CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA. Taxonomia ou Sistemática: Ciência de organizar, nomear e classificar organismos dentro de um sistema de classificação.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA. Taxonomia ou Sistemática: Ciência de organizar, nomear e classificar organismos dentro de um sistema de classificação."

Transcrição

1 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Taxonomia ou Sistemática: Ciência de organizar, nomear e classificar organismos dentro de um sistema de classificação.

2 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Dois significados básicos: PROCESSO de Classificar ordenar, delimitar, classificar organismos em grupos (DENTRO DE CRITÉRIOS PRÉ-ESTABELECIDOS) PRODUTO - baseado na Similaridade de: Caráter Morfológico Relacionamento Genealógico História da Distribuição do organismo no espaço

3 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Depende da BIOLOGIA COMPARADA: 1) Descrição de organismos 2) A história Filogenética dos organismos 3) A história da Distribuição dos organismos 1 2 3

4 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Fundamental para Ciências Biológicas Procura descrever a diversidade: 1,7 milhões de espécies descritas 10% a 20% do total de espécies existentes

5 Breve Histórico da Taxonomia Aristóteles ( a.c.) 1. Considerado o primeiro taxonomista; 2. Aristóteles é visto como um dos fundadores, da filosofia ocidental. Ἀριστοτέλης Estagira, 384 a.c. Atenas, 322 a.c.)

6 Breve Histórico da Taxonomia Publicado em 1735 Carolus Linnaeus Image: Biodiversity WikimediaHeritage Commons Library

7 Breve Histórico da Taxonomia Publicado em 1753 Carolus Linnaeus Image: Image: Biodiversity Wikimedia Heritage Commons Library

8 Breve Histórico da Taxonomia Linnaeus's sexual system as drawn by G.D. Ehret (1736). Carolus Linnaeus Fundador da Taxonomia Moderna Surgimento da Taxonomia Binomial Image: Wikimedia Commons Specimen of red maple, Acer rubrum, used by Linnaeus.

9 Breve Histórico da Taxonomia Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética Narrativa de viagens pelo Amazonas e o Rio Negro O Arquipélago Malaio Contribuições para a teoria da seleção natural Distribuição geográfica dos animais. Alfred Russel Wallace ( )

10 Breve Histórico da Taxonomia Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética This specimen of the butterfly Asterope sapphira was collected by Henry Walter Bates, the travelling companion of Alfred Russel Wallace, in the Amazon in the 1850s. Alfred Russel Wallace ( ) Wallace's Standard wing Bird of Paradise, Semioptera wallaceii, discovered by Alfred Russel Wallace in South east Asia and named after him.

11 Breve Histórico da Taxonomia Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética Publicado em 1838 Charles Darwin ( )

12 Breve Histórico da Taxonomia Publicado em 1859 Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética Charles Darwin ( )

13 Breve Histórico da Taxonomia Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética Charles Darwin ( ) A visita às Ilhas Galápagos em 1835 ajudou Darwin a formular suas ideias sobre a seleção natural. Ele descobriu diversas espécies de tentilhão adaptado para diferentes nichos ambientais. Os tentilhões também diferem na forma de bico, fonte de alimento, e como o alimento foi capturado.

14 Breve Histórico da Taxonomia Charles Darwin ( )

15 Breve Histórico da Taxonomia Cladística ou Sistemática Filogenética Relação Genealógica Cladogênese Baseada em Hipóteses Willi Hennig ( )

16 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna Microscopia Eletrônica Partículas Virais de um Adenovírus da Gripe Macrófago infectado com bactéria Listeria sp

17 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna Microscopia Eletrônica de Varredura Gigantiops destructor, formiga tropical. Aranha Microscopia Eletrônica de Varredura

18 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna Microscopia Eletrônica de Varredura Visão frontal Pulga - Microscopia Eletrônica de Varredura Visão frontal - Hymenoptera - Microscopia Eletrônica de Varredura

19 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna Microscopia Eletrônica de Varredura Palpo 3 4 Hispostômio 3/3 Hispostômio 4/4 Visão do Hipostômio e Palpos de um carrapato do gênero Amblyomma.

20 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna O código genético e o sequenciamento genético This is an example of a banding pattern produced by gel electrophoresis. These DNA fragments have been exposed to ethidium bromide and then UV light.

21 Breve Histórico da Taxonomia 2 Reinos 3 Reinos 4 Reinos 5 Reinos 6 Reinos 3 Domínios Evolução da Classificação Biológica

22 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Conjunto de regras básicas: 1. Código Zoológico Independente 2. Um TÁXON Somente tem 1 nome correto 3. Código Zoológico (Independente) Nome genérico é Único 4. Nomes científicos Tem origem no Latim e Grego 5. Nome correto ou válido do TÁXON Prioridade 6. Para categoria de Superfamília e para todos os taxa abaixo desta Nomes dos táxons são baseados: espécimes-tipo, espécies-tipo ou gênero-tipo.

