Programa de Biotecnologia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa de Biotecnologia"

Transcrição

1 República de Moçambique Ministério da Ciência e Tecnologia Programa de Biotecnologia II Seminário Internacional de Biotecnologia: Oportunidades de desenvolvimento económico e social na valorização e gestão sustentável de recursos biológicos Maputo 22 a 24 de Maio de 2013 PROGRAMA DO SEMINÁRIO Quarta-feira, 22 de Maio Confirmação e registo de participantes: Secretariado Cerimónia de abertura, Mestre de Cerimónias: Doutora Vitória de Jesus Boas-vindas aos convidados de honra e participantes Intervenção do Prof. Luke Mumba, NEPAD Intervenção de S. Excia o Ministro da Ciência e Tecnologia, Prof. Louis Pelembe Discurso de Sua Excelência o Primeiro-ministro, Dr. Alberto Vaquina Foto de família Intervalo para o Café Sessão 1: Recursos genéticos, biodiversidade e conservação Moderadores: Doutora Adelaide Agostinho, Dra Anabela Zacarias, Dr Alberto Matusse, Dra Dácia Correia Nota-chave 1: Relevância da regulamentação no desenvolvimento da biotecnologia: estudo de casos de sucesso e seu impacto em África - Prof. Diran Makinde, NEPAD Biosafety, Burkina Faso 1

2 Nota-chave 2: Biodiversidade e soluções potenciais da natureza para vários problemas - Prof. Maria Salomé Pais, Academia de Ciências de Lisboa Estudo da variabilidade genética de mandioca (manihot esculenta crantz) usando marcadores moleculares SSR s dr. Frederico Pedro Madabula, Departamento de Ciências Biológicas, UEM Caracterização molecular de recursos genéticos florestais das matas de miombo na Reserva Nacional de Niassa: desenvolvimento de código de barras e marcadores ISSR Dra Ivete Maquia, Centro de Biotecnologia da UEM Avaliação da variabilidade genética de chanfuta (Afzelia quanzensis Welw) na floresta de Michafutene: implicações para os programas de conservação da espécie dr. Elias Militão, UEM-Faculdade de Ciências, Departamento de Ciências Biológicas Aplicação da biotecnologia na regeneração de florestas Prof. Conceição Santos, Universidade de Aveiro, Portugal Identificação molecular de cianobactérias e determinação dos níveis de microcistinas em colecções aquáticas do Sul de Moçambique Dra Olívia Pedro, Centro de Biotecnologia-UEM, Moçambique Sumário da Sessão pelos Moderadores Intervalo para o Almoço Sessão 2: Biotecnologia na Saúde e impacto sócio-económico Moderadores: Dra. Roda Nuvunga Luís, Dr. Ilesh Jani, Prof. Joaquim Saíde Nota-chave 3: Desafios à biotecnologia na saúde em países em desenvolvimento, Dr. Milton Moraes, Fundação Osvaldo Cruz (FioCruz), Brasil Nota-chave 4: Genómica e o futuro da investigação biomédica - Dr. Hyang-Sook Yoo, Korea Research Institute of Bioscience & Biotechnology (KRIBB), Corea O papel dos produtos naturais e plantas indígenas na saúde Dr. Pamisha Pillay, Biosciences CSIR, África do Sul Dos recursos às aplicações: anti-cancerígenos marinhos Dr. Carmen Cuevas, Pharmamar, Madrid, Espanha Sumário da Sessão pelos Moderadores Quinta-feira, 23 de Maio Sessão 3: Biotecnologia na produção e segurança alimentar Moderadores: Prof. Vasco Lino, Dr. Inácio Maposse, Eng. Ivone Muocha Nota-chave 5: OGMs no contexto de países em desenvolvimento: potencialidades, experiências e 2

3 desafios Dr James Okeno, NEPAD Biosafety Nota-chave 6: Clima, ambiente e o impacto de mudanças climáticas na segurança alimentar Doutor Luís Goulão, Instituto de Investigação Científica Tropical Indução da organogênese directa de explantes cotiledonares do meloeiro - Eng. Sofrimento Matsimbe, Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM), Moçambique Impactos económicos no diagnóstico/controlo de doenças animais: o papel dos métodos biotecnológicos Dr. Charles Masembe, Makerere University, Uganda Caracterização molecular do virus da Peste Suina Africana em carraças do género Ornithodoros colhidas nos habitats domésticos e selvagens do Distrito da Gorongosa, Moçambique - Dr Carlos Quembo, Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM), Laboratório Regional de Veterinária, Chimoio, Moçambique Intervalo para o Café 10:50-11:10 A aplicação do diagnóstico molecular do fitoplasma no controlo do Amarelecimento Letal do Coqueiro em Moçambique - Valter Nuaíla, Centro de Biotecnologia-UEM, Moçambique Efeito de diferentes concentrações de sacarose na conservação in vitro de plantas de mandioca (Manihot esculenta Crantz) Eng. Ricardo Macia, Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM), Moçambique Partilha de experiências de valorização de plantas locais adaptadas às regiões semi-áridas em Moçambique, com destaque para as fruteiras nativas Dr. Pedro Tomo, Agro-Serviços Lda, Moçambique Vilas de Milénio Moçambicanas como instrumento para acelerar o desenvolvimento sócio-económico das comunidades rurais - Dr. Henrique Cau. Ministério da Ciência e Tecnologia, Moçambique Influência da competição inter-específica e preferência do hospedeiro pela filogeografia de duas espécies de carraças africanas Dra. Nídia Cangi, Centro de Biotecnologia-UEM, Moçambique Identificação molecular e resistência a tripanocidas de populações de Trypanosoma congolense do Centro e Sul de Moçambique - Dra Paula Macucule, Centro de Biotecnologia-UEM, Moçambique Sumário da Sessão pelo Moderador 13:00-13:30 Intervalo para o Almoço Sessão 4: Biociências e Economia/Sociedade Moderadores: Prof. Patrício Sande, Eng. Carlos Tamele, Prof. Filimone Meigos O ambiente para a inovação baseada nas biociências em África Prof. John Mugabe, Universidade de Pretoria, África do Sul Empreendedorismo e desenvolvimento de bio-negócios: estudo de casos spin-offs e de desenvolvimento de empresas Prof. João Moura, Biocant Park, Portugal 3

