GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA LB% ATIVIDADE ECONÔMICA Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários novos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA LB% ATIVIDADE ECONÔMICA Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários novos"

Transcrição

1 GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA ANEXO ÚNICO À PORTARIA SEFAZ N o 1799, de 30 de dezembro de (Redação dada pela Portaria nº 011 de ). CÓDIGO CÓDIGO LB% ATIVIDADE ECONÔMICA / / / / / /04-4/ / / / / / / / / / /02 30 Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários novos 30 Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários usados Comércio a varejo de peças e acessórios novos para veículos automotores Comércio a varejo de peças e acessórios usados para veículos automotores 42 Comércio a varejo de pneumáticos e câmaras-de-ar 34 Comércio a varejo de motocicletas e motonetas novas Comércio a varejo de peças e acessórios para motocicletas e motonetas 20 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - hipermercados 20 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - supermercados

2 5212-4/ / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / /00 20 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - minimercados, mercearias e armazéns Lojas de departamentos ou magazines Lojas de variedades, exceto lojas de departamentos ou magazines 60 Lojas duty free de aeroportos internacionais Padaria e confeitaria com predominância de revenda 30 Comércio varejista de laticínios e frios Comércio varejista de doces, balas, bombons e semelhantes 20 Comércio varejista de carnes - açougues 30 Peixaria Comércio varejista de bebidas 30 Comércio varejista de hortifrutigranjeiros Tabacaria Comércio varejista de produtos alimentícios em geral ou especializado em produtos alimentícios não especificados anteriormente Comércio varejista de combustíveis para veículos automotores Comércio varejista de tintas e materiais para pintura Comércio varejista de material elétrico

3 / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / /00 Comércio varejista de vidros Comércio varejista de ferragens e ferramentas Comércio varejista de madeira e artefatos Comércio varejista de materiais hidráulicos Comércio varejista de materiais de construção não especificados anteriormente Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática Comércio varejista especializado de equipamentos de telefonia e comunicação Comércio varejista especializado de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo Comércio varejista de móveis Comércio varejista de artigos de colchoaria Comércio varejista de artigos de iluminação Comércio varejista de tecidos Comercio varejista de artigos de armarinho Comercio varejista de artigos de cama, mesa e banho Comércio varejista especializado de instrumentos musicais e acessórios Comércio varejista especializado de peças e acessórios para aparelhos eletroeletrônicos para uso doméstico, exceto informática e comunicação

4 5243-4/ / /99 2/01 2/02 2/03 2/04 2/05 2/06 2/ / / / / / / / / / / / / / / / / / / / /00 Comércio varejista de artigos de tapeçaria, cortinas e persianas Comércio varejista de outros artigos de uso doméstico não especificados anteriormente Comércio varejista de livros Comércio varejista de jornais e revistas Comércio varejista de artigos de papelaria Comércio varejista de discos, CDs, DVDs e fitas Comércio varejista de brinquedos e artigos recreativos Comércio varejista de artigos esportivos Comércio varejista de bicicletas e triciclos; peças e acessórios Comércio varejista de artigos de caça, pesca e camping Comércio varejista de embarcações e outros veículos recreativos; peças e acessórios Comércio varejista de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas Comércio varejista de produtos farmacêuticos, com manipulação de fórmulas Comércio varejista de produtos farmacêuticos homeopáticos Comércio varejista de medicamentos veterinários Comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal

5 5247-7/00 3/01 3/02 3/03 3/04 3/05 3/06 3/07 3/08 3/09 3/10 3/11 3/12 3/13 3/14 3/ / / / / / / / / /99 0/01 0/02 0/04 0/06 0/07 0/08 Comércio varejista de artigos médicos e ortopédicos 60 Comércio varejista de artigos de óptica Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios Comércio varejista de calçados Comércio varejista de artigos de viagem Comércio varejista de artigos de joalheria Comércio varejista de gás liqüefeito de petróleo (GLP) 60 Comércio varejista de antigüidades Comércio varejista de outros artigos usados Comércio varejista de suvenires, bijuterias e artesanatos Comércio varejista de plantas e flores naturais 60 Comércio varejista de objetos de arte Comércio varejista de animais vivos e de artigos e alimentos para animais de estimação 60 Comércio varejista de fogos de artifício e artigos pirotécnicos Comércio varejista de equipamentos para escritório Comércio varejista de artigos fotográficos e para filmagem

6 52-7/ / / / / / /02 0/09 0/ / / / / /03 60 Comércio varejista de armas e munições 60 Comércio varejista de outros produtos não especificados anteriormente Restaurantes e similares 60 Bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares Serviços de alimentação para eventos e recepções - bufê Cantinas - serviços de alimentação privativos

7 Redação Anterior: (2) Portaria nº 281 de (Redação dada pela Portaria nº 281 de ). CÓDIGO LB% ATIVIDADE ECONÔMICA 10-5/02 30 Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários novos 10-5/06 30 Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários usados 30- Comércio a varejo de peças e acessórios novos para veículos automotores 30-0/04 42 Comércio a varejo de pneumáticos e câmaras de ar 30-0/06 Comércio a varejo de peças e acessórios usados para veículos automotores 41-5/03 34 Comércio a varejo de motocicletas e motonetas 41-5/04 Comércio a varejo de peças e acessórios para motocicletas e motonetas -4/00 Comércio a varejo de combustíveis e lubrificantes para veículos automotores /00 20 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios, com área de venda superior a 00 metros quadrados - hipermercados /00 20 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios, com área de venda entre 300 e 00 metros quadrados - supermercados /01 20 Minimercados /02 20 Mercearias e armazéns varejistas /00 Comércio varejista de mercadorias em lojas de conveniência /01 Lojas de departamentos ou magazines /02 Lojas de variedades, exclusive lojas de departamentos ou magazines /03 60 Lojas duty free de aeroportos internacionais /01 Comércio varejista de produtos de padaria e de confeitaria /02 30 Comércio varejista de laticínios, frios e conservas /00 Comércio varejista de balas, bombons e semelhantes /00 20 Comércio varejista de carnes - açougues /00 Comércio varejista de bebidas /01 Tabacaria /02 30 Comércio varejista de hortifrutigranjeiros /03 30 Peixaria /99 Comércio varejista de outros produtos alimentícios não especificados anteriormente /01 Comércio varejista de tecidos /02 Comercio varejista de artigos de armarinho Comercio varejista de artigos de cama, mesa e banho /00 Comércio varejista de artigos do vestuário e complementos /01 Comercio varejista de calçados /02 Comércio varejista de artigos de couro e de viagem /01 Comércio varejista de produtos farmacêuticos alopáticos (farmácias e drogarias) /02 Comércio varejista de produtos farmacêuticos homeopáticos /03 Farmácias de manipulação /04 Comércio varejista de artigos de perfumaria, cosméticos e de higiene pessoal /05 Comércio varejista de artigos médicos e ortopédicos /06 Comércio varejista de medicamentos veterinários Comércio varejista de máquinas, aparelhos e equipamentos /01 elétricos e eletrônicos de uso doméstico e pessoal, exclusive equipamentos de informática /02 Comércio varejista de artigos fotográficos e cinematográficos

