NORMAS E PROCEDIMENTOS TI TRABALHO INTERDISCIPLINAR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NORMAS E PROCEDIMENTOS TI TRABALHO INTERDISCIPLINAR"

Transcrição

1 NORMAS E PROCEDIMENTOS TI TRABALHO INTERDISCIPLINAR ARUJÁ SP 2º / 2012

2 APRESENTAÇÃO Mais um semestre se inicia e a Faculdade de Arujá FAR está propondo um novo modelo de Trabalho Interdisciplinar. A interdisciplinaridade não pode ficar amarrada em temas repetitivos e modelos prontos. É necessária a inovação sempre, pois é isso que se espera para a formação do administrador, um profissional com conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias para atuarem num mercado onde a política, economia e sociedade vivem em constantes mudanças, exigindo um profissional flexível, com capacidade de organização, responsável e crítico frente a realidade do mundo em que vivemos. Esse é nosso desafio: inovar para formar profissionais reflexivos, criativos, aptos no trato com as pessoas, que trabalhem em equipe e com espírito de liderança. Roberto Jorge Mattar Diretor Geral Profa. Esp. Evanice Ferreira de Miranda Coordenadora de Ensino Prof. Esp. José Paulo Augusto Dutra Coordenador do Curso de Administração 2

3 1. INTRODUÇÃO As Diretrizes do Curso de Administração instituída pela Resolução nº 1/2004, publicada no DOU em 4/3/2004, preconiza que o Curso de Graduação em Administração deve ensejar, como perfil desejado do formando, capacitação e aptidão para compreender as questões científicas, técnicas, sociais e econômicas da produção e de seu gerenciamento, observados níveis graduais do processo de tomada de decisão, bem como para desenvolver gerenciamento qualitativo e adequado, revelando a assimilação de novas informações e apresentando flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada no trato de situações diversas, presentes ou emergentes, nos vários segmentos do campo de atuação do administrador. Portanto, o nosso grande desafio é formar cidadãos completos, críticos, reflexivos, responsáveis, que trabalhem em equipe e acima de tudo, conforme Miranda; Souza; Barbosa Júnior (2002, p. 1) um profissional mais capacitado a enfrentar os desafios dos novos tempos. 2. OBJETIVO O Trabalho Interdisciplinar possibilitará ao aluno o desenvolvimento de atividades com temas atuais e diversificados, de maneira interessante, permitindo-os a aprender de várias formas, refletindo todo o processo de construção e possibilitando aos docentes a avaliação da aprendizagem de seus alunos. 3. ETAPAS DO TRABALHO INTERDISCIPLINAR Os trabalhos desenvolvidos deverão ter quatro fases: planejamento, elaboração, conferência e apresentação No planejamento as equipes definirão o que fazer, como fazer, que recursos serão utilizados e como serão divididos os trabalhos Na elaboração do trabalho todos os recursos devem estar disponíveis e todos os elementos do grupo devem estar presentes. 3

4 3.3. Na etapa de conferência todos os ajustes deverão ser feitos. É um momento de verificar as falhas e refletir sobre a qualidade do trabalho No dia da apresentação todos devem estar bem preparados e conhecendo tudo sobre o tema apresentado. Pois haverá questionamentos sobre a execução do trabalho, verificação da participação de todos e o aprendizado adquirido. 4. ORGANIZAÇÃO DOS TRABALHOS 4.1 Grupos Alunos do 1º e 4º ciclos a) Os grupos deverão ser compostos de 3 (três) a 5 (cinco) alunos. b) Não serão aceitos trabalhos elaborados individualmente. c) Alunos de adaptação por transferência ou reingresso deverão realizar o trabalho no ciclo onde cursar o maior número de disciplinas. 4.2 Trabalho Individual a) Os alunos de 5º, 6º e 8º ciclos terão suas notas de TI Trabalho Interdisciplinar, conforme cronograma de entrega e apresentação do Relatório Parcial de Estágio I/II e do trabalho final de conclusão de curso TCC, respectivamente. 4.3 Alunos cursando dependências a) Alunos cursando somente dependências estão dispensados da elaboração dos trabalhos. 5. ESTRUTURA DOS TRABALHOS a) Os trabalhos devem ser redigidos de acordo com as normas gerais da ABNT, para trabalhos acadêmicos. A diagramação do trabalho escrito deverá obedecer ao disposto no anexo I. b) Os autores devem primar pelo correto uso da língua portuguesa. c) Na ocorrência de plágios, os trabalhos receberão nota zero, que será estendida a todas as disciplinas do ciclo que o aluno estiver cursando. Plágio é crime contra a propriedade intelectual. Lei dos Direitos Autorais, nº 9.610/98 e artigo 184 do Código Penal. 4

