CURSO SEGURANÇA ELETRÔNICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO SEGURANÇA ELETRÔNICA"

Transcrição

1 CURSO SEGURNÇ ELETRÔNIC ÓDULO 1 LRES CONVENCIONIS Setembro de 2003 Eng. Volnei Camargo Dutra

2 1 SISTES DE SEGURNÇ ELETRÔNIC 1.1 Controle de cesso : Sistema utilizado para controlar o fluxo de pessoas à determinadas àreas de uma empresa ou organização. No lugar da "chave" utilizase códigos ou dispositivos especiais (transponders) e, no lugar do "buraco da fechadura" são instaladas senhas, teclados, decodificadores e outros dispositivos.. Principais equipamentos utilizados para controle de acesso : Senhas, Teclados, Fechos agneticos, Leitores de Cartão, Transponders, Sensores de proximidade e outros. 1.2 CFTV Circuito Fechado de Televisão : Utilizado para o monitoramneto de áreas através da verificação visual à distância. Essa é a principal vantagem deste sistema, visto que o observador fica oculto e sem contato com a pessoa ou área à ser observada. Podese ainda utilizar recursos como a gravação e edição de imagens e sons. Equipamentos : Câmeras, monitores de TV, fontes, gravadores VHS, gravadores em disco rígido (Winchester), gravadores em memória Flash, time lapses, video fones, quads e outros. 1.3 Cerca Elétrica : Sistema cuja principal característica é a proteção periférica e a intimidação do intruso através de choque elétrico. É um sistema muito eficaz, pois protege contra invasão atuando na periferia da área protegida, mantendo o invasor à distância. Possui ainda recursos antisabotagem tais como alarme contra aterramanto e corte de fio da cerca. O principio ativo da cerca elétrica é o CHOQUE PULSTIVO ou choque psicológico, cuja função principal é provocar dor sem causar dano fisico. 1.4 larmes : Os alarmes isolados ou convencionais são sistemas amplamente utilizados pelo fato de serem relativamente baratos e fáceis de instalar. Tem como principais atributos, fazer barulho e/ou avisar o usuário à distância quando forem disparados. Existem basicamente dois tipos de alarmes no mercado : larmes onitorados e larmes Isolados larmes onitorados : São aqueles em que o alarme envia periodicamente informações (registros) para a Central de onitoramento, onde existem pessoas de plantão. Quando houver alguma ocorrência, imediatamente serão tomadas as ações apropriadas, tais como ida ao local, chamada da policia etc... eios de Comunicação com a Central : Linha Telefônica ou Rádiofrequência (VHF,UHF, celular ou satelite). Neste tipo de instalação será cobrada do usuário uma taxa mensal do usuario pelo serviço. Também é cobrada a instalação, venda ou aluguel do equipamento. PRINCIPL VNTGE : Vigilância constante e ação imediata. PRINCIPL DESVNTGE : Custo larmes Convencionais : Neste tipo de instalação o plantonista é o próprio usuário. Esteja onde estiver precisará tomar as ações que julgar necessarias quando o alarme disparar. Existem no mercado, alarmes convencionais com recursos, capazes de oferecer ao cliente opções diversas e confiáveis em segurança. Cabe ao instalador, oferecer e vender bem essas funcionalidades. uitas delas além de proporcionar maior segurança ainda facilitam bastante a instalação. PRINCIPL VNTGE : Confiabilidade e baixo custo relativo. PRINCIPL DESVNTGE : Sistema isolado sem vigilancia constante.

3 2 LRES CONVENCIONIS : 2.1 Principais componentes de um Sistema de larmes Convencional: Central Equipamento responsável pelo processamento dos sinais dos sensores e pelo acionamento dos periféricos de saída. É o principal componente do sistema, daí a denominação Central de larmes Sensores : Dispositivos periféricos encarregados de detectar a violação do sistema e transmitir as informações para a Central. a) Sensores com Fio : Necessitam de uma ligação física (fio) com a central para funcionarem. Exemplo : Sensores magnéticos, infravermelhos passivos com fio, infravermelhos ativos, barreira à laser. b) Sensores sem Fio :Transmitem a informação de setor violado através de ondas de rádio. Exemplo : Sensores magnéticos sem fio, infravermelhos passivos sem fio e outros Periféricos de Saída : São encarregados de avisar o usuário sobre a violação do sistema e também servem para afugentar o intruso. Exemplo : Discadores, sirenes, sinalizadores, transmissores por RF etc Elementos de cionamento : Servem para ligar ou desligar a central. Exemplo : Controles Remoto, Senhas Digitais, Teclados, Chaves etc Fiação : São utilizados para interligar sensores e periféricos com a central Pilhas e Baterias : São usadas nos controles remotos (pilhas) e para Back Up na central (bateria 12V). 2.2 O QUE É : Setor ou Zona de larme : grupamento de sensores com ou sem fio ligados em uma deternina da entrada (canal) da central de alarmes. Como regra, corresponde à uma área ou dependência do local à ser protegido. Exemplo : Setor 1 Sensores da sala ligados na entrada 1 da central. Setor 2 Sensores da cozinha ligados na entrada 2 da central, e assim por diante. setorização é muito útil quando se deseja uma melhor visualização e controle do sistema. É recomendável que locais com várias dependências ou muitos sensores utilizem alarmes com mais de um setor. Isso será explicado mais adiante Contato NF Contato normalmente fechado. bre quando o sensor for violado Ligação Série : Esquema elétrico usado para a instalação de sensores com fio do alarme. Este é o princípio básico do disparo de qualquer central de alarme. Ver figura abaixo : Central 1 corrente NF NF NF Setor Sensor 1 Sensor 2 Sensor 3 Ligação Série 0 Quando todos os contatos dos sensores estiverem fechados, a corrente elétrica fluirá do ponto 1 para o ponto 0. Se qualquer um dos sensores for disparado o contato abrirá interrompendo a corrente. Essa é a informação que a central usa para detectar disparos nos sensores com fio Ligação Paralela : Tipo de ligação usada na alimentação dos sensores. Central Sensor 1 Sensor 1 Sensor 1

