ATA DE CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATA DE CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES"

Transcrição

1 Linha Temática A A CONSOLIDAÇÃO DA PAZ, DA CONFIANÇA, DA SEGURANÇA E DA COOPERAÇÃO NAS AMÉRICAS Subtema I Desenvolver Mecanismos para Fortalecer a Paz, a Segurança e a Cooperação no Hemisfério Equador Colômbia e Peru Chile I. Conclusões 1.- Estamos em um momento no qual existem novas ameaças e situações que originam novos desafios. 2.- Os mecanismos existentes devem dar conta dessas novas realidades, para serem fortalecidos e, em nenhum caso, substituídos. 3.- É necessário contar com mecanismos de gestão de crise e alerta antecipado que facilitem a prevenção de conflitos. 4.- As medidas de fomento são a base que garante o futuro de nossos países, ao criar um ambiente onde a percepção da confiança é o objetivo final, sob o princípio da reciprocidade. 5.- Os organismos e iniciativas sub-regionais de segurança e de defesa são bases importantes para a geração de confiança produzindo uma arquitetura de segurança e paz nas Américas. 6.- As medidas de fomento à confiança mútua devem atuar sob o princípio da complementaridade. 1

2 Linha Temática A A CONSOLIDAÇÃO DA PAZ, DA CONFIANÇA, DA SEGURANÇA E DA COOPERAÇÃO NAS AMÉRICAS Subtema II Transparência no Orçamento de Defesa, Gastos e Aquisição de Armamentos Argentina Colômbia e Peru Chile I. Conclusões 1.- A transparência nos gastos de defesa é uma aspiração de longa data na América Latina; no entanto, esta não foi satisfeita totalmente e, portanto, é parte essencial de nossa agenda do futuro. 2.- A transparência nos gastos de defesa é componente fundamental das medidas de confiança mútua entre nossos países. 3.- Embora existam vários mecanismos de medição de gastos de defesa, não existe, neste momento, um de aplicação universal no Hemisfério. II. Recomendações 1.- Incentivar a participação de todos os países do continente americano no Relatório Padronizado das Nações Unidas sobre Gastos Militares. 2.- Propor à Organização dos Estados Americanos o estudo da adoção de um registro interamericano de gastos de defesa. 2

3 3.- Uma vez aprovada a metodologia de medição de gastos de defesa pelos Ministros da Defesa da UNASUL, levar esta proposta à X Conferência de Ministros da Defesa das Américas, para que se analise sua extensão para o resto do continente americano. 3

4 Linha Temática B DEMOCRACIA, FORÇAS ARMADAS, SEGURANÇA E SOCIEDADE Subtema I Participação da Mulher e Equidade de Gênero nas Forças Armadas e Instituições de Defesa Venezuela Suriname e Trindad e Tobago Canadá I. Conclusões e Recomendações 1. As Forças Armadas e as instituições de defesa se beneficiam com o incremento da participação das mulheres. 2. Selecionar mulheres para a capacitação, treinamento e promoções, por merecimento, em igualdade de oportunidade. 3. Incentivar e valorizar as iniciativas para recrutar e promover mulheres, por merecimento, nas Forças Armadas e instituições de defesa. 4. Incentivar os países-membros da CMDA a compartilhar estatísticas, análises e melhores práticas sobre a participação de mulheres nas Forças Armadas e instituições de defesa. 5. Incentivar os países-membros da CMDA a oferecer oportunidades de formação para mulheres de outros países-membros da CMDA. 4

5 Linha Temática B DEMOCRACIA, FORÇAS ARMADAS, SEGURANÇA E SOCIEDADE Subtema II Modernização, Interculturalidade, Educação em Defesa e Democracia Bolívia Guatemala Canadá I. Conclusões 1. Nas últimas décadas, o conceito de interculturalidade vem surgindo e evoluído em muitas nações das Américas, o que tem impactado nas Forças Armadas e instituições de defesa. 2. Não deve existir distinção entre grupos étnicos nas Forças Armadas e instituições de defesa e deve haver igualdade de oportunidades para todos. 3. Assim como há semelhanças, também existem diferenças significativas nos países das Américas, sejam estas demográficas e ou sociais, entre outras, inclusive nas Forças Armadas e instituições de defesa. 4. É importante que os conceitos de igualdade de direitos e oportunidades e os beneficios da diversidade se reflitam na educação civil e militar nas Forças Armadas e instituições de defesa. 5. A inclusão social e a interculturalidade nas Forças Armadas e instituições de defesa deveriam se refletir na vontade política dos países das Américas. 5

6 Linha Temática C SEGURANÇA REGIONAL E DESASTRES NATURAIS. FORTALECENDO A COOPERAÇÃO HEMISFÉRICA Subtema I Capacidade regional para responder frente a desastres naturais: Gestão de riscos e inventário de capacidades de resposta; protocolos de coordenação e cooperação Estados Unidos da América Países co-relatores: México e Peru República Dominicana Conclusões As delegações aqui presentes manifestam seu apoio à iniciativa para a criação de um Centro de Colaboração de Assistência Militar de alcance hemisférico, apresentada por Antigua e Barbuda, Canadá, Chile, Colômbia, El Salvador, Equador, Estados Unidos da América, Guatemala, Panamá, Peru, República Dominicana, São Cristóvão e Neves e Trindad e Tobago, que tende a fortalecer o intercâmbio de informações e a coordenação entre as forças militares que atuam em resposta à solicitação de um país afetado por desastre natural, complementando além disso o desenvolvimento de outras iniciativas regionais ou sub-regionais já existentes ou que possam surgir. Recomendações Decidiram analisar e conformar grupos de trabalho que reunir-se-ão para desenvolver a proposta. 6

7 Linha Temática C SEGURANÇA REGIONAL E DESASTRES NATURAIS. FORTALECENDO A COOPERAÇÃO HEMISFÉRICA Subtema II Experiências e lições aprendidas do Brasil em prevenção, resposta y reconstrução frente ao terremoto do Haiti Experiências e lições aprendidas do Chile em prevenção, preparação, resposta e reconstrução frente a desastres naturais Países relatores: Países correlatores: Brasil e Chile Peru e Haiti República Dominicana Conclusões 1.- As delegações aqui presentes manifestam sua solidariedade com os povos do Haiti e do Chile, que foram atingidos no início deste ano por devastadores terremotos, bem como o reconhecimento aos demais países do hemisfério e organizações internacionais que ofereceram seu apoio solidário por meio de operações de ajuda humanitária. 2.- As delegações aqui presentes reiteram seu compromissso de continuar oferecendo assistência ao povo do Haiti com o objetivo de completar seu processo de reconstrução, em consonância com as solicitações que venha a fazer o governo dessa nação e com as possibilidades de cada país. 7

