SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO"

Transcrição

1 Curso: ENGENHARIA QUÍMICA Campus: MACAÉ SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Química da Universidade Estácio de Sá, campus Macaé, tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos teórico- práticos, capazes de atuar não só nas principais áreas da indústria de petróleo (produção de petróleo e gás natural, refino, e petroquímica) bem como na engenharia de processo, engenharia ambiental, biotecnologia, entre outras, com criatividade, senso crítico e respeito aos princípios éticos, ambientais, além de responsabilidade social. Objetivo Geral Proporcionar aos alunos conhecimentos teóricos práticos para que possam atuar crítica e criativamente nas diversas áreas da Engenharia Química, permitindo a compreensão dos processos de elaboração, desenvolvimento e acompanhamento de projetos ambientais, norteadas por valores éticos, pessoais e sociais. Objetivos Específicos Visando atender ao perfil do Engenheiro Químico, o currículo do curso permite que o aluno desenvolva durante a sua formação diferentes competências e habilidades para o pleno exercício das suas atividades profissionais. Desta forma, ao final do bacharelado o aluno deverá estar apto a: Integrar e atuar equipes multidisciplinares na elaboração, execução, coordenação, planejamento e administração de projetos em diversos setores como energia, biotecnologia, petróleo e gás; Avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia química; Resolver os problemas concretos de prevenção e remediação (atividade corretiva) diante das ações antrópicas mediante aplicações da tecnologia disponível; Compreender os problemas administrativos, legais, sócioeconômicos, culturais e do meio ambiente (indicadores ambientais atmosféricos, efluentes líquidos e resíduos sólidos); Participar da supervisão e gerenciamento do processo de produção

2 industrial conduzindo, controlando, executando trabalhos técnicos, inclusive para garantir a manutenção e reparo de equipamentos e instalações, e para implantar e garantir as boas práticas de fabricação, a observação de procedimentos padronizados e o respeito ao ambiente, nos diferentes campos de atuação; Avaliar os impactos ambientais causados pelas atividades industriais, suas consequências na saúde, no ambiente e na economia; Projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados; Executar pesquisas tecnológicas e científicas com vistas à evolução dos conhecimentos e ao desenvolvimento de novas tecnologias na área da Engenharia Química no que tange o desenvolvimento: de novos produtos, novas ferramentas computacionais, novos processos químicos; Identificar e analisar criticamente as influências das decisões técnicas na concepção de projetos no meio ambiente avaliando a questão do impacto ambiental; Executar trabalhos científicos nas diversos áreas da Engenharia Químicas; Supervisionar a operação e a manutenção de plantas processos químicos; Realizar as atividades da engenharia química no contexto social e ambiental; Desenvolver consciência ética, responsável e com cunho social, em suas atividades profissionais; Executar e gerenciar operações técnico-administrativas em empresas de Engenharia, consultoria e outros órgãos, públicos ou privados. Perfil do Egresso De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Engenharia (Resolução CNE/CES n 11, de 11 de março de 2002), o perfil dos egressos de um curso de engenharia compreenderá uma sólida formação técnico- científica e profissional geral que o capacite a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos,

3 sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade. Os conceitos embutidos nessa descrição do profissional a ser formado, aliado aos objetivos e a missão do curso, definiram o perfil do egresso do Curso de Engenharia Química da Universidade Estácio de Sá, como de um Engenheiro Químico dotado de ampla formação técnico-científica e de aptidões gerenciais e humanísticas para atuar com competência, qualidade, criatividade e ética, capaz de resolver os problemas inerentes à área Engenharia Química e em sintonia com as questões ambientais, de trabalhar em equipe (multidisciplinar ou multiprofissional), dotado de visão crítica e ciente da importância da educação continuada. O egresso poderá integrar e atuar em equipes multidisciplinares em diversos setores da engenharia química; sendo capaz de atuar não só nas principais áreas da indústria de petróleo (exploração e produção de petróleo e gás natural, refino, e petroquímica) como também encontra espaço nas áreas de engenharia de processo, fármacos, papel e celulose, biotecnologia, polímeros, tintas e vernizes, cimento, tratamento de água e meio ambiente, entre outras. Pode atuar em todos os setores da indústria, acompanhando o processo industrial em todos os níveis, desde a pesquisa e desenvolvimento do projeto até o aperfeiçoamento dos equipamentos e dos processos químicos e bioquímicos. A atuação do engenheiro químico também engloba o planejamento, análise e execução de projetos que visem o bem-estar da sociedade e a proteção do meio ambiente. O profissional lidará com a matéria-prima, da exploração até o processamento, auxiliando na elaboração de sistemas produtivos ambientalmente sustentáveis.

