TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS RIO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS RIO"

Transcrição

1 TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS RIO (vigência a partir de 25/02/2014 Valores expressos em Reais) A ARMAZENAGEM DE IMPORTAÇÃO: A.1 CONTÊINERES / CARGA GERAL (períodos de 7 dias ou fração): Fixo A período 254,14 0,35 % CIF A período 0,73 % CIF A período 1,46 % CIF A período e subseqüentes 1,88 % CIF A 1.5 Valor mínimo - por Contêiner H/H, 1º período 254,14 741, ,26 A 1.6 Valor mínimo - por Contêiner H/H, 2º período 815, ,49 A 1.7 Valor mínimo - por Contêiner H/H, 3º período 897, ,83 A 1.8 Valor mínimo - por Contêiner H/H, 4º período e subsequentes 986, ,42 A 1.9 Valor mínimo - por carga fracionada (oriunda de processos de desunitização de contêiner LCL), por período 177,90 268,99 por lote / BL No primeiro período de armazenagem será cobrada uma parcela fixa e uma parcela variável de armazenagem Para cargas com excesso nas dimensões (OOG), sob rodas ou em contêiner, será cobrado um adicional de 200% nos valores de armazenagem, por período. A armazenagem e movimentação destas cargas deverão ser negociadas com 10 dias de antecedência a descarga do navio. Cargas químicas com classificação IMO/IMDG, cargas sujeitas a autorização da ANVISA ou outros órgãos anuentes terão um acréscimo de 100% nos itens variáveis de armazenagem. A contagem da armazenagem inicia-se na data da descarga da unidade. Os períodos são cobrados cumulativamente. Para cargas FCL desovadas para armazém (mudança de regime) será cobrado um adicional de 200% nos itens de armazenagem. B ARMAZENAGEM DE EXPORTAÇÃO: B.1 CONTÊINERES / CARGA GERAL (períodos de 7 dias ou fração) : B 1.1 Período livre de pre-stacking de 07 dias (sujeito a alteração) B 1.2 2º período e subseqüentes 158,30 264,23 B 1.3 Carga geral (para unitização ou transito aduaneiro), por período 86,89 por t ou m 3 Veículos automotivos, cargas fora de padrão (OOG), contêineres com excesso nas dimensões, cargas químicas com classificação IMO/IMDG, cargas sujeitas a autorização da ANVISA ou outros órgãos anuentes terão um acréscimo de 100% nos itens de armazenagem. Cargas fora de padrão (OOG) e/ou contêineres com excesso nas dimensões deverão ter suas características informadas a Libra Terminais Rio com 10 dias de antecedência a entrega no terminal. Contagem da armazenagem inicia-se na data de recebimento da unidade. Os períodos são cobrados cumulativamente.

2 C ARMAZENAGEM CABOTAGEM: C.1 CONTÊINERES / CARGA GERAL: C 1.1 Contêiner, por dia 82,12 136,87 C 1.2 Carga fracionada ou carga geral, por dia 49,99 por t ou m 3 C 1.3 Valor mínimo - carga fracionada ou carga geral, por dia 123,78 C 1.4 Abertura de contêiner de cabotagem para conferência com fornecimento de lacre 102,36 Veículos automotivos, cargas fora de padrão (OOG), contêineres com excesso nas dimensões, cargas químicas com classificação IMO/IMDG, cargas sujeitas a autorização da ANVISA ou outros órgãos anuentes terão um acréscimo de 100% nos serviços de armazenagem. Cargas fora de padrão (OOG) e/ou contêineres com excesso nas dimensões deverão ter suas características informadas a Libra Terminais Rio com 10 dias de antecedência a entrega/desembarque no terminal. Contagem da armazenagem inicia-se na data de recebimento/desembarque da unidade. Os períodos são cobrados cumulativamente. D ARMAZENAGEM DE CONTÊINERES VAZIOS: D.1 ARMAZENAGEM DE CONTÊINERES VAZIOS D 1.1 Armazenagem de contêineres vazios, por período de dois dias ou fração 98,89 173,78 D 1.2 Redestinação de contêiner vazio por razão de devolução do depot armador dentro da região do Porto do Rio de Janeiro (até 10 km da Libra Terminais Rio) 372,55 Para devolução de vazio com distância superior a 10km - valores sob consulta. E SERVIÇOS COMPLEMENTARES E.1 MOVIMENTAÇÃO DE CARGA (HANDLING / RECEBIMENTO / ENTREGA): E 1.1 Carregamento / descarga de contêiner para veículo rodoviário 380,87 E 1.2 Carregamento / descarga de contêiner para veículo ferroviário 152,35 E 1.3 E 1.4 E 1.5 Carregamento / descarga de carga solta para veículo rodoviário (volumes de até 10 t) Carregamento / descarga de carga solta para veículo rodoviário (volumes acima de 10 t) Valor mínimo - carregamento / descarga de carga solta para veículo rodoviário 22,62 por t 29,76 por t 131,82 por lote / BL E 1.6 Manuseio de cargas especiais e/ou utilização de máquinas adicionais Sob Consulta E 1.7 Manuseio de carga desconsolidada (NVOCC) 259,47 por lote / BL

3 E.2 DESUNITIZAÇÃO PARA CONFERÊNCIA / VISTORIA / COLETA DE AMOSTRA (TOTAL OU PARCIAL) / ETIQUETAGEM COM PERMANÊNCIA DA CARGA NA ÁREA DE CONFERÊNCIA POR 24 HORAS E 2.1 Contêiner tipo dry van ou open top 484,42 597,50 E 2.2 Contêiner tipo reefer 916, ,06 E 2.3 Valor adicional para separação de carga por referência 242,21 298,75 E 2.4 Valor adicional para conteúdo acima de 300 volumes 665,34 E 2.5 Valor adicional bagagem desacompanhada 837,91 E 2.6 Desunitização de mercadoria sujeita a manuseio especial Sob Consulta E 2.7 Permanência de carga desunitizada em área de conferência, por dia ou fração 232,09 284,47 Item E Aplicável para as cargas de importação / exportação / etiquetagem com permanência em área de conferência por período superior a 24 horas. Desova de contêineres com equipamentos especiais valores sob consulta. E.3 DESUNITIZAÇÃO DE CONTÊINER, MANUSEIO E TRANSFERÊNCIA DE CARGA PARA ARMAZÉM E 3.1 Desunitização de contêiner FCL/LCL com devolução de vazio dentro da região do Porto do Rio de Janeiro (até 10 km da Libra Terminais Rio) 841, ,05 E 3.2 Desunitização de contêiner FCL/LCL com devolução de vazio em Sepetiba 1.512, ,08 E 3.3 Adicional para desunitização manual de contêineres FCL/LCL 623,67 830,77 E 3.4 Desunitização de mercadoria sujeita a manuseio especial Sob Consulta Desova de contêineres com equipamentos especiais valores sob consulta. Para devolução de vazio com distância superior a 10km - valores sob consulta. E.4 POSICIONAMENTO DE CONTÊINERES / CARGA SOLTA E 4.1 Posicionamento de contêiner para conferência / vistoria / fiscalização / etiquetagem E 4.2 Posicionamento de carga solta para conferência / vistoria / fiscalização / etiquetagem 378,49 567,74 440,39 por lote / BL E 4.3 Posicionamento de contêiner reefer para reparo ou manutenção 1.190,22 E 4.4 Reposicionamento de contêineres de transbordo para conferência 334,45 407,06 E 4.5 E 4.6 Conjunto de movimentos para vistoria de contêineres vazios (necessita prévia autorização) Permanência de contêiner em área de posicionamento por período superior a 48 horas, por dia ou fração 336,83 408,25 378,49 567,74 E.5 SERVIÇOS DE APOIO, INFRAESTRUTURA E DOCUMENTAÇÃO À FUMIGAÇÃO: E 5.1 Por contêiner 512,99 E 5.2 Carga solta 117,84 por lote / BL

