# $ %&' ( ) # " # % " *! " $ % + (, " $ - & "! "! " $ %&. ' ( ) #! " $ %' & +!

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "# $ %&' ( ) # " # % " *! " $ % + (, " $ - & "! "! " $ %&. ' ( ) #! " $ %' & +!"

Transcrição

1 / ORIGINAL REV. A REV. B REV. C REV. D REV. E REV. F REV. G DATA EXECUÇÃO J.S. J.S. J.S. VERIFICAÇÃO J.S. J.S. J.S. APROVAÇÃO

2 BJETIVO O objetivo desta especificação é descrever o procedimento empregado na execução de serviços de construção e montagem da Rede de Distribuição da POTIGÁS para a seleção do esquema de pintura externa para TUBULAÇÕES em aço carbono, incluindo VÁLVULAS, FLANGES, TÊS, CURVAS e demais ACESSÓRIOS, SUPORTES e ESTRUTURAS METÁLICAS. 2.0 DOCUMENTOS COMPLEMENTARES DA PETROBRAS N Uso da Cor em Instalações Terrestres; N Limpeza de Superfícies de Aço por Ação Físico-Química; N Tratamento de Superfícies de Aço com Ferramentas Manuais; N Tratamento de Superfícies de Aço com Ferramentas Mecânicas; N Limpeza de Superfícies de Aço, com Jato Abrasivo; N Aplicação de Tintas; N Pintura Externa de Tubulaçào em Instalações Terrestres; N Tinta de Acabamento Epoxi; N Tinta Epoxi-Óxido de Ferro; N Inspeção Visual de Superfície de Aço para Pintura; N Tinta de Fundo Epoxi-Óxido de Ferro de Alta Espessura; N Cores: N Tinta de Fundo Alquídica Zarcão; N Tinta de Alumínio Fenólica; N Tinta de Fundo Epoxi-Óxido de Ferro Curada com Poliamida de Dois Componentes; N Tinta de Zinco Etil Silicato; N Areia para Jateamento Determinação de Cloretos; N Determinação de Espessura de Películas Secas de Tintas; N Determinação de Aderência de Películas Secas de Tintas; N Tinta Esmalte Sintético Brilhante; ISO Preparation of Steel Substrates Before Application of Paints and Related Products Visual Assesment of Surface Cleanliness Part 1: Rust Grades and Preparation Grades Uncoated Steel Substtraters and of Steel Substrates After Overal Removal of Previous Coatings. 3.0 CONDIÇÕES AMBIENTAIS Ambiente: Seco ou úmido, contendo ou não gases derivados de enxofre, com ou sem salinidade. Tubulação de processo, sem isolamento térmico. Temperatura de Operação: 30 0 C Usar a Condição 2 (Norma PETROBRAS N-442)

3 7 4.0 CONDIÇÕES GERAIS 4.1 Recomenda-se não pintar os tubos na fábrica. Nos casos em que for necessário o fornecimento com algum tipo de pintura executados na fábrica, esta deve ter o seu procedimento de execução previamente aprovado pelo CONTRATANTE. 4.2 Antes de preparo da superfície a ser pintada fazer inspeção visual, em toda a superfície, segundo a norma PETROBRAS N Identificar os pontos que apresentam vestígios de óleo, graxa ou gordura, o grau de corrosão que se encontra a superfície (A, B, C ou D), de acordo com a norma IS , assim como os pontos em que a pintura, se existente, estiver danificada. 4.3 Em qualquer dos esquemas de pintura previsto nesta norma, submeter a superfície a ser pintada a processo de limpeza por ação fisico-química, segundo a norma PETROBRAS N-5, apenas nas regiões em que, durante a inspeção, constatou-se vestígios de óleo, graxa ou gordura. O procedimento de tratamento de superfície deve ser conforme a TABELA 1. PROCEDIMENTO PARA TRATAMENTO DA SUPERFÍCIE NORMA PETROBRÁS N-442 Condições Específicas 1,2,4,7,8 e10 3 e 5 9 Procedimento para Tratamento da Superfície Tratar com jateamento abrasivo ao metal quase branco conforme norma PETROBRAS N-9 Tratar com jateamento, abrasivo comercial conforme norma PETROBRAS N-9 Tratar com ferramentas mecânicas conforme norma PETROBRAS N-7 Grau de Acabamento (ISO ) As 2 1/2 Sa 2 St Na aplicação dos esquemas de pintura devem ser seguidas as recomendações da norma PETROBRAS N Nos cordões de solda e nos trechos em que a tubulação se apoia nos suportes, a aplicação deve ser obrigatoriamente à tinta, exceto para as tintas a base de Silicato Inorgânico de Zinco. 4.6 As cores das tubulações devem atender à norma PETROBRAS N As tintas deverão ser adquiridas com os respectivos Certificados de Garantia da Qualidade pelo fabricante. 5.0 PREPARO DA SUPERFÍCIE Em qualquer esquema de pintura previstos nesta proposta, submeter a superfície a ser pintada ao processo de limpeza com solventes, segundo a norma PETROBRAS N-5, apenas nas regiões em que durante a inspeção constatou-se vestígios de óleo, graxa ou gordura.

