Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO"

Transcrição

1 Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE ADEQUAÇÃO DA TUBULAÇÃO DA REDE DE HIDRANTES DOS BLOCOS HIJ PATO BRANCO PR 2014

2 1/10 1 OBJETIVO Este Memorial visa esclarecer aos envolvidos as características técnicas executivas da obra de adequação da rede de hidrantes existente nos blocos HIJ, e outros serviços correlatos, no câmpus Pato Branco da UTFPR, bem como características e padrões de materiais e equipamentos a serem utilizados, dentre outros. 2 DESCRIÇÃO DO OBJETO O objeto consiste na interrupção de determinado trecho da rede de hidrantes existente nos blocos HIJ, instalação de nova tubulação e ligação dos hidrantes existentes nessa nova tubulação. O serviço inclui a abertura e fechamento de rasgo no piso, o fornecimento e a instalação de tubulação em ferro galvanizado, a interrupção da rede existente em ponto específico, a ligação da nova rede instalada na rede antiga, a partir do ponto interrompido, e a ligação dos hidrantes antigos na nova tubulação, prevendo o reaproveitamento dos adaptadores Storz e registros existentes, e, se necessário, a alteração da posição dos hidrantes. 3 MATERIAIS A Contratada deverá empregar somente materiais que atendam às especificações do presente memorial, do projeto ou indicados pela Fiscalização. Todos os materiais devem atender às especificações normativas. Qualquer divergência nas características dos materiais empregados deverá ser esclarecida com a Fiscalização. Deverão ser seguidos e mantidos os padrões de materiais já existentes nas instalações da Universidade. No caso de materiais não especificados no presente memorial, a Fiscalização deverá ser consultada.

3 2/ Tubulação e conexões A tubulação e as conexões a ser instalada serão de Ferro Galvanizado, classe 10 (18kg/cm²), e deverão ter diâmetro nominal de 2.1/2. Em todas as peças deverá ser aplicado fundo preparador para pintura base epóxi e cobertura de acabamento com tinta à base poliuretânica, na cor VERMELHA, em no mínimo 3 demãos. As peças deverão ser capazes de resistir ao efeito do calor e esforços mecânicos, mantendo seu funcionamento normal. Toda a tubulação enterrada deverá receber tratamento anticorrosivo. Os tubos em aço deverão obedecer as normas NBR 5580:07, NBR 5587:85 ou NBR 5590:80. As conexões em ferro maleável deverão obedecer as normas NBR 6925:95 ou NBR 6943: Suportes para fixação dos tubos As tubulações deverão ser penduradas através de suportes metálicos. Serão utilizadas braçadeiras metálicas galvanizadas, penduradas à estrutura através de barras roscadas de 8mm e fixadas através de dois finca pinos ou conexão de pressão tipo Parabolt ou equivalente com diâmetro de 8mm. 4 ASPECTOS EXECUTIVOS Antes do início da montagem das tubulações, a Contratada deverá examinar cuidadosamente o projeto. A montagem deverá ser executada com as dimensões indicadas no projeto e confirmadas no local de execução dos serviços e obras. O sistema hidráulico deverá ser perfeitamente estanque, executado com materiais tecnicamente indicados e por profissionais habilitados.

4 3/10 Deverão ser seguidos os procedimentos explicitados neste memorial para a execução do objeto. Em casos em que houver divergência de procedimentos, a Fiscalização deverá ser consultada. Todos os procedimentos executivos deverão obedecer as normas regulamentadoras, as normas da ABNT, normas do Corpo de Bombeiros e as boas práticas construtivas. Deve ser garantida a segurança da população nas proximidades do local de obra. A Contratada é responsável pelo isolamento das áreas, de modo a impedir a circulação de alunos e funcionários no local em obras. 4.1 VERIFICAÇÃO DA REDE EXISTENTE Visto que o objeto é a adaptação de uma rede de hidrantes já existente, antes do início das instalações deverá ser feita verificação desta rede. Em ponto específico, a equipe de manutenção da UTFPR deixará exposto um ponto da tubulação, onde a Contratada deverá fazer a interrupção da rede. A Contrata deverá cortar o fluxo de água na tubulação (fechando o registro), interromper a tubulação no ponto especificado, e reabrir o fluxo de água. Após isso, deverão ser testados outros hidrantes antigos existentes, em outros blocos do câmpus. Caso esses outros hidrantes estejam sem o fornecimento de água, o trajeto da tubulação deverá ser reavaliado juntamente com a Fiscalização. Caso os outros hidrantes estejam com seu funcionamento normal (exceto os do bloco HIJ), a execução deverá ser feita conforme projeto existente. 4.2 INTERRUPÇÃO DA REDE EXISTENTE, RASGO DE PISO E TUBULAÇÃO ENTERRADA A rede existente deverá ser interrompida em local especificado pela Fiscalização. Nesse ponto, será feita a ligação com a nova rede, com a utilização de um joelho 90º. A partir deste, deverá ser feito rasgo no piso para passagem da tubulação, conforme trecho especificado em projeto.

