REGULAMENTO N 01/2016-PPGEE/MEPE/UNIR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO N 01/2016-PPGEE/MEPE/UNIR"

Transcrição

1 REGULAMENTO N 01/2016-PPGEE/MEPE/UNIR Dispõe sobre os critérios de pontuação das Atividades Programadas de Pesquisa (APP), do Programa de Pós- Graduação em Educação Escolar, Mestrado Profissional. A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, Mestrado Profissional (PPGEE/MEPE) da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), no uso de suas atribuições, considerando as Normas Regimentais do Programa e as deliberações do Colegiado de Curso, resolve expedir o presente Regulamento com os critérios de pontuação para as Atividades Programadas de Pesquisa (APP) do Art. 1º. As atividades do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, Mestrado Profissional (PPGEE/MEPE) serão compostas de Disciplinas Obrigatórias e Optativas, de Atividades Programadas de Pesquisa (APP), de Seminário de Trabalho de Conclusão Final de Curso (TCFC), de Estágio Supervisionado em Docência na formação de professores para a Educação Básica ou na formação de gestores educacionais ou escolares (obrigatório somente para bolsistas) e de Orientação, que deverão, após cumpridas pelo aluno ou aluna, serem registradas no seu histórico escolar. Art. 2º. Para ser considerado aprovado no PPGEE/MEPE o aluno terá que satisfazer os seguintes requisitos, conforme Regimento Interno do Curso: I - obtenção de 22 créditos, a serem integralizados no prazo recomendável de 18 meses, sendo o mínimo de doze meses e o máximo de vinte e quatro meses, completando: a. 04 créditos em disciplinas obrigatórias gerais; b. 04 créditos em disciplinas obrigatórias da linha de pesquisa; c. 04 créditos em disciplinas eletivas, independente de linha de pesquisa; d. 04 créditos em Atividades Programadas de Pesquisa (APP); e. 02 créditos correspondentes ao Seminário de TCFC; f. 04 créditos correspondentes a elaboração e apresentação de TCFC. II - obtenção de aproveitamento compatível com os dispositivos do Regimento Interno do Programa; III - qualificação e defesa de TCFC de Mestrado, nas condições estabelecidas neste Regimento; IV - quando for o caso, ter realizado atividade de Estágio Supervisionado em Docência na formação de professores para a Educação Básica ou na formação de gestores educacionais ou escolares, obrigatório para todos os pós-graduandos bolsistas. Art. 3º. As disciplinas, seminário de pesquisa, atividades programadas de pesquisa e estágio docência serão distribuídos na matriz curricular do curso. Art. 4º. Todas as disciplinas e atividades devem visar a produção do TCFC, isto é, a implementação da pesquisa, cujo desenvolvimento é considerado prioritário e em relação às demais atividades. Art. 5º. As atividades programadas se referem às experiências e às vivências em atividades de pesquisas, produções científicas ou atividades técnicas que fomentem a formação do aluno ou da aluna como pesquisador ou pesquisadora, realizadas a partir de seu ingresso no PPGEE/MEPE, sendo submetidas por ele ou ela para apreciação do Colegiado do Curso. [Página 1 de 5]

2 1. É de responsabilidade do aluno ou aluna elaborar o relatório de Atividades Programadas de Pesquisa com os devidos comprovantes para os créditos referentes à produção mediante requerimento (Anexo II) ao Colegiado do Programa para convalidação, obrigatoriamente: I - Até 18 meses após início do curso apresentar relatório para validação do componente Atividades Programadas de Pesquisa I (40h), conforme Anexo I deste regulamento; II - Até 30 (trinta) dias antes da defesa do TCFC apresentar relatório para validação do componente Atividades Programadas de Pesquisa II (40h), conforme Anexo I deste regulamento, sendo que já deverá ter apresentado e ter sido validado o componente Atividades Programadas de Pesquisa I (40h); 2º. O Estágio Docência, quando realizado pelo aluno ou aluna não bolsista, terá percentual da carga-horária aproveitada para as Atividades Programadas de Pesquisa, conforme definidas no Anexo I deste regulamento. 3º. A integralização dos créditos das Atividades Programadas de Pesquisa será efetuada a partir da tabela apresentada no Anexo I deste regulamento, na proporção de 100 (cem) pontos para 1 (um) crédito, sendo a conversão de pontos em créditos somente autorizada em números múltiplos de 100 (cem). 4º. Utilizar-se-á como referência o Qualis da área de Educação. Caso o periódico não esteja indexado nesta área será utilizado o Qualis de maior valor dentre as demais áreas. 5º. Não se incluem entre as Atividades Programadas de Pesquisa (APP) aquelas relacionadas ao exercício profissional do aluno, mesmo que eventual. 6º. O aluno deverá realizar as Atividades Programadas de Pesquisa em pelo menos três diferentes tipos, sendo pelo menos uma publicação em periódico qualificado e uma participação em evento científico com apresentação de trabalho a serem consideradas no cômputo geral da APP I e APP II. Art. 6º. Este regulamento entra em vigor na data de sua aprovação pelo colegiado do Art. 7º. Os casos não previstos nesta regulamentação serão apreciados pelo Colegiado do Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr. Coordenador do MEPE e Presidente do Colegiado Portaria 626/GR - 26/06/2015 Aprovado pelo Colegiado do MEPE/PPGEE/UNIR em 22/03/2016. [Página 2 de 5]