4 Criação de capacidades no desenvolvimento de uma comunidade científica e sociedade inovativas, Prof. Joaquim Saíde, Centro de Biotecnologia-UEM, Moçambique Experiência da Klon Technologies no desenvolvimento de uma empresa de biotecnologia: Dra. Vanessa Pereira, Biocant Park, Portugal Disseminação e percepção pública de biotecnologia: as necessidades e os desafios Dra. Eugénia Barros, Center for Scientific and Industrial Research (CSIR), África do Sul Sumário da Sessão pelo Moderador Sessão de Posters e café Jantar de encerramento (cortesia de MCT e parceiros) Sexta-feira, 24 de Maio Sessão 5: Cooperação, financiamento e investimento em Biotecnologia Moderadores: Dr. Eduardo Nhampossa, Dra. Ester Santos, Prof. Luís Neves Oportunidades na biotecnologia como uma indústria de valor adicionado: impacto na economia, sociedade e ambiente - Dr Sang Ki Rhee, SCH Center for BioPharmaceutical Research & HRD, Soon Chun Hyang University, Corea do Sul World Technology Access Program (WorldTAP) e outras iniciativas de apoio à biotecnologia na Universidade do Estado de Michigan Prof. Karim Maredia, Michigan State University USA Investigação e Educação em Agrobiotecnologia: o modelo de cooperação entre o IICT e a UEM - Dra Ana Isabel Ribeiro, Instituto de Investigação Científica Tropical, Portugal Implantação de um Laboratório de Biotecnologia no CRCT-Sul Dr. Alberto Matusse, Ministério da Ciência e Tecnologia, Moçambique Sumário da Sessão pelo Moderador Intervalo para o Café Discussões de Grupos de Interesse sobre projectos e parcerias Intervalo para o Almoço Sessão 6: Cerimónia de encerramento, Mestre de Cerimónias: Doutora Vitória de Jesus Leitura da Síntese do Seminário (resultados, principais conclusões e recomendações) Intervenções à síntese Discurso de encerramento por S. Excia Ministro da Ciência e Tecnologia Prof. Louis Pelembe Visita à exibição "O fascínio das plantas" no Campus Universitário da UEM (Julius Nyerere) 4

5 5

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia República de Angola Ministério da Ciência e Tecnologia 3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia A Ciência, Tecnologia e Inovação ao serviço da sociedade Luanda, 11 13 de Setembro de 2013 Datas

Leia mais

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis 5ª feira, 4 de Maio I Reunião interna de parceiros europeus 14:00h 15:00h (UAL, sala 55) - Espaço de trabalho dos parceiros

Leia mais

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE FACULDADE DE AGRONOMIA E ENGENHARIA FLORESTAL (FAEF) DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL (DEF)

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE FACULDADE DE AGRONOMIA E ENGENHARIA FLORESTAL (FAEF) DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL (DEF) UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE FACULDADE DE AGRONOMIA E ENGENHARIA FLORESTAL (FAEF) DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA FLORESTAL (DEF) MINISTÉRIO PARA A COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL (MICOA) CENTRO TERRA VIVA

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO AMBIENTE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO AMBIENTE O Ministério do Ambiente tem o prazer de convidar V. Exa. para o Seminário sobre Novos Hábitos Sustentáveis, inserido na Semana Nacional do Ambiente que terá

Leia mais

FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA

FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA CONVITE FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE UMA FORMA DE CIDADANIA ENCURTAR A DISTÂNCIA FORTALECER A CIDADANIA A Associação Chã de Matias e a FAJUDIS Federação de Associações Juvenis do Distrito de Santarém,

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO. Termos de Referência do II Seminário Pedagógico da Faculdade de Educação

FACULDADE DE EDUCAÇÃO. Termos de Referência do II Seminário Pedagógico da Faculdade de Educação FACULDADE DE EDUCAÇÃO Termos de Referência do II Seminário Pedagógico da Faculdade de Educação Maputo, 28 de Outubro de 2015 1 Introdução A Faculdade de Educação (FACED) é a unidade orgânica da Universidade

Leia mais

Agricultura inteligente para combater as alterações climáticas em

Agricultura inteligente para combater as alterações climáticas em Agricultura inteligente para combater as alterações climáticas em África: Uma chamada para a acção Conferência Ministerial Africana sobre a agricultura inteligente para combater as alterações climáticas

Leia mais

Seminário de Empreendedorismo nos Países de. Língua Oficial Portuguesa

Seminário de Empreendedorismo nos Países de. Língua Oficial Portuguesa Seminário de Empreendedorismo nos Países de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Brasil Empreendedorismo Língua Oficial Portuguesa Dia 22 de Novembro de 2011

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Reunião da ASSESCA-PLP Realizar-se entre os dias 24 e 27 de novembro de 2014, na Sala de Conferência do Complexo Aquarius, na praia do Bilene, Província de Gaza - Moçambique Inscrição: A participação é

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO Maputo, Abril de 2014 ÍNDICE I. INTRODUÇÃO... 3 II. TEMAS APRESENTADOS...

