EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO"

Transcrição

1 EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO A Diretoria da FCHPE e a Coordenação do Curso de Direito da Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco, com base no ANEXO VI, do Projeto Pedagógico da IES e considerando a necessidade de incrementar o ensino, a pesquisa e a extensão, bem como estimular e premiar os discentes que mais de destacaram nas respectivas disciplinas de formação profissional, torna público, junto ao corpo docente e discente o EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES - EDITAL Nº ANO 201, visando o preenchimento de 12 (doze) vagas, que se regerá pelas seguintes regras: 1. Das disciplinas e vagas disponibilizadas: 1.1 Direito Administrativo 01 vaga; 1.2 Direito Civil - 02 vagas; 1.3 Direito Falimentar/Cambial 01 vaga; 1.4 Direito Constitucional - 01 vaga; 1.5 Direito do Trabalho- 01 vaga; 1. Direito Tributário- 01 vaga; 1.7 Direito Processual Civil 02 (duas) vagas; 1.8 Direito Processual Penal- 01 vaga; 1.9 Direito Processual do Trabalho- 01 vaga; 1.10 Direito Penal 01 Vaga; 2. Dos objetivos da monitoria: 1.1 Contribuir para o desenvolvimento do aluno, estimulando seu interesse pela docência; 1.2 Ampliar a colaboração recíproca entre o professor e os alunos; 1.3 Fortalecer o corpo discente, estimulando o aprendizado com seus pares. 2. Dos requisitos: 2.1 Estar regularmente matriculado no do 2º ao 4º ano na IES; 2.2 Estar cursando, no mínimo, 08 (oito) disciplinas;

2 2.3 Não apresentar reprovações no histórico acadêmico; 2.4 Apresentar média global curricular superior a 08 (oito) pontos, considerando o total das disciplinas cursadas na graduação; 2.5 Não ser beneficiário ativo de qualquer outro programa oferecido pela FCHPE; (Ex. Iniciação Científica) 2. Não ter sido excluído ou desligado de qualquer outro programa desenvolvido pela FCHPE; 3. Das inscrições: 3.1 No período de 01/03/201 à 15/03/201, os interessados deverão preencher e entregar o formulário de inscrição constante no ANEXO 01, que ficará disponível na Secretaria da FCHPE, bem como no endereço eletrônico da IES. ( 3.2 Não haverá cobrança de qualquer valor para a formalização da inscrição. 3.3 Cada aluno somente poderá realizar uma inscrição, indicando uma das disciplinas constantes no ITEM 01; 3.4 As inscrições serão sujeitas a homologação pela COMISSÃO DE SELEÇÃO DE MONITORES, que poderá indeferi-las caso verifique inexatidão de dados fornecidos, desatendimento dos requisitos mínimos ou qualquer outro motivo fundamentado; 3.5 Da decisão que indeferir a inscrição caberá recurso ou pedido de reconsideração dirigido à CSM por meio do formulário de requerimento padrão constante na Secretaria da Faculdade, no prazo de 48 (quarenta e oito horas), a contar da publicação da lista das inscrições homologadas, que estará disponível no mesmo local 48 (quarenta e oito) horas após o período de inscrições. 4. Da seleção: 4.1 A seleção será realizada na data e horário a ser oportunamente informado em edital específico que disciplinará suas regras, a ser publicada na Secretaria da Faculdade, bem como no endereço eletrônico da IES. ( 4.2 Os interessados serão submetidos a provas escritas e orais, a ser elaborada e aplicada pela CSM, abordando os temas tratados no conteúdo programático já ministrado ao candidato da respectiva disciplina escolhida; 4.3 Será considerado aprovado o candidato que alcançar média igual ou superior a 07 (sete) nas avaliações realizadas, desde que a nota em qualquer delas não seja inferior a 05 (cinco);

3 4.4 Em caso de empate será adotado, nesta ordem, os seguintes critérios para resolução: a) maior média global curricular, b) maior média curricular na disciplina em disputa, c) menor número de faltas acumuladas ao longo do curso, d) o candidato com maior idade. 5. Da publicação do resultado final: 5.1 O resultado final será publicado na Secretaria da Faculdade, bem como no endereço eletrônico da IES. ( no prazo de 48 (quarenta e oito) horas após a realização das provas descritas no ITEM 04, quando os aprovados serão convocados para assinatura do termo de compromisso e recebimento das instruções; 5.2 Da decisão descrita no item anterior caberá recurso ou pedido de reconsideração dirigido à CSM por meio do formulário de requerimento padrão constante na Secretaria da Faculdade, no prazo de 48 (quarenta e oito horas), a contar da publicação da lista dos aprovados.. Dos deveres do monitor:.1 Ministrar aulas no curso da Graduação, sob a supervisão do professor regente da disciplina;.2 Apresentar ao regente da disciplina relatórios semestrais das atividades;.3 Auxiliar o professor em pesquisa para a preparação das aulas;.4 Auxiliar o professor na pesquisa para elaboração/modificação de material didático;.5 Realizar a correção junto aos alunos de exercícios extraclasse designados pelo docente titular;. Organizar plantões para sanar dúvidas dos alunos, seguindo planejamento e cronograma a ser estabelecido pela Coordenação do Curso de Direito;.7 Apresentar à coordenação do Curso de Direito relatório final das atividades desenvolvidas;.8 Participar das reuniões designadas pela Coordenação do Curso de Direito;.9 Informar à Coordenação do Curso de Direito qualquer evento ou circunstância que impeça ou dificulte o desenvolvimento de sua atividade. 7. Carga horária da atividade: 7.1 Atividades de pesquisa e atendimento; 7.2 Estudo dirigido de conteúdo didático; 7.3 Realizar outras atividades ligadas a sua atividade de Monitoria e orientadas pela Coordenação do Curso de Direito.