4 Aplicar jateamento abrasivo com areia conforme determinado na TABELA 1 em todas as superfícies a serem pintadas, conforme norma PETROBRAS N-9 de forma a obter um acabamento que corresponda no mínimo a uma das gravuras equivalentes da norma SIS TINTAS Tinta de Fundo Duas demãos de Tinta de Fundo Epóxi-Óxido de Ferro Curada com Poliamina, conforme norma PETROBRAS N-1349, aplicadas por meio de rolo, trincha ou pistola. A espessura mínima da película seca deve ser de 35 µm por demão. O intervalo entre demãos deve ser de, no mínimo, 18 horas e, no máximo, 72 horas Tinta de Acabamento Para tubulações duas demãos na cor indicada no esquema de pintura, aplicadas por meio de trincha, rolo ou pistola convencional, com espessura mínima de película seca de 25 µm por demão. O intervalo entre demãos deve ser de, no mínimo, 24 horas e, no máximo, 72 horas. Para os demais equipamentos, duas demãos de Esmalte Sintético Brilhante, conforme norma PETROBRAS N-2492, na cor indicada no esquema de pintura, aplicadas por meio de trincha, rolo ou pistola convencional, com espessura mínima de película seca de 30 µm por demão. O intervalo entre demãos deve ser de, no mínimo, 24 horas e, no máximo, 72 horas. 7.0 APLICAÇÃO DE TINTAS A aplicação de tintas deve obedecer a ordem estabelecida nas tabelas dos ESQUEMAS DE PINTURA adotado. Os métodos e equipamentos para pintura e os intervalos entre as demãos de tintas deverão obedecer rigorosamente as especificações e recomendações do fabricante das tintas que forem utilizadas na execução dos serviços. 8.0 TESTES Inspeção Visual Realizar inspeção visual com a finalidade de detectar possíveis defeitos e corrigi-los, antes do preparo da superfície Determinação de Cloretos A areia deve ser inspecionada quanto a contaminação com sal; o teor máximo de cloretos é de 40 ppm Medição da Espessura da Película Realizado com ELCOMETER magnético, devidamente aferido e com precisão aceita pela CONTRATANTE. As medidas serão executadas após secagem de cada demão de tinta, a razão de 1 (uma) medição) a cada 100 m2. Será aceitável até 10% de redução da espessura especificada desde que a área medida com esta redução não seja superior a 10% da área total. Caso estas tolerâncias não sejam atendas nas áreas inspecionadas, estas áreas

5 deverão receber demão de tintas adicionais necessárias para que a faixa de aceitação seja cumprida Aderência Realização de ensaios e apreciação de resultados obtidos de acordo com a norma PETROBRAS N Verificação de Tintas Verificar o tipo de tinta, data de validade, preparo, mistura e método, equipamentos e condições de aplicação, dando ênfase especial à segurança do aplicador USO DA COR NAS INSTALAÇÕES 9.1 Para ERP s e ERPM s! "# $ % & ' ( ) ) * +, ) "# - $ % ( ) ) * +, ) "# - $ %.% ( ) ) * +, ) "# - / % ( + 0 ' ( 1 # 2 *! 3 "# ) $ % & 1 # 2 *! 3 "# ) 4 ' # - # / ' ( + " + 6 / 6 7 ' + ' (, ' (, ' ( $, ' ) ) ) ) ) ) * +, ) "# - 5 * * +, ) "# - 5 * * +, ) "# - 5 * Obs.: A válvula de bloqueio manual que dá passagem ou bloqueia o gás para a ERPM, deverá ser pintada, excepcionalmente, na cor vermelho-segurança (código 1547, padrão Munsell 5 R 4/14).

6 9.2 Cerca Tipo A : / ' ', ' * + $ 8 8 ( ' - - * $ 9 : ") + 6 ( ) ) * +, ) "# :" &; - # < 5= > 8, ' * + $ 8 8 ( ' - - * $ 9 : ") + 6 ( ) ) * +, ) "# Cerca Tipo C (ESTAÇÕES COMPACTAS): 8, ' * : ' 8 ( ' - - * + 6 ( ) ) * +, ) "# * TINTA DE FUNDO Epóxi Óxido de Ferro Curada com Poliamina PETROBRAS N-1349

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PINTURA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PINTURA Página 1 de 7 ÍNDICE DE REVISÕES REV. DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS E PARA LICITAÇÃO ORIGINAL REV. A REV. B REV. C REV. D REV. E REV. F REV. G REV. H DATA 01.09.1999 10.07.2000 21.07.2004 09.03.09 05.05.09

Leia mais

DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS

DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA N : ET-810-CGC-007 USUÁRIO: CEGÁS 1 de 7 FOLHA: OBJETO AMPLIAÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL RAMAL DE DISTRIBUIÇÃO PARA ATENDIMENTO A CLIENTES REV. Í N D I C E D E R E

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 154

Norma Técnica SABESP NTS 154 Norma Técnica SABESP NTS 154 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço-carbono ou ferro fundido novos instalados em ambiente não-agressivo Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 154 : 2001

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 157

Norma Técnica SABESP NTS 157 Norma Técnica SABESP NTS 157 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço carbono ou ferro fundido novos em contato direto com esgoto Especificação São Paulo Rev.1 - Outubro - 2001 NTS 157 :

