SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Objetivo Geral

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Objetivo Geral"

Transcrição

1 Curso: Ciências Aeronáuticas Habilitação: Asas Rotatórias SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO O Curso de Ciências Aeronáuticas habilitação em asas rotativas tem como missão formar profissionais qualificados e ajustados às demandas de mercado da aviação civil no Brasil com um horizonte aberto e atualizado, através da formação de recursos humanos qualificados, propõe-se ainda, a contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural e social do País com comprometimento ético e responsabilidade social, proporcionando o acesso de diferentes segmentos da população ao ensino de qualidade articulado aos benefícios da pesquisa, da extensão e da formação continuada. Busca-se fazer com que, ao longo do processo de amadurecimento do aluno, este desenvolva um comportamento dinâmico e flexível diante das rápidas transformações do meio e uma atitude crítica através deste ambiente de estímulo à competência reflexiva. O profissional de Aviação, hoje, atua de forma relevante na área de construção e operação do transporte aéreo, consequentemente, o curso de Ciências Aeronáuticas habilitação em asas rotativas deve prepará-lo de modo a possibilitar uma formação ampla, permitindo um desempenho com habilidades e conhecimentos técnicocientíficos, e revestidos de capacidade intelectual, reflexiva e crítica, tornando possível a inserção do bacharel em ciências aeronáuticas no contexto do desenvolvimento da aviação na sociedade. Objetivo Geral O objetivo geral do Curso de Ciências Aeronáuticas habilitação em asas rotativas é propiciar ao aluno o desenvolvimento de competências que consolidem a capacidade crítica e reflexiva para a formação de um profissional empreendedor e gerenciador de negócios no ambiente aeronáutico, com condições de compreender a complexidade e as contradições que delineiam a dinâmica organizacional do mercado e da sociedade, valorizando a inovação e o desenvolvimento sustentável.

2 Objetivos Específicos Os objetivos específicos do Curso de Ciências Aeronáuticas habilitação em asas rotativas deverão propiciar ao aluno que ao final do curso deverão estar aptos a: executar e gerenciar operações técnico-administrativas em empresas aeronáuticas ou aquelas que possuam segmento aeronáutico, e em aeroportos; atuar como facilitador em processos de aprendizagem e treinamentos de atividades aeronáuticas; integrar equipes multidisciplinares na área de proteção a aviação civil; desempenhar papel investigativo favorável ao processo contínuo de construção de conhecimentos na área e de desenvolvimento de novas tecnologias; redirecionar continuamente sua própria formação profissional. estar habilitado à prestar os exames da ANAC com referência ao RBAC61 (licenças e habilitações para tripulantes); atuar no fornecimento de subsídios e informações para o estabelecimento de estratégias e tomadas de decisão com vistas a criação e gerenciamento da atividade do transporte em asas rotativas. Perfil do Egresso O egresso deverá ter uma sólida base de conhecimentos que lhe permita uma atuação profissional competente no ambiente da Aviação Civil em toda a sua abrangência, com foco em operações de empresas deste segmento, no gerenciamento dos riscos operacionais, na segurança de vôo, na proteção da aviação civil, na gestão de negócios e na administração de aviação em geral. Assim, ao final do curso os alunos estarão com alto nível de qualificação para atender às necessidades das empresas do segmento aeronáutico ou que tenham o segmento aeronáutico como atividade meio visando fornecer ao mercado de trabalho, um profissional, atualizado e com um aprofundamento nos conceitos de aviação e gerenciamento e controle, sendo este responsável pelo gerenciamento de operações de aeronaves e do sistema de aviação civil, planejando, executando projetos operacionais. TEMPO DE INTEGRALIZAÇÃO

3 Matriz Curricular 1º PERÍODO Meteorologia Básica Obrigatório Fundamentos de Teoria de voo Obrigatório Regulamento Tráfego Aéreo Obrigatório Introdução as asas rotativas Obrigatório Conhecimentos técnicos básico Obrigatório Princípios de Navegação Aérea Obrigatório Tópicos Especiais de Aviação Obrigatório Lingua portuguesa Obrigatório Total º PERÍODO Medicina Aeroespacial Obrigatório História da Aviação Obrigatório Geografia Obrigatório Infraestrutura Aeroportuária Obrigatório Matemática I Obrigatório Física Aplicada a Aviação Obrigatório Segurança de Vôo I Obrigatório Sistema de Aviação Civil Obrigatório Total º PERÍODO Sobrevivência e Primeiros Socorros Obrigatório Direito Aeroespacial Obrigatório Segurança Aerea e Aeroportuária Obrigatório Segurança de Vôo II Obrigatório Fraseologia Aeronáutica Obrigatório Estatística Aplicada Obrigatório Metodologia da Pesquisa Científica Obrigatório Total

