Compras Públicas Centralizadas Como aceder aos mercados públicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Compras Públicas Centralizadas Como aceder aos mercados públicos"

Transcrição

1 Compras Públicas Centralizadas Como aceder aos mercados públicos ISCAL, 14 de novembro de espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados.

2 Compras Públicas 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 2

3 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 3

4 MUDANÇA! 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 4

5 A espap Administração Pública espap Ministério das Finanças SP Finanças SP Recursos SP Compras SP PVE DGO IGF SG Humanos Públicas DGAEP INA... Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 5

6 O Sistema Nacional de Compras Públicas (SNCP) Propósito Estratégico Contribuir para o reequilíbrio das Contas Públicas, racionalizando e reduzindo a despesa em bens e serviços transversais e gerando poupanças Contribuir para a modernização, eficiência e eficácia da Administração Pública, através da profissionalização e centralização das funções compras e gestão de veículos. Promover a competitividade económica entre fornecedores do Estado espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 6

7 O SNCP Princípios orientadores Princípios Orientadores Medidas Benefícios 1. Racionalização da Despesa Celebração de Acordos Quadro (AQ) para as maiores rubricas de despesa da Administração Pública (AP) Normalização e standardização dos bens e serviços a adquirir Redução e racionalização da despesa pública e dos consumos 2. Geração de Poupanças Qualificação e selecção dos fornecedores com melhores preços e condições Definição de preços máximos e condições mínimas a praticar Contributo para o reequilíbrio das contas públicas 3. Eficiência Operacional Simplificação dos processos aquisitivos Introdução de meios tecnológicos de suporte ao processo aquisitivo Desburocratizar, desmaterializar e acelerar os processos aquisitivos Modernização da AP 4. Promoção da Competitividade/ Qualidade/ Eficiência 5. Geração de Informação de Gestão Qualificação de fornecedores em função de critérios económicos, financeiros, técnicos, ambientais, de qualidade e de níveis de serviço gradualmente mais exigentes Introdução da obrigatoriedade de envio de informação de gestão por parte dos fornecedores à espap, UMC s e entidades adquirentes Promover o desenvolvimento e a competitividade empresarial através do estímulo do desempenho e da eficiência Permitir à AP beneficiar das melhores condições de mercado Avaliação da aplicação e do desempenho dos acordos quadro com entidades compradoras e fornecedores Melhoria contínua dos processos aquisitivos e dos procedimentos concursais 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 7

8 O Sistema Nacional de Compras Públicas (SNCP) Âmbito Subjetivo O sistema nacional de compras públicas (SNCP), além da espap e das unidades ministeriais de compras (UMC), integra entidades compradoras vinculadas e entidades compradoras voluntárias. Integram o SNCP, na qualidade de entidades compradoras vinculadas, os serviços da administração directa do Estado e os institutos públicos. Podem integrar o SNCP, na qualidade de entidades compradoras voluntárias, entidades da administração autónoma (administração local e regional) e do sector empresarial público, mediante a celebração de contrato de adesão com a espap espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 8

9 O SNCP Governo Ministério das Finanças Comunidade / Sociedade espap (entidade gestora) Comissão Interministerial de Compras (CIC) Comunidade / Sociedade UMC (11) Entidades Públicas (vinculadas e voluntárias) Nota: Integram o SNCP, na qualidade de entidades compradoras vinculadas, os serviços e os organismos da administração directa do Estado e os institutos públicos. Podem integrar o SNCP, na qualidade de entidades compradoras voluntárias, entidades da administração local e regional e do setor público empresarial, mediante a celebração de contrato de adesão com a espap 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 9

10 Evolução recente Potencial de Negócio Outras Pessoas Colectivas 27 Sector Empr. Local 75 Sector Empr. Estado 94 Entidades Voluntárias Aderentes (Total a 23Ago13: 519) YTD 23Ago13 Admin. Autónoma 54 Autarquias Locais 269 Co-contratantes Entidades voluntárias Acordos quadro entidades vinculadas ao SNCP entidades voluntárias 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 10

11 Contratação centralizada de bens e serviços A contratação de bens e serviços pelas entidades compradoras é efectuada preferencialmente de forma centralizada, pela espap ou pelas UMC. A intervenção da espap e das UMC é repartida segundo categorias de obras, bens e serviços, a definir por portaria do membro do Governo responsável pela área das finanças e por portaria dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e do sector. A contratação centralizada de bens e serviços é obrigatória para as entidades compradoras vinculadas, sendo-lhes proibida a adopção de procedimentos tendentes à contratação directa de obras, de bens móveis e de serviços abrangidos pelas categorias definidas, salvo autorização prévia expressa do membro do Governo responsável pela área das finanças, precedida de proposta fundamentada da entidade compradora interessada espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 11

12 Acordo Quadro? 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 12

13 Acordo Quadro Contrato celebrado entre as entidades adjudicantes e as entidades fornecedoras de bens ou prestadoras de serviços adjudicatárias, com vista a disciplinar as condições jurídicas, técnicas e económicas de aquisição futura de bens ou serviços, ao longo de um determinado período de tempo. Os acordos quadro pré-qualificam os fornecedores para realizarem vendas de bens e serviços à Administração Pública e estabelecem as condições e requisitos que aqueles são obrigados a cumprir, em termos de preços, prazos, níveis de serviço e qualidade de serviço, entre outros aspetos. Mediante este instrumento, os fornecedores ficam qualificados para fornecer todos os organismos do Estado de acordo com as regras definidas no respetivo acordo quadro. Será ao abrigo destes acordos quadro que Ministérios, Direcções-Gerais e Institutos Públicos comprarão os bens e serviços de que necessitam, nos termos definidos nesses acordos, sendo que, nessa altura, as condições de fornecimento poderão ser ainda melhoradas, elevando o nível de competitividade entre fornecedores, por um lado, e o potencial de poupanças do Estado, por outro espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 13

14 Acordo Quadro Como pode inscrever-se no procedimento? 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 14

15 Acordo Quadro - Como são conhecidos os concursos? Os anúncios de abertura dos concursos são publicados: No Diário da República, em No Jornal Oficial da União Europeia, em No Portal dos Contratos Públicos, em No Site da ESPAP, em espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 15

16 Acordo Quadro - Como são conhecidos os concursos? 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 16

17 Acordo Quadro - Como são conhecidos os concursos? 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 17

18 Acordo Quadro Princípios Igualdade Na formação dos contratos públicos, devem proporcionar-se iguais condições de acesso e de participação dos interessados, concedendo-lhes as mesmas oportunidades e não fazendo quaisquer discriminações entre eles. Transparência O critério de adjudicação e as condições essenciais do contrato que se pretende celebrar, devem estar definidos previamente à abertura do procedimento de contratação e ser dados a conhecer a todos os interessados a partir da data daquela abertura espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 18

