Esclarecimento Nº 1. Neste caso, deverá prevalecer o rack especificado no projeto, ou seja: rack tipo torre 42US.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Esclarecimento Nº 1. Neste caso, deverá prevalecer o rack especificado no projeto, ou seja: rack tipo torre 42US."

Transcrição

1 Esclarecimento Nº 1 CONCORRÊNCIA Nº 2009/01759 (7418) Reforma para ambientação do primeiro pavimento da ala sul do Ed. Sede IV, Brasília (DF). Em resposta a consultas feitas por empresas interessadas em participar do certame, encaminhamos os seguintes esclarecimentos: QUESTIONAMENTO 01: Consta no caderno de encargos que os racks do cabeamento estruturado deverão ser fechados altura 44US, já nos projetos consta racks tipo torre 42US, o que devemos considerar? Neste caso, deverá prevalecer o rack especificado no projeto, ou seja: rack tipo torre 42US. QUESTIONAMENTO 02: Dos 1237 pontos do cabeamento estruturado, quantos serão de voz? Para cada três pontos de dados por usuário, dois são de dados e um é de voz. QUESTIONAMENTO 03: No caderno de encargos consta que o piso elevado terá longarina, já nos projetos diz que será sem longarina, o que devemos considerar? O piso elevado terá longarina, conforme caderno de especificações. QUESTIONAMENTO 04: No projeto de ar condicionado é mostrado detalhe de dutos confeccionados no sistema TDC e dutos confeccionados no sistema convencional, o que devemos considerar? Considerar dutos confeccionados no sistema convencional. QUESTIONAMENTO 05: Não constam para o cabeamento estruturado os cabos CI que alimentarão os patch panels IDC, de onde sairão tais cabos? Qual número de pares? A alimentação dos patch panels não faz parte do escopo do serviço.

2 QUESTIONAMENTO 06: Consta nas notas gerais do projeto 01/06 que o sistema de iluminação de emergência contará com equipamentos modulux MAA12, estes equipamentos não constam na planilha, serão fornecidos? Qual quantidade? Se não estiver na planilha de orçamento não serão fornecidos, pois a iluminação de emergência consta do projeto de instalação de combate e prevenção de incêndio. QUESTIONAMENTO 07: Qual será o horário de trabalho? O Local da obra será totalmente desocupado? Embora a área do 1 pavimento da Ala Sul deverá ser totalmente desocupada, para os serviços que emitam barulho ou cheiro em quantidade que interfiram nas áreas adjacentes somente poderão ser executados em periodo noturno ou nos finais de semana (o que será definido junto a fiscalização/adm. predial). Para os demais serviços poderão ser executados em horário comercial, ou seja de 8:00 às 18:00 H. QUESTIONAMENTO 08: Consta na planilha pintura de superfície de vidro, onde será executado tal item? Pintura a ser executada entre o ponto de junção do forro de gesso até a face superior da pele de vidro. QUESTIONAMENTO 09: Consta na planilha acabamento para junção do forro com a esquadria, que tipo de acabamento deverá ser utilizado? Caso não esteja bem definido o acabamento da junção do forro com a pele de vidro e conforme item 2.2 da página 12 do Caderno de Encargos, o Construtor poderá apresentar um detalhe de acabamento para ser aprovado pela Fiscalização. QUESTIONAMENTO 10: No caderno de encargos os patch panels estão especificados como sendo gerenciáveis, porém não consta na planilha os analisadores com software de gerenciamento, eles deverão ser fornecidos? Qual quantidade e especificação?

3 O gerenciamento não faz parte do escopo dos serviços de rede estruturada para esta obra. QUESTIONAMENTO 11: De onde sairão os cabos que alimentarão os quadros elétricos? Na planilha orçamentária foi previsto os cabos dos alimentadores para os quadros de distribuição. Estes sairão de um painel existente no 2º subsolo do Ed Sede IV. QUESTIONAMENTO 12: No CD retirado nesta CSL constam 02 (duas) planilhas orçamentárias com valores diferentes, uma de R$ ,94 e outra de R$ ,33, qual das planilhas devemos considerar para esta Concorrência? Considerar a planilha de valor R$ ,94. QUESTIONAMENTO 13: Com relação aos materiais a serem fornecidos pela empresa contratada, poderão ser das marcas constantes do caderno de especificações independente do modelo, por exemplo, o Rack 19", este contém 3 fabricantes Fayser, Gral Metal, Taunus ou equivalente, subentende-se que as três marcas citadas serão aceitas, mas com modelos similares ao especificado, ou outra marca não citada desde de que atenda às exigências do caderno de especificações, esta indagação está correta? E se sim valerá para todos os itens do Caderno de Encargos Parte IV? Sim, outras marcas não citadas poderão ser aceitas desde que atenda as exigências do caderno de encargos e especificações, e desde que previamente aceita pela FISCALIZAÇÃO. Procedimento valerá para todos os ítens do Caderno de Encargos Parte IV. QUESTIONAMENTO 14: O Caderno de Encargos faz referência a um Laminado Fenólico Melamínico, o qual deverá ser aplicado sobre o piso elevado, mas este não consta dos projetos nem da planilha orçamentária e sim a Manta Vinílica que também deverá ser assentada sobre o piso elevado, qual material deveremos considerar? Devemos considerar os dois materiais, ou seja: - Piso elevado metálico revestido com laminado melamínico, conforme item da planilha orçamentária: Neste caso o laminado melamínico faz parte do piso elevado, motivo pelo qual não consta em planilha. - Revestimento de Manta Vinílica conforme Item da planilha orçamentaria (77,99 m2): A ser aplicado no Piso elevado metálico sem revestimento, conforme Item da planilha orçamentaria (77,99 m2).

4 QUESTIONAMENTO 15: O Caderno de encargos faz referência uma Chapa Lisa Calandrada, que não consta da planilha orçamentária e nem dos projetos, a área de aplicação desta chapa se confronta com a chapa perfurada, qual destes materiais deverão ser instalados? A chapa lisa calandrada consta na planta 07/09 e é para executar acabamento das chapas perfuradas. Portanto, a chapa perfurada será instalada na lateral dos pilares e a chapa lisa no acabamento entre as chapas perfuradas. O custo da chapa lisa deverá estar incluso no fornecimento/instalação da chapa perfurada. QUESTIONAMENTO 16: O vidro temperado com película jateada a ser instalado em estações de trabalho, para que seja conferida a área a ser aplicada não é possível identificar em projeto, pois não consta detalhe de quais estações serão instalados estes vidros, contém somente o detalhe de como serão instalados, em quantas e quais estações de trabalho serão instalados estes vidros? As estações que receberão vidros jateados (ver legenda) podem ser identificadas no projeto de arquitetura (Planta 02/09). QUESTIONAMENTO 17: Nos projetos dos quadros elétricos não mostram a corrente dos disjuntores, qual é a corrente dos disjuntores? As correntes que não constam nos projetos são as referentes aos disjuntores trifásicos, para estes considerar corrente de 30A. Os demais disjuntores estão discriminados nas tabelas constantes das plantas 04/06, 05/06 e 06/06 com as respectivas correntes. QUESTIONAMENTO 18: Na planilha orçamentária constam 241,60 metros de soleira de granito cinza andorinha, mas não foi possível identificar esta metragem nos projetos, onde serão aplicadas estas soleiras? A aplicação da soleira de granito cinza andorinha (SGC) consta no projeto 01/09. QUESTIONAMENTO 19: Em levantamento feito nos projetos de cabeamento estruturado onde mostram os detalhes dos Rack's, constatou-se que nos Rack's RA-1PS 1 a RA-1PS 6 terão 1 Bloco 110 IDC de 100 pares em cada um,

