Modelo Comportamental

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Modelo Comportamental"

Transcrição

1 MEDIDA Cursos de Educação e Formação de Adultos Modelo Comportamental Documento de apoio 3 Diagrama Entidade Relação Curso de Educação e Formação de Adultos Turma de Qualificação Escolar de Nível Secundário Técnico/a de Informática de Sistemas Formadora: Patrícia Mateus

2 Objectivos: Identificar ferramentas de análise estruturada Identificar os componentes de um diagrama entidade relação Elaborar um diagrama entidade relação Diagrama Entidade Relação O DEA (Diagrama Entidade Associação) ou DER (Diagrama Entidade Relação) tem como objectivo modelar de forma lógica a estrutura de armazenamento dos dados, definindo: As entidades do sistema a quem pertencem os dados; As associações ou relacionamentos entre os dados; As características ou atributos dos dados e das associações. É modelo em rede que descreve os dados armazenados de um sistema num alto nível de abstracção. É diferente de um diagrama de fluxo de dados que modela as funções executadas por um sistema. Componentes de um diagrama Entidade Relação Entidade Um DER é composto por 3 elementos principais: Entidades Atributos Relações A definição de uma entidade passa pela identificação dos elementos e de um conjunto de atributos comuns do mundo real que estamos a analisar. Por exemplo, considere-se o Cedra. No Cedra podemos identificar, as entidades FORMANDO, FORMADOR, UFCD, etc.. A entidade FORMANDO representa todos os formandos que frequentam o Cedra e o formando "José Pires" é uma instância da entidade FORMANDO. REPRESENTAÇÃO GRÁFICA A entidade é representada por um rectângulo e respectivo nome. FORMANDO Atributos Os atributos representam os dados ou características da Entidade, ou seja, são elementos ou propriedades que caracterizam as entidades. -2-

3 Numa tabela uma coluna representa um atributo e o seu preenchimento representa uma instância. Alguns atributos são opcionais, outros são obrigatórios. Os opcionais significam que uma instância pode assumir o valor NULL. Tipos de atributos: Atributo Descritor são os atributos que apenas descrevem ou caracterizam as ocorrências de uma entidade. Atributo Identificador ou Chave Primária - determina univocamente uma instância numa entidade. Representa-se com Exemplos de Entidades de bases de dados e os atributos que as podem definir: Pessoas definidas por atributos como: -nome, n.º do BI, data de nascimento, endereço, telefone e outros que possam ser considerados importantes, consoante a finalidade da base de dados; -nuns casos, pode interessar a idade, a naturalidade, o estado civil, etc.; -noutros casos, interessará saber as habilitações académicas, a profissão, o vencimento, etc. Empresas podem ser definidas por atributos como: -nome, n.º de contribuinte, endereço, telefone, fax, etc. Produtos podem ser definidos por atributos como: -um código de identificação, nome ou designação, categoria, modelo ou tipo, dimensão, cor, quantidade, etc. Quando define os atributos de uma entidade deve colocar o nome da entidade e o sinal de igual seguido de todos os atributos que a constituem. As chaves primárias são identificadas Exemplo : Produtos + preço + designação + nome + morada + telefone Estrutura lógica Definir uma entidade no modelo E-R, normalmente, é definir não uma entidade concreta mas uma classe de entidades. Então o uma entidade ou classe de entidades corresponde a uma tabela; o os atributos da entidade correspondem aos campos da tabela; os vários elementos da entidade correspondem aos registos. o -3-

4 Relacionamentos ou Associações As relações/associações representam as associações entre as entidades e são representados por verbos. REPRESENTAÇÃO GRÁFICA As associações são representadas por um losango ou por um losango envolvido por um rectângulo. Tipos de Associações Quanto ao número de entidades presentes no relacionamento, tem-se os seguintes tipos: Unário relação entre instâncias de uma só entidade Binário relação entre duas entidades Ternário relação entre três entidades Quanto ao número de elementos com que uma entidade se pode relacionar com os elementos de outra entidade, isto é, o grau de relacionamento ou grau de cardinalidade, temse: Um para Um Cada professor lecciona apenas uma disciplina. Cada disciplina é leccionada apenas por um professor. Um para Muitos ou Muitos para Um Cada motorista realiza várias viagens. Cada viagem é realizada apenas por 1 motorista. -4-

5 Muitos para Muitos Cada motorista conduz vários autocarros. Cada autocarro é conduzido por vários motoristas. Relacionamentos Muitos para Muitos Regra Quando existirem relacionamentos M:N, subdividem-se em dois relacionamentos 1:N, criando-se uma entidade associativa original, que fará a interface entre as entidades anteriores e que pode apresentar alguns atributos específicos. EXEMPLO Num determinado armazém, um fornecedor fornece vários produtos e cada produto pode ser fornecido por vários fornecedores. O diagrama representativo desta situação é apresentado em seguida: Fornecedor N Fornece M Produto Atributos: Fornecedor + nome + NIF Produto + nome Quando a relação é do tipo N:M a associação transforma-se também numa entidade com atributos próprios. 1 N N 1 Fornecedor ForneceProdutos Produto Atributos: Fornecedor + nome + NIF Produto + nome + data + quantidade -5-

António Rocha Nuno Melo e Castro

António Rocha Nuno Melo e Castro António Rocha Nuno Melo e Castro O modelo E-R (entidade-relacionamento) baseia-se na percepção de um universo constituído por um grupo básico de objectos chamados Entidades e por Relacionamentos entre

