Comunicação Sem Fio REDES WIRELES. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio 06/05/2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comunicação Sem Fio REDES WIRELES. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio. Comunicação Sem Fio 06/05/2014"

Transcrição

1 REDES WIRELES Prof. Marcel Santos Silva Comunicação Sem Fio Usada desde o início do século passado Telégrafo Avanço da tecnologia sem fio Rádio e televisão Mais recentemente aparece em Telefones celulares Satélites Redes sem fio Redes Wireless 2 Comunicação Sem Fio Usada desde o início do século passado Telégrafo Avanço da tecnologia sem fio Rádio e televisão Mais recentemente aparece em Telefones celulares Satélites Redes sem fio Comunicação Sem Fio Podem ser divididas em: Redes para interconexão de sistemas ou redes pessoais sem fio Objetivo principal a eliminação de fios; Ex.: Bluetooth Redes locais sem fio Ex.: IEEE Redes metropolitanas sem fio Ex.: IEEE Várias redes sem fio visam explorar a mobilidade do usuário Característica importante, intrínseca e exclusiva das redes sem fio Redes Wireless 3 Redes Wireless 4 Comunicação Sem Fio Principais problemas Grande atenuação Limitado alcance Espectro de frequências disponível Interferência Dificuldade de se atingir altas taxas de transmissão Segurança Reflexões do sinal no interior de uma casa Comunicação Sem Fio Transmissão sem fio utiliza o ar como meio Métodos de transmissão no ar Radiofrequência; Infravermelho; Luz. Redes Wireless 5 Redes Wireless 6 1

2 Wi-fi A conexão Wi-Fi (termo que surgiu das palavras "wireless fidelity") utiliza o padrão de comunicação sem fio, e engloba diversas redes com características levemente diferentes, como área de alcance, velocidade máxima de transferência e freqüência do sinal. Redes Wireless 7 Redes Wireless 8 Empresas Indoor Redes Wireless 9 Redes Wireless 10 Tipos de ligações Redes Infraestruturadas Redes com infraestrutura Toda a comunicação é realizada através de um ponto de acesso Ex.: redes celulares Redes Wireless

3 Tipos de ligações Redes sem infraestrutura ou redes ad hoc Redes ad hoc Estações se comunicam diretamente Redes ad hoc de comunicação direta Redes ad hoc de múltiplos saltos Estações também se comportam como roteadores Redes Wireless Redes ad hoc de múltiplos saltos 15 Redes Wireless 16 Padrão IEEE Definido pelo IEEE (Institute of Eletrical and Eletronics Engineers) ou (Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos); Está em conformidade com a família de protocolos IEEE (Wi-Fi), onde se DESTACAM ou a, b, g e n e o IEEE (Wi- Max) Redes Wireless 17 Redes Wireless 18 3

4 IEEE a Taxa de até 54Mbit/s; Freqüência de operação em 5GHz; b Taxa de até 11Mbit/s; Freqüência de operação em 2.4GHz; IEEE g Taxa de até 54Mbit/s; Freqüência de operação em 2.4GHz; n Taxa de 65 Mbps a 300 Mbps; Freqüência de operação em 2.4GHz e ou 5GHz; Redes Wireless 19 IEEE n IEEE n Tem como principal característica o uso de um esquema chamado Multiple-Input Multiple- Output (MIMO), capaz de aumentar consideravelmente as taxas de transferência de dados através da combinação de várias vias de transmissão. É possível, por exemplo, usar dois, três ou quatro emissores e receptores para o funcionamento da rede. Redes Wireless 23 Redes Wireless 24 4

5 IEEE Cobertura do Sinal Fonte: 3Com IEEE Cobertura do Sinal Considerando a utilização Indoor (conforme figura anterior), podemos considerar a cobertura do sinal sendo: a 25 a 100 metros; b 100 a 150 metros; g 100 a 150 metros; n 100 a 400 metros. Redes Wireless 25 Redes Wireless 26 IEEE Compatibilidade e custo a Incompatível com o b e g Custo Alto; b O mais utilizado e incompatível com o a e g - O custo mais baixo; g Compatível com o b a 11Mbit/s e incompatível com o a Custo mais Baixo. Redes Wireless 27 Vantagens Flexibilidade Dentro da área de cobertura várias estações podem se conectar sem restrições, além de permitir que a rede alcance lugares onde a passagem de cabos é dificultosa; Facilidade Instalação rápida, sem cabos e calhas; Redes Wireless 28 Vantagens Redução do custo agregado Melhor utilização de investimentos em tecnologia de mobilidade como laptops e palmtops, rede de voz, etc. Diversas topologias Podem ser configuradas em uma variedade de topologias para atender aplicações específicas. Facilidade de expansão e manutenção barata. Redes Wireless 29 Desvantagens Flexibilidade Não permite o controle dos pontos que receberão o sinal. Não é possível impedir que o sinal fique limitado às dependências de um prédio ou área. Qualidade de serviço A qualidade do serviço ainda não é melhor que das redes cabeadas; Redes Wireless 30 5

6 Desvantagens Segurança São mais suscetíveis a interceptores não desejados, estão sempre sujeitos a interferências, provocando perda de dados e alta taxa de erros na transmissão; Desvantagens Custo O preço dos equipamentos wireless nem sempre é compatível com seus equivalentes para rede cabeadas dependendo da implementação; Baixa transferência de dados Apesar de estar evoluindo rapidamente, a taxa de transferência ainda é significativamente mais baixa que das redes cabeadas. Redes Wireless 31 Redes Wireless 32 Visada Qualidade do Acesso Redes Wireless 34 Instalação e Equipamentos Antenas Antena é um condutor elétrico ou um sistema de condutores Necessário para a transmissão e a recepção de sinais através do ar. Na transmissão Antena converte energia elétrica em energia eletromagnética; Antena irradia essa energia no ar. Na recepção Antena capta energia eletromagnética do ar; Antena converte essa energia em energia elétrica. Redes Wireless 35 Redes Wireless 36 6