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VÁLVULAS DE BLOQUEIO - REDE DE AÇO CARBONO VÁLVULA ESFERA E TOP-ENTRY NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-6000-6520-200-TME-005 ET-65-200-CPG-005 1 / 5 CONTROLE

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/7 NE-006 PINTURA DE AÇO GALVANIZADO. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/7 NE-006 PINTURA DE AÇO GALVANIZADO. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS Título: NORMA TÉCNICA PINTURA DE AÇO GALVANIZADO Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/7 NE-006 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS 2.1 Das

Leia mais

PINTURA INDUSTRIAL. Revisão: 02 Data Emissão: 19/08/2011 Data Revisão: 15/05/2017 Página: 1 de 8 HISTÓRICO DAS REVISÕES.

PINTURA INDUSTRIAL. Revisão: 02 Data Emissão: 19/08/2011 Data Revisão: 15/05/2017 Página: 1 de 8 HISTÓRICO DAS REVISÕES. Revisão: 02 Data Emissão: 19/08/2011 Data Revisão: 15/05/2017 Página: 1 de 8 Cargo(s) Executante(s) Profissional responsável da CONTRATADA / Engenheiro da COPEM. HISTÓRICO DAS REVISÕES Nº da Revisão 00

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PINTURA NUMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-6000-6520-940-TME-016 ET-65-940-CPG-016 1 / 7 CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS ESTA FOLHA DE CONTROLE INDICA EM

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 158

Norma Técnica SABESP NTS 158 Norma Técnica SABESP NTS 158 Esquema de pintura para equipamentos e materiais metálicos não-ferrosos em contato direto com esgoto Especificação São Paulo Rev. 1 - Outubro - 2001 NTS 158 : 2001 Norma Técnica

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 156

Norma Técnica SABESP NTS 156 Norma Técnica SABESP NTS 156 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço-carbono ou ferro fundido pintados e instalados em ambiente não-agressivo Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 156

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 147

Norma Técnica SABESP NTS 147 Norma Técnica SABESP NTS 147 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço-carbono ou ferro fundido novos sujeitos a ambientes úmidos e quimicamente agressivos Especificação São Paulo Maio -

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 155

Norma Técnica SABESP NTS 155 NTS 155 Esquema de pintura para equipamentos e materiais metálicos não-ferrosos instalados em ambiente não-agressivo Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 155 : 2001 S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 APLICABILIDADE...1

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 146

Norma Técnica SABESP NTS 146 Norma Técnica SABESP NTS 146 Esquema de pintura para equipamentos e materiais em aço-carbono ou ferro fundido pintados e sujeitos à umidade freqüente Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 146 : 2001

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 186

Norma Técnica SABESP NTS 186 Norma Técnica SABESP NTS 186 Aplicação de massa epóxi sem solvente Procedimento São Paulo Outubro - 2002 NTS 186 : 2002 Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 APLICABILIDADE...1 3 NORMAS E

Leia mais

ALGÁS EMPREENDIMENTO: ÍNDICE DE REVISÕES DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS

ALGÁS EMPREENDIMENTO: ÍNDICE DE REVISÕES DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA GEEN-07 USUARIO: EMPREENDIMENTO: de 8 REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL DTC GERÊNCIA PINTURA DE TUBULAÇÕES EM AÇO CARBONO E SEUS ACESSÓRIOS, ERPs, ERPMs, ESTRUTURAS E SUPORTES METÁLICOS

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 148

Norma Técnica SABESP NTS 148 Norma Técnica SABESP NTS 148 Esquema de pintura para equipamentos e materiais metálicos não-ferrosos sujeitos a ambientes úmidos e quimicamente agressivos Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 148 :

Leia mais

Especificação Técnica de Esquemas de Pintura Fatores Importantes a serem considerados

Especificação Técnica de Esquemas de Pintura Fatores Importantes a serem considerados Especificação Técnica de Esquemas de Pintura Fatores Importantes a serem considerados Autor: Roberto Mariano (Akzo Nobel) Dez/2014 COLABORADORES Celso Gnecco Fernando Fernandes Fernando Fragata Agenda

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PERFIL DE RUGOSIDADE OBTIDO COM NOVOS ABRASIVOS

AVALIAÇÃO DO PERFIL DE RUGOSIDADE OBTIDO COM NOVOS ABRASIVOS AVALIAÇÃO DO PERFIL DE RUGOSIDADE OBTIDO COM NOVOS ABRASIVOS CT TMEC 073/09 PESQUISA, DESENVOLVIMENTO DE PRODUÇÃO Tecnologia de Materiais, Equipamentos e Corrosão Dezembro/2009 CENTRO DE PESQUISAS E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/6 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/6 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS NORMA TÉCNICA Título: TINTA À BASE DE SILICATO DE ETILA PIGMENTADA COM ZINCO E ALUMÍNIO Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/6 NE-014 1ª Edição 1. OBJETIVO

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/7 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/7 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS NORMA TÉCNICA Título: TINTA DE FUNDO EPÓXI PIGMENTADA COM ALUMÍNIO, CURADA COM POLIAMINA Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/7 NE-022 1ª Edição 1. OBJETIVO

