HGE / HEG / HHEV / HSph e DGE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HGE / HEG / HHEV / HSph e DGE"

Transcrição

1 HGE / HEG / HHEV / HSph e DGE VERSÃO 0

2

3 ÍNDICE.0 - FINALIDADE APLICAÇÃO DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA TERMINOLOGIA CARACTERÍSTICAS GERAIS CHAVES FIM DE CURSO ROTATIVA HGE e HGES CHAVES FIM DE CURSO ROTATIVA HEG e HEGS CHAVES FIM DE CURSO DE ALAVANCA HHEV e HHEVS.0 - CHAVES FIM DE CURSO DE FUSO HSph CHAVES FIM DE CURSO DIFERENCIAL DGE, DGES, DGE e DGES.0 - QUESTIONÁRIO 0

4 INFORMAÇÕES GERAIS.0 FINALIDADE Fornecer instruções gerais sobre a instalação, operação e manutenção do equipamento, como também nas atividades que influenciam o bom desempenho e qualidade. Importante! Recomendamos a leitura do manual de instruções com atenção antes do início dos serviços..0 APLICAÇÃO Aplica-se para controlar ou reverter movimentos rotativos: detectar, sinalizar, acionar e quando se trata de movimento linear, com interrupções, reversões ou outros comandos nas extremidades ou em pontos intermediários do percurso. Pontes rolantes; Pórticos rolantes; Guindastes; Talhas elétricas e monovias; Equipamentos de mineração; Equipamentos siderúrgicos; Transportadoras; Equipamentos portuários; Equipamentos pesados em geral; Comportas de usinas hidrelétricas; Enroladores de cabos e mangueiras; Elevadores..0 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA ORÇ: OF: Ordem de Compra : Desenho :.0 TERMINOLOGIA Não aplicável..0 CARACTERÍSTICAS GERAIS. s Chaves Fim de Curso Rotativa HGE e HGES; Chaves Fim de Curso Rotativa HEG e HEGS; Chaves Fim de Curso de Alavanca HHEV e HHEVS; Chaves Fim de Curso de Fuso HSph; Chaves Fim de Curso Diferencial DGE, DGES, DGE e DGES. Necessidade mínima de espaço para aplicação; Diversidade de modelos conforme capacidade e aplicação; Variedade de opções para instalação; Montagem simples; Manutenção simples. 0

5 INFORMAÇÕES GERAIS Carcaça Alumínio e ferro fundido Transmissão Engrenagens em bronze ou aço carbono Atuadores Micros switch ou sensores Cames de Acionamento Polímero ou aço carbono Rotação a 00 rpm Fixação Base ou Flange Lubrificação Permanente Vida Mecânica operações Dados Elétricos Corrente A e 0A / 0mA Voltagem de Operação Admissível 0VCA e 0VCA / 0-0VCC e 0-0VCA Frequência 0Hz Grau de Proteção IP e IP 0

6 INFORMAÇÕES GERAIS - HGE/HGES.0 Chaves Fim de Curso Rotativa s HGE - HGES. Dados Técnicos Dados Elétricos Atuadores: - Micro Switch: 0VCA - A e 0A - Sensor: 0-0VCC e 0-0VCA - 0mA Grau de Proteção conforme ABNT NBR IEC 0: 00: IP. A chave fim de curso rotativa de engrenagem tipo HGE e HGES pode ser aplicada não somente para limitar um movimento nas posições finais, mas também para controlar movimentos em posições intermediárias. Montada em uma carcaça de alumínio fundido ou em ferro fundido correspondendo ao grau de proteção IP. O sistema de engrenagens é montado em uma caixa totalmente vedada e suficientemente lubrificada, sendo sua lubrificação permanente. Temos a disposição de várias combinações de números de voltas úteis e de reserva, reguláveis sem escala, conforme indicado na tabela. A relação entre voltas úteis e de reserva pode ser alterada, aumentando-se as voltas de reserva e diminuindo-se as voltas úteis, ou vice-versa. Os atuadores fornecidos nas chaves HGE são micro switch: NA+NF e HGES podem ser do tipo: AC = NA ou NF e DC = NA + NF. Para a entrada de cabos, estas chaves são providas de roscas ( Pg. ) devidamente vedados com tampões de polímero. Dependendo do número de atuadores, a chave fim de curso tipo HGE e HGES é fornecida com dois tipos de configuração: Execução A: para um máximo de atuadores. Execução B: para um máximo de atuadores. As duas versões podem, opcionalmente, ser equipadas com pontas de eixo e flange para fixação. Frequência de ligações: até 00 por hora. Rotação máxima no eixo: 00 rpm Nota: Quando desejar solicitar a chave fim de curso HGE com sensor indutivo acrescentar a letra S na frente do tipo correspondente na tabela. Descrição da Nomenclatura HGE (S) - / A AL M / 0 FL Flange Tensão com micro switch Carcaça: - AL: Alumínio - FF: Ferro Fundido Execução: - A: Para um máximo de atuadores - B: Para um máximo de atuadores Número de Voltas úteis Quantidade de Atuadores da Chave: - Atuador micro switch - (S) atuador sensor 0

7 TIPO HGE/HGES EXECUÇÃO A VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ EXECUÇÃO A VOLTAS,,0 0,,,:,0,0,0 0,00 EXECUÇÃO A VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ 0:,,0 0,,0,0,0 0,00 EXECUÇÃO A 0 VOLTAS HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0,,0 0,,,0,: 0,0,0 0,00 HGE -/00 HGE -/00 HGE -/00 HGE -/00 00 HGE -/00 HGE -/00 HGE -/00 0,:,,0 0,,0,0,0 0,00 HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/,:,,0 0,,0,0,0 0,00 HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ Transmissão 0: Peso,,0 0,,0,0,0 0,00 EXECUÇÃO A VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ 0:,,0 0,,0,0,0 0,00 Transmissão : Transmissão HGE -/ HGE -/ HGE -/,: HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ Peso,,0 0,,0,0,0 0,00 EXECUÇÃO A 0 VOLTAS EXECUÇÃO A VOLTAS EXECUÇÃO A VOLTAS EXECUÇÃO A 00 VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ EXECUÇÃO A VOLTAS Peso,,0 0,,0,0,0 0,00 Transmissão HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0,: HGE -/0 0, HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 Peso,,0 0,,0,0,0 0,00 0

