TERMO DE REFERÊNCIA. Os termos, expressões, siglas e abreviaturas abaixo relacionados têm, para os efeitos desta licitação, os seguintes significados:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERMO DE REFERÊNCIA. Os termos, expressões, siglas e abreviaturas abaixo relacionados têm, para os efeitos desta licitação, os seguintes significados:"

Transcrição

1 TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. A presente licitação, realizada na modalidade Concorrência, tem por objeto a delegação onerosa de 300 (trezentas) permissões para operação de 04(quatro) Redes de Serviço (RS) do Serviço Público de Transporte Coletivo Suplementar de Passageiros do Município de Belo Horizonte na forma descrita no Anexo I; 1.2. A constituição de cadastro de reserva, composto de 30 (trinta) licitantes, observada a ordem de classificação A constituição de cadastro de reserva, durante o prazo de validade desta licitação destinase à: Manutenção do quantitativo de permissões delegadas Havendo extinção da delegação de uma Permissão dentro do prazo de validade desta licitação, será convocado novo Licitante, obedecida a ordem de classificação constante do cadastro de reserva para assumir o Serviço pelo restante do prazo de validade estabelecido para as Permissões Ampliação do número de permissões para atendimento de aumento de demanda do serviço As especificações técnicas dos veículos e os requisitos mínimos da prestação dos serviços encontramse descritos nos Anexo IV As permissões são destinadas exclusivamente a pessoas físicas, sendo que, destas, 30 (trinta) Permissões são reservadas, preferencialmente, para Licitantes com Deficiência, conforme condições estabelecidas neste Termo de Referência, seus anexos e na legislação pertinente As vagas reservadas aos Licitantes com deficiência serão preenchidas considerando a ordem de classificação destes, sendo destinadas para este fim a 1ª (primeira), a 11ª (décima primeira) e a 21ª (vigésima primeira) posições na classificação final, e assim sucessivamente, na medida do surgimento de novas vagas no Sistema, obedecida a proporcionalidade legal Para assumir vaga oriunda desta Concorrência, o atual Permissionário do Serviço Público de Transporte Coletivo Suplementar de Passageiros do Município de Belo Horizonte, quando convocado para entrega da documentação de cadastro, deverá renunciar à sua Permissão anterior, sendo a vaga gerada por esta renúncia somada às licitadas, que serão oferecidas aos Licitantes de acordo com a ordem de classificação. 2. DAS DEFINIÇÕES Os termos, expressões, siglas e abreviaturas abaixo relacionados têm, para os efeitos desta licitação, os seguintes significados: I. Adjudicatário: Licitante classificado e habilitado para esta licitação; II. Agente de Liquidação: pessoa contratada pelos PERMISSIONÁRIOS, que realiza a liquidação das operações de comercialização dos cartões inteligentes de passagens, dos cartões de vale transporte, cartões de benefícios e dos créditos eletrônicos, responsabilizandose pela custódia e distribuição dos valores apurados entre os PERMISSIONÁRIOS, a BHTRANS e o FUNDO GARANTIDOR DO EQUILÍBRIO ECONÔMICOFINANCEIRO (FGE); III. Auxiliar de bordo: agente de bordo responsável pela assistência aos usuários e cobrança da tarifa; IV. BHTRANS: Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte S/A; V. Caducidade: declaração de extinção da Permissão por inexecução total ou parcial do Serviço, caracterizada conforme as hipóteses do 1º, Art. 38 da Lei 8.987/95, resultando na cassação do Registro de Condutor; VI. Câmara de Compensação de Resultados: mecanismo de compensação das receitas do Sistema entre os permissionários; VII. CEL: Comissão Especial de Licitação, responsável pela condução do presente processo licitatório, nomeada pelo Presidente da BHTRANS; VIII. CNH: Carteira Nacional de Habilitação; Página 1 de 110

2 IX. CRLV: Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo; X. CRV: Certificado de Registro de Veículo (documento/recibo de transferência); XI. CTB: Código de Trânsito Brasileiro; XII. Condutor Auxiliar: motorista de atividade profissional, vinculado ao Permissionário e inscrito no cadastro de condutores do Serviço de Transporte Suplementar da BHTRANS; XIII. Consórcio de Permissionários: consórcio formado pelos Permissionários para desempenhar as obrigações comuns necessárias à prestação dos serviços; XIV. Delegação: ato pelo qual o Poder Público confere a pessoa privada atribuição que lhe compete por determinação legal; XV. DOM: Diário Oficial do Município de Belo Horizonte; XVI. Frota: número de veículos vinculados às permissões do Sistema delegadas pela BHTRANS, acrescido dos veículos da frota reserva; XVII. Frota Reserva: número de veículos vinculados às permissões do Sistema delegadas pela BHTRANS, no quantitativo equivalente à 5% da frota, destinados a permitir a realização de serviços de manutenção programada e substituição temporária de veículos da frota, garantindo a continuidade e previsibilidade do serviço; XVIII. Fundo Garantidor do Equilíbrio EconômicoFinanceiro (FGE): condomínio dos Permissionários que detém recursos destinados a manter o equilíbrio econômicofinanceiro, provenientes da contribuição instituída pelo Regulamento do STSP; XIX. Gratuidade: A gratuidade no transporte coletivo em Belo Horizonte consiste no direito de utilização dos serviços sem a necessidade do pagamento das tarifas; XX. IQO: Índice de Qualidade Operacional dos permissionários; XXI. Licitante: pessoa física que apresentar proposta para esta Concorrência; XXII. Linha: unidade básica de prestação do serviço, composta por itinerário, frota, operadores, quadro de horários, ponto de controle e tarifa próprios; XXIII. Operadores: o Permissionário, o Condutor Auxiliar, o Auxiliar de Bordo e o Agente de Linha; XXIV. Permissão: ato administrativo discricionário, unilateral e precário pelo qual a BHTRANS delega a terceiros a execução do STSP nas condições estabelecidas em Edital Licitatório, no Regulamento ou em normas complementares; XXV. Permissionário: pessoa física detentora de Permissão, cadastrada na BHTRANS; XXVI. Pessoa com Deficiência: pessoa que se enquadra nas categorias previstas na Lei Federal nº 7.853/1989, Decreto Federal nº 3.298/1999 e na Lei Municipal nº 9.078/2005; XXVII. PTPT: Pontuação total da proposta técnica; XXVIII. Receita Operacional Bruta: receita tarifária obtida pela venda de passagens; XXIX. Regulamento: Regulamento do STSP; XXX. Renúncia à Permissão: devolução voluntária da Permissão; XXXI. SITBUsSup: Sistema Inteligente de Transporte do Suplementar; XXXII. STSP: Serviço Público de Transporte Coletivo Suplementar de Passageiros do Município de Belo Horizonte; XXXIII. Sistema: Sistema de Transporte Público Suplementar do Município de Belo Horizonte; XXXIV. Usuário: indivíduo que utiliza o STSP; XXXV. Vaga: unidade de Delegação mediante Permissão; XXXVI. Termo de Permissão: Contrato de adesão de Permissão, que estabelece as obrigações, os direitos e as responsabilidades das partes para a execução do STSP. 3. DOS REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO 3.1. Esta licitação é aberta a pessoa física que queira prestar o STSP por meio de Permissão no Município de Belo Horizonte Para serem considerados habilitados a executar o STSP, os Licitantes deverão cumprir as exigências deste Termo de Referência e da legislação pertinente A participação nesta Concorrência implica o reconhecimento pelos Licitantes de que conhecem, atendem e se submetem a todas as cláusulas e condições do, bem como às disposições contidas na Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações, Lei Federal nº 8.987/95 e suas alterações e demais normas complementares que disciplinam a presente licitação e integrarão o ajuste correspondente Do servidor ou empregado de qualquer dos Poderes da Administração Pública Federal, Página 2 de 110

3 Estadual ou Municipal que eventualmente participar desta licitação, será exigida prova do prévio desligamento (exoneração/demissão) como condição para a celebração do Termo de Permissão, quando o Adjudicatário firmará declaração de extinção e/ou inexistência de outro vínculo com a Administração Pública, sob as penas da lei e da perda do direito à Permissão Não será permitida a participação nesta licitação de empregados e terceirizados da BHTRANS Não será admitida a participação de Licitante Pessoa Física expermissionário, exautorizatário, excondutor Auxiliar, exacompanhante, exagente/auxiliar de Bordo ou exoperador de transporte público que teve seu registro cassado até 5 (cinco) anos antes da data de publicação do Edital O Licitante detentor de autorização, permissão ou concessão de serviço público poderá participar e, se convocado, deverá apresentar, junto à documentação exigida para cadastro sob pena de desclassificação e sem prejuízo das demais sanções legais, a renúncia da Delegação anterior, demonstrada mediante certidão expedida pelo delegante O Licitante deverá possuir, até a datalimite para entrega da proposta, CNH categoria D ou E constando no campo Observações a expressão Exerce atividade remunerada ou equivalente, aposta pelo DETRAN É vedada a participação na licitação de pessoa: sob processo de insolvência civil; suspensa temporariamente de licitar e/ou impedida de contratar, ambas com a Administração Municipal de Belo Horizonte ou quaisquer de seus órgãos e entidades descentralizadas, e/ou declarada inidônea para licitar ou contratar com a Administração Pública em quaisquer das esferas da Federação; aposentada por invalidez Verificada a ocorrência de quaisquer dos casos previstos nos subitens anteriores durante o presente procedimento licitatório ou posteriormente ao mesmo, o Licitante/Permissionário será desclassificado ou terá sua Permissão extinta, conforme o caso, assegurado o direito a ampla defesa Em atendimento ao Inciso I do Art. 59 da Lei Municipal 9.078/2005, a BHTRANS convocará, para realização de perícia médica com o objetivo de comprovação da deficiência descrita no Laudo Médico apresentado quando da Habilitação, considerando o enquadramento da deficiência em pelo menos uma das normas legais vigentes e, ainda, a capacidade física e mental para o exercício do serviço de transporte profissional de passageiros como condutor A desistência ou o não comparecimento à perícia médica ou a não aprovação do Licitante com Deficiência pelo perito implica a inabilitação deste Licitante. 4. DAS NORMAS GERAIS DE EXECUÇÃO DO SERVIÇO 4.1. O STSP será prestado em itinerários organizados na forma de linhas operadas pelo Consórcio de Permissionários selecionados mediante processo licitatório, bem como pelos Condutores Auxiliares, Agentes de Bordo e Agentes de Linha a eles vinculados, obedecendo aos critérios de qualidade, segurança, continuidade, regularidade, eficiência, generalidade, atualidade e modicidade das tarifas O serviço será operado em Linhas compostas por itinerário, frota, operadores, quadro de horários, tarifa, ponto de controle próprios todos definidos pela BHTRANS É função precípua do Permissionário a prestação direta do serviço, cabendo ao seu Condutor Auxiliar complementar e dar continuidade ao seu trabalho Em face das necessidades dos serviços ou devido a razões de interesse público, a BHTRANS poderá determinar a criação, extinção ou fusão de linhas, alteração de itinerários, de quadro de horários, mudança de veículo de linha, mudança da linha de operação da permissão ou quaisquer outros aspectos operacionais, respeitados os critérios de classificação previstos neste certame e as disposições do Regulamento do Serviço Público de Transporte Coletivo Suplementar de Passageiros do Município de Belo Horizonte. Página 3 de 110

4 4.5. Respeitado o processo licitatório, cada Permissionário deterá uma única Permissão, à qual será vinculado um único veículo Os veículos a serem incluídos no Sistema por meio desta licitação deverão ser licenciados no Município de Belo Horizonte, na categoria Aluguel Os Permissionários, os Condutores Auxiliares, os Agentes de bordo e os Agentes de Linha serão cadastrados na BHTRANS para a operação no Sistema Serão cobrados dos Operadores os valores de remuneração dos serviços prestados pela BHTRANS, conforme definido no Regulamento, Anexo IV Os usuários do Serviço Suplementar deverão ter ampla facilidade de acessibilidade espacial e, para tanto, todas as linhas do Serviço Suplementar poderão ser integradas tarifariamente entre si, por meio de integração temporal, podendo também haver integração com os outros modos e serviços de transporte do Município e Região Metropolitana A BHTRANS regulamentará os parâmetros de integração e os complementos tarifários para cada par de integração. 5. DO PRAZO 5.1. O prazo de vigência das Permissões delegadas por meio desta Concorrência Pública é de 13 (treze) anos, contado a partir da data da homologação desta licitação, sendo este prazo o referencial máximo para a prestação do STSP, não garantindo para o Permissionário direito a indenização em caso de extinção da Permissão. 6. DA VIGÊNCIA DAS PERMISSÕES 6.1. O prazo de vigência das Permissões delegadas por meio desta Concorrência Pública é de 13 (treze) anos, contados a partir da data de início da operação dos serviços, sendo este prazo o referencial máximo para a prestação do STSP, não garantindo para o Permissionário direito a indenização em caso de extinção da Permissão. 7. DO VALOR DA OUTORGA 7.1. O valor fixado para esta licitação, cujo objeto é a prestação do STSP, é de R$ ,00 (cinquenta mil reais) por Permissão, pelo período de vigência de 13 (treze) anos, sendo devido o pagamento adicional, proporcional e atualizado do valor, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) ou outro oficial que o substitua, em caso de prorrogação da Permissão até a data indicada no subitem anterior O pagamento da importância fixada poderá ser efetuado em até 24 (vinte e quatro) parcelas iguais e mensais, devendo o primeiro pagamento ser realizado no ato de assinatura do Termo de Permissão e os demais no mesmo dia dos meses subsequentes ao início da operação dos serviços, sob pena de extinção da Permissão Em caso de extinção da Permissão, o valor pago pela mesma não será devolvido pela BHTRANS. 8. CONDIÇÕES PARA APRESENTAÇÃO E JULGAMENTO DA PROPOSTA TÉCNICA 8.1. Os Licitantes serão classificados em conformidade com a pontuação que lhes será distribuída cumulativamente diante da Proposta Técnica apresentada e dos respectivos documentos comprobatórios Comprovante de tempo de experiência (em anos completos 365 dias) como condutor de transporte coletivo urbano e/ou de caráter urbano (serviço de transporte coletivo entre municípios que tenham contiguidade nos seus perímetros), em veículos com lotação igual ou superior a 22 pessoas, por meio de cópia autenticada da Carteira de Trabalho devidamente acompanhada da respectiva certidão de inscrição emitida pelo INSS, ou certidão/declaração da autoridade pública responsável pela gestão do Transporte, que será pontuado conforme tabela abaixo: Página 4 de 110

