AUTOPERCEPÇÃO EM SAÚDE BUCAL DE IDOSOS EM USF DO DISTRITO SANITÁRIO III

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AUTOPERCEPÇÃO EM SAÚDE BUCAL DE IDOSOS EM USF DO DISTRITO SANITÁRIO III"

Transcrição

1 AUTOPERCEPÇÃO EM SAÚDE BUCAL DE IDOSOS EM USF DO DISTRITO SANITÁRIO III DE JOÃO PESSOA-PB AILMA DE SOUZA BARBOSA MARIA BETÂNIA MORAIS FAGNER BOSON SANTOS FÁBIO CORREIA SAMPAIO FRANKLIN DELANO SOARES FORTE

2 O envelhecimento da população e a mudança no perfil sócio-demográfico: No Brasil Na Paraíba Em João Pessoa;(IBGE, 2000) O aumento da expectativa de vida e o impacto na demanda dos serviços de saúde;

3 O envelhecimento e a Saúde Bucal; Conseqüências para a Saúde Bucal A perda parcial ou total dos dentes, um processo A perda parcial ou total dos dentes, um processo irreversível e acumulativo, é um dos principais problemas neste grupo etário, pelo grande número de pessoas atingidas e pelas conseqüências que este fato pode ter na vida da pessoa, não só em relação a sua saúde bucal mas também a sua saúde geral. SILVA (1998)

4 OBJETIVOS Geral Avaliar a auto-percepção em saúde bucal de idosos de anos, não institucionalizados participantes dos grupos de idosos das USFs Mangabeira IV por dentro e Timbó I, Distrito Sanitário III de João Pessoa PB, associando aos critérios normativos da OMS (1997).

5 Específicos - Avaliar o acesso ao atendimento odontológico e os fatores sócio-econômicos dos idosos; - Estimar a prevalência de cárie dentária; - Estimar a necessidade e uso de prótese;

6 METODOLOGIA Encaminhamento: aos Comitês: -Comissão de Avaliação de Projetos DCOS/CCS - CEP do CCS/UFPB - Direção do Distrito Sanitário III Aspectos éticos da pesquisa envolvendo seres humanos, preconizados na resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde CNS

7 Tipo de estudo Trata-se de um estudo com abordagem transversal, descritiva, com eixo temporal contemporâneo e quantitativo (Pereira, 1995). Local de estudo USF Timbó I USF Mangabeira IV por dentro

8 População do estudo - Dos 65 idosos participantes dos grupos destas Unidades, 29 idosos de anos foram convidados a participar do estudo; Coleta de dados - Os exames e entrevista foram realizados nos consultórios das USF;

9 - Foram usados critérios de diagnóstico de cárie dentária preconizados pela OMS (1997) Brasil (2001). - O uso e a necessidade de próteses: próteses totais, próteses fixas, parciais removíveis maxila e mandíbula combinação de próteses - Entrevista estruturada: Dados de identificação; Dados sócio-econômicos; Acesso aos serviços odontológicos e questões relacionadas à saúde bucal; Índice GOHAI (Geriatric Oral Health Assessment Index)

10 GOHAI - O voluntário da pesquisa pôde responder às questões do GOHAI mencionando três possibilidades: sempre, às vezes ou nunca, que receberam valores numa escala de 3 pontos (sempre=1, às vezes=2, nunca=3); com exceção das questões 3, 5 e 7, em que estes valores serão de 3 a 1 KRESSIN et al., 1997; MASCARENHAS, 1999; SILVA e FERNANDES, 2001; SILVA, 2003; Classificação do GOHAI: Grupo baixo. Grupo a 33 moderado Grupo a 36 alto

11 RESULTADOS Tabela 01: Distribuição da amostra conforme variáveis sócioeconômicas. João Pessoa-PB, 2006.

12 Tabela 02: Distribuição da amostra conforme acesso a serviços odontológicos. João Pessoa-PB, 2006.

13 Tabela 03: Distribuição do CPO-D médio da amostra por componente. João Pessoa, Observou-se alto índice de experiência cárie dentária, superior aos dados nacionais (27,79% SB Brasil 2003), embora em mesma distribuição dos componentes sendo observado maior prevalência dos extraídos.

14 35% edêntulo dentado 65% Figura 01. Distribuição dos idosos segundo o edentulismo. João Pessoa, Observou-se alta porcentagem de edêntulos dados semelhantes aos de Silva (1998), Colussi et al. (2004), Gaião, Almeida e Heukelbach (2005). Oliveira (2006) destacou a associação dos modelos de oferta de serviços as extrações dentárias. A meta da OMS e FDI para o ano 2000( 50% dos idosos teriam que ter 20 ou mais dentes presentes na cavidade bucal).

15 Tabela 04: Distribuição do uso de próteses dentárias por idosos das USF Mangabeira IV por dentro e USF Timbó I. João Pessoa-PB, 2006.

16 Tabela 05: Distribuição da necessidade de próteses dentárias por idosos da USF Mangabeira IV por dentro e USF Timbó I. João Pessoa.

17 Tabela 06. Classificação da amostra de acordo com o GOHAI. João Pessoa, Diferentemente dos estudos de Silva, Fernandes (2001), Cabral, Martelli (2003) em que os participantes da pesquisa apresentaram precária percepção dos problemas bucais;

18 Tabela 07: Associação entre o GOHAI e uso de próteses dentárias por idosos das USF Mangabeira IV por dentro e USF Timbó I. João Pessoa-PB, Teste Exato de Fisher p=0,126 (NS) Não se observou diferenças entre os grupos formados a partir do uso de próteses e o GOHAI em suas dimensões.

19 Não necessita 100% 80% 60% 26,30% 70% Necessita 40% 73,70% 20% 30% 0% GOHAI 30 GOHAI de 31 a 33 Grupo 01 Grupo 02 Teste Exato de Fisher p=0,046 (S) Figura 03: Necessidade de prótese associada ao GOHAI. João Pessoa, 2006.

20 A percepcão do idoso e do profissional: Nem sempre o que o Cirurgião Dentista percebe como necessidade é sentida pelo paciênte. 48,3% dos idosos relataram não necessitar de tratamento. Ao se comparar com os critérios normativos adotados nesse estudo observamos que 58,6% da amostra total, necessitavam de algum tipo de prótese inferior e 37,9% de superior.