3 ANEXO I (Regulamento n 01/2016-PPGEE/MEPE/UNIR) INTEGRALIZAÇÃO DE CRÉDITOS Tipo de Atividades Desdobramentos das Atividades Pontos por Atividade Experiências e vivências em atividades de pesquisas Atividades Técnicas - Estágio Supervisionado em Docência na formação de professores para a Educação Básica ou na formação de gestores educacionais ou escolares realizado em disciplinas dos Cursos de Graduação da Universidade Federal de Rondônia, obrigatório para alunos e alunas bolsistas. - Participação em Projeto de Pesquisa financiado por agência de fomento e coordenado por professor do - Participação em Projeto de Pesquisa sem financiamento e coordenado por professor do - Participação em atividades de grupo de pesquisa do PPGEE/MEPE (grupos em que o líder e/ou vice-líder são docentes do Programa), mediante apresentação de (a) relatório de atividades; (b) atestado expedido por professor do - Participação como ouvinte em bancas de qualificação ou defesa final de dissertação de mestrado do - Participação na organização de eventos no âmbito do - Participação, como representante discente, do Colegiado do PPGEE/MEPE - Apresentação de comunicação oral ou pôster em evento local e regional. - Apresentação de comunicação oral ou pôster em evento nacional e internacional. - Participação em projeto de extensão coordenado por professor do PPGEE/MEPE, mediante apresentação de (a) relatório de atividades; (b) atestado expedido por professor do 100 pontos por Disciplina de 60 horas ou mais e 50 pontos por disciplina com carga horária inferior a 60 horas até o limite de 30 horas. Até 30 pontos por Projeto Até 30 pontos por Projeto Até 25 pontos por semestre de participação 10 pontos por defesa (Até o limite de 50 pontos neste item) 40 pontos por evento. 30 pontos por ano de mandato. 10 pontos por evento em que teve trabalho aprovado e apresentado. 20 pontos por evento em que teve trabalho aprovado e apresentado. 25 pontos por semestre de participação. - Tradução de artigo científico. Até 10 pontos por trabalho. - Elaboração de relatórios técnicos, Até 25 pontos por participação em comissões e demais Atividade. trabalhos técnicos solicitados pelo [Página 3 de 5]

4 Produções Científicas (máximo de 400 pontos) - Elaboração de materiais didáticos (livros, vídeos, CDs, DVDs, softwares, etc.), com publicação no site do Programa (não poderá ser validado material que seja parte do TCFC). Qualis A1 ou A2, com docente do PPGEE /MEPE. Qualis B1 ou B2. Qualis B3 ou B4 Qualis B5 ou C. - Artigo publicado em periódico não indexado. - Trabalho completo publicado em anais de evento nacional ou internacional. - Trabalho completo publicado em anais de evento regional. - Publicação de resumo, resumo expandido, prefácio, posfácio ou outra produção bibliográfica semelhante. - Publicação de Livro na área de educação - único autor. - Coordenação ou organização de livro Até 50 pontos por material produzido. 300 pontos por artigo. 200 pontos por artigo 100 pontos por artigo 50 pontos por artigo. Até 20 pontos por artigo. Até 50 pontos por trabalho. Até 20 pontos por trabalho. Até 20 pontos por publicação. Até 150 pontos por livro. Até 80 pontos por livro. publicado. - Capítulo de livro publicado. Até 100 pontos por capítulo. Aprovado pelo Colegiado do PPGEE/MEPE/UNIR em 22/03/2016. [Página 4 de 5]

