IF SUDESTE MG REITORIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IF SUDESTE MG REITORIA"

Transcrição

1 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS-IF SUDESTE MG, REALIZADA EM Aos dois dias do mês de abril de dois mil e quatorze, às dez horas e cinco minutos, no Refeitório do Anfiteatro Jarbas Pena do IF Sudeste MG câmpus Rio Pomba, localizado na Av. Dr. José Sebastião da Paixão, s/nº, Bairro Lindo Vale, nesta cidade, reuniram-se os membros do Colégio de Dirigentes do IF Sudeste MG, infra citados, para realização de reunião ordinária, presididos pelo Magnífico Reitor, prof. Paulo Rogério Araújo Guimarães, que abriu a assembleia cumprimentando os presentes; agradeceu a receptividade do Substituto do Diretor-Geral do IF Sudeste MG câmpus Rio Pomba, prof. José Manoel Martins, e iniciou a PRIMEIRA PAUTA: informes do Reitor. A) Câmpus avançado Bom Sucesso: a Prefeitura Municipal de Bom Sucesso/MG cedeu, pelo período de dez anos, o prédio de uma escola municipal para o IF Sudeste MG transferir as instalações do câmpus avançado Bom Sucesso; que o imóvel atenderá bem as necessidades daquela unidade; que já assinou o termo de convênio de cessão; que uma série de ações complementares serão realizadas, como aquisição de equipamentos, instalação de internet, linhas de telefone e contratação de pessoal de apoio, e que a expectativa é de que as atividades do segundo semestre já sejam iniciadas nas novas instalações. B) Regulamentação dos setores das unidades deste I.F.: recordou a importância da dita regulamentação e solicitou que os câmpus concluam o mencionado documento. O Diretor-Geral do câmpus Juiz de Fora solicitou atenção para a vacância do cargo de presidente da Comissão de Acompanhamento e Avaliação da Implementação da Flexibilização do Horário de Trabalho IF Sudeste MG, tendo em vista que o servidor que ocupava tal função pediu exoneração desta Instituição. C) Plano de saúde: C.1) foi designada a Comissão Especial de Credenciamento, responsável pelos procedimentos de credenciamento de administradora de benefícios do IF Sudeste MG, conforme Processo / e o edital, provavelmente, será publicado na próxima semana. C.2) a Caixa de Assistência à Saúde da Universidade (CASU) apresentará propostas de planos de saúde nos câmpus deste I.F. e solicitou que os Diretores-Gerais cedam espaço nos câmpus e divulguem a visita da CASU, após a determinação das datas. D) Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG): D.1) será realizada, nesta data, reunião entre a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) e o MPOG para discutirem novas vagas de professor temporário e o quantitativo e que gostaria que fosse renovado o total de vagas que foi determinado para este I.F. D.2) o pagamento de DI/DIII retroativo aos docentes será decidido pelo MPOG e que o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF) levou esse assunto ao Exmo. Ministro da Educação, solicitando apoio para a questão. E) Concurso público Editais 001 a 013/2014/IF Sudeste MG: de acordo com a Diretoria de Gestão de Pessoas deste I.F. foram oito mil trezentos e quarenta e um candidatos inscritos para o cargo de técnico em administração e mais informações sobre número de inscritos foram encaminhadas para o dos Diretores-Gerais das unidades desta Instituição. Seguiram para a SEGUNDA PAUTA: apreciação e aprovação das atas dos dias , e O Mag. Reitor recordou que as mencionadas atas foram encaminhadas para os membros deste Colegiado, via , para análise/apreciação e deixou a palavra livre para manifestações. Como não houve sugestões de alteração, as atas das reuniões realizadas nos dias , e foram aprovadas e serão publicadas no sítio eletrônico da Reitoria do IF Sudeste MG. Seguiram para a TERCEIRA PAUTA: reunião da equipe da Controladoria-Geral da União (CGU) com a equipe do IF Sudeste MG. O Mag. Reitor convidou a Auditora Interna deste I.F., Gislene Gomes de Queiróz Silva, para ser a relatora da pauta. A Auditora Interna informou que a visita da CGU neste IF foi motivada por convite daquele setor para um encontro de interação

