Apoio à Participação em Eventos para Discentes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apoio à Participação em Eventos para Discentes"

Transcrição

1 Apoio à Participação em Eventos para Discentes O PPGEdu/UFRGS oferece aos estudantes regularmente matriculados nos Cursos de Mestrado e Doutorado do Programa e vinculados a projeto de pesquisa em desenvolvimento, as seguintes modalidades: - Participação de Alunos ME/DO em Eventos no País - Participação de Alunos DO em Eventos no Exterior PARTICIPAÇÃO DE ALUNOS ME/DO EM EVENTOS NO PAÍS Apoio à participação de alunos em eventos realizados no Brasil, envolvendo apresentação de trabalho completo a ser publicado em anais. Modalidade limitada a um (1) apoio anual por solicitante. Requisitos: a) estar regularmente matriculado no Curso (ME/DO), tanto no momento do envio da solicitação quanto no da liberação do recurso; b) estar vinculado a uma equipe de projeto de pesquisa em andamento, cadastrado no Sistema Pesquisa/UFRGS e informado no Coleta CAPES, sob coordenação de um docente do Programa; c) possuir currículo eletrônico Lattes atualizado; d) anexar carta de aceite do evento contendo: título, autores, afiliação, tipo de participação e apoio (se houver); e) anexar cópia do trabalho completo a ser apresentado no evento; f) apresentar informações sobre modalidade de publicação dos trabalhos apresentados no evento; g) demonstrar ter solicitado auxílio PROPESQ ou demonstrar já ter sido contemplado com auxílio PROPESQ para outro evento no ano corrente. Prazo: Trinta (30) dias antes do início do Evento. Forma de solicitação: 1) preenchimento do formulário disponível na página do Programa; 2) após o preenchimento, o estudante deverá encaminhar à Secretaria do PPGEdu o formulário de solicitação, devidamente preenchido com o parecer e assinatura do orientador, contendo os documentos anexos. Em seu parecer, o professor orientador deverá manifestar-se quanto ao mérito do evento e do trabalho a ser apresentado, em especial sua articulação com o tema de estudo no Curso de Mestrado ou Doutorado.

2 Itens financiáveis: Auxílio-viagem (apoio que se destina a contribuir com despesas oriundas da participação em evento) Observações: 1) É concedido apenas um auxílio por trabalho. Em casos de trabalho em coautoria, o apoio será concedido, preferencialmente, ao primeiro autor; 2) não são concedidos auxílios para eventos realizados na cidade de Porto Alegre e Região Metropolitana; 3) o auxílio concedido é liberado por reembolso, mediante prestação de contas; 4) a concessão de auxílio está condicionada ao total cumprimento dos prazos de defesa estipulados pelo Regimento do Programa; 5) tema do trabalho proposto deverá estar diretamente vinculado ao grupo de pesquisa ou ao tema da dissertação/tese do estudante; 6) o trabalho deverá constar em publicação em anais ou similares decorrente do evento. Verifique abaixo a região de realização do Evento e os valores médios concedidos: Regiões Norte R$ 500,00 Nordeste R$ 500,00 Centro-Oeste R$ 500,00 Sudeste: R$ 600,00 Região Sul (PR e SC) R$400,00 Região Sul (RS) R$ 300,00 Análise: As solicitações encaminhadas ao Programa serão analisadas, quanto ao mérito, pela COMPÓS ou pela Coordenação. Critérios de avaliação: a) análise do currículo Lattes, valorizando-se requerentes que possuem publicações sob a forma de artigos qualificados; b) total cumprimento dos prazos de defesa estipulados pelo Regimento; c) tema do trabalho proposto vinculado ao grupo de pesquisa ou ao tema da dissertação/tese do estudante; d) o trabalho deverá constar em publicação em anais ou similares decorrentes do evento; e) autoria: a prioridade de atendimento é para trabalhos nos quais o solicitante é primeiro autor; f) evento: informações que permitam estabelecer a importância do evento na Área. Diligência:

3 A solicitação retornará em diligência ao solicitante a critério da COMPÓS e/ou da Coordenação. ATENÇÃO: As diligências devem ser satisfatoriamente atendidas até a data que antecede o início do evento, sob pena de cancelamento da solicitação. Acompanhamento: O preenchimento da solicitação, o acompanhamento, o atendimento de diligências (se houver) e a prestação de contas da viagem para liberação do auxílio são de inteira responsabilidade do solicitante. Prestação de contas: Para fins de prestação de contas da viagem e liberação do auxílio, o solicitante deverá encaminhar certificado de apresentação de trabalho fornecido pelo Evento (no qual deve constar o título do trabalho apresentado) e comprovante de passagem aérea ou terrestre. Em casos em que o evento não informa o título do trabalho no certificado, o solicitante deverá encaminhar: a) certificado de participação no evento; b) outros documentos que permitam a comprovação da apresentação. Cópias desses documentos deverão se entregues à Secretaria do PPGEdu em até 30 dias após o término do evento. Liberação do recurso: O auxílio será disponibilizado em até 15 dias após a entrega da documentação comprobatória de participação no evento, diretamente no Banco do Brasil, na conta corrente informada ou através de ordem bancária. Impedimento para a liberação do recurso: Estudantes do PPGEdu que, na data da liberação do recurso, não possuam vínculo ativo com a UFRGS ou que já tenham recebido auxílio do Programa no mesmo ano, não farão jus ao auxílioviagem concedido pelo PPGEdu. Pedido de reconsideração: Em caso de indeferimento da solicitação de auxílio, o estudante poderá solicitar reconsideração da decisão, no prazo de até cinco (5) dias da data de divulgação do resultado. O pedido de reconsideração deverá ser encaminhado por escrito na Secretaria do Programa e deverá estritamente contrapor o motivo do indeferimento, não incluindo fatos novos que não tenham sido objeto de análise de mérito anterior. Cancelamento de solicitação: O estudante poderá, a qualquer momento, requerer o cancelamento de sua solicitação. Cancelamento de auxílio concedido: O PPGEdu se reserva o direito de cancelar o auxílio concedido a estudantes nos casos de: - - não envio de documentação para a prestação de contas, no prazo de 30 dias após o término do evento; - não cumprimento de um dos critérios de avaliação. Restrições: O PPGEdu não concede auxílio financeiro para organização ou participação em cursos, atuação como palestrante, realização de visitas técnicas, missões de trabalho e outros casos que venham a diferir do propósito desta modalidade.