5 Tempo de Experiência como Condutor (anos) Até 2 anos Entre 2 e 3 anos Entre 3 e 4 anos Entre 4 e 5 anos Entre 5 e 6 anos Acima de 6 anos Pontuação 0 pontos 1,0 pontos 1,5 pontos 2,0 pontos 2,5 pontos 3,0 pontos 8.3. Compromisso de apresentação de Certificado de Registro do Veículo (CRV) ou arrendamento em nome do Licitante ou, ainda, de empresa individual em seu nome, constituída para este fim, referente a veículo licenciado no Município de Belo Horizonte na categoria aluguel, que será pontuado conforme tabela abaixo: Idade do Veículo (anos) Até 3 anos Entre 3 e 4 Entre 4 e 5 Acima de 5 Pontuação 3 pontos 2 pontos 1 pontos 0 pontos 8.4. Pontuação no prontuário da CNH do Licitante, referente aos 12 (doze) meses anteriores contados da data de emissão do documento descrito no subitem Este item será pontuado negativamente, conforme abaixo: Com cometimento de infração grave ou gravíssima nos últimos 12 (doze) meses. Pontuação: 1,0 (um) ponto negativo, descontados da pontuação total do Licitante neste certame. OU Sem cometimento de infração grave ou gravíssima nos últimos 12 (doze) meses. Pontuação: 0 (zero) ponto Termo de Compromisso de substituição do veículo, quando do vencimento da vida útil, por veículo homologado pela BHTRANS como de baixa emissão de poluentes ou de baixo impacto ambiental A homologação de veículo dependerá de estudos de viabilidade econômicofinanceira 8.6. Declaração e comprovação da disponibilidade de imóvel destinado à instalação de garagem(ns) para execução dos SERVIÇOS pelo período de vigência do Termo de Permissão, observados os requisitos mínimos fixados neste Termo de Referência Se duas ou mais propostas em absoluta igualdade ficarem empatadas, a classificação se fará, pelo licitante que obtiver maior número de pontos para o item Tempo de Experiência como Condutor. Página 5 de 110

6 Permanecendo o empate, a classificação será obrigatoriamente decidida por sorteio, em ato público Ao apresentar a Proposta Técnica o Licitante automaticamente também declara: Comprometerse a cumprir as condições prestadas, sob pena de desclassificação ou extinção da permissão, caso venha a ser convocado para prestar o Serviço Público de Transporte Coletivo Suplementar de Passageiros do Município de Belo Horizonte, durante o prazo da prestação do serviço indicado no Edital; Conhecer e atender todos os requisitos para participação na licitação, conforme o Edital; Ter pleno conhecimento e concordância com as condições previstas para a execução dos serviços referentes ao objeto licitado e que utilizará veículos com os equipamentos definidos em Regulamento como necessários para a perfeita execução dos serviços; Que manterá, durante toda a execução do serviço delegado por meio do Termo de Permissão, as condições de habilitação e qualificação exigidas; Que mantém válida a proposta pelo prazo de 2 (dois) anos Que se compromete, caso convocado para a assinatura do Termo de Permissão, ao pagamento do valor de R$ ,00 (cinquenta reais), em até 24 (vinte e quatro) parcelas mensais iguais, fixado por Permissão; 8.9. Os documentos comprobatórios a serem apresentados são os seguintes: Comprovante de pontuação no prontuário da CNH do Licitante, nos termos da Consulta Pontuação do Condutor ou equivalente, emitido pelo DETRAN ou obtido pelo site deste órgão na internet, entre a data da publicação do Edital e a datalimite para entrega da proposta e referente aos 12 (doze) meses anteriores contados da data de emissão do documento. Em sendo positiva a pontuação do prontuário, este documento deverá discriminar a(s) infração(ões) cometida(s); CNH categoria D ou E, dentro do prazo de validade, constando no campo Observações a expressão Exerce atividade remunerada ou equivalente (cópia autenticada) Laudo Médico, emitido após a data de publicação do Edital (somente para os Licitantes que optarem por concorrer na reserva de Vagas para Pessoas com Deficiência), com nome do médico e número de inscrição no CRM legíveis, indicando o nome completo e o número do CPF do Licitante, a espécie e o grau ou o nível de deficiência de que é portador, com expressa referência ao Código Internacional de Doença CID, nos termos da Lei Federal nº 7.853/1989, do Decreto Federal nº 3.298/1999 e da Lei Municipal nº 9.078/2005, atestando, ainda, que o Licitante possui capacidade física e mental para o exercício do serviço de transporte profissional de passageiros como condutor (original ou cópia autenticada); Atestado Médico de sanidade física e mental, emitido após a data da publicação do Edital (somente para os Licitantes nãodeficientes), com nome do médico e número de inscrição no CRM legíveis, indicando capacidade para o exercício do serviço com segurança de transporte profissional de passageiros como condutor (original ou cópia autenticada); Comprovante de Situação Cadastral no CPF, que ateste sua regularidade, emitido pelo site da Receita Federal do Brasil ou obtida presencialmente no Órgão (original ou cópia autenticada); Página 6 de 110

7 Prova de regularidade com a Fazenda Federal, a ser produzida mediante a apresentação das certidões negativas, ou positivas com efeito de negativas, consubstanciadas na CND Certidão Negativa de Débito, emitida pelo site da Receita Federal do Brasil ou obtida presencialmente no Órgão (original ou cópia autenticada); Prova de regularidade para com a Fazenda Estadual do domicílio do Licitante, emitida pelo site do Órgão ou obtida presencialmente no Órgão (original ou cópia autenticada); Prova de regularidade para com a Fazenda Municipal do domicílio do Licitante, emitida pelo site do Órgão ou obtida presencialmente no Órgão (original ou cópia autenticada). 9. DO CONSÓRCIO DE PERMISSIONÁRIOS 9.1. O Permissionário obrigase a constituir, em conjunto com os demais Permissionários, até o início da prestação dos Serviços, o Consórcio de Permissionários que terá, necessariamente, as seguintes incumbências: Criação, coordenação, controle e execução da Câmara de Compensação de Resultados Constituição do FGE Fundo Garantidor do Equilíbrio Econômico Financeiro; Contratação do Administrador do FGE; Contratação do Agente de Liquidação; Implantação e operação do SITBusSup O ato de constituição do Consórcio de Permissionário deverá conter, pelo menos, as seguintes normas, sem prejuízo de outras estabelecidas pelo Regulamento dos Serviços e pela vontade das partes: Regras para repartição das receitas das tarifas, alternativas, complementares, acessórias ou de projetos associados que, pela sua natureza, decorram de atividades desenvolvidas direta ou indiretamente pelo Consórcio de Permissionários; Indicação de um Permissionário líder que necessariamente represente o Consórcio de Permissionários perante à BHTRANS, com poderes expressos para dar quitação, transigir, firmar ou modificar acordos e dispor ou renunciar a direitos; Responsabilidade solidária entre os Permissionários perante à BHTRANS e os Usuários; Anuência quanto a submissão aos procedimentos de fiscalização e auditoria a serem realizados pela BHTRANS Dever de manter a BHTRANS permanentemente informada a respeito seus fornecedores. 10. DA REMUNERAÇÃO E VIABILIDADE ECONÔMICA DO SERVIÇO O STSP será remunerado pela receita arrecadada por meio da cobrança da tarifa dos Usuários pagantes, bem como por outras fontes de receita autorizadas e regulamentadas pela BHTRANS Será observado o direito às gratuidades e descontos previstos na legislação e no Anexo IV Regulamento dos Serviços A BHTRANS determinará a política tarifária a ser implantada no Serviço de Transporte Suplementar da BHTRANS, inclusive o valor das tarifas do Sistema Suplementar conforme descrito no Anexo III As tarifas apresentadas no Anexo I, são reconhecidas pelos Licitantes como referencial para a adequada remuneração pela prestação do serviço objeto da presente licitação A tarifa, os critérios e a periodicidade de sua atualização serão estabelecidos pela BHTRANS, de conformidade com a política tarifária, observadas as normas legais e regulamentares pertinentes a respeito do equilíbrio econômicofinanceiro do Termo de Permissão. 11. DO IQO ÍNDICE DE QUALIDADE OPERACIONAL IQO: O Índice de Qualidade Operacional dos Permissionários é um índice apurado pela BHTRANS, e que leva em consideração os seguintes fatores: Autuações e notificações; Índice de reprovação na vistoria; Cumprimento das viagens especificadas; Reclamações dos usuários. Página 7 de 110

8 11.2. A remuneração pelo IQO se faz por permissionário com base no IQO dos últimos três meses e a sua comparação com o IQO médio do sistema nos últimos três meses O método para cálculo do IQO está descrito no Anexo V. 12. DO FUNDO GARANTIDOR DO EQUILÍBRIO ECONÔMICO FINANCEIRO FGE O FGE deverá seguir as regras estabelecidas no presente instrumento, sem prejuízo de outras avençadas pelos Permissionários que não se mostrem contraditórias com o aqui fixado Toda e qualquer regra destinada ao funcionamento, gestão e acionamento do FGE deverá ser aprovada por decisão unânime dos Permissionários e da BHTRANS Os Permissionários remeterão cópia de todos os atos de constituição, alteração, administração e prestação de contas do FGE para a BHTRANS que os tornarão públicos, ressalvados os dados protegidos pelo sigilo bancário As regras a respeito da assembleia geral do FGE deverão prever obrigatoriamente a participação de representantes da BHTRANS e de quem este eventualmente indicar O FGE terá natureza privada e patrimônio próprio separado do patrimônio dos quotistas O FGE não responderá pelas obrigações de seus quotistas, ressalvado o disposto na subcláusula Serão quotistas do FGE apenas os Permissionários O patrimônio do FGE será formado pelo aporte do montante de 1% (um por cento) do valor da Receita Operacional Bruta obtida pelos Permissionários por meio da exploração do Serviço, a partir do 7º mês de operação, bem como pelo resultado da aplicação desses valores no mercado financeiro As transferências serão realizadas de modo a se individualizar a contribuição de cada Permissionário para o FGE A transferência ao FGE deverá ser efetuado até o quinto dia útil do mês seguinte ao mês de apuração da receita, por meio de repasse a ser efetuado pelo Agente de Liquidação e, se necessário, diretamente pelos Permissionários O valor unitário inicial das quotas será determinado pela assembleia geral do FGE A cada aporte realizado pelos Permissionários o FGE anotará o acréscimo de quotas cujo valor total encontrase reservado para utilização nos termos do presente Termo de Permissão Todos os rendimentos ou perdas financeiras dos valores aportados no FGE, bem como seus custos de administração serão considerados proporcionalmente para a determinação do valor unitário atualizado das quotas Salvo a hipótese prevista na subcláusula 10.9, os valores aportados no FGE e seus respectivos rendimentos somente serão sacados pelas Permissionários com a extinção da Permissão, após a liquidação de todas suas obrigações, inclusive eventuais indenizações, perante a BHTRANS, observada a proporcionalidade de quotas remanescente Os recursos do FGE serão destinados única e exclusivamente ao pagamento de indenizações devidas ou tituladas pelo Permissionário ou pela BHTRANS em razão da Revisão do Termos de Permissão ou de sua extinção Na execução da Revisão do Termos de Permissão, por meio da utilização dos recursos do FGE, poderão ser utilizados valores superiores aos correspondentes às quotas integralizadas pela Permissionário credora ou devedora da respectiva indenização Os valores decorrentes da execução da Revisão do Termos de Permissão serão deduzidos do montante geral dos recursos do fundo As quotas de cada Permissionário serão proporcionalmente reduzidas em função da dedução de que trata a subcláusula anterior O FGE será administrado, gerido e representado, judicial e extrajudicialmente, pelo Administrador do FGE Competirá ao Administrador do FGE, sem prejuízo de outras atribuições que se mostrarem necessárias ao desenvolvimento de suas funções, desde que compatíveis com o presente Termo de Permissão: Administrar os ativos do FGE; Manter custodiados os recursos do FGE; Página 8 de 110