5 ANEXO II (Regulamento n 01/2016-PPGEE/MEPE/UNIR) REQUERIMENTO AO COLEGIADO PARA VALIDAÇÃO DAS ATIVIDADES PROGRAMADAS DE PESQUISA (APP) Eu, mestrando(a) do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar - Mestrado Profissional, sob o número de matrícula, efetuada no dia, Turma, orientando (a) do(a) professor(a), venho requerer ao Colegiado do PPGEE/MEPE validação das atividades desenvolvidas no componente ( ) Atividades Programadas de Pesquisa I e/ou ( ) Atividades Programadas de Pesquisa II, conforme informações a seguir e comprovações em anexo: Para uso do Professor Para uso do Aluno ou Aluna Tipo de Atividades Experiências e vivências em atividades de pesquisas Desdobramentos das Atividades (Registrar as atividades desenvolvidas com todas as informações necessárias para verificação da pontuação) Pontos por Atividade (a) Orientador(a) Total de pontos por tipo de atividade Total de Créditos Validados Atividades Técnicas Produções Científicas (máximo de 400 pontos) Assinatura do Orientador(a): Assinatura do Aluno (a): Local e data:, de de Parecer do Colegiado: ( ) HOMOLOGADO ( ) NÃO HOMOLOGADO Motivo da não homologação: Data da Situação: / /. [Página 5 de 5]

RESOLUÇÃO Nº 03/2015 PPGT

RESOLUÇÃO Nº 03/2015 PPGT RESOLUÇÃO Nº 03/2015 PPGT Aprova os procedimentos e pontuação para as Atividades Programadas A presidente do Colegiado do PPGT, da UDESC CEART, no uso de suas atribuições e considerando a deliberação colegiada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Maio/2011 1

Leia mais

Faculdade Monteiro Lobato

Faculdade Monteiro Lobato REGULAMENTO N º 04/2015 Dispõe sobre a forma e o prazo de integralização das atividades complementares e seminários na Faculdade Monteiro Lobato. Art. 1º - A integralização das atividades complementares/seminários,

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES I COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA A Comissão Coordenadora do Programa (CCP) Engenharia de Transportes da Escola Politécnica

Leia mais

TÍTULO I DA MODALIDADE DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DO COLEGIADO

TÍTULO I DA MODALIDADE DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DO COLEGIADO SERÇO PÚBLCO FEDERAL REGMENTO NTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRCTO SENSU EM GEOGRAFA DA TÍTULO DA MODALDADE DO PROGRAMA E SEUS OBJETOS Art. 1º - O Programa de Pós-Graduação em Geografia, em nível

Leia mais

CONSELHO DO CURSO DE DIREITO. Resolução nº 01/2015 do Conselho do curso de graduação em Direito do ILES/Ulbra Itumbiara/GO

CONSELHO DO CURSO DE DIREITO. Resolução nº 01/2015 do Conselho do curso de graduação em Direito do ILES/Ulbra Itumbiara/GO CONSELHO DO CURSO DE DIREITO Resolução nº 01/2015 do Conselho do curso de graduação em Direito do ILES/Ulbra Itumbiara/GO Dispõe sobre as atividades complementares do curso. CONSIDERANDO o que determina

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa as normas que regulamentam as Atividades Complementares no âmbito do curso de Bacharelado em Administração da FAPPES Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Praia Grande São Paulo Outubro de 2009 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - O presente Regulamento disciplina a organização e as atividades

Leia mais

FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico

FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico Credenciada pela portaria: MEC 292, de 15.02.2001 DOU Nº 35-E, de 19.02.2001, Seção 1 RESOLUÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 16, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2013

EDITAL Nº 16, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE PESQUISA

Leia mais

Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014

Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014 Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014 A coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal (PPGCA) da Universidade Estadual

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, LETRAS E ARTES VISUAIS CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM JORNALISMO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1 Boa Vista-RR 2014

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 005 PPGDC DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 005 PPGDC DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 005 PPGDC DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Estabelece Normas para a defesa de Dissertação de Mestrado no âmbito do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento

Leia mais

Faculdades Ibmec-RJ. Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Administração

Faculdades Ibmec-RJ. Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Administração Faculdades Ibmec-RJ Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Administração I. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: Art.1 O presente regulamento tem por finalidade estatuir e normatizar

Leia mais

PORTARIA Nº079/2010. A PRÓ-REITORA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS, usando de suas atribuições estatutárias, e

PORTARIA Nº079/2010. A PRÓ-REITORA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS, usando de suas atribuições estatutárias, e PORTARIA Nº079/2010 Regulamenta a operacionalização da matrícula em disciplina a cada semestre. A PRÓ-REITORA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS, usando de suas atribuições estatutárias,

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº. 01, 23 DE AGOSTO DE 2013.

COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº. 01, 23 DE AGOSTO DE 2013. COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº. 01, 23 DE AGOSTO DE 2013. Institui as normas e as atividades de visitas técnicas aprovadas para o aproveitamento

Leia mais

UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO UNICASTELO. Programa de Mestrado Profissional em Produção Animal - PMPPA REGIMENTO

UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO UNICASTELO. Programa de Mestrado Profissional em Produção Animal - PMPPA REGIMENTO UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO UNICASTELO Programa de Mestrado Profissional em Produção Animal - PMPPA REGIMENTO 2012 PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PRODUÇÃO ANIMAL - PMPPA CURSO DE MESTRADO

Leia mais

I. mínimo de 3 (três) anos para o mestrado; II. mínimo de 4 (quatro) anos para doutorado

I. mínimo de 3 (três) anos para o mestrado; II. mínimo de 4 (quatro) anos para doutorado MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS CÂMPUS JATAÍ EDITAL Nº 003/2015/IFG-CÂMPUS JATAÍ SELEÇÃO DE SERVIDORES

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009

COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009 COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009 Institui as normas e as atividades aprovadas para o aproveitamento de carga horária para compor atividades

Leia mais

RESOLUÇÃO 003/2015 COLEGIADO DO CURSO DE GEOGRAFIA

RESOLUÇÃO 003/2015 COLEGIADO DO CURSO DE GEOGRAFIA RESOLUÇÃO 003/2015 COLEGIADO DO CURSO DE GEOGRAFIA O COLEGIADO DO CURSO DE GEOGRAFIA, nas atribuições do Art. 46, inciso VII, do Regimento Geral, aprova a seguinte resolução, relacionada às Atividades

Leia mais

RESOLUÇÃO* Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO

RESOLUÇÃO* Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE LETRAS E LINGUÍSTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO Av. João Naves de Ávila, 2121 Campus Sta. Mônica, Bl.G

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Porto Alegre, Março/2010 Regulamentação das Atividades Complementares A disciplina de Atividades Complementares

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Em conformidade com a Resolução CNE/CES n 1, de 08 de Junho de 2007 e o Regimento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE N.º 15, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014

RESOLUÇÃO CONSEPE N.º 15, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 RESOLUÇÃO CONSEPE N.º 15, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 Estabelece procedimentos para o Estudo Dirigido no âmbito das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão das Faculdades

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento dispõe sobre as Atividades Complementares na Faculdade do Futuro. CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 12/2005, DE 26/09/2005.

RESOLUÇÃO Nº 12/2005, DE 26/09/2005. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE UBERABA-MG CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO Nº 12/2005, DE 26/09/2005. Aprova o Regulamento de Estágio dos Cursos do Centro Federal de

Leia mais

EDITAL PPGEP 1/2016. APRESENTAÇÃO Dados administrativos: FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGEP)

EDITAL PPGEP 1/2016. APRESENTAÇÃO Dados administrativos: FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGEP) EDITAL PPGEP 1/2016 O Programa de Pós-Graduação em Geografia do Pontal - PPGEP, da Faculdade de Ciências Integradas do Pontal - FACIP, da Universidade Federal de Uberlândia - UFU, faz saber a todos quanto

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010.

RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010. CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010. Cria o Núcleo de Educação à Distância na estrutura organizacional da Pró- Reitoria de Graduação da

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA

NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA 1 2 Normas Regulamentadoras das Atividades Acadêmicas Complementares do Curso de Zootecnia As atividades complementares

Leia mais

FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE

FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE CURSO DE ADMINISTRAÇAO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ADMINISTRAÇAO (ESA) CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - O Estágio Supervisionado do Curso

Leia mais

Regulamento para as Atividades Complementares REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MECATRÔNICA INDUSTRIAL

Regulamento para as Atividades Complementares REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MECATRÔNICA INDUSTRIAL Regulamento para as Atividades Complementares REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MECATRÔNICA INDUSTRIAL Das Atividades Complementares Art. 1º O Colegiado de cursos definirá as atividades

Leia mais

REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES PPGGCO MESTRADO ACADÊMICO

REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES PPGGCO MESTRADO ACADÊMICO MESTRADO ACADÊMICO Sumário CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS... 3 CAPÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA... 4 CAPÍTULO III DA ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-CIENTÍFICA... 5 Seção I Da Estrutura Curricular... 5 Seção II

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA

FACULDADE DE ODONTOLOGIA FACULDADE DE ODONTOLOGIA ANEXO II REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES I Das Atividades Artigo 1º As Atividades Complementares estão de acordo com as políticas do Conselho Nacional de Educação