4 E.6 RECEBIMENTO / ENTREGA DE CARGA EM REGIMES ESPECIAIS E 6.1 Conclusão de trânsito aduaneiro (DTA) 249,95 E 6.2 Liberação em regime DTA Contêiner 891,72 977,32 E 6.3 Liberação em regime DTA Carga fracionada 377,30 por lote / BL E 6.4 Liberação em regime DTA-Pátio 818,04 E 6.5 Liberação em regime DTC ou outro processo simplificado Contêiner 1.100,00 E 6.6 Reposicionamento de contêiner em área de segregação DTA-Pátio 336,83 397,54 Valores de recebimento / entrega em regimes especiais serão acrescidos de armazenagem e serviços complementares. Transcorrido o prazo para tratamento de DTA-Pátio (48 horas após a descarga) sem o efetivo desembaraço para trânsito, serão cobrados automaticamente todos os itens referentes a armazenagem de importação e serviços complementares. E.7 CONEXÃO DE TOMADAS E MONITORAMENTO REEFER E 7.1 Contêiner, por dia 188,05 E 7.2 Adicional Hot-stuffing, por contêiner 409,43 E.8 PESAGEM UTILIZAÇÃO DE BALANÇAS E 8.1 Contêiner 65,91 E 8.2 E 8.3 E 8.4 Contêiner movimentos extras para pesagem do segundo contêiner da carreta Carga fracionada (oriunda de processos de desunitização de contêiner LCL ou FCL) Carga fracionada (oriunda de processos de desunitização de contêiner LCL ou FCL) valor mínimo por lote / BL 305,89 29,76 por t 101,17 E 8.5 Cargas de projeto 54,93 por t E 8.6 Carga de projeto - valor mínimo por lote / BL 164,78 NOTA: Nas operações de importação os itens E 8.1 a E 8.4 serão aplicáveis somente nos casos de repesagem por solicitação do cliente. Nas operações de exportação os itens E 8.1 a E 8.4 não serão aplicáveis as cargas já desembaraçadas em Redex, exceto nos casos de solicitação de repesagem pelo cliente. E.9 SOBRESTADIA DE VEÍCULOS E 9.1 Sobrestadia de veículo rodoviário / vagão ferroviário nas instalações da Libra Terminais Rio após o termino do carregamento, por dia ou fração NOTA: Serviço sujeito a análise e autorização prévia da área operacional da Libra Terminais Rio 265,42 E.10 PALETIZAÇÃO DE CARGA E 10.1 Re-embalagem / paletização / cintagem de cargas, por volume 69,03 NOTA: Por solicitação do cliente e/ou por necessidade da equipe operacional da Libra Terminais Rio durante manusei

5 E.11 DESISTÊNCIA DE EMBARQUE: E 11.1 Desistência de embarque de contêiner na Libra Terminais Rio 527,27 E 11.2 Desistência de embarque de lote/carga geral na Libra Terminais Rio 144,01 por t ou m 3 Na desistência de embarque a carga perde todos os direitos do pre-stacking. E.12 ROLAGEM DE CONTÊINERES/MUDANÇA DE PORTO, NAVIO OU VIAGEM: E 12.1 Rolagem de contêineres / mudança de porto, navio ou viagem 276,13 414,20 NOTA: Na falta de informação do novo navio no ato da rolagem, serão cobradas as rolagens adicionais. E.13 UNITIZAÇÃO / ESTUFAGEM DE CONTÊINERES: E 13.1 Mecânica Sob Consulta E 13.2 Manual Sob Consulta E 13.3 Adicional de unitização expressa (entrega de carga para unitização com menos de 24 horas do dead line do navio) 384,48 NOTA: Item E 13.3 Cobrado cumulativamente com demais serviços de exportação. Serviço sujeito a análise e autorização prévia da área operacional da Libra Terminais Rio. A Libra Terminais Rio isenta-se de possíveis atrasos ocasionados pela falta de aprovação da Receita Federal. E.14 UTILIZAÇÃO DE PLATAFORMA DE CONTENÇÃO DE RESÍDUOS QUÍMICOS: E 14.1 Utilização de equipamentos do terminal na contenção emergencial de resíduos químicos vazando de contêineres de exportação ou importação, por dia ou fração. Custos adicionais decorrentes da operação serão repassados a empresa solicitante ,00 A empresa solicitante ficará responsável pela redestinação de resíduos e limpeza da unidade. E.15 RECEBIMENTO DE CONTÊINER E/OU DOCUMENTOS DE EXPORTAÇÃO FORA DA FRANQUIA E 15.1 Late arrival - Recebimento de contêineres após o deadline do navio 253,52 E 15.2 Recebimento antecipado de contêiner de exportação 290,41 Item E Sujeito a requisição previa e aprovação do Planner, do Armador e da Libra Terminais Rio. Item E 15.2 Sujeito a confirmação de booking e aprovação previa pela Libra Terminais Rio. Cobrança cumulativa a armazenagem.

6 E.16 IMPORTAÇÃO: AGENDAMENTO DE ENTREGA E 16.1 Contêiner - entrega de cargas sem agendamento prévio agendamento expresso 642,72 E 16.2 Contêiner - não cumprimento da janela de agendamento, por contêiner 334,45 397,54 E 16.3 Carga solta entrega de cargas sem agendamento prévio mínimo 10 t 47,61 por t E 16.4 Carga solta não cumprimento da janela de agendamento, por tonelada 32,96 por t NOTA: Serviço sujeito a análise e autorização prévia da área operacional da Libra Terminais Rio. E.17 ETIQUETAGEM / ROTULAGEM / SELAGEM E 17.1 Por evento 0,38 por evento E 17.2 Valor mínimo, por dia 1.208,35 NOTA: Serviço sujeito a análise e autorização prévia da área operacional da Libra Terminais Rio. E.18 LIMPEZA DE CONTÊINER ORIUNDO DE DESUNITIZAÇÃO E 18.1 Limpeza Simples 249,95 324,94 E 18.2 Limpeza Especial (sujeito a contato prévio com terminal de vazios do armador) Sob Consulta E.19 INSPEÇÃO NÃO INVASIVA DE CONTÊINERES E 19.1 Por contêiner FCL 310,00 E 19.2 Carga Solta por lote B/L 180,00 E.20 EXPORTAÇÃO PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS / OPERACIONAIS PARA DESEMBARAÇO ADUANEIRO E 20.1 Contêiner (com informação de presença de carga) 370,40 E 20.2 Carga fracionada ou carga geral (com informação de presença de carga) 243,87 por DDE E 20.3 Carga fracionada destinada a consolidação (com informação de presença de carga) NOTA: Serviço não aplicável para cargas já desembaraçadas em Redex. 129,73 por DDE E.21 BAGAGEM EXPORTAÇÃO E 21.1 Bagagem (com informação de presença de carga e armazenagem) 1.095, ,98