4 2.2.5 Setor isto : Funciona com sensores com fio e sem fio simultaneamente Tempo de Entrada (retardo para disparar) : central espera um determinado tempo até o usuário efetuar o desarme. Caso isso não ocorra, dispara o sistema Tempo de Saída (retardo para ativar) : Uma vez armada, a central espera um determinado tempo para ativar. Esse atraso deve ser suficiente para o usuário deixar o recinto sem disparar o sistema Função ntissalto (Pânico Silencioso) : Quando esse recurso é acionado, a central dispara so mente o discador, mesmo estando desativada Pânico Sonoro : Disparo do sistema, causado propositalmente pelo usuário para chamar atenção em situações de emergência. ciona a sirene e o discador ou somente o discador Zonas Cruzadas : Ocorre quando determinada área ou entrada é protegida por dois ou mais sen sores instalados em setores ou zonas diferentes. É indicado em casos críticos ou de alta segurança RFL (Resistor de Fim de Linha) : Resistor instalado junto aos sensores com fio para prevenir sabotagens no sistema DCL (Detector de Corte de Linha) : Equipamento instalado com a finalidade de acusar cortes ou sabotagens na linha telefônica Discador Telefônico : Equipamento programável, cuja função é discar para uma determinada sequência de números telefônicos quando o alarme disparar. O números são programados pelo usuário. atender o telefone, será ouvido um toque de sirene ou uma mensagem de voz Discagem por Pulso : Sistema de discagem antigo, que utilizaça a comutação da linha telefônica para fazer a discagem. VNTGE : enos Sensível à Interferências (Ruído de Linha). DESVNTGENS : Discagem demorada e burulhenta (pode chamar a atenção do ladrão) Discagem por Tom (DTF Dual Tone ulti Frequencial) : Sistema de discagem moderno e rápido. È o mais indicado em sistemas de alarme. VNTGENS : Discagem rápida e silenciosa. DESVNTGE : Sensível à ruídos (interferências na linha telefônica) ódulo de Voz : Equipamento capaz de gravar digitalmente uma mensagem. É utilizado em conjunto com discadores convencionais.

5 S 3 INSTLÇÃO : 3.1 Identificando os bornes de conecção da central. Cada fabricante possui uma disposição diferente dos bornes de ligação. tiítulo de exemplo, vamos utilização a central CODE 300 como exemplo : F S O N D Tecla PROG ENTER Entrada Senha Botoeira Saídas LED Externo PROG BOT LED D0 DSEN Set3 Set2 Set1 Com Sire Vcc Vcc Set3 Set2 Set1 Com Sire Vcc Vcc CD1 Saída DIS para Discador Esta é uma das centrais mais completas do mercado. Instalando e programando uma CODE 300 não teremos dificuldade em fazer o mesmo com qualquer outro alarme. Entrada Setor 3 Entrada Setor 2 Entrada Setor 1 Comum ( 12 V) Entrada 12 V Entrada 12 V Saída Sirene Figura Identificando os Bornes dos Sensores Infravermelhos : Também neste ítem, cada fabricante possui uma disposição própria. Vamos usar como exemplo o infravermelho passivo IR Basicamente existem dois bornes de alimentação ( 12 V e 12 V ) e dois bornes de contato NF, identificados como RELY, os quais deverão ser ligados em série com outros sensores formando o circuito de disparo do setor da central. LED OFF LED ON USTE DE PULSO IR01 12V L E D OFF ON P U L S E V 12V RELY 12V SÍD NF TPER Figura 2 db TPER IR 1060 juste de Ganho IR 1060 lcance aior Placa p/ Baixo enorplaca p/ Cima 3.3 Identificando as conecções do discador : Essencialmente cada discador possui cinco bornes para ligação. Vamos tomar como exemplo o discador DS 500. :: Linha 1 e Linha 2 : Ligação na linha telefônica. Não precisa preocuparse com polaridade. :: 12 V : Positivo da limentação :: 12 V : Negativo da limentação. :: DIS : Sinal de disparo. Pode ser obtifo da saída para a sirene ou em bornes específicos, como ocorre na centrais. :: Terra : Terminal para aterramento. Terra Linha 1 Linha 2 12 V 12 V DIS TERR D2 LINH1 LINH2 12 V 12 V DIS R15 R10 R4 F O N D D1 by Dutra DS1 V1 V2 VOZ

