Apresentação Organização EMPRESA Accionistas Contas Imprensa Infra-estrutura OPERAÇÃO Controlo Tráfego Assistência Entry point

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.scutvias.pt Apresentação Organização EMPRESA Accionistas Contas Imprensa Infra-estrutura OPERAÇÃO Controlo Tráfego Assistência Entry point"

Transcrição

1 Ùltima press release EMPRESA Imprensa 0_Homepage E_Apresentacao E_Organizacao E_Organizacao_2 E_ E_ Mapa Tráfego E_Imprensa E_Imprensa_ListPR E_Imprensa_ListNOT Tempo OPERAÇÃO Infra-estrutura Controlo Tráfego Assistência Entry point The first piece of content that the user sees when he access the service Novo apoio COMUNIDADE Apoios Prevenção Instituições Eventos Homepage Menu 1

2 Layout Homepage imagem menu 1º nível Avisos de tráfego Texto de apresentação do site SCUTVIAS Lorem ipsum onsectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam, quis nostrud exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat. Avisos de condições climatéricas Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit in vulputate velit esse molestie consequat, vel illum dolore eu feugiat nulla facilisis at vero Mapa em zoom mais abrangente 2

3 Wireframe Diagram Layout Página de Conteúdo imagem menu 1º nível Menu de 1º nível sempre visível Título da página << >> menu 2º nível ns Legenda da imagem toolbox Navegação entre fichas de conteúdos ou páginas de listas Onde aparecem funcionalidades relacionadas com os conteúdos ns ns relacionadas com o tópico texto pormenor de mapa N/S m de mapa Norte/Sul Legenda da imagem Legenda relativa ao mapa pormenor de mapa S/N m de mapa Sul/Norte Legenda da imagem Área destinada ao texto << >> 3

4 História > m A Scutvias Auto-estradas da Beira Interior, S. A. tem sede em Lisboa (Praça de Alvalade, nº 6 7º Frente) com o Centro de Assistência e Manutenção Principal localizado na Lardosa, sensivelmente a meio da Concessão. Foi constituída em 28 de Julho de 1999 e tem como objecto principal a actividade desenvolvida em regime de concepção, projecto, construção ou aumento do nº de vias, financiamento, conservação e exploração em regime de portagem sem cobrança aos utilizadores (SCUT), das autoestradas e conjuntos viários associados na Beira Interior (Portugal), ( ) Conteúdo 2.1.E m Missão Além do cumprimento das suas obrigações contratuais com o Estado Português assegurando a Operação e Manutenção da A23, a Scutvias Auto-(..) m não definida, mas poderia dar lugar a uma imagem das obras de construção Conteúdo 2.2.E m não definida, mas poderia dar lugar a uma imagem elucidativa da operação 4

5 > Mesa de Assembleia Geral: Presidente: Dr. José Luciano Vaz Marcos Secretários: Dr. Bernardo Manuel Pacheco Ferreira Pinheiro Dr. António José André Martins > ver organigrama Go to E_Organizacao_2 Este passo é facultativo para o qual deve ser produzido internamente à Scutvias um Organigrama público Conteúdo 2.3.E Conselho de Administração Presidente: Dr. António Manuel Sousa Barbosa de Frada Administradores: Eng.º Paulo César de Luca Alarcon Eng.º António Manuel Pires Carreto Eng.º Victor Revuelta Garcia Eng.º Jesus Rodriguez Robles Eng.º Jorge Domingues Grade Mendes Eng.º Nuno Miguel Ribeiro Pereira de Sousa Eng.º Javier Villalobos Giménez Poderão ser posteriormente adicionadas as imagens dos responsáveis 5

6 Organigrama Scutvias >Imprimir Link que desencadeia o processo de impressão Organigrama Diagrama a produzir caso seja pretendido pelo cliente 6

7 > A Concessionária foi formada por seis Consórcios, sendo todos eles empresas construtoras de renome quer a nível nacional, quer a nível internacional: Ramalho Rosa Cobetar Conteúdo 2.4.E Poderão ser posteriormente adicionadas imagens com os logótipos dos accionistas Soares da Costa Teixeira Duarte Dragados Sopol e Alves Ribeiro 7

8 A Scutvias edita anualmente um relatório anual. Aqui pode encontrar os anuários de contas dos últimos anos. Conteúdo 2.4.E > Estes ficheiros estão em formato PDF para descarregar: Relatório e contas 2006 :. download (pdf 532 Kb) Download PDF Relatório e contas 2005 :. download (pdf 510 Kb) Relatório e contas 2004 :. download (pdf 480 Kb) Relatório e contas 2003 :. download (pdf 351 Kb) Relatório e contas 2002 :. download (pdf 540 Kb) m da capa do relatório de contas mais recente 8

9 Nesta coluna são transcritos os títulos e resumo das últimas 5 press releases. A última introduzida entra para primeira da lista e é publicada na Homepage no campo próprio Inauguração do último troço da A23 Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam, quis nostrud exerci tation ullamco. > Lista de > Descarregar Press kit Link para download de conjunto de documentos Zip que compõem o Press kit Link para a página da lista de mais notícias (passado) > h:30m :. download (pdf 350Kb) Título e resumo da Press release publicados na íntegra Data e hora de entrada da press release no sistema Acidente na A23 Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam, quis nostrud exerci tation ullamco. Link para download do ficheiro de suporte da press release em pdf m produzida para Press Release h:30m :. download (pdf 350Kb) 9

10 > Inauguração do último troço da A h:30m :. download (pdf 12Kb) Acidente na A h:30m :. download (pdf 67Kb) Transportes de crianças das escolas ( ) h:10m :. download (pdf 45Kb) << >> < Voltar a Navegação entre páginas da lista. Cada página da lista terá no máximo 10 entradas. Link para download do ficheiro de suporte da press release em pdf Data e hora de entrada da press release no sistema Tempos livres a idosos podem melhorados h:10m :. download (pdf 45Kb) Consectetuer adipiscing elit, sed dia h:10m :. download (pdf 45Kb) << >> 10