4 PARTICIPAÇÃO DE ALUNOS DE DOUTORADO EM EVENTOS NO EXTERIOR Apoio à participação de alunos de doutorado em eventos realizados no exterior, envolvendo apresentação de trabalho completo a ser publicado em anais. Modalidade limitada a um (1) apoio anual por solicitante. Requisitos: a) estar regularmente matriculado no Curso de Doutorado, tanto no momento do envio da solicitação quanto no da liberação do recurso; b) estar vinculado a uma equipe de projeto de pesquisa em andamento, cadastrado no Sistema Pesquisa/UFRGS e informado no Coleta CAPES, sob coordenação de um docente do Programa; c) possuir currículo eletrônico Lattes atualizado; d) anexar carta de aceite do evento contendo: título, autores, afiliação, tipo de participação e apoio (se houver); e) anexar cópia do trabalho completo a ser apresentado no evento; a) apresentar informações sobre modalidade de publicação dos trabalhos apresentados no evento; b) demonstrar ter solicitado auxílio PROPESQ ou demonstrar já ter sido contemplado com auxílio PROPESQ para outro evento no ano corrente. Prazo: Trinta (30) dias antes do início do Evento. Forma de solicitação: 1) preenchimento do formulário disponível na página do Programa; 2) após o preenchimento, o estudante deverá encaminhar à Secretaria do PPGEdu o formulário de solicitação, devidamente preenchido com o parecer e assinatura do orientador, contendo os documentos anexos. Em seu parecer, o professor orientador deverá manifestar-se quanto ao mérito do evento e do trabalho a ser apresentado, em especial sua articulação com o tema de estudo no Curso de Doutorado. Itens financiáveis: Auxílio-viagem (apoio que se destina a contribuir com despesas oriundas participação em evento) Observações: 1) É concedido apenas um auxílio por trabalho. Em casos de trabalho em coautoria, o apoio será concedido, preferencialmente, ao primeiro autor; 2) o auxílio concedido é liberado por reembolso, mediante prestação de contas. 3) a concessão de auxílio está condicionada ao total cumprimento dos prazos de defesa estipulados pelo Regimento do Programa; 4)tema do trabalho proposto deverá estar diretamente vinculado ao grupo de pesquisa ou ao tema da dissertação/tese do estudante;

5 5) o trabalho deverá constar em publicação em anais ou similares decorrente do evento. Verifique na tabela (Anexo 1) o país de realização do evento e os valores médios concedidos (em reais). Análise: As solicitações encaminhadas ao Programa serão analisadas, quanto ao mérito, pela COMPÓS ou pela Coordenação. Critérios de avaliação: a) total cumprimento dos prazos de defesa estipulados pelo Regimento; b) tema do trabalho proposto vinculado ao grupo de pesquisa ou ao tema da tese do estudante; c) o trabalho deverá constar em publicação em anais ou similares decorrentes do evento; d) autoria: a prioridade de atendimento é para trabalhos nos quais o solicitante é primeiro autor; e) evento: informações que permitam estabelecer a importância do evento na Área. Diligência: A solicitação retornará em diligência ao solicitante a critério da COMPÓS e/ou da Coordenação. ATENÇÃO: As diligências devem ser satisfatoriamente atendidas até a data que antecede o início do evento, sob pena de cancelamento da solicitação. Acompanhamento: O preenchimento da solicitação, o acompanhamento, o atendimento de diligências (se houver) e a prestação de contas da viagem para liberação do auxílio são de inteira responsabilidade do solicitante. Prestação de contas: Para fins de prestação de contas da viagem e liberação do auxílio, o solicitante deverá encaminhar certificado de apresentação de trabalho fornecido pelo Evento (no qual deve constar o título do trabalho apresentado) e comprovante de passagem aérea ou terrestre. Em casos em que o evento não informa o título do trabalho no certificado, o solicitante deverá encaminhar a) certificado de participação no evento; b) outros documentos que permitam a comprovação da apresentação. Cópias desses documentos deverão se entregues à Secretaria do PPGEdu em até 30 dias após o término do evento. Liberação do recurso: O auxílio será disponibilizado em até 15 dias após a entrega da documentação comprobatória de participação no evento, diretamente no Banco do Brasil, na conta corrente informada ou através de ordem bancária. Impedimento para a liberação do recurso:

6 Estudantes do PPGEdu que, na data da liberação do recurso, não possuam vínculo ativo com a UFRGS ou que já tenham recebido auxílio do Programa no mesmo ano, não farão jus ao auxílioviagem concedido pelo PPGEdu. Pedido de reconsideração: Em caso de indeferimento da solicitação de auxílio, o estudante poderá solicitar reconsideração da decisão, no prazo de até cinco (5) dias da data de divulgação do resultado. O pedido de reconsideração deverá ser encaminhado por escrito na Secretaria do Programa e deverá estritamente contrapor o motivo do indeferimento, não incluindo fatos novos que não tenham sido objeto de análise de mérito anterior. Cancelamento de solicitação: O estudante poderá, a qualquer momento, requerer o cancelamento de sua solicitação. Cancelamento de auxílio concedido: O PPGEdu se reserva o direito de cancelar o auxílio concedido a estudantes nos casos de: - não envio de documentação para a prestação de contas, no prazo de 30 dias após o término do evento; - não cumprimento de um dos critérios de avaliação. Restrições: O PPGEdu não concede auxílio financeiro para organização ou participação em cursos, atuação como palestrante, realização de visitas técnicas, missões de trabalho e outros casos que venham a diferir do propósito desta modalidade. ATENÇÃO: A solicitação estará completa e será recebida pela PROPESQ somente após a homologação do orientador.

