Relação Lattes/ Avaliação Cultura e Extensão Pesquisa em processo*

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relação Lattes/ Avaliação Cultura e Extensão Pesquisa em processo*"

Transcrição

1 Relação Lattes/ Avaliação Pesquisa em processo* Comissão de Universitária FAU/USP * Dúvidas ou sugestões nos envie um

2 Detalhamento. (Atividades externas à USP e da especialidade em docência e pesquisa do 3 Atuação Profissional Cargos e Funções 3 Atividades. Cargo ou funções Membro do Conselho (Municipal, estadual, federal) (externa/ USP da especialidade do Membro de Conselho (Editorial, Regional, Congresso, profissional, consultivo, deliberativo) (externa/ USP da Grupo de Trabalho para acompanhamento (Leis, normas técnicas, jurídicas) (externa/ USP da. Chefia, presidência, diretoria membro de conselho e de diretoria técnica em órgão público, sociedade, órgão de classe (externa/ USP da especialidade do. 4. Linha de pesquisa Política pública, educação fundamental e media, órgão público, serviço a comunidade carente 5 - Projetos de Pesquisa Destinado à comunidade escolar do ensino fundamental e médio (Projeto de pesquisa para - livro, manual, biblioteca, mobiliário, paisagismo, circulação e outros de escola pública (externa/ USP da especialidade do ). Vb Participação em colegiado ou comissão externa à USP Vd Participações na direção de sociedades científicas, técnicas, tecnológicas, artísticas, honoríficas, culturais ou profissionais e conselhos editoriais. Indicador transversal: projeto de pesquisa relacionados com atividade de cultura e extensão. Vc2 Projetos dirigidos à educação básica (ensino fundamental e médio) 8- Prêmio e título Prêmio com atividade de cultura e extensão Indicador transversal: prêmio atividade cultura e extensão ligada à graduação e pós

3 9 - Produção Científica, Tecnológica e Artística/ Cultural 9.1-Produção bibliográfica Trabalho completo em anais Artigos Completos publicados em periódicos Livros publicados Capítulo de Livro publicado Textos em jornal de notícia Textos em revista (magazine) Demais tipos de produção bibliográfica Demais tipos de produção bibliográfica docência e pesquisa do. Organização de anais e de edição livro, boletim, catalogo, pôster para seminário etc. Organização de bibliografia referencial, disponibilizada ao publico. Organização de encontros científicos seminário, congresso, ciclo de palestras e debates etc. Produção de argumento e roteiro para vídeo realizado. Catálogos de exposição. Texto, pôster, mostra em Seminário documentados em anais editados, em CR-ROM ou site Artigo assinado em revistas e jornais arbitrados (com conselho editorial) Autor de texto em livro. Tradução de texto e compêndio editados Texto para catalogo de exposição Autoria de um dos textos,capitulo, apresentação, introdução, nota explicativa etc. Textos em jornal para divulgação, depoimento, fonte de referência (segundo o professor fulano...) entrevistas etc. Textos em revista para divulgação, depoimento, fonte de referência (segundo o professor fulano...) entrevistas etc. Entrevistas em Programas de rádio ou TV. Texto para folheto de exposição, Vídeo, DVD, CDROM, Boletim Informativo, Calendário Cultural, Folder etc, Seleção Bibliográfica e de imagens comentadas editadas. Projeto publicado em periódico. Citação de trabalho do autor em outros livros, artigo, anais ou trabalho acadêmico. Vc7 Produção de jornais, livros, revistas, partituras, boletins técnicos e outros textos. Vc4 Divulgação nos meios de comunicação Vc4 Divulgação nos meios de comunicação Vc5 Redação de textos de divulgação Vc4 Divulgação nos meios de comunicação

4 9.2 Produção Técnica Trabalhos técnicos Demais tipos de produção técnica 9.3. Produção Artística/ cultural docência e pesquisa do Parecer e laudo técnico para CAPES/CNPq/ FAPESP/ FINEP, órgão público executivo, legislativo e judiciário, no âmbito municipal, federal e estadual, entre outros. Organização e curadoria de acervo de museu, de exposições e de mostra escolar de trabalhos curriculares abertas ao publico. Organização de encontros científicos seminário, congresso, ciclo de palestras e debates etc. Membro de comissão organizadora de eventos Participação com texto em conferência, palestras (com público externo), fórum de debates, seminários etc. Coordenação e participação em mesa redonda, em grupo de trabalho, de discussão, de apresentação em pôsteres (seminários) etc. Palestra como convidado em cursos com público externo/ USP, tipo curso de especialização, difusão, atualização, ou fora da USP etc. Participação em exposição individual e coletiva aberta a público (. Participação de livro editado pelo autor em evento cultural, como Bienal do Livro, ou feira internacional. Vi Elaboração de pareceres, laudos técnicos e perícias judiciais. Vf Promoção e organização de eventos científicos, técnicos, tecnológicos, culturais, artísticos ou desportivos. Vg Contribuições em eventos científicos, técnicos, tecnológicos, culturais, artísticos e desportivos. Vg - Contribuições em eventos científicos, técnicos, tecnológicos, culturais, artísticos e desportivos.