7 E.22 ADICIONAL DE SEGREGAÇÃO EM ÁREA ESPECIAL E 22.1 Contêiner classificação IMO PG I e Gases ou Cargas sem PG definido com risco ambiental, por dia ou fração 578,45 E 22.2 Carga fracionada classificação IMO PG II ou PG III, por dia ou fração 321,37 por t ou m 3 E 22.3 Carga fracionada segregação e monitoramento em câmera climatizada / frigorífica, por dia ou fração 26,19 por t ou m 3 Nos casos de recebimento após deadline os valores serão cobrados cumulativamente ao serviço. E.23 RECEBIMENTO / ENTREGA DE CARGA EM HORÁRIO EXTRAORDINÁRIO (CONSULTAR QUADRO DE HORÁRIOS ANEXO) E 23.1 Contêiner mínimo 5 contêineres (segunda a sexta-feira) 167,82 E 23.2 Contêiner mínimo 5 contêineres (aos sábados) 209,48 E 23.3 Carga solta - mínimo 10 t ou m 3 (segunda a sexta-feira) 49,99 por t ou m 3 E 23.4 Carga solta mínimo 10 t ou m 3 (aos sábados) 63,09 por t ou m 3 Nos casos de recebimento após deadline os valores serão cobrados cumulativamente ao serviço. E.24 APLICAÇÃO DE LACRE E 24.1 Aplicação de lacre 39,28 E.25 FORNECIMENTO DE CERTIFICADOS / RELATÓRIOS / TERMO DE AVARIA : E 25.1 Por certificado 60,70 E 25.2 Emissão de Ticket de Pesagem por solicitação do cliente via website 65,91 E.26 FORNECIMENTO DE FOTOGRAFIAS (ARQUIVO ELETRÔNICO): E 26.1 Cobrança por contêiner (cheio ou vazio), veículo ou lote fotografado. Inclui 5 fotos. 99,97 E.27 TRANSFERÊNCIA DE CONTÊINERES DENTRO DO PORTO ORGANIZADO E 27.1 Libra Terminais Rio para cais convencional e v.v. 395,15 582,02 E 27.2 Libra Terminais Rio para Terminal 2 e v.v. 223,76 372,55 E 27.3 Espera no destino para liberação de veículo (acima de duas horas), por hora ou fração 274,94 por hora

8 F. DISPOSIÇÕES GERAIS: F.1 - Horário de funcionamento regular da Libra Terminais Rio Gate: De segunda-feira a sexta-feira: das 07:00 às 19:00 (observando os deadlines dos navios). Sábado: das 07:00 às 11:00 Entrega e recebimento de cargas (armazém). Dias da semana Início das operações apresentação de documentação entrada de veículos solicitação de PSE carregamento em PSE solicitação de Posicionamento De 2ª a 6ª 07:00 16:00 16:00 16:00 20:00 15:00 Sáb. 07:00 09:00 10:00 10:00 16:00 - Dom. A entrega de cargas pelo Armazém somente será realizada mediante programação previa (até sexta-feira às 16:00) e quitação dos serviços prestados. Entrega sujeita à cobrança. Não será realizado o recebimento de cargas aos domingos. Financeiro (setor de faturamento): No terminal e posto avançado CAL (Centro): de segunda-feira a sexta-feira das 08:00 às 17:00. Plantão de atendimento via sábado das 08:00 às 12:00. Relacionamento com Clientes: De segunda-feira a sexta-feira das 07:00 às 23:00, sábados das 07:00 às 15:00. F.2 Observações: Carga IMDG Code : O recebimento de cargas sob classificação IMDG Code - perigosas - estará sempre sujeito à aprovação pelo Setor de Segurança do Trabalho, em conformidade com a legislação vigente. Contêiner reefer : O recebimento de cargas em contêiner reefer estará sempre sujeito à conferência das temperaturas e demais condições técnicas fixadas pelo armador. F.3 Da Tabela de Preços Esta tabela de preços é válida por prazo indeterminado, podendo sofrer alterações a qualquer momento sem prévio aviso. F.4 Do Pagamento Importação: o pagamento das faturas será à vista, contra a retirada da(s) mercadoria(s) ou contêiner(es) da Libra Terminais Rio. Exportação: o pagamento das faturas será à vista, contra prestação dos serviços à(s) mercadoria(s) ou contêiner(es) na Libra Terminais Rio. Após o pagamento das taxas devidas, as mercadorias ou contêineres deverão ser retirados pelo consignatário ou preposto até o final do período acordado e seguindo as regras de agendamento, não havendo franquia para carregamento. Caso a mercadoria não seja retirada, será cobrada a perda de agendamento e nos casos de solicitação de janela, acrescido da nova armazenagem em dobro. No caso da impossibilidade da retirada de lotes grandes no período da franquia, deverá ser feita uma comunicação por escrito a Libra Terminais Rio, a qual analisará as justificativas e eventualmente concederá prorrogação do prazo normal. O valor acima será acrescido de 1,65% de PIS e 7,60% de COFINS para cálculo do preço final. Ao preço final será acrescido o valor de ISS conforme legislação vigente. O pagamento de todos os serviços referentes a contêineres e cargas soltas armazenados no terminal/armazém será efetuado no final de cada período acordado. Para cálculo de faturamento de armazenagem, será considerado o

9 valor mínimo, quando não houver valor CIF declarado. Neste caso, a diferença será faturada no momento da retirada da carga. Gerenciamento de risco para carga captada: será cobrado 0,1% do valor declarado da mercadoria armazenada por período de armazenagem ou fração. F.5 Notas Complementares Quaisquer casos não diretamente contemplados nas tabelas de preços aqui apresentadas serão objetos de negociação específica entre as partes interessadas. Em caso de dúvidas solicitamos consultar nossa área de relacionamento com clientes. ou através do telefone: ( LIBRA). Os valores devidos a Libra Terminais Rio em razão do abandono de mercadorias serão cobrados dos respectivos proprietários, inclusive os ressarcimentos por despesas incorridas na prestação dos serviços em questão de Leilão ou na eventual destruição das mercadorias que a repartição aduaneira determine. A Libra Terminais Rio não se responsabiliza por atrasos na liberação de mercadorias caso seja constatada a ausência de recolhimento de tributos legais ou por causa do não atendimento às outras disposições legais vigentes.

TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS RIO

TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS RIO TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS RIO (vigência a partir de 01/07/2012 Valores expressos em Reais) A ARMAZENAGEM DE IMPORTAÇÃO: A.1 CONTÊINERES / CARGA GERAL (períodos de 7 dias ou fração): Fixo

Leia mais

Tabela Pública de Serviços

Tabela Pública de Serviços Tabela Pública de Serviços Sumário Serviços para Contêineres de Importação... 3 Serviços para Carga Desunitizada de Importação... 5 Serviços para Contêineres de Exportação.... 7 Serviços para Contêineres

Leia mais

Tabela Pública de Serviços

Tabela Pública de Serviços Tabela Pública de Serviços Sumário Serviços para Contêineres de Importação... 3 Serviços para Carga Desunitizada de Importação... 5 Serviços para Contêineres e Cargas Soltas de Exportação... 7 Serviços

Leia mais

TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS SANTOS (vigência a partir de 01/07/2012 Valores expressos em Reais)

TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS SANTOS (vigência a partir de 01/07/2012 Valores expressos em Reais) TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS SANTOS (vigência a partir de 01/07/2012 Valores expressos em Reais) A ARMAZENAGEM DE IMPORTAÇÃO: A.1 CONTÊINERES FCL/FCL (PERÍODOS DE 7 DIAS OU FRAÇÃO) Fixo A

Leia mais

TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS SANTOS (vigência a partir de 01/12/2013 Valores expressos em Reais)

TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS SANTOS (vigência a partir de 01/12/2013 Valores expressos em Reais) TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS LIBRA TERMINAIS SANTOS (vigência a partir de 01/12/2013 Valores expressos em Reais) A ARMAZENAGEM DE IMPORTAÇÃO: A.1 CONTÊINERES FCL (PERÍODOS DE 7 DIAS OU FRAÇÃO) Fixo A 1.1

Leia mais

Tabela Pública de Serviços

Tabela Pública de Serviços Tabela Pública de Serviços Sumário Serviços para Contêineres de Importação... 3 Serviços para Carga Desunitizada de Importação... 6 Serviços para Contêineres de Exportação.... 9 Serviços para Contêineres

