Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol"

Transcrição

1 Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1

2 Os exercícios deverão ser feitos no livro. Predicado Verbal Leitura: págs. 91 e 92 do livro didático Português Projeto Apoema.. Exercícios propostos pelo livro didático: págs. 92 e 93. Todos os exercícios devem ser feitos no caderno, com seus devidos desenvolvimentos. Os exercícios propostos têm por finalidade: retirar as dúvidas ainda existentes e fixar os conteúdos dados. Determine os valores desconhecidos nas retas paralelas 2

3 Partindo dos estudos sobre Revolução Francesa, assinale a alternativa correta. 1) Foi uma das principais reivindicações do Terceiro Estado na Revolução Francesa: a) a manutenção da divisão da sociedade em classes rigidamente definidas. b) a concessão de poderes políticos para a nobreza, preservando a riqueza dessa classe social. c) a abolição dos privilégios da nobreza e instauração da igualdade civil. d) a união de poderes entre Igreja e Estado, com fortalecimento do clero. e) o impedimento do acesso dos burgueses às funções políticas do Estado. 3

4 2) No contexto da Revolução Francesa, a organização do Governo Revolucionário significou uma forte centralização do poder: o Comitê de Salvação Pública, eleito pela Convenção, passou a ser o efetivo órgão do Governo.... Havia ainda o Comitê de Segurança Geral, que dirigia a polícia e a justiça, sendo que estava subordinado ao Tribunal Revolucionário que tinha competência para punir, até a morte, todos os suspeitos de oposição ao regime. O conjunto de medidas de exceção, adotadas pelo Governo revolucionário, deram margem a que essa fase da Revolução viesse a ser conhecida como: a) Os Massacres de Setembro. b) O Período do Terror. c) O Grande Medo. d) O Período do Termidor. e) O Golpe do 18 de Brumário. 3) "De 1789 a 1791 processou-se a transformação das Instituições do Antigo Regime, através dos debates e das decisões tomadas pela Assembleia Nacional Constituinte." (Falcon, Francisco. A FORMAÇÃO DO MUNDO CONTEMPORÂNEO. 13 ed., Rio de Janeiro: Campus, 1989, p. 56). O texto anterior se refere à(s): a) Revolução Americana, com a tomada do poder pela burguesia colonial eminentemente agrária em suas origens. b) Revoluções Democrático-Burguesas, em que o liberalismo e o nacionalismo são determinantes na ideologia burguesa. c) Revolução Francesa, na sua etapa final, em que o "Terror" expressa os claros desejos burgueses. d) Revolução Francesa, na sua etapa inicial, com clara preponderância da burguesia na direção dos trabalhos. e) Revolução Russa, no seu período final, quando as forças socialistas submetem a nobreza. 4) "Milhares de séculos decorrerão antes que as circunstâncias acumuladas sobre a minha cabeça vão encontrar um outro na multidão para reproduzir o mesmo espetáculo." Sobre o período napoleônico ( ), podemos afirmar que: (Napoleão Bonaparte) 4

5 a) consolidou a revolução burguesa na França através da contenção dos monarquistas e jacobinos. b) manteve as perseguições religiosas e o confisco das propriedades eclesiásticas iniciadas durante a Revolução Francesa. c) enfrentou a oposição do exército e dos camponeses ao se fazer coroar imperador dos franceses. d) favoreceu a aliança militar e econômica com a Inglaterra, visando à expansão de mercados. e) anulou diversas conquistas do período revolucionário, tais como a igualdade entre os indivíduos e o direito de propriedade. 5) Durante o período napoleônico ( ), dentre as medidas adotadas por Bonaparte, assinale aquela que teve repercussões importantes nas relações comerciais do Brasil com a Inglaterra: a) Restauração financeira, com a consequente fundação do Banco da França, em b) Decretação do Bloqueio Continental, em 1806, com o qual Napoleão visava arruinar a indústria e o comércio ingleses. c) Promulgação, em 1804, do Código Civil que incorporou definitivamente, na legislação francesa, os princípios liberais burgueses. d) Expansão territorial da França com a incorporação de várias regiões da Europa, formando o chamado Império Napoleônico. e) Criação do franco, como novo padrão monetário. 6) O golpe do 18 de Brumário de 1799, no contexto da Revolução Francesa, derrubou o Diretório, instituiu o sistema do Consulado e elevou Napoleão Bonaparte à liderança política da França revolucionária. Napoleão manteve-se no poder por um período que se estendeu de 1799 até 1815, período esse denominado de Era Napoleônica, durante o qual ocorreu a: a) consolidação interna do ideário burguês da Revolução e a tentativa de sua imposição a diversos países da Europa com a expansão militar promovida por Napoleão. b) retomada do poder político pelos segmentos da nobreza provincial francesa com a promulgação do Império (1804) como a força política legítima de governo da França do período napoleônico. 5

