2 16 de Março de 2011 Número 30. Artigo 1.º Objecto. Portaria n.º 20/2011 de 16 de Março

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2 16 de Março de 2011 Número 30. Artigo 1.º Objecto. Portaria n.º 20/2011 de 16 de Março"

Transcrição

1 2 16 Março 21 VICE-PRESIDÊNCIADO GOVERNO REGIONAL E SECRETARIAREGIONALDO PLANO E FINANÇAS Portaria n.º 20/21 16 Março O n.º 4 do artigo 35.º da Lei n.º 12-A/20, 27 Fevereiro, com a redacção conferida pela Lei n.º 3-B/20, 28 Abril, estabelece que a celebração contratos tarefa e avença pen prévio parecer favorável dos administração pública e das finanças. Por sua vez, o Decreto Legislativo Regional n.º 2/21/M, Janeiro, que aprova o Orçamento da Região Autónoma da Maira para 21, tendo em vista o equilíbrio das contas públicas obtido através da contenção e redução spesas, nomeadamente das spesas relativas a contratos aquisição s, veio estenr, no seu artigo 53.º, a exigência parecer prévio vinculativo dos administração pública e das finanças, à celebração contratos aquisição s que tenham por objecto a consultadoria técnica e à renovação stes contratos e dos contratos tarefa e avença. Ora, nos termos do n.º 4, do artigo 35.º da Lei n.º 12-A/20, 27 Fevereiro e do n.º 2, do artigo 53.º Decreto Legislativo Regional n.º 2/21/M, Janeiro, os termos da tramitação do citado parecer prévio vinculativo é regulado por portaria dos membros do Governo com competência para emissão do referido parecer. Por outro lado, importa referir que o n.º 5 do citado artigo 35.º, confere também, aos membros do Governo responsáveis pelas áreas da administração pública e das finanças, a faculda porem excepcionalmente autorizar a celebração um número máximo contrato tarefa e avença, s que verificados terminados requisitos, estabelecendo que os termos da referida autorização são finidos na portaria que regulamenta a tramitação do prévio parecer favorável. O n.º 4 do artigo 53.º Decreto Legislativo Regional n.º 2/21/M, Janeiro, veio aplicar aos contratos previstos naquele artigo, o n.º 5 do artigo 35.º da Lei n.º 12-A/20, 27 Fevereiro, permitindo, também, a autorização excepcional para celebração um numero máximo stes contratos. Nesta conformida, tendo em conta os fins visados com a exigência parecer prévio, signadamente a verificação da legalida dos mesmos no que respeita ao requisito exigido para a sua celebração, tratar-se trabalho não subordinado para o qual se revele inconveniente o recurso a relação jurídica emprego público, a verificação da legalida da spesa pública quanto à exigência cabimentação orçamental e a verificação do cumprimento da aplicação da medida redução remuneratória prevista no artigo 19.º da Lei n.º 55-A/20, 31 Dezembro, aplicada por remissão do n.º 1 do artigo 53.º do Decreto Legislativo Regional n.º 2/21/M, Janeiro, importa regulamentar os termos e tramitação do parecer prévio vinculativo para a celebração contratos aquisição s e os termos da autorização excepcional para a celebração um número máximo contratos. Assim: Ao abrigo do disposto nos n.ºs 4 e 5 do artigo 35.º da Lei n.º 12-A/20, 27 Fevereiro, com a redacção conferida pela Lei n.º 3-B/20, 28 Abril, no n.º 2 do artigo 53.º do Decreto Legislativo Regional n.º 2/21/M, Janeiro, manda o Governo Regional da Maira, pelo Vice- -Presinte do Governo e pelo Secretário Regional do Plano e Finanças, o seguinte: Artigo 1.º 1 - A presente portaria regulamenta os termos e a tramitação do parecer prévio vinculativo dos administração pública e das finanças, para a celebração ou renovação contratos aquisição s, previsto no n.º 2 do artigo 53.º do Decreto Legislativo Regional n.º 2/21/M, Janeiro, e no n.º 4 do artigo 35.º da Lei n.º 12-A/20, 27 Fevereiro 2 - A presente portaria regulamenta ainda os termos e tramitação do pedido autorização excepcional para a celebração um número máximo contratos, a que se refere o n.º 5 do artigo 35.º da Lei n.º 12 -A/20, 27 Fevereiro, com a redacção dada pela Lei n.º 3-B/20, 28 Abril, e o n.º 4 do artigo 53.º do Decreto Legislativo Regional n.º 2/21/M, Janeiro. Artigo 2.º Âmbito aplicação A presente portaria aplica-se aos contratos aquisição s nas modalidas tarefa e avença e ou cujo objecto seja a consultadoria técnica, signadamente jurídica, arquitectónica, informática ou engenharia, celebrados pelos órgãos e s da administração pública regional abrangidos pelo âmbito aplicação da Lei n.º 12-A/20, 27 Fevereiro. Artigo 3.º Formulação do pedido parecer prévio e autorização excepcional 1 - Verificada a necessida celebração ou renovação contratos aquisição s ou a imprescindibilida autorização excepcional para a celebração um número máximo contratos aquisição s, os órgãos e s, através do partamento do Governo Regional que integram, solicitam aos membros do Governo responsáveis pelas áreas da administração pública e das finanças a emissão parecer prévio ou pedido autorização excepcional. 2 - O pedido ve ser formulado, antes da cisão contratar, através do preenchi- mento dos molos Anexo I, II e III à presente portaria, nos termos seguintes: a) O Anexo I é utilizado nas situações pedido parecer para a celebração novos contratos aquisição s; b) O Anexo II é utilizado nas situações pedido parecer para a renovação contratos prestação s e ou contratos a celebrar com a mesma contraparte e idêntico objecto; c) O Anexo III é utilizado nas situações pedido autorização excepcional para celebração um número máximo contratos a que se refere o n.º 2 do artigo 1.º. 3 - É obrigatório o preenchimento todos os elementos constante dos anexos, nomeadamente os referentes à contraparte, excepto quando o tipo procedimento contratual adoptado não permita o seu conhecimento.

