CADERNO DE PROVAS. PROCESSO SELETIVO 01/2012 PARA O CARGO DE AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Aspásia - 17/06/2012. Nome:... RG...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADERNO DE PROVAS. PROCESSO SELETIVO 01/2012 PARA O CARGO DE AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Aspásia - 17/06/2012. Nome:... RG..."

Transcrição

1 CADERNO DE PROVAS PROCESSO SELETIVO 01/2012 PARA O CARGO DE AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Aspásia - 17/06/2012 Nome:... RG... CADERNO DE PROVAS LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO ANTES DE INICIAR AS PROVAS 1. SOBRE A MARCAÇÃO DO CARTÃO DE RESPOSTA 1.1 Este caderno de provas é composto de 40 questões objetivas. 1.2 Em cada questão há apenas uma alternativa correta. Marque somente uma letra como resposta. 1.3 Use caneta esferográfica azul ou preta para cobrir de tinta a letra da alternativa correta. 2. CUIDADOS AO MARCAR A FOLHA DE RESPOSTA 2.1 O cartão de resposta não poderá ser substituído. 2.2 Marque sua resposta de modo que a tinta da caneta fique bem visível. 2.3 Ao terminar as provas, verifique cuidadosamente se passou todas as suas respostas para o respectivo cartão. 2.4 Depois de preenchido o cartão de resposta, entregue-o, junto com o caderno de questões, ao fiscal. 3. FATORES QUE ANULAM UMA QUESTÃO 3.1 Questão sem marcar; 3.2 Questão com rabisco, rasura ou manchas; e 3.3 Questão com mais de uma opção assinalada. 4. OUTRAS INFORMAÇÕES 4.1 As provas terão duração de 3 horas, já estando incluído o tempo de preenchimento do cartão de resposta. 4.2 Não é permitido fazer perguntas durante as provas. Caso necessite de esclarecimento, levante o braço e aguarde o fiscal. 4.3 Verifique se o caderno de provas contém 40 questões objetivas e uma proposta de redação (dissertação). Se o mesmo estiver incompleto ou apresentar qualquer outro defeito, solicite ao fiscal que tome as providências cabíveis. OBSERVAÇÕES: I. Os gabaritos oficiais das provas serão afixados nos quadros de avisos da Prefeitura Municipal de Aspásia, bem como divulgados nos endereços eletrônicos e II. Não será permitido ao candidato levar consigo o caderno de provas.

2 LÍNGUA PORTUGUESA Texto para as questões de 01 a 04 Obsolescência planejada e perceptiva, armadilhas do consumismo Vivemos numa época em que os artigos tecnológicos surgem do nada e tornam-se obsoletos num piscar de olhos. A velocidade com que esses produtos tornamse superados não causa mais espanto a ninguém. Já estamos acostumados com esse fenômeno. Aquele celular hi-tec do ano passado já é peça de museu. Alguns itens lançados recentemente tiveram uma vida tão curta que quase não são mais lembrados. O discman, 5 aquele toca-cedê de bolso que veio substituir o walkman, não teve tempo de fazer história. 1 Antes de se popularizar, foi substituído pelo MP3 player. 2 Tudo isso, saiba você, não é resultado de uma evolução natural da tecnologia. Alguns itens tecnológicos quando nascem, acredite, já têm data prevista para sair de circulação. Isso é o resultado da obsolescência planejada, processo pelo qual os profissionais de marketing introduzem a obsolescência em determinados produtos para que esses sejam substituídos num tempo mais curto. O consumidor não tem escolha porque os produtos, em geral, só duram o tempo que o produtor quer. Outra prática nessa mesma linha é a obsolescência perceptiva. Quando o fabricante não consegue reduzir o tempo de vida de um produto, lança uma 6 nova versão com pequenas modificações. No Brasil chamam essa prática de maquiar o produto. Os produtos antigos, que têm a mesma funcionalidade, ficam com o aspecto de ultrapassados, e o consumidor é induzido a comprar o novo. Aliada a essa prática existe uma propaganda maciça que complementa a lavagem cerebral. No passado, os produtos eram planejados para terem vida longa. Até mesmo as possíveis modificações do futuro eram pensadas. No seletor de canais das tevês dos anos sessenta e setenta, existia um espaço para UHF (não existia o canal 01, a numeração ia de 02 a 13) mesmo sem existir canal nem transmissão nessa frequência. No Brasil, o primeiro canal de UHF foi ao ar somente na década de 90. A bandeja do drive dos antigos toca-cedês já vinha com um círculo menor no centro. 3 No futuro, imaginavam, os cedês diminuiriam de tamanho. 4 Quando for trocar de celular, lembrese, você pode estar realizando a vontade de alguém que passou algumas horas diante de uma planilha e criou uma situação que lhe conduziu a essa troca. Fonte: CAVALCANTE, Ed. Obsolescência planejada e perceptiva, armadilhas do consumismo. Blog: Jornália do Ed. - Acesso em: 07 out Glossário: obsolescência: processo de cair em desuso; condição do que se torna ultrapassado. 01. Analise as afirmações relativas ao texto e indique V para as verdadeiras e F para as falsas. ( ) O texto enfatiza que as estratégias da obsolescência são empregadas para proteger o consumidor de possíveis falhas nos produtos que adquire, para que se previna, comprando um novo antes que o seu se danifique. ( ) A obsolescência planejada refere-se à estratégia de produção de equipamentos com vida útil limitada. ( ) A obsolescência perceptiva refere-se à estratégia de colocar no mercado novos produtos com novo design, novas funcionalidades, levando o consumidor a descartar os antigos, embora estes continuem funcionando. ( ) O texto destaca que a obsolescência é utilizada como um recurso para inserir novos produtos no mercado de maneira agressiva, indesejada, e afirma que, embora o público perceba essa manobra, aceita-a. ( ) A prática da obsolescência, na verdade, pouco interfere na decisão do consumidor.

3 Sempre que ele compra um novo produto, faz isso mediante outras reflexões, necessidades, e não por ser compelido a fazê-lo, mesmo que indiretamente. ( ) O texto faz uma comparação entre os modelos de produção de décadas passadas e os da atualidade, demonstrando a evolução do processo de obsolescência. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA de cima para baixo. a) F, V, V, F, F, F. b) V, V, V, F, F, F. c) V, V, F, V, F, V. d) V, V, F, F, F, F. e) F, F, V, V, V, V. 02. Assinale a alternativa CORRETA em que a alteração da redação do período abaixo não gerou prejuízo no significado. A obsolescência é uma prática adotada pelas indústrias para garantir mercado para seus produtos, no entanto, acarreta prejuízo ao consumidor. a) A obsolescência é uma prática adotada pelas indústrias para garantir mercado para seus produtos, logo acarreta prejuízo ao consumidor. b) A obsolescência é uma prática adotada pelas indústrias para garantir mercado para seus produtos, por isso acarreta prejuízo ao consumidor. c) Porque acarreta prejuízo ao consumidor, a obsolescência é uma prática adotada pelas indústrias para garantir mercado para seus produtos. d) A obsolescência é uma prática adotada pelas indústrias para garantir mercado para seus produtos, contudo, acarreta prejuízo ao consumidor. e) A obsolescência é uma prática adotada pelas indústrias para garantir mercado para seus produtos, já que acarreta prejuízo ao consumidor. 03. Sobre o texto, assinale a alternativa CORRETA. a) No período No futuro, imaginavam, os cedês diminuiriam de tamanho. (ref. 3), o sujeito do verbo destacado é oculto. b) Em Quando for trocar de celular, lembrese, você pode estar realizando a vontade... (ref. 4), a vírgula após a expressão destacada poderia ser substituída por dois pontos, causando, contudo, prejuízo do significado. c) O trecho... aquele toca-cedê de bolso que veio substituir o walkman (ref. 5) aparece entre vírgulas no texto porque é uma locução adverbial deslocada. d) O recurso do destaque em itálico foi utilizado no texto para ressaltar as expressões mais importantes. e) O emprego de aspas na palavra nova (ref. 6) indica que o autor quis ironizar o adjetivo. 04. Relativamente ao texto, assinale a alternativa CORRETA. a) No período Antes de se popularizar, foi substituído pelo MP3 player. (ref. 1), popularizar significa desvalorizar-se. b) A palavra obsolescência é derivada da palavra obsoleto, que significa supérfluo. c) Evidencia-se no texto que obsolescência é um tipo de processo tecnológico da linha de produção. d) O texto está escrito na primeira pessoa do plural. Se o transcrevêssemos para uma linguagem impessoal, iniciaríamos assim: Vivo uma época.... e) No período Tudo isso, saiba você, não é resultado de uma evolução natural da tecnologia. (ref. 2), a expressão destacada está na terceira pessoa do singular do imperativo afirmativo. Textos para as questões de 05 a 09 Texto 1 Araçatuba promove semana contra violência da mulher Quebrando o Silêncio - Semana de Conscientização contra a Violência Doméstica irá acontecer pela quarta vez em Araçatuba. A ação é um projeto da Adra (Agência de Desenvolvimento de Recursos Assistenciais), órgão oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

