Legislação - Referências

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Legislação - Referências"

Transcrição

1 Legislação - Referências Tipo Título Data Local Título da Fonte Página Ato Atos da Administração Federal Abr./1944 Rio de Janeiro RBEP nº 1 p. 132 Aviso Aviso nº 49-G-2 do Ministério da Aeronáutica 17 de junho de 1948 Rio de Janeiro RBEP nº 34 p. 252 Aviso nº 665 do Ministério da Guerra 10 de outubro de 1951 Rio de Janeiro RBEP nº 45 p. 226 Aviso nº 752 da Administração Federal 23 de novembro de 1950 Rio de Janeiro RBEP nº41 p. 150 Circular Circular nº 10 do Delegado Regional de Ensino de São Paulo 12 de fevereiro de 1937 São Paulo RE vol. XIX - XX p Página 1 de 10

2 Circular nº 39 do Departamento de Educação 1 de julho de 1938 São Paulo RE vol. XXIII - XXVI p. 68 Comunicado Comunicado da Associação Brasileira de Educação / nº 55 - Educação Sanitária Mar./Jun São Paulo RE vol. XIII - XIV p Comunicado do Serviço de Instituições Auxiliares do Departamento de Educação de São Paulo Set./Dez. - Mar./Jun São Paulo RE vol. XXIII - XXVI p. 180 Comunicado nº 19 da Diretoria Geral do Ensino de São Paulo 28 de outubro de 1933 São Paulo RE vol. IV p Decreto Código de Educação do Estado de São Paulo 21 de abril de 1933 Rio de Janeiro Decreto - nº p Decreto nº de junho de 1962 Rio de Janeiro RBEP nº 88 p Página 2 de 10

3 Decreto nº de novembro de 1947 São Paulo LEX Ano XII 1948 p Decreto nº de janeiro de 1946 Rio de Janeiro RBEP nº 20 p Decreto nº de agosto de 1956 São Paulo LEX Ano XX 1956 p Decreto nº de dezembro de 1949 Rio de Janeiro RBEP nº 38 p. 146 Decreto nº de junho de 1951 Rio de Janeiro RBEP nº 43 p. 144 Decreto nº de julho de 1944 Rio de Janeiro RBEP nº 4 p. 140 Decreto nº º de fevereiro de 1960 Rio de Janeiro RBEP nº 82 p Página 3 de 10

4 Decreto nº de novembro de 1951 Rio de Janeiro RBEP nº 45 p. 253 Decreto nº de maio de 1961 São Paulo LEX Ano XXV p Decreto nº de novembro de 1961 São Paulo LEX Ano XXV p Decreto nº A 19 de agosto de 1965 São Paulo LEX Ano XXIX p Decreto nº de novembro de 1966 São Paulo LEX Ano XXX 1966 p Decreto nº de novembro de 1968 São Paulo LEX Ano XXXII 1968 p Decreto nº de fevereiro de 1966 Rio de Janeiro RBEP nº 101 p Página 4 de 10

5 Decreto nº A 27 de junho de 1950 São Paulo LEX Ano XIV 1950 p Decreto nº de junho de 1962 Rio de Janeiro RBEP nº 88 p Decreto-lei Decreto-lei nº de abril de 1938 São Paulo RE vol. XXVII p. 134 Lei Anteprojeto da Lei da Comissão Mai./Ago., 1949 Rio de Janeiro RBEP nº 36 p Diretrizes e Bases da Educação Nacional Jul./Set. / 1961 Rio de Janeiro RBEP nº 83 p Lei Diretrizes e Bases da Educação Nacional 1948 Rio de Janeiro Lei Diretrizes e Bases da Educação Nacional p Página 5 de 10

6 Lei nº de dezembro de 1951 São Paulo LEX Ano XV 1951 p. 360 Lei nº de junho de 1968 São Paulo LEX Ano XXXII 1968 p Lei nº de dezembro de 1961 Rio de Janeiro RBEP nº 85 p Lei nº Lei de Diretrizes e Bases da Educação 20 de dezembro de 1961 Rio de Janeiro RBEP nº 90 p Lei nº de janeiro de 1967 São Paulo LEX Ano XXXI 1967 p. 99 Lei Orgânica do Ensino Secundário e Legislação Complementar 1955 Rio de Janeiro Lei Orgânica do Ensino Secundário e Legislação Complementar p Projeto de Diretrizes e Bases da Educação Nacional Jan./Mar., 1960 Rio de Janeiro RBEP nº 77 p Página 6 de 10

7 Projeto de Lei que acompanha a exposição de motivos Mai./Ago., 1949 Rio de Janeiro RBEP nº 36 p Ordem de Serviço Ordem de Serviço nº 15 do Departamento de Educação Primária da Prefeitura do Distrito Federal 24 de março de 1948 Rio de Janeiro RBEP nº 33 p. 138 Parecer Parecer nº 126/66 9 de março de 1966 Rio de Janeiro RBEP nº 103 p Portaria Portaria nº 14 do Ministério da Educação e Saúde 7 de janeiro de 1946 Rio de Janeiro RBEP nº 20 p Portaria nº de abril de 1960 Rio de Janeiro RBEP nº 79 p Página 7 de 10

