Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ"

Transcrição

1 Jesus Missionário JESUS MISSIONÁRIO EM MARCOS A PRÁTICA DE JESUS DE NAZARÉ

2 Como foi a missão de Jesus de Nazaré? Viveu o anúncio Anunciou o que viveu

3 Para entender a missão de Jesus Entender o contexto Onde Jesus estava Realidade social/cultural/ econômica/política Palestina dominada politicamente pelos romanos e religiosamente pelos famílias judias poderosas que se associavam aos romanos

4 Região da Galileia 90% população rural Região muito fértil Terra concentrada na mão de poucos Maioria dos trabalhadores eram sem terra diaristas Quem não achava serviço se entregava a mendicância

5 Região da Galileia Impostos que o povo pagava eram enormes: +- 50% Preocupação com o endividamento; A desigualdade entre pobres e ricos crescia rapidamente; O pobres e as mulheres sofriam com a humilhação das leis judaicas.

6 A Mulher Sinônimo de tentação, pecado e impureza; Do controle do pai para o marido; Mulher estéril era maldição de Deus; A mulher repudiada e viúva sem filhos eram trágica;

7 A Família de Jesus Viviam em clã familiar em Nazaré; No clã havia muita partilha de trabalho, instrumentos e proteção; Viver fora do clã era muito difícil; No clã se chamavam de irmãos; Cumpriam os preceitos judaicos; Sábado ninguém trabalhava; Sábado de manhã faziam as orações comunitárias na Sinagoga.

8 Jesus Aprendeu a profissão do pai, como era de costume; Como não possuíam terra, o pai e Jesus eram diaristas, faziam todo o tipo de trabalho; Filho único, enquanto outras famílias tinham muitos filhos; Na visão dos parentes, ao sair do clã, Jesus se tornou andarilho uma vergonha para a família; Nenhum parente o acompanhou em sua missão, exceto sua mãe.

9 Batismo de Jesus A missão de Jesus começa com seu batismo no Rio Jordão; Mc 1,9 A missão é : inaugurar O Reino de Deus na terra (Amor, misericórdia, perdão, justiça, partilha...) Com objetivo da Salvação do ser humano.

10 E logo o Espírito o impeliu para o deserto Lc: 4,1-13 Tentações de Jesus No deserto o demônio apresenta a Jesus uma proposta quase irrecusável (tentações) As tentações são para afastar Jesus da proposta do Reino de Deus; O Diabo volta no momento oportuno; Lc...

11 Convertei-vos e Crede no Evangelho Completou-se o tempo: basta, não dá mais para esperar, é preciso dar uma virada na história O reino já chegou: é só querer enxergar Convertei-vos: não é convite, é ordem. É redefinir a própria vida Crede: dar o coração, confiar, entrar de cheio na proposta de Jesus

12 O primeiro chamado Formação Comunidade Mc 1,16-20 Chama os 4 primeiros discípulos ( Pedro, André, Tiago e João) Chama os que quis Para estar com eles Depois envia-los

13 Jesus começou a viver o Reino de Deus, a Boa Notícia com os doze; Começo de um novo Israel, movido pela misericórdia Escolheu a partir dos excluídos e pecadores Escolheu pessoas muito diferentes - diversidade Os doze

14 Viver como Jesus... Jesus os chama para ensinálos e vivenciar com eles; Vivendo a Missão, individual e em comunidade; Vamos para outros lugares, às aldeias da redondeza Assim como o meu Pai confiou o Reino a Mim, Eu também confio o Reino a Vocês Mt 22,29-30

15 A prática de Jesus de Nazaré - Prática do Reino Curar os doentes Socorrer os necessitados Praticar a solidariedade E a misericórdia

16 Milagres Sinais visíveis do Reino de Deus Cura do leproso - Amaldiçoado Cura do surdo mudo Excluído Cura do paralítico Mc 2,9-12 Filho os seus pecados estão perdoados...pois bem, para que vocês saibam que o Filho do Homem tem poder para perdoar pecados...disse Jesus ao paralítico...levante-se pegue sua cama e vá para casa