19 Acordo Quadro Princípios Proporcionalidade Na escolha do procedimento mais adequado ao interesse público, devem ser ponderados os custos e os benefícios decorrentes da sua utilização, devendo, ainda, na tramitação procedimental, serem efetuadas as diligências e praticados os atos que se revelem indispensáveis à prossecução dos fins que se visam alcançar. Concorrência Pelo princípio da concorrência, implica que se garanta aos interessados em contratar o mais amplo acesso aos procedimentos, através da transparência e da publicidade adequada. Este princípio impõe que na fase de formação de contratos públicos devem ser usados procedimentos que promovam o mais amplo acesso à contratação dos operadores económicos nela interessados espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 19

20 Acordo Quadro Que informação tem os anúncios? Os anúncios contêm, além da definição do objeto do acordo quadro para ulterior fornecimento de bens ou prestação de serviços, os principais aspetos procedimentais, bem como as condições de participação, isto é: Requisitos que os interessados têm de preencher; Capacidade económica e financeira necessária; Capacidade técnica necessária espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 20

21 Acordo Quadro Como pode obter mais informação? A ESPAP, I.P. disponibiliza no seu site, em o programa de concurso e o caderno de encargos, os quais podem ser consultados por todos os interessados, com exceção dos anexos, que apenas são fornecidos após inscrição no procedimento concursal na plataforma eletrónica de contratação pública em que o mesmo se desenrole espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 21

22 Acordo Quadro O que consta do Programa de Concurso? O programa de concurso fixa os aspetos procedimentais do concurso, definindo claramente o seu objeto, os prazos e toda a tramitação procedimental a que o mesmo deve obedecer. O programa de concurso indica, também, os requisitos a preencher pelos interessados para participarem no procedimento, bem como toda a documentação necessária. As normas do programa do concurso prevalecem sobre quaisquer indicações constantes do anúncio que sejam com elas desconformes espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 22

23 Acordo Quadro O que consta do Caderno de Encargos? O caderno de encargos é a peça do procedimento que fixa as cláusulas jurídicas e técnicas a incluir no contrato público a celebrar. Este documento contém as especificações técnicas dos produtos ou serviços a adquirir, bem como os níveis de serviço exigidos, pelo que importa que sejam cautelosamente analisadas todas as exigências que aí são feitas espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 23

24 Acordo Quadro Como deve um interessado decidir sobre a respetiva participação no procedimento? 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 24

25 Acordo Quadro Como deve um interessado decidir sobre a respetiva participação no procedimento? Assim, deve o interessado verificar se: Satisfaz as condições de participação, tendo em conta os requisitos necessários para apresentação de candidaturas e propostas, através de plataformas eletrónicas de contratação; Possui capacidade para satisfazer os requisitos de capacidade técnica e financeira exigidos nas peças do procedimento; Pode apresentar todos os documentos solicitados, incluindo os documentos de habilitação; Preenche os requisitos técnicos e níveis de serviço constantes do caderno de encargos; Possui capacidade para cumprir os prazos, quer os relativos ao procedimento, quer os relativos à execução do contrato espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 25

26 Acordo Quadro Como deve um interessado decidir sobre a respetiva participação no procedimento? Dentro de princípios de boas práticas, só devem apresentar-se a concurso os interessados que concluam ser-lhes possível o cumprimento integral dos requisitos fixados no programa de concurso e no caderno de encargos espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 26

27 Desenvolvimento de um Acordo Quadro Modelo Conceptual (espap) Identificação da despesa anual associada; Identificação das necessidades da Administração Pública; Estudo das soluções disponíveis no mercado. Consulta a Entidades da Administração Pública Revisão do modelo conceptual e das soluções técnicas com todos os Ministérios; Preparação das soluções técnicas a incluir no acordo quadro; Elaboração das peças concursais, definição dos termos do acordo; quadro, dos critérios para seleção e qualificação de propostas. Validação técnica por peritos Revisão e validação das especificações técnicas dos bens e serviços a incluir. Consulta Pública Consulta a entidades adquirentes, fornecedores, associações, administração pública, público em geral espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 27

28 Modelo de centralização de competências aquisitivas espap UMC / Entidades Adjudicantes Qualificação/Selecção e Ordenação de Fornecedores para o AQ Aquisições ao abrigo do AQ (Call-Offs) Consulta ao Mercado Avaliação das Propostas Seleção dos concorrentes Habilitação dos concorrentes Pedido de Propostas Melhoria dos atributos das propostas Adjudicação Concurso Público Avaliação técnica e funcional com base em requisitos técnicos e financeiros Seleção e ordenação com base nos critério definidos (mais baixo preço ou da proposta economicamente mais vantajosa) Comprovação das habilitações do Adjudicatário Consulta a todos os fornecedores qualificados/ selecionados no âmbito do AQ Negociação / Leilão Eletrónico Adjudicação à proposta economicamente mais vantajosa ou de mais baixo preço, de acordo com os critérios definidos no AQ CENTRALIZAÇÃO DA CELEBRAÇÃO DE ACORDOS QUADRO CENTRALIZAÇÃO DE AQUISIÇÕES AO ABRIGO DOS ACORDOS QUADRO A espap PODE TAMBÉM CENTRALIZAR AQUISIÇÕES AO ABRIGO DOS AQ (veículos e seguro automóvel) 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 28

29 Acordos Quadro celebrados Categorias Entrada em vigor Co- Contratantes Serviço Móvel Terrestre Out Combustíveis Rodoviários Papel e Economato Cópia e Impressão Equipamento Informático Set.2012 Abr Abr Ago acordos quadro em vigor 168 cocontratantes / 76% das empresas qualificadas são PME Energia (Eletricidade) Veículos Automóveis e Motociclos Mobiliário Nov.2011 Jun Mar Despesa Pública Anual coberta pelos AQ da ESPAP: Vigilância e Segurança Serviço de Voz e Dados em Local Fixo Refeições Confeccionadas Abr Jun Jul M EUR (cerca de 80% do total da despesa pública transversal) Higiene e Limpeza Veículos e Motociclos Eléctricos Viagens e Alojamentos Ago Set Set Poupanças obtidas a Dez.2012: 155 M EUR ( ) Consultoria Mai espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 29

30 Novas tendências para os Acordos Quadro Aumento de Dinamismo Abrangência 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 30

31 Aumento do Dinamismo Assegurar a actualização frequente, quer de fornecedores, quer da oferta de que o Estado pode usufruir nas melhores condições em cada momento; Reduzir significativamente o número de pedidos de excepção à compra através dos AQ; Aumento de Dinamismo Abrangência O Estado não deve estar privado de comprar, por exemplo, servidores ou estações de trabalho mais actualizados e/ou adequados (e por preços inferiores) por não terem sido abrangidos pela catalogação inicialmente feita no âmbito do AQ respectivo espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 31

