CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA"

Transcrição

1 CENTRO UNIVERSITÁRIO FEEVALE IDF - INCUBADORA DE DESIGN DA FEEVALE ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA DA FEEVALE INICIAR - INCUBADORA Á DISTÂNCIA SELEÇÃO DE PROJETOS E/OU EMPRESAS PARA PRÉ- INCUBAÇÃO O Núcleo de Incubadoras da Feevale NIF, gestor de Apoio e Incentivo ao empreendedorismo Programa de Pré-Incubação e Incubação de novos projetos (Incubadora Tecnológica, Incubadora de Design e Incubadora à distância) torna público o Edital de Fluxo Contínuo para seleção de novos empreendimentos. OBJETIVO: Selecionar e apoiar projetos e empreendimentos cujos produtos, processos ou serviços estejam focados na concepção da Incubadora Tecnológica, da Incubadora de Design e/ou da Incubadora à distância, oferecendo o suporte necessário para o seu desenvolvimento. DISPOSIÇÕES GERAIS A Incubadora de Design da Feevale - IDF visa auxiliar a inserção de empresas no mercado, tornando-as competitivas e, assim, promover o desenvolvimento regional. Atua com foco na formação empreendedora e gerencial de empresas incubadas no segmento de design, através do aporte de consultorias e treinamentos especializados. A Incubadora Tecnológica da Feevale - ITEF apóia o desenvolvimento de micro e pequenas empresas tecnologicamente inovadoras, através da constituição de um ambiente dotado de condições que permitem o acesso a serviços especializados, orientação, espaço físico e infra-estrutura técnica, administrativa e operacional. A Incubadora à distância INCIAR tem por objetivo apoiar empreendedores para viabilizar a implantação de uma idéia ou a criação e desenvolvimento de um negócio no processo de gestão abrangendo todas as áreas de atuação desde que não utilize as

2 instalações físicas da Feevale. A Feevale, no intuito de contribuir com o desenvolvimento socioeconômico da região, geração de novas empresas, empregos, renda e diversificação da economia, tem as Incubadoras de Design, Tecnológica e a Distância, ligadas ao Núcleo de Incubadoras da Feevale NIF, coordenado pelo Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA). Com isso, a Feevale vem através deste, esclarecer e convidar empresas ou empreendedores com interesse em submeter seus projetos à INCUBADORA DE DESIGN, INCUBADORA TECNOLÓGICA ou à INCUBADORA A DISTÂNCIA - INICIAR para avaliação, observando os requisitos e objetivos a seguir informados. Para os efeitos do presente Edital, considera-se como: Proponente: Empreendedor ou empresa que envia projeto para ingresso no processo de pré-incubação da incubadora de Design ou Tecnológica. Empreendimento Atividade de construção de um projeto ou empresa com finalidade de resultado econômico objetivando a elaboração de um plano de negócios com descrição das ações mercadológicas, financeiras e operacionais do negócio. Pré-Incubação Fase inicial na qual a empresa ou empreendedor com projeto de negócio para incubação desenvolverá seu plano de negócios, identidade visual e constituição da empresa, caso ainda não esteja formalizada. Nesta modalidade a empresa ou empreendedor já está instalado fisicamente na incubadora a qual está vinculado. Incubação É a etapa na qual a empresa implanta o plano de negócios desenvolvido durante a pré-incubação, usufruindo de todos os serviços disponibilizados durante o período de 24 meses, que pode ser renovado por mais 12 meses, mediante prévia avaliação do NIF e do ICSA. Incubadora à distância Processo de desenvolvimento de um empreendimento ou empresa que recebe suporte da incubadora, mas não está instalada fisicamente dentro da mesma. DAS VAGAS ESTE EDITAL É DE FLUXO CONTÍNUO, OU SEJA, ESTARÁ SEMPRE ABERTO AO RECEBIMENTO DE PROPOSTAS. SELECIONARÁ PROJETOS PARA PRÉ-INCUBAÇÃO QUANDO DO SURGIMENTO DE NOVAS VAGAS.