17 Jesus inimigo do mal que esta em nossos corações Jesus combate o mal que esta em nossos corações; Praticando o bem; Jesus quer converter os corações

18 Leve um tesouro para seu próximo O Reino dos Céus é como um tesouro escondido num campo...quem o encontra, vai vende tudo para comprar o campo. Mt 13,44

19 Santas Missões Populares - Contagie seu Vizinho

20 Viva a Missão e Aqueça um Coração

21

Bíblia:- Sociedade no tempo de Jesus e sua Proposta AS RAÍZES DA POBREZA. Segunda Parte

Bíblia:- Sociedade no tempo de Jesus e sua Proposta AS RAÍZES DA POBREZA. Segunda Parte Bíblia:- Sociedade no tempo de Jesus e sua Proposta AS RAÍZES DA POBREZA Segunda Parte Lc 2,1-2 Mt 17,24-27 Mt 9,36 Lc 3,1 Mt 26,57 Mc 9,35-36 25 Colheitas 20 15 10 Pedágio e alfândega Anona 5 0 Jo 18,3-12

Leia mais

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a vida e projeto de seu FILHO. A missão dela era nos dar Jesus e fez isso de maneira ímpar. Vamos refletir nos fatos na vida de Jesus onde ELA está

Leia mais

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição Evangelho de São Lucas Ano litúrgico C O Terceiro Envangelho O TEMPO DE JESUS E O TEMPO DA IGREJA Este evangelho põe em relevo as etapas da obra de Deus na História. Mais do que Mateus e Marcos, ao falar

Leia mais

Um proprietário de um campo de videiras saiu pela manhã para contratar trabalhadores. Encontrou alguns e ajustou um denaro por dia e eles foram para

Um proprietário de um campo de videiras saiu pela manhã para contratar trabalhadores. Encontrou alguns e ajustou um denaro por dia e eles foram para Um proprietário de um campo de videiras saiu pela manhã para contratar trabalhadores. Encontrou alguns e ajustou um denaro por dia e eles foram para a vinha. Lá pela terceira hora, saiu novamente para

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Terça-feira da 22ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Deus do

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida CURA04 LIÇÃO FÉ E O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 04 INTRODUÇÃO esboço A lição desta semana aborda o modo pelo qual Cristo tratou os desfavorecidos no ambiente

Leia mais

Também por nós foi crucificado

Também por nós foi crucificado Também por nós foi crucificado Uma morte diferente Conhecemos muitos factos importantes da vida de Jesus. Hoje vamos reflectir melhor no facto mais importante: a Sua Morte! Porque é assim tão importante

Leia mais

1ª Leitura - Ml 3,1-4

1ª Leitura - Ml 3,1-4 1ª Leitura - Ml 3,1-4 O Senhor a quem buscais, virá ao seu Templo. Leitura da Profecia de Malaquias 3,1-4 Assim diz o Senhor: 1Eis que envio meu anjo, e ele há de preparar o caminho para mim; logo chegará

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

GRUPOS SOCIAIS DA ÉPOCA DE JESUS. Ctrl L para apresentar slides

GRUPOS SOCIAIS DA ÉPOCA DE JESUS. Ctrl L para apresentar slides GRUPOS SOCIAIS DA ÉPOCA DE JESUS Ctrl L para apresentar slides Não faziam oposição a Roma Não faziam oposição a Roma PALESTINA - COLÔNIA DO IMPÉRIO ROMANO No ano 63 a.c. a Palestina foi ocupada pelo

Leia mais

LIÇÃO III TRI O papel da Igreja na. u nidade

LIÇÃO III TRI O papel da Igreja na. u nidade III TRI 201605 LIÇÃO com O papel da Igreja na u nidade SAB 23.07 INTRODUÇÃO Como o evangelho transforma a comunidade VERSO PARA MEMORIZAR Percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, pregando

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Terça-feira da 3ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus, sempre

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Fes ta de São Barnabé 1) Oração Ó Deus, que designastes são

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Prefácio. 2. As lições são programadas para pessoas que cumpram os seguintes requisitos:

Prefácio. 2. As lições são programadas para pessoas que cumpram os seguintes requisitos: Prefácio 1. Este curso foi preparado pelo Seminário por Extensão às Nações (SEAN). Para que se obtenha o máximo benefício de um seminário por extensão, é recomendável estudar sob a direção de um orientador,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 3ª Semana do Advento 1) Oração O Evangelho

Leia mais

A religião: Raiz de discriminação

A religião: Raiz de discriminação Bíblia Quinta Parte A religião: Raiz de discriminação Para o judeu era importante pertencer a uma família autenticamente judia: isto é, ser descendente de Abraão, considerado Pai de todos Os judeus. Eles

Leia mais

A Infância de Jesus. "E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens." (Lc 2.52) Ev. Jacson Austragésilo 1

A Infância de Jesus. E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens. (Lc 2.52) Ev. Jacson Austragésilo 1 A Infância de Jesus "E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens." (Lc 2.52) Ev. Jacson Austragésilo 1 Texto Áureo A Infância de Jesus "E crescia Jesus em sabedoria,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Segunda-feira da 8ª Semana do Tempo Comum Ó Deus,

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Quarta-feira da 4ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Concedei-nos, Senhor

Leia mais

Quem é Marcos? Marcos, autor do primeiro Evangelho, vivia em Jerusalém. A mãe se chamava Maria. Em sua casa reuniam-se os cristãos da cidade.

Quem é Marcos? Marcos, autor do primeiro Evangelho, vivia em Jerusalém. A mãe se chamava Maria. Em sua casa reuniam-se os cristãos da cidade. Atenção O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo;

Leia mais

O fascínio por histórias

O fascínio por histórias O fascínio por histórias Histórias que Jesus contou... Significado de Parábola: s.f. Comparação desenvolvida em pequeno conto, no qual se encerra uma verdade, um ensinamento. Trata-se de uma história curta,

Leia mais

«Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara» EVANGELHO Mt 9,36-10,8

«Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara» EVANGELHO Mt 9,36-10,8 Ambiente: Costuma-se chamar ao texto que vai dos v.9,36 a 11,1, o discurso da missão : nele, Jesus envia os discípulos e define a missão desses discípulos anunciar a chegada do Reino. Este discurso da

Leia mais

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. Walace Vinente

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. Walace Vinente 7. o ANO FUNDAMENTAL Prof. Walace Vinente GEOGRAFIA CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar perguntas durante a exibição; montar grupos de reflexão após a exibição, e assim por diante.

Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar perguntas durante a exibição; montar grupos de reflexão após a exibição, e assim por diante. O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo; montar

Leia mais

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo.

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo. Adoração Eucarística Subsídios Pastorais www.fatima.pt/documentacao André Batista BATISTA, André Adoração Eucarística. Em VAZ, Carla Abreu, coord. Envolvidos no amor de Deus pelo mundo: Itinerário Temático

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa. O Evangelho de Marcos. Este evangelho tem 16 capítulos.

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa. O Evangelho de Marcos. Este evangelho tem 16 capítulos. 1 O Evangelho de Marcos Este evangelho tem 16 capítulos. 1 - O Evangelho de Marcos, o evangelho do SERVO FIEL obediente a Deus e PODEROSO, começa a contar logo a historia do serviço da vida do servo fiel,

Leia mais

Lucas: Marcos: o salvador do mundo. o servo sofredor. Mateus: João. o rei prometido. segunda-feira, 10 de setembro de 12

Lucas: Marcos: o salvador do mundo. o servo sofredor. Mateus: João. o rei prometido. segunda-feira, 10 de setembro de 12 Lucas: o salvador do mundo Marcos: o servo sofredor João Mateus: o rei prometido Mateus Marcos Lucas Evangelhos Sinóticos João 90% de material exclusivo O que João omite e que aparece nos evangelhos sinóticos

Leia mais

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "ELE te declarou, ó homem, o que é bom;

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. ELE te declarou, ó homem, o que é bom; O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "ELE te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR requer de ti, 1 / 6 senão que pratiques a justiça, e ames a

