Temos acima uma Placa Mãe de um Computador Desktop, onde podemos identificar na sequência, respectivamente de 1) a 6):

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Temos acima uma Placa Mãe de um Computador Desktop, onde podemos identificar na sequência, respectivamente de 1) a 6):"

Transcrição

1 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM QUESTÕES OBJETIVAS (30 Pontos) - SOMENTE UMA RESPOSTA É A "MAIS" CORRETA 1 a. Questão:. Valor 1,0 Pontos (0,5 cada item certo) Marque CERTO ou ERRADO: ( a ) Para representar a população do Brasil (aprox. 200 milhões), seriam necessários, no mínimo, 33 bits; ( b ) A tabuada de adição no sistema Hexadecimal, apresenta 256 combinações possíveis; ( c ) É errado afirmar que um número binário terminado por 1 é um número decimal PAR; ( d ) < ; 2 a. Questão: : Valor 1,0 Ponto (0,25 cada item certo) Marque CERTO ou ERRADO: ( a ) O deslocamento de um bit para a direita, faz com que o número binário seja multiplicado por dois; ( b ) O deslocamento de um bit para a esquerda, faz com que o número binário seja dividido por dois; ( c ) Trinta e um elementos podem ser encontrados entre 87E0 H e 87FF H ; ( d ) O número de representações de símbolos em uma determinada base de numeração, pode ser representado pela Base -1; Prova_Técnico_Informatica_FINAL.doc 1 de 10

2 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM 3 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Temos acima uma Placa Mãe de um Computador Desktop, onde podemos identificar na sequência, respectivamente de 1) a 6): ( a) 1)Processador /2) Slots de Memória RAM / 3)Slots de memória ROM /4) Bateria de tempo Real / 5)Slots PCI / 6)Slots Firewire; ( b) 1)Barramentos Externos de Expansão / 2)Slots PCI / 3)Slot Processador / )4Bateria de Tempo real / 5)Slots / Memória RAM / 6)Conector Fonte; ( c ) 1)Interface USB / 2)Slots PCI / 3)Slot Processador / 4)Slots Memória RAM / 5)Conector Fonte / 6)Bateria de Tempo real; ( d ) 1)Slots PCI / 2)Barramentos de Expansão Slot/3) Processador / 4)Slots Memória RAM / 5)Conector Fonte / 6)Bateria de Tempo Real. 4 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Os Barramentos de Expansão acima são respectivamente de 1) a 4): ( a) 1)DB-9 / 2)RS232 / 3)FireWire / 4)USB ( b) 1)RS-232 /2) DB-9 / 3) FireWire / 4)USB ( c) 1)DB-9 / 2)RS232 / 3)USB / 4)FireWire ( d) 1)RS-232 / 2)DB-9 / 3)USB / 4)FireWire 2

3 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM 5 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Podemos dizer das memórias SRAM e DRAM: ( a ) as SRAM são mais rápidas e mais caras e as DRAM usam refresh; ( b ) as SRAM são mais lentas e mais baratas e as DRAM não usam refresh; ( c ) as SRAM são mais lentas e usam refresh e as DRAM são mais caras; ( d ) as SRAM usam refresh o que as tornam mais rápidas e caras e as DRAM são mais lentas e baratas; 6 a. Questão: Valor 1,0 Ponto 1) BIOS(Basic Input/Output System) Sistema básico de entrada e saída. Ensina o processador a trabalhar com os periféricos mais básicos do sistema, tais como os circuitos de apoio, a unidade de disquete e o vídeo em modo texto; 2)POST(Power-On Self Test) é o programa que faz um autoteste sempre que o computador é ligado. Dentre as principais funções do POST incluem-se: inicialização do vídeo, identificação da configuração instalada, testa a memória, inicializa todos os periféricos de apoio (chipset) da placa-mãe, testa o teclado, carrega o sistema operacional para a memória RAM, entrega o controle do microprocessador ao sistema operacional; 3)SETUP(Configuração) programa que permite configurar o equipamento. Podemos afirmar dos itens acima: ( a ) 1) e 2) estão corretos e 3) esta errado; ( b ) 1) e 3) estão corretos e 2) esta errado; ( c ) 2) e 3) estão corretos e 1) esta errado; ( d ) Todos estão corretos; 7 a. Questão: Valor 1,0 Ponto O que quer dizer "Cache Hit" e "Cache Miss": a) Se o dado procurado esta dentro do cache então ocorre um acerto (Cache Miss). Quando o processador necessita de um dado que não está no cache, tem de buscá-lo na memória RAM (Cache hit); b) Se o dado procurado esta dentro do cache então ocorre um acerto (Cache Hit). Quando o processador necessita de um dado que não está no cache, tem de buscá-lo na memória RAM (Cache Miss); c) Se o dado procurado não esta dentro do cache então ocorre um acerto (Cache Hit). Quando o processador necessita de um dado que não está no memória principal, tem de buscá-lo na memória cache (Cache Miss); d) Se o dado procurado esta dentro da memória principal e não na cache então ocorre um acerto (Cache Hit). Quando o processador necessita de um dado que não está no cache, tem de buscá-lo na memória principal RAM ou ROM (Cache Miss); Prova_Técnico_Informatica_FINAL.doc 3 de 10

