MARCO CIVIL DA INTERNET NEUTRALIDADE, PRIVACIDADE E RESPONSABILIDADE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARCO CIVIL DA INTERNET NEUTRALIDADE, PRIVACIDADE E RESPONSABILIDADE"

Transcrição

1 MARCO CIVIL DA INTERNET NEUTRALIDADE, PRIVACIDADE E RESPONSABILIDADE Carlos Affonso Pereira de Souza Doutor e Mestre em Direito Civil (UERJ) Diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) Professor da Pontifícia Universidade Católica PUC-Rio Pesquisador Visitante do Information Society Program (ISP/Yale) Consultor de Chediak

2

3

4

5

6

7

8

9 Primavera Árabe SOPA/PIPA ACTA Occuppy

10 Grandes movimentos

11

12

13

14

15

16

17

18

19 O Processo do Marco Civil

20

21 Voo SP Brasilia Tempo de voo: aprox. 1h30m Custo: aprox. R$500

22

23 1. Privacidade 2. Liberdade de Expressão 3. Direito de Acesso 4. Responsabilidade civil 5. Neutralidade da rede 6. Governo eletrônico

24

25

26

27 2 rounds de consulta aprox contribuições

28

29

30

31

32

33 Neutralidade

34 DISPUTA PELOS DADOS Podem as empresas de telecomunicação discriminar o tráfego de dados de acordo com seu conteúdo? NEUTRALIDADE DA REDE Como melhor assegurar a privacidade de dados pessoais de brasileiros após o caso Snowden? HOSPEDAGEM DE DADOS

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45 Podem as operadoras cobrar um pacote mais caro para o usuário ter acesso a um serviço de terceiro específico? Isso não aproxima o provimento de internet ao serviço de TV por assinatura? Éesseofuturodainternet?

46 neutralidade da rede 1. O QUE É? 2. O QUE AFETA? 3. PARA ONDE VAMOS?

47 1. O QUE É?

48

49 É o princípio que comanda empresas que operam o tráfego de dados na rede e governos a tratar todos os dados de forma isonômica, não discriminando esse tratamento a partir de parâmetros como o tipo de conteúdo, site, plataforma, aplicação, arquivo ou demais modos de comunicação.

50 Arquitetura End-to-End Internet como plataforma de propósito geral

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62 Pacific Telegraph Act of 1860 (EUA) messages received from any individual, company, or corporation, or from any telegraph lines connecting with this line at either of its termini, shall be impartially transmitted in the order of their reception, excepting that the dispatches of the government shall have priority... An act to facilitate communication between the Atlantic and Pacific states by electric telegraph, June 16, 1860.

63 Então por que discriminar?

64 Gerenciamento de Tráfego

65

66 Qualidade do serviço

67

68 Competição

69

70 2. O QUE AFETA?

71 INOVAÇÃO

72

73 ESCOLHA DOCONSUMIDOR

74

75

76 LIBERDADE DE EXPRESSÃO

77

78

79

80

81

82

83 3. PARA ONDE VAMOS?

84

85

86 O que determina um comportamento (e sua transformação)?

87

88 Lei holandesa proíbe o bloqueio de serviços de internet, o uso de inspeção profunda de pacotes para monitorar hábitos de navegação de usuários, além de filtragem e manipulação do tráfego na rede.

89

90

91

92

93 FCC s Open Internet Order Transparency. Fixed and mobile broadband providers must disclose the network management practices, performance characteristics, and terms and conditions of their broadband services. No blocking. Fixed broadband providers may not block lawful content, applications, services, or non-harmful devices; mobile broadband providers may not block lawful websites, or block applications that compete with their voice or video telephony services. No unreasonable discrimination. Fixed broadband providers may not unreasonably discriminate in transmitting lawful network traffic.

94 "We don't want to create a bunch of gateways that prevent somebody who doesn't have a lot of money, but has a good idea, from being able to start their next YouTube or their next Google on the internet"

95

96 A lei chilena acrescenta três artigos à Lei Geral de Telecomunicações, proibindo provedores de arbitrariamente bloquear, interferir, discriminar ou restringir o direito de um usuário da rede de enviar ou receber qualquer conteúdo, aplicação ou serviço legal através da internet. Para esse fim o provedor deve oferecer acesso à rede de forma a não arbitrariamente tratar conteúdos de forma distinta com base em sua fonte ou titularidade.

97

98

99

100

101

102

103

104

105

106 Mesmo sem neutralidade temos a proteção do consumidor no CDC, o abuso do direito no Código Civil e o recurso ao sistema brasileira de defesa da concorrência.

107 Mas a sua inserção em lei como princípio não apenas esclarece a questão em nível nacional como também combate eventuais movimentos futuros no campo da governança internacional da rede.

108 Privacidade

109

110 Internet Enemies Fuente: Reporters without Borders for Press Freedom, Internet Enemies, march 2011

111

112

113

114

115

116

117

118 Leis que facilitam a espionagem

119

120 Disputa pelo tratamento de dados

121

122

123 Hospedagem de dados no Brasil 1. Nacionalidade: quem é brasileiro? 2. Territorialidade: como garantir que a pessoa está no Brasil? Se o brasileiro se conecta via VPNs ou Tor, começando a conexão no Brasil e saindo em outro país? 3. Reciprocidade: e se os outros países começarem a exigir o mesmo de empresas brasileiras operando no exterior? 4. Impactos na inovação 5. Privacidade? Brasil despreparado em termos legislativos.

124

125 Neutralidade é princípio basilar do Marco Civil -privacidade -bloqueio de conteúdo -atuação governamental

126 Para discriminar o tráfego de dados é preciso monitorar Devemos ter uma permissão legal para o monitoramento sem garantias adequadas a direitos dos internautas?