9 Concretizar a política de investimentos fixada pela assembleia geral do FGE, zelando pela segurança do capital investido, maximização de sua rentabilidade e liquidez; Representar o FGE, ativa ou passivamente, judicial ou extrajudicialmente; Processar o pagamento de indenizações fruto da Revisão dos Termos Permissão, desde que: Deferido pela BHTRANS, no caso de reequilíbrio em favor de Permissionário; Determinado pela BHTRANS, em decisão definitiva, motivada e precedida do exercício do direito de defesa pela Permissão, no caso de reequilíbrio em favor da BHTRANS; Obrigado por decisão judicial A remuneração do Administrador do FGE pelos serviços de administração e gestão do FGE será paga pelo Consórcio de Permissionários, não existindo qualquer obrigação de pagamento pelo A BHTRANS A remuneração do Administrador do FGE poderá se dar por qualquer modalidade legalmente aceita, inclusive por meio da compensação de seu montante em eventuais ganhos financeiros gerados pelos recebimentos do FGE Com exceção da remuneração de que trata a subcláusula anterior, será vedado ao Administrador do FGE, bem assim às suas controladas, coligadas e fundos por elas geridos, receber qualquer vantagem ou benefício direto ou indireto, relacionado às atividades do FGE A formalização do contrato entre o Consórcio de Permissionários e o Agente de Liquidação e de eventuais aditivos dependerá da aprovação prévia da BHTRANS e de quem este eventualmente indicar, os quais figurarão como intervenientes e anuentes da avença, podendo fiscalizar as ações de todos os envolvidos O prazo de duração do FGE será o mesmo do presente Termo de Permissão A natureza e as finalidades do FGE não poderão ser alteradas e as normas referentes à sua organização e funcionamento constantes do presente Termo de Permissão não poderão ser contrariadas pela sua posterior regulamentação. 13. DA(S) GARAGEM(NS) Os Permissionários, associados no Consórcio de Permissionários, deverão disponibilizar uma ou mais estruturas de garagem com: Pátio de estocagem; Áreas de manutenção e lavagem de veículos; Almoxarifados; Áreas de circulação; Escritórios; A(s) garagem(ns) deverão apresentar: Condições mínimas de segurança dos pisos, Condições de conforto para os empregados nas áreas de trabalho; refeitórios, vestiários e instalações sanitárias; Tratamento adequado de modo a conter propagação de ruídos, gases e dejetos para áreas circunvizinhas; Espaços adequados para manutenção da frota de veículos, com valas nas dimensões apropriadas, iluminação e acabamento que garantam a segurança dos empregados; Estrutura e equipamentos adequados para manutenção, lavagem e abastecimento da frota de veículos Interligação com sistema de coleta e transmissão de dados em conformidade com o regulamento do SITBusSup O Permissionário obrigase a disponibilizar, em conjunto com os demais Permissionários, a(s) estrutura de garagem(ns) em até 12(doze) meses após o início da prestação dos SERVIÇOS. 14. DA FROTA RESERVA Os Permissionários, associados no Consórcio de Permissionários, deverão disponibilizar como Frota Reserva, um número de veículos vinculados às permissões do Sistema delegadas pela Página 9 de 110

10 BHTRANS, igual à 5% da frota, destinados a permitir a realização de serviços de manutenção programada e substituição temporária de veículos da frota, garantindo a continuidade e previsibilidade do serviço A frota reserva deverá ser disponibilizada de acordo com a escala abaixo: veículos a partir do 6º mês veículos a partir do 12º mês veículos a partir do 18º mês Os veículos da frota reserva poderão ter idade até 03 anos, apurada quando da disponibilização da frota conforme previsto no Regulamento O Permissionário obrigase a disponibilizar, em conjunto com os demais Permissionários, a frota reserva em até 6(seis) meses após o início da prestação dos SERVIÇOS. 15. DA ESPECIFICAÇÃO DO VEÍCULO O Veículo a ser utilizado na prestação do STSP deverá atender ao disposto no Regulamento, no Manual de Identidade Visual e no Padrão Técnico dos Veículos descritos no Anexo IV. 16. DO SITBusSUP SISTEMA INTELIGENTE DE TRANSPORTE DO SUPLEMENTAR O Sistema adotará o SITBusSUP Sistema Inteligente de Transporte do Suplementar, conforme descrito no Anexo VI. Belo Horizonte, 27 de janeiro de Página 10 de 110

11 1. REDE DE LINHAS ANEXO I REDES E SERVIÇOS Página 11 de 110

12 2. TABELA DE LINHAS POR REDES DE SERVIÇO LINHAS REDE 1 S11 CRUZEIRO / GUTIERREZ S20 PALMEIRAS / SERRA S22 BURITIS / METRÔ CALAFATE S31 PETRÓPOLIS / BAIRRO DAS INDÚSTRIAS S32 ITAIPÚ / CARDOSO S33 LINDÉIA / MILIONÁRIOS S41 CONJUNTO CALIFÓRNIA / PRADO LINHAS REDE 2 S21 DOM CABRAL / BH SHOPPING S51 CIRCULAR PAMPULHA S54 DOM BOSCO / SHOPPING DEL REY S58 EST. PONTO SÃO JOSÉ/EST. VILARINHO S70 CONJUNTO FELICIDADE / SHOPPING DEL REY LINHAS REDE 3 S60 CIRCULAR VENDA NOVA S61 LANDI / ESTAÇÃO VILARINHO S63 CIRCULAR VENDA NOVA S64 CIRCULAR VENDA NOVA S65 SÃO BERNARDO / MINAS CAIXA S66 TUPI / EUROPA LINHAS REDE 4 S50 CAIÇARA / UFMG / CIDADE NOVA S53 CONFISCO / SÃO GABRIEL S55 SANTA MÔNICA / MINAS SHOPPING S81 CIRCULAR NORDESTE S82 CIRCULAR NORDESTE S85 MINAS SHOPPING / SANTA INÊS S92 ESPLANADA / BURITIS Página 12 de 110

13 3. LINHAS ATUAIS 3.1. ITINERÁRIOS LINHAS ATUAIS LINHA FROTA TARIFA S ,10 S ,10 S22 6 3,10 S ,20 S32 9 2,20 S ,20 S41 8 3,10 S ,10 S ,10 S ,10 S ,10 S ,10 S60 9 2,20 S ,20 S ,20 S ,20 S65 9 3,10 S ,10 S ,10 S81 8 3,10 S82 7 3,10 S85 6 2,20 TOTAL 271 S20 PALMEIRAS/SERRA SubLinha: 1 PRINCIPAL RUA SENHORA DO PORTO (PC), RUA OPHIL RIBEIRO, RUA DONA LUCI, AV. DOM JOAO VI, AV. AGGEO PIO SOBRINHO, AV. PROFESSOR MARIO WERNECK, RUA JOSE RODRIGUES PEREIRA, AV. RAJA GABAGLIA, PCA CARLOS DRUMOND DE ANDRADE, AV. PROFESSOR SYLVIO DE VASCONCELLOS, RUA FERNANDO FRANCA CAMPOS, RUA DESEMBARGADOR MELLO JUNIOR, RUA CONSUL ROBERT LEVY, RUA PROFESSOR JOSE RENAULT, AV. CONSUL ANTONIO CADAR, AV. ARTUR BERNARDES, AV. PRUDENTE DE MORAIS, RUA BARAO DE MACAUBAS, RUA PAULO AFONSO, RUA MANGABEIRA, RUA SAO JOAO EVANGELISTA, RUA LEOPOLDINA, RUA BENVINDA DE CARVALHO, RUA OVIDIO ANDRADE, RUA VICOSA, RUA MAJOR LOPES, RUA LAVRAS, RUA PADRE SEVERINO, RUA CRISTINA, RUA DO URUGUAI, RUA REPUBLICA ARGENTINA, RUA MONTEVIDEU, RUA CHILE, RUA PIUMI, RUA PASSA TEMPO, RUA MONTES CLAROS, RUA JORNALISTA JAIR SILVA, RUA CABO VERDE, RUA MESTRE LUCAS, AV. AFONSO PENA, RUA MUZAMBINHO, RUA PROFESSOR ESTEVAO PINTO, RUA CARACA, RUA DO OURO, AV. DOS BANDEIRANTES, RUA DO URUGUAI, RUA MAJOR LOPES, PCA DOM SILVERIO, RUA LAVRAS, RUA SAO ROMAO, RUA LEOPOLDINA, RUA CONGONHAS, RUA MAR DE ESPANHA, RUA NUNES VIEIRA, RUA CONSELHEIRO QUINTILIANO SILVA, RUA JOAQUIM MURTINHO, AV. PRUDENTE DE MORAIS, AV. ARTUR BERNARDES, AV. PROFESSOR CANDIDO HOLANDA, PCA CARMO COURI, RUA JORNALISTA MOACYR ANDRADE, PCA DA IMPRENSA, RUA PROFESSOR JOSE RENAULT, RUA CONSUL ROBERT LEVY, RUA DESEMBARGADOR MELLO JUNIOR, RUA FERNANDO FRANCA CAMPOS, AV. PROFESSOR SYLVIO DE VASCONCELLOS, PCA CARLOS DRUMOND DE ANDRADE, AV. RAJA GABAGLIA, RUA JOSE RODRIGUES PEREIRA, AV. ENGENHEIRO CARLOS GOULART, Página 13 de 110

14 AV. PROFESSOR MARIO WERNECK, AV. AGGEO PIO SOBRINHO, AV. DOM JOAO VI, PCA SEBASTIAO ALVES COSTA (PRACA DAS PALMEIRAS), RUA SENHORA DO PORTO (PC) SubLinha: 2 PALMEIRAS ATE AV. URUGUAI RUA SENHORA DO PORTO (PC), RUA OPHIL RIBEIRO, RUA DONA LUCI, AV. DOM JOAO VI, AV. AGGEO PIO SOBRINHO, AV. PROFESSOR MARIO WERNECK, RUA JOSE RODRIGUES PEREIRA, AV. RAJA GABAGLIA, PCA CARLOS DRUMOND DE ANDRADE, AV. PROFESSOR SYLVIO DE VASCONCELLOS, RUA FERNANDO FRANCA CAMPOS, RUA DESEMBARGADOR MELLO JUNIOR, RUA CONSUL ROBERT LEVY, RUA PROFESSOR JOSE RENAULT, AV. CONSUL ANTONIO CADAR, AV. ARTUR BERNARDES, AV. PRUDENTE DE MORAIS, RUA BARAO DE MACAUBAS, RUA PAULO AFONSO, RUA MANGABEIRA, RUA SAO JOAO EVANGELISTA, RUA LEOPOLDINA, RUA BENVINDA DE CARVALHO, RUA OVIDIO ANDRADE, RUA VICOSA, RUA MAJOR LOPES, RUA LAVRAS, RUA PADRE SEVERINO, RUA CRISTINA, RUA DO URUGUAI, RUA REPUBLICA ARGENTINA, RUA MONTEVIDEU, RUA CHILE, RUA PIUMI, RUA PASSA TEMPO, RUA MONTES CLAROS, RUA JORNALISTA JAIR SILVA, RUA CABO VERDE, RUA MESTRE LUCAS, AV. AFONSO PENA, RUA MUZAMBINHO, RUA PROFESSOR ESTEVAO PINTO, RUA CARACA, RUA DO OURO, AV. DOS BANDEIRANTES, RUA DO URUGUAI (ENCERRA VIAGEM NO. 281) S21 DOM CABRAL/BH SHOPPING AV. TRINTA E UM DE MARCO (PC), TRV JULIA, RUA IMBIACA, RUA IBIRAPETINGA, RUA UBIRATA, AV. TRINTA E UM DE MARCO, AV. DOM JOSE GASPAR, RUA DOM JOAO PIMENTA, RUA DOM LUCIO ANTUNES, RUA CORACAO EUCARISTICO DE JESUS, AV. PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK, RUA CONDE PEREIRA CARNEIRO, AV. AMAZONAS, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA LINDOLFO DE AZEVEDO, RUA JACAREPAGUA, AV. BARAO HOMEM DE MELO, AV. SILVA LOBO, RUA DANTAS, RUA MARECHAL JOFRE, RUA OSCAR TROMPOWSKY, RUA TIBIRICA, AV. BARAO HOMEM DE MELO, AV. RAJA GABAGLIA, EST PARA NOVA LIMA, ROD BR TREZENTOS E CINQUENTA E SEIS, TRE DO BH SHOPPING, AV. RAJA GABAGLIA, AV. BARAO HOMEM DE MELO, RUA CONSELHEIRO JOAQUIM CAETANO, RUA PARAOQUENA, RUA TIBIRICA, RUA BELFORT ROXO, RUA GARRET, AV. SILVA LOBO, RUA ANDRE FERNANDES, RUA VIRGOLANDIA, RUA ARAMIRIM, AV. SILVA LOBO, AV. BARAO HOMEM DE MELO, RUA BOTUROBI, RUA GAVEA, RUA INDIANA, RUA JOAQUIM NABUCO, RUA JAVA, RUA OLINDA, RUA ARACATI, RUA TOBIAS BARRETO, AV. AMAZONAS, RUA CONDE PEREIRA CARNEIRO, RUA PADRE PEDRO EVANGELISTA, RUA DOM JOAQUIM SILVERIO, RUA CORACAO EUCARISTICO DE JESUS, AV. DOM JOSE GASPAR, AV. TRINTA E UM DE MARCO (PC) S22 BURITIS/METRÔ CALAFATE SubLinha: 1 PRINCIPAL PC: 1 AV. GUARATAN (PC N.1049 EST.CALAFATE), RUA SALVADOR PILO, RUA PLATINA, RUA CAMPOS SALES, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA DARCY VARGAS, RUA LAGOA DA PRATA, RUA CAMPO FORMOSO, RUA URSULA PAULINO, RUA ALAIR PEREIRA DE MELLO, RUA TIMOR, RUA SAMBEM, RUA ALAIR PEREIRA DE MELLO, RUA EMILIA ALVES DO VALE, RUA ANTONIO MARTINS DE SOUZA, RUA AUGUSTO JOSE DOS SANTOS, RUA SENHORA DO PORTO, AV. DOM JOAO VI, AV. RAUL MOURAO GUIMARAES, RUA FRANCISCO MANOEL DA SILVA, RUA LUIZ COSME, RUA DEPUTADO SEBASTIAO NASCIMENTO, AV. COSTA DO MARFIM, RUA GEORGIA, RUA PAULO DINIZ CARNEIRO, RUA HEITOR MENIN, RUA PAULO PIEDADE CAMPOS, AV. PROFESSOR MARIO WERNECK, AV. AGGEO PIO SOBRINHO, AV. DOM JOAO VI, RUA SENHORA DO PORTO, RUA AUGUSTO JOSE DOS SANTOS, RUA URSULA PAULINO, RUA CAMPO FORMOSO, RUA LAGOA DA PRATA, RUA DARCY VARGAS, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA JAVA, RUA OLINDA, RUA ARACATI, RUA TOBIAS BARRETO, RUA CAMPOS SALES, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA PLATINA, RUA SALVADOR PILO, AV. GUARATAN (PC) SubLinha: 2 PARTIDAS DA AV. RAUL MOURÃO GUIMARÃES PC: 2 AV. RAUL MOURAO GUIMARAES (PC N.590), RUA FRANCISCO MANOEL DA SILVA, RUA LUIZ COSME, RUA DEPUTADO SEBASTIAO NASCIMENTO, AV. COSTA DO MARFIM, RUA GEORGIA, RUA PAULO DINIZ CARNEIRO, RUA HEITOR MENIN, RUA PAULO PIEDADE CAMPOS, AV. Página 14 de 110

