CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA. Taxonomia ou Sistemática: Ciência de organizar, nomear e classificar organismos dentro de um sistema de classificação.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA. Taxonomia ou Sistemática: Ciência de organizar, nomear e classificar organismos dentro de um sistema de classificação."

Transcrição

1 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Taxonomia ou Sistemática: Ciência de organizar, nomear e classificar organismos dentro de um sistema de classificação.

2 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Dois significados básicos: PROCESSO de Classificar ordenar, delimitar, classificar organismos em grupos (DENTRO DE CRITÉRIOS PRÉ-ESTABELECIDOS) PRODUTO - baseado na Similaridade de: Caráter Morfológico Relacionamento Genealógico História da Distribuição do organismo no espaço

3 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Depende da BIOLOGIA COMPARADA: 1) Descrição de organismos 2) A história Filogenética dos organismos 3) A história da Distribuição dos organismos 1 2 3

4 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA Fundamental para Ciências Biológicas Procura descrever a diversidade: 1,7 milhões de espécies descritas 10% a 20% do total de espécies existentes

5 Breve Histórico da Taxonomia Aristóteles ( a.c.) 1. Considerado o primeiro taxonomista; 2. Aristóteles é visto como um dos fundadores, da filosofia ocidental. Ἀριστοτέλης Estagira, 384 a.c. Atenas, 322 a.c.)

6 Breve Histórico da Taxonomia Publicado em 1735 Carolus Linnaeus Image: Biodiversity WikimediaHeritage Commons Library

7 Breve Histórico da Taxonomia Publicado em 1753 Carolus Linnaeus Image: Image: Biodiversity Wikimedia Heritage Commons Library

8 Breve Histórico da Taxonomia Linnaeus's sexual system as drawn by G.D. Ehret (1736). Carolus Linnaeus Fundador da Taxonomia Moderna Surgimento da Taxonomia Binomial Image: Wikimedia Commons Specimen of red maple, Acer rubrum, used by Linnaeus.

9 Breve Histórico da Taxonomia Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética Narrativa de viagens pelo Amazonas e o Rio Negro O Arquipélago Malaio Contribuições para a teoria da seleção natural Distribuição geográfica dos animais. Alfred Russel Wallace ( )

10 Breve Histórico da Taxonomia Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética This specimen of the butterfly Asterope sapphira was collected by Henry Walter Bates, the travelling companion of Alfred Russel Wallace, in the Amazon in the 1850s. Alfred Russel Wallace ( ) Wallace's Standard wing Bird of Paradise, Semioptera wallaceii, discovered by Alfred Russel Wallace in South east Asia and named after him.

11 Breve Histórico da Taxonomia Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética Publicado em 1838 Charles Darwin ( )

12 Breve Histórico da Taxonomia Publicado em 1859 Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética Charles Darwin ( )

13 Breve Histórico da Taxonomia Revolução Darwiniana Homologia de caracteres Relação Filogenética Charles Darwin ( ) A visita às Ilhas Galápagos em 1835 ajudou Darwin a formular suas ideias sobre a seleção natural. Ele descobriu diversas espécies de tentilhão adaptado para diferentes nichos ambientais. Os tentilhões também diferem na forma de bico, fonte de alimento, e como o alimento foi capturado.

14 Breve Histórico da Taxonomia Charles Darwin ( )

15 Breve Histórico da Taxonomia Cladística ou Sistemática Filogenética Relação Genealógica Cladogênese Baseada em Hipóteses Willi Hennig ( )

16 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna Microscopia Eletrônica Partículas Virais de um Adenovírus da Gripe Macrófago infectado com bactéria Listeria sp

17 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna Microscopia Eletrônica de Varredura Gigantiops destructor, formiga tropical. Aranha Microscopia Eletrônica de Varredura

18 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna Microscopia Eletrônica de Varredura Visão frontal Pulga - Microscopia Eletrônica de Varredura Visão frontal - Hymenoptera - Microscopia Eletrônica de Varredura

19 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna Microscopia Eletrônica de Varredura Palpo 3 4 Hispostômio 3/3 Hispostômio 4/4 Visão do Hipostômio e Palpos de um carrapato do gênero Amblyomma.

20 Breve Histórico da Taxonomia Taxonomia Moderna O código genético e o sequenciamento genético This is an example of a banding pattern produced by gel electrophoresis. These DNA fragments have been exposed to ethidium bromide and then UV light.

21 Breve Histórico da Taxonomia 2 Reinos 3 Reinos 4 Reinos 5 Reinos 6 Reinos 3 Domínios Evolução da Classificação Biológica

22 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Conjunto de regras básicas: 1. Código Zoológico Independente 2. Um TÁXON Somente tem 1 nome correto 3. Código Zoológico (Independente) Nome genérico é Único 4. Nomes científicos Tem origem no Latim e Grego 5. Nome correto ou válido do TÁXON Prioridade 6. Para categoria de Superfamília e para todos os taxa abaixo desta Nomes dos táxons são baseados: espécimes-tipo, espécies-tipo ou gênero-tipo.