6 c) união de segmentos sociais distintos na defesa do governo aristocrático e absolutista de Napoleão, tais como o campesinato e a nobreza, com o objetivo de evitar uma invasão estrangeira da França revolucionária. d) interferência direta das Monarquias Absolutas europeias na França, através da ação política da Santa Aliança, ao encerrarem o processo revolucionário com seu apoio à ascensão de Napoleão. e) formação de diversas coligações que uniriam a França revolucionária e a Inglaterra liberal contra os Estados aristocráticos, em defesa das conquistas liberais promovidas no processo da Revolução Francesa. Orientações: A atividade deverá ser desenvolvida no caderno de Geografia. Leia o capítulo 6 do livro e responda as questões de 1 à 6 da página 73. O sistema imunitário conta com um grande número de recursos em nosso organismo. Sabemos hoje, que os glóbulos brancos (leucócitos) são as células responsáveis por esse sistema, e que vários são os tipos de leucócitos espalhados pelo organismo. 6

7 Essas células atuam contra os invasores de nosso organismo de duas formas básicas, pela fagocitose ou pela produção de anticorpos. Analisando o capitulo 8 do livro e os resumos do caderno, responda as perguntas das Atividades da página 102 ( Nº 1, 2, 3 e 4 ) e na página 103 ( Nº 5 e 6 ). Exercícios de fixação do conteúdo trabalhado a serem resolvidos no próprio livro. Ventana al español 2 : páginas 118 e

Século XVIII. Revolução francesa: o fim da Idade Moderna

Século XVIII. Revolução francesa: o fim da Idade Moderna Século XVIII Revolução francesa: o fim da Idade Moderna Marco inicial: tomada da Bastilha Assembleia Nacional Consituinte 1789-1792 Nova Constituição (liberal) para a França; Alta burguesia assume o comando

Leia mais

Aula 03 1B REVOLUÇÃO FRANCESA I

Aula 03 1B REVOLUÇÃO FRANCESA I APRESENTAÇÃO Aula 03 1B REVOLUÇÃO FRANCESA I Prof. Alexandre Cardoso REVOLUÇÃO FRANCESA Marco inicial da Idade Contemporânea ( de 1789 até os dias atuais) 1º - Foi um movimento liderado pela BURGUESIA

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA. Professor Marcelo Pitana

REVOLUÇÃO FRANCESA. Professor Marcelo Pitana REVOLUÇÃO FRANCESA Professor Marcelo Pitana REVOLUÇÃO FRANCESA (1789 Queda da Bastilha) Antecedentes: - Ideais iluministas (liberais); - Abuso de poder da nobreza; - Pompa das cortes; - Déficit orçamentário;

Leia mais

Devido ao sucesso do seu governo, em 1802, Napoleão foi proclamado cônsul vitalício, com direito de indicar seu sucessor.

Devido ao sucesso do seu governo, em 1802, Napoleão foi proclamado cônsul vitalício, com direito de indicar seu sucessor. IDADE CONTEMPORÂNEA Era Napoleônica e Congresso de Viena Após derrubar o Diretório, Napoleão Bonaparte tornou-se a figura central da vida política francesa, governando por aproximadamente 15 anos. O governo

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA A ERA NAPOLEÔNICA

IDADE CONTEMPORÂNEA A ERA NAPOLEÔNICA ERA NAPOLEÔNICA (1799 1815) Prof. João Gabriel da Fonseca joaogabriel_fonseca@hotmail.com 1 - O CONSULADO (1799 1804): Pacificação interna e externa. Acordos de paz com países vizinhos. Acordo com a Igreja

Leia mais

Revisão ª série. Roberson de Oliveira

Revisão ª série. Roberson de Oliveira Revisão 2011 3ª série Roberson de Oliveira Iluminismo - séc. XVIII 1. Definição 2. caracterização: valorização da razão oposição/superioridade em relação à fé promotora do bem-estar, do progresso e da

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA A REVOLUÇÃO FRANCESA. Prof. Iair. Prof. Jorge Diacópulos

IDADE CONTEMPORÂNEA A REVOLUÇÃO FRANCESA. Prof. Iair. Prof. Jorge Diacópulos Prof. Jorge Diacópulos Revolução burguesa. Antecedentes/causas: IDADE CONTEMPORÂNEA Maior população da Europa Ocidental (25 milhões). 80% rural. Absolutismo parasitário Luís XVI Festas, banquetes, pensões,

Leia mais

O IMPÉRIO NAPOLEÔNICO E O CONGRESSO DE VIENA COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

O IMPÉRIO NAPOLEÔNICO E O CONGRESSO DE VIENA COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O IMPÉRIO NAPOLEÔNICO E O CONGRESSO DE VIENA 1799-1815 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS OS SIGNIFICADOS DA ASCENSÃO DE NAPOLEÃO O esgotamento político e social após 10 anos de revolução na França.

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 8º Ano do Ensino Fundamental Disciplina: História 1) Analise as afirmações abaixo sobre o Iluminismo e assinale a única alternativa INCORRETA: (a) Muitas das

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA. Aula 01- Segundo Semestre 2016 Prevest

REVOLUÇÃO FRANCESA. Aula 01- Segundo Semestre 2016 Prevest REVOLUÇÃO FRANCESA Aula 01- Segundo Semestre 2016 Prevest DATAS ACONTECIMENTOS DATAS ACONTECIMENTOS 1788 Convocação dos Estados Gerais 1789 Proclamação da Contituinte; Destruição da Bastilha; Revoltas

Leia mais

Exercícios de Era Napoleônica

Exercícios de Era Napoleônica Exercícios de Era Napoleônica 1. A Era Napoleônica (1799-1815) marcou a conjuntura de transição do mundo moderno para o contemporâneo, alterando o equilíbrio de poder construído pelos Estados europeus.