6 3.4 Conhecendo o Cabo 4 Vias : Esse cabo é padrão para praticamente todas as instalações de alarmes. Com ele podese alimentar e colher sinais de disparos de todos os sensores com fio do mercado. lém disso é barato e funcional. O tipo rígido quebrase com muita facilidade, não deve ser dobrado em curvas muito fechadas. UITO IPORTNTE : IS UTILIZE O CBO 4 VIS PR FZER LIGÇÕES DE FORÇ E 110 ou 220 V. Os cabos coloridos utilizamos para identificar as conecções. Geralmente os cabos vermelho e preto são usados para a alimentação 12 V e 12 V respectivamente, e os cabos amarelo e verde para o sinal de disparo. :: Polaridade : limentação dos infravermelhos é polarizada, ou seja, não funciona se for trocado o positivo pelo negativo. á os contatos (RELY) não são polarizados podendo ser ligados de qualquer forma, desde que obedeçam o princípio da ligação série entre os sensores. 3.5 sirene : Geralmente possui os cabos de alimentação nas cores vermelha e preta. Vermelho : Positivo 12 V Preto : Negativo 12 V. Da mesma forma que o infra, a sirene é polarizada. Se ligada invertida, não funciona.

7 S O N 4 untando as Partes : Vamos ver como ficaria a ligação de uma CODE 300 com : :: 2 Sensores Passivos Infravermelhos. :: 1 Sensor agnético de porta. :: 1 Discador DS500 :: 1 Sirene BTERI 12V LINH TELEFÔNIC CENTRL DISCDOR S O N D R15 F TERR R10 D2 LINH1 PROG D0 LINH2 R4 12 V BOT DSEN 12 V DIS F D D1 LED Set3 Set2 Set1 Com Sire Vcc Vcc by Dutra DS1 Set3 Set2 Set1 Com Sire VccVcc V1 VOZ V2 IÃ SENSOR SIRENE 12 V INFR 1 INFR 2 Cabo 4 Vias db db IR01 IR01 L E D OFF ON L E D OFF ON P U L S E P U L S E V 12V RELY TPER 12V 12V RELY TPER

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central de Alarme Particionada AP/AP D Índice 1.Apresentação... 2.Características... 3.Características Técnicas... 5.Status de Bips... 5 5.Status dos Led s... 5 6.Conhecendo

Leia mais

Compacta e de fácil programação possuindo:

Compacta e de fácil programação possuindo: '(6&5,d (6*(5$,66/$; Sua central de alarme 6/ ± $;, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), controle remoto e discador telefônico,

Leia mais

A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D

A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D COMPATEC A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D ÍNDICE Apresentação...3 Conheçendo a central...3 Características Gerais...4

Leia mais

AP4/AP4D CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira www.compatec.com.

AP4/AP4D CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira www.compatec.com. SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMPATEC ALARMES PARA SUA SEGURANÇA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira

Leia mais

Apostila Básica sobre Alarmes Residenciais

Apostila Básica sobre Alarmes Residenciais Apostila Básica sobre Alarmes Residenciais Luiz Bertini - 1 - - 2 - Apostila Básica sobre Alarmes Residenciais O objetivo desta apostila é apresentar alguns conhecimentos para quem já conhece um pouco

Leia mais

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT Sua central de alarme SL AX4 - MT, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), com opções monitoráveis

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680 Prezado cliente, Muito obrigado por escolher o alarme residencial TPS-100: você adquiriu um produto de alta qualidade, confiabilidade e sofisticação. Por favor leia todas as instruções relacionadas ao

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 4 setores expansível para 8 ou 12 setores; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Acionamento

Leia mais

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8

MANUAL DO INSTALADOR. CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 1 2 MANUAL DO INSTALADOR CENTRAL DE ALARME SUPÉRIA 3000 D4 e SUPÉRIA 3000 D8 Parabéns, você adquiriu um sistema de alarme da CS Eletrônica. Os nossos equipamentos foram projetados para lhe oferecer anos

Leia mais

ST4 PLUS. Central de alarme MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A

ST4 PLUS. Central de alarme MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMPATEC A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria

Leia mais

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ

CENTRAL DE ALARME ASD-600 SINAL E VOZ CENTRAL DE ALARME ASD-6 SINAL E VOZ Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo ASD-6 produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO COMPATEC ALARMES PARA SUA SEGURANÇA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Impresso Fevereiro 2009 suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D 12 Manual do Usuário Intrusos podem entrar em zonas sem proteção, ou ter sofisticação para isolar um sensor ou desconectar dispositivos de aviso de alarme; Central, detectores, sensores só funcionam quando