23 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Conjunto de regras básicas: Componentes do nome específico: BINOMIO Leishmania braziliensis Epíteto Genérico Epíteto Específico Espécie

24 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Conjunto de regras básicas: Componentes do nome subespecífico: TRINOMIO Homo sapiens sapiens Epíteto Genérico Epíteto Específico Epíteto Subespecífico Espécie Subespécie

25 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Vida Grandes Táxons Representativos Domínio Reino Filo Agrupados conforme e semelhanças e diferenças morfológicas e/ou genéticas Classe Ordem Família Gênero Espécie

26 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Maior Diferença Vida Domínio Reino NOSSO CURSO Filo Classe Ordem Família Gênero Espécie Maior Semelhança

27 Breve Histórico da Taxonomia Categorias hierárquicas reconhecidas pelo I.C.Z.N.: Reino Filo Superclasse Classe Subclasse Coorte Superordem Ordem Subordem Superfamília Familia Subfamilia Tribo Gênero Subgênero Espécie Subespécie

28 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Código de Nomenclatura Zoológica Inglês

29 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Código de Nomenclatura Zoológica Inglês

30 NOMENCLATURA ZOOLÓGICA TIPIFICAÇÃO Papavero, N. Fundamentos práticos de taxonomia zoológica. Unesp/Fapesp, 287p.,1994. SÉRIE TIPO: HOLÓTIPO: Espécime único onde se baseia a descrição de uma espécie (pode ser macho ou fêmea). PARÁTIPOS: Qualquer espécime da série-tipo após a nomeação do Holótipo. SÍNTIPOS: Na ausência do Holótipo, qualquer espécime da série-tipo é um Síntipo e tem o valor igual na nomenclatura. LECTÓTIPOS: Designação de um Sintipo, na ausência de um holótipo NEÓTIPOS: Determinar um novo holótipo, em casos especiais

31 TIPIFICAÇÃO Amostra

32 TIPIFICAÇÃO Amostra

33 TIPIFICAÇÃO 1 Série-tipo Amostra

34 TIPIFICAÇÃO 2 1 Série-tipo 2 HOLÓTIPO 3 1 Amostra

35 TIPIFICAÇÃO 2 1 Série-tipo 2 HOLÓTIPO 3 3 PARÁTIPO 1 Amostra

36 TIPIFICAÇÃO X2 Perda do Holótipo X 3 1 Amostra

37 TIPIFICAÇÃO X2 X Série-tipo 4 SÍNTIPO Amostra

38 TIPIFICAÇÃO X2 X X Série-tipo 4 SÍNTIPO Amostra

39 TIPIFICAÇÃO X2 1 X X3 X X4 Amostra 1 Série-tipo 4 SÍNTIPO

40 TIPIFICAÇÃO X2 1 X X3 X X4 Amostra 1 Série-tipo 4 SÍNTIPO

41 TIPIFICAÇÃO X2 1 X 5 X3 X X4 1 Série-tipo 5 LECTÓTIPO Amostra

42 COLEÇÃO TAXONÔMICA FONTES DE MATERIAL PARA COLEÇÕES TIPOS DE COLEÇÕES: Coleções Didáticas Coleções de Pesquisa Coleções Regionais Coleções Especiais Coleções de Tipos

43 COLEÇÃO TAXONÔMICA DIDÁTICA Coleção Didática do Laboratório de Zoologia - UFAM Coleção Invertebrados Coleção Vertebrados

44 COLEÇÃO TAXONÔMICA CIENTÍFICA Coleção Científica do Laboratório de Zoologia - UFAM

45 COLEÇÃO TAXONÔMICA CIENTÍFICA Coleção Científica do Laboratório de Zoologia - UFAM

46 COLEÇÃO TAXONÔMICA CIENTÍFICA Coleção Científica do Laboratório de Zoologia - UFAM

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Disciplina: Zoologia dos vertebrados

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Disciplina: Zoologia dos vertebrados UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Disciplina: Zoologia dos vertebrados Diversidade e Classificação dos Vertebrados Professor: Heleno Brandão Dr. em Ciências Biológicas, Área de Concentração: Zoologia

Leia mais

Taxonomia e Nomenclatura. Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis

Taxonomia e Nomenclatura. Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis Taxonomia e Nomenclatura Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis Actualmente, as classificações biológicas são ainda influenciadas pelo trabalhos de Aristóteles, mas sobretudo pelos de Lineu, que é

Leia mais

Classificação dos seres vivos. Professor: André Resende de Senna

Classificação dos seres vivos. Professor: André Resende de Senna Classificação dos seres vivos Professor: André Resende de Senna Taxonomia ( taxis = ordem / nomo = lei ) Sistemática ou Classificação Biológica Conceito: É a parte da Biologia que identifica, nomeia e

Leia mais

Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê?

Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê? Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê? Sistemática Ciência que faz o estudo científico dos seres vivos, das suas relações evolutivas, e desenvolve

Leia mais

Taxonomia e Sistemática

Taxonomia e Sistemática Taxonomia e Sistemática Sistemas de classificação Os sistemas de classificação dos seres vivos podem ser divididos basicamente em: artificial e natural. Sistema artificial baseava-se em apenas um caráter

Leia mais

Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade

Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA, BOTÂNICA E CONSERVAÇÃO 1. NOÇÕES BÁSICAS DE SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA 2. Índice de Diversidade Filogenética

Leia mais

CassifiCação CladístiCa

CassifiCação CladístiCa CassifiCação CladístiCa ( SiStemática Filogenética ) Prof. Milton Taxonomia Dos Reinos Aristóteles ( 340 Ac ) Vida Animal Vida Vegetal Aérea Terrestre Aquática Carl Linée ( Lineu ) ( 1747 ) Criacionista

Leia mais

Sistemática e biogeografia

Sistemática e biogeografia Sistemática e biogeografia Prof. Dr. Fernando Santiago dos Santos fernandoss@ifsp.edu.br www.fernandosantiago.com.br (13) 8822-5365 Aula 3 Escolas gradista (evolutiva), fenética (numérica) e cladista (filogenética)

Leia mais

ZOOLOGIA. Classificação. Filogenia. Animal

ZOOLOGIA. Classificação. Filogenia. Animal ZOOLOGIA Classificação e Filogenia Animal Diversidade de formas Compreensão da origem do padrão de semelhanças e diferenças Teoria da Evolução Diversidade animal não é ilimitada Diversidade Biológica...

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Sistemática inventariar, descrever e classificar a biodiversidade, e estabelecer as relações de parentesco entre as espécies. Taxonomia descrição e classificação das espécies.

Leia mais

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução Ancestral comum Primeiras ideias: filósofos da Grécia Clássica Tales de Mileto (Séc. VI a.c.): água como princípio organizador dos seres vivos Xenófanes

Leia mais

CATEGORIAS TAXONÔMICAS E REGRAS DE NOMENCLATURA

CATEGORIAS TAXONÔMICAS E REGRAS DE NOMENCLATURA TAXONOMIA Do grego táxon categoria, nomos conhecimento. Classifica e nomeia os seres vivos. Anderson Marques de Souza 2016 OBJETIVOS DA SISTEMÁTICA Descrever a diversidade biológica: *bico grande e oco;

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA. LIVRO DE ZOOLOGIA Capítulo 1 página 7 a 13

CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA. LIVRO DE ZOOLOGIA Capítulo 1 página 7 a 13 CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA LIVRO DE ZOOLOGIA Capítulo 1 página 7 a 13 Professora Priscila F Binatto 3ª Série Fev/2013 Quantas espécies existem? Quantas espécies por descobrir? Por que devemos classificar

Leia mais

3 - Material para consulta: Fonte: USBERCO, João et al. Companhia das Ciências: 7º ano. 1. ed. São Paulo: Saraiva, p. 181

3 - Material para consulta: Fonte: USBERCO, João et al. Companhia das Ciências: 7º ano. 1. ed. São Paulo: Saraiva, p. 181 Aluno (a): Disciplina: Ciências Curso Professor: Marcel Série: 7º ano ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Número: 1 - Conteúdo: - Classificação - Critérios de agrupamentos - Sistema Natural de

Leia mais

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações Evolução A palavra evolução vem do Latim evolvere que significa Desenvolver ou Estender. A Def. usual: progresso, desenvolvimento, melhora. Biologicamente: evolução é a mudança nas propriedades (frequências

Leia mais

HOMEM E SOCIEDADE. Professor Guilherme Paiva

HOMEM E SOCIEDADE. Professor Guilherme Paiva HOMEM E SOCIEDADE Professor Guilherme Paiva Antropologia Antropologia Antropologia Antropologia 1.1 - Principais visões sobre a origem humana: o evolucionismo e o debate das determinações biológicas versus

Leia mais

Ciências da Natureza

Ciências da Natureza Ministério da Educação e Ciência Exame de Acesso Específico Ciências da Natureza Prova Modelo Grupo I 1. A Figura 1 representa uma secção esquemática do globo terrestre. Figura 1 1.1. Indique o número

Leia mais

REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA

REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA REGRAS DE NOMENCLATURA ZOOLÓGICA Sistema de Classificação Inicialmente a classificação das espécies o modo de lidar com a diversidade dos organismos, era como se cada espécie fosse colocada num lugar com

Leia mais

Biologia Prof.Marcelo Brito

Biologia Prof.Marcelo Brito Biologia Taxionomia e Sistemática Taxionomia:é a parte da Biologia que estuda a classificação dos seres vivos. Sistemática:é o ramo da Biologia que estuda a biodiversidade ou diversidade biológica,isto

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS

ACFES MAIORES DE 23 ANOS ACFES MAIORES DE 23 ANOS LCIÊNCIAS DA NATUREZA Prova-modelo Grupo I 1. A Figura 1 representa uma secção esquemática do globo terrestre. Figura 1 1.1. Indique o número de placas litosféricas que é possível