8 TIPO HGE/HGES EXECUÇÃO A 0 VOLTAS HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0,0:,,0 0,,0,0,0 0,00 EXECUÇÃO A 0 VOLTAS HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0,:,,0 0,,0,0,0 0,00 EXECUÇÃO B VOLTAS,0 HGE -/,0 HGE -/ 0, HGE -0/ 0,:, HGE -/ HGE -/,0 HGE -/,0 HGE -/, EXECUÇÃO B VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -0/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/,0,0 0 0, 0:,,0,0, EXECUÇÃO B VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -0/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ 0,0,0 0 0, 0:,,0,0, EXECUÇÃO A 0 VOLTAS HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 0,0:,,0 0,,0,0,0 0,00 EXECUÇÃO B VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -0/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/, 0,:,0,0 0,,,0,0, EXECUÇÃO B VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -0/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ 0 0:,0,0 0,,,0,0, EXECUÇÃO B 0 VOLTAS HGE -/0 HGE -/0 HGE -0/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0,0,0 0, 0,,:, 0,0,0, EXECUÇÃO B 00 VOLTAS HGE -/00 HGE -/00 HGE -0/00 HGE -/00 00 HGE -/00 HGE -/00 HGE -/00 0 0,:,0,0 0,,,0,0,

9 TIPO HGE/HGES EXECUÇÃO B VOLTAS HGE -/ HGE -/ HGE -0/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ 0,:,0,0 0,,,0,0, EXECUÇÃO B 0 VOLTAS HGE -/0 HGE -/0 HGE -0/0 HGE -/0 0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0, 0,:,0,0 0,,,0,0, HGE -/0 HGE -/0 HGE -0/0 HGE -/0 0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/ HGE -/ HGE -0/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ HGE -/ 0 :,0,0 0,,,0,0, EXECUÇÃO B 0 VOLTAS HGE -/0 HGE -/0 HGE -0/0 HGE -/0 0 HGE -/0 HGE -/0 HGE -/0 0,0:,0,0 0,,,0,0, EXECUÇÃO B 0 VOLTAS EXECUÇÃO B 0 VOLTAS EXECUÇÃO B VOLTAS 0,0:,0,0 0,,,0,0, HGE -/0,0 HGE -/0,0 0 0 HGE -0/0,,:, HGE -/0 0 HGE -/0,0 HGE -/0,0 HGE -/0, 0

10 INFORMAÇÕES GERAIS - HEG/HEGS.0 - Chaves Fim de Curso Rotativa s HEG HEGS. - Dados Técnicos Dados Elétricos Atuadores: - Micro Switch: 0VCA - A e 0A - Sensor: 0-0VCC e 0-0VCA - 0mA Grau de Proteção conforme ABNT NBR IEC 0: 00: IP. A chave fim de curso tipo HEG/HEGS apresenta menor número de voltas úteis e de reserva que a HGE. Com exceção do número de contatos instalados. A chave fim de curso rotativa de engrenagem tipo HEG e HEGS pode ser aplicada não somente para limitar um movimento nas posições finais, mas também para controlar movimentos em posições intermediárias. Montada em uma caixa de alumínio fundido ou em ferro fundido correspondendo ao grau de proteção IP. O sistema de engrenagens é montado em uma caixa totalmente vedada e suficientemente lubrificada, sendo sua lubrificação permanente. Temos a disposição de várias combinações de números de voltas úteis e de reserva, reguláveis sem escala, conforme indicado na tabela. A relação entre voltas úteis e de reserva pode ser alterada, aumentando-se as voltas de reserva e diminuindo-se as voltas úteis, ou vice-versa. Os contatos fornecidos nas chaves HEG micro switrh - NA+NF e HEGS podem ser do tipo: AC = NA ou NF e DC = NA + NF. Para a entrada de cabos, estas chaves são providas de roscas ( Pg. ) devidamente vedados com tampões de polímero. As chaves fim de curso tipos HEG e HEGS são fornecidas para um máximo de atuadores. As duas versões não possuem os opcionais de pontas de eixo e flange para fixação. Frequência de ligações: até 00 por hora. Rotação máxima no eixo: 00 rpm Nota: Quando desejar solicitar a chave fim de curso HEG com sensor indutivo acrescentar a letra S na frente do tipo correspondente na tabela. Exemplo: HEG S -/. Descrição da Nomenclatura HEG (S) - / Número de Voltas úteis Quantidade de Atuadores da Chave: 0 - Atuador micro switch - (S) atuador sensor

11 TIPO HEG/HEGS, VOLTAS VOLTAS HEG -/ HEG -/ HEG -/ HEG -/ HEG -/ HEG -/ 0, :,,0 0,,0, 0,0, VOLTAS HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, HEG -/, Transmissão, 0, : Peso,,0 0,,0, 0,0 VOLTAS,,0 0,, 0, :,0, 0,0 HEG -/ HEG -/ HEG -/ HEG -/ HEG -/ HEG -/,,0 0, :,0, 0,0