XXXVI Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul Cúpula Extraordinária da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) 16 Dezembro 2008 Itamaraty

XXXVI Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul Cúpula Extraordinária da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) 16 Dezembro 2008 Itamaraty XXXVI Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul Cúpula Extraordinária da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) 16 Dezembro 2008 Itamaraty Cúpula Extraordinária da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL)-Costa

Leia mais

O Espaço Ibero-Americano a comunidade de todos

O Espaço Ibero-Americano a comunidade de todos O Espaço Ibero-Americano a comunidade de todos SEGIB Criação: 1994 Definição e objetivo: A SEGIB é o órgão permanente de apoio institucional, técnico e administrativo à Conferência Ibero-Americana e tem

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO 2017

PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO 2017 PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO 2017 EIXO 1: POLÍTICAS DE DEFESA 1.A Grupo de Trabalho sob a Perspectiva de Gênero Equador de Maio (por 1.B Seminário sob experiências dos Estados Membros

Leia mais

50 o CONSELHO DIRETOR 62 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL

50 o CONSELHO DIRETOR 62 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE 50 o CONSELHO DIRETOR 62 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL Washington, D.C., EUA, de 27 de setembro à 1º de outubro de 2010 Tema 5.1 da agenda

Leia mais

Assembleia Plenária que desejem oferecer seu país como anfitrião da 14ª Assembleia Plenária (2017) devem completar o Formulário D

Assembleia Plenária que desejem oferecer seu país como anfitrião da 14ª Assembleia Plenária (2017) devem completar o Formulário D Anúncio de eleições Cargo Conselho de Administração Presidente/a Vice-presidente/a Representante da América Central Representante do Caribe Representante do Caribe Representante da América do Sul Representante

Leia mais

Comparative model: Telehealth in Latin America Mônica Pena de Abreu

Comparative model: Telehealth in Latin America Mônica Pena de Abreu Comparative model: Telehealth in Latin America Mônica Pena de Abreu Protocolos regionais de politica públicas de telessaúde para América Latina e Caribe Instituições coordenadoras: UFMG e RUTE Financiamento:

Leia mais

V SEMINÁRIO DE INTERNACIONALIZAÇÃO UNIVERSITÁRIA E VI WORKSHOP DE TRABALHO PAEC OEA-GCUB Brasília 17 a 19 de maio de 2017

V SEMINÁRIO DE INTERNACIONALIZAÇÃO UNIVERSITÁRIA E VI WORKSHOP DE TRABALHO PAEC OEA-GCUB Brasília 17 a 19 de maio de 2017 V SEMINÁRIO DE INTERNACIONALIZAÇÃO UNIVERSITÁRIA E VI WORKSHOP DE TRABALHO PAEC OEA-GCUB 2017 FORMAÇÃO DE MESTRES E DOUTORES COMO VETOR PARA O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO DAS AMÉRICAS Brasília 17 a 19 de

Leia mais

CONSENSO DE MONTEVIDÉU

CONSENSO DE MONTEVIDÉU VIII CONFERÊNCIA IBEROAMERICANA DE MINISTROS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E REFORMA DO ESTADO (Montevidéu, Uruguai, 22 e 23 de junho de 2006) CONSENSO DE MONTEVIDÉU C L A D Código Iberoamericano de Bom Governo.

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO 2015

PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO 2015 PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO EIXO 1: POLÍTICAS DE DEFESA N ACTIVIDADE RESPONSÁVEL DATA LUGAR CORRESPONDENTE OBSERVAÇÕES 1.A 1.B Realizar O II Seminário sul-americano no DDHH e DIH.

Leia mais

Forças Armadas Unidas Na Assistência Humanitária

Forças Armadas Unidas Na Assistência Humanitária Forças Armadas Unidas Na Assistência Humanitária Líderes de alto escalão das forças armadas de 10 países reuniram-se no Chile para discutir a melhor forma de prestar assistência pan-regional em caso de

Leia mais

R E M J A VIII lia,, Brasil

R E M J A VIII lia,, Brasil R E M J A VIII Brasília lia,, Brasil 24, 25 e 26 de fevereiro de 2010 Sumário da apresentação I. O Proceso das REMJA e sua Institucionalização II. As REMJA: um proceso com resultados concretos III. O tema

Leia mais

B. IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA MUNDIAL E DO PLANO DE AÇÃO SOBRE SAÚDE PÚBLICA, INOVAÇÃO E PROPRIEDADE INTELECTUAL

B. IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA MUNDIAL E DO PLANO DE AÇÃO SOBRE SAÚDE PÚBLICA, INOVAÇÃO E PROPRIEDADE INTELECTUAL Página 6 B. IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA MUNDIAL E DO PLANO DE AÇÃO SOBRE SAÚDE PÚBLICA, INOVAÇÃO E PROPRIEDADE INTELECTUAL 17. Neste relatório de progresso se destina a oferecer uma visão integral da maneira

Leia mais

Assembleia Plenária que desejem oferecer seu país como anfitrião da 14ª Assembleia Plenária (2017) devem completar o Formulário D

Assembleia Plenária que desejem oferecer seu país como anfitrião da 14ª Assembleia Plenária (2017) devem completar o Formulário D Anúncio de eleições Cargo Conselho de Administração Presidente/a Vice-presidente/a do Norte do Norte Central Representante do Caribe Representante do Caribe do Sul do Sul País Anfitrião da 13ª Assembleia

Leia mais

Tratado entre os Estados Unidos e Austrália sobre Assistência Jurídica Mútua em Matéria Penal. Data de entrada em vigor: 30 de junho de 1992

Tratado entre os Estados Unidos e Austrália sobre Assistência Jurídica Mútua em Matéria Penal. Data de entrada em vigor: 30 de junho de 1992 Tratado entre os Estados Unidos e Austrália sobre Assistência Jurídica Mútua em Matéria Penal Data de entrada em vigor: 30 de junho de 1992 Diário Oficial da Federação, 2 de outubro de 1992 Tratado entre