Leia mais

IICT Qual a Relevância de um Instituto de Investigação orientada para os Trópicos

IICT Qual a Relevância de um Instituto de Investigação orientada para os Trópicos Audição Conjunta Presidentes dos Laboratórios do Estado Funcionamento e financiamento dos Laboratórios Aplicação das recomendações internacionais IICT Assembleia da República.02.27 IICT Qual a Relevância

Leia mais

A água é um fator chave para o desenvolvimento sustentável. Precisamos dela para a saúde, segurança alimentar e progresso económico

A água é um fator chave para o desenvolvimento sustentável. Precisamos dela para a saúde, segurança alimentar e progresso económico A Parceria Portuguesa para a Água e a empresa municipal Águas do Porto organizam, nos dias 7 e 8 de maio, no Teatro Rivoli, a conferência Água para o Desenvolvimento Pontes e Parcerias nos Países de Língua

Leia mais

TERAPIAS AVANÇADAS: UMA REALIDADE FARMACÊUTICA? - Desafios do Presente e Perspectivas para o Futuro -

TERAPIAS AVANÇADAS: UMA REALIDADE FARMACÊUTICA? - Desafios do Presente e Perspectivas para o Futuro - III Congresso Científico AEFFUL TERAPIAS AVANÇADAS: UMA REALIDADE FARMACÊUTICA? - Desafios do Presente e Perspectivas para o Futuro - 24 e 25 de Novembro de 2011 (Programa Provisório) Coordenação Científica:

Leia mais

BIOCANT PARK A NOSSA VISÃO

BIOCANT PARK A NOSSA VISÃO 01 A NOSSA VISÃO O PARQUE DE BIOTECNOLOGIA DE PORTUGAL ESTÁ A CRIAR VALOR PARA A REGIÃO E PARA O PAÍS FOMENTANDO INVESTIMENTOS E INI- CIATIVAS EMPRESARIAIS DE BASE CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA. A NOSSA VISÃO

Leia mais

BIODIVERSIDADE E MANEJO SUSTENTÁVEL DA FLORESTA TROPICAL 1 BIODIVERSIDADE

BIODIVERSIDADE E MANEJO SUSTENTÁVEL DA FLORESTA TROPICAL 1 BIODIVERSIDADE BIODIVERSIDADE E MANEJO SUSTENTÁVEL DA FLORESTA TROPICAL 1 João Artur Silva 2 Márcio Ribeiro² Wilson Junior Weschenfelder² BIODIVERSIDADE Modelos de Diversidade A diversidade biológica varia fortemente

Leia mais

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS UMA INICIATIVA INTEGRADA NA: URBAVERDE FEIRA DAS CIDADES SUSTENTÁVEIS ª 7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS ARRENDAMENTO E REABILITAÇÃO: DINAMIZAR O MERCADO, REGENERAR A CIDADE 12 de Abril de

Leia mais

IV JORNADAS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA O(s) DesENCONTRO(s) entre a escola e a família 17 e 18 maio 2013

IV JORNADAS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA O(s) DesENCONTRO(s) entre a escola e a família 17 e 18 maio 2013 As IV Jornadas da Prática Pedagógica, subordinadas à temática O(s) DesENCONTRO(s) entre a escola e a família, pretendem constituir um espaço de debate e de reflexão sobre os processos de (inter)ação dos

Leia mais

VI REUNIÃO DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Maputo, 15 de Abril de 2014

VI REUNIÃO DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Maputo, 15 de Abril de 2014 VI REUNIÃO DE MINISTROS DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Maputo, 15 de Abril de 2014 DECLARAÇÃO FINAL Os Ministros responsáveis pela Ciência, Tecnologia

Leia mais

Termos de Referência

Termos de Referência MAPEAMENTO DE PARTES INTERESSADAS (PARCEIROS E DOADORES) Termos de Referência 1. Contexto O Fundo Mundial para a Natureza (WWF) tem vindo a trabalhar em Moçambique desde os meados dos anos 90 em áreas-chave

Leia mais

RELATÓRIO FINAL TREINAMENTO EM TÉCNICAS DE CAPTAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE ÁGUA DAS CHUVAS

RELATÓRIO FINAL TREINAMENTO EM TÉCNICAS DE CAPTAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE ÁGUA DAS CHUVAS RELATÓRIO FINAL TREINAMENTO EM TÉCNICAS DE CAPTAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE ÁGUA DAS CHUVAS REDE DE EXTENSÃO DE CHÓKWÈ E GUIJÁ Chókwè, 26 a 28 de Maio de 2009 Compilado por: Paiva Munguambe Mário Chilundo Cláudio

Leia mais

A cooperação Canadá - Brasil: INTERNACIONALIZAÇÃO PARA A INOVAÇÃO

A cooperação Canadá - Brasil: INTERNACIONALIZAÇÃO PARA A INOVAÇÃO OUI- IOHE MISSÃO OUI DE UNIVERSIDADES CANADENSES NO BRASIL 28 de novembro a 2 de dezembro de 2011 Programa preliminar A cooperação Canadá - Brasil: INTERNACIONALIZAÇÃO PARA A INOVAÇÃO À luz dos excelentes

Leia mais

Plano de Estudos 2014-15. Mestrados do Deptº de Biologia Animal. Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