4 Neste ano, a semana irá ocorrer em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança, Câmara Municipal e Delegacia de Defesa da Mulher. As atividades serão realizadas nos dias 13, 14 e 15, das 9h as 17h, no calçadão da Marechal. Disponível em em 11/10/2010 Texto 2 Em 20 de novembro de 1959, foi proclamada a Declaração Universal dos Direitos da Criança, com a intenção de garantir à criança uma infância feliz. O Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei 8.069, art. 4º, esclarece que os direitos infantis precisam ser recordados todos os dias como o direito à vida, saúde, alimentação, educação, esporte, lazer, profissionalização, cultura, dignidade, respeito, liberdade e convivência familiar e comunitária. Disponível em em12/10/2010. Texto 3 Violência em maternidades revela problemas na saúde pública Uma pesquisa apresentada à Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) revela que grávidas em trabalho de parto sofrem diversos maus tratos e desrespeitos por parte dos profissionais de saúde nas maternidades públicas. Segundo a análise, esse tipo de violência, além de apontar para os problemas estruturais da saúde pública, revela a erosão da qualidade ética das interações entre profissionais e pacientes, a banalização do sofrimento e uma cultura institucional marcada por estereótipos de classe e gênero. Disponível em (Ano XI nº 3937) em 12/10/ Sobre os textos 1, 2 e 3, é incorreto afirmar que a) se deduz, no texto 1, existir parcerias de várias entidades em prol de uma causa. b) Quebrando o silêncio (texto 1) deixa subentendido o objetivo de alertar as mulheres quanto à necessidade de informar às autoridades competentes sobre o crime para que possam intervir e assegurar seus direitos. c) o Estatuto da Criança e do Adolescente (texto 2) reforça a formação da consciência cidadã, no intuito de renovar os apelos contra a violência, descaso e outros males perpetrados contra os menores. d) o texto 3, além de apontar um sério problema estrutural da saúde pública, evidencia a ausência de interação entre os profissionais de saúde e seus pacientes. e) os textos 1, 2 e 3 deixam evidentes que a violência, enquanto problemática social, efetiva, atual, depende de classe e gênero. 06. Em Segundo a análise, esse tipo de violência, além de apontar para os problemas estruturais... (texto 3), a vinculação semântica expressa pelos vocábulos grifados corresponde, respectivamente, a a) conformidade e acréscimo. b) quantidade e acréscimo. c) conformidade e relevância. d) concessão e acréscimo. e) quantidade e enumeração. 07. Sobre o emprego dos parênteses em: A ação é um projeto da Adra (Agência de Desenvolvimento de Recursos Assistenciais), órgão oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia... (texto 1), não podemos afirmar que a) poderiam ser substituídos por travessões. b) foram empregados para isolar uma explicação, seguida de outra. c) poderiam ser trocados por vírgulas apenas. d) isolam frases intercaladas. e) têm a função de separar comentários acessórios. 08. Dadas as afirmações seguintes sobre os textos: I. O texto 1 apresenta uma evidente preocupação com a informação, ou seja, usa a função referencial. E, mesmo excluindo o emprego de vocativos e verbos no

5 imperativo, pode-se notar também a função conativa. II. A intenção do produtor da mensagem do texto 2 é posicionar-se em relação ao tema que está tratando, utilizando, assim, a função emotiva da linguagem. III. O texto 3 está escrito em 3ª pessoa, com frases estruturadas na ordem direta, uma vez que a finalidade maior de todo ato da comunicação é transmitir informação, apresentando exclusivamente uma função denotativa. IV. Os três textos apresentam em comum a linguagem, que é organizada em função do referencial. Quais afirmativas estão corretas? a) I, II e IV. b) I, III e IV. c) II e III. d) III e IV. e) I, II, III e IV. 09. As afirmativas que seguem são verdadeiras ou falsas? ( ) Do texto 1, podemos inferir o oferecimento de um suporte social, psicológico, jurídico e preventivo às mulheres que sofrem apenas com a violência familiar. ( ) A linguagem dos três fragmentos de textos é determinada pela finalidade: trata-se de textos informativos. ( ) Somente o texto 2 privilegia a correção gramatical e a precisão vocabular, isso porque a linguagem necessita ser absolutamente objetiva. ( ) No texto 3, as aspas foram utilizadas para pôr a palavra erosão em evidência, uma vez que se encontra no sentido secundário, conotativo. Assinale a opção em que se encontra a sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo. a) V F V F b) V F F F c) V V F F d) F F V V e) F V F V 10. De acordo com a leitura do texto, escolha a alternativa correta. a) As crianças de hoje perderam o respeito pelos adultos e não lhes obedecem, sendo necessário aos pais reeducar os filhos para que estes, futuramente, não se tornem jovens assaltantes. b) O mau desempenho das crianças na escola está exclusivamente relacionado à falta de atenção dos pais, que passam mais tempo em frente à TV do que cuidando da educação dos filhos. c) A televisão tem contribuído para tornar as pessoas mais agressivas, na medida em que expõe uma programação que banaliza a violência e deixa os sujeitos insensíveis. d) A mensagem veiculada nos dois quadros poderia ser substituída pelo ditado: Dize-me com quem andas e te direi quem és., mantendo-se a ideia expressa no texto original. e) Os atos infratores cometidos pelos jovens podem estar relacionados à falta de diálogo na família e ao mau exemplo dos pais. Texto para a questão 10

6 MATEMÁTICA 11. O gráfico representa o número de alunos de uma escola distribuídos por idade. Sabese que os alunos com exatamente 15 anos correspondem à quinta parte do grupo de idade a que pertence. Se um aluno dessa escola é escolhido ao acaso, a probabilidade de esse aluno ter exatamente 15 anos é c) 6250 m 2 d) 3150 m 2 e) 1250 m Ter condições de acessibilidade a espaços e equipamentos urbanos é um direito de todo cidadão. A construção de rampas, nas entradas de edifícios que apresentam escadas, garante a acessibilidade principalmente às pessoas com deficiência física ou com mobilidade reduzida. Pensando nisso, na entrada de uma ETEC onde há uma escada de dois degraus iguais, cada um com 15 cm de altura, pretende-se construir uma rampa para garantir a acessibilidade do prédio a todos. Essa rampa formará com o solo um ângulo de 30, conforme a figura. a) 2. 5 b) c) 2. 9 d) e) O menor número de elementos de um conjunto X N, sendo N o conjunto dos números naturais, que possui 5 números primos, 5 números pares e 5 números ímpares é a) 9. b) 10. c) 11. d) 12. e) A razão entre a área construída e a área sem construções de um terreno é de Se a área construída é de 150 m 2, qual é a área sem construções? a) m 2 b) 7500 m 2 Sendo assim, conclui-se que o comprimento da rampa será, em metros, a) 6. b) 5. c) 4. d) 3. e) Marcelo viajava de avião, quando, pelo alto-falante, o comandante do voo deu uma série de informações técnicas, entre elas, a de que estavam voando a uma altitude de pés. Como está acostumado com o sistema métrico decimal, Marcelo ficou curioso e assim que chegou a seu destino fez uma pesquisa e descobriu que a unidade de medida pé equivale aproximadamente a 30 cm. Então, determinou que a altitude do avião, em metros, era a) 5,4 b) 54 c) 540 d) e)