Leia mais

Índice. 1. Características técnicas

Índice. 1. Características técnicas Termo de garantia A ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na rua Carlos Ferrari nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena 38 R2M CENTRAL DE ALARME 2 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA Led - setor 2 Buzzer Placa de RF Antena Led - setor

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA-4

CENTRAL DE ALARME BRISA-4 CENTRAL DE ALARME BRISA-4 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS -4 zonas mistas programáveis -disca para até 4 telefones -pânico pelo controle remoto -dupla tecnologia hopping code e rolling code em 4,9mhz -indica

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804 CENTRAL DE ALARME - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela rede AC. Led BATERIA: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela bateria. Led ARMADO: Aceso indica que

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

UM SENSOR APENAS... 14 SENSOR MAGNÉTICO... 14 SENSORES EM SÉRIE... 14 BORNE DE ZONA DESABILITADO... 14

UM SENSOR APENAS... 14 SENSOR MAGNÉTICO... 14 SENSORES EM SÉRIE... 14 BORNE DE ZONA DESABILITADO... 14 Índice PROGRAMAÇÃO...3 GRAVANDO CÓDIGOS : PROG 0...4 ZONAS : PROG 1...5 PARTIÇÕES : PROG 2...6 TEMPORIZAÇÕES : PROG 3...7 SENHAS : PROG 4...8 SAÍDA PGM : PROG 5...9 CONFIGURAÇÕES : PROG 6... 10 VALORES

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF

GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1004 RF DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES Parabéns, você acaba de adquirir um produto concebido com a tecnologia e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 1004

Leia mais

CONTROLE REMOTO VEICULAR

CONTROLE REMOTO VEICULAR Hamtronix MCR300EA Manual de Instalação e Operação Software A Hardware Revisão E ÍNDICE Índice... 02 Suporte Online... 02 Termo de Garantia... 02 COMO FUNCIONA Funcionamento das saídas... 03 Funcionamento

Leia mais

Obs.: O processo irá se repetir enquanto durar o disparo do alarme.

Obs.: O processo irá se repetir enquanto durar o disparo do alarme. pág. 9 DISCADOR T-430 Aplicação: Equipamento desenvolvido a fim de realizar automaticamente discagens telefônicas para aviso de alarme. Podendo ser implementado praticamente à todos os sistema de alarme.

Leia mais

Central Monitorada CAM 816

Central Monitorada CAM 816 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central Monitorada CAM 816 www.compatec.com.br Índice 1.Apresentação... 2.Características Gerais....Características Técnicas... 4 4.Status de Bips... 4 5.Status de Bips

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

Apostila de Programação POSONIC

Apostila de Programação POSONIC Apostila de Programação POSONIC Programação de Usuário Senha Usuário Mestre: 474747 Cadastro de usuário [ENTER] + cod.mestre + Nº de alocação [01] + senha nova + [ENTER] Alteração de senha de usuário [ENTER]

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL MC - 4

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL MC - 4 Central de Alarme MC-4 1. Apresentação 3 2. Características 3 3. Conhecendo a Central de Alarme MC-4 4 4. Instalação 4 4.1 Especificações Técnicas 4 4.2 Especificação da Fiação 5 4.3 Escolha dos Sensores

Leia mais

PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO

PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO Active 20 GPRS Rev00 23/04/2009 1- CARACTERÍSTICAS GERAIS 8 Zonas duplas programáveis, mais 1 zona por teclado; 4 Teclados endereçáveis com programações independentes;

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Central de Alarme Intelbras AMT 1010 / AMT 1018

GUIA DO USUÁRIO. Central de Alarme Intelbras AMT 1010 / AMT 1018 AMT 1010 AMT 1018 GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras AMT 1010 / AMT 1018 DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvimento com a tecnologia e segurança Intelbras.

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 1 setor; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Freqüência de transmissão: 433MHz;

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme AP 1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme AP 1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central de Alarme AP 1 www.compatec.com.br 2.Características...3 3.Características Técnicas...3 4.Conhecendo o seu produto...4 5.Programando o seu produto...5 6.Utilidades...8

Leia mais

MODEM MONITORAMENTO. Manual de Instalação e Operação

MODEM MONITORAMENTO. Manual de Instalação e Operação COMPATEC PRODUTOS PARA SUA SEGURANÇA MODEM MONITORAMENTO Manual de Instalação e Operação ÍNDICE Características técnicas do modem...3 Características gerais do modem...3 Conheça o modem...3 Apresentação...4

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS S.A.F.- DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO 1/5 ANEXO I

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE PELOTAS S.A.F.- DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO 1/5 ANEXO I S.A.F.- DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO 1/5 ANEXO I MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO CENTRAIS DE ALARMES O presente memorial tem por objetivo descrever as instalações do sistema de proteção

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final)

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final) 1 - INTRODUÇÃO: CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final) Trata-se de uma sistema de alarme de incêndio para utilização onde há somente acionadores manuais e sirenes convencionais, não