Leia mais

Técnicas de Modelação de Dados

Técnicas de Modelação de Dados Técnicas de Modelação de Dados Diagrama Entidade-Relacionamento (ER) Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 13 Técnicas

Leia mais

Modelo Entidade Relacionamento (MER) Professor : Esp. Hiarly Alves

Modelo Entidade Relacionamento (MER) Professor : Esp. Hiarly Alves Tópicos Apresentação Entidade, Atributo e Relacionamento Cardinalidade Representação simbólica Generalizações / Especializações Agregações Apresentação O Modelo Entidade-Relacionamento tem o objetivo de

Leia mais

CURSO TÉCNICO DE MULTIMÉDIA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Parte 1. Ano letivo

CURSO TÉCNICO DE MULTIMÉDIA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Parte 1. Ano letivo CURSO TÉCNICO DE MULTIMÉDIA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Parte 1 Ano letivo 2018 2019 PROFESSORA Professora: Sónia Santos Curso Profissional de Técnica de Informática e Gestão; Licenciatura em Engenharia Informática;

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO Modelo Conceitual. Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos FMS

SISTEMA DE INFORMAÇÃO Modelo Conceitual. Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos FMS SISTEMA DE INFORMAÇÃO Modelo Conceitual Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos FMS lflcampos@machadosobrinho.com.br Modelo conceitual Um modelo conceitual é uma descrição do banco de dados de forma independente

Leia mais

Modelo Entidade-Relacionamento. José Antônio da Cunha CEFET-RN

Modelo Entidade-Relacionamento. José Antônio da Cunha CEFET-RN Modelo Entidade-Relacionamento José Antônio da Cunha CEFET-RN Roteiro Contexto Objetivos Modelo de Entidade-Relacionamento (MER) Notação gráfica Considerações Finais Contexto MER no desenvolvimento de

Leia mais

2010 Diagrama Entidade - Associação

2010 Diagrama Entidade - Associação 2010 Diagrama Entidade - Associação Patrícia da Conceição Mega Expansão 01-01-2010 O que é Diagrama de Entidade associação É uma técnica de representação gráfica que auxilia vivamente a visualização das

Leia mais

Modelo Comportamental

Modelo Comportamental MEDIDA 2.2 - Cursos de Educação e Formação de Adultos Modelo Comportamental Documento de apoio 4 Normalização de Dados Curso de Educação e Formação de Adultos Turma de Qualificação Escolar de Nível Secundário

Leia mais

Diagrama de Entidade Associação ou Relacionamento

Diagrama de Entidade Associação ou Relacionamento Diagrama de Entidade Associação ou Relacionamento 1 Quanto à obrigatoriedade dos elementos de uma entidade participarem, ou não, no relacionamento com outra entidade, tem-se: Participação obrigatória de

Leia mais

Modelo Relacional. Aula 02

Modelo Relacional. Aula 02 Aula 02 Modelo Relacional É um modelo baseado em relações, seus dados no BD são representados através de tabelas, ou seja, sua coleção ou relação recebe cada uma um nome único. Revisando: Dados: é o conteúdo

Leia mais

Banco de Dados. Aula 3 - Prof. Bruno Moreno 26/08/2011

Banco de Dados. Aula 3 - Prof. Bruno Moreno 26/08/2011 Banco de Dados Aula 3 - Prof. Bruno Moreno 26/08/2011 Aula passada.. PostgreSQL Profissionais de BD Vantagens do uso de BD Modelagem de Dados Esquema de Banco de Dados Arquitetura de Banco de Dados Independência

Leia mais

Introdução aos SGBD s

Introdução aos SGBD s Introdução aos SGBD s O que é uma Base de Dados? Colecção de dados ou itens de informação estruturados de determinada forma. Forma mais comum de guardar um grande volume de dados. Exemplos: Agenda de Contactos

Leia mais

Revisando Banco de Dados. Modelo Relacional

Revisando Banco de Dados. Modelo Relacional : Revisando Banco de Dados Banco de Dados (BD) é o arquivo físico, em dispositivos periféricos, onde estão armazenados os dados de diversos sistemas, para consulta e atualização pelo usuário. Sistema Gerenciador

Leia mais

Análise Estruturada. Modelagem de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D.

Análise Estruturada. Modelagem de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D. Análise Estruturada Análise estruturada Proposta a partir de 1975 por vários autores (Constantine, Tom DeMarco, Yourdon, Gane & Sarson) Caiu em desuso com os modelos orientados a objetos Entretanto...

Leia mais

Banco de Dados Modelagem de Dados. Prof. Joel da Silva

Banco de Dados Modelagem de Dados. Prof. Joel da Silva Banco de Dados Modelagem de Dados Prof. Joel da Silva Modelagem É o processo de transformar aspectos do mundo real (fatos) em um modelo formal igualmente representativo. A modelagem conceitual do BD independe

Leia mais

Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre

Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SUPERVISÃO CLÍNICA FICHA CURRICULAR Ano letivo: / Processo n.º Nome: Data de Nascimento: / / Naturalidade:

Leia mais

Abordagem Entidade-Relacionamento. Edmilson Campos

Abordagem Entidade-Relacionamento. Edmilson Campos Disciplina: Banco de Dados AULA 02 Abordagem Modelo Conceitual Adaptado dos slides do Livro Projeto de Banco de Dados, v. 4 de Carlos A. Heuser Edmilson Campos, Prof. http://www3.ifrn.edu.br/~edmilsoncampos/

