PLANILHA ORÇAMENTÁRIA ESTIMATIVA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANILHA ORÇAMENTÁRIA ESTIMATIVA"

Transcrição

1 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT. 1 REDE DE DISTRIBUIÇÃO: Rede de distribuição a ser executada parte no sistema embutido e parte no sistema aparente com eletroduto de pvc, fiação, acabamento e demais acessórios para os seguintes pontos de utilização: Ponto de luz no teto pto 255,00 Ponto de tomada de corrente simples, Pino Universal (incluindo cabo, tomada, espelho, etc pto 251,00 Ponto de tomada de corrente simples, Pino Chato (incluindo cabo, tomada, espelho, etc) pto 159,00 Ponto de interruptor 01 seção simples (incluindo cabo, interruptor, espelho, etc) pto 27,00 Ponto de interruptor 02 seções simples (incluindo cabo, interruptor, espelho, etc) pto 12,00 Ponto de interruptor 03 seções simples (incluindo cabo, interruptor, espelho, etc) pto 11,00 2 EQUIPAMENTOS: Fornecimento e instalação de: Luminária fluorescente, com 02 lâmpadas, completa ( 7 ) un 51,00 Limpeza, manutenção e instalação de Luminária fluorescente existentes completas un 204,00 Perfilado perfurado 38x38mm com fixação e acessórios diversos ( 5 ) m 450,00 Eletrocalha perfurada 100x50mm com fixação e acessórios diversos ( 2 ) m 170,00 Canaleta (Rodapé Técnico) - Já incluído na planilha da rede lógica ( 6 ) 3 QUADROS: Fornecimento e instalação de: 3.1 Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 01 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 4, Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 02 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 2, Quadro de Distribuição e Luz - QDL Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 04

2 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT.

3 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT. 3.5 Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 05 Disjuntor Monofásico 13A - 6kA un 2,00 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 2, Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 06 Disjuntor Monofásico 13A - 6kA un 2,00 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 3, Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 07 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 2, Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 08 Disjuntor Monofásico 13A - 6kA un 3,00 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 4,00 Disjuntor Monofásico 40A - 10kA un 1, Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 09 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 2, Quadro de Distribuição e Luz - QDL Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 11

4 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT.

5 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT Quadro de Distribuição e Luz - QDL Quadro de Distribuição e Luz - QDL Quadro de Distribuição e Luz - QDL Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 15 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 2, Quadro de Distribuição e Luz - QDL- 16 Disjuntor Monofásico 13A - 6kA un 4,00 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 6,00 Disjuntor Monofásico 50A - 10kA un 1,00 Interruptor Diferencial Monofásico 40A - 30mA un 1, Quadro de Força - QF - INFO - 01 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 2, Quadro de Força - QF - INFO - 02

6 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT. Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 4,00

7 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT Quadro de Força - QF - INFO - 03 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 4, Quadro de Força - QF - INFO - 04 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 4, Quadro de Força - QF - INFO - 05 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 4, Quadro de Força - QF - INFO - 06 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 12,00 Disjuntor Diferencial Residual Monofásico 63A - 30mA - 10kA un 1, Quadro de Força - QF - INFO Quadro de Força - QF - INFO - 08 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 7,00 Disjuntor Diferencial Residual Monofásico 40A - 30mA - 10kA un 1, Quadro de Força - QF - INFO - 09 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 3, Quadro de Força - QF - INFO - 10 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 3,00

8 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT Quadro de Força - QF - INFO - 11 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 3,00

9 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT Quadro de Força - QF - INFO - 12 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 3, Quadro de Força - QF - INFO - 13 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 2, Quadro de Força - QF - INFO Quadro de Força - QF - INFO - 15 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 5, Quadro de Força - QF - INFO - 16 Disjuntor Monofásico 16A - 6kA un 10,00 Disjuntor Diferencial Residual Monofásico 63A - 30mA - 10kA un 1, Quadro de Força - QF - AC Disjuntor cj 1,00 Disjuntor Diferencial Residual 350A - 30mA - 10kA un 1, Quadro de Medição - QM Quadro de medição modelo "F4" un 1,00 Disjuntor Trifásico de 450A -10kA un 1, Quadro de Distribuição Geral - QDG Disjuntor Monofásico 25A - 10kA un 14,00 Disjuntor Monofásico 40A - 10kA un 1,00 Disjuntor Monofásico 50A - 10kA un 1,00 Disjuntor Diferencial Residual Monofásico 25A - 30mA - 10kA un 13,00 Disjuntor Diferencial Residual Monofásico 40A - 30mA - 10kA un 1,00

10 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT. Disjuntor Diferencial Residual Monofásico 63A - 30mA - 10kA un 2,00 Disjuntor Diferencial Residual Trifásico 350A - 30mA - 10kA un 1,00 Disjuntor Trifásico 450A - 10kA un 1,00

11 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT. 4 ALIMENTADORES PARCIAIS ( 4 ) Ramal de alimentação a ser executado no sistema aparente protegido mecanicamente por eletroduto de pvc e acessórios diversos, interligando o QDG aos seguintes quadros: 4.1 QDL #6(6)PE6 m 75, QDL #6(6)PE6 m 70, QDL #6(6)PE6 m 65, QDL #6(6)PE6 m 70, QDL #6(6)PE6 m 50, QDL #6(6)PE6 m 45, QDL #6(6)PE6 m 80, QDL #10(10)PE10 m 75, QDL #6(6)PE6 m 50, QDL #6(6)PE6 m 45, QDL #6(6)PE6 m 40, QDL #6(6)PE6 m 25, QDL #6(6)PE6 m 15, QDL #6(6)PE6 m 25, QDL #6(6)PE6 m 15, QDL #16(16)PE16 m 5, QF - INFO #6(6)PE6 m 75, QF - INFO #6(6)PE6 m 70, QF - INFO #6(6)PE6 m 65, QF - INFO #6(6)PE6 m 70, QF - INFO #6(6)PE6 m 50, QF - INFO #25(25)PE16 m 45, QF - INFO #6(6)PE6 m 80, QF - INFO #10(10)PE10 m 75, QF - INFO #6(6)PE6 m 50,00

12 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT QF - INFO #6(6)PE6 m 45, QF - INFO #6(6)PE6 m 40,00