Plano de Estudos 2014-15. Mestrados do Deptº de Biologia Animal. Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Mestrados do Deptº de Biologia Animal Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Mestrado em Biologia da Conservação Detecção Remota e Sistemas de Informação Geográfic (SIG) Ecologia Fluvial disciplina

Leia mais

Grupo Votorantim inicia aquisições de terras na região em 1927

Grupo Votorantim inicia aquisições de terras na região em 1927 1927 1950 2011 2012 2013 2014 Grupo Votorantim inicia aquisições de terras na região em 1927 1927 1950 2011 2012 2013 2014 Nas décadas de 40, 50 e 60 (entre 1947 e 1963) a Votorantim adquire 245 títulos

Leia mais

ESTABELECIMENTO DO CENTRO DE CONHECIMENTO SOBRE MUDANÇA CLIMÁTICA EM MOÇAMBIQUE

ESTABELECIMENTO DO CENTRO DE CONHECIMENTO SOBRE MUDANÇA CLIMÁTICA EM MOÇAMBIQUE ESTABELECIMENTO DO CENTRO DE CONHECIMENTO SOBRE MUDANÇA CLIMÁTICA EM MOÇAMBIQUE Contexto do Centro de Conhecimento FASE I do INGC Necessidade de um corpo de Moçambicanos preparados para responder os desafios

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

Portugal 2020. Pedro Gomes Nunes. Director Executivo. Lisboa, Fevereiro 2014. www.risa.pt

Portugal 2020. Pedro Gomes Nunes. Director Executivo. Lisboa, Fevereiro 2014. www.risa.pt Pedro Gomes Nunes Director Executivo Lisboa, Fevereiro 2014 RISA - Apresentação ÁREAS DE NEGÓCIO Estudos e Projectos + 20 anos de experiência + 1.500 candidaturas a Fundos Comunitários aprovadas. + 1,6

Leia mais

Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro. 17 de março de 2015

Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro. 17 de março de 2015 Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro 17 de março de 2015 Órgãos de Gestão e Fiscalização (mandato 2014/2015) Início do mandato: 05 de março de 2014

Leia mais

II Oficina de Formação em. Competências e Simulação

II Oficina de Formação em. Competências e Simulação II Oficina de Formação em Competências e Simulação II Oficina de Formação em Competências e Simulação 36 horas presenciais 15 horas Educação a Distância (EAD) SR Simulação Robótica SC Simulação Cênica

Leia mais

Regionalização e descentralização da educação e autonomia das escolas

Regionalização e descentralização da educação e autonomia das escolas Regionalização e descentralização da educação e autonomia das escolas Seminário Internacional no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia 14 15 de Dezembro em Lisboa Auditório da Faculdade de

Leia mais

III CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE CRIMINALÍSTICA SOB O LEMA INVESTIGAÇÃO CRIMINAL-DESAFIOS E SUAS PERSPETIVAS

III CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE CRIMINALÍSTICA SOB O LEMA INVESTIGAÇÃO CRIMINAL-DESAFIOS E SUAS PERSPETIVAS INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ALBERTO CHIPANDE Av. Rua Correia de Brito, N 952, Telefone 23-320794 Ponta - Gêa. Beira. Moçambique III CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE CRIMINALÍSTICA SOB O LEMA

Leia mais

A iniciativa eportuguêse e oportunidades para os países de língua portuguesa

A iniciativa eportuguêse e oportunidades para os países de língua portuguesa A iniciativa eportuguêse e oportunidades para os países de língua portuguesa BIREME/OPAS/OMS - São Paulo 1 eportuguêse Iniciativas para fortalecer a informação em saúde nos países de língua portuguesa

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA ESAC Escola Superior Agrária de Coimbra ESEC Escola Superior de Educação de Coimbra ISEC Instituto Superior de Engenharia de Coimbra INSTITUTO POLITÉCNICO

Leia mais

O 7º PROGRAMA QUADRO

O 7º PROGRAMA QUADRO O 7º PROGRAMA QUADRO de I&DT Eduardo Maldonado (Coordenador de NCP) Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT Estratégia de Lisboa Conselho Europeu extraordinário de Lisboa (Março de 2000): para

Leia mais

A gestão do conhecimento em biodiversidade como requisito para o seu uso sustentável e repartição dos benefícios

A gestão do conhecimento em biodiversidade como requisito para o seu uso sustentável e repartição dos benefícios A gestão do conhecimento em biodiversidade como requisito para o seu uso sustentável e repartição dos benefícios Rodrigo Medeiros Universidade Federal Rural do RJ Laboratório de Gestão Ambiental & Instituto

Leia mais

PROJECTO DESENVOLVENDO NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS

PROJECTO DESENVOLVENDO NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS Projecto do PNUD financiado pela Cooperação Espanhola Ministério da Hotelaria e Turismo República de Angola Angola PROJECTO DESENVOLVENDO NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS SEMINÁRIO PNUD / CNUCED "GESTÃO DE PROJECTOS

Leia mais

Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009

Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009 Profª.. MSc. Silvana Pimentel de Oliveira Manaus/2009 SECT- AM: Missão e Diretrizes A SECT foi criada para formular e gerir políticas estaduais de C&T buscando articular os esforços os de fazer com que

Leia mais

Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21

Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21 Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21 Resenha Desenvolvimento Raíssa Daher 02 de Junho de 2010 Desenvolvimento e Meio Ambiente: As Estratégias de Mudanças da Agenda 21

Leia mais

7.º Encontro de Educação Ambiental

7.º Encontro de Educação Ambiental 7.º Encontro de Educação Ambiental Divulgação de práticas e partilha de experiências LIVRO DE RESUMOS 1 e 2 junho de 2015 Escola Superior de Educação Instituto Politécnico de Bragança 1 Apresentação O