Leia mais

18/03/2012. Independência de Dados: capacidade de modificar a definição dos esquemas em. determinado nível, sem afetar o esquema do nível superior;

18/03/2012. Independência de Dados: capacidade de modificar a definição dos esquemas em. determinado nível, sem afetar o esquema do nível superior; Modelagem Conceitual 2012.1 2 Independência de Dados: capacidade de modificar a definição dos esquemas em determinado nível, sem afetar o esquema do nível superior Independência de dados física: modifica

Leia mais

Análise e Projeto de Sistemas

Análise e Projeto de Sistemas Análise e Projeto de Sistemas Prof. Dr. Ronaldo C. de Oliveira ronaldo.co@ufu.br www.facom.ufu.br/~ronaldooliveira FACOM - 2017 Introdução a Modelagem de Dados Modelagem de Dados Definição: Uma abordagem

Leia mais

Modelo Entidade-Relacionamento. Aécio Costa

Modelo Entidade-Relacionamento. Aécio Costa Aécio Costa Modelo de dados conceitual de alto-nível, ou seja, seus conceitos foram projetados para serem compreensíveis a usuários, descartando detalhes de como os dados são armazenados. O MER descreve

Leia mais

Normalização de dados

Normalização de dados 1 Normalização de dados Vantagens da normalização A normalização permite: Agrupar os atributos de uma entidade de forma a reduzir o número de dependências funcionais existentes entre os dados numa base

Leia mais

Modelagem e Implementação de. Banco de Dados SAP HANA. 04: Modelo Conceitual: Relacionamentos. Prof. Ari Oliveira

Modelagem e Implementação de. Banco de Dados SAP HANA. 04: Modelo Conceitual: Relacionamentos. Prof. Ari Oliveira Modelagem e Implementação de Banco de Dados SAP HAA 04: Modelo Conceitual: Relacionamentos Prof. Ari Oliveira Observar e entender MUDO REAL MODELO COCEITUAL MODELO LÓGICO Organizar as idéias MODELO DESCRITIVO

Leia mais

TABELA ENTIDADE LINHA OCORRÊNCIA DA ENTIDADE COLUNA ATRIBUTO DA ENTIDADE

TABELA ENTIDADE LINHA OCORRÊNCIA DA ENTIDADE COLUNA ATRIBUTO DA ENTIDADE TABELA ENTIDADE LINHA OCORRÊNCIA DA ENTIDADE COLUNA ATRIBUTO DA ENTIDADE CARACTERISTICA DE UMA TABELA: NÃO EXISTEM DUAS LINHAS IGUAIS A ORDEM DAS LINHAS É INSIGNIFICANTE A ORDEM DAS COLUNAS É INSIGNIFICANTE

Leia mais

Projeto Lógico de BDOO

Projeto Lógico de BDOO Projeto Lógico de BDOO Entidades Relacionamentos Atributos Herança Classes Atributos Herança Associação Diagrama ER (abstração da realidade) Modelo OO (organização de dados) Mapeamento de Entidades Entidades

Leia mais

Modelo Relacional Normalização Diagramas E-R e Tabelas Originadas

Modelo Relacional Normalização Diagramas E-R e Tabelas Originadas Informática II Modelo Relacional Normalização Diagramas E-R e Tabelas Originadas (TÓPICOS ABORDADOS NAS AULAS DE INFORMÁTICA II) Por: Artur Sousa / Jorge Loureiro Conceitos de entidade e atributo Tipos

Leia mais

Técnicas de Modelação de Dados

Técnicas de Modelação de Dados Técnicas de Modelação de Dados Diagrama de Classes Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informáticos Programação e Sistemas de Informação Módulo 13 Técnicas de Modelação de

Leia mais

Modelos. Banco de dados. Professor: Jarbas Araújo CENTRO EDUCACIONAL RADIER.

Modelos. Banco de dados. Professor: Jarbas Araújo CENTRO EDUCACIONAL RADIER. Modelos Banco de dados Professor: Jarbas Araújo professorjarbasaraujo@gmail.com CENTRO EDUCACIONAL RADIER Projeto de banco de dados Todo bom sistema de banco de dados deve apresentar um projeto, que visa

Leia mais

Modelagem de dados usando o modelo Entidade- Relacionamento (ER)

Modelagem de dados usando o modelo Entidade- Relacionamento (ER) Modelagem de dados usando o modelo Entidade- Relacionamento (ER) slide 1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. Publishing as Pearson Addison-Wesley Tópicos Usando modelo de dados conceituais de alto nível

Leia mais

UNIP Ciência da Computação AES Análise Essencial de Sistemas MER (Modelo Entidade Relacionamento)

UNIP Ciência da Computação AES Análise Essencial de Sistemas MER (Modelo Entidade Relacionamento) MER (Modelo Entidade Relacionamento) O Modelo Entidade Relacionamento é uma ferramenta para modelagem de dados, utilizada durante a modelagem do projeto conceitual de banco de dados. A utilização do MER

Leia mais

Projeto Lógico de BDOO

Projeto Lógico de BDOO Projeto Lógico de BDOO Entidades Classes Relacionamentos Atributos Atributos Herança Herança Associação Diagrama ER Modelo OO (abstração da realidade) (organização de dados) Mapeamento de Entidades Entidades

Leia mais

Análise Clássica (Tradicional) X Análise Estruturada

Análise Clássica (Tradicional) X Análise Estruturada UEG - Universidade Estadual de Goiás (Câmpus Posse) Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas II Turma: 4 Semestre Ano: 2016 Professor: José Ronaldo Leles Júnior Análise Clássica (Tradicional) X Análise

Leia mais

MER e DER Entidades Relacionamentos Atributos Ferramentas CASE Exemplos de DERs Exemplo de Minimundo. Banco de Dados. Aula 1.