4 TEMPO DE INTEGRALIZAÇÃO MÍNIMO: 5 anos ou 10 semestres MÁXIMO: 10 anos ou 20 semestres MATRIZ CURRICULAR 1º PERÍODO Carga Horária CCE0757-Ciências do Ambiente Mínima CCE1005-Bases Matemáticas para Engenharia Mínima CCE1006-Bases Físicas para Engenharia Mínima CCE1027-Introdução à Engenharia Mínima CEL0014-Língua Portuguesa Mínima GST0917-Planejamento de Carreira e Sucesso Profissional Mínima TOTAL: 6 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE0005-Cálculo Vetorial e Geometria Analítica Mínima CCE0044-Cálculo Diferencial e Integral I Mínima CC0847-Física Teórica Experimental I Mínima CCE1040-Lógica de Programação Mínima CC1077-Probabilidade e Estatística Aplicada à Engenharia Mínima CEL0017-Metodologia Científica Mínima TOTAL: 6 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE0002-Álgebra Linear Mínima CCE0032-Química Geral Mínima CCE0115-Cálculo Diferencial e Integral II Mínima CCE0242-Linguagem de Programação I Mínima CCE0848-Física Teórica Experimental II Mínima CCE0985-Desenho Técnico I Mínima TOTAL: 6 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE0117-Cálculo Numérico Mínima CCE0187-Fenômenos de Transportes Mínima CCE0850-Física Teórica Experimental III Mínima CCE1007-Química dos Materiais Mínima CCE1008-Desenho Técnico II Mínima CCE1041-Mecânica Geral Mínima

5 CCE1042-Cálculo Diferencial e Integral III Mínima TOTAL: 7 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE CCE 0191-Físico Química Mínima CCE0329-Resistência dos Materiais I Mínima CCE0772-Mecânica dos Fluidos Mínima CCE0774-Balanço de Massa e Energia em Processos Químicos Mínima CCE1029-Bases de Gestão para Engenharia Mínima CCE1397-Química Orgânica para Engenharia I Mínima CCE1398-Química Analítica Qualitativa para Engenharia Mínima TOTAL: 7 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE0192-Físico Química II Mínima CCE0316-Química Inorgânica Mínima CCE0923-Termodinâmica Química Mínima CCE1030-Engenharia Econômica Mínima CCE1399-Química Analítica Quantitativa para Engenharia Mínima CCE1400-Química Orgânica para Engenharia II Mínima TOTAL: 6 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE0166-Engenharia das Reações Químicas I Mínima CCE0273-Operações Unitárias I Mínima CCE0297-Processos Químicos Inorgânicos Mínima CCE0384-Transferência de Calor Mínima CCE0386-Transferência de Massa Mínima CCE0992-Tecnologia, Transformação e Reciclagem de Polímeros Mínima CCE1401Bioquímica para Engenharia Mínima TOTAL: 7 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE0165-Engenharia Bioquímica Mínima CCE0167-Engenharia das Reações Químicas II Mínima CCE0228-Instrumentação Industrial Química Mínima CCE0775-Combustíveis Fósseis e Energias Renováveis Mínima CCE0925-Petroquímica Mínima CCE0972--Operações Unitárias II Mínima CCE1066-Estágio Supervisionado em Engenharia Química Mínima TOTAL: 7 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE0111-Biotecnologia Industrial I Mínima CCE0142-Controle de Processos Químicos Mínima CCE0301-Projeto da Indústria Química Mínima CCE0724-Seminários Integrados em Engenharia Química Mínima CCE0778-Modelagem, Simulação e Otimização de Mínima

6 Processos CCE0926-Operações Unitárias III Mínima CCE1067-TCC 1 em Engenharia Mínima TOTAL: 7 disciplinas º PERÍODO Carga Horária CCE0148- Corrosão Mínima CCE0298-Processos Químicos Orgânicos Mínima CCE0777-Laboratório de Engenharia Química Mínima CCE0927-Controle de Poluição, Segurança e Análise de Risco Mínima CCE1028-Eletricidade Aplicada Mínima CCE 1068-TCC 2 em Engenharia Química Mínima TOTAL: 6 disciplinas Carga Horária Mínima Resumida MÍNIMA 3666 AAC 150 ELETIVA 36 TOTAL 3852