Leia mais

Sitemática. Dannubia Bastos

Sitemática. Dannubia Bastos Sitemática aula 01 Dannubia Bastos Sistemática Estuda a biodiversidade Variações existentes entre os seres vivos Objetivos Descrever a biodiversidades em catálogos Batizar com nomes científicos (padronização)

Leia mais

Árvores Filogenéticas. Cladogramas 06/06/2012. Nomenclaturas

Árvores Filogenéticas. Cladogramas 06/06/2012. Nomenclaturas Cladogramas Cladogramas - relações filogenéticas apenas entre os táxons terminais evidenciadas por sinapomorfias (as conexões são artifícios gráficos indicando uma história comum). Nunca inclui indicação

Leia mais

Taxonomia. Profa. Lillian Alvares, Faculdade de Ciência da Informação. Universidade de Brasília

Taxonomia. Profa. Lillian Alvares, Faculdade de Ciência da Informação. Universidade de Brasília Taxonomia Profa. Lillian Alvares, Faculdade de Ciência da Informação. Universidade de Brasília Origem O termo taxonomia tem sua origem no grego Táxis (ordem) Nomos (lei, norma) e...... derivou-se de um

Leia mais

EVOLUÇÃO no princípio. pio éramos um...

EVOLUÇÃO no princípio. pio éramos um... EVOLUÇÃO no princípio Como surgiu o universo? E o planeta Terra? Quando apareceu a vida? 4,5 biliões de anos Bola de fogo Muitos vulcões Cinzas Poeiras Tectónica de placas Ano 2009 Planeta Azul: a Terra...

Leia mais

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período - 2012 01 - Em uma área de transição entre a mata atlântica e o cerrado, são encontrados o pau-d arco (Tabebuia

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - LICENCIATURA Campus de Realeza Turno Noturno 1 a 2 a 01 GCB189 Biologia Celular 02 GEX213 Matemática C 03 GEX341 Química Geral e Orgânica

Leia mais

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Profº Marcelo Morcegão Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Fixismo Doutrina Filosófica que defende que desde o seu aparecimento as espécies são imutáveis e não sofrem transformações. Aristóteles

Leia mais

REDE SALESIANA DE ESCOLAS SALESIANO SÃO JOSÉ LISTA DE EXERCICIOS CIÊNCIAS 8 ANOS PROFESSOR - EMERSON

REDE SALESIANA DE ESCOLAS SALESIANO SÃO JOSÉ LISTA DE EXERCICIOS CIÊNCIAS 8 ANOS PROFESSOR - EMERSON REDE SALESIANA DE ESCOLAS SALESIANO SÃO JOSÉ LISTA DE EXERCICIOS CIÊNCIAS 8 ANOS PROFESSOR - EMERSON 1) "A silicose é uma doença muito comum em trabalhadores que lidam com amianto. Um dos componentes do

Leia mais

A classificação biológica. Professor: Paulo

A classificação biológica. Professor: Paulo A classificação biológica Professor: Paulo - 2012 Quantas espécies existem? Quantas espécies por descobrir? Taxonomia e Sistemática Ciências que se ocupam da classificação dos seres vivos, formando grupos

Leia mais

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS Professor Fláudio EVIDÊNCIAS DE EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO conjunto de processos que levam a modificações nos seres vivos ao longo do tempo, podendo dar origem a novas espécies Entender

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Elizangela (B1), Guilherme (B) e Camilla Silva(B3) Série: º Turmas: 01, 0, 03, 04 e 05 PLANEJAMENTO ANUAL

Leia mais

Sistemática dos seres vivos

Sistemática dos seres vivos Sistemática dos seres vivos O mundo vivo é constituído por uma enorme variedade de organismos. Para estudar e compreender tamanha variedade, idd foi necessário agrupar os organismos de acordo com as suas

Leia mais

Bioinformática. João Varela Aula T7

Bioinformática. João Varela Aula T7 Bioinformática C U R S O S E M B I O L O G I A, B I O Q U Í M I C A, B I O T E C N O L O G I A, C I Ê N C I A S B I O M É D I C A S E E N G E N H A R I A B I O L Ó G I C A João Varela jvarela@ualg.pt Aula

Leia mais

Atividade 1 Seres Vivos

Atividade 1 Seres Vivos Atividade 1 Seres Vivos Coletar seres vivos encontrados em casa, na rua ou na escola. Colocar dentro de um pote de vidro fechado. Entregar dia: 31/03/2016 Atividade 2 Classificação dos alunos do 7º Criaremos

Leia mais

Etnobiologia. Renato R. Hilário Stephen F. Ferrari

Etnobiologia. Renato R. Hilário Stephen F. Ferrari Etnobiologia Renato R. Hilário Stephen F. Ferrari São Cristóvão/SE 2011 Etnobiologia Elaboração de Conteúdo Renato R. Hilário Stephen F. Ferrari Projeto Gráfico Neverton Correia da Silva Nycolas Menezes