4 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM 8 a. Questão: Valor 1,0 Ponto 1. Um computador RISC possui um número reduzido de instruções; 2. Um computador CISC possui um número completo de instruções. Podemos Afirmar: ( a ) A afirmativa 1 esta correta e a afirmativa-2 não; ( b ) A afirmativa 2 esta correta e a afirmativa-1 não; ( c ) Ambas as afirmativas estão corretas; ( d ) Nenhuma das afirmativas estão corretas; 9 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Como podemos definir PIPELINE: ( a ) É uma técnica de se dividir o processador em vários núcleos específicos para agilizar no processamento de instruções em apenas um ciclo de clock do processador; ( b ) É uma técnica de se dividir o processador em vários microcontroladores específicos para agilizar o processamento de instruções em apenas um ou mais ciclos de clock do processador; ( c ) É uma técnica de se dividir o processador em vários espaços específicos para agilizar o processamento de instruções em apenas um ciclo de clock do processador; ( d ) É uma técnica de se dividir o processador em vários núcleos específicos para agilizar o processamento de instruções em vários ciclos de clock do processador; 10 a. Questão: : Marque CERTO ou ERRADO - Valor 1,0 Ponto (0,25 cada item certo) ( a ) CPU - Unidade de controle, teste e processamento central; ( b ) Impressora é um periférico de entrada e scanner de entrada e saída; ( c ) Câmeras de Vídeo e unidades de DVD são tipicamente periféricos de entrada e saída; ( d ) ULA significa: Unidade Lógica e Aritmética; 11 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Freeware: São programas gratuitos, eles não expiram e você pode usá-los livremente sem ter que pagar nada por isso. Alguns programas trazem banners publicitários que bancam os custos do desenvolvimento do software, outros são gratuitos apenas para pessoas físicas ou uso não comercial. Shareware: São programas que depois de um determinado tempo de uso - este tempo varia de programa para programa - perde algumas ou todas as suas funcionalidades. Após este período você deve apagá-lo do computador ou registrá-lo através do pagamento de uma taxa ao desenvolvedor. Como um usuário registrado você tem inúmeros benefícios, desde suporte até atualizações gratuitas do programa. Lembre-se que você não é obrigado a pagar o registro do programa, basta apagá-lo do micro. Quanto as afirmativas acima: ( a ) Ambas estão corretas; ( b ) Ambas estão erradas; ( c ) Somente Freeware esta correta; ( d ) Somente Shareware esta correta; 4

5 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM 12 a. Questão: Valor 1,0 Ponto As informações na tela cima do explore são respectivamente de 1) a 5): ( a) 1) Endereço / 2)unidade externa / 3)Quantidade de Pastas / 4)barra de rolamento / 5)disco rígido / 6)tamanho da pasta ou arquivo; ( b) 1)Endereço /2) unidade externa / 3)disco rígido / 4) barra de rolamento / 5)Quantidade de Pastas / 6) tamanho da pasta ou arquivo; ( c) 1)Endereço / 2)disco rígido / 3)unidade externa / 4)barra de rolamento / 5) tamanho da pasta ou arquivo 6)Quantidade de Pastas; ( d) 1)Endereço / 2)disco rígido /3) unidade externa / 4) barra de rolamento / 5)tamanho da pasta ou arquivo 6)Quantidade de Pastas; 13 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Para adicionar um novo hardware no Sistema Operacional Windows, devo ir: ( a ) No Painel de controle / Sistema / Escolher o Dispositivo / Incluir; ( b ) No painel de Controle / Sistema / Escolher o dispositivo / Carregar o Drive / Incluir; ( c ) No Painel de Controle / Incluir Novo Hardware / Carregar o Drive / Incluir; ( d ) No Painel de Controle / Selecionar em Sistema Plug an Play / Incluir; Prova_Técnico_Informatica_FINAL.doc 5 de 10