12 INFORMAÇÕES GERAIS - HHEV/HHEVS.0 Chaves Fim de Curso de Alavanca s HHEV HHEVS. Dados Técnicos Dados Elétricos Atuadores: - Micro Switch: 0VCA - A e 0A - Sensor: 0-0VCC e 0-0VCA - 0mA Grau de Proteção conforme ABNT NBR IEC 0: 00: IP. A chave limite de alavanca para comando tipo HHEV/HHEVS pode ser aplicada não somente para limitar um movimento nas posições finais, mas também para controlar movimentos em posições intermediárias. Montada em caixa de alumínio fundido ou em ferro fundido, correspondendo ao grau de proteção IP. As posições de atuação podem ser reguladas sem escala dentro da faixa de movimento da alavanca de º para cada lado. Uma mola retorna a alavanca para a posição central. Todos os tipos HHEV/HHEVS podem ser fornecidos como chave de rotação, sem mola de reposição e sem encostos, trabalhando assim com transmissão de :. Os atuadores fornecidos nas chaves HHEVS podem ser do tipo: AC = NA ou NF e DC = NA + NF. O eixo do porta alavanca possui rolamento de agulha autolubrificado. Para a entrada de cabos, estas chaves são providas de roscas ( Pg ) devidamente vedados com tampões de polímero. Frequência de ligações: até 00 por hora. Nota: Quando desejar solicitar a chave fim de curso HHEV com sensor indutivo acrescentar a letra S na frente do tipo correspondente na tabela. Exemplo: HHEV S - Atuadores Peso (Kg) HHEV -,0 HHEV -, HHEV -,0 HHEV -, HHEV -,0 HHEV -, HHEV -,0 A Descrição da Nomenclatura 0 HHEV (S) - Quantidade de Atuadores 0 da Chave: - Atuador micro switch - (S) atuador sensor

13 INFORMAÇÕES GERAIS - HSph.0 Chaves Fim de Curso de Fuso HSph. Dados Técnicos Dados Elétricos Atuadores: A 0 VCA Grau de Proteção conforme ABNT NBR IEC 0: 00: IP. A chave fim de curso de fuso tipo Hsph destina-se a controlar posições dentro da extensão de um movimento, sejam estas posições finais ou intermediárias. Montada em caixa de alumínio fundido ou execução em ferro fundido, correspondendo ao grau de proteção IP. As posições de atuação podem ser reguladas sem escala, dentro de toda a faixa de movimento do fuso, que é de voltas úteis e 0 de reserva. Os atuadores fornecidos nas chaves são do tipo NA/NF, sendo a montagem padrão com atuadores. O eixo de acoplamento possui chaveta para que o acionamento possa ser feito por corrente com rodas dentadas ou pôr engrenagens. Para a entrada de cabos, as chaves são providas de roscas ( Pg ), devidamente vedados com tampões de polímero. Rotação mínima no eixo: rpm. Rotação máxima no eixo: 00 rpm. Descrição da Nomenclatura Hsph / R R - Atuadores NF de atuador: A - Atuadores NA + - Atuadores NA+NF da Chave Rotações do Fuso HSph / R HSph / A HSph / + Grau de Atuadores Proteção Dimensões A B C D E F G Peso (Kg) 0 0 0, NF NA IP NA+ NF

14 INFORMAÇÕES GERAIS - DGE/DGES/DGE/DGES 0.0 Chaves Fim de Curso Diferencial s DGE DGES DGE DGES 0. Descrição A chave fim de curso de engrenagem diferencial tipo DGE e DGES é composta pelo conjunto de chaves fim de curso de fuso tipo HSph, montadas em berço de alumínio fundido e acionadas por uma transmissão de engrenagem diferencial. A chave fim de curso de engrenagem diferencial tipo DGE e DGES é composta pelo conjunto de chaves fim de curso de fuso tipo HGE/HGES, montadas em berço de alumínio fundido e acionadas por uma transmissão de engrenagem diferencial. A chave diferencial pode ser usada em casos de limitação sincronizada de movimentos independentes através da corrente de comando, substituindo assim qualquer outra chave fim de curso. Dentre outras, podemos citar as seguintes aplicações: - Guincho de motores sem acoplamento para comando sincronizado de caçamba; - Guincho para alterações automática da altura de elevação em função da lança e para limitação das posições superiores e inferiores da lança; - Guindaste com elevação principal e auxiliar cujo gancho auxiliar não deve ser mais do que o guincho principal; - Ponte rolante de travessa com acionamento basculante; - Guindaste de guerras; - Controle de níveis de água nos portões de uma eclusa. 0. Dados Técnicos Posição de operação: horizontal. Redutor: diferencial de engrenagens de aço com lubrificação permanente. Rotação de entrada: máxima de 00. de atuador: NA+NF para DGE AC: NA ou NF DC: NA+NF Entrada de cabos: roscas Pg Peso: Kg Capacidade de corrente: DGE - 0V A DGES - AC: 0-0VCA 0mA - DC: 0-0VCC 0mA 0. Diferencial DGE Dimensões

15 INFORMAÇÕES GERAIS - DGE/DGES/DGE/DGES Descrição da Nomenclatura DGE (S) da Montagem: - Com Chaves HSph - Com Chaves HGE da Chave com Sensor da Chave 0.. Diferencial DGE Exemplo de Aplicação 0.. Diferencial DGE Exemplo de Aplicação