7 16. Assinale a alternativa com a afirmação CORRETA. a) O produto de dois números racionais não nulos e opostos um do outro é sempre negativo. b) O valor de uma potência de base negativa é menor que zero. c) Todo número negativo elevado ao quadrado é menor que zero. d) e) = = Considere as seguintes afirmações. 1) O máximo divisor comum de dois números é 8 e o mínimo múltiplo comum é 72. Então o produto desses números é ) Se y 3 = 147x com x, y N*, então o menor valor de x para o qual a igualdade se verifica é 3. 3) Quaisquer que sejam dois números naturais primos entre si, então necessariamente ambos são primos. Associando V ou F a cada afirmação, nessa ordem, conforme seja verdadeira ou falsa, tem-se a) F F F b) F V F c) V V V d) F V V e) V F F 18. Considere as afirmações a seguir. I - 12% de 30 é igual a 30% de 12. II - Com os números 7, 12, 15 e 13 pode-se escrever uma proporção. III - As dificuldades de dois trabalhos estão na razão 3/4. Um operário que faz 20 m do primeiro trabalho faria 10 m do segundo no mesmo tempo. b) Se apenas III é verdadeira. c) Se apenas I e III são verdadeiras. d) Se todas as afirmativas são verdadeiras. e) Se todas as afirmativas são falsas. 19. Considere as afirmações abaixo. I - Um número natural representado no sistema decimal é divisível por 9 se e somente se a soma de seus dígitos for divisível por 9. II - Se um número inteiro não é impar, então o seu quadrado não é impar. III é um número primo. Associe cada uma delas as letras 'V' se for verdadeira e 'F' caso seja falsa. Na ordem representada temos: a) V - F - V b) V - V - F c) F - V - V d) V - V - V e) V - F - F 20. Somando-se 3 ao numerador de uma fração, ela se torna equivalente a 1; somando-se 3 ao denominador, ela se torna equivalente a 2, então a fração é 3 a) b) c) d) e) Assinale: a) Se apenas I é verdadeira.

8 CONHECIMENTO ESPECÍFICO 21. Segundo o Ministério da saúde, durante a gestação, as visitas domiciliares deverão ser realizadas, preferencialmente, pelos agentes comunitários, na frequência possível para cada localidade, porém, no mínimo a) uma por gestação. b) duas por gestação. c) três por gestação. d) quatro por gestação. e) sete por gestação. 22. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a adolescência propriamente dita compreende o período entre a) 10 a 14 anos. b) 15 e 19 anos. c) 10 e 19 anos. d) 10 e 15 anos. e) 11 e 21 anos. 23. Para a rubéola, como se trata de uma doença contagiosa, a vacinação é o principal meio de controle, sendo utilizada a vacina tríplice viral, que também imuniza contra a) a meningite e o sarampo. b) a caxumba e a meningite. c) a meningite e a hepatite. d) a caxumba e o sarampo. e) a gripe e o hantavírus. 24. Na dengue, o tempo médio do ciclo é de a) 5 a 6 dias. b) 10 a 15 dias. c) 5 a 15 dias. d) 2 a 10 dias. e) 6 a 12 dias. 25. Sobre vigilância Sanitária (VISA) é INCORRETO afirmar: a) A vigilância Sanitária (VISA) é por definição um conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde b) A VISA no Brasil, é executada por um conjunto de órgãos que compõem a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, coordenado pelo Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, ligado diretamente ao Ministério da Saúde. c) No estado, a competência é da Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária e no município, compete aos órgãos de VISA, integrantes da Secretaria Municipal de Saúde. d) Todos os órgãos tem atribuições de normatizar e fiscalizar em caráter complementar e harmônico, dentro dos princípios de hierarquização e descentralização das ações, seguindo o modelo de organização proposto pelo SUS. e) A VISA atua também na investigação de reações adversas, medicamentos, sangue e produtos de uso hospitalar, além de intoxicação por ingestão de alimentos ou bebidas, produtos químicos e venenos naturais. 26. Sobre o Agente Comunitário de Saúde, é INCORRETO afirmar que: a) Constitui um elo entre a comunidade e o sistema de saúde. b) Pode distribuir e aplicar vacinas em casos de visitas domiciliares onde o paciente não pode ser conduzido a uma unidade de saúde. c) Tem como responsabilidade atualizar o cadastro das famílias. d) Por Lei, deve residir na área da comunidade que atuar. e) Deve haver concluído com aproveitamento o curso de qualificação básica para formação de ACS. 27. São exemplos de proteção a saúde, EXCETO: a) Vacinação contra hepatite B. b) Utilização de camisinha feminina ou masculina. c) Exame manual de mama. d) Exame diagnóstico de AIDS em paciente com sífilis. e) Controle da qualidade do sangue. 28. As medidas de controle e manejo populacional de escorpiões baseiam-se na retirada/coleta dos escorpiões e modificação das condições do ambiente a fim de torná-lo

9 desfavorável à ocorrência, permanência e proliferação destes animais. São medidas que podem ser tomadas na área externa do domicílio das quais é INCORRETO afirmar: a) Acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes apropriados e fechados, e entregá-los para o serviço de coleta. b) Eliminar fontes de alimento para os escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados; c) Evitar a formação de ambientes favoráveis ao abrigo de escorpiões, como obras de construção civil e terraplenagens que possam deixar entulho, superfícies sem revestimento, umidade etc; d) Remover periodicamente materiais de construção e lenha armazenados, evitando o acúmulo exagerado; e) Preservar os inimigos naturais dos escorpiões, especialmente aves de hábitos noturnos (corujas, joão-bobo, etc.), pequenos macacos, quati, lagartos, sapos e gansos e principalmente galinhas. 29. O ciclo do Aedes aegypti é composto por quatro fases que inclui, EXCETO: a) Ovo b) Larva c) Cercária d) Pupa e) Adulto 30. Sobre a transmissão do HIV é INCORRETO afirmar: a) Sangue e líquidos são grosseiramente contaminados por sangue, sêmen, secreções vaginais e leite materno. b) Pode ocorrer transmissão no sexo vaginal, oral e anal. c) Os beijos sociais (beijo seco, de boca fechada) são seguros (risco zero) quanto a transmissão do vírus, mesmo que uma das pessoas seja portadora do HIV. d) Os apertos de mão e abraços não transmitem HIV. e) Os beijos de boca aberta são considerados de médio risco quanto a uma possível transmissão do HIV. 31. São cuidados que devem ser tomados com a pessoa doente para evitar o contágio por Influenza A H1N1, EXCETO: a) A pessoa com a gripe deve permanecer em seu domicílio durante 30 dias após o inicio dos sintomas. b) Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal. c) Evitar tocar olhos, nariz ou boca. d) Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete, especialmente depois de tossir ou espirrar. e) Manter o ambiente ventilado. 32. Sobre a distribuição geográfica e prevalência da leishmaniose visceral é INCORRETO afirmar: a) A leishmaniose visceral ocorre apenas nas Américas. b) Áreas mais endêmicas no Brasil é o Nordeste. c) Certo grau de umidade é necessário, razão pela qual os casos ocorrem em vales, margens de rios, de lagos e incidem em certas épocas do ano. d) Áreas rurais são mais atingidas pela endemia. e) Condições de habitação miseráveis (barro) próximas a matas e quintais com criação de animais domésticos (reservatório para o homem). 33. No âmbito da União, a direção do SUS é exercida pelo(a) a) Secretaria de Saúde Federal. b) Secretaria de Saúde Estadual. c) Congresso Federal. d) Ministério da Saúde. e) Presidente da República. 34. São ações do Pacto em Defesa do SUS, EXCETO: a) Articulação e apoio à mobilização social pela promoção e desenvolvimento da cidadania, tendo a questão da saúde como um dever. b) Elaboração e publicação da Carta dos Direitos dos Usuários da Saúde. c) Ampliação e fortalecimento das relações com os movimentos sociais, especialmente