6 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM 14 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Aonde Localizar Scandisk e Defragmentador: ( a ) No Painel de Controle/Ferramentas Administrativas ( b ) Em Acessórios / Ferramentas do Sistema ( c ) Em Acessórios / Acessibilidade ( d ) Em Acessórios / Informações do Sistema 15 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Dentre as características do Windows (sistema operacional fabricado pela Microsoft ), assinale a alternativa falsa: ( a ) O Windows é um Sistema Operacional Plug and Play; ( b ) Sua Interface é bastante baseada em texto e comandos digitados; ( c ) É um Sistema compatível com processadores que utilizam palavras de 32 /64bits; ( d ) Permite a execução de mais de uma tarefa, fazendo com que o usuário possa executar mais de um programa ao mesmo tempo; 16 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Quando um computador é desligado normalmente, o que acontece com o conteúdo da memória principal? ( a ) Fica gravado em disco rígido para podermos abri-lo quando ele retornar; ( b ) É gravado automaticamente no Sistema Operacional; ( c ) É perdido, pois a memória só guarda suas informações enquanto o computador estiver ligado; ( d ) É gravado automaticamente na rede (caso o micro esteja em rede); 17 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Para formatarmos o PenDrive (operação que realizamos para deixá-lo limpo e pronto para uso), devemos utilizar o processo: ( a) Executar o Prompt do MS-DOS e digitar FORMAT C:; ( b) Clicar no Ícone COMPUTADOR, dentro do Windows Explorer, Botão Direito do mouse / selecionar LIMPAR DISCO; ( c) Clicar no Ícone COMPUTADOR, dentro do Painel de Controle / selecionar Arquivo / Botão Direito do mouse / Formatar; ( d) Clicar no Ícone COMPUTADOR, dentro do Windows Explorer, / selecionar Dispositivo / Botão Direito do mouse / Formatar; 6

7 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM 18 a. Questão: Valor 1,0 Ponto O código ASCII Expandido, utilizado pelos Microcomputadores Compatíveis com PC-IBM, é um código de 8 bits (X 7 X 6 X 5 X 4 X 3 X 2 X 1 X 0 ), e a representação em Hexa para a letra maiúscula A é e as demais letras seguem seqüencialmente, considerando as letras K / W / Y, sendo o espaço representado por A fim de se evitar erros de transmissão adiciona-se um bit de controle de erro chamado de bit de Paridade (X 8 X 7 X 6 X 5 X 4 X 3 X 2 X 1 X 0 ), que é inserido na posição mais significativa do caracter. Este bit deve ser tal que o número total de bits 1 seja PAR (paridade Par) ou IMPAR (paridade Impar). Responda as questões abaixo: 1) Quantos símbolos diferentes podemos representar com o código ASCII Expandido? 2) Represente o caracter L, em binário e Hexadecimal - Base 16; As respostas aos Itens 1) e 2) são respectivamente: ( a) 1)256 símbolos /2) / 4C 16; ( b) 1)128 símbolos /2) / 5D 16; ( c) 1)256 símbolos /2) / CD 16; ( d) 1)128 símbolos /2) / DC 16; 19 a. Questão: Valor 1,0 Ponto Os endereços e 127.x.x.x são especiais e servem, respectivamente, para: ( a) broadcast limitado e serve no processo inicial de obtenção dos IP s / Reservados para testes locais; ( b) multicast limitado e serve no processo inicial de obtenção dos IP s / Reservados para testes locais e remotos; ( c) broadcast ilimitado e serve no processo inicial de obtenção dos IP s / Reservados para testes locais e intra Rede; ( d) unicast limitado e serve no processo inicial de obtenção dos IP s / Reservados para testes locais e inter redes; 20 a. Questão: Valor 1,0 Ponto O que não podemos falar sobre o Protocolo TCP/IP: ( a ) Ele é definido em 4 camadas. ( b ) A Camada de transporte define o serviço seguro e não seguro, diferente do Modelo OSI/ISO que é definido na camada de Rede. ( c ) Utiliza a camada física definida pelo modelo OSI/ISO. ( d ) A camada IP é circuito virtual, o que a define como Datagrama é a camada de transporte UDP ou TCP. 21 a. Questão: Valor 2,0 Pontos São protocolos da camada de Aplicação do Protocolo TCP/IP: ( a ) DHCP, FTP, Telnet, SMTP, Pop3, Http; ( b ) DHOST, FTP, Rlogin, SNMP, Pop3, Http,X500; ( c ) DHCP, ATM, Telnet, SMTP, SNMP, Https; ( d ) DHCP, FTP, Telnet, SMNP, Pop3, Https,X.500; Prova_Técnico_Informatica_FINAL.doc 7 de 10