Leia mais

COPYRIGHT 2016 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT 2016 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta disciplina é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

PNV 300. A Oração de Jesus. Ildo Bohn Gass. São Leopoldo/RS. pnv 300 - segunda edicao.indd 1 02/03/2013 21:32:49

PNV 300. A Oração de Jesus. Ildo Bohn Gass. São Leopoldo/RS. pnv 300 - segunda edicao.indd 1 02/03/2013 21:32:49 PNV 300 A Oração de Jesus Ildo Bohn Gass São Leopoldo/RS 2012 pnv 300 - segunda edicao.indd 1 02/03/2013 21:32:49 Centro de Estudos Bíblicos Rua João Batista de Freitas, 558 B. Scharlau Caixa Postal 1051

Leia mais

Nicodemos. Sob o manto da escuridão. João 3, 7 e 19

Nicodemos. Sob o manto da escuridão. João 3, 7 e 19 Nicodemos João 3, 7 e 19 Sob o manto da escuridão Nicodemos era um judeu cujo nome em grego significa conquistador do povo. Talvez ele tenha nascido em alguma parte de um país ao longo do Mar Mediterrâneo

Leia mais

Recordando e refletindo

Recordando e refletindo MARCOS - O EVANGELHO DO SERVIÇO Recordando e refletindo ESTUDO 39 Lição 1 Chegam ao mundo as Boas Novas 1. Por que Gn 3.15 recebeu o nome de primeiro evangelho? 2. Identifique as qualidades de João Batista:

Leia mais

Como ser. Salvo TRIMESTRE LIÇÃO.

Como ser. Salvo TRIMESTRE LIÇÃO. Como ser TRIMESTRE Salvo LIÇÃO 05 www.classedaescolasabatina.com.br LIÇÃO4 relembrando SALVAÇÃO A BASE: UM DOM UMA INICIATIVA UM SACRIFÍCIO O RESULTADO: UMA LIBERTAÇÃO UMA VIDA ETERNA VERSO PARA MEMORIZAR!!

Leia mais

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso.

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. Evangelho de Lucas O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. A Dimensão Bíblica da Missão Verbita Brasil Norte SVD Referente: Benjamin Eber Barrios (Gigio) SVD Material

Leia mais

Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus

Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus (At 4:13). 1. Que venhamos a conhecer a história e as

Leia mais

Você sabe o que é uma Parábola?

Você sabe o que é uma Parábola? Nos nossos quatro Evangelhos encontramos 44 Parábolas. Você sabe o que é uma Parábola? Saberia contar uma que Jesus narrou? Inteirinha? Vamos conversar um pouco... As Parábolas são narrativas breves, dotadas

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quinta-feira da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Orações Semanais para a Quaresma

Orações Semanais para a Quaresma Orações Semanais para a Quaresma Nesta Quaresma iremos realizar uma pequena oração no inicio ou no fim de cada reunião, pretendendo assim criar o hábito de oração em grupo, mas relembrando sempre que somos

Leia mais

Neste nosso encontro, vamos conhecer um pouco o tratamento que Lucas dá aos pobres. Por que ele prioriza tanto os pobres?

Neste nosso encontro, vamos conhecer um pouco o tratamento que Lucas dá aos pobres. Por que ele prioriza tanto os pobres? Neste nosso encontro, vamos conhecer um pouco o tratamento que Lucas dá aos pobres. Por que ele prioriza tanto os pobres? A palavra pobre em aramaico é anawin. Os pobres são aquela parte da sociedade

Leia mais

A oração de Jesus - O Pai nosso

A oração de Jesus - O Pai nosso A oração de Jesus - O Pai nosso A oração do pai nosso Mateus 6.9-13 Essa é a tão conhecida e recitada oração do Pai Nosso. Muitos a fazem repetem e conhecem de cor e salteado. Porém muito mais do que recitar