4 7.4 TOTAL: 4h (quatro horas) semanais. * * As atividades podem ser desenvolvidas nos turnos manhã e/ou noite, a critério do professor regente da disciplina e da Coordenação do Curso de Direito. 8. Das vedações ao monitor: 8.1 Realizar atividades burocráticas de competência exclusiva do professor, como, por exemplo, registro de notas e controle de frequência; 8.2 Corrigir provas e/ou aplicar provas; 8.3 Ministrar aulas em substituição (isoladamente, sem a presença física) ao docente. 8.4 Realizar atividades da monitoria incompatíveis com os horários das disciplinas nas quais está matriculado ou com outras atividades necessárias à sua formação acadêmica; 9. Das atribuições do Professor Orientador: 9.1 Elaboração do roteiro de atividades da disciplina que leciona e que esteja vinculada a monitoria da unidade acadêmica, permitindo o aproveitamento o efetivo do programa, proporcionando o desenvolvimento do monitor selecionado; 9.2 Orientar e assistir o monitor no desenvolvimento de suas atividades específicas, acompanhando o no cumprimento de suas atribuições; 9.3 Avaliar, sempre que solicitado, o desempenho do monitor no desenvolvimento do roteiro de atividades que está sob sua responsabilidade, por meio de formulário a ser oportunamente fornecido pela coordenação do Curso de Direito; 9.4 Informar à Coordenação do Curso de Direito qualquer evento ou circunstância que impeça ou dificulte o desenvolvimento atividade do Monitor. 10. Do desligamento do monitor: O monitor será desligado, a critério do professor, quando: 10.1 Deixar de cumprir as atividades determinadas sem justificativa; 10.2 Não atender plenamente às necessidades dos alunos; 10.3 Reprovar em disciplina; 10.4 Sofrer sanção disciplinar; 10.5 Solicitar desligamento; 10. Ter a matrícula trancada ou cancelada;

5 10.7 Em caso de desligamento, o monitor não receberá a certificação, nem mesmo quanto às horas já prestadas, tampouco fará jus ao recebimento da bolsa-prêmio, nem mesmo de maneira proporcional. 11. Da certificação e da bolsa-prêmio: 11.1 No final do ano o aluno receberá certificado de 0h (sessenta horas) de monitoria, caso tenha desempenho satisfatório, o que será atestado pelo professor orientador; 11.2 Atendido o requisito anterior, fará jus ao recebimento de uma bolsa-prêmio no valor equivalente de um salário mínimo nacional. 12. Duração do programa: 12.1 Vigência do ano letivo de Da composição da Comissão de Seleção de Monitores: 13.1 Prof. Silvio de Albuquerque Santos, Diretor da FCHPE, Prof. Antônio Ernando Corrêa Novais, Orientador Acadêmico e Prof. Carlos Átila Pierre de Lima, Vice Coordenador do Curso de Direito. 14. Das disposições finais: 14.1 Os casos omissos serão resolvidos pela Diretoria da FCHPE, ouvida a Coordenação do Curso de Direito. Recife/PE, 29 de fevereiro de 201. Prof. Silvio de Albuquerque Santos Diretor da FCHPE Prof. Antônio Ernando Corrêa Novais, Orientador Acadêmico Prof. Carlos Átila P. de Lima Vice-Coordenador do Curso de Direito

6 ANEXO 01 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 201 NOME: MATRÍCULA: ANO/TURNO: DISCIPLINA ESCOLHIDA: ASSINATURA DO PROFESSOR REGENTE DA MATÉRIA: ( ) Declaro que li, estou ciente e que me submeto a todos os termos do Edital. ( ) Declaro que estou ciente de que caso seja selecionado o eventual vínculo institucional NÃO apresentará natureza trabalhista. (ART 3º DA CLT) Recife/PE de março de 201. Assinatura do candidato destacar destacar COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO - EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 201 NOME: ANO/TURNO MATRÍCULA: DISCIPLINA:

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL N 01/2015/PROEN-PROEX/UFCA PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO DE ENSINO E EXTENSÃO PEEX As Pró Reitorias de Ensino e Extensão da

Leia mais

Faculdade Adventista da Bahia. Regulamento de Monitoria Acadêmica Fisioterapia

Faculdade Adventista da Bahia. Regulamento de Monitoria Acadêmica Fisioterapia Faculdade Adventista da Bahia Regulamento de Monitoria Acadêmica Fisioterapia Cachoeira BA Abril de 2011 Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento disciplina o Programa de Monitoria