7 Antenas Antenas Uma única antena pode ser usada para transmissão e recepção. Antena irradia potência em todas as direções. Mas não apresenta o mesmo desempenho em todas as direções. Em geral, quanto maior a frequência, mais direcional é o feixe gerado pela antena Antenas podem ser: Omnidirecionais; Direcionais. Redes Wireless 37 Omnidirecional Maioria das antenas Alcance de transmissão cobre uma área circular em torno do transmissor Duas estações se comunicando estações na vizinhança devem permanecer caladas Para não haver interferência Redes Wireless 38 Direcional Antenas Antenas Modos omni e direcionais de antenas Pode minimizar o problema de interferência Área coberta pode ser aproximada por um setor circular Antena gera um feixe focado. Reutilização espacial pode ser mais explorada. Ganhos de transmissão e de recepção são maiores. Alcance de transmissão é maior. Redes Wireless 39 Redes Wireless 40 Meraki Solar Powered Wi-Fi Kit Redes Wireless 42 7

8 Redes Wireless 43 Redes Wireless 44 Segurança Segurança A maior dúvida sobre o uso de redes sem fio recai sobre o fator segurança; Nem sempre eles virem ativados por default; Tipo de ferramenta de administração como pela Browser digitando seu IP; A primeira linha de defesa é o ESSID (Extended Service Set ID), um código alfanumérico que identifica os computadores e pontos de acesso que fazem parte da rede; Opção "broadcast ESSID ; Envia periodicamente o código ESSID da rede, permitindo que todos os clientes acessem. 47 ESSID 48 8

9 Apenas o ESSID, oferece uma proteção muito fraca; Mesmo que a opção broadcast ESSID esteja desativada, já existem sniffers que podem descobrir rapidamente o ESSID da rede monitorando o tráfego de dados. O WEP se encarrega de encriptar os dados transmitidos; Existem dois padrões WEP, de 64 e de 128 bits; O padrão de 64 bits é suportado por qualquer ponto de acesso; O padrão de 128 bits por sua vez não é suportado por todos os produtos. ESSID 49 WEP 50 WPA (Wi-fi Protected Access) Após descoberta das vulnerabilidades WEP Criado grupo de trabalho IEEE i Responsável pelo novo protocolo de segurança; Reuniões entre fabricantes e comunidade científica. Preocupação dos fabricantes Demora com i Criada a Wi-Fi Alliance Necessidade de compatibilidade com hardware antigo. WPA 51 Para manter o hardware novo esquema rodando sobre o protocolo antigo (WEP). Protocolo WPA (2002) Mantém WEP Contém mecanismos de troca de segredo periodicamente TKIP (Temporal Key Integrity Protocol) Permite autenticação vis PSK ou 802.1x WPA 52 TKIP Troca dinâmica de segredo; Necessita de um novo mecanismo de autenticação; Como o segredo é trocado, não pode utilizar a chave dinâmica como autenticação (o cliente não conhece a chave). PSK (Pre-Shared Key) Chave mestra utilizada no processo de autenticação; Utilizada inicialmente para ingresso na rede; Após autenticação, estação recebe a chave que está sendo utilizada pelas demais estações na rede. WPA 53 PSK (Pre-Shared Key) É o ponto pelo qual um atacante tenta obter acesso à rede; Atacante captura o processo de autenticação e tenta identificar a PSK utilizada neste processo; Ao obter a PSK, consegue entrar na rede; Como o número de quadros trocados na autenticação é pequeno, o ataque deve ser baseado em força bruta; Força bruta -> dicionário de senhas + software de autenticação WPA. WPA 54 9

10 Alternativa ao PSK Não possui chave inicial Usuário deve se autenticar com servidor Radius PEAP (usuário/senha); Certificado. Necessário servidor Radius; AP serve como ponte entre estação e Radius. Baseado no conceito de portas Enquanto a estação não finaliza o processo de autenticação, fica com a porta para a rede fechada; A única comunicação permitida é com o servidor Raidus; Após autenticação com sucesso, o AP libera o acesso. Processo de autenticação ocorre a nível de enlace. WPA x 55 WPA x 56 No caso de uso de certificados, apenas que possui certificado válido pode acessar a rede. No caso do EAP, verificado usuário/senha Possibilidade de força bruta O AP é autenticado junto ao Radius, impedindo AP falso. i WPA2 (2004). Substituição total do protocolo criptográfico; Utilização do AES (Advanced Encryption Standard) Robusto Sem ataques à criptografia conhecidos Padrão de criptografia adotado por diversos softwares/equipamentos Incompatível com equipamentos anteriores. Autenticação via PSK e 802.1x, criptografia AES 802.1x 57 WPA2 58 i Concluindo WEP fora!!! Usuário doméstico: Equipamentos antigos (até 2004): WPA/PSK; Equipamentos novos (após 2004): WPA2/PSK. Resolução 365/2004 ANATEL No Brasil a utilização das Frequências Wireless é regulamentada pela ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações), atualmente regida pela Resolução 365/2004. Usuário empresarial: Equipamentos antigos (até 2004): WPA/802.1x; Equipamentos novos (após 2004): WPA2/802.1x. WPA2 59 Redes Wireless 60 10