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 145

Norma Técnica SABESP NTS 145 Norma Técnica SABESP NTS 145 Esquema de pintura para equipamentos e materiais metálicos não-ferrosos e sujeitos à umidade freqüente Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 145 : 2001 Norma Técnica SABESP

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/6 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/6 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS NORMA TÉCNICA Título: TINTA EPÓXI ALCATRÃO DE HULHA CURADA COM Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/6 NE-012 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

Leia mais

PINTURA ANTICORROSIVA RECOMENDAÇÕES PARA PREPARO DE SUPERFÍCIE E APLICAÇÃO DE TINTAS CONTROLE DO PROCESSO E INSPEÇÃO

PINTURA ANTICORROSIVA RECOMENDAÇÕES PARA PREPARO DE SUPERFÍCIE E APLICAÇÃO DE TINTAS CONTROLE DO PROCESSO E INSPEÇÃO RECOMENDAÇÃO PRÁTICA PINTURA ANTICORROSIVA ABRACO RP PAC 001 REV. 0 MAIO 2018 PINTURA ANTICORROSIVA RECOMENDAÇÕES PARA PREPARO DE SUPERFÍCIE E APLICAÇÃO DE TINTAS CONTROLE DO PROCESSO E INSPEÇÃO NOTA:

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Tintas Soluções para Energia

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Tintas Soluções para Energia Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Tintas Soluções para Energia Soluções para Usinas Hidrelétricas ERD 33 Tinta epóxi poliamida, de alto teor de sólidos Revestimento aplicável

Leia mais

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE V PINTURA

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE V PINTURA MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE V PINTURA Pintura industrial A pintura industrial constitui-se no método de proteção anticorrosiva de maior utilização na vida moderna. Pela sua simplicidade, proteger por pintura

Leia mais

PINTURA & ACABAMENTOS

PINTURA & ACABAMENTOS PINTURA & ACABAMENTOS 01/05/2005 Pag.: 1 de 12 LEGENDA TXE-123 PIE-100 primer anti-corrosivo epoxi primer de aderência - epoxi isocianato PAE-200 primer selador epoxi de alta espessura SELADORA VLU-400

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 153

Norma Técnica SABESP NTS 153 Norma Técnica SABESP NTS 153 Esquema de pintura para equipamentos e materiais plásticos expostos a raios solares Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 153 : 2001 Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1

Leia mais

Intergard 235 Tinta Epoxi fosfato de zinco alta Espessura

Intergard 235 Tinta Epoxi fosfato de zinco alta Espessura Tinta Epoxi fosfato de zinco alta Espessura DESCRIÇÃO DO PRODUTO USO RECOMENDADO Primer Epóxi de alta espessura, de dois componentes e alto teor de sólidos. Baixo teor de VOC. Proteção de estruturas de

Leia mais

Painel: Corrosão em Ativos de Geração

Painel: Corrosão em Ativos de Geração Painel: Corrosão em Ativos de Geração A Corrosão em Linhas de Transmissão e Subestações Alberto P. Ordine, Cristina C. Amorim, Elber V. Bendinelli, Marcos M. Sá Centro de Pesquisas de Energia Elétrica

Leia mais

Approved. alumínio, cinza claro (N6.5), branco (N9.5), óxido de ferro (10R3/6), outras cores definadas na norma Petrobras N-1219.

Approved. alumínio, cinza claro (N6.5), branco (N9.5), óxido de ferro (10R3/6), outras cores definadas na norma Petrobras N-1219. Approved 22520;22540 1,2 22520 epóxi ^(ValidationDate). 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi sem solvente bicomponente curada com poliamina. É um produto tolerante à superfície que pode ser aplicado

Leia mais

Fundo Laranja Cor Zarcão. Indicado para inibir a ferrugem de superfícies internas e externas de materiais ferrosos.

Fundo Laranja Cor Zarcão. Indicado para inibir a ferrugem de superfícies internas e externas de materiais ferrosos. BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 03) Fundo Laranja Cor Zarcão É um fundo sintético anticorrosivo, com a função de inibir a ferrugem em metais ferrosos protegendo por mais tempo o acabamento. Tem ótimo rendimento,

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/6 NE-017 TINTA DE ALUMÍNIO FENÓLICA. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/6 NE-017 TINTA DE ALUMÍNIO FENÓLICA. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS Título: NORMA TÉCNICA TINTA DE ALUMÍNIO FENÓLICA Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/6 NE-017 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS 2.1 Da ABNT

Leia mais

FOLHA DE CAPA NUMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET TME-016 ET CPG / 7 CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA NUMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET TME-016 ET CPG / 7 CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PINTURA NUMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-6000-6520-940-TME-016 ET-65-940-CPG-016 1 / 7 CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS ESTA FOLHA DE CONTROLE INDICA EM

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 23060;23080 1 23060 epóxi fenólico/ novolac ^(ValidationDate). 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi fenólico/novolac de dois componentes curada com poliamina. Possui alta resistência

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PINTURA NUMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-6000-6520-940-TME-016 ET-65-940-CPG-016 1 / 7 CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS ESTA FOLHA DE CONTROLE INDICA EM