2 entre os Gestores e Auditoria Interna deste IF e aquela Controladoria; que a proposta é que o encontro seja realizado no próximo dia trinta de abril, no período da manhã; que o quorum mínimo exigido é de cinquenta pessoas; que o objetivo principal é estreitar o relacionamento entre este IF e a CGU, aproximando-os como parceiros; citou alguns temas que serão tratados no encontro, tais como: exemplos de atividades, organogramas de trabalho, cumprimento de prazos, legislação vigente, a função da auditoria interna, o papel da CGU como órgão de controle e orientação. O Mag. Reitor se manifestou dizendo que mais informações serão encaminhadas, posteriormente, aos Diretores-Gerais para que providenciem as inscrições/divulgação e que os câmpus podem sugerir pautas para serem discutidas no decorrer do evento. Após discussão, este Colegiado decidiu que o público da reunião de representantes da CGU com os servidores do IF Sudeste MG será Reitor, Próreitores, Diretores-Gerais, Diretores Sistêmicos, servidores dos setores de Licitação e Gestão de Pessoas e aprovou a data de trinta e abril, próximo. QUARTA PAUTA: Comitê de Comunicação e Marketing do IF Sudeste MG. O Mag. Reitor convidou a jornalista Elisa Carmo Franco de Almeida, servidora do setor de Comunicação e Eventos deste I.F., para ser a relatora da pauta; recordou que as ideias gerais sobre a pauta foram discutidas na última reunião deste Colegiado, realizada no câmpus São João del-rei; que o regulamento do dito Comitê passou por algumas adequações e foi encaminhado para apreciação e aprovação deste Colegiado; destacou que, no seu ponto de vista, alguns artigos devem ser revistos, pois não contêm deliberações anteriores; que o dito Comitê teria a função de propor ações estratégicas de comunicação e marketing, e não de executar essas ações, e que não há necessidade que as reuniões do Comitê sejam realizadas mensalmente, sugerindo que fossem trimestrais. A relatora disse que compreendeu que não se trata de um fórum de comunicadores e sim da composição de um grupo de servidores, de setores diversos, que, juntos, proporão ações estratégicas de comunicação e marketing para o IF Sudeste MG. Em seguida, foram feitas as seguintes deliberações a respeito do Regulamento do Comitê de Comunicação e Marketing do IF Sudeste MG: I) composição: será composto pelos coordenadores de Comunicação ou responsáveis diretos pelos setores de Comunicação nos câmpus e Reitoria do IF Sudeste MG e, ainda, por um segundo representante de cada unidade, indicado pelos dirigentes, sendo todos os dois membros titulares; o segundo membro terá um suplente e os câmpus deverão enviar os nomes ao Gabinete do Reitor para que a portaria de composição possa ser confeccionada. II) periodicidade das reuniões: serão realizadas bimestralmente; III) presidência: mandato de dois anos, como condutor dos trabalhos, e pode haver recondução sem limitação; IV) fazer adequações, como onde se lê câmpus, leia-se câmpus/câmpus avançado. O Substituto do Diretor-Geral do câmpus Rio Pomba se manifestou dizendo que se preocupa com os recursos necessários para a execução das ações do Comitê. O Mag. Reitor esclareceu que o Comitê de Comunicação e Marketing será responsável por analisar os recursos que serão necessários e propor orçamento, devido a sua competência consultiva e que a aprovação da proposta orçamentária será competência deste Colégio de Dirigentes. O Regulamento do Comitê de Comunicação e Marketing do IF Sudeste MG foi aprovado, considerando as deliberações acima descritas. QUINTA PAUTA: mestrado profissional destinado aos Técnicos de Tecnologia da Informação e Analista de Tecnologia da Informação. O Pró-reitor de Desenvolvimento Institucional deste IF, prof. Etienne Berião Friedrich, disse que os servidores são incentivados pelo Ministério da Educação e têm o direito de fazer o mencionado mestrado; que tal participação gera custos para o IF e afastamento do servidor; que para servidores da carreira docente é permitido; que serão três vagas, no máximo, para cada Instituto Federal e que dois servidores do IF Sudeste MG já foram aprovados na primeira fase do dito mestrado. Após discussão, decidiram que os dois servidores mencionados estão autorizados a cursar o mestrado profissional destinado aos Técnicos de Tecnologia da Informação e Analistas de Tecnologia da Informação, desde que seus Diretores-Gerais assim o façam. Seguiram para a SEXTA PAUTA: Sistemas Integrados de Gestão, Pesquisa e Avaliação. O Mag. Reitor convidou o Próreitor de Desenvolvimento Institucional deste IF para ser o relator da pauta. O Pró-reitor de

3 Desenvolvimento Institucional disse da necessidade e importância do IF Sudeste MG adquirir um sistema integrado de gestão e da dificuldade de não trabalhar com um sistema integrado numa instituição complexa como este IF, devido às particularidades das unidades; apresentou tabela contendo pontos negativos e positivos, na visão da Diretoria de Tecnologia da Informação deste IF, de dois sistemas analisados para aquisição: um é ofertado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e o outro pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); que, após reuniões e apresentações realizadas nas unidades desta Instituição, a maioria dos câmpus optou pela aquisição do sistema ofertado pela UFRN; informou o custo de cada aquisição e do investimento inicial necessário; informou que o módulo acadêmico do sistema da UFRN está parcialmente adaptado a cursos técnicos, mas estão sendo feitas adequações no sistema para melhor atendimento dos Institutos Federais; apresentou a demanda da equipe de Técnicos em Tecnologia da Informação da Reitoria deste IF, necessária para a implantação do sistema integrado, destacando a necessidade da nomeação de mais profissionais; apresentou vantagens e desvantagens da implantação do sistema integrado ser, ou não, terceirizada; informou que, caso a implantação seja realizada por uma equipe terceirizada, haverá maior rapidez no processo e suporte individualizado; ponderou ainda que, no momento, a equipe de TIs não é suficiente para assumir, sozinha, a implantação do sistema e que, mesmo com a possível terceirização, a mesma é bastante reduzida; apresentou o quantitativo de contratações necessárias para compor o quadro de TIs, com e sem terceirização, para implantação do mencionado sistema; sugeriu que cada câmpus colabore financeiramente de forma proporcional a quantidade de alunos que possui e disse que alguns servidores visitarão o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná para conhecer o sistema ofertado pela UFRN. Após, o Mag. Reitor propôs uma forma de pagamento para a aquisição do sistema integrado de gestão: a Reitoria arcaria com despesas de capital e as unidades com as despesas de custeio, divididas proporcionalmente, de acordo com a Matriz OCC de cada uma das nove unidades. O Substituto do Diretor-Geral do câmpus Rio Pomba disse que o orçamento daquele câmpus para 2014 não prevê a aquisição do sistema integrado de gestão e que, no momento, não sabe informar se a aquisição será possível. O Diretor-Geral do câmpus Barbacena, prof. José Alexandrino Filho, se manifestou dizendo que o mesmo acontece no câmpus Barbacena. Após discussão, a maioria dos membros deste Colegiado decidiu: I) pela aquisição do sistema integrado de gestão ofertado pela UFRN; II) pela contratação de equipe terceirizada de implantação do mencionado sistema; III) que vagas de TI serão necessárias em próximo concurso público (atentando para o limite máximo de vagas de TI determinado pelo MPOG para o IF Sudeste MG); IV) pela aprovação da sugestão do Reitor para a forma de pagamento da aquisição do sistema integrado de gestão, considerando que o Pró-reitor de Administração deste IF divulgará tabela com os valores de OCC de cada unidade do IF Sudeste MG, para uma prévia da divisão dos valores e V) posteriormente, será elaborado um planejamento da estratégia de implantação. Em seguida, o Pró-reitor de Desenvolvimento Institucional solicitou a colaboração e apoio dos Diretores-Gerais para concessão de futuras vagas de TI. SÉTIMA PAUTA: Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI): Planejamento, Estratégia e Cronograma. O Mag. Reitor apresentou a proposta de elaboração do PDI, vigência 2014/2019; informou que os trabalhos serão coordenados por uma comissão central, que será responsável pelo planejamento e pela condução dos trabalhos, sendo assessorada por uma secretaria executiva e por comissões temáticas; que os agentes de integração serão responsáveis pela coordenação das ações nos câmpus e pelo apoio e interação com a Comissão Central; esclareceu o conteúdo que cada comissão trabalhará; que será criado um link, no sítio eletrônico da Reitoria deste IF, para que a comunidade escolar possa acompanhar a elaboração do documento e sugeriu cronograma das atividades que serão desenvolvidas (entre outras datas foram sugeridas: avaliação e consolidação dos relatórios parciais: , coordenação da plenária do planejamento estratégico: 15 e , consolidação e formatação do documento: a e aprovação do Conselho Superior:

4 ). Em seguida, o Mag. Reitor iniciou as discussões para composição das comissões constantes do organograma, que ficou da seguinte forma: COMISSÃO CENTRAL: Paulo Rogério Araújo Guimarães; Etienne Beirao Friedrich; Charles Okama de Souza; Maria Cristina Silva de Paiva e Alexandre Lana Ziviani; Agentes de Integração da Comissão Central: Diretores de Desenvolvimento Institucional dos câmpus; SECRETARIA EXECUTIVA: Paulo Jabur Abdalla e Elisa Carmo Franco de Almeida; COMISSÕES TEMÁTICAS: I) PERFIL INSTITUCIONAL E PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO: Comissão Central e Secretaria Executiva; Agentes da Comissão Temática Perfil Institucional e Planejamento Estratégico: Plenária com representantes das Unidades (câmpus e Reitoria); II) PPI, ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA, PLANO DE OFERTA DE CURSOS E VAGAS E POLÍTICA DE EAD: Maria Elizabeth Rodrigues; Imaculada Conceição C. Lopes; Wilker Rodrigues de Almeida; Fabiano Costa Cipriani; Wilson dos Santos Almeida; Wanessa Moreira de Oliveira; Agentes da Comissão Temática PPI, Organização Didáticopedagógica, Plano de Oferta de Cursos e Vagas e Política de EAD: Diretores de Ensino; Diretoria de Educação a Distância e Pesquisadores Institucionais dos câmpus; III) PLANO DIRETOR DE INFRAESTRUTURA FÍSICA: Weyder Alves Finamore; José Alexandrino Filho; Sebastião Sérgio de Oliveira e Arnaldo Prata Neiva Júnior; Agentes da Comissão Temática Plano Diretor de Infraestrutura Física: Diretores-Gerais e Diretores de Desenvolvimento Institucional dos câmpus; IV) ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS: Rosemary Werneck Bertolin; Rivamar Marques de Araújo; Josefina Maria Sucassaz Braz; Agentes da Comissão Temática Organização e Gestão de Pessoas: Coordenações-Gerais de Gestão de Pessoas dos câmpus; V) POLÍTICAS DE ATENDIMENTO AOS DISCENTES: José Roberto Ribeiro Lima; Rui Gonçalves de Souza; José Manoel Martins; Valdir José da Silva; Aline Therezinha Carvalho Vieira; Agentes da Comissão Temática Políticas de Atendimento aos Discentes: Diretores de Extensão e CGAEs dos câmpus; VI) ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA: Abel Arbex Acaui; Renata Moreira Pinheiro; Wagner Eduardo Rodrigues Belo; Frederico Souzalima Caldoncelli Franco; José Roberto Ribeiro Lima; Luciano de Carvalho; Maria Aparecida Garcia Pinheiro Goulart; Agentes da Comissão Temática Organização Administrativa: Gabinetes dos câmpus; Assessoria de Relações Internacionais; Próreitoria de Extensão e Diretorias de Extensão dos câmpus; VII) CAPACIDADE E SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA: Charles Okama de Souza; Alexandre da Fonseca Botelho; Nélio Germano de Paula; Rafael de Oliveira Leite; Fabrício Tavares de Faria; Agentes da Comissão Temática Capacidade e Sustentabilidade Financeira: Diretores-Gerais e Diretores Administrativos dos câmpus; VIII) AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL: membros da Comissão Central; Agentes da Comissão Temática Avaliação e Acompanhamento do Desenvolvimento Institucional: Comissão Própria de avaliação (CPA) do IF Sudeste MG. Este Colegiado deliberou, ainda, que o Reitor emitirá portaria contendo a designação das equipes acima mencionadas e pela aprovação do cronograma de atividades apresentado, considerando que as reuniões para elaboração do PDI, vigência 2014/2019, serão iniciadas na próxima semana. A OITAVA PAUTA: Ordem de Serviço Conjunta Nº 01/2013: procedimentos junto à Pró-reitoria de Administração. O Pró-reitor de Administração relatou as dificuldades geradas pelo fato de os processos não estarem tramitando em conformidade com a Ordem de Serviço Conjunta Nº 01/2013, pedindo aos Diretores-Gerais que se atentem aos procedimentos. NONA PAUTA: informes gerais. A) Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação do IF Sudeste MG: A.1) Convênio de cooperação para implementação de programa de pós-graduação, realizado entre o IF Sudeste MG, IF Goiano e IF Norte de Minas. O Pró-reitor de Pesquisa e Inovação deste IF, prof. Frederico Souzalima Caldoncelli Franco, informou que cada um dos três Institutos Federais possui parceria com a EMBRAPA; que serão realizados dois workshops para discutir o convênio, um na EMBRAPA Gado de Leite de Coronel Pacheco/MG e outro no câmpus Rio Pomba; que o trabalho será muito gratificante, pois o modelo de programa de pós-graduação poderá ser utilizado pela Rede de Educação Profissional e Tecnológica; que é necessário muita organização e estrutura para iniciar

