Programação WEB II. Sessions e Cookies. Thiago Miranda dos Santos Souza

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação WEB II. Sessions e Cookies. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza"

Transcrição

1 Sessions e Cookies

2 Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em:

3 Cookies e Sessions Geralmente, um bom projeto de site precisa manter informações sobre acesso durante o tempo em que o usuário estiver em seu site, ou mesmo depois que o usuário não estiver mais em sua página; Podemos armazenar informações a respeito da conexão do usuário através de: Cookies (informações armazenadas na máquina cliente); Sessões (informações armazenadas no servidor).

4 Utilização de Cookies e Sessions Autenticação de usuários: Para cadastros, proteção de conteúdo exclusivo, etc... Carrinho de compras: nos sítios de comércio eletrônico, para armazenar os dados das compras feitas pelo usuário; Exibição de anúncios ou imagens: controlar quantas vezes uma propaganda foi exibido na página; Personalização de páginas: por exemplo, um sítio de uma livraria virtual poderia exibir um anúncio de um livro de culinária, caso o usuário fizesse uma pesquisa por "culinária", na última vez que acessou a página.

5 Cookies Cookies são arquivos de texto; Ficam armazenados no computador cliente, definida ou indefinidamente; Podem ser usados em qualquer aplicação que necessite: Compartilhar dados entre páginas diferentes; Compartilhar dados entre diferentes acessos (dias e horários distintos)

6 Cookies Programação WEB II Um cookie é um pequeno arquivo que o servidor embute no computador do usuário. Todas as vezes que o mesmo computador requisita uma página com o browser ele também envia o cookie. Com PHP, você pode criar e retornar os valores dos cookies. Como criar um cookie? A função setcookie() é usada para setar um cookie. Nota: A função setcookie() deve aparecer ANTES da tag <html>.

7 Parâmetros setcookies Programação WEB II A função setcookie() envia um cookie para o computador do usuário; Sintaxe: A função setcookie() retorna um valor verdadeiro ou falso; Nome: indica o nome do cookie que está sendo criado é o único parâmetro obrigatório; Valor: é o valor do nome. Se não for fornecido, o servidor irá excluir o cookie com o nome especificado (para navegadores Firefox e afins. Para o IE, o apagamento de cookies é feito de outra forma); Validade:define o tempo de validade do cookie. Deve ser expresso no formato padrão do UNIX (número de segundos após 1º de janeiro de 1970, às 0h00min).

8 Parâmetros setcookies Programação WEB II setcookie(name, value, expire, path, domain) name: nome do cookie. Campo obrigatorio. value: valor que o cookie armazena. Opcional. expire: determina quando o cookie expira. Default: quando o navegador for fechado. Opcional. path: pastas do servidor para as quais o cookie estará disponvel. "/"indica todo o domnio. Default: diretorio corrente. Opcional. domain: domínio onde o cookie estara disponvel. Opcional.Criar, no computador do cliente, um cookie de nome maria:

9 Parâmetros setcookies Programação WEB II Criar, no computador do cliente, um cookie de nome maria: setcookie("nome", "maria"); Apagar o cookie "nome": setcookie("nome"); Definir que o cookie "nome" tenha validade de 2 dias: setcookie("nome", "maria", time()+3600*48); De onde veio 3600*48? Veio de 60seg * 60min * 24h * 2, que é o número de segundo em 2 dias.

10 Parâmetros setcookies <?php $valor = Thiago ; setcookie ( "CookieTeste", $valor );?> / * expira em uma hora * / setcookie("cookieteste", $valor, time()+3600);

11 Cookies Programação WEB II O envio de cookies deve ser a primeira coisa a ser feita num script PHP. A função setcookie deve aparecer antes de qualquer tag HTML ou qualquer espaço ou linha em branco. Se isso não for respeitado, o PHP reportará um erro; Um cookie não pode ser usado (acessado ou apagado) dentro do próprio script que o criou; você apenas define o cookie em determinado script, mas não o manipula. Visto que o script que o criou ainda não terminou, o navegador não recebeu os comandos do servidor e, portanto, o cookie fisicamente ainda não existe. Somente depois do script terminado, é que outro script no servidor poderá acessar seus valor ou apagá-lo.

