ANEXO XV - PROJETO BÁSICO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO XV - PROJETO BÁSICO"

Transcrição

1 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REFORMULAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DA RUA PADRE CHAGAS E PROXIMIDADES ANEXO XV - PROJETO BÁSICO 1) GENERALIDADES O presente Projeto Básico tem como objetivo estabelecer as normas e encargos que presidirão o desenvolvimento do trabalho de reformulação da Iluminação Pública da rua Padre Chagas e proximidades, sempre respeitando as especificações, memoriais e projetos anexos deste Edital. Para orçamento e posterior execução dos serviços, deverão ser considerados todos os itens deste Projeto Básico, memorial descritivo, projeto e documentos anexos. Todos os materiais, montagens e serviços, inclusive postes metálicos, luminárias, quadros de comando, fornecidos pela empresa contratada, deverão ser inspecionados e aprovados pela fiscalização da DIP/SMOV antes da sua instalação. Caso isso não seja observado, poderá ser solicitada a substituição dos materiais rejeitados pela fiscalização, sem ônus para a PMPA. 2) DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS Para execução da reformulação da Iluminação Pública da rua Padre Chagas e proximidades, são listados os seguintes serviços: 2.1. Abertura e fechamento de valas; 2.2. Instalação de dutos e cabos; 2.3. Recomposição do pavimento / passeio existente; 2.4. Instalação de caixas de passagens; 2.5. Instalação de bases para postes metálicos; 2.6. Instalação de postes e luminárias 2.7. Instalação de quadros de comando; 2.8. Instalação de sistema de aterramento; 2.9. Limpeza do local de trabalho; Acionamentos e testes dos circuitos de iluminação com acompanhamento da fiscalização DIP/SMOV;

2 2.11. Instalação de fita de advertência em todos os trechos subterrâneos, informando o risco elétrico de rede de baixa tensão; Identificação de cada ponto de iluminação e quadro de comando instalado, fixando uma placa, fornecida pela Contratante, em local indicado pela fiscalização; Documentação dos dados referentes aos materiais aplicados, bem como a localização exata, georreferenciamento, da instalação; Formatação dos dados, entregues em papel e em mídia digital, nos moldes indicado pela fiscalização; Georreferenciamento dos pontos de iluminação e quadros de comando de iluminação pública conforme orientação da Contratante, considerando os seguintes itens: a) As coordenadas N e E deverão ser apresentadas no Sistema Cartográfico de Referência de Porto Alegre (SCR-POA), de acordo com o Decreto n de 11 de junho de 2013, conforme ANEXO 1 deste projeto básico; b) As coordenadas deverão ter precisão posicional sub-métrica para cada ponto; c) Deverão ser utilizados receptores GNSS topográficos de simples frequência (L1) ou superior. A utilização de outros equipamentos deve ser autorizada pela Contratante Instalação de placa de obra em local a ser definido pela fiscalização; Realização do balanceamento e equilíbrio das cargas instaladas; Nota: Constam em memorial descritivo e projeto demais diretrizes para execução dos serviços e aquisição dos materiais. 3) OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA Além dos encargos já previstos neste Projeto Básico e Memorial Descritivo, a Contratada obriga-se a: 3.1. Fornecer toda a mão-de-obra, veículos, materiais, maquinários, ferramentas, equipamentos e andaimes necessários à execução dos serviços;

3 3.2. Responsabilizar-se pelo bom comportamento de seu pessoal, podendo a Contratante exigir o afastamento imediato de qualquer empregado da Contratada, cuja permanência seja considerada prejudicial ao bom andamento dos serviços; 3.3. Responsabilizar-se pelo pagamento, sem qualquer reembolso por parte da Contratante, de indenizações decorrentes de acidentes ou fatos que causem danos ou prejuízos aos serviços contratados e/ou a terceiros; 3.4. Não reivindicar da Contratante qualquer indenização por perdas e danos de bens de sua propriedade ou de terceiros sob sua responsabilidade; 3.5. Executar os serviços conforme as características técnicas exigidas pelas Normas e padrões da CEEE, DIP/SMOV, NBR 5410, ABNT, NR-10 e demais normas vigentes; 3.6. Refazer os serviços realizados, comprovadamente pela fiscalização, de forma imperfeita, fornecendo inclusive os materiais danificados por mau uso, não cabendo à Contratante, nesses casos, o fornecimento dos mesmos; 3.7. Não prestar declaração e/ou informações sem prévia autorização por escrito da Contratante, a respeito do Objeto do presente Edital; 3.8. Manter o seu pessoal em serviço devidamente uniformizado, com todos os equipamentos de proteção individual indicados pela NR-10; 3.9. Identificar seu pessoal em serviço com Carteira de Identidade Funcional; Pagar todos os tributos, taxas, encargos sociais e seguros, atuais ou futuros, locomoção e refeição do pessoal necessário à execução dos serviços; Empregar somente pessoal comprovadamente qualificado, habilitado e autorizado para realizar os serviços técnicos e administrativos, conforme as exigências deste Projeto Básico; Apontar um engenheiro eletricista qualificado, habilitado e autorizado como responsável técnico pelos serviços realizados pela Contratada, que deverá acompanhar a obra e participar de reuniões referentes à execução do contrato de acordo com as necessidades da Contratante; Iniciar a prestação dos serviços vinculados a este Edital em até 05 (cinco) dias após a Ordem de Início dos mesmos;