5 totalizando 6 blocos, o que está bem diferente da planilha que diz que teremos que fornecer 113 Blocos 110 IDC de 50 pares, o que devemos considerar? Considerar o constante na planilha, ou seja, os blocos IDC de 50 pares como pontos de consolidação fora do Rack, para o cabeamento horizontal, que estarão localizados abaixo do piso elevado para atender as estações de trabalho, num total de 113 peças. A outra situação, blocos IDC 100 pares num total de 6 peças nos Racks é para atender o cabeamento vertical e serão fornecidas pelo Banco (um para cada Rack). QUESTIONAMENTO 20: Qual será a forma de fixação dos pendurais que seguram os perfilados metálicos longitudinais do forro de GESSO ACARTONADO, na laje existente, quando os mesmos estiverem sob os dutos de ar condicionado? Para casos onde ocorra interferência dos dutos de ar condicionado, será definido no local quando da execução dos serviços, podendo os pendurais apenas ser remanejado de modo a possibilitar a execução do serviço, neste caso mantendo a distância máxima de projeto ou ainda se necessário for, a execução de uma pequena estrutura auxiliar por fora do duto, que servirá de ponto de fixação para as placas. QUESTIONAMENTO 21: Na Planilha orçamentária, item 17 Pintura. Existe o item Chapa metálica perfurada com pintura eletrostática para revestir os pilares. Questionamos: Deverá ser fornecida a chapa metálica perfurada, ou apenas a pintura de chapa metálica a ser fornecida pelo próprio Banco? Em caso afirmativo, para o fornecimento da Chapa metálica perfurada, verificamos que na Planilha Orçamentária, este item está estimado em R$ ,00. Informamos que em Processo Licitatório anterior para reforma dos pavimentos térreo, 2º andar e subsolo do Ed. Sede IV (2006/30875), realizado por este Banco em Janeiro de 2007, o valor estimado para revestimento de 16 pilares era de: R$ ,00. A Planilha orçamentária atual indica 288 m 2, o que de acordo com os projetos representam 32 pilares a serem revestidos. Depois de exaustiva cotação de preços no mercado, chegamos ao valor de fornecimento das chapas de R$ ,00. Portanto, se nosso entendimento estiver correto, solicitamos revisão dos valores estimados. Informamos ainda, que no Caderno de Encargos esse fornecimento encontra-se no item 14 Serralheria, porém na Planilha Orçamentária, encontra-se no item Pintura. Ainda, no Caderno de Encargos, item 17 Pintura, contempla a pintura grafite para os pilares, porém não consta essa pintura na Planilha Orçamentária. Solicitamos esclarecer os itens mencionados. Sim, deverá ser fornecido chapa metálica perfurada com pintura eletrostática já incluida no custo, conforme item da planilha orçamentária. O valor unitário deste serviço foi alterado no ajuste da planilha revisada. Na planilha orçamentária consta o fornecimento da chapa metálica perfurada com pintura eletrostática no item subitem (Serralheria) que está compatível com o Caderno de Encargos.

6 Na planilha orçamentária consta o item (pintura latex PVA sem emassamento) que é referente a pintura grafite a ser aplicada nos pilares. A quantidade foi alterada para refletir o escopo do fornecimento na planilha revisada. QUESTIONAMENTO 22: Com relação aos pontos lógicos, a Planilha orçamentária, item 19, prevê um quantitativo de pontos de 1.237, enquanto o projeto (plantas) informa Questionamos: Uma vez que o quantitativo maior de pontos, influencia diretamente no aumento de materiais como: cabos, conectores, patch panels, etc, o que também influencia no valor total da proposta, qual o quantitativo de pontos deverá ser consedirado? Deverá ser considerado o quantitativo de 1255 pontos, conforme ajustado no item da planilha revisada. QUESTIONAMENTO 23: No item 12.4 Piso Falso, da Planilha Orçamentária, é solicitado piso elevado metálico com laminado melamínico, com altura de regulagem de até 20 cm, porém no projeto (plantas), a altura de regulagem informada é de 45 cm. Informamos que o preço de um é totalmente diferente do preço do outro. O piso de 45 cm é R$ 332,00 o m 2 instalado. Questionamos: Qual altura deve ser considerada e no caso a altura correta seja realmente a de 45 cm, solicitamos revisão do valor orçado. Ainda, com relação a este item, informamos que a quantidade de piso elevado informada na Planilha é de: 3.260,01 m 2, porém no Projeto (plantas), encontramos a quantidade de 3.463,80 m 2, uma diferença de 203,79 m 2. Questionamos: Que quantidade deve ser considerada? Sabe-se que o item Piso Falso representa na Curva ABC, importância A, sendo de suma importância a estimativa correta por parte deste Banco, uma vez que modifica enormemente o valor do orçamento estimado. Para o piso elevado considerar a altura de regulagem de até 20cm. A quantidade foi ajustada no item da planilha revisada. QUESTIONAMENTO 24: No item 10 Pavimentação, da Planilha Orçamentária, a quantidade de Piso vinílico Podotátil de alerta 50 x 50 cm solicitada é de: 17 m 2, porém no Projeto (plantas), a quantidade encontrada é de: 22 m 2, uma diferença de 5 m 2. Questionamos: Que quantidade deve ser considerada? A quantidade foi ajustada no item da planilha revisada. QUESTIONAMENTO 25:

7 No item 12.5 Forro, da Planilha Orçamentária, a quantidade de Forro de fibra mineral 625 x 625 x 15 mm solicitada, é de 3.161,74 m 2, porém no Projeto (plantas), a quantidade encontrada é de: m 2, uma diferença de 92,26 m 2. Questionamos: Que quantidade deve ser considerada? Para levantamento das placas de forro temos que descontar as áreas ocupadas pelos pilares e luminárias. Portanto, manter o quantitativo da planilha (Item 12.07). QUESTIONAMENTO 26: No item 19 Luminárias internas, da Planilha Orçamentária, a quantidade de Luminária de embutir com duas lâmpadas fluorescentes Máster PL-L solicitada, é de 53 unidades, porém no Projeto (plantas), a quantidade encontrada é de: 59 unidades, uma diferença de 06 unidades. Questionamos: Que quantidade deve ser considerada? Deverá ser considerado o quantitativo de 59 unidades, conforme ajustado no item da planilha revisada. QUESTIONAMENTO 27: Com relação ao item 26.0 Instalações de Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento, verificamos que o quantitativo de todos os materiais, dutos, grelhas e etc, não confere com o que foi levantado em projeto (plantas). Questionamos: Será construída uma rede nova de acordo com o projeto ou a rede já existe e será apenas adequada ou complementada? Isso porque, a quantidade de todos com componentes necessários à construção dessa nova rede de ar condicionado levantada em projeto, é pelo menos 3 vezes maior do que o informado na Planilha Orçamentária. Solicitamos esclarecimento. Será construida uma rede nova de acordo com o projeto. Não há alteração na quantidade orçada pois a mesma está de acordo com o projeto. QUESTIONAMENTO 28: No item Especificações gerais cabeamento Certificação do caderno de encargos, solicita garantia de 15 anos para os materiais de cabeamento estruturado. Para que qualquer fabricante destes materiais preste a garantia estendida conforme solicitado no caderno de encargos o licitante tem que ser credenciado como instalador autorizado no fabricante, processo este complexo que passa por treinamento dos técnicos da licitante junto ao centro de treinamento do fabricante, comprovação que o instalador credenciado possui os equipamentos corretos e calibrados para medições, entre outras exigências que todo fabricante se resguarda. Após os passos citados acima o Fabricante emite ao seu instalador credenciado um certificado onde é declarado claramente que o mesmo está apto a fornecer garantia estendida de seus produtos, seja de 15 ou 25 anos, de acordo com o desempenho técnico de cada instalador. Diante do exposto acima solicitamos a revisão do item 3 do anexo 2 do edital onde é listada a documentação complementar de habilitação, ADICIONANDO à relação, o certificado emitido pelo

8 fabricante de cabeamento estruturado em nome do licitante que o mesmo está apto a fornecer garantia estendida de seus produtos pelo período igual ou superior a 15 anos. A garantia do cabeamento estruturado exigida será conforme especificado (15 anos) e a empresa contratada deverá garantir o exigido nas especificações, seja através de certificação de seus funcionários ou por certificado emitido pelo fabricante. Essa garantia deverá ser apresentada por ocasião da entrega dos serviços, não sendo, pois, pertinente a inclusão deste documento na fase de habilitação. BANCO DO BRASIL S.A. DIRETORIA DE LOGÍSTICA CSL BRASÍLIA (DF) CNPJ / Bianca Martins Bastos Presidente da Comissão de Licitação

CONCORRÊNCIA Nº 2016/02373 (7421) REGISTRO DE PREÇOS ESCLARECIMENTO 3

CONCORRÊNCIA Nº 2016/02373 (7421) REGISTRO DE PREÇOS ESCLARECIMENTO 3 CONCORRÊNCIA Nº 2016/02373 (7421) REGISTRO DE PREÇOS ESCLARECIMENTO 3 OBJETO: Registro de Preços para eventuais e futuras contratações visando à instalação, relocalização e adequações diversas em agências

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA ESTIMATIVA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA ESTIMATIVA MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT. 1 REDE DE DISTRIBUIÇÃO: Rede de distribuição a ser executada parte no sistema embutido e parte no sistema aparente com eletroduto de pvc, fiação,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Setor de. Reparos e Reposições

TERMO DE REFERÊNCIA Setor de. Reparos e Reposições Severino De: jose ricardo [joser@trf5.jus.br] Enviado em: quinta-feira, 2 de junho de 2011 14:36 Para: severino Assunto: TERMO DE REFERÊNCIA PARA JPORTA CORTA FOGO TERMO DE REFERÊNCIA 02.2011 Setor de

Leia mais

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04

CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE MG ER 04 PREGÃO AMPLO 009/2003 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANATEL ER04 MINAS GERAIS CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE DIVISÓRIAS PARA O ESCRITÓRIO REGIONAL DE BELO HORIZONTE

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA DA GARANTIA DOS EQUIPAMENTOS LICITADOS: O tempo de garantia mínimo para todos os equipamentos é de 02 anos, com no mínimo 01 ano para o compressor. DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA E

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE FEIRA COBERTA LOCAL: VILA CASA DE TÁBUA MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE GINÁSIO POLIESPORTIVO LOCAL: SEDE DO MUNICÍPIO MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO 2º TERMO ADITIVO

RELATÓRIO 2º TERMO ADITIVO RELATÓRIO 2º TERMO ADITIVO - Instalação de painel de veneziana em alumínio fixo - duto de ventilação; - Execução de impermeabilização nas janelas de alumínio; - Emassamento das paredes em alvenarias; -

Leia mais

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PROJETO: INCÊNDIO Modelo: 3.000 m2 MAIO 2011 SUMÁRIO 1. Apresentação... 03 2. Extintores... 04 3. Iluminação de Emergência...

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO. PREGÃO ELETRÔNICO nº 25/08

EDITAL DE RETIFICAÇÃO. PREGÃO ELETRÔNICO nº 25/08 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Serviço de Licitações e Contratos EDITAL DE RETIFICAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO nº 25/08 O TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª

Leia mais

Ofício Circ. n o 96/2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de Às empresas interessadas em participar do Pregão Amplo nº 11/2008.

Ofício Circ. n o 96/2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de Às empresas interessadas em participar do Pregão Amplo nº 11/2008. SAUS Quadra 6 Bloco H Brasília/DF CEP: 70070-940 (61) 2312-2000 e (Fax 2312-2002) http//www.anatel.gov.br Ofício Circ. n o 96/2008-ADADM-Anatel Brasília/DF, 18 de julho de 2008. Às empresas interessadas

Leia mais

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR)

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) Curitiba, 18 de Dezembro de 2014. DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTO N.º 01 TOMADA DE PREÇOS 2014/14641(7419) - Contratação de reforma, sem ampliação, de agência incorporada, Agência

Leia mais

GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA. Marco Antônio Vecci

GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA. Marco Antônio Vecci GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA Marco Antônio Vecci Local: EXPOMINAS BH Data: 08/08/2016 FASE A CONCEPÇÃO DO PRODUTO ESTUDO PRELIMINAR Consultoria e Ensaios Consultoria: Análise preliminar entre

Leia mais

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS 1 ANEXO I ITUAÇÃO FÍICA PARA CONCEÃO DE EPAÇO COMERCIAI Instruções de preenchimento: Para preenchimento desta ficha sugere-se a participação das equipes Comercial, Manutenção, TI, Meio ambiente, Operações

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF

SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRICO SESC ESTAÇÃO 504 SUL AV. W3 SUL ENTREQUADRA 504/505 BRASÍLIA - DF ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DAS CORTINAS PARA O AUDITÓRIO E SALA DE VIDEOTECA DA UNIDADE. Página 1 1.1 - OBJETIVO

Leia mais

ANEXO VII. Registro de Preços Ponto de Rede. Planilhas de Serviços de Pontos de Rede Itens 01. 7) Anexo VII ao Orientador nº 362/2012. Fls.