Leia mais

PROGRAMA JORNADAS BIOMÉRIEUX. Lisboa Porto

PROGRAMA JORNADAS BIOMÉRIEUX. Lisboa Porto PROGRAMA JORNADAS BIOMÉRIEUX Lisboa Porto Jornadas biomérieux 2010 Dando continuidade a uma iniciativa que colocamos ao seu dispor desde 1995, temos o prazer de lhe dar a conhecer o programa de acções

Leia mais

12. ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ÁGUA&AMBIENTE. PORTUGAL EFICIENTE NA GESTÃO DE RECURSOS Novos actores, novas políticas

12. ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ÁGUA&AMBIENTE. PORTUGAL EFICIENTE NA GESTÃO DE RECURSOS Novos actores, novas políticas 12. ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ÁGUA&AMBIENTE PORTUGAL EFICIENTE NA GESTÃO DE RECURSOS Novos actores, novas políticas 23 de Maio de 2012 Centro de Congressos da Univ. Católica de Lisboa ORGANIZAÇÃO

Leia mais

PRIMEIRA CIRCULAR. Introdução

PRIMEIRA CIRCULAR. Introdução PRIMEIRA CIRCULAR Introdução A Universidade de Santa Cruz do Sul UNISC, através do Pólo de Modernização Tecnológica Vale do Rio Pardo - e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental, sediará o

Leia mais

EDITAL N 01/2008/INPA CONCURSO PÚBLICO ANEXO I VAGAS CONFORME AS CARREIRAS E PERFIS CORRESPONDENTES E LISTA DE TEMAS PARA PROVA ESCRITA.

EDITAL N 01/2008/INPA CONCURSO PÚBLICO ANEXO I VAGAS CONFORME AS CARREIRAS E PERFIS CORRESPONDENTES E LISTA DE TEMAS PARA PROVA ESCRITA. EDITAL N 01/2008/INPA CONCURSO PÚBLICO ANEXO I VAGAS CONFORME AS CARREIRAS E PERFIS CORRESPONDENTES E LISTA DE TEMAS PARA PROVA ESCRITA. 1. CARREIRA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA CARGO DE PESQUISADOR

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P.

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. PRESS RELEASE Lançamento do MAPA DE BOAS PRÁTICAS DE ACOLHIMENTO E INTEGRAÇÃO DE IMIGRANTES EM PORTUGAL,

Leia mais

5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A INFEÇÃO VIH/SIDA

5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A INFEÇÃO VIH/SIDA FUNDAÇÃO PORTUGUESA A COMUNIDADE CONTRA A SIDA CENTRO DE DIREITO BIOMÉDICO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BIOÉTICA ORDEM DOS MÉDICOS SECÇÃO REGIONAL DO NORTE 5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A

Leia mais

Plataforma de Cooperação da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) na Área Ambiental

Plataforma de Cooperação da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) na Área Ambiental Plataforma de Cooperação da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) na Área Ambiental I. Contexto Criada em 1996, a reúne atualmente oito Estados Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique,

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA INTERVENÇÃO DE SUA EXCIA, MINISTRA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, PROFª. DOUTORA, MARIA CÂNDIDA PEREIRA, DURANTE A SESSÃO DE ABERTURA DO WORKSHOP SOBRE

Leia mais

SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA DA FAMAZ 2015

SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA DA FAMAZ 2015 SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA DA FAMAZ 2015 A Amazônia e políticas públicas I. CRONOGRAMA DA V SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA Geração de boletos: 11 a 31/03/2015 - Site da FAMAZ Investimento: R$ 15,00 (Quinze

Leia mais

5 Objetivos Principais

5 Objetivos Principais A Rainforest Business School Escola de Negócios Sustentáveis de Floresta Tropical Instituto de Estudos Avançados Universidade de São Paulo (USP) Programa de Pesquisa Amazônia em Transformação (AmazonIEA)

Leia mais

ECONOMIA SOCIAL PORTUGUESA: PAPEL NO PÓS-TROIKA GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO

ECONOMIA SOCIAL PORTUGUESA: PAPEL NO PÓS-TROIKA GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO GERIR UMA FUNDAÇÃO É UM COMPROMISSO PARA O FUTURO Citação de Dr. Emílio Rui Vilar 2 Tempo de mudanças sociais Estamos no início de um século que se adivinha difícil e instável nos seus Problemas Globais

Leia mais

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS TEMA Conhecimentos Tradicionais RECURSOS GENÉTICOS CONHECIMENTOS TRADICIONAIS PROVEDORES USOS CONSENTIMENTO PRÉVIO TERMOS MUTUAMENTE ACORDADOS USUÁRIOS BENEFÍCIOS

Leia mais

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Tema Conhecimentos Tradicionais RECURSOS GENÉTICOS CONHECIMENTOS TRADICIONAIS PROVEDORES USOS CONSENTIMENTO PRÉVIO TERMOS MUTUAMENTE ACORDADOS USUÁRIOS BENEFÍCIOS

Leia mais

BIOENGENHARIA A ENGENHARIA DOS SISTEMAS BIOLÓGICOS

BIOENGENHARIA A ENGENHARIA DOS SISTEMAS BIOLÓGICOS BIOENGENHARIA A ENGENHARIA DOS SISTEMAS BIOLÓGICOS Joaquim M.S. Cabral Laboratório rio Associado - Institute for Biotechnology and Bioengineering Centro de Engenharia Biológica e Química Instituto Superior