Leia mais

T-530. Características. Características técnicas TELE ALARME MICROPROCESSADO. Aplicação

T-530. Características. Características técnicas TELE ALARME MICROPROCESSADO. Aplicação 12 T-530 TELE ALARME MICROPROCESSADO Aplicação Equipamento desenvolvido a fim de realizar automaticamente discagens telefônicas para aviso de alarme. Podendo ser implementado praticamente à todos os sistema

Leia mais

Discador Celular D-Cell

Discador Celular D-Cell Discador Celular D-Cell Guia rápido de programação Introdução O discador celular D-Cell fornece um sistema seguro de comunicação entre o seu equipamento de alarme e você. Utiliza a infraestrutura de telefonia

Leia mais

DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES

DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES DIGIPLEX-NE MANUAL EXPLICATIVO CARACTERÍTICAS E FUNÇÕES INTRODUÇÃO A integridade de um sistema de segurança não esta somente na central, teclados, detectores e outros acessórios, mas na habilidade de comunicar

Leia mais

Discador Celular D-Cell

Discador Celular D-Cell Discador Celular D-Cell Guia rápido de programação O discador celular D-Cell fornece um sistema seguro de comunicação entre o seu equipamento de alarme e você. Utiliza a infraestrutura de telefonia móvel

Leia mais

Global Security Network GSN Brasil. 1

Global Security Network GSN Brasil. 1 Global Security Network GSN Brasil. 1 Operação Básica O teclado Spectra 1689 e o Teclado 1641 (cristal liquido) funcionam da mesma maneira, Mas não oferecem a mesma visualização. Nesta seção veremos suas

Leia mais

MÓDULO DE CONTROLE REMOTO

MÓDULO DE CONTROLE REMOTO Hamtronix MCR400 Manual de Instalação e Operação Software A/B/C Hardware Rev. B ÍNDICE Suporte Online... 02 Termo de Garantia... 02 Descrição do Produto... 03 Versões do Software... 03 Funcionamento das

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Recomendação:

TERMO DE GARANTIA. Recomendação: TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

SEÇÃO 06 TESTES E SUPERVISÃO...29 [ 013 ] - Modo de Teste...29 [ 028 ] - Primeiro Teste do Dia...29 [ 029 ] - Intervalo de Teste...

SEÇÃO 06 TESTES E SUPERVISÃO...29 [ 013 ] - Modo de Teste...29 [ 028 ] - Primeiro Teste do Dia...29 [ 029 ] - Intervalo de Teste... V3.5 R3.4 2 Índice INDICAÇÕES DO TECLADO...5 Escolha do local para fixação...6 Alimentação...6 Saídas programáveis (pgm e pgm2)...7 Teclado...8 Instalação das zonas...9 Linha telefônica... Modo de Programação...3

Leia mais

ANM 1002 PL ANM 1004 PL. GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras ANM 1002 PL / ANM 1004 PL

ANM 1002 PL ANM 1004 PL. GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras ANM 1002 PL / ANM 1004 PL ANM 1002 PL ANM 1004 PL GUIA DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras ANM 1002 PL / ANM 1004 PL DESCRIÇÃO E APLICAÇÕES Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a tecnologia e segurança

Leia mais

T O M e P U L S O. Disca em linhas ECONÔMICAS. Discadora Telefônica

T O M e P U L S O. Disca em linhas ECONÔMICAS. Discadora Telefônica Discadora Telefônica T O M e P U L S O Disca em linhas ECONÔMICAS Disca em modo TOM e PULSO Disca para até 5 números Não perde memória em caso de falta de energia elétrica www.genno.com.br MAGADTDPTF05V1

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

CENTRAL DE ALARME ASD-260 SINAL/VOZ

CENTRAL DE ALARME ASD-260 SINAL/VOZ CENTRAL DE ALARME ASD-60 SINAL/VOZ Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo ASD-60 produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação... 3 2 Características... 3 3 - Apresentação da Central... 3 3.1 - Parte externa... 3 3.2 - Parte interna... 4 4 - Diagramas

Leia mais

www.sulton.com.br 1. Apresentação do Tele Alarme Tom e Pulso

www.sulton.com.br 1. Apresentação do Tele Alarme Tom e Pulso 1. Apresentação do Tele Alarme Tom e Pulso Equipamento desenvolvido a fim de realizar automaticamente discagens telefônicas para aviso de alarme. Podendo ser implementado praticamente à todos os sistema

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048. Discadora por Celular HERA HR2048 Manual do Usuário Índice: Paginas: 1. Introdução 03 1.1 Visão Geral 03 2. Características 04 3. Funcionamento 04, 05 e 06 3.1 Mensagens 06 e 07 4. Instalação da Discadora

Leia mais

ELETRIFICADOR ECR-8 DISC

ELETRIFICADOR ECR-8 DISC ELETRIFICADOR ECR-8 DISC DESCRIÇÃO GERAL Com a finalidade de proteger áreas comerciais, residenciais, industriais, a ECR-8 DISC foi desenvolvida para conter a invasão de intrusos na área protegida. Essa