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/9 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/9 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS NORMA TÉCNICA Título: TINTA DE FUNDO EPÓXI-FOSFATO DE ZINCO DE Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência.03.16 1/9 NE-026 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 35682;35683 1 35682 epóxi mastic ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi mastic bicomponente curada com poliamina. É um produto tolerante à superfície, com alto teor de

Leia mais

A Importância das Tintas Ricas em Zinco no Desempenho dos Esquemas de Pintura

A Importância das Tintas Ricas em Zinco no Desempenho dos Esquemas de Pintura A Importância das Tintas Ricas em Zinco no Desempenho dos Esquemas de Pintura Cristina Amorim Marcos Sá Fernando Fragata Participação Especial Eng. Sebastião Alves Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição. Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Propriedade Exame/Padrão Descrição. Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 29560;29561 1 29560 silicato de zinco ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto É uma tinta epóxi rica em zinco ceramicamente reforçada curada com poliamida. relação de mistura 1:1 para facilitar

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 138

Norma Técnica SABESP NTS 138 Norma Técnica SABESP NTS 138 TINTA EPÓXI ÓXIDO DE FERRO DE ALTA ESPESSURA Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 138 : 2001 Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 REFERÊNCIAS NORMATIVAS E

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 086

Norma Técnica SABESP NTS 086 Norma Técnica SABESP NTS 086 APLICAÇÃO DE COAL TAR EPÓXI POLIAMIDA Procedimento São Paulo Maio - 2001 NTS 086 : 2001 Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 REFERÊNCIAS NORMATIVAS...1 3 GENERALIDADES...1

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume. ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume. ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 23040;23160 1 23040 epóxi fenólico/ novolac ^(ValidationDate). 1 Descrição do produto É uma tinta de dois componentes sem solvente à base de resina epoxi fenólica/novolac curada com amina reforçada com

Leia mais

Quadro para Instrumentos para Medição Agrupada de Consumidor

Quadro para Instrumentos para Medição Agrupada de Consumidor CARACATERÍSTICAS DOS QUADROS ITEM FUNÇÃO CÓDIGO 01 PROTEÇÃO GERAL 300A E MEDIÇÃO DIRETA DO SERVIÇO 6797335 02 PROTEÇÃO GERAL 800A E MEDIÇÃO DIRETA DO SERVIÇO 6797338 03 PROTEÇÃO GERAL 800A E MEDIÇÃO INDIRETA

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/5 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/5 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS NORMA TÉCNICA Título: TINTA DE FUNDO RICA EM ZINCO À BASE DE Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/5 NE-024 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 1505;1506 1 1505 epóxi fenólico/ novolac ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi fenólico/novolac de dois componentes curada com poliamina. É resistente à calor até 205

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/8 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/8 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS NORMA TÉCNICA Título: TINTA EPÓXI DE ALTA ESPESSURA CURADA COM Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência.03.16 1/8 NE-019 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 2280;4680;6480 1,2 2280 epóxi ^(ValidationDate). 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi de alto peso molecular bicomponente curada com poliamida. Possui um acabamento semi brilhante com retenção

Leia mais

CC-MD 24 RESERVATORIO ELEVADO 16agosto17

CC-MD 24 RESERVATORIO ELEVADO 16agosto17 CC-MD 24 RESERVATORIO ELEVADO 16agosto17 INTRODUÇÃO: O presente Memorial descreve e especifica os requisitos mínimos para fornecimento e instalação de reservatório de agua potável e incêndio, para a Escola

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição

Propriedade Exame/Padrão Descrição Approved 29560;29561 1 29560 silicato de zinco ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto É uma tinta epóxi rica em zinco ceramicamente reforçada curada com poliamida. relação de mistura 1:1 para facilitar

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 1505;1506 1 1505 epóxi fenólico/ novolac ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi fenólico/novolac de dois componentes curada com poliamina. É resistente à calor até 205

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 168

Norma Técnica SABESP NTS 168 Norma Técnica SABESP NTS 168 Tinta epóxi alcatrão de hulha com pigmento inibidor de corrosão Especificação São Paulo Novembro - 2001 NTS 168 : 2001 Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 NORMAS

Leia mais

CAPÍTULO 14 PROTEÇÃO ANTICORROSIVA

CAPÍTULO 14 PROTEÇÃO ANTICORROSIVA CAPÍTULO 14 PROTEÇÃO ANTICORROSIVA REV. 0 ET 16- PROTEÇAO ANTICORROSIVA PÁG. 0 10 INDICE 14.1 - OBJETIVO... 2 14.2 - DESCRIÇÃO... 2 14.3 - ESCOPO DE FORNECIMENTO... 2 14.4 - RECURSOS E EQUIPAMENTOS MÍNIMOS

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 32222;32223;35142 1 32222 epoxi composto ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta de epoxi composto de dois componentes reforçada com flocos de vidro. É resistente à calor até

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/7 NE-016 TINTA DE ACABAMENTO EPÓXI SEM SOLVENTE. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/7 NE-016 TINTA DE ACABAMENTO EPÓXI SEM SOLVENTE. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS Título: NORMA TÉCNICA TINTA DE ACABAMENTO EPÓXI SEM SOLVENTE Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/7 NE-016 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Tintas Soluções para Estruturas Metálicas