8 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM 22 a. Questão: Valor 2,0 Pontos O tamanho do Cabeçalho completo do IPV 4 é: ( a ) 20 Bytes + a parte variável do cabeçalho; ( b ) 20 Bytes somente, incluindo os endereços; ( c ) 20 bytes somente, não incluindo os endereços; ( d ) 20 bytes + o Payload; 23 a. Questão: Valor 2,0 Pontos Como é diferenciado o Protocolo IPV 4 do IPV 6 nos roteadores: ( a ) No campo version deve conter ou , respectivamente; ( b ) No campo Version deve conter ou , respectivamente; ( c ) No campo version deve conter ou 06 16, respectivamente; ( d ) No campo version deve conter ou , respectivamente; 24 a. Questão: Valor 2,0 Pontos Quais são endereços Classe C / Classe B e Classe A - Respectivamente: ( a ) / / ; ( b ) / / ; ( c ) / / ; ( d ) / / ; 25 a. Questão: Valor 2,0 Pontos Cabos Diretos e Cruzados (Crossover), são utilizados para interligar, DTE - Data Terminal Equipament com DCE - Data Comunication Equipament, então podemos afirmar que eles interligam: ( a ) Diretos: DTE - DTE ou DCE - DCE / Cruzados: DCE - DTE; ( b ) Diretos: DCE - DTE / Cruzados: DCE - DCE ou DTE - DTE ; ( c ) Diretos: Dois DTE s / Cruzados: Dois DCE s, independe do equipamento; ( d ) Diretos: Dois DCE s / Cruzados: Dois DTE s, independe do equipamento; 8

9 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM QUESTÕES DISCURSIVAS (30 Pontos)- - RESPONDA DE FORMA OBJETIVA E COM LETRA LEGÍVEL 26 a. Questão: Valor 6,0 Pontos (2,0 pontos cada item) ( a )Esquematize um sistema de computação COMPLETO (Entrada/Processamento/Saída), colocando no desenho os blocos de: registradores, memória cache, RDM, REM,PC, RI,RET, Barramentos de Dados, Endereço e Controle,Memória Principal,DMA e outros itens que julgar necessário. ( b ) DÊ A FUNÇÃO dos blocos e Barramentos do item a) desta questão;. ( c ) Descreva o Ciclo de Execução de Instrução. 27 a. Questão: Valor 6,0 Pontos (3,0 pontos cada item) a) Apresente 3(três) características do Cabo CAT-5; b) Esquematize a montagem de um cabo 10Base-T - CRUZADO - CrossOver 1- Branco / Laranja 2- Laranja 3- Branco / verde 4- Azul 5- Branco / Azul 6- Verde 7- Branco / marrom 8- Marrom lado #1 lado #2 28 a. Questão: Valor 6,0 Pontos (3,0 pontos cada item) a) Faça um resumo sobre o modelo de referência OSI/ISO, e a principal função de cada camada. b) Diferencie o protocolo TCP/IP do modelo de referência OSI/ISO. Prova_Técnico_Informatica_FINAL.doc 9 de 10