5 9.4. Orientação concluída docência e pesquisa do Orientação (externa a USP e na Cultura e Extensão IV- Orientação externa USP Mestrado Orientação (externa a USP e na. IV- Orientação externa USP Doutorado Orientação (externa a USP e na. IV- Orientação externa USP Graduação Orientação de TFG/ TGI/ TCC (externa a USP e na Iniciação Científica Iniciação Científica Iniciação Científica 9.4 Orientações Concluídas Orientação de outra natureza Orientação Iniciação Científica (externa a USP e na. Orientação Iniciação Científica de projeto direcionado à comunidade externa Orientação Iniciação Científica de projeto direcionado à comunidade externa Pesquisas concluídas com bolsa iniciação científica Pesquisas desenvolvidas nos Departamentos/Laboratórios Bolsas de Aperfeiçoamento Científico FAPESP Orientação de doutorado Orientação em graduação, mestrado, teses de doutorado, aperfeiçoamento científico, apoio técnico (externa a USP e na Orientação com bolsa de apoio técnico (não é graduação, nem pós-graduação) Orientação com bolsa de Aperfeiçoamento Científico CNPq. IV- Orientação externa USP IV- Orientação externa USP Quantos alunos de graduação estão envolvidos em atividades de cultura e extensão da sua Unidade/Órgão Quantos mestrados e doutorados concluídos foram originados em projetos de cultura e extensão? IV - Orientação

6 9.5 Demais trabalhos 10. Dados complementares Participação em bancas examinadoras 10.1 Participação em bancas examinadoras 10.1 Participação em bancas examinadoras Detalhamento. ( externas à USP e da especialidade em docência e pesquisa do Projeto para livro escolar, edição de material cultural e de apoio didático, pôster escolar para campanha etc. Produção de material para visita em patrimônio público, bem tombado, museu etc. Bancas examinadoras para qualificação, dissertação (mestrado) de tese (doutorado, livre docência, titular), (externa a USP e na. Membro de bancas em concursos, jurado, ingresso, seleção etc (externa/ USP da 1 Elaboração de prova para concurso, participação em banca de seleção e desenvolvimento para efetivação, ingresso na carreira, concurso para contratação docente, para recursos humanos (externa/ USP da especialidade do Vc6 Produção de materiais didáticos para a educação básica e outras clientelas Va1 Em exame de qualificação e do Va2 Em concurso ou seleção de ingresso (externo/ USP da Va3 - Em concurso de acesso ou progressão. (externo/ USP da Dissertações. Banca (externa a USP e na Va1 Em exame de qualificação e do Teses. Banca (externa a USP e na Va1 Em exame de qualificação e do Qualificações doutorado Banca (externa a USP e na Va1 Em exame de qualificação e do

7 10.2 Participação em bancas de comissões julgadoras Concurso público docência e pesquisa do professor} Concurso público para provimento de cargo (externa a USP e na Va2 Em concurso ou seleção de ingresso (externo/ USP da Livre docência Banca (externa a USP e na Va3 - Em concurso de acesso ou progressão. (externo/ USP da Avaliação de Curso Outras participações Participação em eventos Orientações em andamento Mestrado Avaliação CAPES de cursos e solicitada por outra fonte (externa a USP e na Comissão julgadora para logomarca, concurso em arquitetura, urbanismo, seleção de obras etc (externa a USP e na Participação em festivais, ciclos temáticos, mostras internacionais, nacionais, regionais (externa a USP e na Pesquisa orientada cujo foco é a melhoria para comunidade escolar pública, carente, excluída etc. (especialidade do Doutorado Pesquisa orientada cujo foco é a melhoria para comunidade escolar pública, carente, excluída etc. (especialidade do Iniciação científica Pesquisa orientada cujo foco é a melhoria para comunidade escolar pública, carente, excluída etc. (especialidade do Vi Elaboração de pareceres, laudos técnicos e perícias judiciais. Vi Elaboração de pareceres, laudos técnicos e perícias judiciais. Vg - Contribuições em eventos científicos, técnicos, tecnológicos, culturais, artísticos e desportivos.

SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL PARA INSCRIÇÃO DE CANDIDATOS A CONCURSOS DA CARREIRA UNIVERSITÁRIA NA FOB/USP

SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL PARA INSCRIÇÃO DE CANDIDATOS A CONCURSOS DA CARREIRA UNIVERSITÁRIA NA FOB/USP SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL PARA INSCRIÇÃO DE CANDIDATOS A CONCURSOS DA CARREIRA UNIVERSITÁRIA NA FOB/USP 1 - IDENTIFICAÇÃO 1.1- Nome completo; 1.2- Filiação; 1.3- Data e local de nascimento,

Leia mais

ANEXO I PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO (PIBIC EM) PLANILHA DE PONTUAÇÃO PARA PRODUÇÃO CIENTÍFICA ( )

ANEXO I PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO (PIBIC EM) PLANILHA DE PONTUAÇÃO PARA PRODUÇÃO CIENTÍFICA ( ) ANEXO I PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO (PIBIC EM) PESQUISADOR: INSTITUTO/CAMPI: FACULDADE: ÁREA DE ATUAÇÃO: PLANILHA DE PONTUAÇÃO PARA PRODUÇÃO CIENTÍFICA (2012-2016)

Leia mais

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS EM CONCURSOS PÚBLICOS DE PROVAS E TÍTULOS DO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS EM CONCURSOS PÚBLICOS DE PROVAS E TÍTULOS DO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS EM CONCURSOS PÚBLICOS DE PROVAS E TÍTULOS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE Complementa a Resolução nº 04/05-CEPE que estabelece normas de concurso público para a carreira do magistério superior na Universidade Federal do Paraná, fixando a tabela de pontuação

Leia mais

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROFESSOR ADJUNTO, NÍVEL

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 GABARITO PARA AVALIAÇÃO DE PROVA DE TÍTULOS CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSORES NÃO TITULARES NOME DO(A) CANDIDATO(A): DEPARTAMENTO: SETOR: Unidade Universitária: ÁREA OU MATÉRIA: GRUPO I Títulos universitários