Leia mais

CRESCENDO DIANTE DO AMOR DO PAI

CRESCENDO DIANTE DO AMOR DO PAI CRESCENDO DIANTE DO AMOR DO PAI CRESCENDO DIANTE DO PAI, ASSIM COMO JESUS? Jesus ia crescendo em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens. COMO CRESCER DIANTE DO PAI, ASSIM COMO JESUS? EM

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 22ª Semana do Tempo Comum Deus do

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA 04-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Porque é que o Filho de Deus se fez homem? para nossa salvação,

Leia mais

ANO C TEMPO COMUM

ANO C TEMPO COMUM ANO C TEMPO COMUM - 2016 1 ACOLHIDA IX DOMINGO TEMPO COMUM - 29/5/2016 - COR VERDE TEMA: EXCLUSÃO 2 DINÂMICA: O animador (a) diz para os presentes que a nossa Igreja viveu, nestes últimos tempos, estes

Leia mais

a) Malas - Minha tia que aperta as minhas bochechas e bagunça o meu cabelo. b) Hipocrisia - Ver pessoas que não gostamos e fingir que realmente

a) Malas - Minha tia que aperta as minhas bochechas e bagunça o meu cabelo. b) Hipocrisia - Ver pessoas que não gostamos e fingir que realmente a) Malas - Minha tia que aperta as minhas bochechas e bagunça o meu cabelo. b) Hipocrisia - Ver pessoas que não gostamos e fingir que realmente gostamos. c) Decepção Amigo secreto, receber presentes inúteis,

Leia mais

DA DERROTA... À VITÓRIA! 11/09/2015 ALCIDES J. BAZIOLI 1 LAÉRCIO RIBEIRO

DA DERROTA... À VITÓRIA! 11/09/2015 ALCIDES J. BAZIOLI 1 LAÉRCIO RIBEIRO DA DERROTA... À VITÓRIA! 11/09/2015 ALCIDES J. BAZIOLI 1 LAÉRCIO RIBEIRO Recapitulando... Pingos nos i s Conhecimento como ferramenta (útil) Capacitação para a missão que nos está proposta (indo, ensinando)

Leia mais

Grupos no judaísmo na. época de Jesus

Grupos no judaísmo na. época de Jesus Grupos no judaísmo na época de Jesus Nome Origem Conceitos Jörg Garbers Ms. de Teologia Os Fariseus Nome: os que se separam, os separados. Origem: Eles têm a sua origem teológico junto com os Essênios

Leia mais

O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia (Pv 28:13).

O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia (Pv 28:13). O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia (Pv 28:13). 27 de julho a 3 de agosto, 2013 Por: Pr. Wellington Almeida Relembrando... REAVIVAMENTO

Leia mais

4 O que é uma igreja baseada em princípios?

4 O que é uma igreja baseada em princípios? 4 O que é uma igreja baseada em princípios? Essa igreja é uma comunidade local onde todos os membros, vivenciando os princípios apresentados na Palavra de Deus, têm por objetivo glorificar a Deus e cumprir

Leia mais

Paróquia de Nossa Senhora da Lapa. Póvoa de Varzim. Leituras Dominicais. Tempo da Quaresma. Ano C

Paróquia de Nossa Senhora da Lapa. Póvoa de Varzim. Leituras Dominicais. Tempo da Quaresma. Ano C Paróquia de Nossa Senhora da Lapa Póvoa de Varzim Leituras Dominicais Tempo da Quaresma Ano C Paroquia da Lapa Póvoa de Varzim Ano 2016 DOMINGO I DA QUARESMA LEITURA I Deut 26, 4-10 Leitura do Livro do

Leia mais

CÉU, A BELA CASA DE DEUS

CÉU, A BELA CASA DE DEUS Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Sarah S. Traduzido por: Judith Menga Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

Qual é o Evangelho Completo?