Tecnologias Atuais de Redes

Tecnologias Atuais de Redes Tecnologias Atuais de Redes Aula 2 Redes Sem Fio Tecnologias Atuais de Redes - Redes Sem Fio 1 Conteúdo Conceitos e Terminologias Alcance Interferência Padrões Segurança Tecnologias Atuais de Redes - Redes

Leia mais

Soluções de Segurança em ambientes heterogêneos

Soluções de Segurança em ambientes heterogêneos 2013 Soluções de Segurança em ambientes heterogêneos Protocolos de Segurança de Redes WI-FI Este documento destina-se a ser uma resenha crítica tendo como base o texto Entenda WEP e WPA, protocolos de

Leia mais

Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi

Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi Aula Prática 10 - Configuração Básica de Rede Wi-Fi Equipamento: O equipamento utilizado nesta demonstração é um roteador wireless D-Link modelo DI-524, apresentado na figura abaixo. A porta LAN desse

Leia mais

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Camada Física: Redes Sem Fio. Equipamentos de Rede. O que já conhecemos.

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Camada Física: Redes Sem Fio. Equipamentos de Rede. O que já conhecemos. Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Camada Física: Redes Sem Fio Equipamentos de Rede O que já conhecemos. Cabos; Atenas; Tipos de transmissão; 1 O que vamos conhecer. Equipamentos

Leia mais

Protocolo wireless Ethernet

Protocolo wireless Ethernet Protocolo wireless Ethernet Conceituar as variações de redes sem fio (wireless) descrevendo os padrões IEEE 802.11 a, b, g e n. Em meados de 1986, o FCC, organismo norte-americano de regulamentação, autorizou

Leia mais

Comunicação sem fio - antenas

Comunicação sem fio - antenas Comunicação sem fio - antenas Antena é um condutor elétrico ou um sistema de condutores Necessário para a transmissão e a recepção de sinais através do ar Na transmissão Antena converte energia elétrica

Leia mais

Redes Sem Fio. 1. Introdução. 2. Conceitos e Terminologias. 2.1. Rede Sem Fio. 2.2. Zona de Cobertura. Tecnologias Atuais de Redes Redes Sem Fio

Redes Sem Fio. 1. Introdução. 2. Conceitos e Terminologias. 2.1. Rede Sem Fio. 2.2. Zona de Cobertura. Tecnologias Atuais de Redes Redes Sem Fio 1. Introdução Geralmente, a forma mais rápida de se implementar uma rede de computadores é por meio da utilização de cabos, sejam eles de par trançado ou de fibra óptica. Para pequenas redes, com poucos

Leia mais

Capítulo 7 - Redes Wireless WiFi

Capítulo 7 - Redes Wireless WiFi Capítulo 7 - Redes Wireless WiFi Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 55 Roteiro Definição Benefícios Tipos de Redes Sem Fio Métodos de Acesso Alcance Performance Elementos da Solução

Leia mais

AULA 9: REDES SEM FIO

AULA 9: REDES SEM FIO AULA 9: REDES SEM FIO Objetivo: Detalhar conceitos sobre a aplicação, configuração, métodos utilizados para autenticação de usuários e segurança de acesso a redes sem fio. Ferramentas: - Emuladores de

Leia mais

Redes Sem Fio (Wireless): Fundamentos e Padrões

Redes Sem Fio (Wireless): Fundamentos e Padrões Redes Sem Fio (Wireless): Fundamentos e Padrões As redes locais sem fio (WLANs) constituem-se como uma alternativa às redes convencionais com fio, fornecendo as mesmas funcionalidades, mas de forma flexível,

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Redes Sem Fio Fabricio Breve Tipos de transmissão sem fio Rádio Infravermelho Laser Aplicações Em ambientes internos: Ideal para situações onde não é possível utilizar cabeamento

Leia mais

Roteador Sem Fio. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Roteador Sem Fio. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Roteador Sem Fio Prof. Marciano dos Santos Dionizio Roteador Sem Fio Um roteador wireless é um dispositivo de redes que executa a função de um roteador mas também inclui as funções de um access point.

Leia mais

Wireless. Leandro Ramos www.professorramos.com

Wireless. Leandro Ramos www.professorramos.com Wireless Leandro Ramos www.professorramos.com Redes Wireless Interferências Access-Point / ROUTER Wireless Ponto de Acesso Numa rede wireless, o hub é substituído pelo ponto de acesso (access-point em

Leia mais

REDES SEM FIO. Prof. Msc. Hélio Esperidião

REDES SEM FIO. Prof. Msc. Hélio Esperidião REDES SEM FIO Prof. Msc. Hélio Esperidião WIRELESS O termo wireless, significa sem fio, possui alguns sinônimos tais como: Rede sem fio Comunicação sem fio Computação Móvel Wi-FI? WI-FI? Wi-Fié uma marca

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF-108 Segurança da Informação Segurança em Redes Sem Fio Prof. João Henrique Kleinschmidt Redes sem fio modo de infraestrutura estação-base conecta hospedeiros móveis à rede com fio infraestrutura de

Leia mais

X Semana de Iniciação Científica do CBPF Outubro/03

X Semana de Iniciação Científica do CBPF Outubro/03 X Semana de Iniciação Científica do CBPF Outubro/0 SEGURANÇA EM REDES WIRELESS Bruno Marques Amaral Engenharia de Telecomunicações, UERJ o Período Orientador: Márcio Portes de Albuquerque Co-orientadora:

Leia mais

Rede sem fio. Pollyana do Amaral Ferreira polly@ pop-mg.rnp.br

Rede sem fio. Pollyana do Amaral Ferreira polly@ pop-mg.rnp.br I Workshop do POP-MG Rede sem fio Pollyana do Amaral Ferreira polly@ pop-mg.rnp.br Sumário Introdução Principais aplicações O padrão IEEE 802.11 Segurança e suas diferentes necessidades Conclusão 2/36