Leia mais

PREÇOS ARMAZENAGEM E SERVIÇOS

PREÇOS ARMAZENAGEM E SERVIÇOS 1. IMPORTAÇÃO 1.1. ARMAZENAGEM: A Contêineres (R$/Contêiner) Até o 10º dia (por período) 290,00 355,00 Do 11º ao 15º dia (por período) 275,00 325,00 Do 16º ao 20º dia (por período) 305,00 357,00 Do 21º

Leia mais

Tabela Pública de Serviços. (vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais)

Tabela Pública de Serviços. (vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais) Tabela Pública de Serviços (vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais) Sumário Serviços para Contêineres de Importação... 3 Serviços para Carga Desunitizada de Importação... 6 Serviços

Leia mais

Tabela de Preços Armazenagem e Serviços Acessórios Versão 19.1 - Válida a partir de 01/05/2015

Tabela de Preços Armazenagem e Serviços Acessórios Versão 19.1 - Válida a partir de 01/05/2015 Tabela de Preços Armazenagem e Serviços Acessórios Versão 19.1 - Válida a partir de 01/05/2015 ARMAZENAGEM 1 - Armazenagem de Importação - Contêiner e Carga Solta Do Valor CIF 1º período de 7 dias ou fração

Leia mais

Tabela de preços dos serviços oferecidos e prestados pela Bandeirantes Logística Integrada. Vigência a partir de 02/01/2015

Tabela de preços dos serviços oferecidos e prestados pela Bandeirantes Logística Integrada. Vigência a partir de 02/01/2015 Tabela de preços dos serviços oferecidos e prestados pela Bandeirantes Logística Integrada. Vigência a partir de 02/01/2015 IMPORTAÇÃO CONTAINER LCL/FCL PERÍODO DE 10 DIAS OU FRAÇÃO. 1. Armazenagem FCL

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS

TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS Vigência: 15/03/2014 a 14/03/2015 ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS OPERAÇÃO PORTUÁRIA - Tarifas devidas pelo armador, agente de navegação ou requisitante - A. OPERAÇÃO

Leia mais

LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS

LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS TARIFA DE SERVIÇOS Matriz: CNPJ: 58.317.751/0001-16 NIRE: 35.300.117.441; Filial: São Paulo SP Armazém Frigorífico CNPJ: 58.317.751/0007-01 NIRE: 35.902.660.232;

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS

TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS Esta TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS será aplicada a todos os usuários que na data da prestação do serviço não tenham assinado um acordo individual com a BTP - Brasil Terminal Portuário.

Leia mais

TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS APM TERMINALS ITAJAÍ. (vigência a partir de 01/01/2015 Valores Expressos em Reais)

TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS APM TERMINALS ITAJAÍ. (vigência a partir de 01/01/2015 Valores Expressos em Reais) TABELA DE SERVIÇOS BÁSICOS APM TERMINALS ITAJAÍ (vigência a partir de 01/01/2015 Valores Expressos em Reais) A Armazenagem de Importação (carga contêinerizada) www.apmterminals.com.br 1º Período Período

Leia mais

Armazenagem Container 20 Pés Container 40 Pés Cadastramento por B/L R$ 210,00 R$ 210,00

Armazenagem Container 20 Pés Container 40 Pés Cadastramento por B/L R$ 210,00 R$ 210,00 TABELA DE PREÇOS SERVIÇOS DE TERMINAL ALFANDEGADO (IMPORTAÇÃO) Transporte Costado Navio Operador Portuário até a Transbrasa Container 20 Pés Container 40 Pés Margem Direita R$ 430,00 R$ 460,00 Margem Esquerda

Leia mais

LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS

LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS TARIFA DE SERVIÇOS Matriz: CNPJ: 58.317.751/0001-16 NIRE: 35.300.117.441; Filial: São Paulo SP Armazém Frigorífico CNPJ: 58.317.751/0007-01 NIRE: 35.902.660.232

Leia mais

Tabela de preços pag 1. Atracação. TABELA B Tarifa de operação por conteiner Preço (R$)

Tabela de preços pag 1. Atracação. TABELA B Tarifa de operação por conteiner Preço (R$) Tabela de preços pag 1 TABELA A Utilização Instalação e Acostamento Preço (R$) Atracação *Por metro Linear/Navio per de 12h ; A taxa mínima a cobrar será de 60 metros por periodo, por embarcação 5,00 TABELA

Leia mais

Agradecemos a oportunidade de apresentar nossa Tabela de Preços - Longo Curso e Cabotagem, conforme abaixo.

Agradecemos a oportunidade de apresentar nossa Tabela de Preços - Longo Curso e Cabotagem, conforme abaixo. CONVICON - CONTEINERES DE VILA DO CONDE S/A CNPJ: 06.013.760/0001-10 I.E: 15.235.534-0 End. Rod. PA. 481 S/N Km21 - Barcarena - Cep.: 68447-000 - Cx. P.: 82 Tel: (091) 3322-7575 Home page: www.santosbrasil.com.br

Leia mais

R I O G R A N D E S. A.

R I O G R A N D E S. A. ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS A. UTILIZAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE ACOSTAGEM (CAIS/DEFENSAS) A.1. Ocupação do cais de acostagem por embarcação, incluindo serviços de atracação, desatracação e uso de defensas.

Leia mais

Tabela de Preços dos serviços oferecidos e prestados pelo ECOPORTO SANTOS, Vigência a partir de 01/06/2014

Tabela de Preços dos serviços oferecidos e prestados pelo ECOPORTO SANTOS, Vigência a partir de 01/06/2014 1. ARMAZENAGEM Tabela de Preços dos serviços oferecidos e prestados pelo ECOPORTO SANTOS, Vigência a partir de 01/06/2014 1.1. ARMAZENAGEM DE IMPORTAÇÃO 1.1.1 CONTÊINERES MUDANÇA DE REGIME/CARGA LCL Pelo

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2014

TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2014 TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2014 Av. Beira Mar 5, n 2900 - Figueira do Pontal - Cep: 89249-000 ITAPOÁ / SANTA CATARINA Prezados clientes, Esta tabela de preços e serviços será aplicada a todos os usuários

Leia mais

PLANILHA REFERENCIAL DE CUSTO DE TRANSPORTE DE CONTÊINER

PLANILHA REFERENCIAL DE CUSTO DE TRANSPORTE DE CONTÊINER PLANILHA REFERENCIAL DE CUSTO DE TRANSPORTE DE CONTÊINER PLANILHA REFERENCIAL DE CUSTOS PARA O TRANSPORTE DE CONTÊINER julho-11 Percurso de ida e volta Contêiner até 25 t Contêiner acima de 25 t até 30

Leia mais

Tabela de Preços Aplicados pela Santos Brasil no TECON SANTOS

Tabela de Preços Aplicados pela Santos Brasil no TECON SANTOS Tabela de Preços Aplicados pela Santos Brasil no A partir de 01.01.2013 Rev1 Esta tabela de preços será aplicada a todos os usuários que, na data da prestação do serviço, não possuírem acordo individual

Leia mais

GRUPO Serviço Valores Janeiro 2014 20" STD R$ 241,22 40" STD R$ 411,94 20" OOG R$ 360,85 40" OOG R$ 617,93 20" IMO R$ 241,22 40" IMO R$ 411,94

GRUPO Serviço Valores Janeiro 2014 20 STD R$ 241,22 40 STD R$ 411,94 20 OOG R$ 360,85 40 OOG R$ 617,93 20 IMO R$ 241,22 40 IMO R$ 411,94 Tabela de Preços Máximos TCP Válida a partir de 01/01/2014 Esta Tabela de Preços de Serviços será aplicada a todos os usuários, que, na data do faturamento do serviço, não possuírem acordo individual com