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Medida 1 INOVAÇÃO Ação 1.1 GRUPOS OPERACIONAIS Enquadramento Regulamentar Artigos do Regulamento (UE) n.º 1305/2013, do Conselho e do Parlamento

Leia mais

CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal)

CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal) CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal) Fátima, Centro Pastoral Paulo VI 2 a 5 de Maio de 2012. 1º Dia 2 de Maio O ESTUDO DA REALIDADE Coordenadora Prof. Doutora Ana Sofia Carvalho

Leia mais

Organização: Promoção: Apoio:

Organização: Promoção: Apoio: Viseu, 24 de Janeiro de 2013 15h00 às 18h00 Museu do Quartzo Monte de Santa Luzia - Abraveses 3515 Viseu PROGRAMA DA CONFERÊNCIA 14h30 Receção dos Convidados e Participantes 15h00 Sessão de Abertura presidida

Leia mais

Experiência Profissional

Experiência Profissional CURRICULUM VITAE Paulo Alexandre Fernandes Varela Simões Caldas Nascimento: Nampula - Moçambique, 25 de Setembro de 1972; Estado Civil: Casado Experiência Profissional - Vice-Presidente da Comunidade Urbana

Leia mais

2007 Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) Maputo Moçambique.

2007 Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) Maputo Moçambique. CURRICULUM VITAE CHAGAS LEVENE Escritório Residência Estudos e Pesquisas Aplicadas, Lda Travessa da Azurara n o 11 Bairro da Sommerschield Tel/fax (+258) 21 485383 Cell: (+258) 82 6255794 clevene@kula.co.mz

Leia mais

Id: 41322 (27 years)

Id: 41322 (27 years) Ver foto Id: 41322 (27 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 08/07/1988 País: Mozambique, Região: Nampula, Cidade: Nampula Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO: Tipo de trabalho:

Leia mais

TEMAS CENTRAIS Produtos Locais Empreendedorismo Local e Turismo Governança e Participação

TEMAS CENTRAIS Produtos Locais Empreendedorismo Local e Turismo Governança e Participação II Encontro Internacional de Desenvolvimento Local São Tomé e Príncipe 16 a 19 de Outubro de 2012 TEMAS CENTRAIS Produtos Locais Empreendedorismo Local e Turismo Governança e Participação FEIRA DO DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Carlos Rui Taveira Madeira

Carlos Rui Taveira Madeira CURRICULUM VITAE de Carlos Rui Taveira Madeira Vila Real Dezembro, 2006 ÍNDICE 1. FORMAÇÃO ACADÉMICA 2. ACTIVIDADE PROFISSIONAL 2.1 Percurso Profissional 2.2. Disciplinas Leccionadas na UTAD 2.2.1. Licenciatura

Leia mais

Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC

Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC Coimbra, 18 de Março de 2004 As métricas O Projecto TIM, globalmente,

Leia mais

Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT

Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT Objetivos Avanço da ciência brasileira em tecnologia, inovação e competitividade, através da expansão da mobilidade internacional:

Leia mais

Desenvolvimento Local nos Territórios Rurais: desafios para 2014-2020

Desenvolvimento Local nos Territórios Rurais: desafios para 2014-2020 Desenvolvimento Local nos Territórios Rurais: desafios para 2014-2020 Seminário Turismo Sustentável no Espaço Rural: Experiências de Sucesso em Portugal e na Europa Castro Verde - 06 de Março 2013 Joaquim

Leia mais

1. Natureza, Visão e Missão:

1. Natureza, Visão e Missão: 1. Natureza, Visão e Missão: 1.1. Natureza: O Ministério da Ciência e Tecnologia é o Órgão Central do Aparelho que, de acordo com os princípios, objectivos, políticas e planos definidos pelo governo, determina,

Leia mais

IV ENCONTRO IBERO-AMERICANO SOBRE OS OBJECTIVOS DO MILÉNIO DA ONU E AS TIC TIC, Inovação e Conhecimento

IV ENCONTRO IBERO-AMERICANO SOBRE OS OBJECTIVOS DO MILÉNIO DA ONU E AS TIC TIC, Inovação e Conhecimento IV ENCONTRO IBERO-AMERICANO SOBRE OS OBJECTIVOS DO MILÉNIO DA ONU E AS TIC TIC, Inovação e Conhecimento Lisboa, 3 e 4 de Novembro de 2009 FIL Feira das Indústrias de Lisboa, Parque das Nações, Lisboa Terça-feira

Leia mais

AMAZON ECO: Macacos-de-cheiro são resgatados na Reserva Mamirauá no Ama...

AMAZON ECO: Macacos-de-cheiro são resgatados na Reserva Mamirauá no Ama... Página 1 de 5 AMAZON ECO quinta-feira, 29 de novembro de 2012 Macacos-de-cheiro são resgatados na Reserva Mamirauá no Amazonas O projeto Nosso Debate é Necessário O projeto AMAZON ECO, um weblog totalmente

Leia mais

Potencialidades da simulação no ensino da reanimação Miguel Félix (Presidente do Conselho Português de Ressuscitação)

Potencialidades da simulação no ensino da reanimação Miguel Félix (Presidente do Conselho Português de Ressuscitação) Programa Científico Dia 16 de Novembro, Sexta-feira Auditório 1 10:30 (30 minutos) Sessão de abertura e apresentação do congresso 11:00 (90 minutos) Simulação em Medicina de Emergência Moderadores: Álvaro

Leia mais

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010 Cidade da Praia, Cabo Verde A ponte para o futuro Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 95/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em, Bacharelado, do Centro