23 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Conjunto de regras básicas: Componentes do nome específico: BINOMIO Leishmania braziliensis Epíteto Genérico Epíteto Específico Espécie

24 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Conjunto de regras básicas: Componentes do nome subespecífico: TRINOMIO Homo sapiens sapiens Epíteto Genérico Epíteto Específico Epíteto Subespecífico Espécie Subespécie

25 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Vida Grandes Táxons Representativos Domínio Reino Filo Agrupados conforme e semelhanças e diferenças morfológicas e/ou genéticas Classe Ordem Família Gênero Espécie

26 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Maior Diferença Vida Domínio Reino NOSSO CURSO Filo Classe Ordem Família Gênero Espécie Maior Semelhança

27 Breve Histórico da Taxonomia Categorias hierárquicas reconhecidas pelo I.C.Z.N.: Reino Filo Superclasse Classe Subclasse Coorte Superordem Ordem Subordem Superfamília Familia Subfamilia Tribo Gênero Subgênero Espécie Subespécie

28 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Código de Nomenclatura Zoológica Inglês

29 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Código de Nomenclatura Zoológica Inglês

30 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA TIPIFICAÇÃO Papavero, N. Fundamentos práticos de taxonomia zoológica. Unesp/Fapesp, 287p.,1994. SÉRIE TIPO: HOLÓTIPO: Espécime único onde se baseia a descrição de uma espécie (pode ser macho ou fêmea). PARÁTIPOS: Qualquer espécime da série-tipo após a nomeação do Holótipo. SÍNTIPOS: Na ausência do Holótipo, qualquer espécime da série-tipo é um Síntipo e tem o valor igual na nomenclatura. LECTÓTIPOS: Designação de um Sintipo, na ausência de um holótipo NEÓTIPOS: Determinar um novo holótipo, em casos especiais

31 TIPIFICAÇÃO Amostra

32 TIPIFICAÇÃO Amostra

33 TIPIFICAÇÃO 1 Série-tipo Amostra

34 TIPIFICAÇÃO 2 1 Série-tipo 2 HOLÓTIPO 3 1 Amostra

35 TIPIFICAÇÃO 2 1 Série-tipo 2 HOLÓTIPO 3 3 PARÁTIPO 1 Amostra

36 TIPIFICAÇÃO X2 Perda do Holótipo X 3 1 Amostra

37 TIPIFICAÇÃO X2 X Série-tipo 4 SÍNTIPO Amostra

38 TIPIFICAÇÃO X2 X X Série-tipo 4 SÍNTIPO Amostra

39 TIPIFICAÇÃO X2 1 X X3 X X4 Amostra 1 Série-tipo 4 SÍNTIPO

40 TIPIFICAÇÃO X2 1 X X3 X X4 Amostra 1 Série-tipo 4 SÍNTIPO

41 TIPIFICAÇÃO X2 1 X 5 X3 X X4 1 Série-tipo 5 LECTÓTIPO Amostra

42 COLEÇÃO TAXONÔMICA FONTES DE MATERIAL PARA COLEÇÕES TIPOS DE COLEÇÕES: Coleções Didáticas Coleções de Pesquisa Coleções Regionais Coleções Especiais Coleções de Tipos

43 COLEÇÃO TAXONÔMICA DIDÁTICA Coleção Didática do Laboratório de Zoologia - UFAM Coleção Invertebrados Coleção Vertebrados

44 COLEÇÃO TAXONÔMICA CIENTÍFICA Coleção Científica do Laboratório de Zoologia - UFAM

45 COLEÇÃO TAXONÔMICA CIENTÍFICA Coleção Científica do Laboratório de Zoologia - UFAM

46 COLEÇÃO TAXONÔMICA CIENTÍFICA Coleção Científica do Laboratório de Zoologia - UFAM

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Disciplina: Zoologia dos vertebrados

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Disciplina: Zoologia dos vertebrados UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Disciplina: Zoologia dos vertebrados Diversidade e Classificação dos Vertebrados Professor: Heleno Brandão Dr. em Ciências Biológicas, Área de Concentração: Zoologia

Leia mais

Classificação Zoológica. lagarto cobra crocodilo ave

Classificação Zoológica. lagarto cobra crocodilo ave Classificação Zoológica lagarto cobra crocodilo ave Tópicos da aula Conceito de classificação zoológica Histórico da classificação zoológica Termos Aplicações práticas da classificação zoológica Escolas

Leia mais

Taxonomia e Nomenclatura. Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis

Taxonomia e Nomenclatura. Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis Taxonomia e Nomenclatura Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis Actualmente, as classificações biológicas são ainda influenciadas pelo trabalhos de Aristóteles, mas sobretudo pelos de Lineu, que é

Leia mais

Classificação dos seres vivos. Professor: André Resende de Senna

Classificação dos seres vivos. Professor: André Resende de Senna Classificação dos seres vivos Professor: André Resende de Senna Taxonomia ( taxis = ordem / nomo = lei ) Sistemática ou Classificação Biológica Conceito: É a parte da Biologia que identifica, nomeia e

Leia mais

Aula 5 Sistemática Filogenética no ensino de Zoologia na educação básica

Aula 5 Sistemática Filogenética no ensino de Zoologia na educação básica Aula 5 Sistemática Filogenética no ensino na educação básica Prof.ª Rosana Louro Ferreira Silva 1 Retomando aspectos importantes sobre classificação dos seres vivos Taxonomia - ciência da descoberta, descrição

Leia mais

Aula 4 Sistemática Filogenética no ensino de Zoologia

Aula 4 Sistemática Filogenética no ensino de Zoologia Aula 4 Sistemática Filogenética no ensino Prof.ª Rosana Louro Ferreira Silva 1 Retomando aspectos importantes sobre classificação dos seres vivos Taxonomia - ciência da descoberta, descrição e classificação

Leia mais

Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê?

Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê? Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê? Sistemática Ciência que faz o estudo científico dos seres vivos, das suas relações evolutivas, e desenvolve

Leia mais

Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade

Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA, BOTÂNICA E CONSERVAÇÃO 1. NOÇÕES BÁSICAS DE SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA 2. Índice de Diversidade Filogenética

Leia mais

CassifiCação CladístiCa

CassifiCação CladístiCa CassifiCação CladístiCa ( SiStemática Filogenética ) Prof. Milton Taxonomia Dos Reinos Aristóteles ( 340 Ac ) Vida Animal Vida Vegetal Aérea Terrestre Aquática Carl Linée ( Lineu ) ( 1747 ) Criacionista

Leia mais

Taxonomia e Sistemática

Taxonomia e Sistemática Taxonomia e Sistemática Sistemas de classificação Os sistemas de classificação dos seres vivos podem ser divididos basicamente em: artificial e natural. Sistema artificial baseava-se em apenas um caráter

Leia mais

CATEGORIAS TAXONÔMICAS E REGRAS DE NOMENCLATURA

CATEGORIAS TAXONÔMICAS E REGRAS DE NOMENCLATURA TAXONOMIA Do grego táxon categoria, nomos conhecimento. Classifica e nomeia os seres vivos. Anderson Marques de Souza 2016 OBJETIVOS DA SISTEMÁTICA Descrever a diversidade biológica: *bico grande e oco;

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA. LIVRO DE ZOOLOGIA Capítulo 1 página 7 a 13

CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA. LIVRO DE ZOOLOGIA Capítulo 1 página 7 a 13 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA LIVRO DE ZOOLOGIA Capítulo 1 página 7 a 13 Professora Priscila F Binatto 3ª Série Fev/2013 Quantas espécies existem? Quantas espécies por descobrir? Por que devemos classificar

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Sistemática inventariar, descrever e classificar a biodiversidade, e estabelecer as relações de parentesco entre as espécies. Taxonomia descrição e classificação das espécies.

Leia mais

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução Ancestral comum Primeiras ideias: filósofos da Grécia Clássica Tales de Mileto (Séc. VI a.c.): água como princípio organizador dos seres vivos Xenófanes

Leia mais

Sistemática e biogeografia

Sistemática e biogeografia Sistemática e biogeografia Prof. Dr. Fernando Santiago dos Santos fernandoss@ifsp.edu.br www.fernandosantiago.com.br (13) 8822-5365 Aula 3 Escolas gradista (evolutiva), fenética (numérica) e cladista (filogenética)

Leia mais

Sistemática tica dos seres vivos. Evolução dos sistemas de classificação:

Sistemática tica dos seres vivos. Evolução dos sistemas de classificação: Evolução dos sistemas de classificação: Definição de conceitos: Taxonomia: área da Biologia que trata da classificação, da identificação e da atribuição de nomes aos grupos de seres vivos. Nomenclatura:

Leia mais

ZOOLOGIA. Classificação. Filogenia. Animal

ZOOLOGIA. Classificação. Filogenia. Animal ZOOLOGIA Classificação e Filogenia Animal Diversidade de formas Compreensão da origem do padrão de semelhanças e diferenças Teoria da Evolução Diversidade animal não é ilimitada Diversidade Biológica...

Leia mais

13/03/2016. Prof. Bruno Barboza de Oliveira

13/03/2016. Prof. Bruno Barboza de Oliveira 13/03/2016 INTRODUÇÃO À ECOLOGIA Prof. Bruno Barboza de Oliveira ECOLOGIA??? 1 13/03/2016 ECOLOGIA Do grego: estudo da casa ou do ambiente. Tem como foco de estudo as relações que os SERES VIVOS estabelecem

Leia mais

Prof. Anderson Moreira

Prof. Anderson Moreira Taxonomia e Sistemática Prof. Anderson Moreira Taxonomia e Sistemática Taxonomia (taxis = arranjo, ordem; nomos = lei): ramo da biologia destinada a nomenclatura e descrição dos seres vivos. Sistemática:

Leia mais

3 - Material para consulta: Fonte: USBERCO, João et al. Companhia das Ciências: 7º ano. 1. ed. São Paulo: Saraiva, p. 181

3 - Material para consulta: Fonte: USBERCO, João et al. Companhia das Ciências: 7º ano. 1. ed. São Paulo: Saraiva, p. 181 Aluno (a): Disciplina: Ciências Curso Professor: Marcel Série: 7º ano ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Número: 1 - Conteúdo: - Classificação - Critérios de agrupamentos - Sistema Natural de

Leia mais

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações Evolução A palavra evolução vem do Latim evolvere que significa Desenvolver ou Estender. A Def. usual: progresso, desenvolvimento, melhora. Biologicamente: evolução é a mudança nas propriedades (frequências

Leia mais

Sistemas de Classificação Biológica. Prof. Especialista Felipe de Lima Almeida

Sistemas de Classificação Biológica. Prof. Especialista Felipe de Lima Almeida Sistemas de Classificação Biológica Prof. Especialista Felipe de Lima Almeida Breve história da classificação dos seres vivos Embora se conheçam cerca de 1.250.000 espécies de animais invertebrados, a

Leia mais

Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas. Zoologia de invertebrados I. Classificação biológica

Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas. Zoologia de invertebrados I. Classificação biológica Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas Zoologia de invertebrados I Classificação biológica Prof: Biólogo Luiz A.B. Mello Lula 2º semestre 2011 1. Classificação Classificar = agrupar em classes.