Leia mais

GRUPO Serviço Valores Janeiro 2015

GRUPO Serviço Valores Janeiro 2015 01. Movimentação de Contêineres 20" Std R$ 257,12 40" Std R$ 439,09 20" OOG R$ 384,63 40" OOG R$ 658,65 20" IMO R$ 257,12 40" IMO R$ 439,09 Observações dos serviços do Grupo 01: 01.1 - Os preços acima

Leia mais

TERMINAL DE VILA VELHA TVV ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS Válida a partir de 18/02/2013 Versão 01.2013

TERMINAL DE VILA VELHA TVV ESTRUTURA DE SERVIÇOS E PREÇOS Válida a partir de 18/02/2013 Versão 01.2013 A. SERVIÇOS INTEGRADOS DE MOVIMENTAÇÃO DE CONTÊINERES BOX RATE Este serviço inclui todos os custos envolvidos para a operação básica de contêineres de importação ou exportação, em navios full container,

Leia mais

A. UTILIZAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE ACOSTAGEM (CAIS/DEFENSAS) Pág. 1 B. MOVIMENTAÇÃO DE CONTAINERS NAS OPERAÇÕES DE NAVIOS Pág. 2 B.1.

A. UTILIZAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE ACOSTAGEM (CAIS/DEFENSAS) Pág. 1 B. MOVIMENTAÇÃO DE CONTAINERS NAS OPERAÇÕES DE NAVIOS Pág. 2 B.1. A. UTILIZAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE ACOSTAGEM (CAIS/DEFENSAS) Pág. 1 B. MOVIMENTAÇÃO DE CONTAINERS NAS OPERAÇÕES DE NAVIOS Pág. 2 B.1. Operação a bordo Pág. 2 B.2. Operação em terra Pág. 3 B.3. Utilização

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DO TERMINAL PORTUÁRIO DO PECÉM Vigência: 01 DE JULHO DE 2015

TABELA DE PREÇOS DO TERMINAL PORTUÁRIO DO PECÉM Vigência: 01 DE JULHO DE 2015 TABELA DE PREÇOS DO Vigência: 01 DE JULHO DE 2015 TABELA A - PREÇOS DOS SERVIÇOS PRESTADOS OU DISPONIBILIZADOS PELA CEARÁPORTOS 100.000 SERVIÇOS OPERACIONAIS O prestador de serviço credenciado deverá pagar

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2015

TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2015 TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2015 Av. Beira Mar 5, n 2900 - Figueira do Pontal - Cep: 89249-000 ITAPOÁ / SANTA CATARINA Prezados clientes, Esta tabela de preços e serviços será aplicada a todos os usuários

Leia mais

ECOPORTO SANTOS S.A. TERMARES TERMINAIS MARÍTIMOS ESPECIALIZADOS LTDA. TABELA GERAL DE PREÇOS DE SERVIÇOS VIGÊNCIA A PARTIR DE 01/07/2015

ECOPORTO SANTOS S.A. TERMARES TERMINAIS MARÍTIMOS ESPECIALIZADOS LTDA. TABELA GERAL DE PREÇOS DE SERVIÇOS VIGÊNCIA A PARTIR DE 01/07/2015 ECOPORTO SANTOS S.A. TERMARES TERMINAIS MARÍTIMOS ESPECIALIZADOS LTDA. TABELA GERAL DE PREÇOS DE SERVIÇOS VIGÊNCIA A PARTIR DE 01/07/2015 1. ARMAZENAGEM DE EXPORTAÇÃO 1.1 CONTÊINERES EMBARCADOS NO ECOPORTO

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2016

TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2016 TABELA DE PREÇOS E SERVIÇOS 2016 Av. Beira Mar 5, n 2900 - Figueira do Pontal - Cep: 89249-000 ITAPOÁ / SANTA CATARINA IMPORTANTE: Após dois anos sem reajustes nos valores da Tabela de Preços e Serviços,

Leia mais

TABELA PÚBLICA DE SERVIÇOS LIBRA TERMINAIS RIO. (vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais)

TABELA PÚBLICA DE SERVIÇOS LIBRA TERMINAIS RIO. (vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais) TABELA PÚBLICA DE SERVIÇOS LIBRA TERMINAIS RIO (vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais) SUMÁRIO SERVIÇOS PARA CONTÊINERES DE IMPORTAÇÃO... 3 SERVIÇOS PARA CARGA DESUNITIZADA DE IMPORTAÇÃO...

Leia mais

Por tonelada líquida de registro (TLR) de embarcação destinada ao transporte de passageiros, turismo e recreio, na área do Porto Organizado

Por tonelada líquida de registro (TLR) de embarcação destinada ao transporte de passageiros, turismo e recreio, na área do Porto Organizado Tabela I Utilização da Infraestrutura de Acesso Aquaviário (Taxas devidas pelo armador ou agente) No. Espécie Incidência Valor() 1. Carregamento, descarga ou baldeação, por tonelada ou fração 3,73 2. Carregamento,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇAO DE SERVIÇOS EM TERMINAL ALFANDEGADO MEDIANTE CONDIÇÕES ABAIXO. SERVIÇOS DE TERMINAL ALFANDEGADO (IMPORTAÇÃO)

CONTRATO DE PRESTAÇAO DE SERVIÇOS EM TERMINAL ALFANDEGADO MEDIANTE CONDIÇÕES ABAIXO. SERVIÇOS DE TERMINAL ALFANDEGADO (IMPORTAÇÃO) CONTRATO DE PRESTAÇAO DE SERVIÇOS EM TERMINAL ALFANDEGADO MEDIANTE CONDIÇÕES ABAIXO. SERVIÇOS DE TERMINAL ALFANDEGADO (IMPORTAÇÃO) Transporte - Remoção Costado Navio Operador Portuário até a Transbrasa

Leia mais

LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS

LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS LOCALFRIO S.A. ARMAZÉNS GERAIS FRIGORÍFICOS TARIFA DE SERVIÇOS Matriz: CNPJ: 58.317.751/0001-16 NIRE: 35.300.117.441; Filial: São Paulo SP Armazém Frigorífico CNPJ: 58.317.751/0007-01 NIRE: 35.902.660.232;

Leia mais

DE PREÇOS APLICADOS. pela Santos Brasil no TECON SANTOS

DE PREÇOS APLICADOS. pela Santos Brasil no TECON SANTOS TABELA DE PREÇOS APLICADOS pela Santos Brasil no Santos Brasil no A partir de 01.01.2015 Rev1 (29.01.2015) Esta tabela de preços será aplicada a todos os usuários que, na data da prestação do serviço,

Leia mais

Tabela de Preços - Serviços prestados pela EMBRAPORT

Tabela de Preços - Serviços prestados pela EMBRAPORT Tabela de Preços - Serviços prestados pela EMBRAPORT ITEM DESCRIÇÃO UNIDADE 1 CARGAS DE IMPORTAÇÃO - REGIME FCL 1.1 Armazenagem 1.1.1 1º Período 7 dias corridos 0,50% % CIF 1.1.2 2º Período 7 dias corridos

Leia mais

PORTO ORGANIZADO DE PORTO VELHO TARIFA PORTUÁRIA VIGÊNCIA: 07/05/2015.