7 ANEXO 1 RELAÇÃO DE PAÍSES E VALOR MÉDIO DE AUXÍLIO EM REAIS País Valor ALEMANHA 1000,00 ANGOLA 800,00 ARGELIA 1000,00 ARGENTINA 500,00 AUSTRALIA 1000,00 AUSTRIA 1000,00 BELGICA 1000,00 BOLIVIA 800,00 BULGARIA 1000,00 CABO VERDE 800,00 CANADA 1000,00 CHILE 500,00 CHINA 1000,00 COLOMBIA 600,00 COSTA RICA 800,00 CUBA 800,00 DINAMARCA 1000,00 EGITO 1000,00 EL SALVADOR 600,00 EMIRADOS ARABES UNIDOS 1000,00 EQUADOR 600,00 ESCOCIA 1000,00 ESPANHA 1000,00 ESTADOS UNIDOS 1000,00 FRANÇA 1000,00 GRA-BRETANHA 1000,00 GRECIA 1000,00 GUATEMALA 800,00 HOLANDA 1000,00 HONDURAS 800,00 HONG KONG 1000,00 HUNGRIA 1000,00 INDIA 1000,00 IRLANDA0 1000,00 ISRAEL 1000,00 ITALIA 1000,00 JAPAO 1000,00 LUXEMBURGO 1000,00 MEXICO 800,00 MOCAMBIQUE 800,00 MONACO 1000,00 NICARAGUA 800,00 NORUEGA 1000,00 NOVA ZELÂNDIA 1000,00 PARAGUAI 500,00 PERU 600,00 POLÔNIA 1000,00 PORTUGAL 1000,00 REPÚBLICA DA AFRICA DO SUL 1000,00 RUSSIA 1000,00 SUÉCIA 1000,00 SUICA 1000,00 URUGUAI 500,00

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias

EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DO CAPÍTULO 71 DA NCM. Por Principais Países de Destino. Janeiro - Dezembro. Bijuterias Bijuterias Principais Países 2010 2011 2012 2013 2014 US$ mil 2014/ 2013 Estados Unidos 5.667 3.828 2.668 3.491 5.006 43 Colômbia 407 800 748 1.112 993-11 França 1.085 931 910 998 969-3 Argentina 2.112

Leia mais

Campus Porto Alegre PORTARIA Nº. 128, DE 17 DE JUNHO DE 2011.

Campus Porto Alegre PORTARIA Nº. 128, DE 17 DE JUNHO DE 2011. PORTARIA Nº. 128, DE 17 DE JUNHO DE 2011. O Diretor-Geral do IFRS -, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pela Portaria nº 08/2009, R E S O L V E: Art. 1º Regulamentar a concessão de auxílio

Leia mais

Detalhamento do Plano

Detalhamento do Plano Plano Básico de Serviço Local A. Empresa: BLUE TELECOMUNICAÇÕES B. Nome do Plano: Plano Básico de Serviço Local BLUE C. Identificação para a Anatel: Plano Básico de Serviço Local BLUE 01/2015 D. Modalidade

Leia mais

Diretoria de Pesquisa - DPE Coordenação de Pesquisa

Diretoria de Pesquisa - DPE Coordenação de Pesquisa Diretoria de Pesquisa - DPE Coordenação de Pesquisa Capacitação e Qualificação Docente Edital. 01/2016 1. Objetivo Subsidiar a capacitação dos docentes da Unit, visando ao aperfeiçoamento contínuo do corpo

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC nas Ações Afirmativas PIBIC-AF/CNPq 2017/2018

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC nas Ações Afirmativas PIBIC-AF/CNPq 2017/2018 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC nas Ações Afirmativas PIBIC-AF/CNPq 2017/2018 (Resolução Normativa 017/2006-CNPq) A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. PIBIC/CNPq/UFRGS /2018

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. PIBIC/CNPq/UFRGS /2018 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UFRGS - 2017/2018 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ), torna

Leia mais

Tabela ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010

Tabela ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010 Tabela 3.26 - ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010 ALUNOS REGULARES / UNIDADE ALEMANHA - - - - - 1 - - - - 1 - - - - - - - - - 2 ANGOLA - - - - - - - 1-1 -

Leia mais

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica EDITAL

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica EDITAL HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica EDITAL 2016-2017 1. Finalidade O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do Hospital de Clínicas

Leia mais

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação Membros da MIGA Agência Multilateral de Garantia de Investimentos Membro Data de afiliação África do Sul 10 de março de 1994 Albânia 15 de outubro de 1991 Alemanha 12 de abril de 1988 Angola 19 de setembro

Leia mais

DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL

DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL DADOS DAS EXPORTAÇÕES DE MEL EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DE MEL 2009 a 2014 (NCM 04.09.00.00) ANO 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Meses US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor Kg US$ KG Valor

Leia mais

EDITAL 03/2016-PPGEDF PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DE ESTUDO DE DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA

EDITAL 03/2016-PPGEDF PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DE ESTUDO DE DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL 03/206PPGEDF PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DE ESTUDO DE DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓSGRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA O Colegiado do da UFPR, no uso de suas atribuições resolve: a) É vedada a concessão

Leia mais

AVISO DO PRODUTO. Anomalia na pré-carga de inversores CA PowerFlex 753 e 755

AVISO DO PRODUTO. Anomalia na pré-carga de inversores CA PowerFlex 753 e 755 Product Safety Group 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre possível problema com o produto A Rockwell Automation emite um Aviso do

Leia mais

EDITAL N 480, DE 03 DE AGOSTO DE 2016

EDITAL N 480, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 EDITAL N 480, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO DISCENTE EM EVENTOS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO (PIPDE) O Instituto Federal

Leia mais

Seção II. Do Objetivo. Das definições

Seção II. Do Objetivo. Das definições INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/20016//IFPA de 07 DE JANEIRO DE 2016 Esta Instrução Normativa nº 02/2016 do Campus Abaetetuba do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) dispõe sobre

Leia mais

Embaixadas do Brasil no Mundo - Alemanha

Embaixadas do Brasil no Mundo - Alemanha 1. edestinos.com.br 2. Dicas de viagem Última atualização: 30.09.2016 Passagens aéreas Bagagem Check-in e serviço de bordo Como reservar passagens aéreas Saúde durante a viagem FAQ Passageiras grávidas

Leia mais

Edital 02/2015 DIRPPG-SH APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS - RECURSO CAMPUS SANTA HELENA

Edital 02/2015 DIRPPG-SH APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS - RECURSO CAMPUS SANTA HELENA Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Edital 02/2015

Leia mais

Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso

Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso Tratados de Dupla Tributação Documento disponível em: www.ibc-madeira.com Convenções Celebradas por Portugal para Evitar a Dupla Tributação Europa

Leia mais

JUROS E RISCO BRASIL

JUROS E RISCO BRASIL JUROS E RISCO BRASIL META DA TAXA SELIC FONTE: BANCO CENTRAL 13.75% 12.75% 11.25% 10.25% 8.75% 9.50% 10.25% 10.75% 11.25% 12.50% 11.00% 10.50% 9.75% 9.00% 8.50% 8.00% 7.25% 8.50% 9.00% 10.00% 10.50% 11.00%

Leia mais

Universidade Estadual do Paraná Unespar Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PRPPG

Universidade Estadual do Paraná Unespar Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PRPPG Universidade Estadual do Paraná Unespar Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PRPPG EDITAL 05/2016 PRPPG/Unespar Apoio à Participação de Docentes em Eventos Científicos A Pró-Reitoria de Pesquisa e

Leia mais

JUROS E RISCO BRASIL

JUROS E RISCO BRASIL JUROS E RISCO BRASIL META DA TAXA SELIC FONTE: BANCO CENTRAL 11.75% 13.00% 13.75% 12.75% 11.25% 10.25% 8.75% 9.50% 10.25% 10.75% 11.25% 12.50% 11.00% 10.50% 9.75% 9.00% 8.50% 8.00% 7.25% 8.00% 8.50% 9.00%

Leia mais

AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto

AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto Grupo de segurança de produto 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre um possível problema com o produto Cód. cat. 20A, inversor CA PowerFlex

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ÍNDICE AGOSTO 2012 FRANCA 01) População 02) Piso salarial do sapateiro 03) Número de funcionários na indústria de calçados 04) Admissões e demissões do setor calçadista

Leia mais

EDITAL Nº 14/2016 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

EDITAL Nº 14/2016 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS EDITAL Nº 14/2016 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS Este edital dispõe sobre as normas para solicitação, concessão e utilização de auxílio financeiro para participação em eventos extracurriculares,

Leia mais

mensário estatístico - exportação Fevereiro 2011 ALCOOL ETILICO

mensário estatístico - exportação Fevereiro 2011 ALCOOL ETILICO mensário estatístico - ALCOOL ETILICO CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado, reproduzido, distribuído

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS RIO GRANDE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS RIO GRANDE EDITAL 018/2016 - RG IFRS PROGRAMA DE APOIO À APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS EM EVENTOS CIENTÍFICOS NO ÂMBITO DA PESQUISA E INOVAÇÃO 2ª CHAMADA- SERVIDORES EFETIVOS O Diretor Geral do Instituto Federal de Eduação,

Leia mais

COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO

COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO 11/09/12 11/10/12 11/11/12 11/12/12 11/01/13 11/02/13 11/03/13 11/04/13 11/05/13 11/06/13 11/07/13 11/08/13 11/09/13 11/10/13 11/11/13 11/12/13 11/01/14 11/02/14 11/03/14

Leia mais

EDITAL PROPPI Nº 010/ FLUXO CONTÍNUO - Auxílio à Publicação em Periódicos Técnico-científicos

EDITAL PROPPI Nº 010/ FLUXO CONTÍNUO - Auxílio à Publicação em Periódicos Técnico-científicos EDITAL PROPPI Nº 010/2016 - FLUXO CONTÍNUO - Auxílio à Publicação em Periódicos Técnico-científicos O Pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

AVISO DO PRODUTO. Inversores CA PowerFlex 753 e 755 Anomalia de sobreposição de parâmetro com seu padrão

AVISO DO PRODUTO. Inversores CA PowerFlex 753 e 755 Anomalia de sobreposição de parâmetro com seu padrão Product Safety Group 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DO PRODUTO Aviso sobre possível problema com o produto A Rockwell Automation emite um Aviso do

Leia mais

REGULAMENTO DE APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS TÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE

REGULAMENTO DE APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS TÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE REGULAMENTO DE APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS TÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE Art. 1º Este regulamento estabelece critérios e procedimentos referentes à concessão de apoio institucional

