NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA"

Transcrição

1 NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA 1

2 2 Normas Regulamentadoras das Atividades Acadêmicas Complementares do Curso de Zootecnia As atividades complementares são componentes curriculares que possibilitem, por avaliação, o reconhecimento de habilidades, conhecimentos, competências e atitudes do aluno, inclusive adquiridos fora do ambiente acadêmico, sem que se confundam com o estágio supervisionado. CAPÍTULO I Da Natureza das Atividades Complementares Art 1º Atividades complementares são aquelas realizadas de forma extracurricular, enriquecedoras e implementadoras do perfil do formando, contribuindo para a sua formação técnica, pessoal, ética e humanística. 1º A carga horária mínima obrigatória das atividades complementares é de, no mínimo, 120 (cento e vinte) horas, equivalente a 8 (oito) créditos, de forma cumulativa e por categoria, e serão incorporadas ao histórico escolar do(a) aluno(a); 2º Para os alunos que ingressaram no curso antes do segundo semestre do ano de 2010 (2010.2), a carga horária mínima obrigatória das atividades complementares é de 90 (noventa) horas, equivalente a 6 (seis) créditos, de forma cumulativa e por categoria, e serão incorporadas ao histórico escolar do(a) aluno(a); Art 2 Serão consideradas válidas para fins de deferimento as atividades complementares realizadas a qualquer momento ao longo do curso de graduação do aluno, inclusive durante as férias e recessos escolares, desde que respeitado o previsto neste regulamento. Art. 3º As atividades complementares passíveis de reconhecimento para aproveitamento de cargas horárias estão representadas em três categorias: I atividades de ensino; II atividades de pesquisa; e III atividades de extensão. Art. 4 As atividades de ensino, compreendem: I disciplinas optativas (constantes no elenco ou outras); II atividades de monitoria; III participação em cursos e minicursos de extensão que versem sobre a matéria de interesse na formação do graduando; e IV cursos nas áreas de informática ou idiomas; Art. 5 As atividades de pesquisa, compreendem: I atuação como bolsista de iniciação científica; II participação em projetos de pesquisas;

3 3 III artigo publicado como autor ou co-autor (periódico com conselho editorial relacionado à área do curso); IV publicação de resumo em anais de evento científico; V participação em grupos institucionais de trabalhos e estudos realizados na IES; e VI apresentação de trabalhos em eventos técnico-científicos. Art. 6 As atividades de extensão, compreendem: I participação em seminários, oficinas, congressos, simpósios, conferências, encontros, ações comunitárias institucionais e similares de caráter técnicocientífico; II estágios curriculares não obrigatórios; III gestão de órgão de representação estudantil (UNE, UEE, DCE e CA), representação discente junto a órgãos colegiados da IES, participação em comissões com designação em portaria. IV membro de equipe de programas ou projetos de extensão na área de zootecnia; V visitas técnicas supervisionadas; VI participação em feiras, mostras e/ou exposições agropecuárias; e VII participação em empresa júnior. CAPÍTULO II Da Validação das Atividades Complementares. Art. 7 o A carga horária atribuída pelo Colegiado de Curso a cada uma das atividades, obedecerá a uma escala variável até o limite daquela solicitada com a atividade analisada, atendendo a critérios de desempenho e qualidade (Anexo I). Art. 8º O processo de reconhecimento e incorporação das atividades acadêmicas complementares no histórico escolar do (a) aluno (a) será iniciado com o pedido formulado pelo aluno (a) interessado (a) ao Colegiado do Curso de Zootecnia, devidamente comprovado mediante declaração ou certificação da inserção do aluno na atividade, período de realização, carga horária, aproveitamento e freqüência, mediante requerimento próprio (Anexo II). Art 9 O aluno que discordar da quantificação atribuída à Atividade Complementar poderá, no prazo de 03 (dias) úteis após a publicação, apresentar pedido de revisão ao Colegiado do Curso de Zootecnia. Art 10º O aluno obrigatoriamente deverá cumprir a carga horária total de atividades acadêmicas complementares em atividade(s) contemplando as três categorias. Art. 11º Os alunos ingressantes através de transferência podem aproveitar as Atividades Acadêmicas Complementares cursadas em outras IES, desde que constante no histórico escolar anterior e desde que contempladas no Anexo I e nos termos do Art. 1º.