5 e fomentar um curso de mestrado, sendo por isso a parceria entre as mencionadas instituições tão importante; que o Comitê de Pesquisa deste IF está fazendo um levantamento da demanda de cada câmpus a respeito do mestrado na área de Zootecnia e sobre o potencial de servidores para pósgraduação; que a parceria com a EMBRAPA está sendo de grande importância para as realização do projeto e que a FAPEMIG será acionada para custeio do projeto. Na oportunidade, o Diretor-Geral do câmpus Juiz de Fora ressaltou que há demanda dos servidores daquela unidade deste IF para criação de um DINTER na área de Educação. A.2) Programa de Apoio a Qualificação de Servidores do IF Sudeste MG (PROAQ): provavelmente, neste mês de abril será publicado o edital do PROAQ; solicitou que os Diretores-Gerais conversem com os Diretores de Pesquisa dos câmpus sobre a questão e que, na próxima reunião deste Colegiado, o mencionado edital será apresentado para apreciação e aprovação de diversas questões, como, por exemplo, o valor da bolsa. B) Pró-reitoria de Ensino do IF Sudeste MG: B.1) Seminário Pensando o Ensino no IF Sudeste MG - Estratégias para Elaboração de Provas - Processo Seletivo e Concursos: a Pró-reitora de Ensino informou que o dito Seminário será realizado no próximo dia onze, no câmpus Juiz de Fora; que as atividades foram divididas da seguinte forma: palestras no período da manhã e oficina de elaboração de provas no período da tarde e solicitou o apoio dos Diretores-Gerais para liberação e pagamento de diárias/passagens dos servidores interessados. B.2) Encaminhou para os Coordenadores de Cursos que participarão do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), informando sobre um curso de capacitação referente a realização da dita prova; que, como há somente uma vaga, sorteará um dos Coordenadores interessados para participar da capacitação, juntamente com o Pesquisador Institucional da Reitoria deste IF; que os dois serão multiplicadores para os demais servidores envolvidos no Exame; que a participação dos Coordenadores de Cursos, como agentes, na prova do ENADE é muito importante, tendo em vista que o Exame tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos, suas habilidades e competências, e informou quais os nove cursos ofertados por esta Instituição que participarão da mencionada prova: I) câmpus Barbacena: Licenciatura em Ciências Biológicas, Licenciatura em Educação Física e Licenciatura em Química; II) câmpus Juiz de Fora: Engenharia Mecatrônica, Licenciatura em Física e Sistema de Informação; III) câmpus Rio Pomba: Ciência da Computação e Licenciatura em Matemática e IV) câmpus São João del Rei: Licenciatura em Letras Português e Espanhol. Em seguida, a Pró-reitora de Ensino sorteou, perante este Colegiado, o Coordenador de Curso que representará o IF Sudeste MG na capacitação oferecida pelo ENADE, visando transparência na seleção, e o servidor sorteado foi o prof. Marcelo Costa Pinto e Santos, Coordenador do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informações do câmpus Juiz de Fora, e, como suplente, a servidora Ozana Aparecida do Sacramento, Coordenadora do Curso de Licenciatura em Letras do câmpus São João del Rei. C) Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão deste IF: o Pró-reitor de Pesquisa e Inovação disse que fará reunião no câmpus Muriaé, provavelmente no segundo semestre do corrente ano, para discutir a questão e que, na próxima assembleia deste Colegiado, essa pauta será apresentada para discussão. E) Pró-reitoria de Extensão do IF Sudeste MG: O Pró-reitor de Extensão, prof. José Roberto Ribeiro Lima, fez alguns informes referentes aos assuntos discutidos no último Fórum dos Pró-Reitores de Extensão dos Institutos Federais; informou sobre a reivindicação do aumento do recurso destinado à Extensão e seu desmembramento da Pesquisa e solicitou que os câmpus utilizem todo o recurso destinado a Extensão. Terminadas as discussões, o Mag. Reitor deixou a palavra livre, mas, como nada mais havia a acrescentar, a reunião foi encerrada às dezessete horas e cinquenta minutos e eu, Renata Moreira Pinheiro,, Secretária desta reunião, lavrei a presente ata, que segue assinada pelos presentes. Rio Pomba/MG, dois de abril de dois mil e quatorze.>>>>>>>>>>>>>>>> Paulo Rogério Araújo Guimarães

6 243 Maria Elizabeth Rodrigues 244 Frederico Souzalima Caldoncelli Franco 245 Charles Okama de Souza 246 José Alexandrino Filho 247 Sebastião Sérgio de Oliveira 248 José Manoel Martins p/ Arnaldo Prata Neiva Júnior 249 Maria Cristina Silva de Paiva 250 Alexandre Lana Ziviani 251 José Roberto Ribeiro Lima 252 Etienne Beirão Friedrich 253 André Diniz de Oliveira 254 Wilker Rodrigues de Almeida

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 8 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO INSTITUTO

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA Av. Francisco Bernardino, 165 4º andar Centro 36.013-100 Juiz de Fora MG Telefax: (32) 3257-4100

IF SUDESTE MG REITORIA Av. Francisco Bernardino, 165 4º andar Centro 36.013-100 Juiz de Fora MG Telefax: (32) 3257-4100 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 8 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 8 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO

Leia mais

Ministério da Educação - MEC

Ministério da Educação - MEC Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação - SETEC Instituto Federal de Educação, Ciência de Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Diretoria

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO INSTITUTO

Leia mais

Ministério da Educação - MEC

Ministério da Educação - MEC Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação - SETEC Instituto Federal de Educação, Ciência de Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Diretoria

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 8 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO

Leia mais

Ministério da Educação - MEC

Ministério da Educação - MEC Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação - SETEC Instituto Federal de Educação, Ciência de Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Diretoria

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Campus Juiz de Fora

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Campus Juiz de Fora Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais. Campus Juiz de Fora Ata da vigésima sexta Reunião do Conselho do Câmpus Juiz de Fora realizada no dia 07 de maio de 2014.