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Tintas Soluções para Estruturas Metálicas Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Tintas Soluções para Estruturas Metálicas www.we.net Soluções para estruturas metálicas 2 Soluções para Estruturas Metálicas Soluções em tintas

Leia mais

Esmalte Imobiliário Premium Fluence Brilhante

Esmalte Imobiliário Premium Fluence Brilhante BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 03) Esmalte Imobiliário Premium Fluence Brilhante É um produto de excelente qualidade e alto brilho. Possui elevada resistência ao intemperismo, sua secagem é de 45 minutos

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 0140

FR (REV. 00) TECHHEAT 0140 TECHHEAT 0140 É um Primer ou Tinta de Fundo monocomponente a base de resina acrílica e silicone, com aspecto fosco, de fácil aplicação e especialmente formulado com pigmento inorgânico resistente à temperatura

Leia mais

COORDENADORIA DE INFRA-ESTRUTURA FABRICAÇÃO DE BÓIAS DE SINALIZAÇÃO NÁUTICA PARA O PORTO DE FORTALEZA

COORDENADORIA DE INFRA-ESTRUTURA FABRICAÇÃO DE BÓIAS DE SINALIZAÇÃO NÁUTICA PARA O PORTO DE FORTALEZA COORDENADORIA DE INFRA-ESTRUTURA FABRICAÇÃO DE BÓIAS DE SINALIZAÇÃO NÁUTICA PARA O PORTO DE FORTALEZA ESPECIFICAÇÃO NOVEMBRO/2012 Companhia Docas do Ceará Secretaria de Portos Presidência da República

Leia mais

PINTURA DE PLATAFORMA MARÍTIMA DE EXPLORAÇÃO E DE PRODUÇÃO

PINTURA DE PLATAFORMA MARÍTIMA DE EXPLORAÇÃO E DE PRODUÇÃO PINTURA DE PLATAFORMA MARÍTIMA DE EXPLORAÇÃO E DE PRODUÇÃO Procedimento Esta Norma substitui e cancela a sua revisão anterior. Esta Norma foi alterada em relação a revisão anterior. CONTEC Comissão de

Leia mais

PINTURA INTERNA DE TANQUES DE ÁGUA POTÁVEL PROCEDIMENTO RECOMENDADO

PINTURA INTERNA DE TANQUES DE ÁGUA POTÁVEL PROCEDIMENTO RECOMENDADO PINTURA INTERNA DE TANQUES DE ÁGUA POTÁVEL PROCEDIMENTO RECOMENDADO 1. Escopo 2. Preparo de Superfície 2.1 Aço Carbono 2.2 Concreto Novo 2.3 Concreto Usado 3. Procedimento de Pintura 3.1 Check list sobre

Leia mais

Verniz PU Marítimo. Indicado para proteção de superfícies internas e externas de madeira.

Verniz PU Marítimo. Indicado para proteção de superfícies internas e externas de madeira. BOLETIM TÉCNICO FR413-00 (REV. 02) Verniz PU Marítimo É um verniz de fino acabamento que renova e protege e realça a cor natural das madeiras. Possui boa resistência ao intemperismo, ótimo acabamento,

Leia mais

Boletim Técnico Maza. recomendada; Número de demãos recomendado: Teor de zinco metálico na película seca (%): 85 ± 2;

Boletim Técnico Maza. recomendada; Número de demãos recomendado: Teor de zinco metálico na película seca (%): 85 ± 2; Produto: MAZAZINC M841 Boletim Técnico Maza Tinta Primária Etil Silicato de Zinco DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Tinta de fundo bicomponente à base de etil silicato, pigmentada com pó de zinco (homogeneizados com

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/11 ESQUEMAS DE PINTURA DE EQUIPAMENTOS E ESTRUTURAS METÁLICAS NE-004. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/11 ESQUEMAS DE PINTURA DE EQUIPAMENTOS E ESTRUTURAS METÁLICAS NE-004. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS Título: NORMA TÉCNICA ESQUEMAS DE PINTURA DE EQUIPAMENTOS E Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/11 NE-004 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/7 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/7 NE ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS NORMA TÉCNICA Título: TINTA EPÓXI ALCATRÃO DE HULHA CURADA COM Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/7 NE-013 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 3145 PRETO FOSCO

FR (REV. 00) TECHHEAT 3145 PRETO FOSCO TECHHEAT 3145 PRETO FOSCO Tinta de acabamento monocomponente a base de resina de silicone modificado, na cor preto fosco, resistente à temperatura de até 600ºC. Recomendado apenas para aplicação diretamente

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 3134

FR (REV. 00) TECHHEAT 3134 TECHHEAT 3134 Tinta de acabamento monocomponente a base de silicone modificado, resistente a temperatura de até 600 C, podendo ser aplicado diretamente sobre o aço carbono ou sobre primer inorgânico de

Leia mais

Apresentação... Prefácio... IMPORTÂNCIA TÉCNICA E ASPECTOS GERAIS... 1

Apresentação... Prefácio... IMPORTÂNCIA TÉCNICA E ASPECTOS GERAIS... 1 Sumário Apresentação.... Prefácio........................................ IX XIII Capítulo 1 IMPORTÂNCIA TÉCNICA E ASPECTOS GERAIS.... 1 1.1 INTRODUÇÃO.... 1 1.2 FATORES QUE INFLUENCIAM O DESEMPENHO DOS

Leia mais

Interseal 211 Alumínio Epóxi

Interseal 211 Alumínio Epóxi Interseal 211 Alumínio Epóxi DESCRIÇÃO DO PRODUTO USO RECOMENDADO INFORMAÇÃO PRÁTICA INTERSEAL 211 Aluminio Primer epóxi de alta espessura, de altos sólidos, baixo VOC. Anticorrosivo de dois componentes,

Leia mais

SINTECOAT IZ100. USOS - Proteção anticorrosiva especialmente indicada em áreas de severas condições de corrosão.

