Lista de Exercícios. Aluno(a): Nº. Pré Universitário Uni-Anhanguera. Disciplina: Biologia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lista de Exercícios. Aluno(a): Nº. Pré Universitário Uni-Anhanguera. Disciplina: Biologia"

Transcrição

1 Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 3 Ano Disciplina: Biologia 1) (UFMG) Estes animais costumam estar presentes no dia-a-dia dos seres humanos: Considerando-se esse conjunto de animais, é CORRETO afirmar que todos eles a) pertencem à classe Insecta. b) possuem exoesqueleto de quitina. c) são vetores de doenças. d) têm aparelho bucal sugador. 2) (UFMG) Analise estas características de um animal na fase adulta: Hábitat: brejos Trocas gasosas: pele e/ou pulmões Nutrição: carnívoros Anatomia da boca: ausência de dentes e presença de língua protátil Considerando-se tais características, é INCORRETO afirmar que esse animal a) apresenta variação de temperatura corporal. b) se alimenta de insetos capturados com a língua. c) se reproduz por fecundação interna e possui ovo com casca. d) utiliza o oxigênio presente no ar ou dissolvido na água. 3) Os seres vivos são, atualmente, divididos em cinco reinos, Essa divisão baseia-se, principalmente, no tipo de nutrição e na organização celular dos organismos. Assinale a alternativa que mostra corretamente como são considerados os organismos pertencentes ao reino Animalia. a) Multicelulares, procarióticos e heterótrofos;b) Unicelulares, eucarióticos e heterótrofos;c) Multicelulares, eucarióticos e autótrofos;d) Multicelulares, eucarióticos e heterótrofos;e) Unicelulares, procarióticos e autótrofos. 4) O blastóporo, orifício embrionário, pode dar origem à boca ou ao ânus do animal. Esse orifício é originado durante uma das fases embrionárias, a:a) Gastrulação.b) Blastulação.c) Neurulação.d) Organogênese.e) Segmentação 5) Considere as características a seguir eassinale o que for correto. A) Triblásticos B) Diblásticos C) Acelomados D) Celomados E) Pseudocelomados F) Tubo digestivo ausente G) Tubo digestivo incompleto ou ausente H) Tubo digestivo completo I) Sistema circulatório ausente J) Sistema circulatório presente K) Sistema respiratório ausente 1

2 L) Sistema respiratório presente 01. A, E, G e K são características de Mollusca 02. A, C, I e L são características de Aschelminthes.04. A, C, G e K são características de Platyhelminthes.08. A, E, F e J são características de Echinodermata.16. A, D, H e J são características de Annelida.32. B, F, J e L são características de Porifera.64. B, H, I e L são características de Coelenterata 6) Considere a árvore filogenética abaixo.dos macacos antropóides representados no esquema, os que apresentam maior parentesco com o homem são o: a) Chimpanzé e o orangotango;b) Orangotango e o gorila;c) Gorila e o chimpanzé;d) Gibão e o chimpanzé;e) Gorila e o gibão. 7) A classificação dos animais pode ser feita baseando-se em critérios distintos. Entre eles utilizam-se o número de folhetos embrionários, a presença ou não de cavidade celômica e a origem embrionária da boca. A seguir observa-se uma árvore filogenética criada a partir desses critérios Qual desses três critérios citados foi utilizado para separar a árvore filogenética em dois ramos no ponto indicado pela seta? Justifique 8) A gástrula humana tem três folhetos germinativos que, após se diferenciarem, dão origem a órgãos definitivos no adulto.marque, no quadro abaixo, a opção que representa a relação entre o folheto germinativo e o órgão por ele originado 2