MER e DER Entidades Relacionamentos Atributos Ferramentas CASE Exemplos de DERs Exemplo de Minimundo. Banco de Dados. Aula 1. Banco de Dados Aula 1.5 - Modelo ER Bruno Neiva Moreno Instituto Federal do Rio Grande do Norte Campus Nova Cruz bruno.moreno@ifrn.edu.br 1/40 Modelo Entidade Relacionamento Descreve objetos (entidades),

Leia mais

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS BANCO DE DADOS I PROFA. CLEIANE GONÇALVES OLIVEIRA

TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS BANCO DE DADOS I PROFA. CLEIANE GONÇALVES OLIVEIRA TECNÓLOGO EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS BANCO DE DADOS I PROFA. CLEIANE GONÇALVES OLIVEIRA Gincana Questão 01 A técnica de diagramação no modelo de Entidade-Relacionamento é bem simples. Utiliza

Leia mais

Modelagem de Dados. Abordagem Entidade-Relacionamento - Conceitos

Modelagem de Dados. Abordagem Entidade-Relacionamento - Conceitos Abordagem Entidade-Relacionamento - Conceitos Abordagem Entidade-Relacionamento - Conceitos Abordagem Entidade-Relacionamento - ENTIDADE Abordagem Entidade-Relacionamento - ENTIDADE Entidade é um objeto

Leia mais

Banco de Dados I Generalização/Especialização

Banco de Dados I Generalização/Especialização Banco de Dados I Frederico Queiroga fredericoqueiroga@gmail.com https://sites.google.com/site/fredericoqueiroga/ Extensões É possível modelar a maioria dos bancos de dados apenas com os conceitos básicos

Leia mais

Análise e projeto de sistemas

Análise e projeto de sistemas Conteúdo: Análise e projeto de sistemas Modelagem de classes Prof. Patrícia Lucas Modelagem de classes 01 O modelo de casos de uso fornecem uma perspectiva do sistema a partir de um ponto de vista externo.

Leia mais

Projeto de Bancos de Dados

Projeto de Bancos de Dados Projeto de Bancos de Dados Compreende três etapas: 1) Modelagem Conceitual (Projeto Conceitual): - Modelo de dados abstrato - Define os dados do domínio - Independente do SGBD 2) Projeto Lógico - Define

Leia mais

Modelo Lógico de Dados (MLD) Origens do modelo relacional

Modelo Lógico de Dados (MLD) Origens do modelo relacional Modelo Lógico de Dados (MLD) O MLD é derivado a partir do MCD pela aplicação de um conjunto de regras bem definidas; A derivação do MLD depende fortemente dos conceitos e tecnologias subjacentes do MLD;

Leia mais

Modelagem de dados usando MER. Andre Noel

Modelagem de dados usando MER. Andre Noel Modelagem de dados usando MER Andre Noel Introdução Introdução Modelagem conceitual Introdução Modelagem conceitual Modelo Entidade-Relacionamento (MER) Modelo de dados conceitual popular de alto nível

Leia mais

Banco de dados. Objetivo: Reter os dados de forma que possam ser utilizados em outros momentos

Banco de dados. Objetivo: Reter os dados de forma que possam ser utilizados em outros momentos Banco de dados BD Banco de dados Objetivo: Armazenar dados Consultar dados (dentro de um determinado contexto) gerando informações úteis Reter os dados de forma que possam ser utilizados em outros momentos

Leia mais

Banco de dados. Objetivo: Reter os dados de forma que possam ser utilizados em outros momentos

Banco de dados. Objetivo: Reter os dados de forma que possam ser utilizados em outros momentos Banco de dados BD Dados x Informações Banco de dados Objetivo: Armazenar dados Consultar dados (dentro de um determinado contexto) gerando informações úteis Reter os dados de forma que possam ser utilizados

Leia mais

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1/64

IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1/64 IF685 Gerenciamento de Dados e Informação - Prof. Robson Fidalgo 1/64 Projeto Conceitual de BD Modelo Conceitual Entidade e Relacionamento Por: Robson do Nascimento Fidalgo rdnf@cin.ufpe.br IF685 Gerenciamento

Leia mais

Aula 01 Revisão Geral Banco de Dados I Conceito de Banco de Dados e SGBD

Aula 01 Revisão Geral Banco de Dados I Conceito de Banco de Dados e SGBD Aula 01 Revisão Geral Banco de Dados I Conceito de Banco de Dados e SGBD Banco de Dados (BD) é o arquivo físico, em dispositivos periféricos, onde estão armazenados os dados de diversos sistemas, para

Leia mais

BANCO DE DADOS. Bacharelado em Sistemas de Informação MODELAGEM DE DADOS. Profº Luciano Roberto Rocha. Itararé, 2º período

BANCO DE DADOS. Bacharelado em Sistemas de Informação MODELAGEM DE DADOS. Profº Luciano Roberto Rocha. Itararé, 2º período BANCO DE DADOS Bacharelado em Sistemas de Informação MODELAGEM DE DADOS Profº Luciano Roberto Rocha Itararé, 2º período CONCEITOS MODELO ENTIDADE RELACIONAMENTO Entidade Relacionamento Atributos Cardinalidade

Leia mais

MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL. Professora Lucélia Oliveira

MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL. Professora Lucélia Oliveira MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL Professora Lucélia Oliveira OS PROBLEMAS A Tecnologia orientada a objetos se consolidou como forma usual para desenvolver sistemas de software. A tecnologia de banco de dados

Leia mais

conteúdos. bases de dados, SGBD e aplicações. conceitos. modelo relacional (DER) conceitos

conteúdos. bases de dados, SGBD e aplicações. conceitos. modelo relacional (DER) conceitos conceitos 1 conteúdos A necessidade de processamento de DADOS em tempo útil de forma a recolher INFORMAÇÃO relevante, foi sempre uma necessidade sentida pelo Homem. conceitos modelo relacional (DER) 04-01-2012

Leia mais

Análise de Sistemas 2º Bimestre (material 2)

Análise de Sistemas 2º Bimestre (material 2) Análise de Sistemas 2º Bimestre (material 2) Professor: José Ronaldo Leles Júnior Turma: 2º ano do curso de Sistemas de Informação UEG Universidade Estadual de Goiás Campus Posse Solução para a atividade

Leia mais

Classes e Banco de Dados

Classes e Banco de Dados Classes e Banco de Dados FEMA - IMESA Engenharia de Software I Introdução a Banco de Dados Os dados referentes à aplicação são organizados em estruturas que podem ter relacionamentos independentes do(s)

Leia mais

UFCD 786. Exercicios de DER s

UFCD 786. Exercicios de DER s UFCD 786 Exercicios de DER s 1 Exercicio 1 Uma transportadora aérea pretende implementar uma base de dados com a seguinte informação: A transportadora tem vários aviões. Cada avião tem, para além da matrícula,

Leia mais

01 - Quais as principais vantagens da utilização de um Sistema de Banco de Dados em relação aos sistemas tradicionais de gerenciamento de arquivos?

01 - Quais as principais vantagens da utilização de um Sistema de Banco de Dados em relação aos sistemas tradicionais de gerenciamento de arquivos? Exercícios 01 - Quais as principais vantagens da utilização de um Sistema de Banco de Dados em relação aos sistemas tradicionais de gerenciamento de arquivos? 02 - Defina, sem retornar ao capítulo, os

Leia mais

MER Modelo de entidade e Relacionamento. Prof. Me. Hélio Esperidião

MER Modelo de entidade e Relacionamento. Prof. Me. Hélio Esperidião MER Modelo de entidade e Relacionamento Prof. Me. Hélio Esperidião Objetivos: Compreender os aspectos tecnológicos relacionados aos principais dispositivos de memória computacional. Banco de dados Podemos

Leia mais

Introdução. Modelo de dados conceitual para o projeto de BD

Introdução. Modelo de dados conceitual para o projeto de BD Contribuição do Capítulo 3.1: Introdução discutir o papel dos modelos de dados conceituais em projetos de BD introduzir os requisitos para uma aplicação de BD com o uso do modelo ER (Entidade-Relacionamento)

Leia mais

O MODELO ENTIDADE RELACIONAMENTO. Tiago Alves de Oliveira

O MODELO ENTIDADE RELACIONAMENTO. Tiago Alves de Oliveira O MODELO ENTIDADE RELACIONAMENTO Tiago Alves de Oliveira Sumário Noções Básicas MER Entidades Atributos Relacionamentos MER estendido Noções Básicas Modelo conceitual de alto nível empregado em projetos

Leia mais

SISTEMAS DE BANCO DE DADOS CONCEITOS DE MODELAGEM CONCEITUAL DE DADOS

SISTEMAS DE BANCO DE DADOS CONCEITOS DE MODELAGEM CONCEITUAL DE DADOS SISTEMAS DE BANCO DE DADOS CONCEITOS DE MODELAGEM CONCEITUAL DE DADOS A modelagem conceitual de dados tem por função representar a organização de dados que descreva um determinado mini-mundo.. Esta modelagem

Leia mais

Banco de Dados I Curso: Sistemas de Informação

Banco de Dados I Curso: Sistemas de Informação Banco de Dados I Curso: Sistemas de Informação Prof.: José Ronaldo Leles Júnior Email.: juniorleles80@gmail.com Alguns aspectos da arquitetura dos computadores têm influência na arquitetura do banco de

Leia mais

Com base nos slides vistos em sala de aula resolva os seguintes exercícios:

Com base nos slides vistos em sala de aula resolva os seguintes exercícios: Com base nos slides vistos em sala de aula resolva os seguintes exercícios: 1. Dê ao menos cinco exemplos de cada um dos conceitos básicos da abordagem ER apresentados nesta aula: entidade, relacionamento,

Leia mais

EA975 - Laboratório de Engenharia de Software

EA975 - Laboratório de Engenharia de Software EA975 - Laboratório de Engenharia de Software Turmas K/L - 2017 Aula 8 Vamos inicialmente especificar com mais detalhes o termo "recurso" utilizado no estilo arquitetural REST. Em REST, recursos são uma

Leia mais

Ciclo de Desenvolvimento de BD

Ciclo de Desenvolvimento de BD Ciclo de Desenvolvimento de BD Gerenciamento de Dados e Informação Investigação dos Dados Modelagem dos Dados Modelagem Conceitual Fernando Fonseca Ana Carolina Robson Fidalgo Projeto do Banco de Dados

Leia mais

MODELAGEM DE DADOS. Projeto de Banco de Dados Modelo Conceitual. Prof. Rosemary Melo