10 os que lutam pelos direitos da saúde e pela cidadania. d) Estabelecimento de diálogo com a sociedade além dos limites institucionais do SUS. e) Aprovação de um orçamento geral do SUS, composto pelos orçamentos das três esferas de gestão, explicitando o compromisso de cada uma delas em ações e serviços de saúde, de acordo com a Constituição Federal. 35. Sobre a LEI 8080/90 das Atribuições Comuns; Art. 15º A União, os estados, o Distrito Federal e os municípios exercerão, em seu âmbito administrativo, as seguintes atribuições: I. Definição das instâncias e mecanismos de controle, avaliação e fiscalização das ações e serviços de saúde; II. Administração dos recursos orçamentários e financeiros destinados, em cada mês, à saúde; III. Acompanhamento, avaliação e divulgação do nível de saúde da população e das condições ambientais; IV. Organização e coordenação do sistema de informação em saúde; V. Elaboração e execução de normas técnicas e estabelecimento de padrões de qualidade e parâmetros de custos que caracterizam a assistência à saúde; Estão CORRETAS: a) I, II, III e V. b) I, III e IV. c) II, III e V. d) II e IV. e) I, II, III, IV e V. 36. O Programa de Saúde da Família segue os princípios da Atenção Primária à Saúde que são, EXCETO: a) Longitudinalidade. b) Coordenação. c) Equidade. d) Territorialização. e) Trabalho em Equipe. d) Schistosoma trichiura. e) Schistosoma vulpis. 38. É uma medida tomada que visa reduzir o volume e peso do lixo, transformando-o em cinzas. Não é aconselhável porque há emissão de dióxido de carbono e liberação de substâncias tóxicas que, se não controladas, causam problemas sérios à saúde. a) Incineração b) Compostagem c) Reciclagem d) Absorção e) Depuração 39. Se o adolescente já recebeu anteriormente três ou mais doses das vacinas DTP, DT ou dt, então deve receber uma dose de reforço. As vacinas de reforço são necessárias a cada dez anos. No caso de ferimentos graves, antecipar a dose de reforço para cinco anos após a última dose da vacina contra tétano. O intervalo mínimo entre as doses é de a) 10 dias. b) 15 dias. c) 30 dias. d) 45 dias. e) 60 dias. 40. A sobrevida do vírus da influenza fora do organismo é, em média, em superfícies duras e não porosas, em roupas, papéis e tecidos, e cinco minutos nas mãos. A alternativa que preenche corretamente a coluna é: a) 24 a 48 horas e 8 a 12 horas. b) 18 a 8 horas e 4 a 6 horas. c) 24 a 48 horas e 2 a 8 horas. d) 24 a 72 horas e 12 a 24 horas. e) 12 a 8 horas e 30 minutos a 2 horas. 37. A Esquistossomose é transmitida pelo a) Schistosoma campânula. b) Schistosoma mansoni. c) Schistosoma obsignata.

11 PROSPOSTA DE REDAÇÃO A questão do lixo nas sociedades de consumo Meio ambiente e ecologia são assuntos normalmente incômodos para líderes governamentais, pois colocam em evidência a difícil relação entre a sociedade de consumo e a natureza. Com o culto ao novo, ao tecnológico, produtos que poderiam durar anos passam a ser descartados em tempos curtíssimos e de modo irregular, acelerando a geração de lixo. O uso desenfreado do plástico é outro problema, pois seu longo período de vida faz com que os danos à natureza sejam agravados. Pressionados por defensores do meio ambiente, órgãos do governo criam, às vezes, medidas isoladas, como a que proibiu a distribuição de sacolinhas plásticas em supermercados e outros pontos comerciais. Mas, afinal, o lixo é responsabilidade de quem? Que problemas ele pode trazer futuramente para a sociedade? O que precisa ser feito para que o lixo não provoque estragos ainda maiores ao meio ambiente e, consequentemente, à vida no planeta? Leia os textos da coletânea e depois redija uma dissertação argumentativa em prosa sobre o tema: A questão do lixo nas sociedades de consumo. ELABORE UMA DISSERTAÇÃO CONSIDERANDO AS IDEIAS A SEGUIR Por uma vida menos plástica? Desde os anos 1970, as sacolinhas cumprem duas funções essenciais na rotina dos brasileiros. Servem para carregar as compras do supermercado e embalar o lixo doméstico. O problema, alertam os ambientalistas, surge na hora do descarte do produto. Essas mesmas sacolas plásticas, por descuido ou desleixo, entopem bueiros, causando alagamentos nas cidades. Seu longo ciclo de vida (demoram mais de 100 anos para se degradarem) faz ainda com que abarrotem aterros sanitários, onde correspondem a até 10% do lixo. Carregadas para rios e mares, as sacolinhas poluem o ecossistema e matam por asfixia ou indigestão animais marinhos, como peixes, aves e tartarugas. O fato é que a natureza simplesmente não conseguiu, até agora, encontrar um meio de digerir com eficiência esses "monstros" de polietileno. A solução, então, seria a sociedade livrar-se deste incômodo. Mas como? Algumas prefeituras e governos de Estados brasileiros tentaram criar leis que proibissem o fornecimento de sacolinhas em supermercados. Representantes da indústria de plástico recorreram à Justiça, que por sua vez considerou os projetos de lei inconstitucionais. [UOL Educação: Atualidades] Aterro sanitário: solução protelatória que pode agravar o problema do lixo

12 A multiplicação do lixo Produzido anualmente pela Abrelpe - Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil referente ao ano de 2010 não trouxe boas notícias aos brasileiros: o estudo mostrou que, no ano em que foi criada a PNRS - Política Nacional de Resíduos Sólidos, a produção e destinação final do lixo brasileiro sofreu retrocessos. Segundo a pesquisa, o volume de RSU - Resíduos Sólidos Urbanos gerado em 2010 pela população é 6,8% superior ao registrado pelo Panorama em Foram quase 61 milhões de toneladas de lixo produzidos nos últimos doze meses e o aumento populacional no país não é desculpa para esse crescimento: o estudo mostrou que a geração de resíduos aumentou seis vezes mais do que a população em 2010, o que significa que, no ano, cada brasileiro produziu, sozinho, uma média de 378 kg de lixo. E as más notícias não param por aí: o Panorama concluiu, ainda, que a quantidade de RSU com destinação inadequada aumentou quase dois milhões de toneladas, com relação a 2009: foram 23 milhões de toneladas encaminhadas a lixões e aterros controlados - que, por não possuírem mecanismos adequados de disposição e armazenamento do lixo, contaminam o solo e a água - contra 21,7 milhões, em [Planeta Sustentável] Prédios acumulam lixo reciclável por falta de coleta São Paulo - Os condomínios da cidade de São Paulo têm acumulado lixo reciclável por falta de coleta seletiva. A demanda está cada vez maior, mas a estrutura da Prefeitura, com 21 centrais de triagem, não consegue atender ao processamento diário de todo o material produzido na capital. Os síndicos jogam o lixo que poderia ser reciclado com os detritos comuns. De 2009 para 2011, o volume médio de resíduos c oletados diariamente na cidade de São Paulo teve um aumento de 12,5%. Passou de 16 mil toneladas por dia para 18 mil. A quantidade de itens enviados para a reciclagem, porém, continua por volta de 1% do total. Passou de 120 toneladas (0,71%) por dia em 2009, para 214 (1,13%) em "O ideal é que a cidade estivesse reciclando cerca de 25% do total do lixo produzido", disse a arquiteta e urbanista Nina Orlow, da Rede Nossa São Paulo. De acordo com Nina, a cidade precisa fazer um estudo gravimétrico (separação e pesagem) do lixo coletado diariamente, o que traduz o porcentual de cada componente recolhido. [Estadão] Observações ü ü ü ü ü Seu texto deve ser escrito na norma culta da língua portuguesa; Deve ter uma estrutura dissertativa-argumentativa; Não deve estar redigido sob a forma de poema (versos) ou narração; A redação deve ter no mínimo 15 e no máximo 30 linhas escritas; e Não deixe de dar um titulo à sua redação.

