MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO"

Transcrição

1 MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO (Versão 1.3 Maio./12) 1

2 INDÍCE PÁG. 1 Garantia 3 2 Introdução 3 3 Instalação 3 4 Dados Técnicos 4 5 Alimentação Elétrica 4 6 Disposição do Painel Traseiro 5 7 Conexão do Sensor (Célula de Carga) 5 8 Conexão da comunicação Serial 5 9 Conexão das Saídas de Níveis Set-Points (Opcional) 6 10 Simbologia 6 11 Simbologia do Teclado 7 Parametrizações 8 à Telas de Apresentação de Parametrização e Calibração Averiguação da Funcionalidade das Células de Carga e Indicador Acessando o modo de Averiguação a funcionalidade das célula de Carga e Indicador Menor Divisão 11 e Capacidade Máxima da Balança Valor de Filtro Digital Desligamento Automático e Faixa de Ação do Zero 13 e 14 Formato da Apresentação do Peso Líquido na Comunicação Serial Exemplo do formato da transmissão serial Formato da mensagem acima em Hexadecimal Formato da mensagem acima em Decimal Taxa de Velocidade da Comunicação Serial Calibração 16 e Finalização de Calibração Calibração no Modo Tanque 18 à Sequência de operação p/ Calibração no Modo Tanque 18 à 20 Operação 20 à Ligando o Equipamento Desligando o Equipamento de ZERO de TARA Tara Manual Tara Digitada Múltipla Tara Acumulação, Detecção de Pico Máximo (hold) e Contadora 21 à Acessando o Valor Total Acumulado Apagando os Registros Acumulados de Contagem de Peças Operando no modo Contagem de Peças 25 de Nível (Set-Points) opcional 26 e Parametrizando os limites de atuação 26 e Conversor de Unidade (kg/lb) Liga-Desliga o Back-Light Contato Técnico /Comercial 28 2

3 1. GARANTIA A AEPH DO BRASIL Indústria e Comércio Ltda., garante o Indicador de Pesagem Mod. EP- 001I por 12 meses sendo peças e mão de obra para supostas correções dentro do período de garantia conforme abaixo descritos: A garantia compreende por um período de 12 meses a partir da data de fatura do equipamento, contemplando uso adequado e de acordo com as especificações contidas no manual de usuário. Dentro deste período a AEPH do Brasil fornecerá peças e mão de obra sem ônus no prazo de 48 horas posto o material em nossa fábrica São Paulo, desde que: Os custos de transporte tanto de ida quanto de volta serão por contas do adquirente. A garantia perde a validade em caso de operação fora das especificações do equipamento assim como sofrer maus tratos, acidentes, variações elétricas acima dos limites de -15% a +10% do especificado neste manual, descargas atmosféricas. 2. INTRODUÇÃO Desenvolvido de acordo coma tecnologia de ponta, este produto foi projetado para operação em qualquer tipo de ambiente, agilizando o ritmo de trabalho. 3. INSTALAÇÃO - Este Instrumento de medição deve passar por uma verificação periódica assim que posto em uso, serviço este a ser executado por pessoal (empresa) devidamente qualificado (a) e munida de pesos padrões devidamente rastreados. - Escolha local seco para a instalação de seu indicador de pesagem assim como se certifique que a temperatura no local não exceda a faixa entre 0ºC à 45ºC, como referência atenda as especificações de proteção IP-65 (NBR 6146-ABNT) As limitações de temperatura e umidade deverão ser consideradas: Umidade Relativa do ar: de 10% a 85% sem condensação. Para opção com bateria, quando a tensão da bateria estiver abaixo da carga mínima aparecerá no display o símbolo indicando que a mesma seja recarregada imediatamente. Ligue o indicador com tensão de 220 VAC por 12 horas. 3

4 4. DADOS TÉCNICOS - Alimentação Elétrica: fonte externa de 220 VAC - 60 Hz - Consumo: 9 VA máximo - Opcional: Bateria interna recarregável 6 VDC 4 Amp/h tipo selada com elevada eficiência de recarga - Conversor A/D alta precisão com conversão de 40 vezes/seg divisões internas - divisões de display 1:15000 div. - Funções: - Filtros digitais - Seleção de desligamento automático - Detector de Nível (Set-Points) para funções comparativas de peso (Baixo OK e Alto) com alarme audível e 2 reles de saída com comutação para 110 VAC / 0,3 Amp - Acumulação de peso - Detector de pico ( função hold) - Auto Zero, Tara e Tara Digitada - Conversor de Unidade kg / lb. - Comunicação serial RS 232 somente transmissão - Alimentação da(s) célula(s) de carga: 5 VDC com autonomia até 4 células de 350 R - fusível de vidro 200 ma - Botões de navegação e comando no painel frontal 5. ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA O Indicador de Pesagem EP-001I foi projetado para operar em rede de 220 VAC com 50 / 60 Hz - Dê exclusividade a tomada elétrica a qual o equipamento será ligado, evitando assim danos ou mau funcionamento. - Em uso de Bateria, evite que a luz back-light do display fique acesa por muito tempo para evitar o consumo excessivo de energia elétrica. 4

5 6. DISPOSIÇÃO DO PAINEL TRASEIRO Conector da Célula de Carga Conector Serial e Saída de Reles (Set- Points) Entrada para Fonte Externa de 9 VDC, 7. CONEXÃO DO SENSOR (Célula de Carga) O Indicador de Pesagem EP-001II possuí autonomia para ligação de até 04 células de carga com impedância de 350Ω cada totalizando 58 Ω com alimentação de 5 VDC. A conexão é para 04 fios com segue no esquema do conector de ligação abaixo: Lado Contato Conector DB-9 macho lado Célula de Carga Pinos Descrição Sinal 1 Alimentação - Entrada Positiva E ( + ) 2 Sinal Saída Positiva I ( + ) 3 Sinal Saída Negativa I ( - ) 4 Alimentação - Entrada Negativa E ( - ) 5 Blindagem BLD Conector DB-9 fêmea lado Periférico 8. CONEXÃO DA COMUNICAÇÃO SERIAL Pinos Sinal 03 TX 05 GND Lado contato CONEXÃO DAS SAÍDAS DE NÍVEIS SET-POINT (Opcional - Sob Pedido) 5

6 Conector DB-9 fêmea lado Periférico Lado contato Lado Solda do Fio Pinos Sinal 01 NF Set-point Comum Set-Point NA Set-Point NF Set-Point NA Set-Point Comum Set-Point AC 10. SIMBOLOGIA DO DISPLAY: de Alimentação da rede Elétrica esta conectada Capacidade da bateria abaixo de 30% (para versões c/ bateria) AUTO de Acumulação Automática Ativa Valor de Peso Estabilizado de TARA ativada e o exibido o display exibe o valor líquido lb. kg HI OK LO Faixa de ZERO foi atingida e o indicador mostrará kg Unidade de Leitura Expressa em Libras Unidade de Leitura Expressa em Quilogramas Sinalização visual do valor de nível programado foi atingido em HI = alto, OK = dentro da faixa e LO = baixo 6

7 11. SIMBOLOGIA DO TECLADO DESL Desliga o Indicador de Pesagem Liga o Indicador de Pesagem de Acumulação Manual Faz a Seleção durante o processo de Parametrização Move o cursor da esquerda para a direita em looping na rotina de parametrização Incrementa o valor do dígito selecionado de 0 à 9 em looping na rotina de parametrização Faz a busca do Zero para valores residuais na balança e Faz a função de Tara para valores acima de 20% do FE no Zero 7

8 A programação deste modulo dividi-se em 2 fases : O Equipamento fornecido pela AEPH é calibrado em nossos laboratório com simuladores de células de carga que divergem das reais condições de campo, onde é obrigatório a execução dos passos à seguir para correlacionar o valro de peso ou força com seu rela valor de indicação, caso contrário serão apresentados valores que não correspondem a realidade do peso ou força aplicado. Parametrização e Calibração e Parametrização Parametrização : função à qual permite a entrada e configurações das funções do equipamento, tais como: menor divisão, capacidade máxima, filtro digital, auto desligar e saída de comunicação serial. Calibração: função que faz a associação dos valores programados na função Parametrização (Menor Divisão e Capacidade Máxima) com os sinais coletados da balança, lendo-a á partir do valor de zero quilos e de um valor conhecido pré determinado pelo teclado do equipamento. Com isto será gerado 2 pontos de uma reta de calibração que irá determinar todos os demais por processos de cálculos internos do equipamento. 12. PARAMETRIZAÇÕES Há duas formas de entrar nas telas de Parametrização e Calibração do Equipamento: OPÇÃO 1- Através de Jumper interno de configuração (válida para Equipamentos que possuam este padrão de circuito) 1º Remova os parafusos de fechamento da tampa traseira de seu Indicador de pesagem. 2º Localize na placa principal, lado direito o jumper de acesso à parametrização JP1, conforme desenho de localização abaixo: A) Posição do Jumper para indicação de peso (JP1 uso normal): Jumpers de Seleção JP1 8