MODELAGEM DE DADOS. Projeto de Banco de Dados Modelo Conceitual. Prof. Rosemary Melo MODELAGEM DE DADOS Projeto de Banco de Dados Modelo Conceitual Prof. Rosemary Melo OBJETIVOS Conhecer a arquitetura de 3 esquemas (projeto conceitual, lógico e físico) Entender o conceito e o processo

Leia mais

BANCO DE DADOS. Engenharia da Computação Univasf. Modelo Entidade-Relacionamento. Aula 2. Conjuntos de Entidades - Representação Exemplo:

BANCO DE DADOS. Engenharia da Computação Univasf. Modelo Entidade-Relacionamento. Aula 2. Conjuntos de Entidades - Representação Exemplo: Banco de Dados / Banco de Dados / 2 Engenharia da Computação Univasf BACO DE DADOS Aul Projeto de um BD: () modelo conceitual (2) projeto lógico : modelo conceitual de dados criado em 976 por Peter Chen

Leia mais

Modelagem de Dados Usando o Modelo Entidade-Relacionamento (ME-R)

Modelagem de Dados Usando o Modelo Entidade-Relacionamento (ME-R) MER Modelagem de Dados Usando o Modelo Entidade-Relacionamento (ME-R) Conceitos O ME-R (Modelo Entidade Relacionamento) foi concebido para representar numa estrutura sintática a semântica que os dados

Leia mais

MC536. Modelo Entidade- Relacionamento

MC536. Modelo Entidade- Relacionamento MC536 Modelo Entidade- Relacionamento Sumário Noções Básicas MER Entidades Atributos Relacionamentos MER estendido Sumário Noções Básicas MER Entidades Atributos Relacionamentos MER estendido Noções Básicas

Leia mais

MATA60 BANCO DE DADOS Aula 3- Modelo de Entidades e Relacionamentos. Prof. Daniela Barreiro Claro

MATA60 BANCO DE DADOS Aula 3- Modelo de Entidades e Relacionamentos. Prof. Daniela Barreiro Claro MATA60 BANCO DE DADOS Aula 3- Modelo de Entidades e Relacionamentos Prof. Daniela Barreiro Claro Agenda Modelo de Dados MER 2 de X; X=37 Modelo de Dados O Modelo de Dados é a principal ferramenta que fornece

Leia mais

Banco de Dados I Parte II a: Abordagem Entidade-Relacionamento

Banco de Dados I Parte II a: Abordagem Entidade-Relacionamento Banco de Dados I Parte II a: Abordagem Entidade-Relacionamento Prof. Gregorio Perez ( gregorio@uninove.br ) Colaboração: profa. Ana Leda prof. André Santos prof. José Ferreira Prata Roteiro Introdução

Leia mais

Análise e Projeto de Sistemas I

Análise e Projeto de Sistemas I Análise e Projeto de Sistemas I Curso de Sistemas de Informação Karla Donato Fook karladf@ifma.edu.br DESU / DComp 2017 Análise Estruturada Diagrama de Entidade e Relacionamento 2 1 Representação gráfica

Leia mais

MODELAGEM DE DADOS UNIDADE 3 Modelo Entidade-Relacionamento. Luiz Leão

MODELAGEM DE DADOS UNIDADE 3 Modelo Entidade-Relacionamento. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático 3.1 Modelo Entidade-Relacionamento 3.1.1 Modelo de Banco de Dados 3.1.2 Modelo Conceitual 3.1.3 Modelo lógico 3.2 As Principais

Leia mais

Banco de Dados Modelagem Conceitual de Dados. Prof. Edjandir Corrêa Costa

Banco de Dados Modelagem Conceitual de Dados. Prof. Edjandir Corrêa Costa Banco de Dados Modelagem Conceitual de Dados Prof. Edjandir Corrêa Costa edjandir.costa@ifsc.edu.br Introdução Modelagem conceitual de dados É a etapa inicial do projeto de banco de dados É uma descrição

Leia mais

GEE051 - Banco de Dados Projeto de BD Projeto Conceitual. Ilmério Reis da Silva UFU/FACOM /2

GEE051 - Banco de Dados Projeto de BD Projeto Conceitual. Ilmério Reis da Silva  UFU/FACOM /2 GEE051 - Banco de Dados Projeto de BD Projeto Conceitual Ilmério Reis da Silva ilmerio@facom.ufu.br www.facom.ufu.br/~ilmerio/bd - 2011/2 Projeto de BD Página 2 Projeto Conceitual Modelagem de dados em

Leia mais

Unidade 3 23/10/2008. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Redes de Computadores

Unidade 3 23/10/2008. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Redes de Computadores Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Redes de Computadores Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 3 3.1 Etapas da construção de

Leia mais

Modelagem de Dados. Modelagem Conceitual

Modelagem de Dados. Modelagem Conceitual Modelagem de Dados Atividade de definição de um esquema de dados em um certo nível de abstração Projeto de um BD modelagem conceitual abstração de mais alto nível objetivo: representação dos requisitos

Leia mais

Banco de Dados Diagrama Entidade Relacionamento DER

Banco de Dados Diagrama Entidade Relacionamento DER Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Curso de Computação, Licenciatura Banco de Dados Diagrama Entidade Relacionamento DER Prof. José Gonçalves Dias Neto profneto_ti@hotmail.com Notação Existem

Leia mais

Modelagem de dados. Abordagem Entidade-Relacionamento. Conceitos da abordagem ER. Modelo entidade-relacionamento (MER)