ANEXO VII. Registro de Preços Ponto de Rede. Planilhas de Serviços de Pontos de Rede Itens 01. 7) Anexo VII ao Orientador nº 362/2012. Fls. PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CASA CIVIL EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMATICA S.A - IPLANRIO Processo 7) Anexo VII ao Orientador nº 362/2012 ANEXO VII Registro de Preços Rede Planilhas de Serviços

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1 Preliminares 1.1 Atualização de projetos/as Built (A2) 1,00 vb. 50,00 135,00 50,00 135,00 185,00 TOTAL MATERIAL 50,00 TOTAL MÃO-DE-OBRA 135,00 VALOR TOTAL DO ITEM 185,00 2 Implantação

Leia mais

Prestação de serviço de manutenção e reparo em equipamentos de rede Roteadores.

Prestação de serviço de manutenção e reparo em equipamentos de rede Roteadores. TERMO DE REFERÊNCIA DADOS CADASTRAIS 1-IDENTIFICAÇÃO SOLICITANTE 1.1 Diretoria DR 1.2 Unidade SOR-PB 1.3 Endereço completo da unidade solicitante: AV. Presidente Carlos Luz, 1275 1.5 - Cidade: 1.6 - UF:

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO OBRA: EXECUÇÃO DE REFORMA (ALMOXARIFADO, ARQUIVO, INFORMÁTICA, PROJETOS HORIZONTES E INTERVENÇÕES EXTERNAS) NA UNIDADE DO CAJURU. CONTRATADA: VENTO NORDESTE CONSTRUÇÕES

Leia mais

PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE APARELHOS DE AR CONDICIONADO. TERRACAP/DIGAP/GERAT Maio/2015

PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE APARELHOS DE AR CONDICIONADO. TERRACAP/DIGAP/GERAT Maio/2015 PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE APARELHOS DE AR CONDICIONADO TERRACAP/DIGAP/GERAT Maio/2015 1 1. OBJETO 1.1. Registro de Preços para aquisição de Aparelhos de Ar Condicionado, conforme especificações deste

Leia mais

Termo de Referência 15/2016

Termo de Referência 15/2016 (ISO Em Processo de Implantação) Itapira, 23 de março de 2016. Termo de Referência 15/2016 1. OBJETO Contratação de empresa especializada para a realização de serviços de manutenção eletromecânica preventiva

Leia mais

CARTA N.º 000 / DIPRE Brasília, 11 de julho de 2016

CARTA N.º 000 / DIPRE Brasília, 11 de julho de 2016 CARTA N.º 000 / 2016 - DIPRE Brasília, 11 de julho de 2016 Assunto: Início das operações das emissoras de Classe A na Torre de TV Digital de Brasília. Prezado Senhor, Viemos através desta, cumprimentá-los

Leia mais

sinapi BDI BONIFICAÇÕES E DESPESAS INDIRETAS SINAPI 20,00%

sinapi BDI BONIFICAÇÕES E DESPESAS INDIRETAS SINAPI 20,00% ORÇAMENTO ESTIMATIVO OBRA: PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO MUNICÍPIO DE CANOAS RS LOCALIDADE: Rua Dr. Barcelos nº 1135 - salas nº 201 a 206, - Edifício San Rafael Canoas - RS Data base de preços SINAPI :

Leia mais

ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT

ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT 1 MEMORIAL DESCRITIVO E CADERNO DE ENCARGOS ADEQUAÇÃO DO AUDITÓRIO PARA GABINETE DA SEDE DAS PROMOTORIAS DE RONDONÓPOLIS MT 2 SUMÁRIO (Arquitetura e Civil) 1 OBJETIVO...3 2 GENERALIDADES...3 SERVIÇOS A

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO Obra: Construção de um Prédio Residencial Multifamiliar Local: Avenida Maria José Pinheiro Machado x Jorge Calixto nº 570 Planta aprovada nº 174/16 expedida

Leia mais

FOX Engenharia e Consultoria Ltda

FOX Engenharia e Consultoria Ltda Preço Unitário 1 SERVIÇOS PRELIMINARES E GERAIS 12.630,00 1.01.01.01 TAXAS E EMOLUMENTOS VB 1,000 400,00 400,00 400,00 0,00 1.02 ADMINISTRAÇÃO DA OBRA 1.02.01.01 ENGENHEIRO MEIO PERÍODO VB 1,000 5.060,00

Leia mais

FOX Engenharia e Consultoria Ltda

FOX Engenharia e Consultoria Ltda Preço Unitário 1 SERVIÇOS PRELIMINARES E GERAIS 2.200,00 1.01 ADMINISTRAÇÃO DA OBRA 1.01.01.01 ENGENHEIRO MEIO PERÍODO VB 1,000 800,00 800,00 0,00 800,00 1.01.01.02 MESTRE DE OBRAS VB 1,000 600,00 600,00

Leia mais

Processo: Pregão Eletrônico 35/2016-IFUSP Pedido de Esclarecimentos e Respostas Solicitante: SAGAZ SERVIÇOS E COMÉRCIO DE

Processo: Pregão Eletrônico 35/2016-IFUSP Pedido de Esclarecimentos e Respostas Solicitante: SAGAZ SERVIÇOS E COMÉRCIO DE Processo: 2016.1.692.43.0 Pregão Eletrônico 35/2016-IFUSP Pedido de Esclarecimentos e Respostas Solicitante: SAGAZ SERVIÇOS E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS DE TECNOLOGIA LTDA. me 1) Com referência ao Atestado

Leia mais

Projeto Instalação Sala 3D v. 1.0 Pearson Sistemas do Brasil

Projeto Instalação Sala 3D v. 1.0 Pearson Sistemas do Brasil / 2 v..0 Pearson Sistemas do Brasil Pearson Centro de Serviços Compartilhados Rua Deolinda, 70 Jardim Macedo Ribeirão Preto SP Brasil Pág./2 Departamento de Qualidade em TI Fone +55 (6) 3603 9272 2/ 2