Leia mais

Wireless Red e e d s e s s e s m e m fi f o

Wireless Red e e d s e s s e s m e m fi f o Wireless Redes sem fio A tecnologia Wireless (sem fio) permite a conexão entre diferentes pontos sem a necessidade do uso de cabos (nem de telefonia, nem de TV a cabo, nem de fibra óptica), através da

Leia mais

Wireless LAN (IEEE 802.11x)

Wireless LAN (IEEE 802.11x) Wireless LAN (IEEE 802.11x) WLAN: Wireless LAN Padrão proposto pela IEEE: IEEE 802.11x Define duas formas de organizar redes WLAN: Ad-hoc: Sem estrutura pré-definida. Cada computador é capaz de se comunicar

Leia mais

Brampton Telecom, PhD em Engenharia de Telecomunicações (Unicamp).

Brampton Telecom, PhD em Engenharia de Telecomunicações (Unicamp). Wireless LAN (WLAN) Este tutorial apresenta alguns aspectos da arquitetura e protocolos de comunicação das Redes Locais sem fio, ou Wireless Local Area Networks (WLAN's), que são baseados no padrão IEEE

Leia mais

Orientações para implantação e uso de redes sem fio

Orientações para implantação e uso de redes sem fio Orientações para implantação e uso de redes sem fio Define requisitos e orientações técnicas para implantação e uso de redes sem fio na Universidade Estadual de Campinas. I. Introdução Este documento apresenta

Leia mais

Na implantação de um projeto de rede sem fio existem dois personagens:

Na implantação de um projeto de rede sem fio existem dois personagens: Redes Sem Fio Instalação Na implantação de um projeto de rede sem fio existem dois personagens: O Projetista é o responsável: Cálculo dos link e perdas Site survey (levantamento em campo das informações)

Leia mais

802.11 PROTOCOLO DE SEGURANÇA

802.11 PROTOCOLO DE SEGURANÇA UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ 802.11 PROTOCOLO DE SEGURANÇA Nome: Micaella Coelho Valente de Paula Matrícula: 201207115071 2 o Período Contents 1 Introdução 2 2 802.11 3 3 Seu Funcionamento 3 4 História 4

Leia mais

IEEE 802.11a. IEEE 802.11b. IEEE 802.11a/b/g. IEEE 802.11g. IEEE 802.11n 23/09/2015. Histórico Funcionamento Padrões Equipamentos Wimax PLC

IEEE 802.11a. IEEE 802.11b. IEEE 802.11a/b/g. IEEE 802.11g. IEEE 802.11n 23/09/2015. Histórico Funcionamento Padrões Equipamentos Wimax PLC Redes de Computadores Fabricio Alessi Steinmacher Histórico Funcionamento Padrões Wimax PLC H I S T Ó R I C O Wire (cabo, fio) + Less (sem) IEEE 802.11a IEEE 802.11b IEEE 802.11g IEEE 802.11n Faixa 5GHZ

Leia mais

19/07/2013. Camadas. Camadas de Enlace e Física. Camadas de Enlace e Física. Topologias de Rede NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA

19/07/2013. Camadas. Camadas de Enlace e Física. Camadas de Enlace e Física. Topologias de Rede NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA 2 Camadas NOÇÕES DE REDE: CAMADAS DE ENLACE E FÍSICA Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática Aplicação Transporte

Leia mais

Manual de Configuração de Rede sem Fio.

Manual de Configuração de Rede sem Fio. IFBA: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA Manual de Configuração de Rede sem Fio. 2010 T U R M A : 93631. IFBA - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Prof.: Rafael Reale Disciplina:

Leia mais

Guia das Cidades Digitais

Guia das Cidades Digitais Guia Técnico Inatel Guia das Cidades Digitais Módulo 4: Tecnologia Wi-Fi INATEL Competence Center treinamento@inatel.br Tel: (35) 3471-9330 Este módulo trata da tecnologia de acesso sem fio mais amplamente

Leia mais

Quem somos. - Consultoria e Auditoria em Segurança da Informação - Treinamentos em Prevenção à Ataques Cibernéticos - Blindagem de Sites

Quem somos. - Consultoria e Auditoria em Segurança da Informação - Treinamentos em Prevenção à Ataques Cibernéticos - Blindagem de Sites Quem somos - Consultoria e Auditoria em Segurança da Informação - Treinamentos em Prevenção à Ataques Cibernéticos - Blindagem de Sites Nome: Alan Sanches Graduação: Superior em Tecnologia de Redes de

Leia mais

Ementa REDES WIRELES. Bibliografia. Ementa. Critérios de avaliação. Plano de aula 31/07/2014. Tecnologias: infravermelho, rádio, laser.

Ementa REDES WIRELES. Bibliografia. Ementa. Critérios de avaliação. Plano de aula 31/07/2014. Tecnologias: infravermelho, rádio, laser. REDES WIRELES Ementa Tecnologias: infravermelho, rádio, laser. Topologias, protocolos. Prof. Marcel Santos Silva Padrões IEEE 802.11 (Wi-Fi), IEEE 802.16 (WiMAX), IEEE 802.15.4 (ZigBee), IEEE 802.11s (Mesh),

Leia mais

Compartilhamento de Internet/ Wireless. Wilson Rubens Galindo

Compartilhamento de Internet/ Wireless. Wilson Rubens Galindo Compartilhamento de Internet/ Wireless Wilson Rubens Galindo Compartilhamento de Internet Ganhe dinheiro fácil com compartilhamento de Internet: Habilite um plano de Internet Banda Larga Compre um hub-switch

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR. Projeto de Redes de Computadores. 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação GOIÂNIA 2014-1