32 Aumento de adequação Maximizar a cobertura das necessidades sentidas pelos organismos compradores; Reduzir-se-á significativamente o número de pedidos de excepção à compra através dos AQ. Aumento de Dinamismo Abrangência 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 32

33 Aumento da abrangência Lançamento de novos AQ para categorias transversais actualmente não endereçadas (como a manutenção de edifícios, um conjunto abrangente de serviços cloud, entre outras), Extensão da utilização dos AQ a um maior número de entidades (quer vinculadas, Aumento de Dinamismo Abrangência quer voluntárias), cobrindo gradualmente um universo mais vasto de despesa espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 33

34 Objetivos a atingir Aumento de Dinamismo Abrangência 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 34

35 Os Acordos Quadro - Evolução 2013 AQ-LS AQ-EI AQ-PEC AQ-SVDLF AQ-SMT AQ-CI AQ-CONSULT AQ-PECI AQ-VS AQ-HL AQ-RC AQ-SA AQ-VAM AQ-ENE AQ-MOB 2014 AQ-LS AQ-EI AQ-PEC AQ-SVDLF AQ-SMT AQ-CI AQ-CONSULT AQ-PECI AQ-VS AQ-HL AQ-RC AQ-SA AQ-VAM AQ-ENE AQ-MOB 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. AQ-ES 35 AQ-GF AQ-SME AQ-TIC- INFRAESTUTURAS AQ-CLOUD AQ-ENE+GN AQ-ECS AQ-STORAGE AQ-VDI

36 Os Acordos Quadro Vantagens Acesso a mercados públicos 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 36

37 Os Acordos Quadro Desvantagens Ficar fora dos Mercados Públicos 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 37

38 Os Acordos Quadro mais verdes 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 38

39 Os Acordos Quadro Utilização de critérios ecológicos Acordo Quadro de Veículos Eléctricos; Acordo Quadro de Equipamento Informático; Acordo Quadro de Cópia e Impressão; Acordo Quadro de Papel, Economato e Consumíveis de Impressão; Acordo Quadro de Higiene e Limpeza; Acordo Quadro de Refeições Confeccionadas; Acordo Quadro de Mobiliário; Acordo Quadro de Comunicações de Voz e Dados em Local Fixo; Acordo Quadro de Energia espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 39

40 Os Acordos Quadro Utilização de critérios ecológicos Vertente Ambiental Vertente Económica Vertente Legal 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. 40

41 Juntos, partilhamos eficiência

Compras Públicas para um Estado Inteligente

Compras Públicas para um Estado Inteligente Compras Públicas para um Estado Inteligente Princípios de um Estado Inteligente Agimos de modo a assegurar um legado para as gerações futuras, através da racionalidade da gestão e proteção dos recursos

Leia mais

Maia, 4 e 5 de Abril de 2011 Lisboa, 7 e 8 de Abril de 2011

Maia, 4 e 5 de Abril de 2011 Lisboa, 7 e 8 de Abril de 2011 Maia, 4 e 5 de Abril de 2011 Lisboa, 7 e 8 de Abril de 2011 1 Agenda 1. O Sistema Nacional de Compras Públicas (SNCP) 2. O Papel das Unidades Ministeriais de Compras e da ANCP 3. A Formação de Acordos

Leia mais

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas

1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento. 2. Estratégia para as Compras Públicas. 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas Agenda 1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento 2. Estratégia para as Compras Públicas 3. Modelo de Compras Públicas Electrónicas 4. Desafios para 2009 2 Propósito Estratégico: Agência Nacional

Leia mais

O Sistema Nacional de Compras Públicas e a atividade da ANCP

O Sistema Nacional de Compras Públicas e a atividade da ANCP O Sistema Nacional de Compras Públicas e a atividade da ANCP 10ª Conferência ANETIE Lisboa, 24 de janeiro de 2012 Contexto Económico e Tendências Crescente dívida pública e receitas insuficientes para

Leia mais

Consulta Pública Acordo Quadro de Gestão de Frota

Consulta Pública Acordo Quadro de Gestão de Frota Consulta Pública Acordo Quadro de Gestão de Frota 2013 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. Índice Objetivos da consulta pública A consulta pública

Leia mais

Compras Públicas Sustentáveis

Compras Públicas Sustentáveis Compras Públicas Sustentáveis Lisboa, 25 Fevereiro 2010 Agenda 1. Agência Nacional de Compras Públicas - Enquadramento 2. Estratégia para as Compras Públicas Balanço e Resultados 3. Acordos Quadro ANCP

Leia mais

Mod.015.01 MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA PARTICIPAÇÃO EM PROCEDIMENTOS DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA

Mod.015.01 MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA PARTICIPAÇÃO EM PROCEDIMENTOS DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA PARTICIPAÇÃO EM PROCEDIMENTOS DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA Identificação do Documento 001 09 CA Controlo de Versões Versão Autor Aprovado por Data Alteração 01 DCP CA 17-12-2009

Leia mais

Carlos de Sousa Mendes Secretário-Geral do Ministério da Justiça. A SGMJ como uma referência de qualidade e de profissionalismo

Carlos de Sousa Mendes Secretário-Geral do Ministério da Justiça. A SGMJ como uma referência de qualidade e de profissionalismo Carlos de Sousa Mendes Secretário-Geral do Ministério da Justiça A SGMJ como uma referência de qualidade e de profissionalismo Roteiro Globalização e Reforma UE Sistema Nacional de Compras Públicas Ministério

Leia mais

Código dos Contratos Públicos

Código dos Contratos Públicos Código dos Contratos Públicos DL 18/2008 (18.01.2008) A que contratos se aplicam as regras da contratação pública As regras da contratação pública previstas no CCP aplicam-se a todo e qualquer contrato

Leia mais

A SECRETARIA-GERAL DO ME

A SECRETARIA-GERAL DO ME Conferência Anual de Serviços Partilhados e Compras Públicas NOVOS DESAFIOS PARA AS COMPRAS PÚBLICAS A DO ME Mª Ermelinda Carrachás 26 de novembro de 2014 MINISTÉRIO DA ECONOMIA O Ministério da Economia

Leia mais

Consulta Pública 3/2014

Consulta Pública 3/2014 Consulta Pública 3/2014 Acordo quadro para prestação de serviços de viagens e alojamentos Abril de 2014 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. Índice

Leia mais

Consulta Pública. Acordo quadro de serviços de cópia e impressão em regime de outsourcing. Novembro de 2013

Consulta Pública. Acordo quadro de serviços de cópia e impressão em regime de outsourcing. Novembro de 2013 Consulta Pública Acordo quadro de serviços de cópia e impressão em regime de outsourcing Novembro de 2013 2013 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados.