Leia mais

portas corta fogo dominante

portas corta fogo dominante portas corta fogo dominante índice 04 portas corta fogo 11 12 acessórios serviços 01 02 Ensaio de porta corta fogo DOMINANTE - IPT portas corta fogo 05 07 08 porta classe P60/P90/P120 medidas de portas

Leia mais

Instruções para Uso dos Guias e Especificações Técnicas

Instruções para Uso dos Guias e Especificações Técnicas Instruções para Uso dos Guias e Especificações Técnicas 1. Introdução As orientações aqui contidas têm o objetivo de auxiliar a FRANQUEADA na instalação da AGF. Seguindo todas as orientações e tirando

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 7ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 7ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 7ª MEDIÇÃO OBRA: Construção da nova sede da Vara do Trabalho de Pato Branco. CONTRATADA: MG EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. Vistorias realizadas entre os dias 15/04/2011 e 25/05/2011,

Leia mais

G O V E R N O F E D E R A L P A Í S R I C O É P A Í S S E M P O B R E Z A QUADRA ESCOLAR 02 CGEST - C Geral de Infraestrutura Educacional PLANTA BAIXA, CORTE A-B e DETALHES EST FORMATO A1 (841 X 594) R.01

Leia mais

OLAVIO DRESCH. Porto Alegre, 21 de dezembro de À UNIPAMPA Campus Bagé Rua Melanie Granier, 48 Centro Bagé/RS

OLAVIO DRESCH. Porto Alegre, 21 de dezembro de À UNIPAMPA Campus Bagé Rua Melanie Granier, 48 Centro Bagé/RS Porto Alegre, 21 de dezembro de 2010. À UNIPAMPA Campus Bagé Rua Melanie Granier, 48 Centro Bagé/RS Fax: (53) 3242-9284 E-mail: pregao@unipampa.edu.br Pregão Eletrônico nº 104/2010 Abertura: 21.12.2010

Leia mais

OBRA: EXECUÇÃO DE PAISAGISMO ESCOLA: LICEU DE CAUCAIA ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

OBRA: EXECUÇÃO DE PAISAGISMO ESCOLA: LICEU DE CAUCAIA ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: EXECUÇÃO DE PAISAGISMO ESCOLA: LICEU DE CAUCAIA ASSUNTO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 01. OBJETO: 01.01. Estas especificações dizem respeito à execução do paisagismo. 01.02. Ela tem por finalidade definir

Leia mais

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTOS DIVERSOS

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) ESCLARECIMENTOS DIVERSOS Curitiba, 02 de Abril de 2014. ESCLARECIMENTOS DIVERSOS CONCORRÊNCIA 2014/002264 (7419) Registro de preços referente à execução de obras diversas de construção, reformas e serviços de engenharia, incluindo

Leia mais

ESCLARECIMENTO Nº 04

ESCLARECIMENTO Nº 04 CO.GCM.A.00017.2014 1/5 ESCLARECIMENTO Nº 04 FURNAS Centrais Elétricas S.A. comunica resposta ao pedido de esclarecimento sobre o referido Edital, efetuado por empresa participante: Pergunta 1: O Edital

Leia mais

COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA CIVIL AQUISIÇÃO DE ESCADAS ROLANTE PARA A ESTAÇÃO DE PASSAGEIROS DO TERMINAL DE PASSAGEIROS DO PORTO DE FORTALEZA

COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA CIVIL AQUISIÇÃO DE ESCADAS ROLANTE PARA A ESTAÇÃO DE PASSAGEIROS DO TERMINAL DE PASSAGEIROS DO PORTO DE FORTALEZA COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA CIVIL AQUISIÇÃO DE ESCADAS ROLANTE PARA A ESTAÇÃO DE PASSAGEIROS DO TERMINAL DE PASSAGEIROS DO PORTO DE FORTALEZA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS COMPANHIA DOCAS DO CEARÁ Secretaria

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria Regional do Trabalho da 17ª Região / ES

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria Regional do Trabalho da 17ª Região / ES MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria Regional do Trabalho da 17ª Região / ES OBRA: ANEXO VII ORÇAMENTO ESTIMATIVO Serviços de instalação de cabeamento estruturado e infraestrutura

Leia mais

CUMEEIRA TELHA CERAMICA EMBOCADA ARGAMASSA 1:2:8 (CIMENTO, CAL E AREIA) 63,00 m 25, ,34

CUMEEIRA TELHA CERAMICA EMBOCADA ARGAMASSA 1:2:8 (CIMENTO, CAL E AREIA) 63,00 m 25, ,34 UL URUAÇU - ORÇAMENTO PARA REFORMA DA INSTALAÇÕES DA UNIDADE LOCAL DE URUAÇU MÊS REFERÊNCIA SETEMBRO 2015 ITEM ITEM SINAPI DESCRIÇÃO QUANT. UNID. SERVIÇO UNIT. TOTAL 01. SERVIÇOS PRELIMINARES 1.575,00

Leia mais

CNPJ /

CNPJ / 1. REFORMA EM GERAL 1.1 Serviços Preliminares 74209/001 Placa de obra em chapa de aço galvanizado m2 4,50 413,13 101,18 2.314,37 Total do ìtem 2.314,37 1.2 Demolições e Remoções 72142 Retirada de folhas

Leia mais

Legrand Cabling Systems

Legrand Cabling Systems Legrand Cabling Systems Módulo IV TIA 568.C - Parâmetros para projeto Conceitos de projeto para sistemas de cabeamento estruturado 03/2016 CENTRO DE SUPORTE TÉCNICO / FORMAÇÃO Paulo Morais (31) 9 9922-4489

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO 1.0 - ENDEREÇO DA OBRA - Avenida: Av. Alfredo Lisboa - Bairro: Bairro do Recife - Nº: s/n 2.0 - PROPRIETÁRIO - Nome: Ministério da Cultura - Governo Federal Secretario

Leia mais

ELEVADORES VERSATILIDADE, TECNOLOGIA E BELEZA PARA PERCURSOS DE ATÉ 12 METROS

ELEVADORES VERSATILIDADE, TECNOLOGIA E BELEZA PARA PERCURSOS DE ATÉ 12 METROS ELEVADORES VERSATILIDADE, TECNOLOGIA E BELEZA PARA PERCURSOS DE ATÉ 12 METROS EL2000 Disponível para aplicação residencial unifamiliar ou exclusivo para acessibilidade em locais públicos Capacidade: 3

Leia mais

São Paulo, 01 de julho de SENAC EDITORAS. Assunto : Memorial Descritivo Projeto : Stand Senac / Bienal do Livro 2011 / Rio de Janeiro.