12 Parâmetros setcookies Programação WEB II

13 Acesso aos Cookies Feito através do vetor superglobal $_COOKIE[]; Exemplo: Se você definiu um cookie no script A, da seguinte forma: setcookie("nome", "juliano"); Pode acessar seu valor no script B assim: $meucookie = $_COOKIE["nome"]; Desta forma, o conteúdo do cookie "nome" será guardado dentro da variável PHP $meucookie.

14 Acesso aos Cookies ACESSO AO COOKIE: ATRAVÉS DAS VARIÁVEIS PRÉ-DEFINIDAS $_COOKIE[' nome_cookie ']; $HTTP_COOKIE_VARS[' nome_cookie '];

15 No Internet Explorer Usar setcookie("nome", "valor") não cria o cookie; Usar setcookie("nome", "valor", time()+60) cria o cookie. Números positivos menores de 60 não funcionam no IE7 ou versões anteriores; Atualmente, todas a versões em uso do IE permitem, no máximo, a criação de 50 cookies por domínio. Cookies acima deste número são ignorados. Se, anteriormente, você criou o cookie com setcookie("nome", "maria", time()+3600*10), para apagá-lo, use setcookie("nome", "maria", time()-3600*10);

16 Verificando se um Cookie Existe Programação WEB II

17 Excluindo um Cookie Programação WEB II Ao excluir um cookie, você deve se assegurar que a data de validade está no passado. Exemplo de exclusão: <?php // seta a data de expiração para uma hora atrás setcookie( usuario", "", time() );?>

18 Vamos Praticar Programação WEB II Usando cookies, crie um script que diga ao usuário se ele já entrou no site: caso ele já tenha entrado, mostra quantas vezes ele já entrou; caso contrário, mostra um aviso de que é a primeira vez.

19 Sessions Programação WEB II Assim como os cookies, as sessões também têm a função de manter informações a respeito das páginas que estão sendo abertas naquele momento; Uma sessão tem início no momento em que uma das páginas do domínio é aberta e uma sessão termina quando a última página de um domínio é fechada. Em navegadores que funcionam por meio de abas, uma sessão só é encerrada quando o navegador é fechado completamente, e não somente a aba que estava sendo utilizada para navegar no sítio em questão.

20 Sessions Programação WEB II Podemos utilizar sessões para propagar o conteúdo de uma variável entre diversos scripts de nosso site; No momento em que uma sessão é aberta, todos os scripts em PHP que rodarem sob aquela sessão e pertencerem a ela podem compartilhar valores de variáveis entre si.

21 Sessions A chamada da função em PHP que cria uma sessão deve ser efetuada antes que o servidor envie qualquer informação de retorno para o navegador (antes de qualquer código XHTML ou comando echo()); A função que cria ou abre uma sessão é:

22 Sessions Registrar variáveis de sessão significa que variáveis PHP criadas em diferentes scripts no servidor poderão compartilhar seus valores, desde que os scripts pertençam todos a uma mesma sessão. Lembrar que uma sessão pode ser iniciada no momento em que o navegador acessa qualquer página e nosso sítio e termina nomomento em que o navegador é fechado e encerra a conexão com o servidor, mesmo que nenhuma variável de sessão seja criada; Utilizamos o array superglobal $_SESSION();

23 Sessions Criar uma variável de sessão chamada "idade" e atribuir a ela o inteiro 1: Criar uma variável de sessão chamada "nome" e atribuir a ela o seu nome:

24 Sessions session_id() e session_name() Identifica qual session está sendo usada, caso possuam mais páginas com sessions abertas e com mesmas variáveis. Se id não for inicializado a session será inicializada em um id que não esteja sendo usado no momento.

25 Sessions Quando as variáveis de sessão não são mais necessárias, elas devem ser destruídas e eliminadas da memória do script com a função abaixo (elimina TODAS as variáveis): Para eliminar uma única variável de sessão (por exemplo, a variável de sessão "senha"):

26 Encerrar uma Sessão Excluir as variáveis criadas em uma sessão não fecha a sessão. Para encerrarmos uma sessão aberta no PHP, chamamos a função:

27 Sessions <?php session_start(); echo("esta é a primeira página uma sessão está aberta"); $_SESSION["nome"] = "Carlos"; $_SESSION["sobrenome"] = "da Silva"; $_SESSION["data"] = date("d/m/y"); echo("<br /><a href=\"pagina2.php\"> Página 2 </a>");?>