8 5242-6/03 Comércio varejista de instrumentos musicais e acessórios /04 Comércio varejista de discos e fitas /01 Comércio varejista de móveis /02 Comércio varejista de artigos de colchoaria /03 Comércio varejista de artigos de tapeçaria /04 Comércio varejista de artigos de iluminação /99 Comércio varejista de outros artigos de utilidade doméstica 2/01 Comércio varejista de ferragens, ferramentas e produtos metalúrgicos 2/02 Comércio varejista de vidros, espelhos, vitrais e molduras 2/03 Comércio varejista de material para pintura 2/04 Comércio varejista de madeira e seus artefatos 2/05 Comércio varejista de materiais elétricos para construção 2/06 Comércio varejista de materiais hidráulicos 2/99 Comércio varejista de materiais de construção em geral /01 Comércio varejista de máquinas e equipamentos para escritório /02 Comércio varejista de máquinas, equipamentos e materiais de informática Comércio varejista de máquinas, equipamentos e materiais de comunicação /01 Comércio varejista de livros /02 Comércio varejista de artigos de papelaria /03 Comércio varejista de jornais e revistas /00 Comércio varejista de gás liqüefeito de petróleo (GLP) 3/01 60 Comércio varejista de artigos de ótica 3/02 Comércio varejista de artigos de relojoaria e joalheria 3/03 Comércio varejista de artigos de souveniers, bijuterias e artesanatos 3/04 Comércio varejista de bicicletas e triciclos; suas peças e acessórios 3/05 Comércio varejista de artigos esportivos 3/06 Comércio varejista de brinquedos e artigos recreativos 3/07 Comércio varejista de plantas e flores naturais e artificiais e frutos ornamentais 3/08 Comércio varejista de artigos de caça, pesca e camping 3/09 60 Comércio varejista de armas e munições 3/10 60 Comércio varejista de objetos de arte 3/11 Comércio varejista de artigos para animais, ração e animais vivos para criação doméstica 3/12 Comércio varejista de peças e acessórios para eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos, exclusive peças e acessórios para informática 3/13 60 Comércio varejista de fogos de artifício e artigos pirotécnicos 3/14 Comércio varejista de embarcações e outros veículos recreativos; suas peças e acessórios 3/99 60 Comércio varejista de outros produtos não especificados anteriormente 52-7/01 60 Comércio varejista de antigüidades 52-7/99 Comércio varejista de outros artigos usados, em lojas /01 Comércio varejista de artigos em geral, por catálogo ou pedido pelo correio /02 Comércio varejista de artigos em geral, por televisão, internet e outros meios de comunicação /01 60 Comércio varejista realizado em vias públicas /02 60 Comércio varejista a domicílio /03 60 Comércio varejista realizado em postos móveis /04 Comércio varejista realizado através de máquinas automáticas /99 60 Outros tipos de comércio varejista não realizado em lojas

9 5521-2/01 Restaurante /02 60 Choperias, whiskeria e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas /00 Lanchonete, casas de chá, de sucos e similares /01 Cantina (serviço de alimentação privativo) - exploração própria /02 Serviços de buffet

10 Redação Anterior: (1) Portaria nº de ANEXO ÚNICO À PORTARIA N o 1.799, de 30 de dezembro de CÓDIGO LB % ATIVIDADE ECONÔMICA 10-5/ / /04-4/ / / / / / / / / / / / / / / / / / / / / Comércio varejista de automóveis, camionetas e utilitários novos Comércio varejista de automóveis, camionetas e utilitários usados Comércio varejista de peças e acessórios novos para veículos automotores Comércio varejista de pneumáticos e câmaras de ar Comércio varejista de combustíveis e lubrificantes para veículos automotores Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios, com área de venda entre 300 e 00 metros quadrados supermercados Minimercados Mercearias e armazéns varejistas Lojas de departamentos ou magazines Lojas de variedades, exclusive lojas de departamentos ou magazines Comércio varejista de laticínios, frios e conservas Lanchonete, casas de chá, de sucos e similares Comércio varejista de balas, bombons e semelhantes Comércio varejista de carnes açougues Cantina (serviço de alimentação privativo) exploração própria Serviços de buffet Comércio varejista de bebidas Tabacaria Comércio varejista de hortifrutigranjeiros Comércio varejista de outros produtos alimentícios não especificados anteriormente Comércio varejista de tecidos Comércio varejista de artigos de armarinho Comércio varejista de artigos de cama, mesa e banho Comércio varejista de artigos do vestuário e complementos Comércio varejista de calçados Comércio varejista de produtos farmacêuticos alopáticos (farmácias e drogarias)