16 QUESTIONÁRIO.0 QUESTIONÁRIO STEMMANN INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Rod. Marechal Rondon, Km Tanque Seco Porto Feliz SP Brasil Fone () -0 Fax () - QUESTIONÁRIO PARA ORÇAMENTO Cliente: DATA: / / Endereço: CNPJ: Cidade: Contato: Setor: Fone: Destino: ( ) Consumo UF: ( ) Industrialização ( ) Revenda Dados da Chave de chave ( ) HGE rotativa ( ) HEG rotativa ( ) HHEV de alavanca ( ) HSph de fuso de acionamento ( ) DGE diferencial ( ) Sensor Classe de proteção ( ) Micro Switch ( ) IP Material da carcaça ( ) Ferro fundido ( Tensão ( ) IP ) Alumínio fundido V Corrente A de atuadores de atuador Rotação máxima ( ) NA ( ) Sim ( ) NF ( ) NA + NF ( ) Não Rpm Fixação de fixação ( ) Base ( ) Flange Condições do Ambiente 0 Local de aplicação Temperatura ( ) Coberto ( ) Descoberto Min. ºC Máx. ºC Umidade Demais condições especiais de trabalho: produtos químicos, pó, vapores. Informar: % Acabamento Padrão de acabamento: Stemmann ( ) Cliente ( ) especificar: Cor: Padrão Stemmann ( ) Padrão Cliente ( ) especificar: Fixação: parafusos, porcas e arruelas: Zincado ( ) Inox ( ) Comentários Adicionais

17

18

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE MANUAL TÉCNICO Série: FBE Aplicação Desenvolvida para trabalhar com fluidos viscosos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração, alimentícia,

Leia mais

TALHA ELÉTRICA STANDARD, BAIXA ALTURA E TIPO GUINCHO. ZL EQUIPAMENTOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS TALHA ELÉTRICA STANDARD, BAIXA ALTURA E TIPO GUINCHO.

TALHA ELÉTRICA STANDARD, BAIXA ALTURA E TIPO GUINCHO. ZL EQUIPAMENTOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS TALHA ELÉTRICA STANDARD, BAIXA ALTURA E TIPO GUINCHO. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. DESCRIÇÃO. As talhas elétricas de cabo de aço, projetada e fabricadas pela ZL Equipamentos, são equipamentos robustos movidos à eletricidade trifásicos, foram desenvolvidas para

Leia mais

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação MANUAL TÉCNICO Série: FBME Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração,

Leia mais

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR

w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR w w w. h e n f e l. c o m. b r HIDROVARIADOR CH-0509-BR Introdução Fundada em 1981, a HENFEL Indústria Metalúrgica Ltda. é uma tradicional empresa do setor mecânico / metalúrgico, fornecedora de Caixas

Leia mais

Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição Geral. 4. Dados de Operação. Linha : Submersível

Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição Geral. 4. Dados de Operação. Linha : Submersível Folheto Descritivo A2750.1P/1 KSB KRT DRAINER Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido Linha : Submersível 1. Aplicação A bomba submersível KRT DRAINER é recomendada para aplicação em drenagem de

Leia mais

8 Informação Importante, Tabelas e Dimensionais

8 Informação Importante, Tabelas e Dimensionais Possíveis combinações.1 Possíveis combinações Estrutura das tabelas Estas tabelas mostram as possíveis combinações dos redutores e motores (freio) CA. Os dados a seguir são indicados para cada combinação,

Leia mais

Wampfler - Tecnologia mundial

Wampfler - Tecnologia mundial Wampfler - Tecnologia mundial Qualidade, tecnologia e assistência técnica Em todo o mundo, a Wampfler está a sua disposição com seus funcionários e inúmeras representações. Juntamente com nossos clientes,

Leia mais

Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição

Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 3. DESENHO DIMENSIONAL... 4 4. INSTALAÇÃO... 5 4.1 MONTAGEM EM ATUADOR ROTATIVO...

Leia mais

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL USINEIRO

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL USINEIRO bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro, 155 - Centro - CEP 15990-630 - Matão (SP) - Brasil Fone (16) 3383-3800 - Fax (16) 3382-4228 bambozzi@bambozzi.com.br

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

Megabloc Manual Técnico

Megabloc Manual Técnico Bomba Padronizada Monobloco Manual Técnico Ficha técnica Manual Técnico Todos os direitos reservados. Os conteúdos não podem ser divulgados, reproduzidos, editados nem transmitidos a terceiros sem autorização

Leia mais

Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador

Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador R Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA. Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br

Leia mais

Chaves posicionadoras eletromecânicas múltiplas e simples

Chaves posicionadoras eletromecânicas múltiplas e simples e Conteúdo. 00 conf. DIN 43697.4 6.6 6.8 7.0 46. 40 eletromecânicas.4 F 60 conf. DIN 43693.6 99 00 s s múltiplas 00 6 6 7 46 40 s s F 60 99 00 Acessórios Peças de reposição. múltiplas conf. DIN 43697 para

Leia mais

HTS ELEVADORES IND. E COM. LTDA.

HTS ELEVADORES IND. E COM. LTDA. HTS ELEVADORES IND. E COM. LTDA. ELEVADORES DE OBRA ELEVADOR DE OBRA ELEVADOR DE OBRA Controle automático digital Eficiência de consumo: quando o a velocidade ou carga está abaixo da condição de regime

Leia mais

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para rolamentos, acoplamentos hidrodinâmicos e flexíveis, e hidrovariadores de velocidade, produtos destinados a atender os mais

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções 1,5 CV - TRIFÁSICO Moto Esmeril de Coluna

bambozzi Manual de Instruções 1,5 CV - TRIFÁSICO Moto Esmeril de Coluna A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33844968 / 33842409 bambozzi Moto Esmeril de Coluna Manual de Instruções BAMBOZZI TALHAS E MOTO ESMERIL

Leia mais

INDICE CONTROLE DE REVISÃO

INDICE CONTROLE DE REVISÃO INDICE 1.0 FINALIDADE PG 03 2.0 APLICAÇÃO PG 03 3.0 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA PG 03 4.0 TERMINOLOGIA PG 03 5.0 CARACTERÍSTICAS GERAIS PG 03 6.0 INSTALAÇÃO PG 06 7.0 COMPONENTES PG 07 8.0 OPERAÇÃO PG 22

Leia mais

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide Explicação dos Tipos Válvula Solenói Todas as válvulas da Danfoss possuem agora uma signação que talha sua estrutura e operação.vários números e letras finem se a válvula é operada diretamente ou servocontrolada,

Leia mais

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br INTRODUÇÃO: Nem sempre as unidades geradoras

Leia mais

A EMPRESA ISO 9001-2008

A EMPRESA ISO 9001-2008 Produtos Especiais A EMPRESA ISO 9001-2008 A solução mais eficiente e adequada para cada cliente. Pontes Rolantes LINHA INDUSTRIAL LINHA OFF SHO Pontes Padronizadas ou Especiais, com viga simples ou dupla.