127 Responsabilidade e Liberdade de Expressão

128 Global Assessment of Internet and Digital Media Fuente: Freedom on the Net 2011, Global Assessment of Internet and Digital Media, Freedom House

129 Freedom of Press in LA, 2010 Fuente: Reporteros sin fronteras, Freedom of Press Worldwide in 2010

130 Internet Enemies Fuente: Reporters without Borders for Press Freedom, Internet Enemies, march 2011 Reporters without Borders for Press Freedom, Internet Enemies, 2012

131

132 Ley de Responsabilidad Social en Radio, Televisión y Medios Electrónicos. Gaceta Oficial No del 07 de febrero de 2011 Artículo 27. En los servicios de radio, televisión y medios electrónicos, no está permitida la difusión de los mensajes que: 1.Inciten o promuevan el odio y la intolerancia por razones religiosas, políticas, por diferencia de género, por racismo o xenofobia. 2. Inciten o promuevan y/o hagan apología al delito. 3. Constituyan propaganda de Guerra. 4. Fomenten zozobra en la ciudadanía o alteren el orden público. 5. Desconozcan a las autoridades legítimamente constituidas. 6. Induzcan al homicidio. 7. Inciten o promuevan el incumplimiento del ordenamiento jurídico vigente.

133 Ley de Responsabilidad Social en Radio, Televisión y Medios Electrónicos. Gaceta Oficial No del 07 de febrero de 2011 Artículo 27. En los servicios de radio, televisión y medios electrónicos, no está permitida la difusión de los mensajes que: 1.Inciten o promuevan el odio y la intolerancia por razones religiosas, políticas, por diferencia de género, por racismo o xenofobia. 2. Inciten o promuevan y/o hagan apología al delito. 3. Constituyan propaganda de Guerra. 4. Fomenten zozobra en la ciudadanía o alteren el orden público. stimulate anxiety among the people or affect the public order 5. Desconozcan a las autoridades legítimamente constituidas. fail to recognize the legitimate authorities 6. Induzcan al homicidio. 7. Inciten o promuevan el incumplimiento del ordenamiento jurídico vigente.

134 Ley de Responsabilidad Social en Radio, Televisión y Medios Electrónicos. Gaceta Oficial No del 07 de febrero de 2011 Los proveedores de medios electrónicos deberán establecer mecanismos que permitan restringir, sin dilaciones, la difusión de mensajes divulgados que se subsuman en las prohibiciones contenidas en el presente artículo, cuando ello sea solicitado por la Comisión Nacional de Telecomunicaciones en ejercicio de sus competencias, en cuyo caso se aplicará el procedimiento previsto en el artículo 33 de la presente Ley. ISP must filter content as per requests from National Telecomunications Commision Parágrafo Segundo: los proveedores de medios electrónicos que no atiendan las solicitudes realizadas por los órganos competentes a los fines de dar cumplimiento a las disposiciones de la presente Ley, serán sancionados con multa de hasta un cuatro por ciento (4%) de los ingresos brutos generados en el ejercicio fiscal inmediatamente anterior a aquél en el cual se cometió la infracción. Penalty up to 4% of gross revenue

135

136

137 Search Engine Land

138

139

140

141

142 World's most widely spoken languages

143

144

145

146

147

148

149

150

151 Art. 20. O provedor de serviço de internet somente poderá ser responsabilizado por danos decorrentes de conteúdo gerado por terceiros se for notificado pelo ofendido e não tomar as providências para, no âmbito do seu serviço e dentro de prazo razoável, tornar indisponível o conteúdo apontado como infringente.

152 Art. 20. O provedor de serviço de internet somente poderá ser responsabilizado por danos decorrentes de conteúdo gerado por terceiros se, após intimado para cumprir ordem judicial a respeito, não tomar as providências para, no âmbito do seu serviço e dentro do prazo assinalado, tornar indisponível o conteúdo apontado como infringente.

153

154 2º O disposto neste artigo não se aplica quando se tratar de infração a direitos de autor ou a direitos conexos.

155

156

157 Em menos de uma semana o STJ decidiu que provedores têm 24hs para retirar conteúdo do ar depois de notificados, que o Google não precisa filtrar as fotos da Xuxa na chave de busca e que um provedor de hospedagem responde pelos danos causados por um classificado erótico criado por site que ele apenas hospeda. Essas diferentes interpretações só reforçam a necessidade do Marco Civil.

158

159

160 I am large I contain multitudes

161 @caffsouza

Impressões iniciais sobre a Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014. Marco Civil da Internet

Impressões iniciais sobre a Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014. Marco Civil da Internet Oficina sobre Governança da Internet e o Marco Civil da Internet GETEL/UnB Impressões iniciais sobre a Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014 Marco Civil da Internet Marcus A. Martins Consultor Legislativo

Leia mais

O Marco Civil da Internet no Brasil

O Marco Civil da Internet no Brasil Câmara dos Deputados Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática Reunião ordinária Brasília, 27 de abril de 2010 Luiz COSTA O Marco Civil da Internet no Brasil Introdução Objetivo do Anteprojeto

Leia mais

um país digital & continental A realidade do setor nos Estados Brasileiros Como entender e interagir com o novo consumidor na hora da compra

um país digital & continental A realidade do setor nos Estados Brasileiros Como entender e interagir com o novo consumidor na hora da compra REVISTA DIGITALKS. ano 01. número 02 um país digital & continental A realidade do setor nos Estados Brasileiros Como entender e interagir com o novo consumidor na hora da compra #Content marketing 11 passos

Leia mais

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PARA DEBATE COLABORATIVO. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PARA DEBATE COLABORATIVO. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PARA DEBATE COLABORATIVO Estabelece o Marco Civil da Internet no Brasil. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. Esta Lei estabelece direitos

Leia mais

Marco civil da internet o papel da Auditoria Interna e Compliance. São Paulo, 28 de outubro de 2015 Nivaldo Cleto ncleto@nivaldocleto.cnt.

