Preâmbulo. Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº25082/2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Preâmbulo. Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº25082/2014"

Transcrição

1 Preâmbulo Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº25082/2014 Senhores(as): Date: 09 de maio de Solicitamos a apresentação de propostas para o fornecimento dos seguintes bens e/ou serviços: Lote 01 - Plataformas de coleta automática de dados PCDS. Lote 02 - Riversurvey m9 com hydroboard e itens sobressalentes. Lote 03 - Sonda multiparamétrica de qualidade de água com display 2. Para possibilitar a apresentação de propostas, encontre anexos os seguintes documentos: Anexo I. Folha de Dados Anexo II Termos de Referência Anexo III Critério de Avaliação Anexo IV Formulário de Submissão de Proposta Anexo V Tabela de Preço Anexo VI Minuta do Contrato E/ou Ordem de Compra 3. Licitantes interessadas podem obter maiores informações por meio dos seguintes endereços: Portal de Compras do PNUD: https://www.undp.org.br/licitações Telefone e Fax + 55 (61) // + 55 (61) As propostas devem ser entregues e protocolizadas no PNUD no endereço abaixo antes ou até 16:00 horas do dia 10 de junho de 2014 (horário de Brasília). As propostas recebidas após essa data serão rejeitadas: Referência: ITB 25082/2014 Endereço: Setor de Embaixadas Norte (SEN) Quadra 802 Conjunto C Lote 17 / Brasília, DF / CEP: , Brasil Atenção: Unidade de Compras e Contratos Telefone: Fax: As propostas serão abertas na presença dos representantes das Licitantes que comparecerem à sessão na data e local indicados no Edital. 6. Esse documento não deve ser considerado, em nenhuma hipótese, como uma garantia de contratação da vossa empresa. Cordialmente, Unidade de Compras e Contratos PNUD Brasil Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

2 A. Introdução INSTRUÇÕES AOS LICITANTES 1. Geral Constitui objeto desta licitação a aquisição dos bens/serviços, descritos no Anexo II Especificações Técnicas/Termos de Referência de acordo com as especificações, quantitativos e condições integrantes dos Documentos da Licitação, inclusive Anexos. 2. Licitantes Elegíveis Os Licitantes não deverão estar associados, nem haver estado, direta ou indiretamente, envolvidos com a entidade de licitação na prestação de serviços de consultoria destinados à elaboração das especificações e demais documentos da presente licitação. 3. Despesas na Elaboração da Proposta Os Licitantes deverão arcar com todas as despesas associadas com a elaboração e apresentação da Proposta, isentando e mantendo o PNUD indene de qualquer responsabilidade por todas as despesas, independentemente do processo ou do resultado da licitação. B. Documentos da Licitação 4. Conteúdo dos Documentos da Licitação Os Licitantes deverão observar todos os prazos, instruções, formulários e especificações contidos nos Documentos da Licitação. 5. Esclarecimentos sobre os Documentos da Licitação a) Os Licitantes poderão solicitar esclarecimentos sobre os Documentos da Licitação mediante correspondência escrita por meio do fax: , pelo correio eletrônico ou por correio para o endereço Setor de Embaixadas Norte (SEN) Quadra 802 Conjunto C Lote 17 / Brasília, DF / CEP: , Brasil, até o prazo mencionado no item correspondente dos Dados da Licitação. O PNUD responderá, por escrito, até o prazo definido no item correspondente dos Dados da Licitação. b) Serão enviadas cópias das respostas a todos os Licitantes que se cadastraram na forma prevista no Aviso de Licitação, sem identificação de sua origem. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

3 6. Alterações dos Documentos da Licitação a) O PNUD poderá, a qualquer tempo antes da abertura das Propostas, por iniciativa própria ou em atendimento a uma solicitação de esclarecimentos de um Licitante, alterar os Documentos da Licitação. b) Eventuais alterações serão obrigatoriamente comunicadas aos Licitantes que se cadastraram na forma prevista no Aviso de Licitação. Para possibilitar aos Licitantes a realização de ajustes em suas Propostas em virtude de alterações ocorridas nos Documentos da Licitação, o PNUD poderá, a seu critério, prorrogar o prazo de abertura das Propostas. C. Elaboração das Propostas 7. Idioma da Proposta A Proposta, os documentos a ela relacionados e demais correspondências trocadas entre o Licitante e o PNUD deverão ser redigidos no idioma indicado no item correspondente dos Dados da Licitação. 8. Documentação das Propostas A Proposta deve estar composta dos seguintes documentos: (a) Garantia de Proposta, caso exigida no item correspondente dos Dados da Licitação; (b) Proposta Técnica, contendo as especificações dos serviços/bens conforme o estabelecido no Anexo II Especificações Técnicas / Termos de Referência e os documentos necessários para o julgamento das Propostas Técnicas, conforme descrito no Anexo III Critérios de Avaliação. (c) Proposta Comercial, nos termos do item correspondente dos Dados da Licitação na forma do Anexo IV; Modelo de Submissão de Proposta Comercial. 9. Documentação de Elegibilidade e Habilitação a) Anteriormente à adjudicação o Licitante com a melhor proposta avaliada deverá submeter a documentação comprobatória de sua condição de licitante habilitado, de acordo com a Documentação de Habilitação Jurídico-Fiscal, Econômico-Financeira, nos termos do item correspondente dos Dados da Licitação. b) Na hipótese de o Licitante não ser o fabricante dos bens, deverá ser encaminhada comprovação de que o Licitante está autorizado junto ao Fabricante a comercializar os bens ofertados bem como Declaração de Solidariedade do Fabricante dos Bens por período compatível com os prazos propostos de garantia dos bens. 10. Documentação de Conformidade dos Bens/Serviços com os Documentos da Licitação Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

4 a) O Licitante deverá submeter a documentação que comprove a conformidade dos bens/serviços aos Documentos da Licitação. A documentação comprobatória - material impresso, literatura, desenhos, etc. - deverá estar contida na Proposta Técnica, com descrição detalhada das principais características técnicas e de performance. b) A Proposta Técnica deverá incluir também, se for o caso, informação quanto aos responsáveis pela manutenção e fornecimento de peças de reposição durante o período de garantia indicado no item correspondente dos Dados da Licitação. 11. Moeda e Preços da Proposta Os preços e valores dos bens/serviços constantes das propostas poderão ser cotados em qualquer moeda de livre conversibilidade. O Licitante deverá indicar no Anexo V Modelo de Planilha de Preços, quando aplicável, os preços unitários correspondentes e o preço total proposto na Licitação. 12. Prazo de Validade das Propostas As propostas deverão permanecer válidas pelo prazo indicado no item correspondente dos Dados da Licitação, contado a partir da data de abertura das Propostas. Em circunstâncias excepcionais, o PNUD poderá solicitar a prorrogação do prazo de validade das Propostas, mantendo-se as suas condições originais. 13. Garantia de Proposta a) O Licitante deverá apresentar Garantia de Proposta, quando exigido no item correspondente dos Dados da Licitação, e nas condições ali estipuladas. b) A Garantia de Proposta é exigida como forma de proteger a entidade de licitação contra riscos oriundos de conduta do Licitante que justifique a execução da garantia, de acordo com o disposto na alínea d mais adiante. c) A Garantia de Proposta será devolvida aos Licitantes não adjudicados após a assinatura do contrato e apresentação da Garantia de Execução do Contrato pelo Licitante vencedor. d) A Garantia de Proposta poderá ser executada se o Licitante retirar a sua proposta durante o período de validade da Proposta ou caso o Licitante seja adjudicado e deixe de firmar a Ordem de Compra/Contrato ou deixe de prover a Garantia de Execução de Contrato. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