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Civil Cabo Frio SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos tecnológicos

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PETRÓLEO Campus: NITERÓI Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia de Petróleo Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica nas áreas

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Elétrica Campus: Campos dos Goytacazes SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros capazes de atender

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Campus Diadema

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Campus Diadema SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Campus Diadema 4.9.1 Quadro de Unidades Curriculares As Tabelas 4.9.1 e 4.9.2 mostram a distribuição das Unidades Curriculares s e eletivas, com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Lista Pré-Requisitos por Curso

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Lista Pré-Requisitos por Curso Código Nome da Tipo Pré Requisito Curso: BAEQ ENGENHARIA QUIMICA Ano do Curriculo: 2010 Descrição da Estrutura: 2º SEMESTRE BA010903 FISICA II BA011004 CALCULO I BA010901 FISICA I BA010904 LABORATORIO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Currículo Cursos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Currículo Cursos CH Total: 4050 Cred. Total: ideal: 10 mín.: 10 máx.: Situação da Versão.: CORRENTE Ano do Curriculo.: 2010 1 BA010901 - FISICA I 1 BA010902 - LABORATORIO DE FISICA I Obrigatória ATIVA 2 Total: 1 BA011004

Leia mais

Engenharia de Petróleo e Gás/ CST em Petróleo e Gás/ Engenharia Química

Engenharia de Petróleo e Gás/ CST em Petróleo e Gás/ Engenharia Química Engenharia de Petróleo e Gás/ CST em Petróleo e Gás/ Engenharia Química Curso de Engenharia de Petróleo e Gás - Objetivo do curso O objetivo geral do Curso de Engenharia de Petróleo é formar engenheiros

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA CIVIL

CURSO: ENGENHARIA CIVIL CURSO: ENGENHARIA CIVIL OBJETIVOS DO CURSO Objetivos Gerais Formar engenheiros civis com sólida base teórica-prática, através de um currículo dinâmico que proporcione uma moderna visão do exercício profissional

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Curso de Engenharia Química Campus Diadema

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Curso de Engenharia Química Campus Diadema Curso de Matriz Curricular do Curso de - Período Integral 1 o Termo 2 o Termo 3 o Termo 4 o Termo 5 o Termo 6 o Termo 7 o Termo 8 o Termo 9 o Termo 10 o Termo Álgebra Linear e Geometria Analítica Geral

Leia mais

Teórica Prática Teóricos Práticos Metodologia Científica Introdução à Engenharia de Produção

Teórica Prática Teóricos Práticos Metodologia Científica Introdução à Engenharia de Produção 1º SEMESTRE CARGA Metodologia Científica - 60-3 - Introdução à Engenharia de Produção - 80-4 - Português Instrumental - 60-3 - Informática Aplicada - 20 40 1 2 Fundamentos de Matemática - 60-3 - Relações

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Administração Campus: Teresópolis Missão O curso de Graduação em Administração tem como missão formar profissionais, éticos, criativos e empreendedores, com competências

Leia mais

DADOS DA ESTRUTURA CURRICULAR

DADOS DA ESTRUTURA CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS Graduação EMITIDO EM 02/10/2014 15:07 DADOS DA ESTRUTURA CURRICULAR Código: 2011 Matriz Curricular: ENGENHARIA

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DE PRODUÇÃO DE PRODUÇÃO - GRADUAÇÃO - 215 1º PERÍODO Carga Horária CLASSIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA MODALIDADE NÚCLEO LÍNGUA PORTUGUESA PLANEJAMENTO DE CARREIRA E SUCESSO PROFISSIONAL

Leia mais

Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR

Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR Grade do curso de Engenharia Química - UNIPAMPA (a partir de abril de 2015) Período Disciplina Código CH C CT CP CSP PR Cálculo I BA011004 60 4 4 0 0 - Física I BA010901 60 4 4 0 0 - Geometria Analítica

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR /1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 26 CONSEPE, de 06/12/2011). 1º PERÍODO

ESTRUTURA CURRICULAR /1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 26 CONSEPE, de 06/12/2011). 1º PERÍODO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - DIAMANTINA CURSO DE GRADUAÇÃO - ENGENHARIA QUÍMICA ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre

Leia mais

Características gerais

Características gerais ENGENHARIA QUÍMICA Características gerais O Curso de Engenharia Química propõe-se a formar profissionais qualificados para atuarem na área da engenharia e da química, com capacidade para atender às atribuições

Leia mais

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Curso de Atualização Pedagógica Julho de 2010 Mediador: Adelardo Adelino Dantas de Medeiros (DCA/UFRN) Diretrizes Curriculares

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL

CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL OBJETIVOS DO CURSO Objetivos Gerais O curso de Engenharia Ambiental tem como objetivo geral dotar o profissional de uma formação científica e técnica, generalista, humanistica,

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 27 DE ABRIL DE 2011

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 27 DE ABRIL DE 2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.114, DE 27 DE ABRIL DE 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso Administração Campus: Angra dos Reis SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão Formar profissionais, éticos, criativos e empreendedores, com competências e habilidades técnicas, humanas e conceituais, visão

Leia mais

Grade Horária da Engenharia Química - 1º Sem 2016

Grade Horária da Engenharia Química - 1º Sem 2016 Grade Horária da Engenharia Química - 1º Sem 2016 1º PERÍODO NOTURNO 2016 Química Geral (Tuma B) Calculo Diferencial e Integral I Calculo Diferencial e Integral I Introdução à Engenharia Química Metodologia

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 204 Optativos: 18. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 204 Optativos: 18. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:08:51 Curso : ENGENHARIA

Leia mais

Currículo do Curso de Engenharia Química

Currículo do Curso de Engenharia Química Currículo do Curso de Engenharia Química Engenheiro Químico ATUAÇÃO O Engenheiro Químico tem uma atuação bastante ampla, com enfoque principal na indústria de transformação; é o profissional que utiliza

Leia mais

SEMESTRE 360 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H

SEMESTRE 360 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H Universidade Estadual da Paraíba UEPB - Campus I Campina Grande Curso de Graduação em Química Industrial Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/006/2008 -TURNO DIURNO COMPOSIÇÃO CURRICULAR

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Farmácia Campus: Campos dos Goytacazes Missão O curso tem como missão formar profissionais farmacêuticos com visão generalista e humanista capazes de exercer atividades

Leia mais

Esta engenharia tem muito pouco dessa disciplina. O profissional de química é formado para transformar uma coisa em outra, analisando em laboratório,

Esta engenharia tem muito pouco dessa disciplina. O profissional de química é formado para transformar uma coisa em outra, analisando em laboratório, Junho/2010.1 Esta engenharia tem muito pouco dessa disciplina. O profissional de química é formado para transformar uma coisa em outra, analisando em laboratório, por exemplo, as reações e a energia que

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Arquitetura e Urbanismo Campus: Niterói Missão Formar o arquiteto e urbanista capaz de atuar no planejamento de espaços internos e externos, traduzindo as necessidades

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto Interdisciplinar

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18

Pré-requisito Coreq Disciplina EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18 1 de 5 Nível:BACHARELADO Início: 20081 01 - - EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008 EMC102 - Filosofia - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA EMC103 - Física: Cinemática e Dinâmica - Ativa

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A PROPOSTA DE ALTERAÇÕES NA ESTRUTURA CURRICULAR PARA 2012 CURSO: ENGENHARIA QUÍMICA (88051)

INFORMAÇÕES SOBRE A PROPOSTA DE ALTERAÇÕES NA ESTRUTURA CURRICULAR PARA 2012 CURSO: ENGENHARIA QUÍMICA (88051) INFORMAÇÕES SOBRE A PROPOSTA DE ALTERAÇÕES NA ESTRUTURA CURRICULAR PARA 2012 CURSO: ENGENHARIA QUÍMICA (88051) (Válida para ingressantes entre 2005 e 2011) A) SUBSTITUIÇÃO DE DISCIPLINA COM ALTERAÇÃO DO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 22 DE JUNHO DE 2009

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 22 DE JUNHO DE 2009 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.866 DE 22 DE JUNHO DE 2009 Aprova o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso Superior de Tecnologia em Logística Campus: Nova Iguaçu Missão O Curso Superior de Tecnologia em Logística da Universidade Estácio de Sá tem por missão a formação de gestores

Leia mais

ENGENHARIA QUÍMICA - NOTURNO - 4º TERMO HORÁRIO 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Sábado

ENGENHARIA QUÍMICA - NOTURNO - 4º TERMO HORÁRIO 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Sábado ENGENHARIA QUÍMICA - NOTURNO HORÁRIO - 2º SEMESTRE 2017 ATUALIZADO: 21/06/2017 ENGENHARIA QUÍMICA - NOTURNO - 2º TERMO Cálculo II Física I Estrutura da Matéria Desenho Técnico Algoritmos e Programação

Leia mais

DIURNO I SEMESTRE 480 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H.