Marco civil da internet o papel da Auditoria Interna e Compliance. São Paulo, 28 de outubro de 2015 Nivaldo Cleto ncleto@nivaldocleto.cnt. Marco civil da internet o papel da Auditoria Interna e Compliance São Paulo, 28 de outubro de 2015 Nivaldo Cleto ncleto@nivaldocleto.cnt.br A lei 12.965/2014 Fundamentos do Marco Civil: A liberdade de

Leia mais

MARCO CIVIL DA INTERNET PROTEÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS E MARCAS. RODRIGO BORGES CARNEIRO rcarneiro@dannemann.com.br

MARCO CIVIL DA INTERNET PROTEÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS E MARCAS. RODRIGO BORGES CARNEIRO rcarneiro@dannemann.com.br MARCO CIVIL DA INTERNET PROTEÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS E MARCAS RODRIGO BORGES CARNEIRO rcarneiro@dannemann.com.br MARCO CIVIL - LEI 12.965/14 Constituição da Internet Estabelece princípios, garantias,

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES PROJETO DE LEI Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o Esta Lei estabelece princípios,

Leia mais

Marco Civil da Internet

Marco Civil da Internet Deputado Federal Alessandro Lucciola Molon (Partido dos Trabalhadores Rio de Janeiro) Relator do Projeto de Lei 2.126/2011 (Lei 12.965/2014) 16 Giugno 2014 Montecitorio publicado no D.O.U. de 24.4.2014

Leia mais

MARCO CIVIL DA INTERNET LEI Nº 12.965, DE 23/04/2014

MARCO CIVIL DA INTERNET LEI Nº 12.965, DE 23/04/2014 MARCO CIVIL DA INTERNET LEI Nº 12.965, DE 23/04/2014 1. EMENTA A Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014, estabeleceu princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil, conhecido

Leia mais

ACESSO À INTERNET: UMA BREVE COMPARAÇÃO ENTRE OS DISPOSITIVOS LEGAIS DE NEUTRALIDADE DA REDE DO BRASIL E CHILE

ACESSO À INTERNET: UMA BREVE COMPARAÇÃO ENTRE OS DISPOSITIVOS LEGAIS DE NEUTRALIDADE DA REDE DO BRASIL E CHILE ACESSO À INTERNET: UMA BREVE COMPARAÇÃO ENTRE OS DISPOSITIVOS LEGAIS DE NEUTRALIDADE DA REDE DO BRASIL E CHILE Victor Araújo de Menezes 1 Ariane Simioni 2 RESUMO Este artigo tem por objetivo comparar os

Leia mais

Responsabilidade Civil de Provedores

Responsabilidade Civil de Provedores Responsabilidade Civil de Provedores Impactos do Marco Civil da Internet (Lei Nº 12.965, de 23 abril de 2014) Fabio Ferreira Kujawski Modalidades de Provedores Provedores de backbone Entidades que transportam

Leia mais

Marco Civil da Internet

Marco Civil da Internet Marco Civil da Internet Tendências em Privacidade e Responsabilidade Carlos Affonso Pereira de Souza Professor da Faculdade de Direito da UERJ Diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) @caffsouza

Leia mais

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PARA DEBATE COLABORATIVO SE Ç Ã O I V R E V ISA D A

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PARA DEBATE COLABORATIVO SE Ç Ã O I V R E V ISA D A M INU T A D E A N T EPR OJE T O D E L E I PA R A D E B A T E C O L A B O R A T I V O SE Ç Ã O I V R E V ISA D A Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça Esplanada dos Ministérios, Edifício

Leia mais

Marco Civil da Internet

Marco Civil da Internet Marco Civil da Internet Depois de 15 anos o marco civil da internet está prestes a sair mas ainda causa polêmica. Um dos aspectos mais relevantes é o do livre acesso (ou não). O Congresso Nacional deve

Leia mais

Marco Civil da Internet Herói ou vilão?

Marco Civil da Internet Herói ou vilão? II Workshop de Tecnologia de Redes do Ponto de Presença da RNP no Paraná Marco Civil da Internet Herói ou vilão? Curitiba - PR, 18 de setembro 2015 Apresentação: Omar Kaminski http://marcocivildadepressao.tumblr.com

Leia mais

Marco Civil da Internet

Marco Civil da Internet Marco Civil da Internet (Lei 12.965/2014) Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com Ecosistema Agenda Breve histórico sobre Direito Digital. O Marco Civil e as pessoas de TI:

Leia mais

CLAUDIO NAZARENO. Consultor Legislativo da Área XIV Comunicação Social, Informática, Telecomunicações, Sistema Postal, Ciência e Tecnologia

CLAUDIO NAZARENO. Consultor Legislativo da Área XIV Comunicação Social, Informática, Telecomunicações, Sistema Postal, Ciência e Tecnologia Comentários acerca do Projeto de Lei nº 2.126/11, que [e]stabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil, o chamado Marco Civil da Internet CLAUDIO NAZARENO Consultor

Leia mais

Marco Civil da Internet

Marco Civil da Internet Dep. Federal Alessandro Molon (PT-RJ) Relator do PL 2.126/2011 VI Seminário Telcomp São Paulo, 25 de setembro de 2013 + amplamente debatido 2.300 contribuições consultas públicas 6 audiências e seminários