4 4º PERÍODO Conhecimentos Técnicos Avançados Obrigatório Inglês Técnico Obrigatório Regulamento de Tráfego Aéreo por Instrumentos Obrigatório Teoria de Vôo Aplicada Obrigatório Tópicos Especiais de Asas Rotativas Obrigatório Meteorologia Operacional Obrigatório Navegação Aérea Estimada Obrigatório Total º PERÍODO Peso, Balenceamento de Performance Optativo Operações Especiais em Asas Rotativas Obrigatório Estrutura e Filosofia de Operações Obrigatório Orientação e Prática de Visitas Técnicas Obrigatório Estrutura e Filosofia de Manutenção Obrigatório Projeto de Trabalho Final Obrigatório Aviação e Meio Ambiente Obrigatório Sistemas e Equipamento de Aeronave Obrigatório Planejamento e Logística Obrigatório Total º PERÍODO Empreendedorismo Obrigatório Tópicos em LIBRAS: Surdez e Inclusão Optativo Processo Decisório Obrigatório Técnicas de Instrução Aérea Obrigatório Organização e Adm de Empresas Aéreas Obrigatório Fatores Humanos na Aviação Civil Obrigatório Administração de Recursos de Cabine Obrigatório Gerenciamento da Prevenção de Acidentes Aéreos Obrigatório Trabalho Final de Asas Rotativas Obrigatório Total

5 Tipo Participação Mínima Teórica Prática Campo ED Total Mínima Optativa PTP / Atividades Complementares CARGA HORÁRIA RESUMIDA Total

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Missão A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Estácio de Sá consiste em formar profissionais

Leia mais

Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração

Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração 1º Teorias da Administração 60 60 1º Estudos Socioantropológicos 60 60 1º Economia 60 60 1º Matemática Básica 60 60 1º Leitura e Interpretação

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: PSICOLOGIA Campus: MACAÉ Missão O Curso de Psicologia da Estácio de Sá tem como missão formar profissionais Psicólogos generalistas que no desempenho de suas atividades

Leia mais

DISCIPLINAS/ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS

DISCIPLINAS/ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 374/2010 EMENTA: Estabelece o Ajuste Curricular do Curso de Graduação em Turismo, aprovado pela Resolução 226/2007 e alterada

Leia mais

ebook O Tecnólogo em Transporte Aéreo

ebook O Tecnólogo em Transporte Aéreo ebook O Tecnólogo em Transporte Aéreo 1ª Edição 2016 SUMÁRIO CAPITULO I A DIFERENÇA ENTRE AERONAUTA E AEROVIÁRIO Aeroviário Aeronauta Projeção da aviação nos próximos anos CAPITULO II - O CURSO SUPERIOR

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIAS CONTÁBEIS. CRÉDITOS Obrigatórios: 136 Optativos: 16. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIAS CONTÁBEIS. CRÉDITOS Obrigatórios: 136 Optativos: 16. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:28:06 Curso : CIÊNCIAS

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS-UNITINS PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL. Matriz Curricular

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS-UNITINS PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL. Matriz Curricular O Curso de Bacharelado em Administração Pública terá a seguinte distribuição curricular: As disciplinas que integram a matriz curricular estão distribuídas em oito Módulos e são de natureza: I. que garantem

Leia mais

Currículo do Curso de Engenharia de Produção

Currículo do Curso de Engenharia de Produção Currículo do Curso de Engenharia de Engenheiro de ATUAÇÃO O Curso de Engenharia de da UFV visa preparar profissionais que, integrando equipes interdisciplinares e articulando fatores de diferentes naturezas

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCH UFV SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGUE. COORDENADORA Débora Carneiro Zuin

Currículos dos Cursos do CCH UFV SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGUE. COORDENADORA Débora Carneiro Zuin 484 SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGUE COORDENADORA Débora Carneiro Zuin dzuin@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 485 Português, Francês e Inglês ATUAÇÃO O curso de Secretariado Executivo Trilíngue da