Leia mais

REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS

REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS Aprovado pelo Colegiado do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas em 26/03/2014. Aprovado pelo Colegiado do Curso de

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO INSTITUTO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ATA DE REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA

Leia mais

AGUARDANDO APROVAÇÃO DO COUNI

AGUARDANDO APROVAÇÃO DO COUNI Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO DE GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DA UTFPR RESOLUÇÃO

Leia mais

PLA O DE AÇÃO 2011 - REITORIA

PLA O DE AÇÃO 2011 - REITORIA Eficiência da Instituição 70% de eficiência, com meta satisfatória de 75% e meta ideal de 85%, com relação ao quantitativo inicial de alunos ingressantes. Índice de Eficiência O índice de eficiência da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 26/2012-CUn

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 26/2012-CUn ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 26/2012-CUn PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA OS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DESTA UNIVERSIDADE 1. APRESENTAÇÃO O Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP),

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

CÂMARA DE GRADUAÇÃO PARECER CEPE Nº 069/2014 ASSUNTO: Determinações ao Colegiado de Curso de Bacharelado em Ciências Contábeis, da UEPG. PROCESSO Nº 09296 de 13 de junho de 2014. RELATÓRIO Tendo em vista

Leia mais

MINUTA DE REGIMENTO DO CONSELHO CONSULTIVO DE CÂMPUS

MINUTA DE REGIMENTO DO CONSELHO CONSULTIVO DE CÂMPUS MINUTA DE REGIMENTO DO CONSELHO CONSULTIVO DE CÂMPUS CAPÍTULO I Das Disposições Iniciais, Categoria e Finalidades Art. 1º - O Conselho de Câmpus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de

Leia mais

Ministério da Educação - MEC

Ministério da Educação - MEC Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação - SETEC Instituto Federal de Educação, Ciência de Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais Diretoria

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 33/2012 Autoriza a criação do Comitê de Gestão e Tecnologia da Informação (CGTI), da Universidade Federal da

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE REGULAMENTO DO -CAEx CAPÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE Art.1º O Conselho Acadêmico de Atividades de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, IFRJ, é um órgão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - UNIVASF CONSELHO UNIVERSITÁRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - UNIVASF CONSELHO UNIVERSITÁRIO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA

Leia mais

Havendo número legal, o senhor Presidente declarou aberta a Sessão. Deu as boas vindas aos presentes, registrou com alegria a presença dos

Havendo número legal, o senhor Presidente declarou aberta a Sessão. Deu as boas vindas aos presentes, registrou com alegria a presença dos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA NO

Leia mais

DIRETRIZES PARA A GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO IFPB

DIRETRIZES PARA A GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO IFPB Ministério da Educação Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba Pró-Reitoria de Ensino Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação Pró-Reitoria de Extensão DIRETRIZES PARA A

Leia mais

CESUMAR CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ. Conselho de Curso. Orientações

CESUMAR CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ. Conselho de Curso. Orientações Conselho de Curso Orientações MARINGÁ 2004 REITOR Professor Wilson de Matos Silva VICE-REITOR E PRÓ-REITOR DE ADMINISTRAÇÃO Wilson de Matos Silva Filho PRÓ-REITOR ACADÊMICO Professor Cláudio Ferdinandi

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CONSELHO DE GRADUAÇÃO R E G I M E N T O I N T E R N O CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CONSELHO DE GRADUAÇÃO R E G I M E N T O I N T E R N O CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CONSELHO DE GRADUAÇÃO R E G I M E N T O I N T E R N O CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1. Este Regimento dispõe sobre a composição, competências e funcionamento

Leia mais

REGULAMENTO DO COLEGIADO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET

REGULAMENTO DO COLEGIADO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET REGULAMENTO DO COLEGIADO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET BARBACENA 2010 CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES O presente regulamento disciplina as atribuições e o funcionamento

Leia mais

REGIMENTO GERAL MAIO/2012

REGIMENTO GERAL MAIO/2012 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais REGIMENTO GERAL MAIO/2012 Ministério da Educação

Leia mais

Núcleo de Pesquisa e Estudos em Ciências Contábeis ESTATUTO

Núcleo de Pesquisa e Estudos em Ciências Contábeis ESTATUTO Núcleo de Pesquisa e Estudos em Ciências Contábeis ESTATUTO Art. 1º O Núcleo de Pesquisa e Estudos em Ciências Contábeis (NUPECON), vinculado a Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, constitui-se

Leia mais

PLANO DE TRABALHO COM AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA A DIREÇÃO GERAL DO IF BAIANO CAMPUS BOM JESUS DA LAPA NO QUADRIÊNIO 2014 2018

PLANO DE TRABALHO COM AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA A DIREÇÃO GERAL DO IF BAIANO CAMPUS BOM JESUS DA LAPA NO QUADRIÊNIO 2014 2018 ~ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS BOM JESUS DA LAPA PLANO DE TRABALHO COM AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO Nº 001/2016 31 de Janeiro de 2016

BOLETIM DE SERVIÇO Nº 001/2016 31 de Janeiro de 2016 BOLETIM DE SERVIÇO Nº 001/2016 31 de Janeiro de 2016 Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais Campus Santos Dumont Rua Técnico Panamá,45. Quarto Depósito 36.240-000 IF SUDESTE DE MINAS GERAIS BOLETIM

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL

REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL RESOLUÇÃO Nº. 073/12-COGEP de 07/12/12 Curitiba

Leia mais

Professor Rodrigo Marques de Oliveira Presidente do Conselho Acadêmico do IFMG - Campus Governador Valadares

Professor Rodrigo Marques de Oliveira Presidente do Conselho Acadêmico do IFMG - Campus Governador Valadares SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES - CONSELHO ACADÊMICO Av. Minas Gerais, 5.189 - Bairro Ouro

Leia mais

Campus Santos Dumont EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Campus Santos Dumont EDITAL DE CONVOCAÇÃO EDITAL DE CONVOCAÇÃO Art. - O Reitor do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais, CONVOCA os Candidatos abaixo especificados, para protocolarem na reitoria deste

Leia mais

PROFLETRAS R E G I M E N T O

PROFLETRAS R E G I M E N T O PROFLETRAS R E G I M E N T O CAPÍTULO I - CAPITULO II - CAPÍTULO III - CAPÍTULO IV - CAPÍTULO V - CAPÍTULO VI - CAPÍTULO VII - CAPÍTULO VIII - Das Finalidades Das Instituições Associadas Da Organização

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Conselho Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora RESOLUÇÃO Nº 40/2010

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Conselho Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora RESOLUÇÃO Nº 40/2010 RESOLUÇÃO Nº 40/2010 Institui o Programa de Apoio à Qualificação Graduação e Pós- Graduação Stricto Sensu mediante de Bolsas para Servidores Técnico- Administrativos em Educação e Docentes efetivos da

Leia mais

IF SUDESTE MG PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS DIRETORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