21 Tabela 09: Associação entre satisfação com a mastigação e o uso e necessidade de próteses dentárias por idosos das USF Mangabeira IV por dentro e USF Timbó I. João Pessoa-PB, Teste Exato de Fisher

22 Tabela 10: Associação entre satisfação com a aparência dos dentes e o uso e necessidade de próteses dentárias por idosos das USF Mangabeira IV por dentro e USF Timbó I. Joao Pessoa- PB, Teste Exato de Fisher

23 Tabela 11: Média do GOHAI segundo as dimensões e uso de próteses. João Pessoa-PB, Teste de Mann-Whitney U

24 CONCLUSÃO A maioria dos idosos mora com suas famílias em casas multigeracionais, já tinha ido ao cirurgião-dentista; e afirmou não ter recebido informações sobre como evitar problemas de saúde bucal; Observou-se alto número de indivíduos edêntulos, alta prevalência de cárie, com maior representatividade do componente P ; Algum tipo de prótese era usada pela maioria, sendo a prótese total superior a mais utilizada.

25 Verificou-se a necessidade de próteses na maioria, principalmente a prótese inferior. Através da análise do GOHAI observou-se que os idosos apresentam de baixa a média percepção da saúde bucal; A maioria dos idosos que usava prótese relatou satisfação com a mastigação e com a aparência dos dentes ou próteses;

26 Sugere-se a implementação de medidas de promoção à saúde direcionadas à esse grupo de idosos, no intuito de disseminar informações sobre saúde bucal, focando em indicadores subjetivos( autopercepção) mais abrangentes para promover bem-estar e qualidade de vida, não só em relação a saúde bucal, levando em conta o que eles percebem e sentem.

27 Referências 1- Instituto Brasileiro de geografia e estatística. Censo SILVA, SRC, FERNANDES, RAC. Autopercepção das condições de saúde bucal por idosos. Ver. Saúde Píbllica. 2001; 35(4): BRASIL, Ministério da Saúde Coordenação Nacional de saúde Bucal. Condições de saúde bucal da população brasileira- Prejeto SB Brasil COLUSSI CF, FREITAS SFT, CALVO MC. Perfil Epidemiólogico de cárie e do uso e necessidade de prótese. Ver. Bras. Epidemiol. 2004; 7(1): OLIVEIRA AGRC. Edentulismo. In: ANTUNES, JLF, PERES, MA. Epidemiologia da saúde bucal. Guanabara Koogan: Rio de Janeiro, Cap ARAÚJO SSC, FREIRE DBL, PADILHA DMP, BALDISSEROTTO J. Suporte social, promoção de saúde e saúde bucal na população idosa no Brasil. Interface-Comunic., Saúde, Educ 2006; 10(19):

28

Autopercepção em saúde bucal de idosos em unidades de saúde da família do Distrito Sanitário III de João Pessoa-PB.

Autopercepção em saúde bucal de idosos em unidades de saúde da família do Distrito Sanitário III de João Pessoa-PB. Arquivos em Odontologia Volume 43 Nº 02 Autopercepção em saúde bucal de idosos em unidades de saúde da família do Distrito Sanitário III de João Pessoa-PB. 23 RESUMO O objetivo deste estudo foi o de avaliar

Leia mais

IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA

IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA Cristina Marques de Almeida Holanda 1, Michele Alexandre da Silva 2 cristinamahd@gmail.com 1, michelebr@live.com 2 Universidade Federal

Leia mais

RESUMO ABSTRACT KEY-WORDS DESCRITORES

RESUMO ABSTRACT KEY-WORDS DESCRITORES ISSN - 1519-0501 DOI: 10.4034/PBOCI.2012.122.05 Fatores Socioeconômicos Associados à Necessidade de Prótese, Condições Odontológicas e Autopercepção de Saúde Bucal em População Idosa Institucionalizada

Leia mais

Banca: Prof. Dr. Wilson Galhego Garcia- Orientador - (FOA/Unesp) Profa. Dra. Nemre Adas Saliba - Orientadora - FOA/Unesp)

Banca: Prof. Dr. Wilson Galhego Garcia- Orientador - (FOA/Unesp) Profa. Dra. Nemre Adas Saliba - Orientadora - FOA/Unesp) Nome: LUIZA NAKAMA Nível: Doutorado defesa em 12/08/1999 Orientador: Wilson Galhego Garcia Banca: Prof. Dr. Wilson Galhego Garcia- Orientador - (FOA/Unesp) Profa. Dra. Nemre Adas Saliba - Orientadora -

Leia mais

2004 Política Nacional de Saúde Bucal. Ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção da saúde bucal dos brasileiros

2004 Política Nacional de Saúde Bucal. Ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção da saúde bucal dos brasileiros 2004 Política Nacional de Saúde Bucal Ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção da saúde bucal dos brasileiros AS POLITICAS PÚBLICAS condicionam Os determinantes sociais da saúde Inclusão

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE CONHEÇA A POLÍTICA QUE FAZ MUITOS BRASILEIROS VOLTAREM A SORRIR

MINISTÉRIO DA SAÚDE CONHEÇA A POLÍTICA QUE FAZ MUITOS BRASILEIROS VOLTAREM A SORRIR MINISTÉRIO DA SAÚDE CONHEÇA A POLÍTICA QUE FAZ MUITOS BRASILEIROS VOLTAREM A SORRIR Brasília - DF / 2015 MINISTÉRIO DA SAÚDE POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE BUCAL BRASIL SORRIDENTE Durante anos, a Odontologia

Leia mais

SERVIÇOS AMBULATORIAIS DE SAÚDE NO CUIDADO INTEGRAL A PESSOA IDOSA

SERVIÇOS AMBULATORIAIS DE SAÚDE NO CUIDADO INTEGRAL A PESSOA IDOSA SERVIÇOS AMBULATORIAIS DE SAÚDE NO CUIDADO INTEGRAL A PESSOA IDOSA Cristiana Barbosa da Silva Gomes; Rosângela Vidal de Negreiros; Rejane Maria de Sousa Cartaxo; Tatianne da Costa Sabino; Lidiany Galdino

Leia mais

saúde bucal no estado de São Paulo

saúde bucal no estado de São Paulo O retrato da saúde bucal no estado de São Paulo Estudo feito com 17.560 pessoas em 162 municípios revela indicadores surpreendentes sobre as condições bucais da população paulista em 2015 24 REVISTA do

Leia mais

A INFLUÊNCIA DE ASPECTOS CONTEXTUAIS E INDIVIDUAIS NA DENTIÇÃO FUNCIONAL DE ADULTOS DO SUL DO BRASIL

A INFLUÊNCIA DE ASPECTOS CONTEXTUAIS E INDIVIDUAIS NA DENTIÇÃO FUNCIONAL DE ADULTOS DO SUL DO BRASIL A INFLUÊNCIA DE ASPECTOS CONTEXTUAIS E INDIVIDUAIS NA DENTIÇÃO FUNCIONAL DE ADULTOS DO SUL DO BRASIL Annie Pozeczek Koltermann Jessye Melgarejo do Amaral Giordani Maria Teresa Anselmo Olinto Marcos Pascoal