Leia mais

HOMEM E SOCIEDADE. Professor Guilherme Paiva

HOMEM E SOCIEDADE. Professor Guilherme Paiva HOMEM E SOCIEDADE Professor Guilherme Paiva Antropologia Antropologia Antropologia Antropologia 1.1 - Principais visões sobre a origem humana: o evolucionismo e o debate das determinações biológicas versus

Leia mais

O ensino de Ciências Biológicas: novos tempos

O ensino de Ciências Biológicas: novos tempos Teia do Saber - 2005 O ensino de Ciências Biológicas: novos tempos Prof.Dr. Dalton de Souza Amorim Depto. de Biologia - USP/Ribeirão Preto É comum o ensino de qualquer área da Ciência estar atrasado em

Leia mais

Biologia Prof.Marcelo Brito

Biologia Prof.Marcelo Brito Biologia Taxionomia e Sistemática Taxionomia:é a parte da Biologia que estuda a classificação dos seres vivos. Sistemática:é o ramo da Biologia que estuda a biodiversidade ou diversidade biológica,isto

Leia mais

Fichas de Resumos de Conteúdo: Classificação dos seres vivos. Porque classificar? Reino. Filo. Classe. Ordem. Família. Gênero.

Fichas de Resumos de Conteúdo: Classificação dos seres vivos. Porque classificar? Reino. Filo. Classe. Ordem. Família. Gênero. Porque classificar? Desde que começamos a estudar os seres vivos, passamos a enxergá-los como grupos que possuíam alguma característica em comum. Ao longo do tempo, diferentes pensadores e cientistas escolheram

Leia mais

FICHA (IN)FORMATIVA Nº 2 Biologia e Geologia Módulo 5

FICHA (IN)FORMATIVA Nº 2 Biologia e Geologia Módulo 5 FICHA (IN)FORMATIVA Nº 2 Biologia e Geologia Módulo 5 Sistemática dos seres vivos DIVERSIDADE E CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Em qualquer actividade humana, sempre que se tem de lidar com uma grande diversidade

Leia mais

BV BioMA. Biblioteca Virtual em Biodiversidade e Meio Ambiente. Hussam Zaher Museu de Zoologia da USP. São Paulo, janeiro de 2010

BV BioMA. Biblioteca Virtual em Biodiversidade e Meio Ambiente. Hussam Zaher Museu de Zoologia da USP. São Paulo, janeiro de 2010 BV BioMA Biblioteca Virtual em Biodiversidade e Meio Ambiente Hussam Zaher Museu de Zoologia da USP São Paulo, janeiro de 2010 Introdução Crise ambiental levou os analistas a construírem um consenso em

Leia mais

REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA

REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Sistema de Classificação Inicialmente a classificação das espécies o modo de lidar com a diversidade dos organismos, era como se cada espécie fosse colocada num lugar com

Leia mais

Ciências da Natureza

Ciências da Natureza Ministério da Educação e Ciência Exame de Acesso Específico Ciências da Natureza Prova Modelo Grupo I 1. A Figura 1 representa uma secção esquemática do globo terrestre. Figura 1 1.1. Indique o número

Leia mais

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Profº Marcelo Morcegão Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Fixismo Doutrina Filosófica que defende que desde o seu aparecimento as espécies são imutáveis e não sofrem transformações. Aristóteles

Leia mais

Sitemática. Dannubia Bastos

Sitemática. Dannubia Bastos Sitemática aula 01 Dannubia Bastos Sistemática Estuda a biodiversidade Variações existentes entre os seres vivos Objetivos Descrever a biodiversidades em catálogos Batizar com nomes científicos (padronização)

Leia mais

Taxonomia. Profa. Lillian Alvares, Faculdade de Ciência da Informação. Universidade de Brasília

Taxonomia. Profa. Lillian Alvares, Faculdade de Ciência da Informação. Universidade de Brasília Taxonomia Profa. Lillian Alvares, Faculdade de Ciência da Informação. Universidade de Brasília Origem O termo taxonomia tem sua origem no grego Táxis (ordem) Nomos (lei, norma) e...... derivou-se de um

Leia mais

BIODIVERSIDADE E CLASSIFICAÇÃO

BIODIVERSIDADE E CLASSIFICAÇÃO BIODIVERSIDADE E CLASSIFICAÇÃO Professora: Fernanda Quintas M. de Toledo Biodiversidade Conjunto de todas as espécies de seres vivos que vivem numa determinada região O número n de espécies NÃO é fixo:

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS

ACFES MAIORES DE 23 ANOS ACFES MAIORES DE 23 ANOS LCIÊNCIAS DA NATUREZA Prova-modelo Grupo I 1. A Figura 1 representa uma secção esquemática do globo terrestre. Figura 1 1.1. Indique o número de placas litosféricas que é possível

Leia mais

A classificação biológica. Professor: Paulo

A classificação biológica. Professor: Paulo A classificação biológica Professor: Paulo - 2012 Quantas espécies existem? Quantas espécies por descobrir? Taxonomia e Sistemática Ciências que se ocupam da classificação dos seres vivos, formando grupos

Leia mais

Atividade 1 Seres Vivos

Atividade 1 Seres Vivos Atividade 1 Seres Vivos Coletar seres vivos encontrados em casa, na rua ou na escola. Colocar dentro de um pote de vidro fechado. Entregar dia: 31/03/2016 Atividade 2 Classificação dos alunos do 7º Criaremos

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Elizangela (B1), Guilherme (B) e Camilla Silva(B3) Série: º Turmas: 01, 0, 03, 04 e 05 PLANEJAMENTO ANUAL

Leia mais

REDE SALESIANA DE ESCOLAS SALESIANO SÃO JOSÉ LISTA DE EXERCICIOS CIÊNCIAS 8 ANOS PROFESSOR - EMERSON

REDE SALESIANA DE ESCOLAS SALESIANO SÃO JOSÉ LISTA DE EXERCICIOS CIÊNCIAS 8 ANOS PROFESSOR - EMERSON REDE SALESIANA DE ESCOLAS SALESIANO SÃO JOSÉ LISTA DE EXERCICIOS CIÊNCIAS 8 ANOS PROFESSOR - EMERSON 1) "A silicose é uma doença muito comum em trabalhadores que lidam com amianto. Um dos componentes do

Leia mais

EVOLUÇÃO no princípio. pio éramos um...

EVOLUÇÃO no princípio. pio éramos um... EVOLUÇÃO no princípio Como surgiu o universo? E o planeta Terra? Quando apareceu a vida? 4,5 biliões de anos Bola de fogo Muitos vulcões Cinzas Poeiras Tectónica de placas Ano 2009 Planeta Azul: a Terra...

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA Campus de Realeza Turno Noturno 1 a 2 a 01 GCB189 Biologia Celular 02 GEX213 Matemática C 03 GEX341 Química Geral e Orgânica

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camilla Silva (B1), Elizangela

Leia mais

As Teorias Evolutivas. Princípios da Teoria de Lamarck. Fundamentos da Evolução Biológica. Ideias Evolucionistas - Lamarckismo

As Teorias Evolutivas. Princípios da Teoria de Lamarck. Fundamentos da Evolução Biológica. Ideias Evolucionistas - Lamarckismo Fundamentos da Evolução Biológica As Teorias Evolutivas Várias teorias evolutivas surgiram, mas destacam-se se as teorias de Lamarck e de Darwin. O EVOLUCIONISMO, OU TEORIA DA EVOLUÇÃO, É A EXPLICAÇÃO

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camila/ Elisângela / Guilherme Série: º Turmas: 01, 0, 03, 04 e 05 PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 01 1. Classificação e diversidade dos seres vivos.. Vírus

Leia mais

18/09/2009. Os animais diferem uns dos outros em seus modos de subsistência, em suas ações, em seus hábitos e em suas partes (Aristóteles)

18/09/2009. Os animais diferem uns dos outros em seus modos de subsistência, em suas ações, em seus hábitos e em suas partes (Aristóteles) Os animais diferem uns dos outros em seus modos de subsistência, em suas ações, em seus hábitos e em suas partes (Aristóteles) 1 Homologia Relação entre estruturas em indivíduos ou espécies distintos,

Leia mais

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período - 2012 01 - Em uma área de transição entre a mata atlântica e o cerrado, são encontrados o pau-d arco (Tabebuia

Leia mais

Nomenclatura biológica

Nomenclatura biológica Nomenclatura biológica O que é Sistemática? Ciência da diversidade Quais os objetivos da sistemática? Descrever a diversidade existente Formar um sistema geral de referência (que reflita relações evolutivas

Leia mais

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS Professor Fláudio EVIDÊNCIAS DE EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO conjunto de processos que levam a modificações nos seres vivos ao longo do tempo, podendo dar origem a novas espécies Entender

Leia mais

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos Classificação biológica dos seres vivos A evolução contribuiu para o aparecimento de grande variedade

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: CCBS - CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Disciplina: ZOOLOGIA III (VERTEBRADOS I) Núcleo Temático: DIVERSIDADE BIOLÓGICA Código da Disciplina: 020.1378.9

Leia mais

Árvores Filogenéticas. Cladogramas 06/06/2012. Nomenclaturas

Árvores Filogenéticas. Cladogramas 06/06/2012. Nomenclaturas Cladogramas Cladogramas - relações filogenéticas apenas entre os táxons terminais evidenciadas por sinapomorfias (as conexões são artifícios gráficos indicando uma história comum). Nunca inclui indicação

Leia mais

Bioinformática. João Varela Aula T7

Bioinformática. João Varela Aula T7 Bioinformática C U R S O S E M B I O L O G I A, B I O Q U Í M I C A, B I O T E C N O L O G I A, C I Ê N C I A S B I O M É D I C A S E E N G E N H A R I A B I O L Ó G I C A João Varela jvarela@ualg.pt Aula