5 d) Caberá aos alunos, juntamente com os professores, designados para orientação, definirem a melhor maneira de receberem tal orientação, que pode ser durante as aulas. e) A apresentação em evento ou banca examinadora e a entrega do trabalho escrito deverão seguir rigorosamente as datas estipuladas. f) Tanto os trabalhos realizados por grupos, quanto os feitos individualmente, devem ser entregues na forma escrita. 6. APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS Período de 12 a 14/11/ Exposições de painéis ou outros recursos (alunos do 2º e 4º ciclo) a) Os grupos que irão apresentar trabalhos devem seguir rigorosamente a programação do mesmo. b) Será avaliada a criatividade, recursos utilizados, domínio do tema e empenho de todos os componentes do grupo. c) Dois professores farão a avaliação dos trabalhos apresentados Apresentação de Relatório Parcial de Estágio I / II e TCC (alunos do 5º, 6º e 8º ciclos) a) Seguirá regulamentação e cronograma próprio Trabalho Escrito a) Todos os trabalhos deverão ser entregues na forma escrita, seguindo as Normas para trabalhos acadêmicos, até o dia 23 de Novembro de 2012, na Secretaria da Faculdade, mediante protocolo. b) Os trabalhos escritos serão avaliados por dois docentes, que avaliarão: adequação do desenvolvimento aos objetivos propostos, utilização das Normas da ABNT, qualidade da produção textual gramática, ortografia e linguagem, integração das disciplinas do Curso. Observações Importantes: a) A apresentação oral será avaliada de forma compartilhada entre os professores, com a presença de no mínimo dois docentes, pelo Diretor Geral e/ou pela Coordenação. 5

6 b) As avaliações serão encaminhadas ao Coordenador, que ficará responsável em entregar a nota para a Secretaria Acadêmica para disponibilizá-la aos demais professores do período. c) Alunos ausentes no momento da apresentação ficarão com zero na apresentação oral. d) Não serão aceitos trabalhos entregues fora do prazo. e) Os casos omissos deverão ser resolvidos pelos Diretor Geral. 7. AVALIAÇÃO DO TRABALHO INTERDISCIPLINAR 7.1. Nota Final a) A Nota Final valerá de 0 (zero) a 10 (dez) e terá peso 1 (um) na NS (nota do semestre). b) A Nota Final comporá todas as notas das disciplinas do ciclo em que o aluno estiver matriculado. c) O trabalho escrito só será reconhecido se entregue até o dia 23 de novembro de 2012, mediante protocolo, assinado pela Secretaria Acadêmica. e) A Secretaria Acadêmica ficará responsável por lançar as notas no Portal Acadêmico. 6

7 7.2. Composição das notas (trabalhos em grupo 1º e 4º ciclo) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PONTUAÇÃO MÁXIMA ORGANIZAÇÃO - PESO: 2,0 Planejamento e cumprimento de prazos 0,5 Organização do grupo 0,5 Dedicação e integração do grupo 1,0 PARTE ESCRITA PESO: 5,0 Adequação do desenvolvimento aos objetivos propostos 1,5 Utilização das Normas da ABNT 1,0 Qualidade da produção textual gramática, ortografia e linguagem 1,0 Integração das disciplinas do Curso 1,5 APRESENTAÇÃO DO TRABALHO PESO: 3,0 Pontualidade e adequação ao tempo de apresentação 0,5 Integração e articulação do grupo 0,5 Qualidade da apresentação (recursos técnicos, clareza e objetividade) 1,0 Domínio e aprofundamento do tema 1,0 NOTA FINAL (N3 peso 1) 10,0 O trabalho completo, com aprovação, valerá 5 horas de Atividades Complementares. 7

8 7.3. Composição das notas (trabalhos individuais 5º / 6º ciclo e 8º ciclo) A avaliação dos Relatório de Parcial de Estágio I / II e TCC seguirá regulamentação própria. 8. ORIENTAÇÕES GERAIS O Trabalho Interdisciplinar tem como proposta fazer com que os alunos trabalhem um único tema durante todo o semestre, propiciando, assim, uma visão abrangente dos assuntos relacionados à Administração. O desenvolvimento do trabalho deverá ser por meio de pesquisa teórica através de bibliografia sugerida pelos professores de cada disciplina e por meio de pesquisa de campo. Cada professor poderá ainda sugerir visitas técnicas, seminários e/ou palestras de profissionais internos ou externos à instituição. É de responsabilidade da Coordenação do Curso o Planejamento do Trabalho Interdisciplinar e dos professores a sua efetiva realização. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRASIL. Diretrizes Curriculares para o Curso de Administração. Resolução CNE/CES 4/2005. Diário Oficial da União, Brasília: 19 de julho de 2005, Seção 1, p. 26. MIRANDA, Ana Paula; SOUZA, Bruno Campello; BARBOSA JÚNIOR, Luiz Patrício. Obstáculos à Interdisciplinaridade: os alunos e suas interpretações dos diferentes tipos de disciplinas. In. 26º Encontro da Associação Nacional dos cursos de Pós-Graduação em Administração. Salvador: ANAIS ANPAD,