Leia mais

ANEXO I TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA ESCRITA Critérios para avaliação da Prova Escrita e respectivas pontuações: Critérios para avaliação Pontuação Máxima 1. Forma 3.0 1.1 Introdução 1.0 1.2 Desenvolvimento

Leia mais

TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS DO CONCURSO PARA PROFESSOR EFETIVO NA CARREIRA DOCENTE. EDITAL N o 008/2015 TÍTULOS ACADÊMICOS (TA) 1

TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS DO CONCURSO PARA PROFESSOR EFETIVO NA CARREIRA DOCENTE. EDITAL N o 008/2015 TÍTULOS ACADÊMICOS (TA) 1 TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS DO CONCURSO PARA PROFESSOR EFETIVO NA CARREIRA DOCENTE EDITAL N o 008/2015 Área: Psicologia subárea Psicologia Clínica N o de Inscrição: Data: / /. N o do avaliador:

Leia mais

ANEXO VI. A que se referem os artigos 7º e 9º da Deliberação CEETEPS 34, de

ANEXO VI. A que se referem os artigos 7º e 9º da Deliberação CEETEPS 34, de ANEXO VI A que se referem os artigos 7º e 9º da Deliberação CEETEPS 4, de 7--017. ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL DOCENTE DAS FACULDADES DE TECNOLOGIA FATECS E ESCOLAS TÉCNICAS ETECS Formação e Atividades Diversas

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO VI DO REGULAMENTO DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DOCENTE PARA A AQUISIÇÃO DA ESTABILIDADE NO CARGO DE PROVIMENTO EFETIVO EM VIRTUDE DE CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO DO ENSINO

Leia mais

FORMULÁRIO DO PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE AVALIADO :

FORMULÁRIO DO PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE AVALIADO : I. Capacitação Profissional Pontos 1. Participação em Simpósio, Congresso, Seminário e outros eventos na área pedagógica, na área de atuação do docente ou em áreas afins (1,0 por evento, máximo 4,0 pontos).

Leia mais

BAREMA PARA A PROVA DE TÍTULOS* (AUXILIAR)

BAREMA PARA A PROVA DE TÍTULOS* (AUXILIAR) BAREMA PARA A PROVA DE TÍTULOS* (AUXILIAR) Página 1 de 5 Área de conhecimento: Candidato(a): Avaliadores(as): I. TÍTULOS ACADÊMICOS máxima Doutorado ou grau equivalente 40 40 Mestrado ou grau equivalente

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD TABELA DE PONTUAÇÃO DAS ATIVIDADES DOCENTES

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD TABELA DE PONTUAÇÃO DAS ATIVIDADES DOCENTES COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, TABELA DE PONTUAÇÃO DAS ATIVIDADES DOCENTES GRUPO I ATIVIDADES DE ENSINO 1 Docência em curso de graduação (hora-aula média semanal no interstício) 2

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL POR AVALIAÇÃO (Resolução nº005/ Conselho Superior) Nome: Matrícula SIAPE:

SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL POR AVALIAÇÃO (Resolução nº005/ Conselho Superior) Nome: Matrícula SIAPE: SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL POR AVALIAÇÃO (Resolução nº005/2009 - Conselho Superior) Nome: Matrícula SIAPE: Lotação (Unidade/Diretoria/Coordenação/Gabinete/etc) Campus/ Pró- Reitoria Data da última

Leia mais

Sugestão de Roteiro para Apresentação de Memoriais em Concursos de Livre-Docência e Professor Titular Faculdade de Medicina da USP

Sugestão de Roteiro para Apresentação de Memoriais em Concursos de Livre-Docência e Professor Titular Faculdade de Medicina da USP Sugestão de Roteiro para Apresentação de Memoriais em Concursos de Livre-Docência e Professor Titular Faculdade de Medicina da USP Identificação Resumo do Memorial Apresentação sob forma de tabelas demonstrando

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 109, de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO ANEXO I QUADRO PONTUAÇÃO ÁREAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO ANEXO I QUADRO PONTUAÇÃO ÁREAS ANEXO I QUADRO PONTUAÇÃO ÁREAS Pontuação para avaliação de desempenho para fins de progressão e promoção na Classe A, com as denominações de Professor Adjunto A, Professor Assistente A, e Professor Auxiliar,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU 18.07.86 - RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU 01.08.95 PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAD COMISSÃO PERMANENTE DE CONCURSO

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Endereço: R. Basílio da Gama, S/N - Canela - Salvador / Bahia CEP 40.110.907 Telefone: (071) 3283-7700 /7701 e-mail: enufba@ufba.br

Leia mais

A Congregação do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que:

A Congregação do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que: PORTARIA Estabelece critérios e escalas para aferição de na avaliação de títulos em concursos para Professor Adjunto do Instituto de Biologia da UFBA. A Congregação do Instituto de Biologia da Universidade

Leia mais

Quadro 1: EQUIVALÊNCIA ENTRE CONCEITOS E NOTAS. 1 Insuficiente. 2 Regular. 3 Bom. 4 Muito Bom. 5 Excelente

Quadro 1: EQUIVALÊNCIA ENTRE CONCEITOS E NOTAS. 1 Insuficiente. 2 Regular. 3 Bom. 4 Muito Bom. 5 Excelente 1 A Comissão de Avaliação Setorial da área de Medicina deverá transformar os CONCEITOS (insuficiente, regular, bom, muito bom, excelente) em NOTAS, de acordo com o quadro abaixo, para cada uma das cinco

Leia mais

A Congregação da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que:

A Congregação da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que: PORTARIA 02 Estabelece critérios e escalas para aferição de na avaliação de títulos em concursos para Professor Adjunto da Faculdade de Farmácia da UFBA. A Congregação da Faculdade de Farmácia da Universidade