Leia mais

REABILITAÇÃO ORAL EM PACIENTES IDOSOS: REVISÃO DE LITERATURA

REABILITAÇÃO ORAL EM PACIENTES IDOSOS: REVISÃO DE LITERATURA REABILITAÇÃO ORAL EM PACIENTES IDOSOS: REVISÃO DE LITERATURA Ellen Cordeiro Costa (1); Renata Guimarães Alves (2); José de Alencar Fernandes Neto (3); Maria Helena Chaves de Vasconcelos Catão (4) (1) Graduanda

Leia mais

ANÁLISE QUALITATIVA DA AUTOPERCEPÇÃO DA SAÚDE BUCAL DE IDOSOS DA ATENÇ

ANÁLISE QUALITATIVA DA AUTOPERCEPÇÃO DA SAÚDE BUCAL DE IDOSOS DA ATENÇ ANÁLISE QUALITATIVA DA AUTOPERCEPÇÃO DA SAÚDE BUCAL DE IDOSOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM PORTO ALEGRE QUE USAM E/OU NECESSITAM DE PRÓTESE DENTÁRIA 1 Fernando Valentim Bitencourt 2 Helena Weschenfelder Corrêa

Leia mais

O ENVELHECIMENTO NO CONTEXTO DA ODONTOLOGIA THE AGING IN THE CONTEXT OF THE DENTISTRY

O ENVELHECIMENTO NO CONTEXTO DA ODONTOLOGIA THE AGING IN THE CONTEXT OF THE DENTISTRY Rev. Triang.: Ens. Pesq. Ext. Uberaba MG, v.2. n.1, p. 43-52, jan./ jun. 2009 O ENVELHECIMENTO NO CONTEXTO DA ODONTOLOGIA THE AGING IN THE CONTEXT OF THE DENTISTRY Ana Carolina de Assis Simões 1 Raquel

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTO EM METODOLOGIA CIENTÍFICA E INTERPRETAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO NÍVEL DOUTORADO PROVA A. Candidato:

PROVA DE CONHECIMENTO EM METODOLOGIA CIENTÍFICA E INTERPRETAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO NÍVEL DOUTORADO PROVA A. Candidato: UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE MEDICINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIENCIAS DA SAÚDE - Processo seletivo 2017 PROVA DE CONHECIMENTO EM METODOLOGIA CIENTÍFICA E INTERPRETAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

Leia mais

Edentulismo, uso de prótese e autopercepção de saúde bucal entre idosos

Edentulismo, uso de prótese e autopercepção de saúde bucal entre idosos REVISTA DE ODONTOLOGIA DA UNESP Rev Odontol UNESP. 2015 Mar.-Apr.; 44(2): 74-79 2015 - ISSN 1807-2577 Doi: http://dx.doi.org/10.1590/1807-2577.1072 Edentulismo, uso de prótese e autopercepção de saúde

Leia mais

INTERFERÊNCIA DA CONDIÇÃO DE SAÚDE BUCAL DO IDOSO EM SUA VIDA SOCIAL E AFETIVA

INTERFERÊNCIA DA CONDIÇÃO DE SAÚDE BUCAL DO IDOSO EM SUA VIDA SOCIAL E AFETIVA 1 INTERFERÊNCIA DA CONDIÇÃO DE SAÚDE BUCAL DO IDOSO EM SUA VIDA SOCIAL E AFETIVA Lorena Cristina Salgado Dias Universidade Vale do Rio Doce MG Bolsista de Iniciação Científica da FAPEMIG Géter Pimentel

Leia mais

EXCESSO DE PESO E FATORES ASSOCIADOS EM IDOSOS ASSISTIDOS PELO NASF DO MUNICÍPIO DE PATOS-PB

EXCESSO DE PESO E FATORES ASSOCIADOS EM IDOSOS ASSISTIDOS PELO NASF DO MUNICÍPIO DE PATOS-PB EXCESSO DE PESO E FATORES ASSOCIADOS EM IDOSOS ASSISTIDOS PELO NASF DO MUNICÍPIO DE PATOS-PB Maria Rozimar Dias dos Santos Nóbrega José Maurício de Figueiredo Júnior Faculdades Integradas de Patos FIP

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTO EM METODOLOGIA CIENTÍFICA E INTERPRETAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO NÍVEL MESTRADO PROVA A. Candidato:

PROVA DE CONHECIMENTO EM METODOLOGIA CIENTÍFICA E INTERPRETAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO NÍVEL MESTRADO PROVA A. Candidato: UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE MEDICINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIENCIAS DA SAÚDE - Processo seletivo 2017 PROVA DE CONHECIMENTO EM METODOLOGIA CIENTÍFICA E INTERPRETAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

Leia mais

Relação Entre Cárie Dentária, Edentulismo e Autopercepção de Saúde Bucal em Adolescentes, Adultos e Idosos de Um Município do Nordeste Brasileiro

Relação Entre Cárie Dentária, Edentulismo e Autopercepção de Saúde Bucal em Adolescentes, Adultos e Idosos de Um Município do Nordeste Brasileiro Lima AMC, Ulinski KGB, Poli-Frederico RC, Benetti Artigo AR, Original Fracasso / MLC, Original Maciel Article SM Relação Entre Cárie Dentária, Edentulismo e Autopercepção de Saúde Bucal em Adolescentes,

Leia mais

EFEITOS DE UM PROGRAMA DE EXERCÍCIOS EM DUPLA-TAREFA SOBRE O EQUILÍBRIO E A COGNIÇÃO DE MULHERES IDOSAS

EFEITOS DE UM PROGRAMA DE EXERCÍCIOS EM DUPLA-TAREFA SOBRE O EQUILÍBRIO E A COGNIÇÃO DE MULHERES IDOSAS EFEITOS DE UM PROGRAMA DE EXERCÍCIOS EM DUPLA-TAREFA SOBRE O EQUILÍBRIO E A COGNIÇÃO DE MULHERES IDOSAS Wagner Vitória dos Santos (1); Kamila Ângela Dantas Dias (2); Giulliana Helen de Vasconcelos Gomes

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade de São Paulo (USP), SP, Brasil 3

Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade de São Paulo (USP), SP, Brasil 3 Outubro / Dezembro de 2010 213 Acesso a serviços odontológicos e auto-percepção da saúde bucal em adolescentes, adultos e idosos Access to dental services and self-perception of oral health in adolescents,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ENTRE PERCEPÇÃO DE SAÚDE BUCAL E INDICADORES CLÍNICOS E SUBJETIVOS: ESTUDO EM ADULTOS DE UM GRUPO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA DA TERCEIRA IDADE.

