Prefeitura Municipal de Maceió

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prefeitura Municipal de Maceió"

Transcrição

1 DIÁRIO OFICIAL ANO XVI Nº 4294 S ATOS E DESPACHOS DO PREFEITO MENSAGEM Nº.015 DE 10 DE JULHO DE Excelentíssimo Senhor Presidente, Tenho a honra de submeter ao exame dessa Casa Legislativa, através de Vossa Excelência, o presente Projeto de Lei que institui o serviço de identificação dos servidores integrantes da Guarda Municipal de Maceió - SISIGMM. O presente Projeto de Lei tende a confecção da Carteira Funcional dos Servidores pertencentes ao Quadro da Guarda Municipal em atividade, tendo como finalidade de identificá-los, haja vista a interação com outros órgãos e esferas do serviço público, bem como de um antigo pleito reivindicado pela própria Classe. Neste sentido, não medimos esforços no reconhecimento destes servidores, a fim de melhores condições de trabalho, contribuindo, dessa forma, para uma melhor qualidade dos serviços prestados à sociedade maceioense. Sabe-se que de acordo com o artigo 55, inciso VII, da Lei Orgânica do Município de Maceió, compete ao Chefe do Executivo Municipal dispor sobre a organização e funcionamento da Administração Municipal, na forma da Lei. É de se frisar, que a referida confecção da Carteira Funcional da Guarda Municipal, será expedida pela Casa da Moeda do Brasil em papel de segurança fornecido pela mesma e que tal despesa correrá por conta da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Cidadania SEMSC. Portanto, Nobres Vereadores, percebe-se que todos os trâmites processuais pertinentes à viabilidade jurídica de tal procedimento foram concluídos, conforme se constata no Parecer da Procuradoria Geral do Município, devidamente aprovado pelo Procurador Geral Adjunto, no Despacho n 1761/2013, constante às fls. 52. Assim, sendo, certos de contar com o valioso apoio de Vossa Excelência e de seus dignos pares na aprovação do Projeto de Lei em anexo, reitero protestos de elevada consideração e distinto apreço. Excelentíssimo Senhor Vereador FRANCISCO HOLANDA FILHO Presidente da Câmara Municipal. NESTA Projeto de Lei nº Autor: Poder Executivo Municipal INSTITUI O SERVIÇO DE IDENTIFICAÇÃO DOS SERVIDORES INTEGRANTES DA GUARDA MUNICPAL DE MACEIÓ SISIGMM. Art. 1º Fica instituído na Secretaria de Segurança Comunitária e Cidadania, o Serviço de Identificação dos Servidores integrantes da Guarda Municipal de Maceió SISIGMM Art. 2º O SISIGMM é o órgão incumbido da identificação dos integrantes em atividade da carreira de Guarda Municipal de Maceió. Art. 3º A Cédula de Identificação Funcional expedida pelo SISIGMM, conterá os seguintes elementos: I República Federativa do Brasil; II Válida em todo território nacional; III Município de Maceió; IV Secretária Municipal de Segurança Comunitária e Cidadania; VI Brasão do Município de Maceió; VII Matrícula do servidor; VIII Nome, filiação, data de nascimento, RG, CPF, PIS/PASEP, tipo sanguíneo e RH; IX Fotografia 3cmx4cm, colorida de frente, assinatura e impressão digital do polegar direito; X cargo que exerce; XI - Validade; XII Assinatura do Secretário Municipal da SEMSC; e XIII Outras informações e meios de segurança determinados por Decreto. Art. 4º A expedição e processo de identificação de que trata esta lei serão regulamentados através de Decreto do chefe do poder executivo municipal. Art. 5º As despesas decorrentes da presente Lei correrão à conta de dotações orçamentárias próprias. Art. 6º Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PREFEITURA MUNICIPAL DE MACEÓ, em 10 de Julho de MENSAGEM Nº.016 D E 10 DE JULHO DE Excelentíssimo Senhor Presidente, Tenho a honra de submeter ao exame dessa Casa Legislativa, através de Vossa Excelência, o Projeto de Lei que estende a gratificação de que trata a Lei Municipal n 4.936, de 06 de janeiro de O presente Projeto de Lei tem por objeto a extensão da gratificação para todos os servidores lotados nas Unidades de Ensino considerados de Difícil Acesso. a remuneração de seus servidores, desde que, observe os limites constantes do inciso XI, do art. 37, da Constituição Federal, bem como dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e Sabe-se que o município dispõe de autonomia organização para administrativa, legislar inclusive, sobre sua sobre eficiência. Ademais, o inciso II, do 1º, do art. 32, da Lei Orgânica do Município de Maceió, versa que são de iniciativa privativa do Prefeito os projetos de Lei que tratem do Regime Jurídico dos Servidores Públicos Municipais, provimentos de cargos, estabilidade, aposentadoria, fixação, revisão e majoração de vencimentos. Portanto, considerando a importância da constante matéria do Projeto em apreço, bem como da necessidade de sua aprovação, haja vista a manutenção da prestação dos serviços desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Educação SEMED, solicitamos sua apreciação com máxima urgência. Certos de contar com o valioso apoio de Vossa Excelência e de seus dignos pares na aprovação do Projeto de Lei em anexo, reitero protestos de elevada consideração e distinto apreço. Excelentíssimo Senhor Vereador FRANCISCO HOLANDA FILHO Presidente da Câmara Municipal. NESTA Minuta de Projeto de Lei nº Autor: Poder Executivo Municipal ESTENDE A GRATIFICAÇÃO DE QUE TRATA A LEI MUNICIPAL N 4.936, DE 6 DE JANEIRO DE 2000 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Art. 1º A gratificação de que trata a Lei n 4.936, de 6 de janeiro de 2000, será devida a todos os profissionais da educação, no âmbito da Administração Pública Municipal, segundo o disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, que exerceram as funções de seus cargos nas escolas municipais consideradas de difícil acesso, na forma da relação que constar de Decreto do Poder Executivo Municipal. Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3 Revogam-se as disposições em contrário. PREFEITURA MUNICIPAL DE MACEÓ, em 10 de Julho de LEI Nº 6216 DE 10 DE JULHO DE PROJETO DE LEI Nº 6.491/2013 AUTOR: PODER EXECUTIVO MUNICIPAL Dispõe sobre a contribuição previdenciária suplementar patronal do Município de

2 2 Diário Oficial Maceió, para a instituição de Plano de Amortização do Déficit Técnico Atuarial do Fundo Previdenciário (FUPRE) do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) dos Servidores Públicos do Município de Maceió e dá outras providências. MACEIÓ, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores de Maceió decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º. O déficit técnico atuarial do Fundo Previdenciário (FUPRE), do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) dos servidores públicos estatutários da Administração Municipal de Maceió, será financiado em 35 (trinta e cinco) anos, através do Plano de Amortização estabelecido nesta Lei, mediante a cobrança de contribuições patronais suplementares devidas pela Administração Pública Direta e Indireta do Município de Maceió, observados os parâmetros da Portaria n. 403, de 10 de dezembro de 2008, e suas alterações posteriores, do Ministério da Previdência Social. Art. 2º. A apuração do déficit técnico atuarial do RPPS dar-se-á por estudos atuariais realizados em conformidade com os regulamentos expedidos pelo Ministério da Previdência Social, buscando o reequilíbrio financeiro e atuarial do RPPS. Art. 3º. O Município, juntamente com suas autarquias e fundações, arcarão com uma contribuição previdenciária suplementar incidente sobre a mesma base de cálculo das contribuições previdenciárias dos servidores ativos vinculados ao RPPS, inclusive sobre a gratificação natalina, a ser repassada ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Maceió (IPREV/Maceió), mensalmente, de forma progressiva, nos seguintes percentuais estabelecidos sobre o custo total da folha de pessoal ativo: I para o exercício de 2013, contribuição suplementar de 1,14% (um inteiro e quatorze centésimos por cento); II para o exercício de 2014, contribuição suplementar de 2,28% (dois inteiros e vinte e oito centésimos por cento); III para o exercício de 2015, contribuição suplementar de 3,41% (três inteiros e quarenta e um centésimos por cento); IV para o exercício de 2016, contribuição suplementar de 4,55% (quatro inteiros e cinquenta e cinco centésimos por cento); V para o exercício de 2017, contribuição suplementar de 5,69% (cinco inteiros e sessenta e nove centésimos por cento); VI para o exercício de 2018, contribuição suplementar de 6,83% (seis inteiros e oitenta e três centésimos por cento); VII para o exercício de 2019, contribuição suplementar de 7,97% (sete inteiro e noventa e sete centésimos por cento); VIII para o exercício de 2020, contribuição suplementar de 9,11% (nove inteiros e onze centésimos por cento); IX para o exercício de 2021, contribuição suplementar de 10,24% (dez inteiros e vinte e quatro centésimos por cento); X para os exercícios de 2022 a 2047, contribuição suplementar de 11,38% (onze inteiros e trinta e oito centésimos por cento). Art. 4º. O valor do déficit técnico atuarial para definição das alíquotas suplementares estabelecidas neste Plano de Amortização é o resultante da reavaliação atuarial de 2013, com data-base de dezembro de Art. 5º. O Plano de Amortização poderá ser revisto nas reavaliações atuariais anuais, respeitando sempre o período remanescente para o equacionamento, contado a partir do marco inicial estabelecido pela implementação do plano de amortização inicial. Art. 6º. Esta Lei entra em vigor da nata da sua publicação. Art. 7º. Revogam-se as disposições em contrário. PREFEITURA MUNICIPAL DE MACEIÓ, em 10 de julho de LEI Nº 6217 DE 10 DE JULHO DE PROJETO DE LEI Nº 6.509/2013 AUTOR: PODER EXECUTIVO MUNICIPAL Dispõe sobre a política de benefícios e incentivos fiscais do Município de Maceió às empresas de Call Center e Telemarketing e dá outras providências. MACEIÓ, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores de Maceió decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º. Esta Lei institui a política de benefícios e incentivos fiscais a empresas de Call Center e Telemarketing que exerçam tais atividades em caráter exclusivo e venham a se instalar no Município de Maceió. 1º Entende-se por Call Center a central de atendimento composta por estruturas físicas e de pessoal, que têm por objetivo centralizar o recebimento de ligações telefônicas, distribuindo-as automaticamente aos atendentes e possibilitando o atendimento aos usuários finais, realização de pesquisas de mercado por telefone, vendas, retenção e outros serviços por telefone, Web, Chat ou . 2º Entende-se por Telemarketing a promoção de vendas e serviços por telefone, abrangendo cobranças e outros serviços, como atendimento ao consumidor e o suporte técnico, praticada em grandes ambientes denominados call centeres ou centrais de atendimento. Art. 2º. Como incentivo especial às empresas de Call Center e Telemarketing, fica o Poder Executivo Municipal autorizado a conceder os seguintes benefícios: I redução da alíquota do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza ISSQN de 5% (cinco por cento) para 2% (dois por cento), incidente sobre os serviços prestados; II isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano IPTU incidente sobre os imóveis de propriedade das empresas constantes do caput deste artigo, nos quais sejam realizadas suas atividades operacionais; III redução de 50%, na alíquota do ITBI, na aquisição de imóvel a ser utilizado nas atividades operacionais das empresas constantes do caput deste artigo. Art. 3º. A concessão dos incentivos fiscais desta Lei será efetuada por Decreto do Poder Executivo Municipal e sujeita a empresa beneficiada ao cumprimento das obrigações principais e acessórias, previstas na legislação tributária municipal de Maceió. Art. 4º. Para obter a concessão dos benefícios previstos no art. 2º, deverá a empresa interessada apresentar um Protocolo de Intenções, com a previsão de geração de empregos e da realização de investimentos na cidade de Maceió, na forma e de acordo com os critérios a serem estabelecidos em Portaria da Secretaria Municipal de Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária - SEMTABES. Parágrafo único. Os benefícios fiscais previstos nesta Lei vigerão pelo prazo de 10 (dez) anos, contados da data de publicação do Decreto de concessão do incentivo. Art. 5º. Constatado o descumprimento das contrapartidas assumidas pelas empresas em seus respectivos Protocolos de Intenções, o Município notificará os responsáveis para que, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias, contados a partir da notificação, adotem as medidas necessárias para sanar as irregularidades, sem prejuízo das demais penalidades decorrentes de eventual infringência da legislação tributária. Parágrafo único. O descumprimento da notificação referida no caput deste artigo poderá acarretar, a critério do Município, a revogação dos benefícios concedidos. Art. 6º. Fica expressamente vedada ao Município a revogação dos incentivos fiscais antes de decorridos os dez anos de vigência desta Lei, salvo na hipótese de descumprimento das contrapartidas impostas ao beneficiário. Art. 7º. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PREFEITURA MUNICIPAL DE MACEIÓ, em 10 de Julho de LEI Nº 6218 DE 10 DE JULHO DE PROJETO DE LEI Nº 6.511/2013 AUTOR: PODER EXECUTIVO MUNICIPAL ALTERA O ART 1º, I, ART. 5º E O ITEM II DO ANEXO ÚNICO DA LEI MUNICIPAL Nº DE 30 DE SETEMBRO DE 2011 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MACEIÓ, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores de Maceió decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º Fica alterado o inciso I, do artigo 1º, da Lei 6.055/2011, passando a ser redigido da seguinte maneira: Art. 1º I (duzentos e cinquenta) cargos de Agente de Fiscalização de Trânsito, na Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito; Art. 2º O art. 5º da Lei nº 6.055/2011 passa a vigorar com a seguinte redação: Art. 5º O servidor ocupante do cargo de Agente de Fiscalização de Trânsito, criado na forma desta Lei, terá no efetivo exercício da função direito à percepção da gratificação de estímulo à produtividade individual instituída pela Lei Municipal nº de 28 de abril de 2004 e regulamentada pelo Decreto nº /2004. Parágrafo único. O prêmio de produtividade individual tratada no caput será implementado anualmente, com base na data inicial do exercício de cada agente, e de forma gradativa no percentual fixo de até 25% (vinte e cinco por cento) retroativo ao mês de maio de 2013, restrito ao limite de 100% (cem por cento), na forma descrita no quadro demonstrativo constante no anexo único desta Lei. Art. 3º Fica incluído ao anexo único da Lei nº 6.055/2011 o quadro demonstrativo tratado no parágrafo único do artigo anterior, que se encontra anexado ao final deste dispositivo. Art. 4º Serão acrescidas nas atribuições do cargo de Agente de Fiscalização de Trânsito, previstas no anexo único, item II, da Lei nº 6.055/2011, as seguintes competências: I exercer plenamente o poder de polícia sobre o transporte remunerado de passageiros e cargas em todo o território, diretamente ou mediante convênios, na conformidade dos dispositivos legais que regulamentam a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Maceió; II averiguar denúncias e reclamações relativas à constatação de transporte remunerado irregular e adotar as medidas cabíveis para a sua regularização; III planejar, coordenar e supervisionar as ações de policiamento na fiscalização de transporte remunerado; IV lavrar autuação por infração de transporte remunerado irregular e demais atos correlatos no pleno exercício do poder de polícia de transporte e trânsito, nas áreas sob sua jurisdição e naquelas em que haja convênio com a autoridade competente; V utilizar-se de todos os meios legais, inclusive veículos especiais e vigilância velada, para coibir infrações previstas da legislação de transporte; VI exercer suas atividades de fiscalização, estabelecimentos ou veículos automotores sujeitos à fiscalização de transporte, nos limites das competências do órgão do poder executivo de trânsito do Município de com livre acesso às dependências, documentação e/ou equipamentos de Maceió; e VII quando necessário ou solicitado, lavrar Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito (BOAT) nas vias urbanas do município de Maceió. Art. 5º As atribuições previstas no artigo anterior não prejudicarão às delegadas aos Agentes de Fiscalização de Transporte da SMTT, permanecendo suas competências originárias a serem exercidas individualmente ou em parceria com os Agentes de Fiscalização de Trânsito. Art. 6º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. PREFEITURA MUNICIPAL DE MACEÓ, em 10 de Julho de ANEXO ÚNICO Quadro Demonstrativo da Evolução do Prêmio de Produtividade dos Agentes de Fiscalização de Trânsito do Município de Maceió:

3 Diário Oficial 3 PERÍODO Retroativo a maio/2013 A partir de um ano de exercício A partir de dois anos de exercício A partir de três anos de exercício LEI Nº 6219 DE 10 DE JULHO DE PROJETO DE LEI Nº 6.808/2013 AUTOR: PODER EXECUTIVO MUNICIPAL Altera o art 1º, III e IV, art. 6º, parágrafo único da Lei Municipal nº de 30 de Setembro de 2011 e dá outras providências. MACEIÓ, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores de Maceió decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º. Fica alterado o inciso III e IV do artigo 1º e art. 6º, parágrafo único da Lei 6.055/2011 passando a ser redigido da seguinte maneira: Art. 1º. III - 40 (quarenta) cargos de Fiscal de Obras na Superintendência Municipal de Controle e Convívio Urbano; IV - 50 (cinqüenta) cargos de Fiscal de Posturas, na Superintendência Municipal de Controle e Convívio Urbano; Art. 2º. O parágrafo único do art. 6º da Lei nº 6.055/2011 passa a vigorar com a seguinte redação: Art. 6º. Parágrafo único. O prêmio de produtividade individual tratado no caput será implementado anualmente, com base na data inicial do exercício de cada agente, e de forma gradativa no percentual de até 25% (vinte e cinco por cento), restrito ao limite de 100% (cem por cento), na forma descrita no quadro demonstrativo constante no anexo único desta Lei. Art. 3º. Fica incluído o anexo II da Lei nº 6.055/2011 o quadro demonstrativo tratado no parágrafo único do artigo anterior, que se encontra anexado ao final deste dispositivo. Art. 4º. Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. PREFEITURA MUNICIPAL DE MACEÓ, em 10 de Julho de ANEXO II Quadro Demonstrativo da Evolução do Prêmio de Produtividade dos Fiscais de Postura e de Obras do Município de Maceió: PERÍODO Até um ano de exercício Completado um ano de exercício Completados dois anos de exercício Completados três anos de exercício PRÊMIO DE PRODUTIVIDADE Até 25% (vinte e cinco por cento) Até 50% (cinquenta por cento) Até 75% (setenta e cinco por cento) Até 100% (cem por cento) PRÊMIO DE PRODUTIVIDADE Até 25% (vinte e cinco por cento) Até 50% (cinqüenta por cento) Até 75% (setenta e cinco por cento) Até 100% (cem por cento) PORTARIA Nº 2694 MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. RESOLVE tornar sem efeito a Portaria nº 878 de 30 de janeiro de 2013, publicada no Diário Oficial do Município no dia 12 de março de 2013, que nomeou o Conselheiro Tutelar Suplente da Região Administrativa V e VI Tácito Noel Fontes dos Santos. PORTARIA Nº 2695 MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e conforme o art. 17, IV da Lei Municipal n 5.749/09, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. Resolve nomear o Conselheiro Tutelar Suplente da Região Administrativa V e VI, Tácito Noel Fontes dos Santos, para compor o Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente, em substituição ao Conselheiro Titular Luiz Henrique de Oliveira França, em função do gozo de férias, retroagindo seus efeitos a partir do período de 1º a 30 de julho de PORTARIA Nº 2696 MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. Resolve nomear a Conselheira Tutelar Suplente da Região Administrativa II Valmênia Santos da Silva, para compor o Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente, em substituição a Conselheira Titular Maria dos Prazeres da Rocha Brandão, em razão do seu afastamento para tratamento de saúde, retroagindo seus efeitos a partir do período de 08 a 22 de julho de PORTARIA Nº 2697 MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. Resolve nomear a Conselheira Tutelar Suplente da Região Administrativa III e IV Maria das Vitórias Cavalcante de Almeida Rodas, para compor o Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente, em substituição ao Conselheiro Titular Expedito Luiz de Araújo Almeida, em razão do seu afastamento para tratamento de saúde, retroagindo seus efeitos a partir do período de 07 a 21 de julho de PORTARIA Nº 2698 MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. Resolve nomear o Conselheiro Tutelar Suplente da Região Administrativa VII, Jorge Luiz da Silva Verçosa, para compor o Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente, em substituição ao Conselheiro Titular Emanuel Monteiro Cerqueira, em razão do seu afastamento para tratamento de saúde, retroagindo seus efeitos a partir do período de 1º de julho até 31 de agosto de PORTARIA Nº 2699 MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. RESOLVE conceder a Suzangela Doria de Mendonça, da Secretaria Municipal de Saúde - SMS, 03 (três) diária(s) e ½ (meia) no valor unitário de R$ 213,31 (duzentos e treze reais e trinta e um centavos), perfazendo um total de R$ 746,59 (setecentos e quarenta e seis reais e cinquenta e nove centavos), para fazer face às despesas com alimentação e pousada, em razão de sua permanência na cidade de Florianópolis - SC, onde participar da VIII Congresso Brasileiro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal, durante os dias 30 e 31 de outubro e o dia 1º de novembro de PORTARIA Nº 2700 MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. RESOLVE conceder a Tânia Kátia de Araújo Mendes, da Secretaria Municipal de Saúde - SMS, 03 (três) diária(s) e ½ (meia) no valor unitário de R$ 213,31 (duzentos e treze reais e trinta e um centavos), perfazendo um total de R$ 746,59 (setecentos e quarenta e seis reais e cinquenta e nove centavos), para fazer face às despesas com alimentação e pousada, em razão de sua permanência na cidade de Florianópolis - SC, onde participar da VIII Congresso Brasileiro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal, durante os dias 30 e 31 de outubro e o dia 1º de novembro de PORTARIA Nº 2701 MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. RESOLVE conceder a Alex Tenório Freire, matrícula nº , da Secretaria Municipal de Saúde - SMS, 02 (duas) diária(s) e ½ (meia) no valor unitário de R$ 213,31 (duzentos e treze reais e trinta e um centavos), perfazendo um total de R$ 533,28 (quinhentos e trinta e três reais e vinte e oito centavos), para fazer face às despesas com alimentação e pousada, em razão de sua permanência na cidade de Brasília - DF, onde participar da Oficina de Trabalho dos Resultados da 1ª Etapa do Projeto Multirriso Saúde e Desastre, durante os dias 16 e 17 de julho de PORTARIA Nº 2702 O Prefeito do Município de Maceió, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, e de acordo com o Processo Administrativo nº /2013. Resolve designar o Diretor Presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Maceió IPREV, a assinar a documentação necessárias a movimentação financeira do Fundo Financeiro (FUFIN) CNPJ nº / e do Fundo Previdenciário (FUPRE) CNPJ nº / do IPREV. TERMO DE RATIFICAÇÃO Ratifico a dispensa de licitação em favor da Sra. EDITE CAETANO DO NASCIMENTO, portadora do RG nº SSP/AL, inscrita no CPF/MF sob o nº , no valor total de R$ ,00 (setenta e dois mil reais), objetivando a celebração de contrato de locação do imóvel localizado na Rua Manoel Afonso de Melo, nº 20, Santa Lúcia, nesta Capital, para a instalação e o funcionamento do Centro de Referência Especializado em Assistência Social CREAS Santa Lúcia, com base nas disposições contidas no artigo 24, X, da Lei Federal nº 8666/93 e alterações, conforme Processo nº /2013. Maceió/AL, 10 de Julho de SÚMULA DO CONTRATO Nº.064/2013 PARTES: Contrato que entre si celebram o Município de Maceió e a Sra. Edite Caetano do Nascimento, com a interveniência da Secretaria Municipal de Assistência Social - SEMAS. DO OBJETO: Constitui-se objeto do presente contrato a locação do imóvel localizado na Rua Manoel Afonso de Melo, nº 20, Santa Lúcia, Maceió/AL. DO VALOR: Fica estipulado a título de aluguel o valor mensal de R$ 3.000,00 (três mil reais), que deverão ser pagos pela LOCATÁRIA até o dia 20 do mês subseqüente ao vencimento, perfazendo um total de R$ ,00 (setenta e dois mil reais). DA VIGÊNCIA: O presente contrato terá vigência de 24 (vinte e quatro) meses, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial do Município, podendo ser prorrogado com a concordância das partes.