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR. Projeto de Redes de Computadores. 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação GOIÂNIA 2014-1 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR Projeto de Redes de Computadores 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação Henrique Machado Heitor Gouveia Gabriel Braz GOIÂNIA 2014-1 RADIUS

Leia mais

Composição. Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes

Composição. Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes Composição Estrutura Fisica Redes Sistemas Operacionais Topologias de redes Aterramento Fio de boa qualidade A fiação deve ser com aterramento neutro (fio Terra) trabalhando em tomadas tripolares Fio negativo,

Leia mais

Redes de Computadores sem Fio

Redes de Computadores sem Fio Redes de Computadores sem Fio Prof. Marcelo Gonçalves Rubinstein Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica Faculdade de Engenharia Universidade do Estado do Rio de Janeiro Programa Introdução

Leia mais

A solução objetiva conjugar a operação dos mecanismos internos do Padrão IEEE 802.11b com uma autenticação externa, utilizando o Padrão IEEE 802.1x.

A solução objetiva conjugar a operação dos mecanismos internos do Padrão IEEE 802.11b com uma autenticação externa, utilizando o Padrão IEEE 802.1x. 1 Introdução A comunicação de dados por redes sem fio (Wireless Local Area Network - WLAN - Padrão IEEE 802.11b) experimenta uma rápida expansão tecnológica, proporcionando novas soluções para serem implementadas

Leia mais

Esta dúvida foi esclarecida através da simulação em laboratório dos diversos mecanismos de segurança propiciados pelos Padrões IEEE 802.

Esta dúvida foi esclarecida através da simulação em laboratório dos diversos mecanismos de segurança propiciados pelos Padrões IEEE 802. 6 Conclusão As inúmeras vantagens proporcionadas pela WLAN contribuem para a expansão das redes sem fio IEEE 802.11 nos ambientes empresariais, governamentais e residenciais. Porém, estas redes possuem

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES Tecnologias de Rede Arquitetura Padrão 802.11 Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 Arquitetura Wireless Wi-Fi

Leia mais

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1 Segurança na Web Capítulo 8: Segurança de Redes Sem Fio Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW Page 1 Introdução Uma Wireless LAN (WLAN) é uma rede local sem fio padronizada pelo IEEE 802.11.

Leia mais

Redes WI-FI COMO EVOLUIU A NORMA IEEE 802.11?

Redes WI-FI COMO EVOLUIU A NORMA IEEE 802.11? Redes WI-FI COMO EVOLUIU A NORMA IEEE 802.11? Wi-Fi: evolução e funcionamento Surgiu em 1995,pela empresa Ericsson, o Bluetooth, que permitiu transmitir dados entre vários dispositivos, mas sem fios. Este

Leia mais

Capítulo 5 Métodos de Defesa

Capítulo 5 Métodos de Defesa Capítulo 5 Métodos de Defesa Ricardo Antunes Vieira 29/05/2012 Neste trabalho serão apresentadas técnicas que podem proporcionar uma maior segurança em redes Wi-Fi. O concentrador se trata de um ponto

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Redes Wireless / Wi-Fi / IEEE 802.11 Em uma rede wireless, os adaptadores de rede em cada computador convertem os dados digitais para sinais de rádio,

Leia mais

Redes Wireless. 26/1/07 Rui Santos

Redes Wireless. 26/1/07 Rui Santos Redes Wireless 26/1/07 Rui Santos Índice Introdução Classificação das redes sem fios Padrões Wi-Fi Equipamento necessário Segurança Links 05-02-2007 2 Introdução http://pt.wikipedia.org/wiki/rede_sem_fios

Leia mais

Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15

Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15 Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15 Introdução, com algumas características Uma rede sem fios ou uma rede Wireless é uma infraestrutura das comunicações sem fio que permite a transmissão

Leia mais

Proposta de Implementação de hotspot wireless na Unipac -Campus Magnus

Proposta de Implementação de hotspot wireless na Unipac -Campus Magnus Proposta de Implementação de hotspot wireless na Unipac -Campus Magnus Daniel Ferreira Silva 1, Luis Augusto Mattos Mendes 2 Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Universidade Presidente Antônio

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

Evolução na Comunicação de

Evolução na Comunicação de Evolução na Comunicação de Dados Invenção do telégrafo em 1838 Código Morse. 1º Telégrafo Código Morse Evolução na Comunicação de Dados A evolução da comunicação através de sinais elétricos deu origem

Leia mais

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes Noções de Redes: Estrutura básica; Tipos de transmissão; Meios de transmissão; Topologia de redes;

Leia mais

DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO

DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO AULA PRÁTICA DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO Objetivo: Apresentar o modo de operação Ad Hoc de uma rede padrão IEEE 802.11g/b e implementá-la em laboratório. Verificar os fundamentos de associação/registro

Leia mais

Projeto Integrador - Projeto de Redes de Computadores

Projeto Integrador - Projeto de Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Projeto Integrador - Projeto de Redes de Computadores AYLSON SANTOS EDFRANCIS MARQUES HEVERTHON LUIZ THIAGO SHITINOE AYLSON SANTOS EDFRANCIS

Leia mais

Visão geral das redes sem fio

Visão geral das redes sem fio Visão geral das redes sem fio 1 - Introdução O termo redes de dados sem fio pode ser utilizado para referenciar desde dispositivos de curto alcance como o Bluetooth à sistemas de altas taxas de transmissão

Leia mais

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de transmissão - Exemplos práticos Aula-05. Professor: Andrei Piccinini Legg.