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS- CCL Coordenação do Curso de Letras

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS- CCL Coordenação do Curso de Letras REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS OBJETIVOS CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO Art. 1 o A Monitoria no Centro de Comunicação e Letras (CCL) será regida por este regulamento e corresponderá ao conjunto

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO MONITORIA 2010.2

EDITAL DE SELEÇÃO MONITORIA 2010.2 1 Laureate International Universities R EDITAL DE SELEÇÃO MONITORIA 2010.2 A FACULDADE DOS GUARARAPES, mantida pela Sociedade Capibaribe de Educação e Cultura - SOCEC, com sede em Jaboatão dos Guararapes

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL

REGULAMENTO INSTITUCIONAL FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL REGULAMENTO INSTITUCIONAL MONITORIA VOLUNTÁRIA CACOAL 2016 CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar a

Leia mais

FACULDADE PITAGORAS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE PITAGORAS - SÃO LUIS

FACULDADE PITAGORAS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE PITAGORAS - SÃO LUIS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA - SÃO LUIS O Diretor Geral da Faculdade Pitágoras, através da Núcleo de Atendimento Institucional - NAI, no uso de suas atribuições regimentais e de acordo com o que

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA

REGULAMENTO DA MONITORIA REGULAMENTO DA MONITORIA REGULAMENTO DA MONITORIA Art. 1º. O presente regulamento estabelece as regras para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação do Centro Universitário de União da Vitória

Leia mais

EDITAL N 03 SAP 21 DE MARÇO DE 2017

EDITAL N 03 SAP 21 DE MARÇO DE 2017 EDITAL N 03 SAP 21 DE MARÇO DE 2017 O DIRETOR GERAL DO CAMPUS SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA DO IFFLUMINENSE, no uso de suas atribuições, por meio da Direção de Ensino e Políticas Estudantis, torna pública as

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO Edital simplificado para seleção de acadêmicos remunerados e voluntários do projeto de extensão Amigos

Leia mais

NORMATIZAÇÃO CGA N o 04/2015

NORMATIZAÇÃO CGA N o 04/2015 NORMATIZAÇÃO CGA N o 04/2015 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES NORMATIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE MONITORIA 1.1 - O presente documento reúne as normas estabelecidas para o Programa de Monitoria desenvolvido no Instituto

Leia mais

EDITAL MONITORIA 2017/2

EDITAL MONITORIA 2017/2 EDITAL MONITORIA 2017/2 Edital de Seleção para o Programa de Monitoria Acadêmica do Curso de Serviço Social da Faculdade Metropolitana de Manaus- FAMETRO Nº. 7 de 2017/1. A Direção Geral da Faculdade Metropolitana

Leia mais

EDITAL 05/2017 PROGRAMA DE MONITORIA DISCENTE DE ENFERMAGEM DA FACULDADE FACTUM

EDITAL 05/2017 PROGRAMA DE MONITORIA DISCENTE DE ENFERMAGEM DA FACULDADE FACTUM EDITAL 05/2017 PROGRAMA DE MONITORIA DISCENTE DE ENFERMAGEM DA FACULDADE FACTUM A Direção de Ensino da Faculdade FACTUM, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente edital, em que estão

Leia mais

Usinagem geral. frente ao laboratório 15.

Usinagem geral. frente ao laboratório 15. Edital Simplificado de Seleção de Monitoria 2017.2 e 2018.1 Edital nº003/2017 A Direção Geral do IFRJ/, comunica, pelo presente Edital, que estarão abertas as inscrições para a Seleção de Monitores para

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este regulamento disciplina o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC dos Cursos das Faculdades Integradas Hélio Alonso,

Leia mais

EDITAL N 14/2017 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

EDITAL N 14/2017 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EDITAL N 14/2017 0 DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO - CAMPUS JUÍNA, no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Portaria IFMT N 864, de 19/04/2017,

Leia mais

2º A monitoria remunerada por bolsa não gera nenhum vínculo empregatício entre o IFPE e o estudante.

2º A monitoria remunerada por bolsa não gera nenhum vínculo empregatício entre o IFPE e o estudante. 2º A monitoria remunerada por bolsa não gera nenhum vínculo empregatício entre o IFPE e o estudante. 3º O estudante-monitor deverá assinar um Termo de Compromisso específico à atividade de monitoria. Art.4º

Leia mais

Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA

Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 1. Quais são os requisitos para obtenção de bolsa monitoria? a) o discente deve estar regularmente matriculado no período letivo em

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL RESOLUÇÃO Nº 55/2008-CONSUNI/UFAL, de 10 de novembro de 2008. APROVA NORMAS QUE DISCIPLINAM O PROGRAMA DE MONITORIA

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FESPPR CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DE MONITORIA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FESPPR CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DE MONITORIA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FESPPR CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º Este regulamento normaliza as Atividades de Monitoria nos Cursos de Graduação da FESPPR. Para efeito do

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA. Capítulo I Das Disposições Gerais

REGULAMENTO DE MONITORIA. Capítulo I Das Disposições Gerais REGULAMENTO DE MONITORIA Dispõe sobre a regulamentação da Monitoria Capítulo I Das Disposições Gerais Art. 1 O presente regulamento estabelece normas para o processo seletivo de monitoria da Faculdade