4 4 Diário Oficial DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: As despesas decorrentes da execução do presente contrato estão contempladas no plano plurianual e correrão à conta dos recursos alocados no orçamento fluente e subseqüente exercício, no seguinte Programa de Trabalho: , Elemento de Despesa: , Fonte de Recursos: DO FORO: Fica eleito o Foro da Comarca de Maceió, Capital do, para dirimir qualquer dúvida ou litígio oriundo deste contrato, com renúncia expressa aos demais, por mais privilegiados que sejam. E, por estarem, assim justos e acordados, as partes assinam o presente instrumento em 03 (três) vias de igual teor e forma, na presença de duas testemunhas, dando tudo por bom, firme e valioso. Maceió/AL, 10 de Julho de PREFEITO DE MACEIÓ SÚMULA DO PRIMEIRO TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 389/2012 DAS PARTES: Termo Aditivo que entre si celebram o MUNICÍPIO DE MACEIÓ e a empresa INTERCOMFRIO MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS LTDA - EPP, com a interveniência da SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEMAS. DO OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigência estabelecido na Cláusula Nona do Contrato nº 389/2012. DO VALOR: Este aditivo ao contrato nº 389/2012, não implicará em acréscimo de valor contratual. DA VIGÊNCIA: Fica prorrogado por mais 06 (seis) meses o prazo previsto na Cláusula Nona do contrato nº 389/2012, contados a partir da data do seu vencimento. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: Ficam ratificadas as demais cláusulas contratuais não expressamente alteradas pelo presente Termo Aditivo. E, por estarem assim justas e contratadas, as partes assinam o presente Termo Aditivo em 03 (três) vias de igual teor, para um só efeito, sem rasuras ou emendas, o qual depois de lido e achado conforme, perante duas testemunhas a todo o ato presente, vai pelas partes assinado, as quais se obrigam a cumpri-lo. Maceió/AL, 05 de Julho de PREFEITO DE MACEIÓ SÚMULA DO PRIMEIRO TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 392/2012 DAS PARTES: Termo Aditivo que entre si celebram o MUNICÍPIO DE MACEIÓ e a empresa MACHADO ARMARINHOS LTDA, com a interveniência da SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEMAS. DO OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto a prorrogação do prazo de vigência estabelecido na Cláusula Nona do Contrato nº 392/2012. DO VALOR: Este aditivo ao contrato nº 392/2012, não implicará em acréscimo de valor contratual. DA VIGÊNCIA: Fica prorrogado por mais 05 (cinco) meses o prazo previsto na Cláusula Nona do contrato nº 392/2012, contados a partir da data do seu vencimento. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: Ficam ratificadas as demais cláusulas contratuais não expressamente alteradas pelo presente Termo Aditivo. E, por estarem assim justas e contratadas, as partes assinam o presente Termo Aditivo em 03 (três) vias de igual teor, para um só efeito, sem rasuras ou emendas, o qual depois de lido e achado conforme, perante duas testemunhas a todo o ato presente, vai pelas partes assinado, as quais se obrigam a cumpri-lo. Maceió/AL, 08 de Julho de PREFEITO DE MACEIÓ SEMARHP - SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO O Secretário Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio, JAELSON GOMES FERREIRA despachou em 10 julho de 2013, os seguintes processos: Processo nº /12 EDVANICE CORREIA DE SOUZA À DAPES/ SEMARHP para as devidas providências. Processo nº /13 ANGELA RAMIRES REGIS À ACC/SEMARHP para conhecimento e manifestação. Processo nº /13 SMTT À DRH-CGFP/SEMARHP para as devidas providências. Processo nº /11 MARCOS ROBERTO MOREIRA AO GABINETE DA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS para conhecimento e providências. Processo nº /12 JAILSON VIEIRA DOS SANTOS À SMCCU para as devidas providências. Processo nº /13 MARIA NAZARE LOPES À PGM para análise e parecer conclusivo. Processo nº /10 LUCIA GUILHERME MATIAS À RH/SMS para as devidas providências. Processo nº /13 ANA PERLA GOMES GONÇALVES À SMS para instruir o presente processo. Processo nº /13 NELMA SORAYA COUTINHO BATISTA À PAS/ SEMED para análise e parecer. Processo nº /13 JOSEFA AMORIM DE BARROS À DRH-CGFP/ SEMARHP para as devidas providências. Processo nº /13 GABINETE DO PREFEITO À DRH-CGFP/SEMARHP para as devidas providências. Processo nº /12 JOSE RUBENS OMENA JUNIOR À DRH- CGFP/SEMARHP para as devidas providências. Processo nº /13 JOSE ROBERTO SOARES DOS SANTOS À SEMSC para instruir o presente processo. Processo nº /13 AURILENE OLIVEIRA CARVALHO À PAS/SEMAS para análise e parecer. Processo nº /12 MARIA JOSE DE OLIVEIRA À PAS/SEMED para análise e parecer. Processo nº /12 MARIA NILVA DA SILVA PINHEIRO À RH/SMS para as devidas providências. Processo nº /13 PABLO ANGELO DE ALMEIDA À DAPES/ SEMARHP para conhecimento e providências. Processo nº /11 WILDE CLECIO FALCAO DE ALENCAR À PGM para análise e parecer conclusivo. Processo nº /13 JOSE ILDSON VIRGINIO GOMES PEREIRA À DIV. DE PROCESSAMENTO/SEMARHP para as devidas providências. Processo nº /13 FLAVIA DE ABREU GOMES À PAS/SEMED para análise e parecer. Processo nº /13 JULIANA CARLA DA PAZ ALVES À PAS/SEMED para análise e parecer. Processo nº /13 MARISA NUTELS DARDE À PAS/SEMED para análise e parecer. Processo nº /13 JOSE MARCELO DO NASCIMENTO À SECOM para Processo nº /12 JOSE VICTOR DE JESUS À RH.SEMED para atendimento da diligência. Processo nº /13 HELENA PALMIRA MULLER À PAS/SEMED para conhecimento e manifestação. Processo nº /13 MARIA DA PENHA DE OLIVEIRA SILVA À SEMAS para Processo nº /12 EDNEI SILVA DOS SANTOS À CGDMP para Processo nº /12 LUCIANA MARIA RODRIGUES DE OLIVEIRA À RH/SMS para as devidas providências. Processo nº /12 MARGARIDA MARIA GUIMARAES DE CARVALHO SOUZA À PAS/SEMED com a diligência solicitada Processo nº /13 GABINETE DO GOVERNADOR À PGM para análise e parecer conclusivo. Processo nº /12 SEVERINO SOARES DO NASCIMENTO À PAS/ SEMED para análise e parecer. Processo nº /13 SOLANGE TAVARES DA SILVA À PAS/SEMED para análise e parecer. Processo nº /13 HEVERT MENDES PIRES À SMS para instruir o presente processo. Processo nº /13 ADRIANO SANTOS DA SILVA À PAS/SEMED para análise e parecer. Processo nº /12 MARIA JOSE NASCIMENTO SANTOS AO IPREV para Processo nº /12 GILDETE MARIA DOS SANTOS LIMA AO IPREV para Processo nº /13 MARIA NEUZA DA SILVA AO IPREV para Processo nº /11 JOSE ROBERTO DA SILVA AO IPREV para Processo nº /13 VERA LUCIA DE MELO RAMOS AO IPREV para Processo nº /13 LUIZ CARLOS VIEIRA DE VASCONCELOS AO IPREV para conhecimento e providências. Processo nº /13 EDNA VICENTE DOS SANTOS AO IPREV para Processo nº /13 MARIA EUNICE SANTANA FERREIRA Á PGM Processo nº /13 ANA SUELY MELO DE OLIVEIRA AO IPREV para Processo nº /12 LOURINETE ROCHA DE OLIVEIRA AO IPREV para Processo nº /13 UNCISAL Á Processo nº /13 UNCISAL Processo nº /13 LANIBERG LUIZ DA SILVA Á PGM para análise e CGDMP/SEMARHP para conhecimento e para providências que o caso requer. Processo nº /13 ELIANE CALDAS TORRES Á PGM para providências que o caso requer. Processo nº SILVA VIEIRA /13 MARIA DOS SANTOS AO IPREV para Processo nº /13 EXECUTIVA PREFEITO Á DO PGM SECRETARIA GABINETE para análise e parecer DO conclusivo. PGM para análise e parecer conclusivo. Á PGM para análise e parecer conclusivo. Processo nº /13 PODER JUDICIARIO Á PGM para análise e parecer conclusivo. parecer conclusivo. Processo nº PEREIRA DE /10 YANICE ALENCAR CORREIA Á providencias. Processo DOS TRANSITO nº /13 AGENTES Á PGM/PLCC SINDICATO MUNICIPAIS para análise DE e parecer conclusivo. Processo nº ALICE RAMOS /13 MARIA BEZERRA AO IPREV para conhecimento e providencias. Jaelson Gomes Ferreira Secretário Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio. PORTARIA Nº 1409 de 10 de julho de O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO, no uso de suas atribuições e tendo em vista o que consta no Processo nº /2013, RESOLVE, conceder ao servidor (a) CLIFANIA ALVES DA SILVA, matricula nº , ocupante do cargo de Agente Comunitário de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, do Quadro de Pessoal do Poder Executivo Municipal, adicional de Insalubridade em grau médio com percentual de 20% (vinte por cento), conforme art. 84, 2º, da Lei Municipal de 31/03/2000. Jaelson Gomes Ferreira Secretário Municipal de Administração Recursos Humanos e Patrimônio PORTARIA Nº 1410 de 10 de julho de O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO, no uso de suas atribuições e tendo em vista o que consta no Processo nº /2012, RESOLVE, conceder ao servidor (a) FERNANDA MARIA MARTINS COELHO DA PAZ, matricula nº , ocupante do cargo de Médico/Clinica Médica, da Secretaria Municipal de Saúde, do Quadro de Pessoal do Poder Executivo Municipal, adicional de Insalubridade em grau médio com percentual de 20% (vinte por cento), conforme art. 84, 2º, da Lei Municipal de 31/03/2000.

5 Diário Oficial 5 Jaelson Gomes Ferreira Secretário Municipal de Administração Recursos Humanos e Patrimônio PORTARIA Nº 1411 de 10 de julho de O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO, no uso de suas atribuições e tendo em vista o que consta no Processo nº /2012, RESOLVE, conceder ao servidor (a) RENILEIDE BISPO DOS SANTOS, matricula nº , ocupante do cargo de Assistente Social, da Secretaria Municipal de Saúde, do Quadro de Pessoal do Poder Executivo Municipal, adicional de Insalubridade em grau médio com percentual de 20% (vinte por cento), conforme art. 84, 2º, da Lei Municipal de 31/03/2000. RESOLVE: Art. 1º. Notificar aos partidos políticos, os Sindicatos de Trabalhadores e as Entidades Empresárias com sede no Município de Maceió que foi creditado em favor do Município de Maceió, Agência nº Banco do Brasil, o seguinte valor: CONTA REPASSE VALOR (R$) FPM ,89 Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Renata Fonseca de Gomes Pereira Secretária Municipal de Finanças SMCI - SECRETARIA MUNICIPAL DE CONTROLE INTERNO DIRETORIATÉCNICA Processo nº /2013 Para Processo nº /2013 Para Processo nº /2013 Para Oficio nº 203/GS/SIMA/2013 SMF Oficio nº 204/GS/SIMA/2013 Gabinete do Prefeito Vânia Maria de Alcântara Matrícula: Responsável pela Resenha SMCCU - SUPERINTENDÊNCIA MUNICIPAL DE CONTROLE DO CONVÍVIO URBANO PORTARIA Nº 108/SMCCU/2013 O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais. RESOLVE: Designar os servidores: LUCITÂNIA GOMES OLIVEIRA, EVA PRISCYLA DE MORAES BARROS, VALDIR MARTINIANO FERREIRA DA SILVA E ISMAR MACARIO PINTO JUNIOR, para compor a Comissão Interna da SEMPMA na IV CONFERÊNCIA DE MEIO AMBIENTE. RAPHAEL WONG DE PAULA FREITAS Secretário Municipal de Proteção ao Meio Ambiente PORTARIA SEMPMA / GS N.016 de 10 DE JULHO Jaelson Gomes Ferreira Secretário Municipal de Administração Recursos Humanos e Patrimônio PORTARIA Nº 1412 de 10 de julho de O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO, no uso de suas atribuições e tendo em vista o que consta no Processo nº /2013, RESOLVE, conceder ao servidor (a) ANA KARINE CALHEIROS DA ROCHA, matricula nº , ocupante do cargo de Agente Comunitário de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, do Quadro de Pessoal do Poder Executivo Municipal, adicional de Insalubridade em grau médio com percentual de 20% (vinte por cento), conforme art. 84, 2º, da Lei Municipal de 31/03/2000. Jaelson Gomes Ferreira Secretário Municipal de Administração Recursos Humanos e Patrimônio PORTARIA Nº 1413 de 10 de julho de O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO, no uso de suas atribuições e tendo em vista o que consta no Processo nº /2012, RESOLVE, conceder ao servidor (a) HELDER MOZART CORREIA DA COSTA, matricula nº , ocupante do cargo de Agente Comunitário de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, do Quadro de Pessoal do Poder Executivo Municipal, adicional de Insalubridade em grau médio com percentual de 20% (vinte por cento), conforme art. 84, 2º, da Lei Municipal de 31/03/2000. Jaelson Gomes Ferreira Secretário Municipal de Administração Recursos Humanos e Patrimônio SMF - SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE CONTROLE INTERNO CARLOS JUNIOR SPEGIORIN SILVEIRA DESPACHOU EM 10 / 07 / 2013 O SEGUINTE PROCESSO PARA DEVIDAS PROVIDÊNCIAS: PGM Processo nº / 2013 Para conhecimento e providências cabíveis. S.M.C.I DIRETORIA DE ANÁLISE. Processo nº / 2013 SEMPTUR Para análise e pronunciamento. Processo nº / 2013 SEMPTUR Para análise e pronunciamento. Processo nº / 2013 SEMPTUR Para análise e pronunciamento. Silvia Márcia Lima Cunha. Matrícula nº Responsável pela Resenha SIMA - SUPERINTENDÊNCIA MUNICIPAL DE ILUMINAÇÃO O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA MUNICIPAL DE ENERGIA E ILUMINAÇÃO PUBLICA DE MACEIÓ-SIMA, Sr. CARLOS IB FALCÃO BRÊDA, DESPACHOU EM 10 / 07 / 2013 OS SEGUINTES PROCESSOS PARA AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS. SMF Processo nº /2013 Para SEMARHP Processo nº /2013 Para SIMA Maceió, 10 de julho de O SUPERINTENDENTE MUNICIPAL DE CONTROLE DO CONVÍVIO URBANO, no uso de suas atribuições, RESOLVE, Interromper as férias do servidor Juarez Ferreira de Mendonça, matrícula , pela imperiosa necessidade da sua permanência na Coordenação de Topografia. NEANDER TELES ARAÚJO Superintendente PORTARIA Nº 109/SMCCU/2013 Maceió, 10 de julho de O SUPERINTENDENTE MUNICIPAL DE CONTROLE DO CONVÍVIO URBANO, no uso de suas atribuições, RESOLVE, Interromper as férias da servidora Josineide Alves da Silva Mendonça, matrícula , pela imperiosa necessidade da sua permanência na Coordenação de Topografia. NEANDER TELES ARAÚJO Superintendente SEMPMA - SECRETARIA MUNICIPAL DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E IMPLANTAÇÃO A SECRETARIA MUNICIPAL DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE torna público que concedeu a Autorização Ambiental Prévia e Implantação n. 029/2013, com prazo de validade de 01 (um) ano, nos autos do processo administrativo n /2013, em favor de SOLIDEZ ENGENHARIA LTDA., para a construção do loteamento Jorge Quintella, localizado na Cidade Sorriso I, Benedito Bentes II, Maceió/AL. LOTA E CREDENCIA FUNCIONÁ- RIO PARA O EXERCÍCIO DA FISCALI- ZAÇÃO DAS ATIVIDADES E EMPRE- ENDIMENTOS EFETIVOS E POTEN- CIALMENTE CAUSA - DORES DE IMPACTOS AMBIENTAIS. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE DE MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais com fulcro nas disposições dos Art. 43 2º e 181 da Lei de 11 de novembro de RESOLVE: Art.1º. Lotar o funcionário ROSIVAN MENDES DA SILVA, matrícula nº , na Coordenadoria Geral de Fiscalização. Art.2º. Credenciar para o exercício da Fiscalização das atividades e empreendimentos efetivos ou potencialmente causadores de impactos ambientais, no Município de Maceió, sem prejuízo de suas funções regulamentares. Art. 3º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Dê-se ciência e cumpra-se. RAPHAEL WONG DE PAULA FREITAS Secretário Municipal de Proteção ao Meio Ambiente COMARHP - COMPANHIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO O DIRETOR PRESIDENTE DA COMPANHIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO, ANTONIO JOSÉ GOMES DE MOURA, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, despachou no dia 10 de julho de 2013, os seguintes processos administrativos: Portaria SMF/GS nº. 073 de 10 de JULHO de 2013 A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE FINANÇAS, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais e em atendimento à Lei n de 20 de março de 1997, a qual determina que a Câmara Municipal de Maceió seja obrigatoriamente notificada da liberação de recursos federais para os respectivos municípios, DIRETORIA ADMINISTRATIVA FINANCEIRA Processo nº /2013 Para ASSESSORIA JURÍDICA SETORIAL Processo nº /2013 Para Processo nº /2013 Para Processo nº /2013 Para conhecimento DIVISÃO DE e providências. RECURSOS HUMANOS Publique-se. Maceió, 13 de Junho de RAPHAEL WONG DE PAULA FREITAS Secretário PORTARIA SEMPMA / GS N.015 de 10 DE JULHO CRIA A COMISSÃO INTERNA PARA REPRESENTAR A SEMPMA NA IV CONFERÊNCIA DE MEIO AMBIENTE. PROC. Nº /2013 DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS Á DIAF, para conhecimento e providências subseqüentes, de acordo com o contrato firmado com a empresa. PROC. Nº /2013 DIVISÃO DE CONTABILIDADE - À Chefia de Gabinete para envio de ofício à Secretaria Municipal de Finanças. PROC. Nº /2013