Leia mais

A ERA NAPOLEÔNICA ( )

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) Prof. Tácius Fernandes Blog: www.proftaciusfernandes.wordpress.com A ERA NAPOLEÔNICA (1799-1814) SÍNTESE: Coube a Napoleão Bonaparte a difícil tarefa de consolidar a estrutura social burguesa na França

Leia mais

A ERA NAPOLEÔNICA

A ERA NAPOLEÔNICA A ERA NAPOLEÔNICA 1799-1815 O golpe de 18 Brumário teria representado o assassinato da revolução? Durante a década revolucionária, a maior parte dos grupos sociais que compunham o antigo Terceiro Estado

Leia mais

Era Napoleônica e Independência do Brasil

Era Napoleônica e Independência do Brasil 1. (UNIRIO) A Era Napoleônica (1799-1815) marcou a conjuntura de transição do mundo moderno para o contemporâneo, alterando o equilíbrio de poder construído pelos Estados europeus. Sobre a Era Napoleônica,

Leia mais

His. Semana. William Gabriel Renato Pellizzari (Leonardo Machado)

His. Semana. William Gabriel Renato Pellizzari (Leonardo Machado) Semana 9 William Gabriel Renato Pellizzari (Leonardo Machado) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 54 REVOLUÇÃO FRANCESA: IMPÉRIO NAPOLEÔNICO ( )

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 54 REVOLUÇÃO FRANCESA: IMPÉRIO NAPOLEÔNICO ( ) HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 54 REVOLUÇÃO FRANCESA: IMPÉRIO NAPOLEÔNICO (1804-15) Fixação 1) (UERJ) Os acontecimentos do final do século XVIII deram corpo e alma a uma série de mudanças que possibilitaram

Leia mais

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) E O CONGRESSO DE VIENA

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) E O CONGRESSO DE VIENA A ERA NAPOLEÔNICA (1799-1815) E O CONGRESSO DE VIENA FIM DA REVOLUÇÃO E EXPANSÃO FRANCESA http://historiaonline.com.br 1. Napoleão de 1769 a 1799: Patente de general com 24 anos. 1.1 Êxitos militares:

Leia mais

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) E O CONGRESSO DE VIENA

A ERA NAPOLEÔNICA ( ) E O CONGRESSO DE VIENA A ERA NAPOLEÔNICA (1799-1815) E O CONGRESSO DE VIENA FIM DA REVOLUÇÃO E EXPANSÃO FRANCESA http://historiaonline.com.br 1. Napoleão de 1769 a 1799: Patente de general com 24 anos. 1.1 Êxitos militares:

Leia mais

Era Napoleônica

Era Napoleônica Era Napoleônica 1799-1815 A COROAÇÃO DE NAPOLEÃO: INTRODUÇÃO: OPOSIÇÕES AO DIRETÓRIO - Medo da insatisfação popular (extinção da Lei do Máximo) - Oposição de representantes dos antigos grupos políticos

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: História Série: 8ª Ensino Fundamental Professora: Letícia História Atividades para Estudos Autônomos Data: 03 / 10 / 2016 Aluno(a): Nº: Turma:

Leia mais

A REVOLUÇAO FRANCESA (1789 A 1799) TEMA DA REVOLUÇÃO: IGUALDADE, LIBERDADE E FRATERNIDADE

A REVOLUÇAO FRANCESA (1789 A 1799) TEMA DA REVOLUÇÃO: IGUALDADE, LIBERDADE E FRATERNIDADE A REVOLUÇAO FRANCESA (1789 A 1799) TEMA DA REVOLUÇÃO: IGUALDADE, LIBERDADE E FRATERNIDADE QUADRO SOCIAL 1º ESTADO CLERO 2º ESTADO NOBREZA Viviam às custas do Rei 3º ESTADO Alta Burguesia, Pequena Burguesia

Leia mais

França e as Guerras Napoleônicas. Conteúdo cedido, organizado e editado pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila

França e as Guerras Napoleônicas. Conteúdo cedido, organizado e editado pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila França e as Guerras Napoleônicas Conteúdo cedido, organizado e editado pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila A França do Século XVIII 3 a. maior economia europeia; problemas econômicos domésticos

Leia mais

O DESPERTAR DE UM NOVO TEMPO

O DESPERTAR DE UM NOVO TEMPO O DESPERTAR DE UM NOVO TEMPO INTRODUÇÃO: Compreendendo as causas da Revolução Francesa DEFINIÇÃO Revolução burguesa; Marca a transição da Idade Moderna para a Idade Contemporânea; Destruiu o chamado Antigo

Leia mais

Colégio Ser! Sorocaba História 8º ano Profª Marilia C Camillo Coltri

Colégio Ser! Sorocaba História 8º ano Profª Marilia C Camillo Coltri Colégio Ser! Sorocaba História 8º ano Profª Marilia C Camillo Coltri Primeira Fase Campanhas sob o Diretório (1796-1799) Enquanto a França organizava-se sob o regime do Diretório (3ª fase da Revolução

Leia mais

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 2º Período.

Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas. Grupo de Recrutamento: 400. Planificação Trimestral de História A. 2º Período. Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas Grupo de Recrutamento: 400 Coordenadora: Rosa Santos Subcoordenador: Armando Castro Planificação Trimestral de História A 2º Período 11º Ano Professor:

Leia mais

NAPOLEÃO BONAPARTE. mcc

NAPOLEÃO BONAPARTE. mcc NAPOLEÃO BONAPARTE mcc Golpe do 18 Brumário ( 9 de novembro de 1799) Fim da Revolução Francesa. O Diretório foi substituído por uma nova forma de governo- Consulado. Três cônsules passaram a governar a

Leia mais

Revolução Francesa

Revolução Francesa Revolução Francesa 1789-1799 Marco tradicional do início da Idade Contemporânea: A história moderna termina em 1789, com aquilo que a Revolução batizou de Antigo Regime. (...) 1789 é a chave para o antes

Leia mais

1º - Foi um movimento liderado pela BURGUESIA contra o regime absolutista. 2º - Abriu espaço para o avanço do CAPITALISMO.

1º - Foi um movimento liderado pela BURGUESIA contra o regime absolutista. 2º - Abriu espaço para o avanço do CAPITALISMO. APRESENTAÇÃO Aula 08 3B REVOLUÇÃO FRANCESA Prof. Alexandre Cardoso REVOLUÇÃO FRANCESA Marco inicial da Idade Contemporânea ( de 1789 até os dias atuais) 1º - Foi um movimento liderado pela BURGUESIA contra

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Os exercícios deverão ser feitos no livro e / ou no caderno. Livro Didático: Língua Portuguesa

Leia mais

Ano Lectivo 2016/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2016/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2016/2017 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais / Metas Competências Específicas

Leia mais

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. Conteúdo: A Revolução Francesa

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. Conteúdo: A Revolução Francesa Conteúdo: A Revolução Francesa Habilidades: Reconhecer nas origens e consequências da Revolução Francesa de 1789, os elementos fundamentais da formação política e social contemporânea para a história contemporânea.

Leia mais

Na estrutura do Estado Absolutista havia três diferentes Estados. O que é correto afirmar sobre estes estados?

Na estrutura do Estado Absolutista havia três diferentes Estados. O que é correto afirmar sobre estes estados? Questão 1 Na estrutura do Estado Absolutista havia três diferentes Estados. O que é correto afirmar sobre estes estados? a. O Primeiro Estado era representado pelos religiosos, o Segundo Estado era representado

Leia mais

HISTÓRIA 8 ANO PROF. ARTÊMISON MONTANHO DA SILVA PROF.ª ISABEL SARAIVA ENSINO FUNDAMENTAL

HISTÓRIA 8 ANO PROF. ARTÊMISON MONTANHO DA SILVA PROF.ª ISABEL SARAIVA ENSINO FUNDAMENTAL HISTÓRIA 8 ANO PROF.ª ISABEL SARAIVA ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ARTÊMISON MONTANHO DA SILVA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Poder, Estado e Instituições 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 10 Conteúdos A República

Leia mais

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2015 / ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Domínios / Subdomínios Objetivos Gerais Competências Específicas Avaliação. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2015 / 2016 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período DOMÌNIO / TEMA D O contexto europeu dos séculos XII a XIV (recuperação

Leia mais

As Revoluções Francesas ( )

As Revoluções Francesas ( ) As Revoluções Francesas (1789 1815) 1. Observe a obra do pintor Delacroix, intitulada A Liberdade guiando o povo (1830), e assinale a alternativa correta. a) Os sujeitos envolvidos na ação política representada

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Os exercícios deverão ser feitos no caderno, contendo as páginas dos mesmos. Leitura das

Leia mais

Exercícios de Revolução Francesa

Exercícios de Revolução Francesa Exercícios de Revolução Francesa 1. (Enem) Algumas transformações que antecederam a Revolução Francesa podem ser exemplificadas pela mudança de significado da palavra "restaurante". Desde o final da Idade

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA MCC

REVOLUÇÃO FRANCESA MCC REVOLUÇÃO FRANCESA MCC REVOLUÇÃO FRANCESA. MOVIMENTO BURGUÊS França antes da revolução TEVE APOIO DO POVO Monarquia absolutista Economia capitalista.(costumes feudais) sociedade estamental. 1º Estado-

Leia mais

Antecedentes - O contexto da França no século XVIII. Economia: Agrária sob exploração de base feudal. Manufatureira e bem menos dinâmica do que o

Antecedentes - O contexto da França no século XVIII. Economia: Agrária sob exploração de base feudal. Manufatureira e bem menos dinâmica do que o Antecedentes - O contexto da França no século XVIII. Economia: Agrária sob exploração de base feudal. Manufatureira e bem menos dinâmica do que o modelo inglês. Processo de enriquecimento da camada burguesa

Leia mais

Revolução Francesa e Napoleão

Revolução Francesa e Napoleão Revolução Francesa e Napoleão Revolução Francesa e Napoleão 1. A convocação dos Estados Gerais deu início à Revolução Francesa, ocasionando um conjunto de mudanças que abalaram não só a França, mas também

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA 1789

REVOLUÇÃO FRANCESA 1789 REVOLUÇÃO FRANCESA 1789 Antecedentes/causas: Considerada um dos marcos da História, a Revolução Francesa alterou profundamente a base do poder político e social da França sob o lema Liberdade, Igualdade

Leia mais

Principais causas para revolução francesa

Principais causas para revolução francesa Revolução Francesa Principais causas para revolução francesa -Empobrecimento do povo francês guerras, luxo, empréstimos. -Cerca de 80% do povo viviam no campo em situação precária. -Os anos que antecederam

Leia mais

MONARQUIA FRANCESA SÉC. XV-XVIII AUGE DO ABSOLUTISMO E ANTECEDENTES DA REVOLUÇÃO FRANCESA.