Leia mais

Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação

Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação Ficha Técnica Edição CM Lourinhã Sector de Acção Social CM Torres Vedras Sector de Assuntos Sociais, Saúde e Habitação Coordenação Mafalda Teixeira Coordenadora da Rede Social da Lourinhã Nélia Feliciano

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES

PROJETO DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES TERMOS DE REFERÊNCIA PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA MONITORAMENTO DE PROJETOS DE RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES DESENVOLVIDOS POR MEIO DE TÉCNICAS DE NUCLEAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DOS TERMOS

Leia mais

Sua Excelência Embaixadora da Finlândia;

Sua Excelência Embaixadora da Finlândia; República de Moçambique Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional Gabinete do Ministro DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E

Leia mais

Mestrado: Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais

Mestrado: Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais Mestrado: Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais Informações Gerais Nível do Curso: Mestrado Profissional (Pós-graduação stricto sensu) Área Básica: Meio Ambiente e Agrárias Área de

Leia mais

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS TEMA Uso dos recursos genéticos RECURSOS GENÉTICOS CONHECIMENTOS TRADICIONAIS PROVEDORES USOS CONSENTIMENTO PRÉVIO TERMOS MUTUAMENTE ACORDADOS USUÁRIOS BENEFÍCIOS

Leia mais

Diálogo com a Comunidade. Um balanço das ações sustentáveis

Diálogo com a Comunidade. Um balanço das ações sustentáveis Diálogo com a Comunidade Um balanço das ações sustentáveis Veracel Celulose É uma empresa 100% baiana, presente em dez municípios do Extremo Sul do estado: Eunápolis, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália,

Leia mais

Biocombustível para Desenvolvimento e Auto-Fornecimento de Energia Comunitário Clubes de Produtores Agrícolas de Cabo Delgado, ADPP, Maio 2009

Biocombustível para Desenvolvimento e Auto-Fornecimento de Energia Comunitário Clubes de Produtores Agrícolas de Cabo Delgado, ADPP, Maio 2009 Biocombustível para Desenvolvimento e Auto-Fornecimento de Energia Comunitário Clubes de Produtores Agrícolas de Cabo Delgado, ADPP, Maio 2009 A meta do projecto é de melhorar as condições de vida para

Leia mais

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS

Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Convenção sobre Diversidade Biológica: ABS Tema Uso dos recursos genéticos RECURSOS GENÉTICOS CONHECIMENTOS TRADICIONAIS PROVEDORES USOS CONSENTIMENTO PRÉVIO TERMOS MUTUAMENTE ACORDADOS USUÁRIOS BENEFÍCIOS

Leia mais

Calendarização de atividades

Calendarização de atividades 1-5 setembro 2015 A MatNova2015 é financiada pelo CMA - Centro de Matemática e Aplicações da Universidade Nova de Lisboa, através do projeto UID/MAT/00297/2013 da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Leia mais

29 de Outubro de 2013 Hotel de Convenções de Talatona Luanda

29 de Outubro de 2013 Hotel de Convenções de Talatona Luanda 1 29 de Outubro de 2013 Hotel de Convenções de Talatona Luanda 8.30 Recepção aos participantes, café da manhã e registo Sessão de abertura Presidente de sessão: Executivo sénior, Banco Atlântico, Angola

Leia mais

Testes de Diagnóstico

Testes de Diagnóstico INOVAÇÃO E TECNOLOGIA NA FORMAÇÃO AGRÍCOLA agrinov.ajap.pt Coordenação Técnica: Associação dos Jovens Agricultores de Portugal Coordenação Científica: Miguel de Castro Neto Instituto Superior de Estatística

Leia mais

LISBOA ECONOMIA, INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO

LISBOA ECONOMIA, INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO , MPRNDDORISMO Maio. 2013 Lisboa como uma das cidades mais competitivas, inovadoras e criativas da uropa Plataforma entre a uropa e o Brasil, Moçambique, Angola e a Ásia. 42% da população fala 2 línguas

Leia mais

I JORNADAS CIENTÍFICAS DAS FACULDADES DE CIÊNCIAS DE SAÚDE, ECONOMIA E GESTÃO E CENTRO DE ENSINO À DISTÂNCIA

I JORNADAS CIENTÍFICAS DAS FACULDADES DE CIÊNCIAS DE SAÚDE, ECONOMIA E GESTÃO E CENTRO DE ENSINO À DISTÂNCIA I JORNADAS CIENTÍFICAS DAS FACULDADES DE CIÊNCIAS DE SAÚDE, ECONOMIA E GESTÃO E CENTRO DE ENSINO À DISTÂNCIA MOÇAMBIQUE, RUMO AO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 10 a 11 de Setembro DE 2014 PROGRAMA HORAS ACTIVIDADES

Leia mais

Marilia de Freitas Calmon

Marilia de Freitas Calmon Marilia de Freitas Calmon U N E S P UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Campus de São José do Rio Preto INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS Programa de Pós Graduação em Genética Marilia de Freitas

Leia mais

PROGRAMA. Emprego e Internacionalização: Engenheiro sem fronteiras

PROGRAMA. Emprego e Internacionalização: Engenheiro sem fronteiras APRESENTAÇÃO O II Fórum de Engenharia Civil da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) irá realizar-se nos dias 8 e 9 de Maio de 2013 no Auditório G0.08 da Escola de Ciências e Tecnologia da

Leia mais

MALO CLINIC abre clínica em Aveiro

MALO CLINIC abre clínica em Aveiro Tiragem: 11000 Period.: Semanal ID: 61314863 08-10-2015 GRUPO ESTÁ EM 46 CIDADES, 16 PAÍSES E 5 CONTINENTES MALO CLINIC abre clínica em Aveiro Âmbito: Economia, Negócios e. No ano em que comemora 20 anos,