4 3.14. Certificar-se da utilização, por parte dos seus funcionários, dos equipamentos de proteção individual e coletiva que se fizerem necessários para o desenvolvimento seguro dos serviços, conforme NR-10; Providenciar seguro de vida coletivo para os empregados da Contratada; Informar imediatamente à Contratante os motivos que determinarem impedimento do início ou andamento normal de qualquer dos serviços; Reforçar em número e qualidade o pessoal em serviço, sem ônus para a Contratante, seja espontaneamente ou atendendo a pedido da Contratante, sempre que ficar evidenciada sua insuficiência para o cumprimento dos prazos previstos neste Edital; Efetuar o registro junto ao CREA das obras e dos serviços, a serem realizados, e dos postes metálicos fornecidos, sob a forma de Anotação da responsabilidade Técnica (ART); Não delegar atividades a outras empresas ou terceiros; Acatar prontamente as exigências e observações da fiscalização, baseadas nas especificações e regras de boa técnica; Ter cadastro junto à CEEE de acordo com os serviços a serem realizados; Realizar todos os contatos necessários EPTC para liberação do local de trabalho; Devolução de todos os materiais retirados do trecho à fiscalização da DIP/SMOV; Realizar todas as obras civis necessárias à instalação de rede de distribuição de energia elétrica, estruturas metálicas, projetores, e demais itens que fazem parte deste Edital; Executar os serviços de aterramento / segurança elétrica de todos os equipamentos conforme projeto e memorial descritivo; Realizar todos os contatos necessários (EPTC, empresas de telefonia, PROCEMPA, PROCERGS, SMAM, SMOV, CEEE e demais contatos necessários) para o bom andamento dos serviços, inclusive para retirada dos postes, redes iluminação pública e de telefonia existentes; 3.29 A luminária LED deve possuir garantia mínima de 10 anos para todos os seus componentes;

5 Nota: A contratada deverá entregar cópia da nota fiscal da compra deste material à fiscalização da DIP/SMOV, constando, no campo de observação da nota, a informação, por parte do fabricante, de que a garantia se aplica à DIP/SMOV em caso de troca por defeito em algum componente do conjunto com tecnologia LED. 4) OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE São obrigações da Contratante: 4.1. Esclarecer à Contratada toda e qualquer dúvida com referência à execução dos serviços; 4.2. Fornecer à Contratada as Normas e especificações técnicas da DIP/SMOV necessárias à correta execução dos serviços; 4.3. Vistoriar e fiscalizar os serviços executados periodicamente e se estes estão sendo realizados de acordo com cronograma e especificações; 4.4. Pagar à Contratada as faturas apresentadas mediante vistorias e aceitas nas condições estabelecidas neste Projeto Básico; 4.5. Aplicar sanções e multas à Contratada, nos termos deste Projeto Básico; 4.6. Recusar serviços executados em desacordo com as especificações técnicas da CEEE, DIP/SMOV e disposições deste Projeto Básico; 4.7. Vistoriar e fiscalizar os equipamentos de proteção coletiva e individual e as ferramentas empregadas pela Contratada; 4.8. Embargar ou suspender os serviços, sem prejuízo das penalidades a que ficar sujeita a Contratada e sem que esta tenha direito de qualquer indenização, no caso de não ser atendida qualquer reclamação sobre defeito essencial em serviço executado ou material posto no local; 4.9. Fornecer as placas de identificação para os projetores e quadros de comando a serem instalados; 4.10 Solicitar à contratada cópia da nota fiscal de compra do material (luminária LED) conforme nota do item 3.29 desta especificação; 4.11 Inspeção e aprovação dos materiais e serviços constantes em projeto e memorial descritivo.

6 5) CONSIDERAÇÕES FINAIS 5.1. Os serviços deverão ser executados conforme as normas e padronizações vigentes da CEEE, DIP/SMOV, PMPA/NGE, ABNT, NR10 E DEMAIS DISPOSITIVOS REGULAMENTARES VIGENTES; 5.2. Todos os serviços deverão ser executados com máximo de cuidado para não danificar as instalações existentes. A situação deverá ser recomposta, no que for necessário, após a execução dos serviços; 5.3. A empresa deverá fornecer e instalar uma placa de obra, modelo DIP/SMOV, quando da Ordem de Início, em local a ser definido pela fiscalização; 5.4. A Empresa deverá manter contato com a CEEE, EPTC e demais órgãos competentes para liberação do local de trabalho, sempre que necessário Se necessário, os serviços deverão acontecer em horários alternativos de acordo com o menor fluxo de veículos e preferencialmente entre as 21:00h e 6:00h.

7 ANEXO 1 - Decreto n de 11 de junho de 2013

8

9

ANEXO XIII - PROJETO BÁSICO

ANEXO XIII - PROJETO BÁSICO CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REFORMULAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DA ELEVADA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO E TRECHO DA RUA DA CONCEIÇÃO. ANEXO XIII - PROJETO BÁSICO 1) GENERALIDADES O presente

Leia mais

ANEXO XIV - PROJETO BÁSICO

ANEXO XIV - PROJETO BÁSICO CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA INSTALAÇÃO E REFORMULAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO VIADUTO TIRADENTES ANEXO XIV - PROJETO BÁSICO 1) GENERALIDADES O presente Projeto Básico tem como objetivo

Leia mais

ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS TÍTULO: RECOLOCAÇÃO E SUBSTITUIÇÂO DE POSTES DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA, COM IDENTIFICAÇÃO, GEORREFERENCIAMENTO E CADASTRAMENTO DE LUMINÁRIAS, EM DIVERSOS LOGRADOUROS DE