2 16 Março Na falta preenchimento qualquer um dos elementos nos termos referidos no número anterior, o pedido é tido como não apresentado. 5 - Os membros do Governo com competência para emissão parecer prévio e autorização excepcional, em caso dúvidas, pom solicitar aos s os esclarecimentos que consirem necessários à formação do parecer prévio ou da cisão autorização excepcional. Artigo 4.º Emissão do parecer prévio e cisão autorização excepcional 1 - Sem prejuízo do disposto nos n.ºs 4 e 5 do artigo anterior, o parecer prévio ou cisão autorização excepcional ve ser proferido no prazo z e quinze dias úteis, respectivamente. 2 - A autorização excepcional para a celebração um número máximo contratos referidos no artigo 2.º, reveste a forma spacho dos membros do governo responsáveis pelas áreas da administração pública e das finanças, e ve ser publicitado na II Série do Jornal Oficial da Região Autónoma da Maira. 3 - O prazo mencionado no n.º 1 consira-se automaticamente prorrogado na situação referida no n.º 5 do artigo anterior. Artigo 5.º Parecer genérico favorável 1 - É concedido parecer genérico favorável à celebração contratos prestação s nas situações previstas no artigo 2.º, s que sejam contratos a celebrar com a mesma contraparte, não ultrapassem o montante anual (sem IVA) e o trabalho a executar se enquadre numa das seguintes situações: a) Acções formação que não ultrapassem 132 horas; b) Prestações cuja execução se conclua no prazo 20 dias, a contar da notificação da adjudicação. 2 - O disposto no presente artigo po ser, com as adaptações necessárias, aplicado a outras aquisições s previstas no artigo 2.º através spacho dos membros do Governo responsáveis pelas áreas da administração pública e das finanças, publicitado na II Série do Jornal Oficial da Região Autónoma da Maira. Artigo 6.º Obrigação comunicação e informação 1 - Os órgãos e s que contratem ao abrigo do artigo anterior e autorização excepcional concedida a que se refere o n.º 2 do artigo 4.º, vem comunicar aos membros do Governo responsáveis pelas áreas da administração pública e das finanças, até ao final do mês seguinte àquele em que foram adjudicados, os contratos celebrados. 2 - A comunicação é feita, através do preenchimento dos mapas anexo I ou II, consoante a situação. Artigo 7.º Fiscalização 1 - A fiscalização do cumprimento do disposto na presente portaria compete à Inspecção Regional das Finanças. 2 - Para efeitos efectivação da responsabilida civil, financeira e disciplinar e sem prejuízo do disposto no n.º 5 do artigo 53.º do Decreto Legislativo Regional n.º 2/21/M, Janeiro, e no artigo 36.º da Lei n.º 12-A/20, 27 Fevereiro, os órgãos e s abrangidos pelo âmbito aplicação da presente portaria vem manter organizados os processos celebração dos contratos prestação s que sejam parte por forma a por avaliar-se os cumprimentos e observância do regime legal aquisição s e o pleno enquadramento dos contratos nos pressupostos que levam à emissão parecer e obrigação comunicação. Artigo 8.º Entrada em vigor A presente portaria entra em vigor no 1.º dia útil do mês seguinte ao da sua publicação. Vice-Presidência do Governo Regional e Secretaria Regional do Plano e Finanças, aos 25 Fevereiro 21. O VICE-PRESIDENTE DO GOVERNO REGIONAL, João Cunha e Silva O SECRETÁRIO REGIONAL DO PLANO E FINANÇAS, José Manuel Ventura Garcês

3 4 16 Março 21 Anexo I Portaria n.º 20/21, 16 Março (a que se refere a alínea a) do n.º 2 do artigo 3.º e n.º 2 do artigo 6.º) Pedido parecer para celebração contratos aquisição s ou comunicação da celebração contratos Órgão ou : Modalida contrato prestação s (avença, tarefa ou aquisição s) Intificação da contraparte (entida a contratar ) Razões que justificam a inconveniência do recurso à modalida relação jurídica emprego público Elementos que caracterizam a autonomia do prestado Contrapartida ou estimativa do preço (remuneração) Tipo procedimento formação do contrato e fundamentação (Código dos Contratos Públicos) Ex- colaboradores do órgão ou informação sobre a contraparte, relação ou participação : Parente ou afim em linha recta ou colateral 2º grau ou qualquer pessoa que viva em economia comum que exercem ou exerceram funções no órgão ou. Se a contraparte tem relação juridica emprego público constituída com órgão ou abrangido pelo âmbito aplicação da Lei n.º 12-A/20. Existem outros contratos aquisição s com idêntico objecto (indicar n.º contratos ) Existem outros contratos aquisição s com a mesma contraparte (indicar n.º e montantes ) Junta: claração cabimento orçamental.

4 16 Março 21 5 Anexo II Portaria n.º 20/21, 16 Março (a que se refere a alínea b) do nº 2 do artigo 3.º e nº 2 do artigo 6.º ) Pedido renovação contratos prestação s ou celebração contratos aquisição s com a mesma contraparte e idêntico objecto ou comunicação da respectiva celebração Órgão ou : Modalida contrato prestação s(tarefa, avença ou aquisição s) Intificação da contraparte (entida a contratar) Razões que justificam a inconveniência do recurso à modalida relação jurídica emprego público Data da celebração do 1º contrato, indicando o início e termo Montante da remuneração do 1º contrato Período renovação do contrato ou período duração do novo contrato Valor da remuneração do contrato após a aplicação redução remuneratória prevista no artigo 53º do DLR nº 2/21/M / Razões que fundamentam a necessida renovação ou celebração contrato Tipo procedimento formação adoptado no contrato inicial, ou a adoptar nos contratos a celebrar e respectiva fundamentação (CCP) Ex- colaboradores do órgão ou 11 informação Parente ou afim em linha recta sobre a ou colateral 2º grau ou contraparte, qualquer pessoa que viva em relação ou economia comum que exercem participação ou exerceram funções no órgão : ou Se a contarparte tem relação jurídica emprego público constituída com órgão ou abrangido pelo âmbito da aplicação da Lei n.º 12- A/20 12 Existem outros contratos aquisição s com idêntico objecto (indicar nº contratos) 12 Existem outros contratos aquisição s com a mesma contraparte (indicar n.º contratos e montantes) Junta: claração cabimento orçamental.