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de transmissão - Exemplos práticos Aula-05. Professor: Andrei Piccinini Legg. UFSM-CTISM Comunicação de Dados - Exemplos práticos Aula-05 Professor: Andrei Piccinini Legg Santa Maria, 2012 Meio de é o caminho físico entre o transmissor e o receptor. Como visto numa aula anterior

Leia mais

NextiraOne Portugal Segurança em Rede Wireless Novembro 2005

NextiraOne Portugal Segurança em Rede Wireless Novembro 2005 NextiraOne Portugal Segurança em Rede Wireless Novembro 2005 Porquê o Wireless? Quais os motivos para rápida vulgarização das REDES WIRELESS? Não necessita de infra-estrutura de cabos Baixo custo Rápida

Leia mais

Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para

Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para Magistério Superior Especialista em Docência para Educação

Leia mais

Velocidade, Performance e Estabilidade do cabo de rede com a Flexibilidade do Wireless!

Velocidade, Performance e Estabilidade do cabo de rede com a Flexibilidade do Wireless! Velocidade, Performance e Estabilidade do cabo de rede com a Flexibilidade do Wireless! AirWIRE é um dispositivo versátil para interconexão de equipamentos através de uma rede wireless de alta velocidade

Leia mais

Introdução às Redes de Computadores. Por José Luís Carneiro

Introdução às Redes de Computadores. Por José Luís Carneiro Introdução às Redes de Computadores Por José Luís Carneiro Portes de computadores Grande Porte Super Computadores e Mainframes Médio Porte Super Minicomputadores e Minicomputadores Pequeno Porte Super

Leia mais

Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis

Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis Todo o material copyright 1996-2009 J. F Kurose e K. W. Ross, Todos os direitos reservados slide 1 2010 2010 Pearson Prentice Hall. Hall. Todos Todos os os direitos

Leia mais

Tecnologias Wireless WWAN Wireless Wide Area Network WLAN Wireless Local Area Network WPAN Wireless Personal Area Network

Tecnologias Wireless WWAN Wireless Wide Area Network WLAN Wireless Local Area Network WPAN Wireless Personal Area Network Fundamentos de Tecnologias Wireless Parte 1 Assunto Tecnologias Wireless Introdução à Wireless LAN Algumas questões e desafios Tecnologias Wireless WWAN Wireless Wide Area Network WLAN Wireless Local Area

Leia mais

Redes Locais Sem Fio

Redes Locais Sem Fio Redes Locais Sem Fio Prof. Rafael Guimarães Redes sem Fio Aula 13 Aula 13 Rafael Guimarães 1 / 63 Sumário Sumário 1 Motivação e Objetivos 2 Introdução 3 Terminologia 4 WiFi 5 Arquitetura 802.11 6 Padrões

Leia mais

Redes wireless e inseguranças: estudo comparativo entre WEP, WPA e WPA2. Grupo: Espedito Anderson Américo Jean

Redes wireless e inseguranças: estudo comparativo entre WEP, WPA e WPA2. Grupo: Espedito Anderson Américo Jean Redes wireless e inseguranças: estudo comparativo entre WEP, WPA e WPA2 Grupo: Espedito Anderson Américo Jean 1 Agenda Introdução Wireless Wi-Fi WiMax Segurança WEP WPA WPA2 Conclusão 2 Introdução Comunicação

Leia mais

Conceitos Sobre Segurança em Redes Sem Fio. Redes Sem Fio (Wireless) 1

Conceitos Sobre Segurança em Redes Sem Fio. Redes Sem Fio (Wireless) 1 Conceitos Sobre Segurança em Redes Sem Fio Redes Sem Fio (Wireless) 1 INTRODUÇÃO Redes Sem Fio (Wireless) 2 INTRODUÇÃO Conceitos Sobre Segurança em Redes Sem Fio Base da segurança: Confidencialidade Controle

Leia mais

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal:

Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Emissor: Receptor: Meio de transmissão Sinal: Redes - Comunicação Comunicação é o ato de transmissão de informações de uma pessoa à outra. Comunicação sempre foi, desde o início dos tempos, uma necessidade humana buscando aproximar comunidades distantes.

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA

Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Centro Federal de Educação Tecnológica CEFET/BA Disciplina: Redes de Computadores Prof.: Rafael Freitas Reale Aluno: Data / / Prova Final de Redes Teoria Base 1) Qual o tipo de ligação e a topologia respectivamente

Leia mais

UM ESTUDO DA APLICAÇÃO DA FERRAMENTA ORINOCO EM REDES WIRELESS

UM ESTUDO DA APLICAÇÃO DA FERRAMENTA ORINOCO EM REDES WIRELESS UM ESTUDO DA APLICAÇÃO DA FERRAMENTA ORINOCO EM REDES WIRELESS Diogo Lisboa Lopes Ciência da Computação Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC) Barbacena MG Brasil. RESUMO: Este artigo tem como

Leia mais

AULA 01 INTRODUÇÃO. Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação

AULA 01 INTRODUÇÃO. Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação AULA 01 INTRODUÇÃO Eduardo Camargo de Siqueira REDES DE COMPUTADORES Engenharia de Computação CONCEITO Dois ou mais computadores conectados entre si permitindo troca de informações, compartilhamento de

Leia mais

INF-111 Redes Sem Fio Aula 04 Tecnologias para WLAN Prof. João Henrique Kleinschmidt

INF-111 Redes Sem Fio Aula 04 Tecnologias para WLAN Prof. João Henrique Kleinschmidt INF-111 Redes Sem Fio Aula 04 Tecnologias para WLAN Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, outubro de 2014 Roteiro Introdução Camada física Subcamada MAC Estrutura do quadro Segurança Introdução