5 D. Entrega das Propostas 14. Formato e Assinatura da Proposta O Licitante deverá submeter as Propostas, tanto técnica quanto comercial, em duas vias original e cópia devidamente identificadas, sem emendas, entrelinhas ou rasuras. Caso haja qualquer discrepância entre a via original e a cópia, prevalecerá a original. 15. Endereçamento e Identificação das Propostas O Licitante deverá lacrar, em envelopes separados, as vias originais e as cópias das Propostas Técnicas e Comerciais, identificando os respectivos envelopes como ORIGINAL e CÓPIA. Nos envelopes deverão constar, no verso, o nome e o endereço do Licitante, e no anverso o endereçamento constante no item correspondente dos Dados da Licitação. 16. Data Limite para a Entrega das Propostas a) Os envelopes que compõem as Propostas deverão ser entregues e protocolizada, devidamente lacrados, no seguinte endereço: Setor de Embaixadas Norte (SEN) Quadra 802 Conjunto C Lote 17 / Brasília, DF / CEP: , Brasil ou no ato da sessão de abertura, até a data e horário definidos no Aviso de Licitação e no item correspondente dos Dados da Licitação. b) O PNUD poderá, a seu critério, prorrogar o prazo para recebimento e abertura das propostas. c) As Propostas recebidas fora do prazo estabelecido serão rejeitadas e devolvidas lacradas aos Licitantes. d) Em caso de remessa por via postal, será de inteira responsabilidade do Licitante eventual extravio ou chegada intempestiva dos envelopes, hipótese em que será feita a devida comunicação e restituição ao remetente. 17. Modificação e Retirada de Propostas Os Licitantes poderão retirar suas Propostas depois de apresentadas e antes da abertura dos envelopes, desde que comunicado por escrito ao PNUD. Esse ato não impedirá os Licitantes de apresentarem novas Propostas, desde que dentro dos prazos estabelecidos. Nenhuma Proposta poderá ser alterada após a abertura das Propostas. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

6 E. Abertura e Avaliação das Propostas 18. Abertura das Propostas O PNUD abrirá todas as Propostas no horário, data e local especificados no Aviso de Licitação e no item correspondente dos Dados da Licitação. 19. Diligências a) O Comitê de Avaliação poderá diligenciar junto aos Licitantes ou terceiros para fins de esclarecimentos sobre as respectivas Propostas ou ainda, promover vistorias nas instalações dos Licitantes ou nas instalações de emitentes de documentos constantes nas Propostas. b) As diligências deverão ser realizadas por escrito e nenhuma alteração de preço ou na substância da proposta será permitida. 20. Avaliação Preliminar a) O PNUD examinará as Propostas para determinar se estão completas, se houve erros de cálculo, se os documentos são válidos e se as Propostas se ajustam, na sua substância, aos termos da licitação. b) Os erros aritméticos serão corrigidos da seguinte forma: caso haja discrepância entre o preço unitário e o preço total, o qual é obtido pela multiplicação do preço unitário pela quantidade, prevalecerá o preço unitário e o preço total será, então, corrigido. Caso o Licitante não ratifique a correção dos erros, a respectiva Proposta será rejeitada. Se houver discrepância entre valores por extenso e por algarismos, prevalecerá o valor por extenso. 21. Conversão em uma Única Moeda Para fins de comparação das propostas, será observado o procedimento definido no item correspondente dos Dados da Licitação. 22. Avaliação e Comparação das Propostas As Propostas serão avaliadas com base no atendimento às Especificações Técnicas/Termos de Referência e aos Critérios de Avaliação previamente especificados e nos demais termos do item correspondente dos Dados da Licitação. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

7 F. Contratação 23. Adjudicação O PNUD adjudicará a proposta do Licitante vencedor, de acordo com o Anexo III Critérios de Avaliação. 24. Alteração dos Quantitativos O PNUD se reserva no direito de aumentar ou reduzir em até 15% (quinze por cento) a quantidade dos bens/serviços especificados, sem que isto resulte em alteração nos preços unitários nem nos demais termos e condições da Proposta. 25. Notificação de Adjudicação A aceitação da Ordem de Compra/Contrato constitui um acordo entre as Partes em que os direitos e obrigações das Partes serão regidos unicamente pelos termos condições da Ordem de Compra/Contrato. 26. Assinatura da Ordem de Compra/Contrato O Licitante adjudicado deverá firmar a Ordem de Compra/Contrato e devolver ao PNUD juntamente com eventual Garantia de Execução do Contrato. 27. Garantia de Execução Para assinatura do Contrato, o Licitante adjudicado deverá apresentar ao PNUD, juntamente com as vias do contrato devidamente assinadas pela contratada, a Garantia de Execução do Contrato. A Garantia de Execução de Contrato, em favor do PNUD, deverá ser: (a) correspondente a 10% (dez por cento) do valor do contrato; (b) na forma de Cheque Administrativo, para empresas nacionais (para contratos com vigência inferior ou até 5 (cinco) meses); (c) ou na forma de Fiança Bancária, para empresas nacionais ou estrangeiras (para contratos com vigência superior a 5 (cinco) meses), com validade de 30 (trinta) dias após a data de término da vigência do Contrato. As garantias deverão ser apresentadas em moeda de livre conversibilidade. O PNUD reserva-se o direito de executar a Garantia de Execução do Contrato como compensação por quaisquer prejuízos resultantes do não-cumprimento por parte do fornecedor de suas obrigações contratuais. Se o licitante vencedor não efetuar a assinatura da Ordem de Compra/Contrato no prazo indicado ou não encaminhar a Garantia de Execução do Contrato nas condições estabelecidas, o PNUD reserva-se no direito de anular a adjudicação. Neste caso, o PNUD poderá adjudicar a Proposta que tenha sido avaliada como a próxima melhor classificada ou cancelar a licitação. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

8 Anexo I DADOS DA LICITAÇÃO Os Dados da Licitação complementam ou substituem as provisões contidas nas Instruções aos Licitantes. Em caso de eventual conflito entre as disposições das Instruções aos Licitantes e os Dados da Licitação, as provisões contidas nos Dados da Licitação prevalecerão sobre aquelas das Instruções aos Licitantes. Correspondência com as Instruções aos Licitantes Dados da Licitação 1. Geral 1.1. Normas Aplicáveis a) Convenção sobre Privilégios e Imunidades das Nações Unidas, aprovada pelo Decreto Legislativo n.º4, de 13 de fevereiro de 1948, ratificada pela República Federativa do Brasil em 15 de dezembro de 1949 e promulgada pelo Decreto n.º , de 16 de fevereiro de b) Acordo Básico de Assistência Técnica entre a República Federativa do Brasil e a Organização das Nações Unidas, aprovado pelo Decreto Legislativo n.º11, de 1966 e promulgado pelo Decreto n.º , de 23 de setembro de c) Normas e Procedimentos de licitações do PNUD. d) As Regras Internacionais para Interpretação dos Termos de Comércio INCOTERMS Disposições Gerais a) É vedado aos Licitantes a postulação de reivindicações não efetivadas dentro dos prazos regulamentares e nas etapas correspondentes da licitação. b) Qualquer fato que comprovadamente comprometa a conduta de qualquer dos Licitantes junto ao PNUD ou a qualquer entidade, e que dele o PNUD tenha ou venha a tomar conhecimento, poderá dar causa à rejeição da Proposta do Licitante, ou, se posteriormente à assinatura da Ordem de Compra/Contrato, ao cancelamento da respectiva Ordem de Compra/Contrato, sem que disto decorra qualquer ônus para o PNUD. c) O PNUD reserva-se no direito de declarar deserta ou anular, no todo ou em parte, a presente licitação, sem que aos Licitantes caibam direitos a reclamações ou pedidos de indenizações de quaisquer espécies. d) Para efeito de contagem de prazos no âmbito desta licitação, considerar-se-ão os dias consecutivos, salvo quando explicitamente disposto em contrário. e) Os desacordos ou divergências detectados serão esclarecidos acatando-se o especificado nos documentos abaixo e na ordem de prevalência indicada: 1 ª. Ordem de Compra/Contrato; 2 ª. Proposta; 3 ª. Especificações Técnicas/Termos de Referência. 1.3 Insumos Salvo se indicado no Anexo II Especificações Técnicas / Termos de Referência, nenhum material, Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