Leia mais

Faculdade AGES Colegiado de Direito Núcleo Docente Estruturante COORDENADORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL DE SELEÇÃO

Faculdade AGES Colegiado de Direito Núcleo Docente Estruturante COORDENADORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL DE SELEÇÃO COORDENADORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL DE SELEÇÃO O NDE NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE DO COLEGIADO DE DIREITO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - AGES, na pessoa do Prof. Me. LUCIANO SANTOS

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE MONITORIA

REGULAMENTO GERAL DE MONITORIA CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ REGULAMENTO GERAL DE MONITORIA FAFIL/FAECO/FAENG Índice Capítulo I Das Finalidades 3 Capítulo II - Das Inscrições dos Alunos 3 Capítulo III - Dos critérios de

Leia mais

Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA Pró- Reitoria de Ensino de Graduação - PROGRAD Programa Institucional de Monitoria

Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA Pró- Reitoria de Ensino de Graduação - PROGRAD Programa Institucional de Monitoria Pró- Reitoria de Ensino de Graduação - PROGRAD A Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), por meio da Pró- Reitoria de Ensino de Graduação (PROGRAD), em consonância com a Resolução Nº33/2008, de 22

Leia mais

Faculdade Processus REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS

Faculdade Processus REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS Dispõe sobre a oferta de atividades de Monitoria no curso de graduação da Faculdade Processus e dá outras providências.

Leia mais

1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA

1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DO MESTRADO DA ESCOLA SUPERIOR DOM HELDER CÂMARA 1º SEMESTRE DE 2017 1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA O candidato ao estágio de docência deve ser um aluno regularmente

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02/2017 DE 10 DE FEVEREIRO DE Altera a Resolução nº 07/2008 que regulamenta a Monitoria no âmbito da FDSM.

RESOLUÇÃO Nº 02/2017 DE 10 DE FEVEREIRO DE Altera a Resolução nº 07/2008 que regulamenta a Monitoria no âmbito da FDSM. RESOLUÇÃO Nº 02/2017 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2017. Altera a Resolução nº 07/2008 que regulamenta a Monitoria no âmbito da FDSM. O DIRETOR DA FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS, no uso e gozo de suas atribuições

Leia mais

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS MEDICINA 2017/1 Pelo presente edital ficam estabelecidas as regras para as vaga de monitorias,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria Art. 1º - Entende-se por Monitoria, uma modalidade de ensino e aprendizagem que contribui para a formação integrada

Leia mais

FACULDADE EVOLUÇÃO ALTO OESTE POTIGUAR

FACULDADE EVOLUÇÃO ALTO OESTE POTIGUAR REGULAMENTO DA MONITORIA DA FACULDADE EVOLUÇÃO ALTO OESTE POTIGUAR Pau dos Ferros/RN REGULAMENTO DA MONITORIA A Faculdade Evolução Alto Oeste Potiguar, com sede em Pau dos Ferros, RN, torna públicas as

Leia mais

2.1. As bolsas de Monitoria serão distribuídas conforme o seguinte quadro de disciplinas e vagas:

2.1. As bolsas de Monitoria serão distribuídas conforme o seguinte quadro de disciplinas e vagas: EDITAL 016/2017 DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais - Campus Ouro Branco, Lawrence de Andrade Magalhães Gomes,

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA. CAPÍTULO I Das Considerações Preliminares

REGULAMENTO DE MONITORIA. CAPÍTULO I Das Considerações Preliminares F a c u l d a d e d e R e a b i l i t a ç ã o d a A S C E - F R A S C E REGULAMENTO DE MONITORIA CAPÍTULO I Das Considerações Preliminares Art.1º A Monitoria constitui-se em mais um espaço de aprendizagem

Leia mais

EDITAL MONITORIA 2017

EDITAL MONITORIA 2017 EDITAL MONITORIA 2017 Edital de Seleção para o Programa de Monitoria Acadêmica do Curso de Turismo da Faculdade Metropolitana de Manaus - FAMETRO Nº. 01. 2017/2. A Direção Geral, a Coordenação de Ensino

Leia mais

FACULDADE DO NORTE GOIANO - FNG PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FNG EDITAL 01/2017

FACULDADE DO NORTE GOIANO - FNG PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FNG EDITAL 01/2017 FACULDADE DO NORTE GOIANO - FNG PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FNG EDITAL 01/2017 A Diretoria acadêmica da Faculdade do Norte Goiano da cidade de Porangatu estado de Goiás, no uso de suas atribuições

Leia mais

Edital 20/2015 DIRGRAD Seleção de alunos para projetos de Melhoria dos Cursos de Graduação e Técnicos Integrados de Nível Médio da UTFPR

Edital 20/2015 DIRGRAD Seleção de alunos para projetos de Melhoria dos Cursos de Graduação e Técnicos Integrados de Nível Médio da UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Diretoria de Graduação e Educação Profissional PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Edital 20/2015 DIRGRAD Seleção de alunos para

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA. para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu. discentes; magistério superior.