Leia mais

Tribunal de Contas. Relatório de Auditoria n.º 25/2015, 2.ª S. Processo n.º 21/2015 - AUDIT

Tribunal de Contas. Relatório de Auditoria n.º 25/2015, 2.ª S. Processo n.º 21/2015 - AUDIT Tribunal de Contas Relatório de Auditoria n.º 25/2015, 2.ª S. Processo n.º 21/2015 - AUDIT AUDITORIA DE SEGUIMENTO AO SISTEMA NACIONAL DE COMPRAS PÚBLICAS (VEÍCULOS AUTOMÓVEIS E MOTOCICLOS E HIGIENE E

Leia mais

Procedimentos de Aquisição de Bens e Serviços na AP

Procedimentos de Aquisição de Bens e Serviços na AP PROGRAMA DE ESTÁGIOS PROFISSIONAL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 3ª EDIÇÃO Procedimentos de Aquisição de Bens e Serviços na AP Cristino Sanches Praia 12 a 26 de Abril 2011-1- OBJECTIVOS 1 Conhecer o quadro legislativo

Leia mais

Auditoria aos Efeitos na Despesa do Sistema Nacional de Compras Públicas (Ano de 2010) Relatório de Auditoria n.º 35/2011-2ª S.

Auditoria aos Efeitos na Despesa do Sistema Nacional de Compras Públicas (Ano de 2010) Relatório de Auditoria n.º 35/2011-2ª S. Tribunal de Contas Relatório de Auditoria n.º 35/2011-2ª S. Processo n.º 37/2011-AUDIT Auditoria aos Efeitos na Despesa do Sistema Nacional de Compras Públicas (Ano de 2010) Novembro de 2011 1 Tribunal

Leia mais

Sistema de qualificação Sectores especiais

Sistema de qualificação Sectores especiais União Europeia Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, 2985 Luxembourg, Luxemburgo +352 29 29 42 670 ojs@publications.europa.eu Informação e formulários em linha: http://simap.europa.eu

Leia mais

30478 Diário da República, 2.ª série N.º 146 30 de Julho de 2009

30478 Diário da República, 2.ª série N.º 146 30 de Julho de 2009 30478 Diário da República, 2.ª série N.º 146 30 de Julho de 2009 Correio electrónico:... 2 Qualquer comunicação ou notificação feita por carta registada, é considerada recebida na data em que for assinado

Leia mais

O Sistema de Compras Electrónicas

O Sistema de Compras Electrónicas Seminário Novas Perspectivas na Contratação Pública Tribunal de Contas, INA, CCSCI 20-21 Nov 2006 O Sistema de Compras Electrónicas Luis Magalhães Programa Nacional de Compras Electrónicas (PNCE) Aprovado

Leia mais

OPERAÇÕES INDIVIDUAIS E OPERAÇÕES TRANSVERSAIS

OPERAÇÕES INDIVIDUAIS E OPERAÇÕES TRANSVERSAIS AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 01/ SAMA/ 2012 SISTEMA DE APOIOS À MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA (SAMA) OPERAÇÕES INDIVIDUAIS E OPERAÇÕES TRANSVERSAIS Nos termos do Regulamento do SAMA, a apresentação

Leia mais

ANÚNCIO DE ADJUDICAÇÃO DO CONTRATO

ANÚNCIO DE ADJUDICAÇÃO DO CONTRATO 1/ 11 ENOTICES_CCE-AML 07/12/2009- ID:2009-142749 Formulário-tipo 3 - PT UNIÃO EUROPEIA Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, L-2985 Luxemburgo Fax: (352) 29 29-42670

Leia mais

CENTRAL DE COMPRAS. Faro, 4 de março de 2015

CENTRAL DE COMPRAS. Faro, 4 de março de 2015 CENTRAL DE COMPRAS Faro, 4 de março de 2015 COMUNIDADE COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO ALGARVE AMAL Compras Projeto piloto 2007/08 Compras eletrónicas 2008/09 Central de Compras 2010 COMPRAS - PROJETO PILOTO

Leia mais

ISABEL RUTE DA CRUZ PAIS RIBEIRO

ISABEL RUTE DA CRUZ PAIS RIBEIRO Acordo quadro para a prestação de serviços de desenho, administração, operação e consolidação de infraestruturas de tecnologias de informação e comunicação (TIC) PROGRAMA DE CONCURSO Março de 2014 ÍNDICE

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 1/2010

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 1/2010 ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 1/2010 APROVADA POR DELIBERAÇÃO DA COMISSÃO DIRECTIVA DE 19-03-2010 Altera o nº 4 da Orientação de Gestão nº 7/2008 e cria o ANEXO III a preencher pelos Beneficiários para registo

Leia mais

Anúncio de adjudicação de contrato

Anúncio de adjudicação de contrato União Europeia Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, 2985 Luxembourg, Luxemburgo +352 29 29 42 670 ojs@publications.europa.eu Informação e formulários em linha: http://simap.europa.eu

Leia mais

Anúncio voluntário de transparência ex ante

Anúncio voluntário de transparência ex ante União Europeia Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, 2985 Luxembourg, Luxemburgo Fax: +352 29 29 42 670 Correio electrónico: ojs@publications.europa.eu Informação

Leia mais

Para que a justificação seja admissível do ponto de vista legal, terá que se enquadrar nas seguintes disposições legais:

Para que a justificação seja admissível do ponto de vista legal, terá que se enquadrar nas seguintes disposições legais: ORIENTAÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA CHECK LIST SOBRE CONTRATAÇÃO PÚBLICA (POR REFERÊNCIA AOS PONTOS CONTROVERTIDOS DAS TABELAS DESSAS LISTAS) 3. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL 1. Integram-se nos sectores especiais

Leia mais

MUNICÍPIO DO PORTO SANTO CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DO PORTO SANTO CÂMARA MUNICIPAL CADERNO DE ENCARGOS PROCESSO Nº 3 RH-2015 Apoio Técnico na área de Gestão de Recursos Humanos - Prestação de Serviços Ajuste Direto 1 de 10 ÍNDICE CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 Cláusula 1.ª - Objecto...