Leia mais

EDITAL SG Nº 073/2016

EDITAL SG Nº 073/2016 EDITAL SG Nº 073/2016 Comunicamos aos senhores alunos das Faculdades Integradas Santa Cruz de Curitiba FARESC, as disciplinas que serão ofertadas em Período Especial para o 1º semestre de 2017: Disciplina

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO

MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO 1º Período MRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO Ciência e Tecnologia Sudeste de Minas Gerais DISCIPLIN OBRIGÓRI GRH100 Introdução à Gestão de Pessoas GRH101

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. COMPONENTES CURRICULARES OBRIGATÓRIA 1º PERÍODO Créditos Carga Horária Prérequisito Teórico Prático E Total Horas Aula Horas Relógio 1 Contabilidade Básica I DECCA 4 - - 4 60 50-2 Sociologia das Organizações

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MATRIZ 2012 Vigência a partir de

ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MATRIZ 2012 Vigência a partir de FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MATRIZ 2012 Vigência a partir de 2012-01 1 Informática Básica 2 38 2 32 1 Pesquisa

Leia mais

As disciplinas que integram a matriz curricular são de natureza: pelo aluno, observados os pré-requisitos e co-requisitos;

As disciplinas que integram a matriz curricular são de natureza: pelo aluno, observados os pré-requisitos e co-requisitos; Matriz Curricular A matriz curricular do Curso de contempla disciplinas do Núcleo Comum, Núcleo specífico e Núcleo Livre, além de diversas disciplinas optativas voltadas a ações sociais e responsabilidade

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 40-40 Cálculo Diferencial e Integral I 80-80 Fundamentos da Administração 40-40 Introdução

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS. COORDENADOR José Antonio Marques Pereira

Currículos dos Cursos do CCE UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS. COORDENADOR José Antonio Marques Pereira 216 CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS COORDENADOR José Antonio Marques Pereira jampereira@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 217 Bacharelado ATUAÇÃO O egresso do curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios

Leia mais

COOPERATIVISMO. COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo

COOPERATIVISMO. COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo COOPERATIVISMO COORDENADORA Nora Beatriz Presno Amodeo npresno@ufv.br 86 Currículos dos Cursos do CCA UFV Bacharelado ATUAÇÃO O Bacharel em Cooperativismo compete dirigir, fomentar e assessorar cooperativas,

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIAS ECONÔMICAS. CRÉDITOS Obrigatórios: 152 Optativos: 24.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIAS ECONÔMICAS. CRÉDITOS Obrigatórios: 152 Optativos: 24. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:11:59 Curso : CIÊNCIAS

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO_2015/1. 1º Semestre (TURMA 1) SEG TER QUA QUI SEX

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO_2015/1. 1º Semestre (TURMA 1) SEG TER QUA QUI SEX CURSO DE ADMINISTRAÇÃO_2015/1 1º Semestre (TURMA 1) 19:15-20:05 Contabilidade Empresarial I Estatística Fundamentos da ADM Matemática Geral Leitura e Produção de Textos 20:05-20:55 Contabilidade Empresarial

Leia mais

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO PÁGINA: 1 INGRESSOS DE 20041 161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 NÚMERO MÁXIMO DE PERÍODOS 9 CARGA HORÁRIA 3640 1 132 FUNDAMENTOS ÉTICOS DE EDUCAÇÃO 30 OBRIGATORIA

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2012 1º PERÍODO Pré Geometria Analítica e Cálculo Vetorial 4 Introdução ao Cálculo 4 Introdução à Engenharia de Produção Introdução à Programação para Engenharia

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Médio

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Médio PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Médio Código: 262 ETEC ANHANGUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Planejamento Empresarial e Empreendedorismo Série: 1º Eixo Tecnológico:

Leia mais

CAPITULO XI MATRIZ CURRICULAR ORGANIZADA POR UNIDADES CURRICULARES (T.P.L.C.D)

CAPITULO XI MATRIZ CURRICULAR ORGANIZADA POR UNIDADES CURRICULARES (T.P.L.C.D) CAPITULO XI MATRIZ CURRICULAR ORGANIZADA POR UNIDADES CURRICULARES Matriz Curricular - Unidade I Disciplina de Formaçãoo Geral e Humanística Português Instrumental Psicologia do Trabalho Sociologia de

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO TECNICO EM CONTROLE AMBIENTAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO 2012