5 6 16 Março 21 Anexo III Portaria n.º 20/21, 16 Março (a que se refere a alínea c) do n.º 2 do artigo 3.º ) Pedido autorização excepcional para a celebração um número máximo contratos (tarefa, avença ou aquisição s) Órgão ou : Modalida contrato prestações s (tarefa, avença ou aquisição s) Razões que justificam a inconveniência do recurso à modalida relação jurídica emprego público Elementos que caracterizam a autonomia dos s a prestar Duração previsivel dos contratos Montante Global da spesa Indicação da rubrica cabimento orçamental e montante disponível Imprescindibilida da celebração dos contratos para a prossecução das atribuições do órgão ou Área das atribuições do asseguradas pelos contratos Tipo procedimento formação adoptado no contrato inicial, ou a adoptar nos contratos a celebrar e respectiva fundamentação (CCP) Declaração do dirigente máximo do :, claro que os contratos aquisição s a celebrar ao abrigo da autorização excepcional solicitada, não serão objecto renovação ou prorrogação automática. Mais claro que, caso seja concedida a autorização excepcional requerida, dar-se-á cumprimento à obrigação a que se refere o artigo 6.º da Portaria Conjunta nº. /21. 11

O parecer prévio e as suas implicações na contratação pública

O parecer prévio e as suas implicações na contratação pública Colóquio Nacional da ATAM Outubro de 2011 O parecer prévio e as suas implicações na contratação pública João Amaral e Almeida 1 «CareceC de parecer prévio vinculativo [...] acelebração ou a renovação de

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 29 de julho de Série. Número 133

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 29 de julho de Série. Número 133 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 29 de julho de 2016 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Despacho n.º 308/2016 Regulamenta a constituição, renovação

Leia mais

ADAPTA A LEI N.º 12-A/2008, DE 2/2, AOS TRABALHADORES QUE EXERCEM FUNÇÕES PÚBLICAS NA AP

ADAPTA A LEI N.º 12-A/2008, DE 2/2, AOS TRABALHADORES QUE EXERCEM FUNÇÕES PÚBLICAS NA AP Página 1 de 7 [ Nº de artigos:20 ] DL n.º 209/2009, de 03 (versão actualizada) ADAPTA A LEI N.º 12-A/2008, DE 2/2, AOS TRABALHADORES QUE EXERCEM FUNÇÕES PÚBLICAS NA AP Contém as seguintes alterações: -

Leia mais

Início da demonstração

Início da demonstração Aquisição de bens no âmbito do AJUSTE DIRECTO seguindo o Regime Simplificado Incluindo os atos praticados fora do procedimento Início da demonstração Aquisição de bens no âmbito do AJUSTE DIRECTO seguindo

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 3 de novembro de 2015. Série. Número 169

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 3 de novembro de 2015. Série. Número 169 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 3 de novembro de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Portaria n.º 207/2015 Regulamenta os termos

Leia mais

Instrução n. o 9/2016 BO n. o

Instrução n. o 9/2016 BO n. o Instrução n. o 9/2016 BO n. o 7 15-07-2016 Temas Supervisão Normas Prudenciais Índice Texto da Instrução Texto da Instrução Assunto: Autorização para a utilização de modelos internos para cálculo dos requisitos

Leia mais

VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR

VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR (Com subordinação trabalho dependente) Modalidades art.º 9º Nomeação âmbito (Inexistente nas autarquias locais) Contrato: - Âmbito (art.º 20º) e modalidades (art.º

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 12 de fevereiro de Série. Número 27

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 12 de fevereiro de Série. Número 27 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015 Série Sumário VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL E SECRETARIA REGIONAL DO PLANO E FINANÇAS Portaria n.º 33/2015 Autoriza

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO RELATIVA À POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO DAS EMPRESAS DE SEGUROS OU DE RESSEGUROS E SOCIEDADES GESTORAS DE FUNDOS DE PENSÕES

DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO RELATIVA À POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO DAS EMPRESAS DE SEGUROS OU DE RESSEGUROS E SOCIEDADES GESTORAS DE FUNDOS DE PENSÕES PROJECTO DE NORMA REGULAMENTAR DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO RELATIVA À POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO DAS EMPRESAS DE SEGUROS OU DE RESSEGUROS E SOCIEDADES GESTORAS DE FUNDOS DE PENSÕES Reconhecida a necessidade

Leia mais

Matosinhos. Regulamento da Comissão Paritária da Câmara Municipal de Matosinhos. Preâmbulo

Matosinhos. Regulamento da Comissão Paritária da Câmara Municipal de Matosinhos. Preâmbulo Regulamento da Comissão Paritária da de Matosinhos Preâmbulo O Decreto Regulamentar n.º 18/2009, de 4 de Setembro, adapta à administração local o sistema integrado de avaliação de desempenho na Administração

Leia mais

PARECER JURÍDICO N.º 22 / CCDR-LVT / Validade Parcialmente Válido JURISTA MARTA ALMEIDA TEIXEIRA GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS

PARECER JURÍDICO N.º 22 / CCDR-LVT / Validade Parcialmente Válido JURISTA MARTA ALMEIDA TEIXEIRA GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS Validade Parcialmente Válido JURISTA MARTA ALMEIDA TEIXEIRA ASSUNTO GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS QUESTÃO A autarquia pretende obter esclarecimento relativamente à interpretação adequada do art. 26.º, da

Leia mais

NOTAS SOBRE A LEI N.º 59/2008, DE 11 DE SETEMBRO

NOTAS SOBRE A LEI N.º 59/2008, DE 11 DE SETEMBRO NOTAS SOBRE A LEI N.º 59/2008, DE 11 DE SETEMBRO O corpo da Lei n.º 59/2008, de 11 de Setembro, que aprovou o Regime do Contrato de Trabalho em Funções Públicas, aplicável também ao pessoal docente da

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 16 de junho de Série. Número 105

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 16 de junho de Série. Número 105 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 16 de junho de 2016 Série Suplemento Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DA SAÚDE Portaria n.º 230/2016 Autoriza

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR CÂMARA MUNICIPAL A T A REUNIÃO ORDINÁRIA DE 8 DE JANEIRO DE 2015

MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR CÂMARA MUNICIPAL A T A REUNIÃO ORDINÁRIA DE 8 DE JANEIRO DE 2015 Livro_ Folha_ Pres._ Secr._ - Aos oito dias do mês de janeiro do ano de dois mil e quinze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, para apreciação e deliberação

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA SESSÕES DE HEMODIÁLISE CONCURSO PÚBLICO N.º 190017/16 Página 1 de 9 PROGRAMA DO CONCURSO SECÇÃO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo

Leia mais

Com implicações na administração local destacam-se as seguintes normas:

Com implicações na administração local destacam-se as seguintes normas: DECRETO-LEI N.º 25/2017, DE 3 DE MARÇO QUE ESTABELECE AS DISPOSIÇÕES NECESSÁRIAS À EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DE ESTADO PARA 2017 APROVADO PEL LEI N.º 42/2016, DE 28 DE DEZEMBRO Com implicações na administração

Leia mais

EDITAL Nº 116/2009. Presidente da Câmara Municipal de Sines. Manuel Coelho Carvalho