Modelagem de dados. Abordagem Entidade-Relacionamento. Conceitos da abordagem ER. Modelo entidade-relacionamento (MER) Pós-Graduação em Engenharia de Requisitos de Software Abordagem Entidade-Relacionamento Modelagem de dados Técnica de modelagem de dados mais difundida e utilizada. Criada em 1976 por Peter Chen. Conceito

Leia mais

MODELAGEM DE DADOS MÓDULO III - UNIDADE V- MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL

MODELAGEM DE DADOS MÓDULO III - UNIDADE V- MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL MODELAGEM DE DADOS MÓDULO III - UNIDADE V- MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL 0 UNIDADE V: MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL Paradigma da Orientação a Objetos: Este paradigma parte do princípio que existem diversos

Leia mais

O Modelo ER. Bases de Dados (CC2005) Departamento de Ciência de Computadores Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

O Modelo ER. Bases de Dados (CC2005) Departamento de Ciência de Computadores Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (CC2005) Departamento de Ciência de Computadores Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Eduardo R. B. Marques DCC/FCUP parcialmente adaptado de slides por Fernando Silva e Ricardo Rocha Modelação

Leia mais

Sumário. Modelo Entidade-Associação. Modelo Entidade-Associação. Entidades. André Restivo. September 21, 2010

Sumário. Modelo Entidade-Associação. Modelo Entidade-Associação. Entidades. André Restivo. September 21, 2010 Sumário Modelo Entidade-Associação André Restivo Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto September 21, 2010 1 Introdução 2 3 4 5 6 Notação Visual André Restivo (FEUP) Modelo Entidade-Associação

Leia mais

MODELO RELACIONAL DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE VAGAS DE ESTÁGIO

MODELO RELACIONAL DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE VAGAS DE ESTÁGIO MODELO RELACIONAL DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE VAGAS DE ESTÁGIO Jean Pierry Felix da Silva Bolsista de Iniciação Científica IFRN Campus Natal Zona Norte E-mail: jeanpierryf@gmail.com Ítalo Pinheiro

Leia mais

PROJETO LÓGICO DE BDOO

PROJETO LÓGICO DE BDOO UNIDADEC PROJETO LÓGICO DE BDOO Quando estudamos Projeto de Banco de Dados Relacional em um módulo anterior, aprendemos a mapear o Modelo ER para o Modelo Relacional e, com isso, transformar um modelo

Leia mais

Projeto de um BD Modelo Entidade-Relacionamento (ER)

Projeto de um BD Modelo Entidade-Relacionamento (ER) Projeto de um BD Modelo Entidade-Relacionamento (ER) Técnica de modelagem de dados mais utilizada Criada em 1976 por Peter Chen Os conceitos centrais dessa abordagem são: Entidade: conjunto de objetos

Leia mais

Modelo Conceitual Parte 1 Banco de Dados I Prof. Luiz Antônio Vivacqua C. Meyer

Modelo Conceitual Parte 1 Banco de Dados I Prof. Luiz Antônio Vivacqua C. Meyer Modelo Conceitual Parte 1 Banco de Dados I Prof. Luiz Antônio Vivacqua C. Meyer Introdução As funcionalidades de um SOO são realizadas internamente através de colaborações entre objetos. Externamente,

Leia mais

GBD PROF. ANDREZA S. AREÃO

GBD PROF. ANDREZA S. AREÃO GBD PROF. ANDREZA S. AREÃO Projeto Conceitual de Banco de Dados Introdução: O Modelo Entidade-Relacionamento (MER) foi originalmente criado pelo norte americano Peter Pin-Shan Chen enquanto trabalhava

Leia mais

Banco de Dados I. Prof. Diego Buchinger. Profa. Rebeca Schroeder Freitas Prof. Fabiano Baldo.

Banco de Dados I. Prof. Diego Buchinger. Profa. Rebeca Schroeder Freitas Prof. Fabiano Baldo. Banco de Dados I Prof. Diego Buchinger diego.buchinger@outlook.com diego.buchinger@udesc.br Profa. Rebeca Schroeder Freitas Prof. Fabiano Baldo Projeto de Banco de Dados Existem três níveis de modelagem

Leia mais

Prof. Fabiano Taguchi

Prof. Fabiano Taguchi BANCO DE DADOS Prof. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@hotmail.com MODELAGEM ER Consiste em um modelo conceitual, criado em 1976 por Peter Chen. O diagrama que resulta

Leia mais

Projeto de Banco de Dados

Projeto de Banco de Dados Projeto de Banco de Dados Atividade de modelagem de dados em diversos níveis de abstração Modelagem conceitual (projeto conceitual) abstração de mais alto nível objetivo: representação dos requisitos de

Leia mais

Arquitetura dos SBDs Características e Benefícios Visão Geral de Projeto de BD MER: Entidades e Atributos Atividade.

