RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE JULHO A SETEMBRO DE 2016

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE JULHO A SETEMBRO DE 2016"

Transcrição

1 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE JULHO A SETEMBRO DE 2016 Belém / Pará Setembro/ 2016

2 Relatório das atividades do Projeto Escola Viva OBJETIVO 1: Efetivar diagnóstico acerca do uso de álcool, outras drogas por crianças e adolescentes e gravidez na adolescência nas escolas públicas municipais e estaduais em Belém, contribuindo na qualificação das ações do Sistema de Garantia de Direitos. AÇÃO PREVISTA: Realização de articulação com as escolas públicas municipais e estaduais para realização do diagnóstico sobre uso de drogas e gravidez na adolescência nas escolas públicas de Belém. AÇAO REALIZADA: Para tanto, realizamos reuniões com os gestores da Secretaria Estadual de Educação SEDUC e da Secretaria Municipal de Educação SEMEC. Atualmente estamos articulando com as duas secretarias tanto a realização da pesquisa nas escolas, como o fornecimento de banco de dados para definição da amostra. Como a realização das atividades de prevenção nos 20 estabelecimentos de ensino fundamental. Em realizamos uma reunião com 10 diretores de escolas da SEMEC. Em setembro realizamos os encontros com os (as) profissionais da Secretaria Estadual de Educação, com apresentação da metodologia da pesquisa. AÇÃO PREVISTA: Elaboração do projeto de pesquisa para realização do diagnóstico acerca do uso de álcool, outras drogas por crianças e adolescentes e gravidez na adolescência nas escolas públicas municipais e estaduais em Belém. AÇAO REALIZADA: Elaborou-se o Projeto de Pesquisa Estudo sobre drogas e gravidez precoce nas escolas de ensino fundamental de Belém, sendo apresentado e aprovado: Colegiado do Curso de Serviço Social na Universidades Federal do Pará UFPA

3 Na Faculdade Metropolitana da Amazônia FAMAZ no Programa Institucional de Iniciação Científica PROIC (EDITAL COPE/PROIC/NUPEX/FAMAZ 01/2016). Como resultado foi garantida a permanência de 1 bolsista e 2 voluntárias para acompanhamento da pesquisa. AÇÃO PREVISTA: Definição de amostra para a pesquisa Estudo sobre drogas e gravidez precoce nas escolas de ensino fundamental de Belém. Estratos da População do Estudo 155 escolas (Municipais + Estaduais) Turmas (6º ao 9º ano) 1.Manhã alunos matriculados/ Intermediário 3. Tarde 4. Integral Com o erro máximo de 10% e com 95% de confiança para se estimar a prevalência do consumo de drogas/gravidez na adolescência entre os alunos. Alocação da amostra para cada um dos 8 domínios. Para cada domínio, foi realizada a alocação da amostra proporcional ao número de turmas segundo os tipos de escola.

4 Para composição da Amostra, foram selecionadas as escolas públicas que informaram ter turmas do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, que funcionam nos turnos manhã e Tarde. Como critério de exclusão considerou-se excluídas do cadastro de seleção da amostra, turmas com menos de 15 alunos matriculados no 6º ano a 9º ano em 2016, representando pouco mais de 2% das turmas. Utilizou-se ainda com critério de exclusão escolas que apresentaram turmas incompletas e que funcionavam em turnos intermediários e integrais representando 2% do total. Para garantir a representatividade da população nesse estudo optou-se por utilizar a técnica de amostragem, a qual consiste no processo de obter informação sobre uma população a partir de resultados observados na amostra. Para representar os estudantes de ensino fundamental (6º ao 9º ano) da rede pública dos 08 Distritos, optou-se por uma amostra estratificada com alocação proporcional ao tamanho das escolas 1, sendo que o tamanho da escola foi dado pelo número de turmas sendo utilizado. A seleção das turmas da amostra para cada domínio e estrato foi realizada através de uma amostragem sistemática. Após os critérios de exclusão foram utilizado no cálculo amostral 155 escolas com turmas de 6º ao 9º e alunos matriculados. Considerando esta população, a partir da técnica amostragem aleatória estratificada, com o erro máximo de 10% e com 95% de confiança para se estimar a prevalência do consumo de drogas/gravidez na adolescência entre os alunos. Alocação da amostra para cada um dos 8 domínios. Para cada domínio, foi realizada a alocação da amostra proporcional ao número de turmas segundo os tipos de escola. 1 As escolas foram classificadas a partir do percentil (P), aqueles com valores da somas de turmas que apresentaram 1 a 7 turmas (percentil abaixo do P30) foram classificados como pequena porte, escolas com 8 a 14 turmas (valor de percentil entre P30 e o P70 ) foram classificados como escolas médio porte. Já escolas que apresentaram ter entre 15 a 32 turmas (percentil superior a P70 ) foram classificados como grande porte.

5 O indicativo de início do trabalho de campo está previsto para 08 a 30 de novembro de OBJETIVO 2: Fomentar espaços públicos de diálogos na construção de estratégicas de enfrentamento ao uso de álcool, outras drogas por crianças e adolescentes e gravidez na adolescência, contribuindo para articulação de ações integradas das redes de serviços locais de garantia e proteção dos direitos da criança e do adolescente. AÇÃO PREVISTA: Realização de Seminário de abertura do projeto nos Bairros do Guamá/ Terra Firme/Filipe Smaldni para pactuação com a rede de serviço local numa ação articulada de enfrentamento ao uso de álcool, outras drogas e gravidez na adolescência, tendo como espaço estratégico para intervenção a escola pública. AÇAO REALIZADA: Para realização desta ação foram efetivadas duas atividades: a. Mobilização das organizações governamentais e não governamentais dos territórios em que as ações de prevenção ao uso de drogas e gravidez na adolescência será realizado nas escolas. b. Participação das organizações governamentais e não governamentais dos territórios em que as ações de prevenção ao uso de drogas e gravidez na adolescência será realizado nas escolas. O Seminário ocorreu no dia 24 de agosto de 2016, no Auditório da Organização não governamental parceira Lar Fabiano de Cristo, em que contou com a seguinte programação: Abertura. Roda de diálogo sobre uso de drogas e gravidez na adolescência, com a Contribuição de: Eli Pinheiro, Prof. Da FAMAZ e doutoranda em discussão de gênero, Vera Fonseca, Luana, Fabiola Apresentação do Projeto Escola Viva