9 mão-de-obra ou instalações serão fornecidos pelo PNUD ou pelo BENEFICIÁRIO. 2. Licitantes Elegíveis 2.1. Participação e Responsabilidades a) Não poderão participar licitantes dos quais participem, seja a que título for, dirigentes ou servidores das entidades promotoras desta licitação ou que tenham pertencido a qualquer desses quadros até 06 (seis) meses antes da data de publicação desta licitação. b) Não poderão participar licitantes que se encontrem sob falência, recuperação judicial, concurso de credores, dissolução ou liquidação. c) Caso seja identificado impedimento de licitante em participar de licitações junto a ONU ou ao BENEFICIÁRIO, estará ele inabilitado para o certame. d) Cada licitante poderá apresentar somente uma Proposta para os serviços licitados. Não será permitida a apresentação de Proposta alternativa. e) O representante legal do Licitante deverá datar, assinar a Proposta e rubricar todas as suas páginas. f) A participação na presente licitação implica na aceitação integral e irretratável de seus termos Grupos Econômicos a) Cada licitante, inclusive suas filiais ou empresas que façam parte de um mesmo grupo econômico ou financeiro, só poderá apresentar uma Proposta. b) Entende-se que fazem parte de um mesmo grupo econômico ou financeiro os licitantes que tenham diretores, acionistas (com mais de 5% de participação) ou representantes legais comuns e as que dependam econômica ou financeiramente de outra empresa ou a subsidiem. c) O licitante, incluindo suas filiais ou empresas que participem do mesmo grupo econômico, não poderá fornecer bens a projeto em que tenha participado como consultor. 5. Esclarecimentos dos Documentos da Licitação a) Data limite para Solicitação de Esclarecimentos pelos Licitantes: 23/05/2014. b) Data limite para resposta pelo PNUD: 30/05/2014. c) Decorridos os prazos para solicitação de esclarecimentos, não serão aceitas quaisquer alegações de desconhecimento como justificativa para impedimento do encaminhamento normal da licitação ou para o não-cumprimento da ordem de compra/ contrato. 7. Idioma da Proposta a) A Proposta, os documentos a ela relacionados e demais correspondências trocadas entre o Licitante e o PNUD deverão ser redigidos em português. b) Documentos e literatura complementares, impressos ou gravados em mídia, poderão estar redigidos em qualquer idioma, desde que acompanhados de tradução para o português ou inglês, prevalecendo a tradução para fins de interpretação dos respectivos documentos. 8. Documentação das Propostas 8.1. Habilitação Anteriormente à adjudicação, será realizada uma certificação da proposta identificada como melhor avaliada considerando: a) Requisitos legais e administrativos b) Capacidade financeira. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

10 Caso a empresa não cumpra com as exigências referentes aos Requisitos Legais e Administrativos e Capacidade Financeira será inabilitada. a) A Documentação de Habilitação - Jurídico-Fiscal, Econômico-Financeira deverá, quando solicitada, ser apresentada em 01 (uma) via original ou cópia autenticada por tabelião ou, quando aplicável, publicação em órgão de imprensa oficial. b) A Documentação de Habilitação - Jurídico-Fiscal, Econômico-Financeira deverá ser apresentada em 01 (uma) via original ou cópia autenticada por tabelião ou, quando aplicável, publicação em órgão de imprensa oficial. c) Além dos documentos exigidos para Habilitação neste item e seus subitens, outros, complementares, poderão ser exigidos nos Anexos deste Edital e deverão ser integralmente atendidos. d) Os Licitantes deverão apresentar a Documentação de Habilitação que lhes é exigida neste Edital ou, quando for o caso, a comprovação de isenção. e) Em caso de consórcio, deverá ser apresentado, junto com a proposta técnica, o Compromisso de Constituição do Consórcio, com firma reconhecida, indicação da empresa-líder, e anterior a adjudicação será solicitada: i. documentação de Habilitação Econômico-Financeira exclusivamente da empresa líder; ii. documentação de Habilitação Jurídico-Fiscal de todas as consorciadas; iii. documentação para Habilitação Técnica de pelo menos uma das consorciadas Habilitação Jurídico-Fiscal - Requisitos legais e administrativos Para licitantes brasileiros a) Ato constitutivo Declaração de Firma Individual, Estatuto ou Contrato Social - em vigor, devidamente registrado ou inscrito no órgão competente, e com a comprovação da diretoria em exercício. b) Certidão Negativa de Falência ou Recuperação Judicial expedida pelos cartórios distribuidores da sede do Licitante. c) Declaração de inexistência de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de quatorze anos. d) Certidão Negativa de Débitos com os Tributos e Contribuições Federais emitida pela Receita Federal do Brasil. e) Certidão Negativa de Débitos com os Tributos e Contribuições Estaduais ou do Distrito Federal expedida pelo órgão competente. f) Certidão Negativa de Débitos com os Tributos e Contribuições Municipais expedida pelo órgão competente. g) Certidão Negativa de Débito (CND), emitida pela Receita Federal do Brasil. h) Certidão de Regularidade do FGTS, expedida pela Caixa Econômica Federal (CEF). i) Os Documentos da Habilitação Jurídico-Fiscal exigidos nas alíneas d a h poderão ser substituídos pelo SICAF Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores, do Governo Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

11 Federal. Os documentos exigidos nas alíneas a, b e c deverão ser obrigatoriamente apresentados na sua integralidade Para licitantes estrangeiros Os licitantes estrangeiros deverão apresentar, sempre que aplicável, a documentação do seu país de origem equivalente à exigida no item Habilitação Econômico-Financeira Requisito para Capacidade Financeira Para licitantes brasileiros a) Balanço Patrimonial e Demonstração de Resultados referentes ao último Balanço Patrimonial publicado ou registrado na Junta Comercial, já exigíveis e apresentados na forma da lei, vedada sua substituição por balancetes ou balanços provisórios. b) Capital devidamente integralizado ou Patrimônio Líquido equivalente a, no mínimo, R$ ,00 (sessenta mil reais) Para licitantes estrangeiros Documentação do seu país de origem equivalente à exigida no item , atendendo aos mesmos critérios estabelecidos no referido item Proposta Técnica A Proposta Técnica deverá conter as especificações dos serviços conforme o estabelecido no Anexo II Especificações Técnicas / Termos de Referência e os documentos necessários para o julgamento das Propostas Técnicas, conforme descrito no Anexo III Critérios de Avaliação Proposta Comercial A Proposta Comercial, encaminhada conforme Anexo IV Modelo de Submissão da Proposta Comercial, deverá conter as informações abaixo: a) Indicação do prazo de validade da Proposta, que não poderá ser inferior ao solicitado; b) Planilhas de Quantitativos e Preços contendo quantidades, preços unitários e totais, utilizando os mesmos quantitativos e nomenclatura constantes do Anexo II Especificações Técnicas / Termos de Referência. c) Valor total da Proposta, em algarismos e por extenso. d) Demais dados e informações exigidas no Anexo II Especificações Técnicas / Termos de Referência. 11. Moeda e Preços da Proposta A omissão de qualquer despesa necessária ao perfeito atendimento do objeto será interpretada como não existente ou já incluída no preço, não podendo o Licitante pleitear acréscimo após a abertura das Propostas. 12. Prazo de Validade da Proposta. As Propostas deverão ter validade de, no mínimo, 90 (noventa) dias 13. Garantia de Proposta ENVELOPE A caso exigida a) O Licitante deverá apresentar, no envelope A, a Garantia de Proposta com valor equivalente a R$ (Não aplicável) emitida em favor do PNUD e com validade de 30 (trinta) dias após a data de vencimento da Proposta. b) A garantia de que trata este capítulo será aceita por meio de cheque administrativo, ou fiança Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