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA CLÍNICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA CLÍNICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA CLÍNICA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 88, de 20 de Novembro

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE TEORIA GERAL DO DIREITO E DIREITO PRIVADO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE TEORIA GERAL DO DIREITO E DIREITO PRIVADO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DEPARTAMENTO DE TEORIA GERAL DO DIREITO E DIREITO PRIVADO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital

Leia mais

PONTUAÇÃO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL DE DOCENTES (Aprovada na 207ª Reunião do Conselho da Unidade do IM, em 25/09/2009)

PONTUAÇÃO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL DE DOCENTES (Aprovada na 207ª Reunião do Conselho da Unidade do IM, em 25/09/2009) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA Av. Bento Gonçalves 9500 - Agronomia - 91509-900 Porto Alegre - RS - BRASIL Tel: (051) 3308-6189/3308-6225 FAX: (051) 3308-7301 e-mail:

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO. Nome: matrícula: Regime de Trabalho: Classe/nível: Unidade: Período:

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO. Nome: matrícula: Regime de Trabalho: Classe/nível: Unidade: Período: ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO Nome: matrícula: Regime de Trabalho: Classe/nível: Unidade: Período: ATIVIDADES DE ENSINO: Graduação: Ano, nome da disciplina, carga horária total, número

Leia mais

Outras áreas Área do concurso Cursos: até 80 horas Acima de 80 horas. Pesquisa ou estágio extra-curricular (mínimo 120 horas)

Outras áreas Área do concurso Cursos: até 80 horas Acima de 80 horas. Pesquisa ou estágio extra-curricular (mínimo 120 horas) Barema Concurso Docente Magisério Superior Escola de Medicina Veterinária APROVADO EM REUNIÃO CONGREGAÇÃO MEV 8/2/211 Àrea de Concentração:Med.Vet.Prev.e Saúde Pública/Anatomia Patoló Edital /211 Tipo

Leia mais

Graduação: Arquitetura e Urbanismo Mestrado: Arquitetura, Arquitetura e Urbanismo, Planejamento Urbano e Desenvolvimento Urbano.

Graduação: Arquitetura e Urbanismo Mestrado: Arquitetura, Arquitetura e Urbanismo, Planejamento Urbano e Desenvolvimento Urbano. CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 04, de 10 de fevereiro de 2014, publicado no Diário Oficial da União nº 30, de 12 de fevereiro de 2014. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES, PROGRAMAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI Conselho Universitário - CONSU

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI Conselho Universitário - CONSU MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI Conselho Universitário - CONSU ANEXO I TABELA DE PONTUAÇÃO I - ENSINO 1. Docência em curso de graduação 1.1. Para turmas com

Leia mais

Parâmetros para pontuação das Atividades Complementares do curso de graduação em Ciência da Computação

Parâmetros para pontuação das Atividades Complementares do curso de graduação em Ciência da Computação Parâmetros para pontuação das Atividades Complementares do curso de graduação em Ciência da Computação Acadêmico: Código de Matrícula: Data do Requerimento: Período: Nº do processo: Data do Parecer: Obs.:

Leia mais

BAREMA - PROFESSOR TITULAR

BAREMA - PROFESSOR TITULAR 1. TITULOS ACADÊMICOS 1.1 Pós-Doutorado 1.2 Curso de Doutorado 1.3 Curso de Mestrado 1.4 Curso de Especialização ou Aperfeiçoamento BAREMA - PROFESSOR TITULAR Departamento de Geografia Edital 04/2011 DESCRIÇÃO

Leia mais

SUGESTÃO PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA CONCURSO DA CARREIRA DOCENTE NA EACH

SUGESTÃO PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA CONCURSO DA CARREIRA DOCENTE NA EACH SUGESTÃO PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA CONCURSO DA CARREIRA DOCENTE NA EACH NA PRIMEIRA PÁGINA, COLOCAR O NOME E A FINALIDADE DO MEMORIAL ( Memorial de José Ribeiro, apresentado para o concurso

Leia mais

Plano/Relatório Individual de Trabalho Docente (PIT/RIT)

Plano/Relatório Individual de Trabalho Docente (PIT/RIT) IFBA-PIT/RIT Plano/Relatório Individual de Trabalho Docente (PIT/RIT) Servidor CARLA SEVERIANO DE CARVALHO Siape 217234 Regime de Trabalho 2h Email carlacarvalho@ifba.edu.br Cargo Professor EBTT Campus

Leia mais

ANEXO I Programa de Bolsas de Iniciação Científica da UNILA

ANEXO I Programa de Bolsas de Iniciação Científica da UNILA ANEXO I Programa de Bolsas de Iniciação Científica da UNILA Declaração de produtividade intelectual do pesquisador Wolney Roberto Carvalho Artigos e trabalhos completos publicados Peso Quantidade Subtotal

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS SECRETARIA DOS CONSELHOS SUPERIORES CONSELHO COORDENADOR DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS SECRETARIA DOS CONSELHOS SUPERIORES CONSELHO COORDENADOR DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO Anexo I Resolução nº 07 de 4 de julho de 006 CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ACADÊMICO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL A CLASSE DE PROFESSOR ASSOCIADO DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR I. ENSINO.. Hora-aula

Leia mais

ANEXO VI PORTARIA CONJUNTA SAD/UPE Nº 70, DE 03 DE JULHO DE 2012 TABELA DE PONTUAÇÃO PARA JULGAMENTO DE TÍTULOS E DE CURRÍCULO. Títulos Acadêmicos