6 Assinatura do termo de adesão das organizações TABELA 1: Organizações participantes do seminário de lançamento do Projeto Escola Viva no polo Guamá/Terra Firme/Umarizal ITEM ORGANIZAÇÃO SAÚDE EDUCAÇÃO ASSISTÊNCIA CONSELHO TUTELAR JUSTIÇA TOTAL Número de instituições mobilizadas Número de instituições participantes Profissionais envolvidos(*) Durante o evento estiveram presentes 63 pessoas representando as organizações governamentais e não governamentais dos Bairros do Guamá/ Terra Firme/Filipe Smaldni, sendo que foram mobilizadas 67 organizações e participaram do evento 38 instituições públicas e privadas. AÇÃO PREVISTA: Realização de Seminário de abertura do projeto nos Bairros do Bengui/ Tapanã para pactuação com a rede de serviço local numa ação articulada de enfrentamento ao uso de álcool, outras drogas e gravidez na adolescência, tendo como espaço estratégico para intervenção a escola pública. AÇAO REALIZADA: Para realização desta ação foram efetivadas duas atividades: a. Mobilização das organizações governamentais e não governamentais dos territórios em que as ações de prevenção ao uso de drogas e gravidez na adolescência será realizado nas escolas. b. Participação das organizações governamentais e não governamentais dos territórios em que as ações de prevenção ao uso de drogas e c. Gravidez na adolescência será realizado nas escolas.

7 O Seminário de lançamento ocorreu no dia 25 de agosto de 2016, no Auditório da Organização governamental Espaço de Convivência Zoe Gueiros, em que contou com a seguinte programação: Abertura. Roda de diálogo sobre uso de drogas e gravidez na adolescência, com a Contribuição de: Eli Pinheiro, Prof. Da FAMAZ e doutoranda em discussão de gênero, Vera Fonseca. Apresentação do Projeto Escola Viva. Assinatura do termo de adesão das organizações. TABELA 2: Organizações participantes do seminário de lançamento do Projeto Escola Viva no polo Bengui e Tapanã ITEM NÚMERO DE INSTITUIÇOES MOBILIZADAS NÚMERO DE INSTITUIÇOES PARTICIPANTES PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS(*) ENTIDADE SAÚDE EDUCAÇÃO ASSISTÊNCIA CONSELHO JUSTIÇA SEGURANÇA Durante o evento estiveram presentes 31 pessoas das organizações governamentais e não governamentais do Bairros do Bengui/ Tapanã, sendo mobilizados 34, mas participaram 18 organizações. AÇÃO PREVISTA: Realização de Seminário de abertura do projeto no Bairro de Icoaraci para pactuação com a rede de serviço local numa ação articulada de enfrentamento ao uso de álcool, outras drogas e gravidez na adolescência, tendo como espaço estratégico para intervenção a escola pública. AÇAO REALIZADA: Para realização desta ação foram efetivadas duas atividades:

8 c. Mobilização das organizações governamentais e não governamentais dos territórios em que as ações de prevenção ao uso de drogas e gravidez na adolescência será realizado nas escolas. d. Participação das organizações governamentais e não governamentais dos territórios em que as ações de prevenção ao uso de drogas e gravidez na adolescência será realizado nas escolas. O Seminário de lançamento ocorreu no dia 29 de agosto de 2016, no Auditório da Organização não governamental parceira Lar Fabiano de Cristo, em que contou com a seguinte programação: Abertura. Roda de diálogo sobre uso de drogas e gravidez na adolescência, com a Contribuição de: Eli Pinheiro, Prof. Da FAMAZ e doutoranda em discussão de gênero, Vera Fonseca. Apresentação do Projeto Escola Viva Assinatura do termo de adesão das organizações TABELA 3: Organizações participantes do seminário de lançamento do Projeto Escola Viva no polo Icoaraci ITEM ENTIDADE SAÚDE EDUCAÇÃO ASSISTÊNCIA CONSELHO JUSTIÇA OUTROS TOTAL NÚMERO DE INSTITUIÇOES MOBILIZADA NÚMERO DE INSTITUIÇOES PARTICIPANTES PROFISSIONAIS Durante o evento estiveram presentes 21 pessoas representantes das organizações governamentais e não governamentais do Bairro de Icoaraci, sendo 13 organizações mobilizadas com a participação de 10.

9 OBJETIVO 5: Garantir a produção e utilização nas vivências de materiais educativos áudio visual acerca do uso de álcool e outras drogas, gravidez na adolescência. AÇÃO PREVISTA: Produção de vídeo e vídeo aula com 10 minutos de duração sobre drogas lícitas: álcool e cigarro e vídeo e vídeo aula com 10 minutos de duração sobre drogas ilícitas: maconha, crack, pasta, cola e outras; AÇAO REALIZADA: Produção do roteiro sobre sexualidade e gravidez na adolescência AÇÕES DE IMPLANTAÇÃO AÇÃO PREVISTA: Realização de oficina sobre o uso de álcool e outras drogas e gravidez na adolescência com os profissionais do Projeto e Entidades parceiras, com 16 h - compreender as causas do uso de álcool e outras drogas e gravidez na adolescência às crianças e adolescentes e seus impactos a convivências e desempenho escolar, num processo de identificação de estratégias para o enfrentamento. AÇAO REALIZADA: foi realizada a oficina no dia 12 e 13 de julho no espaços de formação de professores da Secretaria de Educação de Belém, com a contribuição de mediação de Marilda que coordena a política estadual de drogas e a prof. Mestra Eli Pinheiro com o diálogo acerca de sexualidade e gravidez na adolescência. Durante a atividades estiveram presentes 20 pessoas entre as 11 entidades parceiras, os 5 agentes de proteção e 4 convidados. AÇÃO NÃO PREVISTA: divulgação do projeto imprensa local, jornal e televisão Matéria Jornal o diário do Pará de... Participação no programa Sem Censura Pará, Tv Cultura, em 11 de agosto de 2016.

10 Coordenação: Ana claudia Filgueiras Guedes Data:

11 ANEXO: 1. Oficina sobre o uso de álcool e outras drogas e gravidez na adolescência com os profissionais do Projeto e Entidades parceiras Oficina sobre uso de drogas por adolescentes e jovens.