Leia mais

B. QUADRAGÉSIMO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES DA ASSEMBLEIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS

B. QUADRAGÉSIMO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES DA ASSEMBLEIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS Página 19 B. QUADRAGÉSIMO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES DA ASSEMBLEIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS 13. Apresentam-se as resoluções aprovadas no quadragésimo primeiro período ordinário

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina DIVISÃO CENTRAL DE MARISTELA CRISTINA MARTINS

Universidade Estadual de Londrina DIVISÃO CENTRAL DE MARISTELA CRISTINA MARTINS DIVISÃO CENTRAL DE ESTÁGIOS E INTERCÂMBIOS MARISTELA CRISTINA MARTINS Estágios ESTÁGIO CURRICULAR LEI N 11.788 DE 25 DE SETEMBRO DE 2008 ESTÁGIO NA UEL DIREITO DO ESTAGIÁRIO ASSINATURA DO TERMO DE COMPROMISSO

Leia mais

OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto (Modelo I)

OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto (Modelo I) Identificação do Projeto OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto (Modelo I) Rede de Cooperação Técnica em Saúde da União de Nações

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DA TERCEIRA REUNIÃO DE AUTORIDADES CENTRAIS E OUTROS PERITOS EM ASSISTÊNCIA MÚTUA EM MATÉRIA PENAL E EXTRADIÇÃO

RECOMENDAÇÕES DA TERCEIRA REUNIÃO DE AUTORIDADES CENTRAIS E OUTROS PERITOS EM ASSISTÊNCIA MÚTUA EM MATÉRIA PENAL E EXTRADIÇÃO REUNIÃO DE MINISTROS DA JUSTIÇA OU OEA/Ser.K/XXXIV DE MINISTROS OU PROCURADORES-GERAIS PENAL/doc.26/07 rev. 1 DAS AMÉRICAS 14 setembro 2007 Original: espanhol Terceira Reunião de Autoridades Centrais e

Leia mais

C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE

C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE - 13 - Anexo C C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE Introdução 39. A finalidade deste documento é informar aos Órgãos Diretivos da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)

Leia mais

X CONFERÊNCIA DE MINISTROS DA DEFESA DAS AMÉRICAS PUNTA DEL ESTE - REPÚBLICA ORIENTAL DO URUGUAI 8 A 10 DE OUTUBRO DE 2012

X CONFERÊNCIA DE MINISTROS DA DEFESA DAS AMÉRICAS PUNTA DEL ESTE - REPÚBLICA ORIENTAL DO URUGUAI 8 A 10 DE OUTUBRO DE 2012 X CONFERÊNCIA DE MINISTROS DA DEFESA DAS AMÉRICAS PUNTA DEL ESTE - REPÚBLICA ORIENTAL DO URUGUAI 8 A 10 DE OUTUBRO DE 2012 DECLARAÇÃO DE PUNTA DEL ESTE (10 de outubro de 2012) Os Ministros da Defesa e

Leia mais

Proposta de Programa Latino-americano e Caribenho de Educação Ambiental no marco do Desenvolvimento Sustentável. Resumo Executivo

Proposta de Programa Latino-americano e Caribenho de Educação Ambiental no marco do Desenvolvimento Sustentável. Resumo Executivo Proposta de Programa Latino-americano e Caribenho de Educação Ambiental no marco do Desenvolvimento Sustentável Resumo Executivo I. Antecedentes 1. O presente documento foi elaborado para o Ponto 6.2 do

Leia mais

SEMINÁRIO DE PARLAMENTARES DA AMÉRICA LATINA E CARIBE PARA GARANTIR O DIREITO À SAÚDE REPRODUTIVA, MATERNA, NEONATAL E INFANTIL

SEMINÁRIO DE PARLAMENTARES DA AMÉRICA LATINA E CARIBE PARA GARANTIR O DIREITO À SAÚDE REPRODUTIVA, MATERNA, NEONATAL E INFANTIL SEMINÁRIO DE PARLAMENTARES DA AMÉRICA LATINA E CARIBE PARA GARANTIR O DIREITO À SAÚDE REPRODUTIVA, MATERNA, NEONATAL E INFANTIL Dr. Bremen De Mucio Assessor Regional em Saúde Sexual e Reprodutiva CLAP/SMR

Leia mais

ENCONTRO REGIONAL: GOVERNANÇA E SEGURANÇA CIDADÃ NA AMÉRICA LATINA

ENCONTRO REGIONAL: GOVERNANÇA E SEGURANÇA CIDADÃ NA AMÉRICA LATINA ENCONTRO REGIONAL: GOVERNANÇA E SEGURANÇA CIDADÃ NA AMÉRICA LATINA DESENVOLVIMENTO DA COOPERAÇÃO SUL-SUL PARA GERENCIAR CONHECIMENTO E PROMOVER A ABORGADEM DE GOVERNANÇA PARA A SEGURANÇA CIDADÃ BRASILIA,

Leia mais

Trata-se aqui de uma interpretação gramatical do dispositivo invocado, uma vez que dispõe o art. 26: comprometem-se a adotar as providências

Trata-se aqui de uma interpretação gramatical do dispositivo invocado, uma vez que dispõe o art. 26: comprometem-se a adotar as providências Questão 16 Considere as seguintes assertivas: I - A Convenção Americana sobre Direitos Humanos, de 1969, não trata dos direitos econômicos, sócias e culturais, à exceção do artigo 26 que simplesmente determina

Leia mais

QUEM SOMOS. ...pela defesa dos direitos das pessoas que vivem nas favelas mais precárias e invisíveis...

QUEM SOMOS. ...pela defesa dos direitos das pessoas que vivem nas favelas mais precárias e invisíveis... BRIEF INSTITUCIONAL 2017 ...pela defesa dos direitos das pessoas que vivem nas favelas mais precárias e invisíveis... QUEM SOMOS TETO é uma organização internacional presente na América Latina e Caribe,

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DA QUINTA REUNIÃO DO GRUPO DE TRABALHO SOBRE ASSISTÊNCIA MÚTUA EM MATÉRIA PENAL E EXTRADIÇÃO DAS REMJA

RECOMENDAÇÕES DA QUINTA REUNIÃO DO GRUPO DE TRABALHO SOBRE ASSISTÊNCIA MÚTUA EM MATÉRIA PENAL E EXTRADIÇÃO DAS REMJA REUNIÕES DE MINISTROS DA JUSTIÇA OU OEA/Ser.K/XXXIV DE OUTROS MINISTROS OU PROCURADORES- PENAL/doc.34/12 rev. 1 GERAIS DAS AMÉRICAS 31 maio 2012 Original: espanhol Quinta Reunião do Grupo de Trabalho sobre

Leia mais

América. Divisões: 35 países e 18 dependências. População total: habitantes.