12 bancária. c) Caso esta garantia seja apresentada em outra moeda que não o Real, para fins de validação, será convertida para Reais pela respectiva taxa de câmbio das Nações Unidas da data de recebimento e abertura das Propostas. d) Esta garantia será devolvida a todos os Licitantes após a apresentação da Garantia de Execução do Contrato pelo Licitante cuja Proposta for adjudicada. e) A desistência da Proposta, após a abertura e dentro de seu período de validade, ou a recusa do Licitante vencedor em firmar o contrato, implicará na execução da Garantia de Proposta. 14. Formato e Assinatura da Proposta a) O credenciamento como representante do Licitante no âmbito da presente licitação efetivar-se-á mediante a apresentação de um dos seguintes documentos: i. Ato constitutivo Declaração de Firma Individual, Estatuto ou Contrato Social - em vigor, devidamente registrado ou inscrito no órgão competente, com comprovação dos poderes bastantes para a prática dos atos pertinentes; ii. Procuração lavrada por instrumento público ou particular com poderes bastantes para a prática do ato. Esta mesma procuração poderá incluir o poder daquele representante também para assinar o respectivo Contrato. A procuração por instrumento particular deverá ter firma reconhecida; b) Somente poderão se manifestar nas sessões de abertura os representantes credenciados na forma da alínea a acima. A ausência de representante credenciado nas referidas sessões não inabilitará o Licitante. c) Não será admitida a participação de um mesmo representante para mais de um Licitante. 15. Endereçamento e Identificação das Propostas No anverso dos envelopes deverá constar o seguinte endereçamento: Destinatário Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD Setor de Embaixadas Norte (SEN) Quadra 802 Conjunto C Lote 17 / Brasília, DF / CEP: , Brasil LICITAÇÃO INTERNACIONAL N.º 25082/ Data Limite para Entrega das Propostas As propostas serão recebidas até o dia 10/06/2014 às 16:00h. 18. Abertura das Propostas a) Da reunião de abertura, em sessão pública, será lavrada ata circunstanciada. b) No dia, hora e local definidos para a sessão de abertura das propostas, conferida a inviolabilidade dos Envelopes, os mesmos serão abertos e rubricados, pelo PNUD, os seus respectivos documentos. c) Os documentos constantes dos Envelopes e a Garantia de Proposta serão verificados pelo PNUD posteriormente à reunião de abertura. d) Após a avaliação dos documentos constantes dos Envelopes, o PNUD comunicará a cada Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

13 Licitante o resultado da avaliação de sua respectiva Proposta. 20. Avaliação Preliminar a) A avaliação das Propostas será realizada pelo Comitê de Avaliação. b) O Comitê de Avaliação poderá relevar pequenas impropriedades nas Propostas, assim entendidas as falhas, erros ou omissões que possam ser facilmente recuperadas por meio de outras informações constantes da própria Proposta. c) Os erros de cálculo serão retificados segundo os seguintes critérios, além dos já definidos nas Instruções aos Licitantes: i. se não constarem os preços unitários, serão considerados como tais o resultado da divisão do preço total pela quantidade; ii. se faltarem as quantidades, serão assumidas as quantidades solicitadas; iii. se o Licitante não ratificar a correção dos erros, segundo os critérios descritos anteriormente, a Proposta será rejeitada; iv. se faltarem dados, inviabilizando a aplicação dos critérios acima estabelecidos para recuperação das lacunas ou erros detectados, a Proposta será rejeitada. 21. Conversão em uma Única Moeda Para fins de comparação, propostas cotadas em outra moeda que não o Real serão convertidas para Reais, pela respectiva taxa de câmbio das Nações Unidas do dia do recebimento e abertura das propostas e pode ser consultada por meio do seguinte link: 22. Avaliação e Comparação das Propostas 27 a) Em todas as etapas do processo de avaliação, os Licitantes serão comunicados dos respectivos resultados da avaliação, acompanhados obrigatoriamente de todas as informações e critérios utilizados. b) Das decisões do Comitê de Avaliação caberá, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, Pedido de Reconsideração ao próprio Comitê. c) Das decisões do Comitê de Avaliação sobre Pedido de Reconsideração caberá, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, Recurso à Coordenação de Compras do PNUD. d) Em ambas as instâncias acima mencionadas, as manifestações deverão ser encaminhadas por fax: ( ), por ou por correio no endereço Setor de Embaixadas Norte (SEN) Quadra 802 Conjunto C Lote 17 / Brasília, DF / CEP: , Brasil. e) Após homologação do processo, o PNUD publicará o seu resultado. f) É vedada a prestação de informações relativas ao andamento das avaliações das Propostas a qualquer pessoa que não esteja oficialmente vinculada ao processo de avaliação. g) Qualquer atitude dos Licitantes no sentido de influenciar o processo de avaliação e adjudicação dos resultados implicará na desclassificação das respectivas Propostas. Garantia de Execução Não é Aplicada 28 Penalidades por atrasos Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

14 a) Multa de 0,5% (meio por cento) do valor total contratado para a atividade/etapa, conforme cronograma, por dia de atraso. Entende-se como atraso o não cumprimento do prazo contratual de entrega dos bens ou da assistência técnica. b) A cobrança da multa dar-se-á, preferencialmente, nesta ordem: i) mediante dedução nos pagamentos; ii) pela execução da garantia vigente Pagamento a) O PNUD efetuará o pagamento em até 15 (quinze) dias úteis após o recebimento das Notas Fiscais/Faturas devidamente atestadas pelo BENEFICIÁRIO. b) As Notas Fiscais/Faturas devem ser emitidas em nome do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD - contendo o número do PROJETO e o endereço do BENEFICIÁRIO, e deverão ser encaminhadas ao BENEFICIÁRIO. c) Os pagamentos serão efetuados pelo PNUD; quando em Reais, por meio de transferência bancária; quando em Dólares norte-americanos, por meio de cheque. d) Em caso de propostas de Licitantes brasileiros cotadas em outra moeda que não o Real, os pagamentos serão realizados em Reais utilizando-se para efeito de conversão, a respectiva taxa de câmbio das Nações Unidas do dia anterior ao da emissão da Nota Fiscal/Fatura. e) Os pagamentos efetuados pelo PNUD não elidem o Licitante das obrigações contratuais e penalidades previstas no Edital. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

15 Anexo II TERMO DE REFERÊNCIA/ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS [VERSÃO PORTUGUÊS] 1. OBJETO DA LICITAÇÃO: Fornecimento de equipamentos para montagem de laboratórios de Modernização Projeto ANA DINAGUA - Monitoramento Quarai e Lagoa Mirim no âmbito do Projeto BRA 04/044-A1125, 2. ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO Relação dos produtos a serem adquiridos. Lote Produtos / Especificações Técnicas QTD 1 PLATAFORMAS DE COLETA AUTOMÁTICA DE DADOS PCDs (Estações Telemétricas Automáticas) 2 RIVERSURVEY M9 COM HYDROBOARD E ITENS SOBRESSALENTES (Medidores Acústicos de Fluxo) 3 SONDA MULTIPARAMÉTRICA DE QUALIDADE DE ÁGUA COM DISPLAY (Sondas de Qualidade de Água) 3. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO Menor preço por lote. 4. OBRIGAÇÕES DAS EMPRESAS CONTRATADAS: 4.1. Observar a entrega do material adquirido na forma como for solicitado; 4.2 Observar os prazos estabelecidos para apresentação da proposta e, posteriormente, para a entrega do material; 5. LOCAL DE ENTREGA Os equipamentos especificados deverão ser entregues no seguinte endereço: Ing. Daniel González Director Nacional de Aguas DINAGUA-MVOTMA Dirección:Rondeau 1665, 1er. piso Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

16 6. PRAZO DE ENTREGA Em até 60 dias após o pedido do fornecimento. 7. FORMA DE PAGAMENTO O pagamento será efetuado mediante crédito em conta da empresa contratada, em até 10 dias úteis após o recebimento da Nota Fiscal, sua conferência, recebimento do material e atestado desse recebimento. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