3 9)De acordo com os conhecimentos fundamentais de embriologia, é correto afirmar: ( ) Para que a fecundação se concretize, é necessário que ocorra o fenômeno da anfimixia. ( ) Os ovos oligolécitos armazenam pouco vitelo e são também encontrados nos equinodermos,entre outros. ( ) A blástula caracteriza-se por apresentar cavidade celomática ( ) A reprodução sexuada só ocorre em seres multicelulares ( ) A quantidade de vitelo armazenada nos ovos não interfere no tipo de segmentação dos mesmos. ( ) O saco amniótico tem, entre outras funções, a de servir como depósito de catabólitos durante o desenvolvimento embrionário das aves 10) Os esquemas abaixo representam cortes transversais de três invertebrados.sobre esses esquemas, julgue as afirmativas como verdadeiras ou falsas.( ) O esquema A refere-se aos celenterados, cujamesogléia é de origem endodérmica. ( ) Os esquemas A e B referem-se a animaisacelomados, cujo mesoderma não se organiza em duascamadas capazes de se separar.( ) Os esquemas B e C referem-se, respectivamente, aosartrópodos e aos equinodermatas.( ) O esquema C mostra um corte transversal de umanelídeo. 11) Os esquemas abaixo representam, em corte transversal, aorganização corporal de um animal acelomado e de um celomado.comparando-se a organização corporal dos dois animais,pode-se dizer que o desenvolvimento do celoma propiciou: 3

4 I. A circulação de substâncias nutritivas e de gasesrespiratórios.ii. A formação de um tubo digestivo com movimentos próprios.iii. Maior difusão superficial dos gases respiratórios.está(ão) correta(s), apenas:a) I.b) II.c) I e II.d) I e III.e) II e III. COMENTÁRIOS: 12) O que são animais Invertebrados? Quais são suas características? 13) Descreva a organização básica do corpo de um molusco hipotético. 14)Explique o que é rádula e o que é manto. Qual a função dessas estruturas? 15)Qual classe do Mollusca não possui rádula? Como esses animais obtém alimento? 16) O corpo dos Moluscos é dividido em três regiões. Quais são? 17) (FUVEST) Qual o papel do RNA mensageiro e do RNA transportador na síntese de proteínas? 18) Uma célula terminou de sintetizar uma enzima constituída por uma cadeia de 56 aminoácidos. Quantas moléculas de RNA-m e de RNA-t foram usadas na biossíntese? 19) Em relação à síntese protéica é errado afirmar que: a) Uma das fitas do DNA é transcrita, formando-se uma molécula de RNA mensageiro. b) A tradução da fita do RNA mensageiro é feita nos ribossomos. c) Os ribossomos originam-se do nucléolo. d) Cada RNA mensageiro codifica uma cadeia polipeptídica. e) Cada RNA de transferência possui um anticódon específico, que se prende ao aminoácido que irá transportar até o ribossomo. 20) (UF - Sergipe) A seleção de cada aminoácido que entra na composição de cadeia polipeptídica é determinada por uma seqüência de: a) 2 nucleotídeos do DNA; b) 2 nucleotídeos do RNA; c) 3 nucleotídeos do RNA; d) 3 desoxirriboses do DNA; e) 3 riboses do RNA mensageiro. 21) Considerando o seguinte esquema: 4

5 as etapas 1, 2 e 3 representam, respectivamente, os processos de: a) replicação, transcrição e tradução; b) replicação, tradução e transcrição; c) transcrição, replicação e tradução; d) transcrição, tradução e replicação; e) tradução, replicação e transcrição. 5

Embriologia. Prof. César Lima

Embriologia. Prof. César Lima Embriologia A embriologia é a parte da Biologia que estuda o desenvolvimento dos embriões animais. Há grandes variações, visto que os animais invertebrados e vertebrados apresentam muitos diferentes aspectos

Leia mais

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS. Telmo Giani Fonte: Internet

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS. Telmo Giani Fonte: Internet Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Telmo Giani Fonte: Internet OS ÁCIDOS NUCLEICOS DNA Ácido fosfórico Desoxirribose Bases Púricas: A e G Bases Pirimídicas: C e T Dupla fita RNA Ácido fosfórico Ribose