3 Para Incubadora Tecnológica ITEF serão oferecidas vagas no Núcleo de Extensão Universitária, com salas de 25 m². O Núcleo está localizado no Parque Tecnológico do Vale do Sinos, Av. Edgar Hoffmeister, 600 Zona Industrial Norte, na cidade de Campo Bom. Para Incubadora de Design IDF serão oferecidas vagas no prédio da Incubadora de Design, localizado no Campus II da Feevale, com salas de 20 m² e 40 m². Ficará a critério da incubadora definir o tamanho da sala que cada projeto ocupará. Para a Incubadora à distância INICIAR serão oferecidas 10 vagas, sendo que não é oferecido espaço físico, somente os espaços de uso comum, como as salas de reuniões. PÚBLICO-ALVO Estão habilitados os empreendimentos que se enquadrem nas categorias abaixo: Empresa criada por pessoa física Alunos de graduação e pós-graduação da Feevale, professores, pesquisadores, funcionários e pessoas da comunidade que tenham um projeto para desenvolvimento de produtos, processos ou serviços; Empresa ou grupo empresarial que deseje desenvolver uma nova empresa ou algum projeto em busca de apoio técnico e/ou gerencial. ÁREAS DE ATUAÇÃO ITEF INCUBADORA TECNOLÓGICA: Meio Ambiente Automação e Informática Biotecnologia Couro e Calçado Agropecuária e Agroindústria Energia Telecomunicações IDF INCUBADORA DE DESIGN: Design de ambiente: arquitetura comercial, sinalização; Design promocional: arquitetura promocional, material de ponto-de-venda;

4 Design de produto: bens de consumo, equipamentos urbanos, máquinas e equipamentos, mobiliário, objetos e utilidades; Design digital: design de interface, mídia digital, webdesign; Design de superfície: design têxtil; Teoria e educação em design: ensino, pesquisa, planejamento; Atividades de apoio ao design: editoração, produção gráfica, fotografia, maquetes e modelos, redação, revisão de textos; Design de moda: calçados, design têxtil, jóias, vestuário; Design gráfico: identidade visual, design editorial, embalagens, peças gráficas. INICIAR INCUBADORA À DISTÂNCIA: Abrange todas as áreas de atuação. DA INSCRIÇÃO Os documentos a serem apresentados no ato da inscrição são: Preenchimento da ficha de seleção, que está disponível no site DA COMISSÃO TÉCNICA DE SELEÇÃO A comissão de seleção é composta pela Equipe do Núcleo de Incubadoras da Feevale NIF e pelos professores da Feevale, nomeados pelo NIF. Os professores irão analisar os seguintes aspectos do projeto: comercial, financeiro, administrativo, técnico e da qualificação do(s) proponente(s). AVALIAÇÂO Serão aceitas as propostas apresentadas por pessoas físicas ou pessoas jurídicas (com até um ano de constituição). O processo de seleção compreende as seguintes etapas: Inscrição (Ficha de seleção) Etapa de avaliação Avaliação Proposta para Incubação de Empreendimento e

5 Currículo dos Proponentes (Ficha de seleção) Banca para avaliação do projeto. Divulgação dos resultados - Até 30 dias após o recebimento da inscrição. DOS SELECIONADOS Os candidatos selecionados para pré-incubação assinarão um contrato de préincubação com a Incubadora correspondente ao seu tipo de negócio incubado, que definirá todos os prazos, apoios e responsabilidade do incubado e da Incubadora. Após o período de pré-incubação (seis meses), será realizada uma avaliação do plano de negócios elaborado na pré-incubação e, com base neste resultado, a empresa poderá passar para a modalidade de incubação. As empresas selecionadas deverão cumprir as etapas do processo de seleção e apresentarem todos os documentos solicitados pela Incubadora, sob pena de perderem a vaga. A empresa estará apta para a modalidade de incubação quando atingir os seguintes requisitos: Ter desenvolvido o protótipo do produto; Ter elaborado o plano de negócios da empresa; Ter desenvolvido a identidade visual da empresa e do produto. Os serviços de apoio ao empreendedor estão disponíveis no site OBRIGAÇÕES DO EMPREENDEDOR As empresas selecionadas devem recolher mensalmente à ITEF, à IDF e à INICIAR, até o último dia útil do mês o valor correspondente ao processo de incubação; Respeitar e cumprir todas as cláusulas do Contrato de Pré-Incubação e do Regimento Operacional da Incubadora, a ser assinado ao ingresso na Incubadora Tecnológica e de Design da Feevale; Estar presente diariamente em sua área de Pré-Incubação, no mínimo, por um período (manhã ou tarde), atentando para os interesses de seu projeto e também para os da Incubadora;