13 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT QF - INFO #6(6)PE6 m 25, QF - INFO #6(6)PE6 m 15, QF - INFO #6(6)PE6 m 25, QF - INFO #6(6)PE6 m 15, QF - INFO #25(25)PE16 m 5, QF - AC - 3#240(240)PE120 m 40,00 5 ALIMENTADOR GERAL ( 4 ) Ramal de alimentação a ser executado parte no sistema embutido e parte no sistema aparente protegido mecanicamente por eletroduto de pvc e acessórios diversos, eletroduto de 2Ø4", cabo eprotenax 3#300(300) PE150, interligando o Quadro de Medição ao Quadro de Distribuição Geral: m 65,00 6 SUBESTAÇÃO AÉREA Transformador 300 KVA ( 8 ) un 1,00 Isolador de pino 15 kv un 9,00 Pára-raios RD 12 kv-10ka un 3,00 Haste de terra tipo copperw eld 5/8"x2,40m com conector un 3,00 Cabo de cobre nú 150mm2 m 20,00 Postes de concreto DT 1000/11 com acessórios cj 1,00 7 SISTEMA DE ATERRAMENTO Sistema de aterramento a ser executado em cabo de cobre nú Nº 25mm2 interligando o quadro geral a haste de terra com conector - Ø5/8"x2,40m cj 1,00 8 MIUDEZAS cj 1,00 GERAL ESTIMADO (SEM B.D.I) B.D.I. GERAL ESTIMADO (COM B.D.I) Observações: (1) Preços considerados CIF Recife (2) Todas as eletrocalhas devem ser fornecidas em chapas 22 (ou mais espessas) (3) Todos os eletrodutos galvanizados são do tipo Pesado (exceto os de 1" ou diâmetro inferior) (4) Os valores unitários adotados para os alimentadores, já consideram o metro para o conjunto de cabos (3fases, 1 neutro e 1 terra), ou seja, a empresa contratada deverá lançar os condutores fase(3), o neutro e o terra, para o comprimento indicado na planilha (5) O número de perfilados representa a quantidade de peças adicionais a serem fornecidas (O prédio já possui infraestrutura de perfilados) Cabe ressaltar entretanto que, o pagamento deverá ser feito mediante a comprovação da quantidade efetivamente necessária, não podendo todavia ultrapassar a quantidade lançada na planilha salvo com a expressa autorização da SAD-PE (6) Os rodapés técnicos já foram apropriados na planilha da rede lógica, todavia, serão utilizados tanto pela rede de cabeamento estruturado quanto na rede elétrica (7) O quantitativo de luminárias refere-se ao adicional necessário, ou seja, serão fornecidas 51 luminárias novas e efetuado a manutenção e instalação das 204 já existentes, inclusive substituição de reatores ou lâmpadas caso necessário. (8) Deverá ser retirado e entregue à SAD-PE o transformador de 225kVA existente e demais componentes tais como cabos, barramentos, etc..

14 MÊS DE REFERÊNCIA DOS S: MAIO / 2009 ITEM MATERIAL UN QUANT. (9) Todos os quantitativos deverão ser conferidos pelos proponentes, Havendo qualquer dúvida consultar o caderno de especificações dos materiais constante do Memorial Descritivo do Projeto

PLANO DE TRABALHO DESCRIÇÃO DO PROJETO

PLANO DE TRABALHO DESCRIÇÃO DO PROJETO DESCRIÇÃO DO PROJETO Título do Projeto Recuperação das instalações elétricas dos prédios sedes da Polícia Civil da Bahia e da POLINTER Período de Execução Início Término 10/06 10/08 Identificação do Objeto

Leia mais

CC-MD10 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

CC-MD10 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS CC-MD10 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INTRODUÇÃO O presente Memorial descreve e especifica os requisitos mínimos para o fornecimento de materiais e serviços para Desativação com remoção de dois transformadores

Leia mais

1. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Diretoria de Infraestrutura

1. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Diretoria de Infraestrutura 1. FINALIDADE MEMORIAL DESCRITIVO Fornecimento de energia elétrica a três edifícios da Universidade Federal do Sul da Bahia, com a sede sendo a Reitoria localizada na Rua Itabuna, s/n, Rod. Ilhéus Vitória

Leia mais

ECOM EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, CONSULTORIA E MEIO AMBIENTE LTDA.

ECOM EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, CONSULTORIA E MEIO AMBIENTE LTDA. PROJETO DE INSTALAÇÕES ELETRICAS DE BAIXA TENSÃO MERCADO DO SÃO JOAQUIM BAIRRO SÃO JOAQUIM, TERESINA - PI TERESINA PI AGOSTO/2014 MEMORIAL DESCRITIVO INST. ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO 1.0 IDENTIFICAÇÃO Obra:

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

PLANILHA DE SERVIÇOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 9 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 9.1 RAMAIS ALIMENTADORES 9.1.1 Barramento de cobre Ø5,16mm (0,187kg/m) m 10,00 25,20 252,00 1,69 9.1.2 Chave seccionadora de média tensão, com fusível incorporado, sem carga, uso

Leia mais

ANEXO II PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS DOS SERVIÇOS

ANEXO II PLANILHA DE QUANTITATIVOS E PREÇOS DOS SERVIÇOS 1 REDE ELÉTRICA 13105.8.6.1 ATERRAMENTO completo para pára-raios, com hastes de cobre com alma de UN 30,00 417,99 12.539,70 16120.3.2.1 aço tipo "Copperweld" Cabo de cobre nu (seção transversal: 25 mm²)

Leia mais

Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada. Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria

Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada. Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria Condutores, Fornecimento de Tensão e Padrão de Entrada Instalações Hidráulicas e Elétricas - Profª Bárbara Silvéria Condutores e Isolantes Isolantes Materiais que não conduzem eletricidade; Condutores

Leia mais

Padrões de Entradas de Serviço para Atendimento à Resolução ANEEL 384/2009 e Programa Luz Legal

Padrões de Entradas de Serviço para Atendimento à Resolução ANEEL 384/2009 e Programa Luz Legal Padrões de Entradas de Serviço para Atendimento à Resolução ANEEL 384/2009 e Programa Luz Legal DDI/SCD/SED Maio/2010 Notas sobre esta revisão (maio/2010) Este manual, originalmente desenvolvido para Entrada

Leia mais

FINALIDADE RAMO DE ATIVIDADE. Pré-moldados CARGA INSTALADA

FINALIDADE RAMO DE ATIVIDADE. Pré-moldados CARGA INSTALADA FINALIDADE Este memorial refere-se ao projeto(de acordo com a NT-002/2011 R03 da COELCE) de implantação de uma subestação aérea de 225kVA, atendendo à BM Pré-Moldados LTDA. Localidade:, Rodovia BR 222,