EDITAL Nº 116/2009. Presidente da Câmara Municipal de Sines. Manuel Coelho Carvalho C Â M A R A M U N I C I P A L D E S I N E S EDITAL Nº 116/2009 Manuel Coelho Carvalho, Presidente da Câmara Municipal de Sines, no uso da competência que lhe confere a alínea v) do nº 1 do art. 68º do

Leia mais

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira

Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira Regulamento de Deslocações da Universidade da Madeira A Lei nº 59/2008, de 11 de Setembro, que regula o Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas, com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2009,

Leia mais

AJUDAS DE CUSTO E SUBSÍDIO DE TRANSPORTE

AJUDAS DE CUSTO E SUBSÍDIO DE TRANSPORTE DOMÍNIO 03. Recursos Humanos TEMA 03.02. Despesas com o pessoal ASSUNTO 03.02.04. Ajudas de Custo e subsídio de transporte UO RESPONSÁVEL REVISTO EM: APROVADO EM: ENTRADA EM VIGOR: 05.05.2014 AJUDAS DE

Leia mais

Novo estatuto do gestor público

Novo estatuto do gestor público Decreto Lei n.º 71/2007, de 27 de março Novo estatuto do gestor público CAPÍTULO I Âmbito Artigo 1.º Gestor público 1 Para os efeitos do presente decreto lei, considera se gestor público quem seja designado

Leia mais

REGULAMENTOS ESPECÍFICOS

REGULAMENTOS ESPECÍFICOS Programa Operacional Factores de Competitividade Deliberações CMC POFC: 16/07/2008 Assistência Técnica do POFC Entrada em vigor DA ÚLTIMA ALTERAÇÃO em 17/07/2008 Artigo 1.º Objecto O presente regulamento

Leia mais

Divisão de Informação Legislativa e Parlamentar. Legislação Citada. O E Página 1

Divisão de Informação Legislativa e Parlamentar. Legislação Citada. O E Página 1 Decreto-Lei n.º 107/2012, de 18 de maio Regula o dever de informação e a emissão de parecer prévio relativos à aquisição de bens e à prestação de serviços no domínio das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Portaria n.º 71/2016 de 4 de Julho de 2016

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Portaria n.º 71/2016 de 4 de Julho de 2016 S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Portaria n.º 71/2016 de 4 de Julho de 2016 Considerando que o Regime Jurídico de Apoio ao Movimento Associativo Desportivo, aprovado pelo Decreto Legislativo Regional n.º 21/2009/A,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS DL 659/2008 2008.11.14 A Lei 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, que consagra os regimes de vinculação, de carreiras e remunerações dos trabalhadores que exercem funções públicas vem estabelecer novos e mais

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE DISPOSITIVOS MÉDICOS CATETER BALÃO DE ANGIOPLASTIA CONCURSO PÚBLICO N.º 120006/16 1 Programa de Concurso DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1.º Definições

Leia mais

DECRETO N.º 126/VIII

DECRETO N.º 126/VIII DECRETO N.º 126/VIII QUARTA ALTERAÇÃO AO DECRETO-LEI N.º 64-A/89, DE 27 DE FEVEREIRO, ALTERADO PELO DECRETO-LEI N.º 403/91, DE l6 DE OUTUBRO E PELAS LEIS N.ºs 32/99, DE l8 DE MAIO E N.º 118/99, DE ll DE

Leia mais

PROJECTO DE DECRETO - LEI DE ALTERAÇÂO DO ECD. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Decreto-Lei n.º xx/2011 de x de Outubro

PROJECTO DE DECRETO - LEI DE ALTERAÇÂO DO ECD. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Decreto-Lei n.º xx/2011 de x de Outubro PROJECTO DE DECRETO - LEI DE ALTERAÇÂO DO ECD MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA Decreto-Lei n.º xx/2011 de x de Outubro Foram observados os procedimentos decorrentes da Lei n.º 23/98, de 26 de Maio. Assim:

Leia mais

Checklist de Contratação Pública

Checklist de Contratação Pública Checklist de Contratação Pública (A preencher pelo beneficiário, no GestPDR, e a verificar e completar pelo técnico responsável pela análise do pedido de apoio. Deve ser preenchida uma ficha para cada

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 47/2015 de 27 de Março de 2015

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 47/2015 de 27 de Março de 2015 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 47/2015 de 27 de Março de 2015 A Resolução do Conselho do Governo n.º 18/2013, de 19 de fevereiro, alterada e republicada pela Resolução do Conselho

Leia mais

LEI GERAL DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CÓDIGO DE TRABALHO

LEI GERAL DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CÓDIGO DE TRABALHO DE TRABALHO I. Enquadramento Geral A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas entrou em vigor no dia 1 de agosto de 2014. A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (adiante designada por LTFP) aprovada

Leia mais

Referência: AEN2ABT N.º 08/2014 CADERNO DE ENCARGOS

Referência: AEN2ABT N.º 08/2014 CADERNO DE ENCARGOS Referência: AEN2ABT N.º 08/2014 CADERNO DE ENCARGOS Aquisição de Serviços de Transporte Escolar em Táxi para a Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Fernandes e Escola Básica António Torrado do Agrupamento

Leia mais

REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES

REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES O Estatuto da Câmara dos Solicitadores, aprovado pelo Decreto-Lei 88/2003, de 26 de Abril, no seu artigo 102º, prevê que os solicitadores podem

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA. CAPÍTULO I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito

REGULAMENTO DE BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA. CAPÍTULO I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito I N S T I T U T O D E E N G E N H A R I A B I O M É D I C A REGULAMENTO DE BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito O presente regulamento, aprovado pela Fundação

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 23 de setembro de Série. Número 168

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 23 de setembro de Série. Número 168 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 23 de setembro de 2016 Série Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Resolução n.º 659/2016 Autoriza a celebração de dois contratos simples com as

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 9 de novembro de Série. Número 197

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 9 de novembro de Série. Número 197 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 9 de novembro de 2016 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIREÇÃO REGIONAL DE JUVENTUDE E DESPORTO E MADEIRA AN- DEBOL SAD Contrato

Leia mais

Município da Marinha Grande Câmara Municipal

Município da Marinha Grande Câmara Municipal Município da Marinha Grande Câmara Municipal Reunião extraordinária da Página 1 de 27 Aos treze dias do mês de junho de dois mil e catorze, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, reuniu extraordinariamente

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 26 de junho de Série. Número 112