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO

PROGRAMA DO CONCURSO PROGRAMA DO CONCURSO Page 1 ÍNDICE 1.º Objecto do Concurso 3 2.º Entidade Adjudicante 3 3.º Decisão de contratar 3 4.º Preço base 3 5.º Esclarecimentos 3 6.º Prazo para apresentação das candidaturas 3

Leia mais

Nome oficial: Comunidade Intermunicipal do Baixo Mondego Endereço postal: Rua Dr. Francisco Luiz Coutinho - Solar dos Pinas

Nome oficial: Comunidade Intermunicipal do Baixo Mondego Endereço postal: Rua Dr. Francisco Luiz Coutinho - Solar dos Pinas União Europeia Publicação no suplento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, 2985 Luxbourg, Luxburgo Fax: +352 29 29 42 670 Correio electrónico: ojs@publications.europa.eu Informação e formulários

Leia mais

1. ENQUADRAMENTO JURÍDICO DA ENTIDADE ENQUANTO ENTIDADE ADJUDICANTE

1. ENQUADRAMENTO JURÍDICO DA ENTIDADE ENQUANTO ENTIDADE ADJUDICANTE - A PREENCHER POR CADA PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO Salvo indicação em contrário, os artigos mencionados constam do Código dos Contratos Públicos 1. ENQUADRAMENTO JURÍDICO DA ENTIDADE ENQUANTO ENTIDADE

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Apoio à adoção dos serviços Copernicus pelos utilizadores 2014/S 177-312029. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Apoio à adoção dos serviços Copernicus pelos utilizadores 2014/S 177-312029. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:312029-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Apoio à adoção dos serviços Copernicus pelos utilizadores 2014/S 177-312029

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E CULTURA DIREÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO MANUAL I

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E CULTURA DIREÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO MANUAL I MANUAL I LOCAÇÃO OU AQUISIÇÃO DE BENS MÓVEIS E AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS ATRAVÉS DE PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO 1. INTRODUÇÃO O presente documento pretende disponibilizar informação básica para que as unidades

Leia mais

Consulta Pública. Acordo quadro de serviços de e-mail em modelo software as a service (SaaS) Outubro 2013

Consulta Pública. Acordo quadro de serviços de e-mail em modelo software as a service (SaaS) Outubro 2013 Consulta Pública Acordo quadro de serviços de e-mail em modelo software as a service (SaaS) Outubro 2013 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados.

Leia mais

D-Francoforte no Meno: BCE - Prestação de serviços de gestão de seguros para o BCE 2013/S 056-090855. Anúncio de concurso.

D-Francoforte no Meno: BCE - Prestação de serviços de gestão de seguros para o BCE 2013/S 056-090855. Anúncio de concurso. 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:90855-2013:text:pt:html D-Francoforte no Meno: BCE - Prestação de serviços de gestão de seguros para o BCE 2013/S 056-090855

Leia mais

ANÚNCIO DO CONCURSO PÚBLICO

ANÚNCIO DO CONCURSO PÚBLICO ANÚNCIO DO CONCURSO PÚBLICO 1 - Identificação e contactos da entidade adjudicante Designação da entidade adjudicante Serviço/Órgão/Pessoa de contacto Lipor Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos

Leia mais

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projectos e Despesas TIC Overview do Processo de Avaliação de Projectos e Despesas TIC www.ama.pt Índice 1. Enquadramento

Leia mais

União Europeia Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia. Anúncio de adjudicação de contrato (Directiva 2004/18/CE)

União Europeia Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia. Anúncio de adjudicação de contrato (Directiva 2004/18/CE) União Europeia Publicação no suplento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, 2985 Luxbourg, Luxburgo Fax: +352 29 29 42 670 Correio electrónico: ojs@publications.europa.eu Informação e formulários

Leia mais

CENTRAL DE COMPRAS Implementação e principais resultados 18 de Fevereiro 2011

CENTRAL DE COMPRAS Implementação e principais resultados 18 de Fevereiro 2011 CENTRAL DE COMPRAS Implementação e principais resultados 18 de Fevereiro 2011 COMUNIDADE COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO ALGARVE AMAL Compras Projecto piloto 2007/08 Compras electrónicas 2008/09 Central de

Leia mais

Para participar, basta enviar a sua sugestão ou notícia para: boletiminformativo@spms.min-saude.pt. BOLETIM INFORMATIVO. 27 Fev 2015 N.

Para participar, basta enviar a sua sugestão ou notícia para: boletiminformativo@spms.min-saude.pt. BOLETIM INFORMATIVO. 27 Fev 2015 N. Para participar, basta enviar a sua sugestão ou notícia para: boletiminformativo@spms.min-saude.pt. BOLETIM INFORMATIVO N.º02 Compras Públicas As Compras Públicas na Saúde assumem um papel crucial na estratégia

Leia mais

O novo Código dos Contratos Públicos Expectativas de Impacto económico

O novo Código dos Contratos Públicos Expectativas de Impacto económico I Fórum Nacional de Farmácia Hospitalar 29 de Novembro de 2008 O novo Código dos Contratos Públicos Expectativas de Impacto económico Sara Fernandes Advogada Consutora Jurídica Alinhamento de reflexão

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:215101-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:215101-2013:text:pt:html 1/8 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:215101-2013:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Apoio no âmbito do trabalho preparatório de medidas de conceção ecológica

Leia mais

Tipos de procedimento e critérios de escolha: principais novidades para as empresas de obras públicas. Margarida Olazabal Cabral

Tipos de procedimento e critérios de escolha: principais novidades para as empresas de obras públicas. Margarida Olazabal Cabral Tipos de procedimento e critérios de escolha: principais novidades para as empresas de obras públicas Margarida Olazabal Cabral Empreitadas de obras públicas Tipos de procedimento: Concurso Público e Concurso

Leia mais

Colóquio: As Empresas de Serviços Energéticos em Portugal

Colóquio: As Empresas de Serviços Energéticos em Portugal Colóquio: As Empresas de Serviços Energéticos em Portugal Lisboa, 30 de Dezembro Miguel Matias Presidente da APESE Vice-Presidente Self Energy A Eficiência Energética na Cidade oportunidade na Reabilitação

Leia mais

Roadshow SERVIÇOS PARTILHADOS E COMPRAS PÚBLICAS INOVAR COM VALOR. 06 de fevereiro CCDR-Norte, Porto

Roadshow SERVIÇOS PARTILHADOS E COMPRAS PÚBLICAS INOVAR COM VALOR. 06 de fevereiro CCDR-Norte, Porto Roadshow SERVIÇOS PARTILHADOS E COMPRAS PÚBLICAS INOVAR COM VALOR 06 de fevereiro CCDR-Norte, Porto Agenda 14h30 Receção de Participantes 15h00 Sessão de Abertura 15h15 Serviços Partilhados de Finanças

Leia mais

Em aprovação pela tutela Versão 3.0 revista em julho 2015

Em aprovação pela tutela Versão 3.0 revista em julho 2015 Plano de atividades 2015 Índice 01 introdução... 4 nota introdutória 4 02 enquadramento... 7 2.1 enquadramento e atribuições 7 2.2 missão, visão e valores 12 2.3 estrutura organizativa 13 2.4 principais