Leia mais

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2

UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO. Módulo 2 UNIDADE MÓVEL SOBRE A PLATAFORMA DE UM ÔNIBUS BIARTICULADO Módulo 3 Módulo FRENTE MEDIDAS: Comprimento Total 2,0 m Comprimento módulo, m Comprimento módulo 2,00 m Comprimento módulo 3,0 m Largura 2,3 m

Leia mais

lectra Material Didático INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Centro de Formação Profissional

lectra Material Didático  INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Centro de Formação Profissional lectra Centro de Formação Profissional Material Didático INSTALAÇÕES ELÉTRICAS WWW.ESCOLAELECTRA.COM.BR ÍNDICE 1 Introdução - 5 Definição de eletricidade. Causas e efeitos da eletricidade. Geração, transmissão

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

2. TOMADA DE ENERGIA:

2. TOMADA DE ENERGIA: MEMORIAL DESCRITIVO DO POSTO DE TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA DA EMEII LUZIA MARIA DAIBEM FERRAZ DE ARRUDA RUA LUIZ MARCÍLIO BERNARDO, 03-160, NÚCLEO HABITACIONAL NOBUJI NAGASAWA O presente memorial descritivo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO Quadra Poliesportiva Padrão 1A - 19m x 32,90m

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO Quadra Poliesportiva Padrão 1A - 19m x 32,90m MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO Quadra Poliesportiva Padrão 1A - 19m x 32,90m Proprietário: Secretaria de Estado de Goiás Autora: LUCIANA DUTRA MARTINS - Engenheira Eletricista - CREA_8646/D Sumário:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO SUPRIMENTO DE ENREGIA ELÉTRICA AO EDIFÍCIO CREA - PI INSTALAÇÃO ELÉTRICA DE BAIXA TENSÃO

MEMORIAL DESCRITIVO SUPRIMENTO DE ENREGIA ELÉTRICA AO EDIFÍCIO CREA - PI INSTALAÇÃO ELÉTRICA DE BAIXA TENSÃO MEMORIAL DESCRITIVO SUPRIMENTO DE ENREGIA ELÉTRICA AO EDIFÍCIO CREA - PI INSTALAÇÃO ELÉTRICA DE BAIXA TENSÃO Teresina Piauí Março 2017 MEMORIAL DESCRITIVO EDIFÍCIO CREA - PI INTALAÇÕES ELÉTRICAS BAIXA

Leia mais

A pregoeira da FHMGV visando esclarecimento informa que:

A pregoeira da FHMGV visando esclarecimento informa que: Sapucaia do Sul, dia 19 de outubro de 2016. Processo: 1736/2016 Carta Convite: 004/2016 ESCLARECIMENTO A pregoeira da FHMGV visando esclarecimento informa que: No termo de referência (Anexo 1), acrescenta-se

Leia mais

SUBESTAÇÃO AÉREA 225KVA PNT IND E COM DE PLASTICOS LTDA.

SUBESTAÇÃO AÉREA 225KVA PNT IND E COM DE PLASTICOS LTDA. Memorial descritivo e de cálculo SUBESTAÇÃO AÉREA 225KVA PNT IND E COM DE PLASTICOS LTDA. 1 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 2. IDENTIFICAÇÃO 3. CARACTERÍSTICAS DA SUBESTAÇÃO 4. PROJETO ELÉTRICO MEMORIAL DESCRITIVO

Leia mais

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO Obra: Mirante de Santo Antônio Finalidade: Projeto de instalações elétricas de baixa tensão Local: Sítio Jatobá Piancó - PB Proprietário: Prefeitura Municipal de Piancó - PB

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO

MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO 1 INTRODUÇÃO Este memorial técnico descritivo tem por finalidade especificar detalhes construtivos para a execução do referente projeto que trata da reforma das instalações

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº 05 ALTERAÇÕES NAS TABELAS PARA DIMENSIONAMENTO DOS PADRÕES DE ENTRADA DE BAIXA TENSÃO DE USO INDIVIDUAL

COMUNICADO TÉCNICO Nº 05 ALTERAÇÕES NAS TABELAS PARA DIMENSIONAMENTO DOS PADRÕES DE ENTRADA DE BAIXA TENSÃO DE USO INDIVIDUAL Página 1 de 2 COMUNICADO TÉCNICO Nº 05 ALTERAÇÕES NAS TABELAS PARA DIMENSIONAMENTO DOS PADRÕES DE ENTRADA DE BAIXA TENSÃO DE USO INDIVIDUAL 1. OBJETIVO Visando a redução de custos de expansão do sistema

Leia mais

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos ITEM DESCRIÇÃO IDADE COEF. PREÇO(R$)PREÇO TOTAL (R$) 08. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E CLIMATIZAÇÃO 08.01 CÓDIGO QUADROS Fornecimento completo, montagem e instalação do Quadro de DISTRIBUIÇÃO GERAL (QDG) de

Leia mais

ESTRUTURAS DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO - MULTIPLEXADA NTD SUMÁRIO

ESTRUTURAS DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO - MULTIPLEXADA NTD SUMÁRIO Página: 1 de 15 SUMÁRIO.001 - REDE SECUNDARIA MULTIPLEXADA INSTALAÇÕES E AMARRAÇÕES... 1.002 - REDE SECUNDARIA MULTIPLEXADA INSTALAÇÕES BÁSICA... 2.003 - REDE SECUNDARIA MULTIPLEXADA INSTALAÇÕES BÁSICA...

Leia mais

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO. PROJETO: Pontos de Força para ar condicionado e complementações elétricas e de aterramento em geral.

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO. PROJETO: Pontos de Força para ar condicionado e complementações elétricas e de aterramento em geral. MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO PROJETO: Pontos de Força para ar condicionado e complementações elétricas e de aterramento em geral. LOCAL : Pavilhões do Banrisul na BAGERGS ENDEREÇO: Av. GETÚLIO VARGAS, 8201

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE COMPACTA ENTRADA CLIENTE. Sumário

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE COMPACTA ENTRADA CLIENTE. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Ramal de Entrada Subterrâneo 6.1. CE2H ES Poste de Concreto de Seção Circular 6.2.

Leia mais

O que é Padrão de Entrada?