Leia mais

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Nucleotídeos É a unidade formadora dos ácidos nucléicos: DNA e RNA. É composto por um radical fosfato, uma pentose (ribose RNA e desoxirribose DNA) e uma base nitrogenada

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS EMBRIOLOGIA

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS EMBRIOLOGIA UFRGS EMBRIOLOGIA 1. (Ufrgs 2012) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. Em mamíferos, o... e as células trofoblásticas interagem com

Leia mais

BIOLOGIA FOLHETOS EMBRIONÁRIOS. a) Hydra. b) Planária. c) Actínea. d) Esponja. e) Obélia.

BIOLOGIA FOLHETOS EMBRIONÁRIOS. a) Hydra. b) Planária. c) Actínea. d) Esponja. e) Obélia. BIOLOGIA Prof. Fred FOLHETOS EMBRIONÁRIOS 1. Observe a figura ao lado, que representa um corte transversal de um cordado. A estrutura apontada pela seta está presente a) na galinha. b) na minhoca c) no

Leia mais

Síntese de Proteínas, Divisão Celular e Embriologia

Síntese de Proteínas, Divisão Celular e Embriologia Síntese de Proteínas, Divisão Celular e Embriologia 1. Em um segmento de cadeia ativa de DNA, que servirá de molde para a fita de RNA mensageiro, há 30 timinas e 20 guaninas. No segmento correspondente

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Fred. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Fred. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: Fred DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 1º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

PROVA ESCRITA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS

PROVA ESCRITA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA Instituto Politécnico de Coimbra 2014 PROVA ESCRITA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS DATA 05/05/2014 HORA 10.00H - 12.00H

Leia mais

Síntese de Proteínas e Divisão Celular

Síntese de Proteínas e Divisão Celular Síntese de Proteínas e Divisão Celular Síntese de Proteínas e Divisão Celular 1. Normalmente não se encontram neurônios no cérebro em plena divisão celular. Entretanto, no Mal de Alzheimer, grandes quantidades

Leia mais

REVISÃO: Terceira Unidade Nutrição

REVISÃO: Terceira Unidade Nutrição REVISÃO: Terceira Unidade Nutrição Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto JUL/2011 HISTÓRICO 1957 CRICK e GAMOV Dogma Central da Biologia Molecular A Célula DIFERENCIAÇÃO Núcleo: DNA CRESCIMENTO

Leia mais

Aula II Organização geral do corpo dos animais, Embriologia

Aula II Organização geral do corpo dos animais, Embriologia ZOOLOGIA E PARASITOLOGIA Aula II Organização geral do corpo dos animais, Embriologia Professora: Luciana Alves de Sousa Padrões de Simetria SIMETRIA Partes do corpo com correspondência, em grandeza, forma

Leia mais

REPRODUÇÃO. Prof. Edgard Manfrim - Biologia

REPRODUÇÃO. Prof. Edgard Manfrim - Biologia REPRODUÇÃO Prof. Edgard Manfrim - Biologia REPRODUÇÃO ASSEXUADA BROTAMENTO OU GEMIPARIDADE ESPONGIÁRIO E CELENTERADO ESTROBILIZAÇÃO MEDUSAS REGENERAÇÃO PLANÁRIAS Prof. Edgard Manfrim - Biologia Prof. Edgard

Leia mais

Exercícios sobre Anatomia do Anfioxo

Exercícios sobre Anatomia do Anfioxo Exercícios sobre Anatomia do Anfioxo Exercícios sobre Anatomia do Anfioxo 1. (UNIFESP) Atualmente, os seres vivos são classificados em cinco grandes reinos. Na caracterização do Reino Animalia (animais),

Leia mais

Reino Animalia. Desenvolvimento Embrionário

Reino Animalia. Desenvolvimento Embrionário Reino Animalia Características Gerais Seres eucariontes (seres vivos que possuem o núcleo de suas células delimitado por uma membrana, a carioteca); Maioria desses seres possui capacidade de locomoção