Leia mais

Conheça as embaixadas estrangeiras com representações no Brasil:

Conheça as embaixadas estrangeiras com representações no Brasil: Conheça as embaixadas estrangeiras com representações no Brasil: ÁFRICA DO SUL www.africadosulemb.org.br SES - Av. das Nações, quadra 801, lote 6 CEP: 70406-900 Brasília DF Telefone(s): (061) 312-9500

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária

Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária RESOLUÇÃO N. 002/PPGAU/2014, de 24 de outubro de 2014. Dispõe sobre procedimentos relativos à validação de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL Nº 01/2009 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFT, no

Leia mais

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,25%

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,25% mar-08 jul-08 nov-08 mar-09 jul-09 nov-09 mar-10 jul-10 nov-10 mar-11 jul-11 nov-11 mar-12 jul-12 nov-12 mar-13 jul-13 nov-13 mar-14 jul-14 nov-14 mar-15 jul-15 nov-15 META DA TAXA SELIC Cenário básico

Leia mais

S E R V I Ç O P Ú B L I C O F E D E R A L Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP Pró- Reitoria de Pós- Graduação e Pesquisa

S E R V I Ç O P Ú B L I C O F E D E R A L Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP Pró- Reitoria de Pós- Graduação e Pesquisa PROCEDIMENTOS PARA PAGAMENTO DE AUXÍLIO FINANCEIRO DIÁRIO RECURSOS CAPES PROAP Programa de Apoio à Pós- Graduação PNPD Programa Nacional de Pós- Doutorado Em atendimento a Portaria CAPES nº. 132 de 18/08/2016,

Leia mais

RESOLUÇÃO COSUP Nº 02 DE 20 DE MAIO DE 2016

RESOLUÇÃO COSUP Nº 02 DE 20 DE MAIO DE 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA COMISSÃO SUPERIOR DE PESQUISA RESOLUÇÃO COSUP Nº 02 DE 20 DE MAIO DE 2016 Revoga a Resolução COSUP nº 02/2014, e estabelece

Leia mais

mensário estatístico - exportação Janeiro 2011 CAFÉ EM GRÃOS

mensário estatístico - exportação Janeiro 2011 CAFÉ EM GRÃOS mensário estatístico - CAFÉ EM GRÃOS CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado, reproduzido, distribuído

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 006/2014 - PRPGP/UFSM FIPE Sênior Programa de Bolsas de Iniciação Científica ou Auxílio à Pesquisa

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA-PROPIT DIRETORIA DE PESQUISA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA-PROPIT DIRETORIA DE PESQUISA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA-PROPIT DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL 01/2010 PIBIC/UFOPA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3-PPGG/C/UNICENTRO, DE 24 DE AGOSTO DE 2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3-PPGG/C/UNICENTRO, DE 24 DE AGOSTO DE 2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3-PPGG/C/UNICENTRO, DE 24 DE AGOSTO DE 2012. Estabelece critérios para Apresentação de Solicitações de Auxílios Financeiros da para Participação de Docentes e Discentes em Eventos

Leia mais

INTERCAMBISTAS NO RIO GRANDE DO SUL

INTERCAMBISTAS NO RIO GRANDE DO SUL C R E M E R S INTERCAMBISTAS NO RIO GRANDE DO SUL Total de Intercambistas atualmente no RS: 1010 (mil e dez) Informações sobre a localização dos intercambistas, por Delegacias Seccionais: Delegacia Seccional

Leia mais

NORMA PARA PAGAMENTO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ALUNOS PARA PARTICIPAÇÃO E/OU PUBLICAÇÃO EM EVENTOS E TRABALHOS DE CAMPO Universidade Federal de Itajubá

NORMA PARA PAGAMENTO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ALUNOS PARA PARTICIPAÇÃO E/OU PUBLICAÇÃO EM EVENTOS E TRABALHOS DE CAMPO Universidade Federal de Itajubá NORMA PARA PAGAMENTO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ALUNOS PARA PARTICIPAÇÃO E/OU PUBLICAÇÃO EM EVENTOS E TRABALHOS DE CAMPO Universidade Federal de Itajubá Art. 1º- Esta norma estabelece os critérios para o

Leia mais

AVANÇOS EM TECNOLOGIA: - Investimentos crescentes em P&D - Aumento da capacidade não-letal e maior precisão das armas - Custos crescentes dos equipamentos - Automação e robotização - Atuação em rede x

Leia mais

A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional

A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional A necessidade de uma Lei de Responsabilidade Educacional 1 Um diagnóstico da educação pública no Brasil 2 Um diagnóstico da educação pública no Brasil Avanços inquestionáveis: 1. Ampliação da oferta de

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 23/09/11 21/10/11 18/11/11 16/12/11 13/01/12 10/02/12 09/03/12 06/04/12 04/05/12 01/06/12 29/06/12 27/07/12 24/08/12 21/09/12 19/10/12 16/11/12 14/12/12

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA

RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA RELATÓRIO MENSAL - NICC POLO FRANCA ÍNDICE FEVEREIRO 2015 FRANCA Página População...... 2 Piso salarial do sapateiro... 2 Número de funcionários na indústria de calçados...... 2 Admissões e demissões do

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 010/2016 - PRPGP/UFSM FIPE Júnior Programa de Bolsas de Iniciação Científica ou Auxílio à Pesquisa

Leia mais

Modernização na Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas

Modernização na Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas Administração Pública e Saúde Modernização na Secretaria de Estado das Comunidades Ministério dos Negócios Estrangeiros Os casos de estudo Consulado Virtual e Sistema de Localização de Portugueses como