Leia mais

Sistemática dos seres vivos

Sistemática dos seres vivos Sistemática dos seres vivos O mundo vivo é constituído por uma enorme variedade de organismos. Para estudar e compreender tamanha variedade, idd foi necessário agrupar os organismos de acordo com as suas

Leia mais

ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES. PROJETO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 5º Ano

ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES. PROJETO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 5º Ano ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES ANO LETIVO 2014 / 2015 PROJETO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 5º Ano DOMÍNIO: A TERRA UM PLANETA ESPECIAL Onde existe vida? O que é a Biosfera? 1 Compreender

Leia mais

Módulo 6: ESPECIAÇÃO. Profa. Ângela Dauch

Módulo 6: ESPECIAÇÃO. Profa. Ângela Dauch Módulo 6: ESPECIAÇÃO Profa. Ângela Dauch Ao longo dos tempos novas espécies têm surgido, enquanto outras se têm extinguido. Como se formam as novas espécies? Dois mecanismos fundamentais conduzem à especiação:

Leia mais

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia Atividade extra Questão 1 Na nomenclatura descritiva na Biologia, o maior dos agrupamentos é o domínio. Existem apenas três domínios nos quais toda a diversidade biológica é incluída. Estes domínios são

Leia mais

BIOLOGIA Diversidade e história da vida

BIOLOGIA Diversidade e história da vida Diversidade e história da vida Módulo 13 Página 8 à 16 DIVERSIDADE = número + variedade + distribuição Atualmente: 1,7 milhões de seres vivos descritos Atualmente: 1,7 milhões de seres vivos descritos

Leia mais

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Organismos em seus ambientes Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz da evolução (Theodosius Dobzhansky) O significado da Adaptação É muito comum dizermos

Leia mais

EVOLUÇÃO. Prof. Gilmar Marques

EVOLUÇÃO. Prof. Gilmar Marques EVOLUÇÃO 1 As teorias evolucionistas Nosso planeta apresenta uma imensa variedade de espécies, vivendo nos mais diferentes habitats. A Teoria da evolução tenta explicar como isso torno-se possível. 2 Fixismo

Leia mais

Etnobiologia. Renato R. Hilário Stephen F. Ferrari

Etnobiologia. Renato R. Hilário Stephen F. Ferrari Etnobiologia Renato R. Hilário Stephen F. Ferrari São Cristóvão/SE 2011 Etnobiologia Elaboração de Conteúdo Renato R. Hilário Stephen F. Ferrari Projeto Gráfico Neverton Correia da Silva Nycolas Menezes

Leia mais

Teorias Evolutivas. Acreditava-se que as espécies eram imutáveis. No século XX a evolução passou a ser mais aceita;

Teorias Evolutivas. Acreditava-se que as espécies eram imutáveis. No século XX a evolução passou a ser mais aceita; 1. Surgimento das idéias ias Evolutivas Acreditava-se que as espécies eram imutáveis Fixismo; No século XX a evolução passou a ser mais aceita; Fixismo começou a ser quebrado por Jean Baptiste Lamarck

Leia mais

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014 C O L É G I O L A S A L L E Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Guarani, 2 - Fone (45) 3252-336 - Fax (45) 3379-5822 http://www.lasalle.edu.br/toledo/ DISCIPLINA: PROFESSOR(A): E-MAIL: Ciências

Leia mais

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos. Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo:

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos. Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: 2016-17 / Nº aulas Conteúdos Metas Aulas previstas A importância

Leia mais

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo:

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: 2015-16 Período Conteúdos INTRODUÇÃO Onde existe vida? Primeira

Leia mais

Classificação e Nomenclatura dos Seres Vivos

Classificação e Nomenclatura dos Seres Vivos Classificação e Nomenclatura dos Seres Vivos Por que classificamos? Quando nos deparamos com uma grande variedade de objetos ao nosso redor, temos a tendência de reunir em grupos aqueles que consideramos

Leia mais

PROVA DE CIÊNCIAS 1 o TRIMESTRE DE 2015

PROVA DE CIÊNCIAS 1 o TRIMESTRE DE 2015 PROVA DE CIÊNCIAS 1 o TRIMESTRE DE 2015 PROF. BRUNO NOME Nº 7º ANO A prova deve ser feita com caneta azul ou preta. É terminantemente proibido o uso de corretor. Respostas com corretor serão anuladas.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CAMPUS SOROCABA BACHARELADO EM ENGENHARIA FLORESTAL DESENHO TÉCNICO OBRIGATORIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CAMPUS SOROCABA BACHARELADO EM ENGENHARIA FLORESTAL DESENHO TÉCNICO OBRIGATORIAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CAMPUS SOROCABA BACHARELADO EM ENGENHARIA FLORESTAL Duração: 10 semestres Modalidade: Presencial Turno: Integral - Matutino e Vespertino Vagas: 40 Informações sobre o

Leia mais

Tipo do produto: Plano de aula

Tipo do produto: Plano de aula Edital PIBID n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Aula (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de aula 1 IDENTIFICAÇÃO NOME DO SUBPROJETO: POPULARIZANDO