ASSOCIAÇÃO ENTRE PERCEPÇÃO DE SAÚDE BUCAL E INDICADORES CLÍNICOS E SUBJETIVOS: ESTUDO EM ADULTOS DE UM GRUPO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA DA TERCEIRA IDADE. CDD: 617.6 ASSOCIAÇÃO ENTRE PERCEPÇÃO DE SAÚDE BUCAL E INDICADORES CLÍNICOS E SUBJETIVOS: ESTUDO EM ADULTOS DE UM GRUPO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA DA TERCEIRA IDADE. ASSOCIATION BETWEEN ORAL HEALTH PERCEPTION

Leia mais

Resultados e discussão

Resultados e discussão Necessidade protética da população quilombola de Santo Antônio do Guaporé-Rondônia-Brasil Prosthetics needs of the Quilombola Population of Santo Antonio Guaporé, Rondônia Maria Eliza de Aguiar e SILVA

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS Cristina Marques de Almeida Holanda¹, Michele Alexandre da Silva². Universidade Federal da Paraíba - UFPB cristinamahd@gmail.com¹, michelebr@live.com

Leia mais

Perfil epidemiológico da cárie e do uso e necessidade de prótese na população idosa de Biguaçu, Santa Catarina

Perfil epidemiológico da cárie e do uso e necessidade de prótese na população idosa de Biguaçu, Santa Catarina Perfil epidemiológico da cárie e do uso e necessidade de prótese na população idosa de Biguaçu, Santa Catarina Epidemiological profile of caries and the use and need of prostheses in the elderly population

Leia mais

RELATÓRIO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA SAÚDE BUCAL ( )

RELATÓRIO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA SAÚDE BUCAL ( ) PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO À SAÚDE COORDENAÇÃO DE SAÚDE BUCAL RELATÓRIO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA SAÚDE BUCAL (2005-2008) JOÃO PESSOA/PB 2008

Leia mais

Textos para Discussão nº

Textos para Discussão nº Textos para Discussão nº 66-2017 Comparação de qualidade de saúde bucal de beneficiários com planos exclusivamente odontológico e não beneficiários no Brasil, segundo o banco de dados da Pesquisa Nacional

Leia mais

PERFIL ANTROPOMÉTRICO DOS USUÁRIOS DE CENTROS DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NO MUNICÍPIO DE NATAL- RN

PERFIL ANTROPOMÉTRICO DOS USUÁRIOS DE CENTROS DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NO MUNICÍPIO DE NATAL- RN PERFIL ANTROPOMÉTRICO DOS USUÁRIOS DE CENTROS DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NO MUNICÍPIO DE NATAL- RN Ana Paula Araujo de Souza 1 ; Luciana Karla Miranda Lins 2 1 Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ CENTRO DE PESQUISAS AGGEU MAGALHÃES - CPqAM DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA NESC

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ CENTRO DE PESQUISAS AGGEU MAGALHÃES - CPqAM DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA NESC FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ CENTRO DE PESQUISAS AGGEU MAGALHÃES - CPqAM DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA NESC DETERMINAÇÃO DA CONDIÇÃO DE SAÚDE BUCAL DE IDOSOS ABRIGADOS EM INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA DE

Leia mais

Autopercepção da condição de saúde bucal em idosos institucionalizados e não institucionalizados

Autopercepção da condição de saúde bucal em idosos institucionalizados e não institucionalizados 2925 Autopercepção da condição de saúde bucal em idosos institucionalizados e não institucionalizados Self-perception of oral health condition of the institutionalized and non institutionalized elders

Leia mais

CONHECIMENTO DE INDIVÍDUOS ACIMA DE 50 ANOS SOBRE FATORES DE RISCO DO CÂNCER BUCAL

CONHECIMENTO DE INDIVÍDUOS ACIMA DE 50 ANOS SOBRE FATORES DE RISCO DO CÂNCER BUCAL CONHECIMENTO DE INDIVÍDUOS ACIMA DE 50 ANOS SOBRE FATORES DE RISCO DO CÂNCER BUCAL Wliana Pontes de Lima (1); Kamilla Nathália Belmiro Silva (1); Fernando Antonio de Farias Aires Júnior (2); Sandra Aparecida

Leia mais

Autopercepção das condições bucais em uma população de idosos da Cidade de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil

Autopercepção das condições bucais em uma população de idosos da Cidade de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil Autopercepção das condições bucais em idosos 251 Autopercepção das condições bucais em uma população de idosos da Cidade de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil Self-Perception of oral conditions in a population

Leia mais

Autopercepção em saúde bucal, uso e necessidade de prótese na população de Alagoinha-PB: estudo de base domiciliar

Autopercepção em saúde bucal, uso e necessidade de prótese na população de Alagoinha-PB: estudo de base domiciliar DOI: http://dx.doi.org/10.4034/pboci.2014.14s3.02 ISSN 1519-0501 Artigo Original Autopercepção em saúde bucal, uso e necessidade de prótese na população de Alagoinha-PB: estudo de base domiciliar Self-rated

Leia mais

EFEITOS DA ESCOVAÇÃO SUPERVISIONADA EM ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DA CIDADE DE QUIXADÁ

EFEITOS DA ESCOVAÇÃO SUPERVISIONADA EM ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DA CIDADE DE QUIXADÁ EFEITOS DA ESCOVAÇÃO SUPERVISIONADA EM ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DA CIDADE DE QUIXADÁ Lara Leite Gonçalves 1 ; Aíla Evangelma Cavalcante Baia¹; Raymara Cavalcante Cardoso de Almeida¹; Wellington

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA BRUNA BARNARD MOTTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA BRUNA BARNARD MOTTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA BRUNA BARNARD MOTTA PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DO USO E NECESSIDADE DE PRÓTESE DENTÁRIA EM USUÁRIOS DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA DA UNIDADE DE

Leia mais

Ocorrência de Perda Dentária entre os Usuários da Estratégia de Saúde da Família do Município de Campina Grande - PB

Ocorrência de Perda Dentária entre os Usuários da Estratégia de Saúde da Família do Município de Campina Grande - PB PESQUISA Revista Brasileira de Ciências da Saúde Research DOI:10.4034/RBCS.2012.16.02.04 Volume 16 Número 2 Páginas 137-142 2012 ISSN 1415-2177 Ocorrência de Perda Dentária entre os Usuários da Estratégia

Leia mais

INTOXICAÇÕES POR AGROTÓXICOS E DOMISSANITÁRIOS EM IDOSOS: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS E CLÍNICOS ( )

INTOXICAÇÕES POR AGROTÓXICOS E DOMISSANITÁRIOS EM IDOSOS: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS E CLÍNICOS ( ) INTOXICAÇÕES POR AGROTÓXICOS E DOMISSANITÁRIOS EM IDOSOS: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS E CLÍNICOS (2011-2014) Mariana Severo Pimenta¹; Karla Simone Maia da Silva¹; Mayrla de Sousa Coutinho¹; NíciaStellita Da

Leia mais

5 50% ceo = zero 40% 12 CPO-D < 3,0 CPO-D = 2,78. 18 80 % com todos os dentes 55% 35-44 75% com 20 ou mais dentes 54%