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo EDITAL DE BOLSA DE ESTUDOS - 1º SEMESTRE/2015 A Comissão de Bolsas do Programa de Estudos Pós-Graduados em Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo torna público, por meio do presente edital,

Leia mais

A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS

A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS PROF. DE GEOGRAFIA: BIANCA 1º TRIM - GEOGRAFIA 2016 INTRODUÇÃO Para a formação dos blocos econômicos, os países firmam acordos comerciais, estabelecendo medidas que visam

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA TECNOLOGIA DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA TECNOLOGIA DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO EDITAL DE INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS PARA SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ (IFAP) - XI EDIÇÃO DO CONGRESSO NORTE- NORDESTE

Leia mais

EDITAL N 602, DE 08 DE AGOSTO DE 2016

EDITAL N 602, DE 08 DE AGOSTO DE 2016 EDITAL N 602, DE 08 DE AGOSTO DE 2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO DISCENTE EM EVENTOS DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO (PIPDE) O Instituto Federal

Leia mais

AVISO DE SEGURANÇA DO PRODUTO Aviso sobre possível condição insegura. Chaves de acionamento por cabo GuardMaster Lifeline 4

AVISO DE SEGURANÇA DO PRODUTO Aviso sobre possível condição insegura. Chaves de acionamento por cabo GuardMaster Lifeline 4 Product Safety Group 1201 South Second Street Milwaukee, WI EUA 53204 productsafety@ra.rockwell.com AVISO DE SEGURANÇA DO PRODUTO Aviso sobre possível condição insegura Referência: 2010-05-001 Revisão:

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC EDITAL BOLSAS DE EXTENSÃO E CULTURA 2009

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC EDITAL BOLSAS DE EXTENSÃO E CULTURA 2009 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC EDITAL BOLSAS DE EXTENSÃO E CULTURA 2009 No período de 02 a 16 de fevereiro de 2009, estarão abertas as inscrições para bolsas de Extensão e Cultura, cujos resultados

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS

ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS SUMÁRIO I. DOCENTES p.1 1. Participação em eventos no país p.1 1.1 Da solicitação 1.2 Da prestação de contas 2. Participação

Leia mais

1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE

1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE PROCEDIMENTOS PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO/TESE E DIPLOMAÇÃO STRICTO SENSU 1. PROCESSO DE PREPARAÇÃO PARA DEFESA DE DISSERTAÇÃO OU TESE Aluno: Após integralizar os requisitos necessários para obtenção do

Leia mais

EDITAL CA nº 01/2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/NOVAUNESC

EDITAL CA nº 01/2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/NOVAUNESC EDITAL CA nº 01/2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/NOVAUNESC A Diretoria da Faculdade São Gabriel e as Coordenações de Cursos comunicam aos interessados que estarão abertas

Leia mais

Estatísticas básicas de turismo. Brasil. Brasília, novembro de 2007.

Estatísticas básicas de turismo. Brasil. Brasília, novembro de 2007. Brasil Brasília, novembro de 2007. Índice Páginas I Turismo no mundo 1. Fluxo receptivo internacional 1.1 - Chegadas de turistas no Mundo por Regiões e Sub-regiões - 2002/2006 03 1.2 - Chegada de turistas:

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 14/06/11 12/07/11 09/08/11 06/09/11 04/10/11 01/11/11 29/11/11 27/12/11 24/01/12 21/02/12 20/03/12 17/04/12 15/05/12 12/06/12 10/07/12 07/08/12 04/09/12

Leia mais

Faixa de utilização, por minuto 100 a a a acima de CRITÉRIOS DE TARIFAÇÃO DOS MINUTOS

Faixa de utilização, por minuto 100 a a a acima de CRITÉRIOS DE TARIFAÇÃO DOS MINUTOS Adesão Mensalidade ANEXO I PLANO ALTERNATIVO DE LONGA DISTÂNCIA INTERNACIONAL MEUS PAÍSES Isento isento Utilização Valores Autorizados Valores praticados GRUPO DE TARIFAÇÃO GRUPO DE PAÍSES Qualquer dia

Leia mais

MANUAL DO PÓS-GRADUANDO DO PROGRAMA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

MANUAL DO PÓS-GRADUANDO DO PROGRAMA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DO PÓS-GRADUANDO DO PROGRAMA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO ORIENTADOR A definição de orientador durante o processo seletivo é feita em função da afinidade de tema de pesquisa entre orientador e orientando,

Leia mais

Estatística e Probabilidades

Estatística e Probabilidades Estatística e Probabilidades Nesse resumo vamos mostrar como a análise crítica de séries estatísticas podem contribuir para uma compreensão mais precisa da realidade. Todos os dias ouvimos falar sobre

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ CONSELHOS SUPERIORES

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ CONSELHOS SUPERIORES NORMA PARA PAGAMENTO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A BOLSISTAS DO PNPD (CAPES) E DOCENTES PESQUISADORES PARA PARTICIPAÇÃO EM ATIVIDADES ACADÊMICAS OU CIENTÍFICAS Art. 1º - Esta norma estabelece os critérios para

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Campus Diadema-Departamento de Ciências Biológicas

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Campus Diadema-Departamento de Ciências Biológicas Regulamento das Atividades Acadêmico-Científico e Culturais Normatização Regulamenta as atividades acadêmico-científicoculturais do Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas, UNIFESP, Diadema. Art. 1º.