América. Divisões: 35 países e 18 dependências. População total: habitantes. América Divisões: 35 países e 18 dependências. Área total: 42.189.120 km². População total: 902.892.047 habitantes. Densidade: 21 hab./km². Idiomas principais: espanhol, inglês, português, francês, holandês,

Leia mais

Plano Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa na América do Sul (PHEFA)

Plano Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa na América do Sul (PHEFA) Plano Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa na América do Sul (PHEFA) PHEFA I: 1988-2009 Plano aprovado por todos os países do Hemisfério em 1987 (PANAFTOSA é Secretaria Técnica) Objetivo: erradicar

Leia mais

II. DECISÃO PARA O ESTABELECIMENTO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO DA UNASUL

II. DECISÃO PARA O ESTABELECIMENTO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO DA UNASUL Cúpula Extraordinária da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) Costa do Sauípe, Bahia, 16 de dezembro de 2008 Declaração e Decisões I. DECLARAÇÃO DO CONSELHO DE CHEFAS E CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO

Leia mais

Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017

Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017 Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017 DADOS GERAIS NOME OFICIAL SEDE ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS Washington, DC FUNDAÇÃO 5/5/1948 PAÍSES MEMBROS IDIOMAS OFICIAIS ÓRGÃOS PRINCIPAIS SECRETÁRIO-GERAL

Leia mais

Resolução adotada pela Assembleia Geral. [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/56/572)] 56/117. Políticas e programas envolvendo a juventude

Resolução adotada pela Assembleia Geral. [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/56/572)] 56/117. Políticas e programas envolvendo a juventude Nações Unidas A/RES/56/117 Assembleia Geral Distribuição: Geral 18 de janeiro de 2002 56 a sessão Item 108 da pauta Resolução adotada pela Assembleia Geral [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/56/572)]

Leia mais

América Latina Caderno de atividades

América Latina Caderno de atividades TURMA: América Latina Caderno de atividades Grupo: IDH Integrantes do grupo: NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº Data de início da elaboração do mapa: / / Data de conclusão da elaboração do mapa:

Leia mais

AS OBRAS CARITATIVAS DE JOÃO PAULO II EM 2004

AS OBRAS CARITATIVAS DE JOÃO PAULO II EM 2004 "Brilhe a vossa luz!" PERGUNTE E RESPONDEREMOS 518 agosto 2005 AS OBRAS CARITATIVAS DE JOÃO PAULO II EM 2004 Em síntese: Anualmente a Santa Sé publica o relatório da aplicação do dinheiro que o Papa recebe

Leia mais

ESTATUTO DO INSTITUTO INTERAMERICANO DA CRIANÇA (Reformado durante a 77ª Reunião do Conselho Diretor do IIN, 13 a 15 de maio de 2002) ( 1)

ESTATUTO DO INSTITUTO INTERAMERICANO DA CRIANÇA (Reformado durante a 77ª Reunião do Conselho Diretor do IIN, 13 a 15 de maio de 2002) ( 1) ORGANISMO ESPECIALIZADO DA OEA ESTATUTO DO INSTITUTO INTERAMERICANO DA CRIANÇA (Reformado durante a 77ª Reunião do Conselho Diretor do IIN, 13 a 15 de maio de 2002) ( 1) O Instituto e seus fins Artigo

Leia mais

VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO

VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO VII. VIAGENS DO SECRETÁRIO-GERAL E DO SECRETÁRIO-GERAL ADJUNTO Viagens do Secretário-Geral Visita oficial à Espanha e participação no ciclo de conferências Iberoamérica: discursos claves, auspiciado pela

Leia mais

ACORDO-QUADRO ENTRE A REPÚBLICA DE CABO VERDE A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOBRE COOPERAÇÃO EM MATÉRIA DE DEFESA

ACORDO-QUADRO ENTRE A REPÚBLICA DE CABO VERDE A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOBRE COOPERAÇÃO EM MATÉRIA DE DEFESA ACORDO-QUADRO ENTRE A REPÚBLICA DE CABO VERDE E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOBRE COOPERAÇÃO EM MATÉRIA DE DEFESA ACORDO-QUADRO ENTRE A REPÚBLICA DE CABO VERDE E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOBRE

Leia mais

COMISSÃO INTERAMERICANA DE MULHERES

COMISSÃO INTERAMERICANA DE MULHERES COMISSÃO INTERAMERICANA DE MULHERES OEA/Ser.L CIM/doc.115/12 25 janeiro 2012 Original: espanhol RELATÓRIO SOBRE O MECANISMO DE ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DA CONVENÇÃO INTERAMERICANA PARA PREVENIR,

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DO CONGRESSO INTERNACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: CAMINHOS PARA A EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL

RECOMENDAÇÕES DO CONGRESSO INTERNACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: CAMINHOS PARA A EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL RECOMENDAÇÕES DO CONGRESSO INTERNACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR: CAMINHOS PARA A EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL 03 a 06 de outubro, 2017 - Brasília, Brasil. Países participantes: Bahamas, Barbados, Belize,

Leia mais

Anexo N Convenções multilaterais 2. Viena, 20 de dezembro de Convenções bilaterais: Lei 492 de 1999

Anexo N Convenções multilaterais 2. Viena, 20 de dezembro de Convenções bilaterais: Lei 492 de 1999 Anexo N 3 INSTRUMENTOS MULTILATERAIS E BILATERAIS ASSINADOS PELA COLÔMBIA EM MATÉRIA DE COOP 1 ERAÇÃO JUDICIAL MÚTUA (Referência especial com respeito aos países-membros da comunidade ibero-americana)

Leia mais

Previdência Social Reformar para Preservar

Previdência Social Reformar para Preservar Previdência Social Reformar para Preservar 15 de Fevereiro de 2017 Ministro Eliseu Padilha Ministro-chefe da da Presidência da República Déficit da Previdência e a necessidade da Reforma para não estrangular