IF SUDESTE MG PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS DIRETORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL Nº 06/2016 PROGRAMA DE APOIO À QUALIFICAÇÃO DE SERVIDORES DO IF SUDESTE MG GRADUAÇAO, PÓS-GRADUAÇÃO E PÓS-DOUTORADO. PROAQ/IF SUDESTE MG REITORIA E CAMPUS AVANÇADO DE BOM SUCESSO O Reitor do IF

Leia mais

REGULAMENTO DO VIII SIMPÓSIO DE CIÊNCIA, INOVAÇÃO & TECNOLOGIA

REGULAMENTO DO VIII SIMPÓSIO DE CIÊNCIA, INOVAÇÃO & TECNOLOGIA Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação Av. Dr. José Sebastião da Paixão, s/nº. Lindo Vale Cx. Postal 45 - Rio Pomba MG 36180-000 Tel. Geral: (32) 3571-5700 Gabinete: (32) 3571-5715 e-mail: dppg.riopomba@ifsudestemg.edu.br

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOINFORMÁTICA DA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO

REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOINFORMÁTICA DA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOINFORMÁTICA DA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO CAPÍTULO I OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1º O Programa de

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS E DA SAÚDE DE JUIZ DE FORA. SUPREMA. Regimento Interno da Comissão de Ética no Uso de Animais CEUA CAPÍTULO I

FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS E DA SAÚDE DE JUIZ DE FORA. SUPREMA. Regimento Interno da Comissão de Ética no Uso de Animais CEUA CAPÍTULO I FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS E DA SAÚDE DE JUIZ DE FORA. SUPREMA Regimento Interno da Comissão de Ética no Uso de Animais CEUA CAPÍTULO I Da Natureza e Finalidade Art.1º A Comissão de Ética no Uso de

Leia mais

GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS 2011 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Capítulo I Da Origem. Capítulo II Dos Órgãos Colegiados

Capítulo I Da Origem. Capítulo II Dos Órgãos Colegiados NORMATIZAÇÃO ADMINISTRATIVA, DIDÁTICO-PEDAGÓGICA PARA AS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NOS CURSOS TÉCNICOS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E ASSUNTOS DO MERCOSUL.

SECRETARIA DE ESTADO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E ASSUNTOS DO MERCOSUL. ANEXO REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM REGIONAL PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DO ESTADO DO PARANÁ CAPÍTULO I NATUREZA E COMPETÊNCIAS Art. 1º. Ao Fórum Regional Permanente das Microempresas

Leia mais

REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES

REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1º O Colegiado de Curso é órgão consultivo, normativo, de planejamento acadêmico e executivo, para os assuntos de política de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE ÓRGÃO DOS COLEGIADOS SUPERIORES CONSELHO UNIVERSITÁRIO EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS INTERNOS MANDATO 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE ÓRGÃO DOS COLEGIADOS SUPERIORES CONSELHO UNIVERSITÁRIO EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS INTERNOS MANDATO 2015 EDITAL DE ELEIÇÃO PARA O CONSU MEMBROS INTERNOS MANDATO 2015 O Presidente do Conselho Universitário (Consu), em cumprimento ao que estabelece o Regimento Interno desta Ifes, faz saber à comunidade universitária

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 012, de 27 de março de 2008. 1 (Modificado o Regimento pela Res. 022/2011 e 061/2011)

RESOLUÇÃO N o 012, de 27 de março de 2008. 1 (Modificado o Regimento pela Res. 022/2011 e 061/2011) RESOLUÇÃO N o 012, de 27 de março de 2008. 1 (Modificado o Regimento pela Res. 022/2011 e 061/2011) Cria o Núcleo de Educação a Distância (NEAD) e aprova seu Regimento Interno. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Aos quatorze dias do mês de fevereiro de dois mil e quatorze, quatorze horas e quinze minutos, reuniu-se o corpo docente do na

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL- PROFMAT

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL- PROFMAT UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL- PROFMAT I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E OBJETIVOS Art. 1 - O Mestrado Profissional em

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014 RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014 Normatiza os procedimentos para concessão de Afastamentos de Curta Duração, Licença para Capacitação, Afastamentos para Pós- Graduação Stricto Sensu e Pós-Doutorado

Leia mais

ATA DA DÉCIMA QUINTA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA

ATA DA DÉCIMA QUINTA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA ATA DA DÉCIMA QUINTA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, realizada no dia dezoito do

Leia mais

Adendos do Curso de Zootecnia aos Regulamentos de Estágios da UFPel

Adendos do Curso de Zootecnia aos Regulamentos de Estágios da UFPel Adendos do Curso de Zootecnia aos Regulamentos de Estágios da UFPel MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM ZOOTECNIA ADENDOS DO CURSO DE ZOOTECNIA AS

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DO ESPORTE - SEE UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL CONSELHO SUPERIOR - CONSU

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DO ESPORTE - SEE UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL CONSELHO SUPERIOR - CONSU RELATÓRIO DAS DELIBERAÇÕES ACERCA DO III FORUNIVER DECISÕES DO CONSELHO SUPERIOR ACERCA DAS PROPOSTAS ORIUNDAS DO III FÓRUM UNIVERSITÁRIO, REALIZADO ENTRE 13 E 15 DE SETEMBRO DE 2011. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ATA DE REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA

Leia mais

REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO

REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO Art. 1º Este Regulamento Interno disciplina as normas relativas ao funcionamento da Comissão Própria

Leia mais

Aberta e a Distância - CEAD, da UNIFAL-MG.