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. Manual do Produto

TERMO DE GARANTIA. Manual do Produto TERMO DE GARANTIA ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., Localizada na Rua Carlos Ferrari, nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17.400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Central de alarme HR 4031 Light \ Plus 4 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte

Leia mais

RXM. SaÌda da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete met lico com espaáo para bateria

RXM. SaÌda da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete met lico com espaáo para bateria RXM CENTRAL DE ALARME 4/8 ou 12 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. SaÌda da antena APRESENTAÇÃO DA CENTRAL Teclas de setor Teclas de

Leia mais

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST MANUAL DO USUÁRIO Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. As centrais de alarme ANM 3004 ST e ANM 3008 ST são compactas

Leia mais

INFORMATIVO MONITUS REV. 1 20/01/03. 8 Setores Programáveis. Os setores podem ser: Entrada para receptores de RF ou chave com mola:

INFORMATIVO MONITUS REV. 1 20/01/03. 8 Setores Programáveis. Os setores podem ser: Entrada para receptores de RF ou chave com mola: INTRODUÇÃO A MONITUS 8 A Monitus 8 é um painel de alarme monitorado projetado para atender às necessidades de residências, comercio, indústria, etc. Pode ser programado localmente através de teclados,

Leia mais

Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras.

Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras. manual do usuário Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2008 RF é compacta e de

Leia mais

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 PLUS

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 PLUS CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS PLUS CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de zona mista, ou seja, aceita tanto sensores com fio como sensores sem fio. Tempo de sirene: 5 minutos com rearme automático.

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DISCADORA DM-908

GUIA DE INSTALAÇÃO DISCADORA DM-908 GUIA DE INSTALAÇÃO DISCADORA DM-908 R ÍNDICE Característica do Aparelho... 3 Funcionamento Geral... 3 Painel Frontal... 3 Programação dos Telefones... 4 Apagando uma Posição de Memória... 4 Programação

Leia mais

Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o para futura

Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o para futura MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Painel de alarme 10 zonas 2 PARTIÇÕES E10 Intruções de instalação e programação: Antes de instalar e programar esta unidade por favor leia atentamente este manual e retenha-o

Leia mais

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 3010

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 3010 MANUAL DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 3010 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 3010 é compacta e de fácil programação,

Leia mais

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST

Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST MANUAL DO USUÁRIO Central de alarme Modelo ANM 3004/3008 ST Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. As centrais de alarme ANM 3004 ST e ANM 3008 ST são compactas

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO A EQUIPEL assegura ao proprietário deste aparelho garantia de 01 ano contra qualquer defeito de peça ou de fabricação desde que,

Leia mais

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 MANUAL DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2010/2018 é compacta e de

Leia mais

www.ppa.com.br Página 01 Form. 150 - Rev. 04 P26042

www.ppa.com.br Página 01 Form. 150 - Rev. 04 P26042 www.ppa.com.br PPA - Portas e Portões Automáticos Ltda. Av. Labieno da Costa Machado n-7 3526 - Distrito Industrial CEP: 17.400-000 - Tel: (0**) 14 3407-1000 Garça/SP - Brasil Página 01 Form. 150 - Rev.

Leia mais

Manual de Referência e Instalação T-700. Manual de Referência e Instalação

Manual de Referência e Instalação T-700. Manual de Referência e Instalação Manual de Referência e Instalação T-700 Manual de Referência e Instalação Índice 1. Introdução...3 1.1 Prefácio...3 1.2 Lista de Peças...3 1.3 Aparência...4 2 Preparativos Para Antes do Uso...5 2.1 Alimentação...5

Leia mais

Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras.

Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras. Central de Alarme AMT 2008 RF Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2008 RF é compacta e de fácil programação,

Leia mais

Ação do DLC (094)...26 Exclusão (071-080)... 27 Chime (031-040)... 27 Zona arrombada...28 Tempo de auto-ativa por inércia (092)... 28 PARTIÇÕES...

Ação do DLC (094)...26 Exclusão (071-080)... 27 Chime (031-040)... 27 Zona arrombada...28 Tempo de auto-ativa por inércia (092)... 28 PARTIÇÕES... Revisão.0 SI - Sistemas Inteligentes Eletrônicos Ltda. 2/05/2004 2 Índice MANUAL DE INSTALAÇÃO...5 Localização e montagem... 5 Terra...5 Alimentação...5 Rede elétrica... 5 Bateria... 5 Saida de alimentação

Leia mais

1 ANO de garantia. Westron ALW 803 I. MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO E DO INSTALADOR CERTIFICADO DE GARANTIA 1. APRESENTAÇÃO

1 ANO de garantia. Westron ALW 803 I. MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO E DO INSTALADOR CERTIFICADO DE GARANTIA 1. APRESENTAÇÃO A Central de Alarme inclui: Carregador de bateria integrado com controle de tensão e corrente. Eliminador de Bateria do celular com controle de tensão e corrente. Caixa de proteção com alojamento para