5 50% ceo = zero 40% 12 CPO-D < 3,0 CPO-D = 2,78. 18 80 % com todos os dentes 55% 35-44 75% com 20 ou mais dentes 54% Saúde e sociedade: desafios para a epidemiologia em saúde bucal 3/10/2011 20:02 Prof. Samuel Jorge Moysés, Ph.D. 1 Metas da OMS para o ano 2000 e a situação brasileira IDADE META DA OMS PARA 2000 SB Brasil

Leia mais

Memorias Convención Internacional de Salud Pública. Cuba Salud La Habana 3-7 de diciembre de 2012 ISBN

Memorias Convención Internacional de Salud Pública. Cuba Salud La Habana 3-7 de diciembre de 2012 ISBN PERDA DE DENTES NAS CAPITAIS BRASILEIRAS E PRODUÇÃO DE PRÓTESES - LEI DO CUIDADO INVERSO REVISITADA. Autora: Tereza Augusta Maciel UPE- Universidade de Pernambuco FOP- Faculdade de Odontologia de Pernambuco.

Leia mais

ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA SOB A PERCEPÇÃO DE IDOSOS INTEGRANTES DE GRUPOS DE CONVIVÊNCIA NA CIDADE DE SANTA CRUZ, RIO GRANDE DO NORTE.

ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA SOB A PERCEPÇÃO DE IDOSOS INTEGRANTES DE GRUPOS DE CONVIVÊNCIA NA CIDADE DE SANTA CRUZ, RIO GRANDE DO NORTE. ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA SOB A PERCEPÇÃO DE IDOSOS INTEGRANTES DE GRUPOS DE CONVIVÊNCIA NA CIDADE DE SANTA CRUZ, RIO GRANDE DO NORTE. Hercilla Nara Confessor Ferreira de Farias. Universidade Federal

Leia mais

Módulo Opcional de Aprendizagem

Módulo Opcional de Aprendizagem Anexo 09 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA 1. Identificação Módulo Opcional

Leia mais

Condição de saúde bucal em idosos residentes no município de Manaus, Amazonas: estimativas por sexo

Condição de saúde bucal em idosos residentes no município de Manaus, Amazonas: estimativas por sexo Condição de saúde bucal em idosos residentes no município de Manaus, Amazonas: estimativas por sexo Oral health conditions of elderly residents in the city of Manaus, Amazonas: estimates by sex Evangeline

Leia mais

Odontologia Bacharelado

Odontologia Bacharelado Página 0001 de 0004 12:00:19 Não 1º Período 6401-04S-20 - Anatomia Humana Aplicada à 80 - - 066,67 6403-02S-20 - Biologia Bucal I 40 - - 033,33 6402-01S-20 - Bioquímica do Meio Bucal 20 - - 016,67 8545-04S-20

Leia mais

INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL

INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL Davide Carlos Joaquim 1, Ana Caroline Rocha Melo de Leite 2, Ciro Benevides

Leia mais

A ATENÇÃO INTERDISCIPLINAR A SAÚDE BUCAL DO IDOSO

A ATENÇÃO INTERDISCIPLINAR A SAÚDE BUCAL DO IDOSO A ATENÇÃO INTERDISCIPLINAR A SAÚDE BUCAL DO IDOSO Alieny Cristina Duarte Ferreira 1 ; Gustavo Dias Gomes da Silva 2 ; Maria Helena Chaves de Vasconcelos Catão 3. 1,2 Graduandos em Odontologia pela Universidade

Leia mais

Satisfação com saúde bucal de idosos brasileiros: um estudo de gênero com modelo hierárquico

Satisfação com saúde bucal de idosos brasileiros: um estudo de gênero com modelo hierárquico ARTIGO ARTICLE 757 Satisfação com saúde bucal de idosos brasileiros: um estudo de gênero com modelo hierárquico Oral health satisfaction among Brazilian elderly: a gender study using a hierarchical model

Leia mais

PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTE EVITÁVEIS EM IDOSO NO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE PB.

PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTE EVITÁVEIS EM IDOSO NO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE PB. PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTE EVITÁVEIS EM IDOSO NO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE PB. Renata Clemente dos Santos 1 Thalita Lisboa de Menezes 2 Therezza Virgínia Vital Freire 3 Juliana Carvalho Andrade Guerra

Leia mais

FRANCIELLE SCORPIONI BARBOSA

FRANCIELLE SCORPIONI BARBOSA 1 FRANCIELLE SCORPIONI BARBOSA PREVALÊNCIA DE PRÓTESES TOTAIS EM UMA ÁREA DE PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA NO MUNICÍPIO DE POTIRENDABA S.P. SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 2010 2 FRANCIELLE SCORPIONI BARBOSA PREVALÊNCIA

Leia mais

OBJETIVOS. Delimita a pretensão do pesquisador; abrange as finalidades ou as metas que o investigador espera alcançar

OBJETIVOS. Delimita a pretensão do pesquisador; abrange as finalidades ou as metas que o investigador espera alcançar OBJETIVOS Delimita a pretensão do pesquisador; abrange as finalidades ou as metas que o investigador espera alcançar verbo no infinitivo descobrir...avaliar...descrever..., analisar,...relacionar... OBJETIVO

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Coordenação de Acompanhamento e Avaliação

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Coordenação de Acompanhamento e Avaliação Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Coordenação de Acompanhamento e Avaliação PROPOSTA DE QUALIFICAÇÃO DO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA NO BRASIL Brasília, Junho/2004

Leia mais

HIV/AIDS E QUALIDADE DE VIDA: ESTUDO COMPARATIVO EM PESSOAS ACIMA DE 50 ANOS

HIV/AIDS E QUALIDADE DE VIDA: ESTUDO COMPARATIVO EM PESSOAS ACIMA DE 50 ANOS HIV/AIDS E QUALIDADE DE VIDA: ESTUDO COMPARATIVO EM PESSOAS ACIMA DE 50 ANOS Josevânia da Silva UNIPE josevaniasco@gmail.com Jéssica Oliveira Galvão UFPB jessica92.og@hotmail.com Ana Alayde Werba Saldanha

Leia mais

Epidemiologia e Vigilância em Saúde Bucal

Epidemiologia e Vigilância em Saúde Bucal Epidemiologia e Vigilância em Saúde Bucal XIX Encontro Nacional de Técnicos e Administradores do Serviço Público Odontológico VIII Congresso Brasileiro de Saúde Bucal Coletiva 1/9/2008 15:56 Prof. Samuel