5 4/10 A tubulação deverá ser enterrada a no mínimo 60cm de profundidade. A tubulação enterrada deverá receber tratamento anticorrosivo. Após a passagem e testes da tubulação, o trecho deverá ser reaterrado e o piso reconstituído, sob responsabilidade da Contratada. Todo entulho gerado deverá ser removido das dependências da Universidade. 4.3 PASSAGEM E FIXAÇÃO DA TUBULAÇÃO O trajeto de passagem da tubulação deverá ser o especificado em projeto. Qualquer dúvida ou necessidade de adaptação deverá ser esclarecida com a Fiscalização. A tubulação deverá ser fixa por suportes na estrutura existente dos blocos, conforme especificações do material. Os suportes devem ser rígidos e espaçados, no máximo, a 4,0m, de modo que cada ponto de fixação resista a cinco vezes a massa do tubo cheio de água mais a carga de 100kg. O meio de ligação entre os tubos, conexões e acessórios diversos deve garantir a estanqueidade e a estabilidade mecânica da junta e não deve sofrer comprometimento de desempenho, se for exposto ao fogo. 4.4 CONEXÃO COM OS HIDRANTES EXISTENTES A tubulação dos hidrantes existentes deverá ser cortada e interrompida à altura do piso. Os hidrantes deverão ser alimentados pela nova tubulação. Os registros e adaptadores existentes deverão ser retirados cuidadosamente, de modo que possam ser reaproveitados na nova tubulação. As caixas dos hidrantes poderão ser desparafusadas e refixadas, de modo a obter-se uma melhor adaptação à nova tubulação, que chegará pela parte superior do hidrante. Os furos laterais, onde não haverá mais a passagem de tubulação, deverão ser tampados com chapa metálica. Dúvidas devem ser esclarecidas com a fiscalização.

6 5/ TESTES HIDROSTÁTICOS E DE FUNCIONAMENTO Antes do recebimento das tubulações, será executado o teste hidrostático, visando detectar eventuais vazamentos. A prova será feita em toda a rede, com a pressão de funcionamento normal do reservatório elevado. Será verificada a existência de eventuais vazamentos, os quais deverão ser sanados pela Contratada. Também serão testados os registros e válvulas existentes, verificando seu correto funcionamento. Todos os testes deverão ser feitos com a presença da Fiscalização. 4.6 LIMPEZA GERAL Após o término dos serviços, a Contratada deverá efetuar a limpeza geral do ambiente, removendo todo entulho gerado durante a obra. Todo e qualquer dano causado às instalações são de inteira responsabilidade da Contratada. O pagamento da última medição só será feito após a constatação da completa limpeza e retirada dos entulhos da obra. 5 DISPOSIÇÕES GERAIS Em caso de divergência do presente memorial / especificações e os projetos prevalecerão o esclarecimento prestado pela fiscalização. Em caso de divergência entre as cotas dos desenhos e suas medidas em escala, prevalecerão sempre as primeiras. Em caso de dúvidas quanto à interpretação dos desenhos, do memorial / especificações e das instruções da concorrência, será consultada a fiscalização. Durante a construção, poderá a UTFPR apresentar desenhos complementares, os quais serão também devidamente autenticados pela contratada. À fiscalização é assegurada o direito de ordenar a suspensão das obras e serviço sem prejuízo das penalidades a que ficar sujeito o construtor e sem que este

7 6/10 tenha direito a qualquer indenização, no caso de não ser atendida dentro de quarenta e oito horas qualquer reclamação sobre defeito de serviço. 5.1 OBRIGAÇÃO DO CONTRATANTE 01 - Fornecer à Contratada todos os desenhos e especificações necessárias execução dos serviços a que se refere o contrato Permitir à contratada a instalação de obras provisórias para uso de seus empregados e prepostos em local adequado, a critério da Fiscalização Efetuar os pagamentos devidos nas condições estabelecidas pelo contrato Designar representantes para acompanhamento e fiscalização das obras. 5.2 OBRIGAÇÕES DO CONTRATADO 01 - Observar as práticas de boa execução, interpretando as formas e dimensões dos desenhos com fidelidade, e empregando somente material com qualidade e características especificadas Supervisionar e ordenar os trabalhos de eventuais subcontratadas, assumindo total e única responsabilidade pela qualidade e cumprimento dos prazos de execução dos serviços Garantir o apoio necessário à administração dos serviços, principalmente para que sejam recolhidos, dentro dos prazos, os impostos e taxas de contribuição previdenciárias Fornecer todos os materiais e mão-de-obra necessária para executar os serviços. Bruno Ricardo da Silva Engenheiro Civil CREA PR /D Departamento de Projetos e Obras - DEPRO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO FORNECIMENTO E EXECUÇÃO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO PARANÁ

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO PARANÁ ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA N 020/2011-MANUTENÇÃO IMPERMEABILIZAÇÃO DO CRMPR Este Termo de Referência foi elaborado em cumprimento ao disposto na Instrução Normativa nº 02/2008 do MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO FORNECIMENTO E EXECUÇÃO

Leia mais

PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO

PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO PAVIMENTAÇÃO DE PASSEIO EM CALÇADA DE CONCRETO (6.261,89 M²) DIVERSAS RUAS - CONJ. HAB. PREF. JOSÉ NEVES FLORÊNCIO PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Fabia Roberta P. Eleutério

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO CNPJ 51.814.960/0001-26. Projeto Básico Projeto Básico Reforma no fechamento e construção de cobertura de proteção na Escola Municipal Maria do Carmo Balestero Gutierre 1.0 Objeto Trata-se da obra de pintura do muro de fechamento (em alvenaria),

Leia mais

Caixa de passagem Ex e / Ex tb

Caixa de passagem Ex e / Ex tb Tomadas/Plugs Painéis Caixa de passagem Ex e / Ex tb Segurança aumentada, tempo e jatos potentes d água. Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS

MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS 1. Objetivo: O presente memorial descritivo tem por finalidade descrever os métodos de execução e os materiais a serem utilizados nas instalações de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. O projeto de construção das coberturas dos bicicletários, rampas e escadas externas compreende:

MEMORIAL DESCRITIVO. O projeto de construção das coberturas dos bicicletários, rampas e escadas externas compreende: MEMORIAL DESCRITIVO IFES - CAMPUS VENDA NOVA DO IMIGRANTE 1. Histórico O presente memorial descritivo visa esclarecer as soluções arquitetônicas e as especificações técnicas dos materiais a serem utilizados

Leia mais

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva

Memorial Descritivo Escola Municipal Professor Ismael Silva PREFEITURA MUNICIPAL DE ILICÍNEA Estado de Minas Gerais CNPJ: 18.239.608/0001-39 Praça. Padre João Lourenço Leite, 53 Centro Ilicínea Tel (fax).: (35) 3854 1319 CEP: 37175-000 Memorial Descritivo Escola

Leia mais

CO-18. Corrimão duplo. Componentes. Código de listagem. Atenção. Elaboração Data 12/06/07 Página 1/11

CO-18. Corrimão duplo. Componentes. Código de listagem. Atenção. Elaboração Data 12/06/07 Página 1/11 1/11 2/11 3/11 4/11 5/11 6/11 7/11 8/11 9/11 10/11 DESCRIÇÃO Constituintes CORRIMÃO (galvanizado a fogo e com pintura eletrostática): - Tubo de aço carbono, tipo industrial, Ø=41,27mm (1 5/8 ), e=2,5mm.

Leia mais

ANEXO XV - PROJETO BÁSICO

ANEXO XV - PROJETO BÁSICO CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REFORMULAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DA RUA PADRE CHAGAS E PROXIMIDADES ANEXO XV - PROJETO BÁSICO 1) GENERALIDADES O presente Projeto Básico tem como objetivo estabelecer

Leia mais

HEMOCENTRO DE RIBEIRÃO PRETO MEMORIAL DESCRITIVO

HEMOCENTRO DE RIBEIRÃO PRETO MEMORIAL DESCRITIVO HEMOCENTRO DE RIBEIRÃO PRETO MEMORIAL DESCRITIVO OBJETO: FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE 30 (TRINTA) CONDICIONADORES DE AR PARA O NÚCLEO DE HEMOTERAPIA DE TAUBATÉ. ABRIL / 2017 A. INFORMAÇÕES GERAIS 1. O

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE DESEMPENHO EM EMPREENDIMENTOS DE HIS

ESPECIFICAÇÕES DE DESEMPENHO EM EMPREENDIMENTOS DE HIS ESPECIFICAÇÕES DE DESEMPENHO EM EMPREENDIMENTOS DE HIS 2.1 Diretrizes gerais de projeto para atender aos requisitos de desempenho 2.1.1 Segurança no uso e operação 2.1.2 Segurança contra

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04 PREGÃO AMPLO 009/2003 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANATEL ER04 MINAS GERAIS CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE

Leia mais

COBERTURA EM ESTRUTURA METÁLICA EM TESOURAS E TELHA METÁLICA DE UM BARRACÃO DE EVENTOS (960,00 M²)

COBERTURA EM ESTRUTURA METÁLICA EM TESOURAS E TELHA METÁLICA DE UM BARRACÃO DE EVENTOS (960,00 M²) COBERTURA EM ESTRUTURA METÁLICA EM TESOURAS E TELHA METÁLICA DE UM BARRACÃO DE EVENTOS (960,00 M²) PARQUE DE EXPOSIÇÃO ALCIDES PRUDENTE PAVAN PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS.

Leia mais

EMEB BASILIANO DO CARMO DE JESUS MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA COBERTURA

EMEB BASILIANO DO CARMO DE JESUS MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA COBERTURA PREFEITURA MUNICIPAL DE SINOP ESTADO DE MATO GROSSO EMEB BASILIANO DO CARMO DE JESUS MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA COBERTURA SINOP MT - 1 - DAS NORMAS GERAIS a) DOS SERVIÇOS Execução dos serviços descritos

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2013 GERÊNCIA ADMINISTRATIVA TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2013 GERÊNCIA ADMINISTRATIVA TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 2 EDITAL DE LICITAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO MOBILIÁRIO DIRETORIA 1 MESAS COM TAMPO DE MADEIRA 1.1 MESA PRINCIPAL COM TAMPO DE MADEIRA C/ DETALHE EM COURO - O Tampo da mesa deverá ser confeccionado em

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Convênio: Obra: Fabricação e Instalação de 2 Paradas de Ônibus. Local: Av. Dr. Waldomiro Graeff. O presente memorial descritivo e especificações técnicas tem

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO PROPRIETÁRIO: Município de Três Arroios OBRA: Pavilhão em concreto armado, coberto com estrutura metálica, destinado a Ginásio de Esportes (1ª etapa) LOCAL: Parte do lote

Leia mais

CONSTRUÇÃO DA REDE DE COLETA DE ESGOTO E DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE AGUA DA RUA SETE DE SETEMBRO

CONSTRUÇÃO DA REDE DE COLETA DE ESGOTO E DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE AGUA DA RUA SETE DE SETEMBRO MEMORIAL DESCRITIVO CONSTRUÇÃO DA REDE DE COLETA DE ESGOTO E DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE AGUA DA RUA SETE DE SETEMBRO Rede de água 1-DETERMINAÇÕES CONSTRUTIVAS A Empresa responsável pela execução das redes

Leia mais

1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ.