Leia mais

COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA RESOLUÇÃO N.º 01/2015

COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA RESOLUÇÃO N.º 01/2015 COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA RESOLUÇÃO N.º 01/2015 Estabelece critérios para concessão e manutenção de Bolsas de Agências de Fomento e de Bolsas de Monitoria destinadas a alunos

Leia mais

UNIVERSIDADE BRASIL. Programa de Pós Graduação Stricto Sensu. Ciências Ambientais PPGCA REGIMENTO

UNIVERSIDADE BRASIL. Programa de Pós Graduação Stricto Sensu. Ciências Ambientais PPGCA REGIMENTO UNIVERSIDADE BRASIL Programa de Pós Graduação Stricto Sensu Ciências Ambientais PPGCA REGIMENTO 2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS/PPGCA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL REGIMENTO Artigo

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CAPÍTULO I Das Considerações Preliminares Art.1º O presente Regulamento disciplina a oferta, o funcionamento e o registro acadêmico

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DO OBJETIVO DA PRÁTICA DE DOCÊNCIA Art. 1º A Prática de Docência constitui

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) Gabinete da Reitoria PORTARIA Nº 39, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2011

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) Gabinete da Reitoria PORTARIA Nº 39, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2011 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) Gabinete da Reitoria PORTARIA Nº 39, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2011 Aprova regulamento para as Atividades Complementares de Graduação (ACG) O Reitor do Centro

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 153/2010/CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 153/2010/CONEPE Aprova o Regulamento das Atividades Complementares do Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo, do Campus de Laranjeiras e dá outras providências. O da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE, no uso de suas

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO EM STRICTO SENSU BIOLOGIA QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

NORMAS DO PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO EM STRICTO SENSU BIOLOGIA QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO NORMAS DO PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO EM STRICTO SENSU BIOLOGIA QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Os alunos e docentes do Programa devem ter conhecimento do Estatuto e Regimento da Universidade (http://www.unifesp.br/reitoria/orgaos/conselhos/consu/documentos/estatuto_geral.pdf)

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI APROVA O REGULAMENTO QUE NORMATIZA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. A Presidente do Conselho Universitário CONSUNI

Leia mais

RESOLUÇÃO EECA/UFG N 02/2015

RESOLUÇÃO EECA/UFG N 02/2015 RESOLUÇÃO EECA/UFG N 02/2015 Define critérios para a validação da carga horária das Atividades Complementares e para o registro das horas daquelas que forem validadas. O Conselho Diretor da da, no uso

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO As Atividades Complementares são componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento, por avaliação, de habilidades,

Leia mais

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CAMPUS DE RIO PARANAÍBA COORDENAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Campus Universitário - Caixa Postal 22 - Rio Paranaíba - MG - 38810-000 REGULAMENTO N. 1, DE 8 DE AGOSTO

Leia mais

Pesquisa Tecnológica. Todas as Áreas

Pesquisa Tecnológica. Todas as Áreas Pesquisa Tecnológica Todas as Áreas Grupo Tipo da produção Critérios Indexado cientifica ou Jornal científico (informe ISSN) e campo Âmbito Indexado e no campo Qualis/Área selecione Nenhum. Artigos publicados

Leia mais

RESOLUÇÃO CPG/IESA Nº 01/2012

RESOLUÇÃO CPG/IESA Nº 01/2012 RESOLUÇÃO CPG/IESA Nº 01/2012 Normatiza o ingresso no pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Geografia. A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Geografia (CPG) do Instituto de Estudos Socioambientais

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA

REGULAMENTO DA MONITORIA REGULAMENTO DA MONITORIA REGULAMENTO DA MONITORIA Art. 1º. O presente regulamento estabelece as regras para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação do Centro Universitário de União da Vitória

Leia mais

Av. Guedner, nº 1610, Fone: (44) ramal CEP Maringá Paraná Home Page:

Av. Guedner, nº 1610, Fone: (44) ramal CEP Maringá Paraná  Home Page: REGULAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM PROMOÇÃO DA SAÚDE PPGPS MESTRADO ACADÊMICO SUMÁRIO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS... 1 CAPÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA... 1 CAPÍTULO III - DA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 906/2012

RESOLUÇÃO N.º 906/2012 UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) RESOLUÇÃO N.º 906/2012 Publicada no D.O.E. de 07-06-2012, p. 56/57 Estabelece normas para distribuição da carga horária, acompanhamento

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS Art. 1º - Este Regulamento complementa

Leia mais

Faculdade De Quatro Marcos REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Faculdade De Quatro Marcos REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2014 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 3 Disposições preliminares... 3 CAPÍTULO II... 3 Das atividades complementares... 3 Seção I... 4 Atividades de iniciação científica...