12 Oficina sobre sexualidade e gravidez na adolescência. 2. Realização de articulação com as escolas públicas municipais e estaduais para realização do diagnóstico sobre uso de drogas e gravidez na adolescência nas escolas públicas de Belém

13 Reunião para organização da pesquisa sobre uso de drogas e gravidez na adolescência. 3. Realização de Seminário de abertura do projeto Escola Viva nos Territórios

14 Apresentação cultural sobre fomento a leitura no Seminário do Guamá/Terra Firme

15 Seminário no Guamá Seminário Do Bairro do Bengui e Tapanã Seminário no Bairro de Icoaraci

16 Materiais na imprensa local: Participação no Programa Local Sem Censura Pará TV Cultura.

17

PLANO DECENAL DOS DIREITOS HUMANOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE BELÉM/PARÁ. Fevereiro/2016. Belém Pará

PLANO DECENAL DOS DIREITOS HUMANOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE BELÉM/PARÁ. Fevereiro/2016. Belém Pará PLANO DECENAL DOS DIREITOS HUMANOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE BELÉM/PARÁ Fevereiro/2016 Belém Pará CONSELHO MUNICIPAL DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE BELÉM (COMDAC) Diretoria Executiva Presidência:

Leia mais

O SUAS PARÁ NO PLANO ESTADUAL DE AÇÕES INTEGRADAS SOBRE DROGAS. Meive Ausonia Piacesi

O SUAS PARÁ NO PLANO ESTADUAL DE AÇÕES INTEGRADAS SOBRE DROGAS. Meive Ausonia Piacesi O SUAS PARÁ NO PLANO ESTADUAL DE AÇÕES INTEGRADAS SOBRE DROGAS Meive Ausonia Piacesi POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL PROTEÇÃO SOCIAL Sistema Único de Assistência Social - SUAS INDIVÍDUOS E FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO

Leia mais

UMA PARCERIA DE AGENCIAS EM UM SÓ ESPAÇO GEOGRAFICO.

UMA PARCERIA DE AGENCIAS EM UM SÓ ESPAÇO GEOGRAFICO. Projeto Segurança Humana: São Paulo UMA PARCERIA DE AGENCIAS EM UM SÓ ESPAÇO GEOGRAFICO. SETEMBRO 2009 ANÁLISE DO PROJETO PROJETO SEGURANÇA A HUMANA NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO: Agências envolvidas: OPAS/OMS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA JABOATÃO DOS GUARARAPES ARTICULADORES

TERMO DE REFERÊNCIA JABOATÃO DOS GUARARAPES ARTICULADORES TERMO DE REFERÊNCIA JABOATÃO DOS GUARARAPES ARTICULADORES PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA INDIVIDUAL EM ARTICULAÇÃO DE REDE INTERSETORIAL ALCOOL E DROGAS DESCENTRALIZADO I. CONTEXTO O decreto 7.179

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Diretoria Regional Brasília Programa de Educação, Cultura e Saúde

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Diretoria Regional Brasília Programa de Educação, Cultura e Saúde FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Diretoria Regional Brasília Programa de Educação, Cultura e Saúde Edital de seleção Bolsista de Extensão e Iniciação Científica Júnior A Diretoria Regional da Fundação Oswaldo Cruz

Leia mais

Aprimoramento do Programa diante dos avanços da cobertura e da qualificação da

Aprimoramento do Programa diante dos avanços da cobertura e da qualificação da 1. Redesenho do PETI Fortalecer a Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil por meio de ações estratégicas intersetoriais voltadas ao enfrentamento das novas incidências de atividades identificadas

Leia mais

25 ATIVIDADE LOCAL ÓRGÃO

25 ATIVIDADE LOCAL ÓRGÃO 25 ATIVIDADE LOCAL ÓRGÃO SEG 16H ÀS 20H ABETURA OFICIAL DA IV SEMANA DO BEBÊ DE BELÉM Ginásio da UEPA Almirante Barroso Coordenação Geral 10H ÀS 11:30 A importância do conhecimento acerca da sexualidade

Leia mais

Promulgação da lei /2014 (Lei Menino Bernardo)

Promulgação da lei /2014 (Lei Menino Bernardo) Promulgação da lei 13.010/2014 (Lei Menino Bernardo) Gabriela Karrosy Xuxa no Senado acompanhando a votação para aprovação da Lei Menino Bernardo Xuxa na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara

Leia mais

PROGRAMAÇÃO 23 a 26 Novembro 2010

PROGRAMAÇÃO 23 a 26 Novembro 2010 PROGRAMAÇÃO 23 a 26 Novembro 2010 SIGLAS CONANDA Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente CDDCA Conselho de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente FUNCAP Fundação da Criança

Leia mais

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS

SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS. Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS SÍNTESE DO PERFIL E DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DAS UNIDADES SOCIOASSISTENCIAIS Perfil e principais atribuições do Coordenador do CREAS Escolaridade de nível superior de acordo com a NOB/RH/2006

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA NATAL ARTICULADOR

TERMO DE REFERÊNCIA NATAL ARTICULADOR TERMO DE REFERÊNCIA NATAL ARTICULADOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA INDIVIDUAL EM ARTICULAÇÃO DE REDE INTERSETORIAL ALCOOL E DROGAS DESCENTRALIZADO I. CONTEXTO O decreto 7.179 de 2010 da Presidência

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ITAITUBA ARTICULADOR

TERMO DE REFERÊNCIA ITAITUBA ARTICULADOR TERMO DE REFERÊNCIA ITAITUBA ARTICULADOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA INDIVIDUAL EM ARTICULAÇÃO DE REDE INTERSETORIAL ALCOOL E DROGAS DESCENTRALIZADO I. CONTEXTO O decreto 7.179 de 2010 da Presidência

Leia mais

Profa. Neila Maria Viçosa Machado

Profa. Neila Maria Viçosa Machado SAÚDE E EDUCAÇÃO: uma perspectiva de integração a partir da Atenção Básica pelos Programa Saúde na Escola (PSE) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Profa. Neila Maria Viçosa Machado SAÚDE

Leia mais

Qualificação da Gestão

Qualificação da Gestão Qualificação da Gestão O que é o SUS Instituído pela Constituição de 1988, o Sistema Único de Saúde SUS é formado pelo conjunto das ações e serviços de saúde sob gestão pública Com direção única em cada

Leia mais

BRASIL SAUDÁVEL. Ação Nacional em favor de Modos de Viver Saudáveis

BRASIL SAUDÁVEL. Ação Nacional em favor de Modos de Viver Saudáveis BRASIL SAUDÁVEL Ação Nacional em favor de Modos de Viver Saudáveis Inserida no contexto do Bom Exemplo SECOM Coordenação Geral Ministério da Saúde Ministério da Educação Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES E APLICAÇÃO DE RECURSOS EDITAL 01/ PONTINHOS DE CULTURA

RELATÓRIO DE ATIVIDADES E APLICAÇÃO DE RECURSOS EDITAL 01/ PONTINHOS DE CULTURA RELATÓRIO DE ATIVIDADES E APLICAÇÃO DE RECURSOS EDITAL 01/2012 - PONTINHOS DE CULTURA 1. Identificação da Entidade Nome do Proponente / Instituição: CNPJ: Título da Proposta: Território de Identidade:

Leia mais

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE BARBALHA-CE

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE BARBALHA-CE SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE BARBALHA-CE Ofício Nº 0012204/2010 Da: Presidente do Sindicato dos Servidores dos Servidores Públicos Municipais de Barbalha-Ceará Professora Teresa Maria

Leia mais

7. ROTEIRO DE ENTREVISTA DIREÇÃO OU COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DAS ESCOLAS

7. ROTEIRO DE ENTREVISTA DIREÇÃO OU COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DAS ESCOLAS 7. ROTEIRO DE ENTREVISTA DIREÇÃO OU COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DAS ESCOLAS Parte I Identificação e controle da entrevista 1. Data Dia Mês Ano 2. Articulador(a) 3. Nome da Escola 4. Nível (s) de ensino ofertado(s)

Leia mais

MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CARTA

Leia mais

UniAGES CENTRO UNIVERSITÁRIO COLEGIADO DE DIREITO

UniAGES CENTRO UNIVERSITÁRIO COLEGIADO DE DIREITO UniAGES CENTRO UNIVERSITÁRIO COLEGIADO DE DIREITO PROJETO GRUPO DE ESTUDO: O NOVO ESTATUTO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL EDITAL DE INSCRIÇÕES N.º 01/2016, DE 02 DE SETEMBRO DE 2016 A Coordenação do

Leia mais

Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/Aids em saúde mental, no Brasil

Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/Aids em saúde mental, no Brasil Ministério da saúde Secretaria de Atenção à saúde Departamento de Ações Programáticas Estratégicas Coordenação de Saúde Mental Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/Aids em saúde mental,

Leia mais

NOTA EXPLICATIVA ENEM 2015 POR ESCOLA

NOTA EXPLICATIVA ENEM 2015 POR ESCOLA NOTA EXPLICATIVA ENEM 2015 POR ESCOLA 1 - RESULTADOS DO ENEM 2015 AGREGADOS POR ESCOLA Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) auxiliam estudantes, pais, professores, diretores das escolas

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Gabinete do Deputado ODAIR CUNHA PT/MG

CÂMARA DOS DEPUTADOS Gabinete do Deputado ODAIR CUNHA PT/MG PROGRAMAS ABERTOS FUNDACAO NACIONAL ANTIDROGAS Código do Programa 3091220140014 Órgão 30000 - MINISTERIO DA JUSTICA Órgão Vinculado Órgão Executor Tipo de Instrumento Convênio Qualificação da proposta

Leia mais

O QUE É O FÓRUM DE SAÚDE MENTAL INFANTOJUVENIL?

O QUE É O FÓRUM DE SAÚDE MENTAL INFANTOJUVENIL? O QUE É O FÓRUM DE SAÚDE MENTAL INFANTOJUVENIL? O Fórum Nacional de Saúde Mental Infantojuvenil foi criado em 2004, como espaço de discussão que visa debater as diferentes questões relacionadas à saúde

Leia mais

Uma Nova Proposta ao Bairro da Terra Firme

Uma Nova Proposta ao Bairro da Terra Firme Coordenação de Comunicação e Extensão Cultural Coordenação de Museologia Serviço de Educação e Extensão Cultural Núcleo de Visitas Orientadas ao Parque Zoobotânico Nuvop SEMINÁRIO ECOMUSEUS E MUSEUS COMUNITÁRIOS:

Leia mais

SAÚDE MENTAL PROJETO DO PROGRAMA DE ATENÇÃO À CRIANÇA E ADOLESCENTE DEPENDENTE QUÍMICO

SAÚDE MENTAL PROJETO DO PROGRAMA DE ATENÇÃO À CRIANÇA E ADOLESCENTE DEPENDENTE QUÍMICO SAÚDE MENTAL PROJETO DO PROGRAMA DE ATENÇÃO À CRIANÇA E ADOLESCENTE DEPENDENTE QUÍMICO 1 - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO: ACFFD - ASSOCIAÇÃO CULTURAL E FILANTROPICA FAMÍLIA DE DEUS ESCRITÓRIO: RUA CAJAZEIRAS,

Leia mais

O que é o Pacto pela Educação do Pará?

O que é o Pacto pela Educação do Pará? Encontros Regionais Visão Geral O que é o Pacto pela Educação do Pará? É um esforço integrado de diferentes níveis, setores (educação, assistência, saúde, cultura, esporte e lazer) e atores (governo, empresariado,

Leia mais

Redesenho do PETI. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil

Redesenho do PETI. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil Redesenho do PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI É um programa de caráter intersetorial que,no âmbito do SUAS, compreende transferência de renda, trabalho social com famílias e oferta

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO NO CENTRO REGIONAL DE REFERÊNCIA PARA EDUCAÇÃO PERMANENTE EM CRACK, ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS 2013

PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO NO CENTRO REGIONAL DE REFERÊNCIA PARA EDUCAÇÃO PERMANENTE EM CRACK, ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS 2013 PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO NO CENTRO REGIONAL DE REFERÊNCIA PARA EDUCAÇÃO PERMANENTE EM CRACK, ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS 2013 O Diretor do Centro de Ciências da Saúde e a Coordenação do Centro Regional

Leia mais

Projetos para os municípios Motivação

Projetos para os municípios Motivação PROJETOS Projetos para os municípios Motivação A FNP é referência na interlocução com os municípios, envolvendo diretamente os prefeitos e prefeitas na coordenação política dos projetos. Por isso, é constantemente

Leia mais

SELEÇÃO DE PARTICIPANTES PARA SIMULAÇÃO DE REVISÃO DO BRASIL NA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS

SELEÇÃO DE PARTICIPANTES PARA SIMULAÇÃO DE REVISÃO DO BRASIL NA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS SELEÇÃO DE PARTICIPANTES PARA SIMULAÇÃO DE REVISÃO DO BRASIL NA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS A Clínica de Direitos Humanos da Amazônia (CIDHA), em parceria com a organização não governamental internacional

Leia mais

Dia do Pacto na Escola mobiliza centenas de escolas em mais de 5 mil atividades

Dia do Pacto na Escola mobiliza centenas de escolas em mais de 5 mil atividades Página: 01 Dia do Pacto na Escola mobiliza centenas de escolas em mais de 5 mil atividades O próximo dia 18 de maio foi a data escolhida para mostrar o que a escola pública tem de melhor e a força da união

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar PeNSE

Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar PeNSE Diretoria de Pesquisas Coordenação de População e Indicadores Sociais Gerência de Estudos e Pesquisas Sociais Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar PeNSE Data 26/08/2016 Introdução Adolescência Transição