8 Portaria nº 21 da Administração Federal 10 de janeiro de 1947 Rio de Janeiro RBEP nº 26 p Portaria nº de abril de 1960 Rio de Janeiro RBEP nº 79 p Portaria nº de janeiro de 1960 Rio de Janeiro RBEP nº 78 p Portaria nº 501 do Ministério da Educação e Saúde 19 de maio de 1952 Rio de Janeiro Portaria nº 501 do Ministério da Educação e Saúde p Portaria nº de maio de 1956 Rio de Janeiro RBEP nº 65 p Portaria nº de dezembro de 1951 Rio de Janeiro RBEP nº 47 p Portaria nº de abril de 1956 Rio de Janeiro RBEP nº 63 p Página 8 de 10

9 Portaria nº37 27 de junho de 1956 Rio de Janeiro RBEP nº 67 p Portaria nº59 30 de janeiro de 1956 Rio de Janeiro RBEP nº 62 p Projeto de Lei Substitutivo Nogueira da Gama 16 de junho de 1961 Rio de Janeiro RBEP nº 83 p Regimento Normas Regulamentares dos Estabelecimentos Estaduais de Ensino Secundário e Normal 19 de dezembro de 1966 São Paulo Decreto nº p Regimento Interno das Escolas Normais Oficiais dos Estado 27 de junho de 1950 São Paulo Decreto nº A p Regimento Interno dos Estabelecimentos de Ensino Secundário e Normal do Estado 10 de março de 1949 São Paulo Ato nº 21 da Direção Geral da Secretaria dos Negócios da Educação p Página 9 de 10

10 Regimento Interno dos Estabelecimentos de Ensino Secundário e Normal do Estado de São Paulo 10 de novembro de 1961 São Paulo Decreto nº p Regimento Interno dos Ginásios e Colégios Estaduais 27 de janeiro de 1950 São Paulo Ato nº 10 da Direção Geral da Secretaria dos Negócios da Educação p Regimento Interno dos Grupos Escolares do Estado de São Paulo 24 de fevereiro de 1956 São Paulo Ato nº 11 da Secretaria de Estado dos Negócios da Educação p Resolução Resolução nº 18 da Secretaria Geral de Educação e Cultura da Prefeitura do Distrito Federal 30 de janeiro de 1946 Rio de Janeiro RBEP nº 21 p Resolução nº 39 do Secretário Geral de Educação e Cultura da Prefeitura do Distrito Federal 22 de julho de 1946 Rio de Janeiro RBEP nº 24 p. 132 Resolução nº 5 do Secretário Geral da Educação e Cultura do Distrito Federal Abr./1945 Rio de Janeiro RBEP nº 10 p Página 10 de 10

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2010 Salário-de-contribuição (R$) INSS até 1.040,22 8,00% de 1.040,23 até 1.733,70 9,00% de 1.733,71 até 3.467,40

Leia mais

CALENDÁRIO DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA

CALENDÁRIO DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA 2016-2020 2016 3 a 10 fevereiro 6 fevereiro 9 fevereiro - Exposições e 7 a 17 abril 9 abril 10 abril 17 abril 4, 11, 18 e 25 junho 28 agosto a 11 setembro 4 setembro 5 a 11 setembro 10 setembro 15 a 17

Leia mais

Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções

Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções Página 139 nº 23.326/2010 - que dispõe sobre as diretrizes para a tramitação de documentos e processos sigilosos no âmbito da Justiça Eleitoral -, vieram-me os autos conclusos. Observo que os documentos

Leia mais

2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097. de Umuarama.

2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097. de Umuarama. 24 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 de Umuarama. 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 25 ANEXO I DO REGULAMENTO A QUE SE REFERE O DECRETO Nº 9510/2013 26 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 ANEXO

Leia mais

Notícias Consolidação das Leis Federais

Notícias Consolidação das Leis Federais Notícias Consolidação das Leis Federais Encaminhado ao Congresso Nacional Projeto de lei para declarar expressamente revogadas leis e decretos-leis cujos preceitos perderam eficácia. (EM nº 020/2000 -

Leia mais

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 4.035 De: 04 de julho de 2014. Desafeta do domínio público os imóveis localizados no CONJUNTO HABITACIONAL SONHO MEU, na cidade de Umuarama - PR. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ,

Leia mais

ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETIVO... 03 CAPÍTULO II - DA NOMENCLATURA... 04 CAPÍTULO III - DO CREDENCIAMENTO... 06 ANEXO I - FICHA CADASTRAL...

ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETIVO... 03 CAPÍTULO II - DA NOMENCLATURA... 04 CAPÍTULO III - DO CREDENCIAMENTO... 06 ANEXO I - FICHA CADASTRAL... COMPANHIA DO METROPOLITANO DO DISTRITO FEDERAL - METRÔ-DF DIRETORIA FINANCEIRA E COMERCIAL DFC DEPARTAMENTO COMERCIAL FCO DIVISÃO DE CAPTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS - FCDP CREDENCIAMENTO PARA EXPLORAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO. Gestão de Negócios; Gestão Estratégica de Pessoas, no câmpus de Itatiba, criados pela Resolução CONSEPE 21-A/2003, de 26/6/2003;

RESOLUÇÃO. Gestão de Negócios; Gestão Estratégica de Pessoas, no câmpus de Itatiba, criados pela Resolução CONSEPE 21-A/2003, de 26/6/2003; RESOLUÇÃO CONSEPE 69/2004 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE EXTINÇÃO DE CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 3089

CARTA-CIRCULAR Nº 3089 CARTA-CIRCULAR Nº 3089 Libera módulos do Sistema de Informações sobre Entidades de Interesse do Banco Central - Unicad. Em conformidade com o disposto nas Circulares 3.165 e 3.180, de 4 de dezembro de

Leia mais

Prefácio 17 Explicação necessária 19

Prefácio 17 Explicação necessária 19 SUMÁRIO Prefácio 17 Explicação necessária 19 I. CONSTITUIÇÃO 21 1. Conceitos 21 2. História das Constituições 21 3. Classificação das Constituições 23 4. Elementos das Constituições 24 5. Estrutura da

Leia mais

Regulamentação da DSETRA, suas operações e outros temas. Portaria n.º 55/2010 de 21 de Janeiro; Lei n.º 105/2009 de 14 de Setembro.

Regulamentação da DSETRA, suas operações e outros temas. Portaria n.º 55/2010 de 21 de Janeiro; Lei n.º 105/2009 de 14 de Setembro. Legislação Regulamentação da DSETRA, suas operações e outros temas 1 Orgânica Lei Orgânica da Secretaria Regional dos Recursos Humanos Decreto Regulamentar Regional n.º 1/2009/M D.R. n.º 5 de 8 de Janeiro;

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para 2015.2

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para 2015.2 CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC Atualizado para 2015.2 1ª Fase I: MED 7001 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA MEDICINA I Anatomia 48 (+12 Integr.) Fisiologia 68 (+12 Integr.) Bioquímica 62 Histologia

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 2

LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 2 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO 2008 ETAPA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO 2º ANO - CICLO II LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 2 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 1

LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO 2008 ETAPA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO 2º ANO - CICLO II LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 1 ESCOLA: NOME: TURMA:

Leia mais

Manual do Aluno. Escola de Engenharia Kennedy. Faculdade Kennedy. Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato

Manual do Aluno. Escola de Engenharia Kennedy. Faculdade Kennedy. Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato Manual do Aluno Escola de Engenharia Kennedy Faculdade Kennedy Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato Apresentação 01 Missão Escola de Engenharia e Faculdade Kennedy Missão Faculdade de

Leia mais

O Colégio Militar de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens :

O Colégio Militar de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens : O de Curitiba, em relação ao regulamento Nº 001/13 resolve, complementar os seguintes itens : 2. DAS CONDIÇÕES DE INGRESSO, REMUNERAÇÃO E ATRIBUIÇÕES b. O regime de trabalho será, preferencialmente, o

Leia mais

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB, anexo a esta Resolução. São João del-rei, 16 de fevereiro de 2009.

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB, anexo a esta Resolução. São João del-rei, 16 de fevereiro de 2009. RESOLUÇÃO N o 003, de 16 de fevereiro de 2009. Aprova Regimento Interno da Divisão de Biblioteca DIBIB. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ, no uso de

Leia mais

CAPÍTULO I DO APOIO A GESTÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE CAPÍTULO II DA CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

CAPÍTULO I DO APOIO A GESTÃO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE CAPÍTULO II DA CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE LEI N.º 1.297, DE 06 DE JULHO DE 2010. Dispõe sobre apoio a Gestão do Sistema Único de Saúde, da realização de conferências no âmbito municipal, da reformulação e funcionamento do Conselho Municipal de

Leia mais

Propostas por Segmentos: Docente, TAEs e Discente

Propostas por Segmentos: Docente, TAEs e Discente Propostas por Segmentos: Docente, TAEs e Discente A ELEIÇÃO OCORRERÁ DIAS 14 E 15 DE ABRIL Para votar é necessário apresentar o crachá ou documento oficial com foto. Neste caso, é preciso saber o número

Leia mais

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE JUVENTUDE Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local a) COORDENADOR ADJUNTO: 01 (Contratação Temporária

Leia mais

Índice de Gráficos. vii

Índice de Gráficos. vii Índice de figuras Figura 1 Figura 2 Figura 3 Figura 4 Figura 5 Figura 6 Modelo de raciocínio e acção pedagógica (adaptado de Shulman e Marcelo por Tavares, 1997) Modelo reflexivo de desenvolvimento / formação

Leia mais

LEI N Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a. seguinte lei:

LEI N Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a. seguinte lei: LEI N. 6.869 Altera, acrescenta e revoga dispositivos e tabelas que especifica, da Lei Municipal nº 1.389, de 27 de dezembro de 1966, que instituiu o Código Tributário do Município de Poços de Caldas,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 617 DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ementa: Dispõe as atribuições e competênciasdo farmacêutico nos Hemocentros Nacional e Regionais bem como em serviços de hemoterapia e/ou bancos de sangue. O

Leia mais

PROC. Nº 3832/07 PR Nº 060/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 3832/07 PR Nº 060/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Apresentamos aos Senhores Vereadores o presente Projeto de Resolução, que institui premiações a serem conferidas pela Câmara Municipal de Porto Alegre. Este trabalho é resultado da

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa normas para o funcionamento das Atividades Complementares no Curso de Fisioterapia do Centro Universitário de Anápolis UniEVANGÉLICA.