4 4 Art. 12º Caso o histórico escolar anterior do aluno ingressante não apresente as Atividades Complementares já desenvolvidas, o mesmo deverá cumpri-las em sua totalidade no período restante de curso junto à UFMA. CAPÍTULO III Das Disposições Finais Art 13º Os casos omissos deste regulamento serão encaminhados para o Colegiado de Curso de Zootecnia para apreciação. Art 14 o Este Regulamento entra em vigor a partir da sua data de aprovação, revogadas as disposições em contrário.

5 5 ANEXO I Categorias Ensino Atividades Disciplinas optativas (constantes no elenco ou outras) Atividades de monitoria (considerar horas por semestre) Participação em cursos e minicursos de extensão que versem sobre a matéria de interesse na formação do graduando (considerar 15 horas por participação) Cursos nas áreas de informática ou cursos de idiomas (considerar 15 horas por participação semestral) Máximo de carga horária atribuíveis 60 Histórico escolar Procedimentos para validação Certificado ou declaração de monitoria, emitida pela Subunidade acadêmica responsável pela disciplina. Certificados emitidos pelos organizadores do curso ou evento. Certificados emitidos pelas unidades de ensino. Pesquisa Atuação como bolsista de iniciação científica (considerar horas por semestre) Participação em projetos de pesquisa (considerar horas por semestre); Artigo publicado como autor ou coautor de periódico externo à instituição com conselho editorial relacionado à área do curso (considerar horas por artigo) Resumo em anais de evento científico (considerar 15 horas por publicação) Participação em grupos institucionais de trabalhos e estudos realizados na IES (considerar 15 horas por semestre) Artigo publicado como autor ou coautor em revista científica da instituição (considerar horas por artigo) Apresentação de trabalhos científicos (considerar 15 horas por evento) Certificado ou termo de outorga emitido pelo órgão de concessão da bolsa. Registro ou termo de outorga do projeto, acompanhado de declaração emitida pelo coordenador. Cópia do artigo publicado ou documentação de aprovação pelo conselho editorial, quando no Cópia do resumo publicado ou documentação de aprovação pelo comitê de avaliadores, quando no Declaração emitida pelo líder do grupo de pesquisa registrado no lattes Cópia do artigo publicado ou documentação de aprovação pelo conselho editorial, quando no Cópia do resumo publicado ou documentação de aprovação pelo comitê de avaliadores, quando no Extensão Participação em seminários, oficinas, congressos, simpósios, conferências, encontros, ações comunitárias institucionais e similares de caráter técnico-científico (considerar 15 horas por participação). Estágios curriculares não obrigatórios 60 Gestão de órgão de representação estudantil (UNE, UEE, DCE e CA), representação discente junto a órgãos colegiados da IES, participação em comissões com designação em portaria (considerar 15 horas por ano de participação). Cópia dos certificados, expedidos pelos responsáveis do evento. Histórico escolar ou declaração emitida pelo coordenador de estágio devidamente assinada. Declaração emitida pela representação estudantil ou presidente do órgão colegiado do curso devidamente assinada ou cópia da portaria da comissão. Participação em programas ou projetos de extensão na área de Zootecnia (considerar horas por semestre). Visitas técnicas supervisionadas (considerar 15 horas por visita). Participação em Empresa Júnior (considerar 15 horas por ano de participação). Participação em Feiras, Mostras e/ou exposições agropecuárias (considerar 15 horas por participação) Registro ou termo de outorga do programa ou projeto, acompanhado de declaração emitida pelo coordenador. Listagem emitida pelo professor responsável pela visita, devidamente autorizado pelo coordenador do curso ou diretor de centro. Declaração da entidade. Declaração da entidade responsável pela organização.

