Iniciando com Zend_Auth By Rob Allen, Document Revision Copyright 2007

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Iniciando com Zend_Auth By Rob Allen, www.akrabat.com Document Revision 1.0.8 Copyright 2007"

Transcrição

1 Iniciando com Zend_Auth By Rob Allen, Document Revision Copyright 2007 Este tutorial é destinado a oferecer uma bem básica introdução para o uso do componente Zend_Auth com o Zend Framework. Este tutorial tem como base o tutorial anterior Getting Started with the Zend Tutorial que está disponível em NOTA: Este tutorial foi testado nas versões 1.0.0, e do Zend Framework. Ele tem grandes chances de funcionar em versões mais novas. Antes de Iniciar A implementação da autenticação que nós estamos fazendo para usar neste tutorial usa sessões em PHP. Esteja seguro de que o diretório configurado para o session.save_path no php.ini tenha permissão de escrita para o servidor web, caso contrário você receberá uma antiga exception thrown. Autenticação Para o uso deste tutorial, autenticação é o processo de alguém fazer login em uma aplicação web. Iremos modificar a aplicação criada em Getting Started with the Zend Framework para que seja requerido login ao acessar qualquer arquivo da aplicação. Basicamente faremos: Criar a tabela de usuários e popular com um usuário. Criar um formulário de login. Criar um controller contendo ações para login e logout. Alterar o rodapé (footer) para permitir logout Garantir que o usuário sempre esteja logado antes de permitir seu acesso à aplicação. Tabela de usuários (users) A primeira coisa que precisamos é de uma tabela users. Isto não precisa ser complicado, terá um esquema como o seguinte (se usando MySQL): CREATE TABLE users ( id int(11) NOT NULL auto_increment, username varchar(50) NOT NULL, password varchar(50) NOT NULL, real_name varchar(100) NOT NULL, PRIMARY KEY (id), UNIQUE KEY username (username) ); Precisamos de um usuário que possa fazer login: INSERT INTO users (id, username, password, real_name) VALUES (1, 'rob', 'rob', 'Rob Allen'); Rode estas instruções em um cliente do MySQL como o phpmyadmin ou na linha de comando do MySQL (obviamente você pode escolher um melhor username e password).

2 Alterações no Bootstrap Com a finalidade de nos mantermos informados sobre o fato de que o usuário está logado, nós utilizaremos session. O Zend Framework provém Zend_Session_Namespace que oferece uma adequada interface orientada a objetos para o session. A alteração para o index.php é: zf-tutorial/index.php: Zend_Loader::loadClass('Zend_Db_Table'); Zend_Loader::loadClass('Zend_Debug'); Zend_Loader::loadClass('Zend_Auth'); // load configuration and.. // setup database $db = Zend_Db::factory($config->db->adapter, $config->db->config->toarray()); Zend_Db_Table::setDefaultAdapter($db); Zend_Registry::set('db', $db); // setup controller $frontcontroller = Zend_Controller_Front::getInstance(); Tudo o que temos que fazer aqui é garantir que nós temos carregado a classe Zend_Auth e registrado o adaptador de banco de dados com o registry. Nós armazenamos este no registry pois nós necessitamos deste quando formos autenticar depois. O Controller Auth Precisamos de um controller para manipular as ações login e logout. Por isso faz sentido chamar isso de AuthController. Estamos iniciando isto com o básico do IndexController: zf-tutorial/application/controllers/authcontroller.php: <?php function init() $this->initview(); $this->view->baseurl = $this->_request->getbaseurl(); function indexaction() Configuramos o init() logo que a view é inicializada e que baseurl é atribuída para e ele. Também criamos uma função indexaction() como algo requerido pela Zend_Controller_Action. Não precisamos de indexaction() mas como estamos indo usar loginaction() e logoutaction(), por isso basta voltar ao redirecionamento defualt se alguém navegar para a índex de auth.

3 Efetuando Login Para efetuar login na aplicação precisamos de um form, To log into the application we need a form, de forma que a ação login irá funcionar de uma forma muito similar que outro form no IndexController. O form template deve ficar em views/scripts/auth/login.phtml e o código deve estar em AuthController::loginAction(). O form é muito simples, requer apenas dois campos: username e password: zf-tutorial/application/views/scripts/auth/login.phtml: <?php echo $this->render('header.phtml');?> <h1><?php echo $this->escape($this->title);?></h1> <?php if(!empty($this->message)) :?> <div id="message"> <?php echo $this->escape($this->message);?> <?php endif;?> <form action="<?php echo $this->baseurl?>/auth/login" method="post"> <div> <label for="username">username</label> <input type="text" name="username" value=""/> <div> <label for="password">password</label> <input type="password" name="password" value=""/> <div id="formbutton"> <input type="submit" name="login" value="login" /> </form> <?php echo $this->render('footer.phtml');?> O template renderiza o header.phtml e o footer.phtml para o topo e para o rodapé como usual. Note que nós exibimos a mensagem somente se $this->message não for vazia. Isto é usado para avisar ao usuário que seu login falhou. O restante do template é o próprio formulário de login. Agora que temos um form, nós precisamos criar a ação controller para executar esta. Esta é adicionada ao AuthController.php: zf-tutorial/application/controllers/authcontroller.php: function loginaction() $this->view->message = ''; $this->view->title = "Log in"; Inicialmente, tudo que precisamos fazer e ajustar a mensagem do título e então renderizar o form. Se você navegar para então verá o form de login. Quanto ao processamento do form após ser submetido? Para fazer isso faremos de forma semelhante ao que fizemos nos forms add e edit no IndexController e realizar o processamento para a requisição do método post. Altere o loginaction() que nós já criamos:

4 zf-tutorial/application/controllers/authcontroller.php: function loginaction() $this->view->message = ''; if ($this->_request->ispost()) // collect the data from the user Zend_Loader::loadClass('Zend_Filter_StripTags'); $f = new Zend_Filter_StripTags(); $username = $f->filter($this->_request->getpost('username')); $password = $f->filter($this->_request->getpost('password')); if (empty($username)) $this->view->message = 'Please provide a username.'; else // setup Zend_Auth adapter for a database table Zend_Loader::loadClass('Zend_Auth_Adapter_DbTable'); $db = Zend_Registry::get('db'); $authadapter = new Zend_Auth_Adapter_DbTable($db); $authadapter->settablename('users'); $authadapter->setidentitycolumn('username'); $authadapter->setcredentialcolumn('password'); // Set the input credential values to authenticate against $authadapter->setidentity($username); $authadapter->setcredential($password); // do the authentication $auth = Zend_Auth::getInstance(); $result = $auth->authenticate($authadapter); if ($result->isvalid()) // success: store database row to auth's storage // system. (Not the password though!) $data = $authadapter->getresultrowobject(null, 'password'); $auth->getstorage()->write($data); else // failure: clear database row from session $this->view->message = 'Login failed.'; $this->view->title = "Log in"; Tem muita coisa acontecendo aqui, então comentemos: // collect the data from the user Zend_Loader::loadClass('Zend_Filter_StripTags'); $f = new Zend_Filter_StripTags(); $username = $f->filter($this->_request->getpost('username')); $password = $f->filter($this->_request->getpost('password')); if (empty($username)) $this->view->message = 'Please provide a username.'; else Usualmente configuramos um filtro e então extraimos os campos username e password dos dados de POST do form. Note que usamos a requisição da função getpost() como esta deve manipular o check isset() para nós e retornar uma string vazia se o campo não existir no array do POST. Caso o username seja vazio, então não teremos várias tentativas de autenticação (e Zend_Auth deve throw uma exception se nós tentarmos!), caso nós chequemos por um username vazio e informarmos o usuário ao invés.

5 // setup Zend_Auth adapter for a database table Zend_Loader::loadClass('Zend_Auth_Adapter_DbTable'); $db = Zend_Registry::get('db'); $authadapter = new Zend_Auth_Adapter_DbTable($db); $authadapter->settablename('users'); $authadapter->setidentitycolumn('username'); $authadapter->setcredentialcolumn('password'); Zend_Auth usa um sistema de adaptação que permite a você usar qualquer número de sistemas para atualmente realizar pouca autenticação. Desejamos usar uma tabela de banco de dados usando Zend_Auth_Adapter_DbTable. Para configurar o adaptador, passamos o campo a usar e a senha de uma conexão válida de banco de dados. // Set the input credential values to authenticate against $authadapter->setidentity($username); $authadapter->setcredential($password); Nós precisamos passar ao adaptador exatamente o username e password que o usuário entrou no form. // do the authentication $auth = Zend_Auth::getInstance(); $result = $auth->authenticate($authadapter); Para autenticar atualmente nós chamamos a função authenticate() do Zend_Auth. Isto garante que o resultado da autenticação será armazenado na sessão automaticamente para nós. if ($result->isvalid()) // success : store database row to auth's storage // system. (not the password though!) $data = $authadapter->getresultrowobject(null, 'password'); $auth->getstorage()->write($data); Caso tenha sucesso, nós armazenaremos o registro completo no banco de dados no singleton Zend_Auth. Isso garante que podemos coletar o nome do usuário para exibir no rodapé. else // failure: clear database row from session $this->view->message = 'Login failed.'; Caso a autenticação falhe, nós setamos a mensagem para que o usuário saiba o que houve. O processo de autenticação por login agora está completo. Logout (Sair) O logout é mais simples que o login, pois tudo que precisamos fazer é passar o singleton Zend_Auth para limpar seus dados. Isto será feito em uma nova ação logoutaction() com o AuthController e nós podemos navegar para para que o usuário faça o logout (saia): zf-tutorial/application/controllers/authcontroller.php: function logoutaction() Zend_Auth::getInstance()->clearIdentity();

6 A função logoutaction() é simples, não posso dizer nada sobre ela! Nós agora precisamos prover o usuário com um link para ele fazer o logout da aplicação. Isto é mais fácil no rodapé. Nós também vamos avisar ao usuário seu nome, avisando que ele está logado atualmente. Seu nome é armazenado no campo real_name da tabela users e agora disponível na instância Zend_Auth. A primeira coisa a fazer é mandar este para a view, que nós fazemos na função init() do IndexController(): zf-tutorial/application/controllers/indexcontroller.php: class IndexController extends Zend_Controller_Action function init() $this->initview(); Zend_Loader::loadClass('Album'); $this->view->baseurl = $this->_request->getbaseurl(); $this->view->user = Zend_Auth::getInstance()->getIdentity(); Isto certamente é conveniente pois Zend_Auth é um singleton, de outra forma nós armazenaremos no registro por enquanto! Agora precisamos adicionar algum HTML para o footer.phtml: zf-tutorial/application/views/scripts/footer.phtml: <?php if($this->user) :?> <p id="logged-in">logged in as <?php echo $this->escape($this->user->real_name);?>. <a href="<?php echo $this->baseurl?>/auth/logout">logout</a></p> <?php endif;?> </body> </html> Este HTML deverá parecer ligeiramente familiar, pois nada de novo por aqui. Usamos escape() para garantir que o o real_name seja exibido corretamente e usamos baseurl para configurar o href da âncora na localização adequada. Aqui está tudo que é requerido para o logout.

7 Protegendo as Ações Tudo isso à esquerda é para garantir que nenhuma outra ação seja acessível se você não estiver logado. Para fazer isso precisamos adicionar algum código para a função predispatch() do IndexController. zf-tutorial/application/controllers/indexcontroller.php: class IndexController extends Zend_Controller_Action function predispatch() $auth = Zend_Auth::getInstance(); if (!$auth->hasidentity()) $this->_redirect('auth/login'); predispatch() é chamada antes de cada ação no controller. Nós pegamos a instância do Zend_Auth e então a sua função hasidentity() nos informa se algum usuário está logado. Caso não esteja então nos redireciona para a ação auth/login. E é tudo que precisamos fazer. Conclusion Isto conclui nossa breve olhada na integração do Zend_Auth em uma aplicação MVC. Claramente existe algo mais que você pode fazer com Zend_Auth e existem muitas formas de melhorar a forma como o código trabalha, especialmente se você tem múltiplos controllers a serem protegidos. Note que nós não descemos a detalhes para autenticação aqui, da forma como é coberto pelo componente Zend_Acl. Zend_Acl pode ser usado em conjunto com Zend_Auth para implantar diferentes níveis de acesso para ações ou dados, mas isso é assunto para outro tutorial. Faço votos que que você tenha achado interessante e tenha aprendido algo. Caso tenha encontrado algo errado, por favor me avise pelo Tradução de Ribamar FS

Bool setcookie (string nome [, string valor [, int validade [, string caminho [, string dominio [, int seguro]]]]] )

Bool setcookie (string nome [, string valor [, int validade [, string caminho [, string dominio [, int seguro]]]]] ) Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

Começando com Zend Framework

Começando com Zend Framework Começando com Zend Framework Versão brasileira da apresentação disponível em http://www.slideshare.net/baohx2000/zend-framework-19-setup-using-zendtool Ou: Como eu aprendi a parar de me preocupar e amei

Leia mais

Passos Preliminares: Acessando a máquina virtual via ssh.

Passos Preliminares: Acessando a máquina virtual via ssh. CIn/UFPE Sistemas de Informação Redes de Computadores Professor: Kelvin Lopes Dias Monitor: Edson Adriano Maravalho Avelar {kld,eama@cin.ufpe.br Instalando o APACHE, PHP (PHPADMIN), MySQL. Este tutorial

Leia mais

SISTEMA GERENCIAMENTO DE PRODUTOS PHP E MySQL 1. APRESENTAÇÃO

SISTEMA GERENCIAMENTO DE PRODUTOS PHP E MySQL 1. APRESENTAÇÃO SISTEMA GERENCIAMENTO DE PRODUTOS PHP E MySQL 1. APRESENTAÇÃO Este é um sistema de controle de produtos, onde o usuário irá entrar com o login e a senha, e se ele for um usuário cadastrado na tabela usuários

Leia mais

ZendWi Presentation 19/10/2012

ZendWi Presentation 19/10/2012 ZendWi Presentation 19/10/2012 Índice 1. Introdução ao Zend Framework 2 2. MVC 3. Zend Tools 4. Estrutura 5. Zend DB Model Generator 6. Back-End Developer 7. Front-End Developer 8. Links Úteis Introdução

Leia mais

English Português. By erickalves 25 Julho, 2009-01:08. Devido à política (#) de segurança. Encontrar Blogs Crie o seu blog de graça Ganhe prêmios

English Português. By erickalves 25 Julho, 2009-01:08. Devido à política (#) de segurança. Encontrar Blogs Crie o seu blog de graça Ganhe prêmios Encontrar Blogs Crie o seu blog de graça Ganhe prêmios English Português Cel: +55 (21) 7417-9918 E-mail: erick@lithic.com.br Inserindo dados no banco em PHP + Ajax + jquery + Mysql + Validação (/pt-br/blog/tutoriais

Leia mais

Interagindo com Banco de Dados

Interagindo com Banco de Dados Interagindo com Banco de Dados Até agora não falamos de banco de dados, pois gostaríamos prime iro de te preparar para o uso do banco de dados dentro do Framework MVC. Mas antes de falarmos do framework

Leia mais

Programação web Prof. Wladimir

Programação web Prof. Wladimir Programação web Prof. Wladimir Linguagem PHP Cookie e Sessão @wre2008 1 Sumário Header; Cookie; Sessão; Exemplos. @wre2008 2 Header Esta função permite que um script php redirecione para outra página.

Leia mais

AULA APLICAÇÕES PARA WEB SESSÕES E LOGIN E SENHA

AULA APLICAÇÕES PARA WEB SESSÕES E LOGIN E SENHA Sumário Construção de sistema Administrativo... 1 Sistema de Login... 2 SQL INJECTION... 2 Técnicas para Evitar Ataques... 2 Formulário de Login e Senha fará parte do DEFAULT... 5 LOGAR... 5 boas... 6

Leia mais

22/05/2012 CRIANDO UM PROJETO COM TELAS ESTRUTURA DA APLICAÇÃO LOGIN BANCO DE DADOS TAREFAS PHP MYSQL PARTE 2

22/05/2012 CRIANDO UM PROJETO COM TELAS ESTRUTURA DA APLICAÇÃO LOGIN BANCO DE DADOS TAREFAS PHP MYSQL PARTE 2 CRIANDO UM PROJETO COM TELAS Páginas com formulário Acesso ao banco de dados PHP MYSQL PARTE 2 Luciana Balieiro Cosme ESTRUTURA DA APLICAÇÃO LOGIN BANCO DE DADOS # Coluna Nome e Tipo 1 codigo int(11) AUTO_INCREMENT

Leia mais

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID

Prof. Carlos Majer Aplicações Corporativas UNICID Este material pertence a Carlos A. Majer, Professor da Unidade Curricular: Aplicações Corporativas da Universidade Cidade de São Paulo UNICID Licença de Uso Este trabalho está licenciado sob uma Licença

Leia mais

PHP Profissional. Alexandre Altair de Melo / Mauricio G. F. Nascimento. Editora Novatec

PHP Profissional. Alexandre Altair de Melo / Mauricio G. F. Nascimento. Editora Novatec Introdução Como a idéia deste livro é ir direto ao ponto, vou fazer isso já na introdução. A idéia desse livro não é explicar a teoria e filosofia do PHP, da orientação a objetos, as maravilhas dos design

Leia mais

GUIA PHP com MYSQL Autor: Everton Mendes Messias

GUIA PHP com MYSQL Autor: Everton Mendes Messias PHP (Hypertext Preprocessor) : Linguagem de programação interpretada. Tags PHP: phpinfo(); Comentários: //, # - comentário de uma linha /* comentário de várias linhas */ GUIA PHP com MYSQL Autor: Everton

Leia mais

6. Introdução à Linguagem PHP

6. Introdução à Linguagem PHP 6. Introdução à Linguagem PHP A comunicação na Web exige dois agentes: o cliente web e o servidor web. O cliente requer informação (a partir de uma página HTML acessada pelo navegador) e o servidor fornece

Leia mais

Controle de acesso. http://www.larback.com.br. .com.br

Controle de acesso. http://www.larback.com.br. .com.br http://www.larback Controle de acesso Construiremos um sistema simples para cadastro de links. O sistema terá uma página pública (onde serão exibidos os links) e uma área administrativa, onde os usuários

Leia mais

INTRODUÇÃO. No entanto, o que pode ser considerado um produto (resultado) da criação de BDs?

INTRODUÇÃO. No entanto, o que pode ser considerado um produto (resultado) da criação de BDs? BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br INTRODUÇÃO Um Banco

Leia mais

Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 4 O Componente Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus Ano: 03/2011

Leia mais

Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL.

Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL. Construindo um sistema simples de cadastro de fornecedores em PHP e MySQL. Procuraremos mostrar os principais procedimentos para fazer um cadastro de registros numa base de dados MySQL utilizando a linguagem

Leia mais

Curso de Iniciação ao Framework PHP Yii

Curso de Iniciação ao Framework PHP Yii Curso de Iniciação ao Framework PHP Yii Igor Rafael igor at dcc.ufmg.br 12 de agosto de 2011 Conteúdo Visão Geral Configuração Fundamentos Estudo de caso Visão Geral O que é um framework? Coleção de bibliotecas

Leia mais

Autenticação e Autorização

Autenticação e Autorização Autenticação e Autorização Introdução A segurança em aplicações corporativas está relacionada a diversos aspectos, tais como: autenticação, autorização e auditoria. A autenticação identifica quem acessa

Leia mais

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões. Prof. MSc. Hugo Souza

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões. Prof. MSc. Hugo Souza Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões Prof. MSc. Hugo Souza Se você precisar manter informações sobre seus usuários enquanto eles navegam pelo seu site, ou até quando eles saem

Leia mais

PHP e MySQL Autenticação de Usuários

PHP e MySQL Autenticação de Usuários PHP e MySQL Autenticação de Usuários Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden http://marx.vanderlinden.com.br/ Controle de Acesso A maioria das aplicações web envolve em algum ponto um mecanismo

Leia mais

Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL.

Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL. Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2012 Edição 7 Listando e Gravando Listando itens em ComboBox e gravando os dados no

Leia mais

Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br

Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br 1. Abordagem geral Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br Em primeiro plano, deve-se escolher com qual banco de dados iremos trabalhar. Cada banco possui suas vantagens,

Leia mais

PHP é um acrónimo para Hypertext Preprocessor.

PHP é um acrónimo para Hypertext Preprocessor. PHP 101 O que é o PHP? PHP é um acrónimo para Hypertext Preprocessor. É uma linguagem de scripting open-source que funciona do lado do servidor e é usada para gerar páginas web dinâmicas. Os scripts de

Leia mais

MySQL. Prof. César Melo. com a ajuda de vários

MySQL. Prof. César Melo. com a ajuda de vários MySQL Prof. César Melo com a ajuda de vários Banco de dados e Sistema de gerenciamento; Um banco de dados é uma coleção de dados. Em um banco de dados relacional, os dados são organizados em tabelas. matricula

Leia mais

Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005

Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005 Nome Número: Série Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005 Proposta do projeto: Competências: Compreender a orientação a objetos e arquitetura cliente-servidor, aplicando-as

Leia mais

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza PHP e Banco de Dados progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net PHP e Banco de Dados É praticamente impossível

Leia mais

13 Conectando PHP com MySQL 13.1 Introdução

13 Conectando PHP com MySQL 13.1 Introdução 13 Conectando PHP com MySQL 13.1 Introdução Agora que você já tem uma idéia básica de comandos MySQL, poderemos ver como a linguagem PHP pode interagir com este banco de dados através de inúmeras funções.

Leia mais

Desenvolvimento de Sistemas Web Prof. Leandro Roberto. Aula 18 JavaScript: Eventos MySQL PHP (insert, update e delete)

Desenvolvimento de Sistemas Web Prof. Leandro Roberto. Aula 18 JavaScript: Eventos MySQL PHP (insert, update e delete) Desenvolvimento de Sistemas Web Prof. Leandro Roberto Aula 18 JavaScript: Eventos MySQL PHP (insert, update e delete) JavaScript Eventos Alguns eventos de uma página HTML podem ser interceptados e programados

Leia mais

Seja Muito Bem-Vindo! Mas Por Quê? MySQLi Com e Sem Orientação a Objetos

Seja Muito Bem-Vindo! Mas Por Quê? MySQLi Com e Sem Orientação a Objetos Seja Muito Bem-Vindo! Antes de qualquer coisa, seja muito bem-vindo ao Guia ULTIMATE PHP de Migração do MySQL Para o MySQLi! Neste guia eu vou te mostrar passo-a-passo como migrar do MySQL para o MySQLi.

Leia mais

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Aula 3 Cap. 4 Trabalhando com Banco de Dados Prof.: Marcelo Ferreira Ortega Introdução O trabalho com banco de dados utilizando o NetBeans se desenvolveu ao longo

Leia mais

Curso De PHP. Aula 4. Formulários. Cookies. Session. Mail

Curso De PHP. Aula 4. Formulários. Cookies. Session. Mail Curso De PHP Aula 4 Formulários Cookies Session Mail Formulários Nós preenchemos diariamente diversos formulários web, seja para se logar e-mail ou criar uma conta em um site. Nesta parte do curso, vamos

Leia mais

C# - Conexão com MySQL

C# - Conexão com MySQL E S T A A P R E S E N T A Ç Ã O F O I E L A B O R A D A COMO M A T E R I A L DE A P O I O À A U L A DO P R O F E S S O R L E O L A R B A C K A O S A L U N O S DA E S C O L A T É C N I C A P O L I M I G.

Leia mais

Recursos avançados e Orientação a Objetos no PHP

Recursos avançados e Orientação a Objetos no PHP Recursos avançados e Orientação a Objetos no PHP Edgar Rodrigues Sandi edgar@season.com.br Gerente de projetos Desenvolvedor PHP e Java Ministra os treinamentos: Linguagens de Programação PHP I Fundamentos

Leia mais

Iniciando com Zend Framework

Iniciando com Zend Framework Iniciando com Zend Framework Por Rob Allen, www.akrabat.com Tradução: Adler Brediks Medrado, http://www.neshertech.net/adler Revisão do documento 1.3.0 Copyright 2006, 2007 Este tutorial pretende dar uma

Leia mais

Segurança Web com PHP 5 Douglas V. Pasqua Zend Certified Enginner

Segurança Web com PHP 5 Douglas V. Pasqua Zend Certified Enginner Segurança Web com PHP 5 Douglas V. Pasqua Zend Certified Enginner Objetivo Disseminar boas práticas para o desenvolvimento de código seguro em php. Exemplificar como são feitos os ataques e suas respectivas

Leia mais

PHP Conference Brasil

PHP Conference Brasil CakePHP Elton Luís Minetto Agenda O que é o CakePHP Conceitos básicos Requisitos Instalação Configuração Aplicação de exemplo O que é o CakePHP Cake é um framework para PHP que usa padrões de desenvolvimento

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas

Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas Universidade Federal de Viçosa CPD - Central de Processamento de Dados Divisão de Desenvolvimento de Sistemas Manual de padrões e convenções para desenvolvimento de sistemas PHP Versão Conteúdo 1.

Leia mais

Capítulo 4. Programação em ASP

Capítulo 4. Programação em ASP Índice: CAPÍTULO 4. PROGRAMAÇÃO EM ASP...2 4.1 REGISTRAR...2 4.1.1 Códigos para configuração do objeto...2 4.1.2 Formulário para transferir dados da impressão digital...3 4.1.3 Código Javascript para registro

Leia mais

Sensor de temperatura Parte 5 Cleiton Bueno www.cleitonbueno.wordpress.com. Preparando o ambiente do Banco de dados Mysql

Sensor de temperatura Parte 5 Cleiton Bueno www.cleitonbueno.wordpress.com. Preparando o ambiente do Banco de dados Mysql Criar database: Sensor de temperatura Parte 5 Cleiton Bueno www.cleitonbueno.wordpress.com Preparando o ambiente do Banco de dados Mysql CREATE DATABASE `tempuino` DEFAULT CHARACTER SET utf8 COLLATE utf8_bin

Leia mais

Drive MySql de conexão para Eclipse

Drive MySql de conexão para Eclipse Drive MySql de conexão para Eclipse de Setembro de 0 Olá, neste artigo iremos focar em como utilizar o drive de conexão do Mysql na IDE eclipse. Veremos passo-a-passo como instalar, o que é uma coisa muito

Leia mais

Trabalhando com MySQL: Uma Introdução

Trabalhando com MySQL: Uma Introdução Trabalhando com MySQL: Uma Introdução 1. A linguagem PHP A linguagem PHP é uma linguagem de programação criada especialmente para o uso em páginas Web. Mas nem por isso ela não pode deixar de ser usada

Leia mais

Criando, inserindo e exibindo PHP+MySql

Criando, inserindo e exibindo PHP+MySql Criando, inserindo e exibindo PHP+MySql De uma forma extremamente fácil e básica você verá como criar banco de dados, tabelas, inserir e exibir usando o phpmyadmin, PHP e MySql. O que é um banco de dados?

Leia mais

Personal Home Page PHP. Prof. Luiz Claudio F. de Souza www.luizclaudiofs.blogspot.com

Personal Home Page PHP. Prof. Luiz Claudio F. de Souza www.luizclaudiofs.blogspot.com Personal Home Page PHP 1 O que é PHP? PHP (Personal Home Page) é uma linguagem que permite criar sites WEB dinâmicos, possibilitando uma interação com o usuário através de formulários, parâmetros da URL

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

Bases de Dados. Lab 1: Introdução ao ambiente. Figura 1. Base de dados de exemplo

Bases de Dados. Lab 1: Introdução ao ambiente. Figura 1. Base de dados de exemplo Departamento de Engenharia Informática 2014/2015 Bases de Dados Lab 1: Introdução ao ambiente 1º semestre O ficheiro bank.sql contém um conjunto de instruções SQL para criar a base de dados de exemplo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ARTEFATO 02 AT02 Diversos I 1 Indice ESQUEMAS NO BANCO DE DADOS... 3 CRIANDO SCHEMA... 3 CRIANDO TABELA EM DETERMINADO ESQUEMA... 4 NOÇÕES BÁSICAS SOBRE CRIAÇÃO E MODIFICAÇÃO

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

PHP Conference Brasil

PHP Conference Brasil Symfony Elton Luís Minetto Agenda O que é o Symfony Conceitos básicos Requisitos Instalação Configuração Aplicação de exemplo O que é o Symfony Symfony é um framework de desenvolvimento para PHP5. Seu

Leia mais

Desenvolva rapidamente utilizando o framework CakePHP Elton Luís Minetto FISL 8.0

Desenvolva rapidamente utilizando o framework CakePHP Elton Luís Minetto FISL 8.0 Desenvolva rapidamente utilizando o framework CakePHP Elton Luís Minetto Agenda O que é o CakePHP Conceitos básicos Requisitos Instalação Configuração Aplicação de exemplo O que é o CakePHP Cake é um framework

Leia mais

Bases de Dados. Lab 1: Introdução ao ambiente. Figura 1. Base de dados de exemplo

Bases de Dados. Lab 1: Introdução ao ambiente. Figura 1. Base de dados de exemplo Departamento de Engenharia Informática 2012/2013 Bases de Dados Lab 1: Introdução ao ambiente 1º semestre O ficheiro bank.sql contém um conjunto de instruções SQL para criar a base de dados de exemplo

Leia mais

Internet e Programação Web

Internet e Programação Web COLÉGIO ESTADUAL PEDRO MACEDO Ensino Profissionalizante Internet e Programação Web 3 Técnico Prof. Cesar 2014 1. PHP e MySQL O MySQL é o gerenciador de banco de dados mais usado com o PHP. Existem muitas

Leia mais

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS POSTGRESQL O PostgreSQL é um sistema gerenciador de banco de dados dos mais robustos e avançados do mundo. Seu código é aberto e é totalmente gratuito,

Leia mais

Este tutorial pretende dar uma introdução básica ao uso do Zend Framework através de uma aplicação baseada em bancos de dados.

Este tutorial pretende dar uma introdução básica ao uso do Zend Framework através de uma aplicação baseada em bancos de dados. Iniciando com Zend Framework Por Rob Allen, www.akrabat.com Tradução: José Luciano Brandão Calazans Jr., luciano.calazans@gmail.com Revisão do documento 1.5.2 Copyright 2006, 2008 Este tutorial pretende

Leia mais

Programação para Android. Aula 08: Persistência de dados SQL

Programação para Android. Aula 08: Persistência de dados SQL Programação para Android Aula 08: Persistência de dados SQL Persistência de dados Na maioria das aplicações precisamos ter algum tipo de persistência de dados. Para guardar informações de forma persistente

Leia mais

PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados)

PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados) PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Seções Basicamente, as seções são métodos que preservam determinados dados ativos enquanto o navegador do cliente estiver

Leia mais

CAPA O Sumo disponibiliza um módulo de gerenciamento de usuários para suas aplicações web com poucas linhas de código.

CAPA O Sumo disponibiliza um módulo de gerenciamento de usuários para suas aplicações web com poucas linhas de código. Restringindo acesso à Internet com o gerenciador de acesso SUMO Ajuda de peso CAPA O Sumo disponibiliza um módulo de gerenciamento de usuários para suas aplicações web com poucas linhas de código. por

Leia mais

Iniciando com o Zend Framework

Iniciando com o Zend Framework Iniciando com o Zend Framework Autor Rob Allen, www.akrabat.com Tradução Gilberto Albino Revisão do document 1.7.6 Todos os direitos 2006, 2011 Este tutorial tem como objetivo oferecer uma introdução em

Leia mais

Bases de Dados. Lab 7: Desenvolvimento de aplicações com PHP

Bases de Dados. Lab 7: Desenvolvimento de aplicações com PHP Departamento de Engenharia Informática 2013/2014 Bases de Dados Lab 7: Desenvolvimento de aplicações com PHP 1º semestre Este lab é uma continuação dos anteriores. Se realizou os labs anteriores, a base

Leia mais

mkdir /srv/www/default/html/calculadora/imagens mkdir /srv/www/default/html/calculadora/blocos

mkdir /srv/www/default/html/calculadora/imagens mkdir /srv/www/default/html/calculadora/blocos Programando em PHP www.guilhermepontes.eti.br lgapontes@gmail.com Criando uma Calculadora Primeiramente deve se criar uma estrutura para armazenar os arquivos necessários para o funcionamento da calculadora.

Leia mais

PRO2511. MySQL databases Parte III. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Produção

PRO2511. MySQL databases Parte III. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Produção PRO2511 MySQL databases Parte III 1 Instruções Objetivo da aula: entender como usar o MySQL a partir do PHP Listar Entrar com dados Alterar Apagar aula preparada a partir de um programa pronto baixá-lo

Leia mais

Programação WEB II. Sessions e Cookies. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. Sessions e Cookies. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza Sessions e Cookies progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Cookies e Sessions Geralmente, um bom projeto

Leia mais

Autor: Ricardo Francisco Minzé Júnior - ricardominze@yahoo.com.br Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5.

Autor: Ricardo Francisco Minzé Júnior - ricardominze@yahoo.com.br Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5. Desenvolvendo aplicações em camadas com PHP 5. Talvez a primeira vista você ache estranha a palavra Camada em programação, mas o que vem a ser Camada? Segundo o dicionário: Camada 1 - Qualquer matéria

Leia mais

Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas;

Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas; Conjunto de informações relacionadas entre si; Armazenamento organizado facilitando SCRUD; Agiliza processo de desenvolvimento de sistemas; Conjunto de Tabelas onde cada linha é um vetor de dados específico;

Leia mais

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Sistema Gerenciador de Banco de Dados: Introdução e configuração de bases de dados com Postgre e MySQL Prof. MSc. Hugo Souza Iniciando nossas aulas sobre

Leia mais

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL Este tutorial tem como objetivo mostrar como instalar o banco de dados My SQL em ambiente Windows e é destinado aqueles que ainda não tiveram um contato com a ferramenta.

Leia mais

Padrões, PEAR e Frameworks PHP

Padrões, PEAR e Frameworks PHP Professor: FLÁVIO GOMES DA SILVA LISBOA (FGSL) AULA 3 Componentes de Segurança Utilização do framework para implementar técnicas de codificação segura Plano de Aulas Dia 1 2 3 4 5 Conteúdo Motivação para

Leia mais

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Programação Web com PHP Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Agenda O que é PHP? O que da pra fazer com PHP? Como a web funciona? Onde, quando e por que

Leia mais

Desenvolvendo em MVC com Zend Framework

Desenvolvendo em MVC com Zend Framework Desenvolvendo em MVC com Zend Framework Diego Pessoa Desenvolvedor Web Baseado na simplicidade, melhores práticas, licença corporativa amigável e um código-base rigorosamente testado. O Zend Framework

Leia mais

FTIN FORMAÇÃO TÉCNICA EM INFORMÁTICA. Módulo de Programação Prof. Bruno Maciel

FTIN FORMAÇÃO TÉCNICA EM INFORMÁTICA. Módulo de Programação Prof. Bruno Maciel FTIN FORMAÇÃO TÉCNICA EM INFORMÁTICA Módulo de Programação Prof. Bruno Maciel Competências a serem trabalhadas nessa aula Criação da Base de Dados (MySQL) Criação de Tabelas Tipo de Dados Chave Primária

Leia mais

Basicamente iremos precisar de uma base de dados na qual iremos armazenar os registros feitos pelos vistantes: Vamos armazenar os seguintes dados:

Basicamente iremos precisar de uma base de dados na qual iremos armazenar os registros feitos pelos vistantes: Vamos armazenar os seguintes dados: Livro de Visitas Basicamente iremos precisar de uma base de dados na qual iremos armazenar os registros feitos pelos vistantes: Vamos armazenar os seguintes dados: ID nome email mensagem data O código

Leia mais

Prova de pré-requisito

Prova de pré-requisito Prova de pré-requisito PHP & MySQL: Técnicas para Web 2.0 1 - Qual das opções constrói a tabela abaixo: DIA MÊS ANO 28 04 1988 22 02 2002 a) b) c) dia mês ano

Leia mais

Padrões, PEAR e Frameworks PHP

Padrões, PEAR e Frameworks PHP Professor: FLÁVIO GOMES DA SILVA LISBOA (FGSL) AULA 2 A MISSÃO! Ou A Vingança do Mapeamento Objeto-Relacional Plano de Aulas Dia 1 2 3 4 5 Conteúdo Motivação para o uso de frameworks. Instalação e uso

Leia mais

7. Recursos PHP para a Internet

7. Recursos PHP para a Internet 7. Recursos PHP para a Internet Protocolo HTTP. Na aula passada vimos um script simples de autenticação de usuários. Neste script foi usado o tag META para passar uma URL ao servidor web. A linguagem PHP

Leia mais

JSP (Java Server Pages)

JSP (Java Server Pages) JSP (Java Server Pages) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br JSP A linguagem surgiu por volta de 1995. JSP foi inicialmente inventado por Anselm Baird-Smith durante um final de semana e depois Satish

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ EAJ - PRONATEC / REDE etec MÓDULO III DESENVOLVIMENTO PROFESSOR ADDSON COSTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ EAJ - PRONATEC / REDE etec MÓDULO III DESENVOLVIMENTO PROFESSOR ADDSON COSTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ EAJ - PRONATEC / REDE etec MÓDULO III DESENVOLVIMENTO PROFESSOR ADDSON COSTA RESUMO DE AULA CRIAÇÃO E MANIPULAÇÃO DO BANCO DE DADOS

Leia mais

LABORATÓRIO VII. LAMP Server Documento versão 0.1. Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135

LABORATÓRIO VII. LAMP Server Documento versão 0.1. Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135 LABORATÓRIO VII LAMP Server Documento versão 0.1 Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135 Orientado pela Professora Kalinka Regina Lucas Jaquie Castelo Branco Agosto / 2010 Laboratório VII LAMP Server

Leia mais

Repeater no GASweb. Regiões

Repeater no GASweb. Regiões Repeater no GASweb Por: Rodrigo Silva O controle de servidor Repeater é um container básico que permite a você criar uma lista de qualquer informação que deseja em uma página Web. Ele não tem uma aparência

Leia mais

PHP. O navegador é responsável pelo tratamento do script. Utilizado para diminuir o processamento do servidor

PHP. O navegador é responsável pelo tratamento do script. Utilizado para diminuir o processamento do servidor PHP Lirisnei Gomes de Sousa lirisnei@hotmail.com Jair C Leite jair@dimap.ufrn.br Scripts Client-Side O navegador é responsável pelo tratamento do script JavaScript e VBScript Utilizado para diminuir o

Leia mais

AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS

AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS Na grande maioria dos sistemas, faz-se necessário utilizar informações que estão armazenadas em uma determinada

Leia mais

Estudo Dirigido - Parte 1

Estudo Dirigido - Parte 1 Linguagem Java para Web - JSP Professora Lucélia Estudo Dirigido - Parte 1 Na primeira parte deste tutorial, vamos receber os dados de um formulário e verificar se os dados foram ou não preenchidos. Se

Leia mais

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting Omega Tecnologia Manual Omega Hosting 1 2 Índice Sobre o Omega Hosting... 3 1 Primeiro Acesso... 4 2 Tela Inicial...5 2.1 Área de menu... 5 2.2 Área de navegação... 7 3 Itens do painel de Controle... 8

Leia mais

Segurança em Sistemas Web. Addson A. Costa

Segurança em Sistemas Web. Addson A. Costa Segurança em Sistemas Web Addson A. Costa Spoofing de formulários Spoofing consiste em falsificação, por exemplo, na área de redes um computador pode roubar o IP de outro e assim fazer-se passar por ele.

Leia mais

The VISGRAF Video Database Rafaella Gappo Luiz Velho (orientador) Technical Report TR-2009-04 Relatório Técnico. August - 2009 - Agosto

The VISGRAF Video Database Rafaella Gappo Luiz Velho (orientador) Technical Report TR-2009-04 Relatório Técnico. August - 2009 - Agosto Laboratório VISGRAF Instituto de Matemática Pura e Aplicada The VISGRAF Video Database Rafaella Gappo Luiz Velho (orientador) Technical Report TR-2009-04 Relatório Técnico August - 2009 - Agosto The contents

Leia mais

crudgenerator Passos slimphp/extra/crudgenerator/view/index_view.php A tela abaixo m ostra o p rimeiro passo

crudgenerator Passos slimphp/extra/crudgenerator/view/index_view.php A tela abaixo m ostra o p rimeiro passo crudgenerator O crudgenerator é u m gerador de aplicações baseadas no slimphp. Com po ucos passos é possível criar u m a nova aplicação funcional, baseada e m u ma tabela de banco de da dos. Passos 1.

Leia mais

No Fedora, instalamos os pacotes "mysql" e "mysql-server", usando o yum:

No Fedora, instalamos os pacotes mysql e mysql-server, usando o yum: Instalando o MySQL O MySQL é um banco de dados extremamente versátil, usado para os mais diversos fins. Você pode acessar o banco de dados a partir de um script em PHP, através de um aplicativo desenvolvido

Leia mais

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Ao projetar uma aplicação Web, é importante considerála como sendo formada por três componentes lógicos: camada

Leia mais

Mini-Tutorial. Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti.

Mini-Tutorial. Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti. Mini-Tutorial Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti.br 1. Introdução O objetivo deste trabalho é mostrar de forma prática como

Leia mais

JSP e Servlet Princípio de MVC

JSP e Servlet Princípio de MVC UNIPÊ Centro Universitário de João Pessoa Desenvolvimento para Web HTTP e Servlets JSP e Servlet Princípio de MVC ducaribas@gmail.com 1 12 JSP e Servlets Desvantagens de JSP e Servlets Servlets Escrever

Leia mais

Tutorial - Programando com o MIOLO

Tutorial - Programando com o MIOLO Tutorial - Programando com o MIOLO Conceitos Básicos Antes de iniciar a programação com o Miolo é fundamental compreender alguns conceitos básicos: - Uma aplicação no Miolo é constituída de um ou mais

Leia mais

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL 1. O que é Linguagem SQL 2. Instrução CREATE 3. CONSTRAINT 4. ALTER TABLE 5. RENAME TABLE 6. TRUCANTE TABLE 7. DROP TABLE 8. DROP DATABASE 1 1. O que é Linguagem SQL 2. O SQL (Structured Query Language)

Leia mais

PHP. Hypertext Pre-Processor

PHP. Hypertext Pre-Processor PHP Hypertext Pre-Processor O que é o PHP? Uma linguagem de scripting é uma linguagem cujo código não tem de ser compilado para ser executado! O código escrito é interpretado em tempo de execução para

Leia mais

MSN-Proxy v0.7 no Debian 5 (Atualizado)

MSN-Proxy v0.7 no Debian 5 (Atualizado) Remontti MSN-Proxy v0.7 no Debian 5 (Atualizado) MSN-Proxy v0.7 no Debian 5 (Atualizado) Controle o uso do msn Messenger em sua rede. Desfrute de vários recursos, bem como log das conversas, aviso sobre

Leia mais

www.coldfusionbrasil.com.br

www.coldfusionbrasil.com.br www.coldfusionbrasil.com.br 2000 1 O que é Cold Fusion? 3 Arquitetura Cold Fusion 3 Cold Fusion Markup Language (CFML) 4 O que devo saber para programar em CFML? 4 HTML 4 Desenho de Banco de Dados Relacionais

Leia mais

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans

Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Programação Servidor para Sistemas Web 1 Unidade 9: Middleware JDBC para Criação de Beans Implementando MVC Nível 1 Prof. Daniel Caetano Objetivo: Preparar o aluno para construir classes de entidade com

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática Folha Prática 0 : PHP - Interligação com Base de Dados Pode encontrar informação adicional sobre PHP e MySql em http://www.php.net/manual/en/ e http://dev.mysql.com/doc/refman/.0/en/tutorial.html respectivamente.

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 11

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 11 Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 11 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br www.fct.unesp.br/docentes/dmec/olivete jquery Na aula passada: Selecionando atributos Manipulando CSS Inserindo

Leia mais

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados UTFPR DAELN - Disciplina de Fundamentos de Programação II ( IF62C ). 1 Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados 1) Introdução! Em algumas situações, pode ser necessário preservar os objetos

Leia mais

http://www.multside.com.br CODE IGNITER INSTALAÇÃO & BANCO DE DADOS

http://www.multside.com.br CODE IGNITER INSTALAÇÃO & BANCO DE DADOS CODE IGNITER INSTALAÇÃO & BANCO DE DADOS INSTALAÇÃO Instalar o code-igniter é muito simples, basta que você tenha um servidor que rode PHP 5 (para saber consulte a documentação PHP do seu servidor). Após

Leia mais