INSTRUMENTOS DA APLICAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTRUMENTOS DA APLICAÇÃO"

Transcrição

1

2 INSTRUMENTOS DA APLICAÇÃO

3 FORMULÁRIO DE RASTREAMENTO DE UNIDADE º ano Ana Maria COORDENADOR DE AVALIAÇÃO Ana Maria Ana Maria DIRETOR DA UNIDADE ESCOLAR Pacote:

4 º ano Ana Clara Ana Clara DIRETOR DA UNIDADE ESCOLAR Pacote: Ana Clara APLICADOR

5 FORMULÁRIO DE CONTROLE DA APLICAÇÃO MA R I A D A S I L VA Maria da Silva MARIA DA SILVA RIO DE JANEIRO XXXXXXX 5EF A MANHÃ 19 X X X X X XX X X XX X X X X XX X XX X X Paulo Soares Maria da Silva SAERJINHO 1º B Paulo Soares X X X X XX X XX X X

6

7 CARTÃO DE RESPOSTAS Área para uso exclusivo do Aplicador. O Aplicador preencherá o nome, a matrícula e a data de nascimento do estudante somente quando o nome do estudante não vir impresso no cartão ou se os campos 3, 4 ou 5 forem preenchidos pelo Aplicador.. Esses campos são de responsabilidade dos estudantes, pois a transcrição será feita por eles.

8 ORIENTAÇÕES REFERENTES AO PREENCHIMENTO DO CARTÃO DE RESPOSTAS O Cartão de Respostas possui uma área para uso exclusivo do Aplicador. Em hipótese alguma o estudante poderá preencher essa área. Cabe ao estudante somente assinar o Cartão de Respostas e transcrever as respostas para ele.

9

10 AN DRÉ RODR I GUE S DA 11 S I L VA

11 Cartões de Respostas de estudantes faltosos sobrando e utilizá-los na turma que apresentar falta AN DRÉ RODR I GUE S DA 11 S I L VA

12 Em caso de utilização de Cartão de Resposta de outra turma: A.Verificar em outras turmas, de anos ou séries correspondentes, a existência de: 1.Cartões sobrando e utilizá-los na turma que apresentar falta.

13 AN DRÉ RODR I GUE S DA 11 S I L VA

14 O Diretor da Unidade Escolar conferirá todo o material de aplicação de sua unidade, utilizando o Formulário de Rastreamento de Unidade (FRU) via do Diretor Regional Pedagógico.

15 No momento do recebimento, o Diretor da Unidade Escolar deve conferir se todos os pacotes das turmas avaliadas foram devidamente entregues, baseado no FRU via do Diretor da Unidade Escolar. No dia da Aplicação, o Diretor da Unidade Escolar deve solicitar ao Professor Aplicador que assine o FRU via do Diretor Escolar, atestando o recebimento e a devolução dos Pacotes de Prova. Caso falte algum Pacote de Prova, o Diretor deverá informar ao Coordenador de Avaliação.

16 ENSINO FUNDAMENTAL A duração da aplicação das provas de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências da Natureza e Ciências Humanas será de 2 (duas) horas, podendo ser estendida em até 20 (vinte) minutos somente para o preenchimento do Cartão de Respostas.

17

18 ATENÇÃO! Os pacotes só poderão ser abertos pelo Professor Aplicador na presença dos estudantes, no momento da aplicação da prova.

19 ANTES DO DIA DA APLICAÇÃO Comunicar ao Professor Aplicador que há uma folha de Orientação para a Aplicação dentro do Pacote de Provas, com passos a serem seguidos por ele durante a aplicação das provas. Ler atentamente as orientações disponíveis no Manual. Responsabilizar-se pelo recebimento do material de aplicação da sua Unidade Escolar.

20 Escolher local adequado e seguro para o seu acondicionamento, garantindo sua inviolabilidade e sigilo. Fazer a divulgação do SAERJINHO na escola e comunidade escolar.

21 Reunir todos os Professores Aplicadores para orientá-los como será a aplicação das provas.

22 CRONOGRAMA DA APLICAÇÃO APLICAÇÃO DA S PROVAS 01/04/2014 a 02/04/2014

23 NO DIA DA APLICAÇÃO As aplicações das provas deverão começar nos horários listados no quadro abaixo: As escolas com horário ampliado ou integral deverão aplicar suas provas no turno da manhã.

24

25 DEVOLUÇÃO DOS MATERIAIS A devolução do material do SAERJINHO é de responsabilidade do Diretor da Unidade Escolar, ele deverá certificar-se de que, após a aplicação, todo o material do SAERJINHO seja devidamente recolhido e devolvido lacrado nos Polos de Entrega das respectivas Diretorias Regionais Pedagógicas.

26 O Professor Aplicador, ao final da aplicação, deverá devolver ao Diretor da Unidade Escolar o Pacote de Provas da turma devidamente lacrado, contendo: Formulário de Controle da Aplicação. Lista de Presença dos estudantes. Cartões de Respostas dos estudantes presentes. Cartões de Respostas dos estudantes ausentes.

27 ORIENTAÇÕES PARA A APLICAÇÃO NA REDE MUNICIPAL

28

29

30 O Professor Aplicador, deverá anotar o modelo do Caderno de Provas no Cartão de Respostas, acima da logomarca do CAEd, conforme mostrado no recorte do Cartão, a seguir. C0501

31 Como os Cadernos de Prova não retornam no Pacote de Prova, esse procedimento garantirá que o modelo do Cartão de Respostas do estudante correspondeu ao modelo do Caderno de Prova. ATENÇÃO! Caso o Cartão de Respostas entregue ao estudante não corresponda ao modelo de Caderno de Prova, você deverá anotar no campo, acima da logomarca do CAEd, o modelo do Caderno de Provas entregue ao estudante. Veja, a seguir, um exemplo:

32 Cartão de Respostas Modelo C0501. Caderno de Prova Modelo C0504.

33 Observe que, diante dessa informação, teremos como identificar qual o modelo de Caderno de Prova foi entregue ao estudante. C0504 Esse procedimento de identificação do modelo de Caderno de Teste deverá ser feito em TODOS os Cartões de Respostas.