6 6 Diário Oficial DIVISÃO DE CONTABILIDADE - À Chefia de Gabinete para providências de envio de ofício à Secretaria Municipal de Finanças. PROC. Nº /2013 DIVISÃO FINANCEIRA - À Chefia de Gabinete para providências de envio de ofício à Secretaria Municipal de Finanças. PROC. Nº /2013 DIVISÃO DE PATRIMÔNIO À SLUM, para conhecimento e providências, retornando os autos à Comarhp. PROC. Nº /2013 SEMARHP - À DIAF, para providências de atendimento ao que solicita a Semarhp. PROC. Nº /2013 ADEMIR ANTONIO DA SILVA À DIRHU, para informações pertinentes ao que solicita o empregado. PROC. Nº /2013 JOÃO FRANCISCO DA SILVA FILHO - À DIRHU, para informações pertinentes ao que solicita o empregado. PROC. Nº /2013 JOSÉ FRANCISCO FEITOSA DA SILVA - À DIRHU, para informações pertinentes ao que solicita o empregado. PROC. Nº /2013 FRANCISCA GOMES DA SILVA - À DIRHU, para informações pertinentes ao que solicita o empregado. PROC. Nº /2013 DIVISÃO DE CONTABILIDADE - À DIAF, para conhecimento e providências subseqüentes. PROC. Nº /2013 ADILSON JOSÉ CALADO RIOS - À DIRHU, para informações pertinentes ao que solicita o empregado. PROC. Nº /2013 ROSENEIDE SANTOS ELMIRO DE SOUZA À DIRHU, para informações pertinentes ao que solicita o empregado. PROC. Nº /2013 GERCINA BERTOLINO CAFÉ - À DIRHU, para informações pertinentes ao que solicita o empregado. PROC. Nº /2013 SEÇÃO DE PROTOCOLO - À DIAF, ciente a Presidência, vão os autos para providências subseqüentes. PROC. Nº /2013 DIVISÃO DE RECURSOS HUMANOS - À DIAF, para providências subseqüentes. ANTONIO JOSÉ GOMES DE MOURA Diretor Presidente da Comarhp PORTARIA Nº. 095/2013 O DIRETOR PRESIDENTE DA COMPANHIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PATRIMÔNIO COMARHP, ANTONIO JOSÉ GOMES DE MOURA, usando de suas atribuições e tendo em vista o Art. 29 do Estatuto Social da Empresa, RESOLVE : Designar a empregada EDENIZE RIBEIRO GUIMARÃES, matrícula n , para responder pela Seção de Arquivo, durante férias do titular, no período de 01de agosto a 02 de setembro de 2013, com base no processo administrativo nº /2013. Registre-se. Cumpra-se. Dê-se ciência. Maceió, 04 de julho de ANTONIO JOSÉ GOMES DE MOURA Diretor Presidente da COMARHP IPREV - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE MACEIÓ A Diretoria de Presidência do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Maceió (Iprev Maceió) despachou os seguintes processos: Processo nº /2013 Noélia Batista Dias à PGM. Processo nº /2012 Nilson Teixeira à SEMARHP. Processo nº /2013 Mauro de Mendonça Melânia à SEMARHP. Processo nº /2013 Alcides Glênio Almeida Belo à PGM. Processo nº /2013 SMCI Controle Interno à SMCI. Processo nº /2013 Marcia Porpino Cordeiro à SEMARHP. Processo nº: /2011 Marilza Tenório Motta à SEMARHP. Processo nº: /2010 José Carlos dos Santos à SEMARHP. Processo nº: /2011 Ozana Miranda Cavalcante à SEMARHP. Processo nº: /2012 Maria Eleuza Calado Barbosa à SEMED. Processo nº: /2013 (APENSO /2013) Larissa Vitoria Santos Mendonça à PGM. Processo nº: /2011 Maria Espedita da Silva Gama à PGM. Processo nº: /2013 Poder Judiciário à SEMARHP. Processo nº: /2013 Maria dos Santos Barbosa à Junta Médica Oficial do Município. Processo nº: /2012 (APENSO /2009 à Câmera Municipal de Maceió. Processo nº: /2012 Janete Nascimento da Silva à SEMARHP. Processo nº: /2013 Maria do Carmo Arruda Pimentel à SEMARHP. Processo nº: /2013 Pedro Silveira Pimentel à SEMARHP. Processo nº: /2011 Claudete Pontes de Almeida à SEMARHP. Processo nº: /2013 Claudio Roberto de Azevedo Albuquerque Assunto: Abono de Permanência. Despacho: INDEFERIDO, por não preencher os requisitos legais para a concessão. Processo nº: /2013 Pedro Francisco de Lima Assunto: Abono Permanência. Despacho: INDEFERIDO, por não preencher os requisitos legais para a concessão. Maceió (AL), 10 de Julho de LEONARDO NOVAES MACHADO Diretor Presidente IPREV Maceió CÂMARA - CÂMARA MUNICIPAL DE MACEIÓ EMENDA ADITIVA ACRESCENTEM-SE: O ARTIGO 56 A AO PROJETO DE LEI Nº 40, QUE ESTABELECE AS DIRETRIZES ORÇAMENTARIAS PARA ELABORAÇÃO DA LEI ORÇAMENTARIA ANUAL PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2014 E DA OUTRAS PROVIDENCIAS. Emenda nº. 86: ao Projeto de Lei Nº 40/2013 Autor: Silvio Camelo Partido: Partido Verde Modalidade: Individual Referência: Corpo da lei cria o Art. 56 A Textoproposto: Tipo de Emenda: Aditiva Art. 56 A O Poder Executivo encaminhará ao Poder Legislativo, até 120 dias, após aprovação da Lei das Diretrizes Orçamentarias para o exercicio finaceiro de 2014, Projeto de Lei propondo a criação do Programa de Inclusão Social Universidade para Todos PROUNI MUNICIPAL, reduzindo de 5% (cinco por cento) para 2% (dois por cento) a aliquota do ISSQN e concedendo de desconto de 80% (oitenta por cento) do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), para as Instituições de Ensino Superior que aderirem ao Programa. Justificativa: A propositura desta emenda objetiva beneficiar estudantes residentes e domiciliados no município de Maceió, que tem renda familiar mensal per capita até 3 (três) saláriosmínimos, que hoje estão exclusos do ensino superior. A presente emenda abre a perspectiva de acesso ao ensino superior para esses jovens, através de concessão de bolsas de estudos integrais em cursos de nível superior (graduação e tecnológico), autorizados e reconhecidos pelo Ministério da Educação - MEC, quando oferecidos por instituições privadas de ensino superior estabelecidas no Município de Maceió, com ou sem fins lucrativos. As bolsas de estudo, serão concedidas de forma integral, a brasileiros, munícipes de Maceió, não portadores de diploma de curso superior, selecionados pelo resultado do ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio e/ou por processo seletivo. A emenda ora apresentada alinha-se as diretrizes do atual governo municipal em investir em educação como forma de alicerça o crescimento e o desenvolvimento de Maceió e ao aclame das ruas, quando pedem do poder público, mais investimento em educação. Maceió 25 de junho de SILVIO CAMELO PV EMENDA SUBSTITUTIVA SUBSTITUI OS ANEXOS I E II DO PROJETO DE LEI Nº 40, QUE ESTABELECE AS DIRETRIZES ORÇAMENTARIAS PARA ELABORAÇÃO DA LEI ORÇAMENTARIA ANUAL PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2014 E DA OUTRAS PROVIDENCIAS. Emenda nº 87:ao Projeto de Lei Nº 40/2013 Autor: José Márcio de Medeiros Maia Partido: PSD Modalidade: Individual Emenda: Substitutiva Tipo de Referência: Anexo da lei substitui os Anexos I e II. Texto proposto: Substituir os Anexos I e II, do Projeto de Lei nº 40, que estabelece as diretrizes orçamentarias para elaboração da lei orçamentaria anual para o exercício financeiro de 2014 e da outras providencias. A presente emenda objetiva corrigir erros inicialmente identificados por este Poder legislativo constantes dos Anexos I e II do Projeto de Lei nº 40_2013, encaminhado em 15 de maio de 2013 pelo Poder Executivo ocasionando assim o reenvio dos anexos I e II alterados pela Secretaria responsável única e exclusivamente referidos anexos alterados e reenviados Justificativa: Municipal de Planejamento e Desenvolvimento SEMPLA, pelas informações contidas nos e seus efeitos nas metas fiscais. Maceió 07 de julho de Zé Márcio PSD

7 Diário Oficial GESTÃO PARA TODOS Objetivo: Promover o pensamento de gestão estratégica, envolvendo profissionais de todas as áreas da administração, aprimorando o exercício de comunicação entre os órgãos setoriais, incentivando a cultura do planejamento, fomentando a uniformidade para melhorar a eficiência, eficácia e efetividade das ações da administração. Identificar aspectos (Projetos/Atividades),que proponham melhoramento no espaço físico da cidade, relacionando os mesmos com os instrumentos de planejamento PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO AÇÕES DA SECRETÁRIA ADJUNTA DE PLANEJAMENTO E AÇÕES DESENVOLVIDAS ORÇAMENTO REALIZAÇÃO DE OFICINAS COM AS OFICINAS REALIZADAS 20 AÇÕES(S) COMUNIDADES,SEMINÁRIOS E ENCONTROS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA SEMPLA ESTUDOS REALIZADOS-SEMPLA 4 ESTUDOS(S) GESTÃO DAS ATIVIDADES DE GEOPROCESSAMENTO E ATIVIDADES DE GEOPROCESSAMENTO 12 ATIVIDADE(S) ELABORAÇÃO DE CADASTRO MULTIFINALITÁRIO ELEBORAÇÃO DO CADERNO DE PROJETOS E AÇÕES AÇÕES PRIORITÁRIAS - SEMPLA 9 AÇÕES(S) ESTRUTURAIS E PRIORITÁRIAS PARA MACEIÓ 10 - SAÚDE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO FORTALECIMENTO DA GESTÃO PARTICIPATIVA E DO MODELO DE GESTÃO PARTICIP.EM 2 UNIDADE(S) PLANEJAMENTO NO SUS SAÚDE FORTALECIDO APRIMORAMENTO DOS MECANISMOS DE CONTROLE SOCIAL CONSELHOS DE SAÚDE FORTALECIDOS 16 UNIDADE(S) DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E REDE DE SAÚDE INFORMATIZADA 25 (%) CONECTIVIDADE EM SAÚDE 15 - URBANISMO IMPLEMENTAÇÃO E REVISÃO DO CÓDIGO DE URBANISMO E ESTUDOS, PLANOS, PROGRAMAS E 2 ESTUDOS(S) EDIFICAÇÕES DE MACEIÓ E DO PLANO DIRETOR PROJETOS ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA REQUALIFICAÇÃO DO PROJETOS ELABORADOS 6 PROJETO(S) CENTRO PLANO DIRETOR DE MOBILIDADE URBANA ESTUDOS, PLANOS PROGRAMAS E 1 PLANO(S) PROJETOS ELABORAÇÃO,ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DOS PROJETOS ELABORADOS 9 PROJETO(S) PLANOS,PROGRAMAS,PROJETOS E LEGISLAÇÃO PARA AS ÁREAS DE DESENVOLVMENTO URBANO PROJETO DE URBANIZAÇÃO INTEGRADA DO VALE DO PROJETO ELABORADO 1 PROJETO(S) REGINALDO III ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE REQUALIFICAÇÃO URBANA E PROJETOS ELABORADOS 8 PROJETO(S) RESTAURO EM ÁREAS HISTÓRICAS PROJETO PARA CONTENÇÃO DA EROSÃO MARÍTIMA PROJETO ELABORADO 1 PROJETO(S) ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE URBANIZAÇÃO INTEGRADA PROJETOS ELABORADOS 6 PROJETO(S) DE ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS REQUALIFICAÇÃO URBANA DO CENTRO DE FERNÃO VELHO PROJETO ELABORADO 1 PROJETO(S) ATUALIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICAE DE INFORMAÇÃO Objetivo: Integrar a administração pública através da implementação e implantação de sistemas que proporcionem aos gestores a avaliação e o monitoramento das ações do governo, ao mesmo tempo em que garantam à população o acesso democrático às informações e serviços públicos, garantindo assim a transparência governamental. Tornar pública as ações e atos da administração pública e facilitar a prestação dos serviços para a população e para os servidores IMPLEMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SISTEMA DE INFORMÁTICA INFORMÁTICA IMPLANTADO EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA E MATERIAL PERMANENTE EQUIPAMENTOS E SOFTWARES 100 UNIDADE(S) ADIQUIRIDOS GERENCIAMENTO DE PROCESSOS JUDICIAIS E PROCESSOS GERENCIADOS ADMINISTRATIVOS GERENCIAMENTO DE PROCESSOS JUDICIAIS E PROCESSOS GERENCIADOS ADMINISTRATIVOS FUNDO PGM IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA INFORMATIZADO DE GESTÃO SISTEMA INFORMATIZADO DE GESTÃO 50 (%) Página 1 de DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO FDRH 50 (%) CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO DOS SERVIDORES DA SEMPLA SERVIDOR CAPACITADO 09 - PREVIDÊNCIA SOCIAL CAPACITAÇÃO CONTINUADA DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO 40 SERVIDORES(S) 10 - SAÚDE FORTALECIMENTO DA GESTÃO DO TRABALHO E DA TRABALHADOR VALORIZADO E 25 (%) EDUCAÇÃO EM SAÚDE QUALIFICADO 12 - EDUCAÇÃO ESCOLA DE GOVERNO MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DA SEMGESP 26 - TRANSPORTES TRANSPORTE RODOVIÁRIO CAPACITAÇÃO DE SERVIDORES CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL FORTALECIMENTO DA GESTÃO AMBIENTAL Objetivo: Valorizar o meio ambiente despertando na população a consciência ambiental, tornando-a um agente participativo no processo de preservação e conservação; fiscalizando e promovendo ações de conservação, recuperação, proteção; fomentando o desenvolvimento sustentável GESTÃO AMBIENTAL PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PREVENÇÃO CONTRA AÇÕES IMPLEMENTADAS 25 (%) AS AÇÕES PREDATÓRIAS AO MEIO AMBIENTE RECUPERAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DAS PRAÇAS PRAÇAS 24 UNIDADE(S) RECUPERADAS/REVITALIZADAS ARBORIZAÇÃO E JARDINAGEM AÇÕES REALIZADAS 24 AÇÕES(S) INCREMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO PARQUE MUNICIPAL DE MACEIÓ CONTROLE AMBIENTAL ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA 1 UNIDADE(S) IMPLEMENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL AÇÕES IMPLEMENTADAS ACELERAÇÃO DE CRESCIMENTO Objetivo: Criar condições para formação, atração e fixação de empresas, promovendo o crescimento sustentável em todas as áreas, pois o desenvolvimento não pode ser compreendido apenas como o crescimento da produção de riquezas, é preciso assegurar a oferta de serviços públicos nas áreas de saúde, educação, cultura, segurança e assistência social, garantindo assim o fortalecimento da cidadania e da democracia TRABALHO FOMENTO AO TRABALHO QUALIFICAÇÃO JUVENTUDE VIVA TRABALHADOR QUALIFICADO MULHERES EMPREENDEDORAS MULHERES ATENDIDAS 300 MULHER(S) APOIAR A CAPTAÇÃO DE NOVAS EMPRESAS NOS SETORES DE SERVIÇOS INDÚSTRIA E COMÉRCIO 15 - URBANISMO ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA ESTABILIZAÇÃO DE ENCOSTAS - PAC OBRAS DE CONTENÇÃO DE ENCOSTAS EM AREAS DE RISCO EM MACEIÓ E PRODUÇÃO DE 81 UNIDADES HABITACIONAIS (MCMV) ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA ESTABILIZAÇÃO DE ENCOSTAS - PAC OBRAS DE INFRA ESTRUTURA DE PRODUÇÃO DE 651 UNIDADES HABITACIONAIS (MCMV) E EQUIPAMENTOS COMUNITÁRIOS - PAC IMPLANTAÇÃO DO COMPLEXO VIÁRIO, SANEAMENTO E DRENAGEM NO VALE DO REGINALDO 27 - DESPORTO E LAZER LAZER CONSTRUÇÃO DE PRAÇA DE ESPORTE E CULTURA NO BAIRRO DE SANTA LÚCIA CONSTRUÇÃO DE PRAÇA DE ESPORTE E CULTURA NO CONJUNTO FREI DAMIÃO FORTALECIMENTO DO TURISMO EMPRESAS INSERIDAS NO MERCADO 6 UNIDADE(S) 3 PROJETO(S) OBRA EXECUTADA OBRA EXECUTADA OBRA EXECUTADA OBRA EXECUTADA OBRA EXECUTADA Página 3 de IMPLANTAÇÃO DO MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DAS EQUIPAMENTOS E SOFTWARES 20 UNIDADE(S) AÇÕES DE GOVERNO IMPLEMENTAÇÃO DA TRANSPARÊNCIA GOVERNAMENTAL PORTAL IMPLEMENTADO IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DA INFRA ESTRUTURA SISTEMA DE INFORMÁTICA TECNOLOGICA E DE INFORMAÇÃO DA SEMINFRA IMPLANTADO MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DA SEMTABES ÓRGÃO INFORMATIZADO - SEMTABES IMPLEMENTAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DA COORDENADORIA INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICA DE GESTÃO DE TI IMPLANTADA DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DO SIST. E-CIDADE COM SISTEMA DE INFORMÁTICA 16 (%) OS MÓD. RH E FOLHA DE PAGAMENTO IMPLANTADO GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICA IMPLANTADA 09 - PREVIDÊNCIA SOCIAL INFORMATIZAÇÃO DO IPREV ORGÃO INFORMATIZADO 10 (%) 19 - CIÊNCIAS E TECNOLOGIA MODERNIZAÇÃO DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS E AÇÕES IMPLEMENTADAS 25 (%) ADMINISTRATIVAS MODERNIZAÇÃO DAS RECEITAS E DA GESTÃO FISCAL E FINANCEIRA Objetivo: Aumentar a arrecadação orientando e esclarecendo a população sobre a importância de sua contribuição neste processo de contribuir e fiscalizar a receita, e monitorar a receita pública para melhor avaliar os meios de crescimento CONSULTORIA CONSULTORIAS REALIZADAS 1 UNIDADE(S) ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ANÁLISE E REAVALIAÇÃO DA DÍVIDA ATIVA DÍVIDA ATIVA ACOMPANHADA 50 (%) MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DO FUNDO MUNICIPAL DE AÇÕES DESENVOLVIDAS ABASTECIMENTO ADMINISTRAÇÃO DE RECEITAS EXPANSÃO FISCAL INCREMENTO DA ARRECADAÇÃO 25 (%) 18 - GESTÃO AMBIENTAL CONTROLE AMBIENTAL INCREMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO LICENCIAMENTO AÇÕES AUTORIZATÓRIAS 320 AÇÕES(S) AMBIENTAL INCREMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DA FISCALIZAÇÃO INFRAÇÕES DILIGENCIADAS 520 INFRAÇÕES(S) AMBIENTAL 26 - TRANSPORTES TRANSPORTE RODOVIÁRIO ELABORAÇÃO DE ESTUDOS TÉCNICOS PROJETOS DE ESTUDOS TÉCNICOS 4 UNIDADE(S) SMTT DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DE SERVIDORES Objetivo: Capacitar e qualificar os servidores, contribuindo assim para sua valorização e garantindo melhor atendimento à sociedade. Investir no servidor para aumentar a qualidade no atendimento e nos serviços prestados à sociedade CAPACITAÇÃO SERVIDOR CAPACITADO SERVIDORES(S) CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO 30 SERVIDORES(S) REESTRUTURAÇÃO DA BIBLIOTECA ACERVO ATUALIZADO 50 (%) TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL 25 (%) CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL - SIMA PESSOAS CAPACITADAS 50 PESSOA(S) CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO 20 SERVIDORES(S) PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO SERVIDOR CAPACITADO 250 SERVIDORES(S) CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO 360 SERVIDORES(S) CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO DE SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO SERVIDORES(S) QUALIFICAÇÃO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAIS QUALIFICADOS 60 (%) Objetivo: Promover, divulgar e valorizar a cidade. Levar à população informação sobre sua cidade tornando-a assim um agente participativo do processo de divulgação e valorização da cidade. Fortalecer a infraestrutura turística da cidade atraindo assim eventos, investimentos e parcerias URBANISMO PROTEÇÃO, URBANIZAÇÃO, DESASSOREAMENTO E OBRA EXECUTADA INFRAESTRUTURA NAS ORLAS MARÍTIMAS E LAGUNAR URBANIZAÇÃO NA ORLA DE CRUZ DAS ALMAS, JACARECICA E OBRA EXECUTADA INTERVENÇÕES VIÁRIAS EM VIAS DO ENTORNO PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM NO LITORAL NORTE OBRA EXECUTADA 23 - COMÉRCIO E SERVIÇOS TURISMO PROMOÇÃO E DIVULGAÇÃO INTERNA E EXTERNA DE MACEIÓ AÇÕES REALIZADAS 10 AÇÕES(S) DIVULGAÇÃO EM MASSA DAS FEIRAS E MERCADOS ATIVIDADES EXECUTADAS 12 ATIVIDADE(S) ARTESANAIS CENTRO DE INFORMAÇÕES TURISTICAS - CITS CENTRO DE ATENDIMENTOS 6 UNIDADE(S) RECEPÇÃO A NAVIOS TURISTICOS RECEPÇÃO REALIZADA Objetivo: Gerenciar as políticas de direitos dos servidores, prover o órgão de equipamentos que facilitem o andamento de processos de gestão administrativa e assegurar o bom funcionamento de encargos e benefícios dos servidores nos órgãos da administração municipal MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DA SECRETARIA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MUNICIPAL DE FINANÇAS PAGAMENTO DE FOLHA DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA MANUTENÇÃO COM O FUNCIONAMENTO DAS ATIVIDADES ÓRGÃO MANTIDO ADMINISTRATIVA DA SEMSC MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ÓRGÃO MANTIDO SEMPTUR MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SLUM ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO ÓRGÃO ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DA AÇÕES IMPLEMENTADAS 25 (%) GUARDA MUNICIPAL MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA SEMEL MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO FUNDO MUNICIPAL DE ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA ESPORTE E LAZER MANUTENÇÃO DO GINÁSIO ARIVALDO MAIA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO DA VILA OLÍMPICA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO DOS CONSELHOS CONSELHO MANTIDO 2 CONSELHO(S) MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DA SEMTABES ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO DO GABINETE DO VICE-PREFEITO ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SIMA ÓRGÃO MANTIDO PAGAMENTOS DE PESSOAL E ENCARGOS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVA DA ÓRGÃO MANTIDO SEMINFRA MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DO ÓRGÃO ÓRGÃO REESTRUTURADO GERENCIAMENTO DA DRH AÇÕES DESENVOLVIDAS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ÓRGÃO MANTIDO SEMARHP GERENCIAMENTO DA DIPASA AÇÕES DESENVOLVIDAS GERENCIAMENTO DA DPFPI AÇÕES DESENVOLVIDAS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA JUNTA MILITAR ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA PAGAMENTO DOS SERVENTUÁRIOS DA JUSTIÇA FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA DESPESAS COM ESTAGIÁRIOS PERCENTUAL DE PAGAMENTOS ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS ATIVIDADES IMPLEMENTADAS DA SMG Página 2 de 13 Página 4 de 13