Leia mais

A Proteção da Propriedade Intelectual no Ambiente Digital: o Impacto de SOPA, PIPA e/ou CISPA Laura Fragomeni

A Proteção da Propriedade Intelectual no Ambiente Digital: o Impacto de SOPA, PIPA e/ou CISPA Laura Fragomeni A Proteção da Propriedade Intelectual no Ambiente Digital: o Impacto de SOPA, PIPA e/ou CISPA Laura Fragomeni Roteiro Crescimento da Internet Desafio: ineficácia legislativa Panorama Internacional: SOPA,PIPA

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TFM-560X H/W : YO

Guia de Instalação Rápida TFM-560X H/W : YO Guia de Instalação Rápida TFM-560X H/W : YO Table Índice of Contents... 1. Antes de Iniciar... 2. Como instalar... 1 1 2 Troubleshooting... 7 Version 08.04.2008 1. Antes de Iniciar Conteúdo da Embalagem

Leia mais

Trabalho sobre Marco Civil

Trabalho sobre Marco Civil CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA, INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CEEP/TIC MUNICÍPIO: LAURO DE FREITAS DIREC: 1B Inclusão digital Professora Milena Matos Trabalho sobre Marco Civil O Marco

Leia mais

LEI Nº 12.965, DE 23 ABRIL DE 2014.

LEI Nº 12.965, DE 23 ABRIL DE 2014. LEI Nº 12.965, DE 23 ABRIL DE 2014. Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono

Leia mais

II - os direitos humanos e o exercício da cidadania em meios digitais;

II - os direitos humanos e o exercício da cidadania em meios digitais; 1 TEXTO ORIGINAL PROPOSTA DO RELATOR Projeto de Lei 2.126 de 2011 Substitutivo ao Projeto de Lei 2.126 de 2011 Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O Congresso

Leia mais

Trilha 6: Ambiente legal, regulatório, segurança e inimputabilidade da rede

Trilha 6: Ambiente legal, regulatório, segurança e inimputabilidade da rede Trilha 6: Ambiente legal, regulatório, segurança e inimputabilidade da rede A) Questões chave levantadas: (Relato concatenado das discussões dos dias 13 e 14.) Busca de um ambiente legal e regulatório

Leia mais

O Congresso Nacional decreta:

O Congresso Nacional decreta: 1 SUBEMENDA SUBSTITUTIVA GLOBAL ÀS EMENDAS DE PLENÁRIO AO PROJETO DE LEI Nº 2.126, DE 2011 Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O Congresso Nacional decreta:

Leia mais

MARCO CIVIL DA INTERNET

MARCO CIVIL DA INTERNET Constituição da Internet Brasileira MARCO CIVIL DA INTERNET LEI Nº 12.965, DE 23 ABRIL DE 2014. Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da internet no Brasil Instituto Coaliza Educação

Leia mais

REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 2.126-B DE 2011. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 2.126-B DE 2011. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 2.126-B DE 2011 Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da internet no Brasil. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

Nota Técnica sobre o Substitutivo aos PLs nº 215, 1.547 e 1.589/2015

Nota Técnica sobre o Substitutivo aos PLs nº 215, 1.547 e 1.589/2015 Nota Técnica sobre o Substitutivo aos PLs nº 215, 1.547 e 1.589/2015 Vimos pela presente apresentar a seguinte Nota Técnica sobre os termos do Substitutivo aos Projetos de Lei nº 215, 1.547 e 1.589/2015

Leia mais

REGULAÇÃO, CONCORRÊNCIA E INTERNET

REGULAÇÃO, CONCORRÊNCIA E INTERNET REGULAÇÃO, CONCORRÊNCIA E INTERNET Perspectivas acerca da neutralidade de redes a partir dos aportes da Teoria das Múltiplas Funcionalidades do Direito. VICTOR OLIVEIRA FERNANDES Jonathan Bruce Postel

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TW100-BRV204

Guia de Instalação Rápida TW100-BRV204 Guia de Instalação Rápida TW100-BRV204 Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Instalação de Hardware... 3. Configure o Roteador... 1 1 2 3 Troubleshooting... 5 Version 08.05.2008

Leia mais

Campo Grande Mato Grosso do Sul.

Campo Grande Mato Grosso do Sul. Campo Grande Mato Grosso do Sul. Portfólio - 2014 EXPERIÊNCIA inovação confiabilidade S omos uma sociedade de advogados com sede na capital do Estado de Mato Grosso do Sul, inscrita no Cadastro Nacional

Leia mais

BLOCO II NEUTRALIDADE DE REDES O mundial e o nacional

BLOCO II NEUTRALIDADE DE REDES O mundial e o nacional Seminário Novos temas de regulação: Neutralidade de redes e Segurança cibernética BLOCO II NEUTRALIDADE DE REDES O mundial e o nacional de 2012 16/11/2012 Neutralidade da Rede 1 Sumário Neutralidade da

Leia mais

Responsabilidade na Internet

Responsabilidade na Internet Responsabilidade na Internet Papos em Rede 26/01/2012 Glaydson Lima Advogado e Analista de Sistema @glaydson glaydson.com http://delicious.com/glaydsonlima/paposemrede Responsabilidade por publicação direta

Leia mais

Nota Técnica sobre o PL nº 1589/2015

Nota Técnica sobre o PL nº 1589/2015 Nota Técnica sobre o PL nº 1589/2015 Vimos pela presente apresentar a seguinte Nota Técnica sobre os termos do Projeto de Lei nº 1.589/2015 e as suas repercussões sobre a aplicação do Marco Civil da Internet

Leia mais

O QUE MUDA NA SUA NAVEGAÇÃO COM O MARCO CIVIL DA INTERNET?