11 > A Regionalização pode voltar à ordem do dia Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliqua nulla facilisis at vero eros et accumsan et iusto odio dignissim qui blandit nt luptatumiusto odio dignissim qui blandit nt luptatum ( ) Diário de :. download (pdf 120Kb) > Lista de Nesta coluna são transcritas por clipping as últimas 5 notícias, sendo a primeira da lista a mais recente Link para a página da lista de mais notícias (passado) Título da última notícia detectada na comunicação social (clipping) e que foi introduzida no sistema. Os primeiros 170 caracteres do corpo da notícia que são truncados com um sinal de ( ) A Scutvias anunciou que vai dar início às obras Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam ertion ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis autem vel eum iriure dolor in hendrerit (...) TVI :. download (avi 1.2MB) Data da publicação da notícia e fonte Link para download do ficheiro de suporte da notícia em pdf, som ou vídeo m referente à notícia 11

12 > Inauguração do último troço da A h:30m :. download (pdf 12Kb) Acidente na A h:30m :. download (pdf 67Kb) << >> < Voltar a Navegação entre páginas da lista. Cada página da lista terá no máximo 10 entradas. Link para download do ficheiro de suporte da press release em pdf Data e hora de entrada da press release no sistema Transportes de crianças das escolas ( ) h:10m :. download (pdf 45Kb) Tempos livres a idosos podem melhorados h:10m :. download (pdf 45Kb) Consectetuer adipiscing elit, sed dia h:10m :. download (pdf 45Kb) << >> 12

NORMAS GRÀFICAS - INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA

NORMAS GRÀFICAS - INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA NORMAS GRÀFICAS - INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA CONSTRUÇÃO HORIZONTAL CONSTRUÇÃO VERTICAL LOGÓTIPO de artes e design de artes e design de tecnologia do mar de tecnologia do mar de saúde de tecnologia

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual 1.0 Marca / Significados 1 A opção pelo monograma (conjunto de letras do nome) reflete a preocupação em se vincular e respeitar a tradição das Estradas de Ferro brasileiras

Leia mais

GUIA_. Guia CRIATIVO de uso da Marca País BRASIL BEYOND.

GUIA_. Guia CRIATIVO de uso da Marca País BRASIL BEYOND. GUIA_ Guia CRIATIVO de uso da Marca País BRASIL BEYOND. ÍNDICE_ 1. OBJETIVO 2. LOGOMARCA 3. CORES 4. TIPOGRAFIAS 5. LINHA 01 - LETTERING CRIATIVO 6. LINHA 02 - GRAFISMOS SIMPLIFICADOS 7. DETALHE FINAL

Leia mais

Guia da marca. 23 de junho de 2009

Guia da marca. 23 de junho de 2009 Guia da marca 23 de junho de 2009 Apresentação da Presidência A Marca BNDES é um de nossos principais ativos intangíveis. Maximizar sua eficácia e zelar por este ativo é uma tarefa de todos os participantes

Leia mais

Identidade Visual Serasa Experian. Distribuidor Autorizado Normas de Uso Materiais de Apoio

Identidade Visual Serasa Experian. Distribuidor Autorizado Normas de Uso Materiais de Apoio Identidade Visual Serasa Experian Normas de Uso Materiais de Apoio Índice Aplicações da assinatura Materiais de apoio 03 Apresentação 15 Nota sobre os materiais de apoio 04 Assinatura 16 Cartão de visita

Leia mais

Colégio Notarial do Brasil Seção São Paulo Colégio Notarial do Brasil Conselho Federal. Carlos Fernando Brasil Chaves Presidente CNB/SP

Colégio Notarial do Brasil Seção São Paulo Colégio Notarial do Brasil Conselho Federal. Carlos Fernando Brasil Chaves Presidente CNB/SP Colégio Notarial do Brasil Seção São Paulo Colégio Notarial do Brasil Conselho Federal Carlos Fernando Brasil Chaves Presidente CNB/SP O CNB/SP - Mais antiga entidade representativa do Notariado. - Visa

Leia mais

manual da marca rede telemar

manual da marca rede telemar manual da marca rede telemar manual para quê? Este manual explica como usar a marca da Oi. Por marca não entendemos apenas a logomarca, mas todo o material e as idéias que se relacionam com ela. Expressando-se

Leia mais

atividade florestal não-madeireira título da categoria com opção de uso de icone

atividade florestal não-madeireira título da categoria com opção de uso de icone buscar no site OK Página inicial links rápidos a fazenda santa maria nononononono não- título em destaque texto complementar Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Praesent vestibulum

Leia mais

Manual de Normas Gráficas

Manual de Normas Gráficas Manual de Normas Gráficas índice. 01 Este documento pretende ser uma orientação prática que estabelece algumas regras gráficas para que a utilização da marca seja coerente e uniforme, de forma a que seja

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2003

Microsoft Office PowerPoint 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Microsoft Superior de Gestão Office PowerPoint 00 Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office PowerPoint 00 Introdução ao PowerPoint

Leia mais

wireframe do novo site

wireframe do novo site wireframe do novo site home METRÔ PAINÉIS S ANUNCIE QUEM SOMOS Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nam imperdiet sed eros ut luctus. Suspendisse eu vulputate massa. Nullam dignissim,

Leia mais

d ce R E V I S T A D I G I TA L

d ce R E V I S T A D I G I TA L d ce R E V I S T A D I G I TA L Doce Revista Digital Há 25 anos no mercado, a imagem da Doce Revista é marcada pelo jornalismo ágil e independente. É a única publicação nacional voltada exclusivamente