34 INICIANDO A APLICAÇÃO 1. Ao abrir o Pacote de Prova, retire os instrumentos de avaliação. Lista de Presença; Formulário de Controle da Aplicação; Cadernos de Prova; Cartões de Respostas; Folha de Orientações para a aplicação.

35 2. informe aos estudantes que eles devem permanecer sentados para receber os Cadernos de Prova e que o Cartão de Respostas não pode ser amassado ou rasurado. 3. informe aos estudantes que a aplicação da prova terá duração total de 2 (duas) horas, podendo esse tempo ser estendido em até 20 (vinte) minutos, apenas para o preenchimento do Cartão de Respostas. Para os estudantes com necessidades especiais, a duração total da prova é de 3 (três) horas, podendo também ser estendida em até 20 (vinte) minutos, apenas para o preenchimento do Cartão de Respostas.

36 4. Confira a quantidade de Cadernos de Prova presentes no pacote plástico com o número de estudantes na sala de aula. 5. Os Cartões de Respostas não são nominais, por isso, Professor Aplicador, solicite aos estudantes que escrevam, na capa do Caderno de Testes, a data de nascimento e o nome completo de forma legível.

37 6. Após distribuir as provas, oriente os estudantes a responderem às questões, primeiro no Caderno de Prova e, só depois, transcreverem as respostas para o Cartão de Respostas, utilizando somente caneta de tinta azul ou preta. Segue orientação de preenchimento correto.

38 7. Caso algum estudante marque por engano uma opção que não é a escolhida, você deverá orientá-lo a fazer uma pequena seta indicando a resposta desejada. Ex: o estudante marcou indevidamente na questão 1 a letra A, quando, na realidade, a opção desejada é a letra D. Segue o modelo a ser adotado nesse caso.

39 8. Esclareça que você, como Professor Aplicador, não poderá responder a qualquer pergunta referente ao conteúdo da Prova. 9. Avise aos estudantes que, ao terminarem as suas atividades, deverão fechar o Caderno de Prova e colocá-lo em cima da carteira, que você logo recolherá.

40 CONCLUINDO A APLICAÇÃO 1. Recolha, ao encerrar o tempo, todos os Cadernos de Prova e Cartões de Respostas, solicitando aos estudantes que permaneçam sentados até o término do recolhimento. 2. Preencha o nome, a matrícula e a data de nascimento de cada estudante no Cartão de Respostas. 3. Preencha todos os campos do Formulário de Controle da Aplicação.

41 4. Acondicione o material de aplicação no mesmo pacote em que foi encaminhado, na seguinte seqüência: Formulário de Controle da Aplicação; Lista de Presença; Cartões de Respostas dos estudantes presentes; Cartão de Respostas dos estudantes ausentes.

42 5. Lacre o pacote em sala de aula, seguindo as orientações nele contidas e entregue ao Diretor.

43

Manual do Aplicador SARESP o, 7 o e 9 o Anos / 4 a, 6 a e 8 a Séries do Ensino Fundamental e 3 a Série do Ensino Médio

Manual do Aplicador SARESP o, 7 o e 9 o Anos / 4 a, 6 a e 8 a Séries do Ensino Fundamental e 3 a Série do Ensino Médio Manual do Aplicador SARESP 2010 5 o, 7 o e 9 o Anos / 4 a, 6 a e 8 a Séries do Ensino Fundamental e 3 a Série do Ensino Médio Sumário 3 Apresentação 5 Características do SARESP 2010 7 Atribuições do Aplicador

Leia mais

Manual do Coordenador Local

Manual do Coordenador Local Local 1. O Programa Por Dentro dos Exames do Ensino Médio A (SEEDF) desenvolve o Programa Por dentro dos Exames do Ensino Médio, constituído por dois eixos de trabalho: Por dentro do Enem e Por dentro

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO SUMÁRIO APRESENTAÇÃO I. OBJETIVOS II. PÚBLICO ALVO III. TREINAMENTOS IV. DATAS DE APLICAÇÃO V. HORÁRIOS DE APLICAÇÃO VI. TEMPO DE DURAÇÃO VII. REPESCAGEM VIII. INSTRUMENTOS DA APLICAÇÃO IX. A CAIXA DA

Leia mais

Educação GABINETE DO SECRETÁRIO Resolução SE-39, de

Educação GABINETE DO SECRETÁRIO Resolução SE-39, de quarta-feira, 20 de setembro de 2017 Diário Oficial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 127 (177) 35 Educação GABINETE DO SECRETÁRIO Resolução SE-39, de 19-9-2017 Dispõe sobre a aplicação de provas relativas

Leia mais

Manual do Coordenador Local de Aplicação e Assistente

Manual do Coordenador Local de Aplicação e Assistente 1. O Simulado DF O Simulado DF está inserido no Programa Por dentro dos Exames do Ensino Médio e tem como objetivo possibilitar aos s verificarem suas potencialidades e fragilidades quanto ao desempenho

Leia mais

Sumário. 3 Apresentação. 5 Características do SARESP Atribuições. 9 Atividades. 9 Procedimentos antes da aplicação das provas