O QUE MUDA NA SUA NAVEGAÇÃO COM O MARCO CIVIL DA INTERNET? O QUE MUDA NA SUA NAVEGAÇÃO COM O MARCO CIVIL DA INTERNET? O QUE MUDA NA SUA NAVEGAÇÃO COM O MARCO CIVIL DA INTERNET? Redação e revisão Camila Marques, Laura Tresca, Luiz Alberto Perin Filho, Mariana Rielli

Leia mais

Governança da internet no Brasil e no mundo: a disputa em torno do conceito de neutralidade da rede

Governança da internet no Brasil e no mundo: a disputa em torno do conceito de neutralidade da rede ComCiência n.158 Campinas May 2014 Governança da internet no Brasil e no mundo: a disputa em torno do conceito de neutralidade da rede Vinicius Wagner Oliveira Santos Artigo Contexto e conceitos No Brasil,

Leia mais

Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet

Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet 2 Não há lei brasileira que regule a atividade de navegação na internet ou traga disposições específicas e exclusivas sobre os dados que circulam

Leia mais

O QUE MUDA COM A CIVIL DA INTERNET

O QUE MUDA COM A CIVIL DA INTERNET Anexo Biblioteca Informa nº 2.301 O QUE MUDA COM A APROVAÇÃO DO MARCO CIVIL DA INTERNET Autores André Zonaro Giacchetta Ciro Torres Freitas Pamela Gabrielle Meneguetti Sócio e Associados da Área Contenciosa

Leia mais

Francisco Giacomini Soares Diretor sênior de relações governamentais. Dados patrocinados e a expansão de serviços móveis

Francisco Giacomini Soares Diretor sênior de relações governamentais. Dados patrocinados e a expansão de serviços móveis Francisco Giacomini Soares Diretor sênior de relações governamentais Dados patrocinados e a expansão de serviços móveis 1 Parte importante da população brasileira possui smartphones Penetração de Smartphones

Leia mais

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

Marco Civil da Internet

Marco Civil da Internet Dep. Federal Alessandro Molon (PT-RJ) Relator do PL 2.126/2011 + amplamente debatido 2.300 contribuições consultas públicas 7 audiências e seminários 4 regiões do país 62 palestrantes e-democracia xx

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 176, DE 2014

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 176, DE 2014 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 176, DE 2014 Altera a Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014, que estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O CONGRESSO NACIONAL

Leia mais

Síntese dos debates ocorridos nos fóruns anteriores relacionados ao tema. Inovação e Empreendedorismo. Data: 02/04/2014 Versão 1.0

Síntese dos debates ocorridos nos fóruns anteriores relacionados ao tema. Inovação e Empreendedorismo. Data: 02/04/2014 Versão 1.0 Síntese dos debates ocorridos nos fóruns anteriores relacionados ao tema Inovação e Empreendedorismo Data: 02/04/2014 Versão 1.0 1. INTRODUÇÃO Os relatórios considerados para esta síntese foram: I Fórum

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB

Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB Índice Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Como instalar... 3. Usando o Adaptador Bluetooth... 1 1 2 4 Troubleshooting... 5 (Version 05.30.2006) 1. Antes

Leia mais

8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL.

8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL. 8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) São Paulo, 19 de agosto de 2010 PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL Apresentação: A Anatel, a ampliação dos acessos de

Leia mais

Respostas do Grupo 4:

Respostas do Grupo 4: Respostas do Grupo 4: Resposta ao Grupo 1: Questão: É possível a garantia de neutralidade de redes ser concretizada para além da obrigatoriedade da interconexão,regulamentada, nos termos do artigo 146

Leia mais

Legislação aplicada às comunicações

Legislação aplicada às comunicações Legislação aplicada às comunicações Discussão Neutralidade de Rede e Reflexões sobre Regulação da Mídia Carlos Baigorri Brasília, março de 2015 Definição A neutralidade da rede é o princípio de que todo

Leia mais

Síntese do debates ocorridos nos fóruns anteriores relacionados ao tema. Segurança e Privacidade. Data: 02/04/2014 Versão: 1.0

Síntese do debates ocorridos nos fóruns anteriores relacionados ao tema. Segurança e Privacidade. Data: 02/04/2014 Versão: 1.0 Síntese do debates ocorridos nos fóruns anteriores relacionados ao tema Segurança e Privacidade Data: 02/04/2014 Versão: 1.0 1. INTRODUÇÃO Os relatórios considerados para esta síntese foram: Fórum I São

Leia mais

Resultados Chamada de Contribuições à Regulamentação do Marco Civil da Internet. Comitê Gestor da Internet no Brasil 27 de fevereiro de 2015

Resultados Chamada de Contribuições à Regulamentação do Marco Civil da Internet. Comitê Gestor da Internet no Brasil 27 de fevereiro de 2015 Resultados Chamada de Contribuições à Regulamentação do Marco Civil da Internet Comitê Gestor da Internet no Brasil 27 de fevereiro de 2015 CGI.br Introdução Período de recebimento das contribuições: 19

Leia mais

IBRAC INSTITUTO BRASILEIRO DE ESTUDOS DE CONCORRÊNCIA, CONSUMO E COMÉRCIO INTERNACIONAL A PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR NA INTERNET

IBRAC INSTITUTO BRASILEIRO DE ESTUDOS DE CONCORRÊNCIA, CONSUMO E COMÉRCIO INTERNACIONAL A PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR NA INTERNET IBRAC INSTITUTO BRASILEIRO DE ESTUDOS DE CONCORRÊNCIA, CONSUMO E COMÉRCIO INTERNACIONAL A PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR NA INTERNET 14 de agosto de 2015 Flávia Lefèvre Guimarães Representante do 3º Setor no CGI.br