Leia mais

CENTRO HISTÓRICO ANEXO XIV - PROJETO BÁSICO

CENTRO HISTÓRICO ANEXO XIV - PROJETO BÁSICO CENTRO HISTÓRICO ANEXO XIV - PROJETO BÁSICO 1. INTRODUÇÃO Este Projeto Básico tem por objetivo a contratação dos Serviços de Engenharia para Substituição do Sistema de Iluminação Pública do Centro Histórico

Leia mais

SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. GENERALIDADES O presente projeto tem como finalidade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO DIVISÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA CONCORRÊNCIA N.º

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO DIVISÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA CONCORRÊNCIA N.º PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO DIVISÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA CONCORRÊNCIA N.º 002.083000.09.7 ANEXO IV Contratação de Serviços de Engenharia para substituição

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO DIVISÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA PROJETO BÁSICO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO DIVISÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA PROJETO BÁSICO ANEXO XII PROJETO BÁSICO 1) GENERALIDADES O presente Projeto Básico tem como objetivo estabelecer as normas e encargos que presidirão o desenvolvimento do trabalho de revisão/execução de aterramento e

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO Sistema de Ar-Condicionado Tipo Split. ÌNDICE 1. INTRODUÇÃO 1.1 NORMAS TÉCNICAS 1. 2 ORIENTAÇÕES INICIAIS 2. SERVIÇOS 3. EQUIPAMENTOS E MATERIAIS 4. REQUISITOS PARA FORNECEDORES

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item Descrição Unid. BATERIA 12v 100 A/H RT 100 LE, para caminhão VOLKSWAGEM MODELO 13180, ano fabricação 2008.

TERMO DE REFERÊNCIA. Item Descrição Unid. BATERIA 12v 100 A/H RT 100 LE, para caminhão VOLKSWAGEM MODELO 13180, ano fabricação 2008. FUNDO NACION DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA. OBJETO. Aquisição de BATERIA 2v, 00 a/h RT 00 LE, para uso em veículo oficial pesado, de acordo com os critérios estabelecidos neste Termo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Estão discriminados no ANEXO - I do Termo de Referência contido nos autos do processo.

TERMO DE REFERÊNCIA. Estão discriminados no ANEXO - I do Termo de Referência contido nos autos do processo. 1 OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de Engenharia para Reforma da Casa da Gestante, com fornecimento de material e mão de obra, situado na Avenida

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA PASSARELA

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA PASSARELA MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA PASSARELA INDICE 1.0-APRESENTAÇÃO 2.0-MEMORIAL DESCRITIVO- PROJETO ESTRUTURAL 2.1-Dados geral 2.2-Disposições gerais 2.3-Omissões 2.4-Execução 2.5-Responsabilidades da empresa

Leia mais

Termo de Referência 15/2016

Termo de Referência 15/2016 (ISO Em Processo de Implantação) Itapira, 23 de março de 2016. Termo de Referência 15/2016 1. OBJETO Contratação de empresa especializada para a realização de serviços de manutenção eletromecânica preventiva

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 053/2012 COMPRASNET. Termo de Referência para Ar Condicionado DESINSTALAÇÃO E INSTALAÇÃO

COTAÇÃO ELETRÔNICA: 053/2012 COMPRASNET. Termo de Referência para Ar Condicionado DESINSTALAÇÃO E INSTALAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA: 053/2012 COMPRASNET Termo de Referência para Ar Condicionado DESINSTALAÇÃO E INSTALAÇÃO Unidade Pedro de Toledo Gerência de Serviços ESPECIFICAÇÃO TECNICA DO OBJETO 1- OBJETO Contratação

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO. Título

PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO. Título PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO Título ATENDIMENTO DE LIGAÇÃO DE CONSUMIDORES JUNTO À FAIXA DE PRAIA DA ORLA MARÍTIMA Código NTD-00.074 Data da emissão 05.12.2005 Data da última revisão 18.01.2008 Folha

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VERSÃO Nº ATA Nº DATAA DATA DA VIGÊNCIA 00-30/07/2012 30/07/2012 APROVADO POR Edson Hideki Takauti SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO SESC MINAS Nº 0090/2014 OBJETO Contratação de empresa especializada em fornecimento e instalação de luminárias a LED e de emergência conforme especificado

Leia mais

CARTA CONVITE 016/2015 II - TERMO DE REFERÊNCIA

CARTA CONVITE 016/2015 II - TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇO NACIONAL DEAPRENDIZAGEM COMERCIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO AMAZONAS CARTA CONVITE 016/2015 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para Contratação de Empresa Especializada paraa Construção

Leia mais

Prestação de serviço de manutenção e reparo em equipamentos de rede Roteadores.

Prestação de serviço de manutenção e reparo em equipamentos de rede Roteadores. TERMO DE REFERÊNCIA DADOS CADASTRAIS 1-IDENTIFICAÇÃO SOLICITANTE 1.1 Diretoria DR 1.2 Unidade SOR-PB 1.3 Endereço completo da unidade solicitante: AV. Presidente Carlos Luz, 1275 1.5 - Cidade: 1.6 - UF:

Leia mais

ANEXO I - ORIENTAÇÕES GERAIS E INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS A SEREM APRESENTADAS NO PROJETO PROVISÓRIO DE INSTALAÇÃO (PPI)

ANEXO I - ORIENTAÇÕES GERAIS E INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS A SEREM APRESENTADAS NO PROJETO PROVISÓRIO DE INSTALAÇÃO (PPI) ANEXO I - ORIENTAÇÕES GERAIS E INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS A SEREM APRESENTADAS NO PROJETO PROVISÓRIO DE 1. A EMPRESA, após a realização da Vistoria Inicial Conjunta, deverá elaborar e enviar o Projeto Provisório