Leia mais

Cinema, Soft Power e os BRICS

Cinema, Soft Power e os BRICS Seminário Cinema, Soft Power e os BRICS Mostra Internacional de Cinema de São Paulo Debora Ivanov 27/10/2016 Diretrizes Diretrizes das ações internacionais realizadas pela ANCINE 1. Estímulo à realização

Leia mais

Entenda o que é e para que serve a Junta Interamericana de Defesa

Entenda o que é e para que serve a Junta Interamericana de Defesa Entenda o que é e para que serve a Junta Interamericana de Defesa A Junta Interamericana de Defesa (JID) é, estatutariamente, uma entidade da Organização dos Estados Americanos (OEA) cujo objetivo é prestar,

Leia mais

Curso Técnico em Agronegócio Modulo IV

Curso Técnico em Agronegócio Modulo IV Curso Técnico em Agronegócio Modulo IV Comercio Exterior FUNDO MONETARIO INTERNACIONAL e BANCO MUNDIAL Aluna: Elza Mára Coelho Professor: Odivar Marcos Bonetti O Fundo Monetário Internacional (FMI) busca

Leia mais

B. QUADRAGÉSIMO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES DA ASSEMBLEIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS

B. QUADRAGÉSIMO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES DA ASSEMBLEIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS Página 27 B. QUADRAGÉSIMO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES DA ASSEMBLEIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS 1. Apresenta-se uma série de resoluções que foram adotadas no quadragésimo período ordinário

Leia mais

COOPERAÇÃO INTERNACIONAL NO ÂMBITO DO CNPq

COOPERAÇÃO INTERNACIONAL NO ÂMBITO DO CNPq INSTRUMENTOS DE COOPERAÇÃO OPORTUNIDADES INTERNACIONAL DE NO AMBITO DO CNPq COOPERAÇÃO INTERNACIONAL NO ÂMBITO DO CNPq Reunião das Sociedades e Associações de Física da América Latina 2 de fevereiro de

Leia mais

A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES

A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES Construção de Governança para o Projeto Nacional de Desenvolvimento Apresentação : Jaques Wagner Governador da Bahia CDES situação atual

Leia mais

53 o CONSELHO DIRETOR 66 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL DA OMS PARA AS AMÉRICAS

53 o CONSELHO DIRETOR 66 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL DA OMS PARA AS AMÉRICAS 53 o CONSELHO DIRETOR 66 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL DA OMS PARA AS AMÉRICAS Washington, D.C., EUA, 29 de setembro a 3 de outubro de 2014 Tema 8.6 da Agenda Provisória CD53/INF/6 18 de agosto de 2014 Original:

Leia mais

BASE JURÍDICA RELAÇÕES REGIÃO A REGIÃO

BASE JURÍDICA RELAÇÕES REGIÃO A REGIÃO AMÉRICA LATINA E CARAÍBAS As relações da União Europeia com a América Latina e as Caraíbas são multifacetadas e conduzidas a níveis distintos. A UE interage com a região na sua globalidade através de cimeiras

Leia mais

RESOLUÇÃO ADOTADA PELA ASSEMBLEIA GERAL. [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/54/595)] 54/120. Políticas e programas envolvendo os jovens

RESOLUÇÃO ADOTADA PELA ASSEMBLEIA GERAL. [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/54/595)] 54/120. Políticas e programas envolvendo os jovens NAÇÕES UNIDAS A Assembleia Geral Distribuição GERAL A/RES/54/120 20 de janeiro de 2000 54 a sessão Item 106 da pauta RESOLUÇÃO ADOTADA PELA ASSEMBLEIA GERAL [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/54/595)]

Leia mais

55º CONSELHO DIRETOR

55º CONSELHO DIRETOR 55º CONSELHO DIRETOR 68ª SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL DA OMS PARA AS AMÉRICAS Washington, D.C., EUA, 26-30 de setembro de 2016 Tema 7.3 da agenda provisória CD55/INF/3, Add I 13 de setembro de 2016 Original:

Leia mais

PRIMEIRO FÓRUM PARLAMENTAR ITÁLIA - AMÉRICA LATINA E CARIBE DECLARAÇÃO FINAL. Roma, Itália, 5-6 de Outubro de 2015

PRIMEIRO FÓRUM PARLAMENTAR ITÁLIA - AMÉRICA LATINA E CARIBE DECLARAÇÃO FINAL. Roma, Itália, 5-6 de Outubro de 2015 PRIMEIRO FÓRUM PARLAMENTAR ITÁLIA - AMÉRICA LATINA E CARIBE DECLARAÇÃO FINAL Roma, Itália, 5-6 de Outubro de 2015 1. Realizou-se em Roma, na Câmara dos Deputados italiana, nos dias 5 e 6 de Outubro de

Leia mais

CONTINENTE AMERICANO FÍSICO, HUMANO E ECONÔMICO

CONTINENTE AMERICANO FÍSICO, HUMANO E ECONÔMICO CONTINENTE AMERICANO FÍSICO, HUMANO E ECONÔMICO CONHECENDO O CONTINENTE MAIOR EXTENSÃO NO SENTIDO NORTE/SUL SÃO CERCA DE 35 PAÍSES. VARIEDADE DE CULTURAS EM FUNÇÃO DA COLONIZAÇÃO ESTRANGEIRA. FORMAS DE

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO OUI Aprovado pala Assembleia geral da OUI

PLANO ESTRATÉGICO OUI Aprovado pala Assembleia geral da OUI PLANO ESTRATÉGICO OUI 2017 2022 Aprovado pala Assembleia geral da OUI 25 de novembro de 2016 INSPIRAÇÃO OUI "Desejo estabelecer, além e livre de toda fronteira, seja esta política, geográfica, econômica,

Leia mais

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES DA SEGUNDA REUNIÃO DOS MINISTROS DA JUSTICIA OU DE MINISTROS OU PROCURADORES-GERAIS DAS AMÉRICAS

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES DA SEGUNDA REUNIÃO DOS MINISTROS DA JUSTICIA OU DE MINISTROS OU PROCURADORES-GERAIS DAS AMÉRICAS SEGUNDA REUNIÃO DOS MINISTROS DA JUSTIÇA OEA/Ser.K/XXXIV.2 OU DE MINISTROS OU PROCURADORES-GERAIS REMJA-II/doc.18/99 rev. 1 DAS AMÉRICAS 3 março 1999 1º a 3 de março de 1999 Original: espanhol Lima, Peru