13 REDAÇÃO OFICIAL

ELABORE UMA DISSERTAÇÃO CONSIDERANDO AS IDEIAS A SEGUIR:

ELABORE UMA DISSERTAÇÃO CONSIDERANDO AS IDEIAS A SEGUIR: Disciplina Curso Profª Série REDACÃO Ensino Médio Silvia 3º PROPOSTA DE OUTUBRO A questão do lixo nas sociedades de consumo Meio ambiente e ecologia são assuntos normalmente incômodos para líderes governamentais,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA FILOMENA PE CONCURSO PUBLICO 2011

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA FILOMENA PE CONCURSO PUBLICO 2011 15 QUESTÕES DE SAÚDE PUBLICA 01-São exemplos de proteção a saúde, EXCETO: A. Vacinação contra hepatite B. B. Utilização de camisinha feminina ou masculina. C. Exame manual de mama. D. Exame diagnóstico

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ESTADO DO PARÁ MUNICÍPIO DE CURUÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ - CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 23 de Agosto de 2009 NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE

Leia mais

Ideal Qualificação Profissional

Ideal Qualificação Profissional 2 0 1 1 Finalista Estadual - SP Categoria Serviços de Educação 2 0 1 2 Vencedora Estadual - SP Categoria Serviços de Educação 2 0 1 2 Finalista Nacional Categoria Serviços de Educação Apresentação O desenvolvimento

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 -

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 - CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS/MG - EDITAL 1/2014 - ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Auxiliar de Mecânico

Leia mais

TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR

TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR TESTE SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO Nº 001/2014 DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS MUNICÍPIO DE MARMELEIRO-PR CADERNO DE PROVA CARGO: ESTAGIÁRIO DO DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE

Leia mais

Ministério da Saúde esclarece as principais dúvidas sobre a doença e apresenta recomendações para viajantes internacionais.

Ministério da Saúde esclarece as principais dúvidas sobre a doença e apresenta recomendações para viajantes internacionais. Ministério da Saúde esclarece as principais dúvidas sobre a doença e apresenta recomendações para viajantes internacionais. Fonte: Agência Fiocruz 1. Há casos de influenza A (H1N1) no Brasil? Não. Até

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO: O LIXO QUE VIROU LUXO

PROJETO DIDÁTICO: O LIXO QUE VIROU LUXO PROJETO DIDÁTICO: O LIXO QUE VIROU LUXO Maria do Socorro dos Santos EEEFM José Soares de Carvalho socorrosantosgba@gmail.com Paula Priscila Gomes do Nascimento Pina EEEFM José Soares de Carvalho paulapgnascimento@yahoo.com.br

Leia mais

QUEM É A PESSOA IDOSA?

QUEM É A PESSOA IDOSA? INTRODUÇÃO Líder, este caderno é seu, para cadastrar e acompanhar as pessoas idosas no domicílio. Ele contém os principais indicadores que nos levam a conhecer a realidade na qual vivem as pessoas, permitindo

Leia mais

Práticas Verdes Para Condomínios

Práticas Verdes Para Condomínios Guia de Práticas Verdes Para Condomínios A economia que faz bem para o seu bolso e para o meio ambiente Com o objetivo de incentivar e disseminar práticas sustentáveis em condomínios, o Secovi Rio criou

Leia mais

Influenza A (H1N1): Perguntas e Respostas

Influenza A (H1N1): Perguntas e Respostas Influenza A (H1N1): Perguntas e Respostas Para entender a influenza: perguntas e respostas A comunicação tem espaço fundamental na luta contra qualquer doença. Um exemplo é o caso do enfrentamento da influenza

Leia mais

Como proceder à notificação e para onde encaminhá-la?

Como proceder à notificação e para onde encaminhá-la? Se a família não quiser ou não puder assumir a notificação, o educador deverá informar a família que, por força da lei, terá que notificar o fato aos órgãos competentes. Como proceder à notificação e para

Leia mais

Geração de Energia a partir do lixo urbano. Uma iniciativa iluminada da Plastivida.

Geração de Energia a partir do lixo urbano. Uma iniciativa iluminada da Plastivida. Geração de Energia a partir do lixo urbano. Uma iniciativa iluminada da Plastivida. Plástico é Energia Esta cidade que você está vendo aí de cima tem uma população aproximada de 70.000 mil habitantes e

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA PROVA OBJETIVA PROCESSO SELETIVO DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Prezado candidato(a), você recebeu o seguinte material: - um caderno de questões contendo 30 (trinta) questões

Leia mais

Prova do Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate de Endemias. SEMSA - Ponte Nova MG

Prova do Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate de Endemias. SEMSA - Ponte Nova MG Prova do Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate de Endemias. SEMSA - Ponte Nova MG Nome: Nota: INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA (LEIA ATENTAMENTE!) 1. A prova é individual

Leia mais

CENTRAL DE CONVÊNIOS PROCESSO SELETIVO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE DE RIO GRANDE DA SERRA EDITAL Nº 01/2015. Agente Comunitário de Saúde

CENTRAL DE CONVÊNIOS PROCESSO SELETIVO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE DE RIO GRANDE DA SERRA EDITAL Nº 01/2015. Agente Comunitário de Saúde www.gsaconcursos.com.br CENTRAL DE CONVÊNIOS PROCESSO SELETIVO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE DE RIO GRANDE DA SERRA EDITAL Nº 01/2015 Agente Comunitário de Saúde A formiga e a pomba Uma formiga sedenta chegou

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

Sistema Único de Saúde (SUS)

Sistema Único de Saúde (SUS) LEIS ORGÂNICAS DA SAÚDE Lei nº 8.080 de 19 de setembro de 1990 Lei nº 8.142 de 28 de dezembro de 1990 Criadas para dar cumprimento ao mandamento constitucional Sistema Único de Saúde (SUS) 1 Lei n o 8.080

Leia mais

Ocorrências de casos humanos de influenza suína no México e EUA Informe do dia 26.04.09, às 13h

Ocorrências de casos humanos de influenza suína no México e EUA Informe do dia 26.04.09, às 13h Ministério da Saúde Gabinete Permanente de Emergências em Saúde Pública ALERTA DE EMERGÊNCIA DE SAÚDE PÚBLICA DE IMPORTÂNCIA INTERNACIONAL Ocorrências de casos humanos de influenza suína no México e EUA

Leia mais

CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS

CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS ORIENTAÇÃO AOS PEDAGOGOS Todas as informações constantes nesta cartilha devem ser levadas ao conhecimento de todos os alunos,

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S C ONCURSO PÚBLICO 03 / JUNHO / 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 6 PROVAS: CARGO: ASSISTENTE LEGISLATIVO PORTUGUÊS RACIOCÍNIO LÓGICO ESPECÍFICA LEIA ATENTAMENTE

Leia mais

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa Meio Ambiente 4 0 a O - fu dame tal Cuidar da vida também é coisa de criança Justificativa PROJETOS CULTURAIS Na idade escolar, as crianças estão conhecendo o mundo (Freire, 1992), sentindo, observando,

Leia mais

Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE

Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE Segurança, Meio Ambiente e Saúde QHSE Preservação e Conservação A preservação é o esforço para proteger um ecossistema e evitar que ele seja modificado. Depende também da presença e ação do homem sobre