REGULAMENTO DA MONITORIA. para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu. discentes; magistério superior. i.e PRÓ-REITORIA ACADÊMICA REGULAMENTO DA MONITORIA Art. 1º. O presente regulamento estabelece as regras para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu UNIG, por meio de programas

Leia mais

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL DE MONITORIA Nº 05

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL DE MONITORIA Nº 05 PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E CIVIL EDITAL DE MONITORIA Nº 05 A Direção Geral e de Graduação torna público o presente Edital de Concurso Público composto de

Leia mais

Faculdade Presidente Antônio Carlos de Itabirito Faculdade de Administração de Itabirito Faculdade de Tecnologia dos Inconfidentes

Faculdade Presidente Antônio Carlos de Itabirito Faculdade de Administração de Itabirito Faculdade de Tecnologia dos Inconfidentes EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 O Diretor Acadêmico da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Itabirito, da Faculdade de Administração de Itabirito e da, em consonância com as Portarias

Leia mais

FACULDADE MADRE THAIS - FMT EDITAL Nº 01 DE 13 DE FEVEREIRO DE 2017 CURSO DISCIPLINA Nº DE VAGAS / TURNO ESTAGIO CURRICULAR EM MICROBIOLOGIA

FACULDADE MADRE THAIS - FMT EDITAL Nº 01 DE 13 DE FEVEREIRO DE 2017 CURSO DISCIPLINA Nº DE VAGAS / TURNO ESTAGIO CURRICULAR EM MICROBIOLOGIA FACULDADE MADRE THAIS - FMT EDITAL Nº 01 DE 13 DE FEVEREIRO DE 2017 O Diretor da FACULDADE MADRE THAÍS, mantida pela Sociedade Educacional Sul Bahiana Ltda - SESB, no uso de suas atribuições legais e de

Leia mais

EDITAL Nº 011/ A atividade de monitoria semipresencial será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação.

EDITAL Nº 011/ A atividade de monitoria semipresencial será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Santa Terezinha Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 3356.7020 dpag.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

EDITAL Nº 002/2016 SELEÇÃO DE LICENCIANDOS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DE SUPORTE DE APRENDIZAGEM

EDITAL Nº 002/2016 SELEÇÃO DE LICENCIANDOS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DE SUPORTE DE APRENDIZAGEM INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CAMPUS MACEIÓ DIRETORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE FORMAÇÃO GERAL EDITAL Nº 002/2016 SELEÇÃO DE LICENCIANDOS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA

Leia mais

Rua Pinheiro Machado, n 189 Centro Ponta Grossa - PR CEP Fone (0**42)

Rua Pinheiro Machado, n 189 Centro Ponta Grossa - PR CEP Fone (0**42) Rua Pinheiro Machado, n 189 Centro Ponta Grossa - PR CEP 84.010-310 Fone (0**42) 3224-0301 EDITAL DE SELEÇÃO DE DISCENTE PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO DE EXTENSÃO Ações de prevenção em Motricidade Orofacial

Leia mais

Faculdade de Ensino e Cultura do Ceará FAECE Página 2 Faculdade de Fortaleza - FAFOR

Faculdade de Ensino e Cultura do Ceará FAECE Página 2 Faculdade de Fortaleza - FAFOR MANUAL DE Faculdade de Ensino e Cultura do Ceará FAECE Página 2 A FAECE e a FAFOR oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de Monitorias. Apenas será considerado

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA UNIP. A UNIP oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de Monitorias.

PROGRAMA DE MONITORIA UNIP. A UNIP oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de Monitorias. PROGRAMA DE MONITORIA UNIP A UNIP oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de Monitorias. 1. Regulamento do Programa de Monitoria 1.1 O que é Monitoria A UNIP

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL

REGULAMENTO INSTITUCIONAL UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA São Paulo 2010 CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR A DISTÂNCIA EDITAL N. 04/2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR A DISTÂNCIA EDITAL N. 04/2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR A DISTÂNCIA EDITAL N. 04/2016 Seleção para tutoria a distância do Curso de Especializacão em Tecnologias da Informação e da Comunicação

Leia mais

EDITAL Nº 06/2015 CEAD/UFPI

EDITAL Nº 06/2015 CEAD/UFPI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Centro de Educação Aberta e a Distância Rua Olavo Bilac, 1148 centro sul CEP.: 64.001-280 Teresina - Piauí site: www.cead.ufpi..br EDITAL Nº 06/2015

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA nº 31/2014

EDITAL DE MONITORIA nº 31/2014 EDITAL DE MONITORIA nº 31/2014 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano Campus Senhor do Bonfim torna pública a abertura das inscrições para seleção de bolsas do Programa Institucional

Leia mais

EDITAL Nº 01/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE.

EDITAL Nº 01/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA E EPIDEMIOLOGIA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS) INSTITUTO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIA EM SAÚDE - IATS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

b) possuir carga horária disponível para a realização das atividades do Programa; c) ser professor da disciplina no período vigente das monitorias.

b) possuir carga horária disponível para a realização das atividades do Programa; c) ser professor da disciplina no período vigente das monitorias. EDITAL Nº 03/2016 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Monitores 2016/2. Este Edital está em conformidade com a RESOLUÇÃO Nº 11/2010

Leia mais

Fatec Ipiranga EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 07/ 2016 DE 25 DE JULHO DE 2016.