Leia mais

Mostra de Projetos º Feirão de Empregos - Novo Emprego, Nova Vida

Mostra de Projetos º Feirão de Empregos - Novo Emprego, Nova Vida Mostra de Projetos 2011 1º Feirão de Empregos - Novo Emprego, Nova Vida Mostra Local de: Araucária Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

Enfrentamento da Exclusão Escolar UNICEF

Enfrentamento da Exclusão Escolar UNICEF Enfrentamento da Exclusão Escolar UNICEF 2010 UNICEF no Brasil começa a participar da iniciativa global Out of School Children Pelas Crianças Fora da Escola. A iniciativa é desenvolvida em parceria com

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA BLUMENAU ARTICULADOR

TERMO DE REFERÊNCIA BLUMENAU ARTICULADOR TERMO DE REFERÊNCIA BLUMENAU ARTICULADOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA INDIVIDUAL EM ARTICULAÇÃO DE REDE INTERSETORIAL ALCOOL E DROGAS DESCENTRALIZADO I. CONTEXTO O decreto 7.179 de 2010 da Presidência

Leia mais

EDITAL N 37, de 13 de setembro de Inscrição de Estudantes para a BOLSA DE DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO E APOIO TECNOLÓGICO

EDITAL N 37, de 13 de setembro de Inscrição de Estudantes para a BOLSA DE DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO E APOIO TECNOLÓGICO EDITAL N 37, de 13 de setembro de 2017. Inscrição de Estudantes para a BOLSA DE DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO E APOIO TECNOLÓGICO A Direção Geral do campus Campos Centro IFFluminense, no uso de suas atribuições,

Leia mais

PROJETO: CONCURSO I PRÊMIO DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO EPT DETRAN/PE

PROJETO: CONCURSO I PRÊMIO DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO EPT DETRAN/PE PROJETO: CONCURSO I PRÊMIO DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO EPT DETRAN/PE 1 Objetivo do Projeto Realizar o Concurso - I PRÊMIO DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO ESCOLA PÚBLICA DE TRÂNSITO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE

Leia mais

RELATORIO DE ATIVIDADE 2016

RELATORIO DE ATIVIDADE 2016 RELATORIO DE ATIVIDADE 2016 OBJETIVOS E METAS 2016 O QUE FOI CONQUISTADO? 1. Implantar o Núcleo de Assistência Social operando projetos próprios e cooperando em projetos de terceiros, que atendam às demandas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA - PROExC

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA - PROExC SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA - PROExC EDITAL Nº 5, de 18 de setembro de 2017. PROCESSO DE SELEÇÃO

Leia mais

Paratur apresenta estratégia para atualizar Plano Estadual de Turismo

Paratur apresenta estratégia para atualizar Plano Estadual de Turismo Blog da Paratur 24/04/11 Notícias Paratur apresenta estratégia para atualizar Plano Estadual de Turismo A estratégia de atualização do Plano de Desenvolvimento Turístico do Estado do Pará será apresentada

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ EDITAL N 07 DE 10 DE JULHO DE 2017 SELEÇÃO PARA PROGRAMA INSTITUCIONAL

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE IVAIPORÃ-PR PROGRAMA INTERSETORIAL DE ENFRENTAMENTO ÀS SITUAÇÕES DE VIOLÊNCIAS

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE IVAIPORÃ-PR PROGRAMA INTERSETORIAL DE ENFRENTAMENTO ÀS SITUAÇÕES DE VIOLÊNCIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE IVAIPORÃ-PR PROGRAMA INTERSETORIAL DE ENFRENTAMENTO ÀS SITUAÇÕES DE VIOLÊNCIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE IVAIPORÃ-PR Nova estratégia de gestão em redes em matéria

Leia mais

EDUCADOR SOCIAL SITE: FACEBOOK: CARITAS ARQUIDIOCESANA DE PORTO ALEGRE SAS FACEBOOK: MENSAGEIRO DA CARIDADE

EDUCADOR SOCIAL SITE:  FACEBOOK: CARITAS ARQUIDIOCESANA DE PORTO ALEGRE SAS FACEBOOK: MENSAGEIRO DA CARIDADE EDUCADOR SOCIAL SITE: WWW.CARITASPORTOALEGRE.ORG FACEBOOK: CARITAS ARQUIDIOCESANA DE PORTO ALEGRE SAS FACEBOOK: MENSAGEIRO DA CARIDADE ATUAÇÃO PROFISSIONAL CRIANÇAS ADOLESCENTES ADULTOS IDOSOS ÁREAS DE

Leia mais

ADOLESCÊNCIA E SEXUALIDADE: INFLUÊNCIA DO CONHECIMENTO EMPÍRICO NO COMPORTAMENTO SEXUAL DE RISCO

ADOLESCÊNCIA E SEXUALIDADE: INFLUÊNCIA DO CONHECIMENTO EMPÍRICO NO COMPORTAMENTO SEXUAL DE RISCO ADOLESCÊNCIA E SEXUALIDADE: INFLUÊNCIA DO CONHECIMENTO EMPÍRICO NO COMPORTAMENTO SEXUAL DE RISCO SOUZA, L.P.G.; ARROXELAS-SILVA, C. L.; MOURA, G. M ; CASTRO, O.W lillynepatricia@hotmail.com; carmemarroxelas@hotmail.com;

Leia mais

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA 2013 PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA 1- POLÍTICAS DE PROTEÇÃO POLÍTICA PÚBLICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL/ PROTEÇÃO ESPECIAL 1.1- META: COMBATE AO TRABALHO

Leia mais

UNIVERSIDADE POTIGUAR UnP ESCOLA DO DIREITO CURSO DE DIREITO Campus Mossoró PROJETO DE PESQUISA DIREITO NA ESCOLA. Edital n.