11 5241-8/ / / / / / / / / / /99 2/01 2/02 2/03 2/04 2/05 2/06 2/ / / / / /00 3/01 3/02 3/03 3/04 3/05 60 Comércio varejista de artigos de perfumaria, cosméticos e de higiene pessoal Comércio varejista de artigos médicos e ortopédicos Comércio varejista de máquinas, aparelhos e equipamentos elétrico, eletrônico de uso doméstico e pessoal, exclusive equipamentos de informática Comércio varejista de artigos fotográficos e cinematográficos Comércio varejista de instrumentos musicais e acessórios Comércio varejista de discos e fitas Comércio varejista de móveis Comércio varejista de artigos de colchoaria Comércio varejista de artigos de tapeçaria Comércio varejista de artigos de iluminação Comércio varejista de outros artigos de utilidade doméstica Comércio varejista de ferragens, ferramentas e produtos metalúrgicos Comércio varejista de vidros, espelhos, vitrais e molduras Comércio varejista de material para pintura Comércio varejista de madeira e seus artefatos Comércio varejista de materiais elétricos para construção Comércio varejista de materiais hidráulicos Comércio varejista de materiais de construção em geral Comércio varejista de máquinas e equipamentos para escritório Comércio varejista de máquinas, equipamentos e materiais de informática Comércio varejista de máquinas, equipamentos e materiais de comunicação Comércio varejista de livros Comércio varejista de artigos de papelaria Comércio varejista de gás liqüefeito de petróleo (GLP) Comércio varejista de artigos de ótica Comércio varejista de artigos de relojoaria e joalheria Comércio varejista de artigos de souveniers, bijuterias e artesanatos Comércio varejista de bicicletas e triciclos; suas peças e acessórios Comércio varejista de artigos esportivos

12 3/06 3/07 3/08 3/ / / / Comércio varejista de brinquedos e artigos recreativos Comércio varejista de plantas e flores naturais e artificiais e frutos ornamentais Comércio varejista de artigos de caça, pesca e camping Comércio varejista de outros produtos não especificados anteriormente Comércio varejista de outros artigos usados, em lojas Restaurante Choperias, whiskeria e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE ESTÍMULO À CIDADANIA FISCAL. Mês/Ano - Código de Nacional de Atividade Econômica - CNAE

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE ESTÍMULO À CIDADANIA FISCAL. Mês/Ano - Código de Nacional de Atividade Econômica - CNAE CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE ESTÍMULO À CIDADANIA FISCAL Mês/Ano - Código de Nacional de Atividade Econômica - CNAE OUTUBRO/2007 5611_2/01 - RESTAURANTES E SIMILARES NOVEMBRO/2007 4721_1/01

Leia mais

Pernambuco estabelece calendário de obrigatoriedade para a emissão de NFC-e

Pernambuco estabelece calendário de obrigatoriedade para a emissão de NFC-e Pernambuco estabelece calendário de obrigatoriedade para a emissão de NFC-e Informamos que o estado de Pernambuco, através da Portaria SF nº 192, de 27.09.2017, instituiu cronograma de obrigatoriedade

Leia mais

RESOLUÇÃO SEFA Nº 145/2015

RESOLUÇÃO SEFA Nº 145/2015 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, com fundamento nos Ajustes SINIEF 1/2013, 22/2013 e 5/2014; no inciso XIV do art. 45 da Lei n. 8.485, de 3 de junho de 1987; no 4º do art. 26 da Lei Complementar n. 123,

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGATORIEDADE EMISSAO DE NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRONICA NO ESTADO DO PARANÁ

CALENDÁRIO DE OBRIGATORIEDADE EMISSAO DE NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRONICA NO ESTADO DO PARANÁ CALENDÁRIO DE OBRIGATORIEDADE EMISSAO DE NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRONICA NO ESTADO DO PARANÁ A Secretaria de Fazenda do estado do Paraná publicou no último dia 09/04/2015 a Resolução SEFA 145/2015

Leia mais

Setor produtivo G03 - Borracha e Plástico. Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /01 Confecção de roupas profissionais, exceto sob

Setor produtivo G03 - Borracha e Plástico. Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /01 Confecção de roupas profissionais, exceto sob Setor produtivo G03 - Borracha e Plástico. Contém 1114186 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 1413-4/01 Confecção de roupas profissionais, exceto sob medida 1413-4/02 Confecção, sob medida, de roupas

Leia mais

ANEXO I. SEGMENTO ECONÔMICO/CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS CNAE (principal)

ANEXO I. SEGMENTO ECONÔMICO/CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS CNAE (principal) ANEXO I SEGMENTO ECONÔMICO/CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS CNAE (principal) SEGMENTO ECONÔMICO CNAE (Subclasse) Alimentação 1091102 Alimentação 4721102 Alimentação 4721103 Alimentação 4721104

Leia mais

Diário Oficial do Estado de São Paulo Seção 1 Volume 126 Número 243 São Paulo, quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Diário Oficial do Estado de São Paulo Seção 1 Volume 126 Número 243 São Paulo, quarta-feira, 28 de dezembro de 2016 Diário Oficial do Estado de São Paulo Seção 1 Volume 126 Número 243 São Paulo, quarta-feira, 28 de dezembro de 2016 DECRETO Nº 62.385, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016 Dispõe sobre a possibilidade de contribuintes

Leia mais

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Sondagem do comércio

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Sondagem do comércio Nº 41 Outubro/2014 1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio O volume de vendas do comércio varejista restrito do estado do Rio de Janeiro registrou, em agosto de 2014, alta de 1,1% em relação ao mesmo

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral Contribuinte, Confira os dados de Identificação da Pessoa Jurídica e, se houver qualquer divergência, providencie junto à RFB a sua atualização cadastral.

Leia mais

Setor produtivo G08 - Metalurgia (3). Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /99 Extração de outros minerais não-metálicos não

Setor produtivo G08 - Metalurgia (3). Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /99 Extração de outros minerais não-metálicos não Setor produtivo G08 - Metalurgia (3). Contém 1393107 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0899-1/99 Extração de outros minerais não-metálicos não especificados anteriormente 1091-1/01 Fabricação de

Leia mais

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Nº 47 - Outubro/2015 1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio O volume de vendas do comércio varejista restrito do estado do Rio de Janeiro apontou, em julho de 2015, queda de 4,0% em relação ao mesmo

Leia mais

ATIVIDADES DO VAREJO

ATIVIDADES DO VAREJO CNAE - Classificação Nacional de Atividades Econômicas O SINDECC/MG é o legítimo representante dos Profissionais vinculados às atividades econômicas abaixo relacionadas, bem como dos Profissionais dos

Leia mais

FECOMERCIO-SP. Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo

FECOMERCIO-SP. Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo Empregador do Comércio FECOMERCIO-SP Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo Corretor Parceiro, conheça as atividades econômicas dos associados à Fecomercio-SP. CNAE 3513-1/00

Leia mais

Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) Estado do Rio de Janeiro - Janeiro de 2005 a Agosto de 2011 Variação acumulada em 12 Meses. Comércio Geral.

Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) Estado do Rio de Janeiro - Janeiro de 2005 a Agosto de 2011 Variação acumulada em 12 Meses. Comércio Geral. jan-05 abr-05 jul-05 out-05 jan-06 abr-06 jul-06 out-06 jan-07 abr-07 jul-07 out-07 jan-08 abr-08 jul-08 out-08 jan-09 abr-09 jul-09 out-09 jan-10 abr-10 jul-10 out-10 jan-11 abr-11 jul-11 Nº 08 OUT/2011

Leia mais

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Sondagem do comércio

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Sondagem do comércio Nº 45- Maio/2015 1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio O volume de vendas do comércio varejista restrito do estado do Rio de Janeiro registrou, em fevereiro de 2015, alta de 0,8% em relação ao mesmo

Leia mais

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Sondagem do comércio

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Sondagem do comércio Nº 50 Julho/2016 1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio O volume de vendas do comércio varejista restrito do estado do Rio de Janeiro apontou, em maio de 2016, queda de 11,0% em relação ao mesmo

Leia mais

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio

1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio Nº 49 Março/2016 1. COMÉRCIO 1.1. Pesquisa Mensal de Comércio O volume de vendas do comércio varejista restrito do estado do Rio de Janeiro apontou, em fevereiro de 2016, queda de 6,5% em relação ao mesmo

Leia mais

Av. Baruel, São Paulo - SP - CEP (11)

Av. Baruel, São Paulo - SP - CEP (11) Vide Medida Provisória nº 582, de 2012 NCM 02.03 02.06 02.09 02.10.1 05.04 05.05 05.07 05.10 05.11 Capítulo 16 Capítulo 19 2515.11.00 2515.12.10 2516.11.00 2516.12.00 30.02 30.03 30.04 3005.90.90 3815.12.10

Leia mais

NOVO ECF. Cronograma de obrigatoriedade e proibições (NOVO ECF, SAT FISCAL, NFC-e, ECF e MFE) ASSUNTOS REGULATÓRIOS. Rev.6.3 Atualizado em 25/08/2017

NOVO ECF. Cronograma de obrigatoriedade e proibições (NOVO ECF, SAT FISCAL, NFC-e, ECF e MFE) ASSUNTOS REGULATÓRIOS. Rev.6.3 Atualizado em 25/08/2017 Cronograma de obrigatoriedade e proibições (NOVO ECF, SAT FISCAL, NFC-e, ECF e MFE) Este documento deve ser utilizado como consulta sobre os prazos estabelecidos pela legislação a respeito do uso de tecnologias

Leia mais

Vestuário (5,8%) - favorecidos ainda. Duráveis cresceu 4,0%, influenciado

Vestuário (5,8%) - favorecidos ainda. Duráveis cresceu 4,0%, influenciado BOLETIM ECONÔMICO No. 06 Agosto/11 COMÉRCIO O faturamento do comércio do estado do Rio de Janeiro cresceu 3,1% em junho na comparação com o mesmo período de 2010, atingindo 26 altas consecutivas nesta

Leia mais

NOVO ECF. Cronograma de obrigatoriedade e proibições (NOVO ECF, SAT FISCAL, NFC-e, ECF e MFE) ASSUNTOS REGULATÓRIOS. Rev.6.1 Atualizado em 30/05/2017

NOVO ECF. Cronograma de obrigatoriedade e proibições (NOVO ECF, SAT FISCAL, NFC-e, ECF e MFE) ASSUNTOS REGULATÓRIOS. Rev.6.1 Atualizado em 30/05/2017 Cronograma de obrigatoriedade e proibições (NOVO ECF, SAT FISCAL, NFC-e, ECF e MFE) Este documento deve ser utilizado como consulta sobre os prazos estabelecidos pela legislação a respeito do uso de tecnologias

Leia mais

TOP OF MIND 2017 Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum

TOP OF MIND 2017 Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum TOP OF MIND 2017 Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum CATEGORIA QUESTIONARIO 1 3 SITE 4 GRÁFICA 5 COMUNICAÇÃO VISUAL 6 EMPRESA DE SONORIZAÇÃO 7 PROVEDOR DE INTERNET 8 Assistência Técnica de

Leia mais

Setor produtivo G04 - Confecção e Têxtil. Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /00 Preparação e fiação de fibras de algodão

Setor produtivo G04 - Confecção e Têxtil. Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /00 Preparação e fiação de fibras de algodão Setor produtivo G04 - Confecção e Têxtil. Contém 1937980 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 1311-1/00 Preparação e fiação de fibras de algodão 1312-0/00 Preparação e fiação de fibras têxteis naturais,

Leia mais

ESTABELECIMENTOS NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA POR SUBSETOR DO COMÉRCIO VAREJISTA - 2000

ESTABELECIMENTOS NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA POR SUBSETOR DO COMÉRCIO VAREJISTA - 2000 ESTABELECIMENTOS NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA POR SUBSETOR DO COMÉRCIO VAREJISTA - 2000 Comércio Varejista 2000 Comércio a Varejo e por Atacado de VeículosAutomotores 50 Manutenção e Reparação de VeículosAutomotores

Leia mais

Data de Ingresso 01/12/ /08/ /11/ /03/2015

Data de Ingresso 01/12/ /08/ /11/ /03/2015 SETOR 1. Serviços de Tecnologia da Informação (TI) e de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) Análise e desenvolvimento de sistemas Data de Ingresso Alíquotas Programação Análise e desenvolvimento

Leia mais

CADASTRO COMERCIAL. Regime de inscrição no cadastro dos estabelecimentos comerciais. Decreto-Lei nº 48/2011, de 1 de abril Artigo 14º