1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ. Código de Classificação: 13.02.01.15 TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO: Aquisição de Capachos Personalizados com ENTREGA ÚNICA conforme especificação abaixo para utilização no Prédio Sede da SEFAZ. 2. DA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SINALIZAÇÃO VERTICAL Página 1 de 5 1. OBJETIVO Esta especificação técnica fixa condições exigíveis para o fornecimento de placas de orientação, simples e moduladas para sinalização vertical de trânsito,

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REFORMULAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO PARQUE FARROUPILHA.

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REFORMULAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO PARQUE FARROUPILHA. CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REFORMULAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO PARQUE FARROUPILHA. ANEXO XIV - PROJETO BÁSICO 1) GENERALIDADES O presente Projeto Básico tem como objetivo estabelecer

Leia mais

CC-MD36 PINTURA DE PAREDES E TETO DO CENTRO DE PESQUISA

CC-MD36 PINTURA DE PAREDES E TETO DO CENTRO DE PESQUISA CC-MD36 PINTURA DE PAREDES E TETO DO CENTRO DE PESQUISA INTRODUÇÃO O presente Memorial descreve e especifica os requisitos mínimos para o fornecimento e instalação de PINTURA DE PAREDES E TETOS, na unidade

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA UNIUV Reforma da caixa d agua MEMORIAL DESCRITIVO Dezembro/2014 INFORMAÇÕES GERAIS A obra de que trata o presente memorial descritivo, é da reforma da Caixa d'água

Leia mais

PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO URBANA MEMORIAL DESCRITIVO

PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO URBANA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO URBANA MEMORIAL DESCRITIVO Obra: PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO RUA HUGO HARTMANN TRECHO II Local: MUNICIPIO DE CAPITAO/RS O presente memorial tem por finalidade estabelecer os materiais

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS CORTINAS PARA AUDITÓRIO.

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS CORTINAS PARA AUDITÓRIO. SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS CORTINAS PARA AUDITÓRIO. Página 1 1.1 - OBJETIVO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES E ENCARGOS

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SOLDAS EM TUBOS E ACESSÓRIOS EM POLIETILENO PE 80 / PE 100 NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA ET-6000-6520-940-TME-005 ET-65-940-CPG-005 1 / 5 CONTROLE DE

Leia mais

CC-MD20 DIVISÓRIAS E FORROS PARA LABORATÓRIOS

CC-MD20 DIVISÓRIAS E FORROS PARA LABORATÓRIOS CC-MD20 DIVISÓRIAS E FORROS PARA LABORATÓRIOS INTRODUÇÃO O presente Memorial descreve e especifica os requisitos mínimos para o fornecimento e instalação de DIVISORIAS E FORROS, na unidade do Centro de

Leia mais

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas. Banco de Brasília - BRB ALMOXARIFADO CENTRAL - GEMAT Novas Instalações

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas. Banco de Brasília - BRB ALMOXARIFADO CENTRAL - GEMAT Novas Instalações Pág. 1 Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Cliente: Unidade: Assunto: Banco de Brasília - BRB ALMOXARIFADO CENTRAL - GEMAT Novas Instalações Código do Projeto: 1541-11 Pág. 2 Índice 1. Memorial

Leia mais

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS

FOLHA DE CAPA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS FOLHA DE CAPA TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA APLICAÇÃO DE ABRIGOS METÁLICOS E ABRIGOS EM ALVENARIA NÚMERO ORIGINAL NÚMERO COMPAGAS FOLHA CONTROLE DE REVISÃO DAS FOLHAS ET-65-940-CPG-035 1 / 6 ESTA FOLHA

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 004 DE 25 DE MARÇO DE 2015.

INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 004 DE 25 DE MARÇO DE 2015. Página 1 de 6 INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 004 DE 25 DE MARÇO DE 2015. Institui normas acerca dos procedimentos para novas ligações em condomínios verticais e/ou horizontais. O PRESIDENTE DO SERVIÇO AUTÔNOMO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE REFORMA DA USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO BOM SUCESSO

MEMORIAL DESCRITIVO DE REFORMA DA USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO BOM SUCESSO ANEXO X MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DO USF CORNÉLIA DA CONCEIÇÃO - BOMSUCESSO 1. Histórico A unidade de Saúde Familiar Cornélia da Conceição do Bairro Bom Sucesso atende cerca de 70 usuários por dia, abrangendo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBJETO...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUTAR OS SERVIÇOS PERTINENTES A ESTRUTURAS TEMPORÁRIAS LOCALIZAÇÕES...