DIURNO I SEMESTRE 480 HORAS CÓDIGO ATIVIDADES/COMPONENTES CURRICULARES C.H. Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus VII - Patos Curso de Graduação em Ciências Exatas - Licenciatura Plena Resolução de Aprovação do Projeto Pedagógico UEPB/CONSEPE/019/2008 Carga horária alterada

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 36-36 Direito 36-36 Cálculo Diferencial e Integral I 72-72 Fundamentos da Administração

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DE 2014

ESTRUTURA CURRICULAR DE 2014 PRÓ-REITORIA GRADUAÇÃO ESCOLA POLITÉCNICA ANEXO F ESTRUTURA CURRICULAR 2014 1º semestre S OBRIGATÓRIAS D E AULA TRAB. TOTAL MAC2166 - Introdução à Computação 4 0 60 1 MAT2453 - Cálculo Diferencial e Integral

Leia mais

EMENTA CURSO TÉCNICO EM QUIMICA

EMENTA CURSO TÉCNICO EM QUIMICA Descrição Geral O Curso Técnico em Química da é centrado na formação integral do profissional e cidadão, capaz de atuar nas mais diferentes situações, com iniciativa, controle emocional, capacidade de

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto

Leia mais

1º PERÍODO. Carga Horária e Creditação. Total (50') Física I 80 66, Laboratório de Física I 40 33,

1º PERÍODO. Carga Horária e Creditação. Total (50') Física I 80 66, Laboratório de Física I 40 33, 1º PERÍODO Física I 80 66,67 4 4 0 Laboratório de Física I 40 33,33 2 1 1 Laboratório de Computação 40 33,33 2 0 2 Introdução a Engenharia de Produção 60 50 3 3 0 Geometria Analítica 60 50 3 3 0 Química

Leia mais

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET Descrição do Curso: Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET - Curso de Engenharia Industrial - - Habilitação em Química e Habilitação

Leia mais

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG I. CONTEÚDOS BÁSICOS (Carga horária de 1740 horas) 1.1 - FORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (Carga horária: 1425 horas) 1.1.1 - MATEMÁTICA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO E DA PESQUISA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO E DA PESQUISA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO E DA PESQUISA RESOLUÇÃO Nº 138/2006/CONEP Aprova Tabela de Equivalência do Departamento de Engenharia e

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Farmácia Campus: Petrópolis Missão O curso tem como missão formar profissionais farmacêuticos capazes de exercer atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 19 DE FEVEREIRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 19 DE FEVEREIRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.948, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de.

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA MECÂNICA. COORDENADOR Charles Luís da Silva

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA MECÂNICA. COORDENADOR Charles Luís da Silva UFV Catálogo de Graduação 2014 271 ENGENHARIA MECÂNICA COORDENADOR Charles Luís da Silva charles.silva@ufv.br 272 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Mecânico ATUAÇÃO O curso de Engenharia Mecânica

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DATAS DAS AVALIAÇÕES DO PERÍODO LETIVO 2017/1

COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DATAS DAS AVALIAÇÕES DO PERÍODO LETIVO 2017/1 I 1 PERÍODO Química Geral I 05/04/2017 07/06/2017 21/06/2017 28/06/2017 Cálculo I 06/04/2017 08/06/2017 22/06/2017 29/06/2017 Vetores e Geometria Analítica 11/04/2017 13/06/2017 20/06/2017 27/06/2017 Sociologia

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2012 1º PERÍODO Pré Geometria Analítica e Cálculo Vetorial 4 Introdução ao Cálculo 4 Introdução à Engenharia de Produção Introdução à Programação para Engenharia

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR NCET - NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS ENGENHARIA MECÂNICA (209 ) Ano: 2016 Turno: MANHÃ Curriculo: 16 CH Total do curso: 4360