6 6 ANEXO II Ao Coordenador do Curso de Zootecnia Assunto: Requerimento de avaliação e registro da carga horária de atividades complementares para o curso de graduação em Zootecnia. Eu,, aluno do Curso de Zootecnia, Matrícula UFMA Nº, requer de Vossa Senhoria a validação e registro de carga horária das atividades acadêmicas complementares abaixo relacionadas, com base na documentação comprobatória respectiva: 1 Atividades C. H. da atividade Documentos Anexos Grupo Chapadinha / / Assinatura do aluno Despacho: Carga horária deferida: Chapadinha / / Presidente do Colegiado de Curso

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES INTRODUÇÃO A Resolução nº 1, de 2 de fevereiro de 2004, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Administração, Bacharelado,

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, LETRAS E ARTES VISUAIS CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM JORNALISMO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES (JOR90) 1 Boa Vista-RR 2014

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES. Curso: Pedagogia. Nova Serrana Outubro de 2015

REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES. Curso: Pedagogia. Nova Serrana Outubro de 2015 REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES Curso: Pedagogia Nova Serrana Outubro de 2015 Curso de Pedagogia - Licenciatura: Autorizado conforme Portaria 601 de 29/10/2014 DOU 210 de 30/10/2014 Seção

Leia mais

RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015

RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015 ANO XLV N. 078 26/05/2015 SEÇÃO II PÁG. 028 RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015 Niterói, 06 de maio de 2015 O Colegiado do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações, em reunião ordinária de 06/05/2015,

Leia mais

Curso: Administração

Curso: Administração REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES Curso: Administração Nova Serrana Fevereiro de 2017 Credenciada pelo MEC conforme Portaria 2.923 de 14/12/2001 DOU 2 de 18/12/2001 Seção 1 página 27. Recredenciamento

Leia mais

NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (Aprovadas pelo Colegiado do Curso em 13/06/2014. Ata nº. 05/2014) 1. PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS: b) Cópia do certificado de participação.

Leia mais

Recredenciamento Portaria MEC 347, de D.O.U

Recredenciamento Portaria MEC 347, de D.O.U REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art 1º. Das Disposições Preliminares O presente instrumento tem por finalidade regulamentar as Atividades Complementares dos cursos de graduação da Faculdade Inedi

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito. CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E DA SAÚDE - CCENS CURSO DE FARMÁCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E DA SAÚDE - CCENS CURSO DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E DA SAÚDE - CCENS CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 2016 Regulamento

Leia mais

Anexo X ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Anexo X ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Anexo X ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO O Colegiado do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação, em conformidade às diretrizes do Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE MATEMÁTICA O Colegiado do Curso de Matemática do Instituto de Ciências Exatas (ICEx) da Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Baseando-se no Regulamento dos Cursos de Graduação da UFF e na Instrução de Serviço PROAC n.º 02, o Colegiado do Curso de Ciências

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Capítulo I - Do Conceito e das Finalidades Art. 1º. O presente

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE JOAQUIM NABUCO

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE JOAQUIM NABUCO 24/09/25 REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE 1 / 9 24/09/25 CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A presente Resolução tem como finalidade regulamentar as atividades complementares

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES, DE APOIO E DISCIPLINAS OPTATIVAS (ACA)

NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES, DE APOIO E DISCIPLINAS OPTATIVAS (ACA) NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES, DE APOIO E DISCIPLINAS OPTATIVAS (ACA) Elaborado pela Coordenação do Eixo de Atividades Acadêmicas Complementares, de Apoio e Disciplinas Optativas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES FUNDAÇÃO FUPAC REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º - As Atividades Complementares integram

Leia mais

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CAMPUS DE RIO PARANAÍBA COORDENAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Campus Universitário - Caixa Postal 22 - Rio Paranaíba - MG - 38810-000 REGULAMENTO N. 1, DE 8 DE AGOSTO