15 PROFESSOR MARIO WERNECK, AV. AGGEO PIO SOBRINHO, AV. DOM JOAO VI, RUA SENHORA DO PORTO, RUA AUGUSTO JOSE DOS SANTOS, RUA URSULA PAULINO, RUA CAMPO FORMOSO, RUA LAGOA DA PRATA, RUA DARCY VARGAS, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA JAVA, RUA OLINDA, RUA ARACATI, RUA TOBIAS BARRETO, RUA CAMPOS SALES, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA PLATINA, RUA SALVADOR PILO, AV. GUARATAN (PC) SubLinha: 3 ESTAÇÃO CALAFATE ATÉ AV. DOM JOÃO VI PC: 1 AV. GUARATAN (PC N.1049 EST.CALAFATE), RUA SALVADOR PILO, RUA PLATINA, RUA CAMPOS SALES, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA DARCY VARGAS, RUA LAGOA DA PRATA, RUA CAMPO FORMOSO, RUA URSULA PAULINO, RUA ALAIR PEREIRA DE MELLO, RUA TIMOR, RUA SAMBEM, RUA ALAIR PEREIRA DE MELLO, RUA EMILIA ALVES DO VALE, RUA ANTONIO MARTINS DE SOUZA, RUA AUGUSTO JOSE DOS SANTOS, RUA SENHORA DO PORTO, AV. DOM JOAO VI, AV. RAUL MOURAO GUIMARAES, RUA FRANCISCO MANOEL DA SILVA, RUA LUIZ COSME, RUA DEPUTADO SEBASTIAO NASCIMENTO, AV. COSTA DO MARFIM, RUA GEORGIA, RUA PAULO DINIZ CARNEIRO, RUA HEITOR MENIN, RUA PAULO PIEDADE CAMPOS, AV. PROFESSOR MARIO WERNECK, AV. AGGEO PIO SOBRINHO, AV. DOM JOAO VI (PC N.1509) S31 PETRÓPOLIS/BAIRRO DAS INDÚSTRIAS RUA C (PC), RUA ALFEU GONCALVES QUEIROGA, RUA VEREADOR ANTONIO MENEZES, RUA FONTE DE AGUAS, RUA DAS AGUAS, RUA CHAFARIZ, RUA VEREADOR ANTONIO MENEZES, RUA HERMINIO FERREIRA PINTO, RUA DAS AGUAS, RUA ELAINE CRISTINA DA SILVA, RUA SILVESTRE TEODORO DE SOUZA, RUA DUZENTOS E OITENTA E UM, RUA DUZENTOS E OITENTA E CINCO, RUA DOUTOR FRANCISCO SILVEIRA, RUA SANTA TEREZA DE AVILA, RUA E, AVE PERIMETRAL, AVE WALDYR SOEIRO EMRICH, AVE SENADOR LEVINDO COELHO, AVE NELIO CERQUEIRA, RUA ANTONIO EUSTAQUIO PIAZZA, AVE AFONSO VAZ DE MELO, AVE SINFRONIO BROCHADO, AVE OLINTO MEIRELES, (retorno sob o viaduto), AVE SINFRONIO BROCHADO, AVE VISCONDE DE IBITURUNA, AVE AFONSO VAZ DE MELO, RUA CABO VALERIO SANTOS, AVE DO CANAL, AVE AFONSO VAZ DE MELO, RUA ANTONIO EUSTAQUIO PIAZZA, AVE NELIO CERQUEIRA, PCA DEPUTADO JOSE RAIMUNDO, AVE SENADOR LEVINDO COELHO, AVE WALDYR SOEIRO EMRICH, AVE PERIMETRAL, RUA E, RUA SANTA TEREZA DE AVILA, RUA DOUTOR FRANCISCO SILVEIRA, RUA DUZENTOS E OITENTA E CINCO, RUA DUZENTOS E OITENTA E UM, RUA SILVESTRE TEODORO DE SOUZA, RUA ELAINE CRISTINA DA SILVA, RUA DAS AGUAS, RUA HERMINIO FERREIRA PINTO, RUA VEREADOR ANTONIO MENEZES, RUA FONTE DE AGUAS, RUA DAS AGUAS, RUA CHAFARIZ, RUA VEREADOR ANTONIO MENEZES, RUA ALFEU GONCALVES QUEIROGA, RUA C (PC) S32 ITAIPU/CARDOSO SubLinha: 1 PRINCIPAL PC: 1 RUA VINHEDO (PC), RUA TRES, RUA AFEGANISTAO, NIGERIA, RUA ACUCENA, RUA DONA IRACEMA, RUA SERGIO NAPOLES FONSECA, RUA SABINO JOSE FERREIRA, RUA PEDRO FIRMINO DE OLIVEIRA (ANTIGA RUA S), RUA FRANCISCO JONAS SANTANA, RUA BRAULIO GOMES NOGUEIRA, RUA LICINIO PORTO, RUA ARISTIDES FERREIRA DE CASTRO, RUA DIRAMIR LOUREIRO, RUA JOSE MOREIRA, RUA ANTONIO ABRANTES FORTUNA, RUA SEBASTIAO MOREIRA, PCA DEPUTADO JOSE RAIMUNDO, AV. NELIO CERQUEIRA, RUA ANTONIO EUSTAQUIO PIAZZA, AV. AFONSO VAZ DE MELO, AV. SINFRONIO BROCHADO, AV. OLINTO MEIRELES, PCA JOSE DE ALMEIDA NETTO, AV. OLINTO MEIRELES, RUA JOAQUIM TEIXEIRA DE MORAIS, ALA LOUZAK, RUA ERIDANO, AV. MANOEL SALLES BARBOSA, RUA ITAPETININGA, AV. DEPUTADO ANTONIO LUNARDI, AV. DO FAROL, RUA ULISSES SURETTE, RUA TRES, RUA QUATRO, RUA MAR DO NORTE, AV. WARLEY APARECIDO MARTINS (RETORNO NO CONJ. SOLAR DO RUBI), AV. WARLEY APARECIDO MARTINS (PC NUMERO 566) PC: 2 AV. WARLEY APARECIDO MARTINS (PC NUMERO 566), RUA MAR DO NORTE, RUA QUATRO, RUA TRES, RUA ULISSES SURETTE, AV. DO FAROL, AV. DEPUTADO ANTONIO LUNARDI, RUA ITAPETININGA, AV. MANOEL SALLES BARBOSA, RUA ERIDANO, AV. OLINTO MEIRELES, PCA JOSE DE ALMEIDA NETTO, AV. OLINTO MEIRELES (RETORNO SOB O VIADUTO DO BARREIRO), Página 15 de 110

16 AV. OLINTO MEIRELES, AV. SINFRONIO BROCHADO, AV. VISCONDE DE IBITURUNA, AV. AFONSO VAZ DE MELO, RUA CABO VALERIO SANTOS, AV. DO CANAL, AV. AFONSO VAZ DE MELO, RUA ANTONIO EUSTAQUIO PIAZZA, AV. NELIO CERQUEIRA, PCA DEPUTADO JOSE RAIMUNDO, RUA SEBASTIAO MOREIRA, RUA ANTONIO ABRANTES FORTUNA, RUA JOSE MOREIRA, RUA DIRAMIR LOUREIRO, RUA ARISTIDES FERREIRA DE CASTRO, RUA RUBIO FERREIRA E SOUZA, RUA BRAULIO GOMES NOGUEIRA, RUA SABINO JOSE FERREIRA, RUA SERGIO NAPOLES FONSECA, RUA DONA IRACEMA, RUA ACUCENA, RUA NIGERIA, RUA AFEGANISTAO, RUA TRES, RUA VINHEDO, RUA DA SE, RUA MORUMBI, RUA TABOAO DA SERRA, RUA VINHEDO (PC) S33 LINDÉIA/MILIONÁRIOS SubLinha: 1 PRINCIPAL PC: 1 AV. FLOR DE SEDA (PC), RUA CORONEL DURVAL DE BARROS, RUA GENERAL DURVAL, RUA WILMA DE ANDRADE, RUA CORONEL DURVAL DE BARROS, RUA DONA JUDITH DE MORAIS E BARROS, RUA DOUTOR GERALDO STARLING SOARES, RUA ANTONIO SIMIAO DA COSTA, RUA SEBASTIAO DOS SANTOS, RUA CORONEL ANTONIO PEREIRA DE MATOS, RUA DAS PERPETUAS, RUA MANJERICAO, RUA ADERBAL RODRIGUES VAZ, RUA FABIANO TAYLOR, RUA BRAULIO GOMES NOGUEIRA, RUA ANTONIO EUSTAQUIO PIAZZA, AV. AFONSO VAZ DE MELO, AV. SINFRONIO BROCHADO, AV. OLINTO MEIRELES, PCA JOSE DE ALMEIDA NETTO, AV. OLINTO MEIRELES, RUA JOAQUIM TEIXEIRA DE MORAIS, ALA LOUZAK, RUA ERIDANO, AV. MENELICK DE CARVALHO, RUA INHAMBU, RUA DOUTOR CRISTIANO REZENDE, RUA BETULA, RUA CASTANHEIRO, RUA PITOMBA, RUA PONTA GROSSA, RUA CAETANO PIRRI, PCA NOSSA SENHORA APARECIDA, RUA AMILCAR CABRAL, RUA DONA LUIZA, RUA MARINGA, RUA EDUARDO CARLOS, RUA DOUTOR CRISTIANO REZENDE, AV. MENELICK DE CARVALHO, RUA ERIDANO, AV. OLINTO MEIRELES, PCA JOSE DE ALMEIDA NETTO, AV. OLINTO MEIRELES (RETORNO SOB O VIADUTO DO BARREIRO), AV. OLINTO MEIRELES, AV. SINFRONIO BROCHADO, AV. VISCONDE DE IBITURUNA, AV. AFONSO VAZ DE MELO, RUA ANTONIO EUSTAQUIO PIAZZA, RUA BRAULIO GOMES NOGUEIRA, RUA FABIANO TAYLOR, RUA ADERBAL RODRIGUES VAZ, RUA MANJERICAO, RUA DAS PERPETUAS, RUA CORONEL ANTONIO PEREIRA DE MATOS, RUA DOUTOR GERALDO STARLING SOARES, RUA DONA JUDITH DE MORAIS E BARROS, RUA ANA DE FREITAS, RUA HAMILTON, RUA CORONEL DURVAL DE BARROS, RUA WILMA DE ANDRADE, RUA GENERAL DURVAL, RUA DONA JUDITH DE MORAIS E BARROS, RUA CORONEL DURVAL DE BARROS, AV. FLOR DE SEDA (RETORNO NA PCA AGAPANTO), AV. FLOR DE SEDA (PC) SubLinha: 2 PARTIDAS DA RUA BETULA PC: 2 RUA BETULA (PC), RUA CASTANHEIRO, RUA PITOMBA, RUA PONTA GROSSA, RUA CAETANO PIRRI, PCA NOSSA SENHORA APARECIDA, RUA AMILCAR CABRAL, RUA DONA LUIZA, RUA MARINGA, RUA EDUARDO CARLOS, RUA DOUTOR CRISTIANO REZENDE, AVE MENELICK DE CARVALHO, RUA ERIDANO, AV. OLINTO MEIRELES, PCA JOSE DE ALMEIDA NETTO, AV. OLINTO MEIRELES (RETORNO SOB O VIADUTO DO BARREIRO), AV. OLINTO MEIRELES, AV. SINFRONIO BROCHADO, AV. VISCONDE DE IBITURUNA, AV. AFONSO VAZ DE MELO, RUA ANTONIO EUSTAQUIO PIAZZA, RUA BRAULIO GOMES NOGUEIRA, RUA FABIANO TAYLOR, RUA ADERBAL RODRIGUES VAZ, RUA MANJERICAO, RUA DAS PERPETUAS, RUA CORONEL ANTONIO PEREIRA DE MATOS, RUA DOUTOR GERALDO STARLING SOARES, RUA DONA JUDITH DE MORAIS E BARROS, RUA ANA DE FREITAS, RUA HAMILTON, RUA CORONEL DURVAL DE BARROS, RUA WILMA DE ANDRADE, RUA GENERAL DURVAL, RUA DONA JUDITH DE MORAIS E BARROS, RUA CORONEL DURVAL DE, AV. FLOR DE SEDA (RETORNO NA PCA AGAPANTO), AV. FLOR DE SEDA (PC) S41 CONJUNTO CALIFÓRNIA/PRADO SubLinha: 1 PRINCIPAL RUA PATRICIO BARBOSA (PC), RUA CLEMENTE NASCIMENTO PIRES, RUA JOAQUIM ASSIS RIBEIRO, RUA CELIO CAUTIERO, PCA PRIMEIRO DE OUTUBRO, RUA MARCELO COIMBRA TAVARES, RUA CORONEL ANTONIO SIA, AV. DAS CASTANHOLAS, RUA DOS VIOLINOS, RUA DOS BANDOLINS, RUA DEUSDEDITH DE ASSIS, RUA OSMARIO SOARES, RUA MARIO SOARES, RUA JOAO DE CARVALHO, AV. AVAI, AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, AVE Página 16 de 110