9 B) Posição do Jumper para rotina de calibração do indicador: (EN Calibração) Jumpers de Seleção JP1 = EN 3º Passe o strap para a posição EN indicada no desenho (B) acima: 4º Conecte a(s) célula(s) de carga no indicador de pesagem. 5º Após a rotina de auto-teste de à o display apresentará o valor de peso da balança. O equipamento já encontra-se pronto para entrar na rotina de parametrização e calibração, basta seguir as instruções das tabelas 12.1 em diante. Após término da parametrização retornar o jumper a posição inicial. OPÇÃO 2 - Através do código sequencial de acionamento do teclado no momento de sua ligação, (válido para todos os modelos de indicadores EP-001): Para Todos os Modelos de Indicadores EP- 001 : Energizar o equipamento, porém não ligá-lo pela tecla Liga.Com o display apagado apertar e deixar acionada a tecla de Zero, acionar a tecla de Liga e liberá-la, manter a tecla de Zero acionada por 2 segundos e libera-lá. O display fará a rotina de auto teste de 0000 à 9999 e indicará o valor de peso da balança. Seguir as sequências das tabelas seguintes: 9

10 12.1 Telas de Apresentação de Parametrização e Calibração Após a entrada no modo de Parametrização e Calibração, é possível ter acesso à 3 telas: SET, CAL SP e A-D como segue abaixo: Acionar a Tecla XXXXX kg -SET- entrada no modo parametrização -SET- -A-D- entrada na leitura direta CAL SP - SET - entrada no modo de Calibração -A-D- XXXXXX valor amostrado sem processamento da CPU XXXXXX XXXXX kg retorna a indicação de peso A tela SET permite a configuração dos valores de menor divisão, capacidade máxima de indicação, filtro digital, velocidade de comunicação etc. A tela CAL SP cria os 2 pontos de leitura necessários de serem executados para o indicador ajustar a curva de leitura do sinal fornecido pela célula de carga com a curva de indicação linear a ser apresentada pelo display do indicador. A função A/D é uma ferramenta de apoio técnico descrita no item á seguir 12.2 Averiguação da funcionalidade das célula de Carga e Indicador O EP-001I permite a visualização do sinal da célula de carga diretamente do conversor A/D sem o processamento de filtros e curva de calibração. Para isto, esta deverá ser a 1º função a ser executada antes do processo de parametrização ou calibração. Serve para averiguar se está ocorrendo incrementos no valor fornecido pelas células de carga quando submetida a uma força ou peso, assim como averiguar se o sinal da célula esta invertido ou não através do incremento do valor ser4 positivo ou negativo a medida que for solicitado uma força ou peso nas células de carga. 10

11 Acessando o modo de Averiguação a funcionalidade das célula de Carga e Indicador Teclas de atalho: XXXXXX kg,,,, XXXXX kg= qualquer valor ou mensagem apresentada após a execução dos passos do item 12. Após a indicação de A-D, um número admensional será apresentado, com grande variação nos 2 últimos dígitos da direita do mostrador. Este número é processado diretamente do conversor AD do indicador, sem filtros ou ação da curva de calibração. Observe que este valor deverá: - oscilando nas duas ultimas casa (indica que o conversor AD esta funcionando) valor congelado indica curto-circuito nos fios da célula de carga ou problema no conversor AD do indicador. - ao solicitar a célula de carga com força ou peso, este valor deverá ser incrementado (se o valor for decrementado quando a célula de carga for solicitada no seu sentido correto de trabalho, indica que a fiação da célula esta conectada errada, devendo haver a troca dos fios Verde (pino 2) com o fio Branco(pino 3) no conector de entrada da célula de carga. - O valor apresentado quando a balança ou célula e carga estiver sem massa ou força aplicada, deverá estar na faixa de indicação: À Menor Divisão: Teclas de atalho: XXXXXX kg,, XXXXX kg= qualquer valor ou mensagem apresentada após a execução dos passos do item 12. Neste Campo, define-se através da seleção dos números apresentados, qual será a menor divisão que o indicador irá processar os valores de peso. A menor divisão é o step ou degraus que a indicação irá ser apresentada no ultimo digito da direita do display. Pode ser entendida como o menor indicação do valor de peso que o equipamento irá permitir exibir. Este valor esta diretamente ligado com o nº de divisões da célula de carga ou do sistema de células que a ele esta interligado. Geralmente um sistema de pesagem fornece divisões. 11

12 Acionar a Tecla XXXXX kg - SET - entrada no modo de parametrização - SET - d XXXXX entrada na configuração de menor divisão d XXXXX ( * ) ( * ) XXXXXX kg escolher a divisão respectiva a imprecisão da balança parametrização da capacidade máxima ou fundo de escala da balança ( * ) os valores devem ser escolhidos pulsando a tecla e selecionados entre: 1, 2, 5, 0.1, 0.2, 0.5, 0.01, 0.02, 0.05, 0.001, 0.002, 0.005, 10, 20, 50, 100, 200, 500, 0.10, 0.20, 0.50, 0.010, ou Capacidade Máxima da Balança: Teclas de atalho: XXXXXX kg,,, XXXXX kg= qualquer valor ou mensagem apresentada após a execução dos passos do item 12. Neste campo define-se a Capacidade Máxima da balança que quando a indicação de peso atingir este valor programado o equipamento irá indicar SOBRE = sobrecarga. É neste campo que se define qual o valor máximo aceitável pelo sistema de pesagem. Acionar a Tecla Seqüência de comandos à partir da tabela anterior: XXXXX kg X X XXX kg seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita X X XXX kg X 1 XXX kg seleciona valores em looping de 0 à 9 XXXXX kg FLT XX entrada na configuração de Filtro Digital Obs.: as teclas devem ser acionadas quantas vezes necessárias para a obtenção do valor desejado. 12

13 12.5 Valor de Filtro digital: Teclas de atalho: XXXXXX kg,,,, XXXXX kg= qualquer valor ou mensagem apresentada após a execução dos passos do item 12. Acionar a Tecla Seqüência de comandos à partir da tabela anterior: FLT XX X X seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita X X 1 X ( * ) seleciona valores em looping de 0 à 9 entrada na configuração de Desligamento XX AUTP XX Automático e Faixa de Ação de Zero Obs.: o valor pode ser escolhido de 00 à 99 onde valores baixos provém apresentação repostas rápidas no display e valores altos provem respostas lentas Desligamento Automático e Faixa de Ação do Zero ao ligar Teclas de atalho: XXXXXX kg,,,,, XXXXX kg= qualquer valor ou mensagem apresentada após a execução dos passos do item 12. Esta função fornece o recurso de selecionar a ação de correção do valor de zero automaticamente quando o peso depositado / acumulado sobre a balança estiver dentro da faixa escolhida na tabela seguinte e este for acrescido a cada 2 segundos. Seqüência de comandos à partir da tabela anterior anterior: AUTP YX Acionar a Tecla Y X seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita Y X 1 X ( * ) seleciona valores em looping de 0 à 9 YX ADR YX Modo de exibição do Peso Líquido na comunicação serial e modo de transmissão serial Obs.: os valores podem ser selecionados entre: 13

14 AUTP Descrição Dígito da Esquerda: permite escolher valores para a busca automática do ZERO em quilos onde os incrementos forem menor que 2 segundos. Não atua na busca automática do valor de Zero ideal para 0 (modo tanque) 1 zero automático atua em desvios de até 0.4 divisões 2 zero automático atua em desvios de até 0.8 divisões 3 zero automático atua em desvios de até 1.2 divisões 4 zero automático atua em desvios de até 1.6 divisões 5 zero automático atua em desvios de até 2.0 divisões 6 zero automático atua em desvios de até 2.4 divisões 7 zero automático atua em desvios de até 2.8 divisões 8 zero automático atua em desvios de até 3.2 divisões 9 zero automático atua em desvios de até 3.6 divisões Dígito da Direita: permite escolher a função desligamento automático do indicador após 15 segundos sem alteração de peso no indicador. 0 Desligamento do Indicador não automático Operação normal Desligamento do Indicador automaticamente após 3 minutos 1 sem alteração do valor de peso 14