Arquitetura dos SBDs Características e Benefícios Visão Geral de Projeto de BD MER: Entidades e Atributos Atividade. Banco de Dados Aula 1.4 - Sistemas de Banco de Dados Bruno Neiva Moreno Instituto Federal do Rio Grande do Norte Campus Nova Cruz bruno.moreno@ifrn.edu.br 1/25 Arquitetura dos SBDs 2/25 Objetivos dos SGBDs

Leia mais

Projeto de Banco de Dados

Projeto de Banco de Dados Projeto de Banco de Dados Atividade de modelagem de dados em diversos níveis de abstração Modelagem conceitual (projeto conceitual) abstração de mais alto nível objetivo: representação dos requisitos de

Leia mais

Banco de Dados. André Luís Duarte Capítulo 2. exatasfepi.com.br

Banco de Dados. André Luís Duarte Capítulo 2. exatasfepi.com.br exatasfepi.com.br Banco de Dados André Luís Duarte Capítulo 2 Eu é que sei os pensamentos que tenho a vosso respeito... pensamentos de bem e não de mal... (Jr 29:11) Modelo Conceitual (MER) Abstração e

Leia mais

Modelo de Dados Wendel Melo

Modelo de Dados Wendel Melo Wendel Melo Faculdade de Computação Universidade Federal de Uberlândia www.facom.ufu.br/~wendelmelo Banco de Dados I Modelo de Dados 2 Modelos de Dados Modelo de dados: coleção de conceitos que podem ser

Leia mais

Abordagem ER. Capítulo 2

Abordagem ER. Capítulo 2 Abordagem ER Capítulo 2 Abordagem Entidade-Relacionamento Técnica para construir modelos conceituais de bases de dados. Técnica de modelagem de dados mais difundida e utilizada. Criada em 1976, por Peter

Leia mais

Banco de Dados II. Prof. Fiorin

Banco de Dados II. Prof. Fiorin Banco de Dados II Prof. Fiorin andre.fiorin@iffarroupilha.edu.br Aula 01 Revisão sobre Modelagem Modelagem conceitual modelo conceitual Diagrama Entidade-Relacionamento (DER) Objetivo: Obter uma descrição

Leia mais

Banco de Dados. Modelagem de dados - Modelo Entidade Relacionamentos (MER) Francisco Antonio de Sousa

Banco de Dados. Modelagem de dados - Modelo Entidade Relacionamentos (MER) Francisco Antonio de Sousa Banco de Dados Modelagem de dados - Modelo Entidade Relacionamentos (MER) Francisco Antonio de Sousa xsousa@yahoo.com.br 1 Modelos de Banco de Dados Modelo de (Banco de) Dados : descrição das informações

Leia mais

UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PROJETO DE BANCO DE DADOS RELACIONAL. Profº Erinaldo Sanches Nascimento

UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PROJETO DE BANCO DE DADOS RELACIONAL. Profº Erinaldo Sanches Nascimento UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PROJETO DE BANCO DE DADOS RELACIONAL Profº Erinaldo Sanches Nascimento Objetivos Projetar um esquema de banco de dados relacional

Leia mais

Conceitos Básicos de modelagem de dados Modelo conceitual Modelo Lógico Modelo Físico

Conceitos Básicos de modelagem de dados Modelo conceitual Modelo Lógico Modelo Físico Conceitos Básicos de modelagem de dados Se você pretende desenvolver aplicações que usam banco de dados relacionais deverá possuir os conceitos básicos sobre modelagem de dados. Não importa se sua aplicação

Leia mais

ORGANIZANDO DADOS E INFORMAÇÕES: Bancos de Dados

ORGANIZANDO DADOS E INFORMAÇÕES: Bancos de Dados ORGANIZANDO DADOS E INFORMAÇÕES: Bancos de Dados Gestão da Informação (07182) Instituto de Ciências Econ., Adm. e Contábeis (ICEAC) Universidade Federal do Rio Grande (FURG) Gestão de Dados As organizações

Leia mais

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Projeto de Banco de Dados Modelo Conceitual. Profa. Rosemary Melo

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Projeto de Banco de Dados Modelo Conceitual. Profa. Rosemary Melo MODELAGEM DE DADOS Projeto de Banco de Dados Modelo Conceitual Profa. Rosemary Melo PROJETO DE BANCO DE DADOS OBJETIVOS Gerar um banco de dados que permita armazenar informações sem redundância e recuperá-las

Leia mais

Análise de Sistemas 3º Bimestre (material 2)

Análise de Sistemas 3º Bimestre (material 2) Análise de Sistemas 3º Bimestre (material 2) Professor: José Ronaldo Leles Júnior Turma: 2º ano do curso de Sistemas de Informação UEG Universidade Estadual de Goiás Campus Posse POO Paradigma Orientado

Leia mais

BANCO DE DADOS I Atualizado em 13 de maio de 2009

BANCO DE DADOS I Atualizado em 13 de maio de 2009 ... 3º Período SI 2009 BANCO DE DADOS I http://sidneyjunior.host.sk/ 1. MODELAGEM E PROJETO DE BANCO DE DADOS 1.1. Conceitos BANCO DE DADOS I Atualizado em 13 de maio de 2009 Defini-se Banco de Dados (BD)

Leia mais

Especificação de Requisitos

Especificação de Requisitos Projeto/Versão: Versão 11.80 Conector Sub-Requisito/Função: Abastecimento / Abastecimento em Lote / Conciliação de abastecimentos Requisito/Módulo: 000552 - INTEGRAÇÃO NGI X RM - GESTÃO DE FROTAS Tarefa/Chamado:

Leia mais

Banco de Dados I Modelagem Conceitual

Banco de Dados I Modelagem Conceitual Banco de Dados I Modelagem Conceitual Prof. Moser Fagundes Técnico em Informática Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Campus Charqueadas Sumário da aula Modelagem conceitual Projeto de Banco de

Leia mais

4.1.3. Diagrama de contexto

4.1.3. Diagrama de contexto 4.1.3. Diagrama de contexto 1 2 Diagrama de contexto O diagrama de contexto deve mostrar as relações estabelecidas entre o sistema e o meio ambiente, apresentando o sistema com um único processo As entradas

Leia mais