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham entre si um ancestral comum mais recente que aquele

Leia mais

Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo. Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia

Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo. Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia História do Evolucionismo I A Teoria da evolução é fruto de um conjunto de pesquisas, ainda em desenvolvimento,

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camilla Silva (B1), Elizangela

Leia mais

Teorias Evolutivas. Acreditava-se que as espécies eram imutáveis. No século XX a evolução passou a ser mais aceita;

Teorias Evolutivas. Acreditava-se que as espécies eram imutáveis. No século XX a evolução passou a ser mais aceita; 1. Surgimento das idéias ias Evolutivas Acreditava-se que as espécies eram imutáveis Fixismo; No século XX a evolução passou a ser mais aceita; Fixismo começou a ser quebrado por Jean Baptiste Lamarck

Leia mais

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos Classificação biológica dos seres vivos A evolução contribuiu para o aparecimento de grande variedade

Leia mais

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014 C O L É G I O L A S A L L E Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Guarani, 2 - Fone (45) 3252-336 - Fax (45) 3379-5822 http://www.lasalle.edu.br/toledo/ DISCIPLINA: PROFESSOR(A): E-MAIL: Ciências

Leia mais

Classificação e Nomenclatura dos Seres Vivos

Classificação e Nomenclatura dos Seres Vivos Classificação e Nomenclatura dos Seres Vivos Por que classificamos? Quando nos deparamos com uma grande variedade de objetos ao nosso redor, temos a tendência de reunir em grupos aqueles que consideramos

Leia mais

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Organismos em seus ambientes Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz da evolução (Theodosius Dobzhansky) O significado da Adaptação É muito comum dizermos

Leia mais

NOMENCLATURA BIOLÓGICA SISTEMÁTICA - AULA 3

NOMENCLATURA BIOLÓGICA SISTEMÁTICA - AULA 3 NOMENCLATURA BIOLÓGICA SISTEMÁTICA - AULA 3 Encontrar uma espécie nova para a ciência é um sonho para qualquer biólogo... Mas como surge uma nova espécie? 1.º - COLETANDO O MATERIAL É COLETADO e TRIADO

Leia mais

Taxonomia e Sistemática Vegetal

Taxonomia e Sistemática Vegetal Taxonomia e Sistemática Vegetal INTRODUÇÃO Taxonomia :ciência da classificação dos organismos Caracteres taxonõmicos: são caracteres utilizados na classificação dos seres vivos. Identificação: é o processo

Leia mais

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos. Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo:

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos. Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: 2016-17 / Nº aulas Conteúdos Metas Aulas previstas A importância

Leia mais

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo:

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: 2015-16 Período Conteúdos INTRODUÇÃO Onde existe vida? Primeira

Leia mais

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas TEORIA DA EVOLUÇÃO O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas Histórico Como Darwin explica? Os primeiros a falarem: Antiguidade/Idade

Leia mais

Disciplina Evolução Módulo II. Prof. Carolina Voloch. Filogenia

Disciplina Evolução Módulo II. Prof. Carolina Voloch. Filogenia Disciplina Evolução Módulo II Prof. arolina Voloch Filogenia A sistemática é a ciência que une a taxonomia, ou seja, a ciência da classificação dos organismos, com a filogenia, a ciência que traça a história

Leia mais

Unidade: 10 CANOAS - GRADUAÇÃO Curso: 010656 CIENCIAS BIOLOGICAS - BACHARELADO Habilitação: BACHAREL(A) EM CIENCIAS: BIOLOGIA.

Unidade: 10 CANOAS - GRADUAÇÃO Curso: 010656 CIENCIAS BIOLOGICAS - BACHARELADO Habilitação: BACHAREL(A) EM CIENCIAS: BIOLOGIA. PÁGINA 00 / 00 /0/0 : Unidade: 0 CANOAS - GRADUAÇÃO Curso: 00 CIENCIAS BIOLOGICAS - BAARELADO Habilitação: BAAREL(A) EM CIENCIAS: BIOLOGIA Com Renovação Reconhecimento: Portaria Nro - D.O.U. DE //0 Disciplinas

Leia mais

Árvores Filogenéticas

Árvores Filogenéticas Árvores Filogenéticas 1 Introdução todos os fundamentos da biologia moderna estão associados à teoria da evolução de Darwin. de aspectos de anatomia, passando por comportamento e chegando à genética, toda

Leia mais

Código Internacional de Nomenclatura Botânica. Diego Francisco Octavio Eddy Bruno dos Santos Natalia Cerrone Araujo

Código Internacional de Nomenclatura Botânica. Diego Francisco Octavio Eddy Bruno dos Santos Natalia Cerrone Araujo Código Internacional de Nomenclatura Botânica Diego Francisco Octavio Eddy Bruno dos Santos Natalia Cerrone Araujo Introdução O Código Internacional de Nomenclatura Botânica é um sistema simples e preciso

Leia mais

A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859)

A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859) A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859) Fez 6 edições em vida realizando pequenas correções e até abrandou seus argumentos (sofreu