8 8 Diário Oficial MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ÓRGÃO MANTIDO COMARHP ACORDO TRABALHISTA E JUDICIAIS VALOR ACORDADO PELA RESOLUÇÃO VALOR 23/07 MONETÁRIO(S) PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DA PGM ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINITRATIVO DA SMCCU ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO FUNDO DA PGM ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA FMAC ÓRGÃO MANTIDO CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA CONSELHO MANTIDO GESTÃO ADMINISTRATIVA DO GABINETE DO PREFEITO ÓRGÃO MANTIDO GERENCIAMENTO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA GESTÃO FINANCEIRA DE PESSOAL ADMINISTRATIVO FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA CERIMONIAL E EVENTOS EVENTOS REALIZADOS 48 EVENTO(S) MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS CEMITÉRIOS CEMITÉRIOS MANTIDOS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO FDU FUNDO MANTIDO APOSENTADO FELIZ AÇÕES REALIZADAS 2 AÇÕES(S) AÇÕES DE INTEGRAÇÃO DE MOTIVAÇÃO DOS SERVIDORES AÇÃO REALIZADA 2 AÇÕES(S) MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO FDRH ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA REFORMA ESTRUTURAL DO PRÉDIO DA SEMARHP REFORMA EXECUTADA 5 (%) REESTRUTURAÇÃO DO PATRIMÔNIO MOBILIÁRIO ÓRGÃO REESTRUTURADO 5 (%) REESTRUTURAÇÃO DO PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO REFORMA EXECUTADA 5 (%) ESTRUTURAÇÃO DO ARQUIVO ÓRGÃO REESTRUTURADO 5 (%) CONTROLE DA FROTA MUNICIPAL ACOMPANHAMENTO DA FROTA 5 (%) MUNICIPAL MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ÓRGÃO MANTIDO SEMAS COORDENAÇÃO E GESTÃO ADMINISTRATIVA DA SECOM COORDENADORIA MANTIDA MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DA SEMPLA ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ÓRGÃO MANTIDO SEMPMA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS EQUIPAMENTOS E SOFTWARES 10 UNIDADE(S) ADIQUIRIDOS ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA COORDENAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR E COMBATE À COORDENADORIA MANTIDA 1 UNIDADE(S) FOME COORDENAÇÃO DE COMBATE À DESNUTRIÇÃO COORDENADORIA MANTIDA 1 UNIDADE(S) 09 - PREVIDÊNCIA SOCIAL GESTÃO ADMINISTRATIVA DO IPREV ÓRGÃO MANTIDO 10 - SAÚDE MANUTENÇÃO DAS AÇÕES, SERVIÇOS E SETORES DE SAÚDE AÇÕES E SERVIÇOS DE SAÚDE MANTIDOS 15 - URBANISMO SERVIÇOS URBANOS ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA ACESSIBILIDADE REALIZADA 16 - HABITAÇÃO HABITAÇÃO URBANA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA SMHPS MANUTENÇÃO E E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO FUNDO MANTIDO FUNDO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO FUNDO MUNICIPAL DE FUNDO MANTIDO SANEAMENTO 18 - GESTÃO AMBIENTAL TRATAMENTO E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS RESÍDUOS DESTINADOS E TRATADOS TONELADA(S) ADEQUADAMENTE SANEAMENTO PARA TODOS FAMILIAS BENEFICIADAS FAMÍLIA(S) 25 - ENERGIA CONSERVAÇÃO DE ENERGIA MANUTENÇÃO E EFICIENTIZAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS UNIDADE(S) 26 - TRANSPORTES TRANSPORTE RODOVIÁRIO FISCALIZAÇÃO NO TRÂNSITO NOTIFICAÇÕES REALIZADAS UNIDADE(S) IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO SEMAFÓRICA SEMÁFOROS IMPLANTADOS E 210 UNIDADE(S) MANTIDOS IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DA SINALIZAÇÃO VERTICAL E SINALIZAÇÃO EXECUTADA HORIZONTAL MANUTENÇÃO DE TERMINAIS E ABRIGOS MANUTENÇÃO DE TERMINAIS E 100 UNIDADE(S) ABRIGOS CONSTRUÇÃO DE TERMINAIS E ABRIGOS TERMINAIS E ABRIGOS CONSTRUÍDOS 5 UNIDADE(S) FISCALIZAÇÃO NOS TRANSPORTES URBANOS VEICULOS FISCALIZADOS UNIDADE(S) MOBILIDADE URBANA ACESSOS REALIZADOS METRO(S) MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO FUNDO FUNDO MANTIDO GOVERNO PARTICIPATIVO Objetivo: Procurar descentralizar as ações da Prefeitura para as Regiões Administrativas, divulgar as ações de governo, dar ênfase as campanhas educativas e de cidadania que promovam as ações ligadas ao governo CAMPANHAS INSTITUCIONAIS CAMPANHAS REALIZADAS 6 CAMPANHA(S) GESTÃO FISCAL CAMPANHA DE EDUCAÇÃO FISCAL 2 CAMPANHA(S) BAIRRO VIVO AÇÕES DE CIDADANIA REALIZADA 24 AÇÕES(S) FORTALECIMENTO DO CONTROLE SOCIAL CONSELHOS E UNIDADES 10 UNIDADE(S) CAPACITADAS COMUNICAÇÃO SOCIAL CAMPANHA INSTITUCIONAL REGIONAL CAMPANHAS INSTITUCIONAIS 20 UNIDADE(S) REALIZADAS DIVULGAÇÃO DE PROJETOS E EVENTOS APOIADOS PELO CAMPANHAS INSTITUCIONAIS 3 UNIDADE(S) MUNICÍPIO REALIZADAS PRODUÇÃO DE MATÉRIAS JORNALÍSTICAS E AÇÕES DE CAMPANHAS INSTITUCIONAIS 3 UNIDADE(S) RELACIONAMENTOS COM A IMPRENSA REALIZADAS 26 - TRANSPORTES TRANSPORTE RODOVIÁRIO CAMPANHA, TREINAMENTO E URBANIDADE NOS CAMPANHAS REALIZADAS 90 CAMPANHA(S) TRANSPORTES GESTÃO DA QUALIDADE DOS SEVIÇOS PÚBLICOS Objetivo: Implantar sistemas de acompanhamento, monitoramento e controle dos serviços prestados pela prefeitura para melhorar o atendimento a população CEMITÉRIO E CIDADANIA AÇÕES REALIZADAS EMPREGABILIDADE MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SHOPPING POPULAR EMPREENDEDORES MANTIDOS ABASTECIMENTO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO FUNDO MUNICIPAL DE FUNDO MANTIDO ABASTECIMENTO 10 - SAÚDE CONSOLIDAÇÃO DOS PROCESSOS DE REGULAÇÃO E SERVIÇOS DE SAÚDE REGULADOS E 50 (%) AUDITORIA EM SAÚDE AUDITADOS ASSESSORIA JURÍDICA Objetivo: Assegurar as condições necessárias para o melhor desenvolvimento das atividades do poder executivo. Página 5 de 13 Página 7 de MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ÓRGÃO MANTIDO ARSMAC 26 - TRANSPORTES TRANSPORTE RODOVIÁRIO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA SEDE DA SMTT REFORMA REALIZADA METRO QUADRADO(S) PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS DA SMTT FOLHA DE PAGAMENTO E ENCARGOS DA SMTT 28 - ENCARGOS ESPECIAIS OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS ENCARGOS CENTRALIZADOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA PAGAMENTO DA DESPESA DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES PAGAMENTO DA DESPESA CONTRIBUIÇÃO PARA FORMAÇÃO DO PASEP PAGAMENTO DA CONTRIBUIÇÃO Objetivo: Ampliar a infraestrutura com inclusão social e econômica, entendendo-se como infraestrutura não apenas as obras, mas a manutenção da cidade (limpeza urbana, lazer comunitário, habitação, transporte, iluminação pública e pavimentação) e todos os serviços públicos que garantam o atendimento das necessidades inerentes ao fomento do desenvolvimento da cidade VICE - PREFEITURA SOCIAL AÇÕES REALIZADAS 12 AÇÕES(S) DEFESA CIVIL COORDENADORIA DA DEFESA CIVIL COORDENADORIA MANTIDA 1 UNIDADE(S) ABASTECIMENTO CONSTRUÇÃO DE MERCADOS PÚBLICOS/FEIRAS OBRAS CONCLUÍDAS 15 - URBANISMO RECUPERAÇÃO DO CENTRO DE MACEIÓ OBRA EXECUTADA DESAPROPRIAÇÕES URBANAS DESAPROPRIAÇÕES REALIZADAS ABERTURAS DE ACESSOS ÁS PRAIAS DO LITORAL NORTE OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DE VIADUTO NO BOM PARTO E URBANIZAÇÃO OBRA EXECUTADA NO ENTORNO NFRA ESTRUTURA URBANA DA PARTE ALTA DA CIDADE DE OBRA EXECUTADA MACEIÓ CONSTRUÇÃO DE OBRAS DE ARTE ESPECIAIS OBRA EXECUTADA REFORMA E RECUPERAÇÃO DE OBRAS DE ARTE ESPECIAIS OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DA INFRA ESTRUTURA DA CIDADE OBRA EXECUTADA MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DA INFRA ESTRUTURA DA OBRA EXECUTADA CIDADE CONSTRUÇÃO DE CORREDORES DE TRANSPORTE OBRA EXECUTADA RECUPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DE OBRA EXECUTADA CORREDORES DE TRANSPORTE CONSTRUÇÃO DE CICLOVIAS OBRA EXECUTADA MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DE CICLOVIAS OBRA EXECUTADA OBRAS E SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO DE CALÇADAS, OBRA EXECUTADA PRAÇAS, PARQUES, MIRANTES, PRÉDIOS PÚBLICOS E DEMAIS EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIOS URBANOS OBRAS E SERVIÇOS DE RESTAURAÇÃO, RECUPERAÇÃO E OBRA EXECUTADA REFORMA DE CALÇADAS, PRAÇAS, PARQUES, MIRANTES, PRÉDIOS PÚBLICOS E DEMAIS EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIOS URBANOS PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS DO VIAS PAVIMENTADAS E QUALIFICADAS 125 QUILÔMETRO(S) MUNICÍPIO DE MACEIÓ 16 - HABITAÇÃO HABITAÇÃO URBANA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE MACEIÓ ASSENTAMENTOS REGURALIZADOS 2 UNIDADE(S) ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS DE INTERESSE SOCIAL CASAS CONSTRUIDAS 100 UNIDADE(S) 17 - SANEAMENTO SANEAMENTO BÁSICO URBANO COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS E LIMPEZA PÚBLICA LIMPEZA PÚBLICA REALIZADA TONELADA(S) AMPLIAÇÃO DA COLETA SELETIVA COLETA SELETIVA AMPLIADA 35 (%) Página 6 de ASSISTÊNCIA JURÍDICA E ADMINISTRATIVA AÇÕES REALIZADAS PGM 1 AÇÕES(S) OPERACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REDE DE ENSINO Objetivo: Assegurar uma educação que garanta o acesso, permanência e sucesso dos alunos dentro de sala de aula; gerenciar a educação de forma a não só garantir o acesso de crianças e jovens em idade escolar e de jovens e adultos, como também propiciar condições para o seu desenvolvimento integral. Promovendo recursos para a construção restauração e ampliação de equipamentos e material permanente EDUCAÇÃO CONTROLE EXTERNO IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DO CONSELHO ESCOLAR CONSELHO IMPLEMENTADO 3 CONSELHO(S) GARANTIA DE TRANSPORTE ESCOLAR - PENATE ÔNIBUS MANTIDO 5 UNIDADE(S) ENSINO FUNDAMENTAL GESTÃO FINANCEIRA DO MAGISTÉRIO - ENSINO FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA FUNDAMENTAL EDUCAÇÃO INFANTIL GESTÃO FINANCEIRA DA EDUCAÇÃO INFANTIL FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS PROGRAMA DE INCLUSÃO DE JOVEM - PROJOVEM PROGRAMA IMPLEMENTADO ALUNO(S) GESTÃO FINANCEIRA DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO - PBA ALUNOS JOVENS E ADULTOS ALUNO(S) ATENDIDOS PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - PEJA JOVENS E ADULTOS ALFABETIZADOS JOVEM(S) EDUCAÇÃO ESPECIAL GESTÃO FINANCEIRA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA EDUCAÇÃO BÁSICA FORTALECIMENTO DAS AÇÕES EDUCACIONAIS DO SISTEMA ALUNOS ATENDIDOS ALUNO(S) MUNICIPAL DE ENSINO PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS - PAR PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS 270 AÇÕES(S) IMPLEMENTADO AMPLIAÇÃO DE VAGAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA VAGAS AMPLIADAS VAGAS(S) IMPLEMENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA EDUCAÇÃO BÁSICA FORTALECIDA ALUNO(S) PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL Objetivo: Coordenar e apoiar a execução de ações que promovam o desenvolvimento das potencialidades locais e fortaleçam às micro e pequenas empresas; articular e induzir iniciativas em favor do desenvolvimento sustentável. Implantar políticas públicas municipais quanto ao trabalho renda, empreendedorismo e cooperativismo. Fomentar o trabalho, qualificar o trabalhador, combater o analfabetismo, disseminar a cultura na cidade. Estabelecer caminhos viáveis para conduzir a cidade de forma mais estruturada e mais atraente TRABALHO PROTEÇÃO E BENEFÍCIOS AO TRABALHADOR HABILITAÇÃO DO TRABALHADOR NO SEGURO DESEMPREGO TRABALHADOR HABILITADO EMPREGABILIDADE QUALIFICAÇÃO SOCIAL E PROFISSIONAL TRABALHADOR QUALIFICADO INSERÇÃO DO TRABALHADOR NO MERCADO DE TRABALHO TRABALHADOR ASSISTIDO FOMENTO AO TRABALHO APOIO AO TRABALHADOR AUTÔNOMO DE MACEIÓ TRABALHADOR ATENDIDO JUVENTUDE E TRABALHO ALUNOS DA REDE MUNICIPAL 100 ALUNO(S) ATENDIDOS APOIAR, ARTICULAR E IMPLANTAR DIVERSAS AÇÕES JUNTO GRUPOS IDENTIFICADOS - UNIDADES 50 UNIDADE(S) AOS EMPREENDIMENTOS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA APOIAR A COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA ECONOMIA EVENTOS REALIZADOS 6 EVENTO(S) LOCAL IMPLANTAR FEIRAS ITINERANTES PARA EMPREENDIMENTOS FEIRAS ITENERANTES IMPLANTADAS 10 UNIDADE(S) DA ECONOMIA SOLIDÁRIA IMPLANTAR CENTRO PÚBLICO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA CENTRO PÚBLICO IMPLANTADO 1 UNIDADE(S) ELABORAR ESTUDOS E PESQUISAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA ESTUDOS REALIZADOS 1 UNIDADE(S) Página 8 de 13

9 Diário Oficial APOIAR DIVERSAS AÇÕES JUNTO AOS CATADORES DE CATADORES 250 PESSOA(S) RESÍDUOS SÓLIDOS COM FOCO NA ECONOMIA SOLIDÁRIA IMPLANTAR UMA CENTRAL DE DISTRIBUIÇÃO DOS RESÍDUOS CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO 1 UNIDADE(S) SÓLIDOS DO MUNICÍPIO ASSOCIADO A CRIAÇÃO DA MOEDA SOCIAL IMPLANTADO OFERECER ASSESSORAMENTO TÉCNICO AOS GRUPOS DE GRUPOS 50 UNIDADE(S) ECONOMIA SOLIDÁRIA 23 - COMÉRCIO E SERVIÇOS COMERCIALIZAÇÃO FOMENTO E APOIO AO MICROEMPREENDEDOR MICROEMPREENDEDORES ATENDIDOS 15 UNIDADE(S) TURISMO INFRAESTRUTURA TURÍSTICA TURISTAS ATENDIDOS PESSOA(S) TURISMO CULTURAL AÇÕES DESENVOLVIDAS 18 AÇÕES(S) CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL PESSOA(S) JORNADA TURISTICA ATIVIDADES EXECUTADAS 8 ATIVIDADE(S) ACONTECIMENTOS DO INTERESSE TURÍSTICO EVENTOS REALIZADOS 12 EVENTO(S) PESQUISA DE EVENTOS, BENS E SERVIÇOS PESQUISAS REALIZADAS 4 UNIDADE(S) SINALIZAÇÃO TURÍSTICA AÇÕES REALIZADAS 4 AÇÕES(S) GESTÃO E FORTALECIMENTO DA ATENÇÃO À SAÚDE Objetivo: Garantir a saúde como um direito de cidadania e promover a defesa da vida com humanização, transparência, ética, probidade, integralidade do cuidado, resolutividade, participação social, responsabilidade, inovação, gestão democrática e participativa e de acordo com as normas do Ministério da Saúde SAÚDE ATENÇÃO BÁSICA ESTRUTURAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA POPULAÇÃO COBERTA PESSOA(S) CONSTRUÇÃO DE UNIDADES DE SAÚDE OBRAS REALIZADAS 7 UNIDADE(S) REFORMA DE UNIDADES DE SAÚDE OBRAS REALIZADAS 5 UNIDADE(S) AMPLIAÇÃO DE UNIDADES DE SAÚDE OBRAS REALIZADAS 5 UNIDADE(S) APARELHAMENTO DE UNIDADES DE SAÚDE UNIDADES APARELHADAS 17 UNIDADE(S) ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL FORTALECIMENTO DA REDE DE CUIDADOS A PESSOA COM SERVIÇOS DE REABILITAÇÃO CONST.E 2 SERVIÇOS(S) DEFICIÊNCIA, COM FOCO NA CONSTRUÇÃO, AMPLIAÇÃO, REFORMA E ESTRUTURADOS APARELHAMENTO DOS SERVIÇOS DE REABILITAÇÃO, MEDICINA FÍSICA E OFICINA ORTOPÉDICA ORGANIZAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO AS DOENÇAS CRÔNICAS, COM DESTAQUE PARA O CONTROLE DA OBESIDADE, HIPERTENSÃO, DIABETES, CÂNCER E DOENÇAS CARDIOVASCULARES. REDE REESTRUTURADA 1 UNIDADE(S) IMPLEMENTAÇÃO DA REDE CEGONHA, COM ESPECIAL MULHERES EM IDADE FÉRTIL E ATENÇÃO NA CONSTRUÇÃO E APARELHAMENTO DO HOSPITAL MATERNO CRIANÇAS ATENDIDAS INFANTIL APRIMORAMENTO DA REDE DE URGÊNCIA, COM ÊNFASE NA SERVIÇOS DE URGÊNCIA 10 SERVIÇOS(S) CONSTRUÇÃO, APARELHAMENTO E ESTRUTURAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÍDOS E ESTRUTURADOS URGÊNCIA REESTRUTURAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL, SERVIÇOS PSICOSSOCIAIS 9 SERVIÇOS(S) PRIORIZANDO A CONSTRUÇÃO, AMPLIAÇÃO, REFORMA E APARELHAMENTO DE ESTRUTURADOS CAPS, UNIDADES DE ACOLHIMENTO E RESIDÊNCIAS TERAPÊUTICAS REORDENAMENTO DA ATENÇÃO ESPECIALIZADA POPULAÇÃO ATENDIDA AMBULATORIAL E HOSPITALAR SUPORTE PROFILÁTICO E TERAPÊUTICO FORTALECIMENTO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA POPULAÇÃO ATENDIDA VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA FORTALECIMENTO E MODERNIZAÇÃO DA PROMOÇÃO E POPULAÇÃO COBERTA PESSOA(S) VIGILÂNCIA EM SAÚDE FORTALECIMENTO DO ESPORTE Objetivo: Formular, coordenar, executar e promover ações associadas ao esporte de forma a oferecer uma ampla base social, com cidadania, saúde e condições para o desenvolvimento do desporto e do lazer; oportunizando ao cidadão o desenvolvimento de suas potencialidades e cidadania DESPORTO E LAZER ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE GESTÃO DO BOLSA FAMÍLIA FAMILIAS BENEFICIADAS FAMÍLIA(S) OPERACIONALIZAÇÃO DO CADASTRO ÚNICO DOS FAMILIAS BENEFICIADAS FAMÍLIA(S) PROGRAMAS SOCIAIS DO GOVERNO FEDERAL GESTÃO DO BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA - BPC PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES ESPECIAIS E FAMILIAS BENEFICIADAS FAMÍLIA(S) COMPLEMENTARES CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS EVENTUAIS E CARTEIRA PARA PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) PASSAGEIROS ESPECIAIS SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENDIMENTO ESPECIALIZADO A PESSOAS ACOMPANHADAS PESSOA(S) FAMÍLIAS E INDIVÍDUOS (PAEFI) SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VINCULOS PARA ADOLESCENTES - 15 A 17 ANOS (SCFV) ADOLESCENTES ATENDIDOS ADOLESCENTE(S) SERVIÇO ESPECIALIZADO EM ABORDAGEM SOCIAL PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS DO ALBERGUE PARA POPULAÇÃO PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) DA RUA (PSEAC - PISO DE ALTA COMPLEXIDADE II) SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA MULHERES MULHERES ATENDIDAS 312 MULHER(S) EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA SERVIÇO ESPECIALIZADO PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) RUA - CENTRO POP SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA JOVENS E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 120 PESSOA(S) ADULTOS COM DEFICIÊNCIA, EM RESIDÊNCIA INCLUSIVA CENTRO - DIA DE REFERÊNCIA PARA PESSOAS COM PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PESSOA(S) DEFICIÊNCIA SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA ADULTOS E FAMILIAS EM SITUAÇÃO DE RUA FAMÍLIAS ATENDIDAS FAMÍLIA(S) MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA DOS CENTRO DE CREAS MANTIDO 5 UNIDADE(S) REFERÊNCIA ESPECIALIZADA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 14 - DIREITOS DA CIDADANIA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO FUNDO MANTIDO FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHOS MUNICIPAIS MANTIDOS CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DOS CONSELHO MANTIDO 7 CONSELHO(S) CONSELHOS TUTELARES ESTRUTURAÇÃO E FORTALECIMENTO DA REDE DE ENTIDADES CONVENIADAS 5 CONVÊNIO(S) ATENDIMENTO ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO AÇÕES ESTRATÉGICAS DE ENFRENTAMENTO A AÇÕES REALIZADAS 10 AÇÕES(S) VULNERABILIDADE DIREITOS INDIVIDUAIS, COLETIVOS E DIFUSOS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHO MANTIDO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHO MANTIDO CONSELHO MUNICIPAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHO MANTIDO CONSELHO MUNICIPAL DA CONDIÇÃO FEMININA PROMOÇÃO DE DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA AÇÕES PROMOVIDAS 10 AÇÕES(S) FORMAÇÃO CONTINUADA EM DIREITOS HUMANOS AGENTES PÚBLICOS CAPACITADOS PESSOA(S) PROTEÇÃO AS MINORIAS SOCIAIS E DIVERSIDADE SEXUAL PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) FORTALECIMENTO DA CULTURA Objetivo: Estimular a formação, produção, difusão e o acesso aos bens e serviços culturais e promover uma gestão cultural democrática, moderna e efetiva CULTURA DIFUSÃO CULTURAL FESTEJOS TRADICIONAIS AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) APOIO A GRUPOS CULTURAIS E FOLCLÓRICOS AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) PROGRAMA MUNICIPAL DE APOIO A CULTURA AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) MOBILIZAÇÃO CULTURAL NOS BAIRROS AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) FOMENTO A PRODUÇÃO CULTURAL E ARTÍSTICA AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) Página 9 de 13 Página 11 de SEGUNDO TEMPO CRIANÇAS E ADOLESCENTES CRIANÇA/ADOLESCEN TE(S) CONSTRUÇÃO DE QUADRAS E ÁREAS DE ESPORTE E LAZER OBRAS REALIZADAS 4 UNIDADE(S) RECUPERAÇÃO DE QUADRAS E ÁREAS DE ESPORTE E LAZER QUADRAS E ÁREAS DE ESPORTE E 50 UNIDADE(S) LAZER RECUPERADA DESPORTO COMUNITÁRIO FOMENTO A EVENTOS ESPORTIVOS EVENTOS ESPORTIVOS REALIZADOS 110 EVENTOS(S) FOMENTO AO DESPORTO PARA PORTADORES DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 500 PESSOA(S) NECESSIDADES ESPECIAIS FOMENTO A PRÁTICA ESPORTIVA EVENTOS ESPORTIVOS REALIZADOS 130 EVENTOS(S) CONSTRUÇÃO DE UNIDADES ESPORTIVAS OBRA EXECUTADA REFORMA E RECUPERAÇÃO DE UNIDADES ESPORTIVAS OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DA VILA OLÍMPICA OBRA REALIZADA 1 UNIDADE(S) Objetivo: Planejar, organizar, dirigir e controlar o sistema de assistência social, observando a legislação vigente, buscando sempre a promoção da equidade social ASSISTÊNCIA SOCIAL PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO PLANEJAMENTO E GESTÃO DA POLÍTICA MUNICIPAL DA GESTÃO QUALIFICADA 30 AÇÕES(S) ASSISTÊNCIA SOCIAL APRIMORAMENTO DA GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DO SUAS AÇÕES REALIZADAS 10 AÇÕES(S) ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO FUNDO MANTIDO FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL QUALIFICAÇÃO PARA PROFISSIONAIS, GESTORES DOS AGENTES PÚBLICOS CAPACITADOS 700 PESSOA(S) PROGRAMAS, PROJETOS, SERVIÇOS, BENEFÍCIOS E REDE CONVENIADA E CONSELHEIROS DE INSTÂNCIAS DE CONTROLE SOCIAL ASSISTÊNCIA AO IDOSO SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA IDOSOS - IDOSO ASSISTIDO IDOSO(S) VINCULO SUAS (PSEAC-PISO DE ALTA COMPLEXIDADE I) SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS PARA IDOSOS-VÍNCULO SUAS (PSB-PISO BÁSICO VARÍAVEL ASSISTÊNCIA AO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA SERVIÇO DE PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE SERVIÇO DE PROTEÇÃO SOCIAL A ADOLESCENTES EM CUMPRIMENTO DE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA DE LIBERDADE ASSISTIDA (LA), E DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS À COMUNIDADE (PSC) SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE 6 A 15 ANOS (SCFV) SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL FEMININO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES (PSEAC-PISO DE ALTA COMPLEXIDADE I) SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL MASCULINO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS (PSEAC-PISO DE ALTA COMPLEXIDADE I) ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA APOIO AOS SERVIÇOS SOCIOASSISTENCIAIS DAS ENTIDADES DE ASSSISTÊNCIA SOCIAL MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA DO CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENÇÃO INTEGRAL À FAMÍLIA (PBF) IDOSO ASSISTIDO PESSOAS COM DEFICIÊNCIA IDOSO(S) PESSOA(S) ADOLESCENTES ATENDIDOS ADOLESCENTE(S) CRIANÇAS E ADOLESCENTES CRIANÇAS E ADOLESCENTES CRIANÇAS E ADOLESCENTES CRIANÇAS ATENDIDAS ENTIDADES CONVENIADAS CRAS MANTIDO CONSELHOS MUNICIPAIS MANTIDOS FAMÍLIA ACOMPANHADAS CRIANÇA/ADOLESCEN TE(S) 312 CRIANÇA/ADOLESCEN TE(S) 312 CRIANÇA/ADOLESCEN TE(S) 300 CRIANÇA(S) 10 CONVÊNIO(S) 17 UNIDADE(S) FAMÍLIA(S) PROGRAMA MUNICIPAL DE MERENDA ESCOLAR Objetivo: Assegurar maior autonomia na gestão da merenda escolar; elaborar e implantar uma política nutricional que assegure à permanência dos alunos na educação básica e aumentar a transparência quanto a fiscalização e aplicação dos recursos destinados a merenda escolar EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO BÁSICA PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR MERENDA ESCOLAR GARANTIDA ALUNO(S) PREVIDÊNCIA MUNICIPAL Objetivo: Realizar serviços de previdência dos servidores estatutários ativos e inativos de Maceió. Oferecer aos servidores os benefícios cabíveis quanto a eventos de doença, invalidez, morte, idade avançada, proteção à maternidade, ao trabalhador, salário-família, auxílio-reclusão (dependentes de segurados de baixa renda) e pensão por morte PREVIDÊNCIA SOCIAL PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS DOS ATIVOS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA PREVIDÊNCIA BÁSICA PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS COM FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA INATIVOS E PENSIONISTAS PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS COM FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA INATIVOS E PENSIONISTAS DO FUFIN PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS COM FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA INATIVOS E PENSIONISTAS DO FUNPRE FUNPRE RESERVA ORÇAMENTÁRIA DO RPPS RESERVA DE RECURSOS EFETUADA 1 UNIDADE(S) OPERAÇÕES ESPECIAIS Objetivo: TENTAR REDUZIR A DÍVIDA FUNDADA DO MUNICÍPIO 11 - TRABALHO OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS PARCELAMENTO DO INSS, FGTS, IR E OUTROS 12 PARCELAS(S) 28 - ENCARGOS ESPECIAIS OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS PARCELAMENTO DA DÍVIDA PREVIDENCÍARIA - RPPS PARCELAS PAGAS 12 PARCELAS(S) SENTENÇAS JUDICIAIS SENTENÇAS JUDICIAIS AMORTIZAÇÃO E ENCARGOS DA DIVIDA INTERNA E EXTERNA AMORTIZAÇÃO DA DIVIDA PARCELAMENTO INSS PARCELAS PAGAS 12 PARCELAS(S) PARCELAMENTO DO FGTS PARCELAS PAGAS 12 PARCELAS(S) PARCELAMENTO DO PASEP PARCELAS PAGAS 12 PARCELAS(S) A CAMARA E A SOCIEDADE Objetivo: Aproximar cada vez mais a Câmara de Vereadores da Sociedade, facilitando o processo de identificação das problemáticas e propondo soluções junto ao Executivo das demandas da Sociedade LEGISLATIVA AÇÃO LEGISLATIVA GESTÃO ADMINISTRATIVA DA CÂMARA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA CONSTRUÇÃO DA SEDE DA CÂMARA SEDE CONSTRUÍDA 1 UNIDADE(S) MODERNIZAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA DA DEPARTAMENTO MODERNIZADO INFORMAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL MODERNIZAÇÃO DA ASSESSORIA DA COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO MODERNIZADA PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO CONTINUADA Objetivo: Capacitar os Servidores do Poder legislativo buscando a excelência no Serviço Publico LEGISLATIVA CAPACITAÇÃO E VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR DO PODER LEGISLATIVO RESERVA DE CONTINGÊNCIA SERVIDOR CAPACITADO 260 SERVIDORES(S) Página 10 de 13 Página 12 de 13