10 TÉCNICO DE LABORATÓRIO EM 29 a. Questão: Valor 6,0 Pontos (só será considerado se tudo estiver correto) Imagine a seguinte situação: você é administrador de redes e possui uma classe C de endereços IPV 4 para distribuir para sua rede local; Seu chefe quer que seja feita a divisão da seguinte maneira: 50 estações para laboratórios; 50 estações para administrações; 20 estações para a diretoria e 20 estações para a informática/desenvolvimento. Pergunta: Monte uma tabela com a faixa de Ip s (Netid e Hostid) e as respectivas máscaras de sub-rede. Defina um endereço IPV 4 classe C para a rede, compatível com o tamanho da rede;. 30 a. Questão: Valor 6,0 Pontos (só será considerado se tudo estiver correto) Na mesma situação da rede anterior: 50 estações para laboratórios - Com gerenciamento centralizado; 50 estações para administrações - Alta disponibilidade; 20 estações para a diretoria - rede com mobilidade (notebooks) e 20 estações para a informática/desenvolvimento.(totalmente Interligadas). Pede-se: ESQUEMATIZE UMA REDE HIBRIDA identificando as topologias escolhida. Topologias Possíveis: (Anel/Barra/Estrela/Mesh). 10

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Correcção da ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas das Tecnologias

Leia mais

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Capítulo1 - Introdução à Redes 1 Requisitos para Conexão à Internet Para disponibilizar o acesso de um computador à rede, devem ser levados em consideração 03 parâmetros:

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross Redes Pablo Rodriguez de Almeida Gross Conceitos A seguir serão vistos conceitos básicos relacionados a redes de computadores. O que é uma rede? Uma rede é um conjunto de computadores interligados permitindo

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Componentes de um computador típico

Componentes de um computador típico Componentes de um computador típico Assim como em um videocassete, no qual é necessário ter o aparelho de vídeo e uma fita contendo o filme que será reproduzido, o computador possui a parte física, chamada

Leia mais

Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos

Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 5 Flávia Maristela (flaviamsn@ifba.edu.br) Arquitetura de Von Neumann e as máquinas modernas Onde

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Programa Instrutor Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática 18 de Maio de 2010 Programa Instrutor (Universidade Federal do Montagem Paraná,

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Instalando a placa de rede

Instalando a placa de rede Instalando a placa de rede A instalação dos drivers e a configuração de uma placa de rede no Windows 98 independe do tipo de cabo utilizado. Este tipo de instalação não é muito diferente da instalação

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática Introdução ao hardware Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Informática Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo:

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Hardware X Software Memória do Computador Hardware X Software Toda interação dos usuários de computadores modernos é realizada

Leia mais

U E S C. Introdução à Ciência da Computação

U E S C. Introdução à Ciência da Computação U E S C Introdução à Ciência da Computação Roteiro Unidades componentes de hardware CPU UC; ULA; Cache; Registradores. Introdução Informática é a ciência que desenvolve e utiliza a máquina para tratamento,

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

8.2.11 Quebras de página 8.3 Exercícios para fixação

8.2.11 Quebras de página 8.3 Exercícios para fixação SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1.1 Conceitos básicos de informática e alguns termos usuais 1.2 Geração dos computadores 1.3 Evolução da tecnologia dos computadores 1.4 Sistema de informática 1.5 Tipos

Leia mais

Estrutura geral de um computador

Estrutura geral de um computador Estrutura geral de um computador Prof. Helio H. L. C. Monte-Alto Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu

Leia mais

Prof. Esp. Lucas Cruz

Prof. Esp. Lucas Cruz Prof. Esp. Lucas Cruz O hardware é qualquer tipo de equipamento eletrônico utilizado para processar dados e informações e tem como função principal receber dados de entrada, processar dados de um usuário

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio Memórias Memória: é o componente de um sistema de computação cuja função é armazenar informações que são, foram ou serão manipuladas pelo sistema. Em outras

Leia mais

Laboratório - Uso da calculadora do Windows com endereços de rede

Laboratório - Uso da calculadora do Windows com endereços de rede Laboratório - Uso da calculadora do Windows com endereços de rede Objetivos Parte 1: Acesso à Calculadora do Windows Parte 2: Converter entre os sistemas numéricos Parte 3: Converter endereços IPv4 de

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Aula 01 Introdução Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011.1 1 Processamento de dados 2 Organização de Computadores 3 Sistemas de Numeração Processamento de dados Processamento

Leia mais

Organização Básica de Computadores. Memória. Memória. Memória. Memória. Memória Parte I. Computador eletrônico digital. Sistema composto por

Organização Básica de Computadores. Memória. Memória. Memória. Memória. Memória Parte I. Computador eletrônico digital. Sistema composto por Ciência da Computação Arq. e Org. de Computadores Parte I Organização Básica de Computadores Computador eletrônico digital Sistema composto por processador memória dispositivos de entrada e saída interligados.