6 Apresentar relatórios referentes ao desenvolvimento do seu projeto, conforme solicitados pela gerência, desde sua entrada na fase de Pré-Incubação, Não transferir a outros ou suspender suas atividades sem prévia comunicação e aprovação da administração da ITEF, IDF ou INICIAR; Os aprovados para a pré-incubação devem, obrigatoriamente, participar do PROCAPE Programa de Capacitação Empreendedora; Participação em cursos e em palestras promovidas pela incubadora ou pelos seus parceiros. DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS Os candidatos selecionados serão comunicados, via ou telefone. DO PRAZO PARA INSTALAÇÃO ITEF e IDF Os candidatos selecionados deverão obedecer às seguintes cláusulas para a sua préincubação, a partir da assinatura do contrato: Cláusula 1 - Deverão instalar-se fisicamente no local determinado pela gerência da incubadora em até 30 dias úteis após assinatura do contrato; Cláusula 2 - Após este prazo, se não ocupar o espaço físico destinado, o empreendedor receberá uma notificação referente ao atraso na instalação; Cláusula 3 Não havendo a ocupação do espaço físico em até 45 dias úteis após a assinatura do contrato, caberá à Incubadora decidir sobre o cancelamento do contrato, respeitando-se as cláusulas 1 e 2. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Todas as informações recebidas dos candidatos são tratadas como confidenciais pelo NIF. A critério da ITEF, da IDF e da INICIAR podem ser selecionados candidatos cuja admissão fique condicionada ao surgimento de uma nova vaga. E, em qualquer fase do processo de seleção, a Incubadora pode se fazer representar por seus gestores ou por consultores. Os candidatos podem obter mais informações sobre o edital de seleção na Incubadora do Campus II do Centro Universitário Feevale, pelo ou ainda

7 pelo telefone (51) Novo Hamburgo, 15 de agosto de 2007.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA INCUBADORA TECNOLÓGICA E DO AGRONEGÓCIO DE MOSSORÓ CHAMADA Nº. 01/2016 IAGRAM A Incubadora Tecnológica

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO RAIAR Incubadora Multissetorial de Empresas de Base Tecnológica e Inovação da PUCRS TECNOPUC Parque Científico e Tecnológico da PUCRS Porto Alegre, dezembro

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO

INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO INCUBADORA DE EMPRESAS I-DEIA EDITAL 01/2011 PROCEDIMENTOS PARA O PROCESSO SELETIVO FEVEREIRO DE 2011 Telefones: (66) 3422 2461 / 6710 1 1. Apresentação da Incubadora de Empresas I-deia A Incubadora I-deia

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESA DE BASE TECNOLÓGICA DE CAMPOS Edital nº001/2006

INCUBADORA DE EMPRESA DE BASE TECNOLÓGICA DE CAMPOS Edital nº001/2006 INCUBADORA DE EMPRESA DE BASE TECNOLÓGICA DE CAMPOS Edital nº001/2006 Dezembro/2006 Incubadora de Empresa de Base Tecnológica de Campos TEC CAMPOS Edital nº001/2006 A incubadora de empresa de Campos, TEC

Leia mais

PROJETO INCUBADORA DE EMPRESAS DE JUNDIAÍ NORMAS E PROCEDIMENTOS

PROJETO INCUBADORA DE EMPRESAS DE JUNDIAÍ NORMAS E PROCEDIMENTOS PROJETO INCUBADORA DE EMPRESAS DE JUNDIAÍ NORMAS E PROCEDIMENTOS I INTRODUÇÃO A Incubadora de Empresas de Jundiaí, de base tecnológica, está sendo reformulada e terá como objetivo a implantação de uma

Leia mais

Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia

Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia Processo de Seleção de Novos Empreendimentos para a Broto Incubadora de Biotecnologia EDITAL 01/2016 O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS, no uso de suas atribuições, torna pública

Leia mais

Tipo de Documento: Documentos do SGQ Data de Emissão: 25/08/2010 Data de revisão: 12/01/2016

Tipo de Documento: Documentos do SGQ Data de Emissão: 25/08/2010 Data de revisão: 12/01/2016 Página 1 de 8 EDITAL Nº 02/2016 A INCIT - Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá torna público que estarão abertas às inscrições para o processo seletivo de novas startups para o Programa

Leia mais

EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ

EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ EDITAL Nº 135 /2010 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2010 SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET- MG NASCENTE ARAXÁ O DIRETOR-GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 01/2013

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 01/2013 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA 01/2013 OBJETIVO: O objetivo do EDITAL DE CHAMADA 01/2013 é apoiar através de provimento de Infraestrutura física, de apoio tecnológico e a gestão de negócios, até 04 (quatro)

Leia mais

EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016

EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016 EDITAL 2016 PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 26/10/2015 ENCERRAMENTO: 11/09/2016 SELEÇÃO DE NOVOS PROJETOS / EMPRESAS, PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS E PROJETOS DO INATEL INSTITUTO NACIONAL DE

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA INCUBATEC UNILASALLE EDITAL PARA SELEÇÃO DE EMPRESAS - FLUXO CONTÍNUO

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA INCUBATEC UNILASALLE EDITAL PARA SELEÇÃO DE EMPRESAS - FLUXO CONTÍNUO INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA INCUBATEC UNILASALLE EDITAL PARA SELEÇÃO DE EMPRESAS - FLUXO CONTÍNUO O CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE Unilasalle Canoas, por meio da Agência de Pesquisa e Desenvolvimento,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII

CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII A Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial EMBRAPII torna público o processo de seleção para habilitar Polos EMBRAPII IF (PEIF). Os

Leia mais

FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE

FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE PROGRAMAS DE APOIO E INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INSOFT BH (PRÉ- INCUBAÇÃO DE PROJETOS E INCUBAÇÃO DE EMPRESAS) EDITAL 001/2011 7ª EDIÇÃO SELEÇÃO DE NOVOS PROJETOS

Leia mais

1. CONCEITOS 2. DOS OBJETIVOS DA PRÉ-INCUBAÇÃO

1. CONCEITOS 2. DOS OBJETIVOS DA PRÉ-INCUBAÇÃO Instituto Federal do Espírito Santo IFES Programa de pré-incubação do Núcleo Incubador Campus Colatina e Itapina Edital de Seleção de Empreendimentos de Base Tecnológica - Nº 01/2014 Os Diretores Gerais

Leia mais

AVISO (20/GAOA/2015)

AVISO (20/GAOA/2015) AVISO (20/GAOA/2015) Humberto Fernando Leão Pacheco de Brito, Presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, submete a consulta pública, para recolha de sugestões, por um período de 30 dias, a contar

Leia mais

INC.EM.T.IVA Católica

INC.EM.T.IVA Católica INC.EM.T.IVA Católica Incubadora de Empresas Tocantinenses Inovadoras da Católica do Tocantins Processo de Seleção de Novos Empreendimentos CHAMADA PÚBLICA 001/2015 Palmas, Setembro de 2015. A Faculdade

Leia mais

www.fundep.br/programacaptar, juntamente com este regulamento.

www.fundep.br/programacaptar, juntamente com este regulamento. PROGRAMA DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS FUNDEP REGULAMENTO PARA CADASTRAMENTO DE PROJETOS UFMG A Fundep//Gerência de Articulação de Parcerias convida a comunidade acadêmica da UFMG a cadastrar propostas de acordo

Leia mais

EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING

EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING No âmbito de suas atribuições, a Diretora da Primeiro Passo Coaching, com base no evento Conexão Primeiro Passo/ 2016, a ser realizado em 16 e 17 de abril de 2016,

Leia mais

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá - INCIT PLANO ANUAL DE TREINAMENTO Itajubá/MG Fevereiro de 2012 Plano Anual de 2 de 11 Revisão 01 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1 OBJETIVO GERAL... 4 2

Leia mais

MBA EM GESTÃO PÚBLICA

MBA EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO PÚBLICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica Edital 1/2014 Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica A (PoloSul.org) torna pública a presente chamada e convida os interessados para apresentar propostas de incubação

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA INCUBAÇÃO

CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS PARA INCUBAÇÃO INCUBADORA DE AGRONEGÓCIOS DAS COOPERATIVAS, ORGANIZAÇÕES COMUNITÁRIAS, ASSOCIAÇÕES E ASSENTAMENTOS RURAIS DO SEMIÁRIDO DA PARAÍBA IACOC FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA EDITAL N 01/014 CHAMADA PÚBLICA

Leia mais

Política de investimento esportivo 3M

Política de investimento esportivo 3M 1. Objetivo Política de investimento esportivo 3M A presente política tem por finalidade estabelecer os critérios para investimento em projetos e programas esportivos e que sejam passíveis de usufruírem

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 2015

EDITAL DE SELEÇÃO 2015 EDITAL DE SELEÇÃO 2015 A FAE Centro Universitário, através do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo FAE Incentiva, torna público que estão abertas as inscrições para o ingresso de novas empresas para fazer

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE POLO DE INOVAÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE POLO DE INOVAÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE POLO DE INOVAÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES BR 356, Km 158, Bairro Martins Lage Campos dos Goytacazes / RJ. CEP: 28100-000 Telefone: (22) 2737-5691

Leia mais

EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA.

EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA. EDITAL Nº29-22/03/2013 DEDC SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA INSTALAÇÃO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DO CEFET-MG NASCENTE EM LEOPOLDINA. O DIRETOR-GERAL DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

Política de investimento cultural 3M

Política de investimento cultural 3M Política de investimento cultural 3M 1. Objetivo A presente política tem por finalidade estabelecer os critérios para investimento em projetos e programas culturais e que sejam passíveis de usufruírem

Leia mais

EDITAL E REGULAMENTO DE CHAMADA PÚBLICA ITfetep

EDITAL E REGULAMENTO DE CHAMADA PÚBLICA ITfetep SUMÁRIO OBJETIVO:... 2 1. DAS PROPOSTAS... 2 2. PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO, PARTICIPAÇÃO E SELEÇÃO DE PROPOSTAS E PROJETOS... 3 3. CRITÉRIOS PARA SELEÇÃO DE EMPREENDIMENTOS E PROJETOS... 4 4. DA CLASSIFICAÇÃO...