28 Sessions <?php session_start(); echo("esta é a segunda página, que trará dados da primeira página <br />"); $nome = $_SESSION["nome"]; $sobrenome = $_SESSION["sobrenome"]; $data = $_SESSION["data"]; echo("$nome $sobrenome, hoje é $data"); $_SESSION = array(); session_destroy();?>

29 Função de redirecionamento O atributo Location: da função de cabeçalho header(); age como um redirecionador. Exemplo: header( location: ); Exit;

30 Atividade Prática Programação WEB II Juntando tudo o que foi aprendido até agora, crie um script de login de usuários. Esse script de login deve conter: - Um formulário com os campos login e senha; -Um arquivo TXT com os dados do usuário, que serão Login, Senha e Descrição. - Uma página que valide esse dados e caso os dados estejam corretos, redirecione para a página seguinte. - Uma página própria para o usuário onde irá apresentar seus dados, essa página não pode ser acessível sem o usuário estar logado. - Deve ser usado Sessions para manter o usuário logado; - Identifique se o usuário logou na página nos útimos 10 minutos (usando cookies) - Deve haver uma página/link para o usuário se deslogar.

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões. Prof. MSc. Hugo Souza

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões. Prof. MSc. Hugo Souza Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões Prof. MSc. Hugo Souza Se você precisar manter informações sobre seus usuários enquanto eles navegam pelo seu site, ou até quando eles saem

Leia mais

Bool setcookie (string nome [, string valor [, int validade [, string caminho [, string dominio [, int seguro]]]]] )

Bool setcookie (string nome [, string valor [, int validade [, string caminho [, string dominio [, int seguro]]]]] ) Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados)

PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados) PHP (Seções, Cookies e Banco de Dados) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Seções Basicamente, as seções são métodos que preservam determinados dados ativos enquanto o navegador do cliente estiver

Leia mais

Curso De PHP. Aula 4. Formulários. Cookies. Session. Mail

Curso De PHP. Aula 4. Formulários. Cookies. Session. Mail Curso De PHP Aula 4 Formulários Cookies Session Mail Formulários Nós preenchemos diariamente diversos formulários web, seja para se logar e-mail ou criar uma conta em um site. Nesta parte do curso, vamos

Leia mais

Programação web Prof. Wladimir

Programação web Prof. Wladimir Programação web Prof. Wladimir Linguagem PHP Cookie e Sessão @wre2008 1 Sumário Header; Cookie; Sessão; Exemplos. @wre2008 2 Header Esta função permite que um script php redirecione para outra página.

Leia mais

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Prof. Moser Fagundes Curso Técnico em Informática (Modalidade Integrada) Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Campus Charqueadas Revisão de PHP

Leia mais

O que é uma sessão. maneira de preservar dados através de acessos subsequentes.

O que é uma sessão. maneira de preservar dados através de acessos subsequentes. Sessões em PHP O que é uma sessão Suporte a sessões no PHP: maneira de preservar dados através de acessos subsequentes. Características: permite a criação de aplicações mais personalizadas; permite que

Leia mais

2.9. PHP Cookies e variáveis de sessão

2.9. PHP Cookies e variáveis de sessão Programação para a Internet II 2.9. PHP Cookies e variáveis de sessão Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Cookies Uma cookie mais não é do que um ficheiro que é criado por determinado site

Leia mais

PHP Material de aula prof. Toninho (8º Ano)

PHP Material de aula prof. Toninho (8º Ano) Na aula anterior entendemos como se faz o acesso aos nossos arquivos PHP; Como construir um script em php. Nesta aula (3) vamos entender: Como roda o PHP Inserindo comentários Visualizando páginas a partir

Leia mais

Desenvolvendo Websites com PHP

Desenvolvendo Websites com PHP Desenvolvendo Websites com PHP Aprenda a criar Websites dinâmicos e interativos com PHP e bancos de dados Juliano Niederauer 19 Capítulo 1 O que é o PHP? O PHP é uma das linguagens mais utilizadas na Web.