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO - CAPES

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO - CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO Normas e Critérios para Concessão de Bolsas por quota - CAPES e CNPq 2014/2015 (* Alterações aprovadas em reunião do Conselho do Programa realizada no dia 22 de agosto

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTIFICA JUNIOR BIC/JR EDITAL N. 09/2010 FAPEMA O

Leia mais

PLC 116/10. Eduardo Levy

PLC 116/10. Eduardo Levy PLC 116/10 Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania Comissão de Assuntos Econômicos Comissão de Educação, Cultura

Leia mais

EDITAL AUXÍLIO PUBLICAÇÃO & EDITORAÇÃO 2013 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA NA UFF

EDITAL AUXÍLIO PUBLICAÇÃO & EDITORAÇÃO 2013 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA NA UFF EDITAL AUXÍLIO PUBLICAÇÃO & EDITORAÇÃO 2013 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA NA UFF Os produtos de publicação científica (artigos, livros e capítulos de livros) são o resultado de um processo que exige uma

Leia mais

O PARANÁ FALA INGLÊS EDITAL No. 001/2017 EDITAL PARA SELEÇAO DE BOLSISTAS

O PARANÁ FALA INGLÊS EDITAL No. 001/2017 EDITAL PARA SELEÇAO DE BOLSISTAS O PARANÁ FALA INGLÊS EDITAL No. 001/2017 EDITAL PARA SELEÇAO DE BOLSISTAS O Coordenadora Institucional do Programa O Paraná Fala Inglês, da Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO, no uso de

Leia mais

O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições, RESOLVE: TITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições, RESOLVE: TITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS wuerj ATO EXECUTIVO DE DECISÃO ADMINISTRATIVA CODIFICAÇÃO DATA FOLHA AEDA -006 /REITORIA/10 01/02/10 01 MODIFICA O DISPOSTO NO AE 04/REITORIA/1995, QUE DISPÕE SOBRE A REGULAMENTAÇÃO DA CONCESSÃO DE AUXÍLIO

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. EDITAL PRPPG N.º 012/2014 (PBIP-DA UFPel)

Universidade Federal de Pelotas Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. EDITAL PRPPG N.º 012/2014 (PBIP-DA UFPel) Universidade Federal de Pelotas Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação EDITAL PRPPG N.º 012/2014 (PBIP-DA UFPel) A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas torna público

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 003 DE 26 DE MARÇO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 003 DE 26 DE MARÇO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CONSELHO DO CAMPUS DE SALVADOR RESOLUÇÃO Nº 003 DE 26 DE MARÇO DE 2015

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais Aplicadas EDITAL Nº 002/2016 Convocação de discentes para escolha de bolsistas do Programa de Pós- Graduação Stricto

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017 O Programa de Pós-Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO. Escola Politécnica de Pernambuco

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO. Escola Politécnica de Pernambuco Outubro/2005 Índice: Disposições Gerais; Anexos. Aos Sr s chefes dos departamentos: DCA, DEB, DEC, DEM, DEE e DSC. Autue e registre-se, publique-se e cumpra-se. RESOLUÇÃO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL DA POLI

Leia mais

RESOLUÇÃO* Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO

RESOLUÇÃO* Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE LETRAS E LINGUÍSTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO Av. João Naves de Ávila, 2121 Campus Sta. Mônica, Bl.G

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA NUTRIÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA 2014

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA NUTRIÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA 2014 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA NUTRIÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA 2014 NORMAS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS - CAPES/CNPq Todos os pedidos de concessão de bolsas

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina DIVISÃO CENTRAL DE MARISTELA CRISTINA MARTINS

Universidade Estadual de Londrina DIVISÃO CENTRAL DE MARISTELA CRISTINA MARTINS DIVISÃO CENTRAL DE ESTÁGIOS E INTERCÂMBIOS MARISTELA CRISTINA MARTINS Estágios ESTÁGIO CURRICULAR LEI N 11.788 DE 25 DE SETEMBRO DE 2008 ESTÁGIO NA UEL DIREITO DO ESTAGIÁRIO ASSINATURA DO TERMO DE COMPROMISSO

Leia mais

EDITAL 03/2016 PROPPIT/UFOPA

EDITAL 03/2016 PROPPIT/UFOPA EDITAL 03/2016 PROPPIT/UFOPA PROGRAMA DE INCENTIVO À PUBLICAÇÃO QUALIFICADA DISCENTE (PQD) 1. APRESENTAÇÃO A Universidade Federal do Oeste do Pará UFOPA, por meio da Diretoria de Pesquisa, da Pró-Reitoria

Leia mais

- Leilão 26 Fevereiro 2013 v1.1 1

- Leilão 26 Fevereiro 2013 v1.1 1 132960000 Lote 1A - Quadro com nota de 500 euros 24k gold 132940001 Lote 1 - Lote de 3 notas do Banco de Angola, nota de Mil Escudos de 1973 Luiz de Camões, nota de Mil Escudos de 1972 Marechal Carmona

Leia mais

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS TAXA DE JUROS DO TÍTULO DE 10 ANOS DO TESOURO AMERICANO 2006-2013. Fonte: Bloomberg ESTADOS UNIDOS: TAXAS DE JUROS DE 10 ANOS (% a.a.) 03/04/14

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 87/XI

PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 87/XI PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 87/XI Fixa a composição, distribuição e elenco dos Grupos Parlamentares de Amizade na XI Legislatura e procede à primeira alteração à Resolução da Assembleia da República n.º 6/2003,

Leia mais

Portas Automáticas. Resistentes ao Fogo

Portas Automáticas. Resistentes ao Fogo Portas Automáticas Resistentes ao Fogo 1 Criada em 1966, a Manusa é uma empresa líder no mercado das portas automáticas graças ao desenvolvimento de uma tecnologia própria e a uma equipa de profissionais

Leia mais

EDITAL 01/2016 Homologado pelo Conselho de Bolsas e Taxas do Programa de Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental em 30 de Setembro de 2016