Fatec Ipiranga EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 07/ 2016 DE 25 DE JULHO DE 2016. EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 07/ 2016 DE 25 DE JULHO DE 2016. O Diretor da Faculdade de Tecnologia do Ipiranga FATEC IPIRANGA, no uso de suas atribuições legais, faz saber que serão

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I CAPÍTULO I DA FINALIDADE

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I CAPÍTULO I DA FINALIDADE FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º. A Monitoria deve cumprir suas finalidades consoante os princípios norteadores de sua criação legal

Leia mais

ANEXO I EDITAL Nº 01/2013 SELEÇÃO DE ALUNOS DOS CURSOS DE LICENCIATURA DA UTFPR PARA O PROGRAMA DE LICENCIATURAS INTERNACIONAIS

ANEXO I EDITAL Nº 01/2013 SELEÇÃO DE ALUNOS DOS CURSOS DE LICENCIATURA DA UTFPR PARA O PROGRAMA DE LICENCIATURAS INTERNACIONAIS ANEXO I EDITAL Nº 01/2013 SELEÇÃO DE ALUNOS DOS CURSOS DE LICENCIATURA DA UTFPR PARA O PROGRAMA DE LICENCIATURAS INTERNACIONAIS As Diretorias de Graduação e Educação Profissional da Universidade Tecnológica

Leia mais

Edital nº 01/2014 PROEXT/IFAP. PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CURSO DE LÍNGUA FRANCESA - PROGRAMA DE ESTAGIÁRIOS FRANCESES 2014/2015 (CONIF/AI) nº 01/2013.

Edital nº 01/2014 PROEXT/IFAP. PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CURSO DE LÍNGUA FRANCESA - PROGRAMA DE ESTAGIÁRIOS FRANCESES 2014/2015 (CONIF/AI) nº 01/2013. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ Edital nº 01/2014 PROEXT/IFAP PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CURSO DE LÍNGUA FRANCESA - PROGRAMA DE ESTAGIÁRIOS FRANCESES 2014/2015 (CONIF/AI) nº

Leia mais

EDITAL N o 01/2016 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA - ANO LETIVO 2016

EDITAL N o 01/2016 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA - ANO LETIVO 2016 EDITAL N o 01/2016 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA - ANO LETIVO 2016 O Diretor da Faculdade de Medicina do ABC, no uso de suas atribuições legais, torna público

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 37130-00 Alfenas - MG RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 03/2016. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias;

RESOLUÇÃO Nº 03/2016. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias; RESOLUÇÃO Nº 03/2016 Revoga a Resolução nº 05/2014- CONUNI e estabelece normas para o Programa Integrado de Desenvolvimento e capacitação Estudantil da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF).

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO NÚCLEO DE TELEVISÃO E RÁDIOS UNIVERSITÁRIAS - NTVRU

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO NÚCLEO DE TELEVISÃO E RÁDIOS UNIVERSITÁRIAS - NTVRU SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO NÚCLEO DE TELEVISÃO E RÁDIOS UNIVERSITÁRIAS - NTVRU EDITAL Nº 01/2016 SELEÇÃO DE ESTUDANTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFPE PARA O PROGRAMA DE

Leia mais

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1190

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1190 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1190 Cria o Programa de Monitoria da UFG, fixa os objetivos e estabelece as estruturas de funcionamento da Monitoria na UFG, e

Leia mais

EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI

EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI PIBID/CAPES A Vice-Reitora de Graduação da Universidade do Vale do Itajaí, no uso de suas atribuições regimentais, torna públicos os

Leia mais

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA FATEC TAUBATÉ Nº. 01/2016 DE 01 DE JUNHO DE REMANEJAMENTO ENTRE FATEC s

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA FATEC TAUBATÉ Nº. 01/2016 DE 01 DE JUNHO DE REMANEJAMENTO ENTRE FATEC s EDITAL DE TRANSFERÊNCIA FATEC TAUBATÉ Nº. 01/2016 DE 01 DE JUNHO DE 2016. REMANEJAMENTO ENTRE FATEC s O Diretor da, no uso de suas atribuições legais, faz saber que serão abertas as inscrições para participação

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA DO ISEPRO

PROGRAMA DE MONITORIA DO ISEPRO PROGRAMA DE MONITORIA DO ISEPRO EDITAL /25 A Direção Geral do Instituto Superior de Educação Programus ISEPRO, através da Coordenação do SAP, no uso de suas atribuições regimentais e regulamentares, tornam

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2017 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2017 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR 1 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2017 A Coordenação do Curso de ARQUITETURA E URBANISMO, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR VOLUNTÁRIO

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR VOLUNTÁRIO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR VOLUNTÁRIO CONSIDERANDO que a monitoria acadêmica consiste em propiciar condições para a iniciação

Leia mais

Fatec Ipiranga - Pastor Enéas Tognini

Fatec Ipiranga - Pastor Enéas Tognini EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 03 / 2017 DE 23 DE MAIO DE 2017. VAGAS REMANESCENTES PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE ENSINO SUPERIOR. O Diretor da Faculdade de