17 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA (versão português) LOTE 1 PLATAFORMAS DE COLETA AUTOMÁTICA DE DADOS PCDs Sensores: Chuva e Nível do Rio Telemetria: GOES e GPRS 1 - Resumo das Especificações Técnicas As PCD s devem possuir, no mínimo, 01 sensor de chuva; 01 sensor de pressão barométrica; sistema de alimentação por captação de energia solar; regulador de carga da bateria; sistema de transmissão de dados por satélite (GOES); sistema de transmissão de dados por celular (GPRS); e um datalogger para processamento e armazenamento dos dados adquiridos. Para o lote das PCD s deverão ser fornecidos sensores de nível d água do tipo radar e sensores de nível d água do tipo pressão (capacitivo cerâmico). Deverão ser fornecidas também antenas GOES, antenas GSM/GPRS e antenas GPS sobressalentes. Todas as PCDs deverão ser capazes de operar tanto com o sensor de nível do tipo radar e do tipo pressão. Para suporte e proteção de tais equipamentos são necessários, para cada PCD: 1 caixa de acondicionamento; 1 suporte para instalação da caixa de acondicionamento, do painel solar, das antenas de transmissão (GOES e GPRS) e antena do GPS; 01 suporte para instalação do sensor de chuva; solução de aterramento; baterias; cabos e conectores para todos os componentes. Segue quadro resumo do quantitativo de sensores a ser fornecido para o lote de PCD s: Tipo de Sensor Quantidade Sensor de chuva (pluviômetro) 15 Sensor de pressão barométrica (instalado dentro da caixa de proteção) 15 Sensor de nível d água do tipo pressão (capacitivo cerâmico) 10 Sensor de nível d água do tipo radar Caixa de acondicionamento e suportes de instalação da PCD e do sensor de chuva O datalogger, a interface para sensores (ligação entre os conectores e o datalogger), o regulador de carga de bateria, a(s) bateria(s) e os modens para transmissão de dados deverão estar acondicionados dentro de um único recipiente, denominado caixa de acondicionamento, a qual deverá ter as seguintes características: robusta; construída em metal inoxidável; com proteção de alta durabilidade contra raios ultravioleta; ambientalmente selada; à prova de chuva; jatos d água; à prova de alta umidade; à prova de poeira e de invasão de insetos. A caixa de acondicionamento deverá permitir o fácil acesso aos componentes da PCD, entre eles, datalogger, regulador de carga, bateria(s), interface para sensores e modens. Deverá ser possível retirar a bateria sem a necessidade de remover os demais componentes da PCD. A caixa deverá conter um sistema Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

18 de chave/fechadura para permitir que a tampa de acesso seja trancada e, assim, garanta-se a segurança dos componentes. As fechaduras de todas as caixas de acondicionamento das PCDs devem possuir o mesmo segredo. A caixa de acondicionamento deverá ser protegida da incidência direta do sol por meio de uma proteção ( shield ), confeccionada em material metálico inoxidável, resistente ao sol e as intempéries. A proteção deverá cobrir as partes laterais, traseira e superior da caixa de acondicionamento e permitir a passagem de ar entre a superfície da caixa e o shield. Para tal deve-se deixar uma distancia mínima de 2 centímetros entre o shield e parte lateral e superior da caixa, e 1 centímetro na parte traseira. O shield de proteção deverá avançar, pelo menos, 08 centímetros da parte superior frontal da caixa de acondicionamento. Soluções de formatos de caixa de acondicionamento e "shield" diferentes do padrão retangular serão avaliados pela equipe técnica da ANA podendo ser aprovados desde que, confeccionados em material metálico inoxidável e seja comprovada a eficácia da proteção contra a incidência direta do sol e as intempéries visando a preservação dos componentes internos da PCD, inclusive as distâncias mínimas entre o "shield" e a caixa de acondicionamento.. As conexões a serem instaladas no exterior da caixa de acondicionamento para acoplamento dos sensores de medição, mais uma entrada extra, das antenas, do painel solar, da porta de comunicação entre datalogger e computador, deverão ser instaladas obrigatoriamente na face inferior da caixa e implantadas por meio de conectores militares (Tipo MS, Classe E ou F ). Os modelos de referência são: MS3106E14S ou MS3106F14S, exceto os das antenas GOES, GSM/GPRS e GPS que deverão ser do tipo N. Os conectores deverão obrigatoriamente ser específicos para cada tipo de conexão prevista (exceto os do tipo N) e, ainda, devem estar identificados, de forma a evitar uma conexão equivocada dos componentes da PCD. Teremos a seguinte lista mínima de conexões: 1 (um) conector para o sensor de chuva de 3 vias macho; 1 (um) conector para o sensor de nível da água (pressão) de 4 vias macho; 1 (um) conector para o sensor de nível da água (radar) de 4 vias macho (se o protocolo de comunicação do sensor for RS-485) ou de 6 vias macho (se o protocolo de comunicação do sensor for 4-20 ma); 1 (um) conector para o painel solar de 3 vias macho; 1 (um) conector tipo N para a antena de transmissão GSM/GPRS; e 1 (um) conector tipo N para a antena GPS; 1 (um) conector tipo N para a antena de transmissão GOES; e 1 (um) conector para comunicação datalogger-computador; O conector extra deverá estar conectado à interface padrão SDI-12 de 6 vias macho. Observação: 1 - Todos os conectores deverão ser reforçados na junção com seus respectivos cabos de conexão por meio da utilização de rabicho de borracha ou capa termo retrátil, visando uma Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

19 maior resistência e durabilidade destas conexões. O diagrama de ligação dos conectores será repassado pela ANA posteriormente. 2 - Todas as conexões deverão ser protegidas contra potenciais correntes induzidas por descargas elétricas. No caso dos sensores, aceita-se que a proteção seja realizada pelo datalogger, desde que devidamente comprovada. Para as antenas a proteção deverá ser feita por meio do acoplamento de centelhadores, varistores, diodos ou similares. Deverá, ainda, ser considerado um sistema de aterramento capaz de fornecer a devida proteção à PCD. A solução de aterramento a ser fornecida deve ser constituída de, no mínimo: Cordoalha de cobre de 3,0 metros de comprimento e área mínima de 25 mm 2 ; Hastes de aterramento de 2,0 metros (total de 1 unidade por PCD); e Dispositivos para conectar a cordoalha de cobre na caixa da PCD e nas hastes O suporte da PCD deverá permitir a instalação conjunta da caixa de acondicionamento, do painel solar e das antenas de transmissão de dados e antena GPS. Deverá ser instalado um suporte independente e exclusivo para o sensor de chuva, de modo que o plano de coleta do sensor fique a uma altura de 1,5m acima do solo e livre da interferência dos demais equipamentos da PCD. Tanto o suporte da PCD quanto o do sensor de chuva deverão ser confeccionados em material galvanizado e ser resistentes o bastante para garantir a segurança dos equipamentos em condições adversas de temperatura, umidade e vento. As condições previstas para a operação dos equipamentos internos à caixa das PCDs devem satisfazer os seguintes requisitos: Variação de 5 ºC a + 55 ºC para a temperatura de operação, representada pela temperatura no interior da caixa de acondicionamento; e Variação de 0 a 95% para umidade relativa do ar, representada pela umidade no interior da caixa de acondicionamento. Todos os componentes internos à caixa da PCD deverão ser capazes de suportar, sem danos, as seguintes faixas de condições ambientais: o Temperatura: -10 ºC a +70 ºC; e o Umidade Relativa: 0% a 100% não condensante. Deverão ser fornecidos todos os suportes, conectores, cabos e adaptadores necessários para a correta instalação de todos os componentes da PCD em campo. 3 - Datalogger O datalogger deverá ser de baixo consumo de energia e ser composto, no mínimo, por: microprocessador; memória interna não volátil; canais de entrada necessários para conectar todos os sensores; 1 entrada serial padrão SDI-12 capaz de conexão com pelo menos 16 sensores no mesmo cabo Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