EDITAL 01/2016 Homologado pelo Conselho de Bolsas e Taxas do Programa de Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental em 30 de Setembro de 2016 EDITAL 01/2016 Homologado pelo Conselho de Bolsas e Taxas do Programa de Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental em 30 de Setembro de 2016 Programa CAPES/Universidade do Sagrado Coração Seleção de Bolsistas

Leia mais

EDITAL DE BOLSAS DE PRÉ-INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (PIBIC-EM) 2016/2017

EDITAL DE BOLSAS DE PRÉ-INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (PIBIC-EM) 2016/2017 EDITAL PIBIC-EM USP 2016/2017 A Pró-Reitoria de Pesquisa e o Comitê Institucional do Programa de Iniciação Científica e de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Universidade de São Paulo,

Leia mais

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES

JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS, MOEDAS E COMMODITIES JUROS 21/02/14 14/03/14 04/04/14 25/04/14 16/05/14 06/06/14 27/06/14 18/07/14 08/08/14 29/08/14 19/09/14 10/10/14 31/10/14 21/11/14 12/12/14 02/01/15

Leia mais

MANUAL PARA DEPÓSITO E DEFESA DA DISSERTAÇÃO 1

MANUAL PARA DEPÓSITO E DEFESA DA DISSERTAÇÃO 1 MANUAL PARA DEPÓSITO E DEFESA DA DISSERTAÇÃO 1 INSTRUÇÕES PARA DEPÓSITO A data limite para depósito da dissertação deve ser observada na Ficha do Aluno. Para formatar sua dissertação, os alunos devem observar

Leia mais

EDITAL 14 /2016 PIBIC ENSINO MÉDIO / CNPq

EDITAL 14 /2016 PIBIC ENSINO MÉDIO / CNPq EDITAL 14 /2016 PIBIC ENSINO MÉDIO / CNPq A e a Coordenação Executiva do PIBIC/ ENSINO MÉDIO tornam público o presente Edital de abertura de inscrições, visando à seleção de bolsistas para o PROGRAMA INSTITUCIONAL

Leia mais

Programa Nota CAPES COTA

Programa Nota CAPES COTA PROGRAMA DE BOLSAS FAPESB - COTAS INSTITUCIONAIS MESTRADO PROFISSIONAL, MESTRADO E DOUTORADO 1. INTRODUÇÃO Com o objetivo de apoiar a formação científica através da concessão de bolsas de Doutorado, Mestrado

Leia mais

EDITAL PROPAAE 008/2015

EDITAL PROPAAE 008/2015 EDITAL PROPAAE 008/2015 APOIO À APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A PROPAAE, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital 08/2015 e convida discentes vinculados a

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL Março/2014 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Mundial 05. População

Leia mais

Calendarização, por países, da obrigatoriedade da formação contínua para obtenção do CAM/CQM (prazos limite para frequência do primeiro curso)

Calendarização, por países, da obrigatoriedade da formação contínua para obtenção do CAM/CQM (prazos limite para frequência do primeiro curso) Calendarização, por países, da obrigatoriedade da formação contínua para obtenção do CAM/CQM (prazos limite para frequência do primeiro curso) Áustria Bélgica Carta de condução da categoria D: 2015 Carta

Leia mais

Novos Preços e Condições a partir de

Novos Preços e Condições a partir de Novos Preços e Condições a partir de 01.11.2016 Página 1 Tarifários MEO a partir de 1 de novembro de 2016 (pacotes em comercialização): PACOTES COM TELEMÓVEL FIBRA ADSL Página 2 2 SATÉLITE PREÇOS ADICIONAIS

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão EDITAL DE APOIO A PUBLICAÇÃO APUB EDITAL Nº 03/PROP/2013 A Universidade CEUMA, por meio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (PROP), torna público o presente edital e convida docentes

Leia mais

O período de vigência deste edital é 01/04/2012 a 31/03/2013.

O período de vigência deste edital é 01/04/2012 a 31/03/2013. EDITAL 2012 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ), torna público o presente Edital e convoca os interessados a apresentarem propostas nos termos

Leia mais

Validade das bolsas 01 de maio até 31 de dezembro de 2016 Avaliação do bolsista / recursos financeiros 01 de janeiro a 31 de março de 2017

Validade das bolsas 01 de maio até 31 de dezembro de 2016 Avaliação do bolsista / recursos financeiros 01 de janeiro a 31 de março de 2017 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 009/2016 - PRPGP/UFSM Auxílio à pesquisa de recém-doutores ( FIPE Enxoval ) A Pró-Reitoria de

Leia mais

Políticas Públicas Educacionais 02

Políticas Públicas Educacionais 02 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 01/2016 EDITAL DE INSCRIÇÃO E CREDENCIAMENTO DE DOCENTES NO QUADRO

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIÂNIA LTDA FACULDADE PADRÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXILIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIÂNIA LTDA FACULDADE PADRÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXILIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIÂNIA LTDA FACULDADE PADRÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXILIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS O presente regulamento tem por finalidade normatizar o Programa

Leia mais

REGULAMENTO PARA SOLICITAÇÃO DE PASSAGENS E DIÁRIAS

REGULAMENTO PARA SOLICITAÇÃO DE PASSAGENS E DIÁRIAS Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Camaçari Loteamento Espaço Alpha (BA 522) Bairro Limoeiro CEP 42.802-590 Camaçari-Ba Telefax

Leia mais

Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE) OBJETIVOS

Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE) OBJETIVOS OBJETIVOS Oferecer oportunidades para a atualização de conhecimentos e a incorporação de novos modos ou modelos de gestão da pesquisa por estudantes brasileiros; Ampliar o nível de colaboração e de publicações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL CONJUNTO PROGRAD/PRAE 01/2015, DE 08 DE SETEMBRO DE 2015 A Universidade Federal da Integração

Leia mais