Leia mais

PORTARIA Nº 475 DE 06 DE ABRIL DE 2016

PORTARIA Nº 475 DE 06 DE ABRIL DE 2016 PORTARIA Nº 475 DE 06 DE ABRIL DE 2016 Dispõe sobre delegação de competências aos Diretores Gerais dos Campi, Diretores Gerais Pro-Tempore dos Campi e Diretores Pro-Tempore dos Campi Avançados do IFMG.

Leia mais

LEI Nº , DE 4 DE OUTUBRO DE 2007

LEI Nº , DE 4 DE OUTUBRO DE 2007 LEI Nº 11.526, DE 4 DE OUTUBRO DE 2007 Fixa a remuneração dos cargos e funções comissionadas da administração pública federal direta, autárquica e fundacional; revoga dispositivos das Leis nºs 10.470,

Leia mais

DECRETO Nº 2529, DE 15 DE SETEMBRO DE 2016

DECRETO Nº 2529, DE 15 DE SETEMBRO DE 2016 1 Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 2529, DE 15 DE SETEMBRO DE 2016 Estabelece as tabelas de vencimentos, nos termos da Lei nº 9.862, de 30 de junho de 2016. O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições

Leia mais

Justiça Eleitoral, pautando suas ações nos princípios que regem a Administração

Justiça Eleitoral, pautando suas ações nos princípios que regem a Administração PUBUCADO(A) KO DlARIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO SECREJAR! SJl TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE PERNAMBUCO RESOLUÇÃO W 164 (10.7.2012) PROCESSO ADMINISTRATIVO N^ 300-62.2012.6.17.0000 - RECIFE - PERNAMBUCO. Relator:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

Portaria n.º 931/2006 de 8 de Setembro Publicado no DR 174, Série I de 2006-09-08

Portaria n.º 931/2006 de 8 de Setembro Publicado no DR 174, Série I de 2006-09-08 Rectificada pela Declaração de Rectificação n.º 76-A/2006, de 7-11. Alterada pela Portaria n.º 256/2007, de 12-3. Alterada pela Portaria n.º 1165/2007, de 13-9. MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA Portaria

Leia mais

LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015.

LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. Autoriza o Poder Executivo a doar os bens que equipam a Capela Mortuária do Bairro Progresso, para a Associação do Bairro Progresso. O Prefeito Municipal de Erechim,

Leia mais

ANEXO II RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA DE 2015

ANEXO II RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA DE 2015 ANEXO II RELAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES AO PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA DE 2015 I - Critérios utilizados para a discriminação, na programação de trabalho, do código identificador de resultado primário

Leia mais

PORTARIA Nº 173, DE 12 DE SETEMBRO DE 2008 DODF de

PORTARIA Nº 173, DE 12 DE SETEMBRO DE 2008 DODF de PORTARIA Nº 173, DE 12 DE SETEMBRO DE 2008 DODF de 15.09.2008 O SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO DO DISTRITO FEDERAL, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o disposto no

Leia mais

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE ÍNDICE I - INTRODUÇÃO 19 II - METODOLOGIA I 21 III - REVISÃO TEÓRICA 23 NÚMEROS E FACTOS - A AMPLITUDE DO FEMININO 23 Demografia Nacional e Internacional 23 A Evolução da Educação 25 O Mundo Laboral 27

Leia mais

4.1 Tubo Coletor de Esgoto Kanasan Ocre

4.1 Tubo Coletor de Esgoto Kanasan Ocre 4.1 Tubo Coletor de Esgoto Kanasan Ocre O Kanasan é um tubo corrugado de dupla parede, fabricado em Polietileno de Alta Densidade (PEAD), semi rígido, anelado externamente e liso internamente (Figura 1,

Leia mais

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 457, DE 08 DE MARÇO DE 2002. Institui o Fórum Permanente da Agenda 21, no âmbito do Município de Goiânia, e estabelece normas para a sua organização

Leia mais

MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO

MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO VERSÃO: 01/7/2008 MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO 01/7/2008 2/8 ÍNDICE

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE O roteiro e normas abaixo discriminados foram aprovados pela Congregação da FEA em 17.8.2005. ROTEIRO E NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA CONCURSOS DA CARREIRA DOCENTE NA FEA SUMÁRIO (para

Leia mais

MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI

MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI VERSÃO: 20/7/2009 2/8 MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES

Leia mais

Original assinado por ROBERTO TEIXEIRA DA COSTA Presidente. NORMAS ANEXAS À INSTRUÇÃO N o 001 DE 27 DE ABRIL DE 1978.