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO TECNICO EM CONTROLE AMBIENTAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO 2012 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Rio de Janeiro IFRJ Pró-Reitoria de Ensino Médio e Técnico PROET Direção de Ensino Campus Nilópolis MATRIZ

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 43, DE 13 DE MAIO DE 2013 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 266ª Reunião Extraordinária, realizada em 13 de maio de 2013, R E S O

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2016

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2016 ADMINISTRAÇÃO 1º PERÍODO # TURNO Noite # Metodologia do Matemática Matemática I Trabalho Científico I I Matemática Metodologia do Trabalho Científico Matemática I Economia Português Instrumental Projeto

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO G5. 1º A 2016 (2 sem) Noturno. Central. Teorias da Administração. Teorias da Administração

ADMINISTRAÇÃO G5. 1º A 2016 (2 sem) Noturno. Central. Teorias da Administração. Teorias da Administração ADMINISTRAÇÃO G5 1º A 2016 (2 sem) Noturno Língua Portuguesa Matemática Teorias da Sociologia e Política Psicologia Aplicada Língua Portuguesa Matemática Teorias da Sociologia e Política Psicologia Aplicada

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA

FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA CEG A - Bacharelados INFORMÁTICA 21/09 30/11 07/12 14/12* TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO II 20/09 29/11 06/12 13/12* ESTATÍSTICA 23/09 02/12 09/12 12/12* METODOLOGIA CIENTÍFICA 19/09 28/11 05/12 12/12** CONTABILIDADE

Leia mais

GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia

GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia eduardomaia@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 333 Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter um perfil que o

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ 13 específica, de segunda-feira a sexta-feira e aos sábados, caso seja necessário para complementação do período letivo e/ou carga horária curricular. Cada aula tem durafao de 50min (cinquenta minutos),

Leia mais

CURSO: CST EM SEGURANÇA DO TRABALHO

CURSO: CST EM SEGURANÇA DO TRABALHO CURSO: CST EM SEGURANÇA DO TRABALHO OBJETIVOS DO CURSO Objetivos Gerais Formar profissionais com conhecimentos teóricos e práticos, críticos e reflexivos capazes de desenvolver e implementar projetos de

Leia mais

Bacharelado em Ciências Matemáticas e da Terra. Anexo B. Habilitações. Habilitação: Analista de Suporte à Decisão... B-2

Bacharelado em Ciências Matemáticas e da Terra. Anexo B. Habilitações. Habilitação: Analista de Suporte à Decisão... B-2 UFRJ Bacharelado em Ciências Matemáticas e da Terra Anexo B Habilitações Habilitação: Analista de Suporte à Decisão... B-2 Habilitação: Ciências da Terra e Patrimônio Natural... B-5 Habilitação: Sensoriamento

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso:

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso: 1 de 5 01 ENL101 - Introdução ao Cálculo - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA ENL102 - Expressão Gráfica - Ativa desde: ENL103 - Desenho Técnico - Ativa desde: ENL104 - Geometria Analítica e Algebra Linear

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA

MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA 1 a FASE CÓD DISCIPLINAS EIXO C/H Créditos Filosofia da I Epistemologia Introdução à Ciência Epistemologia Científica educativa Português Comunicação e expressão

Leia mais

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Turma: ADM11N - 20171 RESPONSABILIDADE SOCIAL E SUSTENTABILIDADE FUNDAMENTOS DE GESTÃO CENÁRIOS ECONÔMICOS I FUNDAMENTOS DE MARKETING RESPONSABILIDADE SOCIAL E SUSTENTABILIDADE FUNDAMENTOS DE GESTÃO CENÁRIOS

Leia mais

DISCIPLINA/ATIVIDADE. Total disciplinas Atividades Complementares DISCIPLINA/ATIVIDADE

DISCIPLINA/ATIVIDADE. Total disciplinas Atividades Complementares DISCIPLINA/ATIVIDADE Fundação Educacional de Ituverava Faculdade Dr. Francisco Maeda O Diretor da Faculdade Dr. Francisco Maeda de Ituverava-SP, mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, tendo em vista o disposto nas

Leia mais

A Educação Profissional e Tecnológica. Conceituação Princípios Objetivos Características

A Educação Profissional e Tecnológica. Conceituação Princípios Objetivos Características A Educação Profissional e Tecnológica Conceituação Princípios Objetivos Características Conceituação A educação profissional tecnológica, integrada às diferentes formas de educação, ao trabalho, a ciência