9 ANEXO I ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DOS TRABALHOS INTERDISCIPLINARES Elementos Estrutura Capa (modelo para trabalhos acadêmicos) Folha de Rosto (modelo para trabalhos acadêmicos) Ementa: Trabalho Interdisciplinar apresentado às disciplinas do ciclo, como atividade interdisciplinar do Curso de Administração. Orientador Professor:. Pré-textuais AGRADECIMENTO RESUMO (espaço simples, sem parágrafos, com no máximo 500 palavras) LISTAS Se houver (ilustrações; quadros; abreviaturas e siglas, e de símbolos e fórmulas). SUMÁRIO (listagem dos títulos e subtítulos do trabalho, com a numeração das páginas) 1.1 Contextualização 1.2 Justificativa 1. INTRODUÇÃO 1.3 Objetivos Geral Específicos Textuais 1.4 Metodologia 2.1 Caracterização do tema 2. DESENVOLVIMENTO 2.2 Fundamentação Teórica 2.3 Apresentação e Análise dos Dados 3. CONCLUSÃO Pós-textuais REFERÊNCIAS Conforme norma ABNT Fonte: Arial ou Times New Roman 12, no texto. Títulos principais: Fonte 14, letras em negrito e maiúsculas FORMATAÇÃO Subtítulos: Fonte 12 Espaço: 1,5 entre linhas Papel: A4 Branco 9

10 ANEXO II TEMAS DOS TRABALHOS INTERDISCIPLINARES 10

11 TURMA: 2º e 4º Ciclo ORIENTADOR: Prof. Esp. Paulo Henrique de Oliveira Cursino PESQUISA SOBRE DIREITOS HUMANOS OBJETIVO DO TRABALHO: A partir do tema Direitos Humanos, considerando o que dispõe a declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948; a Constituição Federal de 1988; o Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3/Decreto nº7.037/2009); os alunos, divididos em grupos deverão pesquisar e apresentar trabalho sobre Direitos Humanos. PROBLEMATIZAÇÃO: O que fazer para que os Direitos Humanos sejam respeitados? PLANEJAMENTO DO TRABALHO: Grupos de 3 a 5 alunos. Cada grupo deverá definir sobre qual assunto do tema Direitos Humanos irá pesquisar. O trabalho será apresentado na forma escrita conforme orientações do anexo I e na forma de exposição ou qualquer outro meio, no período de 12 a 14 de novembro de Os alunos deverão apresentar as violações dos Direitos Humanos identificadas e as possíveis formas de efetivo cumprimento destes direitos. ALGUNS DOS ASSUNTOS QUE PODERÃO SER PESQUISADOS: Dignidade humana; Liberdade humana; Igualdade de direitos; Reconhecimento e valorização das diferenças e das diversidades; Laicidade do estado; Democracia na educação; Transversalidade, vivência e globalidade; Sustentabilidade socioambiental; Direitos da Mulher; Direitos das crianças; Trabalho forçado; Tortura; Violência policial / Direitos dos prisões; Direitos civis; Direitos políticos; Direitos culturais; Ameaças aos povos indígenas e trabalhadores rurais sem terra... 11

12 TURMA: 5º e 6º Ciclo ORIENTADOR: Prof. Esp. André Luiz da Costa Mengual ESTÁGIO SUPERVISIONADO I/II ENTREGA DO RELATÓRIO PARCIAL DE ESTÁGIO I E DE 40 HORAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. PERÍODO PARA ENTREGA 12 A 23 DE NOVEMBRO DE 2012 TURMA: 8º Ciclo ORIENTADOR: Conforme indicação do aluno TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC. APRESENTAÇÃO DE 26 A 30 DE NOVEMBRO DE 2012 DOCUMENTAÇÃO E RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO RELATÓRIO DAS 100 HORAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PERÍODO PARA ENTREGA 12 A 23 DE NOVEMBRO DE

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTES VISUAIS LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS E OBJETIVOS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTES VISUAIS LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS E OBJETIVOS CURSO DE ARTES VISUAIS LICENCIATURA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTES VISUAIS LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS E OBJETIVOS Art. 1º O presente regulamento tem por finalidade

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 005/2015 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA

RESOLUÇÃO Nº 005/2015 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GEOGRAFIA RESOLUÇÃO Nº 005/2015 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTU SENSU

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GEOGRAFIA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GEOGRAFIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM GEOGRAFIA RESOLUÇÃO Nº 006/2015 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS - GRADUAÇÃO STRICTU

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 18/08 CAEPE

RESOLUÇÃO N.º 18/08 CAEPE RESOLUÇÃO N.º 18/08 CAEPE APROVA REGULAMENTO QUE ESTABELECE DIRETRIZES E DISPÕE SOBRE AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA TECBRASIL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIA E ECONOMIA. Capítulo I Da Definição Art.1º. O Trabalho de Conclusão do Programa Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão, PIEPEX TCP, é a fase final do PIEPEX e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 01/2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 01/2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 01/2016 Processo de acompanhamento de avaliação do Trabalho de Conclusão

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Capítulo I - Do Conceito e das Finalidades Art. 1º. O presente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 02/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 02/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 02/2013 Processo de acompanhamento de avaliação do Trabalho de Conclusão

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FAMETRO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FAMETRO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FAMETRO CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - As Atividades Complementares se constituem em parte integrante o currículo dos cursos

Leia mais

Manual para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Cursos de Música CCBM/LEM

Manual para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Cursos de Música CCBM/LEM Atualizada em 24/04/15 Manual para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Cursos de Música CCBM/LEM A existência do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é prevista no artigo 9 da Resolução

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LICENCIATURA EM LETRAS LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Auriflama, agosto de 2013 1 REGULAMENTO DO

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1,5 espaçamento entre as linhas CURSO XXXXXXXXXXXXXXX Fonte 14 Fonte 16 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Colocado no centro da folha Nome do Estagiário Fonte 14 Fonte 14 ALMENARA 2012 Espaçamento simples