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER - 2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER - 2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL FÓRMULA SANTANDER - 2012 O Diretor Geral da Faculdade de Medicina de Marília (Famema), Professor Doutor José Augusto Alves Ottaiano, no uso de suas atribuições, torna público este Edital de seleção de

Leia mais

SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 04/2017

SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 04/2017 SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 04/2017 O Curso de Fisioterapia comunica que estão abertas as inscrições para Seleção de Monitores, para o ano de 2017 do módulo de Saúde, Processo e Assistência (SPA); Indivíduo,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL. UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 045/UFFS/2011 PROGRAMA BOLSA DE ESTUDOS ORIENTADOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL. UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 045/UFFS/2011 PROGRAMA BOLSA DE ESTUDOS ORIENTADOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL 1 OBJETIVO EDITAL Nº 045/UFFS/2011 PROGRAMA BOLSA DE ESTUDOS ORIENTADOS A Reitoria da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), visando propiciar auxílio financeiro

Leia mais

DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA

DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PARA SERVIDORES TÉCNICO ADMINISTRATIVOS DA UFG PRO QUALIFICAR DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA Art.1º. O Programa

Leia mais

Fatec Ipiranga EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 06/ 2015 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015.

Fatec Ipiranga EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 06/ 2015 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015. EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA - FATEC IPIRANGA N.º 06/ 2015 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015. O Diretor da Faculdade de Tecnologia do Ipiranga FATEC IPIRANGA, no uso de suas atribuições legais, faz saber que

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Odontologia,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE QUÍMICA DE NILÓPOLIS RJ Instituído pela Resolução nº 36, de 04 de Dezembro de 2008. REGULAMENTO

Leia mais

FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST EDITAL Nº 006/2017/CEST

FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST EDITAL Nº 006/2017/CEST FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST EDITAL Nº 006/2017/CEST O Diretor Geral da Faculdade Santa Terezinha - CEST, mantida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE, de São Luís - MA, no uso

Leia mais

EDITAL N o /2011. EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA BIOLOGIA (Modalidade a Distância)

EDITAL N o /2011. EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA BIOLOGIA (Modalidade a Distância) EDITAL N o /2011 EDITAL DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA BIOLOGIA (Modalidade a Distância) 1. INFORMAÇÕES GERAIS A Direção do Instituto de Ciências Biológicas ICB,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 139/2009/CONEPE Aprova alteração nas Normas Específicas do Estágio

Leia mais

EDITAL Nº 14/2012 TRANSFERÊNCIA INTERNA E EXTERNA E APROVEITAMENTO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL Nº 14/2012 TRANSFERÊNCIA INTERNA E EXTERNA E APROVEITAMENTO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 14/2012 TRANSFERÊNCIA INTERNA E EXTERNA E APROVEITAMENTO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO O PRÓ-REITOR DE ENSINO DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ (IFPR), no uso de suas atribuições legais e estatutárias,

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR BOLSISTA

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR BOLSISTA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR BOLSISTA CONSIDERANDO que a monitoria acadêmica consiste em propiciar condições para a iniciação da

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA JUIZ DE FORA 2015 CAPÍTULO I DA NATUREZA

Leia mais

EDITAL N 02 DE 13 DE ABRIL DE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGA DO PROGRAMA BOLSA MONITORIA IFCE/Campus Crateús.

EDITAL N 02 DE 13 DE ABRIL DE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGA DO PROGRAMA BOLSA MONITORIA IFCE/Campus Crateús. EDITAL N 02 DE 13 DE ABRIL DE 2015 PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGA DO PROGRAMA BOLSA MONITORIA IFCE/Campus Crateús. A Diretora do Campus Crateús, do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) da UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições,

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) da UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA, no uso de suas atribuições, UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA RESOLUÇÃO/UEPB/CONSEPE/013/2006 CRIA O PROGRAMA DE TUTORIA ESPECIAL NO ÂMBITO DA UEPB. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) da UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA,

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO)

REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO) REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO) GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA PROFª MS. ELAINE CRISTINA SIMOES BRAGANÇA PAULISTA 2013 O estágio é um ato educativo supervisionado, desenvolvido no ambiente

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA COORDENAÇÃO DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA COORDENAÇÃO DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 0 FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA COORDENAÇÃO DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FATEC/BA ALAGOINHAS 2014 1 SUMÁRIO DO PROGRAMA E

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI EDITAL DEF Nº 01/2017 SELEÇÃO DE MONITOR REMUNERADO DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL, DA FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI, CAMPUS JK O

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BOITUVA - FIB

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BOITUVA - FIB REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BOITUVA - FIB CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Entende-se por Monitoria as atividades de apoio

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 O reitor do Centro Universitário de Brasília UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público que

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA UNIVERSIDADE DA AMAZONIA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA UNIVERSIDADE DA AMAZONIA 29/02/26 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE AMAZONIA Belém 26 29/02/26 Dispõe sobre normas de Monitoria da Universidade da Amazônia. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º Adotar e estimular a Monitoria Acadêmica, que