Leia mais

AUTOPERCEPÇÃO DAS CONDIÇÕES BUCAIS EM PESSOAS COM 60 ANOS E MAIS DE IDADE SILVIO ROCHA CORRÊA DA SILVA

AUTOPERCEPÇÃO DAS CONDIÇÕES BUCAIS EM PESSOAS COM 60 ANOS E MAIS DE IDADE SILVIO ROCHA CORRÊA DA SILVA AUTOPERCEPÇÃO DAS CONDIÇÕES BUCAIS EM PESSOAS COM 60 ANOS E MAIS DE IDADE SILVIO ROCHA CORRÊA DA SILVA Tese de Doutorado apresentada ao Departamento de Prática de Saúde Pública da Faculdade de Saúde Pública

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DIDÁTICO

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DIDÁTICO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA DISCIPLINA: SAÚDE COLETIVA II PLANO DE DESENVOLVIMENTO DIDÁTICO Disponível em: www.universidadesaudavel.com.br

Leia mais

AVALIAÇÃO DO AUTOCONHECIMENTO SOBRE O CÂNCER DE BOCA DOS IDOSOS NO MUNICÍPIO DE QUIXADÁ: PROJETO DE PESQUISA

AVALIAÇÃO DO AUTOCONHECIMENTO SOBRE O CÂNCER DE BOCA DOS IDOSOS NO MUNICÍPIO DE QUIXADÁ: PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO DO AUTOCONHECIMENTO SOBRE O CÂNCER DE BOCA DOS IDOSOS NO MUNICÍPIO DE QUIXADÁ: PROJETO DE PESQUISA Nayanne Barros Queiroz¹; Ruan Carlos de Oliveira Magalhães¹; Natiane do Nascimento Colares¹;

Leia mais

Prevalência de Cárie e Autopercepção da Condição de Saúde Bucal entre Crianças de Escolas Urbanas e Rurais de Ponta Grossa PR

Prevalência de Cárie e Autopercepção da Condição de Saúde Bucal entre Crianças de Escolas Urbanas e Rurais de Ponta Grossa PR ISSN - 1519-0501 DOI: 10.4034/PBOCI.2013.131.16 Prevalência de Cárie e Autopercepção da Condição de Saúde Bucal entre Crianças de Escolas Urbanas e Rurais de Ponta Grossa PR Caries Prevalence and Self-Perception

Leia mais

de Estudos em Saúde Coletiva, Mestrado profissional em Saúde Coletiva. Palavras-chave: Reações adversas, antidepressivos, idosos.

de Estudos em Saúde Coletiva, Mestrado profissional em Saúde Coletiva. Palavras-chave: Reações adversas, antidepressivos, idosos. ANÁLISE DAS REAÇÕES ADVERSAS OCORRIDAS DEVIDO AO USO DE ANTIDEPRESSIVOS EM IDOSOS DO CENTRO DE REFERÊNCIA EM ATENÇÃO À SAÚDE DA PESSOA IDOSA CRASPI DE GOIÂNIA Gislaine Rosa de SOUZA 1 ; Ana Elisa Bauer

Leia mais

PERCEPÇÃO DOS IDOSOS A CERCA DO ACOLHIMENTO NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA Thainar Machado de Araújo Nóbrega/Faculdades Integradas de Patos/FIP.

PERCEPÇÃO DOS IDOSOS A CERCA DO ACOLHIMENTO NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA Thainar Machado de Araújo Nóbrega/Faculdades Integradas de Patos/FIP. PERCEPÇÃO DOS IDOSOS A CERCA DO ACOLHIMENTO NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA Thainar Machado de Araújo Nóbrega/Faculdades Integradas de Patos/FIP. E-mail: thainarmachado@gmail.com Tasso Roberto Machado

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: A EXPERIÊNCIA DO

RELATO DE EXPERIÊNCIA AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: A EXPERIÊNCIA DO RELATO DE EXPERIÊNCIA AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: A EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE TERESINA Ayla Maria Calixto de Carvalho Alba Alves Costa Marques Telma Maria Evangelista

Leia mais

Condições da saúde bucal do idoso brasileiro

Condições da saúde bucal do idoso brasileiro 48 Condições da saúde bucal do idoso brasileiro Oral health conditions of brazilian elderly RESUMO O idoso brasileiro apresenta muitos problemas bucais em virtude da ausência de programas públicos específicos

Leia mais

Cristiane Henriques. UNESP- Universidade Estadual Paulista Faculdade de odontologia de Araraquara. Tese apresentada ao Programa de Pós-

Cristiane Henriques. UNESP- Universidade Estadual Paulista Faculdade de odontologia de Araraquara. Tese apresentada ao Programa de Pós- UNESP- Universidade Estadual Paulista Faculdade de odontologia de Araraquara Cristiane Henriques Tese apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Dentística Restauradora, da Faculdade de Odontologia de

Leia mais

Autopercepção de saúde bucal de idosos

Autopercepção de saúde bucal de idosos 2 Francisco KMS, Lacerda TC, Casotti CA. Autopercepção de saúde bucal de idosos. ClipeOdonto. 2015; 7(1):2-8. Autopercepção de saúde bucal de idosos Self-perception of oral health in seniors Kleryson Martins

Leia mais

AUTOPERCEPÇÃO EM SAÚDE BUCAL: IDOSOS E FAMÍLIA

AUTOPERCEPÇÃO EM SAÚDE BUCAL: IDOSOS E FAMÍLIA III MOSTRA NACIONAL DE PRODUÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ATENÇÃO PRIMÁRIA/SAÚDE DA FAMÍLIA III CONCURSO NACIONAL DE EXPERIÊNCIAS EM SAÚDE DA FAMÍLIA 05 A 08 DE AGOSTO DE 2008 -

Leia mais

USO E NECESSIDADE DE PRÓTESE EM INDIVÍDUOS DE ANOS EM PORTO ALEGRRE/RS

USO E NECESSIDADE DE PRÓTESE EM INDIVÍDUOS DE ANOS EM PORTO ALEGRRE/RS 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA PREVENTIVA E SOCIAL FERNANDA HILGERT MALLMANN USO E NECESSIDADE DE PRÓTESE EM INDIVÍDUOS DE 50-74 ANOS EM

Leia mais

HANSENÍASE EM IDOSOS NO BRASIL DURANTE O ANO DE 2012

HANSENÍASE EM IDOSOS NO BRASIL DURANTE O ANO DE 2012 HANSENÍASE EM IDOSOS NO BRASIL DURANTE O ANO DE 2012 Ana Elisa P. Chaves (1), Kleane Maria F. Araújo (2) Maria Luísa A. Nunes (3),Thainá Vieira Chaves (4), Lucas Chaves Araújo (5) 1 Docente Saúde Coletiva-UFCG

Leia mais

Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada ISSN: Universidade Federal da Paraíba Brasil

Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada ISSN: Universidade Federal da Paraíba Brasil Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada ISSN: 1519-0501 apesb@terra.com.br Universidade Federal da Paraíba Brasil Larocca de GEUS, Juliana; Baggio de LUCA, Cinthia Maria; BALDANI, Márcia