Leia mais

Evolução e etologia. Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. Prof. Mauro Lantzman

Evolução e etologia. Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. Prof. Mauro Lantzman Evolução e etologia Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia Prof. Mauro Lantzman A perigosa idéia de Darwin Darwin demonstrou de maneira conclusiva que, ao contrario da tradição antiga, as

Leia mais

Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano

Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano Os alunos devem ler os capítulos 1, 4, 22 e 23 do livro texto e responder as questões apresentadas a seguir. Todas as questões do questionário já foram corrigidas

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS TAXONOMIA

CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS TAXONOMIA CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS TAXONOMIA CLASSIFICAR Dividir em grupos ou classes que possuam características parecidas. Determinar a classe de alguma coisa dentro de determinado grupo ou conjunto. Ordenar.

Leia mais

Pensamento evolutivo pré-darwiniano. Carlos Guerra Schrago Dep. Genética, IB/UFRJ

Pensamento evolutivo pré-darwiniano. Carlos Guerra Schrago Dep. Genética, IB/UFRJ Pensamento evolutivo pré-darwiniano Carlos Guerra Schrago Dep. Genética, IB/UFRJ Evolução antes de Darwin? Existe pensamento evolutivo antes de A Origem das Espécies? Como estas idéias estão relacionadas

Leia mais

21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO

21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO BIOLOGIA EVOLUÇÃO O que é a evolução? Evolução é o processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas. 1 Evidências da evolução

Leia mais

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA RELEMBRANDO... O que é Ecologia? Biosfera Ecossistema Comunidade População Organismo PENSAMENTO EVOLUTIVO E ECOLÓGICO Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz a evolução

Leia mais

Reinos COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS?

Reinos COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS? COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS? COMPLEXIDADE CELULAR Ser unicelular: organismo formado por uma única célula. Bactérias e protistas são unicelulares, apesar de muitas vezes formarem colônias - no entanto,

Leia mais

Classificação biológica Sistemática Biodiversidade

Classificação biológica Sistemática Biodiversidade Classificação biológica Sistemática Biodiversidade Descrição da diversidade biológica Batismo das espécies Catálogos de características a espécie Organização da diversidade Compreensão dos processos de

Leia mais

Sistemas de classificação

Sistemas de classificação Sistemas de classificação A Ciência da classificação!!! Se não conhecerem o nome das coisas, perde-se também o conhecimento da sua existência. (Lineu, Philosophia Botanica) Os animais dividem-se em a)

Leia mais

TEXTO BASE: PRÉ-HISTÓRIA

TEXTO BASE: PRÉ-HISTÓRIA TEXTO BASE: PRÉ-HISTÓRIA A Pré-História é um termo utilizado para definir o período que compreende desde o surgimento dos primeiros gêneros humanos (por volta de 4 milhões de anos) no leste do continente

Leia mais

POR QUE ESTUDAR MICROBIOLOGIA?

POR QUE ESTUDAR MICROBIOLOGIA? POR QUE ESTUDAR MICROBIOLOGIA? POR QUE ESTUDAR MICROBIOLOGIA? O corpo humano contém normalmente bilhões de microorganismos, quer na pele, debaixo das unhas, na boca, nariz, intestino e em outras cavidades

Leia mais

Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO

Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO Profa. Eleonora Erbesdobler EVOLUÇÃO Processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas.

Leia mais

ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA SISTEMÁTICA

ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA SISTEMÁTICA ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA SISTEMÁTICA Multicelularidade = Novidade evolutiva Diversificação a partir de espécie ancestral = Ramificação da linhagem Para entendermos toda esta diversidade é necessário nomeá-la

Leia mais

Biologia. Inter-relações nos ecossistemas

Biologia. Inter-relações nos ecossistemas Biologia FASCÍCULO 1 Módulo 1 Introdução à Biologia O que é vida? O que é ciência O método científico Experimentos: fazendo ciência O cientista inserido em seu tempo Ciência e ética Módulo 2 Origem da

Leia mais

Vírus. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA

Vírus. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Vírus Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Virologia Virologia. Ramo da Biologia que estuda os vírus e suas propriedades. Vírus é totalmente inerte fora da sua célula hospedeira; Dependem totalmente da

Leia mais

PARTE 1. Microscopia de luz: morfologia bacteriana e fúngica

PARTE 1. Microscopia de luz: morfologia bacteriana e fúngica PARTE 1 Microscopia de luz: morfologia bacteriana e fúngica Capítulo 1 Taxonomia e nomenclatura de microrganismos objetivos Aprender sobre a classificação dos microrganismos. Entender as relações filogenéticas

Leia mais

Tema: Animais Vertebrados e Invertebrados

Tema: Animais Vertebrados e Invertebrados Tema: Animais Vertebrados e Invertebrados Prezado Aluno, Nesta oficina, você desenvolverá atividades que abordam a diversidade de vida dos seres vivos, a diversidade e características físicas dos animais