Original assinado por ROBERTO TEIXEIRA DA COSTA Presidente. NORMAS ANEXAS À INSTRUÇÃO N o 001 DE 27 DE ABRIL DE 1978. Dispõe sobre as normas e procedimentos para contabilização e elaboração de demonstrações financeiras, relativas a ajustes decorrentes da avaliação de investimento relevante de companhia aberta em sociedades

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ANO XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 28 DE DEZEMBRO DE 2016 N 2403

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ANO XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 28 DE DEZEMBRO DE 2016 N 2403 8ª LEGISLATURA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ANO XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 28 DE DEZEMBRO DE 2016 N 2403 MESA DIRETORA Presidente: Dep. Osires Damaso (PSC) 1º Vice-Presidente: Dep. Luana

Leia mais

FORMAÇÃO INTELECTUAL

FORMAÇÃO INTELECTUAL CURRICULUM VITAE NOME: GERALDO BARRETO SOBRAL FILIAÇÃO: João Dias Sobral e Maria Barreto Sobral DATA DO NASCIMENTO: 24 de janeiro de 1937 NATURALIDADE: Aracaju-SE ESTADO CIVIL: CASADO (Adnil Baptista Sobral

Leia mais

Ana Sofia Mendonça Borges

Ana Sofia Mendonça Borges Ana Sofia Mendonça Borges Abordagem Ortodôntica da Gestão de Espaço em Dentição Mista ANEXOS Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Porto, 2011 Índice de Anexos Anexo 1 - Representação

Leia mais

1. Roteiro Básico. a) Nome da unidade proponente, título e número da edição do curso, número do processo (na capa e na folha vestibular);

1. Roteiro Básico. a) Nome da unidade proponente, título e número da edição do curso, número do processo (na capa e na folha vestibular); Roteiro e Instruções Normativas aplicáveis a projetos de cursos de especialização lato sensu, baseados nas Resoluções nº 03/2002 -CONSUN, 01/96 CONDIR, 01/2001 da CES / CNE e no Regimento Geral da UFU.

Leia mais

ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO NOS PRÉDIOS DA DMED LISTADOS ABAIXO 1 - OBJETO Elaboração de Projeto

Leia mais

Informativo 24. Guia de Conduta nas Competições da SAE BRASIL

Informativo 24. Guia de Conduta nas Competições da SAE BRASIL Informativo 24 Guia de Conduta nas Competições da SAE BRASIL Objetivo: Orientar e esclarecer todos os participantes e presentes as condutas necessárias para a realização da Competição em clima de respeito

Leia mais

EDITAL 21/2015 PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTAÇÃO DISCENTE NA CONGREGAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE BARUERI PADRE DANILO JOSÉ DE OLIVEIRA OHL.

EDITAL 21/2015 PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTAÇÃO DISCENTE NA CONGREGAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE BARUERI PADRE DANILO JOSÉ DE OLIVEIRA OHL. EDITAL 21/2015 PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTAÇÃO DISCENTE NA CONGREGAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE BARUERI PADRE DANILO JOSÉ DE OLIVEIRA OHL. A Comissão Eleitoral da Fatec Barueri, tendo em vista a instalação

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC

REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC DAS FINALIDADES I- O presente regulamento disciplina todas as atividades desenvolvidas pelo Departamento de Vôlei do clube. DA COMPOSIÇÃO II- O Clube disponibiliza equipes

Leia mais

Subseção I Da Subsecretaria de Biblioteca SUBIB. I coordenar atividades relativas ao controle e à atualização do acervo bibliográfico do Tribunal;

Subseção I Da Subsecretaria de Biblioteca SUBIB. I coordenar atividades relativas ao controle e à atualização do acervo bibliográfico do Tribunal; Subseção I Da Subsecretaria de Biblioteca SUBIB Art. 273. À Subsecretaria de Biblioteca SUBIB compete: I coordenar atividades relativas ao controle e à atualização do acervo bibliográfico do Tribunal;

Leia mais

MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO

MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO VERSÃO: 01/7/2008 2 / 6 MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO PARANÁ

TRIBUNAL DE CONTAS DO PARANÁ TRIBUNAL DE CONTAS DO PARANÁ DIRETORIA DE CONTAS MUNICIPAIS Prestação de Contas de Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista Municipais Prestação de Contas Anual Instrução Normativa n 22/2008 INSTRUÇÃO

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010 PROCEDIMENTOS DE INSTALAÇÃO DO SERVIDOR WINDOWS SERVER 2003 R2 COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 100, DE 2015

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 100, DE 2015 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 100, DE 2015 Altera a Lei nº 9.961, de 28 de janeiro de 2000, para determinar que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabeleça o índice máximo de reajuste das contraprestações

Leia mais

INSTRUÇÃO DA PRESIDÊNCIA N.º 168, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014.

INSTRUÇÃO DA PRESIDÊNCIA N.º 168, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. INSTRUÇÃO DA PRESIDÊNCIA N.º 168, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. Estabelece procedimentos administrativos para fins de Registro de Atestado de obra/serviço no Crea-RS, conforme disposto na Resolução do Confea

Leia mais

Plano de Manutenção Predial Preventiva

Plano de Manutenção Predial Preventiva SUMAN Subsecretaria de Manutenções SEAP Secretaria de Adminitração Predial SEG Secretaria-Geral TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS Plano de Manutenção Predial Preventiva Brasília,

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires PROJETO-DE-LEI Nº 150, DE 25 DE SETEMBRO DE 2013 Poder Executivo Institui o Calendário Oficial de Eventos do, e dá outras providências. Art. 1º Fica por esta Lei, instituído e aprovado o Calendário Oficial

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE HABITAÇÃO

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE HABITAÇÃO FOMENTO À PRODUÇÃO 1 o Município a assinar o Termo de Adesão ao MCMV; Prazo máximo para licenciamento de projetos; LC 97/2009; ISS e ITBI isenção/redução; Remissão de dívidas de IPTU para AP I e AP III.