17 IVAI, PCA SAO VICENTE DE PAULO, RUA PARA DE MINAS, RUA PROFESSOR TITO NOVAIS, RUA JACUTINGA, RUA CURUPAITI, RUA ALSACIA, RUA ITAMARATI, RUA LORENA, AV. RESSACA, AV. DOM JOSE GASPAR, RUA CORACAO EUCARISTICO DE JESUS, PCA DA FEDERACAO, AV. PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK, RUA CONDE PEREIRA CARNEIRO, AV. AMAZONAS, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA TOBIAS BARRETO, RUA CAMPOS SALES, RUA DESEMBARGADOR BARCELOS, RUA PLATINA, AV. FRANCISCO SA, AV. AMAZONAS, RUA CONDE PEREIRA CARNEIRO, RUA PADRE PEDRO EVANGELISTA, RUA DOM JOAQUIM SILVERIO, PCA DA FEDERACAO, RUA CORACAO EUCARISTICO DE JESUS, RUA DOM LUCIO ANTUNES, AV. RESSACA, RUA ITAMARATI, RUA ALSACIA, RUA CURUPAITI, RUA PARA DE MINAS, PCA SAO VICENTE DE PAULO, AV. IVAI, RUA MARATAIZES, RUA ITANGUA, AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, AV. AVAI, RUA JOAO DE CARVALHO, RUA MARIO SOARES, RUA OSMARIO SOARES, RUA DEUSDEDITH DE ASSIS, RUA DOS BANDOLINS, RUA DOS OBOES, RUA DOS VIOLONCELOS, RUA DOS SALTERIOS, RUA DOS BANDOLINS, RUA DOS VIOLINOS, AV. DAS CASTANHOLAS, RUA CORONEL ANTONIO SIA, RUA MARCELO COIMBRA TAVARES, PCA PRIMEIRO DE OUTUBRO, RUA CELIO CAUTIERO, RUA JOAQUIM ASSIS RIBEIRO, RUA CLEMENTE NASCIMENTO PIRES, RUA PATRICIO BARBOSA (PC) S50 CAIÇARA/NOVA VISTA VIA UFMG SubLinha: 1 PRINCIPAL PC:1 RUA VILA RICA (PC), RUA FRANCISCO DA VEIGA, RUA HENRIQUE GORCEIX, RUA BELMIRO BRAGA, RUA TIETE, RUA BRAZ BALTAZAR, RUA BARAO DE COROMANDEL, RUA ALABANDINA, RUA RENATO NASCIMENTO, RUA DIMAS GONCALVES DE MEDEIROS, AVE DEL REY, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ (AV. C), AV. ANTONIO ABRAHAO CARAM, RUA AMILCAR VIANNA MARTINS, RUA PROFESSOR BAETA VIANA, RUA PROFESSOR GIORGIO SCHREIBER, RUA REITOR PIRES DE ALBUQUERQUE, RUA PROFESSOR EDMUNDO LINS, RUA DOUTOR FERNANDO DE MELO VIANA, RUA PROFESSOR EDUARDO AFONSO DE MORAIS, AV. MENDES PIMENTEL, AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (PISTA LATERAL), AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (RAMO G TRINCHEIRA), AV. BERNARDO DE VASCONCELOS, AV. CRISTIANO MACHADO, AV. JOSE CANDIDO DA SILVEIRA, RUA ALENCAR FERREIRA DE CARVALHO, RUA MARCELINO FERREIRA, RUA CONTAGEM, RUA MODESTINO GONCALVES, RUA PORTO SEGURO, RUA APRAZIVEL, RUA HONORIO BICALHO, RUA DAS PEREIRAS (PC OPOSTO AO 156) PC: 2 RUA DAS PEREIRAS (PC OPOSTO AO 156), RUA PORTO SEGURO, RUA MODESTINO GONCALVES, RUA CONTAGEM, RUA MANHUACU, RUA VICENTE RISOLA, RUA MARCELINO FERREIRA, RUA CORONEL ALBERTO GOMES, AV. JOSE CANDIDO DA SILVEIRA, AV. CRISTIANO MACHADO (RETORNO NO MINAS SHOPPING), AV. CRISTIANO MACHADO, PCA ANTONIO MACHADO, AV. BERNARDO DE VASCONCELOS (RAMO D), AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (PISTA LATERAL), RUA NORALDINO LIMA, AV. PROFESSOR MAGALHAES PENIDO, VDT JOSE DE ALENCAR, AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (PISTA LATERAL), AV. MENDES PIMENTEL, RUA PROFESSOR EDUARDO AFONSO DE MORAIS, RUA DOUTOR FERNANDO DE MELO VIANA, RUA PROFESSOR EDMUNDO LINS, RUA REITOR PIRES DE ALBUQUERQUE, RUA E, RUA PROFESSOR BAETA VIANA, RUA AMILCAR VIANNA MARTINS, AV. ANTONIO ABRAHAO CARAM, AV. CORONEL OSCAR PASCHOAL, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, AV. DEL REY, PCA COMENDADOR MANOEL SENDAS, RUA ALABANDINA, RUA ENGENHO DE DENTRO, RUA DOUTOR PEDRO PINTO, RUA CISPLATINA, RUA NADIR, RUA ANHANGAI, RUA ROSINHA SIGAUD, RUA BOREAL, RUA HENRIQUE GORCEIX, RUA APOLO, RUA VILA RICA (PC) Extensão: SubLinha: 2 NAO ATENDIMENTO A UFMG PC: 1 RUA VILA RICA (PC), RUA FRANCISCO DA VEIGA, RUA HENRIQUE GORCEIX, RUA BELMIRO BRAGA, RUA TIETE, RUA BRAZ BALTAZAR, RUA BARAO DE COROMANDEL, RUA ALABANDINA, RUA RENATO NASCIMENTO, RUA DIMAS GONCALVES DE MEDEIROS, AVE DEL REY, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ (AV. C), AV. ANTONIO ABRAHAO CARAM, AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (PISTA LATERAL), AVE Página 17 de 110

18 PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (RAMO G TRINCHEIRA), AV. BERNARDO DE VASCONCELOS, AV. CRISTIANO MACHADO, AV. JOSE CANDIDO DA SILVEIRA, RUA ALENCAR FERREIRA DE CARVALHO, RUA MARCELINO FERREIRA, RUA CONTAGEM, RUA MODESTINO GONCALVES, RUA PORTO SEGURO, RUA APRAZIVEL, RUA HONORIO BICALHO, RUA DAS PEREIRAS (PC OPOSTO AO 156) PC: 2 RUA DAS PEREIRAS (PC OPOSTO AO 156), RUA PORTO SEGURO, RUA MODESTINO GONCALVES, RUA CONTAGEM, RUA MANHUACU, RUA VICENTE RISOLA, RUA MARCELINO FERREIRA, RUA CORONEL ALBERTO GOMES, AV. JOSE CANDIDO DA SILVEIRA, AVE CRISTIANO MACHADO (RETORNO NO MINAS SHOPPING), AV. CRISTIANO MACHADO, PCA ANTONIO MACHADO, AV. BERNARDO DE VASCONCELOS (RAMO D), AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (PISTA LATERAL), RUA NORALDINO LIMA, AV. PROFESSOR MAGALHAES PENIDO, VDT JOSE DE ALENCAR, AV. ANTONIO ABRAHAO CARAM, AV. CORONEL OSCAR PASCHOAL, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, AV. DEL REY, PCA COMENDADOR MANOEL SENDAS, RUA ALABANDINA, RUA ENGENHO DE DENTRO, RUA DOUTOR PEDRO PINTO, RUA CISPLATINA, RUA NADIR, RUA ANHANGAI, RUA ROSINHA SIGAUD, RUA BOREAL, RUA HENRIQUE GORCEIX, RUA APOLO, RUA VILA RICA (PC) LINHA S51 CIRCULAR PAMPULHA SUBLINHA PRINCIPAL: RUA ANTÔNIO GIAROLA, 258 (PC), RUA ANTÔNIO JOSÉ DOS SANTOS, RUA ANTÔNIO FERREIRA DE BARROS, RUA PRESIDENTE, RUA JOÃO ZACARIAS DE MIRANDA, RUA FRANCISCO BRETAS BHERING, AV. PORTUGAL, RUA DOS ESTADOS, RUA DAS CANÁRIAS, RUA AUGUSTO DE LIMA JÚNIOR, RUA SÃO GONÇALO DO ABAETÉ, RUA MONTE CASSINO, AV. DOM PEDRO I, AV. PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS, AV. ANTÔNIO ABRAHÃO CARAM, AV. CORONEL OSCAR PASCHOAL, AV. OTACÍLIO NEGRÃO DE LIMA, AV. ESPEDICIONÁRIO BENVINDO BELÉM DE LIMA, RUA JOUBERT GUERRA, RUA CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO, RUA MANTENA, RUA ESTANISLAU FERNANDES, AV. FLEMING, RUA MANOEL ELIAS DE AGUIAR, AV. PRESIDENTE TANCREDO NEVES, AV. HERÁCLITO MOURÃO DE MIRANDA, AV. SANTA TEREZINHA, AV. HENFIL, AV. SERRANA, AV. EXP. PAULO DE SOUZA, AV. ANTÔNIO FRANCISCO LISBOA, AV. OTACÍLIO NEGRÃO DE LIMA, RUA BRAÚNA, RUA MANDACARU, RUA DORA TOMICH LAENDER, RUA CLÁUDIO JOAQUIM ANTUNES, RUA ISTAMBUL, RUA EUCLIDES FRANCO, RUA COPENHAGUE, RUA ESTOCOLMO, RUA ADOLFO LIPPI FONSECA, RUA CARLOS LACERDA, RUA PROF. LIBERALINA SANTANA, RUA JORNALISTA JOÃO AUGUSTO, RUA PAULINO CAETANO MENDES, RUA ANTÔNIO JOSÉ DOS SANTOS, RUA ANTÔNIO GIAROLA (PC). SUBLINHA 3VIA SANTA TEREZINHA: RUA ANTÔNIO GIAROLA, 258 (PC), RUA ANTÔNIO JOSÉ DOS SANTOS, RUA PAULINO CAETANO MENDES, RUA JORNALISTA JOÃO AUGUSTO, RUA PROF. LIBERALINA SANTANA, RUA CARLOS LACERDA, RUA ADOLFO LIPPI FONSECA, RUA ESTOCOLMO, RUA COPENHAGUE, RUA EUCLIDES FRANCO, RUA ISTAMBUL, RUA CLÁUDIO JOAQUIM ANTUNES, RUA ARNALDO CATHOUD, RUA MANDACARU, RUA BRAÚNA, AV. OTACÍLIO NEGRÃO DE LIMA, AV. ANTÔNIO FRANCISCO LISBOA, AV. EXP. PAULO DE SOUZA, AV. SERRANA, AV. HENFIL, AV. SANTA TEREZINHA, AV. HERÁCLITO MOURÃO DE MIRANDA, AV. PRESIDENTE TANCREDO NEVES, AV. EMPRESA DE TRANSPORTES E TRÂNSITO DE BELO HORIZONTE S/A BHTRANS DIRETORIA DE TRANSPORTE PÚBLICO DTP GERÊNCIA DE PROGRAMAÇÃO DE REDES DE TRANSPORTE GESPR 2 MIGUEL PERRELA (RETORNO), RUA MANOEL ELIAS DE AGUIAR, RUA SENA MADUREIRA, RUA APUCARANA, RUA MONTEIRO LOBATO, RUA MANTENA, RUA URARIRAMA, RUA EXPEDICIONÁRIO JOSÉ ASSUMPÇÃO DOS ANJOS, RUA EXPEDICIONÁRIO NORALDINO ROSA SANTOS, AV. EXPEDICIONÁRIO BENVINDO BELÉM DE LIMA, AV. OTACÍLIO NEGRÃO DE LIMA, AV. CORONEL OSCAR PASCHOAL, AV. ANTÔNIO ABRAHÃO CARAM, AV. PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS, AV. DOM PEDRO I, AV. PORTUGAL, RUA FRANCISCO BRETAS BHERING, RUA JOÃO ZACARIAS DE MIRANDA, RUA JOSÉ JOAQUIM DOS SANTOS, RUA RADIALISTA CARLOS RUBENS, RUA ANTÔNIO JOSÉ DOS SANTOS, RUA ANTÔNIO GIAROLA (PC). S53 CONFISCO/OURO MINAS PC: 1 RUA ARACY GUIMARAES ROSA (PC), RUA GERALDA ROQUE GUACERONI, RUA COPACABANA, RUA GUANABARA, RUA EXPEDICIONARIO PAULO DE SOUZA, AV. SERRANA, RUA JULITA Página 18 de 110