CADASTRO COMERCIAL. Regime de inscrição no cadastro dos estabelecimentos comerciais. Decreto-Lei nº 48/2011, de 1 de abril Artigo 14º CADASTRO COMERCIAL Regime de inscrição no cadastro dos estabelecimentos comerciais Decreto-Lei nº 48/2011, de 1 de abril Artigo 14º SUBSECÇÃO III Cadastro comercial Artigo 14.º Regime de inscrição no cadastro

Leia mais

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO CONCEITO NO CONTEXTO DA LEI /2011

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO CONCEITO NO CONTEXTO DA LEI /2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO CONCEITO NO CONTEXTO DA LEI 12.546/2011 COMÉRCIO VAJERISTA / CRITÉRIO DE APLICAÇÃO POR CNAE Os segmentos de comércio varejista, ficam sob a alíquota de 1%, cujas atividades

Leia mais

Aproveito o ensejo para reiterar a Vossa Excelência meus protestos de alta estima e distinta consideração. MARCELO CRIVELLA

Aproveito o ensejo para reiterar a Vossa Excelência meus protestos de alta estima e distinta consideração. MARCELO CRIVELLA OFÍCIO GP nº 102/CMRJ Em 14 de setembro de 2017. Senhor Presidente, Dirijo-me a Vossa Excelência para comunicar que, nesta data, sancionei o Projeto de Lei Complementar n 93, de 2014, de autoria dos Ilustres

Leia mais

Subcategorias e Grupos de Atividades Não Residenciais / Descrição da CNAE

Subcategorias e Grupos de Atividades Não Residenciais / Descrição da CNAE Anexo ao Decreto xxxx de xxxx de xxxx de 2016 ANEXO ÚNICO SUBCATEGORIAS, GRUPOS DE ATIVIDADES E ATIVIDADES DE BAIXO RISCO São consideradas de baixo risco as seguintes atividades, desde atendam as disposições

Leia mais

PIB BRASILEIRO (variação anual, %)

PIB BRASILEIRO (variação anual, %) PIB PIB BRASILEIRO (variação anual, %) 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 4.0 1.9 3.0

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 13 DE AGOSTO DE 2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 13 DE AGOSTO DE 2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 13 DE AGOSTO DE 2012 Publicada no DOE(Pa) de 14.08.12. Vide IN 16/12, que trata do registro eletrônico de documentos fiscais. Alterada pelas IN 17/12, 03/14, 23/14. Vide

Leia mais

ANEXO III COMPOSIÇÃO DOS GRUPAMENTOS DE ATIVIDADE AGRÍCOLA

ANEXO III COMPOSIÇÃO DOS GRUPAMENTOS DE ATIVIDADE AGRÍCOLA ANEXO III COMPOSIÇÃO DOS GRUPAMENTOS DE ATIVIDADE CÓDIGO DENOMINAÇÕES Agricultura, pecuária e serviços relacionados com estas atividades 01101 Cultivo de arroz 01102 Cultivo de milho 01103 Cultivo de outros

Leia mais

Simples Minas O que você precisa saber

Simples Minas O que você precisa saber Simples Minas O que você precisa saber Para enquadrar no Simples Minas há normas previstas na Lei 15.219 de 07.07.2004, que deverão ser cumpridas. O Decreto 43.924 de 03.12.2004 regulamentou esta lei estabelecendo

Leia mais

NORMA TÉCNICA 14/2014

NORMA TÉCNICA 14/2014 ESTADO DE GOIÁS CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA 14/2014 CARGA DE INCÊNDIO NAS EDIFICAÇÕES E ÁREAS DE RISCO SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências normativas e bibliográficas 4 Definições

Leia mais

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%)

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) PIB 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 3.9 1.9 3.0

Leia mais

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%)

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) PIB 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) 9.0 8.0 7.6 7.0 6.0 5.0 4.0 3.0 2.0 1.0-1.0 4.4 1.3 3.1 1.2 5.7 3.1 4.0 6.0

Leia mais

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE Pesquisa mensal de comércio Junho de 212 IBGE PMC Varejo restrito e ampliado Sumário Varejo Restrito - Receita nominal - Volume de vendas (Deflação da receita bruta com o IPCA e SINAPI) Varejo Ampliado

Leia mais

Estado do Paraná Secretaria de Estado da Fazenda Coordenação da Receita do Estado

Estado do Paraná Secretaria de Estado da Fazenda Coordenação da Receita do Estado RESOLUÇÃO SEFA Nº 145/2015 Publicada no DOE 9428 de 09.04.2015 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, com fundamento nos Ajustes SINIEF 1/2013, 22/2013 e 5/2014; no inciso XIV do art. 45 da Lei n. 8.485, de

Leia mais

EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico

EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO 2016 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 3 Ilustração

Leia mais

EM % Média : 3,8% Média : 2,7% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO

EM % Média : 3,8% Média : 2,7% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO PIB 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015* Fonte: IBGE e IPEA CRESCIMENTO Elaboração

Leia mais

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Pesquisa Anual de Comércio PAC 2015 Sumário Objetivos da PAC Segmentos e classes de atividade Aspectos metodológicos Principais resultados Objetivos da

Leia mais

PERMITIDO EM ZCOR-3 PARA ATIVIDADES DE BAIXO RISCO

PERMITIDO EM ZCOR-3 PARA ATIVIDADES DE BAIXO RISCO Anexo ao Decreto xxxx de xxxx de xxxx de 2016 ANEXO ÚNICO SUBCATEGORIAS, GRUPOS DE ATIVIDADES E ATIVIDADES DE BAIXO RISCO São consideradas de baixo risco as seguintes atividades, desde atendam as disposições

Leia mais

RESOLUCAO Nº 242 SEFAZ, DE 23/10/2009 (DO-RJ EXE, DE 29/10/2009)

RESOLUCAO Nº 242 SEFAZ, DE 23/10/2009 (DO-RJ EXE, DE 29/10/2009) Bj Plus > Direito Tributario > Atos Legais Estaduais > Rio de Janeiro > Resolucoes > 2009 RESOLUCAO Nº 242 SEFAZ, DE 23/10/2009 (DO-RJ EXE, DE 29/10/2009) Dispõe sobre a obrigatoriedade da utilização da

Leia mais

CRESCIMENTO DO PIB BRASILEIRO

CRESCIMENTO DO PIB BRASILEIRO PIB 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015* Fonte: IBGE e IPEA CRESCIMENTO DO PIB