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE TECNOLOGIA NT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DEE

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE TECNOLOGIA NT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DEE REGIMENTO INTERNO DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CAPÍTULO I Do Departamento de Engenharia Elétrica Art. 1 O Departamento de Engenharia Elétrica é o órgão acadêmico que congregam docentes

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO CENTRO TÉCNICO ECONÔMICO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL CTAE

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO CENTRO TÉCNICO ECONÔMICO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL CTAE UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS - IFCH DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO ECONÔMICO - DEPE CENTRO TÉCNICO ECONÔMICO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL

Leia mais

Atos do Poder Legislativo

Atos do Poder Legislativo Página 1 de 5 Atos do Poder Legislativo Nº 1154 - Sexta feira, 28 de agosto de 2009 Lei nº 12.020, de 27 de agosto de 2009 Dá nova redação ao inciso II do caput do art. 20 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro

Leia mais

Publicado no DOM em 15 jul 2015. Aprova o Regimento Interno do Fórum Permanente de Desenvolvimento Econômico e Turismo, na forma que especifica.

Publicado no DOM em 15 jul 2015. Aprova o Regimento Interno do Fórum Permanente de Desenvolvimento Econômico e Turismo, na forma que especifica. Decreto Nº 15203 DE 01/07/2015 Publicado no DOM em 15 jul 2015 Aprova o Regimento Interno do Fórum Permanente de Desenvolvimento Econômico e Turismo, na forma que especifica. O Prefeito Municipal de Teresina,

Leia mais

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS A Fernando da Silva Correia ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS I Livros I Horizonte ÍNDICE GERAL PREFÁCIO 7 NOTA LIMINAR 9 INTRODUÇÃO 13 0 CONCEITO DE ASSISTÊNCIA 13 AS DIFICULDADES DA HISTÓRIA

Leia mais

DECRETO N o 3.831, de 9 de dezembro de 2005

DECRETO N o 3.831, de 9 de dezembro de 2005 DECRETO N o 3.831, de 9 de dezembro de 2005 Renova curso e reconhece cursos de Educação Superior, autoriza o funcionamento de cursos de Educação Superior, Ensino Médio, Educação Profissional, Especialização

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI Nº /2015 LEI DE MEDIAÇÃO LEI Nº /2015

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI Nº /2015 LEI DE MEDIAÇÃO LEI Nº /2015 Autores Dierle Nunes Natanael Lud Santos e Silva CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI Nº 13.105/2015 LEI DE MEDIAÇÃO LEI Nº 13.140/2015 Área específica Direito Processual Civil Apresenta-se o Novo Código de Processo

Leia mais

MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO

MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO MINUTA DE REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS NORMA I Âmbito de Aplicação O. (indicar o tipo de estabelecimento ou estrutura prestadora de serviços) designado por (indicar

Leia mais

Ao clicar no botão NOVO, o contribuinte deverá fazer o preenchimento da BASE LEGAL, seguinte forma:

Ao clicar no botão NOVO, o contribuinte deverá fazer o preenchimento da BASE LEGAL, seguinte forma: ORIENTAÇÕES SOBRE O PREENCHIMENTO DA DMS PARA OS OPTANTES DO SIMPLES NACIONAL Conforme a Resolução CGSN Nº 010 de 28/06/2007 do Comitê Gestor do Simples Nacional, as microempresas (ME) e as empresas de

Leia mais

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DE JANEIRO DE 214 I INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é analisar os resultados da Pesquisa ADEMI no mês de janeiro de 214 no que diz respeito ao VSO

Leia mais

DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR. PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016

DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR. PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016 DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016 A DIRETORA DE DESENVOLVIMENTO SETORIAL DA AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR,

Leia mais

RESOLUÇÃO LEGISLATIVA Nº 04/97

RESOLUÇÃO LEGISLATIVA Nº 04/97 ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE CAAPIRANGA PODER LEGISLATIVO RUA ANTONIO MACENA, 88. SANTA LUZIA CEP 69.410-000 RESOLUÇÃO LEGISLATIVA Nº 04/97 DISPÕE SOBRE A ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires PROJETO-DE-LEI Nº 212, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2013 Poder Executivo Institui o Calendário Oficial de Eventos do, e dá outras providências. Art. 1º Instituí o Calendário Oficial de Eventos do, conforme eventos

Leia mais

EDITAL Nº. 002/2010/CAA/PrG/UEG

EDITAL Nº. 002/2010/CAA/PrG/UEG UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO ACADÊMICA BR 153, km 98 - CAMPUS Henrique Santillo- FONES: 62 3328-1175 / 1168 ANÁPOLIS - GO. CEP: 75.001-970 EDITAL Nº. 002/2010/CAA/PrG/UEG

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR BOLSISTA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR BOLSISTA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CARGO PROFESSOR BOLSISTA Edital nº 002/2015 de 07 de Maio de 2015. O Coordenador Geral do Núcleo de Ensino a Distância

Leia mais

VOLUME ASSUNTO PÁGINA VOLUME I

VOLUME ASSUNTO PÁGINA VOLUME I VOLUME I I - Critérios utilizados para a discriminação, na programação de trabalho, do código identificador de resultado primário previsto no art. 7o, 4o, desta Lei; 4 VOLUME I II - Recursos destinados

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1021-ANTAQ, DE 24 DE ABRIL DE 2008.