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 4.194, DE 2012 (Do Sr. Onyx Lorenzoni)

PROJETO DE LEI N.º 4.194, DE 2012 (Do Sr. Onyx Lorenzoni) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 4.194, DE 2012 (Do Sr. Onyx Lorenzoni) Dispõe sobre obrigatoriedade da fabricação, distribuição e utilização de sacolas plásticas fabricadas em material degradável

Leia mais

EDITAL Nº 008/2013 VESTIBULAR 2013/2 ENGENHARIA MECÂNICA - UCEFF FACULDADES

EDITAL Nº 008/2013 VESTIBULAR 2013/2 ENGENHARIA MECÂNICA - UCEFF FACULDADES EDITAL Nº 008/2013 VESTIBULAR 2013/2 ENGENHARIA MECÂNICA - UCEFF FACULDADES 1. ABERTURA A Faculdade de Empresarial de Chapecó mantida pela Unidade Central de Educação FAEM Faculdade Ltda UCEFF Faculdades,

Leia mais

Tabela 1 Total da população 2010 Total de homens Total de mulheres Homens % Mulheres % Distrito Federal 2.562.963 1.225.237 1.337.

Tabela 1 Total da população 2010 Total de homens Total de mulheres Homens % Mulheres % Distrito Federal 2.562.963 1.225.237 1.337. PROGRAMA TÉMATICO: 6229 EMANCIPAÇÃO DAS MULHERES OBJETIVO GERAL: Ampliar o acesso das mulheres aos seus direitos por meio do desenvolvimento de ações multissetoriais que visem contribuir para uma mudança

Leia mais

REVISÃO DE MATEMÁTICA PG 2ª Unidade Letiva / 2015 NOME DO ALUNO: Nº TURMA: 6J

REVISÃO DE MATEMÁTICA PG 2ª Unidade Letiva / 2015 NOME DO ALUNO: Nº TURMA: 6J REVISÃO DE MATEMÁTICA PG 2ª Unidade Letiva / 2015 PROFESSORA: ERICA FERRÃO BORTOLUCCI REVISÃO 08 6ª ANO NOME DO ALUNO: Nº TURMA: 6J Observações gerais Leia com atenção! preencha corretamente o cabeçalho;

Leia mais

PROJETO PLANETA NA MENTE, CONSUMO CONSCIENTE!

PROJETO PLANETA NA MENTE, CONSUMO CONSCIENTE! PROJETO PLANETA NA MENTE, CONSUMO CONSCIENTE! ENFOQUE De acordo com o dia mundial sem compras, 27 de novembro de 2012, criamos o PLANETA NA MENTE, CONSUMO CONSCIENTE!. Trata-se de uma Campanha que tem

Leia mais

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de

QUESTÃO 1 Nessa charge, o autor usou três pontos de exclamação, na fala da personagem, para reforçar o sentimento de Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6.O ANO EM 2013 Disciplina: Prova: português desafio nota: Texto para a questão 1. (Disponível em: )

Leia mais

Eixo Temático ET-13-003 - Educação Ambiental

Eixo Temático ET-13-003 - Educação Ambiental 482 Anais do Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental e Sustentabilidade - Vol. 2: Congestas 2014 Eixo Temático ET-13-003 - Educação Ambiental OS DESAFIOS DO LIXO NOS DIVERSOS AMBIENTES Viviane Susy de

Leia mais

REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO

REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO REVISÃO 2º BIMESTRE LIXO E SEU DESTINO 1) Analise as alternativas sobre aspectos relacionados ao lixo e marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas. ( ) O lixo é caracterizado como tudo aquilo

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

76 Anos Educando para a Vida

76 Anos Educando para a Vida CIANSP - COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Rua Monsenhor Domingos Pinheiro, 35 Calafate/BH Fone: (31) 3334 6913 - coorden acao@colegiopied ade.co m.b r 76 Anos Educando para a Vida DISCIPLINA: REDAÇÃO PROFESSORA:

Leia mais

ESTRATÉGIAS E DESAFIOS PARA A IMPLANTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS

ESTRATÉGIAS E DESAFIOS PARA A IMPLANTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS ESTRATÉGIAS E DESAFIOS PARA A IMPLANTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Geraldo Antônio Reichert Coordenador da Câmara Temática de Resíduos Sólidos ABES Associação Brasileira de Engenharia Sanitária

Leia mais

VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE

VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE Um modelo de assistência descentralizado que busca a integralidade, com a participação da sociedade, e que pretende dar conta da prevenção, promoção e atenção à saúde da população

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015

CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 ESCOLA DE GOVERNO PROFESSOR PAULO NEVES DE CARVALHO FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Governo de Minas Gerais CONCURSO PÚBLICO VESTIBULAR/2015 2ª ETAPA Provas abertas: Matemática, História e Redação em Língua Portuguesa.

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE SOCIAL ESF - BAURU - Outubro 2013

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE SOCIAL ESF - BAURU - Outubro 2013 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE SOCIAL ESF - BAURU - Outubro 2013 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação

Leia mais

ESSA CAMPANHA VAI COLAR!

ESSA CAMPANHA VAI COLAR! ESSA CAMPANHA VAI COLAR! O selo postal é um importante veículo de comunicação dos valores de uma sociedade. Com a emissão dos 8 (oito) selos apresentados nesta Cartilha, os Correios, por meio da Filatelia,

Leia mais

Projeto de Decreto. (Criar uma denominação/nome própria para o programa)

Projeto de Decreto. (Criar uma denominação/nome própria para o programa) Projeto de Decreto Dispõe sobre as atribuições e competência do Programa de Execução de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto, atendendo à Resolução do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente,

Leia mais

Perguntas e Respostas Influenza A (atualizado em 11/06/2009) MINISTÉRIO DA SAÚDE Assessoria de Comunicação

Perguntas e Respostas Influenza A (atualizado em 11/06/2009) MINISTÉRIO DA SAÚDE Assessoria de Comunicação Perguntas e Respostas Influenza A (atualizado em 11/06/2009) MINISTÉRIO DA SAÚDE Assessoria de Comunicação 1) Qual a diferença entre o nível 5 e o nível 6? O que difere os níveis de alerta 5 e 6 é o aumento

Leia mais

Seres vivos. Mensagens aos jovens. Proposta 1

Seres vivos. Mensagens aos jovens. Proposta 1 Mensagens aos jovens Nós, jovens, devemos nos organizar para a construção de projetos, em que possamos, juntos com a população e os órgãos responsáveis, nos responsabilizar pelo bem-estar do nosso patrimônio.

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE DISCIPLINA: Língua Portuguesa Texto 2 Jovens estão consumindo mais álcool O álcool é a droga mais usada entre jovens com menos de 18 anos. Estudo feito pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Leia mais

Lição 5. Instrução Programada

Lição 5. Instrução Programada Instrução Programada Lição 5 Na lição anterior, estudamos a medida da intensidade de urna corrente e verificamos que existem materiais que se comportam de modo diferente em relação à eletricidade: os condutores

Leia mais

Educação Ambiental e Promoção da Saúde. Francisco Tavares Guimarães Rosângela Minardi Mitre Cotta Rodrigo Siqueira-Batista

Educação Ambiental e Promoção da Saúde. Francisco Tavares Guimarães Rosângela Minardi Mitre Cotta Rodrigo Siqueira-Batista Educação Ambiental e Promoção da Saúde Francisco Tavares Guimarães Rosângela Minardi Mitre Cotta Rodrigo Siqueira-Batista Educação Ambiental e Promoção da Saúde G978 24p. Guimarães, Francisco Tavares.

Leia mais

Seminário Sobre Reunir Registros

Seminário Sobre Reunir Registros Seminário Sobre Reunir Registros Esta lição e seus recursos de aprendizado podem ser usados para preparar um seminário de três a quatro horas sobre preparar, reunir, processar e entregar os registros a

Leia mais

A contribuição do Projeto InterAção para a Gestão dos Resíduos Sólidos em Viçosa-MG.