Leia mais

Hardware e Software. Professor: Felipe Schneider Costa. felipe.costa@ifsc.edu.br

Hardware e Software. Professor: Felipe Schneider Costa. felipe.costa@ifsc.edu.br Hardware e Software Professor: Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu.br Agenda Hardware Definição Tipos Arquitetura Exercícios Software Definição Tipos Distribuição Exercícios 2 Componentesde um

Leia mais

SUMÁRIO. 6. FERRAMENTAS E APLICATIVOS ASSOCIADOS À INTERNET: navegação, correio eletrônico, grupos de discussão, busca e pesquisa...

SUMÁRIO. 6. FERRAMENTAS E APLICATIVOS ASSOCIADOS À INTERNET: navegação, correio eletrônico, grupos de discussão, busca e pesquisa... RAFAEL MACEDO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 162 QUESTÕES DE PROVAS DA BANCA ORGANIZADORA DO CONCURSO SEFAZ/MS E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES DE MS GABARITADAS. Seleção das Questões: Prof. Rafael Macedo Coordenação

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) É necessário criar várias cópias de documentos importantes em locais diferentes. Esses locais podem ser pastas no HD interno ou HD externo, ou então em

Leia mais

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Principais Componentes Barramentos Placa Mãe Processadores Armazenamento

Leia mais

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática.

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Tecnologias da Informação e Comunicação MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Informática: Tratamento da informação por meios automáticos.

Leia mais

MEMÓRIA. MEMÓRIA RAM (Randon acess memory) Memória de acesso aleatório

MEMÓRIA. MEMÓRIA RAM (Randon acess memory) Memória de acesso aleatório O papel do processador é apenas um, pegar os dados e processa-los não importando de onde vem ou para onde vão estes dados. Como os processadores não possuem uma área de armazenamento grande, ele buscas

Leia mais

Fundamentos de Informática Aula 3 Hardware e Software. Prof. Cleanderson Lobo cleandersonlobo@gmail.com 2015.2

Fundamentos de Informática Aula 3 Hardware e Software. Prof. Cleanderson Lobo cleandersonlobo@gmail.com 2015.2 Fundamentos de Informática Aula 3 Hardware e Software Prof. Cleanderson Lobo cleandersonlobo@gmail.com 2015.2 Hardware Introdução Todos os computadores requerem pelo menos os seguintes componentes para

Leia mais

Placas Adaptadoras e montagem de Redes

Placas Adaptadoras e montagem de Redes Placas Adaptadoras e montagem de Redes Objetivos da aula: 1 - Descrever a função da placa adaptadora de rede em uma rede. 2 - Descrever as opções de configuração para placas adaptadoras de rede. 3 - Listar

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

MANUTENÇÃO DE MICRO. Mário Gomes de Oliveira

MANUTENÇÃO DE MICRO. Mário Gomes de Oliveira MANUTENÇÃO DE MICRO Mário Gomes de Oliveira 1 IRQ Pedido de atenção e de serviço feito à CPU, para notificar a CPU sobre a necessidade de tempo de processamento. 2 IRQ (Interrupt Request line ou Linha

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador 1 Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Curso: Sistemas de Informação Introdução 2 O Computador é uma ferramenta que

Leia mais

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional Arquitetura: Conjunto de elementos que perfazem um todo; estrutura, natureza, organização. Houaiss (internet) Bit- Binary Digit - Número que pode representar apenas dois valores: 0 e 1 (desligado e ligado).

Leia mais

2012/2013. Profª Carla Cascais 1

2012/2013. Profª Carla Cascais 1 Tecnologias de Informação e Comunicação 7º e 8º Ano 2012/2013 Profª Carla Cascais 1 Conteúdo Programático Unidade 1 Informação/Internet Unidade 2 Produção e edição de documentos -Word Unidade 3 Produção

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS Se todos os computadores da sua rede doméstica estiverem executando o Windows 7, crie um grupo doméstico Definitivamente, a forma mais

Leia mais

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista Nome: Gabarito Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista 1) O Centro das configurações do Windows, onde pode ser acessado cada um dos dispositivos componentes

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS

PROCESSAMENTO DE DADOS PROCESSAMENTO DE DADOS Aula 1 - Hardware Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari 2 3 HARDWARE Todos os dispositivos físicos que constituem

Leia mais

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica.