Leia mais

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET. - Curso de Engenharia Mecânica

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET. - Curso de Engenharia Mecânica Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET - Curso de Engenharia Mecânica Currículo 2013/01 Descrição do Curso: O Curso de graduação em Engenharia

Leia mais

Curso de Engenharia de Infra- Estrutura Aeronáutica

Curso de Engenharia de Infra- Estrutura Aeronáutica Curso de Engenharia de Infra- Estrutura Aeronáutica Prof. Flávio Mendes 2007 www.ita.br www.infra.ita.br Introdução Engenheiro de Infra-Estrutura Aeronáutica CREA Engenheiro Civil MEC Engenheiro Civil

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Currículo 6 Aprovado pelo CDI em 30/05/16 - Carga Horária - Carga Horária Núcleo Básico 1.280h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

Orientação Escolar e Profissional. 9.º Ano e Agora. Serviço de Psicologia e Orientação. Psicóloga Eduarda Seabra

Orientação Escolar e Profissional. 9.º Ano e Agora. Serviço de Psicologia e Orientação. Psicóloga Eduarda Seabra Orientação Escolar e Profissional 9.º Ano e Agora Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Eduarda Seabra Dossier Informação Escolar e Profissional Pág.1 1 Natureza dos Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo DESDE 1990 O ISCET Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo é um estabelecimento de ensino superior politécnico, criado em 25 de

Leia mais

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSO: ADMINISTRAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO Equações do primeiro e segundo graus com problemas. Problemas aplicando sistemas; sistemas com três incógnitas

Leia mais

1 - Administração de Marketing (Administração Integrado ao Ensino Médio);

1 - Administração de Marketing (Administração Integrado ao Ensino Médio); 1 - de Marketing ( Integrado ao Ensino Médio); (EII) - Habilitação em de Empresas - Habilitação em de Negócios - Habilitação em Geral - Habilitação em Hoteleira - Habilitação em Comércio Exterior - Habilitação

Leia mais

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo DESDE 1990 O ISCET Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo é um estabelecimento de ensino superior politécnico, criado em 25 de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 16 DE SETEMBRO DE 2008

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 16 DE SETEMBRO DE 2008 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.751 DE 16 DE SETEMBRO DE 2008 Aprova o Projeto Político Pedagógico dos Cursos de Bacharelado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR INTEGRADA ANO 2011

MATRIZ CURRICULAR INTEGRADA ANO 2011 MATRIZ CURRICULAR INTEGRADA ANO 2011 EDUCAÇÃO FÍSICA Anatomia Humana I 2 2 80 Bioquímica e Biologia Molecular 2 0 40 Filosofia e Sociologia 2 0 40 1º Fundamentos Metodológicos de Futebol I 2 2 80 Fundamentos

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Fisioterapia Campus: Niterói Missão O curso de Fisioterapia da Universidade Estácio de Sá, através de uma estrutura embasada em princípios contemporâneos, tem por missão

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica de Negócios

MBA em Gestão Estratégica de Negócios MBA em Gestão Estratégica de Negócios POS-GRADUACAO PÚBLICO-ALVO O público alvo do MBA em Gestão de Negócios, é formado por profissionais que atuam na gestão das suas organizações e que aspirem assumir

Leia mais

1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação Administração) (Administração); Administração Administração (EII) Administração - Ênfase em

1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação Administração) (Administração); Administração Administração (EII) Administração - Ênfase em 1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação ) (); (EII) - Ênfase em Análise de Sistemas - Habilitação em de Empresas - Habilitação em de Negócios - Habilitação em Hoteleira - Habilitação em Análise

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda

Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda CÂMPUS ARARANGUÁ MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 0h PROCESSOS CRIATIVOS DESENHO DA FIGURA HUMANA MODELAGEM TRIDIMENSIONAL SISTEMA

Leia mais

GESTÃO EM SAÚDE. Teorias da Administração. Renata Loretti Ribeiro - Enfermeira

GESTÃO EM SAÚDE. Teorias da Administração. Renata Loretti Ribeiro - Enfermeira 1 GESTÃO EM SAÚDE Teorias da Administração - 2 DEFINIÇÕES GESTÃO - engloba pessoas, processos e planejamento. ADMINISTRAÇÃO - finanças, contabilidade e mercado. 3 DEFINIÇÕES O conceito de administração