19 NOGUEIRA SOARES, PCA ALEXANDRE MOTERANI, RUA CONCEICAO DA APARECIDA, AV. SANTA TEREZINHA, RUA POVOA DE VARZIM, RUA SENA MADUREIRA, RUA APUCARANA, RUA MONTEIRO LOBATO, RUA CONCEICAO DO MATO DENTRO, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ (AV. C), AV. ANTONIO ABRAHAO CARAM, AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (PISTA LATERAL), AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (RAMO G TRINCHEIRA), AV. BERNARDO DE VASCONCELOS (VDT SEGUNDA ALCAMARGINAL M.SHOPP.), AV. CRISTIANO MACHADO, AV. RISOLETA NEVES ((VIA 240)), RUA JACUI, RUA ANAPURUS, PCA ZOLY FRANCA SILVA, RUA ILHA DE MALTA, RUA AMARAJI, RUA CURIMATA, RUA SALOA, RUA LAJEDO, RUA CONCEICAO DO CANINDE, RUA GUARABIRA, RUA CASTANHAL, RUA PAPA HONORIO III, RUA NOSSA SENHORA DA CONSOLACAO (PC ENTRE PAPA BENTO XIV E EPISTOLA) PC: 2 RUA NOSSA SENHORA DA CONSOLACAO (PC), RUA PAPA HONORIO III, RUA CASTANHAL, RUA GUARABIRA, RUA CONCEICAO DO CANINDE, RUA LAJEDO, RUA SALOA, RUA MOMBACA, RUA AMARAJI, RUA ILHA DE MALTA, PCA ZOLY FRANCA SILVA, RUA ANAPURUS, RUA WALTER IANNI, ROD ANEL RODOVIARIO CELSO MELLO AZEVEDO, AV. CRISTIANO MACHADO, AV. BERNARDO DE VASCONCELOS (RAMO D), AV. PRESIDENTE ANTONIO CARLOS (PISTA LATERAL), RUA NORALDINO LIMA, AV. PROFESSOR MAGALHAES PENIDO, VDT JOSE DE ALENCAR, AV. ANTONIO ABRAHAO CARAM, AV. CORONEL OSCAR PASCHOAL, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, RUA CONCEICAO DO MATO DENTRO, PCA MOHAMED V, RUA MONTEIRO LOBATO, RUA APUCARANA, RUA SENA MADUREIRA, RUA POVOA DE VARZIM, AV. SANTA TEREZINHA, RUA CONCEICAO DA APARECIDA, PCA ALEXANDRE MOTERANI, RUA JULITA NOGUEIRA SOARES, AV. SERRANA, RUA EXPEDICIONARIO PAULO DE SOUZA, RUA GUANABARA, RUA COPACABANA, RUA GERALDA ROQUE GUACERONI, RUA LETA DE SOUZA ALVES, RUA REINALDO MELGACO, RUA ARACY GUIMARAES ROSA (PC). S54 DOM BOSCO/SHOPPING DEL REY SubLinha: 1 PRINCIPAL VIA CASTELO AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES (PC), AV. AVAI (RETORNO NO N 200), AV. AVAI, RUA SEVERO, RUA GALILEU, AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, AV. ABILIO MACHADO, PCA PAULO VI, RUA LEONIL PRATA, AV. JOAO PAULO I, AV. HERACLITO MOURAO DE MIRANDA, AV. DOS ENGENHEIROS, RUA ROMUALDO LOPES CANCADO, AV. ALTAMIRO AVELINO SOARES, PCA PEDRO CARAM ZUQUIM, AV. MIGUEL PERRELA, RUA MANOEL ELIAS DE AGUIAR, RUA SENA MADUREIRA, AV. FLEMING, RUA EXPEDICIONARIO CELSO RACIOPPI, AV. OTACILIO NEGRAO DE LIMA, AV. CORONEL OSCAR PASCHOAL, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, AV. DEL REY, RUA ANTONIO JOSE DE CARVALHO, RUA PRINCESA ELIZABETH, RUA ALABANDINA, RUA ENGENHO DE DENTRO, RUA MACHADO NUNES, RUA AGOSTINHO BRETAS, RUA CONSELHEIRO LUIZ BARBOSA, RUA BRAZ BALTAZAR, RUA DO TREVO, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, RUA MAGNOLIA, RUA LUNARDI, RUA MONTE SANTO, RUA PADRE EUSTAQUIO, RUA PARA DE MINAS, PCA SAO VICENTE DE PAULO, AV. IVAI, AV. ITAU, AV. ABILIO MACHADO, AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, AV. AMINTAS JACQUES DE MORAES, RUA JACAREI, RUA AIMARA, RUA GUARARAPES, RUA DEPUTADO CLAUDIO PINHEIRO DE LIMA, AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES (PC) SubLinha: 2 PRINCIPAL VIA PADRE EUSTAQUIO AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES (PC), AV. AVAI (RETORNO NA ROTATORIA), RUA SEVERO, RUA GALILEU, AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, RUA FERNANDO DE NORONHA, RUA DEPUTADO CLAUDIO PINHEIRO DE LIMA, RUA GUARARAPES, AV. AMINTAS JACQUES DE MORAES, AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, AV. ABILIO MACHADO, AV. ITAU, AV. IVAI, PCA SAO VICENTE DE PAULO, RUA PARA DE MINAS, RUA PELOTAS, RUA OLINTO MAGALHAES, RUA VILA RICA, RUA RIO POMBA, RUA CATAGUAZES, RUA TRES PONTAS, RUA ESPINOSA, AV. DOM PEDRO II, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, RUA DO TREVO, AV. AMERICO VESPUCIO, VDT PRESIDENTE COSTA E SILVA, RUA BARAO DE COROMANDEL, RUA ALABANDINA, RUA RENATO NASCIMENTO, RUA DIMAS GONCALVES DE MEDEIROS, AV. DEL REY, RUA ANTONIO JOSE DE CARVALHO, RUA PRINCESA ELIZABETH, RUA ALABANDINA, AV. DEL REY, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ (ACESSO A PISTA ESQUERDA), AV. PRESIDENTE CARLOS LUZ, AV. ANTONIO ABRAHAO CARAM, AV. CORONEL OSCAR PASCHOAL, AV. OTACILIO NEGRAO DE LIMA, RUA VERSILIA, RUA CALABRIA, AV. FLEMING, RUA SENA MADUREIRA, RUA Página 19 de 110

20 MANOEL ELIAS DE AGUIAR, AV. MIGUEL PERRELA, PCA PEDRO CARAM ZUQUIM, AV. ALTAMIRO AVELINO SOARES, RUA ROMUALDO LOPES CANCADO, AV. DOS ENGENHEIROS, RUA DOS MEDICOS, RUA LEONIL PRATA, PCA PAULO VI, AV. ABILIO MACHADO, AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES (PC) S55 SANTA MÔNICA/MINAS SHOPPING RUA SANTA MONICA (PC DEFRONTE NO. 26), RUA MINISTRO OLIVEIRA SALAZAR, RUA ERICO VERISSIMO, RUA VICENTE DE CARVALHO, RUA NACIP RAYDAN, PCA JOSE NOGUEIRA DE SA, RUA SEBASTIAO PATRUS DE SOUZA, RUA AUGUSTO DOS ANJOS, RUA MINISTRO OLIVEIRA SALAZAR, RUA DOUTOR ALVARO CAMARGOS, RUA JOSE DO PATROCINIO, RUA DORIVAL MACHADO, RUA FREI OTTO, RUA CLEBER SOARES ANDRADE, RUA JOAO BERNARDO MAGALHAES, RUA ERICO VERISSIMO, RUA DOS ASTECAS, AV. DA SINFONIA, AV. GUARAPARI, PCA DOUTOR CELESTINO MARRA, AVE PORTUGAL, AV. DOUTOR CRISTIANO GUIMARAES, RUA SAO TIAGO, RUA MARIA AMELIA MAIA, RUA WALDOMIRO LOBO, RUA ARISTIDES NONATO DOS SANTOS, AV. CRISTIANO MACHADO, RUA JACUI, RUA WILSON MODESTO RIBEIRO, AV. BERNARDO DE VASCONCELOS (VDT SEGUNDA ALCAMARGINAL M.SHOPP.), AV. CRISTIANO MACHADO, RUA WALDOMIRO LOBO, RUA MARIA AMELIA MAIA, RUA SÃO TIAGO, AV. DOUTOR CRISTIANO GUIMARAES, AV. PORTUGAL, PCA DOUTOR CELESTINO MARRA, AV. GUARAPARI, AV. DA SINFONIA, RUA DOS ASTECAS, RUA ERICO VERISSIMO, RUA FREI OTTO, RUA DORIVAL MACHADO, RUA DOUTOR ANTONIO GONCALVES DE MATOS, RUA DOUTOR ALVARO CAMARGOS, RUA MINISTRO OLIVEIRA SALAZAR, RUA AUGUSTO DOS ANJOS, RUA SEBASTIAO PATRUS DE SOUZA, PCA JOSE NOGUEIRA DE SA, RUA NACIP RAYDAN, RUA VICENTE DE CARVALHO, RUA ERICO VERISSIMO, RUA MINISTRO OLIVEIRA SALAZAR, RUA VICENTE DE CARVALHO, RUA CARLOS GOMES, RUA SANTA MONICA (PC) S60 CIRCULAR VENDA NOVA SubLinha: 1 PRINCIPAL RUA DAS JABOTICABEIRAS (PC ESQ. AV. VILARINHO), AV. VILARINHO (ESTACAO VILARINHO), AV. VILARINHO, RUA MACON RIBEIRO, RUA PADRE PEDRO PINTO, RUA MANOEL GUEDES SANTOS, RUA CAPITAO NELSON ALBUQUERQUE, RUA SANTA CRUZ, RUA VARGEM BONITA, RUA PEDRA DO INDAIA, RUA GONCALVES, RUA ERICO VERISSIMO, RUA DESEMBARGADOR ONOFRE MENDES JUNIOR, RUA MARCIO LIMA PAIXAO, RUA CARLOS ALBERTO, RUA DONA CANDIDA, RUA AUGUSTO DOS ANJOS, RUA LUIZ FERNANDO, RUA DOS JAVAES, RUA SENHORA DA ABADIA, RUA VARZEA DA PALMA, RUA CORONEL ANTONIO LOPES COELHO, RUA CONEGO TRINDADE, RUA RIBEIRAO VERMELHO, RUA NORMA, RUA ZELIA, RUA CARAGUATATUBA, RUA ANHEMBI, RUA ARACATUBA, RUA ALTINOPOLIS, PCA SAO CAETANO DO SUL, RUA LIMEIRA, RUA ATIBAIA, RUA PEDRA SABAO, RUA PEDRA DE ANIL, RUA PEDRA DE ARA, RUA PEDRA PRECIOSA, AV. BERNARDA SILVESTRE, RUA GERALDO SILVA, RUA PEDRA DO MAR, RUA JOSE BENEVIDES DA SILVEIRA, RUA DOUTOR PEDRO RUELA, RUA ANTONIO RIBEIRO, RUA BRUNO ALVARENGA MARQUES, RUA PADRE PEDRO PINTO, AV. DOM PEDRO I, RUA DAS GABIROBAS, AV. CRISTIANO MACHADO, RUA MALIBU, AV. VILARINHO (RETORNO COM R. MACON RIBEIRO), AV. VILARINHO (ESTACAO VILARINHO), AV. VILARINHO (RET.COM R. MACON RIBEIRO), AV. VILARINHO, RUA DAS MACIEIRAS, RUA DAS JABOTICABEIRAS (PC) SubLinha: 2 ATENDIMENTO AO BAIRRO LETICIA RUA DAS JABOTICABEIRAS (PC ESQ. AV. VILARINHO), AV. VILARINHO (ESTACAO VILARINHO), AV. VILARINHO, RUA MACON RIBEIRO, RUA PADRE PEDRO PINTO, RUA MARIA DE LOURDES FARIA, RUA ROSALIA MILIGRANA PRADO, RUA DOUTOR PEDRO RUELA, RUA JOSE BENEVIDES DA SILVEIRA, RUA PEDRA DO MAR, RUA GERALDO SILVA, AV. BERNARDA SILVESTRE, RUA PEDRA PRECIOSA, RUA PEDRA DE ARA, RUA PEDRA DE ANIL, RUA PEDRA SABAO, RUA LIMEIRA, PCA SAO CAETANO DO SUL, RUA ALTINOPOLIS, RUA ARACATUBA, RUA RIBEIRAO PRETO, RUA CARAGUATATUBA, RUA ZELIA, RUA NORMA, RUA RIBEIRAO VERMELHO, RUA CONEGO TRINDADE, RUA CORONEL ANTONIO LOPES COELHO, RUA VARZEA DA PALMA, RUA SENHORA DA ABADIA, RUA DOS JAVAES, RUA LUIZ FERNANDO, RUA AUGUSTO DOS ANJOS, RUA CARLOS ALBERTO, RUA MARCIO LIMA PAIXAO, RUA DESEMBARGADOR ONOFRE MENDES JUNIOR, RUA ERICO VERISSIMO, Página 20 de 110