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º ALUNO(a): Lista de Exercícios P1 4º Bimestre Prova dia 21/10 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia

Leia mais

Eu não tenho fé suficiente para ser um ateu

Eu não tenho fé suficiente para ser um ateu Eu não tenho fé suficiente para ser um ateu Aula 3 Evidências do mundo natural: a origem da vida Wesley R. Silva e José Luiz F. Rodrigues Escola Bíblica de Adultos Agosto Setembro 2014 A hipótese naturalista

Leia mais

COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Disciplina: Biologia

COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Disciplina: Biologia COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA Disciplina: Biologia Professor(a): Mauro Rezende Tavares Data: 06/03/2013 Exercícios Filogenia geral e animal Aluno: Nº Série/Turma: 2 a Série EM Questão 01 - (FUVEST

Leia mais

Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas:

Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas: Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas: Explicações para Biodiversidade: Creacionismo Ato sobrenatural fixismo Geração espontânea Vida matéria bruta Transmutação de Espécies. Uma espécie da origem

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F Ensino Fundamental Ciências da Natureza Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 1. Classificação Hierárquica dos Seres Vivos H36 2. Análise do parentesco Evolutivo H20

Leia mais

LISTA DAS DISCIPLINAS QUE COMPÕEM A GRADE CURRICULAR

LISTA DAS DISCIPLINAS QUE COMPÕEM A GRADE CURRICULAR Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira Instituto de Ciências Exatas e da Natureza Coordenação de Licenciatura em Ciências Biológicas LISTA DAS DISCIPLINAS QUE COMPÕEM A GRADE

Leia mais

Horário de Aulas C. Biológicas (1º Período)

Horário de Aulas C. Biológicas (1º Período) Horário de Aulas C. Biológicas (1º Período) 2011.1 16:00 18:30 BIOL0006 MATEMÁTICA TURMA - BU BIOL0002 - QUÍMICA BIOL0006 MATEMÁTICA BIOL0002 - QUÍMICA BIOL0006 MATEMÁTICA BIOL0002 - QUÍMICA BIOL0006 MATEMÁTICA

Leia mais

Argumentos a favor da Evolução. Dados da embriologia

Argumentos a favor da Evolução. Dados da embriologia Argumentos a favor da Evolução Prof. Ana Rita Rainho Dados da embriologia Quanto mais aparentados são os seres entre si, mais tardiamente surgem as diferenças no desenvolvimento embrionário www.biogeolearning.com

Leia mais

AS FLORES SÃO REALMENTE CONSERVADAS EVOLUTIVAMENTE? ESTUDOS DE HOMOPLASIA DE ÓRGÃOS REPRODUTIVOS E VEGETATIVOS EM ANGIOSPERMAS

AS FLORES SÃO REALMENTE CONSERVADAS EVOLUTIVAMENTE? ESTUDOS DE HOMOPLASIA DE ÓRGÃOS REPRODUTIVOS E VEGETATIVOS EM ANGIOSPERMAS AS FLORES SÃO REALMENTE CONSERVADAS EVOLUTIVAMENTE? ESTUDOS DE HOMOPLASIA DE ÓRGÃOS REPRODUTIVOS E VEGETATIVOS EM ANGIOSPERMAS Janaina Liz Araujo Decarli 1 ; Débora Clivati 2 ; Pedro Luiz Frare Júnior

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação Ciências 7 o ano Unidade 4 5 Unidade 4 Nome: Data: 1. Em 1928, Alexander Fleming isolou a penicilina com base em culturas de fungos do gênero Penicilium. Primeiro antibiótico

Leia mais

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com Origem da Vida Panspermia cósmica hipercognicion.blogspot.com Conseguiriam sobreviver? Como se formaram? Abiogênese (Geração espontânea) http://slideplayer.com.br/slide/387759/ slideplayer.com.br Antonie

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOLOGIA PARA OS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOLOGIA PARA OS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOLOGIA PARA OS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO Os Cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Zoologia são regidos pelo presente

Leia mais

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia Biologia Tema: Everton Amorim 1) Introdução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que vem ocorrendo nos seres vivos desde que surgiram no planeta Terra. o =Fato o Ciência que estuda

Leia mais

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro.

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro. Evolução 1. (UFERSA) Responda esta questão com base no calendário abaixo, que representa a história da Terra, desde o seu surgimento até os dias de hoje, descrita numa escala hipotética de 12 meses. Considerando

Leia mais

CURSO: BIOLOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: BIOLOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: BIOLOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR Métodos de estudo da célula animal e vegetal, composição química e estrutural, estudo da morfologia, funções exercidas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ

CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ ORIGEM DO UNIVERSO, FORMAÇÃO DA VIDA NA TERRA ESTUDANDO FÓSSEIS: O CAMINHO DA EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES 1º semestre de 201 3ª feira, das 13h30 às 17h30 SANTO ANDRÉ