Leia mais

Cookies. Krishna Tateneni Jost Schenck Tradução: Lisiane Sztoltz

Cookies. Krishna Tateneni Jost Schenck Tradução: Lisiane Sztoltz Krishna Tateneni Jost Schenck Tradução: Lisiane Sztoltz 2 Conteúdo 1 Cookies 4 1.1 Política............................................ 4 1.2 Gerenciamento....................................... 5 3 1

Leia mais

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani Manual de Operações Básicas Thiago Passamani 1 - Entrando e saindo do sistema O Zimbra Suíte de Colaboração é um software de correio eletrônico open source com suporte para e-mail, contatos, calendário

Leia mais

Manual Replicação Manual VPN

Manual Replicação Manual VPN Manual Replicação Introdução O que é cloudcomputing ou computação na nuvem? Refere-se à utilização de um servidor com alta capacidade de armazenamento de dados e que com configurações que aguentam um alto

Leia mais

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade do Sistema Índice Página 1. Como acessar o sistema 1.1 Requisitos mínimos e compatibilidade 03 2. Como configurar o Sistema 2.1 Painel de Controle 2.2 Informando o nome da Comissária 2.3 Escolhendo a Cor

Leia mais

PHP: Cookies e Sessões

PHP: Cookies e Sessões PHP: Cookies e Sessões Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden Protocolo HTTP O protocolo HTTP não tem conceito de sessões. Modelo simples de Requisição e Resposta. http://marx.vanderlinden.com.br/

Leia mais

Dicas de uso para Cloud Computing

Dicas de uso para Cloud Computing Dicas de uso para Cloud Computing Este material tem o objetivo de auxiliar você, usuário do acesso cloud, antes porém vamos apenas reforçar o que é o Cloud Computing, este também chamado de computação

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS

1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS 1 1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS 1.ACESSANDO O SITE DA FEOL 1.1 Endereço do Site O endereço para acessar o site da Fundação Educacional de Oliveira é: www.feol.com.br Obs: experimente digitar apenas feol.com.br

Leia mais

Programação Web Prof. Wladimir

Programação Web Prof. Wladimir Programação Web Prof. Wladimir Linguagem de Script e PHP @wre2008 1 Sumário Introdução; PHP: Introdução. Enviando dados para o servidor HTTP; PHP: Instalação; Formato básico de um programa PHP; Manipulação

Leia mais

Manual das funcionalidades Webmail AASP

Manual das funcionalidades Webmail AASP Manual das funcionalidades Webmail AASP 1. Configurações iniciais 2. Regras 3. Histórico da conta 4. Autorresposta 5. Dados de acesso (alterando senha de acesso) 6. Identidade (assinatura) 7. Redirecionamento

Leia mais

Controle de acesso. http://www.larback.com.br. .com.br

Controle de acesso. http://www.larback.com.br. .com.br http://www.larback Controle de acesso Construiremos um sistema simples para cadastro de links. O sistema terá uma página pública (onde serão exibidos os links) e uma área administrativa, onde os usuários

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Segurança em Sistemas Web. Addson A. Costa

Segurança em Sistemas Web. Addson A. Costa Segurança em Sistemas Web Addson A. Costa Spoofing de formulários Spoofing consiste em falsificação, por exemplo, na área de redes um computador pode roubar o IP de outro e assim fazer-se passar por ele.

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - DIRETOR... 3 Seleção de CHE Regular - DIRETOR... 4 Seleção de CHE Profissionalizante - DIRETOR... 7

Leia mais

Programando em PHP. Conceitos Básicos

Programando em PHP. Conceitos Básicos Programando em PHP www.guilhermepontes.eti.br lgapontes@gmail.com Conceitos Básicos Todo o escopo deste estudo estará voltado para a criação de sites com o uso dos diversos recursos de programação web

Leia mais

Para que o Educa Mobile seja disponibilizado para os alunos, responsáveis por alunos e/ou professores os passos abaixo devem ser seguidos:

Para que o Educa Mobile seja disponibilizado para os alunos, responsáveis por alunos e/ou professores os passos abaixo devem ser seguidos: TOTVS Educa Mobile Produto : TOTVS Educa Mobile 11.83.54 Processo : Educa Mobile Subprocesso : Data publicação da : 14/07/2014 As funcionalidades do Educa Mobile permitem que alunos, responsáveis por alunos

Leia mais

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO DIRETORIA DE INCLUSÃO DIGITAL DIRETORIA DE GOVERNO ELETRÔNICO APOSTILA LINUX EDUCACIONAL (Conteúdo fornecido pelo Ministério da Educação e pela Pró-Reitoria de Extensão da UNEB)