Leia mais

PLANILHA CONTRATUAL VIGENTE - RECOPA

PLANILHA CONTRATUAL VIGENTE - RECOPA 1. MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO 8.550.312,46 1.1 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE PESSOAL PESS 70,000 1.778,00 124.460,00 1.2 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS VG 40,000 22.225,00 889.000,00

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Proprietário...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO. Proprietário...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO Proprietário...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR Objeto...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO, MANUTENÇÃO, REFORÇO, CONFECÇÃO E DEMAIS SERVIÇOS

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG. Especificação Técnica revisada conforme FSET nº 175/2011 acordado com o DERAT.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG. Especificação Técnica revisada conforme FSET nº 175/2011 acordado com o DERAT. EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG NÚMERO: 132008 DESENHO: DT- 494/7 EMISSÃO: MARÇO/2013 VALIDADE: MARÇO/2015 REVOGA: 082104 REVOGA

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CORTINAS EM TECIDO

MEMORIAL DESCRITIVO CORTINAS EM TECIDO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Francisco Beltrão Departamento de Serviços Gerais PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO CORTINAS EM

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARABÁ-PMM SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA-SEAGRI

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARABÁ-PMM SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA-SEAGRI PREFEITURA MUNICIPAL DE MARABÁ-PMM SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA-SEAGRI PROJETO: CONSTRUÇÃO DE VIVEIRO DE PRODUÇÃO DE MUDAS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA DE MARABÁ Secretaria de Agricultura

Leia mais

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO

Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO Rua Colombia nº 50 Boqueirão Santos / S.P. MEMORIAL DESCRITIVO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1 Projeto Será um edifício residencial contendo subsolo, térreo, mezanino, 13 pavimentos tipo com 04 (quatro) apartamentos

Leia mais

ANEXO VIII MANUAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO DE REDES DE FIBRAS ÓPTICAS 1

ANEXO VIII MANUAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO DE REDES DE FIBRAS ÓPTICAS 1 ANEXO VIII MANUAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO DE REDES DE FIBRAS ÓPTICAS 1 1. OBJETIVO Este documento tem por objetivo: a. Estabelecer uma padronização na Contratação de Serviços de Construção

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SINALIZAÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO SINALIZAÇÃO PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTALINA OBRA: SINALIZAÇÃO HORIZONTAL E VERTICAL MEMORIAL DESCRITIVO SINALIZAÇÃO INTRODUÇÃO Devido ao pequeno tráfego de pessoas nos locais a serem pavimentados foi

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.OBJETO: 1.1 Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de recuperação e revitalização dos toboáguas instalados nas unidades

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PALESTRANTE

APRESENTAÇÃO DO PALESTRANTE APRESENTAÇÃO DO PALESTRANTE MINICURRÍCULO Engenheira Civil, UEFS (2006) Especialista em Engenharia da Qualidade, UFBA (2007) Mestranda em Gestão e Tecnologia Industrial GETEC, SENAI CIMATEC Tem experiência

Leia mais

MEMORIAL DE CÁLCULO. 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m²

MEMORIAL DE CÁLCULO. 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m² MEMORIAL DE CÁLCULO 10201 Demolição de piso cimentado inclusive lastro de concreto 5,58X2,98=16,62 10,73+10,70+19,98=41,41 m² TOTAL=58,03m² 10214 Retirada de portas e janelas de madeira, inclusive batentes

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS CORTINAS PARA O AUDITÓRIO E SALA DE VIDEOTECA DA UNIDADE. Página 1 1.1 - OBJETIVO

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL ABRIGO DE GÁS DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 CÓDIGO ABR GLP Descrição de Equivalência Técnica Exigida Toda a instalação que utiliza o gás GLP em botijão

Leia mais

INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO FNDE ProInfância INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL TÉCNICO 13 de março de 2008 FNDE ProInfância INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO MEMORIAL TÉCNICO

Leia mais

DIA 14/07/2016 às 10h20

DIA 14/07/2016 às 10h20 MEMORIAL DESCRITIVO SUBSTITUIÇÃO DE DIVERSOS VIDROS E APLICAÇÃO DE PELÍCULA DE PROTEÇÃO SOLAR 1. OBJETIVO O presente memorial descritivo tem por objetivo estabelecer as diretrizes que presidirão a contratação

Leia mais

SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO

SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO 1 SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO 1 DO OBJETO 1.1 Aquisição de umidificadores de ar destinados a atender às demandas

Leia mais

Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop

Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop Nota Técnica sobre centrais de GLP, com operação de sistema Pit Stop Sumário Executivo Esta Nota Técnica tem por finalidade comprovar a existência de sustentação técnica e motivação econômica para estabelecer

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. CERON PREGÃO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. CERON PREGÃO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL Eletrobrás MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL Anexo XIII do Pregão Eletrônico n 029/2009 Página 1 de 11 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TRANSFORMADORES DE CORRENTE AUXILIARES 0,6 KV USO INTERIOR

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE PASSAGEM DE DUTOS MPD 01 NÚMERO: 132019 DESENHO: DT-576 EMISSÃO: MARÇO /2013 VALIDADE: MARÇO /2018 REVOGA: 112006 CÓDIGO ERP: Modelo A: 11990197-8 (CON) 10900153-2 (PER)

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Obra: Reflorestamento de Áreas de Preservação Permanente APP em área pública no bairro Manancial Cordeiro/RJ. Orientações gerais 01- Serviços de escritório;

Leia mais

DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS

DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS ES-F01 FUNDAÇÕES RASAS DOCUMENTO DE CIRCULAÇÃO EXTERNA 1 ÍNDICE PÁG. 1. OBJETO E OBJETIVO... 3 2. S... 3 3. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 3 4. MATERIAIS... 4 5. EXECUÇÃO DA

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ARQUITETÔNICOS DE EDIFICAÇÃO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ARQUITETÔNICOS DE EDIFICAÇÃO 1 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ARQUITETÔNICOS DE EDIFICAÇÃO 2 ÍNDICE Lista de Abreviaturas 03 Introdução 04 Parte I 05 Instruções Gerais 05 Modelo de Selo Padrão 07 Parte II Instruções Específicas

Leia mais

REFORMA DA CASA FAMILIAR RURAL DE ANAPÚ MEMORIAL DESCRITIVO

REFORMA DA CASA FAMILIAR RURAL DE ANAPÚ MEMORIAL DESCRITIVO REFORMA DA CASA FAMILIAR RURAL DE ANAPÚ MEMORIAL DESCRITIVO 1 de 6 I CONSIDERAÇÕES GERAIS 1.1 Características A Casa Familiar Rural de Anapú é constituída de um Bloco Administrativo, Salas de aula, Auditório,

Leia mais

FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE GUARDA-CORPO NOS ACESSOS ÀS UNIDADES DO SESC-DF.

FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE GUARDA-CORPO NOS ACESSOS ÀS UNIDADES DO SESC-DF. ANEXO 1 RCMS 17/1248 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE GUARDA-CORPO NOS ACESSOS ÀS UNIDADES DO SESC-DF. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. 1. OBJETO O objeto consiste na contratação de empresa especializada para execução

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONJUNTO DE CAIXAS POSTAIS CCP- 02 ERG

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONJUNTO DE CAIXAS POSTAIS CCP- 02 ERG EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONJUNTO DE CAIXAS POSTAIS CCP- 02 ERG NÚMERO: 132052 DESENHO: DT-556/2 EMISSÃO: JULHO/2013 VALIDADE: JULHO/2018 REVOGA: 112042 CÓDIGO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA MANUTENÇÃO CORRETIVA, COM FORNECIMENTO DE PEÇAS, EM RÁDIOS TRANSCEPTORES DO AEROPORTO INTERNACIONAL DE SALVADOR - DEPUTADO LUÍS EDUARDO MAGALHÃES.

Leia mais

Especificação Técnica de Projeto Nº 013

Especificação Técnica de Projeto Nº 013 SERVIÇO AUTÔNOMO ÁGUA E ESGOTO Especificação Técnica de Projeto Nº 013 ETP 013 Ligação de esgoto ÍNDICE 1. OBJETIVO... 2 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS... 2 3. CARACTERÍSTICAS GERAIS... 2 4. CAMPO APLICAÇÃO...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS NS020 LAVAGEM DE REDES DE ÁGUA Revisão: 02 Abr.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS NS020 LAVAGEM DE REDES DE ÁGUA Revisão: 02 Abr. SUMÁRIO 1. Objetivo e campo de aplicação...2 2. Referências...2 3. Definições...2 4. Condições para início dos serviços...3 4.1 Lavagem de redes existentes...3 4.2 Lavagem de redes novas...3 5. Materiais

Leia mais

MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM. Norma Rodoviária DNER-PRO 176/94 Procedimento Página 1 de 23

MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM. Norma Rodoviária DNER-PRO 176/94 Procedimento Página 1 de 23 Procedimento Página 1 de 23 RESUMO Este documento, que é uma norma técnica, fixa as condições que devem ser obedecidas no projeto e na execução de barreiras de segurança. ABSTRACT This document presents

Leia mais

30/09/10 RAGC MRDR WV. Autor do Proj. / Resp. Técnico CREA / UF ENGº HARUO OKAWA 0600223452/SP. Coord. Adjunto Contrato. Sítio.

30/09/10 RAGC MRDR WV. Autor do Proj. / Resp. Técnico CREA / UF ENGº HARUO OKAWA 0600223452/SP. Coord. Adjunto Contrato. Sítio. 2 1 REVISÃO CONFORME RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO TÉCNICO 901CG1/PEIN-2/10 REVISÃO CONFORME RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO TÉCNICO 514CG1/PEIN-2/10 30/09/10 RAGC MRDR WV 19/07/2010 RAGC JADO WV 0 EMISSÃO INICIAL

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR 1º LOTE...EXECUÇÃO E INSTALAÇÃO DE BLOCOS INTERTRAVADOS

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR 1º LOTE...EXECUÇÃO E INSTALAÇÃO DE BLOCOS INTERTRAVADOS MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR 1º LOTE...EXECUÇÃO E INSTALAÇÃO DE BLOCOS INTERTRAVADOS 2º LOTE...EXECUÇÃO E INSTALAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERRALHERIA LOCALIZAÇÃO

Leia mais

Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária. Suporte de Leitor de Código de Barras Omnidirecional e Acessórios

Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária. Suporte de Leitor de Código de Barras Omnidirecional e Acessórios TERMO DE REFERÊNCIA Suporte de Leitor de Código de Barras Omnidirecional e Acessórios Controle de Revisões Elaborador: Adriano José Cunha de Aguiar Validador: Camilo Magalhães de Sales Aprovador: Porfírio

Leia mais

Contratação de serviços gráficos

Contratação de serviços gráficos Projeto básico Contratação de serviços gráficos Secretaria de Comunicação Social Brasília Agosto de 2008 1. OBJETO DA PROPOSTA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Contratação de empresa especializada na prestação

Leia mais

SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. GENERALIDADES O presente projeto tem como finalidade

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Figura 01: Meio fio de concreto

MEMORIAL DESCRITIVO. Figura 01: Meio fio de concreto MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO: MELHORIAS CALÇADAS QUADRA CENTRO ADMINISTRATIVO PROPRIETÁRIO: PREFEITURA MUNICIPAL SERAFINA CORRÊA-RS LOCALIZAÇÃO: QUADRA COMPREENDIDA ENTRE RUA ORESTES ASSONI, RUA CASTELO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBRA...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA EXECUTAR OS SERVIÇOS PERTINENTES A ESTRUTURAS TEMPORÁRIAS CONFORME DESENHOS