10 10 Diário Oficial Objetivo: utilizar como fonte de recurso para abertura de créditos adicionais, bem como o atendimento a possíveis riscos fiscais e imprevistos RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE RECURSOS EFETUADA 1 UNIDADE(S) SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL MASCULINO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES 312 CRIANÇA/ADOLESCEN TE(S) Página de 13 CRIANÇA/ADOLESCEN TE(S) GESTÃO ESTRATÉGICA, MODERNA E PARTICIPATIVA 01 - LEGISLATIVA AÇÃO LEGISLATIVA A CAMARA E A SOCIEDADE GESTÃO ADMINISTRATIVA DA CÂMARA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA A CAMARA E A SOCIEDADE CONSTRUÇÃO DA SEDE DA CÂMARA SEDE CONSTRUÍDA 1 UNIDADE(S) A CAMARA E A SOCIEDADE MODERNIZAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA DA DEPARTAMENTO MODERNIZADO INFORMAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL A CAMARA E A SOCIEDADE MODERNIZAÇÃO DA ASSESSORIA DA COMUNICAÇÃO ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO MODERNIZADA DESENVOLVIMENTO SOCIAL, PROTEÇÃO E SEGURANÇA 08 - ASSISTÊNCIA SOCIAL PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO PLANEJAMENTO E GESTÃO DA POLÍTICA MUNICIPAL DA GESTÃO QUALIFICADA 30 AÇÕES(S) ASSISTÊNCIA SOCIAL APRIMORAMENTO DA GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DO SUAS AÇÕES REALIZADAS 10 AÇÕES(S) ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO FUNDO FUNDO MANTIDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL QUALIFICAÇÃO PARA PROFISSIONAIS, GESTORES DOS PROGRAMAS, PROJETOS, SERVIÇOS, BENEFÍCIOS E REDE CONVENIADA E CONSELHEIROS DE INSTÂNCIAS DE CONTROLE SOCIAL ASSISTÊNCIA AO IDOSO SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA IDOSOS - VINCULO SUAS (PSEAC-PISO DE ALTA COMPLEXIDADE I) SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS PARA IDOSOS-VÍNCULO SUAS (PSB-PISO BÁSICO VARÍAVEL ASSISTÊNCIA AO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA SERVIÇO DE PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE SERVIÇO DE PROTEÇÃO SOCIAL A ADOLESCENTES EM CUMPRIMENTO DE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA DE LIBERDADE ASSISTIDA (LA), E DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS À COMUNIDADE (PSC) SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE 6 A 15 ANOS (SCFV) SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL FEMININO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES (PSEAC-PISO DE ALTA COMPLEXIDADE I) SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS (PSEAC-PISO DE ALTA COMPLEXIDADE I) ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHOS MUNICIPAIS MANTIDOS CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA DO CENTRO DE REFERÊNCIA CRAS MANTIDO 17 UNIDADE(S) DA ASSISTÊNCIA SOCIAL SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENÇÃO INTEGRAL À FAMÍLIA (PBF) FAMÍLIA ACOMPANHADAS FAMÍLIA(S) GESTÃO DO BOLSA FAMÍLIA FAMILIAS BENEFICIADAS FAMÍLIA(S) OPERACIONALIZAÇÃO DO CADASTRO ÚNICO DOS PROGRAMAS FAMILIAS BENEFICIADAS FAMÍLIA(S) SOCIAIS DO GOVERNO FEDERAL GESTÃO DO BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA - BPC PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES ESPECIAIS E COMPLEMENTARES FAMILIAS BENEFICIADAS FAMÍLIA(S) CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS EVENTUAIS E CARTEIRA PARA PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) PASSAGEIROS ESPECIAIS SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENDIMENTO ESPECIALIZADO A PESSOAS ACOMPANHADAS PESSOA(S) FAMÍLIAS E INDIVÍDUOS (PAEFI) SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VINCULOS ADOLESCENTES ATENDIDOS PARA ADOLESCENTES - 15 A 17 ANOS (SCFV) ADOLESCENTE(S) SERVIÇO ESPECIALIZADO EM ABORDAGEM SOCIAL PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS DO ALBERGUE PARA POPULAÇÃO DA PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) RUA (PSEAC - PISO DE ALTA COMPLEXIDADE II) SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA MULHERES EM MULHERES ATENDIDAS 312 MULHER(S) SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA SERVIÇO ESPECIALIZADO PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA - PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) CENTRO POP APOIO AOS SERVIÇOS SOCIOASSISTENCIAIS DAS ENTIDADES DE ENTIDADES CONVENIADAS 10 CONVÊNIO(S) ASSSISTÊNCIA SOCIAL SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA JOVENS E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 120 PESSOA(S) ADULTOS COM DEFICIÊNCIA, EM RESIDÊNCIA INCLUSIVA CENTRO - DIA DE REFERÊNCIA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PESSOA(S) SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA ADULTOS E FAMÍLIAS ATENDIDAS FAMÍLIA(S) FAMILIAS EM SITUAÇÃO DE RUA MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA DOS CENTRO DE REFERÊNCIA CREAS MANTIDO 5 UNIDADE(S) ESPECIALIZADA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 10 - SAÚDE ATENÇÃO BÁSICA GESTÃO E FORTALECIMENTO DA ATENÇÃO À SAÚDE ESTRUTURAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA POPULAÇÃO COBERTA PESSOA(S) CONSTRUÇÃO DE UNIDADES DE SAÚDE OBRAS REALIZADAS 7 UNIDADE(S) REFORMA DE UNIDADES DE SAÚDE OBRAS REALIZADAS 5 UNIDADE(S) AMPLIAÇÃO DE UNIDADES DE SAÚDE OBRAS REALIZADAS 5 UNIDADE(S) APARELHAMENTO DE UNIDADES DE SAÚDE UNIDADES APARELHADAS 17 UNIDADE(S) ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL GESTÃO E FORTALECIMENTO DA ATENÇÃO À SAÚDE FORTALECIMENTO DA REDE DE CUIDADOS A PESSOA COM SERVIÇOS DE REABILITAÇÃO CONST.E 2 SERVIÇOS(S) DEFICIÊNCIA, COM FOCO NA CONSTRUÇÃO, AMPLIAÇÃO, REFORMA E APARELHAMENTO DOS SERVIÇOS DE REABILITAÇÃO, MEDICINA FÍSICA E OFICINA ORTOPÉDICA. ESTRUTURADOS ORGANIZAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO AS DOENÇAS CRÔNICAS, REDE REESTRUTURADA 1 UNIDADE(S) COM DESTAQUE PARA O CONTROLE DA OBESIDADE, HIPERTENSÃO, DIABETES, CÂNCER E DOENÇAS CARDIOVASCULARES IMPLEMENTAÇÃO DA REDE CEGONHA, COM ESPECIAL ATENÇÃO MULHERES EM IDADE FÉRTIL E NA CONSTRUÇÃO E APARELHAMENTO DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL CRIANÇAS ATENDIDAS APRIMORAMENTO DA REDE DE URGÊNCIA, COM ÊNFASE NA SERVIÇOS DE URGÊNCIA 10 SERVIÇOS(S) CONSTRUÇÃO, APARELHAMENTO E ESTRUTURAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÍDOS E ESTRUTURADOS URGÊNCIA REORDENAMENTO DA ATENÇÃO ESPECIALIZADA AMBULATORIAL E HOSPITALAR REESTRUTURAÇÃO DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL, PRIORIZANDO A CONSTRUÇÃO, AMPLIAÇÃO, REFORMA E APARELHAMENTO DE CAPS, UNIDADES DE ACOLHIMENTO E RESIDÊNCIAS TERAPÊUTICAS SUPORTE PROFILÁTICO E TERAPÊUTICO GESTÃO E FORTALECIMENTO DA ATENÇÃO À SAÚDE AGENTES PÚBLICOS CAPACITADOS IDOSO ASSISTIDO IDOSO ASSISTIDO PESSOAS COM DEFICIÊNCIA POPULAÇÃO ATENDIDA SERVIÇOS PSICOSSOCIAIS ESTRUTURADOS 700 PESSOA(S) IDOSO(S) IDOSO(S) PESSOA(S) ADOLESCENTES ATENDIDOS ADOLESCENTE(S) CRIANÇAS E ADOLESCENTES CRIANÇAS E ADOLESCENTES CRIANÇAS E ADOLESCENTES CRIANÇAS ATENDIDAS CRIANÇA/ADOLESCEN TE(S) 300 CRIANÇA(S) Página 1 de 12 9 SERVIÇOS(S) Página 2 de FORTALECIMENTO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA POPULAÇÃO ATENDIDA VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA GESTÃO E FORTALECIMENTO DA ATENÇÃO À SAÚDE 11 - TRABALHO FORTALECIMENTO E MODERNIZAÇÃO DA PROMOÇÃO E VIGILÂNCIA EM SAÚDE PROTEÇÃO E BENEFÍCIOS AO TRABALHADOR PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL POPULAÇÃO COBERTA PESSOA(S) HABILITAÇÃO DO TRABALHADOR NO SEGURO DESEMPREGO TRABALHADOR HABILITADO EMPREGABILIDADE PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL QUALIFICAÇÃO SOCIAL E PROFISSIONAL TRABALHADOR QUALIFICADO INSERÇÃO DO TRABALHADOR NO MERCADO DE TRABALHO TRABALHADOR ASSISTIDO FOMENTO AO TRABALHO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL APOIO AO TRABALHADOR AUTÔNOMO DE MACEIÓ TRABALHADOR ATENDIDO JUVENTUDE E TRABALHO ALUNOS DA REDE MUNICIPAL 100 ALUNO(S) ATENDIDOS APOIAR A COMERCIALIZAÇÃO DOS PRODUTOS DA ECONOMIA EVENTOS REALIZADOS 6 EVENTO(S) LOCAL APOIAR, ARTICULAR E IMPLANTAR DIVERSAS AÇÕES JUNTO AOS GRUPOS IDENTIFICADOS - UNIDADES 50 UNIDADE(S) EMPREENDIMENTOS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA IMPLANTAR FEIRAS ITINERANTES PARA EMPREENDIMENTOS DA FEIRAS ITENERANTES IMPLANTADAS 10 UNIDADE(S) ECONOMIA SOLIDÁRIA IMPLANTAR CENTRO PÚBLICO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA CENTRO PÚBLICO IMPLANTADO 1 UNIDADE(S) ELABORAR ESTUDOS E PESQUISAS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA ESTUDOS REALIZADOS 1 UNIDADE(S) APOIAR DIVERSAS AÇÕES JUNTO AOS CATADORES DE RESÍDUOS CATADORES 250 PESSOA(S) SÓLIDOS COM FOCO NA ECONOMIA SOLIDÁRIA IMPLANTAR UMA CENTRAL DE DISTRIBUIÇÃO DOS RESÍDUOS CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO 1 UNIDADE(S) SÓLIDOS DO MUNICÍPIO ASSOCIADO A CRIAÇÃO DA MOEDA SOCIAL IMPLANTADO OFERECER ASSESSORAMENTO TÉCNICO AOS GRUPOS DE GRUPOS 50 UNIDADE(S) ECONOMIA SOLIDÁRIA 12 - EDUCAÇÃO CONTROLE EXTERNO OPERACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REDE DE ENSINO IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DO CONSELHO ESCOLAR CONSELHO IMPLEMENTADO 3 CONSELHO(S) OPERACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REDE DE ENSINO GARANTIA DE TRANSPORTE ESCOLAR - PENATE ÔNIBUS MANTIDO 5 UNIDADE(S) ENSINO FUNDAMENTAL OPERACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REDE DE ENSINO GESTÃO FINANCEIRA DO MAGISTÉRIO - ENSINO FUNDAMENTAL FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA EDUCAÇÃO INFANTIL OPERACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REDE DE ENSINO GESTÃO FINANCEIRA DA EDUCAÇÃO INFANTIL FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS OPERACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REDE DE ENSINO GESTÃO FINANCEIRA DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA PROGRAMA DE INCLUSÃO DE JOVEM - PROJOVEM PROGRAMA IMPLEMENTADO ALUNO(S) PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - PEJA JOVENS E ADULTOS ALFABETIZADOS JOVEM(S) PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO - PBA ALUNOS JOVENS E ADULTOS ALUNO(S) ATENDIDOS EDUCAÇÃO ESPECIAL OPERACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REDE DE ENSINO GESTÃO FINANCEIRA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA EDUCAÇÃO BÁSICA Página 3 de OPERACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA REDE DE ENSINO FORTALECIMENTO DAS AÇÕES EDUCACIONAIS DO SISTEMA ALUNOS ATENDIDOS ALUNO(S) MUNICIPAL DE ENSINO AMPLIAÇÃO DE VAGAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA VAGAS AMPLIADAS VAGAS(S) IMPLEMENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA EDUCAÇÃO BÁSICA FORTALECIDA ALUNO(S) PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS - PAR PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS 270 AÇÕES(S) IMPLEMENTADO PROGRAMA MUNICIPAL DE MERENDA ESCOLAR PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR MERENDA ESCOLAR GARANTIDA ALUNO(S) 13 - CULTURA DIFUSÃO CULTURAL FORTALECIMENTO DA CULTURA FESTEJOS TRADICIONAIS AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) APOIO A GRUPOS CULTURAIS E FOLCLÓRICOS AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) PROGRAMA MUNICIPAL DE APOIO A CULTURA AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) MOBILIZAÇÃO CULTURAL NOS BAIRROS AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) FOMENTO A PRODUÇÃO CULTURAL E ARTÍSTICA AÇÕES CULTURAIS IMPLEMENTADAS 10 AÇÕES(S) 14 - DIREITOS DA CIDADANIA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO FUNDO FUNDO MANTIDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE ESTRUTURAÇÃO E FORTALECIMENTO DA REDE DE ATENDIMENTO ENTIDADES CONVENIADAS 5 CONVÊNIO(S) MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHOS MUNICIPAIS MANTIDOS CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DOS CONSELHO MANTIDO 7 CONSELHO(S) CONSELHOS TUTELARES ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO AÇÕES ESTRATÉGICAS DE ENFRENTAMENTO A VULNERABILIDADE AÇÕES REALIZADAS 10 AÇÕES(S) DIREITOS INDIVIDUAIS, COLETIVOS E DIFUSOS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHO MANTIDO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHO MANTIDO CONSELHO MUNICIPAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO CONSELHO MANTIDO CONSELHO MUNICIPAL DA CONDIÇÃO FEMININA PROMOÇÃO DE DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA AÇÕES PROMOVIDAS 10 AÇÕES(S) FORMAÇÃO CONTINUADA EM DIREITOS HUMANOS AGENTES PÚBLICOS CAPACITADOS PESSOA(S) PROTEÇÃO AS MINORIAS SOCIAIS E DIVERSIDADE SEXUAL PESSOAS ATENDIDAS PESSOA(S) 23 - COMÉRCIO E SERVIÇOS COMERCIALIZAÇÃO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL FOMENTO E APOIO AO MICROEMPREENDEDOR MICROEMPREENDEDORES ATENDIDOS 15 UNIDADE(S) TURISMO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL INFRAESTRUTURA TURÍSTICA TURISTAS ATENDIDOS PESSOA(S) TURISMO CULTURAL AÇÕES DESENVOLVIDAS 18 AÇÕES(S) CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL PESSOA(S) JORNADA TURISTICA ATIVIDADES EXECUTADAS 8 ATIVIDADE(S) ACONTECIMENTOS DO INTERESSE TURÍSTICO EVENTOS REALIZADOS 12 EVENTO(S) PESQUISA DE EVENTOS, BENS E SERVIÇOS PESQUISAS REALIZADAS 4 UNIDADE(S) SINALIZAÇÃO TURÍSTICA AÇÕES REALIZADAS 4 AÇÕES(S) 27 - DESPORTO E LAZER ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE Página 4 de 12