ANEXO VI PORTARIA CONJUNTA SAD/UPE Nº 70, DE 03 DE JULHO DE 2012 TABELA DE PONTUAÇÃO PARA JULGAMENTO DE TÍTULOS E DE CURRÍCULO. Títulos Acadêmicos 1 ANEXO VI PORTARIA CONJUNTA SAD/UPE Nº 70, DE 03 DE JULHO DE 2012 TABELA DE PONTUAÇÃO PARA JULGAMENTO DE TÍTULOS E DE CURRÍCULO Julgamento dos Títulos e do Currículo. Essa prova tem peso 02 (dois). Pontuação

Leia mais

Plano/Relatório Individual de Trabalho Docente (PIT/RIT)

Plano/Relatório Individual de Trabalho Docente (PIT/RIT) IFBA-PIT/RIT Plano/Relatório Individual de Trabalho Docente (PIT/RIT) Servidor Thalita Chagas Silva Araújo Siape 2075425 Regime de Trabalho 20h Email thalitaaraujo@ifba.edu.br Cargo DOCENTE EBTT Campus

Leia mais

ANEXO I ATIVIDADES DE ENSINO TABELA 1 - AVALIAÇÕES A SEREM FEITAS PELA CHEFIA IMEDIATA E AUTO AVALIAÇÃO DO SERVIDOR. Pontuação.

ANEXO I ATIVIDADES DE ENSINO TABELA 1 - AVALIAÇÕES A SEREM FEITAS PELA CHEFIA IMEDIATA E AUTO AVALIAÇÃO DO SERVIDOR. Pontuação. ANEXO I ATIVIDADES DE ENSINO Nome do Servidor Unidade de lotação ou campus: Período de avaliação: Avaliador Chefe do ensino: De: / / a / / TABELA 1 - AVALIAÇÕES A SEREM FEITAS PELA CHEFIA IMEDIATA E AUTO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL 01/2017

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL 01/2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM Tel: (71) 3283-7603/7604 Fax: (71) 3283-7606 CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL 01/2017 PARA ÁREA DO CONHECIMENTO: ENFERMAGEM

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Departamento de Arquitetura e Urbanismo

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Departamento de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura e Urbanismo CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DE UM CARGO DE PROFESSOR ASSISTENTE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERENAMBUCO, ÁREA: PROJETO DE ARQUITETURA, URBANISMO

Leia mais

Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo

Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo 1 Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo Via do Café, s/n - Telefone: (016) 3602-4699 Fax: (016) 36024725 14.040-903 - Ribeirão Preto - S.P. - Brasil Prezados Assessores

Leia mais

Oficina de Pesquisa Científica na Pós-Graduação C u r r í c u l o L a t t e s

Oficina de Pesquisa Científica na Pós-Graduação C u r r í c u l o L a t t e s PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA E GESTÃO DO CONHECIMENTO Oficina de Pesquisa Científica na Pós-Graduação C u r r í c u l o L a t t e s Prof. Dr. Marcos Antonio GASPAR Setembro / 2015 Agenda -

Leia mais

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DA PROVA TEÓRICO-PRÁTICA OU ESCRITA Professor Auxiliar, Assistente A, Adjunto A, Titular-Livre.

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DA PROVA TEÓRICO-PRÁTICA OU ESCRITA Professor Auxiliar, Assistente A, Adjunto A, Titular-Livre. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CONGREGAÇÃO Campus Universitário do Canela - Av. Reitor Miguel Calmon, s/nº Vale do Canela Canela Salvador, BA CEP

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI Conselho Universitário (CONSU)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI Conselho Universitário (CONSU) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI Conselho Universitário (CONSU) ANEXO IV - RELATÓRIO DE ATIVIDADES DOCENTE I - ENSINO Pontos Qtd. Pg. Total Docência em curso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA QUÍMICA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2013/DEQ

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA QUÍMICA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2013/DEQ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA QUÍMICA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2013/DEQ Distribuição da carga horária de atividade docente no Departamento

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE LETRAS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE LETRAS DEPARTAMENTO DE LETRAS CONCURSO PÚBLICO PARA ENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 03, de 05 de fevereiro de 2014, publicado no Diário Oficial da União nº 26, de 06 de fevereiro de 2014. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES,

Leia mais

MINUTA DE RESOLUÇÃO Nº XXX/2016 REITORIA/UNESPAR

MINUTA DE RESOLUÇÃO Nº XXX/2016 REITORIA/UNESPAR MINUTA DE RESOLUÇÃO Nº XXX/2016 REITORIA/UNESPAR Aprova o Regulamento para a promoção de Docentes à classe de Professor Associado. O Reitor da Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR, no uso de suas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 16, de 30

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL 01/2015 INCLUSÃO Nº 11/2015 Área de Conhecimento: Gestão de Operações,Tecnologia e Inovação BAREMA PARA AVALIAÇÃO DOS TÍTULOS DOS CANDIDATOS

Leia mais

RESOLUÇÃO* Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO

RESOLUÇÃO* Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE LETRAS E LINGUÍSTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO Av. João Naves de Ávila, 2121 Campus Sta. Mônica, Bl.G

Leia mais

ANEXO IV - QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA PROVA DE TÍTULOS CONCURSO DOCENTE

ANEXO IV - QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA PROVA DE TÍTULOS CONCURSO DOCENTE ANEXO IV - QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA PROVA DE TÍTULOS CONCURSO DOCENTE Candidato: QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA PROVA DE TÍTULOS CONCURSO DOCENTE Edital CCS nº 08/16 Área: A - FORMAÇÃO

Leia mais

ANEXO V QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

ANEXO V QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS EDITAL N 10/2016 - CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO SUPERIOR 1 IDENTIFICAÇÃO DO(A) CANDIDATO(A) 1.1 Nome... 1.2 Área de conhecimento:... 2 TITULAÇÃO Caso o(a) candidato(a) opte por entregar

Leia mais

ROTEIRO E RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA PROCESSOS SELETIVOS E CONCURSOS DA CARREIRA DOCENTE NA FFCLRP/USP.