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica. Técnica - Conjunto de processos que constituem uma arte ou um ofício. Aplicação prática do conhecimento científico. Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte,

Leia mais

Lista de Exercícios Introdução à Informática

Lista de Exercícios Introdução à Informática Lista de Exercícios Introdução à Informática Histórico e Evolução da Computação 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores de 1ª geração. 2. O que diferencia os computadores

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRAL DE INFORMÁTICA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO INFORMAÇÕES A) A prova consta de 20 questões de múltipla escolha,

Leia mais

Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term

Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term Laboratório - Estabelecimento de uma sessão de console com Tera Term Topologia Objetivos Parte 1: Acessar um switch da Cisco através da porta de console serial Conectar-se a um switch da Cisco usando um

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Processadores Prof. Alexandre Beletti Ferreira Introdução O processador é um circuito integrado de controle das funções de cálculos e tomadas de decisão de um computador. Também é chamado de cérebro do

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Barramento Também conhecido como BUS É um conjunto de linhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos,

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

QUESTÃO 1 Com relação à arquitetura de processadores RISC (Reduced Instruction Set Computer), julgue os itens a seguir.

QUESTÃO 1 Com relação à arquitetura de processadores RISC (Reduced Instruction Set Computer), julgue os itens a seguir. QUESTÃO 1 Com relação à arquitetura de processadores RISC (Reduced Instruction Set Computer), julgue os itens a seguir. I A velocidade de processadores RISC é, geralmente, maior que a de processadores

Leia mais

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

Módulo 1 Introdução às Redes

Módulo 1 Introdução às Redes CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 1 Introdução às Redes Ligação à Internet Ligação à Internet Uma ligação à Internet pode ser dividida em: ligação física; ligação lógica; aplicação. Ligação física

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS. 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais:

SISTEMAS OPERACIONAIS. 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais: SISTEMAS OPERACIONAIS 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais: I. De forma geral, os sistemas operacionais fornecem certos conceitos e abstrações básicos, como processos,

Leia mais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Módulo 1 Sistemas Operacionais 1 Sistema computacional Sistemas feitos para resolver problemas Problema: como obter determinado resultado, com base em dados

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01

Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01 Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública Sistemas de Informação Gerenciais 2º Período 2013.2 QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01 FCC - 2013 - Banco do Brasil - Escriturário

Leia mais

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética Tecnologia da Administração Computador: origem, funcionamento e componentes básicos Parte II Sumário Introdução Origem Funcionamento Componentes Básicos Referências Sistema Binário O computador identifica

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aulas: 01 e 02/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

BIOS, BOOT, CMOS e CMOS Setup. Prof. César Couto

BIOS, BOOT, CMOS e CMOS Setup. Prof. César Couto BIOS, BOOT, CMOS e CMOS Setup Prof. César Couto BIOS Quando o computador é ligado, o processador executa instruções da memória ROM (Read Only Memory). A ROM preserva o conteúdo quando o computador é desligado.

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012

NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012 NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012 SUMÁRIO UNIDADE 1 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática 1.1 Tipos de computadores

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF

REDES ESAF. leitejuniorbr@yahoo.com.br 1 Redes - ESAF REDES ESAF 01 - (ESAF - Auditor-Fiscal da Previdência Social - AFPS - 2002) Um protocolo é um conjunto de regras e convenções precisamente definidas que possibilitam a comunicação através de uma rede.

Leia mais

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Ambiental Prof.: Maico Petry Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada O Que éinformação? Dados

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

Noções básicas sobre sistemas de computação

Noções básicas sobre sistemas de computação Noções básicas sobre sistemas de computação Conceitos e definições Dado: Pode ser qualquer coisa! Não tem sentido nenhum se estiver sozinho; Informação: São dados processados. Um programa determina o que

Leia mais

Hardware e Software. Exemplos de software:

Hardware e Software. Exemplos de software: Hardware e Software O hardware é a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Em complemento ao

Leia mais

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Estrutura de um Computador Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Hardware e Software HARDWARE: Objetos Físicos que compões o computador Circuitos Integrados, placas, cabos, memórias, dispositivos