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TEW-652BRP H/W: V1.0R

Guia de Instalação Rápida TEW-652BRP H/W: V1.0R Guia de Instalação Rápida TEW-652BRP H/W: V1.0R Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Instalação de Hardware... 3. Configurando o Roteador Wireless... Troubleshooting... 1 1 2

Leia mais

INFORMATIVO EVANGÉLICO

INFORMATIVO EVANGÉLICO Termo de uso Termos e Condições de Uso do Serviço As disposições abaixo regulam a utilização do serviço ( SERVIÇO ), comercializado ao CLIENTE pela TELEFÔNICA DATA S/A, doravante denominada simplesmente

Leia mais

Sem trocadilhos: o Marco Civil e a Internet

Sem trocadilhos: o Marco Civil e a Internet Universidade de Brasília - PET 28 de março de 2014 A Internet A internet é um dos motores da economia mundial. A Internet A internet é um dos motores da economia mundial. Mais de 2 bilhões de pessoas têm

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE PROVIMENTO DE ACESSO INTERNET E DE TELECOMUNICAÇÕES

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE PROVIMENTO DE ACESSO INTERNET E DE TELECOMUNICAÇÕES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE PROVIMENTO DE ACESSO INTERNET E DE TELECOMUNICAÇÕES CONDIÇÕES GERAIS MLM & SANTOS INFO LTDA, empresa sediada na Rua Paturi 276 frente Jacarepaguá, inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

Lei 9609, Lei 9610, Lei 12.737 e Marco Cívil da Internet

Lei 9609, Lei 9610, Lei 12.737 e Marco Cívil da Internet Faculdade de Tecnologia Lei 9609, Lei 9610, Lei 12.737 e Marco Cívil da Internet Alunos: Anderson Mota, André Luiz da Silva, Misael Bezerra, Rodrigo Damasceno Kaji. GTI 5 Noturno Noções de Direito Prof.

Leia mais

Marco Civil da Internet Responsabilidade e Direitos Autorais

Marco Civil da Internet Responsabilidade e Direitos Autorais Marco Civil da Internet Responsabilidade e Direitos Autorais Carlos Affonso Pereira de Souza Professor da Faculdade de Direito da UERJ Diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) @caffsouza Três

Leia mais

Manual do usuário. Xperia P TV Dock DK21

Manual do usuário. Xperia P TV Dock DK21 Manual do usuário Xperia P TV Dock DK21 Índice Introdução...3 Visão geral da parte traseira do TV Dock...3 Introdução...4 Gerenciador do LiveWare...4 Como atualizar o Gerenciador do LiveWare...4 Utilização

Leia mais

Convergência tecnológica em sistemas de informação

Convergência tecnológica em sistemas de informação OUT. NOV. DEZ. l 2006 l ANO XII, Nº 47 l 333-338 INTEGRAÇÃO 333 Convergência tecnológica em sistemas de informação ANA PAULA GONÇALVES SERRA* Resumo l Atualmente vivemos em uma sociedade na qual o foco

Leia mais

Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades

Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades Bruno Sanchez Lombardero Faculdade Impacta de Tecnologia São Paulo Brasil bruno.lombardero@gmail.com Resumo: Computação em nuvem é um assunto que vem surgindo

Leia mais

Segurança Cibernética X Segurança Legal. Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com

Segurança Cibernética X Segurança Legal. Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com Segurança Cibernética X Segurança Legal Adriana de Moraes Cansian Advogada OAB/SP 332.517 adriana@cansian.com Agenda Introdução: por que devemos nos preocupar? Questões Cíveis. QuestõesTrabalhistas. O

Leia mais

ANUCIANTE declara que aquiesceu com todas as condições apresentadas no presente Termo de Uso.

ANUCIANTE declara que aquiesceu com todas as condições apresentadas no presente Termo de Uso. O website e domínio www.busquecursos.co, bem como seus subdomínios, funcionalidades, conteúdo e demais aplicações e serviços (incluindo aplicações mobile) estão sujeitos aos termos e condições deste termo

Leia mais

Noções de Direito e Legislação da Informática FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Noções de Direito e Legislação da Informática FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LUIZ GUILHERME JULIANO PIROZZELLI TULIO TSURUDA WISLIY LOPES Noções de Direito e Legislação da Informática GOIÂNIA JUNHO DE 2014 RELACIONAR

Leia mais

E-mail anônimo Onde estão as evidências?

E-mail anônimo Onde estão as evidências? E-mail anônimo Onde estão as evidências? Conteúdo em servidores e máquinas A mensagem está nos servidores locais e máquinas de colaboradores; O texto original e o conteúdo distribuído também está em um

Leia mais

Neutralidade de rede Consulta Pública à sociedade sobre a regulamentação prevista no Marco Civil da Internet Consulta Pública nº 8/2015

Neutralidade de rede Consulta Pública à sociedade sobre a regulamentação prevista no Marco Civil da Internet Consulta Pública nº 8/2015 Neutralidade de rede Consulta Pública à sociedade sobre a regulamentação prevista no Marco Civil da Internet Consulta Pública nº 8/2015 Anatel Junho de 2015 Neutralidade de rede Consulta Pública Anatel

Leia mais

Economia Digital e Privacidade

Economia Digital e Privacidade Economia Digital e Privacidade III Seminário de Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais Veridiana Alimonti São Paulo, 01 de outubro de 2012 sobre o Idec O Idec - Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor,