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Artigo 1º - O presente Regulamento baseia-se na obrigatoriedade do cumprimento das horas destinadas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ RESOLUÇÃO Nº 86/ CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ RESOLUÇÃO Nº 86/ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 86/2016 - CONSELHO SUPERIOR Regulamenta o desenvolvimento das atividades complementares em áreas específicas de interesse do estudante dos cursos de Tecnologia e Bacharelados do IFPI. O Presidente

Leia mais

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ UNOCHAPECÓ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ UNOCHAPECÓ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ UNOCHAPECÓ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS DOS CURSOS SUPERIORES DO INSTITUTO FEDERAL DE RORAIMA - CAMPUS BOA VISTA.

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS DOS CURSOS SUPERIORES DO INSTITUTO FEDERAL DE RORAIMA - CAMPUS BOA VISTA. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA DEPARTAMENTO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO CAMPUS BOA VISTA REGULAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES - AACC

REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES - AACC REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES - AACC FACULDADE EVOLUÇÃO ALTO OESTE POTIGUAR - FACEP PAU DOS FERROS RN 2015 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares

Regulamento das Atividades Complementares Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás - UFG Campus Catalão - CAC Curso de Química Regulamento das Atividades Complementares Artigo 1 o - As atividades complementares (AC) é o conjunto de

Leia mais

MINUTA DE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA FCHS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

MINUTA DE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA FCHS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES MINUTA DE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA FCHS Aprovado pela Congregação em 01/03/2011 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este regulamento normatiza o cumprimento

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES O que são as atividades complementares? - as atividades complementares são um componente curricular obrigatório segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ATIVIDADES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 O presente conjunto de normas tem por finalidade regulamentar as Atividades Complementares e Atividades

Leia mais

NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º Respeitada a legislação vigente e as normas específicas aplicáveis a cada curso, ficam

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES DAS ATIVIDADES ACADÊMICO, CIENTÍFICO E CULTURAIS AACC DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DO CESI

NORMAS COMPLEMENTARES DAS ATIVIDADES ACADÊMICO, CIENTÍFICO E CULTURAIS AACC DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DO CESI NORMAS COMPLEMENTARES DAS ATIVIDADES ACADÊMICO, CIENTÍFICO E CULTURAIS AACC DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DO CESI As atividades acadêmico-científico-culturais-aacc têm a função de extensão universitária,

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR (AAC) para os cursos de Letras da UNESPAR / APUCARANA

REGULAMENTO DE ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR (AAC) para os cursos de Letras da UNESPAR / APUCARANA REGULAMENTO DE ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR (AAC) para os cursos de Letras da UNESPAR / APUCARANA Do Objetivo das Atividades Acadêmicas Complementares Art. 1º O objetivo das Atividades Acadêmicas Complementares

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Campus Diadema-Departamento de Ciências Biológicas

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Campus Diadema-Departamento de Ciências Biológicas Regulamento das Atividades Acadêmico-Científico e Culturais Normatização Regulamenta as atividades acadêmico-científicoculturais do Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas, UNIFESP, Diadema. Art. 1º.

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS Campus Apucarana

REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS Campus Apucarana REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS Campus Apucarana Do Objetivo das Atividades Acadêmicas Complementares Art. 1º O objetivo das Atividades

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO Art. 1 - O presente Regulamento baseia-se na obrigatoriedade do cumprimento das horas destinadas às

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 005, DE 22 DE JUNHO R E S O L U Ç Ã O : Art. 2º. Esta resolução entra em vigor na data de sua aprovação.