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TOMADA DE PREÇOS N. 51/2014

TERMO DE REFERÊNCIA TOMADA DE PREÇOS N. 51/2014 TERMO DE REFERÊNCIA TOMADA DE PREÇOS N. 51/2014 1. OBJETO 1.1. O objeto do presente contrato é a prestação de serviços de lavagem de roupas hospitalares como lençóis, fronhas, uniformes e cobertores entre

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº 46

COMUNICADO TÉCNICO Nº 46 Página 1 de 11 COMUNICADO TÉCNICO Nº 46 LIGAÇÕES ESPECIAIS NA VIA PÚBLICA COM MEDIÇÃO Diretoria de Planejamento e Planejamento Gerência de Engenharia Página 2 de 11 ÍNDICE OBJETIVO...3 1. APLICAÇÃO...4

Leia mais

Projeto Básico CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM RECARGA DE EXTINTORES DE INCÊNDIO

Projeto Básico CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM RECARGA DE EXTINTORES DE INCÊNDIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Campus Cubatão Projeto Básico CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM RECARGA DE EXTINTORES DE INCÊNDIO 1. OBJETO

Leia mais

ANEXO XII - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO XII - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO XII - TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVO: ELABORAÇÃO DE PROJETO DE ILUMINAÇÃO E ELÉTRICO PARA IMÓVEIS, MONUMENTOS E CONJUNTOS TOMBADOS LOCALIZADOS EM PORTO ALEGRE GRUPO 2. Grupo 2 - Mercado Público, Ponte

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA. ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA. ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE MATERIAIS ELETRICOS A SEREM UTILIZADOS NA CENTRAL DE AUDIÊNCIAS ALA NORTE DO 5 PAVIMENTO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Convênio: Obra: Fabricação e Instalação de 2 Paradas de Ônibus. Local: Av. Dr. Waldomiro Graeff. O presente memorial descritivo e especificações técnicas tem

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Praça da Biblia R22 e R23, Centro Sinop/MT. Sinop/MT,30 de julho de 2014

MEMORIAL DESCRITIVO. Praça da Biblia R22 e R23, Centro Sinop/MT. Sinop/MT,30 de julho de 2014 MEMORIAL DESCRITIVO ASSUNTO: Projeto de instalações elétricas para implantação de iluminação pública nas dependências internas da Praça da Biblia Quadra R22 e R23 com a instalação de projetores embutidos

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na contratação de empresa para realizar serviços de brigadista, incluindo prevenção a incêndio,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 2. JUSTIFICATIVA A aquisição de climatizador e contratação de serviços técnicos de instalação do mesmo visam

TERMO DE REFERÊNCIA. 2. JUSTIFICATIVA A aquisição de climatizador e contratação de serviços técnicos de instalação do mesmo visam -FUNDAÇÃO DE APOIO AO HEMOSC/CEPON TERMO DE REFERÊNCIA CP 035/4 - OBRAS. OBJETO Contratação de empresa para fornecimento de equipamento de ar condicionado de 8.000BTU s e mão de obra para instalação do

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO COLETA DE PREÇOS

MEMORIAL DESCRITIVO COLETA DE PREÇOS MEMORIAL DESCRITIVO COLETA DE PREÇOS - 2016 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério menor preço,

Leia mais

CARTA CONVITE N.º 003/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º DE /2012 ANEXO I

CARTA CONVITE N.º 003/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º DE /2012 ANEXO I CARTA CONVITE N.º 003/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º DE.01.03.0044/2012 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PARA FORNECIMENTO DE MATERIAL PÉTREO PARA INFRAESTRUTURA DOS LAGOS 01 E 02 DA FASE ZERO DO SAPIENS

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Objeto: Contratação de empresa para prestação de serviços de limpeza durante a realização da 26ª Festa da Colônia de Gramado, evento que ocorrerá entre os dias 14 de abril e

Leia mais

Título do Documento: Tipo: FECO-NT-01/14. Alterações FECO-D-04 e Compartilhamento de Infra-Estrutura. Nota Técnica

Título do Documento: Tipo: FECO-NT-01/14. Alterações FECO-D-04 e Compartilhamento de Infra-Estrutura. Nota Técnica Título do Documento: Alterações FECO-D-04 e Tipo: FECO-NT-01/14 Nota Técnica Alterações FECO-D-04 e Compartilhamento de Infra-Estrutura NOTA TÉCNICA FECO-NT-01/2014 1 - Alteração da Norma Técnica FECO-D-04,

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP 22/2008 ANEXO I

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP 22/2008 ANEXO I MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP 22/2008 ANEXO I 1 DO OBJETO Visa a contratação de empresa especializada para prestar serviços de fornecimento e instalação

Leia mais

ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE MANUTENÇÃO CORRETIVA E PREVENTIVA EM RESPIRADORES MARCA BIRD. VOLUMÉTRICOS E DE PRESSÃO, MODELOS 8400 STI,

Leia mais

DEOP DIRETORIA DE ENGENHARIA E OPERAÇÕES EPE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA MANUAL DE TUBULAÇÕES TELEFÔNICAS PREDIAIS

DEOP DIRETORIA DE ENGENHARIA E OPERAÇÕES EPE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA MANUAL DE TUBULAÇÕES TELEFÔNICAS PREDIAIS CAPÍTULO 1: DISPOSIÇÕES GERAIS FINALIDADE Este manual estabelece os critérios, padrões e procedimentos a serem seguidos na elaboração de projeto e construção de tubulações telefônicas em edifícios. A SERCOMTEL