15 12.7 Formato da Apresentação do Peso Líquido na Comunicação Serial Teclas de atalho: XXXXXX kg,,,,,, XXXXX kg= qualquer valor ou mensagem apresentada após a execução dos passos do item 12. Seqüência de comandos à partir da tabela anterior: Acionar a Tecla ADR XX X X seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita X X 1 X ( * ) seleciona valores em looping de 0 à 9 XX B XXXX Modo de seleção da taxa de velocidade de transmissão serial Obs.: os valores podem ser selecionados entre: ADR Descrição Amostragem do peso líquido de forma invertida. 00 Ex.: display apresenta 2537 kg. A comunicação serial amostra 7352 kg. Amostragem do peso líquido de forma normal 99 Ex.: display apresenta 2537 kg. A comunicação serial amostra 2537 kg. Somente faz a transmissão sob demanda conforme 01 à 98 configuração descrita no item Exemplo do formato da transmissão serial 1ºCampo 2ºCampo DESCRIÇÃO Nº : 1 Nº de vezes acumuladas G: 20020kg Peso Bruto T: 3000kg Peso de Tara N: 17020kg Peso Líquido Após cada linha há um comando de line feed,(avanço de linha) eno final há 4 comandos de line feed. 15

16 Formato da mensagem acima em Hexadecimal Formato da mensagem acima em Decimal 12.8 Taxa de Velocidade da Comunicação Serial Teclas de atalho: XXXXXX kg,,,,,,, XXXXX kg= qualquer valor ou mensagem apresentada após a execução dos passos do item 12. B XXXX Acionar a Tecla XXXX Seqüência de comandos à partir da tabela anterior: seleciona a velocidade desejada entre: 1200 bps, 2400 bps, 4800bps e 9600bps XXXX XXXXX kg retorna a indicação de peso da balança Nota: é possível acessar qualquer item sem a necessidade de entrada nos anteriores bastando pulsar a tecla a cada tela apresentada. Este Equipamento transmite no modo contínuo a cada 270 mseg. um string do valor do peso. ou 222 strings/min. 13. CALIBRAÇÃO Nesta etapa deve ser providenciado força ou massa com valor mínimo de 40% do valor máximo digitado na função CAPACIDADE. Será necessário a captura de 2 pontos distintos: Zero e valor conhecido para que o indicador promova a curva de calibração. O primeiro valor é a balança vazia ou a célula ou balança esta nas condições reais de uso com todo os dispositivos acoplados ou fixados na mesma na qual o cliente deseja que esta seja a condição de indicação para 0 kg (Zero quilos). Neste momento, sem haver interferências externas na balança, deverá ser acionado a sequência de comandos descritas à seguir CALL 00. O próximo ponto de calibração é o valor igual ou superior à 40% do valor máximo a ser indicado. O valor apresentado na tela do indicador neste instante é o de fundo de escala porém se o cliente não possuir esta capacidade em força ou massa conhecida deverá digitar, 16

17 neste instante, o valor conseguido em massa ou força desde que esteja na faixa de 40% à 1000% do valor de fundo de escala. Teclas de atalho: XXXXXX kg,,, XXXXX kg= qualquer valor ou mensagem apresentada após a execução dos passos do item 12. Seqüência de comandos à partir da tabela anterior: Acionar a Tecla XXXXX kg SET entrada no modo de parametrização SET CAL SP entrada no modo de calibração CAL SP CAL 00 calibração do ZERO da balança. Esta função deve ser executada com a balança vazia e o indicador de peso estabilizado deverá esta acionado. CALL faz inúmeras leituras do valor de zero e armazena na memória XXXXX kg seleciona o dígito que se deseja alterar em valor da looping da esquerda para a direita X XXX kg capacidade Obs.: entrar com valor do peso conhecido máxima entre 40 à 100% da Capacidade Máxima X XXX kg 1 XXX kg seleciona valores em looping de 0 à 9 XXXX kg XXXX kg XXXX kg 13.1 Finalização de Calibração Posicionar o Peso padrão ou massa conhecida sobre a balança aguarde a indicação de peso estabilizado. faz inúmeras leituras do valor de calibração e armazena na memória display apresenta o valor de peso que está sobre a balança Para finalizando a Calibração: desligue o indicador de pesagem acionando a tecla STOP, e religue o indicador somente apertando a tecla 17

18 14. CALIBRAÇÃO NO MODO TANQUE Este equipamento tem o recurso de calibração no modo tanque, isto é, quando não se tem o valor total de peso conhecido para calibrar um sistema (entre 40% à 100 % do FE) ou não ser possível seu posicionamento no reservatório, é possível fazê-lo de modo interativo em passos (steps). 1º Faz-se a calibração do ZERO do tanque; 2º Posicione o(s) peso(s) padrão(es) no tanque; 3º Faz-se a calibração com o valor de peso conhecido (peso padrão); 4º Retira-se o(s) peso(s) padrão(es) do tanque; 5º Adiciona produto ou água no tanque até atingir o valor de calibração do item 3º 6º Anote o valor apresentado no display 7º Reposicione o(s) peso(s) padrão(es) no tanque 8º Soma-se o valor do(s) peso(s) padrão(es) ao valor anotado 9º Recalibre o indicador com o novo valor e repita a operação sempre somando os valores obtidos no display com o valor do(s) peso(s) padrão(es), até atingir a faixa de 40% à 100 % do valor da Capacidade máxima programada no indicador. Obs.: como primeiro passo, retorne às páginas 10 e 11 e parametrize a função AUTP=YX com o Y=1 e o X=0, com isto ao desligar e religar o indicador com carga no tanque, o indicador não zere o valor de peso líquido Seqüência de Operação para Calibração no Modo Tanque. Acionar a Tecla XXXXX kg CAL SP entrada no modo de calibração CAL SP CAL 00 CAL calibração do ZERO da balança. Esta função deve ser executada com o tanque vazio e o indicador de peso estabilizado deverá esta acionado. faz inúmeras leituras do valor de zero e armazena na memória 18

19 XXXXX kg valor da capacidade máxima X XXX kg seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita Obs.: entrar com valor do peso conhecido X XXX kg 1 XXX kg seleciona valores em looping de 0 à 9 Posicionar o Peso padrão ou massa XXXX kg conhecida sobre o tanque, aguardar a indicação de peso estabilizado. XXXX kg faz inúmeras leituras do valor de calibração e armazena na memória XXXX kg display apresenta o valor de peso que está sobre a balança kg Retire todo o(s) peso(s) padrão(es) do tanque YYYYY kg YYYYY kg Encher o tanque com produto ou água até o valor YYYYY kg ser igual a XXXXX kg YYYYY kg ZZZZZ kg posicionar o(s) peso (s) padrão(es) no tanque e somar YYYYY + XXXXX kg ZZZZZ kg CAL 00 entre no modo calibração CAL 00 XXXXX kg valor da capacidade máxima pula a função de calibração do ZERO XXXXX kg seleciona o dígito que se deseja alterar em valor da looping da esquerda para a direita Z ZZZZ kg capacidade inserir o resultado de XXXX + YYYY kg máxima (peso padrão + peso de produto) Z ZZZZ kg 1 ZZZZ kg seleciona valores em looping de 0 à 9 ZZZZZ kg ZZZZZ kg ZZZZZ kg faz inúmeras leituras do valor de calibração e armazena na memória display apresenta o valor de peso que está sobre a balança 19

20 Obs.: o procedimento da 8º linha desta tabela em diante deve ser repetido até o valor final da calibração seja de 40 à 100 % da Capacidade Máxima da Balança Operação: 15.1 Ligando o Equipamento: Remova todo objeto e/ou carga de sobre a balança, pressione a tecla. A balança fará o auto-teste de display e circuitos internos com contagem regressiva de a Em seguida o indicador irá mostrar o valor de peso que estiver sobre a balança Desligando o Equipamento: Pressione a tecla STOP localizada no painel frontal e o indicador será desligado ZERO: Em indicação normal de peso e estando a balança sem carga ou somente carga residual, o acionamento da tecla Zero por 2 segundos, faz a indicação de peso apresentar o zero quilos no display do indicador de pesagem. No momento do acionamento ouve-se um sinal sonoro (bip) e quando o mesmo cessar o valor de zero estará OK. Esta função perde a ação quando esta longe do valor mínimo para reconhecimento de zero ou a função de Tara encontra-se ativada TARA: TARA Manual: Para pesagem executar a função de Tara, proceda aos seguintes passos: Posicione a massa a ser monitorada sobre a balança, pressione o valor de peso indicado pelo display será mascarado apresentando 0 kg, e o cursor do display irá apontar para o símbolo, indicando que a função de tara esta ativa. 20