Aberta e a Distância - CEAD, da UNIFAL-MG. RESOLUÇÃO Nº 023/2011, DE 28 DE ABRIL DE 2011 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL Comissão Especial para Elaboração da Minuta de Resolução sobre Distribuição da Carga Horária Docente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL Comissão Especial para Elaboração da Minuta de Resolução sobre Distribuição da Carga Horária Docente MINUTA DE RESOLUÇÃO Nº XX/2013 - CONSUNI/UFAL, de XX/XX/2013. REGULAMENTA A DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA SEMANAL DE ATIVIDADES DO CORPO DOCENTE DA UFAL. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

Sebastião Rildo Fernandes Diniz Presidente do Conselho Diretor

Sebastião Rildo Fernandes Diniz Presidente do Conselho Diretor SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 13 DO CONSELHO DIRETOR DE 05 DE OUTUBRO DE 2005. O Presidente do Conselho Diretor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Petrolina, no

Leia mais

REGIMENTO DO FÓRUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE GOIÁS (FORPROF-GO)

REGIMENTO DO FÓRUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE GOIÁS (FORPROF-GO) REGIMENTO DO FÓRUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE GOIÁS (FORPROF-GO) Goiânia-2010 REGIMENTO DO FÓRUM ESTADUAL PERMANENTE DE APOIO À FORMAÇÃO DOCENTE GOIÁS (FORPROF-GO) CAPÍTULO I DOS FUNDAMENTOS

Leia mais

ATA DA 3ª REUNIÃO DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO IF CATARINENSE DE 2013. Aos vinte e sete dias do mês de maio de dois mil e treze, às quatorze horas e

ATA DA 3ª REUNIÃO DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO IF CATARINENSE DE 2013. Aos vinte e sete dias do mês de maio de dois mil e treze, às quatorze horas e ATA DA 3ª REUNIÃO DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO IF CATARINENSE DE 2013. Aos vinte e sete dias do mês de maio de dois mil e treze, às quatorze horas e trinta minutos do primeiro dia, na Reitoria do IF Catarinense,

Leia mais

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF nº 47.508.411/0001-56

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF nº 47.508.411/0001-56 COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO CNPJ/MF nº 47.508.411/0001-56 ATA DE REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, REALIZADA EM 28 DE FEVEREIRO 2003 Aos vinte e oito dias do mês de fevereiro

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 133/2014-CEPE, DE 22 DE MAIO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 133/2014-CEPE, DE 22 DE MAIO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 133/2014-CEPE, DE 22 DE MAIO DE 2014. Aprova o Regulamento do Programa Casulo Sócio-Tecnológico de Apoio e Desenvolvimento em Gestão Social, Inovação e sustentabilidade. O CONSELHO DE ENSINO,

Leia mais

Proposta Referência do Regimento Geral

Proposta Referência do Regimento Geral INSTITUTO FEDERAL DE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO Proposta Referência do Regimento Geral OUTUBRO DE 2009 TÍTULO I DO REGIMENTO E DE SEUS OBJETIVOS Art. 1 O Regimento Geral é o conjunto de normas que disciplinam

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOINFORMÁTICA

REGIMENTO INTERNO DA PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOINFORMÁTICA REGIMENTO INTERNO DA PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOINFORMÁTICA CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO E OBJETIVOS Artigo 1º - O Programa de Pós-Graduação stricto sensu em BIOINFORMÁTICA tem como objetivos: a formação de docentes,

Leia mais

RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015

RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015 RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015 Altera o Regimento Interno da Comissão Própria de Avaliação (CPA) das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho Superior de Administração das Faculdades

Leia mais

XII Encontro dos Grupos PET da Região Sudeste Vitória, 05 a 08 de abril de 2012 Ata do XII Sudeste PET

XII Encontro dos Grupos PET da Região Sudeste Vitória, 05 a 08 de abril de 2012 Ata do XII Sudeste PET XII Encontro dos Grupos PET da Região Sudeste Vitória, 05 a 08 de abril de 2012 Ata do XII Sudeste PET Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e doze, às quatorze horas e quarenta e cinco minutos,

Leia mais

ATA Nº 011/2008 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO REGIONAL DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE BARRA DO BUGRES EM 29/08/2008.

ATA Nº 011/2008 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO REGIONAL DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE BARRA DO BUGRES EM 29/08/2008. sig Estado de Mato Grosso Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Fundação Universidade do Estado de Mato Grosso Campus Universitário Deputado Estadual Rene Barbour Colegiado Regional Barra do Bugres

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO MARAJÓ BREVES FACULDADE DE MATEMÁTICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO MARAJÓ BREVES FACULDADE DE MATEMÁTICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO MARAJÓ BREVES FACULDADE DE MATEMÁTICA REGIMENTO INTERNO DA FACULDADE DE MATEMÁTICA, CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO MARAJÓ BREVES, UFPA.

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO COLEGIADO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DA FACULDADE DE APUCARANA - FAP

REGULAMENTO INTERNO DO COLEGIADO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DA FACULDADE DE APUCARANA - FAP 205 ANEXO B Regulamento Interno do Colegiado do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação REGULAMENTO INTERNO DO COLEGIADO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DA FACULDADE DE APUCARANA - FAP 206 CAPÍTULO

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA DA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO

REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA DA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO 22 REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA DA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO CAPÍTULO I OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1º O Programa de

Leia mais

Apresentação de Resultados dos Núcleos de Inovação Tecnológica dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia - IFSUDETEMG

Apresentação de Resultados dos Núcleos de Inovação Tecnológica dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia - IFSUDETEMG Apresentação de Resultados dos Núcleos de Inovação Tecnológica dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia - IFSUDETEMG Diretoria Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia NITTEC IF

Leia mais

U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B

U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B REGULAMENTO GERAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Ata da 2ª Reunião Ordinária de Setembro de 2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Ata da 2ª Reunião Ordinária de Setembro de 2012 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 ATA DA SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA DO MÊS DE SETEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E DOZE DA CÂMARA DEPARTAMENTAL

Leia mais

IV- DA ORGANIZAÇÃO E MANDATO Artigo 4º. - O mandato dos membros será de 03 (três) anos, com possibilidade de recondução, limitada a 50% dos membros.

IV- DA ORGANIZAÇÃO E MANDATO Artigo 4º. - O mandato dos membros será de 03 (três) anos, com possibilidade de recondução, limitada a 50% dos membros. REGIMENTO DA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS (CEUA) DA UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA UNOESTE A UNOESTE, em cumprimento ao disposto na Lei Federal 11794 de 08 de outubro de 2008, na Resolução do CFMV

Leia mais

Capítulo 09 Organização Administrativa. Capítulo 09 Organização Administrativa

Capítulo 09 Organização Administrativa. Capítulo 09 Organização Administrativa Capítulo 09 Organização Administrativa 259 Capítulo 09 Organização Administrativa Plano de Desenvolvimento Institucional do IFSC 2015-2019 260 SUMÁRIO CAPÍTULO 9 9.1 Estrutura Organizacional e Instâncias

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO GESTOR DA UNICEASA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO GESTOR DA UNICEASA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO GESTOR DA UNICEASA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Sete Lagoas 2012 REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO GESTOR DA UNICEASA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL SUMÁRIO TÍTULO PÁGINA

Leia mais

PORTARIA SEMA N 10, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2012.