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na contratação de empresa para realizar serviços de brigadista, incluindo prevenção a incêndio,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico Projeto Básico Reforma no fechamento e construção de cobertura de proteção na Escola Municipal Maria do Carmo Balestero Gutierre 1.0 Objeto Trata-se da obra de pintura do muro de fechamento (em alvenaria),

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº 21 PROCEDIMENTOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE CON- JUNTOS BLINDADOS PARA UTILIZAÇÃO EM SEE

COMUNICADO TÉCNICO Nº 21 PROCEDIMENTOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE CON- JUNTOS BLINDADOS PARA UTILIZAÇÃO EM SEE 1 COMUNICADO TÉCNICO Nº 21 PROCEDIMENTOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE CON- JUNTOS BLINDADOS PARA UTILIZAÇÃO EM SEE 2 1. OBJETIVO Comunicar os procedimentos que devem ser adotados para homologação de conjuntos blindados

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Data: 22/07/2016 ETE.ET.001.16 Revisão: 00 Total de páginas: 6 TÍTULO: Contenção e abertura do acesso da torre 544 LT 440 KV Assis Sumaré. CONCESSÃO: ETEO PROJETO: Nome Elaborado

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Obra: Reflorestamento de Áreas de Preservação Permanente APP em área pública no bairro Manancial Cordeiro/RJ. Orientações gerais 01- Serviços de escritório;

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA HOMOLOGAÇÃO DE CONJUNTOS BLINDADOS DE MÉDIA TENSÃO PARA UTILIZAÇÃO EM SEE

PROCEDIMENTO PARA HOMOLOGAÇÃO DE CONJUNTOS BLINDADOS DE MÉDIA TENSÃO PARA UTILIZAÇÃO EM SEE CT-21 PROCEDIMENTO PARA HOMOLOGAÇÃO DE CONJUNTOS BLINDADOS DE MÉDIA TENSÃO PARA UTILIZAÇÃO EM SEE Comunicado Técnico Diretoria de Planejamento, Engenharia e Obras da Distribuição Gerência de Tecnologia

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO PARANÁ

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO PARANÁ ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA N 020/2011-MANUTENÇÃO IMPERMEABILIZAÇÃO DO CRMPR Este Termo de Referência foi elaborado em cumprimento ao disposto na Instrução Normativa nº 02/2008 do MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE ADEQUAÇÃO

Leia mais

MANUAL PARA INÍCIO DE OBRA

MANUAL PARA INÍCIO DE OBRA MANUAL PARA INÍCIO DE OBRA 1 PROCEDIMENTOS PARA INÍCIO DE OBRA 1. Apresentar cópia de Planta Aprovada pela Prefeitura Municipal de Campinas, cópia do Alvará de Execução para liberação de obra e cópia da

Leia mais

Contratação de serviços gráficos

Contratação de serviços gráficos Projeto básico Contratação de serviços gráficos Secretaria de Comunicação Social Brasília Agosto de 2008 1. OBJETO DA PROPOSTA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Contratação de empresa especializada na prestação

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.OBJETO: 1.1 Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de recuperação e revitalização dos toboáguas instalados nas unidades

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV Reforma da caixa d agua MEMORIAL DESCRITIVO Dezembro/2014 INFORMAÇÕES GERAIS A obra de que trata o presente memorial descritivo, é da reforma da Caixa d'água

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na descrição de serviços para contratação de empresa para realização de receptivo para o 7º

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na contratação de empresa para realizar serviços de brigadista, incluindo prevenção a incêndio,

Leia mais

Procedimento para ligações provisórias

Procedimento para ligações provisórias Procedimento para ligações provisórias Da Resolução Art. 44. É de responsabilidade exclusiva do interessado o custeio das obras realizadas a seu pedido nos seguintes casos: I extensão de rede de reserva;

Leia mais

Projetos Elétricos Especiais

Projetos Elétricos Especiais Projetos Elétricos Especiais Prof. Laís Hauck de Oliveira Disciplina de Projetos Elétricos Especiais - PEE Departamento de Engenharia Elétrica - DEE Centro de Ciências Tecnológicas - CCT Universidade do

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. Da Justificativa: Para o atendimento das necessidades da Prefeitura Municipal de Castanhal, quanto à alimentação de seus servidores cujo horário de trabalho não permite ir

Leia mais

ANEXO XIII - PROJETO BÁSICO

ANEXO XIII - PROJETO BÁSICO Contratação de Serviços de Engenharia para Manutenção do Sistema Iluminação Pública na Região II - Zonas Sul e Oeste do Município de Porto Alegre ANEXO XIII - PROJETO BÁSICO 1) INTRODUÇÃO: O presente Projeto

Leia mais

Termo de Referência Aquisição de Refrigerador Para o Escritório de Belém

Termo de Referência Aquisição de Refrigerador Para o Escritório de Belém 1. DO OBJETO 1.1 Aquisição de 01 (um) refrigerador de 382 litros, na cor branca, com 02 (duas) portas, frost free, 110 volts; garantia mínima de 01 (um) ano. 2. DA JUSTIFICATIVA 2.1 A presente aquisição

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO DIVISÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO DIVISÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA EXECUÇÃO DE EXTENSÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO PARA ATENDER A ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSOS LOGRADOUROS DE PORTO ALEGRE 1. GENERALIDADES O

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. /2015 CAPEAMENTO ASFÁLTICO Pelo presente instrumento particular de prestação de serviços, o MUNICÍPIO

MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. /2015 CAPEAMENTO ASFÁLTICO Pelo presente instrumento particular de prestação de serviços, o MUNICÍPIO MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. /2015 CAPEAMENTO ASFÁLTICO Pelo presente instrumento particular de prestação de serviços, o MUNICÍPIO DE IBIRAPUITÃ, pessoa jurídica de direito público interno,

Leia mais

PROJETO BÁSICO. Atendimento Itaboraí, situada na Rodovia BR 493, s/nº, KM 01, Manilha - Itaboraí Rio de Janeiro.