SINTECOAT IZ100. USOS - Proteção anticorrosiva especialmente indicada em áreas de severas condições de corrosão. SINTECOAT IZ100 DESCRIÇÃO Zinco silicato Inorgânico de auto cura, com um alto conteúdo de zinco metálico que atua como ânodo de sacrifício, protegendo o aço da corrosão por períodos muito prolongados.

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 1537 1,2 1537 alquídico ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta alquídica monocomponente de secagem por oxidação. É um produto encorpado de cura rápida, pigmentado com fosfato

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 7461;7680 1 7680 epóxi zinco ^(ValidationDate). 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi rica em zinco bicomponente curada com poliamida. É um produto com alto teor de sólidos, contendo pó

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VÁLVULAS DE BLOQUEIO - REDE DE AÇO CARBONO VÁLVULA ESFERA NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-6000-6520-200-TME-005 ET-65-200-CPG-005 1 / 5 CONTROLE DE REVISÃO

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Ponto de fulgor ISO 3679 Method 1 26 C

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Ponto de fulgor ISO 3679 Method 1 26 C Approved 720 1,2 720 silicone acrílico ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta silicone acrílico monocomponente de secagem física. É resistente à calor até 600 C. Pode ser utilizado como

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 23660 1,2 23660 silicone acrílico ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta silicone acrílico monocomponente de secagem física. É um produto pigmentado com alumínio. É resistente

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 3122

FR (REV. 00) TECHHEAT 3122 TECHHEAT 3122 Tinta de acabamento monocomponente a base de silicone modificado, pigmentação termicamente estável e resistente à temperatura de até 260ºC. Não é recomendado a aplicação sobre primer inorgânico

Leia mais

COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA CIVIL FABRICAÇÃO DE BÓIAS TIPO BLE PARA A SINALIZAÇÃO NÁUTICA PARA O PORTO DE FORTALEZA

COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA CIVIL FABRICAÇÃO DE BÓIAS TIPO BLE PARA A SINALIZAÇÃO NÁUTICA PARA O PORTO DE FORTALEZA COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA CIVIL FABRICAÇÃO DE BÓIAS TIPO BLE PARA A SINALIZAÇÃO NÁUTICA PARA O PORTO DE FORTALEZA ESPECIFICAÇÃO DEZEMBRO/2013 ÍNDICE I. OBJETO... 2 II. DISPOSIÇÕES GERAIS... 2 III.

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição

Propriedade Exame/Padrão Descrição Approved 26760;26940 1,2 26760 epóxi zinco ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi rica em zinco bicomponente curada com poliamida. É um produto contendo pó de zinco. Em conformidade

Leia mais

SIGMACOVER 280. Revisão de Setembro 2005 DESCRIÇÃO. primário de dois componentes epoxy curado com poliamida

SIGMACOVER 280. Revisão de Setembro 2005 DESCRIÇÃO. primário de dois componentes epoxy curado com poliamida 5 páginas Revisão de Setembro 2005 DESCRIÇÃO PRINCIPAIS CARACTERISTICAS CORES E BRILHO DADOS BÁSICOS A 20 C Densidade Volume de sólidos VOC (fornecido) Espessura de película seca recomendada Rendimento

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 139

Norma Técnica SABESP NTS 139 NTS 139 TINTA ESMALTE SINTÉTICO Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 139 : 2001 S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 REFERÊNCIAS NORMATIVAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES...1 3 CONDIÇÕES GERAIS...1 3.1 Aparência

Leia mais

NORMA TÉCNICA 1/6 NE-010 TINTA ALQUÍDICA. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS

NORMA TÉCNICA 1/6 NE-010 TINTA ALQUÍDICA. 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS Título: NORMA TÉCNICA TINTA ALQUÍDICA Aprovação Subcomitê de Manutenção das Empresas Eletrobras - SCMT Vigência 10.03.2016 1/6 NE-010 1ª Edição 1. OBJETIVO 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS 2.1 Da ABNT (Associação

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Ponto de fulgor ISO 3679 Method 1 43 C

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Ponto de fulgor ISO 3679 Method 1 43 C Approved 21060;21061 1,2 21060 epóxi ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi bicomponente curada com poliamina. É um produto de alta espessura, com alto teor de sólidos. A cura

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição. Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Propriedade Exame/Padrão Descrição. Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 343 1,2 343 alquídico ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta alquídica monocomponente de secagem por oxidação. Pode ser utilizado como primer ou demão intermediária em ambientes