Leia mais

Genética Molecular. Tema 1: Genética Molecular. Prof. Leandro Parussolo

Genética Molecular. Tema 1: Genética Molecular. Prof. Leandro Parussolo Instituto Federal de Santa Catarina Câmpus Florianópolis Unidade Curricular: Biologia I Tema 1: Genética Molecular Genética Molecular Prof. Leandro Parussolo leandro.parussolo@ifsc.edu.br Genética Estuda

Leia mais

Nutrição. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Nutrição. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Nutrição Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto JUN/2011 Princípios Básicos As proteínas são vinculo entre genótipo e fenótipo; A expressão gênica é o processo pelo qual o DNA coordena a síntese

Leia mais

CAPÍTULO 6: COMPOSTOS ORGÂNICOS PROTEÍNAS CAP. 7: COMPOSTOS ORGÂNICOS ÁCIDOS NUCLEICOS E VITAMINAS

CAPÍTULO 6: COMPOSTOS ORGÂNICOS PROTEÍNAS CAP. 7: COMPOSTOS ORGÂNICOS ÁCIDOS NUCLEICOS E VITAMINAS CAPÍTULO 6: COMPOSTOS ORGÂNICOS PROTEÍNAS CAP. 7: COMPOSTOS ORGÂNICOS ÁCIDOS NUCLEICOS E VITAMINAS 1. Dentre os diferentes compostos orgânicos das células temos as proteínas. Sobre estas responda: a) Cite

Leia mais

TRABALHO DA RECUPERAÇÃO SEMESTRAL. TRABALHO (o trabalho deverá ser copiado e resolvido em folha de papel almaço e entregue no dia da avaliação.

TRABALHO DA RECUPERAÇÃO SEMESTRAL. TRABALHO (o trabalho deverá ser copiado e resolvido em folha de papel almaço e entregue no dia da avaliação. Nome: Série: 1º ano ( ) Ensino Fundamental ( X ) Ensino Médio Disciplina: BIOLOGIA CONTEÚDOS PARA A RECUPERAÇÃO: Tecido Animal; Classificação dos Seres Vivos; Reino Animalia; Reino Plantae. Professor(a):

Leia mais

EXERCÍCIOS DE MONITORIA 2º PERÍODO AGOSTO BIOLOGIA RECUP. PARCIAL

EXERCÍCIOS DE MONITORIA 2º PERÍODO AGOSTO BIOLOGIA RECUP. PARCIAL 1ª série Ens. Médio 1. A figura a seguir refere-se à hereditariedade: a) EXERCÍCIOS DE MONITORIA 2º PERÍODO AGOSTO BIOLOGIA RECUP. PARCIAL b) Explique de que forma a molécula de DNA atua no fenômeno da

Leia mais

a) Baseando-se nos resultados acima, qual é a sequência mais provável desses 4 genes no cromossomo, a partir do gene A? b) Justifique sua resposta.

a) Baseando-se nos resultados acima, qual é a sequência mais provável desses 4 genes no cromossomo, a partir do gene A? b) Justifique sua resposta. CAP. 08: HERANÇA QUANTITATIVA OU POLIGENICA CAP. 09: MAPAS DE LIGAÇÃO GÊNICA - LINKAGE CAP. 10: O MATERIAL GENÉTICO E A GENÉTICA DO FUNCIONAMENTO DOS GENES 1. Considere dois genes e seus respectivos alelos:

Leia mais

Etapas de desenvolvimento embrionário. Prof. Weber

Etapas de desenvolvimento embrionário. Prof. Weber Etapas de desenvolvimento embrionário. Prof. Weber Etapas de desenvolvimento embrionário. A embriologia compreende o estudo do desenvolvimento do embrião a partir da célula-ovo, ou zigoto, até a formação

Leia mais

EMBRIOLOGIA. Prof. Kauê Costa 2014

EMBRIOLOGIA. Prof. Kauê Costa 2014 EMBRIOLOGIA Prof. Kauê Costa kaue.costa@ymail.com 2014 Zigoto Ocorre variação na reserva nutricional (vitelo) dos zigotos de diferentes seres vivos. Clivagem É o nome que se dá à divisão, por mitose, do

Leia mais

01) [1,00 ponto] Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária.