Leia mais

Relatório sobre o Exame Periódico Universal do Brasil Conselho de Direitos Humanos

Relatório sobre o Exame Periódico Universal do Brasil Conselho de Direitos Humanos Relatório sobre o Exame Periódico Universal do Brasil Conselho de Direitos Humanos 28 de novembro de 2011 http://www.apcwomen.org/ 1 http://www.nupef.org 2 http:www.sxpolitics.org 3 http://www.apc.org

Leia mais

Universidade de Brasília. Administrativo 3. Professor Márcio Iorio Aranha. Grupo 4 - Noturno

Universidade de Brasília. Administrativo 3. Professor Márcio Iorio Aranha. Grupo 4 - Noturno Universidade de Brasília Administrativo 3 Professor Márcio Iorio Aranha Grupo 4 - Noturno Regulação de redes e equipamentos nas telecomunicações Caso Skype neutralidade de redes RDET 3(1): 43-74, 2011

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. João Maia)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. João Maia) PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. João Maia) Dispõe sobre o serviço de comunicação eletrônica de massa e dá outras providências. O Congresso Nacional decreta: Art. 1 Para fins desta lei e da sua regulamentação,

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TW100-S4W1CA

Guia de Instalação Rápida TW100-S4W1CA Guia de Instalação Rápida TW100-S4W1CA Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Instalação de Hardware... 3. Configure o Roteador... 1 1 2 3 Troubleshooting... 5 Version 06.01.2007

Leia mais

Dr. Guilherme Augusto Gonçalves Machado advogado mestrando em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos

Dr. Guilherme Augusto Gonçalves Machado advogado mestrando em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos $ 5(63216$%,/,'$'( &,9,/ '2 3529('25 '( $&(662,17(51(7 Dr. Guilherme Augusto Gonçalves Machado advogado mestrando em Direito Empresarial pela Faculdade de Direito Milton Campos A Internet se caracteriza

Leia mais

O CGI.br. Civil da Internet. e o Marco. Defesa da privacidade de todos que utilizam a Internet; Neutralidade de rede; Inimputabilidade da rede.

O CGI.br. Civil da Internet. e o Marco. Defesa da privacidade de todos que utilizam a Internet; Neutralidade de rede; Inimputabilidade da rede. O CGI.br Defesa da privacidade de todos que utilizam a Internet; Neutralidade de rede; Inimputabilidade da rede. e o Marco Civil da Internet O CGI.br e o Marco Civil da Internet O CGI.br e o Marco Civil

Leia mais

A Regulamentação do Marco Civil da Internet. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro

A Regulamentação do Marco Civil da Internet. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro A Regulamentação do Marco Civil da Internet Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 30/09/2015 Lei N o 12.965/2014 - Marco Civil da Internet O Marco Civil da

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TE100-PCBUSR

Guia de Instalação Rápida TE100-PCBUSR Guia de Instalação Rápida TE100-PCBUSR Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Como Instalar... 1 1 2 Troubleshooting... 3 Version 07.27.2007 1. Antes de Iniciar Conteúdo da Embalagem

Leia mais

Faculdade de Direito FD/UnB Direito Noturno Direito Administrativo 3 Prof: Márcio Iório Aranha Grupo 04 Respostas às perguntas do demais grupos

Faculdade de Direito FD/UnB Direito Noturno Direito Administrativo 3 Prof: Márcio Iório Aranha Grupo 04 Respostas às perguntas do demais grupos Faculdade de Direito FD/UnB Direito Noturno Direito Administrativo 3 Prof: Márcio Iório Aranha Grupo 04 Respostas às perguntas do demais grupos Grupo 2. Como o princípio da neutralidade pode ser compatibilizado

Leia mais

CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS

CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS CONTEÚDOS PARA TREINAMENTOS, CURSOS DE CAPACITAÇÃO, PALESTRAS Os conteúdos listados abaixo são uma prévia dos temas e podem ser adequados ao cliente de acordo com o perfil e demanda da empresa/instituição.

Leia mais

Oportunidades para a Oferta de Serviços no Novo Cenário das Telecomunicações. - 25 de Novembro de 2010

Oportunidades para a Oferta de Serviços no Novo Cenário das Telecomunicações. - 25 de Novembro de 2010 Oportunidades para a Oferta de Serviços no Novo Cenário das Telecomunicações - 25 de Novembro de 2010 PRINCIPAIS OBJETIVOS ABRANET Defender a liberdade e a segurança na Internet Difundir a cultura Internet

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES. I - o reconhecimento da escala mundial da rede;

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES. I - o reconhecimento da escala mundial da rede; PROJETO DE LEI Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o Esta Lei estabelece princípios,

Leia mais

Seul Declaração da Sociedade Civil e do Trabalho. A Conferência Ministerial da OCDE Sobre o futuro da economia da Internet Seul, Coréia 16 junho 2008

Seul Declaração da Sociedade Civil e do Trabalho. A Conferência Ministerial da OCDE Sobre o futuro da economia da Internet Seul, Coréia 16 junho 2008 Seul Declaração da Sociedade Civil e do Trabalho A Conferência Ministerial da OCDE Sobre o futuro da economia da Internet Seul, Coréia 16 junho 2008 Esta reunião de organizações da sociedade civil e do

Leia mais

Direitos Humanos e Sociedade da Informação

Direitos Humanos e Sociedade da Informação 10 Anos da Sociedade de Informação 2 de Novembro de 2006 FIL Parque das Nações Direitos Humanos e Sociedade da Informação A. J. Simões Monteiro ( APDSI ) Patrocínio Apoio Direitos Humanos e Sociedade da