PORTARIA SEMA N 10, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2012. PORTARIA SEMA N 10, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2012. Aprova o Regimento Interno do Conselho Consultivo da Reserva Biológica Mata Paludosa. A SECRETÁRIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DA UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DA UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA POLÍTICA INSTITUCIONAL DE FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DA UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA Capítulo I Do Regulamento Art. 1º. O presente Regulamento define e regula a Política de Formação e Desenvolvimento

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE

MANUAL DO CANDIDATO. PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2013 Cursos Técnicos a Distância 2 SEMESTRE APRESENTAÇÃO Neste Manual, desenvolvido pela Comissão de Processo Seletivo (COPESE) do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 032 CONSUPER/2012

RESOLUÇÃO Nº 032 CONSUPER/2012 RESOLUÇÃO Nº 032 CONSUPER/2012 Dispõe sobre alterações na Regulamentação de apoio à pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense. O Presidente do do Instituto Federal de

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DA UFGD

PLANO DE AÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DA UFGD MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS GRUPO DE TRABALHO DE IMPLANTAÇÃO PLANO DE AÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DA UFGD AÇÕES EXECUTORES PERÍODO ESTRATÉGIA Resultados/Observações 1. Elaboração

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIRON - CPA

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIRON - CPA REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA UNIRON - CPA Av. Mamoré, nº 1520, Bairro Três Marias CEP: 78919-541 Tel: (69) 3733-5000 Porto Velho - RO 1 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO

INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO INSTITUTO FEDERAL BAIANO CAMPUS URUÇUCA PLANO DE TRABALHO QUADRIÊNIO 2014-2018 EURO OLIVEIRA DE ARAÚJO Euro Oliveira de Araújo, graduado em Licenciatura em Química pela Universidade Estadual da Bahia.

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO, NATUREZA, FINALIDADES E OBJETIVOS DOS CURSOS Art. 1. Os Cursos de Pós-Graduação Lato sensu do Instituto Federal de Rondônia

Leia mais

RESUMO DA 2ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 22 DE FEVREIRO DE 2013

RESUMO DA 2ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 22 DE FEVREIRO DE 2013 RESUMO DA 2ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 22 DE FEVREIRO DE 2013 Pontos de pauta discutidos: 1- Plano de Gestão 2012-2016 O Plano de Gestão 2012-2016 foi apresentado pela Reitora, profª Carla, sendo que o

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Ciências Integradas do Pontal Av. José João Dib, 2545 - Bairro Progresso Cep: 38302-000 Ituiutaba-MG

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Ciências Integradas do Pontal Av. José João Dib, 2545 - Bairro Progresso Cep: 38302-000 Ituiutaba-MG 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ATA 003/2008 REUNIÃO DO COLEGIADO DO CURSO DE QUÍMICA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL - FACIP Aos dezessete

Leia mais

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA. PROJETO DE LEI N o 3.775, DE 2008 I - RELATÓRIO

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA. PROJETO DE LEI N o 3.775, DE 2008 I - RELATÓRIO Autor: PODER EXECUTIVO : I - RELATÓRIO Pelo projeto de lei em exame, pretende o Poder Executivo instituir a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica, integrada pel e Tecnologia,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 008/2014 DE 30 DE ABRIL DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 008/2014 DE 30 DE ABRIL DE 2014 RESOLUÇÃO N 008/2014 DE 30 DE ABRIL DE 2014 Normatiza os procedimentos para concessão de afastamentos para capacitação de servidores docentes da Universidade Federal da Integração Latino-Americana - UNILA.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 18/00 - CEPE R E S O L V E:

RESOLUÇÃO Nº 18/00 - CEPE R E S O L V E: RESOLUÇÃO Nº 18/00 - CEPE Aprova as normas básicas da atividade acadêmica dos Cursos de Graduação na modalidade de Educação à Distância da Universidade Federal do Paraná. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Planejamento em IFES: Relatos de Experiências

Universidade Federal de Viçosa Planejamento em IFES: Relatos de Experiências Planejamento em IFES: Relatos de Experiências Sebastião Tavares de Rezende Pró-Reitor de Planejamento e Orçamento Experiência da UFV Década de 1970 Elaboração de Plano de Desenvolvimento Físico Reforma

Leia mais

ATA DA 3ª REUNIÃO DE 25 DE ABRIL DE 2014

ATA DA 3ª REUNIÃO DE 25 DE ABRIL DE 2014 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DO IFES ATA DA 3ª REUNIÃO DE 25 DE ABRIL DE 2014 Aos vinte e cinco dias do mês de abril de dois

Leia mais

ATO DE DECISÃO ADMINISTRATIVA nº 001/14 DE 07/01/2014

ATO DE DECISÃO ADMINISTRATIVA nº 001/14 DE 07/01/2014 ATO DE DECISÃO ADMINISTRATIVA nº 001/14 DE 07/01/2014 Regulamenta a política de concessão de Bolsas de Estudo e descontos no âmbito do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro da Universidade

Leia mais

REGIMENTO DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

REGIMENTO DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL REGIMENTO DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Sumário TÍTULO I - DA ESCOLA DE ENGENHARIA E SEUS FINS TÍTULO II - DOS ÓRGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO DA ESCOLA DE ENGENHARIA CAPÍTULO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA Ifes Campus Vitória TÍTULO I DOS OBJETIVOS E DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO INTERNO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA Ifes Campus Vitória TÍTULO I DOS OBJETIVOS E DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO INTERNO DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA Ifes Campus Vitória TÍTULO I DOS OBJETIVOS E DA ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1º - O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do

Leia mais

REGIMENTO DO PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO/UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

REGIMENTO DO PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO/UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA REGIMENTO DO PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO/UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA TÍTULO I - DOS OBJETIVOS E DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O Programa Associado

Leia mais