RESOLUÇÃO Nº 005, DE 22 DE JUNHO R E S O L U Ç Ã O : Art. 2º. Esta resolução entra em vigor na data de sua aprovação. RESOLUÇÃO Nº 005, DE 22 DE JUNHO 2011. Dispõe normas para o aproveitamento curricular de atividades complementares nos Cursos de Graduação da Faculdade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. A DIRETORA

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento visa normatizar as Atividades Complementares do Curso de História. Parágrafo único As Atividades Complementares

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA Ribeirão Pires 2016 Missão da FIRP

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES Aprovado em CEPE e CAS Processo 007/2016 Parecer 007/2016 de 10/03/2016. REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES O presente Regulamento dispõe

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Estabelece normas e procedimentos para realização de Atividades Complementares pelos

Leia mais

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Porto Alegre SUMÁRIO CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009

COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009 COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009 Institui as normas e as atividades aprovadas para o aproveitamento de carga horária para compor atividades

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Art. 1º. As atividades complementares têm por finalidade oportunizar ao acadêmico a realização, concomitantemente às disciplinas

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS ALEGRETE CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORMAS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS ALEGRETE CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORMAS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO NORMAS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO DEFINIÇÃO DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE GRADUAÇÃO (ACG) Art. 1º - Atividade Complementar de Graduação (ACG) é definida como atividade desenvolvida pelo

Leia mais

MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE AECISA MANTIDA FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE- FPS

MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE AECISA MANTIDA FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE- FPS MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE AECISA MANTIDA FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE- FPS REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES RECIFE/PE Atualizado em 21 de setembro de 2015 1 SUMÁRIO

Leia mais

ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR)

ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR) ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR) REGIMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - SEMESTRAL DA FACULDADE DE APUCARANA-FAP

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FESPPR/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FESPPR/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS 1 FACULDADE DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CNPJ: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua Dr. Faivre, 141 Fone (0xx41) 3028-6500 CEP 80060-140 Curitiba

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI APROVA O REGULAMENTO QUE NORMATIZA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. A Presidente do Conselho Universitário CONSUNI

Leia mais

COMPROVANTE DE ENTREGA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

COMPROVANTE DE ENTREGA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES COMPROVANTE DE ENTREGA Data: / / Nome: Matrícula: Período: RG: CPF: E-mail: Telefone: Quantidade de Formulários Entregues: Assinatura do aluno: OBS: Podem ser inseridas quantas atividades de cada modalidade

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA

REGULAMENTO DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA 29//2016 REGULAMENTO DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR UNIVERSIDADE DA Recife, 2016 1 29//2016 Institui as regras para realização de atividades complementares na Unama CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DESIGN DE MODA

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DESIGN DE MODA REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DESIGN DE MODA PORTO ALEGRE 2014 SUMÁRIO CAPÍTULO I... DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE DIREÇÃO GERAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE DIREÇÃO GERAL RESOLUÇÃO Nº 01/2011/CEFID Regulamenta as Atividades Complementares nos Cursos de Graduação do Centro de Ciências da Saúde e do Esporte da Universidade do Estado de Santa Catarina. O Presidente do Conselho

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFSM/CESNORS

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFSM/CESNORS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFSM/CESNORS 1 - Disposições introdutórias A formação do enfermeiro prevê, em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CURSO DE FONOAUDIOLOGIA

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CURSO DE FONOAUDIOLOGIA UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CURSO DE FONOAUDIOLOGIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES COORDENADORA Susana Elena Delgado ELABORAÇÃO Conselho do Curso 20 2 INTRODUÇÃO A Lei de Diretrizes e Bases

Leia mais

Unidade Sede: Rua Marquês do Herval, 701 Centro Caxias do Sul (RS) CEP: Unidade Ana Rech: Avenida Rio Branco, 1595 Bairro Ana Rech Caxias

Unidade Sede: Rua Marquês do Herval, 701 Centro Caxias do Sul (RS) CEP: Unidade Ana Rech: Avenida Rio Branco, 1595 Bairro Ana Rech Caxias OBJETIVO: As Atividades Complementares têm por objetivos: a) desenvolver a autonomia intelectual do acadêmico, favorecendo sua participação em atividades de estudos diversificados que contribuam para a

Leia mais

P O R T A R I A. Curitiba, 22 de janeiro de André Luís Gontijo Resende Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO

P O R T A R I A. Curitiba, 22 de janeiro de André Luís Gontijo Resende Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO PORTARIA PROEPE N.º 31/2014 APROVA O REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO, BACHARELADO, MATRIZ CURRICULAR 2013, DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa

Leia mais

Quadro 2: ATIVIDADES DE PARTICIPAÇÃO E/OU ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS: ATÉ 60 (SESSENTA) HORAS PARA O CONJUNTO DE ATIVIDADES

Quadro 2: ATIVIDADES DE PARTICIPAÇÃO E/OU ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS: ATÉ 60 (SESSENTA) HORAS PARA O CONJUNTO DE ATIVIDADES QUADRO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Quadro 1: ATIVIDADES DE ENSINO E DE PESQUISA: ATÉ 120 (CENTO E VINTE) HORAS PARA O CONJUNTO DE ATIVIDADES CCLETE032 Monitoria Um período letivo de monitoria. CCLETE033

Leia mais

Tabela de Conversão de horas - Atividades Complementares ESC- ECDE - EAETI - ENDH (Exceto Direito)

Tabela de Conversão de horas - Atividades Complementares ESC- ECDE - EAETI - ENDH (Exceto Direito) Tabela de Conversão de horas - s Complementares ESC- ECDE - EAETI - ENDH (Exceto Direito) GRADUAÇÃO BACHARELADO Dimensão por por Aproveitamento de disciplinas de cursos de Pós-graduação Stricto Sensu e

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS Art. 1º. As Atividades Complementares Obrigatórias para o Curso de Graduação em Direito totalizam 240

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE EDUCAÇÃO PARTE 2

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE EDUCAÇÃO PARTE 2 Código Atividade Requisito Carga Horária 913 Disciplina extracurricular cursada fora da UERJ, em IES com reconhecimento oficial 914 Realização de curso regular de língua estrangeira concomitante com a

Leia mais

ATIVIDADES FORMATIVAS COMPLEMENTARES Aprovado pelo Colegiado do Curso de Fisioterapia em 30/09/2014

ATIVIDADES FORMATIVAS COMPLEMENTARES Aprovado pelo Colegiado do Curso de Fisioterapia em 30/09/2014 ATIVIDADES FORMATIVAS COMPLEMENTARES Aprovado pelo Colegiado do Curso de Fisioterapia em 30/09/2014 As atividades formativas complementares são parte da formação discente, com o objetivo de complementar

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS - UNIFEB

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS - UNIFEB REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS - UNIFEB Da exposição de motivos Considerando que a disciplina Atividades Complementares

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º. A análise e registro das atividades complementares serão realizados pelo Núcleo de Extensão e Apoio à Cultura NEAC,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 32/16, de 20/07/16. Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento tem

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA FLORIANÓPOLIS 2013 REGULAMENTO

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE INFORMÁTICA ATIVIDADES COMPLEMENTARES - REGULAMENTO V1/2015 O presente documento revisa a regulamentação do processo de Validação das Atividades Complementares, nos Cursos de Graduação da Faculdade de Informática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CURSO DE PSICOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CURSO DE PSICOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CURSO DE PSICOLOGIA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS CUIABA 2009 1 ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADEMICO-CIENTIFICO-CULTURAIS

Leia mais

NORMAS - ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE DE CIÊNCIAS UNESP - CAMPUS BAURU

NORMAS - ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE DE CIÊNCIAS UNESP - CAMPUS BAURU NORMAS - ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE DE CIÊNCIAS UNESP - CAMPUS BAURU O Conselho de Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação

Leia mais

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Reconhecido (renovado) pela Portaria SERES/MEC nº 01, de 06/01/2012, Publicada no DOU, de 09/01/2012

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Reconhecido (renovado) pela Portaria SERES/MEC nº 01, de 06/01/2012, Publicada no DOU, de 09/01/2012 RESOLUÇÃO Nº 002/ CONSELHO DO CURSO - MEDICINA VETERINÁRIA Regulamento para validação e registro das horas de Atividades Complementares Curso de Medicina Veterinária. O Conselho do Curso de Medicina Veterinária,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO RESOLUÇÃO N.º 2628, DE 08 DE SETEMBRO DE 2005