Leia mais

NOVIDADES E PARCERIAS

NOVIDADES E PARCERIAS ......... Rua Professor Jones, 1513 - Centro - Linhares / ES - CEP. 29.900-131 - Telefone: (27) 3371-1712 / 3371-2265 / 98837-0282 Site: www.escolafazendinhafeliz.com.br / Email: contato@escolafazendinhafeliz.com.br

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Projeto Integrado Multidisciplinar VII e

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Projeto Integrado Multidisciplinar VII e UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar VII e VIII Manual de orientações - PIM Cursos superiores de Tecnologia em: Recursos Humanos 1. Introdução Os Projetos

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV. QUÍMICA Bacharelado. COORDENADORA Regina Simplício Carvalho

Currículos dos Cursos UFV. QUÍMICA Bacharelado. COORDENADORA Regina Simplício Carvalho 194 Currículos dos Cursos UFV QUÍMICA Bacharelado COORDENADORA Regina Simplício Carvalho resicar@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 195 Bacharelado ATUAÇÃO O Químico é um profissional, capacitado em

Leia mais

NÍVEL I Ética e Cidadania (1501A-04): História da Aviação (1521L-04): Geografia Aplicada (1530G-02): Medicina Aeroespacial ( ):

NÍVEL I Ética e Cidadania (1501A-04): História da Aviação (1521L-04): Geografia Aplicada (1530G-02): Medicina Aeroespacial ( ): NÍVEL I Ética e Cidadania (1501A-04): Abordagem de problemas e conceitos filosóficos relacionados à moralidade e ao exercício da cidadania. Introdução aos principais temas e problemas de Ética presentes

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de )

CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de ) CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de 2009.1) CRIAÇÃO DO CURSO DECRETO 476/60, DE 19/01/60 PARECER 579/CNE/59, 02/12/59 RECONHECIMENTO DO CURSO DECRETO 75590/75, DE 10/04/75

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE DIREITO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Fundamental: (Direito, Política e Economia) Ciência Política 02 0 02 40 Economia e Negócios 04 0 04 80 Fundamentos do Direito Civil 04 0 04

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec CENTRO PAULA SOUZA Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócio Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC: PAULINO BOTELHO EXTENSÃO ARLINDO BITTENCOURT Código: 092-2 Município: SÃO CARLOS Eixo tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO

Leia mais

Sistema Educativo Português 2011/2012

Sistema Educativo Português 2011/2012 Sistema Educativo Português 011/01 Objectivos Promover a auto - exploração (interesses, capacidades e valores profissionais) Auto Conhecimento; Explorar o Mundo das Profissões; Explorar as oportunidades

Leia mais

Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves PLANO DE DISCIPLINA

Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves PLANO DE DISCIPLINA Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves PLANO DE DISCIPLINA 1. Dados do curso/disciplina Curso: Administração Semestre: 2010.2 Disciplina: Comportamento Organizacional Carga horária: 72 horas/aula (36

Leia mais

DIURNO I SEMESTRE HORAS EIXO: FALAR/OUVIR CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H.

DIURNO I SEMESTRE HORAS EIXO: FALAR/OUVIR CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H. Universidade Estadual da Paraíba Monteiro - Campus VI Curso de Graduação em Letras - Licenciatura Plena - Habilitação: Língua Espanhola Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/002/2009

Leia mais

Curso de Formação Inicial e Continuada Eixo: Infraestrutura

Curso de Formação Inicial e Continuada Eixo: Infraestrutura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS ARARANGUÁ 1 Curso Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade NR 10 (Curso Básico)

Leia mais

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET Descrição do Curso: Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET - Curso de Engenharia Industrial - - Habilitação em Química e Habilitação

Leia mais

DE PÓS-GRADUAÇÃO

DE PÓS-GRADUAÇÃO 6.2.2. DE PÓS-GRADUAÇÃO As áreas de abrangência da UFOB têm experimentado importante crescimento econômico e populacional nos últimos 30 anos, fato que tem ampliado significativamente a demanda por profissionais

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DISCIPLINAS 1º PERÍODO Biologia 30 10 40 horas coletivos/ basquete individuais/ atletismo Fundamentos sócioantropológicos Anatomia Humana 40 40 80 horas

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Data de Início: 01/01/ Data de Término: Número de Trancamentos: 2 Seriado: NÃO Situação da Versão: CORRENTE Ensino Superior Bacharel em Ciências