Leia mais

Manual TCC Curso de Direito

Manual TCC Curso de Direito 1 Manual TCC Curso de Direito 2 Diretor Geral Prof.º Weldon Bispo Silva Vice Direção Acadêmica Prof.º Fabiano Ferraz Vice Direção Administrativo Sra. Rafaella Nóbrega Coordenador do Curso de Administração

Leia mais

Manual TCC Curso de Direito

Manual TCC Curso de Direito Faculdade Católica Recife TCC Direito 1 Manual TCC Curso de Direito Faculdade Católica Recife TCC Direito 2 Diretor Geral Prof.º Weldon Bispo Silva Vice Direção Acadêmica Prof.º Fabiano Ferraz Vice Direção

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 1, DE 30 DE MAIO DE 2012

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 1, DE 30 DE MAIO DE 2012 CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 1, DE 30 DE MAIO DE 2012 Estabelece Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos. O Presidente do Conselho Nacional de Educação, no uso de suas atribuições

Leia mais

NORMAS PARA FORMATAR TEXTOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA FORMATAR TEXTOS ACADÊMICOS NORMAS PARA FORMATAR TEXTOS ACADÊMICOS Texto organizado a partir das normas vigentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) AUTORAS: Emilce Maria Diniz e Luciana Cristina de Souza REVISÃO:

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA HABILITAÇÃO EM GESTÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA HABILITAÇÃO EM GESTÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA HABILITAÇÃO EM GESTÃO DA INFORMAÇÃO FLORIANÓPOLIS, SC 2011 CAPITULO I CONCEPÇÃO E OBJETIVOS Art. 1º O Curso de Biblioteconomia

Leia mais

REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Normatiza a elaboração e apresentação do Relatório Final de Estágio do Curso de Tecnologia em Processos Gerenciais, que compreende

Leia mais

NORMAS PARA FORMATAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS PARA FORMATAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Faculdades Milton Campos (FMC) NORMAS PARA FORMATAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Texto organizado a partir das normas vigentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) AUTORAS: Emilce Maria

Leia mais

RELATÓRIO DE QUALIFICAÇÃO

RELATÓRIO DE QUALIFICAÇÃO RELATÓRIO DE QUALIFICAÇÃO Conteúdo resumido Elementos pré-textuais Capa Folha de rosto Resumo da pesquisa com palavras chave Lista de quadros, gráficos, tabelas, abreviaturas e siglas (se houver) Sumário

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº.01 de 07 de abril de 2015.

RESOLUÇÃO Nº.01 de 07 de abril de 2015. ANO XLV N. 143 30/09/2015 SEÇÃO IV PÁG. 024 RESOLUÇÃO Nº.01 de 07 de abril de 2015. EMENTA: Estabelece Normas para o Trabalho de Conclusão do Curso de Bacharelado Em Segurança Pública e Social. O COORDENADOR

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISONADO AGRONOMIA ESAGRO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISONADO AGRONOMIA ESAGRO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISONADO AGRONOMIA ESAGRO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO

Leia mais

Introdução Desenvolvimento Conclusão. Referências (obrigatório) Glossário (opcional) Apêndice(s) (opcional) Anexo(s) (opcional) Índice(s) (opcional)

Introdução Desenvolvimento Conclusão. Referências (obrigatório) Glossário (opcional) Apêndice(s) (opcional) Anexo(s) (opcional) Índice(s) (opcional) Prezado aluno, Objetivo das informações a seguir, é facilitar a compreensão e entendimento dos alunos para estruturação de Trabalho de Projeto Integrado I, dos Cursos de Tecnologias em Gestão e Negócios,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Baseando-se no Regulamento dos Cursos de Graduação da UFF e na Instrução de Serviço PROAC n.º 02, o Colegiado do Curso de Ciências

Leia mais

Regras ABNT atualizadas 2017 para TCC e Monografias

Regras ABNT atualizadas 2017 para TCC e Monografias Regras ABNT atualizadas 2017 para TCC e Monografias A Associação Brasileira de Normas Técnicas é uma entidade privada sem finalidade lucrativa, sendo o organismo responsável pela normatização técnica em

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE PIO XII REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE PIO XII REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE PIO XII REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Cariacica 2011 1 1 - INTRODUÇÃO O Trabalho de Conclusão de Curso é uma atividade obrigatória

Leia mais

PORTARIA DO CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS Nº 11, DE 11 DE ABRIL DE 2014

PORTARIA DO CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS Nº 11, DE 11 DE ABRIL DE 2014 PORTARIA DO CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS Nº 11, DE 11 DE ABRIL DE 2014 Dispõe sobre o Regulamento das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Filosofia. O DIRETOR DO CENTRO DE CIÊNCIAS

Leia mais

VIII SDTA - SEMINÁRIO DE DISSERTAÇÕES E TESES EM ANDAMENTO

VIII SDTA - SEMINÁRIO DE DISSERTAÇÕES E TESES EM ANDAMENTO VIII SDTA - SEMINÁRIO DE DISSERTAÇÕES E TESES EM ANDAMENTO O VIII Seminário de Dissertações e Teses em Andamento, promovido pelo Programa de Pós- Graduação em Letras e Linguística da UFG, ocorrerá nos

