELOCIDADE.3 ACTUALIDADE.3 INTEL.4 OS PROCESSADORES MAIS IMPORTANTES DE INTEL.4 CHIPSET.5 TABELA.8 COOLER. Índice ÍNDICE...1 ÍNDICE...2 O QUE O PROCESSADOR...3 VELOCIDADE...3 ACTUALIDADE...3 INTEL...4 OS PROCESSADORES MAIS IMPORTANTES DE INTEL...4 CHIPSET...5 TABELA...6 BITS INTERNOS...7 BITS EXTERNOS...7 ENDEREÇAMENTO...8

Leia mais