Leia mais

A aplicação privada do direito da concorrência em Espanha La aplicación privada del derecho de la competencia en España

A aplicação privada do direito da concorrência em Espanha La aplicación privada del derecho de la competencia en España A aplicação privada do direito da concorrência em Espanha La aplicación privada del derecho de la competencia en España Uma evolução interessante Una evolución interesante!ª Conferência Luso-Espanhola

Leia mais

1 Freedom of Expression on the Internet Study of legal provisions and practices related to freedom of

1 Freedom of Expression on the Internet Study of legal provisions and practices related to freedom of PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 103/XII-1ª Estabelece o princípio da Neutralidade da Rede nas Comunicações Electrónicas Exposição de Motivos Tal como o PCP tem afirmado,

Leia mais

Limites Regulatórios do Acesso Fixo sem Fio: possibilidades convergentes para a interatividade de novas mídias

Limites Regulatórios do Acesso Fixo sem Fio: possibilidades convergentes para a interatividade de novas mídias Limites Regulatórios do Acesso Fixo sem Fio: possibilidades convergentes para a interatividade de novas mídias Márcio Iorio Aranha Seminário Direito, Globalização e Sociedade em Rede. Discurso jurídico

Leia mais

MARCO CIVIL DA INTERNET PRELÚDIO DA NORMATIZAÇÃO NACIONAL SOBRE DIREITOS E DEVERES NO AMBIENTE VIRTUAL.

MARCO CIVIL DA INTERNET PRELÚDIO DA NORMATIZAÇÃO NACIONAL SOBRE DIREITOS E DEVERES NO AMBIENTE VIRTUAL. São Paulo, 28 de abril de 2014. MARCO CIVIL DA INTERNET PRELÚDIO DA NORMATIZAÇÃO NACIONAL SOBRE DIREITOS E DEVERES NO AMBIENTE VIRTUAL. Autor: LUIZ RICARDO DE ALMEIDA e-mail.: luiz.almeida@riccipi.com.br

Leia mais

WebinHost.com.br não venderá, distribuirá, revelará ou de qualquer forma tornará disponível qualquer informação do cliente.

WebinHost.com.br não venderá, distribuirá, revelará ou de qualquer forma tornará disponível qualquer informação do cliente. Termos de serviço A Webin se reserva ao direito de adicionar, excluir ou modificar qualquer cláusula deste termo a qualquer momento. Você concorda que se comprometerá a ajustar-se a estas mudanças, caso

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TEW-430APB

Guia de Instalação Rápida TEW-430APB Guia de Instalação Rápida TEW-430APB Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Instalação de Hardware... 3. Configure o Ponto de Acesso... 1 1 2 3 Troubleshooting... 6 Version 08.04.2008

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TFM-560X

Guia de Instalação Rápida TFM-560X Guia de Instalação Rápida TFM-560X Table Índice of Contents... 1. Antes de Iniciar... 2. C omo instalar... 3. Verifique a Instalação... Troubleshooting... 1 1 2 6 7 Version 10.30.2007 1. Antes de Iniciar

Leia mais

Cloud para o Brasil Cloud Services

Cloud para o Brasil Cloud Services Cloud para o Brasil Como as ofertas da Capgemini endereçam os principais pontos levantados pela pesquisa exclusiva We orchestrate your Cloud Services Current Market Situation with Cloud 2 Current Market

Leia mais

Pergunta do professor - Qual a diferença entre interceptação telefônica e escuta telefônica?

Pergunta do professor - Qual a diferença entre interceptação telefônica e escuta telefônica? Universidade de Brasília UnB Faculdade de Direito Direito Administrativo 3 Turno: Noturno Grupo 3: Eliane Regis de Abreu 10/0099475 Isabel Rocha 10/0105432 Luisa Mendes Lara 10/0112781 Matheus Coelho 10/0115829

Leia mais

40º ENCONTRO TELE.SÍNTESE

40º ENCONTRO TELE.SÍNTESE 40º ENCONTRO TELE.SÍNTESE CONCENTRAÇÃO NO MERCADO DE TELECOM: MOVIMENTO SEM VOLTA? Bruno Ramos Diretor Regional para as Américas UIT ABOUT ITU ABOUT ITU introdução ao IDI O Índice de Desenvolvimento das

Leia mais

Faça seu provedor crescer. Quer saber?

Faça seu provedor crescer. Quer saber? Faça seu provedor crescer Quer saber? Edmilson José de Almeida Filho Consultor e Gestor ISP Suporte a Provedores desde 2001 Suporte Linux desde 2001 Suporte Mikrotik desde 2007 Visão geral VISÃO As pessoas

Leia mais

REGULAMENTO DE SERVIÇOS TESTEMUNHO. Termo de uso. Termos e Condições de Uso do Serviço TESTEMUNHO

REGULAMENTO DE SERVIÇOS TESTEMUNHO. Termo de uso. Termos e Condições de Uso do Serviço TESTEMUNHO Termo de uso Termos e Condições de Uso do Serviço As disposições abaixo regulam a utilização do serviço S ( SERVIÇO ), comercializado ao CLIENTE pela TELEFÔNICA DATA S/A, doravante denominada simplesmente

Leia mais

COMUNICAÇÃO E INOVAÇÃO EM PORTAIS CORPORATIVOS

COMUNICAÇÃO E INOVAÇÃO EM PORTAIS CORPORATIVOS ALESSANDRA DE FALCO COMUNICAÇÃO E INOVAÇÃO EM PORTAIS CORPORATIVOS Os casos da Embraer, Natura, Faber-Castell e Rigesa Universidade Metodista de São Paulo Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social

Leia mais