Leia mais

COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG

COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG Resolução Nº 03/2016 de 21/11/2016 Regulamenta a integralização de créditos por atividades acadêmicas complementares, no âmbito do Curso

Leia mais

Capítulo IV Da Entrega da Versão Final

Capítulo IV Da Entrega da Versão Final UNIVERSIDADEFEDERAL DO AMAPÁ UNIFAP DEPARTAMENTO DE ARTES, LETRAS E COMUNICAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM GÊNERO E DIVERSIDADE NA ESCOLA REGIMENTO DE TCC DO CURSO CAPÍTULO I Do Trabalho Art. 1. O Trabalho de conclusão

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) RESOLUÇÃO N.º 1022/2008 Publicado no D.O.E. de 18-12-08, p.45/46 Regulamenta as Atividades Complementares

Leia mais

EDITAL Nº 26/2014 DE 11 DE ABRIL DE 2014 CERTIFICAÇÃO DE CONHECIMENTOS - INFORMÁTICA 1 SEMESTRE LETIVO DE 2014

EDITAL Nº 26/2014 DE 11 DE ABRIL DE 2014 CERTIFICAÇÃO DE CONHECIMENTOS - INFORMÁTICA 1 SEMESTRE LETIVO DE 2014 Serviço Público Federal EDITAL Nº 26/2014 DE 11 DE ABRIL DE 2014 CERTIFICAÇÃO DE CONHECIMENTOS - INFORMÁTICA 1 SEMESTRE LETIVO DE 2014 O Diretor do do, no uso de suas atribuições estatutárias, torna público,

Leia mais

DELIBERAÇÃ0 CONSEP Nº 116/2007

DELIBERAÇÃ0 CONSEP Nº 116/2007 DELIBERAÇÃ0 CONSEP Nº 116/2007 (Republicação aprovada pela Del. CONSEP Nº 098/2008, de 14/8/2008) Regulamenta os Cursos de Pósgraduação lato sensu na Universidade de Taubaté. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM MESTRADO ACADÊMICO EM ENFERMAGEM

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM MESTRADO ACADÊMICO EM ENFERMAGEM INSTRUÇÃO NORMATIVA n o. 005/2012 do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, de 23 de fevereiro de 2012. Cria normas para Sustentação de Dissertação no MAENF/UFMA O Colegiado do Curso de

Leia mais

TABELA DE PONTUAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL

TABELA DE PONTUAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL TABELA DE PONTUAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL CATEGORIA ATIVIDADE MÉTRICA PESO PONTUAÇÃO 1. ENSINO SUPERIOR 500 1.1 Turmas em disciplinas com =5

Leia mais

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. RESOLUÇÃO Nº 08/08 Conselho de Administração. RESOLUÇÃO Nº 08/08 Conselho Universitário

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. RESOLUÇÃO Nº 08/08 Conselho de Administração. RESOLUÇÃO Nº 08/08 Conselho Universitário CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 08/08 Conselho de Administração. RESOLUÇÃO Nº 08/08 Conselho Universitário Fixa critérios à concessão de desconto para docentes, em mensalidades

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 11/2015

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 11/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 11/2015 O Presidente da Funcap, Prof. Francisco César de Sá Barreto, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais,

Leia mais

RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015

RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015 ANO XLV N. 078 26/05/2015 SEÇÃO II PÁG. 028 RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015 Niterói, 06 de maio de 2015 O Colegiado do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações, em reunião ordinária de 06/05/2015,

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI REGULAMENTAÇÃO DAS S COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI Art. 1º - As Atividades Complementares têm por objetivo enriquecer o conhecimento propiciado pelo curso de Ciências Contábeis,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO SELETIVO MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO 2015 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PGENF/UFRN), no uso de suas

Leia mais

10% da carga horária do componente curricular. 5 horas para cada 20 horas de curso (máximo de 15 horas por curso)

10% da carga horária do componente curricular. 5 horas para cada 20 horas de curso (máximo de 15 horas por curso) Quadro de atividades complementares de graduação deferidas pelo curso Número Modalidade Máximo de horas Instrumentos para avaliação 1. ATIVIDADES DE ENSINO 1.1 Componentes curriculares cursados em IES

Leia mais

IV REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA FDV.