MONARQUIA FRANCESA SÉC. XV-XVIII AUGE DO ABSOLUTISMO E ANTECEDENTES DA REVOLUÇÃO FRANCESA. MONARQUIA FRANCESA SÉC. XV-XVIII AUGE DO ABSOLUTISMO E ANTECEDENTES DA REVOLUÇÃO FRANCESA SÉC. XVI: OS VALOIS NO PODER Guerras de religião: católicos X protestantes; Obstáculo para a centralização; Absolutistas

Leia mais

Em meio a uma grave crise econômica e política. Ganha destaque uma figura que terá grande importância para a história

Em meio a uma grave crise econômica e política. Ganha destaque uma figura que terá grande importância para a história Era Napoleônica Em meio a uma grave crise econômica e política. Ganha destaque uma figura que terá grande importância para a história Nasce na ilha de Córsega, em 1769 Vai estudar na Academia Real Militar

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799

REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799 REVOLUÇÃO FRANCESA 1789-1799 À procura de solução para a crise: 1787 Luís XVI convocação dos conselheiros para criação de novos impostos Acabar com a isenção fiscal do Primeiro e Segundo Estados CONSEQUÊNCIA

Leia mais

Rev. Liberais do Século XIX e Período Regencial

Rev. Liberais do Século XIX e Período Regencial Rev. Liberais do Século XIX e Período 1. (PUC-RJ) O Congresso de Viena, concluído em 1815, após a derrota de Napoleão Bonaparte, baseou-se em três princípios políticos fundamentais. Assinale a opção que

Leia mais

Revisão de História. Revolução Francesa, Era Napolônica e Liberalismo

Revisão de História. Revolução Francesa, Era Napolônica e Liberalismo Revisão de História Revolução Francesa, Era Napolônica e Liberalismo 1. A Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, de 1789, teve grande repercussão no mundo todo. Entretanto, segundo o historiador

Leia mais

RECUPERAÇÃO DO 2º MÉDIO. ESTUDOS DE 1ª e 2ª RECUPERAÇÃO FINAL 2011 DISCIPLINA: FÍSICA (2º MÉDIO) PARTE I CONTEÚDO

RECUPERAÇÃO DO 2º MÉDIO. ESTUDOS DE 1ª e 2ª RECUPERAÇÃO FINAL 2011 DISCIPLINA: FÍSICA (2º MÉDIO) PARTE I CONTEÚDO RECUPERAÇÃO DO 2º MÉDIO ESTUDOS DE 1ª e 2ª RECUPERAÇÃO FINAL 2011 DISCIPLINA: FÍSICA (2º MÉDIO) PARTE I CONTEÚDO 1. 1. TERMOMETRIA E CALORIMETRIA A) Temperatura e Escalas Termométricas a) Definição b)

Leia mais

NAPOLEÃO BONAPARTE. Pode-se dividir seu governo em três partes: Consulado (1799-1804) Império (1804-1815) Governo dos Cem Dias (1815)

NAPOLEÃO BONAPARTE. Pode-se dividir seu governo em três partes: Consulado (1799-1804) Império (1804-1815) Governo dos Cem Dias (1815) NAPOLEÃO BONAPARTE 1 Profª Adriana Moraes Destaca-se política e militarmente no Período Jacobino. DIRETÓRIO Conquistas militares e diplomáticas na Europa defesa do novo governo contra golpes. Golpe 18

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE HISTÓRIA PROVA ESPECÍFICA DE HISTÓRIA

Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE HISTÓRIA PROVA ESPECÍFICA DE HISTÓRIA 1ª AVALIAÇÃO CORRETOR 1 01 02 03 04 05 06 07 08 Reservado à CCV AVALIAÇÃO FINAL Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV Comissão do Vestibular Reservado à CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome: Nº 2ª Série Data: / 10 / 2016 Professor: Gabriel e Marcelo 3º Bimestre Nota: (Valor 1,0) A Introdução: Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Os exercícios deverão ser feitos no caderno, contendo as páginas dos mesmos. Livro Apoema

Leia mais

No contexto da Revolução Francesa em 1789, a imagem expressa um conjunto de ações que ficou conhecido como

No contexto da Revolução Francesa em 1789, a imagem expressa um conjunto de ações que ficou conhecido como 1. No contexto da Revolução Francesa em 1789, a imagem expressa um conjunto de ações que ficou conhecido como ( A ) Período do Terror, marco das perseguições aos inimigos da revolução, durante a Ditadura

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Distribuição dos tempos letivos disponíveis para o 6 º ano de escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período *Início: 15 setembro 2014 *Fim: 16 dezembro 2014 *Início: 5

Leia mais

As formas de controle e disciplina do trabalho no Brasil pós-escravidão

As formas de controle e disciplina do trabalho no Brasil pós-escravidão Atividade extra As formas de controle e disciplina do trabalho no Brasil pós-escravidão Questão 1 Golpe do 18 Brumário O Golpe do 18 Brumário foi um golpe de estado ocorrido na França, e que representou