Leia mais

INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE

INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE Catálogo Técnico INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE CATÁLOGO TÉCNICO ÍNDICE CATÁLOGO TÉCNICO... 1 INTRODUÇÃO... 2 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 2 DADOS TÉCNICOS... 3 ENSAIOS DE TIPO REALIZADOS...

Leia mais

Enroladores de Cabos - Contrapeso. Sistemas de Recuperação

Enroladores de Cabos - Contrapeso. Sistemas de Recuperação Enroladores de Cabos - Contrapeso Sistemas de Recuperação As figuras acima ilustram os tipos de acionamento a contrapeso. Na figura 7a temos o acionamento direto, na 7b, o acionamento direto através de

Leia mais

INTER. Engenharia e Equipamentos

INTER. Engenharia e Equipamentos Bomba Engrenagem Selo Mecânico Série 4000 General Purpose Pumps Vazão até 18.600 LPH, Pressões até 34 bar(g). Temperaturas até 260 Celsius. Viscosidades de até 100.000 cps Rotações de até 1.750 rpm. Construida

Leia mais

CM 60. Manual de Instruções. CHAVE DE FLUXO Conexões de Rosca DN 1/2, 3/4, 1, 1.1/4, 1.1/2 e 2 TECNOFLUID

CM 60. Manual de Instruções. CHAVE DE FLUXO Conexões de Rosca DN 1/2, 3/4, 1, 1.1/4, 1.1/2 e 2 TECNOFLUID Português CM 60 CHAVE DE FLUXO Conexões de Rosca DN 1/2, 3/4, 1, 1.1/4, 1.1/2 e 2 Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas.

Leia mais

Cilindros Aplicação Específica

Cilindros Aplicação Específica Conteúdo.1.1..1.3.1..1..1.6.1.7.1.8.1.9.1 Cilindro Fixador Mesa 1" Cilindro Fixador Mesa " Cilindro Extra Grande Compacto GC Cilindro Impacto Garra Pneumática Angular Cilindro Hidrocheck Cilindro Hidrocheck

Leia mais

Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver)

Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver) Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver) ALEDZnC Não centelhante e à prova de jatos potentes d água. Características Construtivas Projetor para área explosiva, com corpo e tampa fabricado

Leia mais

VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóide-ar ISO 5599/01 - Tamanho 1

VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóide-ar ISO 5599/01 - Tamanho 1 Série Modelo PH VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóidear ISO 99/0 Tamanho /2/ vias / posições VANTAGENS: A série no novo modelo PH oferece além das vantagens da linha : Excepcional

Leia mais

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA 1 INTRODUÇÃO As Furadeiras de Base Magnética Merax caracterizam-se por serem robustas, porém leves e de fácil transporte. Utilizam qualquer tipo de broca, preferencialmente as brocas anulares. Trabalham

Leia mais

Atuadores Pneumáticos

Atuadores Pneumáticos / / D Atuadores Pneumáticos Os atuadores pneumáticos HiTork são dispositivos utilizados para o acionamento de válvulas de controle e outros elementos semelhantes. Possuem construção robusta, grandes torques

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Sistema modular para maior flexibilidade NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services As vantagens dos redutores industriais NORD n Maior precisão

Leia mais

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas CATÁLOGO 800035-A sobre as fichas técnicas Os dados constantes nas fichas técnicas a seguir podem sofrer alterações sem prévio aviso. Alguns modelos possuem pequenas alterações em seus projetos construtivos,

Leia mais

Central de Produção de Energia Eléctrica

Central de Produção de Energia Eléctrica Central de Produção de Energia Eléctrica Ref.ª CPEE Tipo 1 Tipo 2 Tipo 3 Tipo 4 Tipo 5 5 a 25 kva 25 a 150 kva 150 a 500 kva 500 a 1.000 kva 1.000 a 2.700 kva Pág. 1 ! Combustível Diesel! Frequência 50

Leia mais

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Manual de peças Empilhadeira ÍNDICE 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Montagem Da Transmissão Transmissão

Leia mais

kymanual ou automática a escolha é sua

kymanual ou automática a escolha é sua . kymanual ou automática a escolha é sua Válvula borboleta LKB automática ou manual Aplicação ALKBéumaválvulaborboletasanitáriaacionadamanualou automaticamente para uso em sistemas com tubulações em aço

Leia mais

Bomba centrífuga de média pressão. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição. 4. Dados de operação. Manual Técnico Nº A 2751.0P/4 KSB HYDROBLOC M

Bomba centrífuga de média pressão. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição. 4. Dados de operação. Manual Técnico Nº A 2751.0P/4 KSB HYDROBLOC M Manual Técnico Nº A 2751.0P/4 KSB HYDROBLOC M Bomba centrífuga de média pressão Linha: Multiestágio 1. Aplicação 3. Denominação A bomba KSB Hydrobloc M é apropriada para abastecimento de água, instalação

Leia mais

GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300. Capacidade de Elevação 130t

GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300. Capacidade de Elevação 130t GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300 Capacidade de Elevação 130t PÁGINA 01 GUINDASTE SOBRE CAMINHÃO STC1300 Comprimento da extensão total da lança principal de 60m, perfil U, placa de aço WELDOX de alta resistência.