Leia mais

Estudo da condição bucal em um grupo de idosos na cidade de São Paulo

Estudo da condição bucal em um grupo de idosos na cidade de São Paulo 23 Estudo da condição bucal em um grupo de idosos na cidade de São Paulo Mateus Bertolini Fernandes dos Santos Fernando Luiz Brunetti Montenegro Silvana Papaléo Arcas Marcel Hiratsuka Rafael Leonardo Xediek

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO/SMS/ RJ

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO/SMS/ RJ PARECER CONSUBSTANCIADO DO CEP DADOS DO PROJETO DE PESQUISA Título da Pesquisa: Prevalência de cárie dentária de escolares de 12 anos em uma unidade escolar do município do Rio de Janeiro Pesquisador:

Leia mais

OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE

OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE ONU Ancoragem Zigomática REABILITAÇÃO EM MAXILAS ATRÓFICAS Marcelo da Rocha BRASIL 2000 => 25 milhões de edêntulos (15%) 2025 => 33 milhões de habitantes com mais de 65 anos OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE

Leia mais

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DA CÁRIE DENTÁRIA NO BRASIL, PERÍODO DE 1986 A RESUMO

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DA CÁRIE DENTÁRIA NO BRASIL, PERÍODO DE 1986 A RESUMO ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DA CÁRIE DENTÁRIA NO BRASIL, PERÍODO DE 1986 A 2003 1 EVOLUATE THE EPIDEMIOLOGICAL PROFILE OF DENTAL CARIES IN BRAZIL FROM 1986 TO 2003 Ceci Baker de MELO 2 e Clélia Maria Algaranhar

Leia mais

O LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES EM SAÚDE BUCAL DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE BELO HORIZONTE

O LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES EM SAÚDE BUCAL DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE BELO HORIZONTE O LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES EM SAÚDE BUCAL DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE BELO HORIZONTE O levantamento de necessidades é um instrumento de vigilância epidemiológica que mensura as necessidades

Leia mais

PERFIL DOS ENFERMEIROS ATUANTES NA ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER CLIMATÉRICA

PERFIL DOS ENFERMEIROS ATUANTES NA ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER CLIMATÉRICA PERFIL DOS ENFERMEIROS ATUANTES NA ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER CLIMATÉRICA RESUMO ROGÉRIA MÁXIMO DE LAVÔR Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil. rogerialavor@hotmail.com No

Leia mais

Carie dentaria entre crianças de creches publicas na faixa etária de 0 a 5 anos

Carie dentaria entre crianças de creches publicas na faixa etária de 0 a 5 anos 0 Junia Cláudia de Lima Carie dentaria entre crianças de creches publicas na faixa etária de 0 a 5 anos Monografia apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Odontologia da Universidade Federal de Minas

Leia mais

Índice de massa corporal e prevalência de doenças crônicas não transmissíveis em idosos institucionalizados

Índice de massa corporal e prevalência de doenças crônicas não transmissíveis em idosos institucionalizados Índice de massa corporal e prevalência de doenças crônicas não transmissíveis em idosos institucionalizados Cadimiel Gomes¹; Raíla Dornelas Toledo²; Rosimar Regina da Silva Araujo³ ¹ Acadêmico do Curso

Leia mais

CORRELAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE IDOSOS EM UMA CIDADE DO NORDESTE BRASILEIRO

CORRELAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE IDOSOS EM UMA CIDADE DO NORDESTE BRASILEIRO CORRELAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE IDOSOS EM UMA CIDADE DO NORDESTE BRASILEIRO Karoline de Lima Alves UFPB/ e-mail: krol_lima_17@hotmail.com 1 Anna Cláudia Freire

Leia mais

Estudo dos pacientes desdentados totais atendidos na disciplina de prótese total da Faculdade de Odontologia de Araraquara no período de 1987 a 1997

Estudo dos pacientes desdentados totais atendidos na disciplina de prótese total da Faculdade de Odontologia de Araraquara no período de 1987 a 1997 Estudo dos pacientes desdentados totais atendidos na disciplina de prótese total da Faculdade de Odontologia de Araraquara no período de 1987 a 1997 CLÁUDIO RODRIGUES LELES*, MARCO ANTÔNIO COMPAGNONI**,

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE BUCAL. Unidade II - Delineamento e Tipos de Estudos Epidemiológicos

EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE BUCAL. Unidade II - Delineamento e Tipos de Estudos Epidemiológicos EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE BUCAL Unidade II - Delineamento e Tipos de Estudos Epidemiológicos 0 DELINEAMENTO E TIPOS DE ESTUDOS EPIDEMIOLÓGICOS: Transversal, Caso-Controle, Ecológico e Coorte (longitudinal)

Leia mais

Projeto SB Brasil 2003

Projeto SB Brasil 2003 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE BUCAL Projeto SB Brasil 2003 Condições de saúde bucal da população brasileira 2002-2003 Resultados

Leia mais

PROPOSTA DE UM PLANO DE INTERVENÇÃO PARA MELHORAR A CONDIÇÃO BUCAL DE IDOSOS

PROPOSTA DE UM PLANO DE INTERVENÇÃO PARA MELHORAR A CONDIÇÃO BUCAL DE IDOSOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE DA FAMÍLIA GILSIMARY SANTANA SANTOS PROPOSTA DE UM PLANO DE INTERVENÇÃO PARA MELHORAR A CONDIÇÃO BUCAL DE IDOSOS

Leia mais

PALESTRA EDUCATIVA NA PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL COM ALUNOS DA CRECHE-ESCOLA RAINHA DA PAZ DE QUIXADÁ-CE

PALESTRA EDUCATIVA NA PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL COM ALUNOS DA CRECHE-ESCOLA RAINHA DA PAZ DE QUIXADÁ-CE PALESTRA EDUCATIVA NA PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL COM ALUNOS DA CRECHE-ESCOLA RAINHA DA PAZ DE QUIXADÁ-CE Hannah Magalhães Ehbrecht¹; Kelvin Saldanha Lopes¹; Adricia Kelly Marques Bento¹; Cláudia Holanda Mendes

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO AVALIAÇÃO DO USO E NECESSIDADE DE PRÓTESE DENTÁRIA EM PACIENTES ATENDIDOS NA DISCIPLINA DE CLÍNICA III DO CURSO DE ODONTOLOGIA NA UFSC Karissa Trevisan UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

ÍNDICES DE ATAQUE DE CÁRIE

ÍNDICES DE ATAQUE DE CÁRIE ÍNDICES DE ATAQUE DE CÁRIE ÍNDICE DE ATAQUE DE CÁRIE Unidade de medida: indivíduo dentes superfície dentária lesão ou cavidade estágio da lesão ÍNDICE DE ATAQUE DE CÁRIE Indivíduo: 2 grupos, presença ou