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 O CAT nº 15 vale dez pontos e deverá ser entregue à professora de Redação no dia 8 de setembro

Leia mais

Nome: SISTEMATIZANDO OS ESTUDOS DE HISTÓRIA. 1- Estes são os artigos tratados na declaração original de 1789:

Nome: SISTEMATIZANDO OS ESTUDOS DE HISTÓRIA. 1- Estes são os artigos tratados na declaração original de 1789: HISTÓRIA OITAVO ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSORA ROSE LIMA Nome: PRIMEIRA PARTE SISTEMATIZANDO OS ESTUDOS DE HISTÓRIA 1- Estes são os artigos tratados na declaração original de 1789: Art.1.º Os homens

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Inglês

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Inglês Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Inglês 1 Todos os exercícios deverão ser feitos no caderno, contendo as páginas dos mesmos. Leitura

Leia mais

O ANTIGO REGIME. A vida social e política na Europa Moderna

O ANTIGO REGIME. A vida social e política na Europa Moderna O ANTIGO REGIME A vida social e política na Europa Moderna CONCEITUAÇÃO A expressão Antigo Regime foi cunhada pelos historiadores para designar o conjunto de características predominantes nas sociedades

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Caderno de Atividades 06 Os eercícios deverão ser feitos no livro. Resgatando conteúdos questões

Leia mais

Formação das monarquias nacionais: França e Inglaterra

Formação das monarquias nacionais: França e Inglaterra Bimestre 2 Formação das monarquias nacionais: França e Inglaterra 1 A formação das monarquias europeias Aulas 28 e 29 2 A trajetória da monarquia francesa 3 A Guerra dos Cem Anos 4 A trajetória da monarquia

Leia mais

Assinale a resposta mais adequada de acordo com os nossos estudos nesta Unidade de Ensino:

Assinale a resposta mais adequada de acordo com os nossos estudos nesta Unidade de Ensino: Questão 1 Se as inovações tecnológicas modificam o ritmo de vida das pessoas, pode-se dizer que alterações no ritmo das jornadas de trabalho também têm relação com as novas tecnologias? Assinale a resposta

Leia mais

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação.

Ano Lectivo 2012/ ºCiclo 8 ºAno. 8.º Ano 1º Período. Unidade Didáctica Conteúdos Competências Específicas Avaliação. AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2012/2013 3 ºCiclo 8 ºAno 8.º Ano 1º Período Panorâmica geral dos séculos XII e XIII. Observação directa Diálogo

Leia mais

Revolução Russa 1917

Revolução Russa 1917 Revolução Russa 1917 1 A RÚSSIA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA Economia Predominantemente rural (latifúndios) com vestígios do feudalismo, muito atrasado economicamente. Mais da metade do capital russo provinha de

Leia mais

FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA HERMENÊUTICA

FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA HERMENÊUTICA FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA HERMENÊUTICA Hermenêutica faz parte das teorias do conhecimento humano. Interpretar é uma das funções produtoras do conhecimento: pensar é interpretar. O conceito da hermenêutica

Leia mais

04. REVOLUÇÃO FRANCESA

04. REVOLUÇÃO FRANCESA 04. REVOLUÇÃO FRANCESA Importância do evento Marca o início da Idade Contemporânea (1789 até a atualidade) Processo liderado pela burguesia contra o absolutismo Abriu espaço para o avanço do capitalismo

Leia mais

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL. Prof. Victor Creti Bruzadelli

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL. Prof. Victor Creti Bruzadelli INDEPENDÊNCIA DO BRASIL Prof. Victor Creti Bruzadelli Era das Revoluções Conceito de Eric Hobsbawn: Processo amplo de decadência do Antigo Regime e da ascensão de novos modelos políticos e grupos sociais

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD - Coordenação de Processos Seletivos COPESE www.ufvjm.edu.br - copese@ufvjm.edu.br UNIVERSIDADE

Leia mais

GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR

GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR GUIA DE AULAS - HISTÓRIA SITE: EDUCADORES.GEEKIELAB.COM.BR Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também quer ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Por isso, oferecemos

Leia mais

Revolução Francesa Período Napoleônico Congresso de Viena. Profª Maria Auxiliadora

Revolução Francesa Período Napoleônico Congresso de Viena. Profª Maria Auxiliadora Revolução Francesa Período Napoleônico Congresso de Viena Profª Maria Auxiliadora Revolução Francesa Antecedentes/causas -Mercantilismo: taxações, monopólios, proibições, intervenção. -Maior população

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA. Por: Rodrigo A. Gaspar

REVOLUÇÃO FRANCESA. Por: Rodrigo A. Gaspar REVOLUÇÃO FRANCESA Por: Rodrigo A. Gaspar REVOLUÇÃO FRANCESA Influência dos valores iluministas Superação do Absolutismo monárquico e da sociedade estratificada Serviu de inspiração para outras revoluções,

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA - Marco Histórico: Fim da Idade Moderna. Símbolo: Queda da Bastilha (1789). Lema: Liberdade, Fraternidade, Igualdade.