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 26 de junho de Série. Número 112 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 26 de junho de 2017 Série Suplemento Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DOS ASSUNTOS PARLAMENTARES E EUROPEUS E DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

REGULAMENTO RELATIVO ÀS DESPESAS ELEGÍVEIS E À PRESTAÇÃO DE CONTAS. Artigo 1.º. Objeto

REGULAMENTO RELATIVO ÀS DESPESAS ELEGÍVEIS E À PRESTAÇÃO DE CONTAS. Artigo 1.º. Objeto REGULAMENTO RELATIVO ÀS DESPESAS ELEGÍVEIS E À PRESTAÇÃO DE CONTAS Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento estabelece os procedimentos e documentos necessários à verificação das despesas elegíveis necessárias

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS DOCENTES DO ENSINO PORTUGUÊS NO ESTRANGEIRO. CAPÍTULO I Disposições Comuns

REGULAMENTO INTERNO DA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS DOCENTES DO ENSINO PORTUGUÊS NO ESTRANGEIRO. CAPÍTULO I Disposições Comuns REGULAMENTO INTERNO DA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS DOCENTES DO ENSINO PORTUGUÊS NO ESTRANGEIRO CAPÍTULO I Disposições Comuns SECÇÃO I Disposições gerais Artigo 1º Objecto O presente regulamento procede

Leia mais

RELATÓRIO E PARECER SOBRE O PROJECTO DE RESOLUÇÃO RELATIVO AO PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI N.º 11/2003, DE 13 DE MAIO

RELATÓRIO E PARECER SOBRE O PROJECTO DE RESOLUÇÃO RELATIVO AO PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI N.º 11/2003, DE 13 DE MAIO RELATÓRIO E PARECER SOBRE O PROJECTO DE RESOLUÇÃO RELATIVO AO PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI N.º 11/2003, DE 13 DE MAIO HORTA, 7 DE MAIO DE 2004 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO A Comissão de

Leia mais

JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 29 de julho de 2013

JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 29 de julho de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, Série Sumário ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA DA MADEIRA Decreto Legislativo Regional n.º 26/2013/M Primeira alteração ao Decreto

Leia mais

DL 495/ Dez-30 CIRC - Sociedades Gestoras de Participações Sociais (SGPS) - HOLDINGS

DL 495/ Dez-30 CIRC - Sociedades Gestoras de Participações Sociais (SGPS) - HOLDINGS DL 495/88 1988-Dez-30 CIRC - Sociedades Gestoras de Participações Sociais (SGPS) - HOLDINGS SOCIEDADES HOLDING Artigo 1º (sociedades gestoras de participações sociais) 1 As sociedades gestoras de participações

Leia mais

Portaria n.º 369/2004, de 12 de Abril

Portaria n.º 369/2004, de 12 de Abril Regime de intervenção das entidades acreditadas em acções ligadas ao processo de verificação das condições técnicas e de segurança a observar na instalação e manutenção das balizas de futebol, de andebol,

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 20 de outubro de Série. Número 161

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 20 de outubro de Série. Número 161 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 20 de outubro de 2015 Série Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DA ECONOMIA, TURISMO E CULTURA Portaria n.º 195/2015

Leia mais

Aviso do Banco de Portugal n. o 1/2016

Aviso do Banco de Portugal n. o 1/2016 Aviso do Banco de Portugal n. o 1/2016 Índice Texto do Aviso Texto do Aviso Mod. 99999910/T 01/14 O nível de exposição das instituições de crédito ao risco imobiliário tem vindo a sofrer um aumento significativo

Leia mais

Municipal. Boletim. Câmara Municipal de São Vicente. N.º 11 / 30 de novembro de Sumário Despachos e Resoluções dos Órgãos Municipais

Municipal. Boletim. Câmara Municipal de São Vicente. N.º 11 / 30 de novembro de Sumário Despachos e Resoluções dos Órgãos Municipais Boletim Municipal Câmara Municipal de São Vicente DESPACHOS N.º 11 / 30 de novembro de 2016 MANDATO 2013-2017 Sumário Despachos e Resoluções dos Órgãos Municipais DESPACHO N.º71/2016 - Substituição do

Leia mais

Regulamento Municipal do Exercício do Direito de Petição

Regulamento Municipal do Exercício do Direito de Petição 1 Regulamento Municipal do Exercício do Direito de Petição APROVADO PELA CÂMARA MUNICIPAL DE SINTRA EM 26 DE MARÇO DE 2008 APROVADO PELA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SINTRA EM 18 DE ABRIL DE 2008 2 Regulamento

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, TELERRADIOLOGIA CONCURSO PÚBLICO N.º 190006/17 1 Programa de Concurso DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1.º Definições Para o efeito do presente

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 31 de Julho de Série. Número 113

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 31 de Julho de Série. Número 113 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 31 de Julho de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DOS ASSUNTOS PARLAMENTARES E EUROPEUS E DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP

Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP «Empresa» «Morada1» «Cod_Postal» «Localidade» Nossa referência Assunto: Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP Aquisição de serviços de dados acesso à internet e conectividade

Leia mais

Exmo. Senhor (Nome e morada)

Exmo. Senhor (Nome e morada) Exmo. Senhor (Nome e morada) Na sequência da reclamação apresentada em (data de apresentação da reclamação), do acto de processamento do seu vencimento, relativo ao mês de Janeiro de 2011, e em resposta

Leia mais

REGULAMENTO RELATIVO ÀS DESPESAS ELEGÍVEIS. Artigo 1.º Objeto

REGULAMENTO RELATIVO ÀS DESPESAS ELEGÍVEIS. Artigo 1.º Objeto REGULAMENTO RELATIVO ÀS DESPESAS ELEGÍVEIS Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento estabelece os procedimentos e documentos necessários à verificação das despesas elegíveis necessárias à concretização

Leia mais

Não dispensa a consulta do Diário da República Imojuris. Todos os direitos reservados.