Leia mais

Manual para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) 2013 / Cursos de Música CCBM/LEM

Manual para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) 2013 / Cursos de Música CCBM/LEM Manual para Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) 2013 / Cursos de Música CCBM/LEM fevereiro/2013 A existência do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é prevista no artigo 9 da Resolução Nº

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO E DA FINALIDADE

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO E DA FINALIDADE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE COORDENAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLEGIADO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Resolução 196/09 REGULAMENTO DO TRABALHO DE

Leia mais

- ANEXO 1 - ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA. O Projeto de Pesquisa Monográfica terá os seguintes elementos constitutivos:

- ANEXO 1 - ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA. O Projeto de Pesquisa Monográfica terá os seguintes elementos constitutivos: - ANEXO 1 - ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA O Projeto de Pesquisa Monográfica terá os seguintes elementos constitutivos: a) Capa; b) Folha de Rosto; c) Justificativa; d) Objetivos (geral e específicos);

Leia mais

MINUTA DE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA FCHS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

MINUTA DE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA FCHS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES MINUTA DE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA FCHS Aprovado pela Congregação em 01/03/2011 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este regulamento normatiza o cumprimento

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 088-CONSET/SES/G/UNICENTRO, DE 31 DE AGOSTO DE 2012. Aprova o Regulamento das Atividades Complementares do Curso de Farmácia. A PRESIDENTE DO CONSELHO SETORIAL DO SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE,

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1- Orientações gerais; 2- Estrutura de TCC (monografia); 3- Estrutura de TCC (artigo); 4- Anexo 01: modelo de capa de TCC 1 Orientações Gerais:

Leia mais

ELEMENTOS DO PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011

ELEMENTOS DO PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011 ELEMENTOS DO PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011 A estrutura de um projeto de pesquisa, conforme a ABNT (2005), consiste em elementos prétetuais, elementos tetuais e elementos pós-tetuais. 1 ELEMENTOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS ITAQUI CURSO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS ITAQUI CURSO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. <Nome do acadêmico (a)> UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS ITAQUI CURSO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Itaqui RELATÓRIO DE ESTÁGIO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 02/2009 Regulamenta os Conteúdos Curriculares Flexíveis, fixados

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SANT ANA DO LIVRAMENTO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SANT ANA DO LIVRAMENTO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SANT ANA DO LIVRAMENTO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Normas de elaboração do Trabalho de Curso Graduação em Administração Campus Sant

Leia mais

REGULAMENTO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DISCIPLINAS

REGULAMENTO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DISCIPLINAS DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA REGULAMENTO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DISCIPLINAS 2017/1 UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA REGULAMENTO DO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE DISCIPLINAS

Leia mais

Diretrizes para a montagem do Projeto Interdisciplinar de Auto Aprendizagem

Diretrizes para a montagem do Projeto Interdisciplinar de Auto Aprendizagem Diretrizes para a montagem do Projeto Interdisciplinar de Auto Aprendizagem Este documento visa orientar como deve ser montado um trabalho de projeto interdisciplinar, aqui será proposto um esqueleto para

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

PRODUTO DO ESTÁGIO CURRÍCULAR OBRIGATÓRIO PAUTA DE ELABORAÇÃO DO PORTFÓLIO LICENCIATURA EM DANÇA

PRODUTO DO ESTÁGIO CURRÍCULAR OBRIGATÓRIO PAUTA DE ELABORAÇÃO DO PORTFÓLIO LICENCIATURA EM DANÇA PRODUTO DO ESTÁGIO CURRÍCULAR OBRIGATÓRIO PAUTA DE ELABORAÇÃO DO PORTFÓLIO LICENCIATURA EM DANÇA 1. Ementa Registro crítico, reflexivo e avaliativo das ações e intervenções que tangenciaram os estágios

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO DA UFV, CAMPUS VIÇOSA

REGULAMENTO GERAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO DA UFV, CAMPUS VIÇOSA REGULAMENTO GERAL DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO DA UFV, CAMPUS VIÇOSA CAPÍTULO I DA CONCEITUAÇÃO E OBJETIVOS Art. º Art. 2º O Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Reconhecido (renovado) pela Portaria SERES/MEC nº 01, de 06/01/2012, Publicada no DOU, de 09/01/2012

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Reconhecido (renovado) pela Portaria SERES/MEC nº 01, de 06/01/2012, Publicada no DOU, de 09/01/2012 RESOLUÇÃO Nº 002/ CONSELHO DO CURSO - MEDICINA VETERINÁRIA Regulamento para validação e registro das horas de Atividades Complementares Curso de Medicina Veterinária. O Conselho do Curso de Medicina Veterinária,

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ANDRADINA NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ANDRADINA NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ANDRADINA NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO DO TRABALHO, SE HOUVER ANDRADINA / SP 2016 NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA TÍTULO DO TRABALHO:

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Matemática Colegiado do curso de Estatística

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Matemática Colegiado do curso de Estatística Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Matemática Colegiado do curso de Estatística Normas para o Trabalho de Conclusão de Curso TCC do Curso de Bacharelado em Estatística Uberlândia 2012 Sumário