REVOLUÇÃO FRANCESA - Marco Histórico: Fim da Idade Moderna. Símbolo: Queda da Bastilha (1789). Lema: Liberdade, Fraternidade, Igualdade. REVOLUÇÃO FRANCESA REVOLUÇÃO FRANCESA - Marco Histórico: Fim da Idade Moderna. 1789 Símbolo: Queda da Bastilha (1789). Lema: Liberdade, Fraternidade, Igualdade. Influência: Iluminista. DIVISÃO SOCIAL 1º

Leia mais

Revolução Francesa IDADE MODERNA

Revolução Francesa IDADE MODERNA IDADE MODERNA Revolução Francesa A Revolução Francesa é um dos grandes acontecimentos históricos que marcaram a superação do feudalismo pelo capitalismo. É, tradicionalmente, utilizada para assinalar o

Leia mais

UD II - ASSUNTO 6 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA 02 TEMPOS

UD II - ASSUNTO 6 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA 02 TEMPOS UD II - ASSUNTO 6 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA 02 TEMPOS OBJETIVOS: -IDENTIFICAR OS OBJETIVOS E OS PRINCÍPIOS DO CONGRESSO. - DEFINIR OS OBJETIVOS E A ATUAÇÃO DA SANTA ALIANÇA. SUMÁRIO: 1.CONCEITUAÇÃO.

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: História II Curso: Técnico do Nível Médio Integrado em Mineração Série/Período: 2ª série Carga Horária: 2 a/s - 80h/a 67h/r

Leia mais

A REVOLUÇÃO FRANCESA

A REVOLUÇÃO FRANCESA A REVOLUÇÃO FRANCESA CAUSAS DA REVOLUÇÃO: SOCIEDADE DIVIDIDA EM 3 ESTAMENTOS (CAMADAS SOCIAIS) 1º ESTADO= CLERO (CAMADA MAIS ALTA) NÃO PAGAVA IMPOSTOS 2º ESTADO= NOBREZA (CAMADA INTERMEDIÁRIA) NÃO PAGAVA

Leia mais

UD II - ASSUNTO 6 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA 02 TEMPOS OBJETIVOS:

UD II - ASSUNTO 6 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA 02 TEMPOS OBJETIVOS: UD II - ASSUNTO 6 O CONGRESSO DE VIENA E A SANTA ALIANÇA 02 TEMPOS OBJETIVOS: -IDENTIFICAR OS OBJETIVOS E OS PRINCÍPIOS DO CONGRESSO. - DEFINIR OS OBJETIVOS E A ATUAÇÃO DA SANTA ALIANÇA. SUMÁRIO: 1.CONCEITUAÇÃO.

Leia mais

Revolução Inglesa. Decapitação do rei Carlos I, em 30 de janeiro de 1649, na cidade de Londres. MARCOS ROBERTO

Revolução Inglesa. Decapitação do rei Carlos I, em 30 de janeiro de 1649, na cidade de Londres. MARCOS ROBERTO Decapitação do rei Carlos I, em 30 de janeiro de 1649, na cidade de Londres. MARCOS ROBERTO do século XVII representou a primeira manifestação de crise do sistema da época moderna, identificado com o absolutismo.

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A DISCIPLINA: História ANO: 8 TURMAS: A, B e C ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA D PORTUGAL NO CONTEXTO EUROPEU DOS SÉCULOS XII A XIV SUBTEMA

Leia mais

HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 44 ERA NAPOLEÔNICA ( )

HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 44 ERA NAPOLEÔNICA ( ) HISTÓRIA - 3 o ANO MÓDULO 44 ERA NAPOLEÔNICA (1799-1815) Como pode cair no enem Por volta de 1811, o Império Napoleônico atingiu o seu apogeu. Direta ou indiretamente, Napoleão dominou mais da metade

Leia mais

7. (Unesp 2002) Leia os dois artigos seguintes, extraídos da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, de 26 de agosto de 1789.

7. (Unesp 2002) Leia os dois artigos seguintes, extraídos da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, de 26 de agosto de 1789. 1. (Unesp 95) Durante a Revolução Francesa, na fase da Convenção Nacional, destacou-se, como líder revolucionário, Robespierre. Este assumiu a defesa do ideal democrático e se manifestou nestes termos:

Leia mais

História e Geografia de Portugal

História e Geografia de Portugal 6.º Ano História e Geografia de Portugal Joana Simas Consequências das invasões francesas Motivos do descontentamento português: Permanência dos ingleses em Portugal. Os ingleses ocupavam cargos no exército.

Leia mais

2012 2ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

2012 2ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: / /2012 Nota: Professora: Ivana Cavalcanti Riolino Valor da Prova: 65 pontos Orientações

Leia mais

Os Impérios e o Poder Terrestre. Apresentação cedida, organizada e editada pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila

Os Impérios e o Poder Terrestre. Apresentação cedida, organizada e editada pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila Os Impérios e o Poder Terrestre Apresentação cedida, organizada e editada pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila A opção terrestre do poder militar Ao estudarmos a história dos impérios, percebe-se

Leia mais

Nome: Turma: Data: Atividade de revisão para o Exame final. A Revolução Francesa (14/07/1789)

Nome: Turma: Data: Atividade de revisão para o Exame final. A Revolução Francesa (14/07/1789) Profª.: Lygia Mânica Costa 7ª série do E. Fundamental Nome: Turma: Data: Atividade de revisão para o Exame final A Revolução Francesa (14/07/1789) A situação social era grave e o nível de insatisfação