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS Comissão Interamericana de Portos (CIP)

ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS Comissão Interamericana de Portos (CIP) ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS Comissão Interamericana de Portos (CIP) PROJETO DE DECLARAÇÃO DO PANAMÁ SOBRE DIRETRIZES PARA A PROTEÇÃO AMBIENTAL PORTUÁRIA Os Estados Membros da Organização dos Estados

Leia mais

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias Bijuterias Principais Países 2010 2011 2012 2013 2014 US$ mil 2014/ 2013 Estados Unidos 5.667 3.828 2.668 3.491 5.006 43 Colômbia 407 800 748 1.112 993-11 França 1.085 931 910 998 969-3 Argentina 2.112

Leia mais

PROTOCOLO DE MONTEVIDÉU SOBRE COMPROMISSO COM A DEMOCRACIA NO MERCOSUL (USHUAIA II)

PROTOCOLO DE MONTEVIDÉU SOBRE COMPROMISSO COM A DEMOCRACIA NO MERCOSUL (USHUAIA II) PROTOCOLO DE MONTEVIDÉU SOBRE COMPROMISSO COM A DEMOCRACIA NO MERCOSUL (USHUAIA II) A República Argentina, a República Federativa do Brasil, a República do Paraguai, a República Oriental do Uruguai, Estados

Leia mais

Introduction to Latin American Economies. Fabio Fonseca, Senior Director, FIESP

Introduction to Latin American Economies. Fabio Fonseca, Senior Director, FIESP Introduction to Latin American Economies Fabio Fonseca, Senior Director, FIESP América Latina México América Central Guianas América Andina América Platina Brasil México América Latina México América Central

Leia mais

cesop OPINIÂO PÚBLICA, Campinas, Vol. VI, nº1, 2000, Encarte Tendências. pp

cesop OPINIÂO PÚBLICA, Campinas, Vol. VI, nº1, 2000, Encarte Tendências. pp cesop OPINIÂO PÚBLICA, Campinas, Vol. VI, nº1, 00, Encarte Tendências. pp. 138-166 Tendências reúne dados da pesquisa Latinobarômetro, um estudo de opinião pública comparativo de 17 países latino-americanos,

Leia mais

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente Boletim Econômico Edição nº 61 maio de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico A visão da OIT sobre o Trabalho Decente 1 1. CONCEITO DE TRABALHO DECENTE O conceito de Trabalho

Leia mais

Panorama do Setor de Tissue. Carlos H. S. Magalhães

Panorama do Setor de Tissue. Carlos H. S. Magalhães Panorama do Setor de Tissue Carlos H. S. Magalhães Panorama do Setor de Tissue CONTEÚDO Produção e Consumo de Tissue no Mundo, na América Latina e no Brasil nos últimos 10 anos; Principais players ; Atual

Leia mais

160 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO

160 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO 160 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO Washington, D.C., EUA, 26 a 30 de junho de 2017 Tema 2.3 da agenda provisória CE160/3, Rev. 1 20 de junho de 2017 Original: inglês PROJETO DA AGENDA PROVISÓRIA DA 29ª CONFERÊNCIA

Leia mais

Ações Reunião realizada nos dias 13 a 16 de outubro de 2014

Ações Reunião realizada nos dias 13 a 16 de outubro de 2014 R E L A Ç Õ E S I N T E R N A C I O N A I S Órgão Organização Internacional do Trabalho (OIT) Representação Eventual 18ª Reunião Regional Americana da OIT Representante Lidiane Duarte Nogueira Advogada

Leia mais

Criminalidade no Brasil

Criminalidade no Brasil Criminalidade no Brasil Instituto Avante Brasil Diretor- Presidente: Luiz Flávio Gomes Coordenação e elaboração de pesquisa: Flávia Mestriner Botelho CRIMINALIDADE NO BRASIL De acordo com um levantamento

Leia mais

Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06

Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06 Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06 Bel Santos Mayer Vera Lion Políticas de Promoção da Igualdade de oportunidades e tratamento

Leia mais

DECLARAÇÃO DE CASCAIS

DECLARAÇÃO DE CASCAIS DECLARAÇÃO DE CASCAIS 30.10.2004 INTRODUÇÃO Considerando a vontade de continuar a estreitar laços e a desenvolver formas de cooperação em matéria de desenvolvimento sustentável e protecção do ambiente

Leia mais

Workshop sobre Cadeias de Valor da Biodiversidade: Belém - PA SECRETARIA ESPECIAL DE PRODUÇÃO

Workshop sobre Cadeias de Valor da Biodiversidade: Belém - PA SECRETARIA ESPECIAL DE PRODUÇÃO Workshop sobre Cadeias de Valor da Biodiversidade: Belém - PA SECRETARIA ESPECIAL DE PRODUÇÃO Roteiro do WS Abertura do WS: Governo do Para Introdução sobre a Iniciativa de Biocomercio: UNCTAD e OTCA Objetivos

Leia mais

Cobertura de, aproximadamente, 7% do PIB mundial

Cobertura de, aproximadamente, 7% do PIB mundial São Paulo Brasil I Outubro 2015 Comércio e Investimento Comércio e Investimento Acordos comerciais em vigor Acordos comerciais assinados, que ainda não entraram em vigor Acordos de Cooperação em Investimento

Leia mais

Intermediária Sub-19 anos Qtde de atletas e Estados. 06 Estados Estados Estados Estados

Intermediária Sub-19 anos Qtde de atletas e Estados. 06 Estados Estados Estados Estados A Confederação Brasileira de Badminton CBBd, apresenta a tabulação dos eventos Nacionais e Internacionais, para o programa Bolsa Atleta 2017, conforme metodologia definida no PO DT-002- Bolsa Atleta. Os

Leia mais

COMITÊ INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA ARGENTINA, BRASIL, CHILE, PARAGUAI E URUGUAI

COMITÊ INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA ARGENTINA, BRASIL, CHILE, PARAGUAI E URUGUAI COMITÊ INTERNACIONAL DA CRUZ VERMELHA ARGENTINA, BRASIL, CHILE, PARAGUAI E URUGUAI Patricia Santos/CICV MISSÃO O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) é uma organização imparcial, neutra e independente

Leia mais

Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016

Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016 Conferência Internacional Portugal Participa Lisboa, Portugal 12 de Abril de 2016 Rede Brasileira de Orçamento Participativo - RBOP HISTÓRICO ESTRUTURA DA REDE CIDADES BRASILEIRAS E O OP PLANO DE AÇÃO