Leia mais

G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R I C O É P A Í S S E M P O B R E Z A QUADRA ESCOLAR 02 CGEST - C Geral de Infraestrutura Educacional PLANTA BAIXA, CORTE A-B e DETALHES EST FORMATO A1 (841 X 594) R.01

Leia mais

CC-MD 22 INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIASS E ADEQUAÇÃO DE REDE DE SPLINKLERS DOS LABORATÓRIOS

CC-MD 22 INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIASS E ADEQUAÇÃO DE REDE DE SPLINKLERS DOS LABORATÓRIOS CC-MD 22 INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIASS E ADEQUAÇÃO DE REDE DE SPLINKLERS DOS LABORATÓRIOS INTRODUÇÃO O presente Memorial descreve e especifica os requisitos mínimos para o fornecimento de INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS

Leia mais

Caixa de passagem e ligação

Caixa de passagem e ligação Caixa de passagem e ligação AR14 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper free de alta resistência

Leia mais

ANEXO XIII - MEMORIAL DESCRITIVO HIDROSSANITÁRIO

ANEXO XIII - MEMORIAL DESCRITIVO HIDROSSANITÁRIO ANEXO XIII - MEMORIAL DESCRITIVO HIDROSSANITÁRIO O presente memorial descritivo trata das instalações hidrossanitárias do prédio acima descrito, o qual foi elaborado segundo as normas da ABNT e Dec. 9369/88

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO

MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO MEMORIAL DESCRITIVO DA 2ª ETAPA DA CONSTRUÇÃO DO BLOCO DE DIREITO OBRA: CONSTRUÇÃO-BLOCO DIREITO PROPRIETÁRIO: FUNDAÇAO INTEGRADA MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE MINEIROS (FIMES) ENDEREÇO OBRA:RUA 22 ESQ.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO COM BLOCOS DE CONCRETO RUA MUNIZ FERRAZ

MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO COM BLOCOS DE CONCRETO RUA MUNIZ FERRAZ MEMORIAL DESCRITIVO PAVIMENTAÇÃO COM BLOCOS DE CONCRETO RUA MUNIZ FERRAZ DADOS IDENTIFICAÇÃO OBRA: Pavimentação em 2 trechos da Rua Muniz Ferraz LOCAL DA OBRA: Trecho 1 - Rua Muniz Ferraz entre as Ruas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Os serviços de topografia ficarão a encargo da empresa licitante.

MEMORIAL DESCRITIVO. Os serviços de topografia ficarão a encargo da empresa licitante. MEMORIAL DESCRITIVO DADO GERAIS: OBRA: Pavimentação com Blocos de Concreto e Microdrenagem Urbana LOCAL: Rua do Comércio PROPRIETÁRIO: Município de Toropi DATA: Novembro/2008 OBJETO Pavimentação com blocos

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO Sistema de Ar-Condicionado Tipo Split. ÌNDICE 1. INTRODUÇÃO 1.1 NORMAS TÉCNICAS 1. 2 ORIENTAÇÕES INICIAIS 2. SERVIÇOS 3. EQUIPAMENTOS E MATERIAIS 4. REQUISITOS PARA FORNECEDORES

Leia mais

Caixa de passagem e ligação

Caixa de passagem e ligação Caixa de passagem e ligação AR14 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper free de alta resistência

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP 22/2008 ANEXO I

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP 22/2008 ANEXO I MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GEMAP 22/2008 ANEXO I 1 DO OBJETO Visa a contratação de empresa especializada para prestar serviços de fornecimento e instalação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS NS035 POÇOS DE VISITA TIPOS 1A,1B e 1C Revisão: 03 Mai/10 SUMÁRIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS NS035 POÇOS DE VISITA TIPOS 1A,1B e 1C Revisão: 03 Mai/10 SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Objetivo e campo de aplicação...2 2. Referências...2 3. Definições...2 4. Condições para início dos serviços...3 5. Materiais e Equipamentos necessários...3 6. Métodos e Procedimentos de Execução...3

Leia mais

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Pág. 1 Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Cliente: Unidade: Assunto: Banco de Brasília - BRB Hospital Paranoá Novas Instalações Código do Projeto: 1089-11 Pág. 2 Índice 1. Memorial Descritivo

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 001 DE 29 DE FEVEREIRO DE 2016

INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 001 DE 29 DE FEVEREIRO DE 2016 Página 1 de 6 INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 001 DE 29 DE FEVEREIRO DE 2016 Institui normas acerca dos procedimentos para novas ligações em condomínios verticais e/ou horizontais. O PRESIDENTE DO SERVIÇO AUTÔNOMO

Leia mais

A caixa-d água de polietileno polivalente da Eternit.