Leia mais

Barramentos Blindados em Geral

Barramentos Blindados em Geral Barramentos Blindados em Geral Os Barramentos Blindados da Wampfler, são sistemas seguros para a eletrificação de consumidores móveis, utilizados mundialmente em instalações de transporte, máquinas e equipamentos

Leia mais

SISTEMA MONOCARRIL PONTES ROLANTES PADRÃO MONOVIGA E PARALELAS. Pinças, diferenciais, guinchos

SISTEMA MONOCARRIL PONTES ROLANTES PADRÃO MONOVIGA E PARALELAS. Pinças, diferenciais, guinchos SISTEMA MONOCARRIL Optar pelo sistema de ponte rolante com perfis ligeiros da REMA, uma maneira puramente técnica para melhorar a produtividade! Carril do diferencial Sistema monocarril O sistema monocarril

Leia mais

Sistemas para Estacionamento e Vagas de Garagem DUPLIKAR. Projetamos e desenvolvemos inúmeras soluções para estacionamentos.

Sistemas para Estacionamento e Vagas de Garagem DUPLIKAR. Projetamos e desenvolvemos inúmeras soluções para estacionamentos. A Empresa A Duplikar é representante autorizado da marca Engecass, queremos apresentar uma solução caso tenha necessidades de aumentar suas vagas de garagem. A Engecass é uma indústria Brasileira, fabricante

Leia mais

COMANDOS ELÉCTRICOS. Prof. (mm) Peso (kg)

COMANDOS ELÉCTRICOS. Prof. (mm) Peso (kg) COMANDOS ELÉCTRICOS VARIADORES ELECTRÓNICOS ALVIAIR Variador electrónico de tensão monofásico 20V - 50Hz. Caixa PVC,. Intensidades: A - 5A - 9A. Alimentação monofásica 20V de uma electroválvula de gás

Leia mais

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características Booster Amplificador de Volume Descrição O Booster - Amplificador de volume - tem como função reproduzir sinais pneumáticos com aumento da capacidade de vazão. É utilizado quando a tubulação entre o instrumento

Leia mais

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID Português CCL CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas. Anote o modelo e número de série

Leia mais

4 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

4 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 4 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS O acoplamento ACRIFLEX AC é composto por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, unidos por um jogo de correias planas fixadas aos cubos através de um flange aparafusado.

Leia mais

WARMAN Centrifugal Slurry Pumps. Série Q: Bomba de fluxo axial para serviços pesados

WARMAN Centrifugal Slurry Pumps. Série Q: Bomba de fluxo axial para serviços pesados WARMAN Centrifugal Slurry Pumps Série Q: Bomba de fluxo axial para serviços pesados WARMAN Centrifugal Slurry Pumps Série Q: Bomba de fluxo axial para serviços pesados As bombas WARMAN série Q são fabricados

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 10 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T

CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T Introdução Obrigado por ter escolhido nosso CONVERSOR PARA TERMOPAR TRM-270T. Para garantir o uso correto e eficiente do TRM-270T, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo 1001-8 BR Informações técnicas

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo 1001-8 BR Informações técnicas Informações técnicas Válvulas - Características técnicas Vias/posições 5/2 Conexão G1/8 e G1/4 Tipo construtivo Acionamentos Vazão a 7 bar Faixa de temperatura Faixa de pressão Cv Fluido Spool Elétrico

Leia mais

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 CATÁLOGO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Relé de Proteção de Motores RPM foi desenvolvido para supervisionar até 2 (dois) grupos ventiladores/motores simultaneamente, é utilizado

Leia mais

WRM Sistemas Hidráulicos

WRM Sistemas Hidráulicos WRM Sistemas Hidráulicos Bombas de engrenagens C A T Á L O G O Válvulas de pressão Válvulas de vazão Válvulas Direcionais Válvulas de retenção Válvula de assento Válvulas proporcionais Sistemas lógicos

Leia mais

4 Resultados Gerais para Pontes Rolantes e seus Componentes

4 Resultados Gerais para Pontes Rolantes e seus Componentes 3 Resultados Gerais para Pontes Rolantes e seus Componentes Este capítulo apresenta os resultados gerais obtidos para duas pontes rolantes de áreas distintas da empresa, a ponte rolante 6 e a 2 (risco

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 Catálogo técnico Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 EV220B 15 50 é um programa universal de válvula solenoide de 2/2 vias indiretamente servo-operada. O corpo da válvula em

Leia mais

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/7 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MASTERTEMP foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

Automatizadores Sistema DC

Automatizadores Sistema DC 2 A Atron é uma marca jovem do grupo Atriumdesign que atua á mais de duas décadas no segmento de construção, decoração e engenharia, da qual fabrica portas especiais e também importa ferragens de altíssima

Leia mais

www.microkits.com.br

www.microkits.com.br Rua Conceição de Monte Alegre, 33 Brooklin - São Paulo - SP - CEP 053-00 FONE/FAX: (55 11) 5.90 / 57.29 E-mail: microkits@microkits.com.br MICROKITS IND. E COM. LTDA. www.microkits.com.br LA MA AZ BC VM

Leia mais

BrikStar CM. Prensa hidráulica de briquetagem D GB. Sempre uma idéia a frente

BrikStar CM. Prensa hidráulica de briquetagem D GB. Sempre uma idéia a frente BrikStar CM Prensa hidráulica de briquetagem Sempre uma idéia a frente D GB BrikStar Prensa hidráulica de briquetagem BrikStar CM BrikStar CM de 4 até 11 kw As prensas de briquetagem da série BrikStar

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO O - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO O - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO 2 IMPORTANTE A BRAPAX e seus Distribuidores Autorizados advertem que a seleção imprópria, falha ou uso incorreto dos produtos

Leia mais

POSICIONADOR INTELIGENTE PARA VÁLVULAS 4 a 20 ma + Comunicação Digital HART. smar

POSICIONADOR INTELIGENTE PARA VÁLVULAS 4 a 20 ma + Comunicação Digital HART. smar POSICIONADOR INTELIGENTE PARA VÁLVULAS a ma + Comunicação Digital HART DESCRIÇÃO O posicionador microprocessado FY proporciona o posicionamento rápido e seguro dos atuadores tipo diafragma ou cilindro.