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 PAINEL... 4 FUNÇÕES DO PAINEL... 4 FUNÇÕES INTERNAS PLACA DE CONTROLE... 6 FUNÇÕES INTERNAS

Leia mais

Hamtronix CONTROLE REMOTO DTMF. CRD200 - Manual de Instalação e Operação. Software V 2.0 Hardware Revisão B

Hamtronix CONTROLE REMOTO DTMF. CRD200 - Manual de Instalação e Operação. Software V 2.0 Hardware Revisão B Hamtronix CRD200 - Manual de Instalação e Operação Software V 2.0 Hardware Revisão B INTRODUÇÃO Índice...01 Suporte On-line...01 Termo de Garantia...01 Em Caso de Problemas (RESET)...01 Descrição do Produto...02

Leia mais

Nota! Características gerais. Instalação

Nota! Características gerais. Instalação P26138 - Rev. 0 Índice Características gerais... 4 Instalação... 4 Programação... 7 Cadastro dos números telefônicos... 7 Programando um número telefônico... 8 Apagando um número telefônico... 9 Testando

Leia mais

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006 SOLUTION Painel Convencional de Alarme de Incêndio TABELA DE CONTEÚDO Capitulo 1: Descrição do Produto... 2 1.1: Características...2 1.2: Especificações...2 Capitulo 2: Lógica de Detecção e Alarme de Incêndios...

Leia mais

WWW.IPEC.IND.BR A IPEC se reserva no direito de alterar o produto aqui apresentado sem aviso prévio.

WWW.IPEC.IND.BR A IPEC se reserva no direito de alterar o produto aqui apresentado sem aviso prévio. WWW.IPEC.IND.BR GLinha de Alarmes enius AL 4 setores articionaveis M109 - V02 A IPEC se reserva no direito de alterar o produto aqui apresentado sem aviso prévio. PARABÉNS! Você acaba de adquirir um produto

Leia mais

SISTEMA DE ALARME STK 816 PROGRAMAÇÃO E USO DO SISTEMA DE ALARME STK

SISTEMA DE ALARME STK 816 PROGRAMAÇÃO E USO DO SISTEMA DE ALARME STK PROGRAMAÇÃO E USO DO SISTEMA DE ALARME STK 816 www.samtek.com.br Agradecemos a sua preferência por nossos produtos. Nossos produtos possuem vários certificados nacionais e internacionais e são projetados

Leia mais

Central de alarme Ventura GSM

Central de alarme Ventura GSM Central de alarme Ventura GSM Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte externa... 4 4.2 Parte

Leia mais

5.4 Cadastrando novo Sensor... 18 5.4.1 Apagando Sensor... 18 5.5 Temporizando o modo armado da Central... 19 5.6 Modos de Sirene... 19 5.

5.4 Cadastrando novo Sensor... 18 5.4.1 Apagando Sensor... 18 5.5 Temporizando o modo armado da Central... 19 5.6 Modos de Sirene... 19 5. Manual do Usuário 1 ÍNDICE 1. Introdução... 04 2. Funções e Características... 04 3. Partes que compõem o Kit de Alarme sem fio Guardião... 07 4. Instalação do kit de Alarme Guardião... 08 4.1 Instalando

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 2. APRESENTAÇÃO DA PLACA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 3 setores; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Freqüência

Leia mais

ANEXO I CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO

ANEXO I CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO A. REQUISITOS DOS SERVIÇOS DE SEGURANÇA ELETRONICA 1. DA CENTRAL DE MONITORAMENTO DA SEGURANÇA ELETRÔNICA A Licitante deverá possuir Central de Monitoramento de Alarmes capaz de, no mínimo, atender aos

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. STK 728U, STK 738U e STK 748. Apostila elaborada pelo. Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D

MANUAL DO USUÁRIO. STK 728U, STK 738U e STK 748. Apostila elaborada pelo. Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D MANUAL DO USUÁRIO STK 728U, STK 738U e STK 748 Apostila elaborada pelo Eng. Sergio Americano Mendes CREA-MG 29.539/D Proibida a reprodução não autorizada 2014 1 OPERANDO O SISTEMA COMO USUÁRIO Teclado

Leia mais

modelos manual do usuário

modelos manual do usuário modelos manual do usuário Central de Alarme AMT 2010/2018 Intelbras Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2010/2018 é compacta e de

Leia mais

Teclado VIAWEB LCD 128s. TECLADO VW 128s LCD. Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014. Teclado 128s - 1

Teclado VIAWEB LCD 128s. TECLADO VW 128s LCD. Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014. Teclado 128s - 1 Teclado VIAWEB LCD 128s TECLADO VW 128s LCD Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014 Teclado 128s - 1 2 - Manual de Programação Teclado VIAWEB 128s LCD Índice Teclado VIAWEB LCD 128s

Leia mais

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018

Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 MANUAL DO USUÁRIO Central de Alarme Intelbras Modelo AMT 2010/2018 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. A central de alarme AMT 2010/2018 é compacta e de