11 Diário Oficial FORTALECIMENTO DO ESPORTE SEGUNDO TEMPO CRIANÇAS E ADOLESCENTES CRIANÇA/ADOLESCEN TE(S) FORTALECIMENTO DO ESPORTE CONSTRUÇÃO DE QUADRAS E ÁREAS DE ESPORTE E LAZER OBRAS REALIZADAS 4 UNIDADE(S) RECUPERAÇÃO DE QUADRAS E ÁREAS DE ESPORTE E LAZER QUADRAS E ÁREAS DE ESPORTE E 50 UNIDADE(S) LAZER RECUPERADA DESPORTO COMUNITÁRIO FORTALECIMENTO DO ESPORTE CONSTRUÇÃO DE UNIDADES ESPORTIVAS OBRA EXECUTADA FOMENTO A EVENTOS ESPORTIVOS EVENTOS ESPORTIVOS REALIZADOS 110 EVENTOS(S) FOMENTO A PRÁTICA ESPORTIVA EVENTOS ESPORTIVOS REALIZADOS 130 EVENTOS(S) FOMENTO AO DESPORTO PARA PORTADORES DE NECESSIDADES PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 500 PESSOA(S) ESPECIAIS REFORMA E RECUPERAÇÃO DE UNIDADES ESPORTIVAS OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DA VILA OLÍMPICA OBRA REALIZADA 1 UNIDADE(S) DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL ATUALIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICAE DE INFORMAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMÁTICA SISTEMA DE INFORMÁTICA IMPLANTADO EQUIPAMENTOS EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA E MATERIAL PERMANENTE E SOFTWARES 100 UNIDADE(S) ADIQUIRIDOS GERENCIAMENTO DE PROCESSOS JUDICIAIS E ADMINISTRATIVOS PROCESSOS GERENCIADOS FUNDO PGM IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA INFORMATIZADO DE GESTÃO SISTEMA INFORMATIZADO DE GESTÃO 50 (%) GERENCIAMENTO DE PROCESSOS JUDICIAIS E ADMINISTRATIVOS PROCESSOS GERENCIADOS MODERNIZAÇÃO DAS RECEITAS E DA GESTÃO FISCAL E FINANCEIRA CONSULTORIA CONSULTORIAS REALIZADAS 1 UNIDADE(S) DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DE SERVIDORES CAPACITAÇÃO SERVIDOR CAPACITADO SERVIDORES(S) CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO 30 SERVIDORES(S) REESTRUTURAÇÃO DA BIBLIOTECA ACERVO ATUALIZADO 50 (%) ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA MODERNIZAÇÃO DAS RECEITAS E DA GESTÃO FISCAL E FINANCEIRA ANÁLISE E REAVALIAÇÃO DA DÍVIDA ATIVA DÍVIDA ATIVA ACOMPANHADA 50 (%) ATUALIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICAE DE INFORMAÇÃO DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DO SIST. E-CIDADE COM OS SISTEMA DE INFORMÁTICA 16 (%) MÓD. RH E FOLHA DE PAGAMENTO IMPLANTADO IMPLANTAÇÃO DO MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DAS AÇÕES DE EQUIPAMENTOS E SOFTWARES 20 UNIDADE(S) GOVERNO IMPLEMENTAÇÃO DA TRANSPARÊNCIA GOVERNAMENTAL PORTAL IMPLEMENTADO IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DA INFRA ESTRUTURA SISTEMA DE INFORMÁTICA TECNOLOGICA E DE INFORMAÇÃO DA SEMINFRA IMPLANTADO MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DA SEMTABES ÓRGÃO INFORMATIZADO - SEMTABES IMPLEMENTAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DA COORDENADORIA DE INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICA GESTÃO DE TI IMPLANTADA GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICA IMPLANTADA MODERNIZAÇÃO DAS RECEITAS E DA GESTÃO FISCAL E FINANCEIRA MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DO FUNDO MUNICIPAL DE AÇÕES DESENVOLVIDAS ABASTECIMENTO DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DE SERVIDORES DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO FDRH 50 (%) IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PREVENÇÃO CONTRA AS AÇÕES IMPLEMENTADAS 25 (%) AÇÕES PREDATÓRIAS AO MEIO AMBIENTE RECUPERAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DAS PRAÇAS PRAÇAS 24 UNIDADE(S) RECUPERADAS/REVITALIZADAS ARBORIZAÇÃO E JARDINAGEM AÇÕES REALIZADAS 24 AÇÕES(S) INCREMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO PARQUE MUNICIPAL DE ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA 1 UNIDADE(S) MACEIÓ CONTROLE AMBIENTAL MODERNIZAÇÃO DAS RECEITAS E DA GESTÃO FISCAL E FINANCEIRA INCREMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL AÇÕES AUTORIZATÓRIAS 320 AÇÕES(S) INCREMENTAÇÃO E MANUTENÇÃO DA FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL INFRAÇÕES DILIGENCIADAS 520 INFRAÇÕES(S) FORTALECIMENTO DA GESTÃO AMBIENTAL IMPLEMENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL AÇÕES IMPLEMENTADAS 19 - CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ATUALIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICAE DE INFORMAÇÃO MODERNIZAÇÃO DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS E AÇÕES IMPLEMENTADAS 25 (%) ADMINISTRATIVAS 23 - COMÉRCIO E SERVIÇOS TURISMO FORTALECIMENTO DO TURISMO PROMOÇÃO E DIVULGAÇÃO INTERNA E EXTERNA DE MACEIÓ AÇÕES REALIZADAS 10 AÇÕES(S) DIVULGAÇÃO EM MASSA DAS FEIRAS E MERCADOS ARTESANAIS ATIVIDADES EXECUTADAS 12 ATIVIDADE(S) CENTRO DE INFORMAÇÕES TURISTICAS - CITS CENTRO DE ATENDIMENTOS 6 UNIDADE(S) RECEPÇÃO A NAVIOS TURISTICOS RECEPÇÃO REALIZADA 26 - TRANSPORTES TRANSPORTE RODOVIÁRIO MODERNIZAÇÃO DAS RECEITAS E DA GESTÃO FISCAL E FINANCEIRA ELABORAÇÃO DE ESTUDOS TÉCNICOS PROJETOS DE ESTUDOS TÉCNICOS 4 UNIDADE(S) SMTT DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DE SERVIDORES CAPACITAÇÃO DE SERVIDORES CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL 27 - DESPORTO E LAZER LAZER ACELERAÇÃO DE CRESCIMENTO CONSTRUÇÃO DE PRAÇA DE ESPORTE E CULTURA NO BAIRRO DE OBRA EXECUTADA SANTA LÚCIA CONSTRUÇÃO DE PRAÇA DE ESPORTE E CULTURA NO CONJUNTO OBRA EXECUTADA FREI DAMIÃO 28 - ENCARGOS ESPECIAIS OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS OPERAÇÕES ESPECIAIS PARCELAMENTO DA DÍVIDA PREVIDENCÍARIA - RPPS PARCELAS PAGAS 12 PARCELAS(S) AMORTIZAÇÃO E ENCARGOS DA DIVIDA INTERNA E EXTERNA AMORTIZAÇÃO DA DIVIDA PARCELAMENTO INSS PARCELAS PAGAS 12 PARCELAS(S) PARCELAMENTO DO FGTS PARCELAS PAGAS 12 PARCELAS(S) PARCELAMENTO DO PASEP PARCELAS PAGAS 12 PARCELAS(S) SENTENÇAS JUDICIAIS SENTENÇAS JUDICIAIS 99 - RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE RECURSOS EFETUADA 1 UNIDADE(S) DESENVOLVIMENTO URBANO VICE - PREFEITURA SOCIAL AÇÕES REALIZADAS 12 AÇÕES(S) Página 5 de 12 Página 7 de TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL 25 (%) CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL - SIMA PESSOAS CAPACITADAS 50 PESSOA(S) CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO 20 SERVIDORES(S) PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO SERVIDOR CAPACITADO 250 SERVIDORES(S) CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO 360 SERVIDORES(S) CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO DE SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO SERVIDORES(S) QUALIFICAÇÃO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAIS QUALIFICADOS 60 (%) CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO DOS SERVIDORES DA SEMPLA SERVIDOR CAPACITADO ADMINISTRAÇÃO DE RECEITAS MODERNIZAÇÃO DAS RECEITAS E DA GESTÃO FISCAL E FINANCEIRA EXPANSÃO FISCAL INCREMENTO DA ARRECADAÇÃO 25 (%) 09 - PREVIDÊNCIA SOCIAL ATUALIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA TECNOLÓGICAE DE INFORMAÇÃO INFORMATIZAÇÃO DO IPREV ORGÃO INFORMATIZADO 10 (%) DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DE SERVIDORES CAPACITAÇÃO CONTINUADA DOS SERVIDORES SERVIDOR CAPACITADO 40 SERVIDORES(S) 10 - SAÚDE DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DE SERVIDORES FORTALECIMENTO DA GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO EM TRABALHADOR VALORIZADO E 25 (%) SAÚDE QUALIFICADO 11 - TRABALHO FOMENTO AO TRABALHO ACELERAÇÃO DE CRESCIMENTO MULHERES EMPREENDEDORAS MULHERES ATENDIDAS 300 MULHER(S) QUALIFICAÇÃO JUVENTUDE VIVA TRABALHADOR QUALIFICADO APOIAR A CAPTAÇÃO DE NOVAS EMPRESAS NOS SETORES DE EMPRESAS INSERIDAS NO MERCADO 6 UNIDADE(S) SERVIÇOS INDÚSTRIA E COMÉRCIO OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS OPERAÇÕES ESPECIAIS PARCELAMENTO DO INSS, FGTS, IR E OUTROS 12 PARCELAS(S) 12 - EDUCAÇÃO DESENVOLVIMENTO E FORMAÇÃO DE SERVIDORES ESCOLA DE GOVERNO MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DA SEMGESP 15 - URBANISMO ACELERAÇÃO DE CRESCIMENTO ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA ESTABILIZAÇÃO DE ENCOSTAS - 3 PROJETO(S) PAC OBRAS DE CONTENÇÃO DE ENCOSTAS EM AREAS DE RISCO EM OBRA EXECUTADA MACEIÓ E PRODUÇÃO DE 81 UNIDADES HABITACIONAIS (MCMV) ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA ESTABILIZAÇÃO DE ENCOSTAS - PAC OBRAS DE INFRA ESTRUTURA DE PRODUÇÃO DE 651 UNIDADES OBRA EXECUTADA HABITACIONAIS (MCMV) E EQUIPAMENTOS COMUNITÁRIOS - PAC IMPLANTAÇÃO DO COMPLEXO VIÁRIO, SANEAMENTO E DRENAGEM OBRA EXECUTADA NO VALE DO REGINALDO FORTALECIMENTO DO TURISMO PROTEÇÃO, URBANIZAÇÃO, DESASSOREAMENTO E OBRA EXECUTADA INFRAESTRUTURA NAS ORLAS MARÍTIMAS E LAGUNAR URBANIZAÇÃO NA ORLA DE CRUZ DAS ALMAS, JACARECICA E OBRA EXECUTADA INTERVENÇÕES VIÁRIAS EM VIAS DO ENTORNO PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM NO LITORAL NORTE OBRA EXECUTADA 18 - GESTÃO AMBIENTAL PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL FORTALECIMENTO DA GESTÃO AMBIENTAL GOVERNO PARTICIPATIVO CAMPANHAS INSTITUCIONAIS CAMPANHAS REALIZADAS 6 CAMPANHA(S) GESTÃO FISCAL CAMPANHA DE EDUCAÇÃO FISCAL 2 CAMPANHA(S) BAIRRO VIVO AÇÕES DE CIDADANIA REALIZADA 24 AÇÕES(S) GOVERNO PARTICIPATIVO FORTALECIMENTO DO CONTROLE SOCIAL CONSELHOS E UNIDADES 10 UNIDADE(S) CAPACITADAS COMUNICAÇÃO SOCIAL GOVERNO PARTICIPATIVO CAMPANHA INSTITUCIONAL REGIONAL CAMPANHAS INSTITUCIONAIS 20 UNIDADE(S) REALIZADAS DIVULGAÇÃO DE PROJETOS E EVENTOS APOIADOS PELO CAMPANHAS INSTITUCIONAIS 3 UNIDADE(S) MUNICÍPIO REALIZADAS PRODUÇÃO DE MATÉRIAS JORNALÍSTICAS E AÇÕES DE CAMPANHAS INSTITUCIONAIS 3 UNIDADE(S) RELACIONAMENTOS COM A IMPRENSA REALIZADAS DEFESA CIVIL COORDENADORIA DA DEFESA CIVIL COORDENADORIA MANTIDA 1 UNIDADE(S) ABASTECIMENTO CONSTRUÇÃO DE MERCADOS PÚBLICOS/FEIRAS OBRAS CONCLUÍDAS 15 - URBANISMO RECUPERAÇÃO DO CENTRO DE MACEIÓ OBRA EXECUTADA DESAPROPRIAÇÕES URBANAS DESAPROPRIAÇÕES REALIZADAS ABERTURAS DE ACESSOS ÁS PRAIAS DO LITORAL NORTE OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DE VIADUTO NO BOM PARTO E URBANIZAÇÃO NO OBRA EXECUTADA ENTORNO NFRA ESTRUTURA URBANA DA PARTE ALTA DA CIDADE DE MACEIÓ OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DE OBRAS DE ARTE ESPECIAIS OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DA INFRA ESTRUTURA DA CIDADE OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DE CORREDORES DE TRANSPORTE OBRA EXECUTADA CONSTRUÇÃO DE CICLOVIAS OBRA EXECUTADA OBRAS E SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO DE CALÇADAS, PRAÇAS, OBRA EXECUTADA PARQUES, MIRANTES, PRÉDIOS PÚBLICOS E DEMAIS EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIOS URBANOS PAVIMENTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE VIAS URBANAS DO MUNICÍPIO VIAS PAVIMENTADAS E QUALIFICADAS 125 QUILÔMETRO(S) DE MACEIÓ REFORMA E RECUPERAÇÃO DE OBRAS DE ARTE ESPECIAIS OBRA EXECUTADA MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DA INFRA ESTRUTURA DA CIDADE OBRA EXECUTADA RECUPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DE OBRA EXECUTADA CORREDORES DE TRANSPORTE MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DE CICLOVIAS OBRA EXECUTADA OBRAS E SERVIÇOS DE RESTAURAÇÃO, RECUPERAÇÃO E OBRA EXECUTADA REFORMA DE CALÇADAS, PRAÇAS, PARQUES, MIRANTES, PRÉDIOS PÚBLICOS E DEMAIS EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIOS URBANOS 16 - HABITAÇÃO HABITAÇÃO URBANA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE MACEIÓ ASSENTAMENTOS REGURALIZADOS 2 UNIDADE(S) ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS DE INTERESSE SOCIAL CASAS CONSTRUIDAS 100 UNIDADE(S) 17 - SANEAMENTO SANEAMENTO BÁSICO URBANO COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS E LIMPEZA PÚBLICA LIMPEZA PÚBLICA REALIZADA TONELADA(S) AMPLIAÇÃO DA COLETA SELETIVA COLETA SELETIVA AMPLIADA 35 (%) Página 6 de 12 Página 8 de 12