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO. Acordo quadro para o fornecimento de mobiliário. Programa de concurso Acordo quadro para o fornecimento de mobiliário 1

PROGRAMA DE CONCURSO. Acordo quadro para o fornecimento de mobiliário. Programa de concurso Acordo quadro para o fornecimento de mobiliário 1 PROGRAMA DE CONCURSO Acordo quadro para o fornecimento de mobiliário Programa de concurso Acordo quadro para o fornecimento de mobiliário 1 ÍNDICE CAPÍTULO I OBJETO E ÂMBITO DO CONCURSO... 3 Artigo 1.º

Leia mais

Disponível em: http://ec.europa.eu/internal_market/publicprocurement/docs/sme_code_of_best_practices_pt.pdf. 4

Disponível em: http://ec.europa.eu/internal_market/publicprocurement/docs/sme_code_of_best_practices_pt.pdf. 4 Pronúncia da Autoridade da Concorrência à audição pública promovida pela ESPAP, relativa à Contratação Pública de serviços de comunicação de voz e dados I. Enquadramento prévio 1. A espap submeteu a consulta

Leia mais

Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos

Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos As Compras Como Fonte de Inovação e Valorização Impactos Apresentação da nova Corporativa legislação Confidencial Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos Miguel Sobral Administrador

Leia mais

Roadshow SERVIÇOS PARTILHADOS E COMPRAS PÚBLICAS INOVAR COM VALOR. 30 de janeiro CCDR-Centro, Coimbra

Roadshow SERVIÇOS PARTILHADOS E COMPRAS PÚBLICAS INOVAR COM VALOR. 30 de janeiro CCDR-Centro, Coimbra Roadshow SERVIÇOS PARTILHADOS E COMPRAS PÚBLICAS INOVAR COM VALOR 30 de janeiro CCDR-Centro, Coimbra Agenda 14h30 Receção de Participantes 15h00 Sessão de Abertura 15h15 Serviços Partilhados de Finanças

Leia mais

NOVO REGIME JURÍDICO DA CONTRATAÇÃO PÚBLICA

NOVO REGIME JURÍDICO DA CONTRATAÇÃO PÚBLICA SEMINÁRIO METOLÓGICO NOVO REGIME JURÍDICO DA CONTRATAÇÃO PÚBLICA E APRESENTARA VALENTINA MATIAS FILIPE 29 de Julho de 2010 1. NOVO REGIME JURÍDICO DA CONTRATAÇÃO PÚBLICA -BREVES CONSIDERAÇÕES O Novo Regime

Leia mais

Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO

Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO ANCP 2012 Índice Artigo 1.º Tipo de procedimento, designação e objeto... 3 Artigo 2.º Entidade pública adjudicante... 3 Artigo 3.º Órgão que

Leia mais

L-Luxemburgo: Mudança, transporte e manutenção 2012/S 89-145424. Anúncio de concurso. Serviços

L-Luxemburgo: Mudança, transporte e manutenção 2012/S 89-145424. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:145424-2012:text:pt:html L-Luxemburgo: Mudança, transporte e manutenção 2012/S 89-145424 Anúncio de concurso Serviços

Leia mais

B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907. Anúncio de concurso. Serviços

B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:140907-2013:text:pt:html B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907

Leia mais

Consulta Pública. Acordo quadro de serviços de manutenção em edifícios. Outubro 2013

Consulta Pública. Acordo quadro de serviços de manutenção em edifícios. Outubro 2013 Consulta Pública Acordo quadro de serviços de manutenção em edifícios Outubro 2013 2012 espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I.P. Direitos reservados. Índice Índice 1. Da consulta

Leia mais

ACÓRDÃO Nº 24/11-11.ABR. 2011/1ª S/SS

ACÓRDÃO Nº 24/11-11.ABR. 2011/1ª S/SS ACÓRDÃO Nº 24/11-11.ABR. 2011/1ª S/SS Proc. nº 390/2011 Acordam os Juízes da 1ª Secção do, em Subsecção: I RELATÓRIO Os Serviços de Acção Social do Instituto Politécnico do Porto (SAS do Porto) remeteram,

Leia mais

A experiência no domínio dos Serviços Partilhados em Saúde

A experiência no domínio dos Serviços Partilhados em Saúde A experiência no domínio dos Serviços Partilhados em Saúde Joaquina Matos Vilamoura, 23 Maio 2009 Quem Somos O que Somos? Visão Missão Ser referência como entidade de Serviços Partilhados na área da Saúde,

Leia mais

Anúncio de adjudicação de contratos no domínio da defesa e da segurança

Anúncio de adjudicação de contratos no domínio da defesa e da segurança União Europeia Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, 2985 Luxembourg, Luxemburgo +352 29 29 42 670 ojs@publications.europa.eu Informação e formulários em linha: http://simap.europa.eu

Leia mais

PLANO NACIONAL DE COMPRAS PÚBLICAS

PLANO NACIONAL DE COMPRAS PÚBLICAS PLANO NACIONAL DE COMPRAS PÚBLICAS 2013 Índice 1 Introdução... 3 2 Enquadramento... 3 3 O Sistema Nacional de Compras Públicas (SNCP) em 2013... 5 3.1 Acordos quadro... 5 3.2 Entidades voluntárias aderentes...

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:267125-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125

Leia mais

Luís Magalhães Presidente, UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento

Luís Magalhães Presidente, UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento A Internet,os computadores, os telefones móveis, a TV digital estão a transformar profundamente a maneira como as pessoas vivem - como aprendem, trabalham, ocupam os tempos livres e interagem, tanto nas

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:405184-2014:text:pt:html Finlândia-Helsínquia: Prestação de serviços TI para aplicações TI da Agência Europeia dos Produtos

Leia mais

Concurso Público Urgente N.º 10001016 Página 1

Concurso Público Urgente N.º 10001016 Página 1 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PARA O CENTRO HOSPITALAR DE LISBOA CENTRAL, E.P.E. CONCURSO PÚBLICO N.º 1-0-0010/2016 PROGRAMA DO PROCEDIMENTO Artigo 1.º Entidade adjudicante

Leia mais

O Novo Regime da Contratação Pública. no Código dos Contratos Públicos. Grupo de Trabalho Março/Abril, 2008

O Novo Regime da Contratação Pública. no Código dos Contratos Públicos. Grupo de Trabalho Março/Abril, 2008 O Novo Regime da Contratação Pública no Código dos Contratos Públicos Grupo de Trabalho Março/Abril, 2008 Introdução Da mera transposição das novas directivas comunitárias 2004/17 e 2004/18 à elaboração