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

SISTEMA DE BANCO DE IMAGENS MANUAL DE USO

SISTEMA DE BANCO DE IMAGENS MANUAL DE USO SISTEMA DE BANCO DE IMAGENS MANUAL DE USO Versão: BETA Última atualização: 24/06/2012 Índice O sistema de banco de imagens 03 Pesquisa de fotos 04 Pautas e eventos 08 Cadastro de fotos 09 Edição e indexação

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc

Procedimentos para Instalação do Sisloc Procedimentos para Instalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Instalação do Sisloc... 3 Passo a passo... 3 3. Instalação da base de dados Sisloc... 16 Passo a passo... 16 4. Instalação

Leia mais

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1 Manual de operação BS Ponto Versão 5.1 conteúdo 1. Instalação do sistema Instalando o BS Ponto Configurando o BS Ponto 2. Cadastrando usuários Cadastro do usuário Master Alterando a senha Master Cadastro

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Aula 4 Imagine a seguinte situação: Precisamos trafegar valores de uma página PHP para outra, porém não temos formulários entre essas páginas. Como fazer

Leia mais

www.coldfusionbrasil.com.br

www.coldfusionbrasil.com.br www.coldfusionbrasil.com.br 2000 PASSANDO VARIÁVEIS ATRAVÉS DE FORM E URL 3 ALTERA.CFM 3 FORMALTERA.CFM 4 ALTERA.CFM 4 FORMALTERA.CFM 4 CRIANDO E MANIPULANDO VARIÁVEIS COM CFSET 4 VALORES ESTÁTICOS 5 PARÂMETROS

Leia mais

O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa?

O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa? Que tipo de navegadores são suportados? Preciso permitir 'cookies' O que são 'cookies' da sessão? O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa?

Leia mais

Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1

Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1 Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1 Autor: Júlio Battisti - Site: www.juliobattisti.com.br Segurança, sem dúvidas, é um dos temas mais debatidos hoje, no mundo da informática. Nesse tutorial

Leia mais

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco).

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco). Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 2 Criando e compartilhando uma pasta - Prática Autor: Júlio Battisti - Site: www.juliobattisti.com.br Neste tópico vamos criar e compartilhar uma pasta chamada

Leia mais

QUALIDATA Soluções em Informática. Módulo CIEE com convênio empresas

QUALIDATA Soluções em Informática. Módulo CIEE com convênio empresas FM-0 1/21 ÍNDICE 1. MÓDULO DESKTOP(SISTEMA INSTALADO NO CIEE)... 2 Cadastro de Ofertas de Empregos:... 2 Cadastro de Eventos:... 3 Cadastro de Instituições do Curriculum:... 5 Cadastro de Cursos do Curriculum:...

Leia mais

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting Omega Tecnologia Manual Omega Hosting 1 2 Índice Sobre o Omega Hosting... 3 1 Primeiro Acesso... 4 2 Tela Inicial...5 2.1 Área de menu... 5 2.2 Área de navegação... 7 3 Itens do painel de Controle... 8

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - PROFESSOR... 3 Primeira visita a página... 4 Atualizando o cadastro... 9 Imprimindo o comprovante...

Leia mais

Manual Administrador - Mídia System

Manual Administrador - Mídia System Manual Administrador - Mídia System Logo após cadastrarmos sua Empresa em nosso sistema, será enviado um e-mail confirmando as informações de acesso do Administrador do sistema. Obs: Caso não tenha recebido

Leia mais

Configurando o IIS no Server 2003

Configurando o IIS no Server 2003 2003 Ser ver Enterprise Objetivo Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar um site usando o IIS 6.0 Configurando o IIS no Server 2003 Instalando e configurando o IIS 6.0 O IIS 6 é o aplicativo

Leia mais

Active Directory Windows 2000 Server

Active Directory Windows 2000 Server 1 Active Directory Windows 2000 Server Essa tela é exibida após a configuração e a ativação, onde é informado o nome do domínio, entre outras configurações não essenciais para nosso presente estudo. 2

Leia mais

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Requisitos... 3 3. Diretório do Millennium... 3 4. Procedimento para Transferência de Servidor... 3 4.1 Compartilhamento

Leia mais

INTRODUÇÃO: 1 - Conectando na sua conta

INTRODUÇÃO: 1 - Conectando na sua conta INTRODUÇÃO: Com certeza a reação da maioria dos que lerem esse mini manual e utilizarem o servidor vão pensar: "mas porque eu tenho que usar um console se em casa eu tenho uma interface gráfica bonito

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - SLIM

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - SLIM GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - SLIM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Requisitos... 3 3. Diretório do Slim... 3 4. Procedimento para Transferência de Servidor... 3 4.1 Compartilhamento da

Leia mais

Logo abaixo temos a Barra de Menus que é onde podemos acessar todos os recursos do PHP Editor.