Leia mais

A Biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza, responsável pelo equilíbrio e estabilidade dos ecossistemas, e fonte de imenso

A Biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza, responsável pelo equilíbrio e estabilidade dos ecossistemas, e fonte de imenso Biodiversidade Pode ser definida como a variedade e a variabilidade existente entre os organismos vivos e as complexidades ecológicas nas quais elas ocorrem. Pode ser entendida como uma associação de vários

Leia mais

Secretariado e Inscrições. Celebrando o

Secretariado e Inscrições. Celebrando o Celebrando o Secretariado e Inscrições www.osteogeneseimperfeita.tecnovisao.com ou a.p.osteogeneseimperfeita@gmail.com Dia Internacional Osteogénese Imperfeita (International wishbone Day) Rua Cooperativa

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária

FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária Ano Base: 2012 Título do Projeto: Semana da Biologia 2012 10 anos Biologia

Leia mais

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves. Fundos Comunitários geridos pela Comissão Europeia M. Patrão Neves Fundos comunitários: no passado Dependemos, de forma vital, dos fundos comunitários, sobretudo porque somos um dos países da coesão (e

Leia mais

Oportunidades Rumo à Rio + 20

Oportunidades Rumo à Rio + 20 Seminário 02 Economia verde na Amazônia: Desafios e Oportunidades Rumo à Rio + 20 (Versão 24/10/2011) Objetivo: Analisar as oportunidades e os desafios para a economia verde e debater o atual modelo de

Leia mais

Diálogo Avançado de Pesquisa e Política

Diálogo Avançado de Pesquisa e Política Diálogo Avançado de Pesquisa e Política Tema: Pluralismo Político e Eleições Democráticas na Guiné-Bissau: Que Desafios? PROGRAMA Bissau, 16-17 de Outubro 2008 Primeiro Dia: Quinta-feira, 16 de Outubro

Leia mais

www.tese.org.pt www.facebook.com/tese.ongd www.linkedin.com/in/teseongd

www.tese.org.pt www.facebook.com/tese.ongd www.linkedin.com/in/teseongd www.tese.org.pt www.facebook.com/tese.ongd www.linkedin.com/in/teseongd Energias Renováveis e o Desenvolvimento Social 1. Apresentação da Instituição 2. Projectos da Área das Energias Renováveis e Impactes

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Nome: JOÃO CARLOS COLAÇO. Profissão: Sociólogo / Investigador Data de Nasc: 17 de Novembro de 1968. Nacionalidade: Moçambicana

CURRICULUM VITAE. Nome: JOÃO CARLOS COLAÇO. Profissão: Sociólogo / Investigador Data de Nasc: 17 de Novembro de 1968. Nacionalidade: Moçambicana CURRICULUM VITAE Nome: JOÃO CARLOS COLAÇO. Profissão: Sociólogo / Investigador Data de Nasc: 17 de Novembro de 1968. Nacionalidade: Moçambicana Qualificações-Chave: João Carlos Colaço é formado em Sociologia,

Leia mais

Compromissos na educação

Compromissos na educação Compromissos na educação Comentário Paulo Santiago Direcção da Educação e das Competências, OCDE Ciclo de Seminários Sextas da Reforma Lisboa, 23 de Maio de 2014 Organização do Banco de Portugal, do Conselho

Leia mais

a Resolução CONAMA nº 422/2010 de 23 de março de 2010, que estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de educação ambiental;

a Resolução CONAMA nº 422/2010 de 23 de março de 2010, que estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de educação ambiental; Portaria Normativa FF/DE N 156/2011 Assunto: Estabelece roteiros para elaboração de Plano Emergencial de Educação Ambiental e de Plano de Ação de Educação Ambiental para as Unidades de Conservação de Proteção

Leia mais

Organizadores do Programa: Ezequiel R. do Valle e Urbano Gomes P. e Abreu

Organizadores do Programa: Ezequiel R. do Valle e Urbano Gomes P. e Abreu Produção Sustentável na Pecuária no Mato Grosso do Sul Visita de Campo GTPS Paralelo a 2014 GCSB do GRSB Campo Grande, de 28 de outubro a 01 de novembro de 2014 Organizadores do Programa: Ezequiel R. do

Leia mais

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA Por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP e das associações empresariais dos PALOP, realizou-se em Luanda, República de Angola, a 17 de Julho de 2014, o Fórum

Leia mais

Rede Portuguesa de Matemática na Indústria

Rede Portuguesa de Matemática na Indústria Rede Portuguesa de Matemática na Indústria Apresentação dos resultados dos grupos de trabalho Adérito Araújo FCT/UNL, 15 de Julho de 2014 Grupos de trabalho Grupo 1: Levantamento de outras redes nacionais

Leia mais

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS Resumo da Agenda 21 CAPÍTULO 1 - Preâmbulo Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS CAPÍTULO 2 - Cooperação internacional para acelerar o desenvolvimento sustentável dos países em desenvolvimento e políticas

Leia mais

implantação de um instituto de Biotecnologia MARINHA em Moçambique

implantação de um instituto de Biotecnologia MARINHA em Moçambique implantação de um instituto de Biotecnologia MARINHA em Moçambique República de Moçambique MCT/CRCT-Sul Apresentado por: Alberto Jacob Matusse Maputo, Novembro 2012 tópicos 1. CONTEXTUALIZAÇÃO 2. DESIGNAÇÃO

Leia mais