Qual é o Evangelho Completo? Qual é o Evangelho Completo? "Evangelho" significa boa notícia! Cristo é a Boa Nova de Deus para o homem. Assim, Cristo é o Evangelho. O anúncio de Cristo plenamente com todas as Suas bênçãos é mensagem

Leia mais

Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36

Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36 Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36 Vídeo: Parcialmente nublado Só mesmo com Deus! A bondade é uma qualidade do caracter, a misericórdia é

Leia mais

Maria e seu SIM. Dercio Angelo Berti

Maria e seu SIM. Dercio Angelo Berti Maria e seu SIM Dercio Angelo Berti Maria e seu sim 1 REFLETINDO Maria nos revela a proximidade com Deus. Seu SIM, dado no momento certo, fez do seu cotidiano um ato contínuo de gratidão a Deus. Há uma

Leia mais

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum-26.1.2014 Vinde comigo! - Quem irá anunciar a toda a gente a Boa Nova da ternura de Deus? - Quem irá falar de Jesus Cristo vivo a quem busca razões para viver? - Quem

Leia mais

A Narração da História.

A Narração da História. 1 Amor e Perdão Lc 7.36-50 Jesus estava em Betânia, na casa de Simão, o leproso que fora curado por Ele; fora convidado por Simão para um jantar. A gratidão e o reconhecimento de Jesus como o Messias fez

Leia mais

Quem é Marcos? Marcos, autor do primeiro Evangelho, vivia em Jerusalém. A mãe se chamava Maria. Em sua casa reuniam-se os cristãos da cidade.

Quem é Marcos? Marcos, autor do primeiro Evangelho, vivia em Jerusalém. A mãe se chamava Maria. Em sua casa reuniam-se os cristãos da cidade. Atenção O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo;

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO Sumário Introdução 1. A compreensão do dízimo 1.1 Os fundamentos do dízimo 1.2 O que é o dízimo? 1.3 As dimensões do dízimo 1.4 As finalidades do dízimo 2. Orientações

Leia mais

TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO.

TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO. TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO. Texto: E dar-lhes-ei coração para que me conheçam, porque eu sou o SENHOR; e ser-me-ão por povo, e eu lhes serei por Deus, porque se converterão a mim de todo o seu

Leia mais

Índice. Apresentação... 3

Índice. Apresentação... 3 Índice Apresentação... 3 Tempo do Advento 1. O Ano Litúrgico... 9 2. Origem do Ano Litúrgico... 10 3. O que quer dizer Advento?... 11 4. O que fazer no Advento?... 12 Primeiro Domingo do Advento... 14

Leia mais

Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia.

Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia. Jesus e sua vida Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia. Seu nascimento foi no meio de muitas

Leia mais

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 4, 21-30)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 4, 21-30) 4º DOMINGO DO TEMPO COMUM (ANO C) 31 de Janeiro de 2016 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 4, 21-30) 16 Veio a Nazaré, onde tinha sido criado. Segundo o seu costume, entrou em

Leia mais

1 º A N O /

1 º A N O / SETEM OUTUBRO 1 º A N O 2 0 1 2 / 2 0 1 3 1ª ETAPA - A MINHA FAMÍLIA É ACOLHIDA E ACOLHE Celebrar Data Pais Data filhos Semana celebrar Pais Tema filhos 17-24-30 1-7 8-14. 15-21 22-28. Mc 9, 30-37 Mc 9,38-43.45.47-48

Leia mais

Igreja: Uma face em construção - X Adoração na vida e mensagem de um apóstolo

Igreja: Uma face em construção - X Adoração na vida e mensagem de um apóstolo Igreja: Uma face em construção - X Adoração na vida e mensagem de um apóstolo Uma adoração consistente I. Adoração que nasce de um coração transformado II. Adoração na integridade do ensino da Palavra

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Quarta-feira da 6ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista:

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista: Guião da celebração Festa do Pai-Nosso Núcleo seminário passionistas 2º Ano de catequese 2 Junho de 2012 Saudação inicial: Catequista: Boa tarde A nossa comunidade está hoje em festa, porque as crianças

Leia mais

I DOMINGO DA QUARESMA C 2016

I DOMINGO DA QUARESMA C 2016 I DOMINGO DA QUARESMA C 2016 P - A graça libertadora de Nosso Senhor Jesus Cristo, a misericórdia infinita de Deus nosso Pai e a consolação do Espírito Santo, estejam sempre convosco! MONIÇÃO INICIAL:

Leia mais

Quem foi LUCAS? Era gentio de nascimento, médico de profissão. Buscando aperfeiçoamento na arte de curar, mudou-se para Alexandria, Athenas e

Quem foi LUCAS? Era gentio de nascimento, médico de profissão. Buscando aperfeiçoamento na arte de curar, mudou-se para Alexandria, Athenas e Atenção O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo;

Leia mais

TI GO. Restauração cura oração LIÇÃO - 12 IV TRIMESTRE

TI GO. Restauração cura oração LIÇÃO - 12 IV TRIMESTRE cartas de TI GO 2014 IV TRIMESTRE LIÇÃO - Restauração cura oração RELEMBRANDO ESPERANDO A CHUVA SERÁ QUE ESTÁ REALMENTE PRÓXIMA"? QUEIXAS, MURMURAÇÕES E CRESCIMENTO MODELOS DE PACIÊNCIA CLARO COMO A LUZ

Leia mais

Casas Abertas Estudos Diversos. A oração dos hipócritas 4

Casas Abertas Estudos Diversos. A oração dos hipócritas 4 A oração dos hipócritas 4 Casas Abertas Estudos Diversos Como vimos no estudo anterior que a hipocrisia é sutil e distorce nossa visão a respeito de nós mesmos! Vamos pontuar mais uma característica maléfica

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 19 DE DEZEMBRO SEGUNDA FEIRA 1) Oração Ó Deus, que revelastes

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira depois da Epifania Ó Deus, cujo Filho

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 2: CRISTOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Voltado a Deus I. O Imperativo Divino

Voltado a Deus I. O Imperativo Divino Deus trabalha movido por oração. Quando Deus quer fazer certa coisa, Ele inspira oração para que Ele possa agir. Ele somente trabalha desta forma. Em Gênesis 20 lemos a primeira estória sobre cura narrada

Leia mais

Conversão Pastoral DAp

Conversão Pastoral DAp Conversão Pastoral DAp 365-372 Introdução Jesus o Bom Pastor (cf. Jo 10,11) Igreja Continuadora da missão de Cristo A experiência é a matéria prima por meio da qual Jesus vai ensinando seus discípulos

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 25 de Abril - São Marcos Evangelista 1) Oração Ó Deus, que

Leia mais

INTRODUÇÃO À CARTA DE PAULO AOS EFÉSIOS Mensagem pregada pelo Pr Luciano R. Peterlevitz na Igreja Batista Novo Coração, em 10 de abril de 2015.

INTRODUÇÃO À CARTA DE PAULO AOS EFÉSIOS Mensagem pregada pelo Pr Luciano R. Peterlevitz na Igreja Batista Novo Coração, em 10 de abril de 2015. INTRODUÇÃO À CARTA DE PAULO AOS EFÉSIOS Mensagem pregada pelo Pr Luciano R. Peterlevitz na Igreja Batista Novo Coração, em 10 de abril de 2015. Efésios 1.1-2: 1 Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade

Leia mais

XIII Domingo do Tempo Comum

XIII Domingo do Tempo Comum XIII Domingo do Tempo Comum 1 Leitura do Livro da Sabedoria Sab 1, 13-15; 2, 23-24 2 Não foi Deus quem fez a morte, nem Ele Se alegra com a perdição dos vivos. Pela criação deu o ser a todas as coisas,

Leia mais

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança. Como o testemunho de vida da

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Sábado da 7ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Concedei, ó

Leia mais

G-1 Questões de (Sacerdócio) Moralidade. Apresentada pelo Centro de Missão do Canadá Oriental

G-1 Questões de (Sacerdócio) Moralidade. Apresentada pelo Centro de Missão do Canadá Oriental G-1 Questões de (Sacerdócio) Moralidade Apresentada pelo Centro de Missão do Canadá Oriental Resumo: Esta resolução recomendaria a Primeira Presidência que considere revisar a política da Igreja Mundial,

Leia mais

O povo que escutava Jesus se identificava com os personagens e problemas das famílias, porém o que o filho desta estória pede é imperdoável.