Leia mais

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Av. Oraida Mendes de Castro, 6000, Novo Silvestre CEP 36570-000 Viçosa/MG Tel/fax: 31 3899 2602

Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Av. Oraida Mendes de Castro, 6000, Novo Silvestre CEP 36570-000 Viçosa/MG Tel/fax: 31 3899 2602 EDITAL 03.2014 - SELEÇÃO DE NOVAS EMPRESAS PARA O PROGRAMA DE PRÉ - INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA CENTEV/UFV. O Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa

Leia mais

Processo Inmetro Nº 52600.007607 /2007-30 EDITAL Nº 001 /2007

Processo Inmetro Nº 52600.007607 /2007-30 EDITAL Nº 001 /2007 Processo Inmetro Nº 52600.007607 /2007-30 EDITAL Nº 001 /2007 O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial Inmetro, através da Incubadora de Empresas do Inmetro, instalada no

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO. Modalidade Associada

PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO. Modalidade Associada Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA INCUBAÇÃO Modalidade Associada Incubadora Multissetorial de Empresas de Base Tecnológica e Inovação da PUCRS RAIAR

Leia mais

EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROFLETRAS CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO

EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS PROFLETRAS CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS EDITAL N o 001/2014 EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS

Leia mais

NÚCLEO DE EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO- NEPG REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. CAPÍTULO I Das considerações gerais

NÚCLEO DE EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO- NEPG REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. CAPÍTULO I Das considerações gerais Sociedade de Educação e Cultura de Goiás www.faculdadearaguaia.edu.br Rua 18 n 81 Centro Goiânia Goiás Fone: (62) 3224-8829 NÚCLEO DE EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO- NEPG REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

Leia mais

EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS

EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS EDITAL SEDETEC Nº 04, DE 15 DE OUTUBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PROCESSO SELETIVO PARA A INCUBAÇÃO DE EMPRESAS O SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

das demais previsões relativas ao estágio previstas no Projeto Pedagógico do Curso, no Regimento Interno e na Legislação.

das demais previsões relativas ao estágio previstas no Projeto Pedagógico do Curso, no Regimento Interno e na Legislação. DIRETRIZES E NORMAS PARA O ESTÁGIO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE REDENTOR DE PARAÍBA DO SUL DOS OBJETIVOS Art. 1 O Sistema de Estágio da FACULDADE REDENTOR DE PARAÍBA DO SUL terá por objetivos gerais:

Leia mais

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 026

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 026 1/7 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão dos Indicadores 02 Revisão geral do documento 03 Item 4.1: Foi inserida uma aprovação final da Diretoria após o Gestor

Leia mais

Regulamento. Projeto Gouveia StartUp

Regulamento. Projeto Gouveia StartUp Regulamento Projeto Gouveia StartUp Projeto Gouveia StartUp Índice Preâmbulo 2 Capitulo I - Disposições Gerais 3 Leis Habilitantes 3 Âmbito Geográfico 3 Objeto 3 Candidatos 3 Capítulo II Gestão e Condições

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2014 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos sociais. O edital destina-se às organizações

Leia mais

EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN)

EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN) EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN) A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação do Instituto Federal do Paraná (IFPR),

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE. Edital Nº 04/2012 PROGRAMA RS TECNÓPOLE DE APOIO A INCUBADORAS DE BASE TECNOLÓGICA E DE INDÚSTRIA CRIATIVA APRESENTAÇÃO

RELATÓRIO DE ANÁLISE. Edital Nº 04/2012 PROGRAMA RS TECNÓPOLE DE APOIO A INCUBADORAS DE BASE TECNOLÓGICA E DE INDÚSTRIA CRIATIVA APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DE ANÁLISE Edital Nº 0/2012 PROGRAMA RS TECNÓPOLE DE APOIO A INCUBADORAS DE BASE TECNOLÓGICA E DE INDÚSTRIA CRIATIVA APRESENTAÇÃO Gestor do Projeto Dr. Pesquisador Daniel Pedro Puffal COREDE

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Londrina Diretoria de Relações Empresariais e Comunitárias PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO

Leia mais

ESTATUTO DO GRUPO EXECUTIVO DE RECURSOS HUMANOS DO RIO DE JANEIRO

ESTATUTO DO GRUPO EXECUTIVO DE RECURSOS HUMANOS DO RIO DE JANEIRO 1. OBJETIVOS Revisão aprovada em plenário em 22 de setembro de 2011 1.1 Fomentar a troca de conhecimento, experiência e informações sobre políticas e práticas de Recursos Humanos. 1.2 Contribuir para o