Leia mais

VENTILADORES LIMIT LOAD

VENTILADORES LIMIT LOAD VENTILADORES LIMIT LOAD UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA VENTILADORES LIMIT LOAD Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: ELSC 560 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação

Leia mais

A Empresa. A Filosofia Tec Tor

A Empresa. A Filosofia Tec Tor A Empresa A Filosofia Tec Tor Desde sua fundação em Setembro de 1986, a Tec Tor vem ao longo de sua existência, desenvolvendo projetos no ramo de equipamentos voltados à transmissão e controle de força

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO. 1 Alimentador

DESCRITIVO TÉCNICO. 1 Alimentador DESCRITIVO TÉCNICO Nome Equipamento: Máquina automática para corte de silício 45º e perna central até 400 mm largura Código: MQ-0039-NEP Código Finame: *** Classificação Fiscal: 8462.39.0101 1 Alimentador

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 49, de 04 de março de 2008.

Leia mais

Wampfler - Tecnologia mundial

Wampfler - Tecnologia mundial Wampfler - Tecnologia mundial http://www.wampfler.com Qualidade, tecnologia e assistência técnica A Wampfler coloca à disposição de seus clientes, profissionais especializados e inúmeras representações

Leia mais

INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS

INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS Introdução Obrigado por ter escolhido nosso INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS. Para garantir o uso correto e eficiente do TM-2100CS, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores Aplicações Comerciais e Residenciais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores Aplicações Comerciais e Residenciais Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Motores Aplicações Comerciais e Residenciais -- Aplicações Comerciais e Residenciais Eficiência e confiabilidade para a indústria Fundada em

Leia mais

Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor

Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor Reguladores Automotores de Pressão da Série 44 Tipo 44-0 B Válvula Redutora de Pressão de Vapor Aplicação Set points de 0,2 a 20 bar com válvulas de tamanho G ½, G ¾ e G1, bem como DN15, 25, 40 e 50 Pressão

Leia mais

mini grua metax.com.br

mini grua metax.com.br mini grua metax.com.br mini grua metax (guincho de elevação) A Mini Grua Metax é útil nas mais variadas situações. Desde obras civis de todos os portes, indústrias, cargas e descargas, o equipamento possui

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 9 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

Painel com disjuntores

Painel com disjuntores Painel com disjuntores AR63 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de distribuição, alimentação, proteção, etc. montado em invólucros fabricados em liga de alumínio

Leia mais

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS

UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS VENTILADORES AXIAL UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA DE VENTILADORES AXIAL Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: EAFN 500 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação G = Gabinete

Leia mais

Atuadores. Pneumáticos e Elétricos.

Atuadores. Pneumáticos e Elétricos. Atuadores Pneumáticos e Elétricos. Alta qualidade e construções de extrema durabilidade, atuadores rotativos pneumáticos, elétricos e acessórios para automação de válvulas industriais. MANAGEMENT SERVICE

Leia mais

ESTRATÉGIA DE FUNCIONAMENTO DA TRANSMISSÃO DPS6 DE DUPLA EMBREAGEM DA FORD, APLICADA NOS VEÍCULOS ECOSPORT E NEW FIESTA MODELO 2013.

ESTRATÉGIA DE FUNCIONAMENTO DA TRANSMISSÃO DPS6 DE DUPLA EMBREAGEM DA FORD, APLICADA NOS VEÍCULOS ECOSPORT E NEW FIESTA MODELO 2013. ESTRATÉGIA DE FUNCIONAMENTO DA TRANSMISSÃO DPS6 DE DUPLA EMBREAGEM DA FORD, APLICADA NOS VEÍCULOS ECOSPORT E NEW FIESTA MODELO 2013. A FORD desta vez está causando uma verdadeira revolução no campo das

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELOS: AIRES, LUMIAR FÊNIX, FÊNIX CONTR PETIT Obrigado por adquirir o VENTISOL. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o

Leia mais

Pulverizador Agrícola Manual - PR 20

Pulverizador Agrícola Manual - PR 20 R Pulverizador Agrícola Manual - PR 20 Indústria Mecânica Knapik Ltda. EPP CNPJ: 01.744.271/0001-14 Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br vendas@knapik.com.br

Leia mais

SOLUÇÕES E EQUIPAMENTOS

SOLUÇÕES E EQUIPAMENTOS SOLUÇÕES E EQUIPAMENTOS A Empresa Fundada em 1964 com o propósito de dedicar-se integralmente a projetar e fabricar equipamentos para elevação e movimentação de cargas. A FEBA está sediada no município

Leia mais

Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br

Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA - EPP Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - Bairro Santa Rosa - Porto União - SC Site:

Leia mais

Introdução. Sistemas. Tecnologia. Produtos e Serviços

Introdução. Sistemas. Tecnologia. Produtos e Serviços Introdução Apresentamos nosso catálogo técnico geral. Nele inserimos nossa linha de produtos que podem ser padronizados ou de projetos desenvolvidos para casos específicos. Pedimos a gentileza de nos contatar

Leia mais

Instruções para Implementadores

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Curitiba, Brazil Instruções para Implementadores Data Grupo Edição Pág. 10.2011 95 01 1( 8 ) Características Construtivas Cabina e Chassi VM BRA50589 89034684 Portuguese/Brazil