RESOLUÇÃO Nº 1021-ANTAQ, DE 24 DE ABRIL DE 2008. RESOLUÇÃO Nº 1021-ANTAQ, DE 24 DE ABRIL DE 2008. ALTERA O REGIMENTO INTERNO DA AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS-ANTAQ, APROVADO PELA RESOLUÇÃO Nº 646-ANTAQ, DE 06 DE OUTUBRO DE 2006, E DÁ OUTRA

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 13/2015, DE 4 DE MAIO DE 2015

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 13/2015, DE 4 DE MAIO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO SUPERIOR Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia 29056-255 Vitória ES 27 3227-5564 3235-1741 ramal 2003 RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPONGAS Estado do Paraná

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPONGAS Estado do Paraná SECRETARIA EXECUTIVA LEI Nº 3.336, DE 30 DE AGOSTO DE 2006 Dispõe sobre a criação de empregos públicos para a execução dos Programas de Saúde da Família e Agentes Comunitários de Saúde. A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Regulamento dos Estágios Curriculares Supervisionados

Regulamento dos Estágios Curriculares Supervisionados Regulamento dos Estágios Curriculares Supervisionados Fixa normas dos Estágios Curriculares Supervisionados do Curso de Odontologia do Centro Universitário de Anápolis UniEVANGÉLICA. TÍTULO I DO ESTÁGIO

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DO GABINETE CIVIL ARQUIVO PÚBLICO DE ALAGOAS

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DO GABINETE CIVIL ARQUIVO PÚBLICO DE ALAGOAS ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DO GABINETE CIVIL ARQUIVO PÚBLICO DE ALAGOAS Relação dos livros da Biblioteca do Arquivo Público de Alagoas. LEGISLAÇÃO E LEIS 001 REPUBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DO

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES TERRESTRES. RESOLUÇÃO Nº 3.763, DE 26 DE JANEIRO DE 2012 (DOU de 08/02/2012 Seção I Pág. 68)

AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES TERRESTRES. RESOLUÇÃO Nº 3.763, DE 26 DE JANEIRO DE 2012 (DOU de 08/02/2012 Seção I Pág. 68) AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES TERRESTRES RESOLUÇÃO Nº 3.763, DE 26 DE JANEIRO DE 2012 (DOU de 08/02/2012 Seção I Pág. 68) Altera o Anexo da Resolução nº 420, de 12 de fevereiro de 2004, que aprova as

Leia mais

PORTARIA Nº 22, DE 18 DE JANEIRO DE 2008

PORTARIA Nº 22, DE 18 DE JANEIRO DE 2008 PORTARIA Nº 22, DE 18 DE JANEIRO DE 2008 O MINISTRO DE ESTADO, INTERINO, DE MINAS E ENERGIA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único, incisos II e IV, da Constituição Federal,

Leia mais

Manual de Afastamento de Docentes

Manual de Afastamento de Docentes Manual de Afastamento de Docentes Resolução Unesp nº 19, de 07 de Março de 1997 Campus Experimental de Tupã Área de Recursos Humanos 1ª Edição AGOSTO/2011 INTRODUÇÃO Considera-se afastamento, o período

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSOS TÉCNICOS PRESENCIAIS DO IFNMG

REGULAMENTO DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSOS TÉCNICOS PRESENCIAIS DO IFNMG Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais REGULAMENTO DAS ATRIBUIÇÕES DOS COORDENADORES DE CURSOS TÉCNICOS PRESENCIAIS DO IFNMG

Leia mais

Índice. Átrio ou Três Encontros e Duas Notas...17. De Um A Razão Animada por Álvaro Ribeiro...21

Índice. Átrio ou Três Encontros e Duas Notas...17. De Um A Razão Animada por Álvaro Ribeiro...21 Índice Átrio ou Três Encontros e Duas Notas...17 De Um A Razão Animada por Álvaro Ribeiro...21 Carta I...25 I Domingo do Advento, 3 de Dezembro de 2006 Passeios no campo Carta II...28 II Domingo do Advento,

Leia mais

LEI Nº 3106/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010.

LEI Nº 3106/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010. LEI Nº 3106/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010. CRIA A SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE, ABRE CRÉDITO ESPECIAL, REVOGA A LEI Nº 2689/2006, DE 23-05-2006, EXTINGUE O CARGO DE DIRETOR DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL

Leia mais

SOFTWARE DE ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS RURAIS

SOFTWARE DE ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS RURAIS SOFTWARE DE ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS RURAIS 25.01.2010 ÍNDICE 1. Notificação de Início do Acompanhamento... 3 2. Software para Elaboração de Projetos Agropecuários... 5 2.1. Ícones... 6 3. Cadastro do

Leia mais

CURRICULUM VITAE Alys

CURRICULUM VITAE Alys CURRICULUM VITAE Alys Dados pessoais: Nome: Alys Bittencourt Furtado Profissão: médica, artista plástica Formação artística: Prof. Roberto de Souza Prof. Daniel Elbaum 1. Troféu: 2002 - Troféu Henrique

Leia mais

índice SISTEMÁTICO Apresentação...