Não dispensa a consulta do Diário da República Imojuris. Todos os direitos reservados. REGIME ESPECIAL APLICÁVEL AOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL E ÀS SOCIEDADES DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL Aprovado pelos artigos 102.º a

Leia mais

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 33/2013 de 14 de Junho de 2013

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 33/2013 de 14 de Junho de 2013 VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 33/2013 de 14 de Junho de 2013 Considerando que o Governo dos Açores pretende fomentar o desenvolvimento das potencialidades

Leia mais

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 26/2017 de 20 de Fevereiro de 2017

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 26/2017 de 20 de Fevereiro de 2017 VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO, EMPREGO E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL Portaria n.º 26/2017 de 20 de Fevereiro de 2017 Através da Portaria n.º 33/2013, de 14 de junho, com as alterações introduzidas pela Portaria

Leia mais

Decreto-Lei n.º 246/2015, de 20 de outubro

Decreto-Lei n.º 246/2015, de 20 de outubro Decreto-Lei n.º 246/2015, de 20 de outubro A Lei n.º 90/2009, de 31 de agosto, que aprova o regime especial de proteção na invalidez, teve por objetivo a unificação de vários regimes especiais de proteção

Leia mais

Regulamento da CMVM n.º 91/4 Ofertas Públicas

Regulamento da CMVM n.º 91/4 Ofertas Públicas Não dispensa a consulta do diploma publicado em Diário da República Regulamento da CMVM n.º 91/4 Ofertas Públicas Ao abrigo do disposto na alínea b) do nº 1 do artigo 14º do Código do Mercado de Valores

Leia mais

Direito Público BRIEFING MEDIDAS INCLUÍDAS NA PROPOSTA DE LEI DO ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2013 OUTUBRO CONTRATAÇÃO PÚBLICA

Direito Público BRIEFING MEDIDAS INCLUÍDAS NA PROPOSTA DE LEI DO ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2013 OUTUBRO CONTRATAÇÃO PÚBLICA BRIEFING OUTUBRO 2012 01 MEDIDAS INCLUÍDAS NA PROPOSTA DE LEI DO ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2013 Direito Público No passado dia 15 de Outubro, o Governo apresentou na Assembleia da República a Proposta de

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 290/XI PROCEDE À REGULARIZAÇÃO DOS VÍNCULOS PRECÁRIOS NA ADMINISTRAÇÃO CENTRAL, REGIONAL E LOCAL

PROJECTO DE LEI N.º 290/XI PROCEDE À REGULARIZAÇÃO DOS VÍNCULOS PRECÁRIOS NA ADMINISTRAÇÃO CENTRAL, REGIONAL E LOCAL Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 290/XI PROCEDE À REGULARIZAÇÃO DOS VÍNCULOS PRECÁRIOS NA ADMINISTRAÇÃO CENTRAL, REGIONAL E LOCAL Exposição de Motivos Desde a publicação do Decreto-Lei n.º 81-A/96,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal Regulamento Municipal de Alienação de Lotes de Terreno Propriedade do Município Nota justificativa Considerando a necessidade de se criarem normas harmónicas a que há-de

Leia mais

Nestes termos, de harmonia com o disposto no artigo 10.º do Decreto-Lei n.º 118/92 de 25 de Junho:

Nestes termos, de harmonia com o disposto no artigo 10.º do Decreto-Lei n.º 118/92 de 25 de Junho: Aprova o modelo de receita médica destinado à prescrição de medicamentos incluindo a de medicamentos manipulados A lei actual consagra a obrigatoriedade da prescrição por denominação comum internacional

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 8 de setembro de Série. Número 138

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 8 de setembro de Série. Número 138 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 8 de setembro de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS Portaria n.º 161/2015 Estabelece a Medida Incentivo

Leia mais

Ministério da Indústria

Ministério da Indústria Ministério da Indústria Assembleia Nacional Lei n.º 10/94 31 de Agosto de 2008 O processo de redimensionamento do sector empresarial do Estado teve até agora como principal suporte legais o Decreto n.º

Leia mais

1802 Diário da República, 1.ª série N.º de Março de 2009

1802 Diário da República, 1.ª série N.º de Março de 2009 1802 Diário da República, 1.ª série N.º 56 20 de Março de 2009 actualiza o regime jurídico de protecção social na eventualidade desemprego. Artigo 2.º Prorrogação 1 É prorrogada, por um período de seis

Leia mais

Ao abrigo do disposto no n.º 2 do artigo 36.º do Decreto-Lei n.º 211/2004, de 20 de Agosto:

Ao abrigo do disposto no n.º 2 do artigo 36.º do Decreto-Lei n.º 211/2004, de 20 de Agosto: Legislação Portaria n.º 1327/2004, de 19 de Outubro Publicada no D.R. n.º 246, I Série-B, de 19 de Outubro de 2004 SUMÁRIO: Regulamenta os procedimentos administrativos previstos no Decreto-Lei n.º 211/2004,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E FINANÇAS ~ CONVITE ~

DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E FINANÇAS ~ CONVITE ~ DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E FINANÇAS SERVIÇOS MUNICIPAIS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS EM REGIME DE AVENÇA DE ASSESSORIA E COMUNICAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SOURE ~ CONVITE ~ 1. O Município de Soure, pelo

Leia mais

PROPOSTA DE LEI N.º 177/X. Exposição de Motivos

PROPOSTA DE LEI N.º 177/X. Exposição de Motivos PROPOSTA DE LEI N.º 177/X Exposição de Motivos A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) veio suceder à Direcção-Geral de Viação nas atribuições em matéria de contra-ordenações rodoviárias,

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 9 de janeiro de Série. Número 4

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 9 de janeiro de Série. Número 4 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 9 de janeiro de 2017 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIREÇÃO REGIONAL DE JUVENTUDE E DESPORTO E ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DA MOCIDADE DA MADEIRA

Leia mais

Regulamento de Apoio a Iniciativas Regulares ou Pontuais, de Natureza Educativa, Desportiva, Recreativa, Cultural, Social e Outras

Regulamento de Apoio a Iniciativas Regulares ou Pontuais, de Natureza Educativa, Desportiva, Recreativa, Cultural, Social e Outras Regulamento de Apoio a Iniciativas Regulares ou Pontuais, de Natureza Educativa, Desportiva, Recreativa, Cultural, Social e Outras 1 NOTA JUSTIFICATIVA O Município de Chaves entende como sendo de interesse

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO

PROGRAMA DE CONCURSO CONCURSO PÚBLICO PARA A CONCESSÃO DA GESTÃO DO PARQUE GERAÇÕES S. JOÃO DO ESTORIL NO CONCELHO DE CASCAIS PROGRAMA DE CONCURSO Proc. N.º8/CON/DCOP/2014 ÍNDICE 1 - IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO 2 - ENTIDADE

Leia mais

Lei nº 7/2009, de 12 de Fevereiro [1] Códigos Tributários ª Edição. Atualização nº 9

Lei nº 7/2009, de 12 de Fevereiro [1] Códigos Tributários ª Edição. Atualização nº 9 Lei nº 7/2009, de 12 de Fevereiro [1] Códigos Tributários 2017 19ª Edição Atualização nº 9 1 [1] Código do Trabalho CÓDIGOS TRIBUTÁRIOS Atualização nº 9 ORGANIZAÇÃO BDJUR BIBLIOTECA DIGITAL JURÍDICA EDITOR