Leia mais

DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO

DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO PROJETO ALUNO EMPREENDEDOR DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO São Paulo 2015 PROJETO ALUNO EMPREENDEDOR DOCUMENTO NORTEADOR

Leia mais

Guia para o desenvolvimento de Projetos de Extensão

Guia para o desenvolvimento de Projetos de Extensão Guia para o desenvolvimento de Projetos de Extensão A Extensão Universitária, sob o princípio constitucional da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, é um processo interdisciplinar educativo,

Leia mais

EDITAL / REGULAMENTO TREZE: O PALCO DA CULTURA 10ª EDIÇÃO

EDITAL / REGULAMENTO TREZE: O PALCO DA CULTURA 10ª EDIÇÃO EDITAL / REGULAMENTO TREZE: O PALCO DA CULTURA 10ª EDIÇÃO I. DO OBJETO 1.1. Através de processo de seleção, irá proporcionar a apresentação de 25 trabalhos produzidos por artistas, grupos ou companhias

Leia mais

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 01/2015

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 01/2015 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 01/2015 DIVULGA PROCESSO PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIOS AOS DISCENTES O Diretor Geral do campus de Maracanaú, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

EDITAL Abertura de Processo Seletivo

EDITAL Abertura de Processo Seletivo EDITAL Abertura de Processo Seletivo Projeto de Iniciação Científica das Faculdades Integradas Campo-grandenses (FIC) Dispõe sobre as normas para o processo de chamada de propostas de projetos de iniciação

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA INTERNA Nº 002, de 22 de abril de 2015, PARA A ESCOLHA DA COORDENAÇÃO DE CURSO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EaD), EM VAGAS REMANESCENTES

CHAMADA PÚBLICA INTERNA Nº 002, de 22 de abril de 2015, PARA A ESCOLHA DA COORDENAÇÃO DE CURSO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EaD), EM VAGAS REMANESCENTES CHAMADA PÚBLICA INTERNA Nº 002, de 22 de abril de 2015, PARA A ESCOLHA DA COORDENAÇÃO DE CURSO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EaD), EM VAGAS REMANESCENTES 1. DA ABERTURA 1.1 O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO,

Leia mais

Centro Universitário Belas Artes de São Paulo Programa de bolsas de incentivo ao desenvolvimento da Economia Criativa

Centro Universitário Belas Artes de São Paulo Programa de bolsas de incentivo ao desenvolvimento da Economia Criativa Centro Universitário Belas Artes de São Paulo Programa de bolsas de incentivo ao desenvolvimento da Economia Criativa O Prof. Dr. Paulo Antonio Gomes Cardim, Reitor do Centro Universitário Belas Artes

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 04/2013 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) comunica a realização de Processo Seletivo nº 04/2013 sob contratação em regime CLT (Consolidação das Leis

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria do Turismo, Esporte e do Lazer Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul - FUNDERGS

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria do Turismo, Esporte e do Lazer Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul - FUNDERGS EDITAL Nº 03/2015 PEQUENAS OBRAS E REFORMAS EM GINÁSIOS ESPORTIVOS, CANCHAS, QUADRAS ESPORTIVAS, ESTÁDIOS, CAMPOS DE FUTEBOL E OUTROS ESPAÇOS DESTINADOS À PRÁTICA DE ESPORTES E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS

Leia mais

EDITAL Nº 0059/2014 UNESCO

EDITAL Nº 0059/2014 UNESCO UNESCO Brasília Office Representação da UNESCO no Brasil EDITAL Nº 0059/2014 UNESCO Desenvolvimento de um sistema de informações para a realização da atividade de gestão estratégica em nível governamental

Leia mais

Manual de Estágio Supervisionado

Manual de Estágio Supervisionado NEP Manual de Estágio Supervisionado Sumário Apresentação.................................................................... 3 Considerações Iniciais............................................................

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO METRÓPOLE DIGITAL INOVA METRÓPOLE EDITAL DE PRÉ-INCUBAÇÃO Nº 02/2015 INOVA METRÓPOLE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO METRÓPOLE DIGITAL INOVA METRÓPOLE EDITAL DE PRÉ-INCUBAÇÃO Nº 02/2015 INOVA METRÓPOLE EDITAL DE PRÉ-INCUBAÇÃO Nº 02/2015 A Inova Metrópole, incubadora de empresas do Instituto Metrópole Digital (IMD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), torna pública a abertura de processo

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA n 01/2015/PROEX

CHAMADA PÚBLICA n 01/2015/PROEX CHAMADA PÚBLICA n 01/2015/PROEX Chamada Pública para seleção de bolsistas no Projeto Comunidades Tradicionais em Rede: Criação, Circulação e Produção Visual no Cerrado Goiano Desenvolvido em parceria com

Leia mais

1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 03 a 09 de Setembro de 2013, das 08h às12h e das 13h às 16h.