01) [1,00 ponto] Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária. MOGI GUAÇU Pré-vestibular Ensino Médio Ensino Fundamental Educação Infantil Nome: 1ª Avaliação de Biologia - GABARITO Prof.: Chico 1º Ano E.M. Valor: 2º Trimestre 2015 10,0 Nº: Instruções para a prova:

Leia mais

Dra. Maria Izabel Gallão. Síntese de proteínas

Dra. Maria Izabel Gallão. Síntese de proteínas Síntese de proteínas DNA RNAm proteína - citoplasma 20 aa formar uma pt RNAt específico subunidades do ribossomos precarregada com fatores protéicos auxiliares. a síntese protéica começa quando todos estes

Leia mais

EMBRIOLOGIA. Prof. André Maia. Conceito. 1. Ovos Isolécitos

EMBRIOLOGIA. Prof. André Maia. Conceito. 1. Ovos Isolécitos EMBRIOLOGIA Prof. André Maia Conceito É a parte da Biologia que estuda os processos através dos quais se forma o embrião, a partir da célula ovo ou zigoto (embriogênese). Períodos de desenvolvimento Clivagem

Leia mais

Em Biologia, o desenvolvimento envolve diversos aspectos:

Em Biologia, o desenvolvimento envolve diversos aspectos: Embriologia A embriologia é a parte da Biologia que estuda o desenvolvimento dos embriões animais. Há grandes variações, visto que os animais invertebrados e vertebrados apresentam muitos diferentes aspectos

Leia mais

1) (FMSA-SP) Os fenômenos 1, 2 e 3 no esquema ao lado são respectivamente:

1) (FMSA-SP) Os fenômenos 1, 2 e 3 no esquema ao lado são respectivamente: 1) (FMSA-SP) Os fenômenos 1, 2 e 3 no esquema ao lado são respectivamente: a) tradução, transcrição, duplicação b) duplicação, transcrição, tradução c) duplicação, tradução, transcrição d) tradução, duplicação,

Leia mais

Prof. João Carlos Setubal

Prof. João Carlos Setubal Prof. João Carlos Setubal QBQ 102 Aula 3 (biomol) Transcrição e tradução Replicação Dogma Central da Biologia Molecular Transcrição RNA mensageiro Usa Uracila ao invés de Timina Tradução de mrnas Ocorre

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO GABARITO DISCIPLINA: QUÍ. II/ BIO. II COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal, 1621 São João do Tauape/Fone/Fax: 3272-1295

Leia mais

Profº André Montillo

Profº André Montillo Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É um polímero, ou seja, uma longa cadeia de nucleotídeos. Estrutura Molecular dos Nucleotídeos: Os nucleotídeos são constituídos por 3 unidades: Bases

Leia mais

Gametogênese e Embriologia

Gametogênese e Embriologia Material de apoio para Aula ao Vivo 1. (Fuvest) Um pesquisador fez o seguinte desenho de uma célula observada ao microscópio óptico. Pode tratar-se de uma célula de a) ovário. b) sangue. c) linfa. d) medula

Leia mais

ANEXOS EMBRIONÁRIOS EMBRIOLOGIA

ANEXOS EMBRIONÁRIOS EMBRIOLOGIA ANEXOS EMBRIONÁRIOS EMBRIOLOGIA Embriologia A embriologia é a parte da Biologia que estuda o desenvolvimento dos embriões animais. Há grandes variações, visto que os animais invertebrados e vertebrados