IV REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA FDV. IV REGULAMENTO DAS DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA FDV. Estabelece normas para o funcionamento das Atividades Complementares do sistema seriado do curso de Direito. Alterado pelo

Leia mais

PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA UFPB/UFRN

PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA UFPB/UFRN RESOLUÇÃO Nº 02/2017 PPGFON, 16 de fevereiro de 2017 Dispõe sobre a distribuição de bolsas de estudo no Programa Associado de Pós-Graduação em Fonoaudiologia O COLEGIADO PLENO DO PROGRAMA ASSOCIADO DE

Leia mais

ANEXO I - PIT. Plano de Individual de Trabalho - PIT ELEMENTOS PARA COMPOSIÇÃO DE CARGA HORÁRIA.

ANEXO I - PIT. Plano de Individual de Trabalho - PIT ELEMENTOS PARA COMPOSIÇÃO DE CARGA HORÁRIA. ANEXO I - PIT Plano de Individual de Trabalho - PIT ELEMENTOS PARA COMPOSIÇÃO DE CARGA HORÁRIA. Docente Centro Categoria Titulação Reg. Trabalho Semestre Atividades Acadêmicas 1 Ensino Código/Disciplina

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PNEUMOLOGIA DA ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PNEUMOLOGIA DA ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PNEUMOLOGIA DA ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Aprovado em Reunião ordinária da CEPG em 03 de setembro de 2013 Capítulo I Disposição

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM DIREITO - PPGDir COLEGIADO DE CURSO RESOLUÇÃO 01/2016 ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM DIREITO - PPGDir COLEGIADO DE CURSO RESOLUÇÃO 01/2016 ATIVIDADES COMPLEMENTARES RESOLUÇÃO 01/2016 ATIVIDADES COMPLEMENTARES O Colegiado do Curso de Mestrado Acadêmico em Direito da Universidade de Caxias do Sul, no exercício das atribuições que lhe confere o regulamento do Programa

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 005/ CONSEPE

RESOLUÇÃO Nº 005/ CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 005/2006 - CONSEPE Regulamenta as Atividades Complementares nos cursos de graduação da UDESC. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE da Fundação Universidade do

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO-ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I -

Leia mais

DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE AGRONOMIA E MEDICINA VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA

DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE AGRONOMIA E MEDICINA VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE AGRONOMIA E MEDICINA VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA Edital 01/2015 SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD/CAPES) 1. PREÂMBULO

Leia mais

CAPÍTULO II DA ESTRUTURA DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

CAPÍTULO II DA ESTRUTURA DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES, que dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Núcleo de Prática Jurídica - NUPRAJUR

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE REGULAMENTO DAS ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE REGULAMENTO DAS ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA LÍNGUA PORTUGUESA

Leia mais

Resolução nº 002/2015

Resolução nº 002/2015 Resolução nº 002/2015 Dispõe sobre o processo de composição das bancas de qualificação e defesa final da dissertação de Mestrado e dá outras providências. Considerando a necessidade de aprimorar o Programa

Leia mais

Curso de Graduação em Engenharia Mecânica

Curso de Graduação em Engenharia Mecânica Curso de Graduação em Engenharia Mecânica NORMA PARA ESTÁGIO CAPÍTULO I - Das Disposições Preliminares Art. 1 - A presente norma tem como objetivo regulamentar a realização de estágios pelos alunos do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA Portaria nº. 01/10 - CCE Regulamenta os conteúdos complementares flexíveis, fixados no

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ RESOLUÇÃO Nº 86/ CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ RESOLUÇÃO Nº 86/ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 86/2016 - CONSELHO SUPERIOR Regulamenta o desenvolvimento das atividades complementares em áreas específicas de interesse do estudante dos cursos de Tecnologia e Bacharelados do IFPI. O Presidente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE MATEMÁTICA O Colegiado do Curso de Matemática do Instituto de Ciências Exatas (ICEx) da Universidade

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 017/ CONSELHO SUPERIOR

RESOLUÇÃO Nº 017/ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 017/2015 - CONSELHO SUPERIOR Regulamenta o desenvolvimento das Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento em áreas específicas de interesse do estudante dos cursos de licenciatura do IFPI.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA Resolução nº 02/2017 - CCF Define as Atividades Complementares

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/PPGEDU, DE JULHO DE 2013.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/PPGEDU, DE JULHO DE 2013. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/PPGEDU, DE JULHO DE 2013. Define as modalidades de Atividades Curriculares Complementares do Programa de Pós-Graduação em Educação. A Comissão de Pós-Graduação, no uso de suas

Leia mais

MINUTA DE RESOLUÇÃO DE ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DAS ATIVIDADES DOCENTES NA UFRPE

MINUTA DE RESOLUÇÃO DE ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DAS ATIVIDADES DOCENTES NA UFRPE 1 MINUTA DE RESOLUÇÃO DE ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DAS ATIVIDADES DOCENTES NA UFRPE CONSIDERANDO a necessidade de aperfeiçoar o acompamhamento e registro das atividades desenvolvidas pelo corpo docente