Leia mais

P-Évora: Equipamento de controlo e telemetria 2008/S 132-176072 ANÚNCIO DE CONCURSO. Fornecimentos

P-Évora: Equipamento de controlo e telemetria 2008/S 132-176072 ANÚNCIO DE CONCURSO. Fornecimentos 1/5 P-Évora: Equipamento de controlo e telemetria 2008/S 132-176072 ANÚNCIO DE CONCURSO Fornecimentos SECÇÃO I: ENTIDADE ADJUDICANTE I.1) DESIGNAÇÃO, ENDEREÇOS E PONTOS DE CONTACTO: Águas do Centro Alentejo,

Leia mais

Convite à apresentação de propostas

Convite à apresentação de propostas Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro para o fornecimento de veículos automóveis e motociclos e aluguer operacional de veículos Convite à apresentação de propostas

Leia mais

Adenda aos Critérios de Selecção

Adenda aos Critérios de Selecção Adenda aos Critérios de Selecção... Critérios de Selecção SI Qualificação PME EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Prestação de serviços em nuvem a favor da ECHO 2014/S 148-265392. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Prestação de serviços em nuvem a favor da ECHO 2014/S 148-265392. Anúncio de concurso. Serviços 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:265392-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Prestação de serviços em nuvem a favor da ECHO 2014/S 148-265392 Anúncio de

Leia mais

E-Bilbau: Prestação de um serviço de «helpdesk» 2012/S 99-163953. Anúncio de concurso. Serviços

E-Bilbau: Prestação de um serviço de «helpdesk» 2012/S 99-163953. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:163953-2012:text:pt:html E-Bilbau: Prestação de um serviço de «helpdesk» 2012/S 99-163953 Anúncio de concurso Serviços

Leia mais

Relatório de atividades 2014. Em aprovação pela tutela

Relatório de atividades 2014. Em aprovação pela tutela Índice detalhado 1 introdução... 5 1.1 mensagem do conselho diretivo... 5 1.2 abordagem para elaboração do relatório... 7 2 a espap... 8 2.1 enquadramento e atribuições... 8 2.1.1 enquadramento... 8 2.1.2

Leia mais

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS 1 DE JULHO DE 2015 OPERAÇÕES TEMÁTICAS OPERAÇÃO TEMÁTICA M/C DOTAÇÃO ORÇAMENTAL CAPACITAÇÃO PARA AVALIAÇÕES DE IMPACTO REGULATÓRIO

Leia mais

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projetos e Despesas TIC

Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projetos e Despesas TIC Definição e Implementação de Metodologia, Modelo e Ferramentas para Avaliação de Projetos e Despesas TIC Overview do Processo de Avaliação de Projetos e Despesas TIC www.ama.pt Índice 1. Enquadramento

Leia mais

Alemanha-Francoforte no Meno: BCE - Prestação de serviços de filmagem/vídeos/animação e de difusão na Web 2013/S 241-418284. Anúncio de concurso

Alemanha-Francoforte no Meno: BCE - Prestação de serviços de filmagem/vídeos/animação e de difusão na Web 2013/S 241-418284. Anúncio de concurso 1/7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:418284-2013:text:pt:html Alemanha-Francoforte no Meno: BCE - Prestação de serviços de filmagem/vídeos/animação e de difusão

Leia mais

A implementação do balcão único electrónico

A implementação do balcão único electrónico A implementação do balcão único electrónico Departamento de Portais, Serviços Integrados e Multicanal Ponte de Lima, 6 de Dezembro de 2011 A nossa agenda 1. A Directiva de Serviços 2. A iniciativa legislativa

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 06 / SI / 2012

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 06 / SI / 2012 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 06 / SI / 2012 SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO DE PME) PROGRAMA ESTRATÉGICO +E+I VALE PROJETO SIMPLIFICADO

Leia mais

Anúncio de Abertura de Procedimento de Negociação

Anúncio de Abertura de Procedimento de Negociação Anúncio de Abertura de Procedimento de Negociação Anúncio de Abertura de Procedimento de Negociação 1. Entidade Contratante: 1.1. Designação: Comissão Nacional Eleitoral - CNE 1.2. Endereço: Rua Amílcar

Leia mais

Procedimento por Ajuste Directo N.º 1/2013 (Decreto-Lei n.º 18/2008, de 29 de Janeiro)

Procedimento por Ajuste Directo N.º 1/2013 (Decreto-Lei n.º 18/2008, de 29 de Janeiro) Procedimento por Ajuste Directo N.º 1/2013 (Decreto-Lei n.º 18/2008, de 29 de Janeiro) CADERNO DE ENCARGOS Coimbra, 18 de Janeiro de 2013 [sede] rua coronel veiga simão, edifício c 3020-053 coimbra portugal

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:378383-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:378383-2013:text:pt:html 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:378383-2013:text:pt:html Polónia-Varsóvia: Contrato-quadro para desenvolvimento de Intranet com base em SharePoint, sistema

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Recurso a informações públicas sobre sistemas de restrição de acesso 2013/S 138-239089. Anúncio de concurso.

Bélgica-Bruxelas: Recurso a informações públicas sobre sistemas de restrição de acesso 2013/S 138-239089. Anúncio de concurso. 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:239089-2013:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Recurso a informações públicas sobre sistemas de restrição de acesso 2013/S

Leia mais

Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro para a prestação do serviço de seguro automóvel

Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro para a prestação do serviço de seguro automóvel Concurso limitado por prévia qualificação para a celebração de acordo quadro para a prestação do serviço de seguro automóvel Convite à apresentação de propostas ANCP Outubro de 2010 Índice Artigo 1.º Objecto

Leia mais

Relatório de atividades 2013. Relatório de atividades 2013. índice. espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I. P.

Relatório de atividades 2013. Relatório de atividades 2013. índice. espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I. P. Relatório de atividades 2013 índice espap Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, I. P. 2 índice detalhado 1 introdução... 5 1.1 mensagem do conselho diretivo... 5 1.2 abordagem para

Leia mais

N. º 06 BOLETIM INFORMATIVO. Para participar, basta enviar a sua sugestão ou notícia para: boletiminformativo@spms.min-saude.pt

N. º 06 BOLETIM INFORMATIVO. Para participar, basta enviar a sua sugestão ou notícia para: boletiminformativo@spms.min-saude.pt N. º 06 2015 INFORMATIVO Para participar, basta enviar a sua sugestão ou notícia para: boletiminformativo@spms.min-saude.pt Notícias O Comprinhas informa! SPMS - Desmaterialização do CCP A SPMS, através

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SENHOR MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SENHOR MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O SENHOR MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng. Mário Lino por ocasião do Encerramento do Seminário AS NOVAS PERSPECTIVAS NA CONTRATAÇÃO PÚBLICA promovido