Sumário. 3 Apresentação. 5 Características do SARESP Atribuições. 9 Atividades. 9 Procedimentos antes da aplicação das provas Sumário 3 Apresentação 5 Características do SARESP 2015 7 Atribuições 9 Atividades 9 Procedimentos antes da aplicação das provas 9 Procedimentos nos dias de aplicação das provas 11 Procedimentos durante

Leia mais

ELEIÇÕES CONSELHO TUTELAR 2010. Conselho Municipal da Criança e do Adolescente Comissão Eleitoral. Produção Wilton Neto

ELEIÇÕES CONSELHO TUTELAR 2010. Conselho Municipal da Criança e do Adolescente Comissão Eleitoral. Produção Wilton Neto ELEIÇÕES CONSELHO TUTELAR 2010 Conselho Municipal da Criança e do Adolescente Comissão Eleitoral Produção Wilton Neto ELEIÇÕES CONSELHO TUTELAR 2010 Principais funções dos mesários 1 ELEIÇÕES CONSELHO

Leia mais

Turmas exclusivas com aulas ministradas no turno da Tarde.

Turmas exclusivas com aulas ministradas no turno da Tarde. 1. CURSOS OFERECIDOS PARA 2017 1.1. O interessado em participar do Processo de Admissão do APOGEU deve se inscrever pelo site e escolher o curso disponível em uma unidade APOGEU. 1.2. O APOGEU oferece

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO SUMÁRIO APRESENTAÇÃO I. OBJETIVOS II. PÚBLICO ALVO III. TREINAMENTOS IV. DATAS DE APLICAÇÃO V. HORÁRIOS DE APLICAÇÃO VI. TEMPO DE DURAÇÃO VII. REPESCAGEM VIII. INSTRUMENTOS DA APLICAÇÃO IX. A CAIXA DA

Leia mais

Resolução SE-39, de

Resolução SE-39, de Resolução SE-39, de 19-9-2017 Dispõe sobre a aplicação de provas relativas ao Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo Saresp/2017 O Secretário da Educação, com fundamento no que

Leia mais

023. Prova dissertativa

023. Prova dissertativa MPSP1503 03023001 Concurso Público 023. Prova dissertativa analista técnico científico (Engenheiro de Tráfego) Você recebeu este caderno contendo um. Confira seus dados impressos na capa deste caderno.

Leia mais

SARESP Manual do Sistema Integrado do Saresp - SIS

SARESP Manual do Sistema Integrado do Saresp - SIS SARESP 2010 Manual do Sistema Integrado do Saresp - SIS Sumário 3 INTRODUÇÃO 5 AGENTE VUNESP 5 Acesso ao Sistema 5 Atualização de Cadastro 6 Alocação de Fiscais 7 Visualização e Manutenção da Alocação

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA REITORIA REGULAMENTO AVALIAÇÃO GLOBAL 2º SEMESTRE DE 2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA REITORIA REGULAMENTO AVALIAÇÃO GLOBAL 2º SEMESTRE DE 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA REITORIA REGULAMENTO AVALIAÇÃO GLOBAL 2º SEMESTRE DE 2015 A Senhora Juliana Salvador Ferreira de Melo, Vice-Reitora do Centro Universitário Newton Paiva, mantido pelo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CONSELHO SUPERIOR

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13/2016 Aprova a Sistemática para Registro e Acompanhamento das Atividades de Ensino do IFPE. A Presidente do Conselho Superior do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA REITORIA REGULAMENTO AVALIAÇÃO GLOBAL 1º SEMESTRE DE 2017

CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA REITORIA REGULAMENTO AVALIAÇÃO GLOBAL 1º SEMESTRE DE 2017 CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA REITORIA REGULAMENTO AVALIAÇÃO GLOBAL 1º SEMESTRE DE 2017 De ordem do Sr. João Paulo Barros Beldi, Magnífico Reitor do Centro Universitário Newton Paiva, mantido pelo

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CENTRO DE ESTUDOS DE PESSOAL E FORTE DUQUE DE CAXIAS CENTRO DE IDIOMAS DO EXÉRCITO

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CENTRO DE ESTUDOS DE PESSOAL E FORTE DUQUE DE CAXIAS CENTRO DE IDIOMAS DO EXÉRCITO MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx DETMil CENTRO DE ESTUDOS DE PESSOAL E FORTE DUQUE DE CAXIAS CENTRO DE IDIOMAS DO EXÉRCITO INSTRUÇÕES GERAIS AO APLICADOR 1º EXAME DE PROFICIÊNCIA LINGUÍSTICA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EAD DEZEMBRO 2013-09/12/2012

PROCESSO SELETIVO EAD DEZEMBRO 2013-09/12/2012 PROCESSO SELETIVO EAD DEZEMBRO 2013-09/12/2012 Calendário Processo de Dezembro Inscrições na internet: até dia 06/12/2012 Data da Prova: 09/12/2012 Resultado: 19/12/2012 Matrículas: 19/12/2012 a 01/02/2013

Leia mais

Agendamento de Entregas

Agendamento de Entregas Agendamento de Entregas MT-212-00143 - 2 Última Atualização 24/11/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Solicitar um Agendamento de Entregas de Materiais; Acompanhar o andamento

Leia mais

SÃO PAULO

SÃO PAULO Avenida Liberdade, 928-01502-001 - SÃO PAULO - 11 3340-0500 Resolução SE-49, de 1º-9-2016 Dispõe sobre a aplicação de provas relativas ao Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE DESPORTOS COORDENADORIA DE EXTENSÃO Fone (48)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE DESPORTOS COORDENADORIA DE EXTENSÃO Fone (48) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE DESPORTOS COORDENADORIA DE EXTENSÃO Fone (48) 3721-9925 extensao.cds@contato.ufsc.br CRONOGRAMA E EDITAL HIDROGINÁSTICA - 2017/1 - A Coordenadoria de Extensão