21 TARA Digitada: É possível digitar o valor de Tara que deseja subtrair do valor da massa a ser monitorada, bastando para isto acione a tecla digite o valor desejado e acione a tecla no display. e com auxilio da tecla para aceitar o valor digitado e subtraí-lo Se após a solicitação de Tara digitada nenhuma tecla for acionada por 5 segundos a indicação retorna ao valor de leitura normal. Para limpar o valor de Tara digitada, acione a tecla valor de indicação anterior. para que a indicação volte ao de Múltipla TARA: É possível executar inúmeras vezes a função de Tara até o limite da capacidade máxima da balança bastando na primeira vez acionar a tecla e nas demais acioná-la por duas vezes, pois acionando a tecla uma vez o valor total de peso da balança é amostrado e na segunda vez acionado o valor total de peso é mascarado 15.5 Acumulação e Detecção de Pico Máximo (Hold): O EP-001I permite acumular valores de peso estabilizados no display somando-se a inúmeros outros recursos como segue na tabela abaixo: Acionar a Tecla apresentação do quantidade de vezes já XXXXX kg n X acumuladas n X AUT X entrada no modo de configuração de acumulação AUT X AUT 0 AUT esta tecla pode selecionar o valor de 0 à 9 Descrição 0 Acumulação Manual pela tecla 1 Acumulação e Impressão Automática com apresentação do nº de vezes 21

22 acumuladas após a estabilização do peso Acumulação e Impressão Automática com apresentação do nº de vezes acumuladas após a balança retornar a Zero kg ou à 20 divisões. Acumulação e Impressão Automática com apresentação do nº de vezes acumuladas após a balança retornar a Zero kg ou à 20 divisões. Retenção do Pico (congelamento do valor máximo) no display e na comunicação serial e faz a Acumulação e Impressão, apresenta o nº de vezes acumulados no display e mantém o valor congelado piscando após a balança retornar a Zero kg ou à 20 divisões. O display retorna a indicação normal com acionamento da tecla Acumulação Manual e Impressão com apresentação no display o nº de vezes acumuladas com o acionamento da tecla Somente é aceito um comando de acumulação e impressão para um mesmo valor sem a ocorrência de variação do peso. Retenção do Pico (congelamento do valor máximo) no display e na comunicação serial. Se o peso estiver sobre a balança, com o acionamento 1 vez da tecla faz a Acumulação, mostra no display o número de vezes acumuladas, faz a impressão do valor e o 22

23 AUT X XXXXX kg Acessando o Valor Total Acumulado 7 valor permanece piscando no display até o acionamento de qualquer tecla Se o peso for retirado da balança o acionamento da tecla ou qualquer outra, apenas interrompe o piscar do display e retorna a indicação em modo normal,não concretizando a acumulação. Acesso ao modo de contagem de peças apresentado no item 15.6 Sai da função de parametrização, retornando ao modo de indicação de peso Acionar a Tecla XXXXX kg n XX apresenta o número de vezes que ocorreu a acumulação faz a apresentação do valor total acumulado n XX H XXXX na composição do número mais significativo Ex kg, na função H será amostrado o nº 25 faz a apresentação do valor total acumulado H XXXX L XXXX na composição do número menos significativo Ex kg, na função H será amostrado o nº 4358 kg L XXXX XXXXX kg retorna a indicação de peso 23

24 Apagando os Registros Acumulados Acionar a Tecla XXXXX kg n XX apresenta o número de vezes que ocorreu a acumulação os registros de n, H e L são apagados da n XX XXXX kg memória do equipamento e o display volta a indicação de peso 15.6 Contagem de Peças: Certificar que no item 15.5 das páginas 18 e 19 ( Acumulação e Detecção de Pico Máximo (Hold) e Contadora), esteja selecionado para AUT 7. Após parametrizar o item acima seguir os comandos da tabela de configuração abaixo: Colocar na balança certa quantidade do objeto (amostra) que deseja contar e informar ao indicador a quantidade e o peso: Acionar a Tecla do Display XXXXX kg CnT XXX entrada da quantidade de amostra CnT XXX CnT X XX seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita CnT X XX CnT 0 XX seleciona valores em looping de 0 à 9 CnT YYY XXXX kg retorna a indicação de peso XXXXX kg C XXXXX mostra a quantidade de peças na balança. colocar o montante de peças na balança que será indicado a quantidade total. C XXXXX kg XXXXX kg retorna a indicação de peso Nota ref. a amostragem: Quando o peso líquido da balança for zero (a tara pode ser removida pressionando a tecla de TARA se o peso líquido não for ZERO ), a amostra, deverá ser inferior a 200 peças, ou seja, entre 1 à 199, é colocada na balança. Pressione e, a quantidade de entrada da amostra (ex.: 30), o display exibirá Cnt030. Pressione,confirmar a realização da amostragem. O status da pesagem é reexibido. A amostragem é memorizada mesmo com o desligamento. 24

25 Operando no modo Contagem de Peças: Operação de Contagem de Peças: posicionar o objeto sobre a balança, o peso é exibido, pressione, é exibido C XXX, o visor é incrementado de acordo com a quantidade de objeto. Quando o display estiver estável, pressione, acumula o peso e a quantidade. A acumulação somente pode ser feita em status de contagem. Acionar do a Tecla Display XXX kg XXX kg XXX = peso do objeto C XXX C YYY YYY = quantidade de peças C YYY n Z C YYY n = nº de acumulações ocorridas após 1.5 segundos amostra YYY Acumula a consulta e exclui: tanto na fase de pesagem e status de contagem Acionar a Tecla do Display XXX kg C YYYY YYY = Amostra a quantidade total de peças Amostra o peso acumulado em 4 dígitos mais C YYYY H AAAA significativos Amostra o peso acumulado em 4 dígitos H 0 L BBBB menos significativos L BBBB C YYYY Retorna a contagem de peças C YYYY C 0 Apaga a quantidade acumulada 25

26 15.7 de Nível (Set-Points): para versões com este opcional O indicador EP-001 possui a versão de saídas de níveis controladas por reles que permitem a comutação na faixa pré-determinada pelo operador através do teclado do equipamento. Com o exclusivo recurso de programação dos 2 Set-Points em pontos de ligar e desligar dentro da faixa de calibração da balança. Com isto é possível montar inúmeras configurações para diversos tipos de aplicações. As mais usuais são a detecção de nível em tanques, sistemas passa-não-passa, envase e dosagens Parametrizando os limites de atuação Acionar a Tecla XXXXX kg A XXXX entrada para parametrização do limite inferior do set-point 01 A XXXX A X XXX seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita A X XXX A Z XXX seleciona valores em looping de 0 a 9 A ZZZZ B XXXX entrada para parametrização do limite superior do set-point 01 B XXXX B X XXX seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita B X XXX B Z XXX seleciona valores em looping de 0 a 9 C ZZZZ C XXXX entrada para parametrização do limite inferior do set-point 02 C XXXX C X XXX seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita C X XXX C Z XXX seleciona valores em looping de 0 a 9 C ZZZZ D XXXX entrada para parametrização do limite superior do set-point 02 D XXXX D X XXX seleciona o dígito que se deseja alterar em looping da esquerda para a direita D X XXX D Z XXX seleciona valores em looping de 0 a 9 D ZZZZ XXXX kg retorna a tela de indicação de peso 26

27 Obs.: limite inferior é o valor que quando for igual ao valor da indicação de display em modo crescente promove o ligar do set-point correspondente. limite superior é o valor que quando for igual ao valor da indicação de display em modo crescente promove o desligar do set-point correspondente. Para cancelar o recurso de limite superior basta programá-lo com valor superior a capacidade máxima de calibração e o equipamento Conversão de Unidade (kg/lb.) O valor indicado pelo display poderá ser convertido automaticamente de kg/g (quilos ou gramas) para lb. (libras) e vice-versa, bastando acionar a tecla por 2 segundos e um cursor no canto esquerdo superior do display irá apontar para a indicação lb. Apertando novamente a tecla o valor indicado retorna a indicação de kg Liga-Desliga o Back-Light O bacvk=light na cor azul é a luz emitida no fundo do display para facilitar a visualziação em ambientes com ausência de iluminaçã, porém este recurso consume muita energia da bateria e pode ser ligada ou desligada bastando acionar a tecla por 2 segundos. Quando esta função estiver ativa e o peso da balança permanecer estável por 15 seg. podendo ser ligada novamente na alteração do valor de peso ou acionamento de qualquer tecla exceto a tecla STOP.. 16 CONTATOS TÉCNICO / COMERCIAL AEPH DO BRASIL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Soluções Inteligentes em Pesagem Industrial Fone: (0xx11) Fax: (0xx11) Rua Icaraí Tatuapé - 27