Leia mais

NOMENCLATURA BIOLÓGICA SISTEMÁTICA - AULA 3

NOMENCLATURA BIOLÓGICA SISTEMÁTICA - AULA 3 NOMENCLATURA BIOLÓGICA SISTEMÁTICA - AULA 3 Encontrar uma espécie nova para a ciência é um sonho para qualquer biólogo... Mas como surge uma nova espécie? 1.º - COLETANDO O MATERIAL É COLETADO e TRIADO

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Disciplina: ZOOLOGIA III (VERTEBRADOS I) Professor(es): Profa Dra Mônica Ponz Louro Código da Disciplina: 020.1378.9

Leia mais

Teorias biogeográficas. Dispersão e Vicariância

Teorias biogeográficas. Dispersão e Vicariância Teorias biogeográficas Dispersão e Vicariância Referências Biogeografia BROWN & LOMOLINO CAP 9 DISPERSÃO CAP10 ENDEMISMO, PROVINCIALISMO E DISJUNÇÃO A distribuição geográfica dos organismos não é estática,

Leia mais

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas TEORIA DA EVOLUÇÃO O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas Histórico Como Darwin explica? Os primeiros a falarem: Antiguidade/Idade

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham entre si um ancestral comum mais recente que aquele

Leia mais

Para nossa conveniência, esta aula mistura as seguintes aulas do nosso material de revisão:

Para nossa conveniência, esta aula mistura as seguintes aulas do nosso material de revisão: Aula Mix Para nossa conveniência, esta aula mistura as seguintes aulas do nosso material de revisão: Sistemática e classificação biológica: caderno 2, pgs 8 a 13; Desenvolvimento dos animais: caderno complementar.

Leia mais

E S T A T Í S T I C A UFC 2ª FASE

E S T A T Í S T I C A UFC 2ª FASE COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE TC DE APROFUNDAMENTO BIOLOGIA - MeD PROFº LÁSARO HENRIQUE ASSUNTO: FILOGENIA EVOLUTIVA E ZOOLOGIA DOS INVERTREBADOS E VERTEBRADOS E S T A T Í S T I C A UFC 2ª FASE CONTEÚDO

Leia mais

Classificação biológica Sistemática Biodiversidade

Classificação biológica Sistemática Biodiversidade Classificação biológica Sistemática Biodiversidade Descrição da diversidade biológica Batismo das espécies Catálogos de características a espécie Organização da diversidade Compreensão dos processos de

Leia mais

Das perspectivas sobre Biodiversidade aos propósitos de a ensinar. Rosalina Gabriel e Ana Moura Arroz

Das perspectivas sobre Biodiversidade aos propósitos de a ensinar. Rosalina Gabriel e Ana Moura Arroz Das perspectivas sobre Biodiversidade aos propósitos de a ensinar Rosalina Gabriel e Ana Moura Arroz Formação Biodiversidade e arte para docentes Centro Cultural, Angra do Heroísmo, 11 de Setembro de 2010

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Grau Conferido: [x] Bacharel [ ] Licenciatura [ ] Tecnólogo Matriz Válida para Ingressos a partir do ano: 2015 Versão da

Leia mais

Exercícios de Teorias Evolutivas

Exercícios de Teorias Evolutivas Exercícios de Teorias Evolutivas 1. (UFMG) Desenvolvida, há 150 anos, por Charles Darwin e Alfred Wallace, a ideia da seleção natural pode ser sustentada por observações científicas atuais. Assinale a

Leia mais

Escolas tradicionais em biogeografia histórica: evolução das metodologias

Escolas tradicionais em biogeografia histórica: evolução das metodologias Escolas tradicionais em biogeografia histórica: evolução das metodologias Biogeografia Estudo dos padrões de distribuição e dos processos que originaram esses padrões Estudo dos padrões de diversidade

Leia mais

Taxonomia e Sistemática Vegetal

Taxonomia e Sistemática Vegetal Taxonomia e Sistemática Vegetal INTRODUÇÃO Taxonomia :ciência da classificação dos organismos Caracteres taxonõmicos: são caracteres utilizados na classificação dos seres vivos. Identificação: é o processo

Leia mais

Sistemas de classificação

Sistemas de classificação Sistemas de classificação A Ciência da classificação!!! Se não conhecerem o nome das coisas, perde-se também o conhecimento da sua existência. (Lineu, Philosophia Botanica) Os animais dividem-se em a)

Leia mais

Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo. Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia

Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo. Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia História do Evolucionismo I A Teoria da evolução é fruto de um conjunto de pesquisas, ainda em desenvolvimento,

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA ANIMAL ESTRUTURA CURRICULAR

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA ANIMAL ESTRUTURA CURRICULAR PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA ANIMAL ESTRUTURA CURRICULAR Curso de Mestrado: DISCIPLINAS/ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS C. H. CRÉDITOS Biologia de Invertebrados 45 3 Biologia de Vertebrados 45 3 Elaboração

Leia mais

PAULO EDUARDO BRANDÃO, PhD DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA E SAÚDE ANIMAL FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNIVERSIDADE

PAULO EDUARDO BRANDÃO, PhD DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA E SAÚDE ANIMAL FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNIVERSIDADE CONCEITOS EM EPIDEMIOLOGIA E FILOGENIA MOLECULARES PAULO EDUARDO BRANDÃO, PhD DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA E SAÚDE ANIMAL FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNIVERSIDADE DE

Leia mais

Código Internacional de Nomenclatura Botânica. Diego Francisco Octavio Eddy Bruno dos Santos Natalia Cerrone Araujo

Código Internacional de Nomenclatura Botânica. Diego Francisco Octavio Eddy Bruno dos Santos Natalia Cerrone Araujo Código Internacional de Nomenclatura Botânica Diego Francisco Octavio Eddy Bruno dos Santos Natalia Cerrone Araujo Introdução O Código Internacional de Nomenclatura Botânica é um sistema simples e preciso

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIENCIAS BIOLOGICAS. CRÉDITOS Obrigatórios: 143 Optativos: 38.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIENCIAS BIOLOGICAS. CRÉDITOS Obrigatórios: 143 Optativos: 38. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:14:04 Curso : CIENCIAS

Leia mais

EVOLUÇÃO. EVOLUÇÃO HUMANA Classificação

EVOLUÇÃO. EVOLUÇÃO HUMANA Classificação EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO HUMANA Classificação REINO : Animalia FILO :Chordata CLASSE : Mammalia ORDEM : Primata FAMÍLIA :Hominidae GÊNERO : Homo ESPÉCIE : Homo sapiens EVOLUÇÃO HUMANA EVOLUÇÃO HUMANA ORDEM PRIMATAS

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 5.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 5.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio da Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio, o aluno deve ser capaz de: Interpretar as características dos

Leia mais

Taxonomia. Alberto Elizabete Ernesto Ivan. Lillian Marcio Patricia Rubens

Taxonomia. Alberto Elizabete Ernesto Ivan. Lillian Marcio Patricia Rubens Alberto Elizabete Ernesto Ivan Lillian Marcio Patricia i Rubens 1 Sumário Introdução Aspectos Metodológicos Exemplos e Aplicações Ferramentas Principais Iniciativas 2 Introdução A criação da teoria de

Leia mais

Tema: Animais Vertebrados e Invertebrados

Tema: Animais Vertebrados e Invertebrados Tema: Animais Vertebrados e Invertebrados Prezado Aluno, Nesta oficina, você desenvolverá atividades que abordam a diversidade de vida dos seres vivos, a diversidade e características físicas dos animais

Leia mais

Ecologia Evolutiva. Iamê Alves Guedes

Ecologia Evolutiva. Iamê Alves Guedes Ecologia Evolutiva Iamê Alves Guedes 1. Discuta as diferentes maneiras como a evidência ecológica pode ser obtida. Como você tentaria responder uma das questões de ecologia não resolvidas: Por que existem

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS TAXONOMIA

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS TAXONOMIA CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS TAXONOMIA CLASSIFICAR Dividir em grupos ou classes que possuam características parecidas. Determinar a classe de alguma coisa dentro de determinado grupo ou conjunto. Ordenar.

Leia mais

Assinale a alternativa que indica a sequência das etapas mais adequada para a resolução da atividade:

Assinale a alternativa que indica a sequência das etapas mais adequada para a resolução da atividade: O advento da teoria da evolução no século XIX permitiu uma compreensão mais clara da origem da diversidade e da ordem subjacente a ela. A partir da metade do século XX, houve uma revolução na sistemática,

Leia mais

Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à tinta.

Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à tinta. Data: /10/14 Bim.: 3º Nome: 9 ANO Nº Disciplina: Biologia Professora: Ângela Valor da Prova / Atividade: 2,0 Nota: Objetivo / Instruções: Lista de Recuperação Não rasure os testes, não use branquinho à

Leia mais

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com Origem da Vida Panspermia cósmica hipercognicion.blogspot.com Conseguiriam sobreviver? Como se formaram? Abiogênese (Geração espontânea) http://slideplayer.com.br/slide/387759/ slideplayer.com.br Antonie

Leia mais

André Fioravante Guerra Filogenia e Taxonomia dos Organismos e Microrganismos Valença, 1ª Edição, 2016, 9p. Disponível em:

André Fioravante Guerra Filogenia e Taxonomia dos Organismos e Microrganismos Valença, 1ª Edição, 2016, 9p. Disponível em: André Fioravante Guerra Filogenia e Taxonomia dos Organismos e Microrganismos Valença, 1ª Edição, 2016, 9p. Disponível em: www.microbiologia-de-alimentos.com çã FILOGENIA SEGUNDO ARISTO TELES, 350 a.c.

Leia mais

Biologia Vegetal. Capt. I - Introdução Maria Amélia Martins-Loução

Biologia Vegetal. Capt. I - Introdução Maria Amélia Martins-Loução Biologia Vegetal Capt. I - Introdução Capítulo I - Introdução As plantas e a biologia vegetal As plantas nos actuais sistemas de classificação A evolução dos sistemas de classificação A teoria da evolução

Leia mais

Reinos COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS?

Reinos COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS? COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS? COMPLEXIDADE CELULAR Ser unicelular: organismo formado por uma única célula. Bactérias e protistas são unicelulares, apesar de muitas vezes formarem colônias - no entanto,

Leia mais