MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ CHAMADA Nº. 01/2016 IAGRAM A Incubadora Tecnológica e do Agronegócio de Mossoró - IAGRAM, de acordo com o estabelecido no Artigo 25 de seu Regimento Interno, torna público através desta chamada a abertura de processo de inscrição, seleção e admissão de propostas de negócios inovadores no seu sistema de incubação, que acontecerá no formato de uma ação de extensão. 1. DA APRESENTAÇÃO 1.1. A IAGRAM, com sede no Campus Leste, sala 01 e 02 do Prédio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPPG, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA, Avenida Francisco Mota, 572. Bairro: Presidente Costa e Silva. CEP: Mossoró/RN é um mecanismo de apoio ao empreendedorismo e à inovação que tem por objetivo estimular, apoiar e promover a transferência de tecnologia e a transformação dos conhecimentos gerados na universidade em empreendimentos inovadores, competitivos e sustentáveis, além de apoiar empresas inovadoras dos diversos setores da economia, prioritariamente do agronegócio, nas fases de idealização, concepção, formalização, fortalecimento e consolidação, contribuindo para a promoção do desenvolvimento local, regional e nacional. 2. DO OBJETIVO 2.1. A presente chamada tem por objetivo disciplinar o processo de inscrição, seleção e admissão de propostas de empreendimentos inovadores no sistema de incubação da IAGRAM. 3. DO SISTEMA DE INCUBAÇÃO 3.1. O sistema de incubação da IAGRAM está estabelecido no Capítulo VI de seu Regimento Interno e para fins desta Chamada entende-se por: Pré-incubação: etapa do sistema de incubação destinada a empreendedores (pessoa física), individualmente ou em grupo, que tenham ideias de produtos (bens ou serviços) ou processos inovadores e que necessitem de apoio para desenvolvê-la e transformá-la em um empreendimento Incubação: etapa do sistema de incubação destinada a empreendimentos formalmente constituídos que tenham produtos (bens ou serviços) ou processos inovadores em qualquer setor da economia, prioritariamente do agronegócio, e que necessitem de apoio para seu desenvolvimento, fortalecimento e consolidação.

2 Prazo de pré-incubação: período de doze (12) meses que poderá ser interrompido a qualquer momento ou prorrogado pela Gerência Executiva da incubadora à vista das especificidades e com base nos resultados do monitoramento e avaliação ao qual as propostas de empreendimentos inovadores admitidas serão submetidas Prazo de incubação: período mínimo de seis (06) meses e de no máximo de (24) meses que poderá ser interrompido a qualquer momento ou prorrogada uma única vez por mais doze (12) meses pela Gerência Executiva da incubadora à vista das especificidades e com base nos resultados do monitoramento e avaliação ao qual serão submetidos Empreendimento não residente: aquele que se localiza fora da infraestrutura física da incubadora, podendo dispor de espaço físico para uso compartilhado Empreendimento residente: aquele que dispõe de espaço físico para uso individual dentro da infraestrutura física da incubadora, além de dispor de espaço físico para uso compartilhado Monitoramento e avaliação: aplicação de instrumento desenvolvido pela incubadora especialmente para este fim. 4. DOS SERVIÇOS OFERECIDOS E DA INFRAESTRUTURA DISPONIBILIZADA 4.1. A IAGRAM oferece, dentre outros, os seguintes serviços: a) Orientação empresarial através de consultorias e assessorias especializadas; b) Capacitação para os empreendedores; c) Divulgação dos empreendimentos nas diversas mídias utilizadas pela incubadora; d) Apoio à participação em eventos A IAGRAM disponibiliza a seguinte infraestrutura: Infraestrutura física constituída de sala de reuniões e área de convivência com uso compartilhado pela incubadora, seus parceiros e os participantes de seu sistema de incubação Infraestrutura tecnológica constituída dos laboratórios da UFERSA para uso compartilhado pela universidade e pelos participantes do sistema de incubação da IAGRAM, sem prejuízo de suas atividades finalísticas, sendo necessária anuência de seus responsáveis A utilização da infraestrutura física e tecnológica obedecerá a prioridades, critérios e requisitos estabelecidos pela Gerência Executiva da incubadora, observadas as respectivas disponibilidades e assegurada à igualdade de oportunidades Os incubados deverão, OBRIGATORIAMENTE, se submeter às regras e normas de uso de infraestrutura da IAGRAM, que serão detalhadas em documento a parte, e que poderá sofrer constante mudança, devido às necessidades de evolução das relações incubadora x incubado.

3 Assim, considera-se para todos os efeitos legais como partes deste edital os referidos documentos de regras e normas de uso de infraestrutura. 5. DO PÚBLICO ALVO 5.1. A presente chamada se destina EXCLUSIVAMENTE a empreendedores que possuam comprovadamente vínculo com a UFERSA, seja como discente, ex-discente, docente ou técnico administrativo. 6. DAS VAGAS 6.1. Estão sendo abertas através desta Chamada quatro (04) vagas para incubação de empreendimentos/projetos não residentes e duas (02) vagas para residentes em sistema de revezamento de estrutura, os detalhes como: funcionamento dos sistemas, suas normas e regras de utilização serão detalhados em documento a parte. 7. DO MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO 7.1. Os empreendimentos incubados serão submetidos ao processo de desenvolvimento do projeto que engloba: Planejamento, Qualificação/ Consultoria, Monitoramento e Avaliação, e de acordo com o resultado poderão ser considerados: Aptos para continuar no processo de incubação e receberão o correspondente Certificado de Aptidão Inapto para continuar participando do sistema de incubação da IAGRAM e serão desligados, observado no que couber o Capítulo VIII do Regimento Interno da incubadora Aos empreendimentos considerados aptos será dada oportunidade de: Passar automaticamente à etapa de incubação, devendo para tanto apresentar sua formalização junto ao Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e assinar o correspondente contrato de participação no sistema de incubação da IAGRAM. 8. DAS INSCRIÇÕES 8.1. Os empreendedores interessados deverão formalizar sua inscrição através do preenchimento (completo) e envio (dentro do prazo estabelecido) de um formulário padrão disponibilizado na página da IAGRAM ( No formulário constarão os seguintes itens para preenchimento OBRIGATÓRIO: a) Dados Pessoais: espaços para inserção de nome completo, formação acadêmica, matrícula UFERSA (no caso de ex-discentes apresentar cópia do diploma de graduação ou pós-graduação realizada na UFERSA), , telefone, redes sociais, etc. b) Dados de Currículo: espaço para link do Currículo Lattes / CNPq (Válido e Atual).

4 c) Dados do Empreendimento/Projeto: espaço para título do empreendimento/projeto, e espaço para inserção de resumo do projeto com até 500 caracteres O não preenchimento, ou o preenchimento de forma inválida do referido formulário de inscrição, configuram faltas graves ao processo seletivo, sendo INVALIDADA a possível inscrição do empreendimento/projeto No caso de propostas com mais de 1 (um) proponente, PARA EFEITO DE INSCRIÇÃO, somente 1 (um) deles será o responsável pela proposta, mas todos deverão participar, OBRIGATORIAMENTE, de TODAS as etapas do processo seletivo, sob pena de desclassificação da proposta Os proponentes se responsabilizam por todas as informações contidas em suas respectivas propostas, permitindo que a IAGRAM, a qualquer tempo, possa confirmar sua veracidade Em caso de confirmada a inverdade de alguma informação apresentada, a IAGRAM poderá desclassificar a proposta ou excluir o empreendimento de seu sistema de incubação, há qualquer tempo, independente da assinatura do termo de Compromisso posterior ao processo seletivo. 9. DO PROCESSO DE SELEÇÃO 9.1. O processo de seleção será conduzido por uma comissão de seleção instituída pela Gerência Executiva da IAGRAM especialmente para este fim, sendo constituído das seguintes etapas: Etapa Caráter 1 Inscrição Eliminatório Divulgação dos inscritos e formas/local de entrega do projeto. 2 Entrega da Proposta Completa (Projeto conforme modelo de Plano de Negócios Eliminatório disponibilizado) 3 Avaliação das Propostas. Eliminatório e Classificatório Divulgação dos aprovados e dos 4 5 dias/horários/locais das entrevistas Entrevista de defesa da proposta completa apresentada. Divulgação do Resultado Geral Assinatura do Termo de Participação em Sistema de Incubação da IAGRAM (Ação de Extensão). Eliminatório e Classificatório Eliminatório Quadro 01. Etapas do processo seletivo Na etapa 1 (Inscrição), as propostas inscritas serão analisadas quanto ao atendimento aos requisitos estabelecidos nos itens 5 e 8 desta chamada As propostas resumidas aprovadas na etapa 1 serão divulgadas no site da IAGRAM ( e seus responsáveis convocados para a etapa de seguinte.

5 9.3. Na etapa 2, a proposta construída (Projeto de Negócio Inovador) com base no Modelo de Plano de Negócios disponibilizado pela IAGRAM em anexo a este edital, deverá ser entregue, OBRIGATORIAMENTE, dentro do prazo, sob pena de desclassificação do processo seletivo A entrega da proposta deverá ocorrer em local, data, horário e por meio (físico ou eletrônico) a serem definidos pela IAGRAM, sendo de responsabilidade do proponente a busca por essa informação no site da incubadora ( Na etapa 4, os responsáveis pela proposta deverão, OBRIGATORIAMENTE, participar de uma entrevista com a Comissão de Seleção da IAGRAM, onde deverão defender sua proposta de forma oral por 15 (quinze) minutos A entrevista irá valer 300 (trezentos) pontos no total, distribuídos da seguinte maneira: 100 pontos para conteúdo técnico da defesa; 100 pontos para o perfil empreendedor do candidato; e 100 pontos pela apresentação do projeto A não participação na etapa 4 acarretará a desclassificação da proposta do processo seletivo Na etapa 3, a Comissão de Seleção irá avaliar as propostas completas apresentadas de acordo com as pontuações e critérios apresentados no quadro 2: Eixo Critérios Nota Empreendedor Tecnologia Formação acadêmica (curso de graduação ou pósgraduação) alinhada ao projeto Experiência na área foco da proposta ou que contribuirá para o desenvolvimento do negócio Disponibilidade de tempo para dedicação ao empreendimento Outras atividades que desenvolverá em paralelo ao empreendimento (universidade; emprego em tempo parcial; etc.). A família apoia a idealização do negócio Clareza na proposta de valor do projeto. O produto/serviço possui inovação diretamente nele ou no processo? Qual a estrutura tecnológica necessária inicialmente? Clareza quanto à tecnologia que será utilizada para o desenvolvimento do produto e/ou serviço. (Grau de inovação da ideia) Coerência na estimativa de retorno financeiro do negócio.

6 Capital Mercado Gestão Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental Clareza no custo estimado do projeto. Coerência no apontamento de capital inicial disponível. Coerência na fonte do capital inicial disponível. Clareza na estimativa de retorno financeiro para capital investido (em meses). Coerência nas fontes potenciais de captação de recursos financeiros. Clareza no apontamento dos principais concorrentes do negócio (Local, Regional, Virtual). Clareza no apontamento do diferencial competitivo do produto/serviço proposto. Produtos/serviços no mercado ou protótipo em teste. Clareza na identificação do segmento de clientes para o negócio. Acessibilidade aos insumos para produção. Como será a estrutura organizacional do futuro negócio (sócios, parceiros, fomentadores, relação destes com a gerência do negócio)? Coerência no apontamento das possíveis capacitações e qualificações inicialmente pensadas para iniciar o projeto. Coerência na exposição do potencial de transformação da ideia em negócio. Clareza na exposição da infraestrutura geral necessária para abertura do empreendimento. Clareza na exposição de como a IAGRAM participará da gestão desse negócio em sua concepção. A proposta possui características que visem à sustentabilidade. A proposta possui características ligadas à responsabilidade socioambiental do negócio. Os responsáveis demonstram conhecimentos que estejam em sintonia com as realidades de meio ambiente, sociedade e sustentabilidade como um todo. Grau de coerência nas possíveis características de sustentabilidade que a ideia possui. Grau de coerência nas possíveis características sócio ambientais da ideia. Quadro 02. Critérios e Pontuações para avaliação São 6 (seis) eixos a serem avaliados, com 5 quesitos cada um, onde cada quesito vale de 0 (zero) a 10 (dez) pontos cada, totalizando uma possibilidade máxima de 300 (trezentos) pontos para cada proposta Para efeito de aprovação no processo seletivo da IAGRAM, torna-se necessário a seguinte condição: mínimo de 210 pontos na Entrevista e mínimo de 210 pontos na análise do Projeto. O candidato que NÃO OBTIVER O MÍNIMO (210 pontos) em CADA ETAPA

7 (entrevista e análise do projeto), NÃO SERÁ APROVADO, independente da pontuação total que possua. 10. DO RESULTADO DA SELEÇÃO O resultado da avaliação final será divulgado no site da IAGRAM ( 11. DA ADMISSÃO E DAS VAGAS REMANESCENTES As propostas aprovadas no processo de seleção serão admitidas dentro do limite máximo de vagas abertas nesta Chamada e se reverterão no projeto a ser desenvolvido no sistema de incubação da IAGRAM, que caracteriza-se como uma ação de extensão A admissão será formalizada através de Termo de Compromisso para Participação no Sistema de Incubação (Ação de Extensão) a ser firmado entre a incubadora e os empreendedores responsáveis por cada uma das propostas selecionadas, no qual estarão estabelecidos os direitos e deveres das partes Vagas remanescentes serão geradas caso os responsáveis por alguma proposta selecionada deixem de assinar o termo dentro do prazo estabelecido As vagas remanescentes serão preenchidas pelas propostas que estiverem na lista de classificação, seguindo OBRIGATORIAMENTE a ordem de classificação Ao serem admitidos, os empreendedores deverão observar e respeitar todos os artigos e cláusulas dos instrumentos jurídicos que regem o sistema de incubação da IAGRAM, sob pena de desligamento do processo de incubação. 12. DOS PRAZOS Evento Prazos Publicação da Chamada 09/05/ Inscrição 2 3 Divulgação dos inscritos e formas/local de entrega do projeto. Entrega da Proposta Completa (Projeto conforme modelo de Plano de Negócios disponibilizado) 4 Avaliação das Propostas 5 Divulgação dos aprovados e dos dias/horários/locais das entrevistas 6 Entrevista de defesa da proposta completa apresentada 16/05/2016 a 31/05/ /06/ /06/ /06/2016 a 17/06/ /06/ /06/2016 e 21/06/ Divulgação do Resultado Geral 22/06/2016

8 8 Prazo para recurso 23/06/2016 a 24/06/ Divulgação Final (Após Análise de Recursos) 27/06/ Assinatura do Termo de Participação em Sistema de Incubação da IAGRAM (Ação de Extensão) 28/06/2016 Quadro 03 - Prazos Os empreendedores interessados serão os responsáveis por acompanhar e obedecer aos prazos previstos nesta Chamada. 13. DOS RECUSOS O empreendedor poderá interpor recurso contra: a) Etapa 3 do processo seletivo; Os recursos especificados na alínea a do item 13.1 deverão ser dirigidos à comissão de seleção e deverão ser entregues por escrito na secretaria da IAGRAM no prazo de 48 horas contados da divulgação do resultado da avaliação das propostas (etapa 3 do processo seletivo) no site na incubadora, obedecido o horário de seu funcionamento, a saber: das 7h30min às 11h00min e das 13h30min às 17h00min O deferimento ou indeferimento de recursos deverá ser motivado pela comissão de seleção de forma explícita, clara e consistente com a indicação dos fatos e dos fundamentos da decisão Não será aceito recurso encaminhado por via postal, fax ou correio eletrônico, assim como fora do prazo Em nenhuma hipótese serão aceitos pedidos de revisão das decisões da comissão de seleção sobre os recursos interpostos. 14. DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS A participação no presente processo de seleção implica em aceitação integral e irretratável do Regimento Interno e demais instrumentos jurídicos que disciplinam o sistema de incubação da IAGRAM, além desta Chamada Esclarecimentos e informações adicionais acerca desta Chamada poderão ser solicitados no período de vigência do mesmo à Gerência Administrativa da IAGRAM através do e dos telefones (84) e (84) O prazo para impugnação desta Chamada será de 05 (cinco) dias corridos contados de sua publicação A qualquer tempo, a presente Chamada poderá ser alterada, revogada ou anulada, no todo ou em parte, por motivo de interesse da Gerência Executiva da incubadora, público ou exigência legal, sem que isso implique direito à indenização ou reclamação de qualquer natureza.

9 14.5. O processo seletivo será executado em conformidade com os princípios básicos da publicidade, mediante a divulgação em jornal de grande circulação em Mossoró e no site da IAGRAM ( A IAGRAM, através de sua Gerência Executiva, reserva-se o direito de resolver os casos omissos e as situações não previstas nesta Chamada Fica estabelecido o foro da cidade de Mossoró, estado do Rio Grande do Norte, para dirimir questões oriundas da execução da presente Chamada. Esta Chamada entra em vigor na data de sua publicação, sendo de fluxo contínuo, sua vigência é por tempo indeterminado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO METRÓPOLE DIGITAL INOVA METRÓPOLE EDITAL DE PRÉ-INCUBAÇÃO Nº 02/2015 INOVA METRÓPOLE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO METRÓPOLE DIGITAL INOVA METRÓPOLE EDITAL DE PRÉ-INCUBAÇÃO Nº 02/2015 INOVA METRÓPOLE EDITAL DE PRÉ-INCUBAÇÃO Nº 02/2015 A Inova Metrópole, incubadora de empresas do Instituto Metrópole Digital (IMD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), torna pública a abertura de processo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE- UNINORTE LAUREATE Programa Incubadora Uninorte Empreende EDITAL Nº 01/2015 PRÉ-INCUBAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE- UNINORTE LAUREATE Programa Incubadora Uninorte Empreende EDITAL Nº 01/2015 PRÉ-INCUBAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE- UNINORTE LAUREATE Programa Incubadora Uninorte Empreende EDITAL Nº 01/2015 PRÉ-INCUBAÇÃO A Incubadora Uninorte Empreende, incubadora de empresas do Centro Universitário do

Leia mais

1. CONCEITOS 2. DOS OBJETIVOS DA PRÉ-INCUBAÇÃO

1. CONCEITOS 2. DOS OBJETIVOS DA PRÉ-INCUBAÇÃO Instituto Federal do Espírito Santo IFES Programa de pré-incubação do Núcleo Incubador Campus Colatina e Itapina Edital de Seleção de Empreendimentos de Base Tecnológica - Nº 01/2014 Os Diretores Gerais

Leia mais

MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO EDITAL N o 03, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR BRASILEIRAS PARA A UNIVERSIDADE EM REDE DO BRICS (BRASIL, RÚSSIA, ÍNDIA, CHINA

Leia mais

EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROFLETRAS CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO

EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROFLETRAS CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS

Leia mais

Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia

Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia EDITAL 01/2016 O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS, no uso de suas atribuições, torna pública

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO RAIAR Incubadora Multissetorial de Empresas de Base Tecnológica e Inovação da PUCRS TECNOPUC Parque Científico e Tecnológico da PUCRS Porto Alegre, dezembro

Leia mais

Tipo de Documento: Documentos do SGQ Data de Emissão: 25/08/2010 Data de revisão: 12/01/2016

Tipo de Documento: Documentos do SGQ Data de Emissão: 25/08/2010 Data de revisão: 12/01/2016 Página 1 de 8 EDITAL Nº 02/2016 A INCIT - Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá torna público que estarão abertas às inscrições para o processo seletivo de novas startups para o Programa

Leia mais

1. HISTÓRICO E OBJETIVOS... 2

1. HISTÓRICO E OBJETIVOS... 2 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA SUPERIOR DE DESENHO INDUSTRIAL INCUBADORA DE EMPRESAS DE DESIGN I EDITAL DE SELEÇÃO DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE DESIGN ANO 2012 SUMÁRIO 1. HISTÓRICO E OBJETIVOS...

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA INCUBAÇÃO

CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA INCUBAÇÃO INCUBADORA DE AGRONEGÓCIOS DAS COOPERATIVAS, ORGANIZAÇÕES COMUNITÁRIAS, ASSOCIAÇÕES E ASSENTAMENTOS RURAIS DO SEMIÁRIDO DA PARAÍBA IACOC FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA EDITAL N 01/014 CHAMADA PÚBLICA

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI, Campus

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº017/2016 O Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, IFRJ, no uso de suas atribuições legais, em consonância com a lei nº 12.513 de 26 de outubro de 2011,

Leia mais

EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016

EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016 EDITAL DE PROJETOS INSTITUTO LOJAS RENNER E ONU MULHERES - 2016 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para a seleção de projetos que contribuam para o

Leia mais

1 EDITAL DE SELEÇÃO PARA INCUBAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS NO PORTO SOCIAL

1 EDITAL DE SELEÇÃO PARA INCUBAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS NO PORTO SOCIAL PORTO SOCIAL Todo Mundo Junto 1 EDITAL DE SELEÇÃO PARA INCUBAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS NO PORTO SOCIAL 2016.1 1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PARA O PORTO SOCIAL 2016.1 A Coordenação da INCUBADORA

Leia mais

EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA.

EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA. EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA. O DIRETOR-GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH

EDITAL 01/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INCUBAÇÃO BEETECH A Universidade Federal de Goiás, Regional Jataí, no uso de suas atribuições legais, com a cooperação da Prefeitura municipal de Jataí e do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE,

Leia mais

EDITAL FAPES Nº 003/2010

EDITAL FAPES Nº 003/2010 EDITAL FAPES Nº 003/2010 Seleção de propostas a serem apresentadas pelos Programas de Pósgraduação stricto sensu do estado do Espírito Santo, visando à concessão de quotas de bolsas para formação de recursos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ, torna pública a abertura de inscrições para selecionar candidatos

Leia mais

EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016

EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016 EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016 SELEÇÃO DE NOVOS PROJETOS / EMPRESAS, PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS E PROJETOS DO INATEL INSTITUTO NACIONAL DE

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA

CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA SELEÇÃO DE PROJETOS E/OU EMPRESAS PARA PRÉ- INCUBAÇÃO O Núcleo

Leia mais

PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013

PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013 PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013 A MINISTRA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto na Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, Decreto nº 6.101, de

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 008 2014. OBJETO: Credenciamento de Examinadores

ATO CONVOCATÓRIO 008 2014. OBJETO: Credenciamento de Examinadores ATO CONVOCATÓRIO 008 2014 OBJETO: Credenciamento de Examinadores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO WORKFLOW DIGITAL ENTENDENDO A PÓS-PRODUÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS EDITAL PROPPG 004/2013 EDITAL PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE (Pós-Graduação lato sensu) A Pró-Reitoria

Leia mais

EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ

EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ O DIRETOR-GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Sescoop Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

2.1. As inscrições estarão abertas no período de 10 de fevereiro a 05 de maio de 2014.

2.1. As inscrições estarão abertas no período de 10 de fevereiro a 05 de maio de 2014. EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ, torna pública a abertura de inscrições para selecionar candidatos

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO CIENTÍCO E TECNOLÓGICO DO TOCANTINS NÚCLEO DE GESTÃO DE PESSOAS

FUNDAÇÃO DE APOIO CIENTÍCO E TECNOLÓGICO DO TOCANTINS NÚCLEO DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2016 A Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins FAPTO, personalidade jurídica de direito privado, CNPJ: 06.343.763/0001-11, situada à Orla 14, Praia da

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT

PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT O Governo do Estado do Maranhão e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTI, por meio da Fundação

Leia mais

MINUTA CHAMADA PÚBLICA N 003/2008 Fortalecimento da Ciência: Raça e Etnia

MINUTA CHAMADA PÚBLICA N 003/2008 Fortalecimento da Ciência: Raça e Etnia MINUTA CHAMADA PÚBLICA N 003/2008 Fortalecimento da Ciência: Raça e Etnia TERMOS DA CHAMADA PÚBLICA N 003/2008 A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás FAPEG, em consonância com o Pacto Goiano

Leia mais

PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E ADMISSÃO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO E D I T A L Nº 018/VR - SM0/10

PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E ADMISSÃO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO E D I T A L Nº 018/VR - SM0/10 PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E ADMISSÃO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO E D I T A L Nº 018/VR - SM0/10 O Vice-Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina Campus de São Miguel do Oeste SC,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CENTRO FORMADOR DE RECURSOS HUMANOS CEFOR/SES-PB. CURSO TÉCNICO SAÚDE BUCAL

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CENTRO FORMADOR DE RECURSOS HUMANOS CEFOR/SES-PB. CURSO TÉCNICO SAÚDE BUCAL ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº. 06/2012/SES/CEFOR-PB A Secretaria do Estado da Saúde, através do CEFOR-PB, torna público para conhecimento dos interessados a realização de PROCESSO

Leia mais

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação.

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4996.7983 gabinete.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM METROLOGIA E QUALIDADE Inmetro - 2016

EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM METROLOGIA E QUALIDADE Inmetro - 2016 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL

Leia mais

EDITAL N 06/2016. Materiais Metálicos 12 Sublinha: Solidificação de Metais e Ligas. 04 Sublinha: Tratamento Térmico

EDITAL N 06/2016. Materiais Metálicos 12 Sublinha: Solidificação de Metais e Ligas. 04 Sublinha: Tratamento Térmico EDITAL N 06/2016 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA DE MATERIAIS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO

INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO INCUBADORA EMPRESARIAL DE OSÓRIO EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INGRESSO NA MODALIDADE DE INCUBAÇÃO INTERNA E INCUBAÇÃO EXTERNA Osório 2015 EDITAL nº 01/2015 DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPREENDEDORES

Leia mais

EDITAL Nº 02, DE 11 DE ABRIL DE 2016

EDITAL Nº 02, DE 11 DE ABRIL DE 2016 EDITAL Nº 02, DE 11 DE ABRIL DE 2016 Inscrição e Seleção de Alunos Bolsistas e voluntários para o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde/GraduaSUS A Direção Geral da Faculdade Unigran Capital,

Leia mais

PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ.

PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 PARA SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COMPREENDENDO O ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE INCAPACIDADES NO MUNICÍPIO DE RESENDE - RJ. A AFR ASSOCIAÇÃO

Leia mais

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 4 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 6 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 7 CONCLUSÃO DE CURSO 7 RELATÓRIO TÉCNICO 8 AVALIAÇÃO DE

Leia mais

EDITAL Nº 06, DE 21 DE AGOSTO DE 2015 SELEÇÃO PARA A PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES EM EVENTOS E CURSOS DE QUALIFICAÇÃO

EDITAL Nº 06, DE 21 DE AGOSTO DE 2015 SELEÇÃO PARA A PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES EM EVENTOS E CURSOS DE QUALIFICAÇÃO EDITAL Nº 06, DE 21 DE AGOSTO DE 2015 SELEÇÃO PARA A PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES EM EVENTOS E CURSOS DE QUALIFICAÇÃO O DIRETOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS, nomeado pela

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Comunitária da Universidade Salvador UNIFACS torna público e convoca

Leia mais

CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO

CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA GERÊNCIA EXECUTIVA DE RELAÇÕES COM O MERCADO GERÊNCIA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EDITAL DE CHAMAMENTO Contratação de Empresas de Consultoria para Prestação de

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº. 02/2015 PETI/SAS AÇÕES ESTRATÉGICAS DO PETI

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº. 02/2015 PETI/SAS AÇÕES ESTRATÉGICAS DO PETI EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA Nº. 02/2015 PETI/SAS AÇÕES ESTRATÉGICAS DO PETI A Prefeitura Municipal e a Secretaria Municipal de Assistência Social de Iguatu, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

PORTARIA: Artigo 3º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. (Proc. USP nº 16.1.07489.01.0)

PORTARIA: Artigo 3º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. (Proc. USP nº 16.1.07489.01.0) PORTARIA PRP Nº 479, DE 04 DE ABRIL DE 2016 Dispõe sobre Edital para seleção de soluções inovadoras para resíduos sólidos O Pró-Reitor de Pesquisa, usando de suas atribuições legais, e considerando a necessidade

Leia mais

1.3. Aos futuros egressos do referido curso será outorgado o título de Mestre em Planejamento e uso de Recursos Renováveis.

1.3. Aos futuros egressos do referido curso será outorgado o título de Mestre em Planejamento e uso de Recursos Renováveis. EDITAL N o 001/2013/PPGPUR-So SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PLANEJAMENTO E USO DE RECURSOS RENOVÁVEIS PARA O CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE/2014

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM EDITAL Nº 019/2016-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação e formação de

Leia mais

EDITAL FAPEPI N 008/2012 ACORDO CAPES/FAPEPI BOLSAS DE DOUTORADO E AUXÍLIO PARA DOCENTES DE INSTIUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO SUPERIOR

EDITAL FAPEPI N 008/2012 ACORDO CAPES/FAPEPI BOLSAS DE DOUTORADO E AUXÍLIO PARA DOCENTES DE INSTIUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO SUPERIOR EDITAL FAPEPI N 008/2012 ACORDO CAPES/FAPEPI BOLSAS DE DOUTORADO E AUXÍLIO PARA DOCENTES DE INSTIUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO SUPERIOR A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí - FAPEPI, em conformidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110 DIREÇÃO GERAL DO IFES CAMPUS VITÓRIA IFES DIRETORIA DE PESQUISA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UERGS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UERGS UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UERGS EDITAL PROPPG 003/2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÂO EM AGRICULTURA FAMILIAR E MEIO AMBIENTE (Pós-Graduação lato sensu) A

Leia mais

NO IFRN / CAMPUS MOSSORÓ

NO IFRN / CAMPUS MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRO-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL

Leia mais

EDITAL 002/2015 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM DESENVOLVIMENTO RURAL E GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS AGROALIMENTARES.

EDITAL 002/2015 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM DESENVOLVIMENTO RURAL E GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS AGROALIMENTARES. EDITAL 002/2015 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM DESENVOLVIMENTO RURAL E GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS AGROALIMENTARES. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA)

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - TURMA 2010 MESTRADO ACADÊMICO

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - TURMA 2010 MESTRADO ACADÊMICO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EDITAL PROGRAMA

Leia mais

1. DO PROCESSO SELETIVO E DAS VAGAS.

1. DO PROCESSO SELETIVO E DAS VAGAS. PREFEITURA MUNICIPAL DE TEÓFILO OTONI SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 005 / 2015. PROGRAMA NACIONAL DE INCLUSÃO DE JOVENS - PROJOVEM URBANO 2015. Resolve: Por

Leia mais

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO SECRETÁRIO EDITAL Nº 13 /2012. De 27 de novembro de 2012.

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO SECRETÁRIO EDITAL Nº 13 /2012. De 27 de novembro de 2012. GOVERNO DE SERGIPE EDITAL Nº 13 /2012 De 27 de novembro de 2012. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSORES PARA OS CENTROS EXPERIMENTAIS DE ENSINO MÉDIO O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso das

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL Nº. 01/2013

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL Nº. 01/2013 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL Nº. 01/2013 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL

Leia mais

EDITAL Nº 026/2016 Referente ao Aviso Nº 082/2016, publicado no D.O.E. de 28/06/2016.

EDITAL Nº 026/2016 Referente ao Aviso Nº 082/2016, publicado no D.O.E. de 28/06/2016. EDITAL Nº 026/2016 Referente ao Aviso Nº 082/2016, publicado no D.O.E. de 28/06/2016. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público,

Leia mais

EDITAL Nº. 41/2015. Programa Institucional de Iniciação Científica para o Ensino Médio - IC/EM. Bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio

EDITAL Nº. 41/2015. Programa Institucional de Iniciação Científica para o Ensino Médio - IC/EM. Bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio EDITAL Nº. 41/2015 Programa Institucional de Iniciação Científica para o Ensino Médio - IC/EM Bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio A Universidade Católica de Santos, por meio da Pró-Reitoria de

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos sociais. O edital destina-se às organizações

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2014 CEAD-UNB

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2014 CEAD-UNB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD-UNB PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2014 CEAD-UNB A Diretora do Centro de Educação a Distância da Universidade de

Leia mais

EDITAL Nº 01/2010 - etec TORNA PÚBLICO

EDITAL Nº 01/2010 - etec TORNA PÚBLICO EDITAL Nº 01/2010 - etec A Diretoria de Graduação e Educação Profissional, através do Departamento de Ensino de Tecnologia e da Coordenação de Tecnologias na Educação do da, no uso das suas atribuições,

Leia mais

EDITAL Associação Aliança Empreendedora Projeto Geração Empreendedora 1/2014

EDITAL Associação Aliança Empreendedora Projeto Geração Empreendedora 1/2014 EDITAL Associação Aliança Empreendedora Projeto Geração Empreendedora 1/2014 EDITAL PARA TRANSMISSÃO DE METODOLOGIA DE APOIO A MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS A Aliança Empreendedora é uma organização

Leia mais

1.1 1.2 III VI. VII VII 2.1 2.2 2.3

1.1 1.2 III VI. VII VII 2.1 2.2 2.3 EDITAL 50/2012 O Diretor-Geral da Secretaria de Estado da Educação, no uso das atribuições legais, com base na Resolução n.º 933/2010, e considerando a necessidade de contratar professores para atuarem

Leia mais

AVALIADOR PARA CURSO

AVALIADOR PARA CURSO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO N 2015/3050033-02 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE AVALIADOR PARA CURSO A FUNDAÇÃO DE APOIO

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URAÍ

PREFEITURA MUNICIPAL DE URAÍ EDITAL 001/2015 O Prefeito do Município de Uraí-Pr, Sérgio Henrique Pitão, no uso de suas atribuições legais, e a Comissão Examinadora nomeada pela Portaria Municipal n.º 053/2015, no uso de suas atribuições

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO DO CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EM ADMINISTRAÇÃO (CMAAD) DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DA UECE (PPGA/UECE) Nº 37 /2015 O Magnífico

Leia mais

REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU

REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU O Reitor da Universidade Vila Velha UVV torna público a todos os interessados que estão abertas, de 10 de junho de 2014

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Centro de Educação Superior a Distância. E D I T A L Nº 24/2014, de 04 de outubro de 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Centro de Educação Superior a Distância. E D I T A L Nº 24/2014, de 04 de outubro de 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Centro de Educação Superior a Distância E D I T A L Nº 24/2014, de 04 de outubro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA O CENTRO DE EDUCAÇÃO

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 52/2011 UEPA

EXTRATO DO EDITAL N 52/2011 UEPA EXTRATO DO EDITAL N 52/2011 UEPA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE CANDIDATOS PARA AUXILIAR ADMINISTRATIVO DO PARFOR-UEPA A Magnífica Reitora da Universidade do Estado do Pará, no uso de suas atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EDITAL DE ABERTURA PROGRAD Nº 19 DE 26 DE ABRIL DE 2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA VAGA DE SUPORTE TÉCNICO AVA NA EQUIPE MULTIDISCIPLINAR DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UFGD A PRÓ-REITORA DE ENSINO

Leia mais

O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, e CAPÍTULO I DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, e CAPÍTULO I DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER 1 Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4139, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013. Regulamenta o Fundo Municipal de Esporte e Lazer e o Incentivo ao Esporte e Lazer e dá outras providências. O PREFEITO DE GOIÂNIA, no

Leia mais

EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015

EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015 EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015 O SUPERINTENDENTE da Fundação Pró-IFF, no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado, por tempo

Leia mais

2ª CHAMADA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015

2ª CHAMADA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS BÁSICOS SEMUSB 2ª CHAMADA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 Edital de chamamento público para formalização de convênio com

Leia mais

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM PERICIA, AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL EDITAL nº 1/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012 A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação (PROEPI) do Instituto Federal do Paraná, por meio da Diretoria de Pesquisa (DIPE)

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PLANO DE NEGÓCIOS UNISC CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E DAS DENOMINAÇÕES

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PLANO DE NEGÓCIOS UNISC CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E DAS DENOMINAÇÕES UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PLANO DE NEGÓCIOS UNISC CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E DAS DENOMINAÇÕES Art. 1 O Concurso Plano de Negócios UNISC é um instrumento que tem como

Leia mais

EDITAL Nº 2/2015 TÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO

EDITAL Nº 2/2015 TÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 2/2015 O Diretor da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital contendo as normas referentes ao Processo Seletivo para o

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN EDITAL N. 2/2016

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN EDITAL N. 2/2016 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN EDITAL N. 2/2016 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ESTRANGEIROS NÃO RESIDENTES NO BRASIL À VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESIGN PARA O CURSO DE

Leia mais

Universidade Aberta do Brasil Edital Nº. 02 de 31 de julho de 2009 DED/CAPES Edital Pró-Equipamentos

Universidade Aberta do Brasil Edital Nº. 02 de 31 de julho de 2009 DED/CAPES Edital Pró-Equipamentos Universidade Aberta do Brasil Edital Nº. 02 de 31 de julho de 2009 DED/CAPES Edital Pró-Equipamentos A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, sediada no Setor Bancário

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Instituto de Física Programa de Pós-Graduação em Física Edital 2/2015

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Instituto de Física Programa de Pós-Graduação em Física Edital 2/2015 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Edital 2/2015 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM FÍSICA PARA OS CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO PARA O PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2016 1.

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII

CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII A Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial EMBRAPII torna público o processo de seleção para habilitar Polos EMBRAPII IF (PEIF). Os

Leia mais

EDITAL Nº 001/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 001/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO EDITAL Nº 001/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ, torna público que estarão abertas as inscrições para seleção

Leia mais

EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016

EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016 EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/UFERSA,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA INTERNA Nº 002, de 22 de abril de 2015, PARA A ESCOLHA DA COORDENAÇÃO DE CURSO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EaD), EM VAGAS REMANESCENTES

CHAMADA PÚBLICA INTERNA Nº 002, de 22 de abril de 2015, PARA A ESCOLHA DA COORDENAÇÃO DE CURSO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EaD), EM VAGAS REMANESCENTES CHAMADA PÚBLICA INTERNA Nº 002, de 22 de abril de 2015, PARA A ESCOLHA DA COORDENAÇÃO DE CURSO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EaD), EM VAGAS REMANESCENTES 1. DA ABERTURA 1.1 O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPESP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PPGADM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPESP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PPGADM UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPESP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PPGADM 1 EDITAL Nº 006/2015-PPGADM Abertura de inscrições para

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DE ENSINO TÉCNICO

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DE ENSINO TÉCNICO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DE ENSINO TÉCNICO EDITAL Nº 002/2015 A Faculdade do Vale do Araranguá- FVA, pessoa jurídica de direito privado, no uso de

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL CÂMPUS DE PALMAS Av: NS 15 ALC NO 14, Bloco D - Anfiteatro, Sala

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 64/2013 UEPA. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CAPES/CNPq/UEPA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE.

EXTRATO DO EDITAL N 64/2013 UEPA. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CAPES/CNPq/UEPA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE. EXTRATO DO EDITAL N 64/2013 UEPA CAPES/CNPq/UEPA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE. A Universidade do Estado do Pará (UEPA), por meio de sua Coordenadoria do Programa Ciência sem Fronteiras-PCsF/UEPA e com o apoio da

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS EDITAL nº 1/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal do Tocantins

Leia mais

Ter experiência mínima de 1 (um) ano no magistério (exercer ou ter exercido a profissão no Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Superior)*.

Ter experiência mínima de 1 (um) ano no magistério (exercer ou ter exercido a profissão no Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Superior)*. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL Campus Rio Grande REDE ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (e-tec BRASIL) EDITAL Nº 01, DE 13 DE AGOSTO DE 2014

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade do Sagrado Coração torna público o presente Edital de abertura de inscrições,

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESA DE BASE TECNOLÓGICA DE CAMPOS Edital nº001/2006

INCUBADORA DE EMPRESA DE BASE TECNOLÓGICA DE CAMPOS Edital nº001/2006 INCUBADORA DE EMPRESA DE BASE TECNOLÓGICA DE CAMPOS Edital nº001/2006 Dezembro/2006 Incubadora de Empresa de Base Tecnológica de Campos TEC CAMPOS Edital nº001/2006 A incubadora de empresa de Campos, TEC

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. As presentes disposições visam regulamentar o Programa Parceiros em Ação, instituído pela Área de Responsabilidade Social do BANCO

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUCAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) EM GÊNERO E DIVERSIDADE NA ESCOLA (GDE) - MODALIDADE A DISTÂNCIA

CURSO DE PÓS-GRADUCAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) EM GÊNERO E DIVERSIDADE NA ESCOLA (GDE) - MODALIDADE A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS - CUR INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - ICHS Coordenação do Curso de Especialização em Gênero e Diversidade

Leia mais

SECRETARIA DO DESEVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA

SECRETARIA DO DESEVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA Programa de Mestrado Acadêmico Saúde e Envelhecimento da Famema EDITAL Nº 002/2014 Homologado pelo Conselho de Pós-graduação em 14 de fevereiro de 2014 Processo Seletivo para Mestrado Acadêmico Saúde e

Leia mais

Edital PPG-FÍSICA/UFPR nº 1/2016. Seleção de Candidatos ao Mestrado e ao Doutorado para o 1º Semestre de 2016

Edital PPG-FÍSICA/UFPR nº 1/2016. Seleção de Candidatos ao Mestrado e ao Doutorado para o 1º Semestre de 2016 Edital PPG-FÍSICA/UFPR nº 1/2016 Seleção de Candidatos ao Mestrado e ao Doutorado para o 1º Semestre de 2016 O Programa de Pós-graduação em Física da Universidade Federal do Paraná, em conformidade com

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 PARA SELEÇÃO DE USUÁRIOS PARA O SERVIÇO DE TRANSPORTE SEM LIMITE.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 PARA SELEÇÃO DE USUÁRIOS PARA O SERVIÇO DE TRANSPORTE SEM LIMITE. PREFEITURA MUNICIPAL DE CONTAGEM SECRETARIA MUNICIPAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA, MOBILIDADE REDUZIDA E ATENÇÃO AO IDOSO SERVIÇO DE TRANSPORTE SEM LIMITE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO ESPECIAL CAE EDITAL DE CHAMAMENTO

Leia mais