ROTAS CICLOVIÁRIAS PREVISTAS PARA 2016 Extensã o (km)

ROTAS CICLOVIÁRIAS PREVISTAS PARA 2016 Extensã o (km) 5 Oeste Tereza Cristina (2.TC-1) 0,64 Av. Tereza Cristina, entre Anel Rodoviário e Via 210. Oeste Tereza Cristina (2.TC-2) 0,90 Av. Tereza Cristina, entre Av. Pres. Juscelino Kubitschek e Rua Goneri Oeste

Leia mais

FARMÁCIAS CREDENCIADAS EM BELO HORIZONTE

FARMÁCIAS CREDENCIADAS EM BELO HORIZONTE FARMÁCIAS CREDENCIADAS EM BELO HORIZONTE DROGARIA ARAUJO AV ANDRADAS, DOS, 3850, SANTA EFIGENIA CEP: 30260070 Telefone(s): 31-34815392 / 31-34815691 AV BRASIL, 893, SANTA EFIGENIA CEP: 30140000 Telefone(s):

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL

SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL Edital de Credenciamento de examinadores de trânsito, conforme arts. 148 e 152 do CTB, art. 12 da Resolução nº 168/2004 do CONTRAN, e art. 24 da Resolução nº 358/2010 do CONTRAN para prestação de serviços

Leia mais

MANUAL DE NORMAS COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO

MANUAL DE NORMAS COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO MANUAL DE NORMAS COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO VERSÃO: 31/3/2011 2/12 MANUAL DE NORMAS COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

P R E F E I T U R A D E G A S P A R CNPJ 83.102.244/0001-02

P R E F E I T U R A D E G A S P A R CNPJ 83.102.244/0001-02 Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL INTERESSADA NA PRODUÇÃO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. O MUNICÍPIO

Leia mais

PORTARIA Nº 68, DE 13 DE MARÇO DE 2012 RESOLVE:

PORTARIA Nº 68, DE 13 DE MARÇO DE 2012 RESOLVE: PORTARIA Nº 68, DE 13 DE MARÇO DE 2012 RESOLVE: O PRESIDENTE DA AGÊNCIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO, TRANSPORTES E MOBILIDADE, no uso de suas atribuições legais conferidas pela Lei Complementar n 183, de 19

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 513 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900001/2014-75 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

PORTARIA DETRO/PRES. Nº 1088 DE 17 DE SETEMBRO DE 2012.

PORTARIA DETRO/PRES. Nº 1088 DE 17 DE SETEMBRO DE 2012. PORTARIA DETRO/PRES. Nº 1088 DE 17 DE SETEMBRO DE 2012. Dispõe sobre os procedimentos a serem observados e aplicados no parcelamento/reparcelamento de débitos referente a multas e taxa de vistoria e fiscalização

Leia mais

FUNDO DE PENSÃO MULTIPATROCINADO DA SECCIONAL DE SÃO PAULO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL E DA CAASP CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS ADVOGADOS DE SÃO

FUNDO DE PENSÃO MULTIPATROCINADO DA SECCIONAL DE SÃO PAULO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL E DA CAASP CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS ADVOGADOS DE SÃO FUNDO DE PENSÃO MULTIPATROCINADO DA SECCIONAL DE SÃO PAULO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL E DA CAASP CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS ADVOGADOS DE SÃO PAULO OABPrev-SP REGULAMENTO ÍNDICE CAPÍTULO I DO OBJETO

Leia mais

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2007 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações A Banrisul Armazéns Gerais S.A., atendendo ao disposto nos arts. 13 e 25 II da lei nº 8.666/93,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS DO ADVOGADO CAPÍTULO I - DO OBJETO Art. 1º - Este Regulamento estabelece os direitos e as

REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS DO ADVOGADO CAPÍTULO I - DO OBJETO Art. 1º - Este Regulamento estabelece os direitos e as REGULAMENTO FUNDO DE PENSÃO MULTIPATROCINADO DA SECCIONAL DE SÃO PAULO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL E DA CAASP CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS ADVOGADOS DE SÃO PAULO OABPrev-SP/CE ÍNDICE Capítulo I - DO OBJETIVO

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO MENSAL CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 200 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900570/2013-30 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

CG DA MODALIDADE POPULAR PM CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.

CG DA MODALIDADE POPULAR PM CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076. CONDIÇÕES GERAIS DO APLUBCAP POPULAR 2262 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 226 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014

TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014 TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014 Termo de credenciamento para contratação de instituições financeiras oficiais com agência estabelecida no território do Município de Não-Me-Toque para prestação de

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO, TRANSPORTES E MOBILIDADE - SMT

SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO, TRANSPORTES E MOBILIDADE - SMT SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO, TRANSPORTES E MOBILIDADE - SMT EDITAL Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PERMISSIONÁRIOS VISANDO AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE 20 (VINTE) VAGAS JUNTO AO ESTACIONAMENTO PRIVATIVO ESPECIAL,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 Edital n.º 001/2013 - CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA, no uso de suas atribuições e de

Leia mais

CONTRATO Nº. 042/2014

CONTRATO Nº. 042/2014 CONTRATO Nº. 042/2014 TERMO DE CONTRATO Nº. 042/2014, FIRMADO ENTRE A CODER - COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE RONDONÓPOLIS E A EMPRESA ALOISIO BORGES DE FARIAS ME, PARA: FORNECIMENTO DE PÃES FRANCÊS, COMO

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 330, DE 1º DE JULHO DE 2014. TERMO DE AUTORIZAÇÃO PARA EXPLORAÇÃO DO AERÓDROMO CIVIL PÚBLICO [NOME]

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 330, DE 1º DE JULHO DE 2014. TERMO DE AUTORIZAÇÃO PARA EXPLORAÇÃO DO AERÓDROMO CIVIL PÚBLICO [NOME] ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 330, DE 1º DE JULHO DE 2014. TERMO DE AUTORIZAÇÃO PARA EXPLORAÇÃO DO AERÓDROMO CIVIL PÚBLICO [NOME] TERMO DE AUTORIZAÇÃO PARA EXPLORAÇÃO DO AERÓDROMO CIVIL PÚBLICO [NOME] LOCALIZADO

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 506, DE 2 DE DEZEMBRO DE 1999. (D.O.E. 07.12.1999 - N... Ano...)

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 506, DE 2 DE DEZEMBRO DE 1999. (D.O.E. 07.12.1999 - N... Ano...) LEI Nº 506, DE 2 DE DEZEMBRO DE 1999. (D.O.E. 07.12.1999 - N.... Ano...) DISPÕE SOBRE O TRANSPORTE INDIVIDUAL DE PASSAGEIROS ATRAVÉS DE TÁXI. O PREFEITO MUNICIPAL DE MANAUS no uso das atribuições que lhe

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GARANTIA CIRCULAR SUSEP 232/03. Processo SUSEP nº 10.003.017/01-08

CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GARANTIA CIRCULAR SUSEP 232/03. Processo SUSEP nº 10.003.017/01-08 CONDIÇÕES GERAIS SEGURO GARANTIA CIRCULAR SUSEP 232/03 Processo SUSEP nº 10.003.017/01-08 Cláusula 1ª - OBJETO Este seguro garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo Tomador no contrato principal,

Leia mais

Dados de Porto Alegre. População: 1.409.351 habitantes. Área: 496,682 km2

Dados de Porto Alegre. População: 1.409.351 habitantes. Área: 496,682 km2 AUDIÊNCIA PÚBLICA Dados de Porto Alegre População: 1.409.351 habitantes Área: 496,682 km2 Figura 1. Localização do Município de Porto Alegre e dos demais municípios integrantes da RMPA. Legislação Aplicável:

Leia mais

I SERVIÇOS RELATIVOS A VEÍCULOS

I SERVIÇOS RELATIVOS A VEÍCULOS RELAÇÃO DE SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELO DETRAN NO ESPAÇO DA CIDADANIA DE TERESINA I SERVIÇOS RELATIVOS A VEÍCULOS 1 VISTORIA 2. Certificado de Registro de Veículo - CRV e/ou Certificado de Registro de

Leia mais

MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI

MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI VERSÃO: 20/7/2009 2/8 MANUAL DE NORMAS TERMO DE ÍNDICE DI ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações

BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações BANRISUL ARMAZÉNS GERAIS S.A. EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 001/2014 Regida pela Lei nº 8.666/93 e suas alterações A Banrisul Armazéns Gerais S.A., atendendo ao disposto nos arts. 13 e 25 II da lei nº 8.666/93,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 PROCESSO SUSEP Nº: 15414.

CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 PROCESSO SUSEP Nº: 15414. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 166 : POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004323/2012-20 II - GLOSSÁRIO Subscritor é

Leia mais

MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO

MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO VERSÃO: 01/7/2008 MANUAL DE NORMAS ESTRATÉGIA DE RENDA FIXA COM OPÇÕES FLEXÍVEIS SOBRE TAXA DE CÂMBIO 01/7/2008 2/8 ÍNDICE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls. Contrato nº 081/2007 Fls. 1 MINUTA TERMO DE CONTRATO Convite de Preços n.º 081/07 Processo n.º 11784/05 Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESCUPINIZAÇÃO DO PREDIO E ACERVO DO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 20 DAS SOCIEDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO CAPÍTULO I CARACTERÍSTICAS, CONSTITUIÇÃO E AUTORIZAÇÃO

RESOLUÇÃO Nº 20 DAS SOCIEDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO CAPÍTULO I CARACTERÍSTICAS, CONSTITUIÇÃO E AUTORIZAÇÃO 1 RESOLUÇÃO Nº 20 Documento normativo revogado pela Resolução 2735, de 28/06/2000. O BANCO CENTRAL DA REPÚBLICA DO BRASIL, na forma da deliberação do Conselho Monetário Nacional, em sessão de 28.2.66,

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N 232, de 3 de junho de 2003 - ANEXO I

CIRCULAR SUSEP N 232, de 3 de junho de 2003 - ANEXO I Fls. 3 da CIRCULAR SUSEP N 232, de 3 de junho de 2003 CIRCULAR SUSEP N 232, de 3 de junho de 2003 - ANEXO I SEGURO-GARANTIA CONDIÇÕES GERAIS Este seguro garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO E CREDENCIAMENTO Nº 002/2015

EDITAL DE SELEÇÃO E CREDENCIAMENTO Nº 002/2015 EDITAL DE SELEÇÃO E CREDENCIAMENTO Nº 002/2015 1 - PREÂMBULO 1.1 O Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Bela Vista de Goiás PREVIBEL - autarquia municipal de direito público, com sede

Leia mais

II. Contrato Principal: o documento contratual, seus aditivos e anexos, que especificam as obrigações e direitos do segurado e do tomador.

II. Contrato Principal: o documento contratual, seus aditivos e anexos, que especificam as obrigações e direitos do segurado e do tomador. SEGURO-GARANTIA - CONDIÇÕES GERAIS Este seguro garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo tomador no contrato principal, firmado com o segurado, conforme os termos da apólice. I. Seguro-Garantia:

Leia mais

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014.

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA, celebrado entre o MUNICÍPIO DE MAUÉS, por intermédio da PREFEITURA

Leia mais

DECRETO Nº 30.090, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2009.

DECRETO Nº 30.090, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2009. DECRETO Nº 30.090, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2009. Regulamenta o Capítulo VII da Lei nº 4.257, de 02 de dezembro de 2008 e dá outras providências. O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que

Leia mais

RESOLUÇÃO/CAD N 006 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO/CAD N 006 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014 CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA COMPANHIA DE HABITAÇÃO DE LONDRINA RESOLUÇÃO/CAD N 006 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014 Súmula: Regulamenta as condições para inscrição, seleção e enquadramento em Programas Habitacionais,

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REGISTRO CADASTRAL (Conf. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) I - Para a habilitação jurídica: a) Cédula de identidade e registro comercial na repartição competente, para

Leia mais

Seguro Garantia É o seguro que garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo tomador perante o segurado, conforme os termos da apólice.

Seguro Garantia É o seguro que garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo tomador perante o segurado, conforme os termos da apólice. 2 Definição Seguro Garantia É o seguro que garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo tomador perante o segurado, conforme os termos da apólice. Partes Seguradora - Sociedade de seguros garantidora,

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009

ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009 ATA DE REGISTRO DE PREÇO nº 001/2009 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA OS SERVIÇOS DE CONFECÇÃO DE CARIMBOS, CONFORME PROCESSO LICITATÓRIO Nº 2008.0701.000825, PREGÃO PRESENCIAL Nº052/2008. Aos 02 dias

Leia mais

DECRETO N 42.262 DE 26 DE JANEIRO DE 2010

DECRETO N 42.262 DE 26 DE JANEIRO DE 2010 DECRETO N 42.262 DE 26 DE JANEIRO DE 2010 REGULAMENTA A LEI ESTADUAL Nº 5.628/09, QUE INSTITUIU O BILHETE ÚNICO NOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE COLETIVO INTERMUNICIPAL DE PASSAGEIROS NA REGIÃO METROPOLITANA

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO VERDE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICIPIO DE RIO VERDE GOIÁS ATRAVÉS DO FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E A EMPRESA LORENA GUIMARAES SANTOS

Leia mais

LEI Nº 9.938, DE 18 DE JUNHO DE 2013. Autor: Poder Executivo Consolida a concessão de serviço público de registro

LEI Nº 9.938, DE 18 DE JUNHO DE 2013. Autor: Poder Executivo Consolida a concessão de serviço público de registro Diário Oficial nº : 26067 Data de 18/06/201 publicação: 3 Matéria nº : 586462 LEI Nº 9.938, DE 18 DE JUNHO DE 2013. Autor: Poder Executivo Consolida a concessão de serviço público de registro dos contratos

Leia mais

Seguro Garantia - Seguro que garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo tomador perante o segurado, conforme os termos da apólice.