A caixa-d água de polietileno polivalente da Eternit. A caixa-d água de polietileno polivalente da Eternit. As caixas-d'água de polietileno Eternit são de alta densidade e grande resistência, produzidas pelo processo de rotomoldagem totalmente mecanizado,

Leia mais

SAMAE SEDE Rua Bahia, 1530 Atendimento de 2ª a 6ª, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

SAMAE SEDE Rua Bahia, 1530 Atendimento de 2ª a 6ª, das 8h às 12h e das 13h às 17h. ] Ao fazer uma ligação de água ou mudança de cavalete, o cliente deverá atender ao novo padrão de ligação de água. A instalação da caixa padrão modelo SAMAE (Figura 1) fica sob responsabilidade do cliente,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO QUIOSQUE METÁLICO PARA AUTOATENDIMENTO

MEMORIAL DESCRITIVO QUIOSQUE METÁLICO PARA AUTOATENDIMENTO MEMORIAL DESCRITIVO QUIOSQUE METÁLICO PARA AUTOATENDIMENTO 1. FINALIDADE O presente memorial tem por finalidade apresentar, nortear e fornecer elementos para elaboração de orçamentos, composição de custos

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA POSTES DE CONCRETO ARMADO PARA REDE DE DISTRIBUIÇÃO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA POSTES DE CONCRETO ARMADO PARA REDE DE DISTRIBUIÇÃO Sistema Normativo Corporativo ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 02-13/01/2010 13/01/2010 APROVADO POR Sebastião J. Santolin SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. O projeto deverá seguir os critérios do projeto básico estabelecido pela Comissão Especial de Obras do CAU/AL (arquivo básico).

TERMO DE REFERÊNCIA. O projeto deverá seguir os critérios do projeto básico estabelecido pela Comissão Especial de Obras do CAU/AL (arquivo básico). 1. OBJETO E JUSTIFICATIVA. TERMO DE REFERÊNCIA Este termo de referência visa estabelecer os critérios mínimos para contratação de profissional e/ou empresa especializada e habilitada para apresentação

Leia mais

# $ %&' ( ) # " # % " *! " $ % + (, " $ - & "! "! " $ %&. ' ( ) #! " $ %' & +!

# $ %&' ( ) #  # %  *!  $ % + (,  $ - & ! !  $ %&. ' ( ) #!  $ %' & +! / 0 1 0 2 5 4 4 0 3 4 4 ORIGINAL REV. A REV. B REV. C REV. D REV. E REV. F REV. G DATA 01.09.99 01.09.99 10.07.00 EXECUÇÃO J.S. J.S. J.S. VERIFICAÇÃO J.S. J.S. J.S. APROVAÇÃO 6 1.0 0BJETIVO O objetivo

Leia mais

Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO. 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m.

Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO. 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m. Memorial Descritivo BUEIROS CELULARES DE CONCRETO OBRAS / LOCALIZAÇÃO 01 BUEIRO triplo na RS715 com 3,00m X 2,50m X 16m, cada célula, no km 0 + 188,5m. 01 BUEIRO triplo na RS 715 com 3,00m X 2,00m X 19m,

Leia mais

21/2015 QUESTIONAMENTOS:

21/2015 QUESTIONAMENTOS: Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a manifestação da área técnica deste TRT acerca dos questionamentos aos termos do Edital relativo ao Pregão Eletrônico 21/2015. QUESTIONAMENTOS:

Leia mais

PROJETO ACÚSTICO E MEMORIAL DESCRITIVO

PROJETO ACÚSTICO E MEMORIAL DESCRITIVO 1 PROJETO ACÚSTICO E MEMORIAL DESCRITIVO Cliente: Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre HPS. Obra: Projeto acústico para a cobertura do HPS (Prédio Novo). Local: Porto Alegre, RS. - Setembro / 2005

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO: AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO: AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO: AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR SERVIÇO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA SERVIÇOS FABRICAÇÃO, MANUTENÇÃO, PINTURA, TRANSPORTE E INSTALAÇÃO DE PASSARELAS

Leia mais

ESCORAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2

ESCORAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 MÓDULO ESCORAMENTO 5 MOS ESPECIFICAÇÕES REVISÃO 2 PÁGINA 1/9 SUMÁRIO OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 0501 ESCORAMENTO DE MADEIRA... 2 0502 ESCORAMENTO METÁLICO...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARLOS BARBOSA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARLOS BARBOSA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: SUBSTITUIÇÃO DO PISO DA QUADRA POR ASSOALHO DE MADEIRA COM SISTEMA DE APOIO FLEXÍVEL-FLUTUANTE LOCAL: CENTRO MUNICIPAL DE

Leia mais

PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO RIO GRANDE DO SUL

PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO RIO GRANDE DO SUL 1 ANEXO I - A MEMORIAL DESCRITIVO DE SERVIÇOS E MATERIAIS PARA REFORMA DO PRÉDIO DA SEDE DA PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO MUNICÍPIO DE PELOTAS RS 2 A CONDIÇÕES GERAIS 1. DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS E DOCUMENTOS

Leia mais

ÓRGÃOS ACESSÓRIOS DA REDE DE ESGOTO

ÓRGÃOS ACESSÓRIOS DA REDE DE ESGOTO SANEAMENTO II AULA 06 8 semestre - Engenharia Civil ÓRGÃOS ACESSÓRIOS DA REDE DE ESGOTO Profª. Priscila Pini prof.priscila@feitep.edu.br POÇOS DE VISITA (PV) São utilizados para permitir o acesso de homens

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBJETO...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUTAR FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE FORRAÇÃO EM MALHA TENSIONADA IGNIFUGADA LOCALIZAÇÃO

Leia mais

Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA. Revisão: 2

Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA. Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Completo Forros Minerais OWA Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Forros Minerais OWA Cuidados Iniciais Cuidados iniciais: SEMPRE manter as mãos limpas para manusear os forros

Leia mais