A contribuição do Projeto InterAção para a Gestão dos Resíduos Sólidos em Viçosa-MG. A contribuição do Projeto InterAção para a Gestão dos Resíduos Sólidos em Viçosa-MG. (Projeto InterAção) Introdução Com a tendência de um crescimento mundial da população, gerando um desenvolvimento industrial

Leia mais

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem 1) COMO FUNCIONA? O PROBLEMA OU SITUAÇÃO ANTERIOR Anteriormente, todos os resíduos recicláveis ou não (com exceção do papelão), ou seja, papel, plásticos, vidros,

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO

CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO TEMA: ELABORAÇÃO DE PROJETOS COM FOCO NA FAMÍLIA Março/2010 ELABORAÇÃO DE PROJETOS ELABOR-AÇÃO: palavra-latim-elabore preparar, formar,ordenar AÇÃO: atuação, ato PRO-JETOS: palavra-latim-projetus

Leia mais

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade?

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Texto divulgado na forma de um caderno, editorado, para a comunidade, profissionais de saúde e mídia SBMFC - 2006 Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Não? Então, convidamos você a conhecer

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S C ONCURSO PÚBLICO 03 / JUNHO / 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 7 CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS RECEPCIONISTA E TELEFONISTA PROVAS: PORTUGUÊS MATEMÁTICA

Leia mais

Engenharia e Meio Ambiente

Engenharia e Meio Ambiente Engenharia e Meio Ambiente 1. ECOLOGIA 2. MEIO AMBIENTE 3. HABITAT E NICHO ECOLÓGICO 4. POTENCIAL BIÓTICO 5. RESISTÊNCIA AMBIENTAL 6. PEGADA ECOLÓGICA O QUE É ECOLOGIA? 1. Ciência que estuda as relações

Leia mais

INSTRUÇÕES NÃO SERÃO ACEITAS RECLAMAÇÕES FORMULADAS APÓS O INÍCIO DA PROVA. Não efetue qualquer marcação nos campos destinados à atribuição de notas.

INSTRUÇÕES NÃO SERÃO ACEITAS RECLAMAÇÕES FORMULADAS APÓS O INÍCIO DA PROVA. Não efetue qualquer marcação nos campos destinados à atribuição de notas. INSTRUÇÕES Verifique, com muita atenção, este Caderno de QUESTÕES que deverá conter 14 (treze) questões de múltipla escolha, sendo 10 (dez) de Conhecimentos Específicos de Publicidade e Propaganda e 4

Leia mais

Informe sobre a gripe causada pelo novo vírus Influenza A/H1N1

Informe sobre a gripe causada pelo novo vírus Influenza A/H1N1 Informe sobre a gripe causada pelo novo vírus Influenza A/H1N1 DOCUMENTO PARA O PÚBLICO EM GERAL Coordenação: Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) Associação Médica Brasileira (AMB) Apoio e participação:

Leia mais

Agente de Combate a Endemias

Agente de Combate a Endemias Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 08. TEXTO: Agente de Combate a Endemias 5 10 15 20 Vistoria de residências, depósitos, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL O presente Programa é um instrumento que visa à minimização de resíduos sólidos, tendo como escopo para tanto a educação ambiental voltada

Leia mais

PREFEITURA DO RECIFE SECRETARIA DE SAÚDE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ACS DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO

PREFEITURA DO RECIFE SECRETARIA DE SAÚDE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ACS DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO PREFEITURA DO RECIFE SECRETARIA DE SAÚDE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ACS DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Não deixe de preencher as informações a seguir: NOME Nº DE IDENTIDADE

Leia mais

SUS: princípios doutrinários e Lei Orgânica da Saúde

SUS: princípios doutrinários e Lei Orgânica da Saúde Universidade de Cuiabá - UNIC Núcleo de Disciplinas Integradas Disciplina: Formação Integral em Saúde SUS: princípios doutrinários e Lei Orgânica da Saúde Profª Andressa Menegaz SUS - Conceito Ações e

Leia mais

MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE PARA A COMUNIDADE ESCOLAR. INFLUENZA A H1N1 junho de 2011

MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE PARA A COMUNIDADE ESCOLAR. INFLUENZA A H1N1 junho de 2011 CENTRO ESTADUAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE PARA A COMUNIDADE ESCOLAR INFLUENZA A H1N1 junho de 2011 Medidas de prevenção: Higienizar as mãos com água e sabonete/sabão antes

Leia mais

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 5º ANO ESPECIALIZADO E CURSO PREPARATÓRIO 4º SIMULADO/2014-2ª ETAPA MATEMÁTICA Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 01) Verifique o total de folhas (09) deste Simulado. Ele contém 20 (vinte)

Leia mais

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Municípios participantes Adrianópolis Bocaiúva do Sul Cerro Azul Doutor Ulysses Rio Branco do Sul Tunas do Paraná Itaperuçu Campo Magro Colombo Almirante Tamandaré

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

Equações do primeiro grau

Equações do primeiro grau Módulo 1 Unidade 3 Equações do primeiro grau Para início de conversa... Você tem um telefone celular ou conhece alguém que tenha? Você sabia que o telefone celular é um dos meios de comunicação que mais

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE 12:43 Page 1 INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE Jardins é Page 2 LIXO UM PROBLEMA DE TODOS Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso de todos. Uma pessoa é capaz

Leia mais

PROJETO CHICO MENDES: Ciclos da vida: ambiente, saúde e cidadania

PROJETO CHICO MENDES: Ciclos da vida: ambiente, saúde e cidadania 2010 PROJETO CHICO MENDES: Ciclos da vida: ambiente, saúde e cidadania Mogi Guaçu/SP PROJETO CHICO MENDES CICLOS DA VIDA: AMBIENTE, SAÚDE E CIDADANIA Equipe FMPFM Prof. Ms. Glauco Rogério Ferreira Desenvolvimento

Leia mais

PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC

PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC 26/07/2015 Nome do Candidato: CADERNO DE PROVA INSTRUÇÕES GERAIS: Caro (a) Candidato (a): Leia com o máximo de atenção e siga as seguintes

Leia mais

A IMPORTANCIA DO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS HOSPITALARES E SEUS ASPECTOS POSITIVOS PARA O MEIO AMBIENTE

A IMPORTANCIA DO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS HOSPITALARES E SEUS ASPECTOS POSITIVOS PARA O MEIO AMBIENTE A IMPORTANCIA DO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS HOSPITALARES E SEUS ASPECTOS POSITIVOS PARA O MEIO AMBIENTE Erica Grayce de Souza Silva 1 Hélio Rubens Jacintho Pereira Júnior 2 José Antonio Bueno 3 RESUMO O

Leia mais

A Segurança consiste na responsabilidade de saber e agir da maneira correta.

A Segurança consiste na responsabilidade de saber e agir da maneira correta. Segurança do Trabalho É o conjunto de medidas que versam sobre condições específicas de instalações do estabelecimento e de suas máquinas visando à garantia do trabalhador contra riscos ambientais e de

Leia mais

Manual do Padrinho. Projeto Adote um Município. Aperte enter para avançar

Manual do Padrinho. Projeto Adote um Município. Aperte enter para avançar Manual do Padrinho Projeto Adote um Município Aperte enter para avançar Caro Padrinho, Esse manual tem como objetivo passar orientações sobre o seu importante papel no âmbito do Projeto Adote um Município.