20 SDI-12; 1 entrada serial padrão RS-485; 1 canal para comunicação com transmissor de dados GOES; 1 canal para comunicação com transmissor de dados GPRS; e canal para alimentação. A interface serial padrão SDI-12 deverá ser provida através de conexão dedicada, integrada ao datalogger e não através de qualquer alteração de jumpers da porta RS-232 ou conversores externos. O datalogger também deverá possuir porta de comunicação que permita, via computador portátil, a execução de comandos externos para: atualização de firmware; programação das rotinas de coleta, armazenamento e transmissão dos dados e informações de interesse (ex: dados hidrometeorológicos, parâmetros de configuração da PCD e dos sensores em operação); configuração e calibração dos sensores (ex: offset e ganho); download e upload dos parâmetros de configuração da PCD e dos sensores; e download dos dados e informações armazenados. A lista mínima de conexões é a seguinte: 1 (uma) entrada para o sensor de chuva; 1 (uma) entrada para o sensor de nível da água (pressão); 1 (uma) entrada para o sensor de nível da água (radar); 1 (uma) entrada para o sensor de pressão barométrica; 1 (uma) entrada para alimentação (interface com o regulador de carga da bateria); 1 (uma) entrada para o transmissor de dados GSM/GPRS; 1 (uma) entrada para o transmissor de dados GOES; e 1 (uma) entrada para comunicação datalogger-computador. Independentemente da interface de comunicação utilizada pelos sensores fornecidos com a PCD, o datalogger deverá possuir, pelo menos, 1 (uma) entrada para a interface padrão SDI- 12 e 1 (uma) entrada para a interface padrão RS-485. As entradas analógicas devem ser convertidas para digital com o mínimo de 12 bits de resolução. Os sinais elétricos recebidos dos sensores devem ser convertidos automaticamente em suas correspondentes unidades de medição (unidades de engenharia). Cada entrada do datalogger deverá possuir proteção contra transientes induzidos, por meio de varistores, acopladores óticos ou outro tipo de proteção similar. O datalogger deverá atender, obrigatoriamente, aos requisitos mínimos de taxa de aquisição, codificação digital e armazenamento de dados, considerando-se os sensores especificados neste documento. O programa de operação e os dados carregados no datalogger devem ser armazenados em memória interna não-volátil, tipo flash, possibilitando que os dados e o programa, sejam mantidos inalterados no caso de eventual falta de energia. A memória deverá ter capacidade suficiente para armazenar os dados coletados por todos os sensores, pelo período mínimo de 1 (um) ano, considerando uma frequência de aquisição de 15 minutos, além do registro dos eventos de chuva nesse período. O relógio interno do datalogger deverá continuar funcionando mesmo no caso de uma eventual falta de energia e apresentar uma variação máxima de 30 segundos por mês. O datalogger deve ser capaz de gerenciar a memória interna, de modo que, quando esta estiver cheia, os novos registros substituam os mais antigos, mantendo a integridade dos dados. Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

21 No caso de falha de alimentação de energia ou durante a substituição da(s) bateria(s), o datalogger deverá ter a capacidade de reassumir todas as suas funções no momento em que a carga for restabelecida, sem a perda dos dados e da configuração anterior. O datalogger deverá monitorar, armazenar e transmitir os dados relativos ao status da bateria (voltagem) e temperatura interna. 4 - Sistema de alimentação por captação de energia solar As PCDs devem ser alimentadas por sistema de captação de energia solar composto de: Painel solar; Regulador de carga com potência de no mínimo 20 Watts (mesmo que o painel solar seja de potência inferior); e Bateria do tipo selada e livre de manutenção. O painel solar deverá ser fornecido com cabo constituído de material resistente a radiação U.V. e com 5 metros de comprimento. O sistema de alimentação por energia solar deverá ser capaz de recarregar a(s) bateria(s) e simultaneamente fornecer a energia necessária para o funcionamento contínuo da PCD, levando-se em conta o consumo do datalogger e do regulador de carga para a operação dos sensores, a medição de chuva e nível da água, e a transmissão remota dos dados considerando intervalos de 15 minutos para o sistema GPRS e 60 minutos para o sistema GOES. Toda bateria utilizada deverá ser recarregável, do tipo selada e livre de qualquer manutenção, e deverá ter capacidade de fornecer energia à PCD durante pelo menos 5 (cinco) dias sem nenhuma recarga, de forma a garantir a operação sem interrupção das estações em locais ou períodos com baixa insolação. O regulador de carga, componente do sistema de alimentação, deverá obedecer rigorosamente à máxima taxa de carga de segurança permitida para a(s) bateria(s) utilizada(s), considerando o nível máximo de tensão da bateria, a fim de evitar qualquer dano, risco de explosão de gás ou sobrecarga da mesma. O fornecedor deverá apresentar em sua proposta técnica todos os cálculos detalhados de consumo de energia da PCD (em pleno funcionamento), de forma a demonstrar claramente que o sistema de alimentação a ser fornecido atende aos requisitos e condições indicadas nesta especificação. 5 - Sensores Hidrometeorológicos Os sensores devem atender aos seguintes requisitos Sensor de chuva (pluviômetro digital) Tipo: Tipping-Bucket Rain Gauge TBRG composto de um conjunto com base e coletor removível, ambos identificados com a marca, o modelo e o mesmo número de série; O gabinete (coletor) deve ser encaixado/montado junto à base somente em uma devida posição. Isto deve ser feito a partir de artifício mecânico que impeça a montagem de forma diferenciada, ou por meio de marcações na base e no coletor; Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

22 O gabinete (coletor) deve ter altura (interna) e ângulos internos que não favoreçam o respingo da chuva para fora do recipiente de captação; Sensor com dispositivos de ajuste para balanceamento dos volumes das básculas, devendo as básculas virem de fábrica devidamente balanceadas; Resolução: 0,20 mm; Faixa de temperatura de operação: 0 C a + 50 C; Incerteza: 3 % para intensidades de até 50 mm/hora; Incerteza: 5 % para intensidades acima de 50 mm/hora; Área do orifício de captação de água do sensor de 300 a 500 cm 2 ; (com tolerância inferior a +/- 1 mm nas medidas do diâmetro nominal); Os ângulos (interno e externo) da borda do pluviômetro (coletor) deverão ser adequados para minimizar os efeitos de turbulência de vento; Fornecido com chave de palheta reed-switch; Construído inteiramente em materiais resistentes à corrosão; Utilização de material (ou pintura/tratamento) com baixo coeficiente de atrito no seu revestimento impedindo a retenção da amostra da chuva; O sensor deverá conter uma tela fixa na área de captação, na forma de torre, com possibilidade de remoção para limpeza, apropriada para proteger o ponto de entrada da água da chuva contra a entrada de insetos e outros entulhos; O sensor deve conter dutos ou outros dispositivos na parte inferior para a saída da água da chuva de forma integral para permitir a verificação e/ou calibração. O sensor não deve acumular água em seu interior; O sensor de chuva deverá conter tela(s) no(s) orifício(s) de descarga da água coletada (ponto de saída da chuva coletada), apropriada para evitar a entrada de insetos; Deve ser provido de funil adicional interno, obrigatoriamente com sifão, para proteção contra o efeito splash, construído em material inoxidável; O sensor deve ser composto de mecanismo de báscula construído integralmente em material inoxidável e suportado sobre mancais ou rolamentos em aço inoxidável; O sensor deve contar com um mecanismo interno de nivelamento a bolha; Cabo de poliuretano, com proteção de alta durabilidade contra raios ultravioleta, moldado ou similar, com os devidos conectores para ligação entre o sensor de chuva e a PCD, e comprimento de 05 (cinco) metros para 100 PCDs e de 10 (dez) metros para 100 PCDs; O sensor deverá ser capaz de suportar, sem danos, as seguintes faixas de condições ambientais: o Temperatura: -10 ºC a +60 ºC; e o Umidade Relativa: 0% a 100%. Deverão ser fornecidos todos os componentes e acessórios necessários para a correta instalação e funcionamento do equipamento em campo, incluindo certificado de calibração por pluviômetro Sensor de nível d água (radar) O sensor de nível d água deverá ser tipo Radar, e possuir os seguintes requisitos mínimos: Casa das Nações Unidas no Brasil - Complexo Sergio Vieira de Mello - Módulo I Prédio Zilda Arns Setor de Embaixadas Norte, Quadra 802 Conjunto C, Lote 17 - CEP:

Aviso de Licitação. Os interessados poderão solicitar esclarecimentos até 24 de julho de 2009, na forma prevista nos Documentos da Licitação.