Leia mais

HORÁRIO DE PROVA NPC I DIREITO HORÁRIO DE INÍCIO

HORÁRIO DE PROVA NPC I DIREITO HORÁRIO DE INÍCIO DE PROVA NPC I DIREITO DIREITO ADMINISTRATIVO II DIREITO CIVIL IV DIREITO EMPRESARIAL IV 9:00 305 DIREITO CIVIL VI DIREITO DO TRABALHO II DIREITO INTERNACIONAL PRIVADO DIREITO PREVIDENCIARIO DIREITO PROCESSUAL

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

FAM - FACULDADE METROLITANA DE PETROLINA MATRIZ CURRICULAR DE SERVIÇO SOCIAL /

FAM - FACULDADE METROLITANA DE PETROLINA MATRIZ CURRICULAR DE SERVIÇO SOCIAL / FAM - FACULDADE METROLITANA DE PETROLINA MATRIZ CURRICULAR DE SERVIÇO SOCIAL / 2016.2 COMPONENTE CURRICULAR TEÓRICA PRÁTICA CRÉDITOS Ciência Política 30 0 2 Leitura e Produção de textos 60 0 4 Metodologia

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Curso: Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Ciências Contábeis - Vespertino Ensino Superior Bacharel em Ciências Contábeis Vespertino Curso Bacharelado Em atividade Documento

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção

Curso de Engenharia de Produção Curso de Engenharia de Produção Apresentação 2015 Prof. Dr. Carlos Fernando Jung carlosfernandojung@gmail.com Nosso Negócio Produtividade Rentabilidade Melhoria Contínua Otimização de Produtos e Processos

Leia mais

RESOLUÇÃO. Currículo revogado conforme Res. CONSEPE 71/2002, de 18 de dezembro de 2002.

RESOLUÇÃO. Currículo revogado conforme Res. CONSEPE 71/2002, de 18 de dezembro de 2002. RESOLUÇÃO CONSEPE 44/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL, DO CÂMPUS ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição que

Leia mais

OVERVIEW. eventos simultâneos ao IBAS

OVERVIEW. eventos simultâneos ao IBAS OVERVIEW» Primeiro Air show do Brasil» Cerimônia de abertura com a presença de autoridades» Exposição estática de aeronaves e equipamentos» Pavilhão de exposição indoor» Espaço formação, tecnologia e inovação»

Leia mais

FACULDADE INTERDISCIPLINAR DE HUMANIDADES CURSO: BACHARELADO EM HUMANIDADES CURSOS: LICENCIATURAS GEOGRAFIA, HISTÓRIA, LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS,

FACULDADE INTERDISCIPLINAR DE HUMANIDADES CURSO: BACHARELADO EM HUMANIDADES CURSOS: LICENCIATURAS GEOGRAFIA, HISTÓRIA, LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS, FACULDADE INTERDISCIPLINAR DE HUMANIDADES CURSO: BACHARELADO EM HUMANIDADES CURSOS: LICENCIATURAS GEOGRAFIA, HISTÓRIA, LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS, LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL, PEDAGOGIA EIXO DE FORMAÇÃO DE

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº023/2005

RESOLUÇÃO Nº023/2005 RESOLUÇÃO Nº023/2005 Fixa o currículo pleno do Curso de Administração da Escola Superior de Ciências Sociais, da Universidade do Estado do Amazonas. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE

Leia mais

PLANO DE CURSO RESUMIDO

PLANO DE CURSO RESUMIDO PLANO DE CURSO RESUMIDO CURSO Assistente de planejamento e controle de produção CBO 7842-05 CÓD.SGE 013.861 MODALIDADE Qualificação Profissional Básica ÁREA TECNOLÓGICA Gestão CARGA HORÁRIA 180 horas ITINERÁRIO

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADOR DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL José Carlos Bohnenberger

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADOR DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL José Carlos Bohnenberger 132 ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADOR DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 ATUAÇÃO O Engenheiro Ambiental deverá apresentar competência

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr. José Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: Habilitação Profissional Técnica

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRPDI Orientação Geral O Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI, elaborado para um período de 5

Leia mais

1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); Administração - Habilitação em Análise de Sistemas Administração - Habilitação em Gestão da