Leia mais

IFSC Campus Lages. Transcrição. Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri

IFSC Campus Lages. Transcrição. Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri IFSC Campus Lages Transcrição Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri RNA - estrutura Semelhante ao DNA, com ribose como glicídio e uracila como base nitrogenada, no lugar da timina do DNA. RNA é unifilamentar

Leia mais

Lista de Exercícios. Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto 3 Ano Disciplina: Ciências da Natureza - Biologia. Pré Universitário Uni-Anhanguera

Lista de Exercícios. Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto 3 Ano Disciplina: Ciências da Natureza - Biologia. Pré Universitário Uni-Anhanguera Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 3 Ano Disciplina: Ciências da Natureza - Biologia Pré Universitário Uni-Anhanguera 1 1) (UFES-ES) O modelo abaixo representa a configuração

Leia mais

Embriogênese. Natália A. Paludetto

Embriogênese. Natália A. Paludetto Embriogênese Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese Após fusão dos núcleos durante a fecundação, formase uma célula ovo ou zigoto. Zigoto primeira célula de um novo ser vivo (2n).

Leia mais

Regulação da expressão gênica em Procariotos. John Wiley & Sons, Inc.

Regulação da expressão gênica em Procariotos. John Wiley & Sons, Inc. Regulação da expressão gênica em Procariotos Cada célula tem todos os genes, mas em um tecido apenas parte deles está ativa REGULAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA Diferenciação celular: diferentes tipos celulares

Leia mais

Exercícios de Embriogênese e Anexos

Exercícios de Embriogênese e Anexos Exercícios de Embriogênese e Anexos Material de apoio do Extensivo 1. (VUNESP) Uma senhora deu à luz dois gêmeos de sexos diferentes. O marido, muito curioso, deseja saber informações sobre o desenvolvimento

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE BIOLOGIA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE BIOLOGIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE BIOLOGIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: Nota: Professor(a): Regina Volpato e Gabriela Valor da Prova: 65 pontos Orientações

Leia mais

MONERA A PROTISTA B EUCARIOTA D PLURICELULAR F HETERÓTROFA H

MONERA A PROTISTA B EUCARIOTA D PLURICELULAR F HETERÓTROFA H 21 b REINO MONERA A PROTISTA B TIPO DE CÉLULA PROCARIOTA C EUCARIOTA D ORGANIZAÇÃO UNICELULAR E PLURICELULAR F NUTRIÇÃO AUTÓTROFA G HETERÓTROFA H Observando o quadro acima, considere as afirmações I, II,

Leia mais

PROF: L. CLAUDIO BIOLOGIA

PROF: L. CLAUDIO BIOLOGIA NOME: 1ºANO- EXERCICIOS DE RECUPERAÇÃO PROF: L. CLAUDIO BIOLOGIA 1. (G2) Quais são as duas propriedades fundamentais do DNA que permitem a essa substância desempenhar o papel de material genético? 2. (G2)

Leia mais

Nome do aluno Nº 10º CTEC

Nome do aluno Nº 10º CTEC A g r u p a m e n t o d e E s c o l a s A n t ó n i o S é r g i o - V. N. G a i a E S C O L A S E C U N D Á R I A A N T Ó N I O S É R G I O TESTE ESCRITO 10º ANO - Biologia e Geologia - MÓDULO 2 (dois)

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA AVALIAÇÃO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA AVALIAÇÃO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA AVALIAÇÃO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 Aluno: Ano:2016 Série: 1ºAno Data : Matéria: Biologia Turno:

Leia mais

A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica

A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica BG 11 EPM 14/15 A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica como Verdadeira (V) ou Falsa (F) cada

Leia mais

Síntese de RNA e Proteínas

Síntese de RNA e Proteínas Síntese de RNA e Proteínas BCM I T.04 Transcrição e tradução são os meios da célula expressar as instruções génicas o fluxo de informação genética é do DNA para o RNA para as Proteínas Os genes podem ser