12 12 Diário Oficial TRATAMENTO E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS RESÍDUOS DESTINADOS E TRATADOS TONELADA(S) ADEQUADAMENTE SANEAMENTO PARA TODOS FAMILIAS BENEFICIADAS FAMÍLIA(S) 25 - ENERGIA CONSERVAÇÃO DE ENERGIA MANUTENÇÃO E EFICIENTIZAÇÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS UNIDADE(S) 26 - TRANSPORTES TRANSPORTE RODOVIÁRIO CONSTRUÇÃO DE TERMINAIS E ABRIGOS TERMINAIS E ABRIGOS CONSTRUÍDOS 5 UNIDADE(S) MOBILIDADE URBANA ACESSOS REALIZADOS METRO(S) FISCALIZAÇÃO NO TRÂNSITO NOTIFICAÇÕES REALIZADAS UNIDADE(S) MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO FUNDO FUNDO MANTIDO IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO SEMAFÓRICA SEMÁFOROS IMPLANTADOS E 210 UNIDADE(S) MANTIDOS IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DA SINALIZAÇÃO VERTICAL E SINALIZAÇÃO EXECUTADA HORIZONTAL MANUTENÇÃO DE TERMINAIS E ABRIGOS MANUTENÇÃO DE TERMINAIS E 100 UNIDADE(S) ABRIGOS FISCALIZAÇÃO NOS TRANSPORTES URBANOS VEICULOS FISCALIZADOS UNIDADE(S) GOVERNO PARTICIPATIVO CAMPANHA, TREINAMENTO E URBANIDADE NOS TRANSPORTES CAMPANHAS REALIZADAS 90 CAMPANHA(S) GESTÃO EFICIENTE 01 - LEGISLATIVA PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO CONTINUADA CAPACITAÇÃO E VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR DO PODER SERVIDOR CAPACITADO 260 SERVIDORES(S) LEGISLATIVO PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO GESTÃO PARA TODOS AÇÕES DA SECRETÁRIA ADJUNTA DE PLANEJAMENTO E AÇÕES DESENVOLVIDAS ORÇAMENTO REALIZAÇÃO DE OFICINAS COM AS COMUNIDADES,SEMINÁRIOS E OFICINAS REALIZADAS 20 AÇÕES(S) ENCONTROS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA SEMPLA ESTUDOS REALIZADOS-SEMPLA 4 ESTUDOS(S) GESTÃO PARA TODOS ELEBORAÇÃO DO CADERNO DE PROJETOS E AÇÕES ESTRUTURAIS E PRIORITÁRIAS PARA MACEIÓ GESTÃO DAS ATIVIDADES DE GEOPROCESSAMENTO E ELABORAÇÃO DE CADASTRO MULTIFINALITÁRIO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS AÇÕES PRIORITÁRIAS - SEMPLA ATIVIDADES DE GEOPROCESSAMENTO 9 AÇÕES(S) 12 ATIVIDADE(S) ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA PAGAMENTO DE FOLHA DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA APOSENTADO FELIZ AÇÕES REALIZADAS 2 AÇÕES(S) AÇÕES DE INTEGRAÇÃO DE MOTIVAÇÃO DOS SERVIDORES AÇÃO REALIZADA 2 AÇÕES(S) REFORMA ESTRUTURAL DO PRÉDIO DA SEMARHP REFORMA EXECUTADA 5 (%) REESTRUTURAÇÃO DO PATRIMÔNIO MOBILIÁRIO ÓRGÃO REESTRUTURADO 5 (%) REESTRUTURAÇÃO DO PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO REFORMA EXECUTADA 5 (%) ESTRUTURAÇÃO DO ARQUIVO ÓRGÃO REESTRUTURADO 5 (%) CONTROLE DA FROTA MUNICIPAL ACOMPANHAMENTO DA FROTA 5 (%) MUNICIPAL PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA MANUTENÇÃO COM O FUNCIONAMENTO DAS ATIVIDADES ÓRGÃO MANTIDO ADMINISTRATIVA DA SEMSC MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SEMPTUR ÓRGÃO MANTIDO Página 9 de MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO ÓRGÃO ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SLUM ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO FUNDO MUNICIPAL DE ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA ESPORTE E LAZER MANUTENÇÃO DO GINÁSIO ARIVALDO MAIA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO DA VILA OLÍMPICA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO DOS CONSELHOS CONSELHO MANTIDO 2 CONSELHO(S) MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DA SEMTABES ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO DO GABINETE DO VICE-PREFEITO ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SIMA ÓRGÃO MANTIDO PAGAMENTOS DE PESSOAL E ENCARGOS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVA DA SEMINFRA ÓRGÃO MANTIDO MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DO ÓRGÃO ÓRGÃO REESTRUTURADO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO FDRH ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SEMARHP ÓRGÃO MANTIDO GERENCIAMENTO DA DIPASA AÇÕES DESENVOLVIDAS GERENCIAMENTO DA DRH AÇÕES DESENVOLVIDAS GERENCIAMENTO DA DPFPI AÇÕES DESENVOLVIDAS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA JUNTA ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MILITAR PAGAMENTO DOS SERVENTUÁRIOS DA JUSTIÇA FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA DESPESAS COM ESTAGIÁRIOS PERCENTUAL DE PAGAMENTOS ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS ATIVIDADES IMPLEMENTADAS DA SMG MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA COMARHP ÓRGÃO MANTIDO ACORDO TRABALHISTA E JUDICIAIS VALOR ACORDADO PELA RESOLUÇÃO VALOR 23/07 MONETÁRIO(S) PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINITRATIVO DA SMCCU ÓRGÃO MANTIDO GERENCIAMENTO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA GESTÃO ADMINISTRATIVA DO GABINETE DO PREFEITO ÓRGÃO MANTIDO GESTÃO FINANCEIRA DE PESSOAL ADMINISTRATIVO FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA CERIMONIAL E EVENTOS EVENTOS REALIZADOS 48 EVENTO(S) MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS CEMITÉRIOS CEMITÉRIOS MANTIDOS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO FDU FUNDO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SEMAS ÓRGÃO MANTIDO COORDENAÇÃO E GESTÃO ADMINISTRATIVA DA SECOM COORDENADORIA MANTIDA MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DA SEMPLA ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SEMPMA ÓRGÃO MANTIDO MANUTENÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DA GUARDA AÇÕES IMPLEMENTADAS 25 (%) MUNICIPAL MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SEMEL ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DA PGM ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO FUNDO DA PGM ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA FMAC ÓRGÃO MANTIDO CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA CONSELHO MANTIDO GESTÃO DA QUALIDADE DOS SEVIÇOS PÚBLICOS CEMITÉRIO E CIDADANIA AÇÕES REALIZADAS ASSESSORIA JURÍDICA ASSISTÊNCIA JURÍDICA E ADMINISTRATIVA AÇÕES REALIZADAS PGM 1 AÇÕES(S) AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS EQUIPAMENTOS E SOFTWARES 10 UNIDADE(S) ADIQUIRIDOS ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA COORDENAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR E COMBATE À FOME COORDENADORIA MANTIDA 1 UNIDADE(S) COORDENAÇÃO DE COMBATE À DESNUTRIÇÃO COORDENADORIA MANTIDA 1 UNIDADE(S) EMPREGABILIDADE GESTÃO DA QUALIDADE DOS SEVIÇOS PÚBLICOS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SHOPPING POPULAR EMPREENDEDORES MANTIDOS ABASTECIMENTO GESTÃO DA QUALIDADE DOS SEVIÇOS PÚBLICOS MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO FUNDO MUNICIPAL DE FUNDO MANTIDO ABASTECIMENTO 09 - PREVIDÊNCIA SOCIAL GESTÃO ADMINISTRATIVA DO IPREV ÓRGÃO MANTIDO PREVIDÊNCIA MUNICIPAL PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS DOS ATIVOS FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA PREVIDÊNCIA BÁSICA PREVIDÊNCIA MUNICIPAL PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS COM INATIVOS E FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA PENSIONISTAS PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS COM INATIVOS E PENSIONISTAS DO FUFIN FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS COM INATIVOS E PENSIONISTAS DO FUNPRE FOLHA DE PAGAMENTO ATENDIDA FUNPRE RESERVA ORÇAMENTÁRIA DO RPPS RESERVA DE RECURSOS EFETUADA 1 UNIDADE(S) 10 - SAÚDE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO GESTÃO PARA TODOS FORTALECIMENTO DA GESTÃO PARTICIPATIVA E DO MODELO DE GESTÃO PARTICIP.EM 2 UNIDADE(S) PLANEJAMENTO NO SUS SAÚDE FORTALECIDO APRIMORAMENTO DOS MECANISMOS DE CONTROLE SOCIAL CONSELHOS DE SAÚDE FORTALECIDOS 16 UNIDADE(S) MANUTENÇÃO DAS AÇÕES, SERVIÇOS E SETORES DE SAÚDE AÇÕES E SERVIÇOS DE SAÚDE MANTIDOS GESTÃO DA QUALIDADE DOS SEVIÇOS PÚBLICOS CONSOLIDAÇÃO DOS PROCESSOS DE REGULAÇÃO E AUDITORIA EM SAÚDE GESTÃO PARA TODOS DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E CONECTIVIDADE EM SAÚDE 15 - URBANISMO GESTÃO PARA TODOS SERVIÇOS DE SAÚDE REGULADOS E AUDITADOS 50 (%) REDE DE SAÚDE INFORMATIZADA 25 (%) REQUALIFICAÇÃO URBANA DO CENTRO DE FERNÃO VELHO PROJETO ELABORADO 1 PROJETO(S) ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA REQUALIFICAÇÃO DO CENTRO PROJETOS ELABORADOS 6 PROJETO(S) PLANO DIRETOR DE MOBILIDADE URBANA ESTUDOS, PLANOS PROGRAMAS E 1 PLANO(S) PROJETOS PROJETO DE URBANIZAÇÃO INTEGRADA DO VALE DO REGINALDO PROJETO ELABORADO 1 PROJETO(S) III ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE REQUALIFICAÇÃO URBANA E PROJETOS ELABORADOS 8 PROJETO(S) RESTAURO EM ÁREAS HISTÓRICAS PROJETO PARA CONTENÇÃO DA EROSÃO MARÍTIMA PROJETO ELABORADO 1 PROJETO(S) ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE URBANIZAÇÃO INTEGRADA DE PROJETOS ELABORADOS 6 PROJETO(S) ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS IMPLEMENTAÇÃO E REVISÃO DO CÓDIGO DE URBANISMO E ESTUDOS, PLANOS, PROGRAMAS E 2 ESTUDOS(S) EDIFICAÇÕES DE MACEIÓ E DO PLANO DIRETOR PROJETOS ELABORAÇÃO,ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DOS PROJETOS ELABORADOS 9 PROJETO(S) PLANOS,PROGRAMAS,PROJETOS E LEGISLAÇÃO PARA AS ÁREAS DE DESENVOLVMENTO URBANO SERVIÇOS URBANOS Página 11 de HABITAÇÃO ACESSIBILIDADE E MOBILIDADE URBANA ACESSIBILIDADE REALIZADA HABITAÇÃO URBANA MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA SMHPS ESTRUTURA FUNCIONAL MANTIDA MANUTENÇÃO E E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DO FUNDO FUNDO MANTIDO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO DO FUNDO MUNICIPAL DE FUNDO MANTIDO SANEAMENTO 18 - GESTÃO AMBIENTAL MANUTENÇÃO E FUNCIONAMENTO ADMINISTRATIVO DA ARSMAC ÓRGÃO MANTIDO 26 - TRANSPORTES TRANSPORTE RODOVIÁRIO REFORMA E AMPLIAÇÃO DA SEDE DA SMTT REFORMA REALIZADA METRO QUADRADO(S) PAGAMENTO DE PESSOAL E ENCARGOS DA SMTT FOLHA DE PAGAMENTO E ENCARGOS DA SMTT 28 - ENCARGOS ESPECIAIS OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS ENCARGOS CENTRALIZADOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA PAGAMENTO DA DESPESA DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES PAGAMENTO DA DESPESA CONTRIBUIÇÃO PARA FORMAÇÃO DO PASEP PAGAMENTO DA CONTRIBUIÇÃO Página 10 de 12

13 Diário Oficial 13 CÂMARA MUNICIPAL DE MACEIÓ COMISSÃO DE FINANÇAS E ORÇAMENTO PARECER FINAL DO RELATOR SOBRE A LDO E AS EMENDAS AO PROJETO DE LEI Nº 40/ PLDO O Projeto de lei Nº 40/2014, que DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DA LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL DE 2014, de autoria do Poder Executivo, foi distribuído na Câmara de Maceió em 15/05/2014 e votado em 09/07/2013. Atendidos os Princípios Constitucionais, da publicidade e da impessoalidade, em especial ao artigo 166 da Constituição Federal - CF/88, as previsões contidas na Lei Orgânica de Maceió, as determinações Regimentais. Foram apreciadas e aprovadas todas as 87 Emendas por unanimidade, devendo ser publicadas e submetidas à apreciação do Chefe do Poder Executivo Municipal. Respeitados os preceitos Constitucionais, e o disposto na LC nº 101/ Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF, na Lei nº 4.320/64 que instituiu normas gerais de direito financeiro e controle dos orçamentos e balanços da União, Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Com supedâneo no disposto no art. 248 do Regimento Interno e nos Arts. 76, 77, 78 e 79 da Lei Orgânica do Município. Remeto o presente PLDO 40/2014 e as respectivas emendas aprovadas em Redação Final, ao Presidente do Legislativo Municipal para as providências legais. Sala das Comissões, em 10 de julho de Vereador Zé Marcio PSD Relator da PLDO 40/2014. Voto Favorável Antonio Holanda Davi Davino Dudu Ronalsa PORTARIA GP-190/2013 Maceió, 10 de julho de O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MACEIÓ, no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE DETERMINAR: Que durante o período de recesso parlamentar, o expediente desta Casa Legislativa obedecerá ao horário das 08:00 às 14:00 horas de segunda à sextafeira, a partir da data de sua publicação. DÊ-SE CIÊNCIA E CUMPRA-SE FRANCISCO HOLANDA COSTA FILHO Presidente. SEMSC - SECRETARIA MUNICIPAL DE SEGURANÇA COMUNITÁRIA E CIDADANIA PORTARIA Nº 014/13 CG/SEMSC, DE 05 DE JULHO DE 2013 O CORREGEDOR GERAL DA GUARDA MUNICIPAL DE MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, RESOLVE com supedâneo na Lei 5.643, de 01 de novembro de 2007, em seu artigo 3, inciso IV, designar a Comissão de Sindicância e Processo Administrativo Disciplinar, constituída pela Portaria n. 14 GS/SEMSC, de 02 de maio de 2013, alterada pela Portaria nº. 23, de 27 de maio de 2013, composta pelos servidores, Insp. André Luiz Calheiros Lisboa, matrícula , Insp. Francisco Luiz Lamenha Braga, matrícula e o Guarda Municipal Marcionilo Luciano Rego de Melo, matrícula nº , respectivamente, Presidente, Secretário e Membro Auxiliar, para apurar suposta infração disciplinar cometida pelo servidor de matrícula nº , pelos fatos narrados no Memo. nº. 178/DOGC/SEMSC. Para tanto, é garantido ao servidor o pleno exercício à ampla defesa e ao contraditório, como determina o art. 5, incisos LIII, LIV e LV da Constituição da República Federativa do Brasil. DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. Marcos Daniel da Silva Vasconcelos Corregedor Geral da Guarda Municipal de Maceió PORTARIA Nº 015/13 CG/SEMSC, DE 05 DE JULHO DE 2013 O CORREGEDOR GERAL DA GUARDA MUNICIPAL DE MACEIÓ, no uso de suas atribuições e prerrogativas legais, RESOLVE com supedâneo na Lei 5.643, de 01 de novembro de 2007, em seu artigo 3, inciso IV, designar a Comissão de Sindicância e Processo Administrativo Disciplinar, constituída pela Portaria n. 13 GS/SEMSC, de 30 de abril de 2013, composta pelos servidores, Insp. Rubem Fidelis de Moura Barros, matrícula , Subinspetora Albecy Melo dos Santos, matrícula e o Guarda Municipal Severino Alexandre de Oliveira Junior, matrícula nº , respectivamente, Presidente, Secretário e Membro Auxiliar, para apurar suposta infração disciplinar cometida pelo servidor de matrícula nº , pelos fatos narrados no Memo. nº. 178/DOGC/SEMSC. Para tanto, é garantido ao servidor o pleno exercício à ampla defesa e ao contraditório, como determina o art. 5, incisos LIII, LIV e LV da Constituição da República Federativa do Brasil. DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. Marcos Daniel da Silva Vasconcelos Corregedor Geral da Guarda Municipal de Maceió EDITAL - AVISO DE EDITAL NOME DA FIRMA: GIVALDO DA SILVA ARAÚJO PANIFICAÇÃO, situado na: Avenida Nelson Oliveira Menezes, nº 907 Bairro: Graciliano Ramos Maceió - AL, com atividade de: COMÉRCIO E PANIFICAÇÃO. Torna público que requereu a Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente SEMPMA - Maceió-AL, a autorização Ambiental: RENOVAÇÃO DE OPERAÇÃO, do empreendimento denominado: GIVALDO DA SILVA RAÚJO PANIFICAÇÃO PANDELÍCIA ; não foi exigido apresentação de Estudo de Impacto Ambiental. Nome da Firma: RUBENS JOSÉ DOS SANTOS , inscrito no CNPJ sob o nº / , situado na Avenida Juca Sampaio, nº 136 Bairro: Cruz das Almas Maceió - AL, com atividade de: BORRACHARIA. Torna público que requereu a Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente SEMPMA - Maceió-AL, a autorização Ambiental Municipal LICENÇA PRÉVIA, LICENLA DE IMPLANTAÇÃO E LICENÇA DE OPERAÇÃO do empreendimento denominado BORRACHARIA 24 HORAS ; não foi exigido apresentação de Estudo de Impacto Ambiental. Nome da Firma: PROJETO IMOBILIÁRIO BELLE VUE SPE LTDA., inscrito no CNPJ sob o nº / , situado na Rua Santa Fernanda, nº 208 Bairro: Jatiúca Maceió - AL, com atividade de: CONSTRUÇÃO CIVIL. Torna público que requereu a Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente SEMPMA - Maceió-AL, a autorização Ambiental Municipal PRÉVIA E IMPLANTAÇÃO do empreendimento situado à Avenida Aristeu de Andrade, nº 300 Bairro: Farol Maceió - AL; nos termos da legislação ambiental pertinente. Nome da Firma: TM COMERCIAL LTDA., inscrita no CNPJ sob o nº / , situado na Avenida Menino Marcelo, nº 15B Bairro: Serraria Maceió - AL, com atividade de: COMÉRCIO VAREJISTA DE MERCADORIAS EM GERAL. Torna público que requereu a Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente SEMPMA - Maceió-AL, a autorização Ambiental Municipal RENOVAÇÃO DE OPERAÇÃO do empreendimento denominado SUPERMERCADO BOM DIA ; não foi exigido apresentação de Estudo de Impacto Ambiental. Nome da Firma: TM COMERCIAL LTDA., inscrita no CNPJ sob o nº / , situado na Rua Estrada da Codeal, nº 210 Conjunto José Maria de Melo - Bairro: Tabuleiro dos Martins Maceió - AL, com atividade de: COMÉRCIO VAREJISTA DE MERCADORIAS EM GERAL. Torna público que requereu a Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente SEMPMA - Maceió-AL, a autorização Ambiental Municipal RENOVAÇÃO DE OPERAÇÃO do empreendimento denominado SUPERMERCADO BOM DIA ; não foi exigido apresentação de Estudo de Impacto Ambiental. Nome da Firma: GILBERTO DE SOUZA MENEZES, situado na Rua Uruguai, nº 328 Bairro: Jaraguá Maceió - AL, com atividade de: VENDAS DE BEBIDAS - BAR. Torna público que requereu a Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente SEMPMA - Maceió-AL, a autorização Ambiental Municipal DE OPERAÇÃO do empreendimento denominado BAR DO GILBERTO ; não foi exigido apresentação de Estudo de Impacto Ambiental.

14 14 Diário Oficial

15 Diário Oficial 15

16 16 Diário Oficial

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: PROJETO DE LEI Nº 124/2014, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E

Leia mais

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais,

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais, LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. DISPÕE SOBRE A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO BEM ESTAR SOCIAL E CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL A ELE VINCULADO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MÁRCIO CASSIANO DA

Leia mais

D.O JOSÉ AUGUSTO GONÇALVES Prefeito

D.O JOSÉ AUGUSTO GONÇALVES Prefeito D.O ALEXANDRE QUINTELLA GAMA Procurador Geral do Município MAURO CEZAR ESTEVES DA CUNHA Chefe de Gabinete VANDERLEI PEREIRA DA SILVA Secretário de Controle Interno ANIBAL LIGEIRO ORNELAS Secretário de

Leia mais

LEI Nº 1556, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2000.

LEI Nº 1556, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2000. LEI Nº 1556, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2000. Institui o Plano de Custeio do Regime de Previdência dos Servidores Municipais e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE DUQUE DE CAXIAS decreto e eu sanciono

Leia mais

Saiba como funciona. www.cubatao.sp.gov.br

Saiba como funciona. www.cubatao.sp.gov.br IPTU BOM EMPREENDEDOR Saiba como funciona www.cubatao.sp.gov.br Descontos que são transformados em benefícios para a comunidade O IPTU do Bom Empreendedor é uma iniciativa inédita da Prefeitura de Cubatão.

Leia mais

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Informativo Oficial do Municipio de Itapemirim - Criado pela Lei Municipal nº 1.928/05 e Regulamentado pelo Decreto nº 2.671/05 - Ano IX - 1618 DECRETOS DECRETO Nº. 8.552 /2015

Leia mais

LEI Nº 10.753, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014

LEI Nº 10.753, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 LEI Nº 10.753, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 Concede reajustes remuneratórios aos servidores e empregados públicos da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo e dá outras providências. O Povo do

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Governo

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Governo ALTERA DISPOSITIVOS DO CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE ARACAJU E CONCEDE INCENTIVO FISCAL PARA AS EMPRESAS DOS SEGMENTOS DE CALL CENTER E DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO QUE ESPECIFICA. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: LEI Nº 3570/2014, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS

Leia mais

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO LEI Nº 5.485, DE 10 DE MARÇO DE 2015. Autoriza o Poder Executivo a firmar convênio com o Lar Santa Terezinha de Alegrete Creche Menino Jesus. O PREFEITO MUNICIPAL Faz saber, em cumprimento ao disposto

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ ESTADO DO MARANHÃO LEI Nº 1552, DE 18 DE AGOSTO DE 2011. Disciplina a dação em pagamento de obras, serviços e bem móvel como forma de extinção da obrigação tributária no Município de Codó, prevista no inciso XI do artigo

Leia mais

Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999

Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999 Lei 7645 de 12 de Fevereiro de 1999 INSTITUI O PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DA ÁREA DE ATIVIDADES DE TRIBUTAÇÃO, ESTABELECE A RESPECTIVA TABELA DE VENCIMENTO E DISPÕE SOBRE O QUADRO ESPECIAL DA SECRETARIA

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 015/2015

C O N V Ê N I O Nº 015/2015 C O N V Ê N I O Nº 015/2015 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

Regulamenta os incentivos e benefícios fiscais instituídos pela Lei nº 5.780, de 22 de julho de 2014.

Regulamenta os incentivos e benefícios fiscais instituídos pela Lei nº 5.780, de 22 de julho de 2014. DECRETO Nº 39680 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2014 Regulamenta os incentivos e benefícios fiscais instituídos pela Lei nº 5.780, de 22 de julho de 2014. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições

Leia mais

LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015.

LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO AO CLUBE DA MAIOR IDADE ALEGRIA DE VIVER, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS

Leia mais

LEI Nº 2198/2001. A Prefeita Municipal de Ibiraçu, Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições legais;

LEI Nº 2198/2001. A Prefeita Municipal de Ibiraçu, Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições legais; LEI Nº 2198/2001 INSTITUI O PROGRAMA DE INCENTIVO AO DESLIGAMENTO VOLUNTÁRIO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIRAÇU PDV A Prefeita Municipal de Ibiraçu, Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições

Leia mais

ESTADO DE SÃO PAULO - BRASIL INCENTIVO FISCAL. Lei Complementar 405/07

ESTADO DE SÃO PAULO - BRASIL INCENTIVO FISCAL. Lei Complementar 405/07 INCENTIVO FISCAL Lei Complementar 405/07 REQUISITOS EXIGIDOS PARA OBTENÇÃO E CONCESSÃO DO BENEFÍCIO Do beneficiário: Regularidade fiscal no âmbito municipal da empresa e dos sócios; Quitação integral de

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO)

LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO) LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO) Publicação: DODF nº 192 de 5/10/2000 PÁG.01 e 02. Regulamentada pelo Decreto nº 21.933, de 31/01/2001 DODF nº 23,

Leia mais

LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006.

LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006. LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006. AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO, COM REPASSE DE SUBVENÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Povo do Município de São Gotardo, por seus representantes legais aprovou e eu,

Leia mais

www.viradouro.sp.gov.br www.viradouro.dioe.com.br Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9

www.viradouro.sp.gov.br www.viradouro.dioe.com.br Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9 Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 Ano II Edição nº 251 Página 1 de 9 SUMÁRIO PODER EXECUTIVO DE VIRADOURO 2 Atos Oficiais 2 Licitações e Contratos 7 Secretaria de Negócios Jurídicos 7 Outros Atos 7 Secretaria

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF 032/2014 - PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 6.469, DE 16/12/2003 - Pub. BM nº 1.591, de 19/12/2003

LEI MUNICIPAL Nº 6.469, DE 16/12/2003 - Pub. BM nº 1.591, de 19/12/2003 Art. 1º LEI MUNICIPAL Nº 6.469, DE 16/12/2003 - Pub. BM nº 1.591, de 19/12/2003 O Prefeito Municipal de São José dos Campos faz saber que a Câmara Municipal aprova e ele sanciona e promulga a seguinte

Leia mais

Prefeitura Municipal de Goiatuba

Prefeitura Municipal de Goiatuba Prefeitura Municipal de Goiatuba CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE GOIATUBA, ESTADO DE GOIÁS E A FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DE GOIATUBA Aos dois dias de janeiro do ano de dois

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO II DA FINALIDADE, VINCULAÇÃO E SEDE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO II DA FINALIDADE, VINCULAÇÃO E SEDE LEI N. 2.031, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2008 Institui o Serviço Social de Saúde do Acre, paraestatal de direito privado, na forma que especifica. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.099, DE 1º DE DEZEMBRO DE 1993 "Dispõe sobre a constituição do Conselho Estadual do Bem-Estar Social e a criação do Fundo Estadual a ele vinculado e dá outras providências." O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013.

DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013. DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013. Disciplina a liberação, o cancelamento e a baixa de Alvará de Localização e Funcionamento no município de Erechim. O Prefeito Municipal de Erechim, Estado do

Leia mais

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro LEI COMPLEMENTAR Nº 442, de 13 de maio de 2009 Procedência Governamental Natureza PLC/0006.2/2009 DO. 18.604 de 14/05/2009 *Alterada pela LC 534/11 *Ver Lei LC 534/11 (art. 72) *Regulamentada pelo Dec.

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José dos Campos - Estado de São Paulo - LEI COMPLEMENTAR N 490/13 DE 11 DE ABRIL DE 2013

Prefeitura Municipal de São José dos Campos - Estado de São Paulo - LEI COMPLEMENTAR N 490/13 DE 11 DE ABRIL DE 2013 PUBLICADO (A) NO JORNAL ~~1~J.. ~~e 14~:fâ LEI COMPLEMENTAR N 490/13 DE 11 DE ABRIL DE 2013 Institui Programa de Incentivo Tributário para empreendimentos habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA E CONSULTORIA EM PROJETOS N. 044/2014 Pregão Presencial nº.