MATRIZ CURRICULAR NCET - NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS ENGENHARIA MECÂNICA (209 ) Ano: 2016 Turno: MANHÃ Curriculo: 16 CH Total do curso: 4360 Página de. ENGENHARIA MECÂNICA (09 ) Ano: 0 Turno: MANHÃ Curriculo: CH Total do curso: 0 Disciplinas Obrigatórias ª SÉRIE - ENGENHARIA MECÂNICA CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I ENG.000_00 00 DESENHO TÉCNICO

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: TURISMO NOVA IGUAÇU Missão Formar profissionais humanistas, críticos, reflexivos, capacitados para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao mercado,

Leia mais

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET. - Curso de Engenharia Mecânica

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET. - Curso de Engenharia Mecânica Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - ICET - Curso de Engenharia Mecânica Currículo 2013/01 Descrição do Curso: O Curso de graduação em Engenharia

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Campus: Teresópolis Missão A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Estácio

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS UNIDADE VALENÇA 3 0 PERÍODO CARGA HORÁRIA SEMESTRAL

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS UNIDADE VALENÇA 3 0 PERÍODO CARGA HORÁRIA SEMESTRAL ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS UNIDADE VALENÇA 1 0 PERÍODO GEAL 1101 Cálculo Diferencial e Integral I - - GEAL 1102 Biologia Geral 2 0 0 2 36 - - GEAL 1103 Química Experimental

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 20 DE AGOSTO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 20 DE AGOSTO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.302, DE 20 DE AGOSTO DE 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia

Leia mais

MATRIZ DE TRANSIÇÃO PARA DISCENTES INGRESSANTES NO PERÍODO DE 2007 A 2014

MATRIZ DE TRANSIÇÃO PARA DISCENTES INGRESSANTES NO PERÍODO DE 2007 A 2014 MATRIZ DE TRANSIÇÃO PARA DISCENTES INGRESSANTES NO PERÍODO DE 2007 A 2014 CURSOS DE BACHARELADO EM QUÍMICA DA UNIFESP (INTEGRAL E NOTURNO QUÍMICA INDUSTRIAL) Processo de Transição 1) Todos os alunos, independente

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PETRÓLEO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica nas áreas

Leia mais

DISCIPLINA Turmas DIA TURNO Períodos SALA ÁLGEBRA II LM11 2 N ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EC11 EP11 6 N ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

DISCIPLINA Turmas DIA TURNO Períodos SALA ÁLGEBRA II LM11 2 N ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EC11 EP11 6 N ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO ÁLGEBRA II LM11 2 N 1234 1202 ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EC11 EP11 6 N 1234 1202 ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EQ11 2 T 1234 2209 ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EE11 EP12 LF11 2 M 45 1203 ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EE11

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PRIMEIRO PERÍODO SEGUNDO PERÍODO TERCEIRO PERÍODO

FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PRIMEIRO PERÍODO SEGUNDO PERÍODO TERCEIRO PERÍODO FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 11, de 11 de março de 2002) PRIMEIRO PERÍODO EPD101 Introdução

Leia mais

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA Ciências Econômicas - 1º Semestre de 2017 - Noturno EC2014 0096 - Economia Industrial 0094 - Economia Internacional II 0094 - Economia Internacional II 0093 - Econometria 0093 - Econometria 0097 - Trabalho

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA MECÂNICA. Primeiro Semestre (manhã)

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA MECÂNICA. Primeiro Semestre (manhã) MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA MECÂNICA Primeiro Semestre (manhã) Introdução a Mecânica 36 h - Cálculo I 90 h Básico - Desenho Técnico I 72 h Básico - Química Geral 72 h Básico - Introdução à Programação

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: TRANSPORTE TERRESTRE Missão O Curso de Transporte Terrestre da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais de excelência para atuar nas áreas de gestão

Leia mais

RESOLUÇÃO. Currículo revogado conforme Res. CONSEPE 71/2002, de 18 de dezembro de 2002.