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE TECNOLOGIA CURSO DE GRADUAÇAO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE TECNOLOGIA CURSO DE GRADUAÇAO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE TECNOLOGIA CURSO DE GRADUAÇAO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS PORTARIA CGEMAT N. 02/2011 Regulamenta o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC, disciplina do Curso de

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE N.º 15, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014

RESOLUÇÃO CONSEPE N.º 15, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 RESOLUÇÃO CONSEPE N.º 15, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014 Estabelece procedimentos para o Estudo Dirigido no âmbito das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão das Faculdades

Leia mais

MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO

MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO FACULDADE DOM LUIZ DE ORLEANS E BRAGANÇA COORDENAÇÃO GERAL DOS CURSOS MANUAL ARTIGO CIENTÍFICO Ribeira do Pombal - BA ARTIGO CIENTÍFICO O artigo pode ser definido como discussão de temáticas científicas

Leia mais

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA REUNIDA COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA EDITAL DE DEFESA DE TCC PEDAGOGIA /2016

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA REUNIDA COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA EDITAL DE DEFESA DE TCC PEDAGOGIA /2016 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA AMAZÔNIA REUNIDA COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA EDITAL DE DEFESA DE TCC PEDAGOGIA - 2013/2016 A Coordenação do Curso de Pedagogia da FESAR Faculdade de Ensino Superior

Leia mais

PORTARIA D.FCF/CAr. 12/2015

PORTARIA D.FCF/CAr. 12/2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC PORTARIA D.FCF/CAr. 12/2015 Dispõe sobre o Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do Curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia da Faculdade de

Leia mais

ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS COMPLEMENTARES

ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS COMPLEMENTARES ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS COMPLEMENTARES A Resolução n o 70/04-CEPE, dispõe sobre as atividades formativas dos currículos dos cursos de graduação e ensino profissionalizante da UFPR.

Leia mais

Aula 08. de Curso (TCC)

Aula 08. de Curso (TCC) Metodologia Científica - Lícia Mara Pinheiro Rodrigues- UNIGRAN Aula 08 O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Caro(a) Acadêmico(a), Chegamos à nossa última aula e nela trataremos de um trabalho que faz

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES Artigo 1 o : As Atividades Acadêmicas Curriculares Complementares (AACC) do Curso de Graduação em Ciências Econômicas do Câmpus de Ciências

Leia mais

Regulamentação das Atividades Complementares do Curso de Engenharia de Minas

Regulamentação das Atividades Complementares do Curso de Engenharia de Minas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rodovi a José Aurél i o Vi l el a, 11999 (BR 267 K m 533) Ci dade Uni versi tária - Poços de Cal das/mg C EP: 37715-400 Regulamentação

Leia mais

Cada autor traz em suas obras uma indicação para tal. Algumas pequenas alterações podem ser percebidas e não fazem diferença no corpo do texto.

Cada autor traz em suas obras uma indicação para tal. Algumas pequenas alterações podem ser percebidas e não fazem diferença no corpo do texto. 1 Metodologia da Pesquisa Científica Aula 5: Formatação de trabalhos acadêmicos Para uma melhor visualização, interpretação, estética e organização, todo trabalho acadêmico precisa ser organizado de forma

Leia mais

a necessidade definir os conteúdos complementares flexíveis do Curso de Graduação em Engenharia Elétrica;

a necessidade definir os conteúdos complementares flexíveis do Curso de Graduação em Engenharia Elétrica; UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE ENERGIAS ALTERNATIVAS E RENOVÁVEIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Portaria 02/2012 CCGEE Regulamenta os Conteúdos Curriculares Flexíveis, fixados

Leia mais

1 Apresentação gráfica Formato do papel: A4 (210 x 297mm); Margens: esquerda e superior: 3cm, direita e inferior: 2cm;

1 Apresentação gráfica Formato do papel: A4 (210 x 297mm); Margens: esquerda e superior: 3cm, direita e inferior: 2cm; Breve orientação para formatação das 6 (seis) primeiras páginas de teses e dissertações, condição obrigatória para que os textos sejam divulgados pela Biblioteca Digital. Em caso de dúvida, consulte o

Leia mais

REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho.

REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho. REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS A ABNT NBR 14724:2011 estabelece algumas regras para a apresentação gráfica de um trabalho. PAPEL MARGENS FONTE TEXTO TÍTULO DAS SEÇÕES TÍTULO DAS

Leia mais

1º. As AACC, conforme previstas no projeto pedagógico do curso poderão ser desenvolvidas ao longo de todo o percurso formativo.