Leia mais

Redes de Computadores I

Redes de Computadores I Redes de Computadores I REDES SEM FIO CARACTERÍSTICAS DE ENLACE LAN S SEM FIO 802.11 Slide 1 Elementos de uma Rede Sem Fio Hospedeiros sem fio Equipamentos de sistemas finais que executam aplicações Enlaces

Leia mais

Vulnerabilidades em Redes Wifi. Palestrante: Jeann Wilson

Vulnerabilidades em Redes Wifi. Palestrante: Jeann Wilson Vulnerabilidades em Redes Wifi Palestrante: Jeann Wilson Sumário Introdução Principais Utilizações Padrões de rede sem fio Vulnerabilidades Tipos de autenticação Problemas de configuração Tipos de ataques

Leia mais

Processamento de Dados

Processamento de Dados Processamento de Dados Redes de Computadores Uma rede de computadores consiste de 2 ou mais computadores e outros dispositivos conectados entre si de modo a poderem compartilhar seus serviços, que podem

Leia mais

Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos)

Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos) Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos) Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos.

Leia mais

PROJETO BÁSICO (De acordo com a Res. nº 272 da Anatel SCM, de 9 de agosto de 2001, Anexo II) OBJETO

PROJETO BÁSICO (De acordo com a Res. nº 272 da Anatel SCM, de 9 de agosto de 2001, Anexo II) OBJETO PROJETO BÁSICO (De acordo com a Res. nº 272 da Anatel SCM, de 9 de agosto de 2001, Anexo II) OBJETO OUTORGA DE SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA SCM sendo um serviço fixo de telecomunicações de interesse

Leia mais

PROJETO BÁSICO. Serviço de Comunicação Multimídia

PROJETO BÁSICO. Serviço de Comunicação Multimídia PROJETO BÁSICO Serviço de Comunicação Multimídia xxxxxxxxxx, xx de xxxxx de 2009 PROJETO BÁSICO (De acordo com a Res. n 272 da Anatel - SCM, de 9 de agosto de 2001, Anexo II) O B J E T O SOLICITAÇÃO DE

Leia mais

FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS

FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS FUNCIONAMENTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS DAS DIVERSAS TECNOLOGIAS FUNCIONAMENTO DOS RFID s O Um sistema de RFID é composto, basicamente, por uma antena, que funciona como receptor, faz a leitura do sinal

Leia mais

Curso de Especialização em Administração em Redes Linux (ARL) Universidade Federal de Lavras MG (UFLA)

Curso de Especialização em Administração em Redes Linux (ARL) Universidade Federal de Lavras MG (UFLA) SEGURANÇA EM REDES WIRELESS 802.11 INFRAESTRUTURADAS Helio Brilhante Pereira 1 Curso de Especialização em Administração em Redes Linux (ARL) Universidade Federal de Lavras MG (UFLA) RESUMO As redes wireless,

Leia mais

Para isso, selecione as duas interfaces no "Painel de Controle > Conexões de rede" e ative a opção "Conexões de ponte":

Para isso, selecione as duas interfaces no Painel de Controle > Conexões de rede e ative a opção Conexões de ponte: Para criar uma rede ad-hoc no Windows XP, acesse o "Painel de Controle > Conexões de rede". Dentro das propriedades da conexão de redes sem fio, acesse a aba "Redes sem fio" e clique no "adicionar". Na

Leia mais

Módulo 16 Redes sem Fio (Wireless)

Módulo 16 Redes sem Fio (Wireless) Módulo 16 Redes sem Fio (Wireless) A comunicação sem o uso de cabo já existe a milhares de anos, como exemplo mais antigo temos a fala e a comunicação através de gestos. No mundo computacional o conceito

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Rede É um conjunto de computadores chamados de estações de trabalho que compartilham recursos de hardware (HD,

Leia mais

Introdução Redes de Computadores. Filipe Raulino

Introdução Redes de Computadores. Filipe Raulino <filipe.raulino@ifrn.edu.br> Introdução Redes de Computadores Filipe Raulino Introducão A comunicação sempre foi uma necessidade básica da humanidade. Como se comunicar a distância? 2 Evolução da Comunicação

Leia mais

Introdução. Configurações mínimas. A embalagem contém

Introdução. Configurações mínimas. A embalagem contém Introdução Obrigado por adquirir o Repetidor / Roteador Wi-Fi N High Power - 150 Mbps (1T1R) Comtac. Utilizado principalmente para aumentar a cobertura da rede Wi-Fi em locais distantes do roteador principal.

Leia mais

Advanced Wireless Networks Overview & Configuration. Workshop by Nicola Sanchez

Advanced Wireless Networks Overview & Configuration. Workshop by Nicola Sanchez Advanced Wireless Networks Overview & Configuration Workshop by Nicola Sanchez Microwave Wireless Telecom - Brasil Distribuidor Mikrotik no Brasil Fornecedor de Soluções em Redes Wireless Consultoria e

Leia mais

Fundação Oswaldo Aranha Centro Universitário de Volta Redonda RJ

Fundação Oswaldo Aranha Centro Universitário de Volta Redonda RJ Fundação Oswaldo Aranha Centro Universitário de Volta Redonda RJ Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Metodologia da Pesquisa Científica Outros trabalhos em: www.projetoderedes.com.br

Leia mais

SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO

SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO Marcelo Pessoa Engenheiro de soluções para saneamento Introdução As indústrias buscam eficiência, aumento da qualidade e a redução de custos. Para alcançar isto investem

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 WPS Roteador Wireless 300N GWA-101 5dBi Bi-Volt GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 Roteador Wireless 300Mbps Guia de Instalação Rápida REV. 2.0 1. Introdução: O Roteador Wireless 300Mbps, modelo 682-0