PORTO ORGANIZADO DE PORTO VELHO TARIFA PORTUÁRIA VIGÊNCIA: 07/05/2015. 1 SOCIEDADE DE PORTOS E HIDROVIAS DO PORTO ORGANIZADO DE PORTO VELHO TARIFA PORTUÁRIA VIGÊNCIA: 07/05/2015. RESOLUÇÃO Nº 4.093-ANTAQ, DE 07/05/2015. (ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviário) PORTO

Leia mais

DETALHAMENTO PARA APLICAÇÃO DOS SERVIÇOS ELENCADOS NA NOVA TABELA DE PREÇOS ESPECÍFICOS DE VIRACOPOS

DETALHAMENTO PARA APLICAÇÃO DOS SERVIÇOS ELENCADOS NA NOVA TABELA DE PREÇOS ESPECÍFICOS DE VIRACOPOS Página 1 de 5 Acesso de Veículos ao Pátio de Manobras Permissão de entrada e saída de veículos ao pátio de manobras para fins de entrega ou retirada de carga. Cobrança única por caminhão por acesso. Alteração

Leia mais

Tabela Pública de Serviços

Tabela Pública de Serviços Tabela Pública de Serviços Sumário Serviços para Contêineres de Importação... 3 Serviços para Carga Desunitizada de Importação... 5 Serviços para Contêineres de Exportação.... 7 Serviços para Contêineres

Leia mais

TABELA I. Por tonelada de porte bruto das embarcações que adentrarem ao Porto com outros fins que não a movimentação de cargas, atracadas ou não.

TABELA I. Por tonelada de porte bruto das embarcações que adentrarem ao Porto com outros fins que não a movimentação de cargas, atracadas ou não. TABELA I UTILIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE PROTEÇÃO E ACESSO AQUAVIÁRIO PORTUÁRIA TAXAS DEVIDAS PELO ARMADOR 1. Por Tonelagem de Porte Bruto das Embarcações Por unidade 1.1 Na movimentação de contêineres

Leia mais

Tabela Pública de Serviços. (Vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais)

Tabela Pública de Serviços. (Vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais) Tabela Pública de Serviços (Vigência a partir de 16/01/2016 Valores expressos em Reais) Sumário Serviços para Contêineres de Importação... 3 Serviços para Carga Desunitizada de Importação... 5 Serviços

Leia mais

Tabela de Preços para Serviços de Pátio, Armazenagem, Complementares e Correlatos

Tabela de Preços para Serviços de Pátio, Armazenagem, Complementares e Correlatos Tabela de Preços para Serviços de Pátio, Armazenagem, Complementares e Correlatos ITEM DESCRIÇÃO UNIDADE 1 CARGAS DE IMPORTAÇÃO - REGIME FCL 1.1 Armazenagem 1.1.1 1º Período 7 dias corridos 0,50% % CIF

Leia mais

Tabela Pública de Serviços. (Vigência a partir de 20/04/2017 Valores expressos em Reais)

Tabela Pública de Serviços. (Vigência a partir de 20/04/2017 Valores expressos em Reais) Tabela Pública de Serviços (Vigência a partir de 20/04/2017 Valores expressos em Reais) Sumário Serviços para Contêineres de Importação... 3 Serviços para Carga Desunitizada de Importação... 5 Serviços

Leia mais

OBS: o que está grifado em amarelo foi suprimido da resolução na versão do dia 29/02.

OBS: o que está grifado em amarelo foi suprimido da resolução na versão do dia 29/02. NORMA QUE ESTABELECE PARÂMETROS REGULATÓRIOS A SEREM OBSERVADOS NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM DE CONTÊINERES E VOLUMES, EM INSTALAÇÕES DE USO PÚBLICO, NOS PORTOS ORGANIZADOS -

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM ARMAZENAGEM

DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM ARMAZENAGEM DISTRIBUIÇÃO E DEFINIÇÃO DE Gerenciar eficazmente o espaço tridimensional de um local adequado e seguro, colocado à disposição para a guarda de mercadorias que serão movimentadas rápida e facilmente, com

Leia mais

TARIFA DO PORTO DE SUAPE

TARIFA DO PORTO DE SUAPE SUAPE COMPLEXO INDUSTRIAL PORTUÁRIO TARIFA DO PORTO DE SUAPE Homologada pela RESOLUÇÃO Nº 4.091, DE 7 DE MAIO DE 2015 (D.O.U. de 08.05.15) TABELA 1 UTILIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA MARÍTIMA (Taxas devidas

Leia mais

Tabela Pública de Serviços. (Vigência a partir de 27/11/2017 Valores expressos em Reais)

Tabela Pública de Serviços. (Vigência a partir de 27/11/2017 Valores expressos em Reais) Tabela Pública de Serviços (Vigência a partir de 27/11/2017 Valores expressos em Reais) Condições específicas poderão ser negociadas, de acordo com volumes e características específicas dos serviços prestados.

Leia mais

Tabela Pública de Serviços. (Vigência a partir de 19/02/2018 Valores expressos em Reais)

Tabela Pública de Serviços. (Vigência a partir de 19/02/2018 Valores expressos em Reais) Tabela Pública de Serviços (Vigência a partir de 19/02/2018 Valores expressos em Reais) Condições específicas poderão ser negociadas, de acordo com volumes e características específicas dos serviços prestados.

Leia mais

CATEGORIA A - SERVIÇOS EM OPERAÇÃO DE IMPORTAÇÃO DE CONTAINER E DE CARGA SOLTA 1. TRANSPORTE

CATEGORIA A - SERVIÇOS EM OPERAÇÃO DE IMPORTAÇÃO DE CONTAINER E DE CARGA SOLTA 1. TRANSPORTE A Estrutura de Serviços e Preços (Tabela Pública 2014) da HIPER EXPORT, descreve os serviços prestados pelo terminal e os preços máximos que poderão ser cobrados. A Tabela Pública 2014 está dividida em

Leia mais

OBJETIVO DEFINIÇÕES. Para os efeitos deste Manual, define-se como: I MAPA: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento;

OBJETIVO DEFINIÇÕES. Para os efeitos deste Manual, define-se como: I MAPA: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; OBJETIVO O sistema SIGVIG instituído pelo MAPA destina-se a atender a necessidade de gerenciamento e controle do recebimento, envio e fiscalização das mercadorias importadas e exportadas através dos portos,

Leia mais

TARIFA PORTUÁRIA DO PORTO DE ILHÉUS

TARIFA PORTUÁRIA DO PORTO DE ILHÉUS SECRETARIA DE PORTOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA TARIFA PORTUÁRIA DO PORTO DE ILHÉUS TAXAS, PREÇOS, FRANQUIAS E OBSERVAÇÕES Resolução nº 4.093 ANTAQ, de 07/05/2015 Vigência: 15/05/2015 TABELA I - UTILIZAÇÃO

Leia mais

(Vigência a partir de 07/03/ Valores expressos em Reais) (vigência a partir de xx/02/ Valores expressos em Reais)

(Vigência a partir de 07/03/ Valores expressos em Reais) (vigência a partir de xx/02/ Valores expressos em Reais) (Vigência a partir de 07/03/2019 - Valores expressos em Reais) Condições especificas poderão ser negociadas, de acordo com o volume e características especificas dos serviços prestados. (vigência a partir

Leia mais

TABELA DE PREÇOS APLICADOS

TABELA DE PREÇOS APLICADOS TABELA DE PREÇOS APLICADOS no TERMINAL DE VEÍCULOS A partir de 01.01.2016 Esta tabela de preços será aplicada a todos os usuários que, na data da prestação do serviço, não possuírem acordo individual com

Leia mais

Formação de Analista em Comércio Exterior

Formação de Analista em Comércio Exterior Formação de Analista em Comércio Exterior com Pós Graduação Objetivo: Habilitar os participantes para exercer a profissão de Analista de Comércio Exterior e trabalhar com a análise das operações, planejamento,

Leia mais

FAQ - PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

FAQ - PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. Como o despachante será informado sobre o bloqueio da carga para inspeção fitossanitária pelo MAPA? R. Caberá ao recinto alfandegado informar o bloqueio da carga, ficando a cargo do recinto a melhor

Leia mais

TERMINAIS FERROVIÁRIOS DE MERCADORIAS DE LEIXÕES E DA BOBADELA REGULAMENTO DE ACESSO E TARIFA DE UNIDADES DE TRANSPORTE INTERMODAL (UTI)

TERMINAIS FERROVIÁRIOS DE MERCADORIAS DE LEIXÕES E DA BOBADELA REGULAMENTO DE ACESSO E TARIFA DE UNIDADES DE TRANSPORTE INTERMODAL (UTI) TERMINAIS FERROVIÁRIOS DE MERCADORIAS DE LEIXÕES E DA BOBADELA REGULAMENTO DE ACESSO E TARIFA DE UNIDADES DE TRANSPORTE INTERMODAL (UTI) Artigo 1.º Objeto Pelo presente estabelece-se as condições que regem

Leia mais

PROCEDIMENTOS / DOCUMENTAÇÃO. Fazendo a diferença para sempre fazer melhor!