O que é Padrão de Entrada? 1 O que é Padrão de Entrada? O padrão de entrada é o conjunto de condutores, eletrodutos, poste, caixa de medição e demais acessórios utilizados na sua montagem, padronizados pela Cosern e de acordo com

Leia mais

Item (Pág. 26) Foi inserida a Norma NR 10 Segurança em instalações e serviços em eletricidade.

Item (Pág. 26) Foi inserida a Norma NR 10 Segurança em instalações e serviços em eletricidade. O presente documento contém as alterações, correções e inclusões da versão anterior, contempladas na versão 1.2, que entrará em vigor a partir de 1º de novembro de 2014. TEXTO Item 10.3.2 (Pág. 26) Foi

Leia mais

Planilha Orçamentária Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02%

Planilha Orçamentária Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02% 020000 Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02% 020200 Container 020202 CPOS Container alojamento - mínimo 9,20 m² unxmês 2,00 253,33 2,24 511,14 0,069% 020204 CPOS Container sanitário - mínimo

Leia mais

Remoção de entulho de obra com caçamba metálica - material volumoso misturado por alvenaria, terra, madeira, papel, plástico e metal. total 10.

Remoção de entulho de obra com caçamba metálica - material volumoso misturado por alvenaria, terra, madeira, papel, plástico e metal. total 10. PREFEITURA MUNICIPAL ARTUR NOGUEIRA PREFEITURA PREFEITURA MUNICIPAL MUNICIPAL ARTUR FONTE CÓDIGO ÍTEM SCRIÇÃO UNID. QUANT. VALOR VALOR TOTAL 1- Serviço Preliminar 20308 1.1 Fechamento provisório de vãos

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES

DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES 1. Introdução - O dimensionamento dos condutores deve ser realizado seguindo as seguintes etapas: a) cálculo da corrente de projeto; b) dimensionamento pelo critério da máxima

Leia mais

CONCORRÊNCIA SESC/MA Nº 17/0018-CC REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS

CONCORRÊNCIA SESC/MA Nº 17/0018-CC REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS CONCORRÊNCIA SESC/MA Nº 17/0018-CC REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS ITEM USO INTERNO (RCMS) DESCRIÇÃO TOTAL QUANTIDADE ESTIMADO UNIDADE DE MEDIDA 1 17/2784-1 DISJUNTOR MONOFÁSICO 15A 130

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE SPDA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS - CAMPUS SENADOR CANEDO-GO

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE SPDA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS - CAMPUS SENADOR CANEDO-GO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SENADOR CANEDO -GO MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DE SPDA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS - CAMPUS SENADOR CANEDO-GO

Leia mais

Serviços & Treinamentos Técnicos Rua 2, n 233 Conforto Volta Redonda RJ Telefax: (24)

Serviços & Treinamentos Técnicos Rua 2, n 233 Conforto Volta Redonda RJ Telefax: (24) AULA 05/25 DE COMANDOS ELÉTRICOS ASSUNTO: AULA 01/03 DE INSTALAÇÕES PREDIAIS 1 INSTALAÇÕES PREDIAIS Interruptor de três seções 1.1 SIMBOLOGIA Ponto de luz no teto Interruptor bipolar Luminária Fluorescente

Leia mais

COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE II - Teoria)

COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE II - Teoria) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE II - Teoria) Projeto Elétrico TC_042 - CONSTRUÇÃO CIVIL IV PROFESSORA: ELAINE SOUZA MARINHO CONCEITOS INICIAIS

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO 1. HOMOLOGAR E ADJUDICAR A PRESENTE LICITAÇÃO NOS SEGUINTES TERMOS:

TERMO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO 1. HOMOLOGAR E ADJUDICAR A PRESENTE LICITAÇÃO NOS SEGUINTES TERMOS: EDITAL Nº 001/HUST/2012 LICITAÇÃO NA MODALIDADE DE PREGÃO PRESENCIAL TERMO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO O Diretor Geral do Hospital Universitário Santa Terezinha - HUST, Prof. Adgar Zeferino Bittencourt,

Leia mais

Finalidade Fonte de Alimentação Proteção da Rede de Média Tensão Proteção contra Sobretensão: 2.5.

Finalidade Fonte de Alimentação Proteção da Rede de Média Tensão Proteção contra Sobretensão: 2.5. MEMÓRIAL DESCRITIVO 5 2.1. - Finalidade Traçar diretrizes básicas para a implementação dos projetos de iluminação externa do Campus Petrolina e iluminação da via de interligação entre o anel viário e os

Leia mais

REMANEJAMENTO DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA

REMANEJAMENTO DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA REMANEJAMENTO DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA Redes de Distribuição de Baixa e Média Tensão CANOAS- RS MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO PROJETO EXECUTIVO 1. OBJETIVO: Fornecer informações necessárias sobre os

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 Objeto: Aquisição de Material de e Permanente(Material de Construção e Elétrico) 001 1190 Transformador em poste de 11,5 KVA-15KV, 60Hz alta tensão 1, ZKV, baixa tensão 0/17V. LOTE 001 / SETOR

Leia mais

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO

COMPOSIÇÃO DE PREÇO UNITÁRIO 8.13.1.1 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE CORDOALHA DE ALUMÍNIO NÚ, SEÇÃO NOMINAL #70MM2 M EQUIPAMENTOS UND QUANT OPER IMPROD (A) DE EQUIPAMENTOS - SALÁRIO MÃO-DE-OBRA SUPLEMENTAR UND COEFICIENTE BASE H 0,8400000

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL LOTEAMENTO PARQUE UNIVERSITÁRIO RUA RAMIRO BARCELOS,1450 BAIRRO PARQUE UNIVERSITÁRIO CANOAS/RS

ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL LOTEAMENTO PARQUE UNIVERSITÁRIO RUA RAMIRO BARCELOS,1450 BAIRRO PARQUE UNIVERSITÁRIO CANOAS/RS ELE-03 ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL LOTEAMENTO PARQUE UNIVERSITÁRIO RUA RAMIRO BARCELOS,1450 BAIRRO PARQUE UNIVERSITÁRIO CANOAS/RS SUBESTAÇÃO TRANSFORMADORA MEMORIAL DESCRITIVO Revisão: Abril/2013

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A ENG04482

Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 13 Dimensionamento de Condutores (Critério do Limite de Queda de Tensão) Porto Alegre - 2012 Tópicos Critério do limite de queda