Leia mais

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO INTERNET PARA CARTÃO SUL

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO INTERNET PARA CARTÃO SUL PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO INTERNET PARA CARTÃO SUL I. Objetivos e Descrição Redesign do website que a empresa possui, acrescentando novos recursos, informações mais detalhadas dos produtos e serviços,

Leia mais

Manual de Identidade Corporativa

Manual de Identidade Corporativa Manual de Identidade Corporativa LOGOMARCA VERSÕES 03 COMPOSIÇÃO 04 CONSTRUÇÃO BÁSICA 05 TIPOS DE LETRA 08 CORES INSTITUCIONAIS 09 COR PB FUNDOS 10 DIMENSÕES MÍNIMAS 13 ÁREA DE SEGURANÇA 14 VERSÕES INTERDITAS

Leia mais

Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2

Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Brasil 2013, v-1.7.1 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Modelo canônico de

Leia mais

GSMA Summit. The Safety Connected Car Ricardo Takahira Magneti Marelli

GSMA Summit. The Safety Connected Car Ricardo Takahira Magneti Marelli GSMA Summit The Safety Connected Car Ricardo Takahira Magneti Marelli Challenges and Opportunities on Automotive Industry. The Safety Connected Car GSM SUMMIT June 27 2012 Desafios e Oportunidades na Indústria

Leia mais

MANUAL DE MERCHANDISING

MANUAL DE MERCHANDISING 11/05/2015 MANUAL DE MERCHANDISING Título principal Este espaço é dedicado para inserir o conteúdo do subtítulo Através da utilização de mobiliários publicitários em área externa, empresas podem evidenciar

Leia mais

EMBRACE THE FUTURE SERVIÇO PÓS-VENDA ONDE ESTAMOS NEGÓCIO ÁREAS DE EDIFÍCIO PLATINUM MOÇAMBIQUE

EMBRACE THE FUTURE SERVIÇO PÓS-VENDA ONDE ESTAMOS NEGÓCIO ÁREAS DE EDIFÍCIO PLATINUM MOÇAMBIQUE MENU EMBRACE THE FUTURE ÁREAS DE NEGÓCIO SERVIÇO PÓS-VENDA ONDE ESTAMOS EM DESTAQUE PORTUGAL MARROCOS ARGÉLIA EDIFÍCIO PLATINUM GANA ANGOLA ARGENTINA O Grupo Ramos Ferreira vai ser responsável, em parceria

Leia mais

Arquitetura de Informação - 7

Arquitetura de Informação - 7 Arquitetura de Informação - 7 Ferramentas para Web Design Prof. Ricardo Ferramentas para Web Design 1 Ícone Imagem Banner Logotipo Título 1 Título 2 Tabela Disclaimer Título 1 Título 2 Ícone Ícone Imagem

Leia mais

T12design MÓVEIS DE ALTO PADRÃO. Manual de Identidade Visual T12 Design

T12design MÓVEIS DE ALTO PADRÃO. Manual de Identidade Visual T12 Design Índice Capítulo Apresentação... O logo e seus elementos... Variações cromáticas... Reduções e reservas... Aplicação em fundos de cor... Tipografias de apoio... Usos indevidos... Cartão de Visita... Pág.

Leia mais

Wireframes. Definição. Wireframes

Wireframes. Definição. Wireframes Wireframes Guilhermo Reis www.guilhermo.com 2 Definição Wireframes Diagrama que representa todos os elementos de uma página, definindo esses elementos, a hierarquia entre eles, agrupamentos e suas importâncias

Leia mais

Wireframes. 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com

Wireframes. 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com Wireframes 2006 Guilhermo Reis www.guilhermo.com 2 Definição Wireframes Diagrama que representa todos os elementos de uma página, definindo esses elementos, a hierarquia entre eles, agrupamentos e suas

Leia mais

MANUAL DE REGRAS BÁSICAS. CAPAS MESTRADO Instituto Politécnico de Viana do Castelo

MANUAL DE REGRAS BÁSICAS. CAPAS MESTRADO Instituto Politécnico de Viana do Castelo INSTITUTO POLITÉCNICO MANUAL DE REGRAS BÁSICAS CAPAS MESTRADO Instituto Politécnico de Viana do Castelo Capa Tese de Mestrado INSTITUTO POLITÉCNICO Dimensões da capa: A4+lombada variável+a4 Papel: Coché

Leia mais

Sorriso. Metálico. Ponto de Vista. A Saúde bucal infantil. Entrevista. Comportamento

Sorriso. Metálico. Ponto de Vista. A Saúde bucal infantil. Entrevista. Comportamento Sorriso Entrevista Dr Alisson explica as vantagens dos aparelhos Autoligados Comportamento O que te faz feliz? Fique Ligado Participe, curta, compartilhe e ganhe brindes especiais Escova de dentes: A maior

Leia mais

Normas para envio de artigos:

Normas para envio de artigos: NORMAS PARA ENVIO DE ARTIGOS Formatação da página: recuo superior e da lateral esquerda de 3 cm. Recuo inferior e da lateral direita de 2,5 cm, conforme a formatação deste documento. Título: fonte Arial,

Leia mais

Logo. O que procura? Onde? Para? Mais opções. Pesquisar

Logo. O que procura? Onde? Para? Mais opções. Pesquisar Ecrã inicial Logo O que procura? Onde? Para? Mais opções Pesquisar Clicar nas setas puxa os empreendimentos Pesquisa Publicar Banca Área Pessoal 1 Iniciar sessão Iniciar sessão: Email Password Iniciar

Leia mais

Manual de Marcas do Sistema Fiep. Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná

Manual de Marcas do Sistema Fiep. Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná Manual de Marcas do Sistema Fiep. Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná 01 Tìtulo Capítulo SubTítulo Capítulo SubTítulo Capítulo SubTítulo Capítulo 05 12 16 02 Tìtulo Capítulo SubTítulo

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ AMANDA PRAMPERO PAES MENDES ENSINO FUNDAMENTAL III -- 6º ANO D- Nº01 HIGIENE PESSOAL SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ AMANDA PRAMPERO PAES MENDES ENSINO FUNDAMENTAL III -- 6º ANO D- Nº01 HIGIENE PESSOAL SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP Curiosidades Uma alimentação balanceada dá aos tecidos da gengiva e dos dentes os nutrientes e minerais de que necessitam para permanecerem fortes e resistirem a infecções que podem levar à gengivite.

Leia mais

MANUAL DE OUTORGA E RENOVAÇÃO DO SELO DE EXCELÊNCIA EM FRANCHISING. Carta de Apresentação 2 Cronograma 4 Regulamento para Participação 6

MANUAL DE OUTORGA E RENOVAÇÃO DO SELO DE EXCELÊNCIA EM FRANCHISING. Carta de Apresentação 2 Cronograma 4 Regulamento para Participação 6 MANUAL DE OUTORGA E RENOVAÇÃO DO SELO DE EXCELÊNCIA EM FRANCHISING 2013 Carta de Apresentação 2 Cronograma 4 Regulamento para Participação 6 1 Selo de Excelência em Franchising 2013 I - CARTA DE APRESENTAÇÃO

Leia mais

Recursos Naturais. Cores quentes, energia, países de clima tropical, desigualdade social. Conceito: mover para somar. Projeção de cinema

Recursos Naturais. Cores quentes, energia, países de clima tropical, desigualdade social. Conceito: mover para somar. Projeção de cinema Ven.ti.la.dor adj (ventilar+dor2) Que ventila; ventilante. sm 1 Aparelho que renova o ar de ambientes fechados ou que o põe em circulação; aparelho que produz corrente de ar. Recursos Naturais { Cores

Leia mais

Arte Sacra é destaque no Salão de Negócios do Minas Trend 2013. Frutacor lança coleção Inverno 2014. Confira o festival de Jazz no CCCP

Arte Sacra é destaque no Salão de Negócios do Minas Trend 2013. Frutacor lança coleção Inverno 2014. Confira o festival de Jazz no CCCP Arte Sacra é destaque no Salão de Negócios do Minas Trend 2013 Frutacor lança coleção Inverno 2014 Fashion City Brasil participará da Fenim Confira o festival de Jazz no CCCP Bodytech loren ipsum ad vitor

Leia mais

Equipe abntex2. Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2

Equipe abntex2. Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Brasil 2013 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Modelo canônico de Relatório

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Assinatura Visual Aplicação com outras marcas Em locais onde a marca da será centro vertical, respeitando uma mesma distância da assinatura colocada junto a outras marcas, distância equivalente a 2 vezes

Leia mais

Sistemas de Informação: XML- CSS

Sistemas de Informação: XML- CSS XML 1 : XML- CSS Todos os exemplos bem como o conteúdo teórico tem por base o livro: Sas Jacobs, Begining XML with DOM and Ajax From Novice to Professional, Apress, 2006 XML Por que CSS 2 Uma folha de

Leia mais

Index. RGB: 44-72-114 Hex: #2C4872. RGB: 0-168-89 Hex: #00A859. RGB: 96-96-98 Hex: #606062

Index. RGB: 44-72-114 Hex: #2C4872. RGB: 0-168-89 Hex: #00A859. RGB: 96-96-98 Hex: #606062 Index RGB: 174-51-54 Hex: #Ae3336 RGB: 44-72-114 Hex: #2C4872 RGB: 0-168-89 Hex: #00A859 RGB: 168-207-69 RGB: 210-226-139 RGB: 75-75-77 Hex: #A8CF45 Hex: #D2E28B Hex: #4B4B4D RGB: 96-96-98 Hex: #606062

Leia mais

MANUAL DE USO DE MARCA

MANUAL DE USO DE MARCA MANUAL DE USO DE MARCA INTRODUÇÃO A MARCA FAPEU A marca é um dos bens mais preciosos de uma empresa. Ela existe para ser vista e lembrada pelos consumidores, identificando-se com os produtos, serviços

Leia mais

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul. Manual de Marca NORMAS GRÁFICAS E APLICAÇÕES

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul. Manual de Marca NORMAS GRÁFICAS E APLICAÇÕES Manual de Marca NORMAS GRÁFICAS E APLICAÇÕES Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Mato Grosso do Sul aguardamos envio de uma imagem de mato grosso do sul Manual de Marca NORMAS GRÁFICAS

Leia mais

wireframe homepage Onde buscar ajuda para animais carentes onde denunciar maus tratos Feiras de doação por todo o Brasil Apadrinhe um cão

wireframe homepage Onde buscar ajuda para animais carentes onde denunciar maus tratos Feiras de doação por todo o Brasil Apadrinhe um cão wireframe homepage tipo Quem somos Doações em dinheiro Onde r ajuda para animais carentes equipe Doações em mantimentos onde denunciar maus tratos banner 720 álbum x 160 de fotos Doaçòes medicinais Feiras

Leia mais

Lorem ipsum dolor sit amet

Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam.

Leia mais

FONE: 41 33352284 41 88630864 SKYPE BRAZIL BIOMASS BRASIL BIOMASSA E GERMAN PELLETS VIABILIDADE PROJETO INDUSTRIAL BRASIL

FONE: 41 33352284 41 88630864 SKYPE BRAZIL BIOMASS BRASIL BIOMASSA E GERMAN PELLETS VIABILIDADE PROJETO INDUSTRIAL BRASIL FONE: 41 33352284 41 88630864 SKYPE BRAZIL BIOMASS BRASIL BIOMASSA E ENERGIA RENOVÁVEL CONSULTORIA, PROJETOS INDUSTRIAIS E MARKETING INTERNACIONAL BRASIL BIOMASSA E GERMAN PELLETS VIABILIDADE PROJETO INDUSTRIAL

Leia mais

A Database State Machine Approach. Luís Silva m2086 Fábio Beirão m2199

A Database State Machine Approach. Luís Silva m2086 Fábio Beirão m2199 A Database State Machine Approach Luís Silva m2086 Fábio Beirão m2199 Introdução Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Integer eget lacus vitae lorem varius pretium quis nec diam. Nulla

Leia mais

Fulano de Tal. Exemplo de livro produzido com. Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.5

Fulano de Tal. Exemplo de livro produzido com. Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.5 Fulano de Tal Exemplo de livro produzido com abntex2 Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.5 Fulano de Tal Exemplo de livro produzido com abntex2 Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.5 2015

Leia mais

OS CAMINHOS PARA UMA APOSENTADORIA PLANEJADA

OS CAMINHOS PARA UMA APOSENTADORIA PLANEJADA CAPITANIA MULTI CRÉDITO PRIVADO OS CAMINHOS PARA UMA Apresentação de Produto 2º Tri 2009 APOSENTADORIA PLANEJADA Capitânia Asset & Risk Management www.capitania.net Rua Dona Leopoldina, 48 São João -Porto

Leia mais

MANUAL DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL VERSÃO 1.0 SETEMBRO DE 2015

MANUAL DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL VERSÃO 1.0 SETEMBRO DE 2015 MANUAL DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL VERSÃO 1.0 SETEMBRO DE 2015 Gran Viver Urbanismo, maior Loteadora de Minas. A Gran Viver Urbanismo, maior loteadora de Minas é uma empresa do Grupo Seculus. Os principais

Leia mais

CONTE A HISTÓRIA DO ROTARY GUIA DE IDENTIDADE VISUAL 547A-PT (715)

CONTE A HISTÓRIA DO ROTARY GUIA DE IDENTIDADE VISUAL 547A-PT (715) CONTE A HISTÓRIA DO ROTARY GUIA DE IDENTIDADE VISUAL 547A-PT (715) A MAIOR DAS CONQUISTAS É O RESULTADO DO ESFORÇO MÚTUO DO CORAÇÃO, DA MENTE E DAS MÃOS TRABALHANDO EM PERFEITA HARMONIA. PAUL P. HARRIS,

Leia mais

MANUAL DE USO DA MARCA

MANUAL DE USO DA MARCA MANUAL DE USO DA MARCA SUMÁRIO 3 6 13 16 19 apresentação elementos da marca tipografia institucional imagens contato 4 para que manual? 7 grid de construção 21 imagens 5 a empresa 8 área de proteção 23

Leia mais

Relatório do teste. Cartuchos de toner HP LaserJet x Marcas de cartuchos de outros fabricantes vendidos na América Latina

Relatório do teste. Cartuchos de toner HP LaserJet x Marcas de cartuchos de outros fabricantes vendidos na América Latina Relatório do teste Este documento é a tradução de terminologia e estilo de relatórios da versão original em inglês do relatório preparado pelo SpencerLAB. Em caso de conflito entre as duas versões, a versão

Leia mais

O ALUNO SURDO E OS PROCESSOS DE INTERAÇÃO NA COMPREENSÃO DO ENUNCIADO MATEMÁTICO

O ALUNO SURDO E OS PROCESSOS DE INTERAÇÃO NA COMPREENSÃO DO ENUNCIADO MATEMÁTICO O ALUNO SURDO E OS PROCESSOS DE INTERAÇÃO NA COMPREENSÃO DO ENUNCIADO MATEMÁTICO Ludmyla Sathler Aguiar do Nascimento 1 GD12 Educação Matemática e Inclusão A leitura e compreensão textual expõem o quanto

Leia mais

OFICINA I UNISINOS 2013/1 PROF. PAULO H. CAZAROTTO

OFICINA I UNISINOS 2013/1 PROF. PAULO H. CAZAROTTO OFICINA I UNISINOS 2013/1 PROF. PAULO H. CAZAROTTO Aula 1 - Apresentação da disciplina - Apresentação da tecnologia - Ferramentas sugeridas - Trabalho final - Trabalho da semana Oficina I? Oficina para

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ECOBRAZ

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ECOBRAZ Sumário Sumário 1. Apresentação 2. O logo e seus elementos...... 3. Variações Cromáticas 4. Reduções e Reservas 5. Aplicação em fundo de cor 6. Tipografias de apoio 7. Usos indevidos..................

Leia mais

MÍDIAKIT Publicidade: Formatos / Ubicações / Tarifário

MÍDIAKIT Publicidade: Formatos / Ubicações / Tarifário Publicidade: Formatos / Ubicações / Tarifário CONTATO Roberto Ribas roberto@proautores.com Formatos de Banners GS: Todas as páginas do site 480x120 pix 920x100 pix Mini Banner 455x100 pix 320x100 pix 220x240

Leia mais

Olá! Vamos conhecer todas as aplicações e usos da sua Marca e de todos os elementos que formam sua identidade?

Olá! Vamos conhecer todas as aplicações e usos da sua Marca e de todos os elementos que formam sua identidade? Olá! Vamos conhecer todas as aplicações e usos da sua Marca e de todos os elementos que formam sua identidade? Índice O que é a Marca? Conceito 4 Personalidade da Marca 5 Como ela é? Marca Principal Versão

Leia mais

Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Manual de Identidade Corporativa

Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Manual de Identidade Corporativa Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio Manual de Identidade Corporativa 1 Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio A Identidade Visual da Afeal é um de seus principais

Leia mais

Selos de Certificação. Guia de Uso - Anexo 2 Elaborado em 28.07.2010

Selos de Certificação. Guia de Uso - Anexo 2 Elaborado em 28.07.2010 Selos de Certificação Guia de Uso - Anexo 2 Elaborado em 28.07.2010 Sumário 01. Abertura 02. Versões Cromáticas 03. Regras de Uso 04. Exemplos de Aplicações 05. Arquivos 2 01. Abertura Os Selos de Certifi

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS 01 03 APRESENTAÇÃO Este guia de identidade uniformiza a utilização da marca Fundação Bienal de Cerveira. Estas normas devem ser cumpridas de modo rigoroso para que a imagem da

Leia mais

HUGO QUEIROZ ABONIZIO A IMPORTÂNCIA DO PDTI NA IMPLANTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE TI NAS PREFEITURAS BRASILEIRAS

HUGO QUEIROZ ABONIZIO A IMPORTÂNCIA DO PDTI NA IMPLANTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE TI NAS PREFEITURAS BRASILEIRAS HUGO QUEIROZ ABONIZIO A IMPORTÂNCIA DO PDTI NA IMPLANTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE TI NAS PREFEITURAS BRASILEIRAS LONDRINA PR 2015 HUGO QUEIROZ ABONIZIO A IMPORTÂNCIA DO PDTI NA IMPLANTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE

Leia mais

R.Boquino Manual de Identidade Visual

R.Boquino Manual de Identidade Visual R.Boquino Manual de Identidade Visual Normas padrão para construção e uso correto da marca. Comunicação institucional padrão Apresentação 3 Envelope 36 18 Conceito da marca 4 Envelope 34 19 Marca 5 Envelope

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Capítulo 1 Normatização Geral 1. Conceito de Marca 1.1. Identidade de Foz do Iguaçu 1.2. Pôster Conceitual 2. Assinaturas Padrão 2.1. Assinaturas em Português 2.2. Assinaturas

Leia mais

MANUAL DE USO DA MARCA INSTITUTO NACIONAL DO SEMIÁRIDO

MANUAL DE USO DA MARCA INSTITUTO NACIONAL DO SEMIÁRIDO MANUAL DE USO DA MARCA INSTITUTO NACIONAL DO SEMIÁRIDO SUMÁRIO 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 1.7 1.8 1.9 1.10 1.11 1.12 1.13 1.14 1.15 1.16 Introdução Assinatura institucional Malha de construção Assinatura

Leia mais

A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS. POR ISSO, ESCOLHA SER FELIZ. ESCOLHA QUALIDADE EM CADA DETALHE. ESCOLHA HIGHSTIL EM CADA MOMENTO DA SUA VIDA.

A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS. POR ISSO, ESCOLHA SER FELIZ. ESCOLHA QUALIDADE EM CADA DETALHE. ESCOLHA HIGHSTIL EM CADA MOMENTO DA SUA VIDA. Polo lisa Piquet Ref.: 35134 R$ 89,90 A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS. POR ISSO, ESCOLHA SER FELIZ. ESCOLHA QUALIDADE EM CADA DETALHE. ESCOLHA HIGHSTIL EM CADA MOMENTO DA SUA VIDA. Ref.: 35216 Ref.: 1306 Ref.:

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS, JORNALISMO E SERVIÇO SOCIAL COLEGIADO DE JORNALISMO PROJETOS EXPERIMENTAIS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA

Leia mais

Arquitetura de Informação para Web

Arquitetura de Informação para Web Arquitetura de Informação para Web Aula introdutória sobre Arquitetura de Informação para Web na ECA - USP Guilhermo Almeida dos Reis reis@guilhermo.com www.guilhermo.com Novembro / 2004 Agenda Definições

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL

PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL Dir. Nac. de Marketing 19/Nov/13 MUITOS MISTÉRIOS DURANTE UM JANTAR DE COMEMORAÇÃO. SERÁ UMA ARMADILHA? NÃO, APENAS MOTIVOS PARA MUITAS GARGALHADAS.

Leia mais

Após a finalização deste Guia, a Raízen deve obter os direitos das imagens indicadas neste layout junto aos respectivos proprietários.

Após a finalização deste Guia, a Raízen deve obter os direitos das imagens indicadas neste layout junto aos respectivos proprietários. Após a finalização deste Guia, a Raízen deve obter os direitos das imagens indicadas neste layout junto aos respectivos proprietários. guia da marca nossa marca tem valor Somos uma empresa que nasce com

Leia mais

GUIA SIMPLIFICADO DA LOGOMARCA

GUIA SIMPLIFICADO DA LOGOMARCA GUIA SIMPLIFICADO DA LOGOMARCA 1 2 Introdução 04 A logomarca 05 Variantes de cor 06 Dimensões mínimas 07 Área de não-interferência 08 Usos incorretos 09 Cores institucionais 10 Tipografia Grafismo 11 12

Leia mais

Responsabilidade social e comunicação institucional: Estudo de caso da campanha SOS Minas, da Igreja do Evangelho Quadrangular

Responsabilidade social e comunicação institucional: Estudo de caso da campanha SOS Minas, da Igreja do Evangelho Quadrangular Responsabilidade social e comunicação institucional: Estudo de caso da campanha SOS Minas, da Igreja do Evangelho Quadrangular Jessica Caroline Silva de Freitas Kelly Isaura Graciano da Silva Bento Sabrina

Leia mais

SOCALOR saunas Manual de Identidade Visual

SOCALOR saunas Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Normas padrão para construção e uso correto da marca. Comunicação institucional padrão Apresentação 3 Envelope 36 18 Conceito da marca 4 Envelope 34 19 Marca 5 Envelope 32 20

Leia mais

Trabalho 2. Jorge Barreto Faculdade de Ciências e Tecnologias. 10 de Fevereiro de 2013

Trabalho 2. Jorge Barreto Faculdade de Ciências e Tecnologias. 10 de Fevereiro de 2013 Trabalho 2 Jorge Barreto Faculdade de Ciências e Tecnologias 10 de Fevereiro de 2013 Resumo Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam lobortis facilisis sem. Nullam nec mi et neque

Leia mais

Curso de Html. Lição 1: Vamos começar Nesta primeira lição apresentaremos as ferramentas necessárias à construção de um website.

Curso de Html. Lição 1: Vamos começar Nesta primeira lição apresentaremos as ferramentas necessárias à construção de um website. Curso de Html Lição 1: Vamos começar Nesta primeira lição apresentaremos as ferramentas necessárias à construção de um website. O que é necessário? É muito provável que você já tenha as ferramentas que

Leia mais

Manual da Marca Grupo Educacional Unis. Grupo Educacional

Manual da Marca Grupo Educacional Unis. Grupo Educacional Manual da Marca Grupo Educacional Unis Grupo Educacional Enquanto os meios de comunicação se tornam mais complexos, o comportamento das empresas, o nome social, os sinais visuais e produtos seguem o caminho

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Guia de aplicação da marca GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Guia de aplicação da marca GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Guia de aplicação da marca GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS Índice Apresentação...03 1. Marca / Versão positiva policromia...04 1.1. Marca / Versão positiva cores sólidas...05

Leia mais

índice introdução histórico valores perfil do consumidor vbb manifesto da marca vbi big connection idea connection map entrando em contato créditos

índice introdução histórico valores perfil do consumidor vbb manifesto da marca vbi big connection idea connection map entrando em contato créditos índice introdução página 02 histórico página 04 valores página 06 perfil do consumidor página 08 vbb página 10 manifesto da marca página 12 vbi página 14 big connection idea página 82 connection map página

Leia mais

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Brasil 2013, v Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Modelo canônico de trabalho monográfico acadêmico

Leia mais

espaço publicitário SEJA FELIZ o poder da alegria dentário? pág.9 tratá-la? pág.9 saúde? pág.9 TEM IDADE CERTA para uso do aparelho

espaço publicitário SEJA FELIZ o poder da alegria dentário? pág.9 tratá-la? pág.9 saúde? pág.9 TEM IDADE CERTA para uso do aparelho edição 01 ano 01 Fevereiro de 2015 Publicação bimestral com distribuição gratuita no Circuito das Águas Paulista www.circuitosaude.com.br SEJA FELIZ o poder da alegria pág.7 TEM IDADE CERTA para uso do

Leia mais

Panorama Rio Artes visuais. Formas & Riscados. Curadoria: Marly Faro

Panorama Rio Artes visuais. Formas & Riscados. Curadoria: Marly Faro Panorama Rio Artes visuais Formas & Riscados Curadoria: Marly Faro Panorama Rio Artes visuais Formas & Curadoria: Marly Faro Riscados Panorama Rio Artes visuais Formas & Riscados Copyright 2014 - Insight

Leia mais

ECA-USP. Manual Simplificado de Identidade Visual. Estudio K Arquitetura e Comunicação Visual Dorinho Bastos Juliana Baracat

ECA-USP. Manual Simplificado de Identidade Visual. Estudio K Arquitetura e Comunicação Visual Dorinho Bastos Juliana Baracat ECA-USP Manual Simplificado de Identidade Visual Estudio K Arquitetura e Comunicação Visual Dorinho Bastos Juliana Baracat Logotipo Grade de Construção Identidade Visual/Cor Grade de Construção Identidade

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Abril de 2014

Manual de Identidade Visual. Abril de 2014 Manual de Identidade Visual Abril de 2014 ÍNDICE 03 Para que serve este manual? 04 O logotipo 06 Variações do logotipo 07 Escala cromática 08 Fundos preferenciais 09 Malha construtiva 10 Área de não-interferência

Leia mais

Índice. Introdução Glossário. Atributos da Marca Atributos da Marca

Índice. Introdução Glossário. Atributos da Marca Atributos da Marca Manual da Marca 1 Índice Introdução Glossário 05 06 Atributos da Marca Atributos da Marca 09 10 Sistema de Identidade Visual Assinatura Visual Fundos Possíveis Positivo & Negativo Redução Mínima Área de

Leia mais

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Brasil 2015, v-1.9.3 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Modelo canônico de trabalho monográfico acadêmico

Leia mais

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Brasil 2014, v-1.9.2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Modelo canônico de trabalho monográfico acadêmico

Leia mais

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Brasil 2015, v-1.9.5 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Modelo canônico de trabalho monográfico acadêmico

Leia mais

ALEIXO. Companhia Teatro de Grupo TEATRODAUNIVERCIDADE. Sistema de Identidade Visual da

ALEIXO. Companhia Teatro de Grupo TEATRODAUNIVERCIDADE. Sistema de Identidade Visual da TEATRODAUNIVERCIDADE APRESENTAÇÃO ALEIXO 12 / 12 PROJETOFINAL Sistema de Identidade Visual da Companhia Teatro de Grupo Projeto Final de Graduação Raphael Aleixo Avellar Dezembro 2005 Univercidade Introdução

Leia mais

www.in-lex.pt ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2015 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO EDIÇÕES E DIVULGAÇÃO CONTACTOS IN-LEX

www.in-lex.pt ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2015 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO EDIÇÕES E DIVULGAÇÃO CONTACTOS IN-LEX www.in-lex.pt Para mais informação consulte o nosso site ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2015 Data da Publicação Dimensões Papel Capa Papel Miolo Hardcover Início de 2015 230 (largura) x 297 (altura)

Leia mais

Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2

Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Brasil 2015, v-1.9.5 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Relatório Técnico e/ou Científico com abntex2 Modelo canônico de

Leia mais

Olá. Milton Bueno Gerência da Central de Relações com Sindicatos e Coordenadorias. Ike Weber Comunicação Institucional

Olá. Milton Bueno Gerência da Central de Relações com Sindicatos e Coordenadorias. Ike Weber Comunicação Institucional 1 2 Olá Este material foi desenvolvido especialmente para tornar nossa parceria cada vez mais forte e próxima. O Sistema Fiep está passando por um grande alinhamento da sua comunicação institucional em

Leia mais

Linha de Produtos MAN Linha de Produtos Caminhões e Ônibus Volkswagen

Linha de Produtos MAN Linha de Produtos Caminhões e Ônibus Volkswagen Manual de Identidade Visual Linha de Produtos MAN Linha de Produtos Caminhões e Ônibus Volkswagen Página 1 Mais consistência para nossas marcas Introdução Página 2 O Manual de Identidade Visual explica

Leia mais

A C R A M A L D A U N A

A C R A M A L D A U N A MANUAL DA MARCA BRIEFING & PROCESSO CRIATIVO 01 CONCEITO E CONSTRUÇÃO DA MARCA 02 GRADE 04 PALETA DE CORES 05 APLICAÇÕES MONOCROMÁTICAS 05 APLICAÇÕES 06 CRÉDITOS 07 01 BRIEFING & PROCESSO CRIATIVO BRIEFING...

Leia mais

NATALI SILVA HONDA GAIA INVENTÁRIO: UM MODELO PARA GESTÃO DA CONFIGURAÇÃO, INVENTÁRIO E ATIVOS DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

NATALI SILVA HONDA GAIA INVENTÁRIO: UM MODELO PARA GESTÃO DA CONFIGURAÇÃO, INVENTÁRIO E ATIVOS DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NATALI SILVA HONDA GAIA INVENTÁRIO: UM MODELO PARA GESTÃO DA CONFIGURAÇÃO, INVENTÁRIO E ATIVOS DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LONDRINA PR 2015 NATALI SILVA HONDA GAIA INVENTÁRIO: UM MODELO PARA

Leia mais

Tutorial (Básico) de Utilização do Iramuteq 1

Tutorial (Básico) de Utilização do Iramuteq 1 Tutorial (Básico) de Utilização do Iramuteq 1 INTRODUÇÃO O Iramuteq é um software de analise textual baseado em estatísticas (Utilizando o software estatístico R) que revelem ligações e outras características

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 A MARCA... 04 APLICAÇÃO... 23

SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 A MARCA... 04 APLICAÇÃO... 23 GECOM - 2014 / 2015 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 A MARCA... 04 OUTRAS VARIAÇÕES DE USO DA MARCA...05 MARCA COM SLOGAM...06 OUTRAS VARIAÇÕES DE USO DA MARCA COM SOLOGAN...07 USOS INCORRETOS...08 DIAGRAMA

Leia mais

Modelo Canônico de Projeto de pesquisa com abntex2

Modelo Canônico de Projeto de pesquisa com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Projeto de pesquisa com abntex2 Brasil 2015, v-1.9.3 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Projeto de pesquisa com abntex2 Modelo canônico de Projeto de pesquisa em conformidade

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA GAMIFICADO DE GERENCIAMENTO DE TURMAS LONDRINA - PR

IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA GAMIFICADO DE GERENCIAMENTO DE TURMAS LONDRINA - PR EURIPEDES SIMÕES DE PAULA JUNIOR IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA GAMIFICADO DE GERENCIAMENTO DE TURMAS LONDRINA - PR 2015 EURIPEDES SIMÕES DE PAULA JUNIOR IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA GAMIFICADO DE GERENCIAMENTO

Leia mais

A maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas

A maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas PLANOS PLUS & TOP A maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas Pesquisar Reclamar Comparar Responder Replicar Resolver Consumidores ReclameAQUI Empresas O ReclameAQUI

Leia mais

Por qual motivo alguém visitaria seu site? Considere seu site parte da sua equipe de vendas. Mantenha seu site com conteúdo atualizado

Por qual motivo alguém visitaria seu site? Considere seu site parte da sua equipe de vendas. Mantenha seu site com conteúdo atualizado SUMÁRIO O Porque desse E-book? A Primeira impressão é a que fica! Tecnologia, Conteúdo e Divulgação Por qual motivo alguém visitaria seu site? Considere seu site parte da sua equipe de vendas Mantenha

Leia mais

Manual de uso da Marca

Manual de uso da Marca Manual de uso da Marca Sumário 1. Apresentação... 3 2. Direito de Uso... 4. 2.1 Procedimentos de autorização... 4. 2.2 Usuários autorizados... 5 2.2.1 Integrantes da equipe IBGC... 5 2.2.2 Associados mantenedores...

Leia mais

Projeto Amun Tecnologia de Imagens Ocultas Compe Truncagem de cheques

Projeto Amun Tecnologia de Imagens Ocultas Compe Truncagem de cheques Projeto Amun Tecnologia de Imagens Ocultas Compe Truncagem de cheques Autenticação do Substrato, Validação do Correntista e Armazenamento de imagens verdadeiras em arquivos seguros Fraudes Truques Jogos

Leia mais

NOTAS SOBRE A ESCRITA E FORMATAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES DE MESTRADO

NOTAS SOBRE A ESCRITA E FORMATAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES DE MESTRADO NOTAS SOBRE A ESCRITA E FORMATAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES DE MESTRADO PEDRO M. AREZES Universidade do Minho v2.0 07.04.2011 Nota Introdutória As notas que se seguem fazem parte de uma pequena compilação de informação

Leia mais

INAUGURAÇÃO DA SEDE DA EGRN

INAUGURAÇÃO DA SEDE DA EGRN INAUGURAÇÃO DA SEDE DA EGRN Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam ornare ante vitae lacus varius gravida. Proin non sapien bibendum, aliquam quam luctus, mattis felis. Proin

Leia mais

MANUAL DE MARCA. SECÇÃO 1.1. Manual de Elementos Básicos

MANUAL DE MARCA. SECÇÃO 1.1. Manual de Elementos Básicos MANUAL DE MARCA SECÇÃO 1.1. Manual de Elementos Básicos 2 Bem-vindo. Este manual define um conjunto de regras e recomendações que garantem uma aplicação correta dos elementos básicos da identidade CRITICAL

Leia mais