PROCEDIMENTOS / DOCUMENTAÇÃO. Fazendo a diferença para sempre fazer melhor! PROCEDIMENTOS / DOCUMENTAÇÃO Fazendo a diferença para sempre fazer melhor! Documentação Descarga Importação 1 Presença de carga Presença de carga automática para B/L master com destino final Itapoá no

Leia mais

Procedimentos - Documentação. Fazendo a diferença para sempre fazer melhor.

Procedimentos - Documentação. Fazendo a diferença para sempre fazer melhor. Procedimentos - Documentação Fazendo a diferença para sempre fazer melhor. Documentação Descarga Importação 1. Presença de carga: Presença de carga automática para B/L master com destino final Itapoá no

Leia mais

DE PREÇOS APLICADOS. no TERMINAL DE VEÍCULOS

DE PREÇOS APLICADOS. no TERMINAL DE VEÍCULOS TABELA DE PREÇOS APLICADOS no TERMINAL DE VEÍCULOS A partir de 06.07.2015 Esta tabela de preços será aplicada a todos os usuários que, na data da prestação do serviço, não possuírem acordo individual com

Leia mais

REGULAMENTO Promoção Planos Locais Empresas III

REGULAMENTO Promoção Planos Locais Empresas III REGULAMENTO Promoção Planos Locais Empresas III A presente promoção será realizada pela empresa TELEFÔNICA BRASIL S.A., doravante denominada VIVO, nos seguintes termos e condições: 1. Definições Para esta

Leia mais

DETALHAMENTO PARA APLICAÇÃO DOS SERVIÇOS ELENCADOS NA NOVA TABELA DE PREÇOS ESPECÍFICOS DE VIRACOPOS

DETALHAMENTO PARA APLICAÇÃO DOS SERVIÇOS ELENCADOS NA NOVA TABELA DE PREÇOS ESPECÍFICOS DE VIRACOPOS Página 1 de 6 Acesso de Veículos ao Pátio de Manobras Permissão de entrada e saída de veículos ao pátio de manobras (área restrita) para fins de descarregamento ou carregamento de cargas. Cobrança por

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO - APLUBCAP TRADICIONAL 16 MODALIDADE TRADICIONAL - PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 88.076.302/0001-94

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 15 MESES

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 15 MESES CONDIÇÕES GERAIS DO PU 15 MESES I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ: 03.558.096/0001-04 (PU 15 MESES) - MODALIDADE: TRADICIONAL

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36

CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 Página 1 de 7 CONDIÇÕES GERAIS DO TC CASH 36 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: HSBC Empresa de Capitalização (Brasil) S.A. CNPJ: 33.425.075/0001-73 TC CASH 36 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO

Leia mais

Termos e Condições (Português)

Termos e Condições (Português) Termos e Condições (Português) I BOOKINGS DE EXPORTAÇÃO MARÍTIMA Antes do carregamento do container, por gentileza entrar em contato com o terminal e verificar se o booking encontra-se registrado e o levante

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS II. GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS I. INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: CARDIF CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ Nº. : 11.467.788/0001-67 PRODUTO: PR_PU_POPULAR1_S100_1S_CS0834 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº:

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO PESSOA JURÍDICA PLANO PU

Leia mais

REGULAMENTO Promoção Planos Locais Empresas

REGULAMENTO Promoção Planos Locais Empresas REGULAMENTO Promoção Planos Locais Empresas Esta promoção é realizada pela TELEFÔNICA BRASIL S/A, com sede na Rua Martiniano de Carvalho, nº 851 São Paulo, inscrita no CNPJ/MF nº 02.558.157/0001-62 (doravante

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES

CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES CONDIÇÕES GERAIS DO PU 12 MESES I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Sul América Capitalização S.A. SULACAP CNPJ: Nº 03.558.096/0001-04 PU 12 MESES - MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP

Leia mais

Tabela I. Tabela II. Tabela V

Tabela I. Tabela II. Tabela V TARIFÁRIO DO PORTO DE NATAL Tabela I Tabela II Utilização da Infraestrutura de Proteção e Acesso Aquaviário; Taxas Devidas pelo Armador ou Seu Agente Marítimo; Utilização da Infraestrutura de Acostagem;

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS. SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 II GLOSSÁRIO

CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS. SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 II GLOSSÁRIO CONDIÇÕES GERAIS DO CAP FIADOR I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Brasilcap Capitalização S.A. CNPJ: 15.138.043/0001-05 CAP FIADOR MODALIDADE: Tradicional PROCESSO SUSEP Nº: 15414.005233/2011-75

Leia mais

PORTO DE VITÓRIA Abaixo estão as Tabelas com as tarifas referentes à utilização da infra-estrutura portuária dos portos da Codesa.

PORTO DE VITÓRIA Abaixo estão as Tabelas com as tarifas referentes à utilização da infra-estrutura portuária dos portos da Codesa. PORTO DE VITÓRIA Abaixo estão as Tabelas com as tarifas referentes à utilização da infra-estrutura portuária dos portos da Codesa. - TABELA I - Proteção e Acesso ao Porto - TABELA II - Instalações de Acostagem

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros

CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS Troca Premiável Bradesco Seguros SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PLANO PU 12/12 T MODALIDADE POPULAR PROCESSO SUSEP

Leia mais

CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25 WEB-SITE:

CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25 WEB-SITE: CONDIÇÕES GERAIS SANTANDER CAP SORTE FÁCIL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: Santander Capitalização S/A CNPJ: 03.209.092/0001-02 MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.004260/2008-25

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL

CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 BRADESCO SOLUÇÃO DE ALUGUEL PLANO PU 15/15 A - MODALIDADE:

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Página 1 de 10 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes básicas pertinentes a Guarda de Documentos de Terceiros. 2. APLICAÇÃO Este procedimento aplica-se aos processos da guarda de documentos de terceiros,

Leia mais

Distribuição: Diretor/ Gerentes/ Chefes / Unidades

Distribuição: Diretor/ Gerentes/ Chefes / Unidades 1 de 5 Assunto: CONDIÇÕES GERAIS DE VENDAS Distribuição: Diretor/ Gerentes/ Chefes / Unidades 1. Conceito 2. Abrangência 3. Documentos Relacionados 4. Regras Gerais 4.1. Pedido e Fornecimento 4.1.1. Pedido

Leia mais

Regulamento de Tarifas Máximas do Terminal de Cruzeiros de Lisboa

Regulamento de Tarifas Máximas do Terminal de Cruzeiros de Lisboa Regulamento de Tarifas Máximas do Terminal de Cruzeiros de Lisboa 2015 Cabe à LCT Lisbon Cruise Terminals, Ld.ª, enquanto empresa concessionária do Terminal de Cruzeiros de Lisboa, nos termos do Contrato