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO RESOLUÇÃO N.º 2628, DE 08 DE SETEMBRO DE 2005 RESOLUÇÃO N.º 2628, DE 08 DE SETEMBRO DE 2005 Dispõe sobre a regulamentação das Atividades Complementares nos currículos dos Cursos de Graduação da UNIRIO. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, em

Leia mais

ATIVIDADES ACADÊMICO - CIENTÍFICO - CULTURAIS (AACC)

ATIVIDADES ACADÊMICO - CIENTÍFICO - CULTURAIS (AACC) FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE FCBS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ATIVIDADES ACADÊMICO - CIENTÍFICO - CULTURAIS (AACC) ORIENTAÇÕES GERAIS AO ACADÊMICO S U M Á R I O 1 Do objetivo...2 2 Da

Leia mais

Manual de Atividades Complementares

Manual de Atividades Complementares CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Manual de Atividades Complementares Belo Horizonte 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementar

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA Artigo 1º - O presente Regulamento baseia-se na obrigatoriedade do cumprimento das horas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA ÁREA DE SAÚDE DA ASCES.

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA ÁREA DE SAÚDE DA ASCES. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA ÁREA DE SAÚDE DA ASCES. 1. JUSTIFICATIVA Tomando-se como referência a missão institucional ASCES que visa o favorecimento da qualificação formal,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA FACULDADE DE COLIDER - FACIDER CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, bacharelado. Aos 20 dias do mês de agosto do ano de dois mil e treze, Coordenação do Curso de Administração, bacharelado da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - As atividades complementares são parte integrante do Projeto Pedagógico do Curso de Agronomia

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE Anexo 1 Formulário de avaliação do currículo

PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE Anexo 1 Formulário de avaliação do currículo 1 PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE 2015 Anexo 1 Formulário de avaliação do currículo Nome do (a) candidato (a): Quadro geral de pontuação de acordo com

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA Portaria nº. 01/10 - CCE Regulamenta os conteúdos complementares flexíveis, fixados no

Leia mais

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º As Atividades Complementares (AC) atendem ao Parecer n 776/97 da CES, que trata das Diretrizes Curriculares dos Cursos

Leia mais

Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação

Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação Regulamento de Atividades Complementares São Paulo Março/2012 SUMÁRIO CAPÍTULO

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Belo Horizonte 2015 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementares do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º As Atividades Complementares são exigidas para integralização da do

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/PPGEDU, DE JULHO DE 2013.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/PPGEDU, DE JULHO DE 2013. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/PPGEDU, DE JULHO DE 2013. Define as modalidades de Atividades Curriculares Complementares do Programa de Pós-Graduação em Educação. A Comissão de Pós-Graduação, no uso de suas

Leia mais

Este tutorial tem por objetivo interpretar e orientar os alunos quanto ao procedimento que tem que ser realizado para obter estes créditos.

Este tutorial tem por objetivo interpretar e orientar os alunos quanto ao procedimento que tem que ser realizado para obter estes créditos. 1. CRÉDITOS COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA COMISSÃO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA Para conseguir a colação

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO BINACIONAL CONTEXTUALIZAÇÃO E JUSTIFICATIVA

NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO BINACIONAL CONTEXTUALIZAÇÃO E JUSTIFICATIVA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CÂMPUS DE SANTA VITÓRIA DO PALMAR INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA INFORMAÇÃO COMITÊ ASSESSOR DO CURSO DE TURISMO BINACIONAL NORMATIZAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) RESOLUÇÃO N.º 1022/2008 Publicado no D.O.E. de 18-12-08, p.45/46 Regulamenta as Atividades Complementares

Leia mais

ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Este regulamento é próprio das Atividades Complementares do Curso de Direito do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas - UDC e será regido por essas

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA ESADE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES.

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA ESADE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES. REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA ESADE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES. O Diretor da Esade Laureate International Universities, no uso de suas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I - DA NATUREZA Art. º Consideram-se como Atividades Complementares do Engenharia de Produção, todas as atividades relacionadas com projetos de pesquisa,

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Belo Horizonte 2017 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementares do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUP Nº. 394/2015 Belém, 20 de Dezembro de 2015

RESOLUÇÃO CONSUP Nº. 394/2015 Belém, 20 de Dezembro de 2015 RESOLUÇÃO CONSUP Nº. 394/2015 Belém, 20 de Dezembro de 2015 Aprova as alterações do Regulamento das Atividades Complementares da Faculdade Integrada Brasil Amazônia - FIBRA O Presidente do Conselho Superior

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 006/2008

RESOLUÇÃO N.º 006/2008 RESOLUÇÃO N.º 006/2008 Estabelece normas que regulam as Atividades Complementares do Curso de Graduação em Direito da Faculdade de Ciências Humanas, Sociais e da Saúde da Universidade FUMEC. O PRESIDENTE

Leia mais

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º As Complementares (AC) atendem ao Parecer n 776/97 da CES, que trata das Diretrizes Curriculares dos cursos de graduação,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CAMPUS FLORESTAL INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS Rodovia LMG 818, km 06, Florestal MG, 35.690-000. Tel: (31) 3536-3300 COORDENAÇÃO DO CURSO DE AGRONOMIA Regulamento das Atividades

Leia mais

ANEXO I ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS - AACC, PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA, DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS, DE JABOTICABAL, SP

ANEXO I ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS - AACC, PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA, DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS, DE JABOTICABAL, SP ANEXO I ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS - AACC, PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA, DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS, DE JABOTICABAL, SP JUSTIFICATIVA De acordo com a Resolução nº CNE/CP 2, de 19

Leia mais

REGULAMETO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMETO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA DEPARTAMENTO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO CÂMPUS BOA VISTA REGULAMETO DAS

Leia mais

CURSO DE NUTRIÇÃO BACHARELADO

CURSO DE NUTRIÇÃO BACHARELADO CURSO DE BACHARELADO ATIVIDADES DO CURSO As Atividades Complementares visam complementar a formação realizada através das atividades realizadas em sala de aula, devendo se pautar, na sua oferta: Pela finalidade

Leia mais

Dispõe sobre as atividades complementares a serem cumpridas pelos alunos do Curso de Direito, como requisito para a graduação.

Dispõe sobre as atividades complementares a serem cumpridas pelos alunos do Curso de Direito, como requisito para a graduação. 1 COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO RESOLUÇÃO Nº 02 DE 14 DE MARÇO DE 2005. Dispõe sobre as atividades complementares a serem cumpridas pelos alunos do Curso de Direito, como requisito para a graduação.

Leia mais

ANEXO III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA. Do Objetivo das Atividades Complementares

ANEXO III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA. Do Objetivo das Atividades Complementares ANEXO III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA Do Objetivo das Atividades Complementares Artigo 1º - O objetivo das Atividades Complementares é o enriquecimento da

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE FLEXIBILIZAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA. CAPÍTULO I Definição

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE FLEXIBILIZAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA. CAPÍTULO I Definição REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE FLEXIBILIZAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA CAPÍTULO I Definição Art. 1º A flexibilização curricular envolve atividades acadêmicas previstas no projeto pedagógico do Curso de Medicina

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE LICENCIATURA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE LICENCIATURA Anexo à Portaria nº 19, de 12 de fevereiro de 2007. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE LICENCIATURA CAPÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES 2 CAPÍTULO II DA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES

Leia mais

ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC. Título I Das Condições Gerais

ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC. Título I Das Condições Gerais ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC Título I Das Condições Gerais Capítulo I Do Objetivo das Atividades Complementares Art. 1 As atividades complementares têm por objetivo

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 Este regulamento normatiza as Atividades Complementares que compõem a estrutura

Leia mais