RESOLUÇÃO. Currículo revogado conforme Res. CONSEPE 71/2002, de 18 de dezembro de 2002. RESOLUÇÃO CONSEPE 44/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL, DO CÂMPUS ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição que

Leia mais

Disciplina Conjunto. ZEA0996(1) Estágio Supervisionado II

Disciplina Conjunto. ZEA0996(1) Estágio Supervisionado II s Optativas Oferecidas Livres ZEA0996(1) Estágio Supervisionado II....................... 0 15 15 450 450 10 Subtotal: 0 15 15 450 450 Total: 0 15 15 450 450 d_jupiter_rl_9_crl_grade USP/DI - 25/3/2009

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Curso: Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Engenharia de Petroleo - Sao Mateus Ensino Superior Engenheiro de Petróleo Diurno Curso Bacharelado Em atividade Documento de Autorização:

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA MECÂNICA. COORDENADOR Charles Luis da Silva

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA MECÂNICA. COORDENADOR Charles Luis da Silva UFV Catálogo de Graduação 2013 141 ENGENHARIA MECÂNICA COORDENADOR Charles Luis da Silva charles.silva@ufv.br 142 Currículos dos Cursos UFV Engenheiro Mecânico ATUAÇÃO O curso de Engenharia Mecânica da

Leia mais

HORÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA 1º PERÍODO 1º SEMESTRE DE 2017 Horário Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

HORÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA 1º PERÍODO 1º SEMESTRE DE 2017 Horário Segunda Terça Quarta Quinta Sexta HORÁRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA 1º PERÍODO 1º SEMESTRE DE 2017 407 Introdução à Engenharia Mecânica (8-9h) e P2 (9-10h) 0171 ICC P2 0165 Física I - T3 908 Oficinas - P2 908 Oficinas P3 0171 ICC

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Licenciatura em Matemática Missão O Curso de Licenciatura em Matemática tem por missão a formação de docentes com um novo perfil fundamentado na conexão de dois eixos,

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO BACHARELADO

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO BACHARELADO FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

Tabela de Pré-Requisitos. Interdisciplinar 36 Não há

Tabela de Pré-Requisitos. Interdisciplinar 36 Não há Nome da UC Categoria CH Total Pré-Requisitos Álgebra Linear Eletiva 72 Geometria Analítica Álgebra Linear Computacional Eletiva 72 Cálculo Numérico Álgebra Linear II Eletiva 72 Álgebra Linear Algoritmos

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso:

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso: 1 de 5 01 ENL101 - Introdução ao Cálculo - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA ENL102 - Expressão Gráfica - Ativa desde: ENL103 - Desenho Técnico - Ativa desde: ENL104 - Geometria Analítica e Algebra Linear

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 075/2015 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Resolução nº 037, de 22 de junho de 2011.

Resolução nº 037, de 22 de junho de 2011. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA DE ALIMENTOS

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA DE ALIMENTOS Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 21/06/2012-12:31:49 Curso : ENGENHARIA

Leia mais

Concurso de Docentes Edital Nº

Concurso de Docentes Edital Nº Programa de provas para o Concurso de Docentes Edital Nº 424/14 UFPR Campus Avançado em Jandaia do Sul Rua Dr. João Maximiano, nº 426, Vila Operária Jandaia do Sul/PR CEP: 86900-000 Telefone: (43) 3432-4627

Leia mais

ENGENHARIA QUÍMICA. Conheça mais sobre o curso

ENGENHARIA QUÍMICA. Conheça mais sobre o curso ENGENHARIA QUÍMICA Conheça mais sobre o curso MITOS VERDADES 1 Engenharia Química é uma profissão igual a de Química. 1 O engenheiro químico trabalha em escala industrial. 2 O engenheiro químico deve estar

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Universidade Federal de Goiás (UFG) Regional Goiânia Campus Aparecida de Goiânia (CAP) Faculdade de Ciências e Tecnologia () MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2016 1 Disciplinas

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 40-40 Cálculo Diferencial e Integral I 80-80 Fundamentos da Administração 40-40 Introdução

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA.

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

Planejamento para os Três Quadrimestres de 2014

Planejamento para os Três Quadrimestres de 2014 Planejamento para os Três s de 2014 Antes de analisar os horários, saiba como o planejamento é elaborado: 1) A coordenação de curso recebe os horários das disciplinas do BC&T da Direção de Centro. Os horários

Leia mais

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT GR02149 GR02152 GR02161 GR02173 GR02177 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Algoritmos Computacionais 72.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016 Cálculo Fundamental 72.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016

Leia mais

6.1. Currículo Organizado por Unidades Curriculares

6.1. Currículo Organizado por Unidades Curriculares 6. MATRIZ CURRICULAR ESTADO DE MATO GROSSO A carga horária mínima estipulada pelo MEC para o curso de Engenharia Civil é de 3.600 horas. As disciplinas básicas do curso de Engenharia Civil são subdivididas