Leia mais

Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco DISCIPLINA. Construção Civil II

Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco DISCIPLINA. Construção Civil II Curso: Engenharia Civil Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco DISCIPLINA Construção Civil II Aula 07 Pinturas Prof. Dr. Alberto Casado Lordsleem Jr. Sumário Aula 07 Pinturas Funções

Leia mais

FR (REV. 00) TECHHEAT 3148 PRETO BRILHANTE

FR (REV. 00) TECHHEAT 3148 PRETO BRILHANTE TECHHEAT 3148 PRETO BRILHANTE Tinta de acabamento monocomponente a base de silicone modificado, na cor preto, resistente à temperatura de até 600ºC. Recomendado apenas para aplicação diretamente sobre

Leia mais

Approved. Marítimo: Áreas exteriores e interiores, incluindo lado externo de cascos, superestruturas e convéses. Outro(s)

Approved. Marítimo: Áreas exteriores e interiores, incluindo lado externo de cascos, superestruturas e convéses. Outro(s) Approved 18820;18840;14100;14260 2 14100 epóxi ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi bicomponente curada com poliamina. É um produto de alta espssura, cura rápida, resistente

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 22180;23500 1 22180 epóxi fenólico/ novolac ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi fenólico/novolac de dois componentes curada com poliamina. Possui alta resistência para

Leia mais

Marítimo: Áreas exteriores e interiores, incluindo lado externo de cascos, superestruturas e convéses. Outro(s)

Marítimo: Áreas exteriores e interiores, incluindo lado externo de cascos, superestruturas e convéses. Outro(s) Approved 18820;18840;14100;14260 2 14100 epóxi ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi bicomponente curada com poliamina. É um produto de alta espssura, cura rápida, resistente

Leia mais

Propriedade Exame/Padrão Descrição AGENTE DE CURA PADRÃO

Propriedade Exame/Padrão Descrição AGENTE DE CURA PADRÃO 11720;5660;6520 1 11720 epóxi mastic ^(ValidationDate). 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi mastic bicomponente curada com poliamina. É um produto tolerante à superfície, com alto teor de sólidos,

Leia mais

Revestimentos Anticorrosivos por Pintura. Victor Solymossy Gerson Vianna Andre Koebsch. Dezembro / 2013

Revestimentos Anticorrosivos por Pintura. Victor Solymossy Gerson Vianna Andre Koebsch. Dezembro / 2013 Novas Tecnologias de Tintas e Revestimentos Anticorrosivos por Pintura Joaquim Pereira Quintela Victor Solymossy Gerson Vianna Andre Koebsch Dezembro / 2013 PRESENTE PRESENTE NORMAS PETROBRAS x NORMAS

Leia mais

Interprime 222 Alquídico

Interprime 222 Alquídico DESCRIÇÃO DO PRODUTO USO RECOMENDADO Primer anticorrosivo alquídico, monocomponente, de secagem rápida de alta espessura Para proteção anticorrosiva das estruturas de aço e equipamentos industriais. INFORMAÇÃO

Leia mais

Informação sobre o produto

Informação sobre o produto GLOBAL REFINISH SESTEM Informação sobre o produto APARELHO POLIÉSTER PISTOLÁVEL A712 Catalisador A713 Diluente A714 DESCRIÇÃO DO PRODUTO Este produto é um aparelho poliéster pistolável cinzento claro de

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Tintas Soluções para Transformadores

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Tintas Soluções para Transformadores Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Tintas Soluções para Transformadores Soluções para Transformadores A WEG possui grande experiência na fabricação de transformadores e equipamentos

Leia mais

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813

Approved. Propriedade Exame/Padrão Descrição Sólidos por volume ISO 3233 Nível de brilho (GU 60 ) ISO 2813 Approved 735;739 1 735 epóxi fenólico/ novolac ^(ValidationDate) 1 Descrição do produto Esta é uma tinta epóxi fenólico/novolac de dois componentes curada com poliamina. É um revestimento para tanque especialmente

Leia mais

FR (REV. 00) TECHLACK 3135

FR (REV. 00) TECHLACK 3135 TECHLACK 3135 Tinta de Acabamento monocomponente alquídico de secagem rápida. É um produto de alta qualidade e acabamento superior. Fácil de aplicar, possui excelente poder de cobertura e rendimento. Sua

Leia mais

Construção. Pintura Intumescente a base de agua, para uso interno em estruturas de aço. Descrição do Produto. Dados do Produto. Forma.

Construção. Pintura Intumescente a base de agua, para uso interno em estruturas de aço. Descrição do Produto. Dados do Produto. Forma. Ficha do Produto Edição 25/03/2014 Identificação 02 06 04 00 003 0 000029 Sika Unitherm Steel W30 Pintura Intumescente a base de agua, para uso interno em estruturas de aço Descrição do Produto Sika Unitherm

Leia mais

Norma Técnica SABESP NTS 136

Norma Técnica SABESP NTS 136 Norma Técnica SABESP NTS 136 TINTA EPÓXI MASTIC Especificação São Paulo Maio - 2001 NTS 136 : 2001 Norma Técnica SABESP S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1 2 REFERÊNCIAS NORMATIVAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES...1

Leia mais