1º. As AACC, conforme previstas no projeto pedagógico do curso poderão ser desenvolvidas ao longo de todo o percurso formativo. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CAMPUS BARBACENA Art. 1º. As Atividades

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PERNAMBUCO (nome da instituição, texto centralizado, letras maiúsculas)

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PERNAMBUCO (nome da instituição, texto centralizado, letras maiúsculas) - Fonte Arial ou Times New Roman -Tamanho da fonte n 12 e o espaçamento de 1,5, salvo algumas exceções (ler o manual e ver o template); - Margens folhas da frente (anverso): superior e esquerda 3cm; inferior

Leia mais

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL REDE METODISTA DE EDUCAÇÃO DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Porto Alegre SUMÁRIO CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO NORMAS REFERENTES ÀS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE NUTRIÇÃO Componente curricular Atividades Complementares obrigatórias do Curso de Nutrição, da

Leia mais

NORMAS PARA TRABALHO DE PESQUISA

NORMAS PARA TRABALHO DE PESQUISA NORMAS PARA TRABALHO DE PESQUISA Os trabalhos acadêmicos serão Capa; Folha de rosto; Introdução; Desenvolvimento Conclusão; Bibliografia. constituídos de: Capa Considerada proteção externa, a capa, deve

Leia mais

ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº 15 CONSEPE, DE 21 DE MAIO DE 2010. NORMAS PARA REDAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Trabalhos acadêmicos: trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADE ACADÊMICA MONOGRAFIA I (AA051) E MONOGRAFIA II (AA052)

REGULAMENTO ATIVIDADE ACADÊMICA MONOGRAFIA I (AA051) E MONOGRAFIA II (AA052) REGULAMENTO ATIVIDADE ACADÊMICA MONOGRAFIA I (AA051) E MONOGRAFIA II (AA052) 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS 1.1 A elaboração das atividades acadêmicas Monografia I (AA051) e Monografia II (AA052) atende às determinações

Leia mais

NBR 14724:2011 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS - APRESENTAÇÃO BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK

NBR 14724:2011 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS - APRESENTAÇÃO BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK NBR 14724:2011 INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS - APRESENTAÇÃO BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK ESCOPO Especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses,

Leia mais

ANEXO III REGULAMENTO DE ATIVIDADE DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA - LICENCIATURA

ANEXO III REGULAMENTO DE ATIVIDADE DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA - LICENCIATURA ANEXO III REGULAMENTO DE ATIVIDADE DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA - LICENCIATURA REGULAMENTO DE ATIVIDADE DE CONCLUSÃO DE CURSO SEÇÃO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este dispositivo

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR PROFISSIONALIZANTE

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR PROFISSIONALIZANTE NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR PROFISSIONALIZANTE 1. O Relatório do Estágio Curricular Profissionalizante deverá obedecer ao tamanho de papel A4 (21,0 x 29,7 cm). 2. Na elaboração

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 011/08 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 011/08 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 011/08 CONSUNI APROVA O REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO. A Presidente do Conselho Universitário CONSUNI do Centro Universitário de Jaraguá do Sul UNERJ, mantido pela Fundação

Leia mais

1.7 Parágrafo Utilizar uma (1) tabulação (tab.) para iniciar os parágrafos, ou seja, 1,25 cm. Não deixar espaço em branco entre os parágrafos.

1.7 Parágrafo Utilizar uma (1) tabulação (tab.) para iniciar os parágrafos, ou seja, 1,25 cm. Não deixar espaço em branco entre os parágrafos. INFORMAÇÕES GERAIS PARA ENTREGA DE TCC Versão final Assunto: Elaboração dos volumes do TCC aprovado. 1 Diagramação Capítulo I Formatação Aspectos Gráficos 1.1 Tamanho do papel A4 (210 X 297 mm) 1.2 Gramatura

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU NOME COMPLETO DO AUTOR. Digite o título do trabalho em letras minúsculas e sem ponto final

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU NOME COMPLETO DO AUTOR. Digite o título do trabalho em letras minúsculas e sem ponto final UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE BAURU NOME COMPLETO DO AUTOR Digite o título do trabalho em letras minúsculas e sem ponto final BAURU 2009 NOME COMPLETO DO AUTOR Comece a contar as

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa normas para o funcionamento das Atividades Complementares no âmbito do Curso de Direito da Faculdade Cenecista de Joinville. A Direção do Curso de Direito

Leia mais

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E ENGENHARIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS NORMAS PARA A ELABORAÇÃO E REDAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO FLEXÍVEL DO CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO (ATIVIDADES COMPLEMENTARES)

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO FLEXÍVEL DO CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO (ATIVIDADES COMPLEMENTARES) REGULAMENTO DO NÚCLEO FLEXÍVEL DO CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO (ATIVIDADES COMPLEMENTARES) O presente Regulamento normatiza o oferecimento, a matrícula, o aproveitamento e a validação das

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA CIVIL

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA CIVIL UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ENGENHARIA DO CAMPUS DE ILHA SOLTEIRA REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENGENHARIA CIVIL ILHA SOLTEIRA, SÃO PAULO 2012 Aprovado

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º. A análise e registro das atividades complementares serão realizados pelo Núcleo de Extensão e Apoio à Cultura NEAC,

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO EM ENSINO FORMAÇÃO DOCENTE INTERDISCIPLINAR PPIFOR

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO EM ENSINO FORMAÇÃO DOCENTE INTERDISCIPLINAR PPIFOR REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO EM ENSINO FORMAÇÃO DOCENTE INTERDISCIPLINAR PPIFOR Disciplina: Estágio de Docência 02 créditos 30 horas Art. 1º O Estágio

Leia mais

Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação

Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação Regulamento de Atividades Complementares São Paulo Março/2012 SUMÁRIO CAPÍTULO