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES. A legislação que envolve as diretrizes e definições gerais acerca do Enade se baseia nas seguintes normas judiciais:

PERGUNTAS FREQUENTES. A legislação que envolve as diretrizes e definições gerais acerca do Enade se baseia nas seguintes normas judiciais: PERGUNTAS FREQUENTES 1. Enade 1.1 O que é o Enade e qual o seu objetivo? O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é uma das avaliações que compõem o Sistema Nacional de Avaliação da Educação

Leia mais

Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso

Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso Atendimento Expresso Para facilitar o seu dia-a-dia na instituição a ETEP Faculdades disponibiliza o ATENDIMENTO EXPRESSO. Para acessar o Atendimento

Leia mais

sexta-feira, 2 de setembro de 2016 Diário Oficial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 126 (166) 35 e 36

sexta-feira, 2 de setembro de 2016 Diário Oficial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 126 (166) 35 e 36 sexta-feira, 2 de setembro de 2016 Diário Oficial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 126 (166) 35 e 36 Educação GABINETE DO SECRETÁRIO Resolução SE-49, de 1º-9-2016 Dispõe sobre a aplicação de provas

Leia mais

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. CAMPO GRANDE-MS, 6 DE MAIO DE 2015.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. CAMPO GRANDE-MS, 6 DE MAIO DE 2015. GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA- SEJUSP/MS AGÊNCIA ESTADUAL DE ADMINISTRAÇÃO DO SISTEMA PENITENCIÁRIO-AGEPEN/MS PORTARIA AGEPEN Nº 4, DE 6 DE

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE PEDAGOGIA

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE PEDAGOGIA 2016.1 MANTENEDORA Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão LTDA MANTIDA Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão Facema DIRETORIA Maria

Leia mais

Turmas exclusivas com aulas ministradas no turno da Tarde.

Turmas exclusivas com aulas ministradas no turno da Tarde. 1. CURSOS OFERECIDOS PARA 2018 1.1. O interessado em participar do Processo de Admissão do APOGEU deve se inscrever pelo site e escolher o curso disponível em uma unidade APOGEU. 1.2. O APOGEU oferece

Leia mais

Unidade: Centro de Educação a Distância MANUAL DE PROCEDIMENTOS Nº: Manual de Instruçao - Autorizar Liberação de ValoresAutorizar Liberação de Valores

Unidade: Centro de Educação a Distância MANUAL DE PROCEDIMENTOS Nº: Manual de Instruçao - Autorizar Liberação de ValoresAutorizar Liberação de Valores 1/15 ESTA FOLHA ÍNDICE INDICA EM QUE REVISÃO ESTÁ CADA FOLHA NA EMISSÃO CITADA FL/R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 FL/R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 01 26 02 27 03 28 04 29 05 30 06 31 07 32 08 33

Leia mais

Instituto de Geociências Universidade Federal do Pará UFPA Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais CONVÊNIO UFPA/EMBRAPA/MPEG

Instituto de Geociências Universidade Federal do Pará UFPA Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais CONVÊNIO UFPA/EMBRAPA/MPEG CONVÊNIO UFPA/EMBRAPA/MPEG EDITAL PPGCA Turma 2015 O Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais (PPGCA), do convênio Universidade Federal do Pará (UFPA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Leia mais

AS PASTAS DOS DIÁRIOS DE CLASSE SERÃO COMPOSTAS DE:

AS PASTAS DOS DIÁRIOS DE CLASSE SERÃO COMPOSTAS DE: DIÁRIO DE CLASSE É O DOCUMENTO NO QUAL O PROFESSOR REGISTRA A FREQUÊNCIA DOS ALUNOS ÀS AULAS, O DESENVOLVIMENTO DE TRABALHO DOCENTE, O NÚMERO DE AULAS PREVISTAS E DADAS, PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO E OS

Leia mais

029. Prova dissertativa. Professor de Educação Básica II

029. Prova dissertativa. Professor de Educação Básica II GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Processo de Promoção / 2014 Quadro do Magistério QM 029. Prova dissertativa Professor de Educação

Leia mais

Normas para utilização do laboratório de informática do CCT/UFRR

Normas para utilização do laboratório de informática do CCT/UFRR Normas para utilização do laboratório de informática do CCT/UFRR A partir dessa data ficam definidas as seguintes regras para utilização dos laboratórios de informática do Centro de Ciência e Tecnologia

Leia mais

DISPÕE SOBRE O RECEBIMENTO, CONFERÊNCIA E ACEITAÇÃO DOS MATERIAIS DE CONSUMO E PERMANENTE NO ÂMBITO DO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS FRAIBURGO.

DISPÕE SOBRE O RECEBIMENTO, CONFERÊNCIA E ACEITAÇÃO DOS MATERIAIS DE CONSUMO E PERMANENTE NO ÂMBITO DO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS FRAIBURGO. DISPÕE SOBRE O RECEBIMENTO, CONFERÊNCIA E ACEITAÇÃO DOS MATERIAIS DE CONSUMO E PERMANENTE NO ÂMBITO DO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS FRAIBURGO. Responsável pela elaboração: Douglas Carlesso FRAIBURGO/SC

Leia mais

Reunião Técnica com Secretários Municipais de Educação e Dirigentes Regionais de Ensino: Apresentando o Saresp 8 e 9 de Setembro 2010

Reunião Técnica com Secretários Municipais de Educação e Dirigentes Regionais de Ensino: Apresentando o Saresp 8 e 9 de Setembro 2010 Reunião Técnica com Secretários Municipais de Educação e Dirigentes Regionais de Ensino: Apresentando o Saresp 8 e 9 de Setembro 2010 Maria Conceição Conholato Instrumentais AVALIAÇÃO Cadernos de Prova

Leia mais

DIRETORIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO DRCA

DIRETORIA DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO DRCA PRIMEIRA MATRÍCULA (Selecionados e Mudança de Nível) 01/08 a 05/08/2011 Período para envio dos documentos para matrícula 2011/1 25/07 a 29/07/2011 Matrícula nas disciplinas de nivelamento (secretaria do

Leia mais

Edital do Processo Seletivo de 2015

Edital do Processo Seletivo de 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - UFF ESCOLA DE ENFERMAGEM AURORA DE AFONSO COSTA EEAAC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO NA SAÚDE Edital do

Leia mais

EDITAL Nº 002/2016 INSTITUTO NOVOS HORIZONTES DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA LTDA FACULDADE NOVOS HORIZONTES PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE DE 2016

EDITAL Nº 002/2016 INSTITUTO NOVOS HORIZONTES DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA LTDA FACULDADE NOVOS HORIZONTES PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE DE 2016 EDITAL Nº 002/2016 INSTITUTO NOVOS HORIZONTES DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA LTDA FACULDADE NOVOS HORIZONTES PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE DE 2016 A Diretoria da Faculdade Novos Horizontes, torna público

Leia mais

Universidade Federal da Bahia. Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional. Unidade. Faculdade de Odontologia

Universidade Federal da Bahia. Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional. Unidade. Faculdade de Odontologia Unidade Universidade Federal da Bahia Faculdade de Odontologia Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Processo dentárias para disciplinas PO/FOUFBA/Setor de Compras e Nº

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2010

PROCESSO SELETIVO 2010 PROCESSO SELETIVO 2010 Prova: 06/12/2009 Início: 14h00 Duração: 4 horas Caderno de Questões Nome do(a) candidato(a): Nº de inscrição: ATENÇÃO: Antes de iniciar a prova, leia atentamente as instruções a

Leia mais

PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM

PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM Caderno de Questões PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM realização S18 - Médico Clínico Geral AT E N Ç Ã O 1. O caderno de questões contém 20 questões de múltipla-escolha, conforme distribuição abaixo,

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

PÁGINAS ENVOLVIDAS NA MATRÍCULA DE ESTUDANTES INGRESSANTES

PÁGINAS ENVOLVIDAS NA MATRÍCULA DE ESTUDANTES INGRESSANTES Caros Estudantes, A seguir estão colocadas instruções sobre o procedimento de matrícula. Chamamos a atenção para o fato de que a matrícula se efetua em várias etapas, a saber: (a) Inserção dos dados pelos(as)

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (INEP) DIRETORIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO A Diretoria da FCHPE e a Coordenação do Curso de Direito da Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco, com base no ANEXO

Leia mais

Manual de Folha de Ponto

Manual de Folha de Ponto T Manual de Folha de Ponto Processos e Conformidade Dezembro/2014 Rev.0 1 SUMÁRIO 1 OBJETIVO...3 2 ABRANGÊNCIA...3 3 DESENHO...4 4 PASSO A PASSO...6 5 FUNÇÕES E RESPONSABILIDADES...9 6 BANCO DE HORAS...10

Leia mais

SAERJINHO 2015 MANUAL DO DIRETOR

SAERJINHO 2015 MANUAL DO DIRETOR SAERJINHO 2015 MANUAL DO DIRETOR Apresentação /// Sistema de Avaliação da Educação do Estado do Rio de Janeiro Prezado(a) Diretor(a) A prática da avaliação caracteriza-se como um instrumento investigativo

Leia mais

PÁGINAS ENVOLVIDAS NA MATRÍCULA DE ESTUDANTES INGRESSANTES

PÁGINAS ENVOLVIDAS NA MATRÍCULA DE ESTUDANTES INGRESSANTES Caros Estudantes, A seguir estão colocadas instruções sobre o procedimento de matrícula. Chamamos a atenção para o fato de que a matrícula se efetua em várias etapas, a saber: (a) Inserção dos dados pelos(as)

Leia mais

PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA

PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA (LETRAS, HISTÓRIA, MATEMÁTICA E PEDAGOGIA) 1 - Diretrizes Gerais As disciplinas de Estágio Supervisionado contemplam

Leia mais

MANUAL: Diário de classe. ISE Informatização da Secretaria da Educação. Módulo: Secretaria Escolar. Versão: 1.0

MANUAL: Diário de classe. ISE Informatização da Secretaria da Educação. Módulo: Secretaria Escolar. Versão: 1.0 MANUAL: Diário de classe ISE Informatização da Secretaria da Educação Módulo: Secretaria Escolar Versão: 1.0 Sumário 1. Diário de Classe... 2 1.1 Inserindo avaliações... 3 1.2 Emitindo Diário de Classe...

Leia mais

INÍCIO E TÉRMINO DAS AULAS. Início das aulas: 20/09/2014 Término das aulas: dezembro de 2015.

INÍCIO E TÉRMINO DAS AULAS. Início das aulas: 20/09/2014 Término das aulas: dezembro de 2015. EDITAL DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2014 Os Diretores Executivo e Técnico do, no uso das atribuições que lhes conferem o Regimento Interno do, informam, por meio do presente Edital, que estão abertas as

Leia mais

SUMARIO. - Página 1 / 11

SUMARIO.  - Página 1 / 11 SUMARIO 1 Introdução... 2 2- Benefícios e Vantagens... 2 3 Como utilizar o Banco de Resultados... 2 3.1 Requisitos... 2 3.2 Recursos do Banco de Resultados... 3 3. 2.1 Superior... 3 3.2.1.1 - Opções...