índice SISTEMÁTICO Apresentação... índice SISTEMÁTICO Apresentação....................................... XI Capítulo I - Os Direitos Reais... I. Observações introdutórias: os direitos reais ou direito das coisas..... I 2. Âmbito......

Leia mais

ZALMINO ZIMMERMANN TEORIA DA MEDIUNIDADE

ZALMINO ZIMMERMANN TEORIA DA MEDIUNIDADE ZALMINO ZIMMERMANN TEORIA DA MEDIUNIDADE CAMPINAS SP 2011 SUMÁRIO Primeiras palavras... 17 Capítulo I Introdução... 19 Capítulo II O mediunismo na história... 23 Capítulo III Mediunidade Conceito Tipos...

Leia mais

CALENDÁRIO DE EVENTOS AGROPECUÁRIOS. Estrada Real - Médio Piracicaba

CALENDÁRIO DE EVENTOS AGROPECUÁRIOS. Estrada Real - Médio Piracicaba CALENDÁRIO DE EVENTOS AGROPECUÁRIOS Estrada Real - Médio Piracicaba 2012 25 Sábado 3ª Copa de Marcha do Núcleo dos Criadores do cavalo Manga Larga Marchador Centro Leste Mineiro 25 Sábado Passeio a Cavalo

Leia mais

CARTA CIRCULAR Nº 3.624, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013

CARTA CIRCULAR Nº 3.624, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013 CARTA CIRCULAR Nº 3.624, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013 Cria, exclui e altera nomenclatura de rubricas contábeis no Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional (Cosif). O Chefe do Departamento

Leia mais

DECRETO Nº 2.232 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013

DECRETO Nº 2.232 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 DECRETO Nº 2.232 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 Regulamenta o regime de substituição tributária do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza ISSQN, instituído pela Lei Complementar n 03, de 17 de setembro

Leia mais

MPDFT, determina o cumprimento da legislação militar a esses servidores, e que, nem a

MPDFT, determina o cumprimento da legislação militar a esses servidores, e que, nem a MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN-MPU N 2.356/2015 Referência : Oficio n 152/2015/DG/MPDFT, de 18 de setembro de 2015. Protocolo AUDIN-MPU

Leia mais

Dispõe sobre a organização dos Serviços Administrativos da Câmara Municipal de Porangatu e dá outras providências.

Dispõe sobre a organização dos Serviços Administrativos da Câmara Municipal de Porangatu e dá outras providências. 1 RESOLUÇÃO Nº 08/03, DE 01 DE SETEMBRO DE 2003. Dispõe sobre a organização dos Serviços Administrativos da Câmara Municipal de Porangatu e dá outras providências. A MESA DIRETORA DA, no uso de suas atribuições

Leia mais

TABELA SALARIAL DOS CARGOS PERMANENTES (Anexo I da Resolução N SESC CR/PB Nº 0140/2016) NÍVEL CARGO 40 HORAS

TABELA SALARIAL DOS CARGOS PERMANENTES (Anexo I da Resolução N SESC CR/PB Nº 0140/2016) NÍVEL CARGO 40 HORAS TABELA SALARIAL DOS CARGOS PERMANENTES (Anexo I da Resolução N SESC CR/PB Nº 0140/2016) NÍVEL CARGO 40 HORAS Cargo de Assessoramento Superior Assessor Técnico 4.190,00 Cargo de Escolaridade Superior e

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante I - INTRODUÇÃO II - OBJETO III - DOS ÓRGÃOS E UNIDADES INTEGRANTES DO REGISTRO IV - CONDIÇÕES GERAIS PARA PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII -

Leia mais

PAUTA CAMPANHA SALARIAL CONJUNTA

PAUTA CAMPANHA SALARIAL CONJUNTA INDICATIVOS 1 E 2 PAUTA CAMPANHA SALARIAL CONJUNTA CAMPANHA SALARIAL 2014: 1. Reabertura de Negociação: Antecipação do Reajuste 2015; 2. Indenização de Fronteira; 3. Indenização de Transporte. - PEC nº

Leia mais

DECRETO Nº 2.380, DE 28 DE AGOSTO DE 2014. Dispõe sobre a homologação de pareceres e resoluções do Conselho Estadual de Educação (CEE).

DECRETO Nº 2.380, DE 28 DE AGOSTO DE 2014. Dispõe sobre a homologação de pareceres e resoluções do Conselho Estadual de Educação (CEE). DECRETO Nº 2.380, DE 28 DE AGOSTO DE 2014 Dispõe sobre a homologação de pareceres e resoluções do Conselho Estadual de Educação (CEE). O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso das atribuições privativas

Leia mais

Fórum Estadual de Educação REGIMENTO INTERNO APROVADO EM 06/02/2013

Fórum Estadual de Educação REGIMENTO INTERNO APROVADO EM 06/02/2013 Fórum Estadual de Educação REGIMENTO INTERNO APROVADO EM 06/02/2013 Fevereiro/2013 REGIMENTO INTERNO - FÓRUM ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Das Atribuições Art.1º O Fórum Estadual de Educação - FEE, instituído pelo

Leia mais