Leia mais

Secretarias Regionais de Educação e das Finanças e Administração Pública

Secretarias Regionais de Educação e das Finanças e Administração Pública Secretarias Regionais de Educação e das Finanças e Administração Pública Regime de aplicação de taxas pela utilização de infraestruturas desportivas sob tutela da Secretaria Regional de Educação A existência

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALTER DO CHÃO

MUNICÍPIO DE ALTER DO CHÃO MUNICÍPIO DE ALTER DO CHÃO REGULAMENTO OFICINA DOMICILIÁRIA Preâmbulo O Município de Alter do Chão, no âmbito da prossecução de uma política social com responsabilidade, tem tido a preocupação de contribuir

Leia mais

Deliberação n.º 2473/2007, de 28 de Novembro (DR, 2.ª série, n.º 247, de 24 de Dezembro de 2007)

Deliberação n.º 2473/2007, de 28 de Novembro (DR, 2.ª série, n.º 247, de 24 de Dezembro de 2007) Deliberação n.º 2473/2007, de 28 de Novembro (DR, 2.ª série, n.º 247, de 24 de Dezembro de 2007) Aprova os regulamentos sobre áreas mínimas das farmácias de oficina e sobre os requisitos de funcionamento

Leia mais

Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS OU SOCIEDADE DE REVISORES OFICIAIS DE CONTAS

Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS OU SOCIEDADE DE REVISORES OFICIAIS DE CONTAS Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS OU SOCIEDADE DE REVISORES OFICIAIS DE CONTAS Aprovado em 3 de Março de 2016 I. Âmbito e Objectivo

Leia mais

Concurso para Concessão de Exploração da Cafetaria do Centro de Artes e Biblioteca Municipal Condições de Adjudicação

Concurso para Concessão de Exploração da Cafetaria do Centro de Artes e Biblioteca Municipal Condições de Adjudicação Concurso para Concessão de Exploração da Cafetaria do Centro de Artes e Biblioteca Municipal Condições de Adjudicação 1. Objecto O objecto da presente adjudicação consiste, de acordo com as cláusulas seguintes,

Leia mais

Nota justificativa. Regulamento para operação do sistema de transmissão de dados em radiodifusão (RDS)

Nota justificativa. Regulamento para operação do sistema de transmissão de dados em radiodifusão (RDS) Nota justificativa Regulamento para operação do sistema de transmissão de dados em radiodifusão (RDS) O Decreto-Lei n.º 272/98, de 2 de setembro, que estabelece o regime de instalação e operação do sistema

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO URGENTE (Artº 155º do CCP)

CONCURSO PÚBLICO URGENTE (Artº 155º do CCP) 1 CONCURSO PÚBLICO URGENTE (Artº 155º do CCP) PROGRAMA DE CONCURSO Índice Artigo 1.º - Identificação do Concurso... 3 Artigo 2.º - Entidade Adjudicante... 3 Artigo 3.º - Órgão que tomou a decisão de contratar...

Leia mais

PARTIDOCOMUNISTAPORTUGUÊS GrupoParlamentar. Projeto de Lei n.º 589/XIII/2.ª

PARTIDOCOMUNISTAPORTUGUÊS GrupoParlamentar. Projeto de Lei n.º 589/XIII/2.ª PARTIDOCOMUNISTAPORTUGUÊS GrupoParlamentar Projeto de Lei n.º 589/XIII/2.ª Fixa o regime de atribuição das compensações em acréscimo aos suplementos remuneratórios que se fundamentem na prestação de trabalho

Leia mais

JORNAL OFICIAL. I Série. 3.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 27 de Dezembro de Número 133

JORNAL OFICIAL. I Série. 3.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 27 de Dezembro de Número 133 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 27 de Dezembro de 2011 I Série 3.º Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DA CULTURA, TURISMO E TRANSPORTES E DO PLANO E FINANÇAS Portaria n.º 169/2011

Leia mais

Formação de funcionários administrativos dos centros do IST

Formação de funcionários administrativos dos centros do IST Formação de funcionários administrativos dos centros do IST Iria Fernandes Rogério Colaço Lisboa, 26 de Fevereiro de 2014 Anfiteatro PA3 Procedimento em que a entidade adjudicante convida diretamente uma

Leia mais

Orientações de Gestão

Orientações de Gestão 2016 Orientações de Gestão Centro Hospitalar Póvoa de Varzim Vila do Conde, EPE Póvoa do Varzim, 25 de Fevereiro de 2016 Orientação de Gestão n.º 1/2016 PROCEDIMENTOS A ADOTAR NA VERIFICAÇÃO DO CUMPRIMENTO

Leia mais

MUNICÍPIO DE MONTALEGRE

MUNICÍPIO DE MONTALEGRE MUNICÍPIO DE MONTALEGRE CÃMARA MUNICIPAL N.I.P.0 506 149 811 EDITAL N 0212012/DAGF Regulamento de Apoio a Iniciativas Sociais, Culturais, Recreativas, Educativas, Humanitárias, Desportivas, Cooperativas

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PRÓTESES DO JOELHO CONCURSO PÚBLICO N.º 120016/16 1 Programa de Concurso DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1.º Definições Para o efeito do presente programa, os seguintes

Leia mais

1 JO no C 24 de , p JO no C 240 de , p JO no C 159 de , p. 32.

1 JO no C 24 de , p JO no C 240 de , p JO no C 159 de , p. 32. Directiva 91/533/CEE do Conselho, de 14 de Outubro de 1991, relativa à obrigação de a entidade patronal informar o trabalhador sobre as condições aplicáveis ao contrato ou à relação de trabalho Jornal

Leia mais

ANEXO 2 À NOTA TÈCNICA N.º 1/UA1/2010 FICHA DE VERIFICAÇÃO - BENEFICIÁRIO

ANEXO 2 À NOTA TÈCNICA N.º 1/UA1/2010 FICHA DE VERIFICAÇÃO - BENEFICIÁRIO 1 ANEXO 2 À NOTA TÈCNICA N.º 1/UA1/2010 FICHA DE VERIFICAÇÃO - BENEFICIÁRIO A PREENCHER PELO BENEFICIÁRIO PARA CADA PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA O Beneficiário confirma que na informação abaixo

Leia mais

REGULAMENTO DO REGIME DE VINCULAÇÃO DO PESSOAL DOCENTE DE CARREIRA CONTRATO EM FUNÇÕES PÚBLICAS ISCTE-INSTITUTO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA

REGULAMENTO DO REGIME DE VINCULAÇÃO DO PESSOAL DOCENTE DE CARREIRA CONTRATO EM FUNÇÕES PÚBLICAS ISCTE-INSTITUTO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA REGULAMENTO DO REGIME DE VINCULAÇÃO DO PESSOAL DOCENTE DE CARREIRA CONTRATO EM FUNÇÕES PÚBLICAS ISCTE-INSTITUTO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA O presente Regulamento tem por objecto regulamentar a vinculação

Leia mais

PARTIDOCOMUNISTAPORTUGUÊS GrupoParlamentar Projeto de Lei n.º 561/XIII/2.ª

PARTIDOCOMUNISTAPORTUGUÊS GrupoParlamentar Projeto de Lei n.º 561/XIII/2.ª PARTIDOCOMUNISTAPORTUGUÊS GrupoParlamentar Projeto de Lei n.º 561/XIII/2.ª Fixa o regime de atribuição e os montantes dos acréscimos em suplementos e outras compensações que se fundamentem na prestação

Leia mais

N. o de Junho de 2006 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B Portaria n. o 507/2006

N. o de Junho de 2006 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B Portaria n. o 507/2006 N. o 106 1 de Junho de 2006 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B 3645 Portaria n. o 507/2006 de 1 de Junho Na sequência da Portaria n. o 1176-A/2000, de 14 de Dezembro, o Instituto de Gestão Informática e Financeira

Leia mais

NORMA REGULAMENTAR N.º 6/2016-R, DE 18 DE MAIO CERTIFICAÇÃO DA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL PARA O EXERCÍCIO DE FUNÇÕES COMO ATUÁRIO RESPONSÁVEL

NORMA REGULAMENTAR N.º 6/2016-R, DE 18 DE MAIO CERTIFICAÇÃO DA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL PARA O EXERCÍCIO DE FUNÇÕES COMO ATUÁRIO RESPONSÁVEL Não dispensa a consulta da Norma Regulamentar publicada em Diário da República NORMA REGULAMENTAR N.º 6/2016-R, DE 18 DE MAIO CERTIFICAÇÃO DA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL PARA O EXERCÍCIO DE FUNÇÕES COMO

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 14 de julho de Série. Número 122

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 14 de julho de Série. Número 122 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 14 de julho de 2016 Série Suplemento Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DOS ASSUNTOS PARLAMENTARES E EUROPEUS E DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

A competência legal da Assembleia de Freguesia desdobra-se nas seguintes vertentes: a) Competência de organização interna

A competência legal da Assembleia de Freguesia desdobra-se nas seguintes vertentes: a) Competência de organização interna Competências da Assembleia A competência legal da Assembleia de Freguesia desdobra-se nas seguintes vertentes: a) Competência de organização interna ex.: elaboração do regimento; comissões ou grupos de

Leia mais

REGULAMENTO DO SUBSÍDIO AO ARRENDAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO TIRSO

REGULAMENTO DO SUBSÍDIO AO ARRENDAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO TIRSO REGULAMENTO DO SUBSÍDIO AO ARRENDAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO TIRSO Artigo 1.º (Âmbito) 1 O presente regulamento regula a concessão de subsídio ao arrendamento pelo município de Santo Tirso. 2 Podem

Leia mais

REGULAMENTO DE LIQUIDAÇÃO E COBRANÇA DA TAXA PELA EXPLORAÇÃO DE INERTES.

REGULAMENTO DE LIQUIDAÇÃO E COBRANÇA DA TAXA PELA EXPLORAÇÃO DE INERTES. CÂMARA MUNICIPAL DE SEIA REGULAMENTO DE LIQUIDAÇÃO E COBRANÇA DA TAXA PELA EXPLORAÇÃO DE INERTES. Regulamento de Liquidação e Cobrança da Taxa pela Exploração de Inertes 1 PREÂMBULO A alínea n) do artigo

Leia mais

Decreto-Lei n.º 172/99 de 20 de Maio *

Decreto-Lei n.º 172/99 de 20 de Maio * Decreto-Lei n.º 172/99 de 20 de Maio * O presente decreto-lei estabelece o regime jurídico dos warrants autónomos, regulando a sua emissão no mercado nacional, prevendo a admissão à negociação em mercado

Leia mais

ALTERAÇÕES AO REGIME DA MOBILIDADE GERAL

ALTERAÇÕES AO REGIME DA MOBILIDADE GERAL mobilidade geral encontra-se regulada nos artigos 59.º a 65.º da Lei nº 12-/2008, de 27 de fevereiro (LVCR), que define e regula os regimes de vinculação de carreiras e de remunerações dos trabalhadores

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO Nº 01/2015 FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO Nº 01/2015 FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO Nº 01/2015 FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Conteúdo Cláusula 1ª - Objeto do Contrato... 3 Cláusula 2ª - Contrato... 3 Cláusula 3ª - Prazo... 3 Cláusula 4ª Obrigações

Leia mais

PROJECTO DE REGULAMENTO INTERNO DE CONTRATAÇÃO DE DOCENTES ESPECIALMENTE CONTRATADOS EM REGIME CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS

PROJECTO DE REGULAMENTO INTERNO DE CONTRATAÇÃO DE DOCENTES ESPECIALMENTE CONTRATADOS EM REGIME CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS PROJECTO DE REGULAMENTO INTERNO DE CONTRATAÇÃO DE DOCENTES ESPECIALMENTE CONTRATADOS EM REGIME CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS Artigo 1.º Objecto O presente Regulamento tem como objecto a definição

Leia mais

REGULAMENTO DE AQUISIÇÃO, RENOVAÇÃO, SUSPENSÃO E CASSAÇÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA

REGULAMENTO DE AQUISIÇÃO, RENOVAÇÃO, SUSPENSÃO E CASSAÇÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA REGULAMENTO DE AQUISIÇÃO, RENOVAÇÃO, SUSPENSÃO E CASSAÇÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA Aprovado pelo Decreto-Regulamentar nº 11/2004, de 20 de Dezembro Publicado no Boletim Oficial nº 37, I Série

Leia mais

Decreto-Lei nº 36/96 de 23 de Setembro

Decreto-Lei nº 36/96 de 23 de Setembro Quadro Privativo do pessoal da Inspecção da Educação Decreto-Lei nº 36/96 de 23 de Setembro Decreto-Lei nº 36/96 de 23 de Setembro A dinâmica já imprimida ao processo de reforma educativa, as exigências

Leia mais