Leia mais

INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2015. SOLICITAÇÕES DE 12/12/14 a 13/03/15

INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2015. SOLICITAÇÕES DE 12/12/14 a 13/03/15 Informativo GR nº 002/2014. INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2015 SOLICITAÇÕES DE 12/12/14 a 13/03/15 ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES

Leia mais

INICIAÇÃO CIENTÍFICA (IC)

INICIAÇÃO CIENTÍFICA (IC) INICIAÇÃO CIENTÍFICA (IC) Dúvidas Gerais 1. Onde encontro os editais e informações sobre os programas de Iniciação Científica? As informações estão disponíveis na página da Diretoria de Pesquisa e Inovação

Leia mais

O Sistema Acadêmico online é um portal onde o aluno poderá realizar diversos serviços. A Figura 1 a seguir demonstra a página inicial do sistema.

O Sistema Acadêmico online é um portal onde o aluno poderá realizar diversos serviços. A Figura 1 a seguir demonstra a página inicial do sistema. Página Inicial O Sistema Acadêmico online é um portal onde o aluno poderá realizar diversos serviços. A Figura 1 a seguir demonstra a página inicial do sistema. Figura 1 - Página inicial do Sistema Acadêmico

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Acesso ao Sistema Pessoa Física Todos os dados e valores apresentados neste manual são ficticios. Qualquer dúvida consulte a legislação vigente. Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em

Leia mais

Manual Saúde Service. Como utilizar a Plataforma de Pagamento

Manual Saúde Service. Como utilizar a Plataforma de Pagamento Manual Saúde Service Como utilizar a Plataforma de Pagamento - Pagando com cartão de crédito - Pagando com cartão de débito - Controlando os pagamentos efetuados Para maiores informações ligue: () 04-8600

Leia mais

CONCURSO DE REDAÇÃO O Meio Ambiente na Minha Escola REGULAMENTO CONCURSO DE REDAÇÃO

CONCURSO DE REDAÇÃO O Meio Ambiente na Minha Escola REGULAMENTO CONCURSO DE REDAÇÃO Edital de Licitação n.º 024/2014 Modalidade: Concurso O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Trindade e Comissão Permanente de Licitação designada pela Portaria

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Acesso ao Sistema Pessoa Física Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página 2 de 23 Índice ÍNDICE... 2 1.

Leia mais

004. Prova Prático-Profissional PROCURADOR JURÍDICO

004. Prova Prático-Profissional PROCURADOR JURÍDICO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA ESTADO DE SÃO PAULO Concurso Público 004. Prova Prático-Profissional PROCURADOR JURÍDICO (CÓD. 002) Você recebeu este caderno contendo um tema de peça processual

Leia mais

Processo Seletivo Simplificado Nº 314405

Processo Seletivo Simplificado Nº 314405 Processo Seletivo Simplificado Nº 314405 Contratação de Pessoal para a função de Monitor (a) do Programa de Aprendizagem Rural Jovem Aprendiz, no município de Cambará do Sul, RS, por prazo determinado,

Leia mais

01. Qual o Local e horário de funcionamento da Coordenação de Estágios e Relações Empresarias da Reitoria do IFPB?

01. Qual o Local e horário de funcionamento da Coordenação de Estágios e Relações Empresarias da Reitoria do IFPB? Perguntas Frequentes 01. Qual o Local e horário de funcionamento da Coordenação de Estágios e Relações Empresarias da Reitoria do IFPB? A Coordenação de Estágio e Relações Empresariais é o setor da Pró-Reitoria

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO REGULAMENTO DE ESTÁGIO O presente regulamento normatiza a atividade de Estágio, componente dos Projetos Pedagógicos dos cursos oferecidos pela Faculdades Gammon, mantida pela Fundação Gammon de Ensino

Leia mais

DA IMPLANTAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA

DA IMPLANTAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA INSTRUÇÃO NORMATIVA SME Nº 007/2013. ESTABELECE NORMAS E DIRETRIZES PARA O FUNCIONAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA NAS ESCOLAS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA E REVOGA

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1 - O curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM COMISSÃO ORGANIZADORA Solange Fonseca Marquione Gomes Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 - CURSOS OFERECIDOS 04 2 - AGENDA

Leia mais

SOLICITANDO VAGA NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CATALÃO

SOLICITANDO VAGA NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CATALÃO SOLICITANDO VAGA NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CATALÃO Esse manual demonstra os passos para realizar o cadastro da SOLICITAÇÃO DE VAGA na Rede Municipal de Ensino. O cadastro é realizado no site da matrícula,

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE COLETA

PROCEDIMENTOS DE COLETA PROCEDIMENTOS DE COLETA Conteúdo do Kit: Cadeia de Custódia em 4 vias Envelope plástico de envio de amostra 2 envelopes de coleta 2 selos de Segurança 2 lâminas de alumínio 1 sachê de lenço umedecido em

Leia mais

Edital de Seleção de Equipe para Aplicação de Provas do Vestibular

Edital de Seleção de Equipe para Aplicação de Provas do Vestibular O Grupo Educacional Unis, seleciona colaboradores para aplicação de provas presenciais aos(às) candidatos(as) do Vestibular 2017/2. 1 DAS VAGAS 1.1 As vagas de aplicadores serão estipuladas do dia 19/06/2017

Leia mais

Manual de Orientação

Manual de Orientação Manual de Orientação GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Governador Geraldo Alckmin Secretário José Renato Nalini Secretário-Adjunto Cleide Bauab Eid Bochixio Chefe de Gabinete Wilson Levy Subsecretaria de

Leia mais

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC Regulamento Geral do Provão Faculdade CNEC Unaí Unaí/MG RESOLUÇÃO Nº CS/017/2016, DE 08 DE JULHO DE 2016. 1 RESOLUÇÃO Nº CS/017/2016, DE 08 DE JULHO DE 2016.