Leia mais

EDITAL 20/2011. CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO LINHA DE PESQUISA PROFESSOR VAGAS Dr. Daniela Carvalho Almeida da Costa

EDITAL 20/2011. CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO LINHA DE PESQUISA PROFESSOR VAGAS Dr. Daniela Carvalho Almeida da Costa EDITAL 20/2011 Edital de abertura de seleção de alunos para Iniciação Científica da Faculdade de Administração Negócios de Sergipe FANESE. I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1. A Faculdade de Negócios de

Leia mais

Fatec Ipiranga Das margens plácidas o compromisso com o desenvolvimento humano e tecnológico

Fatec Ipiranga Das margens plácidas o compromisso com o desenvolvimento humano e tecnológico EDITAL FATEC IPIRANGA N.º 02 / 2013 DE 01 DE OUTUBRO DE 2013. O Diretor da Faculdade de Tecnologia do Ipiranga FATEC IPIRANGA, no uso de suas atribuições legais, faz saber que serão abertas as inscrições

Leia mais

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSOS DE GRADUAÇÃO

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSOS DE GRADUAÇÃO SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS 2017/1 Pelo presente edital ficam estabelecidas as regras para a vaga de monitorias, disponíveis nas seguintes

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 06/2013 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 06/2013 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 06/2013 A Coordenação do Curso de Sistemas de Informação, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL Nº 015/ A atividade de monitoria semipresencial será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação.

EDITAL Nº 015/ A atividade de monitoria semipresencial será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Santa Terezinha Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 3356.7020 dpag.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES DIREÇÃO DE CENTRO EDITAL Nº 06/2017 CCTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES DIREÇÃO DE CENTRO EDITAL Nº 06/2017 CCTA EDITAL Nº 06/2017 CCTA O Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA), por meio da Direção de Centro, torna público o Edital de Seleção para preenchimento de 06 (seis) vagas de estágio curricular supervisionado

Leia mais

Edital nº 03/2017 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA/ 2017

Edital nº 03/2017 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA/ 2017 Edital nº 03/2017 SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA/ 2017 O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Campus Jequié, por meio do Departamento de Ensino

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Faculdade de Direito de Alta Floresta - FADAF

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Faculdade de Direito de Alta Floresta - FADAF REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Faculdade de Direito de Alta Floresta - FADAF 2010 SUMÁRIO TITULO I... 3 DA CONCEITUAÇÃO DO PROGRAMA... 3 CAPÍTULO I... 3 DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA... 3

Leia mais

PORTARIA N. 01, DE 21 DE OUTUBRO DE 2015

PORTARIA N. 01, DE 21 DE OUTUBRO DE 2015 PORTARIA N. 01, DE 21 DE OUTUBRO DE 2015 A PRÓ-REITORIA DE ENSINO, DE PESQUISA E DE EXTENSÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MINEIROS, dispõe sobre normas e critérios para MONITORIA nos cursos de graduação

Leia mais

EDITAL Nº023/2013 PROGRAD/CIPEAD

EDITAL Nº023/2013 PROGRAD/CIPEAD EDITAL Nº023/2013 /CIPEAD EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MÍDIAS INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO 2013 A Universidade Federal do Paraná (UFPR), por

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA Nº 01, de 17 de fevereiro de 2017 Processo Nº / INSCRIÇÕES PARA PROJETOS DE MONITORIA (2017 / 1º semestre)

EDITAL DE MONITORIA Nº 01, de 17 de fevereiro de 2017 Processo Nº / INSCRIÇÕES PARA PROJETOS DE MONITORIA (2017 / 1º semestre) EDITAL DE MONITORIA Nº 01, de 17 de fevereiro de 2017 Processo Nº 23232.000141/2017-51 INSCRIÇÕES PARA PROJETOS DE MONITORIA (2017 / 1º semestre) A Diretoria de Ensino do Campus Muriaé, do Instituto Federal

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE FORMAÇÃO DA UFGD

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE FORMAÇÃO DA UFGD REGULAMENTO DO 1 DEFINIÇÃO/OBJETIVO O Projeto de Extensão Centro de Formação da UFGD está sob a coordenação da Pró- Reitoria de Extensão e Cultura e objetiva oferecer à comunidade cursos de extensão de

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E INSTITUIÇÕES DO SISTEMA DE JUSTIÇA Aprovado pela Resolução nº 853/2011 - CONSEPE EDITAL PPPG Nº.

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E INSTITUIÇÕES DO SISTEMA DE JUSTIÇA Aprovado pela Resolução nº 853/2011 - CONSEPE EDITAL PPPG Nº. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E INSTITUIÇÕES

Leia mais

EDITAL PROGRAD Nº 29/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA COMPOSIÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DE BOLSAS DE SUPERVISÃO PIBID-UFAC

EDITAL PROGRAD Nº 29/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA COMPOSIÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DE BOLSAS DE SUPERVISÃO PIBID-UFAC EDITAL PROGRAD Nº 29/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA COMPOSIÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DE BOLSAS DE SUPERVISÃO PIBID-UFAC 1. APRESENTAÇÃO 1.1. A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal

Leia mais