Leia mais

Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012

Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012 Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012 1. No mês de Junho, o comércio varejista cresceu 1,5% no volume de vendas e 1,9% no faturamento (receita nominal), em relação a Maio. No comparativo com Junho

Leia mais

PERMITIDO EM ZCOR-a. Subcategorias e Grupos de Atividades Não Residenciais / Descrição da CNAE. Código CNAE

PERMITIDO EM ZCOR-a. Subcategorias e Grupos de Atividades Não Residenciais / Descrição da CNAE. Código CNAE Anexo ao Decreto xxxx de xxxx de xxxx de 2016 ANEXO ÚNICO SUBCATEGORIAS, GRUPOS DE ATIVIDADES E ATIVIDADES DE BAIXO RISCO São consideradas de baixo risco as seguintes atividades, desde atendam as disposições

Leia mais

Subcategorias e Grupos de Atividades Não Residenciais / Descrição da CNAE

Subcategorias e Grupos de Atividades Não Residenciais / Descrição da CNAE Anexo ao Decreto xxxx de xxxx de xxxx de 2016 ANEXO ÚNICO SUBCATEGORIAS, GRUPOS DE ATIVIDADES E ATIVIDADES DE BAIXO RISCO São consideradas de baixo risco as seguintes atividades, desde atendam as disposições

Leia mais

PERMITIDO EM ZCOR-a PARA ATIVIDADES DE BAIXO RISCO

PERMITIDO EM ZCOR-a PARA ATIVIDADES DE BAIXO RISCO Anexo ao Decreto xxxx de xxxx de xxxx de 2016 ANEXO ÚNICO SUBCATEGORIAS, GRUPOS DE ATIVIDADES E ATIVIDADES DE BAIXO RISCO São consideradas de baixo risco as seguintes atividades, desde atendam as disposições

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017

COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DA CPRH Nº 006/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA DA CPRH Nº 006/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA DA CPRH Nº 006/2015 Altera o Anexo Único da Instrução Normativa CPRH nº 005/2014. A Diretora Presidente da AGÊNCIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE - CPRH, no uso da atribuição que lhe confere

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

DECRETO Nº , DE 8 DE SETEMBRO DE artigos 127 e 133 da Lei nº , de 22 de março de 2016.

DECRETO Nº , DE 8 DE SETEMBRO DE artigos 127 e 133 da Lei nº , de 22 de março de 2016. Página 1 de 51 DECRETO Nº 57.298, DE 8 DE SETEMBRO DE 2016 Dispõe sobre os empreendimentos considerados de baixo risco de que tratam os artigos 127 e 133 da Lei nº 16.402, de 22 de março de 2016. CONSIDERANDO

Leia mais

Dispõe sobre os empreendimentos considerados de baixo risco de que tratam os artigos 127 e 133 da Lei nº , de 22 de março de 2016.

Dispõe sobre os empreendimentos considerados de baixo risco de que tratam os artigos 127 e 133 da Lei nº , de 22 de março de 2016. DECRETO Nº 57.298, DE 8 DE SETEMBRO DE 2016 Dispõe sobre os empreendimentos considerados de baixo risco de que tratam os artigos 127 e 133 da Lei nº 16.402, de 22 de março de 2016. FERNANDO HADDAD, Prefeito

Leia mais

TABELA PRÁTICA COM OS VALORES DA TFE PARA 2011

TABELA PRÁTICA COM OS VALORES DA TFE PARA 2011 30104 30201 30309 30406 30503 30600 30708 30805 30902 31003 31100 31208 31305 Agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal, pesca, aquicultura e serviços relacionados com essas atividades.

Leia mais

TABELA PRÁTICA COM OS VALORES DA TFE PARA 2014

TABELA PRÁTICA COM OS VALORES DA TFE PARA 2014 30104 30201 30309 30406 30503 30600 30708 30805 30902 31003 31100 31208 31305 Agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal, pesca, aquicultura e serviços relacionados com essas atividades.

Leia mais

ANEXO 1 - PORTARIA SF Nº 05/2003. Tabela de Códigos referentes à Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos (TFE) Seção 1 - Atividades Permanentes

ANEXO 1 - PORTARIA SF Nº 05/2003. Tabela de Códigos referentes à Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos (TFE) Seção 1 - Atividades Permanentes ANEXO 1 - PORTARIA SF Nº 05/2003 Tabela de Códigos referentes à Taxa de Fiscalização de Estabelecimentos (TFE) Seção 1 - Atividades Permanentes Código Item da Tabela anexa à Lei Grupo de Atividades conforme

Leia mais

Negócios Promissores Especialistas em pequenos negócios / / sebrae.com.br

Negócios Promissores Especialistas em pequenos negócios / / sebrae.com.br Negócios Promissores 2015 Milhões de Optantes Número de pequenos negócios no Brasil cresceu 272% nos últimos sete anos 10,0 9,3 8,2 8,0 7,1 6,0 5,6 4,3 4,0 2,0 2,5 2,6 3,2 0,0 2007 2008 2009 2010 2011

Leia mais

Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO

Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO 2017 - SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA...2 Ilustração

Leia mais

Subcategorias e Grupos de Atividades Não Residenciais / Descrição da CNAE

Subcategorias e Grupos de Atividades Não Residenciais / Descrição da CNAE Anexo ao Decreto xxxx de xxxx de xxxx de 2016 ANEXO ÚNICO SUBCATEGORIAS, GRUPOS DE ATIVIDADES E ATIVIDADES DE BAIXO RISCO São consideradas de baixo risco as seguintes atividades, desde atendam as disposições

Leia mais

2º caderno: levantamento

2º caderno: levantamento 2º caderno: levantamento 1 O plano de urbanismo de Brasília - cabe observar, antes da leitura dos quadros que se seguem, mais adiante - distribui o comércio em 3 distintos setores: 1 - Setor Comercial

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. R. Gen. Aristides Athayde Junior, Bigorrilho. Curitiba. Paraná Telefone:

1. INTRODUÇÃO. R. Gen. Aristides Athayde Junior, Bigorrilho. Curitiba. Paraná Telefone: 1. INTRODUÇÃO A análise mensal denominada Perfil Empresarial Brasileiro Empresômetro é uma publicação regular do IBPT Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação, que evidencia a disposição do empreendedor