Aviso de Licitação. Os interessados poderão solicitar esclarecimentos até 24 de julho de 2009, na forma prevista nos Documentos da Licitação. Aviso de Licitação LICITAÇÃO INTERNACIONAL (ITB) 1 N.º 6414/2009.. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD, no âmbito do Projeto de Cooperação Técnica BRA/06/032 Projeto Brasil 3 Tempos

Leia mais

AVISO DE COTAÇÃO PRÉVIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM CARTA CONVITE Nº 001/2012

AVISO DE COTAÇÃO PRÉVIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM CARTA CONVITE Nº 001/2012 1 AVISO DE COTAÇÃO PRÉVIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM CARTA CONVITE Nº 001/2012 O ITS BRASIL Instituto de Tecnologia Social, por meio do TERMO DE PARCERIA 13.0026.00/2009 Ministério

Leia mais

Solicitação de Proposta (SDP) nº 25649/2014

Solicitação de Proposta (SDP) nº 25649/2014 Solicitação de Proposta (SDP) nº 25649/2014 Senhor(a): Data: 29 de maio de 2014 Assunto: SDP para prestação de serviços de Consultoria 1. Essa instituição está convidada a apresentar uma proposta para

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14 AVISO DE LICITAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Administração Regional de Rondônia SENAR-AR/RO, comunica aos interessados que no dia 11/11/2010, ás 09:30 hs, ocorrerá a ABERTURA DOS ENVELOPES

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas

CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA N.º 016/2008 Data: 10/11/2008. Empresa Convidada: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA N.º 016/2008 Data: 10/11/2008. Empresa Convidada: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA N.º 016/2008 Data: 10/11/2008 Empresa Convidada: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezados Senhores, O Projeto de Cooperação para Projeto de Consolidação do Crédito

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

22100022.12.362.014.21747.0700000.33903000.51.0.30-4955

22100022.12.362.014.21747.0700000.33903000.51.0.30-4955 Convite N.º 003/2015 Natureza da Despesa Funcional Programática Data da Emissão 15 de Junho de 2015 Data da Licitação 22 de Junho de 2015 Horário da Licitação 08:00h Tipo de Licitação Aquisição de Material

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

Solicitação de Proposta (SDP) nº 25545/2014

Solicitação de Proposta (SDP) nº 25545/2014 Solicitação de Proposta (SDP) nº 25545/2014 Senhor(a): Data: 30 de maio de 2014. Assunto: SDP para prestação de serviços de Consultoria 1. Essa instituição está convidada a apresentar uma proposta para

Leia mais

CARTA CONVITE PARA AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS CONEXOS Nº 001/2015 PROJETO: FORMAÇÃO DA EQUIPE DE BASE DO ESPERIA

CARTA CONVITE PARA AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS CONEXOS Nº 001/2015 PROJETO: FORMAÇÃO DA EQUIPE DE BASE DO ESPERIA CARTA CONVITE PARA AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS CONEXOS Nº 001/2015 PROJETO: FORMAÇÃO DA EQUIPE DE BASE DO ESPERIA AQUISIÇÃO DE MATERIAIS ESPORTIVOS, EQUIPAMENTOS E TECNOLOGIA APLICADA NA FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO - CGTEE Nº 002/2014 OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO CGTEE Nº 002/2014 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Leia mais

Carta Convite LICITAÇÃO PARA CONFECÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO

Carta Convite LICITAÇÃO PARA CONFECÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO Carta Convite LICITAÇÃO PARA CONFECÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO CARTA CONVITE Nº 001/2015 A Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial CETEFE, situada em SAIS Área 2ª ED. ENAP Ginásio de

Leia mais

Solicitação de Proposta (SDP) nº 24776/2014. 2. Para permitir o envio da proposta, foram anexados os seguintes documentos:

Solicitação de Proposta (SDP) nº 24776/2014. 2. Para permitir o envio da proposta, foram anexados os seguintes documentos: Solicitação de Proposta (SDP) nº 24776/2014 Senhor(a): Data: 17 de abril de 2014. Assunto: SDP para prestação de serviços de Consultoria 1. Essa instituição está convidada a apresentar uma proposta para

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071, confirmando a retirada deste edital pela internet.

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos INSTRUÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO DO C.R.C. (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL), CONFORME DISPOSTO NA LEI Nº 8.666/93 1. CADASTRAMENTO 1.1 PROCEDIMENTO 1.1.1 A empresa interessada em obter o Certificado

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

Ilustração 1: Secretaria de Desenvolvimento Agrário Centrais de Abastecimento do Ceará S/A CEASA

Ilustração 1: Secretaria de Desenvolvimento Agrário Centrais de Abastecimento do Ceará S/A CEASA PREÂMBULO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº 28088, DE 10 /01/ 2006. TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº2011 085 DE 29/09/2011. Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO CRB/8 - SP TOMADA DE PREÇO nº 01/2015 O CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA 8ª REGIÃO, entidade autárquica federal de fiscalização da profissão de Bibliotecário, instituído

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 045/2008 Data: 26/05/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 045/2008 Data: 26/05/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 045/2008 Data: 26/05/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

Solicitação de Proposta (SDP) nº 27981/2015

Solicitação de Proposta (SDP) nº 27981/2015 Solicitação de Proposta (SDP) nº 27981/2015 Senhor(a): Assunto: SDP para prestação de serviços de Consultoria Data: 25 de março de 2015 1. Essa instituição está convidada a apresentar uma proposta para

Leia mais

Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº 28337-2015

Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº 28337-2015 Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº 28337-2015 Senhores(as): Date: 14 de agosto de 2015. Contratação de empresa especializada na prestação de Seguro Viagem e Assistências Emergenciais, com

Leia mais

Tomada de Preços n.º 006/2009

Tomada de Preços n.º 006/2009 Tomada de Preços n.º 006/2009 Procedimento Administrativo n.º 0802/2008 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: por item Regime de execução: empreitada por preço global Objeto: Aquisição

Leia mais

ERRATA/ADENDO (versão português)

ERRATA/ADENDO (versão português) TÉRMINO DE REFERENCIA PROJETO BRA/04/044 A1125 ERRATA/ADENDO (versão português) A) Pag. 15 Edital ITB 25082 2. ESPECIFICAÇÃO DO PRODUTO Relação dos produtos a serem adquiridos: Lote Produtos / Especificações

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015 O Município de Benjamin Constant do Sul - RS, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, torna público para conhecimento dos interessados a

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071 ou email cgl@vr.rj.gov.br, confirmando a retirada

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 Processo nº. 200910267000429 Data da Realização: 09/12/2009 Horário: 09:00 horas Local: www.comprasnet.go.gov.br DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006

CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006 CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006 O Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação, instituída pelas Portarias nº 1.262, de 14 de dezembro de 2005

Leia mais

10/2011 750364/2010 SDH/PR

10/2011 750364/2010 SDH/PR Cotação Prévia de Preço n 10/2011 Convênio nº 750364/2010 SDH/PR Projeto: Desenvolver processos de educação popular, visando a garantia dos direitos humanos e fortalecimento da cidadania, na perspectiva

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 O Município de Itatiba do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, torna público para o conhecimento dos interessados, que em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93

Leia mais

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO Esta Chamada Pública de Apoio Institucional visa à seleção de projetos a serem apoiados pelo CAU/BR na modalidade de Apoio à Assistência

Leia mais

3. DA ABERTURA, DIA, HORA E LOCAL

3. DA ABERTURA, DIA, HORA E LOCAL Cotação Prévia de Preço n 003-2012 Convênio 11.778 FBB Maior percentual de desconto Cotação prévia de Preços na modalidade maior percentual de desconto para contratação de empresa para intermediação de

Leia mais

Preâmbulo LICITAÇÃO INTERNACIONAL (ITB) N.º 04343/2012.