1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 03 a 09 de Setembro de 2013, das 08h às12h e das 13h às 16h. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE A Direção Geral do Campus de Maracanaú, através da Coordenação Local do Pronatec no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA. Rodovia ES-010, Km 6,5 Manguinhos 29173-087 Serra ES 27 3348-9200

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA. Rodovia ES-010, Km 6,5 Manguinhos 29173-087 Serra ES 27 3348-9200 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA Rodovia ES-010, Km 6,5 Manguinhos 29173-087 Serra ES 27 3348-9200 EDITAL COMPLETO PROCESSO SELETIVO 07 2016 (PS 07 2016) NÚCLEO INCUBADOR

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO: Caracterizados como um conjunto articulado de ações pedagógicas, de caráter teórico e/ou prático, presencial ou à distância,

Leia mais

Regulamento do Programa de Apoio à Economia e Emprego Nota Justificativa

Regulamento do Programa de Apoio à Economia e Emprego Nota Justificativa Regulamento do Programa de Apoio à Economia e Emprego Nota Justificativa Considerando que, Os Municípios dispõem de atribuições no domínio da promoção do desenvolvimento; Que para a execução das referidas

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL METALMECANICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 01/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação.

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4996.7983 gabinete.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Universidade Federal Fluminense Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Agência de Inovação

Serviço Público Federal Ministério da Educação Universidade Federal Fluminense Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Agência de Inovação Serviço Público Federal Ministério da Educação Universidade Federal Fluminense Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Agência de Inovação Edital para submissão de projetos PIBITI/CNPq PIBINOVA/PDI/UFF

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 086/2012 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) comunica a realização de Processo Seletivo nº. 086/2012 sob contratação em regime CLT (Consolidação das

Leia mais

Observatório História e Saúde Rede ObservaRH Casa de Oswaldo Cruz Fiocruz / Sgtes MS / OPAS Brasil

Observatório História e Saúde Rede ObservaRH Casa de Oswaldo Cruz Fiocruz / Sgtes MS / OPAS Brasil Observatório História e Saúde Rede ObservaRH Casa de Oswaldo Cruz Fiocruz / Sgtes MS / OPAS Brasil Edital de Apoio à Pesquisa e às ações de Arquivo e Documentação em História dos Recursos Humanos, da Educação

Leia mais

Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PPG

Universidade Estadual do Maranhão Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PPG EDITAL Nº 17/2015 PPG/UEMA CONCESSÃO DE BOLSA DE FIXAÇÃO DE DOUTOR A Universidade Estadual do Maranhão - UEMA torna público e convoca os interessados a apresentarem propostas para obtenção de bolsas de

Leia mais

EDITAL DE DIVULGAÇÃO E SELEÇÃO PROGRAMA CALENDÁRIO CULTURAL 2015

EDITAL DE DIVULGAÇÃO E SELEÇÃO PROGRAMA CALENDÁRIO CULTURAL 2015 EDITAL DE DIVULGAÇÃO E SELEÇÃO PROGRAMA CALENDÁRIO CULTURAL 2015 1. INTRODUÇÃO 1.1. O Programa Calendário Cultural edição 2015 é uma iniciativa da Fundação FEAC, desenvolvida pelo Escritório de Projetos,

Leia mais

NORMAS PARA EXECUÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO

NORMAS PARA EXECUÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO NORMAS PARA EXECUÇÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º A presente Resolução fixa as normas para o funcionamento do Programa de Bolsa de Extensão.

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 PARA OFERTA DE CURSOS DE EXTENSÃO SEÇÃO I - DA DEFINIÇÃO E FINALIDADE

EDITAL Nº 001/2015 PARA OFERTA DE CURSOS DE EXTENSÃO SEÇÃO I - DA DEFINIÇÃO E FINALIDADE EDITAL Nº 001/2015 PARA OFERTA DE CURSOS DE EXTENSÃO A Pró-Reitoria Comunitária e de Extensão - PROCE, da Universidade do Grande Rio - prof. José de Souza Herdy, no âmbito de suas atribuições, torna público

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online PSICOPEDAGOGIA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

Ano: 2012 Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com.br

Ano: 2012 Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com.br Ano: 2012 POLÍTICA DE ADMINISTRAÇÃO DE CARGOS E SALÁRIOS Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com.br 2 Sumário 1 - PRINCÍPIOS GERAIS 2 - OBJETIVOS 3 -

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA

REGULAMENTO PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA REGULAMENTO PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA Este documento descreve as práticas gerais de uso do PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA do Grupo Paranaense de Comunicação, administrado pelo Instituto GRPCOM. O PROJETO