ROTEIRO E RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA PROCESSOS SELETIVOS E CONCURSOS DA CARREIRA DOCENTE NA FFCLRP/USP. O roteiro e recomendações abaixo discriminados foram Aprovados pela Congregação da FFCLRP/USP em 04/03/2004 ROTEIRO E RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA PROCESSOS SELETIVOS E CONCURSOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE LETRAS E ARTES ESCOLA DE TEATRO DEPARTAMENTO DE ENSINO DO TEATRO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE LETRAS E ARTES ESCOLA DE TEATRO DEPARTAMENTO DE ENSINO DO TEATRO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE LETRAS E ARTES ESCOLA DE TEATRO DEPARTAMENTO DE ENSINO DO TEATRO Processo Seletivo Simplificado para professor Substituto (Edital No. 36,

Leia mais

ANEXO 2. PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência)

ANEXO 2. PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência) 1. IDENTIFICAÇÃO ANEXO 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA Departamento de (Nome do departamento) Curso de (Nome do curso) PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência) Nome: Unidade Acadêmica de

Leia mais

ANEXO IV - QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA PROVA DE TÍTULOS CONCURSO DOCENTE. Versão Complementar 1

ANEXO IV - QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA PROVA DE TÍTULOS CONCURSO DOCENTE. Versão Complementar 1 Candidato: ANEXO IV - QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA PROVA DE TÍTULOS CONCURSO DOCENTE Versão Complementar 1 QUADRO DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA PROVA DE TÍTULOS CONCURSO DOCENTE Edital CCS nº 08/16

Leia mais

Sobre o Currículo Lattes

Sobre o Currículo Lattes Sobre o Currículo Lattes Acesse o Currículo Lattes http://lattes.cnpq.br Acesse o Currículo Lattes na página inicial da Plataforma Lattes, no menu Acesso direto. Cadastro no Currículo Lattes Nas páginas

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS INCRITOS NO EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTA DE PÓS- DOUTORADO PNPD-CAPES EDITAL 005/2017

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS INCRITOS NO EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTA DE PÓS- DOUTORADO PNPD-CAPES EDITAL 005/2017 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS INCRITOS NO EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTA DE PÓS- DOUTORADO PNPD-CAPES EDITAL 005/2017 Os critérios de avaliação aprovado em reunião de colegiado do FQMAT serão compostos

Leia mais

TABELA DE PONTUAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL

TABELA DE PONTUAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL TABELA DE PONTUAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL CATEGORIA ATIVIDADE MÉTRICA PESO PONTUAÇÃO 1. ENSINO SUPERIOR 500 1.1 Turmas em disciplinas com =5

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL POR AVALIAÇÃO (Resolução nº 09/08-CEPE)

SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL POR AVALIAÇÃO (Resolução nº 09/08-CEPE) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ COMISSÃO PERMANENTE DO PESSOAL DOCENTE SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL POR AVALIAÇÃO (Resolução nº 09/08-CEPE) DOCENTE : MATRÍCULA : DATA DE INGRESSO NA INSTITUIÇÃO:

Leia mais

Anexo I 1. TÍTULOS ACADÊMICOS:

Anexo I 1. TÍTULOS ACADÊMICOS: SELEÇÃO PARA PROFESSORES DE ENSINO MÉDIO DO PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO NA REFORMA AGRÁRIA - PRONERA Anexo I BAREMA PARA JULGAMENTO DOS TÍTULOS EDITAL N.º MATÉRIA/DISCIPLINA: CANDIDATO: NOTA: 1. TÍTULOS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Artes e Comunicação Departamento de Música

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Artes e Comunicação Departamento de Música SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Artes e Comunicação Departamento de Música CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 42, de 27 de maio de 2011,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA PROCESSO DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO/PPGG O Programa de Pós-Graduação em Geografia

Leia mais

ANEXO II. Fichas de Avaliação das Provas Didática e de Títulos FICHA DE AVALIAÇÃO INDIVIDUAL DA PROVA DIDÁTICA EDITAL N / /2016

ANEXO II. Fichas de Avaliação das Provas Didática e de Títulos FICHA DE AVALIAÇÃO INDIVIDUAL DA PROVA DIDÁTICA EDITAL N / /2016 Ministério da Educação Fundação Universidade Federal de Rondônia Pró-Reitoria de Graduação Campus Professor Francisco Gonçalves Quiles - Cacoal ANEXO II Fichas de Avaliação das Provas Didática e de Títulos

Leia mais

Relatório de Atividades e Pontuação para Professor Associado (e seus subníveis) da UTFPR

Relatório de Atividades e Pontuação para Professor Associado (e seus subníveis) da UTFPR PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Relatório de Atividades e Pontuação para Professor Associado (e seus subníveis) da UTFPR Para a progressão de adjunto IV para Professor Associado e de Associado

Leia mais

PLANILHA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS. ITEM I: TITULAÇÃO MÁXIMA (pontuação não cumulativa) ITEM II : FORMAÇÃO COMPLEMENTAR

PLANILHA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS. ITEM I: TITULAÇÃO MÁXIMA (pontuação não cumulativa) ITEM II : FORMAÇÃO COMPLEMENTAR PLANILHA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS ITEM I: TITULAÇÃO MÁXIMA (pontuação não cumulativa) Doutorado na área 15,00 1 15,00 Doutorado em área afim 10,00 1 10,00 Mestrado na área 7,50 1 7,50 Mestrado