Leia mais

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE CRIANÇAS MENORES DE DOIS ANOS ATENDIDAS NA USF VIVER BEM DO MUNICIPIO DE JOÃO PESSOA-PB

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE CRIANÇAS MENORES DE DOIS ANOS ATENDIDAS NA USF VIVER BEM DO MUNICIPIO DE JOÃO PESSOA-PB AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE CRIANÇAS MENORES DE DOIS ANOS ATENDIDAS NA USF VIVER BEM DO MUNICIPIO DE JOÃO PESSOA-PB Tainá Gomes Diniz; Caroline Severo de Assis; Suzy Souto de Oliveira Faculdade de Ciências

Leia mais

Capacitação de profissionais da odontologia brasileira vinculados ao SUS para a atenção e cuidado da pessoa com deficiência

Capacitação de profissionais da odontologia brasileira vinculados ao SUS para a atenção e cuidado da pessoa com deficiência Capacitação de profissionais da odontologia brasileira vinculados ao SUS para a atenção e cuidado da pessoa com deficiência Público-alvo: Cirurgiões-dentistas (CDs) e Auxiliares de Saúde Bucal (ASBs) vinculados

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MEDICINA SOCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MEDICINA SOCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MEDICINA SOCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA Dissertação de Mestrado PREVALÊNCIA DA PERDA DENTÁRIA E DO USO DE PRÓTESE

Leia mais

Prevalência e severidade de cárie dentária e necessidade de tratamento odontológico em pequenos municípios brasileiros

Prevalência e severidade de cárie dentária e necessidade de tratamento odontológico em pequenos municípios brasileiros ARTIGO ARTICLE 817 Prevalência e severidade de cárie dentária e necessidade de tratamento odontológico em pequenos municípios brasileiros Prevalence and severity of dental caries and treatment needs in

Leia mais

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL: PERCEPÇÃO DO AUTOCUIDADO EM IDOSOS

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL: PERCEPÇÃO DO AUTOCUIDADO EM IDOSOS ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL: PERCEPÇÃO DO AUTOCUIDADO EM IDOSOS Ana Lucia de França Medeiros, E-mail: Ana_lucia_medeiros@yahoo.com.br Thays Jorgeana Alexandre e Silva, faculdade Santa Maria. E-mail: thaysjorgeana@hotmail.com

Leia mais

ESTOMAS INTESTINAIS: FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM E ASSISTÊNCIA EM UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTOMAS INTESTINAIS: FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM E ASSISTÊNCIA EM UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA ESTOMAS INTESTINAIS: FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM E ASSISTÊNCIA EM UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA Elizabeth Souza Silva de Aguiar 1 Ednalva Maria Bezerra de Lira 2 Maria Júlia Guimarães Oliveira

Leia mais

BIOESTATÍSTICA. Prof ª Marcia Moreira Holcman

BIOESTATÍSTICA. Prof ª Marcia Moreira Holcman BIOESTATÍSTICA Prof ª Marcia Moreira Holcman mholcman@uol.com.br Bibliografia VIEIRA S. Introdução à Bioestatística, Editora Campus Rio de Janeiro, 1998. CALLEGARI-JACQUES SIDIA M. Bioestatísticos Princípios

Leia mais

Produção de projeto de pesquisa na Blossom Educação em Terapia Floral

Produção de projeto de pesquisa na Blossom Educação em Terapia Floral Produção de projeto de pesquisa na Blossom Educação em Terapia Floral Dra. Léia Salles Coordenadora de pesquisa leia.salles@blossomedu.com.br As etapas de uma pesquisa são: Planejamento, execução, divulgação

Leia mais

Autopercepção das condições de saúde bucal de idosos do município de Araraquara SP

Autopercepção das condições de saúde bucal de idosos do município de Araraquara SP Autopercepção das condições de saúde bucal de idosos do município de Araraquara SP Self-perception of oral health status by elderly in Araraquara SP city Cristiane HENRIQUES Doutoranda Programa de Pós-Graduação

Leia mais

930 Rev Saúde Pública 2005;39(6):930-6

930 Rev Saúde Pública 2005;39(6):930-6 930 Rev Saúde Pública 2005;39(6):930-6 Associação entre atenção básica em saúde bucal e indicadores socioeconômicos municipais Association between primary dental care and municipal socioeconomic indicators

Leia mais

No século XX aconteceu uma revolução na longevidade: A esperança

No século XX aconteceu uma revolução na longevidade: A esperança ARTIGO ORIGINAL Percepção sobre saúde e saúde bucal em uma população de idosos no município de Araruama/RJ Perception of health and oral health in an elderly population in city of Araruama/RJ Iracema Souza

Leia mais

ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS NA TERCEIRA IDADE: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS ( )

ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS NA TERCEIRA IDADE: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS ( ) ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS NA TERCEIRA IDADE: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS (2011 2014) Karla Simone Maia da Silva 1 ; Fernanda Silva Almeida 2 ; Maria Rejane de Sousa Silvino 3 ; Nícia Stellita Da Cruz

Leia mais

Uso e necessidade de prótese dentária em centro de saúde público na cidade de Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil

Uso e necessidade de prótese dentária em centro de saúde público na cidade de Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil JOURNAL OF ORAL INVESTIGATIONS Uso e necessidade de prótese dentária em centro de saúde público na cidade de Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil Use and necessity of dental prosthesis in a public health

Leia mais

Uso de serviços odontológicos entre idosos brasileiros

Uso de serviços odontológicos entre idosos brasileiros Investigación original / Original research Uso de serviços odontológicos entre idosos brasileiros Andréa Maria Eleutério de Barros Lima Martins, 1 Sandhi Maria Barreto 2 e Isabela Almeida Pordeus 3 Como

Leia mais

PREVALÊNCIA DE PERDAS DENTÁRIAS E RESTAURAÇÕES EM PACIENTES DA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DA UNIVERSIDADE GAMA FILHO

PREVALÊNCIA DE PERDAS DENTÁRIAS E RESTAURAÇÕES EM PACIENTES DA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DA UNIVERSIDADE GAMA FILHO PREVALÊNCIA DE PERDAS DENTÁRIAS E RESTAURAÇÕES EM PACIENTES DA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DA UNIVERSIDADE GAMA FILHO Prevalence of tooth loss and restoration in patients of Gama Filho University dental clinic

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS EM ASILOS PÚBLICOS DE MARINGÁ-PR

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS EM ASILOS PÚBLICOS DE MARINGÁ-PR DOI: 10.4025/cienccuidsaude.v10i1.15139 AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS EM ASILOS PÚBLICOS DE MARINGÁ-PR Adriana Márcia Beloti* Bruna Letícia Schwab** Thayane Bertipaglia***

Leia mais