1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); Administração - Habilitação em Análise de Sistemas Administração - Habilitação em Gestão da 1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); - Habilitação em Análise de Sistemas - Habilitação em Gestão da Informação de Sistemas de Informação Análise de Sistemas Análise de Sistemas Administrativos

Leia mais

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas;

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas; 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas do Sistema Eletrobrás, através da integração da logística de suprimento de bens e serviços, visando o fortalecimento de seu poder de compra

Leia mais

Pedagogia. 1º PERÍODO Carga Horária e Creditação

Pedagogia. 1º PERÍODO Carga Horária e Creditação Cep: 37200000 Pedagogia Matriz Curricular 1 (entrada no mês de Fevereiro) Nivelamentos Leitura e Produção de textos 60 Gramática 60 Carga Horária Total 120 Educação a Distância: Primeiras Aproximações

Leia mais

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu Introdução à Educação a Distância (EAD); Inovação e Empreendedorismo; Políticas Públicas em Educação; Gestão de Processos; Gestão Estratégica;

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Fisioterapeuta, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado

Leia mais

PLANO DE CURSO PRÉ-REQUISITO:

PLANO DE CURSO PRÉ-REQUISITO: CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 COMPONENTE CURRICULAR: Ergonomia e Fisioterapia do Trabalho CÓDIGO: Fisio 231 CH TOTAL: 60 horas PRÉ-REQUISITO:

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação GRADE DE HORÁRIOS 2017/1 08/12/ :23. Centro de Ciências Sociais Aplicadas

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação GRADE DE HORÁRIOS 2017/1 08/12/ :23. Centro de Ciências Sociais Aplicadas 8/1/16 11:3 GRADE DE HORÁRIOS 17/1 urso: Administração (Noturno) ADM.1..1-8 Marketing and onsumer Behavior ADM.16..1-1 ADM.18..1-9 Entrepreneurship and orporate Strategies ADM...1- EDU.1..1-3 EDU.16..1-1

Leia mais

Matriz Curricular - Curso Técnico de Nível Médio Integrado em Saneamento. Disciplina I II III IV V VI VII Total

Matriz Curricular - Curso Técnico de Nível Médio Integrado em Saneamento. Disciplina I II III IV V VI VII Total Matriz Curricular - Curso Técnico de Nível Médio Integrado em Saneamento I II III IV V VI VII Total Biologia 30 30 30 90 Filosofia 30 30 30 90 Física 30 30 30 90 Geografia 30 30 30 90 História 30 30 30

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 79-CEPE/UNICENTRO, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2011. Aprova o Curso de Especialização em Planejamento e Organização de Eventos, modalidades modular e regular, a ser ministrado no Campus Santa Cruz,

Leia mais

Fundação Darcy Ribeiro

Fundação Darcy Ribeiro I Fundação Darcy Ribeiro ATUAÇÃO DOS EDUCADORES PONTOS ESSENCIAIS DA PROPOSTA Vídeo 05 Coordenação Nacional Formação Inicial e Continuada do Educador do ProJovem: o especialista, o pensador, o cidadão

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR. Matriz Curricular

ESTRUTURA CURRICULAR. Matriz Curricular ESTRUTURA CURRICULAR A estrutura apresentada na organização curricular do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas fundamenta-se e obedece ao disposto na Lei nº 9.394, de 20

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS º PERÍODO CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO CÁLCULO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE FÍSICA DISCIPLINA: REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DISCIPLINA:

Leia mais

CALENDÁRIO DE EXAMES ÉPOCA ESPECIAL TRABALHADOR-ESTUDANTE/FINALISTAS 2013/2014 GESTÃO E INFORMÁTICA

CALENDÁRIO DE EXAMES ÉPOCA ESPECIAL TRABALHADOR-ESTUDANTE/FINALISTAS 2013/2014 GESTÃO E INFORMÁTICA GESTÃO E INFORMÁTICA Introdução à Contabilidade 15-Set. 18h00 1 - Ed.1 10-Set. 18h00 1 - Ed.1 Sistemas de Exploração e Aplicações Informáticas 11-Set. 18h00 CI 1 Métodos Matemáticos Gestão e Organização

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 04/2016 Altera a estrutura curricular do Curso de Ciências Contábeis, modalidade

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO

APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A Faculdade de Ciências de Administração de Pernambuco FCAP, como entidade de Ensino Superior integrante da UPE, criada pela Lei 2622 de 30 de novembro de 1956, comunga das

Leia mais