Leia mais

Estabelece critérios para cumprimento de créditos em disciplinas, aproveitamento de créditos em disciplinas e atividades complementares

Estabelece critérios para cumprimento de créditos em disciplinas, aproveitamento de créditos em disciplinas e atividades complementares INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES DE 10 DE ABRIL DE 2012. Estabelece critérios para cumprimento de créditos em disciplinas, aproveitamento de créditos em disciplinas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ANEXO I

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ANEXO I SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS ANEXO I Tabela para pontuação visando à progressão funcional docente, aprovada pela congregação do ICB em 1 e 1/0/01,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ ANEXO I ESTÁGIO PROBATÓRIO DOCENTE RELATÓRIO DO FATOR 4 PRODUTIVIDADE DADOS DO DOCENTE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ ANEXO I ESTÁGIO PROBATÓRIO DOCENTE RELATÓRIO DO FATOR 4 PRODUTIVIDADE DADOS DO DOCENTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ ANEXO I ESTÁGIO PROBATÓRIO DOCENTE RELATÓRIO DO FATOR 4 PRODUTIVIDADE DADOS DO DOCENTE NOME: MATRÍCULA SIAPE: REGIME DE TRABALHO (20, 40, DE); FUNÇÃO:

Leia mais

EDITAL Nº 25/2016-PROGRAD

EDITAL Nº 25/2016-PROGRAD EDITAL Nº 25/2016-PROGRAD ANEXO III PLANILHA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS, ANEXO II DA ITEM I: TITULAÇÃO MÁXIMA (pontuação não cumulativa) Doutorado na área 15,00 1 15,00 Doutorado em área afim 10,00

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIAS HUMANAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIAS HUMANAS UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIAS HUMANAS EDITAL 01/01 PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES- ORIENTADORES

Leia mais

Faculdade de Ciências Farmacêuticas Departamento de Farmácia

Faculdade de Ciências Farmacêuticas Departamento de Farmácia U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O Departamento de Farmácia Ilma.Sra. Profa.Dra. Primavera Borelli Garcia Diretora da USP São Paulo, 06 de março de 07 Prezada Professora A Comissão de Atividades

Leia mais

ANEXO II CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

ANEXO II CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE TÍTULOS ANEXO II CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE TÍTULOS - Regulamento da Titulação - Regulamento da Produção Científica - Regulamento da Experiência Profissional Regulamento da Titulação Nesta categoria os examinadores

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EDITAL N 05/2013

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EDITAL N 05/2013 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EDITAL N 05/2013 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA ABERTURA

Leia mais

Número do Documento:

Número do Documento: Número do Documento: 1323910 Governo do Estado do Ceará Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior Universidade Estadual do Ceará UECE Secretaria dos Órgãos de Deliberação Coletiva - SODC RESOLUÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA CAV

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA CAV CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 0, de 05 de abril de 0, publicado no Diário Oficial da União nº 66, de 08 de abril de 0. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Tecnologia e Geociências Departamento de Engenharia Química

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Tecnologia e Geociências Departamento de Engenharia Química SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro de Tecnologia e Geociências Departamento de Engenharia Química CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 42, de 27

Leia mais

ANEXO IV FORMULÁRIO DE PONTUAÇÃO POR CRITÉRIO. Fator de pontuação

ANEXO IV FORMULÁRIO DE PONTUAÇÃO POR CRITÉRIO. Fator de pontuação RECONHECIMENTO DE SABERES E COMPETÊNCIAS RSC I ANEXO IV FORMULÁRIO DE PONTUAÇÃO POR CRITÉRIO Fator de pontuação Unidade Quantidade Máximas de unidades Quantidade de unidades comprovadas obtida I - Experiência

Leia mais

Processo de Seleção Bolsista de Pós-Doutorado do PNPD/CAPES EDITAL Pós-Doutorado PPGQTA/FURG

Processo de Seleção Bolsista de Pós-Doutorado do PNPD/CAPES EDITAL Pós-Doutorado PPGQTA/FURG UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE- FURG ESCOLA DE QUÍMICA E ALIMENTOS PPG EM QUÍMICA TECNOLÓGICA E AMBIENTAL Av. Itália, km 08, Campus Carreiros - Rio Grande - RS CEP 96203-900 E-mail: ppgquimica@furg.br

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL PARA PROFESSOR TITULAR POR AVALIAÇÃO (Resolução nº 10/14-CEPE)

SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL PARA PROFESSOR TITULAR POR AVALIAÇÃO (Resolução nº 10/14-CEPE) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ COMISSÃO PERMANENTE DO PESSOAL DOCENTE SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL PARA PROFESSOR TITULAR POR AVALIAÇÃO (Resolução nº /14-CEPE) DOCENTE : MATRÍCULA : DATA DE INGRESSO

Leia mais

A Congregação do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que:

A Congregação do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que: PORTARIA INTERNA nº 55 Estabelece critérios e escalas para aferição de na avaliação de títulos em concursos para Professor Adjunto A do Instituto de Biologia da UFBA A Congregação do Instituto de Biologia

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CIRURGIA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 101, de 15 de dezembro de

Leia mais

Julgamento de títulos Peso 4 Prova escrita Peso 3 Prova didática e/ou didáticoprática.