Leia mais

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 CENTRAL DE E SEM FIO AS- CARACTERÍSTICAS DO APARELHO - Central de alarme sem fio com setor misto ( com e/ou sem fio ); - Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; - Carregador de bateria

Leia mais

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-201

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-201 CENTRAL DE ALARME COM FIO AW201 CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de 1 setor com fio; Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; Carregador de bateria incorporado; Tempo de

Leia mais

R3M. Saída da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem. Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete metálico com espaço para bateria

R3M. Saída da antena. Teclas de setor. Teclas de aprendizagem. Teclado do Tele Alarme (opcional) Gabinete metálico com espaço para bateria 47 R3M CENTRAL DE ALARME 3 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. Saída da antena APRESENTAÇÃO DA CENTRAL Teclas de setor Teclas de aprendizagem

Leia mais

A empresa se reserva no direito de fazer alterações sem prévio aviso. Produto produzido por Eletroppar - CNPJ. 02.748.434/0001-08

A empresa se reserva no direito de fazer alterações sem prévio aviso. Produto produzido por Eletroppar - CNPJ. 02.748.434/0001-08 As imagens deste manual são meramente ilustrativas. A empresa se reserva no direito de fazer alterações sem prévio aviso. Produto produzido por Eletroppar - CNPJ. 02.748.434/0001-08 P27130 - Rev. 1 1 Índice

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PARA INSTALAÇÕES DE ALARME

ESPECIFICAÇÕES PARA INSTALAÇÕES DE ALARME ESPECIFICAÇÕES PARA INSTALAÇÕES DE ALARME ESPECIFICAÇÕES PARA INSTALAÇÕES DE ALARME - ARQUIVO 828 -M-AL1.doc Pagina 1 1. GENERALIDADES - Os serviços obedecerão as presentes especificações, a relação de

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Mini Sirene Eletrônica Audiovisual Um Toque Iluminação a LED - Para Pequenas e Médias Áreas - Código: AFMSF A sirene audiovisual de alarme código AFMSF é um equipamento que deve ser instalado no teto ou

Leia mais

CATÁLOGO DE SOLUÇÕES

CATÁLOGO DE SOLUÇÕES Esteja sempre em casa. Mesmo quando não estiver! CATÁLOGO DE SOLUÇÕES Nós, da KMD temos o prazer de apresentar o mais novo conceito em supervisão residencial e comercial. Trazemos para você empreendedor:

Leia mais

PAINEL DE ALARME VERSÃO 01

PAINEL DE ALARME VERSÃO 01 PAINEL DE ALARME VERSÃO 01 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 8 Zonas duplas programáveis, mais 1 zona por teclado; 4 Teclados endereçáveis com programações independentes; 95 usuários, 3 usuários temporários, além

Leia mais

Manual. DSC510 Discador Celular GSM. Produzido por SMC Produtos Eletrônicos Ltda. www.fks.com.br PRODUTOS ELETRÔNICOS REV. A

Manual. DSC510 Discador Celular GSM. Produzido por SMC Produtos Eletrônicos Ltda. www.fks.com.br PRODUTOS ELETRÔNICOS REV. A Manual DSC510 Discador Celular GSM PRODUTOS ELETRÔNICOS Produzido por SMC Produtos Eletrônicos Ltda. www.fks.com.br REV. A PRODUTOS ELETRÔNICOS GARANTIA ÍNDICE 1 - A P R E S E N T A Ç Ã O.........................................................................

Leia mais

MÓDULO MD-50 DESCRIÇÃO DO PRODUTO CARACTERÍSTICAS GERAIS CONECTOR DE ENTRADA SENHA DO USUÁRIO

MÓDULO MD-50 DESCRIÇÃO DO PRODUTO CARACTERÍSTICAS GERAIS CONECTOR DE ENTRADA SENHA DO USUÁRIO MÓDULO MD-50 DESCRIÇÃO DO PRODUTO Com esse equipamento você pode monitorar qualquer central de alarme convencional ou eletrificador. Ele possui 5 entradas e uma saída PGM que pode ser acionada por telefone

Leia mais

Termo de Garantia. Extinção da Garantia

Termo de Garantia. Extinção da Garantia OBS IMPORTANTE: Você esta adquirindo um produto de segurança. Verifique com o Engenheiro responsável da obra, se ele atende as necessidades para o local onde será Instalado, pois todo o equipamento de

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL XP-400 Como gravar senhas de usuários 1) 8 + (1234). 2) Digitar nº do usuário (1,2,3,4,5 ou 6). 3) Digitar a nova senha de 4 dígitos. 4) Para finalizar #.

Leia mais

VS-250 Plus L A U N A M

VS-250 Plus L A U N A M MANUAL VS-250 Plus ÍNDICE Tecnologia e soluções para você Apresentação do sistema de alarme instale fácil Vetti... 01 CENTRAL VS-250 PLUS Instalação e Funções Central VS-250 Plus... 02 Habilitando discador

Leia mais