Leia mais

ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR)

ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR) ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR) REGIMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - SEMESTRAL DA FACULDADE DE APUCARANA-FAP

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ETNOBIOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA -Doutorado-

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ETNOBIOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA -Doutorado- PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ETNOBIOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA -Doutorado- URCA UEPB MANUAL DO DOUTORANDO Recife, 2012 1 O que é o PPGEtno? O Programa de Pós-Graduação em Etnobiologia e Conservação

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ECONOMIA

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ECONOMIA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ECONOMIA Art. 1º. O presente regulamento tem como finalidade regular as atividades complementares

Leia mais

NORMA INTERNA Nº 17/2016

NORMA INTERNA Nº 17/2016 NORMA INTERNA Nº 17/2016 Normatiza a seleção e avaliação de bolsistas do Programa de Pós-Graduação em Agronomia Área de Concentração Produção Vegetal da UFPR. O COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CURSO DE NUTRIÇÃO. Orientações para Solicitação de Aproveitamento de Atividades Complementares de Graduação (ACGs)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CURSO DE NUTRIÇÃO. Orientações para Solicitação de Aproveitamento de Atividades Complementares de Graduação (ACGs) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CURSO DE NUTRIÇÃO Orientações para Solicitação de Aproveitamento de Atividades Complementares de Graduação (ACGs) De acordo com o Art. 51 da Resolução n 29/2011, as Atividades

Leia mais

ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da caracterização

ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da caracterização ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento aprovado pela Comissão de Curso em 25 de maio de 2012 Este anexo regulamenta as Atividades Acadêmica- Científico-Culturais do Curso de Engenharia

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2017 1 Este documento visa apresentar o regulamento das atividades complementares curriculares que envolvem vivências relacionadas à extensão, à iniciação científica,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 02/2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 02/2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 02/2012 Estabelece as Normas para Aproveitamento de Atividades Complementares ao Currículo (ACC) de acordo com as

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - As atividades complementares são parte integrante do Projeto Pedagógico do Curso de Agronomia

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE PSICOLOGIA

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE PSICOLOGIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Institui regulamento para Atividades Complementares no curso de Psicologia da Faculdade de Psicologia da PUCRS FAPSI. Art. 1º - Consideram-se "Atividades Complementares"

Leia mais

RESOLUÇÃO N 01/2012 Mestrado em Direito Público/FDA, de 23 de maio de 2012.

RESOLUÇÃO N 01/2012 Mestrado em Direito Público/FDA, de 23 de maio de 2012. Universidade Federal de Alagoas - UFAL Faculdade de Direito de Alagoas - FDA Mestrado em Direito Público http://www.ufal.edu.br/unidadeacademica/fda/pos-graduacao/mestrado-em-direito Fone: (82) 3241-1255

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EDITAL N 05/2013

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EDITAL N 05/2013 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EDITAL N 05/2013 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA ABERTURA

Leia mais

ANEXO II REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES SUPERVISIONADOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - LICENCIATURA

ANEXO II REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES SUPERVISIONADOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - LICENCIATURA ANEXO II REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES SUPERVISIONADOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - LICENCIATURA REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES SUPERVISIONADOS SEÇÃO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

UNISUL UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA

UNISUL UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA ~L 1/ EDIT AL N 02/2016 - PROEPEX EDITAL DE INSCRIçÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE - MESTRADO Institui o processo de seleção de candidatos ao ingresso no Programa de

Leia mais

FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA

FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL PORTARIA NORMATIVA Nº 03, 19 DE JULHO DE 2.013 Institui as normas e as atividades aprovadas para o aproveitamento de carga horária

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ FACULDADE DE MATEMÁTICA CURSO DE MATEMÁTICA REGULAMENTO N 2, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 CAPÍTULO I

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ FACULDADE DE MATEMÁTICA CURSO DE MATEMÁTICA REGULAMENTO N 2, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 CAPÍTULO I UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ FACULDADE DE MATEMÁTICA CURSO DE MATEMÁTICA REGULAMENTO N 2, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 Estabelece os procedimentos necessários à sistematização da oferta e realização das Atividades

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO REGULAMENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES IFBA/CAMPUS BARREIRAS

ARQUITETURA E URBANISMO REGULAMENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES IFBA/CAMPUS BARREIRAS ARQUITETURA E URBANISMO REGULAMENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ARQUITETURA E URBANISMO IFBA/CAMPUS BARREIRAS Barreiras 2017 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA

Leia mais