Leia mais

Serviços de Informática Lógica de Serviços Partilhados de Sistemas e Tecnologias de Informação

Serviços de Informática Lógica de Serviços Partilhados de Sistemas e Tecnologias de Informação Lógica de Serviços Partilhados de Sistemas e Tecnologias de Informação 05-03-2015 1 Sumário: Missão dos Serviços de Informática da UAlg Atribuições dos Serviços de Informática Estrutura dos Serviços de

Leia mais

Decreto-Lei n.º 107/2012 de 18 de maio

Decreto-Lei n.º 107/2012 de 18 de maio Decreto-Lei n.º 107/2012 de 18 de maio As tecnologias de informação e comunicação (TIC) constituem um pilar essencial da estratégia de modernização da Administração Pública. A sua utilização intensiva

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 145 29 de Julho de 2008 5106-(19)

Diário da República, 1.ª série N.º 145 29 de Julho de 2008 5106-(19) Diário da República, 1.ª série N.º 145 29 de Julho de 2008 5106-(19) Portaria n.º 701-E/2008 de 29 de Julho O Código dos Contratos Públicos consagra a obrigação das entidades adjudicantes de contratos

Leia mais

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Desafios da Facturação Electrónica A facturação electrónica (e-invoicing) poderá fazer parte das iniciativas emblemáticas

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA TRIBUNAL DE CONTAS 2ª DIVISÃO DOS SERVIÇOS TÉCNICOS DO TRIBUNAL DE CONTAS I FISCALZAÇÃO PREVENTIVA

REPÚBLICA DE ANGOLA TRIBUNAL DE CONTAS 2ª DIVISÃO DOS SERVIÇOS TÉCNICOS DO TRIBUNAL DE CONTAS I FISCALZAÇÃO PREVENTIVA REPÚBLICA DE ANGOLA TRIBUNAL DE CONTAS 2ª DIVISÃO DOS SERVIÇOS TÉCNICOS DO TRIBUNAL DE CONTAS I FISCALZAÇÃO PREVENTIVA 1. LEGISLAÇÃO PERTINENTE: ORGÂNICA DO Tribunal de Contas (LEI Nº 5/96, de 12 de Abril)

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:330920-2014:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:330920-2014:text:pt:html 1/7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:330920-2014:text:pt:html Portugal-Lisboa: Disponibilização de transporte, armazenamento, manutenção e seguro para equipamento

Leia mais

Regulamento n.º 329/2009. Regulamento de Gestão do Parque de Veículos do Estado

Regulamento n.º 329/2009. Regulamento de Gestão do Parque de Veículos do Estado Regulamento n.º 329/2009 Regulamento de Gestão do Parque de Veículos do Estado O Decreto-Lei n.º 37/2007, de 19 de Fevereiro, veio proceder à criação da Agência Nacional de Compras Públicas, E. P. E. (ANCP)

Leia mais

Decreto-Lei n.º 107/2012, de 18 de maio, com a alteração da LOE para 2014

Decreto-Lei n.º 107/2012, de 18 de maio, com a alteração da LOE para 2014 Decreto-Lei n.º 107/2012, de 18 de maio, com a alteração da LOE para 2014 (a bold e a cor diferente encontram-se as alterações efetuadas pela LOE de 2014) Artigo 1.º Objeto 1- O presente decreto-lei regula

Leia mais

I. ENQUADRAMENTO... 3. Princípios da contratação pública... 3. Contratação pública e contratos públicos... 3

I. ENQUADRAMENTO... 3. Princípios da contratação pública... 3. Contratação pública e contratos públicos... 3 I. ENQUADRAMENTO... 3 Princípios da contratação pública... 3 Contratação pública e contratos públicos... 3 II. TIPOS DE PROCEDIMENTOS PRÉ-CONTRATUAIS... 3 III. ESCOLHA DO PROCEDIMENTO... 4 IV. TRAMITAÇÃO

Leia mais

Jornal da República DECRETO-LEI N.º 24/2008. neste diploma e na respectiva regulamentação a aprovar por diploma ministerial do Ministro das Finanças.

Jornal da República DECRETO-LEI N.º 24/2008. neste diploma e na respectiva regulamentação a aprovar por diploma ministerial do Ministro das Finanças. DECRETO-LEI N.º 24/2008 de 23 de Julho ALTERA O REGIME JURÍDICO DO APROVISIONAMENTO O Regime Jurídico dos Aprovisionamentos, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 10/2005, de 21 de Novembro, estabelece um normativo

Leia mais

SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais

SUCH Serviço de Utilização Comum dos Hospitais Derechos Quem Somos O Serviço de Utilização Comum dos Hospitais é uma associação privada sem fins lucrativos, organizada e posicionada para a oferta integrada de Serviços Partilhados para o sector da Saúde.

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1 / 5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:433388-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Apólice de seguro de assistência e de vida/invalidez a favor dos membros,

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:265083-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Estudo relativo ao papel da digitalização e da inovação para a criação de

Leia mais

Consulta - Serviços Especializados para a criação e dinamização de redes colaborativas Portugal Sou Eu

Consulta - Serviços Especializados para a criação e dinamização de redes colaborativas Portugal Sou Eu Consulta - Serviços Especializados para a criação e dinamização de redes colaborativas Portugal Sou Eu março 2014 Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Enquadramento... 2 3. O Contexto Atual... 3 4. Objetivos

Leia mais

E-Alicante: Serviços de peritos financeiros relacionados com a gestão da tesouraria 2012/S 153-254863. Anúncio de concurso.

E-Alicante: Serviços de peritos financeiros relacionados com a gestão da tesouraria 2012/S 153-254863. Anúncio de concurso. 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:254863-2012:text:pt:html E-Alicante: Serviços de peritos financeiros relacionados com a gestão da tesouraria 2012/S 153-254863

Leia mais

A CONTRATAÇÃO PÚBLICA NO ÂMBITO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU

A CONTRATAÇÃO PÚBLICA NO ÂMBITO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU A CONTRATAÇÃO PÚBLICA NO ÂMBITO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU O ENQUADRAMENTO DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS Sessão de informação organizada por: ANESPO Associação Nacional das Escolas Profissionais Região Autónoma

Leia mais

L-Luxemburgo: PE-ITEC-DIT-ITIM-2012/03-CLAVIS Software de gestão de documentos 2013/S 015-020052. Anúncio de concurso.

L-Luxemburgo: PE-ITEC-DIT-ITIM-2012/03-CLAVIS Software de gestão de documentos 2013/S 015-020052. Anúncio de concurso. 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:20052-2013:text:pt:html L-Luxemburgo: PE-ITEC-DIT-ITIM-2012/03-CLAVIS Software de gestão de documentos 2013/S 015-020052

Leia mais