Leia mais

Manual Prático para Elaboração de

Manual Prático para Elaboração de FACULDADE DO SUL DA BAHIA Colegiado de Engenharia de Produção Manual Prático para Elaboração de Relatório de Estágio Teixeira de Freitas - BA 2013 ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO Elementos Pré-textuais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE ARQUIVOLOGIA MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 2 TCC2 Direção da Escola de Arquivologia Coordenação

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta)

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) Estabelece normas para a realização de estágios obrigatórios e não obrigatórios no âmbito dos cursos de graduação da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINAS DO CEFET/MG/CAMPUS ARAXÁ

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINAS DO CEFET/MG/CAMPUS ARAXÁ SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS UNIDADE ARAXÁ COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINA REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG ESCOLA DE QUÍMICA E ALIMENTOS EQA CURSO DE ENGENHARIA BIOQUÍMICA NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG ESCOLA DE QUÍMICA E ALIMENTOS EQA CURSO DE ENGENHARIA BIOQUÍMICA NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG ESCOLA DE QUÍMICA E ALIMENTOS EQA CURSO DE ENGENHARIA BIOQUÍMICA 1 NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC O Parágrafo único do Art. 7º da Resolução CNE/CES

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO E FORMATAÇÃO

NORMAS PARA REDAÇÃO E FORMATAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS NORMAS PARA REDAÇÃO E FORMATAÇÃO DISSERTAÇÃO Anápolis-GO 2015 1. INTRODUÇÃO Segundo o regimento do programa, será considerado

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE VETERINÁRIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA Porto Alegre 2011 (Data de atualização: 18 de abril de 2011) APRESENTAÇÃO

Leia mais

CURSO DE DIREITO APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

CURSO DE DIREITO APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CURSO DE DIREITO APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ORIENTAÇÕES AOS ALUNOS FORTALEZA.2 ALUNOS - ROTEIRO E REGRAS PARA APS.2 Todos os(as) alunos(as) a partir da grade 2010.1 deverão cursar a disciplina

Leia mais

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CAMPUS DE RIO PARANAÍBA COORDENAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Campus Universitário - Caixa Postal 22 - Rio Paranaíba - MG - 38810-000 REGULAMENTO N. 1, DE 8 DE AGOSTO

Leia mais

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA EDITAL 22/2017

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA EDITAL 22/2017 EDITAL 22/2017 CHAMADA PÚBLICA PARA COMPOSIÇÃO DA EQUIPE TÉCNICA - PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MOBILIDADE ACADÊMICA INTERNACIONAL NAS LICENCIATURAS INTERDISCIPLINARES DA UFSB - PROJETO PAULO FREIRE A, através

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Endereço: R. Basílio da Gama, S/N - Canela - Salvador / Bahia CEP 40.110.907 Telefone: (071) 3283-7700 /7701 e-mail: enufba@ufba.br

Leia mais

RESOLUÇÃO CEAMB 03/14, DE 20 DE OUTUBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO CEAMB 03/14, DE 20 DE OUTUBRO DE 2014. MNSTÉRO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGCA DE MNAS GERAS COLEGADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARA AMBENTAL E SANTÁRA RESOLUÇÃO CEAMB 03/14, DE 20 DE OUTUBRO DE 2014. Aprova as Normas

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta)

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) Estabelece normas para a realização de estágios obrigatórios e não obrigatórios no âmbito dos cursos de graduação da Faculdade

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS DISCIPLINAS 1. Introdução à Pesquisa em Letras 2. Metodologia de ensino de línguas estrangeiras I: perspectivas teóricas e abordagens

Leia mais

RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL

RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 Estabelece as normas para o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da graduação em Nutrição. CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL Art. 1º. A execução e aprovação no

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Faculdade de Odontologia Biblioteca Malvina Vianna Rosa MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Este documento

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES. Gabriel Soares de Vasconcelos

INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES. Gabriel Soares de Vasconcelos INFORMÁTICA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES Roteiro Redação de textos ABNT Editores de textos MS Word Configuração ABNT no MS Word Redação de textos Definição É todo ato normativo e toda comunicação através da

Leia mais

FUNDAÇÃO LUSÍADA Centro Universitário Lusíada Regulamento do Projeto Integrador Curso de Relações Internacionais

FUNDAÇÃO LUSÍADA Centro Universitário Lusíada Regulamento do Projeto Integrador Curso de Relações Internacionais 1. Projeto Integrador Verifica-se ainda o cumprimento deste item, conforme consta no Plano Diretor Institucional: ainda sobre práticas inovadoras que estimulam a melhoria do ensino, o apoio ao estudante

Leia mais

DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho de conclusão de curso (TCC) é uma exigência das IES ao final de um curso de graduação ou pós-graduação, como requisito para obtenção do diploma. A FEATI ofertará,

Leia mais

RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011

RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AGROALIMENTAR UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AMBIENTAL CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011 Aprova

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CEUMA UniCEUMA CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NAC

UNIVERSIDADE DO CEUMA UniCEUMA CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NAC Universidade CEUMA, campus Renascença São Luís/Ma, 06 de junho de 2017. EDITAL NAC nº07/2017 REGULAMENTO PARA ENVIO DE TRABALHOS ACADÊMICOS E CIENTÍFICOS CAPITULO I - Das disposições gerais Art. 1 - O

Leia mais