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Profª. Kelly Hannel Novas tecnologias de informação 2 HDTV WiMAX Wi-Fi GPS 3G VoIP Bluetooth 1 HDTV 3 High-definition television (também conhecido por sua abreviação HDTV):

Leia mais

Segurança em redes sem fio

Segurança em redes sem fio Segurança em redes sem fio Nelson Murilo Perfil Conceitos iniciais Tipos Freqüências Características Padrões atuais Problemas Defesa Perfil Atuação na área de segurança

Leia mais

Padrões de Rede 15/02/2014. Padrões de rede. Padrão Ethernet IEEE 802.3 802.3

Padrões de Rede 15/02/2014. Padrões de rede. Padrão Ethernet IEEE 802.3 802.3 Padrões de Rede Fundamentos de Redes de Computadores Prof. Marcel Santos Silva Padrões de rede Existem diversos padrões Ethernet, que são utilizados pela maioria das tecnologias de rede local em uso. Definem

Leia mais

Conexão Sem Fio Guia do Usuário

Conexão Sem Fio Guia do Usuário Conexão Sem Fio Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos. Bluetooth é marca comercial dos respectivos

Leia mais

KIT PROVEDOR COMPACT - MONTAGEM CONFIGURAÇÃO BÁSICA

KIT PROVEDOR COMPACT - MONTAGEM CONFIGURAÇÃO BÁSICA KIT PROVEDOR COMPACT - MONTAGEM CONFIGURAÇÃO BÁSICA 1 Parabéns, você acaba de adquirir o equipamento mais avançado e de melhor relação custo/ benefício do mercado para compartilhamento de Internet via

Leia mais

Liderando a Evolução para Redes Mesh

Liderando a Evolução para Redes Mesh Tendências do mercado A realidade do século 21 A conectividade em Banda Larga tem se transformado numa utilidade tão básica quanto a a eletricidade e o gás As redes mesh wireless fazem hoje, desta tecnologia,

Leia mais

Voz em ambiente Wireless

Voz em ambiente Wireless Voz em ambiente Wireless Mobilidade, acesso sem fio e convergência são temas do momento no atual mercado das redes de comunicação. É uma tendência irreversível, que vem se tornando realidade e incorporando-se

Leia mais

4 Metodologia e Implementação

4 Metodologia e Implementação 4 Metodologia e Implementação Como estudado no capítulo 3, as redes IEEE 802.11b possuem diversas vulnerabilidades decorrentes da fragilidade dos mecanismos de autenticação, confidencialidade e integridade

Leia mais

15/02/2015. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais

15/02/2015. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais Curso de Preparatório para Concursos Públicos Tecnologia da Informação REDES Conceitos Iniciais; Classificações das Redes; Topologias de Redes; Meios de Transmissão; Arquitetura de Redes; Conteúdo deste

Leia mais

Estrutura de um Rede de Comunicações. Redes e Sistemas Distribuídos. Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação. Redes de comunicação de dados

Estrutura de um Rede de Comunicações. Redes e Sistemas Distribuídos. Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação. Redes de comunicação de dados Estrutura de um Rede de Comunicações Profa.. Cristina Moreira Nunes Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação Utilização do sistema de transmissão Geração de sinal Sincronização Formatação das mensagens

Leia mais

Guia Rápido de Instalação

Guia Rápido de Instalação Guia Rápido de Instalação Modelo: M151RW2 www.pixelti.com.br -MOBI Parabéns! Você acaba de adquirir o ROTEADOR WIRELESS M151RW2 com qualidade e garantia PIXEL TI. Este guia irá ajudá-lo a utilizar o seu

Leia mais

Como montar uma rede Wireless

Como montar uma rede Wireless Como montar uma rede Wireless Autor: Cristiane S. Carlos 1 2 Como Montar uma Rede Sem Fio sem Usar um Roteador de Banda Larga Introdução Muita gente não sabe que com o Windows XP ou o Windows Vista é possível

Leia mais

ATIVIDADE 1. Definição de redes de computadores

ATIVIDADE 1. Definição de redes de computadores ATIVIDADE 1 Definição de redes de computadores As redes de computadores são criadas para permitir a troca de dados entre diversos dispositivos estações de trabalho, impressoras, redes externas etc. dentro

Leia mais

A influência e importância da criptografia na velocidade de redes Ethernet

A influência e importância da criptografia na velocidade de redes Ethernet A influência e importância da criptografia na velocidade de redes Ethernet Otávio Augusto G. Larrosa 1, Késsia Rita Da Costa Marchi 1, Jaime Willian Dias 1 Julio Cesar Pereira 1 1 Universidade Paranaense

Leia mais

Placa de Rede. Rede de Computadores. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. Placa de Rede

Placa de Rede. Rede de Computadores. Tipos de Redes LAN (Local Area Network) Rede local. Placa de Rede Rede de Computadores Prof. André Cardia Email: andre@andrecardia.pro.br MSN: andre.cardia@gmail.com Placa de Rede Uma placa de rede (NIC), ou adaptador de rede, oferece capacidades de comunicações nos

Leia mais

Tecnologia Wireless MAXg

Tecnologia Wireless MAXg Tecnologia Wireless MAXg MAXimizando o alcance, desempenho, segurança e simplicidade das redes 802.11g Nota Tecnológica Não restam dúvidas de que a tecnologia sem fios se tornou presença permanente no

Leia mais

Guia de conexão. Sistemas operacionais suportados. Instalando a impressora. Guia de conexão

Guia de conexão. Sistemas operacionais suportados. Instalando a impressora. Guia de conexão Página 1 de 5 Guia de conexão Sistemas operacionais suportados Com o CD de Software e documentação, você pode instalar o software da impressora nos seguintes sistemas operacionais: Windows 8 Windows 7

Leia mais