Leia mais

Grade Horária da Engenharia Química - 2º Sem 2014*

Grade Horária da Engenharia Química - 2º Sem 2014* 1º PERÍODO INTEGRAL Grade Horária da Engenharia Química - 2º Sem 2014* AULAS TEÓRICAS 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 13h15 15h05 Calculo Diferencial Integral I Química Geral I (AB) Calculo Diferencial e Integral I Algoritmos

Leia mais

2º Período Eixo Disciplina CH/aula Pré-requisito Co-requisito 2 Física I 60 Cálculo I 7 Introdução à Prática Experimental 30 X X

2º Período Eixo Disciplina CH/aula Pré-requisito Co-requisito 2 Física I 60 Cálculo I 7 Introdução à Prática Experimental 30 X X ENGENHARIA DE MINAS Atualização em abril/2016 Válida para 1º/2016 MATRIZ CURRICULAR 1º Período 6 Contexto Social e Profissional do Engenheiro de 30 Minas 2 Química 60 Laboratório de Química 6 Português

Leia mais

TABELA DE PRÉ-REQUISITOS ENGENHARIA MECÂNICA INTEGRAL ALTERADA CONGREGAÇÃO DE

TABELA DE PRÉ-REQUISITOS ENGENHARIA MECÂNICA INTEGRAL ALTERADA CONGREGAÇÃO DE TABELA DE PRÉ-REQUISITOS ENGENHARIA MECÂNICA INTEGRAL ALTERADA CONGREGAÇÃO DE 21-12-2011 Tabela 5 Seqüência aconselhada para o curso de Engenharia (período integral). U.U.: Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo Novo 2009/01 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005. Duração: 3.720 h - 248 créditos, acrescidas de 120 horas de atividades complementares

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: PSICOLOGIA Campus: MACAÉ Missão O Curso de Psicologia da Estácio de Sá tem como missão formar profissionais Psicólogos generalistas que no desempenho de suas atividades

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 14 DE AGOSTO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 14 DE AGOSTO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.585, DE 14 DE AGOSTO DE 2007 Homologa o Parecer n 159/06-CEG, que aprova o Projeto Político

Leia mais

Curso de Graduação em Engenharia, Habilitação em Engenharia Elétrica... Estrutura Curricular:

Curso de Graduação em Engenharia, Habilitação em Engenharia Elétrica... Estrutura Curricular: Curso de Graduação em Engenharia, Habilitação em Engenharia... Estrutura Curricular: Curso: 3 ENGENHARIA ELÉTRICA Currículo: 4 Ênfase: Eletrotécnica Resolução UNESP 33, de 24/6/1988 (ingressantes a partir

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS º PERÍODO CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO CÁLCULO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE FÍSICA DISCIPLINA: REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DISCIPLINA:

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo Novo 200901 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005 Duração: 3.720 h - 248 créditos, acrescidas de 120 horas de atividades complementares

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Félix

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Félix 264 ENGENHARIA ELÉTRICA COORDENADOR Leonardo Bonato Félix leobonato@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 265 Engenheiro Eletricista ATUAÇÃO O curso de Engenharia Elétrica da UFV oferece a seus estudantes

Leia mais

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA 10:36:07 Ciências Econômicas - 2º Semestre de 2017 - Noturno EC2014 0100 - Análise de Conjuntura Econômica 0101 - Tópicos Especiais em Economia 0098 - Economia das Empresas 0098 - Economia das Empresas

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST DE MARKETING Campus: Alcântara

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST DE MARKETING Campus: Alcântara SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST DE MARKETING Campus: Alcântara Missão O Curso Superior de Tecnologia em Marketing da Universidade Estácio de Sá tem como missão formar profissionais com elevados níveis

Leia mais

Horário 2017/1 Ensino de Graduação CEPLAN / UDESC

Horário 2017/1 Ensino de Graduação CEPLAN / UDESC HORÁRIO CEPLAN / UDESC - 1º SEMESTRE / 2017 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO HABILITAÇÃO MECÂNICA 1ª ENG Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado 1EDF103 1EDF103 1BAE103 G1 1BAE103 G2 1BAE103 1IEP003 1BAE103 1IEP003

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 183/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 183/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 183/2012 Altera o Currículo Pleno do Curso de Engenharia Elétrica e Eletrônica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo Nº ELE-244/2012,

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 Período Atividade Acadêmica Caráter Cr CH Pré-requisito Código Denominação 1º MAT154 Cálculo I Disciplina de Formação

Leia mais