Preâmbulo LICITAÇÃO INTERNACIONAL (ITB) N.º 04343/2012. Senhores(as): Preâmbulo LICITAÇÃO INTERNACIONAL (ITB) N.º 04343/2012. Date: 06 de agosto de 2012. 1. Solicitamos a apresentação de propostas para o fornecimento dos seguintes bens e/ou serviços: Prestação

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DO EDITAL Nº 002/2013 PROJETOS ESPECIAIS

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DO EDITAL Nº 002/2013 PROJETOS ESPECIAIS CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO AVISO DO EDITAL Nº 002/2013 PROJETOS ESPECIAIS DO OBJETO: Este Edital de Chamada Pública de Patrocínio visa promover a seleção de projetos especiais a serem patrocinados pelo

Leia mais

Comissão Permanente de Licitações TERMO DE COTAÇÃO ELETRÔNICA DE PREÇOS N.º 25/2014 CO. 29106

Comissão Permanente de Licitações TERMO DE COTAÇÃO ELETRÔNICA DE PREÇOS N.º 25/2014 CO. 29106 TERMO DE COTAÇÃO ELETRÔNICA DE PREÇOS N.º 25/2014 CO. 29106 A PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, torna público que realizará COTAÇÃO

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 OBRAS/SERVIÇOS DE ENGENHARIA

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 OBRAS/SERVIÇOS DE ENGENHARIA INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 OBRAS/SERVIÇOS DE ENGENHARIA O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO

MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397 / 21

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) CARTA CONVITE Nº: 008/2013. São Paulo, 04 de junho de 2.013. Processo n.º 042-05/2013 Tipo: MENOR PREÇO Firma: A/C: E-mail: Convidamos a referida empresa a apresentar proposta para atendimento do objeto

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2013 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2013 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 19/03/2013 HORÁRIO: 10:00 Horas LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO (PROCESSO N 2014/11/267) O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Paranaguá, por sua Comissão Permanente de Licitação, designada

Leia mais

Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº 28651-2015

Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº 28651-2015 Senhores(as): Edital de Licitação Pública Internacional (ITB) Nº 28651-2015 Date: 10 de novembro de 2015. Contratação de empresa especializada na prestação de Seguro Viagem e Assistências Emergenciais,

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

EDITAL DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA

EDITAL DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S.A, agente gerador de energia elétrica, inscrita no CNPJ/MF sob o n 23.274.194/0001-19, com sede na Rua Real Grandeza 219, Botafogo, Rio

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. PLATAFORMAS DE COLETA DE DADOS (PCDs)

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. PLATAFORMAS DE COLETA DE DADOS (PCDs) ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PLATAFORMAS DE COLETA DE DADOS (PCDs) JULHO 2011 República Federativa do Brasil Dilma Vana Rousseff Presidenta Ministério do Meio Ambiente (MMA) Izabella Mônica Vieira Teixeira

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

CNPJ: 25.466.087/0001-18 ATO CONVOCATÓRIO EDITAL DE CONCORRÊNCIA ESPECIAL Nº PCGV 2011030011

CNPJ: 25.466.087/0001-18 ATO CONVOCATÓRIO EDITAL DE CONCORRÊNCIA ESPECIAL Nº PCGV 2011030011 ATO CONVOCATÓRIO EDITAL DE CONCORRÊNCIA ESPECIAL Nº PCGV 2011030011 1 PREÂMBULO. O INSTITUTO DE COOPERAÇÃO E EDUCAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO (INCED) é instituição qualificada como Organização da Sociedade

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO Ministério da Fazenda SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS TERMO DE REFERÊNCIA GESER Nº 06/07 SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO 1- DO OBJETO Visa este Termo de Referência à contração de empresa especializada

Leia mais

confinados, sala de máquinas, berços pátios de estocagem, pátios de armazenamento, galpões, áreas externas, sistemas de esgoto.

confinados, sala de máquinas, berços pátios de estocagem, pátios de armazenamento, galpões, áreas externas, sistemas de esgoto. TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONTROLE DE VETORES E PRAGAS A SER EXECUTADO NO MUSEU DO AMANHÃ. JUSTIFICATIVA O Museu do Amanhã será

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 012/2015 TIPO: Cotação prévia de preços / Menor preço OBJETO: Contratação de Seguro contra Acidentes

Leia mais

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas CONVITE Nº 033/2009 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS. Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos:

PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS. Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos: PREGÃO N. 2014/47 ESCLARECIMENTOS Tendo em vista as perguntas realizadas por empresas participantes da licitação, informamos: 1) No item 10.3.2 Documentação De Qualificação Econômico-Financeira, não é

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014 CAPÍTULO PRIMEIRO - DA FINALIDADE 1.1 A Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA MG, com endereço à Rua

Leia mais

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO NACIONAL, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO,

Leia mais

Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015

Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015 Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015 Assunto: Leilão de Alienação de Direitos Sobre Créditos Acumulados de ICMS Módulo de Negociação por Leilão Cetip Net Plataforma Eletrônica. O diretor-presidente

Leia mais

4.1. 15 (quinze) dias após a entrega do equipamento e aceite da respectiva nota Fiscal pelo CONTRATANTE;

4.1. 15 (quinze) dias após a entrega do equipamento e aceite da respectiva nota Fiscal pelo CONTRATANTE; TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A LOCAÇÃO DE GERADOR JUSTIFICATIVA PARA CONTRATAÇÃO DO SERVIÇO A realização dos eventos RECGASTRÔ Food Truck no Parque e Mercado do Artesão, ambos no Parque Santana, situado

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006

CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006 CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LICITAÇÃO N 001/2006 MODALIDADE: EDITAL DE CONVITE CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006 Expedição: 01/09/2006 Abertura: dia 20/09/2006

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL EDITAL DE LICITAÇÃO nº 002/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NA GESTÃO DE PROJETOS A CBHb, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE ELEVADOR UNIPESSOAL QUICK UP 14 PARA UTILIZAÇÃO DA EQUIPE DE OPERAÇÕES NO MUSEU DO AMANHÃ.

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE ELEVADOR UNIPESSOAL QUICK UP 14 PARA UTILIZAÇÃO DA EQUIPE DE OPERAÇÕES NO MUSEU DO AMANHÃ. TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE ELEVADOR UNIPESSOAL QUICK UP 14 PARA UTILIZAÇÃO DA EQUIPE DE OPERAÇÕES NO MUSEU DO AMANHÃ. JUSTIFICATIVA O Museu do Amanhã será uma das âncoras do plano de

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO Nº 018/2014 COMPRA DIRETA POR DISPENSA DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 011/2014

PROCESSO LICITATÓRIO Nº 018/2014 COMPRA DIRETA POR DISPENSA DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 011/2014 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 018/2014 COMPRA DIRETA POR DISPENSA DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 011/2014 1. DA LICITAÇÃO O Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Paranaguá, PARANAGUÁ PREVIDÊNCIA, por

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 03/2014 CAPÍTULO PRIMEIRO - DA FINALIDADE 1.1 A Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA MG, com endereço à Rua

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS A Supervisão de Suprimentos é a responsável pelo cadastramento dos fornecedores, bem como pela renovação cadastral

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES.

TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES. TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE DE VALORES. JUSTIFICATIVA O Museu do Amanhã será uma das âncoras do plano de revitalização da região portuária da cidade

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA PROCESSO Nº 11.628/2005 EDITAL DE CONVITE N.º 05/2005

RECIBO DE RETIRADA PROCESSO Nº 11.628/2005 EDITAL DE CONVITE N.º 05/2005 SCS, Qd. 02, Bl. B, Edifício Palácio do Comércio, Sala 501 Brasília-DF Tel: (61) 224-4385 e-mail: cofecon@cofecon.org.br RECIBO DE RETIRADA PROCESSO Nº 11.628/2005 EDITAL DE CONVITE N.º 05/2005 RAZÃO SOCIAL:

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por

Leia mais

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação?

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? As certidões indispensáveis à participação nas licitações, conforme previsto no artigo 27 da Lei 8.666/93, são: certidão

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. TERMO DE REFERÊNCIA I DO OBJETO 1.1. Contratação de pessoa jurídica especializada para prestação de serviço de limpeza e desinfecção de caixa d água para subseção de Dourados/MS do Coren/MS, conforme as

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE CONVITE Nº 006 / 2007 - DFEPAF ENCERRAMENTO E ABERTURA DAS PROPOSTAS: Dia 27 de novembro de 2007 às 10:00 horas. TIPO: Menor preço global 1. OBJETO DO CONVITE Constitui objeto

Leia mais