28 São Paulo SP Site: 28

MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO

MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO MANUAL DE OPERAÇÃO E CALIBRAÇÃO ] CONVERSOR DE SINAL PARA CÉLULA DE CARGA (Versão 1.2 Out./10) 1 INDÍCE PÁG. 1 Garantia 3 2 Introdução 3 3 Instalação 3 4 Dados Técnicos 4 5 Alimentação Elétrica 4 6 Disposição

Leia mais

Indicador de pesagem. WT3000-I-Plus. Manual Técnico. Versão 03. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem

Indicador de pesagem. WT3000-I-Plus. Manual Técnico. Versão 03. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Indicador de pesagem Manual Técnico Versão 03 Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Obrigado por escolher a WEIGHTECH! Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você contará com

Leia mais

Indicador de pesagem. WT3000-I-Plus. Manual Técnico. Versão 04, Revisão 05. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem

Indicador de pesagem. WT3000-I-Plus. Manual Técnico. Versão 04, Revisão 05. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Indicador de pesagem Manual Técnico Versão 04, Revisão 05 Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Obrigado por escolher a WEIGHTECH! Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você

Leia mais

Indicador de pesagem. WT3000-I-Pro. Manual Técnico. v02; r01. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem

Indicador de pesagem. WT3000-I-Pro. Manual Técnico. v02; r01. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Indicador de pesagem WT3000-I-Pro Manual Técnico v02; r01 Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Obrigado por escolher a WEIGHTECH! Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você

Leia mais

Soluções Globais em Sistemas de Pesagem. Indicador de pesagem WT1000-LED. Manual Técnico. Versão A12-03

Soluções Globais em Sistemas de Pesagem. Indicador de pesagem WT1000-LED. Manual Técnico. Versão A12-03 Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Indicador de pesagem WT1000-LED Manual Técnico Versão A12-03 ÍNDICE 1 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS... 4 2 RECOMENDAÇÕES GERAIS... 4 3 FUNÇÕES DAS TECLAS... 5 4 OPERAÇÃO...

Leia mais

Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2

Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2 Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2 1- CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Prato em aço inoxidável 340 x 310 mm. Saída serial para impressora matricial Urano USE-PII. Temperatura de operação: 0 a 50 ºC.

Leia mais

Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você contará

Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você contará Obrigado por escolher a LIBRACOM! Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você contará com uma equipe de suporte ágil, dinâmica e diferenciada para resolver todos os problemas que

Leia mais

Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR

Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR Manual do Usuário Balança SA-110 WWW.ELGIN.COM.BR Índice Capítulo 1: O Produto Acessórios que compõem o produto Função do modelo Capítulo 2: Instalação do Produto Instalação física Conexão a tomada Cabo

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR LINHA RS

MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR LINHA RS MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR LINHA RS ÍNDICE I - INTRODUÇÃO... 02 II - RECEBENDO SUA BALAÇA ROR... 02 III - MONTAGEM DO EQUIPAMENTO... 02 IV - LIGANDO SUA BALANÇA... 03 V - RECURSOS PARA OPERAÇÃO...

Leia mais

Manual de Operação LINHA UR LIGHT

Manual de Operação LINHA UR LIGHT Manual de Operação LINHA UR LIGHT 1 APRESENTAÇÃO Este equipamento atende os usuários que necessitam automatizar ou agilizar processos que envolvam pesagem ou dosagens de receitas. O comando UR LIGHT possui

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR MODELO RC 5000/1 CONTADORA ÍNDICE

MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR MODELO RC 5000/1 CONTADORA ÍNDICE MANUAL DE OPERAÇÃO BALANÇA ROR MODELO RC 5000/1 CONTADORA ÍNDICE I - INTRODUÇÃO... 03 II - INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO... 03 III - LIGANDO SUA BALANÇA... 03 IV - OPERAÇÃO... 04 V - RECURSOS DA BALANÇA CONTADORA...

Leia mais

WT-1000 LED INDICADOR DE PESAGEM

WT-1000 LED INDICADOR DE PESAGEM WT-1000 LED INDICADOR DE PESAGEM Manual do usuário Rev0 21/03/2006 Índice 1 Funções das teclas Página 2 2 Operação Página 2 2.1 Carregando a Bateria Página 2 2.2 Zero Manual Página 3 2.3 Função de Tara

Leia mais

BALANÇAS PARA PONTE ROLANTE MODELO BGB RADIO

BALANÇAS PARA PONTE ROLANTE MODELO BGB RADIO BALANÇAS PARA PONTE ROLANTE MODELO BGB RADIO ÍNDICE I Cuidados de Uso... 2 II Características... 2 III Características Técnicas.... 2 IV Capacidade..... 3 V Dimensões. 3 VI Operação 4 VII Diagrama de Funcionamento..

Leia mais

Manual de operações e instruções

Manual de operações e instruções Manual de operações e instruções Transmissor e Indicador de Vazão de Ar TIVA Com display LCD Rua Cincinati, 101 - São Paulo -SP Tel. / Fax (011) 5096-4654 - 5096-4728. E-mail: vectus@vectus.com.br Para

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA ROR

MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA ROR MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA ROR ÍNDICE I - INTRODUÇÃO... 02 II - RECEBENDO SEU SISTEMA ROR... 02 III - MONTAGEM DO EQUIPAMENTO... 03 IV - LIGANDO SUA BALANÇA... 03 V - RECURSOS PARA OPERAÇÃO... 04 VI -

Leia mais

Manual de Operação e Configuração. Balança Dosadora de Ração

Manual de Operação e Configuração. Balança Dosadora de Ração Manual de Operação e Configuração Balança Dosadora de Ração 2 1- INTRODUÇÃO A (SPM e SPF) foi projetada para atender as necessidades no setor de pesagem e distribuição de ração em toda linha avícola, fornecendo

Leia mais

MD-50 Plus. Com a senha mestre são permitidas todas as funções de programação do módulo. A senha de fábrica é 5-6-7-8.

MD-50 Plus. Com a senha mestre são permitidas todas as funções de programação do módulo. A senha de fábrica é 5-6-7-8. MD-50 Plus DESCRIÇÃO DO PRODUTO Com esse equipamento você pode monitorar qualquer central de alarme convencional ou eletrificador. Ele possui 4 entradas e uma saída PGM que pode ser acionada por telefone

Leia mais

L-PCR, PCR SERIES MAGNA COMÉRCIO DE BALANÇAS LTDA DISTRIBUIDOR EXCLUSIVO TORREY NO BRASIL BALANÇA ELETRÔNICA MANUAL DE USUÁRIO REVISAO: 1.

L-PCR, PCR SERIES MAGNA COMÉRCIO DE BALANÇAS LTDA DISTRIBUIDOR EXCLUSIVO TORREY NO BRASIL BALANÇA ELETRÔNICA MANUAL DE USUÁRIO REVISAO: 1. MAGNA COMÉRCIO DE BALANÇAS LTDA DISTRIBUIDOR EXCLUSIVO TORREY NO BRASIL BALANÇA ELETRÔNICA L-PCR, PCR SERIES MANUAL DE USUÁRIO REVISAO: 1.1 IMPORTANTE: ANTES DE OPERAR ESTA BALANÇA, FAVOR LER COMPLETAMENTE

Leia mais

Balança Especial tipo Silo para ensaque de Big- Bag Suspenso 0007-EV-00-M

Balança Especial tipo Silo para ensaque de Big- Bag Suspenso 0007-EV-00-M Balança Especial tipo Silo para ensaque de Big- Bag Suspenso 0007-EV-00-M MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Revisão 1.0 Alfa Instrumentos Eletrônicos Ltda R. Cel. Mário de Azevedo, 138 São Paulo - SP 02710-020

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS

CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS CENTRAL DE ALARME BRISA 4 PLUS Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo Brisa 4 Plus produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. 1- PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica

Leia mais

Manual de Operação. Balanças Tendal 300kg e 500kg

Manual de Operação. Balanças Tendal 300kg e 500kg Manual de Operação Balanças Tendal 300kg e 500kg Fábrica, Administração, Vendas, Locação e Assistência Técnica. Fone/Fax: 41 3377 1577 Rua O Brasil para Cristo, 364 Boqueirão CEP 81650 110 CURITIBA PR

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO ALICATE TERRÔMETRO MODELO TR-5500

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO ALICATE TERRÔMETRO MODELO TR-5500 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO ALICATE TERRÔMETRO MODELO TR-5500 setembro 2011 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. Introdução... - 1-2. Regras

Leia mais

SP-6000/ES ENSAQUE SIMPLES

SP-6000/ES ENSAQUE SIMPLES SP-6000/ES ENSAQUE SIMPLES CAPS LOCK IMPRESSORA ATIVIDADE ESTÁVEL FUNÇÃO ESC F1 F2 F3 F4 F5 F6 F7 F8 F9 F10 F11 F12! @ # $ % / & * ( ) _ + BackSpace 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 - = TAB Q W E R T Y U I O P Enter

Leia mais

CM8000TC. Manual do Usuário

CM8000TC. Manual do Usuário CM8000TC Manual do Usuário R Descrição Geral O CM8000TC é um temporizador microprocessado com 2 setpoints. Possui display a LED de 6 dígitos com escala em horas, minutos e segundos. A programação dos setpoints

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Unidade Discadora Telefônica - Para Monitoramento Remoto Até 5 Números Código: AFDISC A unidade discadora telefônica para monitoramento remoto, código AFDISC é um equipamento que deve ser instalado em

Leia mais

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K Imagem meramente ilustrativa Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K 1 Sumário Apresentação... 3 1. Fixação do Equipamento... 3 2. Estrutura e Funções... 4 3. Conexões... 4 4. Conexão com outros acessórios...

Leia mais

Horímetro Digital H100-A HNI

Horímetro Digital H100-A HNI MANUAL DE OPERAÇÃO Horímetro Digital H100-A HNI Programa Executivo: H100A HNI v.1.2 Modelos: 220VAC, 127VAC, 24VAC e 12-24VDC 40-000-0101 Rev. C dezembro 2008. ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO:... 3 2. INSTALAÇÃO

Leia mais

Ligação da rede elétrica 19. Visão lateral fonte. Rede (100 ~240 Vac) 60 Hz. Neutro (Azul Claro 1,5 mm 2 ) Fase (Preto 1,5 mm 2 ) Visão frontal

Ligação da rede elétrica 19. Visão lateral fonte. Rede (100 ~240 Vac) 60 Hz. Neutro (Azul Claro 1,5 mm 2 ) Fase (Preto 1,5 mm 2 ) Visão frontal Ligação da rede elétrica A ligação com a rede elétrica é feita diretamente no módulo placa do carregador e conexões INC 2000, conforme a figura a seguir: Visão lateral fonte Terra (Verde 1,5 mm 2 ) Visão

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44 Versão 0.xx / Rev. 03 Índice Ítem Página 1. Introdução... 02 2. Características...

Leia mais

INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI

INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI MANUAL DE REFERÊNCIA PANANTEC ATMII COMÉRCIIO E SERVIIÇO LTDA Rua Apuanã, 31 - Jd. Jaçanã cep: 02318-050 São Paulo / SP Brasil Fone: (11) 2243-6194 / 2243-6192 Fax: (11)

Leia mais

Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006)

Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006) Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006) Este manual contém informações para instalação e operação do Indicador Digital Mod.IT. Siga corretamente as instruções para garantir perfeito

Leia mais

Soluções Globais em Sistemas de Pesagem. Indicador de pesagem WT1000-LED. Manual Técnico. Versão A12-03

Soluções Globais em Sistemas de Pesagem. Indicador de pesagem WT1000-LED. Manual Técnico. Versão A12-03 Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Indicador de pesagem WT1000-LED Manual Técnico Versão A12-03 Obrigado por escolher a WEIGHTECH! Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você

Leia mais

INDICE. TPW- ZATC - ZQHC guia de usuário 2

INDICE. TPW- ZATC - ZQHC guia de usuário 2 1 INDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ESPECIFICAÇÕES...3 2.1 TPW...3 2.2 ESPECIFICAÇÕES COMUNS...3 3. INSTALAÇÃO...4 3.1. Instalação geral...4 3.2. Instalação dos modelos TPW...4 4. DESCRIÇÃO...4 5. DISPLAYS...5

Leia mais

Manual de Operação. Balança UR10000 LIGHT 300/100

Manual de Operação. Balança UR10000 LIGHT 300/100 Manual de Operação Balança UR10000 LIGHT 300/100 1 - INTRODUÇÃO Este equipamento foi projetado para atender aos mais rigorosos requisitos de precisão em pesagem, possuindo componentes de altíssima qualidade,

Leia mais

LÍQUIDO AMOSTRA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

LÍQUIDO AMOSTRA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO SP - 2500 kg LÍQUIDO AMOSTRA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO E.P.M. Tecnologia e Equipamentos Ltda. Av. Comendador Gumercindo Barranqueiros, 285 Jardim Samambaia - Jundiaí SP CEP: 13211-410 Telefone (0xx11)

Leia mais

3.1.2 CONTROLE REMOTO * Alimentação: 12V - 1 pilha A23. * Alcance: 15 metros sem obstáculos.

3.1.2 CONTROLE REMOTO * Alimentação: 12V - 1 pilha A23. * Alcance: 15 metros sem obstáculos. 1. CARACTERÍSTICAS CONTROLADOR DE TEMPERATURA PARA AQUECIMENTO SOLAR E AUTOMAÇÃO DE PISCINA MTZ621R - 90~240VCA - P551 MANUAL DE INSTRUÇÕES VERSÃO 1.2 - JAN/2014 2.2 CONTROLE REMOTO 3.3 SENSOR DE TEMPERATURA

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-870

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-870 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-870 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... - 1-2. REGRAS DE SEGURANÇA...

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 PAINEL... 4 FUNÇÕES DO PAINEL... 4 FUNÇÕES INTERNAS PLACA DE CONTROLE... 6 FUNÇÕES INTERNAS

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130. V.1.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130. V.1. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado C130 V.1.01 / Revisão 4 ÍNDICE Item Página 1. Introdução...01 2. Características...01

Leia mais

Manual de Operação BALANÇAS ELETRÔNICAS LINHA UDC POP

Manual de Operação BALANÇAS ELETRÔNICAS LINHA UDC POP Manual de Operação BALANÇAS ELETRÔNICAS LINHA UDC POP Índice 1. INTRODUÇÃO...3 2. APRESENTAÇÃO...3 3. FONTE ALIMENTAÇÃO EXTERNA...3 4. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS...3 5. PLACA DE IDENTIFICAÇÃO...4 5.1. Registro

Leia mais

Manual Balanças Kids. Balança Pesadora Kids Manual do Usuário. www.upxsolution.com.br Vendas: 11 4096-9393 Página: 1

Manual Balanças Kids. Balança Pesadora Kids Manual do Usuário. www.upxsolution.com.br Vendas: 11 4096-9393 Página: 1 Balança Pesadora Kids Manual do Usuário www.upxsolution.com.br Vendas: 11 4096-9393 Página: 1 Indice 1. Instalação 2. Localização da Funções 3. Ligando a Balança 4. Operação 5. Configurações 6. Mensagens

Leia mais

CENTRAL DE ALARME ASD-260 SINAL/VOZ

CENTRAL DE ALARME ASD-260 SINAL/VOZ CENTRAL DE ALARME ASD-60 SINAL/VOZ Parabéns, Você acaba de adquirir uma central de alarme modelo ASD-60 produzida no Brasil com a mais alta tecnologia de fabricação. - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que

Leia mais

Manual de Operação Balança Eletrônica Mod: EB 2001

Manual de Operação Balança Eletrônica Mod: EB 2001 Manual de Operação Balança Eletrônica Mod: EB 2001 1 Descrição: A balança eletrônica produzida por nossa empresa utiliza tecnologia de ponta, baixo consumo de energia e conversores analógicos/digitais

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 3383

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 3383 A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 3383 3818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44. Versão: 1.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Indicador Microprocessado ITM44 Versão: 1.xx / Rev. 03 ÍNDICE Item Página 1. Introdução... 02 2. Características... 02 3.