Seguro Garantia - Seguro que garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo tomador perante o segurado, conforme os termos da apólice. GUIA DE SEGURO GARANTIA PARA CONSULTA FENSEG QUEM SÃO AS PARTES Seguro Garantia - Seguro que garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo tomador perante o segurado, conforme os termos da apólice.

Leia mais

APÓLICE/ENDOSSO DE SEGURO GARANTIA

APÓLICE/ENDOSSO DE SEGURO GARANTIA APÓLICE/ENDOSSO DE SEGURO GARANTIA Apólice: 024612013000107750002827 Processo SUSEP : 15414.004045/2010-49 Endosso: 0000000 Número de Controle Interno: 7202Ě CONDIÇÕES PARTICULARES A Austral Seguradora

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Gabinete do Ministro

Ministério de Minas e Energia Gabinete do Ministro Ministério de Minas e Energia Gabinete do Ministro PORTARIA N o 114, DE 20 DE MARÇO DE 2008. O MINISTRO DE ESTADO DE MINAS E ENERGIA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, parágrafo único,

Leia mais

JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE

JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO DE ESTÁGIO REMUNERADO PARA ESTUDANTES DE NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO DESTINADOS

Leia mais

LEI Nº 124/95. A CÂMARA MUNICIPAL DE PINHAIS, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 124/95. A CÂMARA MUNICIPAL DE PINHAIS, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: Alterado pela Lei 495/01, 656/04 e 782/07. LEI Nº 124/95 Dispõe sobre o serviço de transporte de passageiros em veiculos automóveis de aluguel - táxi, e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE PINHAIS,

Leia mais

Edital 002/16 EDITAL DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO GOVERNAMENTAL. Turma 2016-18

Edital 002/16 EDITAL DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO GOVERNAMENTAL. Turma 2016-18 Edital 002/16 EDITAL DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO GOVERNAMENTAL. Turma 2016-18 O Presidente da Fundação João Pinheiro, no uso da atribuição que lhe confere

Leia mais

De (Regulamento Original) Para (Regulamento Proposto) Justificativa

De (Regulamento Original) Para (Regulamento Proposto) Justificativa CAPÍTULO I CAPÍTULO I DO OBJETO DO OBJETO Art. 1º Este Regulamento estabelece os direitos e as obrigações dos Instituidores, dos Participantes, dos Beneficiários e do Fundo de Pensão Multipatrocinado da

Leia mais

EDITAL DE PRODUÇÃO DE VÍDEO DA JUSTIÇA RESTAURATIVA

EDITAL DE PRODUÇÃO DE VÍDEO DA JUSTIÇA RESTAURATIVA Instituto Cultural São Francisco de Assis Centro de Promoção da Criança e do Adolescente São Francisco de Assis Estrada João de Oliveira Remião, 4444 Lomba do Pinheiro - Porto Alegre RS www.franciscanos-rs.org.br

Leia mais

EDITAL N 013/2012. 1.2. O processo seletivo visa o preenchimento de vagas de estágio previstas no item 5.1 e será realizado em duas etapas:

EDITAL N 013/2012. 1.2. O processo seletivo visa o preenchimento de vagas de estágio previstas no item 5.1 e será realizado em duas etapas: EDITAL N 013/2012 A SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO, no uso de suas atribuições legais e com fundamento no Decreto nº 29.704, 08 de abril de 2009, tendo em vista os convênios celebrados, torna pública

Leia mais

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CALL CENTER 2013 DAS PARTES

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CALL CENTER 2013 DAS PARTES CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CALL CENTER 2013 DAS PARTES YOU TELECOM ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA ME, CNPJ nº 14.450.742/0001-23 com sede no endereço SRTV/s, quadra 701, conjunto E, edifício

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DESPACHO 2007 N O PROJETO DE LEI Nº 1310/2007 INSTITUI O SERVIÇO E COLETA DE PEQUENAS CARGAS, MEDIANTE UTILIZAÇÃO DE MOTOCICLETAS, NO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO, DENOMINADO MOTO-FRETE, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO PLATINUM

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO PLATINUM ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO PLATINUM I Denominação e Objetivo Artigo 1º O Clube de Investimento PLATINUM é constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a aplicação de recursos

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013.

RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 296, DE 2013. Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro de garantia estendida, quando da aquisição de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 019/08 Processo nº 5935/0/ Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE TERMINAIS DE AUTO ATENDIMENTO Pelo

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

PROVIMENTO Nº 031/2015 GR

PROVIMENTO Nº 031/2015 GR PROVIMENTO Nº 031/2015 GR O REITOR EM EXERCÍCIO DA UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 15, inciso XIII do Estatuto desta Universidade, aprovado pelo Decreto

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 039/2015 PROCESSO N.º 0464/2015 19/06/2015 LAUDO MÉDICO PERICIAL

CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 039/2015 PROCESSO N.º 0464/2015 19/06/2015 LAUDO MÉDICO PERICIAL CONTRATO ADMINISTRATIVO N.º 039/2015 PROCESSO N.º 0464/2015 19/06/2015 LAUDO MÉDICO PERICIAL I Das Partes CLÁUSULA PRIMEIRA Pelo presente Instrumento e na melhor forma de direito, de um lado o SERVIÇO

Leia mais

MINUTA CONTRATO N /2015

MINUTA CONTRATO N /2015 MINUTA CONTRATO N /2015 O MUNICÍPIO DE SOLEDADE, Pessoa Jurídica de Direito Público, inscrito no CNPJ sob n 87.738.530/0001-10, com sede na Av Júlio de Castilhos, 898, nesta cidade de Soledade- RS, neste

Leia mais

REPRESENTANTES AIG. Relação dos Serviços Prestados

REPRESENTANTES AIG. Relação dos Serviços Prestados REPRESENTANTES AIG SEDE Razão Social: RAMIRO E CAMPELO COMÉRCIO DE UTILIDADES LTDA CNPJ: 13.850.516/0009-24 Rua Teixeira de Freitas, 121 Centro, CEP 45400-000 Valença BA Relação dos Serviços Prestados

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL CNPJ: 74.267.170/0001-73 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº:

CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL CNPJ: 74.267.170/0001-73 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: CONDIÇÕES GERAIS DO PM102T7 TRADICIONAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU CAPITALIZAÇÃO S.A CNPJ: 74.267.170/0001-73 PM102T7 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: II GLOSSÁRIO

Leia mais

Contrato Administrativo de Prestação de Serviços de Assessoria Jurídica n.º 001/2015

Contrato Administrativo de Prestação de Serviços de Assessoria Jurídica n.º 001/2015 [ Página n.º 1 ] Que, entre si, celebram a Câmara Municipal de Castanheira MT e Makellen Prado Machado. PREÂMBULO A CÂMARA MUNICIPAL DE CASTANHEIRA, Pessoa Jurídica de Direito Público, inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL I - DENOMINAÇÃO E OBJETIVO Artigo 1 - O IC Clube de Investimento é constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a

Leia mais

CONVITE Nº 003/2012 - CRA/RN

CONVITE Nº 003/2012 - CRA/RN CONVITE Nº 003/2012 - CRA/RN Prezados senhores, A COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÕES DO CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO CRA/RN em conformidade com a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, torna público,

Leia mais

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 1. PREÂMBULO O CEADEC - Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 490, DE 24 DE JANEIRO DE 2008 REGULAMENTO DE CONSELHO DE USUÁRIOS DO STFC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento estabelece as regras básicas para implantação,

Leia mais

EDITAL PROGRAMA GANHE O MUNDO

EDITAL PROGRAMA GANHE O MUNDO EDITAL PROGRAMA GANHE O MUNDO O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, e considerando a Lei nº 14.512/11, torna pública a abertura do processo seletivo para participação no programa de intercâmbio

Leia mais

MUNICÍPIO DE POSSE GO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 001/2013

MUNICÍPIO DE POSSE GO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 001/2013 MUNICÍPIO DE POSSE GO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 001/2013 SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL INTERESSADA NA PRODUÇÃO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA

Leia mais

INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO

INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO INSTITUTO ELO CONVOCAÇÃO 73/2010 SELEÇÃO DE ASSISTENTE DE COMPRAS PARA ATUAR NA SEDE DO INSTITUTO ELO OBJETO O Instituto Elo, associação privada sem fins lucrativos qualificada como Organização da Sociedade

Leia mais

EXTRATO DE CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGURO

EXTRATO DE CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGURO EXTRATO DE CONTRATO PARA REPRESENTAÇÃO DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGURO TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito privado

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO BLUE STAR

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO BLUE STAR 1 ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO BLUE STAR I - Denominação e Objetivo Artigo 1º - O CLUBE DE INVESTIMENTO BLUE STAR constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a aplicação

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE SEGURO OBRIGATÓRIO, DPVAT E DPEM, PARA A FROTA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE SEGURO OBRIGATÓRIO, DPVAT E DPEM, PARA A FROTA DO ESTADO DE MINAS GERAIS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE SEGURO OBRIGATÓRIO, DPVAT E DPEM, PARA A FROTA DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL N.º 01/SEPLAG/2004 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002 ANTAQ, DE 14 DE OUTUBRO DE 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002 ANTAQ, DE 14 DE OUTUBRO DE 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002 ANTAQ, DE 14 DE OUTUBRO DE 2008. Fixa os critérios e procedimentos para a realização de concursos públicos de provas e títulos, destinados ao provimento dos cargos efetivos do

Leia mais

MANUAL DE NORMAS CCI CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO

MANUAL DE NORMAS CCI CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO MANUAL DE NORMAS CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO VERSÃO: 18/04/2011 2 / 13 MANUAL DE NORMAS CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO:

ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: ESTATUTO SOCIAL DE CORRÊA RIBEIRO S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO SOCIAL E PRAZO DE DURAÇÃO: Denominação Artigo 1º - Corrêa Ribeiro S/A Comércio e Indústria é uma sociedade

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CARDIF CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ Nº. : 11.467.788/0001-67 PRODUTO: PR_PU_POPULAR1_S100_1S_CS0834 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO

EDITAL DE CREDENCIAMENTO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE RORAIMA PROGRAMA DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 01/2008 Regido pela Lei nº 8.666/93.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS

CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS CONDIÇÕES GERAIS DO IBICAPITALIZAÇÃO MAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PLANO PM 60/60 A - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS

PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES GERAIS II - GLOSSÁRIO PP650V7 TRADICIONAL CONDIÇÕES GERAIS PROCESSO SUSEP Nº 15414.000663/2009-86 SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: ICATU HARTFORD CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 74.267.170/0001-73

Leia mais

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro LEI COMPLEMENTAR Nº 442, de 13 de maio de 2009 Procedência Governamental Natureza PLC/0006.2/2009 DO. 18.604 de 14/05/2009 *Alterada pela LC 534/11 *Ver Lei LC 534/11 (art. 72) *Regulamentada pelo Dec.

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ ASSESSOR JURIDICO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 001/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ, ESTADO DO RONDÔNIA,

Leia mais

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO 035/2014 A Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (FATEC), inscrita no CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, sediada na Cidade Universitária, em Santa Maria /RS, neste ato representada pelo Diretor Presidente,

Leia mais

Superintendência de Gestão Orçamentária e Compras Comissão Permanente de Licitação ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011

Superintendência de Gestão Orçamentária e Compras Comissão Permanente de Licitação ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011 1 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS - Nº 014/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 048/2011 MODALIDADE DE PREGÃO PRESENCIAL PROCESSO N.º 2011.0000.4871 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos 21 (vinte e um) dias do mês de junho

Leia mais

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA

SEQUÊNCIA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA LISTA NOMINAL DOS CANDIDATOS APROVADOS 1 MAURO ROBERTO P. DUARTE 2 PAULO RENATO PEDRONI DE ALMEIDA 3 ALEX LOPES LYRIO 4 MARCOS ANDRE MURTA RIBEIRO 5 ALEXANDRE FERREIRA DE MENEZES 6 ADALBERTO GOMES DA SILVA

Leia mais

Luiz Affonso Trevisan Prefeito Municipal

Luiz Affonso Trevisan Prefeito Municipal Projeto de Lei nº 124, de 24 de novembro de 2015. Autoriza o Executivo Municipal a realizar a concessão gratuita de direito real de uso, de 01 (um) lote no Distrito Industrial a Empresa ALDAIR GALLON,

Leia mais

Edital do Vestibular 2016-1º Semestre

Edital do Vestibular 2016-1º Semestre Edital do Vestibular 2016-1º Semestre O Reitor do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana Padre Saboia de Medeiros FEI torna pública a abertura do Processo Seletivo para o preenchimento das

Leia mais

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: INVEST CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 93.202.448/0001-79 NOME FANTASIA DO PRODUTO: INVESTCAP POP-PM 61 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.901593/2014-42

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A.

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.901295/2014-52 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 206/2015

PROCESSO SELETIVO Nº 206/2015 PROCESSO SELETIVO Nº 206/2015 O Sesc em Minas comunica a relação nominal com as notas da prova ocorrida entre os dias 07/06/2015 à 14/06/2015 Considerando o que está previsto no subitem 5.1.3.1 do Descritivo

Leia mais