Leia mais

CONHEÇA AQUI O PADRÃO PARA NOVA LIGAÇÃO

CONHEÇA AQUI O PADRÃO PARA NOVA LIGAÇÃO CONHEÇA AQUI O PADRÃO PARA NOVA LIGAÇÃO Para que a Celpa ligue a sua luz pela primeira vez, você precisa estar com o padrão de entrada de energia instalado corretamente. Chamamos de Padrão de Entrada Celpa

Leia mais

Bloco Administrativo MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO CÂMPUS IFPR

Bloco Administrativo MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO CÂMPUS IFPR Bloco Administrativo MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO CÂMPUS IFPR 1 IDENTIFICAÇÃO Obra: Bloco Administrativo. Campus: Instituto Fed. de Ciência e Tecnologia do Paraná. Área a ser construída: 2726,5 m² 73895-Pr

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO. COREN Subseção de Floriano

MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO. COREN Subseção de Floriano MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO COREN Subseção de Floriano ÍNDICE 1. OBJETIVO 2. NORMAS TÉCNICAS 3. DESCRIÇÃO DOS SITEMAS 3.1. Entradas de energia e telefone 3.2. Quadros de distribuição local 3.3. Dispositivos

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Praça da Biblia R22 e R23, Centro Sinop/MT. Sinop/MT,30 de julho de 2014

MEMORIAL DESCRITIVO. Praça da Biblia R22 e R23, Centro Sinop/MT. Sinop/MT,30 de julho de 2014 MEMORIAL DESCRITIVO ASSUNTO: Projeto de instalações elétricas para implantação de iluminação pública nas dependências internas da Praça da Biblia Quadra R22 e R23 com a instalação de projetores embutidos

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA Folha: 1/10 (As propostas serão abertas para julgamento às 09:15 horas do dia 23/05/2011). Fornecedor:... Endereço:... Cidade:... Estado:... Telefone: CNPJ / CPF:... Inscrição Estadual:... Fax: Validade

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01. Eng. Eletrecista Sandro Waltrich. Av. Osmar Cunha, Ceisa Center, Sala 210 A

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01. Eng. Eletrecista Sandro Waltrich. Av. Osmar Cunha, Ceisa Center, Sala 210 A MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01 Proprietário: CREA SC - CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE SANTA CATARINA Responsável Projeto: Eng. Eletrecista

Leia mais

Prefeitura Municipal de Não-Me-Toque Secretaria da Fazenda [daianeluisa] Anexo Itens Página : 1 de 4 Tomada de Preços N 9/2015 ITEM QTD UN ESPECIFICAÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO MARCA PR.UN TOTAL 1 3 UN CENTRO

Leia mais

REDE COMPACTA PARA-RAIOS. Sumário

REDE COMPACTA PARA-RAIOS. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estruturas de Transição Rede Compacta Rede Nua com Para-Raios 6.1. Estrutura CE3.N3

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 028/2017 SRP/CML/PMM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 022/2017/CML/PMM

PREGÃO PRESENCIAL Nº 028/2017 SRP/CML/PMM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 022/2017/CML/PMM PREGÃO PRESENCIAL Nº 028/2017 SRP/CML/PMM ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 022/2017/CML/PMM A PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ sob o nº. 04.282.869/0001-27

Leia mais

CUIDADO! ELETRICIDADE CUIDADO! ELETRICIDADE CUIDADO! ELETRICIDADE CUIDADO! ELETRICIDADE PLANTA BAIXA MEDIDAS EM: cm BEP 1 x Ø4" VISTA FRONTAL MEDIDAS EM: cm VISTA CORTE LATERAL: A-A" MEDIDAS EM: cm Av.

Leia mais

PLANILHA DE PREÇOS SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM AS ESPECIFICAÇÕES DO MEMORIAL BÁSICO.

PLANILHA DE PREÇOS SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM AS ESPECIFICAÇÕES DO MEMORIAL BÁSICO. PLANILHA DE PREÇOS SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM AS ESPECIFICAÇÕES DO MEMORIAL BÁSICO. Item Descrição dos Serviços Quant. PROCURADORIA DA REPÚBLICA

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº 46

COMUNICADO TÉCNICO Nº 46 Página 1 de 11 COMUNICADO TÉCNICO Nº 46 LIGAÇÕES ESPECIAIS NA VIA PÚBLICA COM MEDIÇÃO Diretoria de Planejamento e Planejamento Gerência de Engenharia Página 2 de 11 ÍNDICE OBJETIVO...3 1. APLICAÇÃO...4

Leia mais

FORJASUL OU SIMILAR UND 20,00

FORJASUL OU SIMILAR UND 20,00 Página 1 de 10 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E RELAÇÃO DE MATERIAIS ITEM DESCRIÇÃO IMAGEM FABRICANTE UNIDADE TOTAL 1 ABRAÇADEIRA FITA PERFURADA TAQI OU SIMILAR MTS 10,00 2 ABRAÇADEIRA TIPO "D" 2" - CUNHA TRAMONTINA

Leia mais

Padrão de entrada PCI-3

Padrão de entrada PCI-3 Padrão de entrada PCI-3 padrão de entrada Relação de Materiais Item Qtde. Un. Descrição 01 01 pç 02 Fornecido e instalado pela EDP 03 Variável m Poste com caixa incorporada tipo PCI-3 (ver nota 4) Ramal

Leia mais

Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00014/2015

Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00014/2015 13/01/2016 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Pregão Eletrônico Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00014/2015 Às 16:55 horas do dia 28 de dezembro de 2015, após constatada a regularidade

Leia mais

1.7 SETOP ADMINISTRAÇÃO LOCAL UNID 1, , ,00

1.7 SETOP ADMINISTRAÇÃO LOCAL UNID 1, , ,00 ITEM CODIGO DESCRIÇÃO UN QTDE 1.0 INSTALAÇÕES DA OBRA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI INSTALAÇÕES ELETRICAS E ADEQUAÇÕES DO PREDIO DAS ENGENHARIAS CAMPUS PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS UBS MANCHINHA

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS UBS MANCHINHA MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS UBS MANCHINHA MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 1.IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO DADOS DA OBRA: NOME UBS MANCHINHA ENDEREÇO LAJEADO MANCHINHA, INTERIOR SANTA

Leia mais

Rua Sergipe, 475 cj. 601 CEP São Paulo (SP) - Tel: (011)

Rua Sergipe, 475 cj. 601 CEP São Paulo (SP) - Tel: (011) Rua Sergipe, 475 cj. 601 CEP 01243-001 - São Paulo (SP) - Tel: (011) 3663-0602 e-mail: lank.ansel@uol.com.br ANÁLISE DOS COMPONETES ELÉTRICOS DO ESTÁDIO: As inspeções visuais incluíram a verificação dos