Leia mais

LATO SENSU COORDENADOR

LATO SENSU COORDENADOR LATO SENSU COORDENADOR Universidade Federal de Sergipe Núcleo de Tecnologia da Informação 2016 www.ufs.br NTI - 2105-6583 / 2105-6584 COPGD - 2105-6497 / copgdufs@gmail.com Lato Sensu - Coordenador: Objetivo

Leia mais

Procedimentos para Agendamento da Polícia Federal Montes Claros PASSO-A-PASSO

Procedimentos para Agendamento da Polícia Federal Montes Claros PASSO-A-PASSO Procedimentos para Agendamento da Polícia Federal Montes Claros PASSO-A-PASSO REGISTRO NA POLÍCIA FEDERAL Para realizar o registro, são necessários os seguintes documentos: Passaporte original válido;

Leia mais

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008 Universal Entrada 2008 Programa Programa - Manual do Aplicador Teste Universal - 2008 Teste Cognitivo Leitura/Escrita e Matemática Caro alfabetizador(a): Se você está recebendo este material, é porque

Leia mais

SUAP. Módulo Atividades Docentes

SUAP. Módulo Atividades Docentes MAPA DE ATIVIDADES SUAP Módulo Atividades Docentes Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 FLUXO DO PROCEDIMENTO... 3 3 INFORMAÇÕES GERAIS DO SISTEMA DE MAPA DE ATIVIDADES DOCENTES... 4 4 INSTRUÇÕES PARA PROFESSOR...

Leia mais

SUAP. Módulo Atividades Docentes

SUAP. Módulo Atividades Docentes SUAP Módulo Atividades Docentes Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 FLUXO DO PROCEDIMENTO... 3 3 INFORMAÇÕES GERAIS DO SISTEMA DE MAPA DE ATIVIDADES DOCENTES... 4 4 INSTRUÇÕES PARA PROFESSOR... 5 4.1 COMO PREENCHER

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA ESCOLA DE GOVERNO DO PARANÁ CENTRAL DE ESTÁGIO

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA ESCOLA DE GOVERNO DO PARANÁ CENTRAL DE ESTÁGIO A Lei Federal Nº 11.788/2008 em seu Art. 2 1º, determina que Estágio obrigatório é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma. Para

Leia mais

SOLDADO DE 3ª CLASSE

SOLDADO DE 3ª CLASSE CONCURSO PÚBLICO 006-2016 CBM/GO - SEGPLAN CARGO SOLDADO DE 3ª CLASSE PROVA B Prezado(a) Candidato(a), 1. Ao receber este caderno, confira se ele contém as questões objetivas com 50 (cinquenta) itens,

Leia mais

ENADE Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes

ENADE Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE 2015 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Qual o objetivo do ENADE? O objetivo do ENADE é avaliar o desempenho dos estudantes com relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes

Leia mais

Sumário. 3 Apresentação. 5 Caracterização do SARESP Instrumentos de Avaliação. 9 Instrumentos de Orientação. 13 Instrumentos de Controle

Sumário. 3 Apresentação. 5 Caracterização do SARESP Instrumentos de Avaliação. 9 Instrumentos de Orientação. 13 Instrumentos de Controle Sumário 3 Apresentação 5 Caracterização do SARESP 2015 7 Instrumentos de Avaliação 9 Instrumentos de Orientação 13 Instrumentos de Controle 15 Principais Atividades 17 Estrutura e Atribuições das Equipes

Leia mais

REGULAMENTO. III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO. Geral

REGULAMENTO. III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO. Geral REGULAMENTO III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO Geral Estimular a reflexão sobre o exercício da cidadania em crianças e jovens, alunos de escolas públicas dos lugares discriminados no item

Leia mais

XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Tipo 1 - BRANCA SUA PROVA INFORMAÇÕES GERAIS Além deste caderno de prova do tipo 1, contendo oitenta questões e um questionário de percepção sobre a prova com fez questões objetivas, você receberá do fiscal

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01

PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01 PROCESSO SELETIVO 2013 EDITAL N. 023/2012 CURSO DE NÍVEL SUPERIOR RETIFICAÇÃO Nº 01 O DIRETOR GERAL SUBSTITUTO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS (IFTO) - Campus Gurupi,

Leia mais

1º O descarte de outros materiais bibliográficos só poderá ser efetivado quando o material for considerado em situação irrecuperável.

1º O descarte de outros materiais bibliográficos só poderá ser efetivado quando o material for considerado em situação irrecuperável. Normas para a doação e o descarte de livros didáticos adquiridos e distribuídos aos campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes) pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

SAERJINHO 2013 MANUAL DO DIRETOR

SAERJINHO 2013 MANUAL DO DIRETOR SAERJINHO 2013 MANUAL O IRETOR saerjinho Manual do diretor /// Apresentação /// Prezado(a) diretor(a), Manual do iretor Você, assim como os outros agentes, é parte fundamental para o bom funcionamento

Leia mais

FÓRUM. Fórum AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM TUTORIAL DO. Autor(es) Natália Regina de Souza Lima, Scarlat Pâmela Silva

FÓRUM. Fórum AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM TUTORIAL DO. Autor(es) Natália Regina de Souza Lima, Scarlat Pâmela Silva TUTORIAL DO FÓRUM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Fórum Autor(es) Natália Regina de Souza Lima, Scarlat Pâmela Silva 1 1. O que é um Fórum 2. Como criar um Fórum de discussão 3. O que é uma linha de discussão

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011

PROCESSO SELETIVO 2011 PROCESSO SELETIVO 2011 Data da Prova: 05/12/2010 Início: 14h00 Duração: 5 horas Caderno de Questões Nome do candidato: Nº de inscrição: Antes de iniciar a prova, leia atentamente as seguintes instruções:

Leia mais

Conhecendo o Sistema

Conhecendo o Sistema Conhecendo o Sistema Diretor ou Articulador Para entrar no sistema NOVO MAIS EDUCAÇÃO, o Diretor ou Articulador deve seguir os passos: Acesse o site http://pddeinterativo.mec.gov.br/, utilizando o login

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE PUBLICAÇÃO NA INTERNET Instruções de preenchimento. Leia atentamente todo o formulário antes de preenchê-lo.