Leia mais

Gripe A (H1N1) de origem suína

Gripe A (H1N1) de origem suína Gripe A (H1N1) de origem suína A gripe é caracterizada como uma doença infecciosa com alto potencial de contagio causado pelo vírus Influenza. Este vírus apresenta três tipos, sendo eles o A, B e C. Observam-se

Leia mais

O terceiro passo foi a construção e análise de gráfico Produção de lixo doméstico por residência:

O terceiro passo foi a construção e análise de gráfico Produção de lixo doméstico por residência: Consumo, lixo e Cidadania Alunos do 8º ano aprofundam estudo do tema nas aulas de Geografia O projeto interdisciplinar Consumo, lixo e cidadania, que vem sendo desenvolvido com as turmas de 8º ano, está

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 010 DIVULGA JULGAMENTO DOS RECURSOS CONTRA A PROVA OBJETIVA

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 010 DIVULGA JULGAMENTO DOS RECURSOS CONTRA A PROVA OBJETIVA EDITAL COMPLEMENTAR Nº 010 DIVULGA JULGAMENTO DOS RECURSOS CONTRA A PROVA OBJETIVA A Presidenta da Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado da Secretaria Municipal de Educação de Alto Araguaia

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: ASSISTENTE SOCIAL CADERNO DE PROVAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: ASSISTENTE SOCIAL CADERNO DE PROVAS CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque é um parceiro VIH positivo numa relação com um homem.

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque é um parceiro VIH positivo numa relação com um homem. Informação ao participante e consentimento informado para o parceiro VIH positivo Estudo PARTNER O estudo PARTNER é um estudo levado a cabo com casais em que: (i) um parceiro é VIH positivo e o outro é

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau

Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau 1 Lembre-se de três coisas Não tocar Isole a pessoa doente Ligue para a linha de apoio 2 Se pensa que alguém

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

Informação Prova de equivalência à frequência

Informação Prova de equivalência à frequência Informação Prova de equivalência à frequência 2.º Ciclo do Ensino Básico 1ª e 2ª fases Ano Letivo 2014/2015 Disciplina: Ciências Naturais Duração: 90 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1-

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 SERVIÇO SOCIAL

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 SERVIÇO SOCIAL assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Política de Comunicação Institucional

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Política de Comunicação Institucional Política de Comunicação Institucional POLÍTICA PÚBLICA P DE COMUNICAÇÃO O homem é um ser social. O intercâmbio de suas experiências e de seus conhecimentos possibilitou que as pessoas se apropriassem dos

Leia mais

HIV. O vírus da imunodeficiência humana HIV-1 e HIV-2 são membros da família Retroviridae, na subfamília Lentividae.

HIV. O vírus da imunodeficiência humana HIV-1 e HIV-2 são membros da família Retroviridae, na subfamília Lentividae. A Equipe Multiprofissional de Saúde Ocupacional da UDESC lembra: Dia 01 de dezembro é dia mundial de prevenção à Aids! Este material foi desenvolvido por alunos do Departamento de Enfermagem da Universidade

Leia mais

GRATUITO CURSO COMPLETO DO SUS 17 AULAS 500 QUESTÕES COMENTADAS. Professor Rômulo Passos Aula 08

GRATUITO CURSO COMPLETO DO SUS 17 AULAS 500 QUESTÕES COMENTADAS. Professor Rômulo Passos Aula 08 1 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br GRATUITO CURSO COMPLETO DO SUS 17 AULAS 500 QUESTÕES COMENTADAS Professor Rômulo Passos Aula 08 Legislação do SUS Completo e Gratuito Página 1 2 www.romulopassos.com.br

Leia mais

"PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL"

PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL Reciclagem e Valorizaçã ção o de Resíduos Sólidos S - Meio Ambiente UNIVERSIDADE DE SÃO S O PAULO "PANORAMA DA COLETA SELETIVA DE LIXO NO BRASIL" Associação sem fins lucrativos, o CEMPRE se dedica à promoção

Leia mais

CADERNO DE PROVA FUNÇÃO: COORDENADOR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARÃO DE COCAIS/MG INSTRUÇÕES:

CADERNO DE PROVA FUNÇÃO: COORDENADOR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARÃO DE COCAIS/MG INSTRUÇÕES: PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL 01/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARÃO DE COCAIS/MG CADERNO DE PROVA FUNÇÃO: COORDENADOR NOME: DATA: / / INSCRIÇÃO Nº: CPF ou RG: INSTRUÇÕES: 1. Você recebeu sua folha

Leia mais

2 A Derivada. 2.1 Velocidade Média e Velocidade Instantânea

2 A Derivada. 2.1 Velocidade Média e Velocidade Instantânea 2 O objetivo geral desse curso de Cálculo será o de estudar dois conceitos básicos: a Derivada e a Integral. No decorrer do curso esses dois conceitos, embora motivados de formas distintas, serão por mais

Leia mais

Gripe H1N1 ou Influenza A

Gripe H1N1 ou Influenza A Gripe H1N1 ou Influenza A A gripe H1N1 é uma doença causada por vírus, que é uma combinação dos vírus da gripe normal, da aviária e da suína. Essa gripe é diferente da gripe normal por ser altamente contagiosa

Leia mais

DESTINO FINAL AMBIENTALMENTE CORRETO DAS EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICOS

DESTINO FINAL AMBIENTALMENTE CORRETO DAS EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICOS 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 DESTINO FINAL AMBIENTALMENTE CORRETO DAS EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICOS Raquel Ströher 1, Ana Paula Ströher 2, João Walker Damasceno 3 RESUMO: No Brasil,

Leia mais

GESTÃO E MANEJO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL

GESTÃO E MANEJO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL GESTÃO E MANEJO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL O Ministério Público e a implementação da Resolução CONAMA 307/2002 Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental Ministério

Leia mais

Manual do Voluntário. O Projeto Correspondentes

Manual do Voluntário. O Projeto Correspondentes Manual do Voluntário O Projeto Correspondentes A ação proposta pelo projeto Correspondentes é a troca regular de correspondências entre voluntários e crianças ou adolescentes que residem em abrigos ou

Leia mais

Coleção Verdeamarelo O que é a Coleção Verdeamarelo?

Coleção Verdeamarelo O que é a Coleção Verdeamarelo? Coleção Verdeamarelo O que é a Coleção Verdeamarelo? A Coleção Verdeamarelo é composta por material institucional de apoio pedagógico, elaborado na forma de HQ Histórias em Quadrinhos coloridos, para serem

Leia mais

11º GV - Vereador Floriano Pesaro

11º GV - Vereador Floriano Pesaro PROJETO DE LEI Nº 496/2010 Dispõe sobre a destinação final ambientalmente adequada de resíduos sólidos produzidos p o r c e n t r o s c o m e r c i a i s denominados shoppings centers e similares, e dá

Leia mais

Prova do Nível 1 (resolvida)

Prova do Nível 1 (resolvida) Prova do Nível (resolvida) ª fase 0 de novembro de 0 Instruções para realização da prova. Verifique se este caderno contém 0 questões e/ou qualquer tipo de defeito. Se houver algum problema, avise imediatamente

Leia mais

RECOMENDAÇÃO CONJUNTA Nº. 03/09

RECOMENDAÇÃO CONJUNTA Nº. 03/09 RECOMENDAÇÃO CONJUNTA Nº. 03/09 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS, pelos Promotores de Justiça que esta subscrevem, nos termos do artigo 129, inciso IX da Constituição Federal de 1988, do artigo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO INTEGRADO DE SANEAMENTO BÁSICO E RESÍDUOS SÓLIDOS PRIORIDADE INSTITUCIONAL 4 EIXOS DE ATUAÇÃO ELABORAÇÃO DOS PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO

Leia mais

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto 15.01.2012 - TARDE LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO FALTA PEDREIRO Superinteressante São Paulo, Abril, n. 280 Falta pedreiro, estão reclamando os mestres

Leia mais

o ojet Pr a Consciênci 1 Resíduos

o ojet Pr a Consciênci 1 Resíduos Projeto Consciência Resíduos 1 Qual é a diferença entre resíduo e lixo? 2 Qual é a diferença entre resíduo e lixo? Resíduo pode ser considerado qualquer material que sobra após uma ação ou processo produtivo.

Leia mais