PROJETO BÁSICO. Atendimento Itaboraí, situada na Rodovia BR 493, s/nº, KM 01, Manilha - Itaboraí Rio de Janeiro. PROJETO BÁSICO 1. OBJETO: Contratação de empresa para prestação dos serviços de locação de usina de oxigênio e sistema completo de gases medicinais e ar a vácuo, com backup de cilindros de oxigênio, manutenção

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÕES PROVISÓRIAS

PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÕES PROVISÓRIAS PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÕES PROVISÓRIAS 1. Da Resolução Art. 44. É de responsabilidade exclusiva do interessado o custeio das obras realizadas a seu pedido nos seguintes casos: I extensão de rede de reserva;

Leia mais

S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo

S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº DELIBERAÇÃO Nº APROVAÇÃO DATA DATA DE PUBLICAÇÃO 01-06/08/2014 06/08/2014 APROVADO POR RODNEY PEREIRA MENDERICO JÚNIOR DTES-BD SUMÁRIO

Leia mais

QUALIFICAÇÃO DE EMPRESAS INTERESSADAS EM DESENVOLVER E HOMOLOGAR LIMITADOR HÍBRIDO DE BAIXA TENSÃO.

QUALIFICAÇÃO DE EMPRESAS INTERESSADAS EM DESENVOLVER E HOMOLOGAR LIMITADOR HÍBRIDO DE BAIXA TENSÃO. PROJETO BÁSICO Nº 28/13 UO SEITEC SSituação Recebido pelo SECOM Objeto Data da Criação: 18/12/2013 Data da Autorização pela UO: 01/09/2015 QUALIFICAÇÃO DE EMPRESAS INTERESSADAS EM DESENVOLVER E HOMOLOGAR

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. COMPRESSOR DE AR TIPO PALETAS 40 Cv

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. COMPRESSOR DE AR TIPO PALETAS 40 Cv ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA COMPRESSOR DE AR TIPO PALETAS 40 Cv 1. ESCOPO DO FORNECIMENTO Compreende o fornecimento de 01 (um) conjunto compressor tipo paletas com potência não inferior a 40 Cv (micro processado),

Leia mais

EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS

EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS a EXIGÊNCIAS/ASPECTOS TRIBUTÁRIOS PARA AS CONTRATAÇÕES DE SERVIÇOS DA ALCOA & COLIGADAS I) Dados cadastrais a) Razão Social: b) CNPJ: c) Inscrição Estadual: d) Inscrição Municipal: e) Endereço: f) Cidade:

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DIRETRIZES DE PROJETO DE PROTEÇÃO CATÓDICA NA RDGN NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS ET-65-200-CPG-049 1 / 8 ESTA FOLHA DE

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na descrição de serviços para contratação de empresa para prestação de serviços de elaboração,

Leia mais

Prevenção Contra Incêndio e Pânico. Palestra em Paraty. A Contribuição Possível dos Profissionais do Sistema Confea/Crea

Prevenção Contra Incêndio e Pânico. Palestra em Paraty. A Contribuição Possível dos Profissionais do Sistema Confea/Crea Prevenção Contra Incêndio e Pânico Palestra em Paraty A Contribuição Possível dos Profissionais do Sistema Confea/Crea Sistema Confea/Crea O Conselho Federal regulamenta o exercício profissional na área

Leia mais

Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX. Município UF DDD/Celular

Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX. Município UF DDD/Celular PLANO DE TRABALHO PROJETO CIDADES DIGITAIS (PAC2) 1 DADOS CADASTRAIS Nome da prefeitura CNPJ Endereço da sede da prefeitura Cidade UF CEP DDD/Telefone DDD/FAX E-mail da prefeitura Nome do prefeito C.I./Órgão

Leia mais

(12) Rod. Geraldo Scavone, 2080 Jd. Califórnia Condomínio Indusvale Incubadora CEP: Jacareí/SP

(12) Rod. Geraldo Scavone, 2080 Jd. Califórnia Condomínio Indusvale Incubadora CEP: Jacareí/SP (12) 9 7404.2887 Rod. Geraldo Scavone, 2080 Jd. Califórnia Condomínio Indusvale Incubadora CEP: 12.305-490 - Jacareí/SP 02 Localizada no Vale do Paraíba, a Energy Economy surgiu com o intuito de gerar

Leia mais

Licenciamento Ambiental no Brasil

Licenciamento Ambiental no Brasil Licenciamento Ambiental no Brasil Prof. Dra. Érica L. Romão. Departamento de Ciências Básicas e Ambientais Escola de Engenharia de Lorena, Universidade de São Paulo, EEL-USP O que é o Licenciamento Ambiental?