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS - TC MEGA DATA

CONDIÇÕES GERAIS - TC MEGA DATA Página 1 de 6 CONDIÇÕES GERAIS - TC MEGA DATA I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: HSBC Empresa de Capitalização (Brasil) S.A. TC MEGA DATA MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº 15414.000814/2006-53

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA REGULAMENTO DA BIBLIOTECA 1. Funcionamento 1.1 A Biblioteca funciona de acordo com o calendário institucional. 1.2 Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, de 7h30 às 22h20. A partir das 22h,

Leia mais

Passos na Importação Roteiro Básico. Eduardo Leoni Machado Fevereiro/2012

Passos na Importação Roteiro Básico. Eduardo Leoni Machado Fevereiro/2012 Roteiro Básico Eduardo Leoni Machado Fevereiro/2012 1º Passo Efetuar contatos com fornecedor (exportador). 2º Passo Formalizar as negociações com fornecedor (exportador). 3º Passo Negociar a condição de

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP

CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS DO CONFIANÇA CAP CONDIÇÕES GERAIS CONFIANÇA CAP Versão: 05/2013 Proc. SUSEP 15414.004330/2012-21 CONDIÇÕES GERAIS DO CONFIANÇA CAP SUMÁRIO I - INFORMAÇÕES

Leia mais

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO

I INFORMAÇÕES INICIAIS II - GLOSSÁRIO I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: INVEST CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 93.202.448/0001-79 (NOME FANTASIA DO PRODUTO): INVESTCAP TRAD-PU 03 (12M) MODALIDADE: TRADICIONAL PROCESSO SUSEP Nº: 15414.900283/2013-20

Leia mais

TARIFAS DO PORTO DE ANGRA DOS REIS Operações Portuárias

TARIFAS DO PORTO DE ANGRA DOS REIS Operações Portuárias DOCAS DO RIO AUTORIDADE PORTUARIA TARIFAS DO PORTO DE ANGRA DOS REIS Operações Portuárias TABELA I - PROTEÇÃO E ACESSO AO PORTO - TABELA II - INSTALAÇÕES DE ACOSTAGEM - TABELA III - INSTALAÇÕES TERRESTRES

Leia mais

TARIFAS DO PORTO DE ANGRA DOS REIS Operações Portuárias Comerciais

TARIFAS DO PORTO DE ANGRA DOS REIS Operações Portuárias Comerciais DOCAS DO RIO AUTORIDADE PORTUARIA TARIFAS DO PORTO DE ANGRA DOS REIS Operações Portuárias Comerciais TABELA I - PROTEÇÃO E ACESSO AO PORTO - TABELA II - INSTALAÇÕES DE ACOSTAGEM - TABELA III - INSTALAÇÕES

Leia mais

Manual do Agendamento de carga de Exportação. ÍNDICE

Manual do Agendamento de carga de Exportação. ÍNDICE p.1 ÍNDICE ÍNDICE... 1 Objetivo... 2 Requisitos Mínimos do Sistema... 2 Acesso ao sistema... 2 AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO... 3 Grupo Booking... 4 Grupo Propriedade do Contêiner... 5 Grupo Agendamento...

Leia mais

REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA VENDA DE CONTRATO DE OPÇÃO DE COMPRA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS N.º 005/04

REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA VENDA DE CONTRATO DE OPÇÃO DE COMPRA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS N.º 005/04 REGULAMENTO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DA VENDA DE CONTRATO DE OPÇÃO DE COMPRA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS N.º 005/04 A Companhia Nacional de Abastecimento Conab, empresa pública federal vinculada ao Ministério

Leia mais

ACORDO DE QUALIDADE ASSEGURADA FUNÇÃO COMERCIAL

ACORDO DE QUALIDADE ASSEGURADA FUNÇÃO COMERCIAL 1. Prefácio 1.1 Dados gerais O presente acordo de qualidade assegurada (QSV) define as exigências de qualidade para os fornecedores da REHAU. Assim, o acordo de qualidade assegurada REHAU QSV é a norma

Leia mais

Condições Gerais. I Informações Iniciais

Condições Gerais. I Informações Iniciais Condições Gerais I Informações Iniciais Sociedade de Capitalização: MAPFRE Capitalização S.A. CNPJ: 09.382.998/0001-00 Nome Fantasia do Produto: Mc-T-04- Pu 12 Meses Modalidade: Tradicional Processo Susep

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PU 12 meses 1 sorteio, pagamento variável Modalidade: Incentivo Processo SUSEP: 15414.003760/2011-45

CONDIÇÕES GERAIS PU 12 meses 1 sorteio, pagamento variável Modalidade: Incentivo Processo SUSEP: 15414.003760/2011-45 CONDIÇÕES GERAIS PU 12 meses 1 sorteio, pagamento variável Modalidade: Incentivo Processo SUSEP: 15414.003760/2011-45 1. Glossário Subscritor é quem adquire o Título, assumindo o compromisso de efetuar

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A.

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE POPULAR PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.302/0001-94 APLUBCAP POPULAR 636 MODALIDADE: POPULAR PROCESSO SUSEP Nº: 15414.901295/2014-52 II - GLOSSÁRIO Subscritor

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS ÍNDICE I Informações Iniciais... 4 II Glossário... 4 III Objetivo... 5 IV Natureza do Título... 5 V Vigência... 5 VI Pagamento... 5 VII Carência...

Leia mais

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO 2.1 MODALIDADE DADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS

TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO 2.1 MODALIDADE DADE INCENTIVO PAGAMENTO ÚNICO CONDIÇÕES GERAIS TÍTULO DE CAPITALIZAÇÃO APLUBCAP ECO.1 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: APLUB CAPITALIZAÇÃO S. A. CNPJ: 88.076.30/0001-94 APLUBCAP ECO.1 MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: 15414.0055/011-47

Leia mais

TÍTULO 17 VENDA DE PONTAS DE ESTOQUE DA CONAB Documento 2 - Edital de Venda de Pontas de Estoque

TÍTULO 17 VENDA DE PONTAS DE ESTOQUE DA CONAB Documento 2 - Edital de Venda de Pontas de Estoque REGULAMENTO DE VENDA CONAB/DIRAB/DECEG Nº 001/97 A COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO-CONAB, empresa pública federal vinculada ao Ministério da Agricultura e do Abastecimento, torna público as condições

Leia mais

Resoluções e Normativas Federais. GTT - Náutico

Resoluções e Normativas Federais. GTT - Náutico Resoluções e Normativas Federais GTT - Náutico Ministério da Fazenda Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) -Decreto nº 6.759, de 5 de fevereiro de 2009. Regulamento Aduaneiro (art. 26 ao 30; art.

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.330. Art. 2º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen.

CIRCULAR Nº 3.330. Art. 2º Esta Circular entra em vigor na data de sua publicação. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen. CIRCULAR Nº 3.330 Altera o Regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais (RMCCI). A Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil, em sessão extraordinária realizada em 27 de outubro de 2006,com

Leia mais

5 Levantamento e Análise dos Fluxos Logísticos de Processos de Importação Desembaraçados no Rio de Janeiro.

5 Levantamento e Análise dos Fluxos Logísticos de Processos de Importação Desembaraçados no Rio de Janeiro. 52 5 Levantamento e Análise dos Fluxos Logísticos de Processos de Importação Desembaraçados no Rio de Janeiro. Este Capítulo abordará a análise dos dados efetuados em 150 processos aduaneiros de importação

Leia mais

Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso

Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso Sumário 1. Objetivo... 3 2. Introdução... 3 3. Agendamento Importação... 4 3.1 Reservar Janela de Agendamento... 6 3.2 Excluir Janela de Agendamento...

Leia mais