UNIVERSIDADE POTIGUAR UnP ESCOLA DO DIREITO CURSO DE DIREITO Campus Mossoró PROJETO DE PESQUISA DIREITO NA ESCOLA. Edital n. UNIVERSIDADE POTIGUAR UnP ESCOLA DO DIREITO CURSO DE DIREITO Campus Mossoró PROJETO DE PESQUISA DIREITO NA ESCOLA Edital n. 07/2017 A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica ProAcad,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA VÁRZEA GRANDE ARTICULADOR

TERMO DE REFERÊNCIA VÁRZEA GRANDE ARTICULADOR TERMO DE REFERÊNCIA VÁRZEA GRANDE ARTICULADOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA INDIVIDUAL EM ARTICULAÇÃO DESCENTRALIZADA DE REDE INTERSETORIAL ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS I. CONTEXTO O decreto 7.179 de

Leia mais

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA 2012 PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA POLÍTICAS DE PROTEÇÃO POLÍTICA PÚBLICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL/ PROTEÇÃO ESPECIAL META: COMBATE AO TRABALHO INFANTIL

Leia mais

PLANOS DECENAIS DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES: FORTALECENDO OS CONSELHOS DE DIREITOS

PLANOS DECENAIS DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES: FORTALECENDO OS CONSELHOS DE DIREITOS X CONFERÊNCIA DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PLANOS DECENAIS DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES: FORTALECENDO OS CONSELHOS DE DIREITOS Objetivos do encontro Esclarecer sobre

Leia mais

XXIX Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo. XXIX Mostra e Experiências Exitosas dos Municípios e V Prêmio David

XXIX Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo. XXIX Mostra e Experiências Exitosas dos Municípios e V Prêmio David XXIX Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo XXIX Mostra e Experiências Exitosas dos Municípios e V Prêmio David Capistrano Tema: Participação Social 04/2014 Curso de Capacitação

Leia mais

EDITAL N.º 02/2016 DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE PESQUISA

EDITAL N.º 02/2016 DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE PESQUISA EDITAL N.º 02/2016 DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE PESQUISA Pelo presente edital, o Projeto de Pesquisa de Implantação e Consolidação do Laboratório de Inflação e Custo de Vida da região Metropolitana de Belém

Leia mais

EDITAL PARA ELEIÇÃO DA COORDENAÇÃO DO FÓRUM MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO LUÍS

EDITAL PARA ELEIÇÃO DA COORDENAÇÃO DO FÓRUM MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO LUÍS ANEXO EDITAL PARA ELEIÇÃO DA COORDENAÇÃO DO FÓRUM MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO LUÍS O Fórum Permanente Municipal de Educação de São Luís FME/SL com sede nesta cidade, através de sua Coordenação, devidamente

Leia mais

AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DA ALFABETIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. Plano de Estratégico de Educação de Jovens e Adultos

AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DA ALFABETIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. Plano de Estratégico de Educação de Jovens e Adultos AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DA ALFABETIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Plano de Estratégico de Educação de Jovens e Adultos Vitória ES Março/2010 1.Apresentação A elaboração do

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/018

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/018 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/018 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS JOÃO PESSOA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO (COPEX) EDITAL N.º 10/2017

Leia mais

POLÍTICA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL NO BRASIL: AMPLIAÇÃO DE DIREITOS PARA OUTROS TEMPOS E ESPAÇOS EDUCATIVOS

POLÍTICA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL NO BRASIL: AMPLIAÇÃO DE DIREITOS PARA OUTROS TEMPOS E ESPAÇOS EDUCATIVOS Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica Diretoria de Currículos e Educação Integral POLÍTICA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL NO BRASIL: AMPLIAÇÃO DE DIREITOS PARA OUTROS TEMPOS E ESPAÇOS EDUCATIVOS Zaire,

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES Escopo Entende-se por Atividade Complementar como uma modalidade específica de atuação acadêmica extracurricular, em que o

ATIVIDADES COMPLEMENTARES Escopo Entende-se por Atividade Complementar como uma modalidade específica de atuação acadêmica extracurricular, em que o ATIVIDADES COMPLEMENTARES Escopo Entende-se por Atividade Complementar como uma modalidade específica de atuação acadêmica extracurricular, em que o corpo discente da Instituição de Ensino Superior deve

Leia mais

FUTEBOL. Instituto de Esportes. anos NOS BAIRROS. Projetos Incentivados Lei Paulista de Incentivo ao Esporte

FUTEBOL. Instituto de Esportes. anos NOS BAIRROS. Projetos Incentivados Lei Paulista de Incentivo ao Esporte NOS BAIRROS Instituto de Esportes Projetos Incentivados Lei Paulista de Incentivo ao Esporte anos Projetos Aprovados PROJETO Futebol nos Bairros OBJETIVO GERAL Proporcionar, através da prática sistemática

Leia mais

COMO FAZER A CHAMADA PÚBLICA DA EDUCAÇÃO BÁSICA ORIENTAÇÕES

COMO FAZER A CHAMADA PÚBLICA DA EDUCAÇÃO BÁSICA ORIENTAÇÕES COMO FAZER A CHAMADA PÚBLICA DA EDUCAÇÃO BÁSICA ORIENTAÇÕES RESOLUÇÃO DO CERES Nº 02 /2012 DE 12 DE FEVEREIRO DE 2012 Define metodologia para a realização de Chamada Escolar nas redes públicas de ensino

Leia mais

PROPOSTAS APROVADAS NA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA. EIXO 1 Implementação do Sistema Municipal de Cultura/Sistema Nacional de Cultura

PROPOSTAS APROVADAS NA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA. EIXO 1 Implementação do Sistema Municipal de Cultura/Sistema Nacional de Cultura PROPOSTAS APROVADAS NA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA EIXO 1 Implementação do Sistema Municipal de Cultura/Sistema Nacional de Cultura Foco: Impactos da Emenda Constitucional do SNC na organização

Leia mais

NOS CAMINHOS DA PRÁXIS: PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

NOS CAMINHOS DA PRÁXIS: PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PÚBLICA NOS CAMINHOS DA PRÁXIS: PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PÚBLICA Chapecó-SC, Jun/2017 APRESENTAÇÃO Garantir a Extensão Universitária como um processo educativo, cultural e científico

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA NACIONAL DE ARTICULAÇÃO SOCIAL

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA NACIONAL DE ARTICULAÇÃO SOCIAL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA NACIONAL DE ARTICULAÇÃO SOCIAL TERMO DE ADESÃO AO COMPROMISSO NACIONAL PELA PARTICIPAÇÃO SOCIAL O Município (NOME), representado

Leia mais

Conselho Comunitário Salto de Pirapora 2017

Conselho Comunitário Salto de Pirapora 2017 Conselho Comunitário Salto de Pirapora 2017 O Conselho Criado em outubro de 2013 com o apoio da Votorantim Cimentos, o Conselho Comunitário reúne pessoas da comunidade interessadas no desenvolvimento do

Leia mais

Área temática: Educação. Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários; Edital do Projeto de Extensão Comunitária (PEC 2015).

Área temática: Educação. Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários; Edital do Projeto de Extensão Comunitária (PEC 2015). A Experiência do projeto de extensão Cursinho Pré-Vestibulinho CESCON, resultante da parceria entre a Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) e o Centro Estudantil Social de Convivência (CESCON).