Leia mais

O PAPEL DO REGULATEL NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

O PAPEL DO REGULATEL NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO 47 PAINEL TELEBRASIL O PAPEL DO REGULATEL NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO BRASÍLIA, 15 DE NOVEMBRO DE 2003 ANTONIO CARLOS VALENTE PRESIDENTE REGULATEL QUEM SOMOS? CONGREGA OS 19 PAÍSES LATINO AMERICANOS, INCLUINDO

Leia mais

B. ATUALIZAÇÃO SOBRE A PANDEMIA (H1N1) DE 2009

B. ATUALIZAÇÃO SOBRE A PANDEMIA (H1N1) DE 2009 - 7 - Anexo B B. ATUALIZAÇÃO SOBRE A PANDEMIA (H1N1) DE 2009 Antecedentes 20. A finalidade deste documento é examinar os esforços anteriores à pandemia e a resposta ao novo vírus da influenza A (H1N1)

Leia mais

PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica. Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues. Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE

PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica. Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues. Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE Projetos de Monitoramento da Amazônia Satélites e Resolução Espacial PRODES

Leia mais

REUNIÃO DE MINISTROS DA JUSTIÇA OU OUTROS MINISTROS OU PROCURADORES- PENAL/doc.29/09 rev. 1 GERAIS DAS AMÉRICAS 2 abril 2009 Original: espanhol

REUNIÃO DE MINISTROS DA JUSTIÇA OU OUTROS MINISTROS OU PROCURADORES- PENAL/doc.29/09 rev. 1 GERAIS DAS AMÉRICAS 2 abril 2009 Original: espanhol REUNIÃO DE MINISTROS DA JUSTIÇA OU OEA/Ser.K/XXXIV OUTROS MINISTROS OU PROCURADORES- PENAL/doc.29/09 rev. 1 GERAIS DAS AMÉRICAS 2 abril 2009 Original: espanhol Quarta Reunião do Grupo de Trabalho sobre

Leia mais

A Política, a Estratégia e o Livro Branco de Defesa Nacional como instrumentos geradores de confiança mútua na América do Sul

A Política, a Estratégia e o Livro Branco de Defesa Nacional como instrumentos geradores de confiança mútua na América do Sul A Política, a Estratégia e o Livro Branco de Defesa Nacional como instrumentos geradores de confiança mútua na América do Sul XI Congresso Acadêmico sobre Defesa Nacional AMAN, 12 de agosto de 2014 Antonio

Leia mais

ADVERTÊNCIA. Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União. Ministério da Saúde Gabinete do Ministro

ADVERTÊNCIA. Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União. Ministério da Saúde Gabinete do Ministro ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 2.311, DE 23 DE OUTUBRO DE 2014 Altera a Portaria nº 2.866/GM/MS, de 2 de

Leia mais

As instituições internacionais e a reorganização do espaço geográfico mundial

As instituições internacionais e a reorganização do espaço geográfico mundial As instituições internacionais e a reorganização do espaço geográfico mundial ONU A ONU (Organização das Nações Unidas) foi fundada no dia 24 de outubro de 1945, em São Francisco, Estados Unidos. O encontro

Leia mais

Rede J+ LAC. Pablo T. Aguilera / Co

Rede J+ LAC. Pablo T. Aguilera / Co Rede J+ LAC Pablo T. Aguilera / Co fundador @ptaguilera Quem são @s jovens vivendo com HIV? No mundo, estima-se que 5,4 milhões de jovens (15-24 anos) vivem com HIV (Unicef) 300.000 jovens (15-24 anos)

Leia mais

B. PLANO DE AÇÃO PARA A EXECUÇÃO DA POLÍTICA DE IGUALDADE DE GÊNERO

B. PLANO DE AÇÃO PARA A EXECUÇÃO DA POLÍTICA DE IGUALDADE DE GÊNERO Página 7 B. PLANO DE AÇÃO PARA A EXECUÇÃO DA POLÍTICA DE IGUALDADE DE GÊNERO Antecedentes 1. Os Estados Membros aprovaram a Política de Igualdade de Gênero da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)

Leia mais

IX REUNIÃO DOS MINISTROS DO TURISMO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Declaração de Foz do Iguaçu

IX REUNIÃO DOS MINISTROS DO TURISMO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Declaração de Foz do Iguaçu IX REUNIÃO DOS MINISTROS DO TURISMO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Foz do Iguaçu, 29 de junho de 2017 Declaração de Foz do Iguaçu Os Ministros do Turismo da Comunidade de Países de Língua

Leia mais

Renato Alencar Porto Brasília 23, de junho, de 2016

Renato Alencar Porto Brasília 23, de junho, de 2016 Desafios e Estratégias adotadas pela ANVISA para promover a convergência regulatória internacional e facilitar a inserção de produtos brasileiros em mercados de interesse. Renato Alencar Porto Brasília

Leia mais

Programa de doação de licenças ESET América Latina SRL. Protegendo laços. - Regras e Condições -

Programa de doação de licenças ESET América Latina SRL. Protegendo laços. - Regras e Condições - Programa de doação de licenças ESET América Latina SRL Construindo uma comunidade segura Protegendo laços - Regras e Condições - Protegendo laços. Construindo uma comunidade segura (doravante Protegendo

Leia mais

R E M J A VIII. 24, 25 e 26 de fevereiro de 2010

R E M J A VIII. 24, 25 e 26 de fevereiro de 2010 R E M J A VIII Brasília, Brasil 24, 25 e 26 de fevereiro de 2010 Antecedentes da Rede Institucionalização da Rede Composição da Rede Progressos desde a REMJA VII Novos Avanços Propósito: aumentar e melhorar

Leia mais

Campanha Nacional de Redução de Riscos de Desastres Biênio

Campanha Nacional de Redução de Riscos de Desastres Biênio A possui como principal objetivo a redução de desastres e tem consciência conte com profissionais capacitados e atualizados em suas áreas, assim Palavras-chave: desastres,, riscos Introdução Embora seja

Leia mais

Relatório e Contas da AIA-CTS 2014 e 2015

Relatório e Contas da AIA-CTS 2014 e 2015 Relatório e Contas da AIA-CTS 2014 e 2015 I. Relatório de Atividades A Associação Ibero-Americana CTS na Educação em Ciência (AIA-CTS) é uma associação científica de direito privado, sem fins lucrativos