Leia mais

ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROJETO ELÉTRICO

ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROJETO ELÉTRICO ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROJETO ELÉTRICO 2.1 Introdução 2.1.1 Este memorial tem por objetivo especificar detalhes construtivos para execução do projeto de instalações elétricas do Reservatório

Leia mais

SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇO DE ENGENHARIA PARA IMPLANTAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM DIVERSAS PRAÇAS DE PORTO ALEGRE ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. GENERALIDADES O presente projeto tem como finalidade

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO - SISTEMAS ELÉTRICOS HOSPITAL METROPOLITANO DE BELO HORIZONTE

MEMORIAL DESCRITIVO - SISTEMAS ELÉTRICOS HOSPITAL METROPOLITANO DE BELO HORIZONTE MEMORIAL DESCRITIVO - SISTEMAS ELÉTRICOS HOSPITAL METROPOLITANO DE BELO HORIZONTE OBRA: Contrato: 77009 Revisão: 5 Data: 01/07/2010 1. OBJETIVO Este memorial tem por objetivo descrever os sistemas elétricos

Leia mais

Item Discriminação Unidade Quantidade Unitário (R$) Subtotal (R$) Total (R$)

Item Discriminação Unidade Quantidade Unitário (R$) Subtotal (R$) Total (R$) OBRA: ILUMINAÇÃO PÚBLICA DA BR-364/RO - TRAVESSIA URBANA DE VILHENA LOCAL: BR-364/RO - Km 7,0 ao Km 17,5 - VILHENA/RO DATA: 09 DE OUTUBRO DE 2009 PLANILHA ORÇAMENTÁRIA Item Discriminação Unidade Quantidade

Leia mais

Padrão Técnico Distribuição Caixa de Medição Tipo II

Padrão Técnico Distribuição Caixa de Medição Tipo II 1- ÂMBITO DE APLICAÇÃO: Esta padronização se aplica a entradas de consumidores monofásicos e bifásicos onde o padrão de entrada tem medição voltada para o terreno, atendidos em tensão secundária de distribuição

Leia mais

Sumário. CÓDIGO: NTD DATA DE VIGÊNCIA: 10/07/2012 TÍTULO: Estrutura do SEMTS na Rede de MT VERSÃO NORMA: 1.1

Sumário. CÓDIGO: NTD DATA DE VIGÊNCIA: 10/07/2012 TÍTULO: Estrutura do SEMTS na Rede de MT VERSÃO NORMA: 1.1 Sumário 1 Objetivo... 2 2 Âmbito de aplicação... 2 3 Norma complementar... 2 4 Diretrizes para elaboração do projeto... 2 4.1 Local da aplicação... 2 4.2 Escolha do poste de concreto... 2 4.3 Estrutura

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA DE CODAJÁS SECRETARIA MUNCIPAL DE EDUCAÇÃO MANUTENÇÃO PREDIAL E PINTURA EM PRÉDIO PÚBLICO NA

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA DE CODAJÁS SECRETARIA MUNCIPAL DE EDUCAÇÃO MANUTENÇÃO PREDIAL E PINTURA EM PRÉDIO PÚBLICO NA MANUTENÇÃO PREDIAL E PINTURA EM PRÉDIO PÚBLICO NA MEMORIAL DESCRITIVO SEDE DO MUNICÍPIO DE CODAJÁS/AM PINTURA, MANUTENÇÃO ELÉTRICA E HIDRÁULICA NAS ESCOLAS E NO CONSELHO TUTELAR NO MUNICÍPIO DE CODAJÁS/AM.

Leia mais

Padrão Técnico Distribuição Caixa de Medição Tipo IV

Padrão Técnico Distribuição Caixa de Medição Tipo IV 1- ÂMBITO DE APLICAÇÃO: Esta padronização se aplica a entradas de consumidores polifásicos onde o padrão de entrada tem medição voltada para a calçada, atendidos em tensão secundária de distribuição das

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANGELO RS TIC Tecnologia da Informação e Comunicações Departamento de Processamento de Dados

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANGELO RS TIC Tecnologia da Informação e Comunicações Departamento de Processamento de Dados PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO ANEXO-I Especificação técnica mínimas dos serviços a serem realizados Projeto EDUCAR José Fioravante Schneider 09/09/2014 Página 1 de 14 ANEXO-I Especificação técnica

Leia mais

Questionamento Item da planilha: "Cabo Unipolar (cobre)"favor informar a bitola do cabo. Resposta O CABO UNIPOLAR DE COBRE DEVE SER 35mm²

Questionamento Item da planilha: Cabo Unipolar (cobre)favor informar a bitola do cabo. Resposta O CABO UNIPOLAR DE COBRE DEVE SER 35mm² da empresa Concorrência 007/2009 Item 4.2.37 da planilha: "Luminária tipo calha, de sobrepor, com reator partida rápida e lâmpada fluorescente 4x40w, completa, fornecimento e instalação".esclarecer se

Leia mais

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO

MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO 1.0) Apresentação O presente memorial visa descrever o projeto elétrico para atender Hospital Geral, compreendendo a instalação de medição em MT e subestação com transformadores

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL EQUIPAMENTOS. Sumário

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL EQUIPAMENTOS. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Banco Regulador de Tensão 6.1. Em Plataforma 6.1.1. Vista Lateral 6.1.2. Vista Frontal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS E OBRAS PÚBLICAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS E OBRAS PÚBLICAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS E OBRAS PÚBLICAS AMPLIAÇÃO E REFORMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA - LICITAÇÃO 2016 BDI CONFORME ACORDÃO 2622/ 2013 TCU - 27,46% 638.688,96

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A ENG04482

Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 12 Dimensionamento de Condutores (Critério da capacidade de corrente) Porto Alegre - 2012 Tópicos Dimensionamento de condutores

Leia mais

LABORATÓRIO DE PROJETOS CRECHE - PROJETO TIPO B - 110V/220V INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

LABORATÓRIO DE PROJETOS CRECHE - PROJETO TIPO B - 110V/220V INSTALAÇÕES ELÉTRICAS LABORATÓRIO DE PROJETOS CRECHE - PROJETO TIPO B - 110V/220V 06.01.000 - INSTALAÇÕES ELÉTRICAS LOCAL: DATA DE REFERÊNCIA 13/03/2008 PLANILHA DE QUANTITATIVOS ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT. OBSERVAÇÔES 06.01.222