Leia mais

Resoluções das atividades

Resoluções das atividades Resoluções das atividades Aula 8 Ácidos nucleicos Atividades para sala 01 D 02 B No DNA, ocorrem duas fitas de polinucleotídios. As duas fitas são unidas por pontes de hidrogênio estabelecidas entre os

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: Ciências Série: 2ª Professor (a): SUELI COSTA Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Enunciado de Prova Escrita de Avaliação Sumativa

Enunciado de Prova Escrita de Avaliação Sumativa Enunciado de Prova Escrita de Avaliação Sumativa Ano Lectivo: 2007/200 Disciplina: Biologia e Geologia (ano 2) Ano: 11º Turma: CT Curso: C.H. - C.T. Duração: 0 min. Data: 31 / /2007 Docente: Catarina Reis

Leia mais

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas Professora Débora Biologia Filo Poríferos Esponjas Filo Poríferos Características São todas

Leia mais

UERJ 2016 e Hormônios Vegetais

UERJ 2016 e Hormônios Vegetais UERJ 2016 e Hormônios Vegetais Material de Apoio para Monitoria 1. O ciclo de Krebs, que ocorre no interior das mitocôndrias, é um conjunto de reações químicas aeróbias fundamental no processo de produção

Leia mais

BIOLOGIA MÓDULO I do PISM (triênio )

BIOLOGIA MÓDULO I do PISM (triênio ) BIOLOGIA MÓDULO I do PISM (triênio 005-007) QUESTÕES OBJETIVAS 0. O esquema ao lado representa a síntese protéica realizada Ribossomo por polirribossomos livres de uma célula eucariota. RNAm Polirribossomo

Leia mais

CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO

CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO Desenvolvimento animal Indirecto - Metamorfoses Directo Forma definitiva - ovo - fase embrionária - fase juvenil - fase adulta ou de maturidade Transformações no desenvolvimento

Leia mais

14/02/2017. Genética. Professora Catarina

14/02/2017. Genética. Professora Catarina 14/02/2017 Genética Professora Catarina 1 A espécie humana Ácidos nucleicos Tipos DNA ácido desoxirribonucleico RNA ácido ribonucleico São formados pela união de nucleotídeos. 2 Composição dos nucleotídeos

Leia mais

QUESTÕES DE REVISÃO PARA EXAME DE BIOLOGIA - 1º ANO

QUESTÕES DE REVISÃO PARA EXAME DE BIOLOGIA - 1º ANO QUESTÕES DE REVISÃO PARA EXAME DE BIOLOGIA - 1º ANO 1- Muitas pessoas não sabem diferenciar corretamente o que é um ser vivo de um ser não vivo, entretanto, os organismos vivos apresentam características

Leia mais

A Química da Vida. As substâncias que constituem os corpos dos seres vivos possuem em sua constituição entre 75-85% de água. Ou seja, cerca de 80% do

A Química da Vida. As substâncias que constituem os corpos dos seres vivos possuem em sua constituição entre 75-85% de água. Ou seja, cerca de 80% do A Química da Vida. A Química da Vida. As substâncias que constituem os corpos dos seres vivos possuem em sua constituição entre 75-85% de água. Ou seja, cerca de 80% do corpo de um ser vivo é composto

Leia mais

IFSC Campus Lages. Tradução. Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri

IFSC Campus Lages. Tradução. Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri IFSC Campus Lages Tradução Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri Relação DNA RNA Proteína Estrutura das proteínas Gene - Proteína Hipótese Gene - Proteina Os genes são responsáveis pelo funcionamento

Leia mais

Professoras responsáveis Profa. Dra. Maria Tercília. Vilela de Azeredo Oliveira

Professoras responsáveis Profa. Dra. Maria Tercília. Vilela de Azeredo Oliveira Professoras responsáveis veis: : Profa. MSc.. Rosana Silistino de Souza Pós Graduanda: : Bruna Victorasso Jardim Profa. Dra. Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira Nosso organismo é composto por células

Leia mais

Vírus, um grupo a parte.