Leia mais

XV CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE EDUCAÇÃO DECLARAÇÃO DE TOLEDO

XV CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE EDUCAÇÃO DECLARAÇÃO DE TOLEDO XV CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE EDUCAÇÃO DECLARAÇÃO DE TOLEDO Toledo, Espanha, 12 e 13 de julho de 2005 As Ministras e os Ministros de Educação da Ibero-América, reunidos na XV Conferência Ibero-americana

Leia mais

Saúde e Crescimento Econômico na América Latina

Saúde e Crescimento Econômico na América Latina Saúde e Crescimento Econômico na América Latina Associações com o Informe sobre Investimento em Saúde e Crescimento Econômico André Medici - LCSHH Banco Mundial 1 2 Sumário Saúde e crescimento da economia

Leia mais

Competitividade na indústria brasileira e momento econômico. Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI

Competitividade na indústria brasileira e momento econômico. Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI Competitividade na indústria brasileira e momento econômico Ricardo L. C. Amorim Especialista em Análise Econômica da ABDI Julho/2016 Evolução do PIB a preços de mercado (em US$ correntes) Fonte: World

Leia mais

Prevenção e assistência na preparação frente a emergências potenciais

Prevenção e assistência na preparação frente a emergências potenciais Prevenção e assistência na preparação frente a emergências potenciais Parte das iniciativas comunitárias do Comando Sul dos EUA (SOUTHCOM) com nações parceiras das Américas do Sul e Central e o Caribe

Leia mais

AS PPP EM INFRAESTRUTURA NA ALC, RESUMO DE UMA DÉCADA

AS PPP EM INFRAESTRUTURA NA ALC, RESUMO DE UMA DÉCADA AS PPP EM INFRAESTRUTURA NA ALC, 2006 2015 RESUMO DE UMA DÉCADA NICARÁGUA $1.400 milhões 8 projetos 1,48% PIB HONDURAS $3.050 milhões 19 projetos 1,87% PIB JAMAICA $1.400 milhões 6 projetos 1,01% PIB MÉXICO

Leia mais

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil capacita militares e civis

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil capacita militares e civis Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil capacita militares e civis O Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil, com sede no Rio de Janeiro, prepara nacionais e estrangeiros para as missões da

Leia mais

MAYORS CHALLENGE 2016 América Latina e Caribe

MAYORS CHALLENGE 2016 América Latina e Caribe MAYORS CHALLENGE 2016 América Latina e Caribe Uma competição para cidades da América Latina e do Caribe que visa gerar novas ideias de impacto que resolvam desafios urbanos e melhorem a vida nas cidades

Leia mais

Leituras Preliminares: um ponto de partida CONFERÊNCIA MUNDIAL CONTRA O RACISMO, A DISCRIMINAÇÃO RACIAL, A XENOFOBIA E A INTOLERÂNCIA CORRELATA

Leituras Preliminares: um ponto de partida CONFERÊNCIA MUNDIAL CONTRA O RACISMO, A DISCRIMINAÇÃO RACIAL, A XENOFOBIA E A INTOLERÂNCIA CORRELATA Leituras Preliminares: um ponto de partida CONFERÊNCIA MUNDIAL CONTRA O RACISMO, A DISCRIMINAÇÃO RACIAL, A XENOFOBIA E A INTOLERÂNCIA CORRELATA FUNDAÇÃO FORD IIDH Instituto Interamericano de Direitos Humanos

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CEED - CDS 2013 ESTUDOS E PESQUISAS ÁREA 1: POLÍTICA DE DEFESA ATIVIDADES CRONOGRAMA PRODUTOS DATAS

PLANO DE TRABALHO CEED - CDS 2013 ESTUDOS E PESQUISAS ÁREA 1: POLÍTICA DE DEFESA ATIVIDADES CRONOGRAMA PRODUTOS DATAS PLANO DE TRABALHO CEED - CDS 2013 O presente Plano de Trabalho está estruturado considerando as atividades e produtos correspondentes a: 1. Áreas de estudo e pesquisa CEED-CDS. 2. Requerimentos específicos

Leia mais

COMITÊ INTERAMERICANO CONTRA O TERRORISMO (CICTE)

COMITÊ INTERAMERICANO CONTRA O TERRORISMO (CICTE) COMITÊ INTERAMERICANO CONTRA O TERRORISMO (CICTE) DÉCIMO QUARTO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES OEA/Ser.L/X.2.14 20 e 21 de fevereiro de 2014 CICTE/INF.6/14 Washington, D.C. 25 fevereiro 2014 Original: espanhol

Leia mais

Tratados de Roma. Comunidade Económica: União Aduaneira - Politica Comercial Externa 6 Estados Membros

Tratados de Roma. Comunidade Económica: União Aduaneira - Politica Comercial Externa 6 Estados Membros Tratados de Roma Comunidade Económica: União Aduaneira - Politica Comercial Externa 6 Estados Membros Aprofundamento e Alargamentos sucessivos: Quatro liberdades: bens, serviços, capitais e pessoas (reconhecimento

Leia mais

Prioridades e ações estratégicas para a BVS Brasil

Prioridades e ações estratégicas para a BVS Brasil XV Reunião da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde Rede BVS Brasil Prioridades e ações estratégicas para a BVS Brasil 2014-2016 Belo Horizonte, 17 e 18 novembro 2014 Verônica Abdala abdalave@paho.org

Leia mais

EDITAL - ELAP Prazo máximo de inscrição: 29/04/2016 para partida em julho/2016 ou fevereiro/2017.

EDITAL - ELAP Prazo máximo de inscrição: 29/04/2016 para partida em julho/2016 ou fevereiro/2017. EDITAL - ELAP Prazo máximo de inscrição: 29/04/2016 para partida em julho/2016 ou fevereiro/2017. As instituições canadenses: - São responsáveis por submeter as inscrições em nome dos candidatos que foram

Leia mais

Introdução à comunicação científica em saúde. Bases de dados e índices bibliográficos internacionais e nacionais

Introdução à comunicação científica em saúde. Bases de dados e índices bibliográficos internacionais e nacionais Introdução à comunicação científica em saúde. Bases de dados e índices bibliográficos internacionais e nacionais Seminário eportuguêse Como melhorar o acesso à informação científica e técnica em saúde

Leia mais