Leia mais

Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017

Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017 Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017 Editoria: Estatísticas Econômicas Produto: Em agosto de 2017, o volume de vendas do comércio varejista nacional recuou 0,5%, enquanto a receita

Leia mais

PORTARIA SF Nº 147, DE

PORTARIA SF Nº 147, DE PORTARIA SF Nº 147, DE 29.08.2008 O SECRETÁRIO DA FAZENDA, considerando as significativas modificações introduzidas na Portaria SF nº 083, de 28.04.2004, e alterações, que dispõe sobre antecipação tributária,

Leia mais

Indicadores selecionados do RS*

Indicadores selecionados do RS* 67 Indicadores selecionados do RS* Tabela 1 Taxas de crescimento da produção, da área colhida e da produtividade dos principais produtos da lavoura no Rio Grande do Sul /06 PRODUTOS / 2006/ (1) Produção

Leia mais

Acidentes de Trabalho no Setor de Atividade Econômico Serviços 2007.

Acidentes de Trabalho no Setor de Atividade Econômico Serviços 2007. Acidentes de Trabalho no Setor de Atividade Econômico Serviços 27. Estatísticas de Acidente de Trabalho no Brasil BLOG DIESAT: Leia notícias atualizadas sobre Acidente de Trabalho: http://diesat.blogspot.com/search/label/acidente%2de%2trabalho

Leia mais

Resultados de Maio 2017

Resultados de Maio 2017 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC Pesquisa Mensal de Comércio - PMC Resultados de o 2017 Data 12/07/2017 Objetivo Pesquisa Mensal do Comércio Produzir indicadores que permitam

Leia mais

RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1

RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1 RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1 Produção Industrial Mensal Produção Física: Março de 2012 Os indicadores da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física PIM-PF, referentes ao mês de março

Leia mais

lista setores 3 dig Lerner 3 dig IHH 3 dig correlação Aço Açúcar Açúcar e Álcool

lista setores 3 dig Lerner 3 dig IHH 3 dig correlação Aço Açúcar Açúcar e Álcool lista setores 3 dig Lerner 3 dig IHH 3 dig correlação Aço 0.260629942 0.100597642 0.219608483 Açúcar 0.055219472 0.258237853 Açúcar e Álcool Integradas 0.063122945 0.02834294 Administração de Imóveis Próprios

Leia mais

LEI Nº 971, de 06 de outubro de 2009.

LEI Nº 971, de 06 de outubro de 2009. LEI Nº 971, de 06 de outubro de 2009. Institui tratamento diferenciado e favorecido às Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual. A CÂMARA MUNICIPAL DE PIRAÍ aprova e eu sanciono

Leia mais

Boletim Informativo. Emprego em Guarulhos: Fevereiro de 2015.

Boletim Informativo. Emprego em Guarulhos: Fevereiro de 2015. Boletim Informativo Emprego em Guarulhos: Fevereiro de 2015. Boletim Informativo - Emprego em Fevereiro de 2015 Diretoria Presidente Aarão Ruben de Oliveira Vice-Presidente Jorge Alberto Taiar Secretário

Leia mais

LC 447/2011 ALTERADA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 461/11. ALTERADA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 489/13. LC 447/2011

LC 447/2011 ALTERADA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 461/11. ALTERADA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 489/13. LC 447/2011 LC 447/2011 ALTERADA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 461/11. ALTERADA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 489/13. LC 447/2011 LEI COMPLEMENTAR N. 447/11 DE 1 o DE NOVEMBRO DE 2011 Dispõe sobre a instalação de atividades

Leia mais

Comércio ofereceu mais empregos, mas com salários médios menores no período

Comércio ofereceu mais empregos, mas com salários médios menores no período Comércio ofereceu mais empregos, mas com salários médios menores no período 2003-2007 25/06/2009 No período 2003-2007, foi marcante o crescimento do número de postos de trabalho oferecidos pelo Comércio

Leia mais

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado COMENTÁRIOS Em junho de 2015, o comércio varejista nacional registrou variação de -0,4% no volume de vendas frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais, quinta taxa negativa

Leia mais

Bradesco Seguro Simpli Empresa TABELA DE VENDAS

Bradesco Seguro Simpli Empresa TABELA DE VENDAS Bradesco Seguro Simpli Empresa TABELA DE VENDAS BRADESCO SEGURO SIMPLI EMPRESA ÍNDICE DE ATIVIDADES Pág. Pág. Benefícios e instruções de contratação Açougue Academia de ginástica, musculação, pilates,

Leia mais

VAREJO. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

VAREJO. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos VAREJO Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DO VAREJO O comércio varejista já está apresentando retomada neste ano. Acomodação do mercado de trabalho aliada à

Leia mais

Resultado Agregado. ASSESSORIA ECONÔMICA DO SISTEMA FECOMÉRCIO-RS - Fone: (51) de Junho de 2015

Resultado Agregado. ASSESSORIA ECONÔMICA DO SISTEMA FECOMÉRCIO-RS - Fone: (51) de Junho de 2015 01 de Junho de 2015 Resultado Agregado Índice de Vendas do Comércio Abril 2015 IVC IVA IVV Real Nominal Real Nominal Real Nominal Mensal -7,2-3,0-7,4-5,0-7,0-0,8 Acumulado no Ano -5,8-0,8-5,3-1,7-6,3 0,1

Leia mais

Atividades de jardins botânicos, zoológicos, parques nacionais, reservas ecológicas e áreas de proteção ambiental

Atividades de jardins botânicos, zoológicos, parques nacionais, reservas ecológicas e áreas de proteção ambiental 26 Quadro 7 considerando o núcleo da indústria criativa Fabricação de instrumentos musicais 32205 Construção de obras de arte especiais 42120 Edição de livros 58115 Edição de jornais 58123 Edição de revistas

Leia mais

LOJAS LE BISCUIT S.A. EXERCÍCIO DE 2015

LOJAS LE BISCUIT S.A. EXERCÍCIO DE 2015 LOJAS LE BISCUIT S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - OUTUBRO

ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - OUTUBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - OUTUBRO 2016 - SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 2

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Novembro / 2016 Varejo cresce 2,0% em novembro Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, o volume das vendas do Varejo brasileiro voltou a ficar positivo em novembro de

Leia mais

ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - DEZEMBRO

ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - DEZEMBRO 2016 - SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA...