AUTORIZAÇÃO DE PUBLICAÇÃO NA INTERNET Instruções de preenchimento. Leia atentamente todo o formulário antes de preenchê-lo. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Biblioteca Digital Revista Ergodesign & HCI AUTORIZAÇÃO DE PUBLICAÇÃO NA INTERNET Instruções de preenchimento Leia atentamente todo o formulário antes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS COORDENAÇÃO DE PROCESSOS DE SELEÇÃO E INGRESSO PAVE EDITAL 053/2015 04/10/2015 INSTRUÇÕES PARA O DIA DA PROVA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS COORDENAÇÃO DE PROCESSOS DE SELEÇÃO E INGRESSO PAVE EDITAL 053/2015 04/10/2015 INSTRUÇÕES PARA O DIA DA PROVA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS COORDENAÇÃO DE PROCESSOS DE SELEÇÃO E INGRESSO PAVE EDITAL 053/2015 04/10/2015 INSTRUÇÕES PARA O DIA DA PROVA ! UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS COORDENAÇÃO DE PROCESSOS

Leia mais

EDITAL Nº 16, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2013

EDITAL Nº 16, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE PESQUISA

Leia mais

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL 3º CICLO DA AVALIAÇÃO PELO GESTOR MUNICIPAL PROVAB 2014 Brasília/DF, 30 de dezembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor(a)

Leia mais

Importar e Receber NF-e

Importar e Receber NF-e Importar e Receber NF-e Procedimentos prévios para importar: 1. Caso ainda não tenha sido criada, criar na área de trabalho o atalho para a pasta RECEBER. Para isso vá no SGL e clique no menu CADASTRO

Leia mais

EDITAL TESTE SELETIVO ANO 2017

EDITAL TESTE SELETIVO ANO 2017 EDITAL TESTE SELETIVO ANO 2017 O Centro de Ensino Médio de Tempo Integral Desembargador Pedro Sá torna público aos interessados a abertura das inscrições do Exame Classificatório para preenchimento de

Leia mais

Guia de utilização do sistema de mobilidade da UPM Atualizado em 15/2/17

Guia de utilização do sistema de mobilidade da UPM Atualizado em 15/2/17 Guia de utilização do sistema de mobilidade da UPM Atualizado em 15/2/17 Caro aluno, A partir deste semestre a UPM passa a utilizar um sistema eletrônico para o registro das candidaturas para mobilidade

Leia mais

EDITAL 01/2016 PPGEO

EDITAL 01/2016 PPGEO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS - FACEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA - PPGEO MESTRADO ACADÊMICO EM GEOGRAFIA - MAG EDITAL 01/2016 PPGEO O

Leia mais

INSTITUTO DE UROLOGIA E NEFROLOGIA CGC: 46.905.121/0001-83 CONCURSO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2016 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES

INSTITUTO DE UROLOGIA E NEFROLOGIA CGC: 46.905.121/0001-83 CONCURSO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2016 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Diretoria Executiva Dr. Carlos B. M. Verona Dr. Cleverson Luiz R. D Avila Prof. Dr. Mário Abbud Filho Diretor Clínico Prof.Dr. Miguel Zerati Filho Coordenadores da Coreme Dr. Carlos B. M. Verona Prof.Dr.

Leia mais

005. caderno 3 provas da 2.ª fase

005. caderno 3 provas da 2.ª fase F U N D A Ç Ã O GETULIO VARGAS EESP Escola de Economia de São Paulo 005. caderno 3 provas da 2.ª fase processo seletivo 1.º semestre de 2015 redação EM LÍNGUA PORTUGUESA Você recebeu este caderno de redação

Leia mais

Secretaria Geral de Relações Internacionais

Secretaria Geral de Relações Internacionais Secretaria Geral de Relações Internacionais EDITAL SRInter nº 05/16 Mobilidade acadêmica 2016/2017 Graduação para a Universidade de Picardie Jules Verne - França A Secretaria Geral de Relações Internacionais

Leia mais

www.institutoprosaber.com.br

www.institutoprosaber.com.br Prepare-se! O mundo vai precisar do seu conhecimento Rua Georgina Erisman, 205 - Centro - CEP: 44001-448 - Feira de Santana-BA Tel.: (75) 3614-9950 / 0800-282-8812 www.institutoprosaber.com.br Seja bem-vindo!

Leia mais

NORMAS PARA A CONFECÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

NORMAS PARA A CONFECÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA PRÓ-REITORIA DE CIÊNCIAS MÉDICAS CURSO DE MEDICINA COORDENAÇÃO DO INTERNATO NORMAS PARA A CONFECÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC INTRODUÇÃO Este documento estabelece

Leia mais

Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016

Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CENTRO DE ORIENTAÇÃO E SUPERVISÃO AO ENSINO ASSISTENCIAL COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016 Nomes

Leia mais