O povo que escutava Jesus se identificava com os personagens e problemas das famílias, porém o que o filho desta estória pede é imperdoável. (lc 15,11-32) Jesus conhecia bem os conflitos vividos pelas famílias da Galileia: discussões, desejos de independência, rivalidade entre os irmãos... que acontecem, hoje também, em nossas famílias. O povo

Leia mais

ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS

ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS Esboço do Evangelho de Mateus 1 ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS FILIPE DUNAWAY I. Prólogo (Mt 1.1 2.23). A. A genealogia messiânica de Jesus (1.1-17). B. O nascimento de Jesus Cristo, o filho de Davi e Deus

Leia mais

Assunção da Virgem Maria

Assunção da Virgem Maria Assunção da Virgem Maria Exultemos de alegria no Senhor, ao celebrar este dia de festa em honra da Virgem Maria. Na sua Assunção alegram-se os Anjos e cantam louvores ao Filho de Deus. Perdoa-nos, Senhor.

Leia mais

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA?

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? O documento Conclusivo da V Conferência contém inúmeras e oportunas indicações pastorais, motivadas por ricas reflexões à luz da fé e do atual contexto

Leia mais

CRISTOLOGIA. Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação

CRISTOLOGIA. Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação CRISTOLOGIA Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação cristã. Resposta à questão: Quem é Jesus? (Mt 16,16) Jesus é o Cristo! Jesus:

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 12ª Semana do Tempo Comum Senhor,

Leia mais

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Predo por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Vitória no deserto 6 LIÇÃO Predo por: Pr. Wellington Almeida O Conflito continua esboço LIÇÃO - I TRI 2016 6 INTRODUÇÃO DOM O EMANUEL SEG

Leia mais

se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei

se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra. (2 Crônicas 7.14)

Leia mais

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo,

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo, Coleção Chamados à Vida Em preparação à Eucaristia 1ª Etapa: Chamados à vida 2ª Etapa: Chamados à vida em Jesus Cristo 3ª Etapa: Chamados à vida em Comunidade. 4ª Etapa: Chamados à vida para amar e servir.

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

DOMINGO IV DO ADVENTO

DOMINGO IV DO ADVENTO 65 DOMINGO IV DO ADVENTO LEITURA I 2 Sam 7, 1-5.8b-12.14a.16 O reino de David permanecerá eternamente na presença do Senhor Leitura do Segundo Livro de Samuel Quando David já morava em sua casa e o Senhor

Leia mais

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS III TRIMESTRE 2015 0 MI S IONÁRIOS S Preparado por: Pr. Wellington Almeida MISSÕES TRANSCULTURAIS MISSÕES TRANSCULTURAIS ESBOÇO INTRODUÇÃO DOM - A Mulher Samaritana SEG - O Oficial Romano TER - Lidando

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

Os evangelhos. Sinóticos. Mateus, Marcos e Lucas

Os evangelhos. Sinóticos. Mateus, Marcos e Lucas Os evangelhos Sinóticos Mateus, Marcos e Lucas INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS SINÓTICOS Evangelho euangellion = boas novas, boa notícia Sinótico Sin = Mesma Óptico = Visão Mesma visão sobre a história de Jesus

Leia mais

Textos bíblicos referentes ao dízimo

Textos bíblicos referentes ao dízimo Pe. Ivanor Macieski A Biblia e o Dizimo O dízimo está na Bíblia de Gênese ao Apocalipse. É reconhecido como o Quinto Mandamento da Nossa Igreja. Por isso, sem dúvida alguma, nada melhor do que entender

Leia mais

O reino de Deus é semelhante a um rei que quis ajustar contas com seus servos.

O reino de Deus é semelhante a um rei que quis ajustar contas com seus servos. O reino de Deus é semelhante a um rei que quis ajustar contas com seus servos. Um deles lhe devia dez mil talentos. Como não tivesse como pagar tudo, o rei mandou que fossem vendidos ele e toda sua família.

Leia mais