Leia mais

Sistemas indicadores e transmissores de PRESSÃO DIFERENCIAL PARA SALAS LIMPAS MODELO VEC-PP-LED

Sistemas indicadores e transmissores de PRESSÃO DIFERENCIAL PARA SALAS LIMPAS MODELO VEC-PP-LED INTERNO INSTRUMENTO PARA EMBUTIR Sistemas indicadores e transmissores de PRESSÃO DIFERENCIAL PARA SALAS LIMPAS MODELO VEC-PP-LED Aplicação : Especialmente em salas limpas, pois podem ser embutidas em paredes

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Temporizador Automático / Relógio Programador de Horário Para Acionamento Automático de Sirenes e Outros Equipamentos Código: AFKITPROG 2 O REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO REP O Relógio Acionador Automático

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2. N de Homologação: 1702-09-2791. Versão 1.00

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2. N de Homologação: 1702-09-2791. Versão 1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2 N de Homologação: 1702-09-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação TETROS MOTO V2 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 3 3. Conhecendo o equipamento...

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE INSTRUÇÕES

MANUAL BÁSICO DE INSTRUÇÕES MANUAL BÁSICO DE INSTRUÇÕES ANTES DE LIGAR O DISPOSITIVO, AJUSTE A CHAVE SELETORA DE TENSÃO, LOCALIZADA NA PARTE INTERNA DO APARELHO, CONFORME ILUSTRAÇÃO 13. 1 O display informa hora/minuto intercalado

Leia mais

Hamtronix CONTROLE REMOTO DTMF. CRD200 - Manual de Instalação e Operação. Software V 2.0 Hardware Revisão B

Hamtronix CONTROLE REMOTO DTMF. CRD200 - Manual de Instalação e Operação. Software V 2.0 Hardware Revisão B Hamtronix CRD200 - Manual de Instalação e Operação Software V 2.0 Hardware Revisão B INTRODUÇÃO Índice...01 Suporte On-line...01 Termo de Garantia...01 Em Caso de Problemas (RESET)...01 Descrição do Produto...02

Leia mais

Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082

Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082 MANUAL DE OPERAÇÃO Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082 Programa Executivo: T204AP_2T0AL Modelos: 220VAC, 127VAC e 24VAC. 40.000.0181 Rev. A maio 2011. ÍNDICE 1.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791

MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791 MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação RADAR DUO 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 3 3. Conhecendo o equipamento... 4 3.1

Leia mais

Indicador de pesagem WT21-LCD. Manual Técnico. Versão 8075. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem

Indicador de pesagem WT21-LCD. Manual Técnico. Versão 8075. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Indicador de pesagem WT21-LCD Manual Técnico Versão 8075 Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Obrigado por escolher a WEIGHTECH! Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você contará

Leia mais

ISDB-T BRASIL Versão: 1.1.1

ISDB-T BRASIL Versão: 1.1.1 DIGIAIR PRO ISDB-T MANUAL DO USUÁRIO ISDB-T BRASIL Versão: 1.1.1 Conteúdo: DIGIAIR PRO ISDB-T Descrição. 3 1 INTRODUÇÃO 4 1.1 LIGAR E DESLIGAR (ON/OFF) 4 1.2 FONTE DE ALIMENTAÇÃO E BATERIA 4 1.3 COMO USAR

Leia mais

Comprador: Endereço: Cidade: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da venda: / / ID: P18407 - Rev. 1

Comprador: Endereço: Cidade: Bairro: CEP: Revendedor: Fone: Data da venda: / / ID: P18407 - Rev. 1 A instalação por outrem implicará em exclusão da garantia em decorrência de defeitos causados pela instalação inadequada. Somente técnico autorizado está habilitado a abrir, remover, substituir peças ou

Leia mais

Manual de Instruções 98310 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO 98315 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO COM SOLENOIDE

Manual de Instruções 98310 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO 98315 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO COM SOLENOIDE Manual de Instruções 98310 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO 98315 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO COM SOLENOIDE INSTRUÇÕES OPERACIONAIS BALANÇA SEM FIO DE CARGA DE REFRIGERANTE BALANÇA

Leia mais

BALANÇAS PARA PONTE ROLANTE MODELO BGB

BALANÇAS PARA PONTE ROLANTE MODELO BGB BALANÇAS PARA PONTE ROLANTE MODELO BGB ÍNDICE I Cuidado de Uso... 2 II Características... 2 III Características Técnicas.... 2 IV Capacidade..... 3 V Dimensões. 3 VI Operação 4 VII Diagrama de Funcionamento..

Leia mais

PCT-3001 plus. Display LCD

PCT-3001 plus. Display LCD PCT3 plus CONTROLADOR DIGITAL DE PRESSÃO PARA CENTRAIS DE REFRIGERAÇÃO Ver.2 DESCRIÇÃO Controlador de pressão para sistemas de refrigeração que controla os estágios de sucção (compressores) e de descarga

Leia mais

MANUAL CPU BOX 100W (PADRÃO VELADO) SEGUNDA GERAÇÃO

MANUAL CPU BOX 100W (PADRÃO VELADO) SEGUNDA GERAÇÃO MANUAL CPU BOX 100W (PADRÃO VELADO) SEGUNDA GERAÇÃO Instalação, Operação e Programação www.rontan.com.br REV 1.2 Página 1 1. Introdução A CPU BOX 100W-II (PADRÃO VELADO) é um amplificador de 50W / 100W

Leia mais

Menu de Programação e Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado.

Menu de Programação e Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado. Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado. Com dois reles independentes para controle ou alarme, contatos reversíveis tipo SPDT e Sinal de Saída para Retransmissão da Amperagem medida

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO AP6 Central de Alarme Particionada www.compatec.com.br 2 www.compatec.com.br 3 4. Dimensões do produto... 5. Conhecendo o seu produto... 7 5.1 Conhecendo as funções da central...

Leia mais

Balanças C&F Computadoras

Balanças C&F Computadoras Balanças C&F Computadoras Manual de Instruções Introdução 2 Os modelos de balanças desenvolvidas pela C&F reúnem o que há de mais atual em tecnologia de balanças eletrônicas. Este desenvolvimento e um

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 33833818

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 33833818 A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD

www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD INDÍCE MANUAL UTILIZAÇÃO MAGIC LCD 1. INTRODUÇÃO INSTALAÇÃO, GARANTIA... 3 1.1 COMO INSTALAR MAGIC

Leia mais

Manual do Painel Aceno Digital A3000/A6000. www.acenodigital.com.br. Rua Porto Alegre, 212 Jd. Agari 43 3027-2255 Cep: 86.

Manual do Painel Aceno Digital A3000/A6000. www.acenodigital.com.br. Rua Porto Alegre, 212 Jd. Agari 43 3027-2255 Cep: 86. Manual do Painel Aceno Digital A3000/A6000 Manual do Painel Aceno Digital A3000/A6000 Este manual apresenta o funcionamento e os procedimentos de configuração e instalação dos painéis Aceno Digital, modelos

Leia mais

Balanças C&F Pesadoras

Balanças C&F Pesadoras Balanças C&F Pesadoras Manual de Instruções Balanças Pesadoras 2 Introdução Os modelos de balanças desenvolvidas pela C&F reúnem o que há de mais atual em tecnologia de balanças eletrônicas. Este desenvolvimento

Leia mais

Manual Técnico Indicador Digital de Peso Modelo WT3000-P

Manual Técnico Indicador Digital de Peso Modelo WT3000-P Manual Técnico Indicador Digital de Peso Modelo WT3000-P OPERAÇÃO INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO/CALIBRAÇÃO 1 ÍNDICE Manual de Operação: Seção 1: Instruções de uso:...pág.5 1.1. Instruções antes de colocar o

Leia mais

Termo de Garantia. Extinção da Garantia

Termo de Garantia. Extinção da Garantia OBS IMPORTANTE: Você esta adquirindo um produto de segurança. Verifique com o Engenheiro responsável da obra, se ele atende as necessidades para o local onde será Instalado, pois todo o equipamento de

Leia mais

Motores Energia Automação Tintas PFW01. Controlador Automático do Fator de Potência. Manual de Instalação e Operação

Motores Energia Automação Tintas PFW01. Controlador Automático do Fator de Potência. Manual de Instalação e Operação Motores Energia Automação Tintas PFW01 Controlador Automático do Fator de Potência Manual de Instalação e Operação Atenção Você está utilizando um equipamento que trabalha com tensões elevadas. Atenção

Leia mais

Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764. Manual do Usuário

Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764. Manual do Usuário Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764 Manual do Usuário A GPTRONICS está capacitada a fabricar produtos de excelente qualidade e oferecer todo o suporte técnico necessário, tendo como objetivo

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

NOTA IMPORTANTE Claro cliente, muito obrigado por ter escolhido a balança eletrônica UMA, da Casa Bugatti. Como a maioria dos eletrodomésticos, esta balança deve ser usada com cuidado e atenção para prevenir

Leia mais

5. Operação. 5.1. Reconhecimento do alarme. 5.2. Temporizador de disparo das saídas. 5.3. Reinicialização do sistema de alarme

5. Operação. 5.1. Reconhecimento do alarme. 5.2. Temporizador de disparo das saídas. 5.3. Reinicialização do sistema de alarme 5. Operação 5.1. Reconhecimento do alarme Obs.: pressione a tecla Reinicia Sirene (interna) para silenciar o bip interno. Siga os procedimentos internos de segurança. O alarme geral pode ser acionado a

Leia mais

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto.