Leia mais

Fornecimento Provisório de Energia Elétrica em Baixa Tensão (Procedimento Interno Uso Exclusivo da Ampla)

Fornecimento Provisório de Energia Elétrica em Baixa Tensão (Procedimento Interno Uso Exclusivo da Ampla) ITA - 010 Rev. 0 MAIO / 2005 Praça Leoni Ramos n 1 São Domingos Niterói RJ Cep 24210-205 http:\\ www.ampla.com Fornecimento Provisório de Energia Elétrica em Baixa Tensão (Procedimento Interno Uso Exclusivo

Leia mais

Fundação Educacional do Município de Assis Campus José Santilli Sobrinho ANEXO I

Fundação Educacional do Município de Assis Campus José Santilli Sobrinho ANEXO I Fundação Educacional do Município de Assis Campus José Santilli Sobrinho ANEXO I Ref.: PROCESSO LICITATÓRIO N.º 012/2017 PREGÃO PRESENCIAL N.º 003/2017 ==================================================================

Leia mais

Catálogo de Produtos TRILHOS ELETRIFICADOS TRIFÁSICOS

Catálogo de Produtos TRILHOS ELETRIFICADOS TRIFÁSICOS Catálogo de Produtos TRILHOS ELETRIFICADOS TRIFÁSICOS O sistema OneTrack é constituido por um trilho eletrificado trifásico com dois condutores adicionais para o controle de qualquer sistema de iluminação,

Leia mais

385,02 Servente h 12,0000 3,30 39,60 Carpinteiro h 6,0000 3,96 23,76 Pedreiro h 8,0000 3,96 31,68. 95,04 Leis Sociais % 124,2200 TOTAL GERAL 480,06

385,02 Servente h 12,0000 3,30 39,60 Carpinteiro h 6,0000 3,96 23,76 Pedreiro h 8,0000 3,96 31,68. 95,04 Leis Sociais % 124,2200 TOTAL GERAL 480,06 Passarela coberta com iluminação - m Unid. Quant. R$/unit. Valor parcial Subtotal Cód. SINAPI Prego 18x27 kg 0,2976 6,75 2,01 5061 Seixo m³ 0,1050 127,32 13,37 4734 Pedra-de-mão preta m³ 0,0225 72,93 1,64

Leia mais

Foram projetados poços de aterramento com hastes de cobre e interligações feitas com solda exotérmicas e ligações mecânicas.

Foram projetados poços de aterramento com hastes de cobre e interligações feitas com solda exotérmicas e ligações mecânicas. SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. MEMORIAL DESCRITIVO... 4 2.1 SISTEMA DE ATERRAMENTO - CONCEPÇÃO... 5 2.2 SISTEMA DE ATERRAMENTO - MEDIÇÃO... 6 2.3 SISTEMA DE CAPTAÇÃO... 6 3. MATERIAIS APLICADOS... 7 3.1

Leia mais

Padrão Técnico Distribuição Caixa de Medição Tipo V

Padrão Técnico Distribuição Caixa de Medição Tipo V 1- ÂMBITO DE APLICAÇÃO: Esta padronização se aplica a entradas de consumidores polifásicos onde o padrão de entrada tem medição voltada para a calçada atendidos em tensão secundária de distribuição das

Leia mais

ANEXO 2.2 DO EDITAL MODELO DE PROPOSTA SINTÉTICA

ANEXO 2.2 DO EDITAL MODELO DE PROPOSTA SINTÉTICA MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria Regional do Trabalho da 17ª Região / ES OBRA: Serviços de adequação das instalações de cabeamento estruturado, infraestrutura para

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. PROJETO ELÉTRICO POSTO DE TRANSFORMAÇÃO TRIFÁSICO 225 kva/13,8kv 220/127 V SEDE DE PROMOTORIAS - PRIMAVERA DO LESTE MT

MEMORIAL DESCRITIVO. PROJETO ELÉTRICO POSTO DE TRANSFORMAÇÃO TRIFÁSICO 225 kva/13,8kv 220/127 V SEDE DE PROMOTORIAS - PRIMAVERA DO LESTE MT MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO POSTO DE TRANSFORMAÇÃO TRIFÁSICO 225 kva/13,8kv 220/127 V SEDE DE PROMOTORIAS - PRIMAVERA DO LESTE MT Cuiabá, MT Maio / 2014 2 Assunto: PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

Leia mais

A base de um projeto de instalação elétrica consiste em:

A base de um projeto de instalação elétrica consiste em: A base de um projeto de instalação elétrica consiste em: Previsão e dimensionamento das cargas elétricas (Máquinas, tomadas Tug s, tomadas Tue s e iluminação) no local desejado; Dimensionar e especificar

Leia mais

BASE ago-16 OBRAS DE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SPDA EM USINA FOTOVOLTAICA NO HOTEL PORTO CERCADO - E.E. SESC PANTANAL PREÇO TOTAL

BASE ago-16 OBRAS DE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SPDA EM USINA FOTOVOLTAICA NO HOTEL PORTO CERCADO - E.E. SESC PANTANAL PREÇO TOTAL OBRAS DE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE SPDA EM USINA FOTOVOLTAICA NO HOTEL PORTO ITEM DISCRIMINAÇÃO % DO TOTAL PREÇO TOTAL 01 SERVIÇOS PRELIMINARES E PERIÓDICOS 51,00% 91.142,47 02 INSTALAÇÃO DE S.P.D.A. 49,00%

Leia mais

Projeto Instalação Sala 3D v. 1.0 Pearson Sistemas do Brasil

Projeto Instalação Sala 3D v. 1.0 Pearson Sistemas do Brasil / 2 v..0 Pearson Sistemas do Brasil Pearson Centro de Serviços Compartilhados Rua Deolinda, 70 Jardim Macedo Ribeirão Preto SP Brasil Pág./2 Departamento de Qualidade em TI Fone +55 (6) 3603 9272 2/ 2

Leia mais

SINAPI UN 1 617,35 617, Comp. AUXILIAR DE ELETRICISTA COM ENCARGOS SINAPI H 1,2 12,37 14,84 Total: 30,01 Valor Simples: 647,36

SINAPI UN 1 617,35 617, Comp. AUXILIAR DE ELETRICISTA COM ENCARGOS SINAPI H 1,2 12,37 14,84 Total: 30,01 Valor Simples: 647,36 Instituto Federal Rio Grande do Sul Câmpus Ibirubá Obra: Ref. Laboratórios de informática e línguas PRAZO: 50 DIAS PROCESSO: COMPOSIÇÕES 17241 IFRS-IBI QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE SOBREPOR C/ PORTA C/ BARRAMENTO

Leia mais

ANEXO VII. Registro de Preços Ponto de Rede. Planilhas de Serviços de Pontos de Rede Itens 01. 7) Anexo VII ao Orientador nº 362/2012. Fls.