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Dezembro de 2015 O é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho do consumo e das

Leia mais

Desempenho da Indústria Catarinense

Desempenho da Indústria Catarinense FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 21 de Agosto de 2015 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2015 INDICADOR SANTA CATARINA

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Novembro de 2016 O é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho do consumo e das

Leia mais

Outubro de 2013 IGP-M registra variação de 0,86% em outubro Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) IGP-M IGP-M

Outubro de 2013 IGP-M registra variação de 0,86% em outubro Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) IGP-M IGP-M IGP-M registra variação de 0,86% em outubro O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,86%, em outubro. Em setembro, o índice variou 1,50%. Em outubro de 2012, a variação foi de 0,02%. A variação

Leia mais

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Diretoria Adjunta de Análise e Disseminação de Informações Gerência de Indicadores Econômicos Em fevereiro de 2016, no acumulado de 12 meses,

Leia mais

A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul

A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul O Sebrae/MS realizou um estudo sobre a Mulher e o Mercado de trabalho no MS, utilizando as seguintes fontes: Ministério do Trabalho

Leia mais

PLANO DE MIX ABRASCE 2017

PLANO DE MIX ABRASCE 2017 PLANO DE MIX ABRASCE 2017 PLANO DE MIX ABRASCE 2017 PLANO DE MIX ABRASCE 2017 SOBRE ABRASCE A ABRASCE - Associação Brasileira de Shopping Centers, é a entidade representativa do setor no país. Atuando

Leia mais

Setor produtivo G12 - Outras Atividades Correlatas. Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /01 Horticultura, exceto morango

Setor produtivo G12 - Outras Atividades Correlatas. Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /01 Horticultura, exceto morango Setor produtivo G12 - Outras Atividades Correlatas. Contém 1286608 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0121-1/01 Horticultura, exceto morango 0132-6/00 Cultivo de uva 0141-5/01 Produção de sementes

Leia mais

Desempenho da Indústria Catarinense

Desempenho da Indústria Catarinense FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 28 de março de 2016 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2016 INDICADOR SANTA CATARINA

Leia mais

CONJUNTURA ECONÔMICA GEAC MARÇO DE 2016

CONJUNTURA ECONÔMICA GEAC MARÇO DE 2016 CONJUNTURA ECONÔMICA GEAC MARÇO DE 2016 Geovana Pires Diretora da DIEPSAC/FAPESPA Belém, 25 de abril de 2016. Informe Comércio Exterior Mar/2016 Saldo Comercial Mar/2016 - Ranking Nacional - Milhões (US$)

Leia mais

Vendas no varejo continuaram em queda em abril

Vendas no varejo continuaram em queda em abril Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 16 de junho de 2015 Vendas no varejo continuaram em queda em abril As vendas do restrito recuaram na passagem de março para abril, refletindo o desempenho

Leia mais

Desempenho da Indústria Catarinense

Desempenho da Indústria Catarinense FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 20 de março de 2015 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2015 INDICADOR SANTA CATARINA

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Janeiro/ 2016 Varejo inicia o ano com recuo de -1,5% O Varejo brasileiro inicia o ano de 2016 dando continuidade à tendência de queda no volume de vendas com o primeiro mês do ano

Leia mais

Lei Municipal 3.263/99: ANEXO 3 - CLASSIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES QUADRO 1. COMÉRCIO VAREJISTA - CONDIÇÕES PARA INSTALAÇÃO

Lei Municipal 3.263/99: ANEXO 3 - CLASSIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES QUADRO 1. COMÉRCIO VAREJISTA - CONDIÇÕES PARA INSTALAÇÃO NA BACIA DE CONTRIBUIÇÃO INDIRETA CÓD. ATIVIDADES EM ÁREA COM IMPLANTADO EM ÁREA SEM COMÉRCIO VAREJISTA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS 10101 AÇOUGUE E PEIXARIA 10102 BOMBONIÈRE E CONFEITARIA 10103 CONDIMENTOS

Leia mais

GLOSSÁRIO DEFINIÇÕES E CONVENÇÕES DO SETOR DE SHOPING CENTERS

GLOSSÁRIO DEFINIÇÕES E CONVENÇÕES DO SETOR DE SHOPING CENTERS Pág. 01 GLOSSÁRIO DEFINIÇÕES E CONVENÇÕES DO SETOR DE SHOPING CENTERS Neste material estão listados por ordem alfabética termos e definições mais comuns da indústria de shoppings. Pág. 02 A ABL Área Bruta

Leia mais

ALTERAÇÃO DO REGULAMENTO DO MERITO EMPRESARIAL CDL

ALTERAÇÃO DO REGULAMENTO DO MERITO EMPRESARIAL CDL ALTERAÇÃO DO REGULAMENTO DO MERITO EMPRESARIAL CDL Pelo presente instrumento, a Câmara de Dirigentes Lojista de Araguari instituiu o Regulamento do MERITO EMPRESARIAL CDL, com regras e procedimentos que

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2012 Unidade de Estudos Econômicos PRINCIPAIS ESTADOS EXPORTADORES NO MÊS jan/11 Part(%) jan/12 Part(%) Var (%) SAO PAULO 3.328 21,9% 3.672 22,7% 10,3% 344

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Outubro/ 2015 Comércio tem crescimento após 8 meses de quedas consecutivas O comércio varejista nacional registrou crescimento nas vendas de 0,6% em outubro frente ao mês imediatamente

Leia mais

Receita nominal. Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1 1,1 0,5 Setembro 2015 / Setembro 2014

Receita nominal. Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1 1,1 0,5 Setembro 2015 / Setembro 2014 Vendas no varejo variam 0,5% em setembro Período Volume de vendas Varejo Receita nominal Varejo Ampliado Volume de vendas Receita nominal Setembro/Agosto 0,5 0,1 1,5 1,2 Média móvel trimestral 1,0 0,1

Leia mais