Leia mais

CENTRO DE CONTROLE DE MOTORES (CCM) CCM GAVETA

CENTRO DE CONTROLE DE MOTORES (CCM) CCM GAVETA CCM GAVETA Aplicações Os CCMs BT GIMI são utilizados nos mais diversos segmentos do mercado: Químico e Petroquímico Siderurgia e Metalurgica Papel e Celulose Mineração e Cimento Alimentos e Bebidas Características

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Correias e Polias Correntes Definição Polia: São peças cilíndricas, movimentadas pela rotação do eixo do motor e pelas correias. Correias: É o elemento da máquina que,

Leia mais

COMPONENTES. Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW

COMPONENTES. Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW COMPONENTES Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW Informações gerais A chave SW sem carga é uma gama completa projetada para cobrir todas as aplicações a serem cumpridas em subestações

Leia mais

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/6 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp Plus foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PONTE ROLANTE - ZL EQUIPAMENTOS. 1. DESCRIÇÃO. Os Equipamentos de movimentação ZL Equipamentos são fabricados com: Qualidade Tecnologia Segurança. PONTE ROLANTE UNIVIGA SUSPENSA

Leia mais

VaryControl VAV-EasySet

VaryControl VAV-EasySet 5/3.6/P/1 VaryControl VAV-EasySet Kit para Renovação de Unidades VAV Terminais (Somente Importado) TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 225 59-5 São Paulo SP Fone: (11) 337-39 Fax: (11) 337-391 E-mail:

Leia mais

Comandos. MOTOCULTIVADOR GASOLINA - BFG 920 MASTER Caixa Engrenagens Completas

Comandos. MOTOCULTIVADOR GASOLINA - BFG 920 MASTER Caixa Engrenagens Completas MOTOCULTIVADOR GASOLINA - BFG 0 MASTER Caixa Engrenagens Completas Comandos 00 00 PEÇA (CAIXA DE ENGRENAGEM COMPLETA) Caixa Engren. Rotativas Porca M Chapa Espacadora União Caixas Chapa União Caixas Engrenagens

Leia mais

Bombas Submersas. 1. Aplicação. 2. Dados de operação das bombas submersas. 3. Construção / projeto. Denominação UPD, BPD e BPH (exemplo)

Bombas Submersas. 1. Aplicação. 2. Dados de operação das bombas submersas. 3. Construção / projeto. Denominação UPD, BPD e BPH (exemplo) Manual Técnico A3405.0P Bombas Submersas 1. Aplicação É recomendada para o abastecimento de água limpa ou levemente contaminada, abastecimento de água em geral, irrigação e sistemas de aspersão pressurizados

Leia mais

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG

Catalogo Técnico. Disjuntor Motor BDM-NG Catalogo Técnico Disjuntor Motor BDM-NG Disjuntores-Motor BDM-NG Generalidade: O disjuntor-motor BDM-NG,Tripolar, são termomagnéticos compactos e limitadores de corrente. Ideal para o comando e a proteção

Leia mais

SISTEMA DE BOMBEAMENTO SOLAR

SISTEMA DE BOMBEAMENTO SOLAR SISTEMA DE BOMBEAMENTO SOLAR Motobomba acionada pela energia gerada por painéis solares. Permite também conexão com baterias, gerador ou rede elétrica. www.franklin-electric.com.br solar.franklin-electric.com

Leia mais

INTRODUÇÃO NOTAS. www.imbil.com.br 3

INTRODUÇÃO NOTAS. www.imbil.com.br 3 www.imbil.com.br 1 www.imbil.com.br 2 INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas da linha INI-K e INI-O de nossa fabricação. Nele constam informações técnicas de construção, e

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES Válvula de agulha Conexão roscada segundo. Asme b1 20.1 (NPT) Din 2.999 & Bs 21 Iso 228/1 & Iso 7/1 6000 Psi Padrão Fire-Safe.

ESPECIFICAÇÕES Válvula de agulha Conexão roscada segundo. Asme b1 20.1 (NPT) Din 2.999 & Bs 21 Iso 228/1 & Iso 7/1 6000 Psi Padrão Fire-Safe. 01/66 FIG.Nº.:AG-01 Bitola 1/8 á 1. Válvula de agulha Conexão roscada segundo. Asme b1 20.1 (NPT) Din 2.999 & Bs 21 Iso 228/1 & Iso 7/1 6000 Psi Padrão Fire-Safe. Nº NOMES DAS PARTES CONSTRUÇÃO 01 TRAVA

Leia mais

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO Este manual ajudará você a familiarizar-se com a sua Empilhadeira Manual BYG. Facilitará também, possíveis manutenções periódicas. Recomendamos uma atenção especial para utilização do equipamento, antes

Leia mais

Motores Automação Energia Tintas. Motores de Corrente Contínua

Motores Automação Energia Tintas. Motores de Corrente Contínua Motores Automação Energia Tintas Os motores de corrente contínua WEG são concebidos com as mais modernas tecnologias de projeto, resultando em máquinas compactas e com excelentes propriedades dinâmicas,

Leia mais

DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10

DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10 DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10 Manual do usuário Distribuidor de Alimentação MAN-DE-QDA10 Rev.: 02.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso QDA-10. Para garantir o uso correto e eficiente

Leia mais

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO Este manual ajudará você a familiarizar-se com a sua Empilhadeira Manual BYG. Facilitará também, possíveis manutenções periódicas. Recomendamos uma atenção especial para utilização do equipamento, antes

Leia mais

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Nível de Óleo para Transformadores e reatores MNO, é um equipamento microprocessado de alta precisão que indica o nível de óleo em escala

Leia mais

Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo EV220A 6-50

Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo EV220A 6-50 MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Ficha técnica Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo 6-50 é uma linha de válvulas solenoides servo-operadas de 2/2 vias, projetadas especialmente para uso em

Leia mais