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na contratação de empresa para fornecimento de capas de chuva transparentes e capas de chuvas

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: Contratação de empresa especializada para instalação de 04 (quatro) reservatórios P190, em regime de comodato, e fornecimento de Gás GLP pelo período de 12 (doze)

Leia mais

ANEXO I EDITAL - CONVITE nº 008/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.017.798/2005 PROJETO BÁSICO

ANEXO I EDITAL - CONVITE nº 008/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.017.798/2005 PROJETO BÁSICO ANEXO I EDITAL - CONVITE nº 008/2005-ANATEL-ER01 PROCESSO nº 53504.017.798/2005 PROJETO BÁSICO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DO SISTEMA DE AR CONDICIONADO ESCRITÓRIO REGIONAL

Leia mais

ANEXO XII Especificações Técnicas

ANEXO XII Especificações Técnicas 1 ANEXO XII Especificações Técnicas CONTRATAÇÃO DE MANUTENÇÃO MECÂNICA PARA EQUIPAMENTOS RODOVIÁRIOS 1. OBJETO Contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção geral em equipamentos rodoviários

Leia mais

POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS

POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS Laboratórios da Área da Informática Política de Manutenção e Aquisição de Equipamentos Laboratórios da Área de Informática Universidade Anhembi Morumbi

Leia mais

ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇOS DE CONSERVAÇÃO VIÁRIA EM PAVIMENTOS DE PLACAS DE CONCRETO EM DIVERSOS LOGRADOUROS DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE ÍNDICE 1. OBJETO... 5 2. GENERALIDADES... 5 3.

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 42/2015 PROCESSO PRO-16375/2015 SC SESSÃO DE ABERTURA: 25/06/2015, às 10h. PERGUNTAS E RESPOSTAS

PREGÃO PRESENCIAL Nº 42/2015 PROCESSO PRO-16375/2015 SC SESSÃO DE ABERTURA: 25/06/2015, às 10h. PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO PRESENCIAL Nº 42/2015 PROCESSO PRO-16375/2015 SC 022376 SESSÃO DE ABERTURA: 25/06/2015, às 10h. PERGUNTAS E RESPOSTAS Pergunta 1: O referido edital cujo objeto são tablets e serviços não especifica

Leia mais

ANEXO XII - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO XII - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO XII - TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVO: ELABORAÇÃO DE PROJETO DE ILUMINAÇÃO E ELÉTRICO PARA IMÓVEIS, MONUMENTOS E CONJUNTOS TOMBADOS LOCALIZADOS EM PORTO ALEGRE GRUPO 1 Grupo 1 - Paço Municipal, Museu

Leia mais

CONTRATO PARA DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE DAS PARTES

CONTRATO PARA DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE DAS PARTES CONTRATO PARA DESENVOLVIMENTO DO SOFTWARE DAS PARTES CONTRATANTE: Empresa Faculdade Senac, inscrita no CNPJ número 1234-45678898877-00, localizada na Rua 1002, Setor Leste Universitário GO, CEP 74645-010,

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS CORTINAS PARA O AUDITÓRIO E SALA DE VIDEOTECA DA UNIDADE. Página 1 1.1 - OBJETIVO

Leia mais

CHECK-LIST TRABALHO EM ALTURA - NR 35

CHECK-LIST TRABALHO EM ALTURA - NR 35 CHECK-LIST TRABALHO EM ALTURA - NR 35 LOCAL: INSPETOR: RESPONSÁVEL PELO LOCAL: TELEFONES DE EMERGÊNCIA: DESCRIÇÃO DO SERVIÇO: DADOS DA INSPEÇÃO DATA: TELEFONE: TELEFONE: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 Condições

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBJETO...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUTAR OS SERVIÇOS PERTINENTES A ESTRUTURAS TEMPORÁRIAS LOCALIZAÇÕES...

Leia mais

ANEXO I. Especificações Técnicas

ANEXO I. Especificações Técnicas ANEXO I Especificações Técnicas 1 DO OBJETO A presente especificação técnica têm como objetivo definir as condições mínimas para contratação de pessoa jurídica, especializada em serviços de recarga de

Leia mais

Manual de Instruções. Banho Maria Elétrico

Manual de Instruções. Banho Maria Elétrico Manual de Instruções Banho Maria Elétrico Parabéns Banho Maria Elétrico - Manual de Instruções 03/04/2013 Você acaba de adquirir um produto METALMAQ. A METALMAQ, presente no mercado há mais de 4 décadas,

Leia mais

Segurança de Máquinas e Equipamentos NR12

Segurança de Máquinas e Equipamentos NR12 Segurança de Máquinas e Equipamentos NR12 www.eteck.com.br -1- As zonas de perigo das máquinas e equipamentos devem possuir sistemas de segurança, caracterizados por proteções fixas, proteções móveis e

Leia mais

ARCON PA DIREITOS E DEVERES DOS CONSUMIDORES DE ENERGIA ELÉTRICA

ARCON PA DIREITOS E DEVERES DOS CONSUMIDORES DE ENERGIA ELÉTRICA GÊI DE EGULÇÃ E TLE DE SEVIÇS PÚBLIS D ESTD D PÁ -P P DIEITS E DEVEES DS SUMIDES DE EEGI ELÉTI PESETÇÃ EVET P SEVIÇS DE EEGI ELÉTI BSIL ompetência onstitucional onstituição da epública Federativa do Brasil

Leia mais

NORMA TÍTULO ACOMPANHAMENTO DO ABASTECIMENTO DE NAVIOS PALAVRAS CHAVES ABASTECIMENTO DE NAVIOS, SEGURANÇA NO TRABALHO, PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE

NORMA TÍTULO ACOMPANHAMENTO DO ABASTECIMENTO DE NAVIOS PALAVRAS CHAVES ABASTECIMENTO DE NAVIOS, SEGURANÇA NO TRABALHO, PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE 01 / 07 PALAVRAS CHAVES ABASTECIMENTO DE NAVIOS, SEGURANÇA NO TRABALHO, PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE SUMÁRIO 1. OBJETIVO 2. DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 3. PROCEDIMENTOS BÁSICOS 3.1 Comunicação de Realização