CONTRATO ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA E CONSULTORIA EM PROJETOS N. 044/2014 Pregão Presencial nº. I PARTES: CONTRATO ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA E CONSULTORIA EM PROJETOS N. 044/2014 Pregão Presencial nº. 004/2014 A CONTRATANTE: O MUNICÍPIO DE TAQUARUÇU DO SUL, Pessoa Jurídica

Leia mais

Estado de Mato Grosso PREVIARA Fundo Municipal de Previdênc. Soc. de Araputanga MT

Estado de Mato Grosso PREVIARA Fundo Municipal de Previdênc. Soc. de Araputanga MT COMUNICAÇÃO INTERNA De: REGINALDO LUIZ SCHIAVINATO Para: JOSIMAR ALEX DE BARROS Responsável pela Contabilidade do Previara Referente ao Objeto: Contratação de empresa para fornecimento de licenças de uso

Leia mais

Poder Executivo. Lei. Aviso. Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 19 de Agosto de 2013 Edição 1823 R$ 1,00

Poder Executivo. Lei. Aviso. Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 19 de Agosto de 2013 Edição 1823 R$ 1,00 Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 19 de Agosto de 2013 Edição 1823 R$ 1,00 Poder Executivo Aviso Lei Republicar por incorreção Lei nº 3.947, de 28 de Junho de 2013. PREFEITURA

Leia mais

www.viradouro.sp.gov.br www.viradouro.dioe.com.br Terça-feira, 29 de dezembro de 2015 Ano III Edição nº 550 Página 1 de 6

www.viradouro.sp.gov.br www.viradouro.dioe.com.br Terça-feira, 29 de dezembro de 2015 Ano III Edição nº 550 Página 1 de 6 Terça-feira, 29 de dezembro de 2015 Ano III Edição nº 550 Página 1 de 6 SUMÁRIO PODER EXECUTIVO DE VIRADOURO 2 Atos Oficiais 2 Decretos 2 Portarias 5 EXPEDIENTE O Diário Oficial do Município de Viradouro,

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo LEI Nº 2.147, DE 10 DE FEVEREIRO DE 2014. Autoriza o Executivo Municipal de Pareci Novo a conceder auxílio financeiro ao Grupo da Terceira Idade Bem Viver. O PREFEITO MUNICIPAL DE PARECI NOVO, RS, no uso

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 Dispõe sobre a celebração de convênios entre os Creas e as entidades de classe e as instituições de ensino e dá outras providências. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA,

Leia mais

Dispositivos da Constituição

Dispositivos da Constituição Dispositivos da Constituição DISPOSITIVOS DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL PERTINENTES AO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO Art. 19... 1º o controle externo da Câmara Municipal será exercido com o auxílio do Tribunal

Leia mais

DECRETO Nº 45.013, DE 15 DE JULHO DE 2004. MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,

DECRETO Nº 45.013, DE 15 DE JULHO DE 2004. MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, DECRETO Nº 45.013, DE 15 DE JULHO DE 2004 Regulamenta a Lei nº 13.833, de 27 de maio de 2004, que dispõe sobre a criação do Programa de Incentivos Seletivos para a área leste do Município de São Paulo.

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 025/2014

C O N V Ê N I O Nº 025/2014 C O N V Ê N I O Nº 025/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

LEI Nº 3671/2015, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015.

LEI Nº 3671/2015, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. LEI Nº 3671/2015, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL À ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE SANTA RITA, FIRMAR CONVÊNIO, ABRIR CRÉDITO ESPECIAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O PREFEITO

Leia mais

Norma: DECRETO 44245 2006 Data: 22/02/2006 Origem: EXECUTIVO

Norma: DECRETO 44245 2006 Data: 22/02/2006 Origem: EXECUTIVO Norma: DECRETO 44245 2006 Data: 22/02/2006 Origem: EXECUTIVO Ementa: REGULAMENTA O PROGRAMA HABITACIONAL LARES GERAES - SEGURANÇA PÚBLICA NO ÂMBITO DO FUNDO ESTADUAL DE HABITAÇÃO - FEH. Fonte: PUBLICAÇÃO

Leia mais

SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Semanário Oficial Nº 2.400 Campina Grande, 09 a 13 de Fevereiro de 2015 Pág. 1 SEMANÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO Lei Municipal nº. 04

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE MIMOSO DO SUL GABINETE DA PREFEITA

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE MIMOSO DO SUL GABINETE DA PREFEITA PROJETO DE LEI Nº /2013 DISPÕE SOBRE O SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DO MUNICÍPIO DE MIMOSO DO SUL, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Título I Das Disposições Preliminares Art. 1º A organização

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

Câmara Municipal de Cruzeiro Estado de São Paulo

Câmara Municipal de Cruzeiro Estado de São Paulo LIVRO 2/16 LEI N 3056 de 30 de Abril de 1997 Assunto: "Estabelece incentivos para a instalação de novos empreendimentos industriais, comerciais e de serviços no Município". O Exmo. Sr. Prefeito Municipal

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 098/2006-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 098/2006-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 098/2006-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio firmado entre a UNICENTRO e o Banco UNIBANCO. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o Conselho de Administração,

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE GUANHÃES, Estado de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais;

O PREFEITO MUNICIPAL DE GUANHÃES, Estado de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais; LEI Nº 2451 DE 24 DE NOVEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o estágio de estudantes junto ao poder público Municipal, suas autarquias e fundações e dá outras providencias. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUANHÃES, Estado

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER, Prefeito Municipal do Município de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul.

LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER, Prefeito Municipal do Município de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul. LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010 Estabelece medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no Município de Santa Maria e dá outras providências. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER,

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR PROGRAMA DE MUNICIPALIZAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR É com satisfação que a Fundação Procon/SP apresenta o novo Programa de Municipalização que tem como objetivo fortalecer o Sistema Estadual

Leia mais

PAUTA DA 80ª SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE TRÊS PONTAS-MG. 17ª LEGISLATURA - 2013/2016 22 DE SETEMBRO DE 2014 8h ORDEM DO DIA

PAUTA DA 80ª SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE TRÊS PONTAS-MG. 17ª LEGISLATURA - 2013/2016 22 DE SETEMBRO DE 2014 8h ORDEM DO DIA PAUTA DA 80ª SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE TRÊS PONTAS-MG. 17ª LEGISLATURA - 2013/2016 22 DE SETEMBRO DE 2014 8h ORDEM DO DIA 1º item - Projeto de Lei nº 076, de 24 de julho de 2013 Ementa: Regulamenta

Leia mais

LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015.

LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015. LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL À ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE SANTA RITA PROVENIENTE DO FUNDO MUNICIPAL DO IDOSO, FIRMAR CONVÊNIO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

Leia mais

PEDRO SÉRGIO KRONÉIS Prefeito do Município

PEDRO SÉRGIO KRONÉIS Prefeito do Município JUSTIFICATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 09/2015 Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores: Tenho a honra de encaminhar para apreciação dos nobres vereadores do Município de São José da Boa Vista,

Leia mais

NOTA TÉCNICA 48 2013. Lei nº 12.873 de 24/10/2013: PROSUS Registros de preços

NOTA TÉCNICA 48 2013. Lei nº 12.873 de 24/10/2013: PROSUS Registros de preços NOTA TÉCNICA 48 2013 Lei nº 12.873 de 24/10/2013: PROSUS Registros de preços Brasília, 29 de outubro de 2013 INTRODUÇÃO A Lei 12.873 de 24/10/13 trata de vários assuntos, altera algumas leis e entre os

Leia mais

A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei:

A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei: REVOGADA PELA LEI Nº 1.152, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2007 Publicado na Tribuna São José Em, 22.05.1996 LEI Nº 18, DE 20 DE MAIO DE 1996 Dispõe sobre o Plano de Incentivo Empresarial, visando estimular a geração

Leia mais

TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 034/2011 F

TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 034/2011 F TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 034/2011 F Pelo presente instrumento, de um lado o Município de Alvorada - RS, pessoa jurídica de Direito Público Interno, inscrito no CPNJ sob o nº. 88.000.906/0001-57, com

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 055/2014

C O N V Ê N I O Nº 055/2014 C O N V Ê N I O Nº 055/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMEIRA DOS ÍNDIOS GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DE ALAGOAS PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMEIRA DOS ÍNDIOS GABINETE DO PREFEITO PORTARIA Nº 343/2015-GP; DE 23/06/2015. O Exmo. Sr., Municipal de Palmeira dos Índios, Estado de Alagoas, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com o Art. 66, inciso XX, da Lei Orgânica do

Leia mais

MUNICÍPIO DE RIOLÂNDIA. www.riolandia.sp.gov.br www.riolandia.dioe.com.br. Terça-feira, 25 de novembro de 2014 Ano I Edição nº 112 Página 1 de 9

MUNICÍPIO DE RIOLÂNDIA. www.riolandia.sp.gov.br www.riolandia.dioe.com.br. Terça-feira, 25 de novembro de 2014 Ano I Edição nº 112 Página 1 de 9 Terça-feira, 25 de novembro de 2014 Ano I Edição nº 112 Página 1 de 9 SUMÁRIO PODER EXECUTIVO DE RIOLÂNDIA 2 Atos Oficiais 2 Leis 2 Decretos 8 EXPEDIENTE O Diário Oficial do Município de Riolândia, veiculado

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República Casa Subchefia para Assuntos Jurídicos Civil DECRETO Nº 6.170, DE 25 DE JULHO DE 2007. Dispõe sobre as normas relativas às transferências de recursos da União mediante convênios

Leia mais

Rua Frei Caneca, 1398/1402 Consolação São Paulo/SP - CEP 01307-002.

Rua Frei Caneca, 1398/1402 Consolação São Paulo/SP - CEP 01307-002. TERMO DE CONTRATO EMERGENCIAL Nº. 246/2014 PROCESSO Nº: 2014.0.320.090-0 CONTRATANTE: AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL CONTRATADA: G4S INTERATIVA SERVICE LTDA. CNPJ/MF Nº: 02.812.740/0001-58 OBJETO DO CONTRATO:

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001554/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/08/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR032670/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.023032/2010-49 DATA DO

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA FRAÇÃO SECA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: DOMICILIAR, COMERCIAL E INDUSTRIAL RECICLÁVEIS OU

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA FRAÇÃO SECA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: DOMICILIAR, COMERCIAL E INDUSTRIAL RECICLÁVEIS OU CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA DA FRAÇÃO SECA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: DOMICILIAR, COMERCIAL E INDUSTRIAL RECICLÁVEIS OU REUTILIZÁVEL. Abril de 2014 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CAÇAMBAS N o 072/2012

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CAÇAMBAS N o 072/2012 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE CAÇAMBAS N o 072/2012 Por este instrumento, que entre si celebram, de um lado o CAIAPONIA PREFEITURA MUNICIPAL, pessoa jurídica de direito público interno, com sede na Rua Pedro

Leia mais

DECRETO Nº 29 993, de 09 de dezembro de 2009.

DECRETO Nº 29 993, de 09 de dezembro de 2009. DECRETO Nº 29 993, de 09 de dezembro de 2009. REGULAMENTA A LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL Nº 81, DE 02 DE SETEMBRO DE 2009, QUE INSTITUI O FUNDO DE INCENTIVO À ENERGIA SOLAR DO ESTADO DO CEARÁ FIES, E DÁ OUTRAS

Leia mais

*Lei Complementar 374/2009: CAPÍTULO I DA INSCRIÇÃO, LEGALIZAÇÃO E BAIXA

*Lei Complementar 374/2009: CAPÍTULO I DA INSCRIÇÃO, LEGALIZAÇÃO E BAIXA *Lei Complementar 374/2009: LEI COMPLEMENTAR Nº 374, DE 23 DE SETEMBRO DE 2009. REGULAMENTA O TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS, ÀS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE E AOS MICROEMPRESÁRIOS

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI COMPLEMENTAR Nº 11.977, DE 07 DE OUTUBRO DE 2003. (publicada no DOE nº 195, de 08 de outubro de 2003) Introduz

Leia mais

LEI N 0 2.181 DE 12 DE OUTUBRO DE 1978 O GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE,

LEI N 0 2.181 DE 12 DE OUTUBRO DE 1978 O GOVERNO DO ESTADO DE SERGIPE, LEI N 0 2.181 DE 12 DE OUTUBRO DE 1978 Autoriza o Poder Executivo a criar a Administração Estadual do Meio Ambiente, sob a forma de autarquia estadual, e dá outras providências. O GOVERNO DO ESTADO DE

Leia mais

Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 EDITAL DE NOTIFICAÇÃO

Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 EDITAL DE NOTIFICAÇÃO Diário Oficial de Ponta Porã-MS 23.02.2012 Criado pela Lei Complementar Nº 15 de 02/07/2004 Ponta Porã-MS, 23 de Fevereiro de 2012 Edição 1467 R$ 1,00 Poder Executivo Avisos SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

DECRETO Nº 19.152, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015.

DECRETO Nº 19.152, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015. DECRETO Nº 19.152, DE 29 DE SETEMBRO DE 2015. Regulamenta o Fundo Especial Pró-Mobilidade (FUNPROMOB), de natureza contábil, e a alienação dos Índices Especiais Pró-Mobilidade, criados pela Lei Complementar

Leia mais

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO DIVISÃO DE LEGISLAÇÃO

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO DIVISÃO DE LEGISLAÇÃO LEI Nº. 5.239, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013. Autoriza o Poder Executivo a realizar Convênio de prestação de Serviços com a Irmandade da Santa Casa de Caridade de Alegrete. O PREFEITO MUNICIPAL Faz saber,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 2.054, DE 29 DE OUTUBRO DE 2015 (D.O.M. 29.10.2015 N. 3.763 Ano XVI) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno Semef,

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 014/PGM/2013 - PROCESSO Nº 09.0070/2013

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 014/PGM/2013 - PROCESSO Nº 09.0070/2013 1 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO/SEMED, DE UM LADO, E DE OUTRO A ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E AMIGOS DO BAIRRO CONCEIÇÃO - ESCOLA

Leia mais

Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: LEI MUNICIPAL Nº 1833/2015. AUMENTA O NÚMERO DE CARGOS EM COMISSÃO, CRIA PADRÃO DE VENCIMENTO E FUNÇÕES GRATIFICADAS NO QUADRO DE CARGOS E FUNÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO, E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015

TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015 TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015 TERMO DE CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE ALTO GARÇAS/MT E O CONSÓRCIO REGIONAL DE SAÚDE SUL DE MATO GROSSO - CORESS/MT, PARA OS FINS QUE ESPECIFICAM. O MUNICÍPIO

Leia mais

DECRETO Nº 1358, DE 08 DE JUNHO DE 2015 D E C R E T A: DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

DECRETO Nº 1358, DE 08 DE JUNHO DE 2015 D E C R E T A: DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1 Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 1358, DE 08 DE JUNHO DE 2015 Regulamenta a Lei 9.499, de 26 de novembro de 2014, que instituiu o Programa Nota GYN, no Município de Goiânia e dispôs sobre a geração e

Leia mais

RECEITAS DE CAPITAL 88.883.221 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 59.214..075 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 29.669.146 TOTAL 1.136.493.735

RECEITAS DE CAPITAL 88.883.221 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 59.214..075 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 29.669.146 TOTAL 1.136.493.735 LEI Nº 16.929 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2003 ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DA PREFEITURA DO RECIFE PARA O EXERCÍCIO DE 2004. O POVO DA CIDADE DO RECIFE, POR SEUS REPRESENTANTES, DECRETA E EU, EM SEU NOME,

Leia mais

LEI Nº 8478, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2010.

LEI Nº 8478, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2010. LEI Nº 8478, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2010. CRIA O FUNDO MUNICIPAL DE CULTURA DE FLORIANÓPOLIS (FMCF), VINCULADO À FUNDAÇÃO CULTURAL DE FLORIANÓPOLIS FRANKLIN CASCAES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS Faço saber a

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JURANDA LEI Nº 931/2010 Dispõe sobre incentivo fiscal para a realização de projetos culturais no Município de Juranda, Estado do Paraná, e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE JURANDA, ESTADO DO PARANÁ,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 031, DE 10 DE JANEIRO DE 2001. FAÇO SABER que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

LEI COMPLEMENTAR Nº 031, DE 10 DE JANEIRO DE 2001. FAÇO SABER que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei Complementar: LEI COMPLEMENTAR Nº 031, DE 10 DE JANEIRO DE 2001 Altera dispositivos da Lei Complementar nº 20, de 02 de março de 1999, e dá outras providências. A PREFEITA MUNICIPAL DO NATAL, FAÇO SABER que a Câmara

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui o Programa Pró-Catador, denomina Comitê Interministerial para Inclusão Social

Leia mais

DECRETO Nº 11.560 D E C R E T A:

DECRETO Nº 11.560 D E C R E T A: DECRETO Nº 11.560 Estabelece normas para o tratamento diferenciado e favorecido às Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Empreendedor Individual nos termos da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro

Leia mais

Marcones Libório de Sá Prefeito

Marcones Libório de Sá Prefeito Mensagem n. 010 /2015 Salgueiro, 14 de Setembro de 2015. Senhor Presidente, Senhores (as) Vereadores (as), Considerando os princípios de descentralização e transparência, que tem levado esta administração

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DO ARRAIAL PROJETO DE LEI MUNICIPAL N.º. /2007, DE 26 DE NOVEMBRODE 2007.

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DO ARRAIAL PROJETO DE LEI MUNICIPAL N.º. /2007, DE 26 DE NOVEMBRODE 2007. PROJETO DE LEI MUNICIPAL N.º. /2007, DE 26 DE NOVEMBRODE 2007. Cria o Fundo Municipal de Microcrédito e Apoio à Economia Solidaria-FUMAES e Institui o Conselho Gestor do FUMAES e da outras providências.

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 011/2013

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 011/2013 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 011/2013 OBJETO: LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA CEDÊNCIA A EMPRESA ROSANGELA MENEGAT ALBARELLO & CIA LTDA. VANDERLEI ZANATTA, Prefeito Municipal de Taquaruçu do Sul, no uso das atribuições

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Aripuanã

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Aripuanã LEI Nº. 721/2007 SÚMULA: DISPÕE SOBRE O SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DO MUNICÍPIO DE ARIPUANÃ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Estado de Mato Grosso, seguinte Lei: EDNILSON LUIZ FAITTA, Prefeito Municipal de Aripuanã,

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO 1 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES E TRÂNSITO/SEMTRAN, DE UM LADO, E DE OUTRO O ESTADO DE RONDÔNIA, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA

Leia mais

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS:

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: Diário Oficial do Município de Guanambi - Bahia Poder Executivo Ano VII Nº 1047 10 de Novembro de 2015 RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: LEIS LEI Nº 1008 DE PORTARIAS PORTARIA

Leia mais

LEI Nº 1.048, de 12 de novembro de 2009.

LEI Nº 1.048, de 12 de novembro de 2009. LEI Nº 1.048, de 12 de novembro de 2009. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. CIRILDE MARIA BRACIAK, Prefeita

Leia mais

PORTARIA Nº 754, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010

PORTARIA Nº 754, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010 PORTARIA Nº 754, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010 Estabelece ações, normas, critérios e procedimentos para o apoio à gestão e execução descentralizadas do Programa Bolsa Família, no âmbito dos municípios, e dá

Leia mais

LEI N 547, DE 03 DE SETEMBRO DE 2010.

LEI N 547, DE 03 DE SETEMBRO DE 2010. Pág. 1 de 5 LEI N 547, DE 03 DE SETEMBRO DE 2010. CRIA O FUNDO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL FMHIS E INSTITUI O CONSELHO GESTOR DO FMHIS. O PREFEITO MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL ACRE, EM EXERCÍCIO,

Leia mais

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Estima a receita e fixa a despesa do Município de Uberaba para o exercício de 2005, e contém outras disposições. O Povo do Município de Uberaba, Estado de Minas

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005

RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005 RESOLUÇÃO CONJUNTA CGM/SMAS/SMA Nº 019 DE 29 ABRIL DE 2005 Dispõe sobre os procedimentos para cadastramento de Fundações Privadas ou Associações pela Comissão de Cadastramento de ONGs e Associações, de

Leia mais

Art. 3 o Na aplicação dos recursos originários desta Lei, será obedecido o que dispõe a Lei Municipal n o 2.946, de 21 de fevereiro de 2002.

Art. 3 o Na aplicação dos recursos originários desta Lei, será obedecido o que dispõe a Lei Municipal n o 2.946, de 21 de fevereiro de 2002. PROJETO DE LEI N o 5, DE 14 DE JANEIRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO A FIRMAR CONVÊNIO E A REPASSAR CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA AO FRATERNO AUXÍLIO CRISTÃO, PARA EXECUÇÃO DE PROJETOS CONFORME ESPECIFICADO.

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ LEI Nº 5456, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012. Estima a receita e fixa a despesa do Município de Sumaré para o exercício financeiro de 2013, e dá outras providências.- O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ seguinte

Leia mais

LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 5026 DE 19 DE MAIO 2009 Dispõe sobre a qualificação de entidades como Organizações Sociais e dá outras providências. Autor: Poder Executivo O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, faço saber que

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUAÇU ESTADO DE GOIÁS PODER EXECUTIVO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CNPJ 01.219.807/0001-82

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUAÇU ESTADO DE GOIÁS PODER EXECUTIVO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CNPJ 01.219.807/0001-82 Lei n.º 1.482/2009 Uruaçu-Go., 31 de agosto de 2009. Dispõe sobre a criação da Secretaria Municipal de Transporte e Serviços Urbanos altera a lei 1.313/2005 e dá outras O PREFEITO MUNICIPAL DE URUAÇU,

Leia mais

Nova Legislação Específica Sobre Estágio LEI N.º 11.788, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008.

Nova Legislação Específica Sobre Estágio LEI N.º 11.788, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008. Nova Legislação Específica Sobre Estágio LEI N.º 11.788, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho CLT, aprovada

Leia mais

CONTRATO Nº 032/05 CONTRATAÇÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS

CONTRATO Nº 032/05 CONTRATAÇÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS CONTRATO Nº 032/05 CONTRATAÇÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS Que fazem entre si, o MUNICÍPIO DE IBICARÉ, Pessoa Jurídica de Direito Público Interno, inscrito no CNPJ/MF sob N.82.939.448/0001-30, com sede na

Leia mais

TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014

TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014 TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014 Termo de credenciamento para contratação de instituições financeiras oficiais com agência estabelecida no território do Município de Não-Me-Toque para prestação de

Leia mais