Logo abaixo temos a Barra de Menus que é onde podemos acessar todos os recursos do PHP Editor. Nessa aula iremos estudar: A anatomia da janela do PHP Editor Iniciando o servidor Web O primeiro exemplo de PHP Anatomia da janela do PHP Editor Barra de Títulos: É a barra azul que se encontra na parte

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno

Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno Índice 1 Acessando o sistema via internet...3 2 Funcionalidades...6 2.1 Horário Individual...7 2.2 Calendário Acadêmico...8 2.3 Biblioteca...9 2.3.1 Consultar

Leia mais

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH!

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES (EACH) TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! Autoria e revisão por: PET Sistemas

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Oficina de Inclusão Tecnológica Windows Live Skydrive

Oficina de Inclusão Tecnológica Windows Live Skydrive 1 Windows Live Skydrive Fonte imagem: blogaomobile.org Ementa: O windows Live Skydrive apresenta a possibilidade da computação em nuvem, que permite ao usuário armazenar arquivos online, de forma a não

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE Manual de Configuração da conta Live@Edu Aracaju/SE 2009 Sumário Apresentação... 3 1. Solicitando ativação no Live@Edu... 4 2. Efetuando o primeiro acesso...

Leia mais

AULA 06 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS

AULA 06 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS AULA 06 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS O Windows XP fornece contas de usuários de grupos (das quais os usuários podem ser membros). As contas de usuários são projetadas para indivíduos. As contas de grupos são projetadas

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0

DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 Índice 1 - Objetivo 2 - Descrição do ambiente 2.1. Tecnologias utilizadas 2.2. Estrutura de pastas 2.3. Bibliotecas já incluídas 3 - Características gerais 4 - Criando

Leia mais

PHP: Formulários e upload de múltiplos arquivos Por Alfred Reinold Baudisch 28 de fevereiro de 2006.

PHP: Formulários e upload de múltiplos arquivos Por Alfred Reinold Baudisch 28 de fevereiro de 2006. PHP: Formulários e upload de múltiplos arquivos Por Alfred Reinold Baudisch 28 de fevereiro de 2006. Veja como montar um formulário para upload de múltiplos arquivos e como processá-lo com o PHP, usando

Leia mais

Tutorial do Sistema de Gestão de Conteúdos para Web - SYSWEB

Tutorial do Sistema de Gestão de Conteúdos para Web - SYSWEB Tutorial do Sistema de Gestão de Conteúdos para Web - SYSWEB São João del-rei Outubro de 2008 1. Entrando na Intranet para acessar o SYSWEB 1.1 Digite no seu navegador (browser) o seguinte endereço: http://www.intranet.ufsj.edu.br

Leia mais

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Sumário Objetivos do Blog... 2 Log-in... 3 Esqueci minha senha... 4 Utilizando o Blog... 5 Encontrando seu Blog... 5 Conhecendo o

Leia mais

Configuração do Linux Educacional 5 para melhor uso do MonitorINFO-V4

Configuração do Linux Educacional 5 para melhor uso do MonitorINFO-V4 Configuração do Linux Educacional 5 para melhor uso do MonitorINFO-V4 Primeiro fazemos o login com o usuário admin para ter acesso total ao sistema Usuário: admin Senha: admin Estando no sistema com administrador

Leia mais

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí Curso de PHP FATEC - Jundiaí Cookies Cookies são arquivos texto que podem ser armazenados no computador or do usuário, para serem recuperados posteriormente pelo servidor no qual seu site está hospedado.