Leia mais

Edital Pronametro nº 1/2014

Edital Pronametro nº 1/2014 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA NORMALIZAÇÃO, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO Edital Pronametro nº 1/2014 Programa

Leia mais

Princípios gerais e normativo de utilização do edifício

Princípios gerais e normativo de utilização do edifício Princípios gerais e normativo de utilização do edifício Princípios gerais e normativo de utilização do edifício 1 Princípios gerais e normativo de utilização do edifício Enquadramento 03 Objetivos Específicos

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO INCLUSIVA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 02/2014

CHAMADA PÚBLICA 02/2014 CHAMADA PÚBLICA 02/2014 CHAMADA PÚBLICA PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA O (IFG) faz saber, pela presente Chamada Pública, que estarão abertas no período de 06 a 20 de agosto de 2014, as inscrições

Leia mais

NORMA PROCEDIMENTAL CONCESSÃO DE BOLSAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

NORMA PROCEDIMENTAL CONCESSÃO DE BOLSAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 20.01.005 1/10 1. FINALIDADE Formalizar e disciplinar os procedimentos para a concessão de bolsas de extensão universitária destinadas a discentes da UFTM, oriundas de recursos financeiros da própria instituição.

Leia mais

TÍTULO I DA NATUREZA, DAS FINALIDADES CAPÍTULO I DA NATUREZA. PARÁGRAFO ÚNICO Atividade curricular com ênfase exclusiva didático-pedagógica:

TÍTULO I DA NATUREZA, DAS FINALIDADES CAPÍTULO I DA NATUREZA. PARÁGRAFO ÚNICO Atividade curricular com ênfase exclusiva didático-pedagógica: REGULAMENTO GERAL PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS DO IFRR N A regulamentação geral de estágio tem por objetivo estabelecer normas e diretrizes gerais que definam uma política

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO DE MONITORIAS

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO DE MONITORIAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO DE MONITORIAS 2010 UPE PROGRAD 2010 Manual para normatização de monitorias Página 1 de 9 SUMÁRIO página 1. Definição de Monitoria 4 2. Quem pode

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PLANO DE NEGÓCIOS UNISC CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E DAS DENOMINAÇÕES

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PLANO DE NEGÓCIOS UNISC CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E DAS DENOMINAÇÕES UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO CONCURSO PLANO DE NEGÓCIOS UNISC CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E DAS DENOMINAÇÕES Art. 1 O Concurso Plano de Negócios UNISC é um instrumento que tem como

Leia mais

ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS. EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA 2015.1 / e-labora (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA)

ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS. EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA 2015.1 / e-labora (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA) ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA) 1. EDITAL A Universidade Potiguar UnP, através da Escola de Engenharias e Ciências Exatas, torna público o presente Edital, pelo

Leia mais

CROWDWORKING VALE DA ELETRONICA Uma iniciativa do INATEL, Telefônica e Ericsson

CROWDWORKING VALE DA ELETRONICA Uma iniciativa do INATEL, Telefônica e Ericsson CROWDWORKING VALE DA ELETRONICA Uma iniciativa do, Telefônica e Ericsson PERÍODO DE VIGÊNCIA: ABERTURA: 01/04/2016 ENCERRAMENTO: 20/05/2016 ENCERRAMENTO DO PERÍODO DE INSCRIÇÃO E ENVIO DO FORMULÁRIO NA

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O N.º 189/2008 CONSUN APROVA O REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO UNIVERSITÁRIO DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ.

R E S O L U Ç Ã O N.º 189/2008 CONSUN APROVA O REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO UNIVERSITÁRIO DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ. R E S O L U Ç Ã O N.º 189/2008 CONSUN APROVA O REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO UNIVERSITÁRIO DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ. (*) O Presidente do Conselho Universitário no uso de suas

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFCO E TECNOLÓGICO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO

Leia mais

GT de Economia Criativa

GT de Economia Criativa GT de Economia Criativa Santa Maria, 02 de outubro de 2012 Pauta da reunião 1) Ações após a 1ª reunião do GT 2) Apresentação do Projeto de Mapeamento Georreferenciado da Economia Criativa 3) Apresentação

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Comunitária da Universidade Salvador UNIFACS torna público e convoca

Leia mais

Educa Mais Brasil REGULAMENTO

Educa Mais Brasil REGULAMENTO Educa Mais Brasil REGULAMENTO 2015 Regulamento do Programa EDUCA MAIS BRASIL I DO PROGRAMA Art. 1.º - O Programa EDUCA MAIS BRASIL é um programa de INCLUSÃO EDUCACIONAL e tem por objetivos: I estimular

Leia mais