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÕES PROVISÓRIAS

PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÕES PROVISÓRIAS PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÕES PROVISÓRIAS 1. Da Resolução (414/2010 - ANEEL) Art. 44. O interessado, individualmente ou em conjunto, e a Administração Pública Direta ou Indireta, são responsáveis pelo custeio

Leia mais

JUSTIFICATIVA PARA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO

JUSTIFICATIVA PARA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO TERMO DE REFERÊNCIA - CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SINALIZAÇÃO DE ESPAÇOS INTERNOS DE EDIFICAÇÕES PARA CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO PROJETO DE DESIGN DO SISTEMA COMPLEMENTAR DA SINALIZAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Manual de Normas e Procedimentos Capítulo PROCEDIMENTOS SETOR 1 MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Manual de Normas e Procedimentos Capítulo PROCEDIMENTOS SETOR 2 Índice 1.1- Coordenadores técnicos, almoxarifes,

Leia mais

Folha: Revisão: 1/6. Aprovador: Normatizador

Folha: Revisão: 1/6. Aprovador: Normatizador Data para 1/6 1. FINALIDADE: Estabelecer os procedimentos para a fiscalização de segurança em obra (Tapume, tela de proteção, bandeja, barracão de obra, andaime, etc), com o objetivo de garantir as informações

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO CONJUNTO BLINDADO PARA SUBESTAÇÃO DE ENTRADA DE ENERGIA ELÉTRICA

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO CONJUNTO BLINDADO PARA SUBESTAÇÃO DE ENTRADA DE ENERGIA ELÉTRICA SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO ESPECIFICAÇÃO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO ES.DT.PDN.01.10.004 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA ENGENHARIA - SP SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES... 3

Leia mais

Anexo I - TERMO DE REFERÊNCIA

Anexo I - TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I - TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE PNEUS PARA USO NA FROTA DE VEÍCULOS PERTENCENTES À DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO I - Objeto Registro de preço para eventual aquisição de

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS PREGÃO PRESENCIAL Nº 21/2009 ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS 2 ÍNDICE 1 OBJETO...3 2 OBJETIVO...3 3 EQUIPE...3 4 CONDIÇÕES

Leia mais

NR 10. Prof. Felipe A. Camargo

NR 10. Prof. Felipe A. Camargo QMASS NR 10 Prof. Felipe A. Camargo NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE 01 10.1 - OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 10.1.1 Esta NR estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando

Leia mais

CASES DE ESTUDOS MAIO/2014

CASES DE ESTUDOS MAIO/2014 Gerência Regional Centro-Sul CASES DE ESTUDOS MAIO/2014 CASE 1 CONCEPÇÃO DA OBRA Pedido de ligação provisória de obras Entrada no pedido feita em 28/08/13 Expectativa ti do cliente de estar ligado até

Leia mais

PROJETO BÁSICO PARA CONTRATAÇÃO DOS PROJETOS ARQUITETÔNICO, ELÉTRICO E AR CONDICIONADO E COMPLEMENTARES AG MARAU

PROJETO BÁSICO PARA CONTRATAÇÃO DOS PROJETOS ARQUITETÔNICO, ELÉTRICO E AR CONDICIONADO E COMPLEMENTARES AG MARAU PROJETO BÁSICO PARA CONTRATAÇÃO DOS PROJETOS ARQUITETÔNICO, ELÉTRICO E AR CONDICIONADO E COMPLEMENTARES AG MARAU 1. INTRODUÇÃO. Tem o objetivo de fornecer aos interessados a caracterização dos serviços,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01. Eng. Eletrecista Sandro Waltrich. Av. Osmar Cunha, Ceisa Center, Sala 210 A

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01. Eng. Eletrecista Sandro Waltrich. Av. Osmar Cunha, Ceisa Center, Sala 210 A MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01 Proprietário: CREA SC - CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE SANTA CATARINA Responsável Projeto: Eng. Eletrecista

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Página 1 de 6

TERMO DE REFERÊNCIA. Página 1 de 6 TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1 Aquisição de lâmpadas tubulares de LED tipo T8 na cor branca, conforme condições, quantidades e exigências estabelecidas neste instrumento 2. OBJETIVO 2.1 Este Termo de

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA PARAÍBA Secretaria de Administração e Orçamento Seção de Engenharia e Arquitetura/COSEG

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA PARAÍBA Secretaria de Administração e Orçamento Seção de Engenharia e Arquitetura/COSEG PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA PARAÍBA Secretaria de Administração e Orçamento Seção de Engenharia e Arquitetura/COSEG PROJETO BÁSICO Nº 01/2013 O presente Projeto Básico, que tem a finalidade

Leia mais

Guia de Mobilização de Terceiros Vale Fertilizantes

Guia de Mobilização de Terceiros Vale Fertilizantes Guia de Mobilização de Terceiros Vale Fertilizantes Rev.: 05 - Julho/2014 1 1. INTRODUÇÃO O objetivo deste guia é definir conceitos e estabelecer diretrizes básicas para mobilização de empresas CONTRATADAS

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação:

SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação: SOLICITAÇÃO DE SERVIÇO Divulgação: 304-16 Em conformidade com o Regulamento de Compras e Contratações de Obras e Serviços da Organização Social de Cultura Associação Amigos do Projeto Guri, decreto nº.

Leia mais