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE BLOG COM O BLOGGER

CONSTRUÇÃO DE BLOG COM O BLOGGER CONSTRUÇÃO DE BLOG COM O BLOGGER Blog é uma abreviação de weblog, qualquer registro frequênte de informações pode ser considerado um blog (últimas notícias de um jornal online por exemplo). A maioria das

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Manual Xerox capture EMBRATEL

Manual Xerox capture EMBRATEL Manual Xerox capture EMBRATEL Versão 2 Junho/2011 Tópicos 1) Instalação do Xerox Capture 2) Utilização do Xerox Capture 2.1) Capturar pacotes de imagens pelo scanner 2.2) Importar pacote de imagens a partir

Leia mais

Pesquisa de Sa+sfação por e- mail

Pesquisa de Sa+sfação por e- mail Labels Gerenciador de Selos para Loja Virtual Pesquisa de Sa+sfação por e- mail Com o BizCommerce, você pode saber mais sobre as opiniões e impressões que os consumidores têm ao fazer uma compra na sua

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Serviços e Agendamento Sumário 1 SERVIÇOS NO LINX POSTOS AUTOSYSTEM...3 2 CRIAR SERVIÇO...3 2.1 Agendamento de Tarefas Windows...5 2.2 Criar Serviço e Agendar Tarefas no Ubuntu-LINUX...6

Leia mais

Você acessa seu DISCO Virtual do mesmo modo como faz para seu HD, através de:

Você acessa seu DISCO Virtual do mesmo modo como faz para seu HD, através de: Manual DISCO VIRTUAL Gemelo Backup Online DESKTOP É um Disco que se encontra em seu PC junto às unidades de discos locais. A informação aqui existente é a mesma que você efetuou backup com sua Agenda ou

Leia mais

Manual de Utilização do Zimbra

Manual de Utilização do Zimbra Manual de Utilização do Zimbra Compatível com os principais navegadores web (Firefox, Chrome e Internet Explorer) o Zimbra Webmail é uma suíte completa de ferramentas para gerir e-mails, calendário, tarefas

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Formulários e Aula 3 Relembrando HTML 5 Tag Form o Utilizada para marcar a região do formulário. o Os atributos mais importantes são o method e o action.

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES: LEIA COM ATENÇÃO

INFORMAÇÕES IMPORTANTES: LEIA COM ATENÇÃO 1 de 7 Prezado(a) Candidato(a), INFORMAÇÕES IMPORTANTES: LEIA COM ATENÇÃO Utilize um computador instalado o software Acrobat Reader (www.adobe.com/br/) para ler textos disponibilizados na prova. Lembre-se

Leia mais

Tutorial Plone 4. Manutenção de Sites. Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados

Tutorial Plone 4. Manutenção de Sites. Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados Tutorial Plone 4 Manutenção de Sites Universidade Federal de São Carlos Departamento de Sistemas Web Todos os direitos reservados Sumário Introdução 1 Como fazer a autenticação do usuário 1.1 Através do

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação

Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Manual de Navegação e Operação Portal do Senac: Área Exclusiva para Alunos Índice 1. Introdução... 4 2. Acessando a área exclusiva... 5 3. Trocando a senha... 6 4. Mensagens... 7 4.1. Conhecendo a tela principal... 7 4.2. Criando uma

Leia mais

Configuração de assinatura de e-mail

Configuração de assinatura de e-mail Configuração de assinatura de e-mail Este manual irá lhe auxiliar a configurar a sua assinatura de E-mail no Microsoft Outlook (Desktop) e no Outlook Web App (Webmail). Gerando a sua assinatura de e-mail

Leia mais

Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Instalando e configurando um ambiente de ferramentas PHP e MySQL. Prof. MSc.

Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Instalando e configurando um ambiente de ferramentas PHP e MySQL. Prof. MSc. Programação para Internet Orientada a Objetos com PHP & MySQL Instalando e configurando um ambiente de ferramentas PHP e MySQL Prof. MSc. Hugo Souza Na última aula falamos um pouco sobre as ferramentas

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO MANUAL DE CONFIGURAÇÃO Índice Conteúdo Página Legendas 3 1.0 Primeiro acesso 5 2.0 Cadastro de login e senha 6 3.0 Configuração do Blocker 7 3.1 Senha de acesso 8 3.2 Grade de Horário 9 3.2.1 Configurando

Leia mais

Configurando DDNS no Stand Alone

Configurando DDNS no Stand Alone Configurando DDNS no Stand Alone Abra o seu navegador de internet e acesse o endereço http://www.advr.com.tw(ou, http://59.124.143.151 ). Clique em Register para efetuar o cadastro de um novo grupo.(foto