Leia mais

6 - Gerência de Dispositivos

6 - Gerência de Dispositivos 1 6 - Gerência de Dispositivos 6.1 Introdução A gerência de dispositivos de entrada/saída é uma das principais e mais complexas funções do sistema operacional. Sua implementação é estruturada através de

Leia mais

Capítulo 9 - Conjunto de Protocolos TCP/IP e Endereçamento. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 9 - Conjunto de Protocolos TCP/IP e Endereçamento. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 9 - Conjunto de Protocolos TCP/IP e Endereçamento IP 1 História e Futuro do TCP/IP O modelo de referência TCP/IP foi desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD). O DoD exigia

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 3.1 EXECUÇÃO DAS INSTRUÇÕES A UCP tem duas seções: Unidade de Controle Unidade Lógica e Aritmética Um programa se caracteriza por: uma série de instruções

Leia mais

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013

MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 MANUAL DO NVDA Novembro de 2013 PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL Núcleo IFRS Manual do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 3 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 3 Procedimentos para Download

Leia mais

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação 1 Introdução à Camada de Transporte Camada de Transporte: transporta e regula o fluxo de informações da origem até o destino, de forma confiável.

Leia mais

DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO

DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO AULA PRÁTICA DISPOSITIVOS DE REDES SEM FIO Objetivo: Apresentar o modo de operação Ad Hoc de uma rede padrão IEEE 802.11g/b e implementá-la em laboratório. Verificar os fundamentos de associação/registro

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP. Prof. MSc. Hugo Souza

Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP. Prof. MSc. Hugo Souza Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP Prof. MSc. Hugo Souza É uma pilha de protocolos de comunicação formulada em passos sequenciais de acordo com os serviços subsequentes das camadas pela

Leia mais

Arquitetura de Rede de Computadores

Arquitetura de Rede de Computadores Arquitetura de Rede de Prof. Pedro Neto Aracaju Sergipe - 2011 Ementa da Disciplina 2. TCP/IP i. Fundamentos ii. Camada de Aplicação iii. Camada de Transporte iv. Camada de Internet v. Camada de Interface

Leia mais

Chama-se sistema informatizado a integração que

Chama-se sistema informatizado a integração que Sistema Informatizado Hardware Sistema Informatizado Chama-se sistema informatizado a integração que acontece de três componentes básicos: a) Os computadores = hardware b) Os programas = software c) Os

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER DOS RECURSOS

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER DOS RECURSOS 11) Sobre os editores de texto Microsoft Word 2003 e BrOffice Writer 3.0 é correto afirmar, exceto: A Os parágrafos podem ser alinhados de forma centralizada, justificada, à esquerda ou à direita. B A

Leia mais

Dispositivos de Entrada e Saída

Dispositivos de Entrada e Saída SEL-0415 Introdução à Organização de Computadores Dispositivos de Entrada e Saída Aula 9 Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira ENTRADA e SAÍDA (E/S) (I/O - Input/Output) n Inserção dos dados (programa)

Leia mais

Arquitetura Genérica

Arquitetura Genérica Arquitetura Genérica Antes de tudo, vamos revisar o Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador. Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador O funcionamento de um computador pode ser

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário

PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA. Sumário PROJETO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL DO IFRS Manual Rápido do NVDA Sumário O que são leitores de Tela?... 1 O NVDA - Non Visual Desktop Access... 1 Procedimentos para Download e Instalação do NVDA... 2 Iniciando

Leia mais

Para montar sua própria rede sem fio você precisará dos seguintes itens:

Para montar sua própria rede sem fio você precisará dos seguintes itens: Introdução: Muita gente não sabe que com o Windows XP ou o Windows Vista é possível montar uma rede sem fio em casa ou no escritório sem usar um roteador de banda larga ou um ponto de acesso (access point),

Leia mais

TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO, responsável pela confiabilidade da entrega da informação.

TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO, responsável pela confiabilidade da entrega da informação. Protocolo TCP/IP PROTOCOLO é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas para uma comunicação a língua comum a ser utilizada na comunicação. TCP é um protocolo de TRANSMISSÃO,

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO As respostas das atividades deverão ser mais simples e completas possíveis e baseadas nas aulas (vídeo-aula). Acrescentei mais informações para servirem de material de apoio aos estudos para avaliações

Leia mais