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto Característica Avaliação do sinal controlada por microprocessador Configuração automática de endereço sem definições do codificador ou chave DIP 2 entradas

Leia mais

Manual de Operação. Balança Paleteira

Manual de Operação. Balança Paleteira Manual de Operação Balança Paleteira Fábrica, Administração, Vendas, Locação e Assistência Técnica. Fone/Fax: 41 3377 1577 Rua O Brasil para Cristo, 364 Boqueirão CEP 81650 110 CURITIBA PR comercial@digitronbalancas.com.br

Leia mais

M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR. v1.0 REV. 10/2015

M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR. v1.0 REV. 10/2015 M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR v1.0 REV. 10/2015 00. CONTEÚDO 01. AVISOS DE SEGURANÇA ÌNDICE 01. AVISOS DE SEGURANÇA NORMAS A SEGUIR 02. O DISPOSITIVO CARACTERISTICAS TÉCNICAS ASPETO VISUAL LEGENDA

Leia mais

DE PRESSÃO EM UMA RESPECTIVA TUBULAÇÃO

DE PRESSÃO EM UMA RESPECTIVA TUBULAÇÃO 1 4.ª Prática Controle (PID) DE PRESSÃO EM UMA RESPECTIVA TUBULAÇÃO da Planta de Instrumentação Industrial e Controle de Processos Contínuos da De Lorenzo OBJETIVO: 1. Fazer o controle (PID) de Pressão

Leia mais

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF

Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Central de alarme ANM 2004 MF / ANM 2008 MF Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A central de alarme ANM 2004/2008 MF é compacta e de fácil programação, possui

Leia mais

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC.

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC. Manual de Instruções Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C A&C Automação e Controle Rua: Itápolis nº 84 SBC. SP CEP: 09615-040 Tel: (11) 4368-4202 Fax: (11) 4368-5958 E-mail: aec@aecautomacao.com.br

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7 MANUAL DE INSTRUÇÕES Compact Indústria de Produtos Termodinâmicos Ltda. Fábrica: Est. BR-116 KM 152,3, 21940 Pavilhão 1 Bairro Planalto Caxias do Sul - RS - CEP 95070-070 Fone (0XX) 54-2108-3838- Fax:

Leia mais

Guia Rápido de Instalação

Guia Rápido de Instalação Biofinger 115K Guia Rápido de Instalação Apresentação O BIOFINGER 115K da CS é um controle de acesso biométrico e proximidade RFID que possui um elevado desempenho. Seu avançado algoritmo proporciona velocidade

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Inst. Renz Elétricos www.renz br.com ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 3 1.1 Aplicação 2.0 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 2.1 Mecânicas 2.2 Elétricas 2.3 Grandezas Elétricas medidas e/ou

Leia mais

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação.

- -Pressionando essa tecla podemos diminuir os valores a serem ajustados no menu de programação. Apresentação 1 Display LCD 2 Tecla + (aumentar) 3 Tecla Seleção 4 Tecla (diminuir) 5 Tecla Motor manual 6 Tecla Reset contador 7 Led Indica painel ligado 8 Led resistência ligada 9 Led Prensa ligada 10

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

staytion fit Proteção na medida certa ID: 20481 - V.0909. Todos os direitos reservados para Microsol Tecnologia S/A

staytion fit Proteção na medida certa ID: 20481 - V.0909. Todos os direitos reservados para Microsol Tecnologia S/A staytion Proteção na medida certa ID: 20481 - V.0909. Todos os direitos reservados para Microsol Tecnologia S/A Caro usuário, staytion Proteção na medida certa Manual de Instalação e Uso do Produto Você

Leia mais

Sistema de Detecção de Vazamento de Gás

Sistema de Detecção de Vazamento de Gás Manual do Sistema Blockgas SB330 CB530 SB330 SB80 atende normas: NBR16186 de 06/2013 NBR16069 de 04/2010 NR 36 Apresentação do sistema: Composto por 3 módulos de equipamentos eletrônicos e 1 software de

Leia mais

Modo Execução. Modo Parametrizacão

Modo Execução. Modo Parametrizacão 1/7 Introdução O HM206 é um indicador para operar com comunicações RS485. O HM206 pode operar como escravo (slave) de rede fornecendo os dados ou operando comandado por outros sistemas ou como mestre (master)

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR RL DIGITAL MODELO RL-250

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR RL DIGITAL MODELO RL-250 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR RL DIGITAL MODELO RL-250 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA... 1

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-801

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-801 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMÔMETRO DIGITAL MODELO TD-801 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. Introdução... 02 2. Regras de segurança...

Leia mais

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-211 CONTROLE REMOTO

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-211 CONTROLE REMOTO CENTRAL DE ALARME COM FIO AW2 CONTROLE REMOTO CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de setor com fio; Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; Carregador de bateria incorporado;

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MANUTENÇÃO DOSADORES GRAVIMÉTRICOS

MANUAL DE OPERAÇÃO MANUTENÇÃO DOSADORES GRAVIMÉTRICOS MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DOSADORES GRAVIMÉTRICOS MODELO: N O DE SÉRIE: FABRICAÇÃO: / / 1 INTRODUÇÃO É com grande satisfação que a INEAL ALIMENTADORES LTDA coloca mais um equipamento à sua disposição.

Leia mais

Contador Digital Up/Down

Contador Digital Up/Down MANUAL DE OPERAÇÃO Contador Digital Up/Down C100D HNI Cód. 90.506.1010 Programa Executivo: C100D HNI v.1.0 Modelos: 220VAC, 127VAC, 24VAC e 12VDC e 24VDC 40-000-0129 Rev. A fevereiro 2008. ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO:...

Leia mais

MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA

MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA Página 1 de 18 MANUAL CONTROL RACK MEGA/GIGA Controlador: CPG2L0C4 CONTROLADOR PROGRAMAVEL C-PRO GIGA 24V LCD RTC RS485 CPM2L0C4 CONTROLADOR PROGRAMAVEL C-PRO MEGA 24V LCD RTC RS485 Acessórios: CJAV07

Leia mais

Teclado VIAWEB LCD 128s. TECLADO VW 128s LCD. Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014. Teclado 128s - 1

Teclado VIAWEB LCD 128s. TECLADO VW 128s LCD. Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014. Teclado 128s - 1 Teclado VIAWEB LCD 128s TECLADO VW 128s LCD Manual de Programação e Instalação V2.10 - R1.06 - FEV 2014 Teclado 128s - 1 2 - Manual de Programação Teclado VIAWEB 128s LCD Índice Teclado VIAWEB LCD 128s

Leia mais

Multimedidor Portátil MPK

Multimedidor Portátil MPK [1] Introdução O Multimedidor Portátil é um instrumento que facilita a análise de instalações elétricas em campo com alta flexibilidade. A solução é composta de: Multimedidor: Instrumento digital microprocessado,

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Manual de Operação e Instalação Chave de nível capacitiva Cod: 073AA-004-122M Rev. B Série LC-200 Março / 2010 S/A Rua João Serrano, 250 Bairro do Limão São Paulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

* Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada).

* Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada). PROGRAMADOR HORÁRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES MTZ622R - 90~240VCA - P504 VERSÃO.0 ABRIL/202 * Acesso à programação protegido por senha; * Alimentação: 90 a 240Vca (Fonte chaveada). 3.2 DIMENSÕES PLACA IHM:

Leia mais

Manual de Instrução do Medidor Interno da Balança de Carga

Manual de Instrução do Medidor Interno da Balança de Carga !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Manual de Instrução do Medidor Interno da Balança de Carga Panorama Geral de Instalação A instalação da balança

Leia mais