Leia mais

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL 1820-1822 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O 7 DE SETEMBRO: A INDEPENDÊNCIA FOI SOMENTE O GRITO DO IPIRANGA? OS SIGNIFICADOS DA INDEPENDÊNCIA Emancipação ou

Leia mais

Estão correta as afirmações: X) I, III, IV e VI b) I, II e III. c) apenas a VI d) apenas a VI e) IV, V e VI

Estão correta as afirmações: X) I, III, IV e VI b) I, II e III. c) apenas a VI d) apenas a VI e) IV, V e VI ALUNO(A):... Nº... DATA: 22/03/2012 1º TRIIMESTRE ANO: 2º TURMA:... DISCIPLINA: HISTÓRIA TEMA: ESTADO E NAÇÃO; ANTIGO REGIME E ILUMINISMO. PROFESSOR: JOAO PAULO VALOR: 8,0 1) Podemos dizer que povo e população

Leia mais

ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA

ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA ILUMINISMO LUZ DA RAZÃO CONTRA AS TREVAS DA IGNORÂNCIA Conceito: O Iluminismo foi um movimento ideológico do século XVIII, que defendeu a liberdade de expressão e o fim de todo regime opressor. O Iluminismo

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM 2º CICLO Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6.º ANO Documento(s) Orientador(es): Programa de História e Geografia de Portugal

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA ( )

REVOLUÇÃO FRANCESA ( ) REVOLUÇÃO FRANCESA (1789-1799) Teve âmbito mundial, além de ter proporcionado enorme propagação das ideias iluministas, que por sua vez serviram de base para inúmeros processos de emancipação na América.

Leia mais

História/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / Recuperação de História Conteúdo

História/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / Recuperação de História Conteúdo História/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / 8ºhis302r Recuperação de História Conteúdo 2º Trimestre Ao longo do 2º Trimestre estudamos as revoluções do mundo ocidental que foram dadas a partir

Leia mais

PRIMEIRO REINADO ( )

PRIMEIRO REINADO ( ) PRIMEIRO REINADO (1822 1831) 7 de setembro de 1822 Independência ou morte? O grito do Ipiranga. Pedro Américo. 1888. A proclamação da Independência. François- René Moreaux. 1844. Os desafios após a independência

Leia mais

Trabalho de Regulação. 2 bimestre. 1 - O esquema abaixo trata do processo de transformação do sistema produtivo.

Trabalho de Regulação. 2 bimestre. 1 - O esquema abaixo trata do processo de transformação do sistema produtivo. Nome: Ano: 8 ano Disciplina: História Professor: Eder Nº: Trabalho de Regulação 2 bimestre 1 - O esquema abaixo trata do processo de transformação do sistema produtivo. Complete os espaços com as expressões

Leia mais

EUROPA NO SÉCULO XIX. http://historiaonline.com.br

EUROPA NO SÉCULO XIX. http://historiaonline.com.br EUROPA NO SÉCULO XIX A INGLATERRA NO SÉCULO XIX: Era Vitoriana (1837-1901): Hegemonia marítima inglesa. Fortalecimento do poder político da burguesia. Expansão da economia industrial 2ª Revolução Industrial.

Leia mais

ESTADO NACIONAL ABSOLUTISMO EXPANSÃO MARÍTIMA PROF. SORMANY ALVES

ESTADO NACIONAL ABSOLUTISMO EXPANSÃO MARÍTIMA PROF. SORMANY ALVES ESTADO NACIONAL ABSOLUTISMO EXPANSÃO MARÍTIMA PROF. SORMANY ALVES O ESTADO NACIONAL a) A necessidade de reorganização do poder da nobreza frente às s rebeliões camponesas. b) A necessidade de viabilizar

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos)

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos) HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL - 6º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL 2013-2014 1º PERÍODO: 13 semanas (+/- 26 tempos) Diagnóstico e atividades preparatórias (2 tempos) Rever a última matéria de 5ºano 3.3. A vida

Leia mais

SE LIGA NESSA HISTÓRIA

SE LIGA NESSA HISTÓRIA SE LIGA NESSA HISTÓRIA Prof. Walter www.seliganessahistoria.com.br IDADE CONTEMPORÂNEA EXERCÍCIO (EMC001) Morada dos Reis (ENEM/2009) O que se entende por Corte do antigo regime é, em primeiro lugar, a

Leia mais

HISTÓRIA 8º ano 1º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS

HISTÓRIA 8º ano 1º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS HISTÓRIA 8º ano 1º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS 1. Acerca do Iluminismo assinale a única alternativa incorreta. a) Muitas das ideias propostas pelos filósofos iluministas são, hoje, elementos

Leia mais

A vinda da família real e o governo joanino no Brasil

A vinda da família real e o governo joanino no Brasil A vinda da família real e o governo joanino no Brasil A Europa no século XIX Napoleão realizou uma série de batalhas para a conquista de novos territórios para a França. O exército francês aumentou o número

Leia mais

A Revolução Francesa e a Era Napoleônico

A Revolução Francesa e a Era Napoleônico A e a Era 18.2 A Aulas 19.1 A Era Napoleônica e o.1 A .1 A A crise do absolutismo francês Na França, a rígida organização social do Antigo Regime (clero, nobreza e povo) passou a ser contestada pelos iluministas.

Leia mais