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO 1. Acesse através do navegador (preferencialmente Mozilla Firefox ou Google Chrome) o endereço web do sistema:

Leia mais

PORTAL DO ALUNO - MANUAL

PORTAL DO ALUNO - MANUAL SUMÁRIO 1. Sobre o Portal do Aluno... 2 2. Acessar o Portal do Aluno... 2 2.1. Acessar o Portal... 2 2.2. Recuperação de senha... 3 2.3.1. Recuperação automática de senha por e-mail... 4 2.3.2. Recuperação

Leia mais

índice I. Introdução Procedimentos básicos V. Prontuário Configurações VII. Medicamentos VIII. Tags

índice I. Introdução Procedimentos básicos V. Prontuário Configurações VII. Medicamentos VIII. Tags Manual Versão Web índice I. Introdução II. III. IV. Procedimentos básicos A agenda Clientes V. Prontuário VI. Configurações VII. Medicamentos VIII. Tags IX. Contato I Introdução O que é o JustDoctor? O

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de código de barras e de separação de documentos no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se

Leia mais

HTML / JAVASCRIPT. A versão atual é o HTML5 (seus predecessores imediatos são HTML 4.01, XHTML 1.1, etc.).

HTML / JAVASCRIPT. A versão atual é o HTML5 (seus predecessores imediatos são HTML 4.01, XHTML 1.1, etc.). HTML / JAVASCRIPT Estamos iniciando o estudo do HTML através das TAGS (comandos) para construir formulários. Isso facilitará a continuidade dos nossos estudos da linguagem de programação JavaScript, a

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS

CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS CONFIGURAÇÃO DE REDE SISTEMA IDEAGRI - FAQ CONCEITOS GERAIS Servidor: O servidor é todo computador no qual um banco de dados ou um programa (aplicação) está instalado e será COMPARTILHADO para outros computadores,

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Motor Periférico Versão 8.0

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Motor Periférico Versão 8.0 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO Motor Periférico Versão 8.0 1. Apresentação... 3 2. Instalação do Java... 3 2.1 Download e Instalação... 3 2.2 Verificar Instalação... 3 3. Download do Motor Periférico...

Leia mais

AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP

AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP Antes de mais nada, vamos conhecer alguns conceitos, que serão importantes para o entendimento mais efetivos dos assuntos que trataremos durante a leitura desta apostila.

Leia mais

Características do PHP. Começando a programar

Características do PHP. Começando a programar PHP Introdução Olá pessoal. Desculpe o atraso na publicação da aula. Pude perceber pelas respostas (poucas) ao fórum que a realização da atividade do módulo I foi relativamente tranquila. Assistam ao vídeo

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP

MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP MANUAL WEBMAIL HORDE-V.01 IBILCE/UNESP ÍNDICE 01 - COMO UTILIZAR SEU EMAIL...02 02 CONFIGURANDO PARA SEMPRE QUE ABRIR O EMAIL ABRIR A CAIXA DE ENTRADA...03 03 - COMO LER OS EMAILS...05 04 - COMO RETIRAR

Leia mais

Configurações Internet Explorer 07 Para uma boa navegação no sistema GissOnline siga as configurações básicas, descritas abaixo. Exclusão de Cookies

Configurações Internet Explorer 07 Para uma boa navegação no sistema GissOnline siga as configurações básicas, descritas abaixo. Exclusão de Cookies Sumário Exclusão de Cookies... 2 O que são Cookies?... 2 Qual a Finalidade de um Cookie?... 2 Por que Excluir um Cookie?... 2 Como excluir um Cookie?... 2 Configurações do Navegador... 7 Qual a finalidade

Leia mais

Módulo e-rede Prestashop v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede Prestashop v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede Prestashop v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

Internet e Programação Web

Internet e Programação Web COLÉGIO ESTADUAL PEDRO MACEDO Ensino Profissionalizante Internet e Programação Web 3 Técnico Prof. Cesar 2014 1 SUMÁRIO Criar sites dinâmicos em PHP --------------------------------------------------------

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Universidade Federal de Mato Grosso Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Versão 2.1 2013 Cuiabá MT Sumário Usuários do SISCOFRE... 3 Fases

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais