Guia do Estudante. Internacional International. Student Guide. Universidade de Lisboa University of Lisbon

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia do Estudante. Internacional International. Student Guide. Universidade de Lisboa University of Lisbon"

Transcrição

1 Guia do Estudante Internacional International Student Guide Universidade de Lisboa University of Lisbon

2 ESTA PUBLICAÇÃO FOI FINANCIADA PELA COMISSÃO EUROPEIA THIS PUBLICATION WAS FUNDED BY THE EUROPEAN COMMISSION

3 A e 1 3 q 4 w Universidade de Lisboa University of lisbon

4 índice 1. Universidade de Lisboa Apresentação Universidade de Lisboa em Números Informação prática Antes de viajar para Lisboa Visto Seguro de Saúde Como chegar à Universidade de Lisboa Alojamento Estudar na UL Sistema de ensino superior português Acesso à UL Formação inicial Licenciaturas e Mestrados Integrados Cursos pós-graduados Atribuição do grau de doutor em co-tutela Mudança ou transferência de curso Reconhecimento académico Estrutura dos cursos da Universidade de Lisboa Cursos de Licenciatura (1º Ciclo) e de Mestrado Integrado (1º+2º ciclo) Cursos pós-graduados Cursos de Português Cursos Livres Cursos de Verão Calendário Escolar Propinas Mobilidade na UL Erasmus Gabinetes Erasmus da Universidade de Lisboa Erasmus para a realização de um período de Estudos Erasmus para a realização de um estágio profissional - Consórcio UL-ETN Cursos intensivos de línguas Erasmus Intercâmbios ao abrigo de Protocolos Mobilidade em regime livre Erasmus Mundus Mestrado em Direito European Legal Practice Projecto A Move on Education Estruturas de Apoio Serviços de Acção Social Bolsas Alojamento Alimentação Centro de Saúde Escolar Gabinetes de Relações Internacionais Serviços Académicos Gabinetes de Apoio ao Aluno Bibliotecas Núcleo de Desporto, Cultura e Bem-Estar Associações de Estudantes Serviços à Comunidade Estudantes com Necessidades Educativas Especiais Vida Académica e Cultural na UL Contactos úteis Portugal A Cidade de Lisboa Custo de vida Comida e bebida Cultura Transportes Gastronomia Pontos turísticos de interesse Alojamento Feriados Contactos úteis

5 table of contents 1. University of Lisbon Introduction The University of Lisbon in Figures Practical information Before travelling to Lisbon Visa Health Insurance How to get to the University of Lisbon Accommodation Studying at the UL The Portuguese higher education system Access to the UL Initial training - Graduate Degrees and Integrated Master Courses Post-graduate courses PhD in co-tutelle Changing courses Academic recognition Course structure at the University of Lisbon Graduate Degree Courses (1st Cycle) and Integrated Master's Course (1st + 2nd cycle) Post-graduate courses Portuguese Language Courses Free Courses Summer Courses School Calendar Tuition Fees Mobility at the UL Erasmus Erasmus Offices of the University of Lisbon Erasmus for attending a study period Erasmus for attending a Professional Traineeship - Consortium UL-ETN Erasmus Intensive Language Course Exchanges under Protocols Mobility under free regimen Erasmus Mundus Master's in Law European Legal Practice A Move on Education Project Support Structures Social Services Grants Accommodation Canteens The School Health Centre International Relations Offices Academic Services Student Support Offices Libraries Sports, Culture and Well-being Department Student Associations Community Services Students With special Educational Needs Academic and Cultural Life at the UL Useful information Portugal Lisbon Cost of living Food and beverages Culture Transportation Cuisine Tourist places of interest Accommodation Public holidays Useful contacts

6 Este Guia visa informar todos os estudantes estrangeiros interessados em estudar na Universidade de Lisboa e em vivenciar uma experiência de aprendizagem única. Os conteúdos estão organizados em sete capítulos, disponibilizando-se informação relevante sobre acesso à Universidade de Lisboa, oferta formativa, programas de mobilidade, intercâmbios ao abrigo de protocolos e calendário escolar. São igualmente fornecidos dados úteis sobre estruturas de apoio e também sobre a vida na cidade de Lisboa. Caso não encontre, nesta publicação, resposta para todas as suas dúvidas, pode consultar a página internacional da Universidade de Lisboa disponível em Lembramos que a leitura deste Guia não dispensa a consulta de informação divulgada pelas Universidades de origem dos estudantes estrangeiros.

7 Guia estudante internacional 1.1. apresentação A Universidade de Lisboa (UL) é uma instituição pública de referência no espaço universitário nacional e internacional cujos eixos prioritários incidem na centralidade da investigação, reestruturação e transversalidade dos planos de estudos, dinamização de parcerias e reconhecimento do valor da instituição. As raízes desta instituição remetem-nos às origens da Universidade Portuguesa na época medieval. Em 1911, a Universidade de Lisboa foi refundada, tendo alargado a sua oferta formativa e de investigação. Com 100 anos de História, Ensino, Cultura, Património, Ciência e Inovação, a Universidade de Lisboa proporciona experiências de aprendizagem únicas. É uma Universidade que quer ampliar os horizontes de vida dos seus estudantes e marcar o seu compromisso com o futuro. Estudar na Universidade de Lisboa é frequentar um programa académico aliciante que forma e promove a inserção no mercado de trabalho. A oferta formativa graduada e pós-graduada da Universidade de Lisboa1 instituição é variada e organiza-se de acordo com cinco áreas estratégicas: Artes e Humanidades, Ciências Jurídicas e Económicas, Ciências da Saúde, Ciências Sociais e Ciências e Tecnologia. A Universidade de Lisboa acolhe estudantes de todo o mundo. A cooperação com Universidades de vários continentes e a integração da Universidade em consórcios internacionais e em redes de ensino e de ciência de referência, tem permitido à Universidade de Lisboa não só ampliar a sua projecção internacional, como também atrair estrangeiros pela qualidade do ensino e da investigação. Universidade de Lisboa Guia estudante internacional 5

8 Universidade de Lisboa Faculdades > Belas Artes > Ciências > Direito > Farmácia > Letras > Medicina > Medicina Dentária > Psicologia Institutos > Ciências Sociais > Educação > Geofísico do Infante D. Luiz > Geografia e Ordenamento do Território > Investigação Interdisciplinar > Orientação Profissional Outras unidades orgânicas > Museu Nacional de História Natural e da Ciência > Serviços de Acção Social > Centro de Recursos Comuns e de Serviços Partilhados 6

9 1.2. Universidade de Lisboa em Números Dados relativos ao ano académico de 2010/ Licenciaturas (1º Ciclo) 7 Mestrados Integrados (1º + 2º Ciclo) 151 Mestrados (2º Ciclo) 60 Doutoramentos (3º Ciclo) Alunos (cerca de 10% são estudantes estrangeiros) Docentes 199 Investigadores 906 Funcionários não docentes 15 Estudantes estrangeiros frequentaram a Universidade de Lisboa no âmbito da Mobilidade em regime livre 54 Unidades de Investigação (70% avaliada por Júri internacionais com Excelente e Muito Bom ) 3 Espaços Museológico-Culturais 18 Bibliotecas 14 Residências universitárias 5 Cantinas 1 Centro de saúde escolar 1 Gabinete de Desporto ,93 m 2 de área útil dos edifícios da Universidade de Lisboa Universidade de Lisboa Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (PALV) - Subprograma Sectorial Erasmus TIPO DE MOBILIDADE ENVIADOS RECEBIDOS Estudantes - Estudos Estudantes - Estágio Docentes Funcionários não docentes 4 27 Intercâmbios ao abrigo de Protocolos 130 Alunos estrangeiros na Universidade de Lisboa 35 Alunos da Universidade de Lisboa no estrangeiro Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades 9 Alunos brasileiros na Universidade de Lisboa 4 Alunos da Universidade de Lisboa no Brasil 7

10

11 2.1. Antes de viajar para Lisboa Visto Os estudantes estrangeiros provenientes de países não integrados na União Europeia só podem iniciar os seus estudos na Universidade de Lisboa sendo detentores de visto de estudo devidamente válido. Este documento tem de ser obtido junto da 2 Informação prática Embaixada ou Consulado de Portugal existente no país de origem. Estes estudantes devem solicitar, ao Gabinete de Relações Internacionais da Faculdade/Instituto da UL onde vão estudar, uma Declaração que comprove a aceitação do período de estudos. A Declaração será enviada para a Universidade de origem. Universidade de Lisboa Guia estudante internacional Atenção! O pedido de visto de estudo deve ser feito com, pelo menos, um mês de antecedência em relação à data prevista de chegada a Lisboa. O visto de estudos tem a validade correspondente à duração do período de estudos do estudante. Recomenda-se que os estudantes estrangeiros efectuem um registo (Declaração de Entrada) nos contactos abaixo indicados, até três dias após a entrada em Portugal. Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Direcção Regional de Lisboa, Vale do Tejo e Alentejo Av. António Augusto de Aguiar, LISBOA Tel.: Horário: 08h30-16h30 (de 2ª a 6ª feira) Loja do Cidadão Restauradores Praça dos Restauradores nº 17 a Lisboa Tel.:

12 Informação prática Laranjeiras Rua Abranches Ferrão, 10 - Edifício Atlanta II - Lisboa Lisboa Tel.: Horário de ambas as lojas 2ª a 6ª feira: das 08h30 às 19h30 Sábado: das 09h30 às 15h00 Os estudantes provenientes de qualquer Estado- Membro da União Europeia (UE) não necessitam de obter um visto de estudos, bastando apenas serem titulares de um bilhete de identidade válido. Contudo, se pretenderem permanecer em Portugal mais do que 90 dias devem registar-se no posto consular do respectivo país de origem. Contactos úteis Ministério dos Negócios Estrangeiros Embaixadas em Portugal Postos Consulares de Portugal existentes no mundo Seguro de Saúde Os estudantes provenientes de países da União Europeia devem obter o Cartão Europeu de Seguro de Doença no país de origem. Este cartão permite o acesso e atendimento em qualquer serviço de saúde público tal como um cidadão português. Os estudantes provenientes de países não integrados na União Europeia devem efectuar um seguro privado de saúde no respectivo país de origem. É recomendável que tenham prévio conhecimento das condições e cobertura previstas para o território português. Informação sobre o Centro de Saúde Escolar da UL disponível em

13 2.2. Como chegar até à Universidade de Lisboa Avião O campus da UL é muito próximo do aeroporto de Lisboa para onde circulam ligações internacionais directas provenientes de países de todo o mundo. Metro O metro é um dos meios de transporte que permite chegar rapidamente ao campus da UL. Deve utilizar a linha amarela e sair na estação Cidade Universitária. Autocarro A localização da UL beneficia de uma rede de autocarros provenientes de vários pontos de Lisboa e arredores. Carris: 31; 35; 738; 768 Da margem Sul: Transportes Sul do Tejo (TST) Almada Cidade Universitária; Costa de Caparica Cidade Universitária; Setúbal Cidade Universitária Comboio As deslocações a partir dos arredores da cidade são favorecidas por este meio de transporte. CP (linha de Sintra) estação de Entre Campos Fertagus (linha da margem Sul) estação de Entre Campos Táxis de Lisboa Alojamento A Universidade de Lisboa não dispõe de um serviço responsável pelo alojamento de estudantes estrangeiros. Por isso, é fundamental que estes estudantes reservem alojamento antes de chegar a Portugal. Para os estudantes estrangeiros que optam por arrendar um quarto/apartamento após a chegada a Lisboa, sugere-se que reservem antecipadamente um quarto para as primeiras noites numa Pousada da Juventude. Informação adicional sobre alojamento disponível em Informação prática 11

14

15 3 Estudar na UL 3.1. Sistema de ensino superior português O ensino superior português integra o ensino universitário e o ensino politécnico. O ensino universitário é ministrado em instituições universitárias públicas, particulares e cooperativas e concordatárias. O ensino politécnico é disponibilizado em instituições de ensino superior não universitárias públicas e particulares e cooperativas. Independentemente do tipo de ensino leccionado, estas instituições estão sob a tutela do Ministério da Educação e Ciência. Universidade de Lisboa Guia estudante internacional 3.2. Acesso à UL Formação inicial - Licenciaturas e Mestrados Integrados Os estudantes estrangeiros podem candidatar-se a cursos de 1º ciclo da Universidade de Lisboa devendo, para o efeito, satisfazer as mesmas condições que são exigidas aos estudantes nacionais. Ou seja, devem: 1. Ter aprovação num curso de ensino secundário ou habilitação estrangeira legalmente equivalente; os titulares de habilitações estrangeiras devem solicitar equivalência ao 12º ano de escolaridade, num estabelecimento de ensino secundário português dotado de autonomia pedagógica. 2. Ter realizado as provas de ingresso exigidas para o curso a que se candidatam com a classificação igual ou superior à mínima fixada; Para os estudantes titulares de cursos não portugueses legalmente equivalentes ao ensino secundário português, as provas de ingresso podem ser substituídas por exames finais de disciplinas daqueles cursos, desde que sejam preenchidas determinadas condições, nos termos do disposto no artigo 20º-A do Decreto-Lei nº 296-A/98, de 25 de Setembro, na sua redacção actualizada pelo Decreto-Lei nº 90/2008, de 30 de Maio. 3. Ter uma nota de candidatura igual ou superior à mínima fixada, para o curso a que se pretende candidatar; 4. Satisfazer os pré-requisitos, caso sejam exigidos, para o curso a que se pretende candidatar. 13

16 Estudar na UL Informações Direcção-Geral do Ensino Superior Tel.: Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular Tel.: Cursos pós-graduados Mestrado Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre: Os titulares de grau de Licenciado ou equivalente legal; Os titulares de grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um estado aderente a este processo; Os titulares de um grau académico superior estrangeiro, que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de Licenciado pelo Conselho Científico da Faculdade ou Instituto, ou pela Comissão Científica do curso, caso se trate de uma formação transversal à Universidade de Lisboa; Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos. Doutoramento Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de Doutor: Os titulares do grau de Mestre ou equivalente legal; A título excepcional, os titulares de grau de Licenciado ou equivalente legal detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo órgão legal e estatutariamente competente da universidade onde pretendem ser admitidos. É recomendável a consulta do Regulamento de Estudos Pós-Graduados da Universidade de Lisboa disponível em:www.ul.pt/regulamentos Esclarecimentos adicionais devem ser solicitados directamente aos Serviços Académicos da Faculdade/Instituto da UL em que se pretende estudar Atribuição do grau de doutor em co-tutela Os doutorandos estrangeiros interessados em obter o grau de Doutor em co-tutela na Universidade de Lisboa, devem frequentar programas doutorais congéneres reconhecidos como tal pela Universidade de Lisboa e pela Universidade parceira, sob a orientação de, pelo menos, um professor de cada Universidade. O grau de doutor em co-tutela é conferido na Universidade de Lisboa, num ramo de conhecimento ou especialidade de doutoramento, mediante acordo prévio explícito entre os estabelecimentos de ensino superior participantes e o doutorando. Informações detalhadas no Regulamento de atribuição do grau de doutor em co-tutela disponível em Informações Núcleo de Provas Académicas Departamento Académico da Reitoria Tel.: Mudança ou transferência de curso Os estudantes estrangeiros que tenham estado inscritos e matriculados num estabelecimento de ensino superior estrangeiro em curso definido como superior pela legislação do país em causa, quer o tenham concluído, ou não, podem solicitar mudança ou transferência de curso para a Universidade de Lisboa. 14

17 Sugere-se a consulta prévia do Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso da UL disponível em regulamentos, bem como do edital de vagas e os critérios definidos para cada ano lectivo, a divulgar anualmente, na página de internet de cada unidade orgânica. Informações Departamento Académico da Reitoria Tel.: Reconhecimento académico O reconhecimento de qualificações estrangeiras de ensino superior encontra-se previsto no Decreto- Lei nº 341/2007 de 12 de Outubro e no Decreto-Lei nº 283/83, de 21 de Junho. As listas dos Países/graus que podem beneficiar do regime previsto no Decreto-Lei nº 341/2007, de 12 de Outubro, constam das deliberações emanadas da Comissão de Reconhecimento de Graus Estrangeiros. O Decreto-Lei nº 283/83, de 21 de Junho estabelece um sistema de equivalência/reconhecimento com base numa reavaliação científica do trabalho realizado com vista à obtenção do grau estrangeiro. Este decreto-lei aplica-se sempre que o grau estrangeiro não conste do elenco de graus fixado por deliberações genéricas aprovadas pela Comissão de Reconhecimento de Graus Estrangeiros, em conformidade com o artigo 19º do Decreto-Lei nº 341/2007, de 12 de Outubro. A decisão de conceder, ou não, a equivalência/ reconhecimento nos termos do Decreto-Lei nº 283/83, de 21 de Junho, é da exclusiva competência da instituição de ensino superior portuguesa na qual o interessado estrangeiro pretende obter esse reconhecimento. O pedido de equivalência ao grau de Licenciado deve ser dirigido ao Presidente do Conselho Científico da Faculdade/Instituto da UL que leccione cursos na mesma área ou área afim. O pedido de equivalência ao grau de Mestre e de Doutor deve ser dirigido ao Reitor da Universidade de Lisboa. A equivalência/reconhecimento pode ser solicitada pelo interessado ou por um procurador legalmente designado para o efeito. Os requerimentos são feitos em impressos próprios, que podem ser adquiridos nas lojas da Imprensa Nacional da Casa da Moeda e em www. incm.pt Informação específica sobre o Reconhecimento de graus académicos superiores estrangeiros na UL disponível em Informações Núcleo de Provas Académicas Departamento Académico da Reitoria Tel.: Centro Nacional de Informação sobre Reconhecimento Académico (NARIC) da Direcção-Geral do Ensino Superior Estrutura dos cursos da Universidade de Lisboa Enquanto instituição de ensino superior universitário, a Universidade de Lisboa confere os graus académicos de Licenciado, Mestre e Doutor. A oferta formativa integra mais de 50 cursos de 1º ciclo e mais de 200 no âmbito pós-graduado. As áreas predominantemente leccionadas são variadas, agrupando-se em cinco esferas de ensino: Artes e Humanidades, Ciências Jurídicas e Económicas, Ciências da Saúde, Ciências Sociais e Ciências e Tecnologia. Cursos de 1º ciclo (Licenciatura) Duração: seis ou oito semestres ECTS*: 180 ou 240 Cursos de 1º+2º Ciclo (Mestrado Integrado) Duração: dez ou 12 semestres ECTS*: 300 ou 360 Estudar na UL 15

18 Estudar na UL Cursos de 2º Ciclo (Mestrado) Duração: três ou quatro semestres ECTS*: 90 ou 120 Cursos de 3º Ciclo (Doutoramento) Componente curricular de formação avançada. Duração máxima: quatro semestres ECTS*: 120 Elaboração da tese de doutoramento, sua discussão e aprovação. O registo definitivo da tese tem a duração de cinco anos, improrrogáveis. *European Credit Transfer and Accumulation System Programas conducentes a modalidades diversas de certificação que não conferem grau académico: Cursos pós-graduados de actualização, com a duração máxima de um semestre; Cursos pós-graduados de aperfeiçoamento, com a duração máxima de um ano; Cursos pós-graduados de especialização, com a duração mínima de dois semestres; Programas de pós-doutoramento, com a duração máxima de seis semestres Cursos de Licenciatura (1º Ciclo) e de Mestrado Integrado (1º+2º ciclo) Faculdade de Belas-Artes Arte Multimédia Ciências da Arte e do Património Desenho Design de Comunicação Design de Equipamento Escultura Pintura Faculdade de Ciências Biologia Bioquímica Engenharia Biomédica e Biofísica (1) Engenharia da Energia e do Ambiente (1) Engenharia Física (1) Engenharia Geográfica Engenharia Informática Estatística Aplicada Física Geologia Matemática Matemática Aplicada Meteorologia, Oceanografia e Geofísica Química Química Tecnológica Tecnologias de Informação e Comunicação Faculdade de Direito Direito Faculdade de Farmácia Ciências Farmacêuticas (1) Faculdade de Letras Arqueologia Artes e Humanidades Ciências da Cultura Ciências da Linguagem Estudos Africanos Estudos Artísticos, variante de Artes e Culturas Comparadas Estudos Artísticos, variante de Artes do Espectáculo Estudos Asiáticos Estudos Clássicos Estudos Eslavos Estudos Europeus Estudos Portugueses e Lusófonos Filosofia História História da Arte Línguas, Literaturas e Culturas Tradução Faculdade de Medicina Medicina (1) Faculdade de Medicina Dentária Higiene Oral Medicina Dentária (1) Prótese Dentária Faculdade de Psicologia Psicologia (1) Instituto de Educação Ciências da Educação Instituto de Geografia e Ordenamento do Território Geografia Planeamento e Gestão do Território Licenciatura Interfaculdades Ciências da Saúde (Organização conjunta das Faculdades de Ciências, Farmácia, Medicina, Medicina Dentária e Psicologia) Estudos Gerais (Organização conjunta das Faculdades de Belas-Artes, Ciências e Letras) (1) Mestrado Integrado (1º + 2º Ciclo) Cursos Pós-Graduados Cursos pós-graduados de actualização* Cursos pós-graduados de aperfeiçoamento* Cursos pós-graduados de especialização* Mestrados (2º Ciclo) Doutoramentos (3º Ciclo) 16

19 Programas de pós-doutoramento* Cursos interfaculdades e interuniversitários * não conferem grau académico Doutoramentos transversais Administração Pública Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável Ciência Cognitiva Ciência Política Enfermagem Migrações Voz, Linguagem e Comunicação Oferta formativa pós-graduada por ano académico disponível em Acesso Os estudantes devem ter idade igual ou superior a 17 anos e os estudos secundários completos. Devem ainda saber ler e escrever numa língua do alfabeto latino. Inscrição A Inscrição deve ser feita até 15 dias antes do início do curso. Para fazer a inscrição nos cursos é necessário enviar para o Departamento de Língua e Cultura Portuguesa: a ficha de inscrição devidamente preenchida (disponível em pt/dlcp/index.htm), uma fotocópia de documento de identificação, duas fotografias tipo passe e o pagamento da inscrição, dedutível no valor da propina. Estudar na UL 3.4. Cursos de Português Os cursos da Universidade de Lisboa (UL) são leccionados em Português. Neste sentido, é recomendável que os estudantes estrangeiros frequentem um curso de Português a fim de favorecer não só o seu conhecimento da língua portuguesa, mas sobretudo a aprendizagem da respectiva componente prática para utilização no dia-a-dia. Organização Departamento de Língua e Cultura Portuguesa da Faculdade de Letras da UL Curso Anual Níveis* Inicial (A1 e A2) Elementar (B1) Intermédio (B2) Avançado (C1) Superior (C2) * de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR) Duração 13 semanas, correspondendo a 200 horas. Início em Outubro e Fevereiro de cada ano. Cursos de Verão Níveis* Inicial (A1 e A2)* Elementar (B1)* Intermédio (B2)* Avançado (C1)* Superior (C2)* * de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR) Duração Quatro semanas Os cursos realizam-se sempre que exista um número mínimo de oito alunos. Acesso Os estudantes devem ter idade igual ou superior a 17 anos e os estudos secundários completos. Devem ainda saber ler e escrever numa língua de alfabeto latino. Inscrição A Inscrição deve ser feita até 15 dias antes do início do curso. Para fazer a inscrição nos cursos é necessário enviar para o Departamento de Língua e Cultura Portuguesa: a ficha de inscrição devidamente preenchida (disponível em dlcp/index.htm), uma fotocópia de documento de identificação, duas fotografias tipo passe e o pagamento da inscrição, dedutível no valor da propina. 17

20 Estudar na UL Os cursos realizam-se nos meses de Julho, Agosto e Setembro de cada ano. Curso de Português para Estudantes Erasmus na UL Curso intensivo Nível: Inicial Duração Três semanas, correspondendo a 60 horas Este curso realiza-se em Setembro de cada ano Cursos Semestrais Níveis* Inicial (A1 e A2)* Elementar (B1)* Intermédio (B2)* (mediante número suficiente de inscrições) * de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR) Duração 56 horas Início em Outubro e Fevereiro de cada ano A inscrição para o curso de Português para Estudantes Erasmus na UL é feita presencialmente no Departamento de Língua e Cultura Portuguesa, sendo necessário entregar os seguintes documentos: Ficha de Inscrição (disponível em Declaração da Faculdade/Instituto da UL que comprove o estatuto de Estudante Erasmus. Uma fotografia tipo passe. Pagamento de propina no valor de 50 Curso de Língua e Cultura Portuguesa Níveis* Inicial (A1 e A2)* Elementar (B1)* Intermédio (B2)* Avançado (C1)* Superior (C2)* * de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR) O curso realiza-se sempre que exista um número mínimo de oito alunos. Acesso Os estudantes devem ter idade igual ou superior a 17 anos e os estudos secundários completos. Devem ainda saber ler e escrever numa língua de alfabeto latino. Duração 60 horas Início em Outubro e Março de cada ano Informações Departamento de Língua e Cultura Portuguesa Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Alameda da Universidade Lisboa - Portugal Tel.: /51 Outras instituições portuguesas também organizam cursos de Português para estrangeiros que desejam aprender e/ou aprofundar a língua portuguesa. Sugere-se, a título de exemplo, a consulta do sítio do Ministério dos Negócios Estrangeiros (www.mne.gov.pt) Cursos livres Com o objectivo de flexibilizar a oferta formativa, algumas Faculdades/Institutos da Universidade de Lisboa (UL) organizam cursos livres. Este tipo de formação tem curta duração e visa promover a aquisição de conhecimentos em diversas áreas científicas e profissionais. A frequência destes cursos tem, na generalidade, custos associados, mas não é necessário que os participantes estejam inscritos na Universidade de Lisboa. As iniciativas neste âmbito podem ser consultadas nos sítios das Faculdades/Institutos da UL disponíveis em

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx SUPLEMENTO AO DIPLOMA Este Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. A finalidade deste Suplemento é fornecer dados independentes

Leia mais

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante ERASMUS Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Guia do Estudante Normas Gerais A mobilidade de estudantes, uma das acções mais frequentes do Programa, inclui duas vertentes de actividade: realização

Leia mais

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx SUPLEMENTO AO DIPLOMA Este Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. A finalidade deste Suplemento é fornecer dados independentes

Leia mais

Programa de Licenciaturas Internacionais CAPES/ Universidade de Lisboa

Programa de Licenciaturas Internacionais CAPES/ Universidade de Lisboa Programa de Licenciaturas Internacionais / (23 Dezembro de 2011) 1. Introdução 2. Objectivos 3. Organização e procedimentos 4. Regime de Titulação do Programa de Licenciaturas Internacionais /UL 5. Regime

Leia mais

FAQ S ESTUDOS ERASMUS

FAQ S ESTUDOS ERASMUS FAQ S ESTUDOS ERASMUS 1. Quem se pode candidatar? Podem-se candidatar ao programa Erasmus todos os estudantes cidadãos, ou com estatuto de residente permanente de um dos 27 países da União Europeia, e

Leia mais

INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Mobilidade Internacional para Estudos REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade

Leia mais

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO Aprovado em reunião da Comissão Coordenadora do Conselho Científico em 22/11/2006 Aprovado em reunião de Plenário do Conselho Directivo em 13/12/2006 PREÂMBULO

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO. Artigo 1.º. Objecto e âmbito

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO. Artigo 1.º. Objecto e âmbito REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO Artigo 1.º Objecto e âmbito 1 O presente regulamento disciplina, no cumprimento da Portaria n.º 401/2007, de 5 de Abril, os concursos

Leia mais

ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional para estágio dos estudantes de Licenciatura

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação MBA em Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2012-2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é

Leia mais

MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA

MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA Escola Superior Agrária Instituto Politécnico de Viseu MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA EDITAL ANO LECTIVO: 2011/2013 1ª Edição 1. NOTA INTRODUTÓRIA O Mestrado em Enfermagem Veterinária

Leia mais

Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016

Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016 Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016 1. Mobilidade Internacional de Estudantes Os alunos da Universidade Fernando Pessoa (UFP) que cumpram

Leia mais

Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa

Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional

Leia mais

RECONHECIMENTO 13. O que é ECTS? 14. Como se compara ECTS com sistemas de pontos de créditos noutros países? 15. O que é um Suplemento ao Diploma?

RECONHECIMENTO 13. O que é ECTS? 14. Como se compara ECTS com sistemas de pontos de créditos noutros países? 15. O que é um Suplemento ao Diploma? PMFs Perguntas Mais Frequentes Nesta página da web pode encontrar as respostas a todas as perguntas que talvez queira fazer sobre estudos musicais na Europa. Perguntas Mais Frequentes PORQUÊ EU? 1. Porque

Leia mais

EDITAL. MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014)

EDITAL. MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014) EDITAL MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/200, de 24 de Março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM INFORMÁTICA APLICADA. (Edição 2015-2017)

EDITAL MESTRADO EM INFORMÁTICA APLICADA. (Edição 2015-2017) EDITAL MESTRADO EM INFORMÁTICA APLICADA (Edição 2015-2017) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT

Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT Introdução O Programa Erasmus é uma iniciativa da União Europeia que fornece meios para a realização de períodos de mobilidade académica em instituições

Leia mais

REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO

REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO REGULAMENTO DE ACESSO E INGRESSO Artigo 1.º Âmbito O presente Regulamento destina-se a regular o acesso e ingresso nos cursos da Escola Superior Artística do Porto Guimarães, adiante designada por Escola.

Leia mais

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA SUPLEMENTO AO DIPLOMA (versão em português) A estrutura do suplemento ao diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. Tem por objetivo fornecer

Leia mais

Regulamento Erasmus 2011/2012

Regulamento Erasmus 2011/2012 1. Preâmbulo O Programa Erasmus tem como objetivo geral apoiar a criação de um Espaço Europeu de Ensino Superior e reforçar o contributo do ensino superior para, entre outros, o processo de inovação a

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EMPRESARIAL DA FACULDADE DE DIREITO DE COIMBRA

REGULAMENTO DOS CURSOS DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EMPRESARIAL DA FACULDADE DE DIREITO DE COIMBRA REGULAMENTO DOS CURSOS DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EMPRESARIAL DA FACULDADE DE DIREITO DE COIMBRA (Aprovado pela Assembleia de Faculdade, em 16 de Janeiro de 2014) CAPÍTULO

Leia mais

da Universidade Católica Portuguesa

da Universidade Católica Portuguesa Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO Aprovado no Conselho Científico de 2 de julho de 2014 CAPÍTULO I Disposições

Leia mais

Suplemento ao Diploma

Suplemento ao Diploma Suplemento ao Diploma 1. INFORMAÇÃO SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO 1.1 Apelido(s): XXXXXXx 1.2 Nome(s) próprio(s): XXXXXXXXXXXXX O presente Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE. (2ª Edição 2011/2013)

EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE. (2ª Edição 2011/2013) EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE (2ª Edição 2011/2013) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações

Leia mais

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objecto) O presente regulamento estabelece a orgânica do Gabinete Erasmus, bem

Leia mais

Suplemento ao Diploma

Suplemento ao Diploma Suplemento ao Diploma 1. Informação sobre o titular da qualificação 1.1 Apelido(s): Fotografia 1.2 Nome(s) próprio(s): 1.3 Data Nascimento: dd/mm/aaaa 1.4 Número de identificação do estudante: XXXXXXXXXXXXXXXX

Leia mais

Universidade de Coimbra. Grupo de Missão. para o. Espaço Europeu do Ensino Superior. Glossário

Universidade de Coimbra. Grupo de Missão. para o. Espaço Europeu do Ensino Superior. Glossário Universidade de Coimbra Grupo de Missão para o Espaço Europeu do Ensino Superior Glossário ACÇÃO CENTRALIZADA Procedimentos de candidatura em que a selecção e contratação são geridas pela Comissão. Regra

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional para estudos

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MESTRADOS EXECUTIVOS DO ISLA CAMPUS LISBOA 1.º OBJECTIVO Os Cursos de Pós-Graduação e Mestrados Executivos do ISLA Campus Lisboa são programas de estudos que visam

Leia mais

Erasmus Mundus Action 2. Fellow Mundus @ UAlg. Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15

Erasmus Mundus Action 2. Fellow Mundus @ UAlg. Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15 Erasmus Mundus Action 2 Fellow Mundus @ UAlg Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15 Visto e Autorização de Residência Todos os bolseiros têm

Leia mais

Regulamento de Acesso e Ingresso de Estudantes Internacionais. 1º, 2º e 3º ciclos do IST

Regulamento de Acesso e Ingresso de Estudantes Internacionais. 1º, 2º e 3º ciclos do IST Regulamento de Acesso e Ingresso de Estudantes Internacionais 1º, 2º e 3º ciclos do IST O Decreto- Lei nº 36/2014 de 10 de março regula o estatuto do Estudante Internacional (EEI). O Regulamento de Ingresso

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA. (Edição 2012-2014)

EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA. (Edição 2012-2014) 1/10 EDITAL MESTRADO EM JOGO E MOTRICIDADE NA INFÂNCIA (Edição 2012-2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de março, com as alterações que lhes

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA UNIVERSIDADE DO MINHO

SUPLEMENTO AO DIPLOMA UNIVERSIDADE DO MINHO SUPLEMENTO AO DIPLOMA UNIVERSIDADE DO MINHO Este Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. A finalidade deste Suplemento é fornecer

Leia mais

Deliberação n.º 762/2003

Deliberação n.º 762/2003 Deliberação n.º 762/2003 de 27 de Maio Deliberação n.º 763/2003. - Por deliberação da Secção Permanente do Senado, em reunião de 5 de Fevereiro de 2003, foi aprovada a criação do curso de Mestrado em Ciências

Leia mais

DESPACHO Nº 14/2007(a), com as alterações introduzidas pelo DESPACHO Nº 13/R/2011 de 11 de Abril de 2011 (Versão consolidada)

DESPACHO Nº 14/2007(a), com as alterações introduzidas pelo DESPACHO Nº 13/R/2011 de 11 de Abril de 2011 (Versão consolidada) DESPACHO Nº 14/2007(a), com as alterações introduzidas pelo DESPACHO Nº 13/R/2011 de 11 de Abril de 2011 (Versão consolidada) Assunto: Regulamento dos concursos especiais de acesso aos ciclos de estudo

Leia mais

Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia

Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia Ensinar a saber fazer Profissionais com Futuro desde 1990 L I C E N C I A T U R A S ADEQUADAS AO PROCESSO DE BOLONHA Licenciatura em Informática Licenciatura em Engenharia Multimédia A estratégia do ISTEC

Leia mais

FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA REGULAMENTO DO SEGUNDO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE

FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA REGULAMENTO DO SEGUNDO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA REGULAMENTO DO SEGUNDO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE O presente Regulamento tem como lei habilitante o Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março,

Leia mais

normas de carácter geral programa ERASMUS na vertente estudos

normas de carácter geral programa ERASMUS na vertente estudos programa ERASMUS+ 2016 2017 FACULDADE DE BELAS-ARTES UNIVERSIDADE DE LISBOA guia informativo do programa erasmus estudos o que é o programa ERASMUS +? O programa ERASMUS+, com início em Janeiro de 2014,

Leia mais

Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa. Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso PREÂMBULO

Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa. Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso PREÂMBULO Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso PREÂMBULO Nos termos do disposto no artigo 10º do Regulamento

Leia mais

NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG

NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG Nos termos do artigo 26.º do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março e do Regulamento de Mestrados da Universidade Técnica de Lisboa (Deliberação do Senado da

Leia mais

da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012)

EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS. (edição 2010-2012) EDITAL MESTRADO EM PROCESSOS QUÍMICOS E BIOLÓGICOS (edição 2010-2012) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações introduzidas

Leia mais

Regulamento de Aplicação do Sistema do Europeu de Transferência de Créditos (ECTS) à formação ministrada pelo Instituto Politécnico de Santarém (IPS)

Regulamento de Aplicação do Sistema do Europeu de Transferência de Créditos (ECTS) à formação ministrada pelo Instituto Politécnico de Santarém (IPS) Regulamento de Aplicação do Sistema do Europeu de Transferência de Créditos (ECTS) à formação ministrada pelo Instituto Politécnico de Santarém (IPS) CAPÍTULO I Objecto, âmbito e conceitos Artigo 1º Objecto

Leia mais

MBA Negócios Internacionais. Edital 1ª Edição 2013-2014

MBA Negócios Internacionais. Edital 1ª Edição 2013-2014 MBA Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2013-2014 Sines, Junho de 2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é um curso de pós-graduação desenvolvido pela Escola Superior de Ciências Empresariais

Leia mais

INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE MATOSINHOS Diário da República, 2.ª série N.º 186 26 de Setembro de 2006

INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE MATOSINHOS Diário da República, 2.ª série N.º 186 26 de Setembro de 2006 INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE MATOSINHOS Diário da República, 2.ª série N.º 186 26 de Setembro de 2006 Regulamento n.º 185/2006 Regulamento de provas de avaliação da capacidade para

Leia mais

REGULAMENTO ACADÉMICO. VI. Mobilidade internacional REG-001/V00

REGULAMENTO ACADÉMICO. VI. Mobilidade internacional REG-001/V00 Mobilidade de Estudos 1. Objeto O presente Regulamento define as regras de Mobilidade de Estudantes ao abrigo dos Programas Garcilaso (Laureate International Universities) e de Aprendizagem ao Longo da

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL MESTRADO EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO EM CIDADANIA, CONFIANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL (Edição 2012-2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei

Leia mais

Universidade Autónoma de Lisboa Luís de Camões. Aprovado na reunião do Conselho Científico de / /

Universidade Autónoma de Lisboa Luís de Camões. Aprovado na reunião do Conselho Científico de / / Universidade Autónoma de Lisboa Luís de Camões REGULAMENTO GERAL DE CURSOS NÃO CONFERENTES DE GRAU Aprovado na reunião do Conselho Científico de / / Lisboa 2007 2 Regulamento Geral de Cursos não Conferentes

Leia mais

REGULAMENTO. Elaborado por: Aprovado por: Versão

REGULAMENTO. Elaborado por: Aprovado por: Versão REGULAMENTO Regulamento dos Cursos de Pós-Graduação Elaborado por: Aprovado por: Versão Reitor 1.2 (Professor Doutor Rui Oliveira) Revisto e Confirmado por: Data de Aprovação Inicial (José João Amoreira)

Leia mais

Regulamento de Estágios

Regulamento de Estágios Programa de Inserção Profissional Regulamento de Estágios Faculdade de Ciências Humanas Nos últimos anos, o ensino universitário tem vindo a integrar nos percursos formativos a realização de estágios curriculares

Leia mais

Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015

Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015 Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015 Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências Contactos: Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências Faculdade de Ciências da

Leia mais

ESCOLA NÁUTICA INFANTE D. HENRIQUE Paço de Arcos EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA EM EXPLORAÇÃO DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE MERCADORIAS

ESCOLA NÁUTICA INFANTE D. HENRIQUE Paço de Arcos EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA EM EXPLORAÇÃO DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE MERCADORIAS ESCOLA NÁUTICA INFANTE D. HENRIQUE Paço de Arcos EDITAL EM EXPLORAÇÃO DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE MERCADORIAS ANO LECTIVO 2008/2009 O Presidente do Conselho Directivo da Escola Náutica Infante D. Henrique,

Leia mais

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA Programa ERASMUS Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA 1. Quem se pode candidatar à mobilidade Erasmus para estudos?

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO REGULAMENTO DO DOUTORAMENTO EM CIÊNCIAS JURÍDICAS SEM CURSO DE DOUTORAMENTO

ESCOLA DE DIREITO REGULAMENTO DO DOUTORAMENTO EM CIÊNCIAS JURÍDICAS SEM CURSO DE DOUTORAMENTO ESCOLA DE DIREITO REGULAMENTO DO DOUTORAMENTO EM CIÊNCIAS JURÍDICAS SEM CURSO DE DOUTORAMENTO UNIVERSIDADE DO MINHO 2008 REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE À OBTENÇÃO DO GRAU DE DOUTOR EM CIÊNCIAS

Leia mais

Programa de Graduação Internacional em Dupla Titulação GCUB/UC Edital GCUB nº. 002/2010

Programa de Graduação Internacional em Dupla Titulação GCUB/UC Edital GCUB nº. 002/2010 1 Programa de Graduação Internacional em Dupla Titulação GCUB/UC Edital GCUB nº. 002/2010 A Associação Grupo Coimbra de Dirigentes de Universidades Brasileiras (GCUB), formalmente constituída em 27 de

Leia mais

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA Programa ERASMUS Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA 1. Quem se pode candidatar à mobilidade Erasmus para estudos?

Leia mais

Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico

Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Artigo 1.º Da admissão ao ciclo de estudos 1. À matrícula no mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º- Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica -se à medida INOV-Art -

Leia mais

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado

Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado Edital 4ª Edição 2012-2013 Barreiro, Julho de 2012 Pós-Graduação Conservação e Reabilitação do Edificado 1 ENQUADRAMENTO A Pós-Graduação em Conservação

Leia mais

Mestrado Construção Civil. Edital 3ª Edição 2011-2012

Mestrado Construção Civil. Edital 3ª Edição 2011-2012 Mestrado Construção Civil Edital 3ª Edição 2011-2012 Barreiro, Maio de 2011 ENQUADRAMENTO O curso de Mestrado em Construção Civil da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro do Instituto Politécnico de

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE PROGRAMA SECTORIAL ERASMUS REGULAMENTO DE MOBILIDADE

INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE PROGRAMA SECTORIAL ERASMUS REGULAMENTO DE MOBILIDADE INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE PROGRAMA SECTORIAL ERASMUS REGULAMENTO DE MOBILIDADE 1. Introdução O presente documento visa regulamentar as condições a que deve obedecer a mobilidade de estudantes,

Leia mais

MOBILIDADE DE ESTUDANTES (SMS SMP)

MOBILIDADE DE ESTUDANTES (SMS SMP) MOBILIDADE DE ESTUDANTES (SMS SMP) Critérios de elegibilidade do Estudante Erasmus Estatuto legal do estudante: Os estudantes devem ser nacionais de um estado membro participante no Programa de Aprendizagem

Leia mais

4928-(5) c) Os n. os 3.1 e 3.2 do anexo III.B (mestrados); d) O n.º 1 do anexo III.C (ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre).

4928-(5) c) Os n. os 3.1 e 3.2 do anexo III.B (mestrados); d) O n.º 1 do anexo III.C (ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre). N.º 65 31 de Março de 2006 DIÁRIO DA REPÚBLICA II SÉRIE 4928-(5) Despacho n. o 7287-B/2006 (2. a série). O regime jurídico dos graus académicos e diplomas do ensino superior prevê que os estabelecimentos

Leia mais

a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos

a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos ANEXO Normas regulamentares do ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos 1. Habilitações de acesso São admitidos como candidatos à inscrição no ciclo

Leia mais

GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP)

GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP) GUIA DE CANDIDATURA ESTÁGIO ERASMUS - ERASMUS PLACEMENTS (SMP) INFORMAÇÃO GERAL 1. O que é um estágio Erasmus? O Estágio Erasmus é uma parte da sua formação académica (curricular ou extracurricular) efectuada

Leia mais

REGULAMENTO Mobilidade Macau

REGULAMENTO Mobilidade Macau Face à parceria estabelecida entre a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Instituto de Formação Turística em Macau (IFT Macau) no âmbito da qual são facultadas possibilidades de

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Administração Educacional Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa julho de

Leia mais

Mobilidade Estudantil:

Mobilidade Estudantil: Mobilidade Estudantil: 1. Programa Erasmus: Alunos de Economia, Finanças, Gestão e MAEG 2. Protocolo Brasil e China: Alunos de Economia, Finanças, Gestão e MAEG 2 Protocolo Brasil e China As regras a aplicar

Leia mais

Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso da Escola Superior de Comunicação Social

Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso da Escola Superior de Comunicação Social Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e reingresso da Escola Superior de Comunicação Social Objecto e âmbito Artigo 1.º Objecto e âmbito O presente regulamento disciplina no cumprimento

Leia mais

ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE

ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Lisboa A.1.a. Outras Instituições

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA FLORESTAL E DOS RECURSOS NATURAIS

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA FLORESTAL E DOS RECURSOS NATURAIS 1.1 REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA FLORESTAL E DOS RECURSOS NATURAIS Ao abrigo do Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de Março, e do disposto na Deliberação nº 1487/2006 da Reitoria

Leia mais

Reitoria. É revogado o Despacho RT-34/2014, de 2 junho. Universidade do Minho, 5 de dezembro de 2014. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-55/2014

Reitoria. É revogado o Despacho RT-34/2014, de 2 junho. Universidade do Minho, 5 de dezembro de 2014. O Reitor. António M. Cunha. despacho RT-55/2014 Reitoria despacho RT-55/2014 A Universidade do Minho tem vindo a atrair um número crescente de estudantes estrangeiros, que hoje representam um importante contingente da sua comunidade estudantil. Com

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO. Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016

ORDEM DE SERVIÇO. Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016 N.º: 2015001 DATA: 14-05-2015 Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016 Por deliberação da Direcção da CEU-Cooperativa de Ensino Universitário, CRL, entidade instituidora

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE MESTRADO DA ESTBarreiro/IPS

REGULAMENTO DOS CURSOS DE MESTRADO DA ESTBarreiro/IPS REGULAMENTO DOS CURSOS DE MESTRADO DA ESTBarreiro/IPS Artigo 1.º Duração e estrutura do ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre 1. O ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre, ministrado na ESTBarreiro/IPS,

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Regulamento dos cursos do ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado O presente regulamento estabelece as normas que complementam as que decorrem do regime

Leia mais

ESE DO PORTO EDITAL MESTRADO EM ENSINO DE PORTUGUÊS E INGLÊS NO 2 CICLO DO ENSINO BÁSICO (CANDIDATURA 2015 REF. ESE/M/EPI2CEB)

ESE DO PORTO EDITAL MESTRADO EM ENSINO DE PORTUGUÊS E INGLÊS NO 2 CICLO DO ENSINO BÁSICO (CANDIDATURA 2015 REF. ESE/M/EPI2CEB) POLITÉCNICO ESE DO PORTO L p1 EDITAL MESTRADO EM ENSINO DE PORTUGUÊS E INGLÊS NO 2 CICLO DO ENSINO BÁSICO (CANDIDATURA 2015 REF. ESE/M/EPI2CEB) Paulo Alberto da Silva Pereira, Presidente da Escola Superior

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: História da Educação (Regime a Distância) Edição Instituto de Educação da Universidade de

Leia mais

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS Programa ERASMUS Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS FORMALIZAÇÃO DA CANDIDATURA 1. Quais são os prazos para formalizar a candidatura?

Leia mais

Grupo Parlamentar. Projecto de Lei N.º 52/IX ALTERA A LEI DE BASES DO SISTEMA EDUCATIVO

Grupo Parlamentar. Projecto de Lei N.º 52/IX ALTERA A LEI DE BASES DO SISTEMA EDUCATIVO Grupo Parlamentar Projecto de Lei N.º 52/IX ALTERA A LEI DE BASES DO SISTEMA EDUCATIVO O chamado processo de Bolonha não é, por essência, negativo, particularmente se for adoptado numa óptica de estímulo

Leia mais

Artigo 3.º Do número de vagas e fixação de prazos Artigo 4.º Das condições de funcionamento Artigo 5.º Da estrutura curricular e plano de estudos

Artigo 3.º Do número de vagas e fixação de prazos Artigo 4.º Das condições de funcionamento Artigo 5.º Da estrutura curricular e plano de estudos Normas Regulamentares do Mestrado em Intervenção Comunitária: áreas de especialização em Intervenção Comunitária e Educação para a Saúde, Intervenção Comunitária e Envelhecimento Activo e Intervenção Comunitária

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu. Instituto Politécnico de Viseu REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM MARKETING RESEARCH

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu. Instituto Politécnico de Viseu REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM MARKETING RESEARCH Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu Instituto Politécnico de Viseu REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM MARKETING RESEARCH Nos termos do artigo 26.º do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março,

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Educação Intercultural Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa julho de 2015

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Sociologia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Sociologia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Sociologia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM SOCIOLOGIA: EXCLUSÕES E POLÍTICAS SOCIAIS Artigo 1º Objecto O Regulamento do

Leia mais

REGULAMENTO DO 1º CICLO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICO- PRIVADA E DO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA FACULDADE DE DIREITO DE COIMBRA

REGULAMENTO DO 1º CICLO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICO- PRIVADA E DO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA FACULDADE DE DIREITO DE COIMBRA REGULAMENTO DO 1º CICLO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICO- PRIVADA E DO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA FACULDADE DE DIREITO DE COIMBRA CAPÍTULO I Objecto e conceitos Artigo 1.º Objecto O

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA. ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2012-2014)

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA. ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2012-2014) EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição -) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março, com as alterações

Leia mais

ESE. L s / } EDITAL MESTRADO EM ENSINO DE INGLÊS NO JO CICLO DO ENSINO BÁSICO (CANDIDATURA 2015 REF. ESE/M/EI1 CEB)

ESE. L s / } EDITAL MESTRADO EM ENSINO DE INGLÊS NO JO CICLO DO ENSINO BÁSICO (CANDIDATURA 2015 REF. ESE/M/EI1 CEB) ESE POUTÉCNICO ESCOLA SUPERIOR DE EDUCACÃO 2 3, / } L s EDITAL MESTRADO EM ENSINO DE INGLÊS NO JO CICLO DO ENSINO BÁSICO (CANDIDATURA 2015 REF. ESE/M/EI1 CEB) Paulo Alberto da Silva Pereira, Presidente

Leia mais

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro REGULAMENTO DO CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL NOS CURSOS DO 1.º CICLO DE ESTUDOS E MESTRADO INTEGRADO NA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO Artigo 1.º Âmbito

Leia mais

EDITAL REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR 2015/2016

EDITAL REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR 2015/2016 EDITAL REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO NO ENSINO SUPERIOR 205/206 (Portaria n.e 40/2007, de 5 de abril, alterada pela portaria n.s 232-A/203, de 22 de julho, e pelo Decreto-Lei

Leia mais

académica e se encontrem assim disponíveis para o exercício de uma actividade profissional, já sem qualquer vínculo ao Ensino Superior2.

académica e se encontrem assim disponíveis para o exercício de uma actividade profissional, já sem qualquer vínculo ao Ensino Superior2. PROGRAMA LEONARDO DA VINCI AÇÃO MOBILIDADE GUIA DO PARTICIPANTE Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Campo Grande, Edifício C5, 1749-016

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Departamento de Psicopedagogia e Orientação Vocacional ACESSO AO ENSINO SUPERIOR Serviços de Psicologia e Orientação Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo A psicóloga: Paula Jerónimo (paula.jeronimo@colegio-j-barros.com)

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015 É do interesse das Instituições de Ensino Superior promover a excelência do ensino, propiciando aos seus estudantes

Leia mais

REGULAMENTO DE PROGRAMAS DE MOBILIDADE E INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES OUTGOING INCOMING

REGULAMENTO DE PROGRAMAS DE MOBILIDADE E INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES OUTGOING INCOMING 1 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objecto O presente regulamento estabelece o regime aplicável aos programas de intercâmbio, mobilidade de estudantes e cooperação internacional nos quais o IPAM

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão Logística

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. Gestão Logística Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação Gestão Logística Edital 1ª Edição 2012 1 Enquadramento Tem vindo a ser reconhecida, por políticas governamentais

Leia mais

Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte

Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte Regulamento do concurso de acesso aos cursos ministrados pelos estabelecimentos de ensino da Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário, CRL. C.E.S.P.U. Instituto Superior de Ciências

Leia mais

REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL

REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL O presente regulamento foi homologado pelo Presidente da ESEV, a 18 de maio

Leia mais