São Paulo, 01 de julho de SENAC EDITORAS. Assunto : Memorial Descritivo Projeto : Stand Senac / Bienal do Livro 2011 / Rio de Janeiro. 1 São Paulo, 01 de julho de 2011. SENAC EDITORAS Assunto : Memorial Descritivo Projeto : Stand Senac / Bienal do Livro 2011 / Rio de Janeiro Área: 210,00 m 2 (ilha). Piso: Deck de madeira elevado a 10

Leia mais

2º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL Nº 006/2016 PREGÃO ELETRÔNICO MENOR PREÇO

2º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL Nº 006/2016 PREGÃO ELETRÔNICO MENOR PREÇO 2º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL Nº 006/2016 PREGÃO ELETRÔNICO MENOR PREÇO OBJETO: Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de outsourcing de impressão, cópia e digitalização,

Leia mais

RESPOSTA A PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO

RESPOSTA A PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO PROCESSO: Nº 07.01645/2009 PREGÃO PRESENCIAL Nº 061/2010 OBJETO: Contratação de Empresa Especializada para FORNECIMENTO, INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DE REDE DE FIBRA ÓPTICA e demais serviços e equipamentos,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO Sistema de Ar-Condicionado Tipo Split. ÌNDICE 1. INTRODUÇÃO 1.1 NORMAS TÉCNICAS 1. 2 ORIENTAÇÕES INICIAIS 2. SERVIÇOS 3. EQUIPAMENTOS E MATERIAIS 4. REQUISITOS PARA FORNECEDORES

Leia mais

Contier Arquitetura. Contier Arquitetura

Contier Arquitetura. Contier Arquitetura Apresentação Contier Arquitetura Contier Arquitetura É uma empresa de Arquitetura e Urbanismo que atua em âmbito nacional; É uma empresa capaz de criar e implementar projetos afinados com o mercado, duradouros

Leia mais

Data limite para entrega da proposta: dia 02/06/2014 às 09:00min 6. REQUISITOS PARA PARTICIPAR DO CERTAME LICITATORIO

Data limite para entrega da proposta: dia 02/06/2014 às 09:00min 6. REQUISITOS PARA PARTICIPAR DO CERTAME LICITATORIO AQUISIÇÃO DE PEÇAS NOVAS ORIGINAIS E SERVIÇOS, PARA MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DE ÔNIBUS ESCOLAR. EDITAL DE DISPENSA Nº68/2014 PROCESSO N.º 3247/2014 Artigo 24, Inciso II da Lei 8.666/93 Data limite

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO SESC MINAS Nº 0090/2014 OBJETO Contratação de empresa especializada em fornecimento e instalação de luminárias a LED e de emergência conforme especificado

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 2ª MEDIÇÃO OBRA: INTERVENÇÕES CORRETIVAS NO EDIFÍCIO RIO BRANCO (anexo casarão) CONTRATADA: N.S. SANTA RITA CONSTRUTORA DE OBRAS EIRELI Considerando a instituição da Comissão de Recebimento

Leia mais

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 19/ DA MODALIDADE DE LICITAÇÃO

EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 19/ DA MODALIDADE DE LICITAÇÃO EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 19/2010 1 DA MODALIDADE DE LICITAÇÃO 1.1 O Serviço Social da Indústria SESI-RS, por meio da Gestão de Suprimentos do Sistema FIERGS, torna público através do presente EDITAL,

Leia mais

ARMARIOS MURAIS 19 OLIVETEL SA

ARMARIOS MURAIS 19 OLIVETEL SA ARMARIOS MURAIS 19 ÍNDICE Conteúdo Informação geral, normas e conformidade CE 1 Modelos e dimensões 2 Flexibilidade, produtividade, qualidade e segurança 3 Escalabilidade e Acessórios 4 Contactos e Informação

Leia mais

PROC IBR EDIF /2014

PROC IBR EDIF /2014 INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS IBRAOP INSTITUTO RUI BARBOSA IRB / COMITÊ OBRAS PÚBLICAS PROC IBR EDIF 01.02.011/2014 01 - Fase Licitatória 01.02 - Análise das especificações, quantidades

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA POLICIAL COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO RESPOSTAS AOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS Brasília DF,

Leia mais

21/2015 QUESTIONAMENTOS:

21/2015 QUESTIONAMENTOS: Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a manifestação da área técnica deste TRT acerca dos questionamentos aos termos do Edital relativo ao Pregão Eletrônico 21/2015. QUESTIONAMENTOS:

Leia mais

ESTUDO PRELIMINAR SISTEMAS ELÉTRICOS

ESTUDO PRELIMINAR SISTEMAS ELÉTRICOS ESTUDO PRELIMINAR SISTEMAS ELÉTRICOS OBRA : ECO INDEPENDÊNCIA LOCAL : Rua Souza Coutinho CONSTRUÇÃO : Fortenge Construções Empreendimentos Ltda REVISÃO : ØØ 06/10/2005 EMISSÃO INCIAL Eco Independência

Leia mais

Posição solar Posição solar Posição solar DESCRIÇÃO AMBIENTE ESPECIFICAÇÃO Alvenaria Geral Alvenarias com dimensões conforme projeto Cobertura Lajes de forro Laje impermeabilizada ou telhado

Leia mais

PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO

PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO Ferramentas utilizadas PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO Furadeira Parafusadeira Serrote Estilete Escada Linha de marcar Nível a laser / mangueira de nível Trena metálica Lápis de carpinteiro Martelo Tesoura para

Leia mais

MATERIAL UNITÁRIO SERVIÇO UNITÁRIO TOTAL MATERIAL TOTAL SERVIÇO TOTAL DO ITEM QUANTIDADE DESCRIÇÃO UNIDADE ITEM

MATERIAL UNITÁRIO SERVIÇO UNITÁRIO TOTAL MATERIAL TOTAL SERVIÇO TOTAL DO ITEM QUANTIDADE DESCRIÇÃO UNIDADE ITEM ITEM DESCRIÇÃO UNIDADE QUANTIDADE MATERIAL UNITÁRIO SERVIÇO UNITÁRIO TOTAL MATERIAL TOTAL SERVIÇO TOTAL DO ITEM 1 PATCH CORD 4P CATEGORIA 6 - VERMELHO 1,5 METROS pç 280 2 PATCH CORD 4P CATEGORIA 6 - VERMELHO

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA Processo Licitatório 029/2011 Pregão Presencial 014/2011 Empresa: Oi RESPOSTA A QUESTIONAMENTO Conforme recebidas por via eletrônica as seguintes questões, após consulta à área técnica do Conselho Regional

Leia mais

Gerenciamento da Construção Civil

Gerenciamento da Construção Civil Gerenciamento da Construção Civil FSP - Faculdade Sudoeste Paulista Departamento. Engenharia Civil ENGª. M.Sc. Ana Lúcia de Oliveira Daré Cap. 8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 8. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 8.1 Considerações

Leia mais

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública Magno Subtil Registro de Preços Decreto Estadual 7.437/2011 Sistema de Registro de Preços é o conjunto de procedimentos para registro

Leia mais

ANEXO VII DESCRITIVO COMPLETO DOS ITENS CONVITE Nº 215/2015

ANEXO VII DESCRITIVO COMPLETO DOS ITENS CONVITE Nº 215/2015 ANEXO VII DESCRITIVO COMPLETO DOS ITENS CONVITE Nº 215/2015 ITEM 01-01 UNIDADE - BALCÃO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO TIPO BAIA SEM CANTOS VIVOS EM L (CURVO) De um lado: Dimensões aproximadas (5% + ou -) de

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/13 PROCESSO CPL 090/13 LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE MÓVEIS PARA URBES.

PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/13 PROCESSO CPL 090/13 LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE MÓVEIS PARA URBES. 1 URBES PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/13 PROCESSO CPL 090/13 LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE MÓVEIS PARA URBES. A - URBES, através de sua Pregoeira, resolve expedir o presente documento para

Leia mais

Com base no Termo de Referencia TR_TELECOM_19_11_METROFOR. 02.Fev e seu anexos, solicitamos os seguintes esclarecimentos:

Com base no Termo de Referencia TR_TELECOM_19_11_METROFOR. 02.Fev e seu anexos, solicitamos os seguintes esclarecimentos: NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 08 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20140001/METROFOR/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO TÉCNICA E PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE FORNECIMENTO E SERVIÇOS DE PROJETO, INSTALAÇÃO E MONTAGEM

Leia mais

ANEXO 2.2 DO EDITAL MODELO DE PROPOSTA SINTÉTICA

ANEXO 2.2 DO EDITAL MODELO DE PROPOSTA SINTÉTICA MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria Regional do Trabalho da 17ª Região / ES OBRA: Serviços de adequação das instalações de cabeamento estruturado, infraestrutura para

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões Construção de Lavanderia na UBS/Bairro Alegria PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões Construção de Lavanderia na UBS/Bairro Alegria PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 3.3 73942/002 Prefeitura Municipal de São Miguel das Missões 1. SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 355,38 1.1 73801/001 DEMOLICAO DE PISO DE ALTA RESISTENCIA M² 8,25 R$ 17,84 R$ 22,30 R$ 183,98 1.2 LOCACAO CONVENCIONAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RORAIMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS N.º 011/2010 PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO N.º 2.247/2009 OBJETO: Contratação de empresa especializada para prestação do serviço de manutenção preventiva e corretiva do sistema de som do

Leia mais

AEROPORTO INTERNACIONAL DE CAMPO GRANDE COORDENAÇÃO DE MANUTENÇÃO SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS

AEROPORTO INTERNACIONAL DE CAMPO GRANDE COORDENAÇÃO DE MANUTENÇÃO SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS Instruções de preenchimento: AEROPORTO INTERNACIONAL DE CAMPO GRANDE Para preenchimento desta ficha, sugere-se a participação das equipes Comercial, de Manutenção, de TI, de Meio ambiente, de Operações

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01/2015 DA TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2015 TÉCNICA E PREÇO

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 01/2015 DA TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2015 TÉCNICA E PREÇO Rua Deodoro da Fonseca, 73 Centro Natal/RN CEP: 59.00-00. Fone: () 33-3959 Fax: () 33-395 EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 0/05 DA TOMADA DE PREÇOS Nº 0/05 TÉCNICA E PREÇO A PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO

Leia mais

Anexo Procedimento de Instalação de Alojamento

Anexo Procedimento de Instalação de Alojamento Anexo 1.4-8 - Procedimento de Instalação de Alojamento Revisão 00 Data 02/02/2015 1 de 15 Elaborado por: Verificado por: Aprovado por: Eng. Segurança do Trabalho Gestão de QSMS Direção Indústria e Energia

Leia mais

Carta Circular Demap/Dilic- 415/2012 Brasília, 18 de junho de Pt

Carta Circular Demap/Dilic- 415/2012 Brasília, 18 de junho de Pt Carta Circular Demap/Dilic- 415/2012 Brasília, 18 de junho de 2012. Pt. 1101528523 Às Licitantes da Concorrência Demap nº 38/2012 Prezados Senhores, Refiro-me à Concorrência Demap nº 38/2012, cujo objeto

Leia mais

Ref.: Processo n.º / Objeto: Aquisição de câmeras para compor o sistema de monitoramento e atender as necessidades deste conselho.

Ref.: Processo n.º / Objeto: Aquisição de câmeras para compor o sistema de monitoramento e atender as necessidades deste conselho. SELIC/COLOG, em 11 / 02 / 2014. Ref.: Processo n.º 01300.001494/2013-9 Objeto: Aquisição de câmeras para compor o sistema de monitoramento e atender as necessidades deste conselho. Informamos que o pedido

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Prefeitura do Campus Universitário

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Prefeitura do Campus Universitário PROJETO BÁSICO Reforma de cobertura do Centro de Convenções Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Projeto básico é o conjunto de elementos necessários e suficientes, com nível de precisão adequado, para

Leia mais

ANEXO V DESCRIÇÃO DO PADRÃO DAS EDIFICAÇÕES Padrão Baixo

ANEXO V DESCRIÇÃO DO PADRÃO DAS EDIFICAÇÕES Padrão Baixo ANEXO V DESCRIÇÃO DO PADRÃO DAS EDIFICAÇÕES Padrão Baixo Edificações térreas ou assobradadas, podendo ser geminadas, inclusive em ambos os lados, satisfazendo a projeto arquitetônico simples, geralmente

Leia mais

SEGURANÇA PARA TERCEIROS

SEGURANÇA PARA TERCEIROS 1 de 8 PROTOCOLO Data de Emissão: Histórico de revisão e Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 1.00 Proposta inicial J.S.C 1 Objetivo Este protocolo fixa os requisitos a serem observados quando

Leia mais

CAPÍTULO II Fornecedores SEÇÃO I Qualificação de fornecedores de produtos e insumos

CAPÍTULO II Fornecedores SEÇÃO I Qualificação de fornecedores de produtos e insumos REGULAMENTO PRÓPRIO PARA CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E COMPRAS COM RECURSOS PROVENIENTES DO PODER PÚBLICO. CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer normas de padronização para aquisição de materiais,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SINALIZAÇÃO VERTICAL Página 1 de 5 1. OBJETIVO Esta especificação técnica fixa condições exigíveis para o fornecimento de placas de regulamentação, advertência ou indicativas para sinalização vertical