Leia mais

Evolução e Classificação dos seres vivos. Fundamentos

Evolução e Classificação dos seres vivos. Fundamentos Evolução e Classificação dos seres vivos. Fundamentos Quais são as evidências do processo evolutivo? Anatomia comparada O estudo comparado da anatomia de animais e vegetais mostra a existência de um padrão

Leia mais

Argumentos do evolucionismo:

Argumentos do evolucionismo: Argumentos do evolucionismo: 1- Argumentos paleontológicos 2-Argumentos de anatomia comparada 3- Argumentos embriológicos 4- Argumentos bioquímicos 5- Argumentos da citologia 6- Argumentos biogeográficos

Leia mais

Assinale a alternativa que indica a sequência das etapas mais adequada para a resolução da atividade:

Assinale a alternativa que indica a sequência das etapas mais adequada para a resolução da atividade: O advento da teoria da evolução no século XIX permitiu uma compreensão mais clara da origem da diversidade e da ordem subjacente a ela. A partir da metade do século XX, houve uma revolução na sistemática,

Leia mais

INSTITUTO MACHADO DE ASSIS Seriedade, compromisso e competência.

INSTITUTO MACHADO DE ASSIS Seriedade, compromisso e competência. CARGO: PROFESSOR DE ARTES D A B C D A D B B A B B C B B A A B C D CARGO: PROFESSOR DE CIÊNCIAS D A B C D D A A B A C B D C D C C D C B CARGO: PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA D A B C D C B A D D D A D C A

Leia mais

Evolução Biológica - I. Prof. Pablo Paim Biologia

Evolução Biológica - I. Prof. Pablo Paim Biologia Evolução Biológica - I Prof. Pablo Paim Biologia Organismos se adaptam ao ambiente?! O homem veio do macaco?! Organismos mais evoluídos!? Ser evolucionista é ser ateu?! O processo de evolução biológica

Leia mais

22/08/2014. Tema 6: Ciência e Filosofia. Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes. Ciência e Filosofia

22/08/2014. Tema 6: Ciência e Filosofia. Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes. Ciência e Filosofia Tema 6: Ciência e Filosofia Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes Ciência e Filosofia Ciência: vem do latim scientia. Significa sabedoria, conhecimento. Objetivos: Conhecimento sistemático. Tornar o mundo compreensível.

Leia mais

Apresentação INTRODUÇÃO A BOTÂNICA SISTEMÁTICA. Botânica geral 30/03/2014. Anna Frida Hatsue Modro

Apresentação INTRODUÇÃO A BOTÂNICA SISTEMÁTICA. Botânica geral 30/03/2014. Anna Frida Hatsue Modro Apresentação INTRODUÇÃO A BOTÂNICA SISTEMÁTICA Anna Frida Hatsue Modro CARGA HORÁRIA: 60h CRÉDITOS: 03 Ementa Conceitos Categorias Taxonômicas Critérios para classificar os seres vivos Nomenclatura Científica

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Hélio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Hélio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. Ao longo da evolução, as variações e adaptações nos dentes dos mamíferos são numerosas e surpreendentes. A conformação dos dentes sugere o cardápio possível das espécies, sendo correto

Leia mais

Evolução. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais

Evolução. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais Evolução Prof. Fernando Belan - Biologia Mais O pensamento evolucionista Desde o surgimento da revolução cientfca (XVII) as ideias cientfcas entraram em confitos com as religiosas. Nicolau Copérnico derrubou

Leia mais

Centro de Ensino Médio Setor Leste Disciplina: Biologia Professor: João Couto Aluno: Bruce do Souza Melo Turma: 2 N. -Taxonomia-

Centro de Ensino Médio Setor Leste Disciplina: Biologia Professor: João Couto Aluno: Bruce do Souza Melo Turma: 2 N. -Taxonomia- Centro de Ensino Médio Setor Leste Disciplina: Biologia Professor: João Couto Aluno: Bruce do Souza Melo Turma: 2 N -Taxonomia- Taxionomia Os biólogos têm especial interesse pelo estudo dos organismos

Leia mais

Disciplina: Biologia 2º ano/ens. Médio Professora: Geórgia Piton

Disciplina: Biologia 2º ano/ens. Médio Professora: Geórgia Piton Disciplina: Biologia 2º ano/ens. Médio Professora: Geórgia Piton 1ª UNIDADE EIXOS COGNITIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES Compreensão de fenômenos. Domínio de linguagem. Capacidade de argumentação. Elaboração

Leia mais

7ºano 2º período matutino 19 de abril de 2013

7ºano 2º período matutino 19 de abril de 2013 CIÊNCIAS Leia o texto a seguir. Orcas Apesar de terem ganhado o apelido de "baleias assassinas", as orcas na verdade são a maior espécie da família Delphinidae, onde também estão classificados os golfinhos.

Leia mais

36 Classificando os seres vivos

36 Classificando os seres vivos A U A UL LA Classificando os seres vivos Dona Paula chegou do mercado com várias compras. Agora ela precisa guardar o que comprou e você vai ajudá-la. Como acomodar as compras na cozinha de dona Paula?

Leia mais