Julgamento de títulos Peso 4 Prova escrita Peso 3 Prova didática e/ou didáticoprática. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO EDITAL N 127, DE 09 DE SETEMBRO DE 2010, PUBLICADO NO D.O.U. Nº 179,

Leia mais

FORMULÁRIO DE CADASTRO DE TÍTULOS NOME DO CANDIDATO: ÁREA / DISCIPLINA: NÚMERO DE INSCRIÇÃO:

FORMULÁRIO DE CADASTRO DE TÍTULOS NOME DO CANDIDATO: ÁREA / DISCIPLINA: NÚMERO DE INSCRIÇÃO: CONCURSO PÚBLICO DO INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DE SURDOS EDITAL Nº 29/2013 E EDITAL Nº 04/2014 PROVA DE TÍTULOS PARA OS CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR FORMULÁRIO DE CADASTRO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E ODONTOLOGIA PREVENTIVA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 05,

Leia mais

ANEXO II TABELAS DE PONTOS PARA AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA POR GRANDE ÁREA DE CONHECIMENTO CIÊNCIAS AGRÁRIAS

ANEXO II TABELAS DE PONTOS PARA AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA POR GRANDE ÁREA DE CONHECIMENTO CIÊNCIAS AGRÁRIAS ANEXO II TABELAS DE PONTOS PARA AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA POR GRANDE ÁREA DE CONHECIMENTO CIÊNCIAS AGRÁRIAS (por unidade) Artigos publicados em Artigo indexado periódicos com conselho

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 0/0/CONSU Altera Resolução nº 6/0/CONSU referente Progressão Funcional Docente e dá outras

Leia mais

SETOR : CLASSE : NÍVEL : REGIME DE TRABALHO : PROGRESSÃO PRETENDIDA :

SETOR : CLASSE : NÍVEL : REGIME DE TRABALHO : PROGRESSÃO PRETENDIDA : UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ COMISSÃO PERMANENTE DO PESSOAL DOCENTE SOLICITAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL POR AVALIAÇÃO DE DOCENTES NA CARREIRA DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO TÉCNICO E TECNOLÓGICO (Resolução

Leia mais

RESUMO FINAL Total de Pontos no Anexo I -20 Total de Pontos no Anexo II 0 Total de Pontos no Anexo III 0 Total de Pontos no Anexo IV 0 Total de

RESUMO FINAL Total de Pontos no Anexo I -20 Total de Pontos no Anexo II 0 Total de Pontos no Anexo III 0 Total de Pontos no Anexo IV 0 Total de RESUMO FINAL Total de Pontos no Anexo I -20 Total de Pontos no Anexo II 0 Total de Pontos no Anexo III 0 Total de Pontos no Anexo IV 0 Total de Pontos no Anexo V 0 Subtotal -20 Interstício (anos) 2 Total

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE HOTELARIA E TURISMO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE HOTELARIA E TURISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DEPARTAMENTO DE HOTELARIA E TURISMO INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO EDITAL N 127, DE 09 DE SETEMBRO DE 2010, PUBLICADO NO D.O.U. Nº

Leia mais

PORTARIA N.º XX DE XX DE JULHO DE 2017.

PORTARIA N.º XX DE XX DE JULHO DE 2017. PORTARIA N.º XX DE XX DE JULHO DE 2017. DISPÕE SOBRE CRITÉRIOS DE MÉRITO ACADÊMICO PARA DISTRIBUIÇÃO DE CARGOS DE PROFESSOR TITULAR NA FACULDADE DE ENGENHARIA. O DIRETOR DA FACULDADE DE ENGENHARIA, no

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 6, de 30 de abril

Leia mais

ANEXO I ESCALA DE PONTUAÇÃO PARA PRODUÇÃO E ATIVIDADES. Atividades de Ensino

ANEXO I ESCALA DE PONTUAÇÃO PARA PRODUÇÃO E ATIVIDADES. Atividades de Ensino ANEXO I ESCALA DE PARA PRODUÇÃO E ATIVIDADES CAMPO I Atividades de Ensino A pontuação deve ser totalizada a partir das pontuações obtidas em disciplinas de graduação ou de pós-graduação stricto sensu,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL RESOLUÇÃO Nº 01/2016 Regulamenta os critérios da Faculdade de Serviço Social para a pontuação da Prova de Títulos e de Projeto Acadêmico de concursos públicos para o provimento dos cargos de professor

Leia mais

BAREMA DA PROVA ESCRITA

BAREMA DA PROVA ESCRITA BAREMA DA PROVA ESCRITA CRITÉRIOS PARA A PROVA ESCRITA MAX 10 Domínio do conteúdo em articulação com o ponto sorteado 4,0 Capacidade de expressão de acordo com o padrão previsto para 2,0 escrita acadêmica

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENERGIA NUCLEAR

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENERGIA NUCLEAR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENERGIA NUCLEAR CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 12, de 12 de

Leia mais

ANEXO II. Distribuição de Pontos e Perfis Básicos para Progressão e Promoção de Docentes,

ANEXO II. Distribuição de Pontos e Perfis Básicos para Progressão e Promoção de Docentes, ANEXO II Distribuição de Pontos e Perfis Básicos para Progressão e Promoção de Docentes, na Carreira do Magistério Superior do Ministério de Educação e Cultura, no âmbito do Instituto de Química do Centro

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 49, de 09

Leia mais

ANEXO I Tabela de Pontuação das Atividades do Relatório Anual de Atividades Docente

ANEXO I Tabela de Pontuação das Atividades do Relatório Anual de Atividades Docente ANEXO I Tabela de Pontuação das Atividades do Relatório Anual de Atividades Docente 1. ENSINO PONTOS 1.1 Hora-aula semanal que conduza à obtenção de crédito (até 12 ) 10 1.2 Hora-aula, que conduza à obtenção

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 56, de 16 de junho de 2016, publicado no Diário Oficial da União nº 115, de 17 de junho de 2016.

Leia mais