ANEXO VII. Registro de Preços Ponto de Rede. Planilhas de Serviços de Pontos de Rede Itens 01. 7) Anexo VII ao Orientador nº 362/2012. Fls. PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CASA CIVIL EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMATICA S.A - IPLANRIO Processo 7) Anexo VII ao Orientador nº 362/2012 ANEXO VII Registro de Preços Rede Planilhas de Serviços

Leia mais

Bairro: Zona Rural N e data da ART de projeto: N e data da art de execução:

Bairro: Zona Rural N e data da ART de projeto: N e data da art de execução: P A R A Carga Instalada: Demandas: 86,6 kw KW: 52 KVA: 56 U S O D A C E M I G Desenho: Conteúdo: Cálculo de demanda, carga instalada, situação, diagrama unifilar, quadro de medidores, dimensionamentos

Leia mais

Instalações Elétricas

Instalações Elétricas Instalações Elétricas Condutores Elétricos (Parte 2) Prof. Gilmário Lima SELEÇÃO E DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES Chama-se de dimensionamento técnico de um circuito à aplicação dos diversos itens da NBR

Leia mais

Diretoria Técnica Planejamento e Engenharia Engenharia e Obra

Diretoria Técnica Planejamento e Engenharia Engenharia e Obra PADRÃO DE MEDIÇÃO INDIVIDUAL DE CLIENTES EM BAIXA TENSÃO COMUNICADO A Ampla Energia e Serviços S/A comunica que visando favorecer ao consumidor na construção de instalação para medição de energia em baixa

Leia mais

Planilha de Orçamento - GLOBAL Obra: 091107 - CONSTRUÇÃO NOVA SUBESTAÇÃO 300kVA Endereço: Av. Ildefonso simões Lopes, 2791

Planilha de Orçamento - GLOBAL Obra: 091107 - CONSTRUÇÃO NOVA SUBESTAÇÃO 300kVA Endereço: Av. Ildefonso simões Lopes, 2791 Página 1 de 5 1. PROJETOS 1. 3. APROVAÇÃO DE PROJETO EM ORGÃO PUBLICO 1. 3. 4. PROJETO ELÉTRICO (subestação).1 APROVAÇÃO DE PROJETO NA CONCESSIONÁRIA LOCAL 1,00 UN 1.800,00 1.800,00 200,00 200,00 2.000,00

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO. Título

PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO. Título PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO Título ATENDIMENTO DE LIGAÇÃO DE CONSUMIDORES JUNTO À FAIXA DE PRAIA DA ORLA MARÍTIMA Código NTD-00.074 Data da emissão 05.12.2005 Data da última revisão 18.01.2008 Folha

Leia mais

Capítulo 2 - Símbolos Gráficos para Instalações Elétricas Prediais 2.1. Simbologia Padronizada

Capítulo 2 - Símbolos Gráficos para Instalações Elétricas Prediais 2.1. Simbologia Padronizada Capítulo 1 - Conceitos Básicos de Eletricidade para Aplicação em Instalações Elétricas 1.1. Tipos e Formas de Distribuição de Energia 1.1.1. Energia 1.2. Geração de Energia Elétrica 1.2.1. Barragem 1.2.2.

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE ELETRICIDADE

CONCEITOS BÁSICOS DE ELETRICIDADE CONCEITOS BÁSICOS DE ELETRICIDADE Nos fios existem partículas invisíveis chamadas de elétrons livres que, assim como os planetas ao redor do sol, giram ao redor do núcleo dos átomos. Quando uma força,

Leia mais

Eletricidade Aplicada. Aulas Teóricas Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita

Eletricidade Aplicada. Aulas Teóricas Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita Eletricidade Aplicada Aulas Teóricas Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita Dimensionamento de Condutores Elétricos I Circuitos Elétricos Residenciais Dimensionamento Consiste em determinar a seção mínima

Leia mais

MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela 33 da NBR5410/2004)

MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela 33 da NBR5410/2004) MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela da NBR5410/004) Método de Método de instalação Esquema ilustrativo Descrição instalação a utilizar número: para a capacidade de condução de corrente 1 1 Condutores isolados

Leia mais

2,00 ARRUELA, REDONDA, ACO CARBONO GALV, PC 0,05 04 035X18X3MM 8,00 ARRUELA,QUADRADA, ACO CARBONO GALV, PC 0,15 05 050X18X3MM

2,00 ARRUELA, REDONDA, ACO CARBONO GALV, PC 0,05 04 035X18X3MM 8,00 ARRUELA,QUADRADA, ACO CARBONO GALV, PC 0,15 05 050X18X3MM PLANILHA DE DETALHAMENTO DE CUSTOS TÍTULO.: EXT. PRIMÁRIA EM 13.8KV COM INST. DE SE AEREA DE 112,5KVA - E/F: ANATEL EXT. AT. 26m - N. PST AT - 02 N. DE CONS. 01 ITEM DESCRIÇÃO DO MATERIAL UN PESO QTDE

Leia mais

PROJETO DE SUBESTAÇÃO ABRIGADA DE

PROJETO DE SUBESTAÇÃO ABRIGADA DE PROJETO DE SUBESTAÇÃO ABRIGADA DE 750kVA DESTINADA AO PRÉDIO DA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DE PERNAMBUCO, SITUADO NO MUNICÍPIO DE RECIFE NO ESTADO DE PERNAMBUCO. MEMORIAL DESCRITIVO 1. FINALIDADE:

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTO.

CATÁLOGO DE PRODUTO. CATÁLOGO DE PRODUTO www.paraeng.com.br Captor Tipo Franklin Rosca 3/4" Latão niquelado PPR-0101 1 descida 250mm PPR-0102 1 descida 300mm PPR-0103 1 descida 350mm PPR-0104 2 descida 250mm PPR-0105 2 descida

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TECNICAS DE OBRAS E SERVIÇOS DE INFRA- ESTRUTURA DE ELETRICIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA APRESENTAÇÃO O presente documento corresponde às orientações técnicas,

Leia mais