Leia mais

Circuito Paulista: Mobilização social e articulação de Políticas Públicas para o Enfrentamento e Erradicação do Trabalho Infantil

Circuito Paulista: Mobilização social e articulação de Políticas Públicas para o Enfrentamento e Erradicação do Trabalho Infantil Públicas para o Enfrentamento e Erradicação do Trabalho Infantil OBJETIVOS: Intensificar a mobilização, a sensibilização e a articulação social; Fortalecer a atuação dos diversos atores que compõem a rede

Leia mais

Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens

Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens Promovendo o engajamento das famílias e comunidades na defesa do direito à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens Jaqueline Lima Santos Doutoranda em Antropologia Social UNICAMP Instituto

Leia mais

O Plano Nacional de Educação PL. 8035/2010 Perspectivas, Desafios e Emendas dos/as Trabalhadores/as em Educação

O Plano Nacional de Educação PL. 8035/2010 Perspectivas, Desafios e Emendas dos/as Trabalhadores/as em Educação SEMINÁRIO CNTE O Plano Nacional de Educação PL. 8035/2010 Perspectivas, Desafios e Emendas dos/as Trabalhadores/as em Educação Secretário Carlos Abicalil EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 59, DE 11 DE NOVEMBRO

Leia mais

3. Prevenção do uso prejudicial de drogas:

3. Prevenção do uso prejudicial de drogas: Ações da SENAD 2015 1. Ar%culação intersetorial e mobilização social para a polí%ca de drogas: Apoiar com recursos técnicos e polí2cos a gestão municipal e movimentos sociais 2. Formação em polí%cas sobre

Leia mais

NORMATIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DO PRONATEC NO IF BAIANO

NORMATIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DO PRONATEC NO IF BAIANO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO COMITÊ GESTOR DO PRONATEC NORMATIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DO PRONATEC

Leia mais

Usuários Trabalhadores Entidades Quais e quantos eventos de mobilização antecederam a Conferência? Tipo de Eventos de Mobilização

Usuários Trabalhadores Entidades Quais e quantos eventos de mobilização antecederam a Conferência? Tipo de Eventos de Mobilização REGISTRO DO PROCESSO DA CONFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 2015 Informações Gerais da Conferência Municipal: 1. Nome do Município /UF: SURUBIM-PE 2. Identificação da Conferência: VII CONFERÊNCIA MUNICIPAL

Leia mais

O AMBIENTE EDUCATIVO NO CONTEXTO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL

O AMBIENTE EDUCATIVO NO CONTEXTO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL COORDENADORA: Profa. ALESSANDRA LATALISA DE SÁ O AMBIENTE EDUCATIVO NO CONTEXTO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL PROJETO latalisa@fumec.br Alunos: Bruna Melo (Curso de Pedagogia, FCH) Cláudia Muniz (Curso

Leia mais

APRIMORAMENTO DO SUS POR MEIO DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÕES PÚBLICAS DE SAÚDE COAP 2013

APRIMORAMENTO DO SUS POR MEIO DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÕES PÚBLICAS DE SAÚDE COAP 2013 APRIMORAMENTO DO SUS POR MEIO DO CONTRATO ORGANIZATIVO DE AÇÕES PÚBLICAS DE SAÚDE COAP 2013 Convento da Penha, Vila Velha/ES CARACTERIZAÇÃO DO ESTADO Espírito Santo Capital - Vitória 78 municípios População

Leia mais

Ministério da Integração Nacional

Ministério da Integração Nacional Protocolo Conjunto para Proteção Integral a Crianças e Adolescentes, Pessoas Idosas e Pessoas com Deficiência em Situação de Riscos e Desastres Portaria Interministerial Nº 02 de 06 de Dezembro de 2012

Leia mais

EDITAL. SEMANA UNIVERSITÁRIA DA UnB "Diferenças que somam, ideias que multiplicam"

EDITAL. SEMANA UNIVERSITÁRIA DA UnB Diferenças que somam, ideias que multiplicam EDITAL SEMANA UNIVERSITÁRIA DA UnB - 2016 "Diferenças que somam, ideias que multiplicam" O Reitor da Universidade de Brasília torna pública a realização da Semana Universitária da UnB - 2016, com o tema

Leia mais

%%%%%%%%%%%Rede%de%Atenção%Psicossocial%%

%%%%%%%%%%%Rede%de%Atenção%Psicossocial%% NOTA%TÉCNICA%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%58% %2011% % %%%%%%%%%%%Rede%de%Atenção%Psicossocial%% Minuta% de% portaria% que% institui% a% Unidade% de% Acolhimento%da%Rede%de%Atenção%Psicossocial

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA ESPORTE E LAZER DA CIDADE PELC FORMAÇÃO DE AGENTES SOCIAIS DE ESPORTE E LAZER PROGRAMAÇÃO 1 - IDENTIFICAÇÃO:

Leia mais

Edital PIBID n. 002/2016 Alunos de iniciação à docência subprojeto Ciências Biológicas CADASTRO DE RESERVA

Edital PIBID n. 002/2016 Alunos de iniciação à docência subprojeto Ciências Biológicas CADASTRO DE RESERVA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

Leia mais

Os escolares das Escolas Municipais de Ensino Fundamental

Os escolares das Escolas Municipais de Ensino Fundamental 16 Estado nutricional das crianças de 7 a 10 anos de idade do Município de Vinhedo (SP) em 2005 e 2008, segundo os critérios da Organização Mundial da Saúde (2007) Estela Marina Alves Boccaletto Doutoranda

Leia mais

O Curso de Avaliação Econômica de Projetos Sociais

O Curso de Avaliação Econômica de Projetos Sociais O Curso de Avaliação Econômica de Projetos Sociais Betânia Peixoto Brasília, Junho de 2013 Público Alvo e Requisitos Exigidos Gestores / Coordenadores de ONGs ou OSCIPs; Secretários ou técnicos de secretarias

Leia mais

PEQUENA CASA DA CRIANÇA

PEQUENA CASA DA CRIANÇA PROJETO REDE EXTENSIVA DE APRENDIZAGEM ENTIDADE BREVE HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO MISSÃO VISÃO VALORES IMPACTO DIAGNÓSTICO DA REGIÃO Pequena Casa da Criança CNPJ: 92.852.953/0001-04 Registrada sob o nº 429

Leia mais

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA EIXO III EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA SUGESTÃO Desde os anos 1980, observam-se transformações significativas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ESTUDANTES DO PET- REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL, CUIDADOS AOS USUÁRIOS DE ÁLCOOL, CRACK E OUTRAS DROGAS (PET-AD)

PROCESSO SELETIVO PARA ESTUDANTES DO PET- REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL, CUIDADOS AOS USUÁRIOS DE ÁLCOOL, CRACK E OUTRAS DROGAS (PET-AD) 1 PROCESSO SELETIVO PARA ESTUDANTES DO PET- REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL, CUIDADOS AOS USUÁRIOS DE ÁLCOOL, CRACK E OUTRAS DROGAS (PET-AD) O Diretor do Centro de Ciências da Saúde, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/AIDS na Saúde Mental no Brasil

Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/AIDS na Saúde Mental no Brasil Seminário PRISSMA-PESSOAS Rio de Janeiro, RJ 13 e 14 de março de 2008 Políticas Públicas de Prevenção e Atenção para DST/HIV/AIDS na Mental no Brasil Cristina de A. Possas Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento

Leia mais

NOTA TÉCNICA PROGRAMA ACADEMIA DA SAÚDE OU PROJETOS SIMILARES DE ATIVIDADE FÍSICA

NOTA TÉCNICA PROGRAMA ACADEMIA DA SAÚDE OU PROJETOS SIMILARES DE ATIVIDADE FÍSICA NOTA TÉCNICA 22 2012 PROGRAMA ACADEMIA DA SAÚDE OU PROJETOS SIMILARES DE ATIVIDADE FÍSICA Repasse de recursos financeiros do Piso Variável de Vigilância e Promoção da Saúde para apoio técnico, monitoramento

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU ANEXO 2 DO EDITAL PIBID UNEB CAPES Nº. 010/2014 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Candidato (a) Matrícula Curso / Depto. UNEB (iniciação à docência) Escola (supervisão) ENDEREÇO:...Nº... BAIRRO:...CIDADE:... CEP.:...

Leia mais

XVIII ENDIPE Didática e Prática de Ensino no contexto político contemporâneo: cenas da Educação Brasileira

XVIII ENDIPE Didática e Prática de Ensino no contexto político contemporâneo: cenas da Educação Brasileira O REDESENHO CURRICULAR COMO INSTRUMENTO DE FORTALECIMENTO DE ESPAÇOS PEDAGÓGICOS: LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS Waleska Gonçalves de Lima Cláudia Inês Dahmer Sidnei Rogério Ferreira CEM/SUEB/SAPE/SEDUC-MT Resumo:

Leia mais

FORMAÇÃO DE AGENTES SOCIAIS DE ESPORTE E LAZER PROGRAMAÇÃO

FORMAÇÃO DE AGENTES SOCIAIS DE ESPORTE E LAZER PROGRAMAÇÃO MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL 1 - IDENTIFICAÇÃO: FORMADOR: ENTIDADE: MUNICÍPIO: UF: PROGRAMA ESPORTE E LAZER DA CIDADE PELC FORMAÇÃO DE AGENTES

Leia mais

A educação permanente e a

A educação permanente e a A educação permanente e a Nutrição no SUS Juliana Pontes de Brito Departamento de Gestão da Educação na Saúde - DEGES - SGTES Trabalho e da Educação na Saúde Em 2003 foi instituída a SGTES, a qual tem

Leia mais

A experiência da Unidade Básica de Saúde Imbiruçu Betim/Brasil

A experiência da Unidade Básica de Saúde Imbiruçu Betim/Brasil A experiência da Unidade Básica de Saúde Imbiruçu Betim/Brasil Seminário Internacional Saúde, Adolescência e Juventude: promovendo a equidade e construindo habilidades para a vida Equipe do Projeto de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DAS REDES ASSISTENCIAIS DE SAÚDE CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO CÂNCER DE BOCA Canaã dos Carajás - 2015 CAMPANHA MUNICIPAL DE CONTROLE DO TABAGISMO E DO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica. AUDIÊNCIA PÚBLICA Avaliação dos Programas Federais de Respeito à Diversidade Sexual nas Escolas

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica. AUDIÊNCIA PÚBLICA Avaliação dos Programas Federais de Respeito à Diversidade Sexual nas Escolas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica AUDIÊNCIA PÚBLICA Avaliação dos Programas Federais de Respeito à Diversidade Sexual nas Escolas MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria Geral da República

Leia mais

EDITAL N.º 09/2017 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE PORTUGUÊS E REDAÇÃO PARA O ENEM

EDITAL N.º 09/2017 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE PORTUGUÊS E REDAÇÃO PARA O ENEM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ IFCE CAMPUS HORIZONTE EDITAL N.º 09/2017 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE PORTUGUÊS E REDAÇÃO

Leia mais

ANEXO I - ORIENTAÇÃO PARA AS ESCOLAS SOBRE A IMPLANTAÇÃO/IMPLEMENTAÇÃO DOS GRÊMIOS ESTUDANTIS 2017

ANEXO I - ORIENTAÇÃO PARA AS ESCOLAS SOBRE A IMPLANTAÇÃO/IMPLEMENTAÇÃO DOS GRÊMIOS ESTUDANTIS 2017 ANEXO I - ORIENTAÇÃO PARA AS ESCOLAS SOBRE A IMPLANTAÇÃO/IMPLEMENTAÇÃO DOS GRÊMIOS ESTUDANTIS 2017 Contextualização O Projeto de Gestão Democrática da Educação foi desenvolvido pela SEE em 2016 e contou

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA BETIM ARTICULADOR

TERMO DE REFERÊNCIA BETIM ARTICULADOR TERMO DE REFERÊNCIA BETIM ARTICULADOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA INDIVIDUAL EM ARTICULAÇÃO DE REDE INTERSETORIAL ÁLCOOL E DROGAS DESCENTRALIZADO I. CONTEXTO O decreto 7.179 de 2010 da Presidência

Leia mais

EDITAL DE DIVULGAÇÃO 5ª Edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa 2017

EDITAL DE DIVULGAÇÃO 5ª Edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa 2017 EDITAL DE DIVULGAÇÃO 5ª Edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa 2017 O Mapeamento de Experiências Estaduais, Municipais e Distrito

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSOS DE LICENCIATURAS PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 2017.2 5º. PERÍODO Diálogos com a Escola-Campo I / Prática Pedagógica V Observação do Campo de Estágio (com

Leia mais

O AVANÇO DAS POLITICAS SOBRE DROGAS NO BRASIL

O AVANÇO DAS POLITICAS SOBRE DROGAS NO BRASIL O AVANÇO DAS POLITICAS SOBRE DROGAS NO BRASIL O AVANÇO DAS POLITICAS SOBRE DROGAS NO BRASIL Arcabouço de leis ao longo dos últimos anos, foram fundamentais na consolidação do processo das políticas sobre

Leia mais

Atenção Integral à Desnutrição Infantil

Atenção Integral à Desnutrição Infantil Atenção Integral à Desnutrição Infantil PROTOCOLOS DE ATENÇÃO À CRIANÇA COM DESNUTRIÇÃO GRAVE Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Coordenação Geral da Política

Leia mais