Leia mais

INFORMAÇÕES DO EMPREENDIMENTO

INFORMAÇÕES DO EMPREENDIMENTO DESCRIÇÃO DO EMPREENDIMENTO Dados Gerais do Empreendimento: - Localização: Rua Ogê Fortkamp, Trindade, Florianópolis/SC; - Projeto aprovado nº 55.682 em 12/09/2007, substituído em 08/12/09, e alvará de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Campestre Estado de Minas Gerais Serviço Municipal de Compras e Licitações

Prefeitura Municipal de Campestre Estado de Minas Gerais Serviço Municipal de Compras e Licitações ATA DE REALIZAÇÃO DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 056/014 - PROCESSO LICITATÓRIO nº 076/014. Às nove horas do dia sete de outubro de dois mil e quatorze, encontrava-se Pregoeira Oficial do Município nomeada pelo

Leia mais

2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2)

2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2) 1 PRODUTO: MESAS PARA SALA DE ESPERA - Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para uso em salas de espera. 2. REQUISITOS GERAIS 2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2)

Leia mais

5º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS

5º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS 5º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS RDC PRESENCIAL Nº 698/2013-08 - Contratação integrada de empresa para elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia e execução de obras de duplicação, restauração

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Praça da Biblia R22 e R23, Centro Sinop/MT. Sinop/MT,30 de julho de 2014

MEMORIAL DESCRITIVO. Praça da Biblia R22 e R23, Centro Sinop/MT. Sinop/MT,30 de julho de 2014 MEMORIAL DESCRITIVO ASSUNTO: Projeto de instalações elétricas para implantação de iluminação pública nas dependências internas da Praça da Biblia Quadra R22 e R23 com a instalação de projetores embutidos

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2015/3555 (7421) ERRATA NR. 01

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2015/3555 (7421) ERRATA NR. 01 CENOP LOGÍSTICA SÃO PAULO (SP) PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2015/3555 (7421) ERRATA NR. 01 OBJETO: OBJETO: Contratação de empresa especializada para instalação de sistema de ar condicionado no 3º. Pavimento do

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.OBJETO: 1.1 Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de recuperação e revitalização dos toboáguas instalados nas unidades

Leia mais

RESUMO DOS SERVIÇOS A SEREM EXECUTADOS

RESUMO DOS SERVIÇOS A SEREM EXECUTADOS RESUMO DOS SERVIÇOS A SEREM EXECUTADOS DADOS GERAIS Proprietário: Prefeitura Municipal - Câmara Municipal de Getúlio Vargas-RS Obra: Reforma e Adaptação no Prédio da Câmara Municipal de Vereadores Endereço:

Leia mais

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2 UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO Módulo 3 Módulo FRENTE MEDIDAS: Comprimento Total 2,0 m Comprimento módulo, m Comprimento módulo 2,00 m Comprimento módulo 3,0 m Largura 2,3 m

Leia mais

MIT Manual de Infraestrutura

MIT Manual de Infraestrutura Copel Telecom MIT Manual de Infraestrutura BEL Fibra 04 de junho de 2014 Sumário Requisitos mínimos de infraestrutura para o cliente... 3 Instruções Gerais... 3 Passos para instalação... 3 Edificações

Leia mais

GERÊNCIA DE NORMAS E PADRÕES ORIENTAÇÃO TÉCNICA OT-003/2015 (NT , NT , NT

GERÊNCIA DE NORMAS E PADRÕES ORIENTAÇÃO TÉCNICA OT-003/2015 (NT , NT , NT 1 OBJETIVO A presente Orientação Técnica altera e complementa as normas de fornecimento contemplando as mudanças ocorridas em conformidade com as alterações da REN 414/2010 da ANEEL, implementadas através

Leia mais

FORROS E LUMINÁRIAS. Forros e luminárias

FORROS E LUMINÁRIAS. Forros e luminárias 1 Attuale Eficácia 100% ecológica Produzido totalmente em PVC, o forro modular removível Attuale é durável e contém materiais auto-extinguíveis em sua composição. Um dos forros mais versáteis do mercado,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA. ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA. ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE MATERIAIS ELETRICOS A SEREM UTILIZADOS NA CENTRAL DE AUDIÊNCIAS ALA NORTE DO 5 PAVIMENTO

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 4ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 4ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 4ª MEDIÇÃO OBRA: EXECUÇÃO DE REFORMA DO FÓRUM TRABALHISTA DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS INSTALAÇÃO DA 5ª VARA DO TRABALHO. CONTRATADA: MANU COMÉRCIO E MONTAGEM INDUSTRIAL LTDA-ME Considerando

Leia mais

Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Dispensa de Licitação nº 00/0000 Processo nº RECIBO

Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Dispensa de Licitação nº 00/0000 Processo nº RECIBO cia RECIBO Pessoa Jurídica Endereço Completo CNPJ Telefone FAX e-mail Contato Retirei pela INTERNET na home-page da Prefeitura Municipal de Porto Alegre (www.portoalegre.rs.gov.br/licitacao), cópia da

Leia mais

Memorial Descritivo. Rua Onze de Junho, São Vicente - SP

Memorial Descritivo. Rua Onze de Junho, São Vicente - SP Memorial Descritivo Rua Onze de Junho, 316 - São Vicente - SP GENERALIDADES Edifício Residencial de 11 pavimentos, sendo: Subsolo, Térreo, Mezanino 1, Mezanino 2, Mezanino 3, 1 Tipo, Tipo x 9, Inferior

Leia mais

FACHADA

FACHADA FACHADA PRODUTO Ficha Técnica Endereço................................ R. DR. Sócrates F. de Oliveira Incorporação e Construção................................ Gafisa S/A Projeto de Arquitetura......................

Leia mais

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 4ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 4ª MEDIÇÃO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO 4ª MEDIÇÃO OBRA: EXECUÇÃO DE REFORMA (ALMOXARIFADO, ARQUIVO, INFORMÁTICA, PROJETOS HORIZONTES E INTERVENÇÕES EXTERNAS) NA UNIDADE DO CAJURU. CONTRATADA: VENTO NORDESTE CONSTRUÇÕES

Leia mais

Portaria n.º 147, 29 de março de 2016

Portaria n.º 147, 29 de março de 2016 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 147, 29 de março de 2016 O PRESIDENTE

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 5ª REGIÃO ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO DOS MATERIAIS

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 5ª REGIÃO ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO DOS MATERIAIS ANEXO II MEMORIAL DESCRITIVO DOS MATERIAIS 1. DESCRIÇÃO DA OBRA: 1.1. A obra em questão consiste na construção do edifício que abrigará a nova sede do Ofício da Procuradoria Regional do Trabalho em Eunápolis-BA,

Leia mais