Vírus, um grupo a parte. Vírus, um grupo a parte. Vírus, um grupo a parte. Estrutura típica de um vírus: 01)Observe a figura a seguir, onde está representado, esquematicamente, o vírus HIV e analise as proposições quanto à sua

Leia mais

Núcleo. Vera Andrade Robert Brown (1833) descreveu o núcleo celular

Núcleo. Vera Andrade  Robert Brown (1833) descreveu o núcleo celular Vera Andrade http://histologiavvargas.wordpress.com/ Núcleo Robert Brown (1833) descreveu o núcleo celular Nux (grego) = semente, por ser considerado tão importante para a célula quanto a semente é para

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 9º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 9º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 9º ALUNO(a): Lista No Anhanguera você é + Enem Questão 01) As trocas gasosas nos anelídeos ocorrem através de: a) Brânquias ou epiderme b) Brânquias ou pulmões

Leia mais

Introdução à Biologia. Profª Laís F. O.

Introdução à Biologia. Profª Laís F. O. Introdução à Biologia Profª Laís F. O. SERES VIVOS Organização celular Composição química Reprodução Metabolismo Hereditariedade Adaptação ao meio Variabilidade Excitabilidade... BIOLOGIA CITOLOGIA HISTOLOGIA

Leia mais

Armazenamento da informação genética

Armazenamento da informação genética Universidade Federal do Pampa Curso de Nutrição Biologia celular e molecular Armazenamento da informação genética Profª Ms. Vanessa Retamoso Prof Ms. Vanessa Retamoso NÚCLEO INTERFÁSICO: é o núcleo da

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 3º EM Biologia A Marli / Pedro Av. Mensal 04/06/14 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO Disciplina de BIOLOGIA E GEOLOGIA 11º ano 1º Teste Formativo 11º A TEMA: DNA e Síntese de Proteínas 45 minutos 21 de Outubro de 2011 Nome: Nº Classificação: _,

Leia mais

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL

EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: Nº Professora: Marcella Braga COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

Introdução à Bioquímica

Introdução à Bioquímica Introdução à Bioquímica Nucleotídeos e Ácidos Nucléicos Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP São José do Rio Preto - SP. Genoma! O genoma de um organismo

Leia mais

ECHINODERMATA QUEM SÃO: 14/02/2014. Pycnopodia. CLASSE: CRINOIDEA (Lírio-do-mar) Labidiaster radious

ECHINODERMATA QUEM SÃO: 14/02/2014. Pycnopodia. CLASSE: CRINOIDEA (Lírio-do-mar) Labidiaster radious ECHINODERMATA CLASSE: ASTEROIDEA (Estrela-do-mar) QUEM SÃO: Labidiaster radious CLASSE: ECHINOIDEA (Ouriço-do-mar e Bolacha-do-mar) Pycnopodia CLASSE: CRINOIDEA (Lírio-do-mar) Antedon bifida 1 CLASSE:

Leia mais

Biologia. Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri) Citologia

Biologia. Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri) Citologia Citologia Citologia 1. pois é um componente importante ao organismo. Porém, o aumento das partículas LDL (lipoproteína de baixa densidade), que transportam o colesterol no plasma sanguíneo, leva à formação

Leia mais

Prof. Dorival Filho Zoologia

Prof. Dorival Filho Zoologia EMBRIOLOGIA Qual a vantagem de haver um terceiro folheto embrionário? A partir de um terceiro folheto, novos tecidos podem se formar, como mostra a tabela abaixo. Portanto, um animal triblástico possuirá

Leia mais

Lista de Exercícios (BIO-LEO)

Lista de Exercícios (BIO-LEO) Lista de Exercícios (BIO-LEO) 1. As principais substâncias que compõem o sêmen humano são enzimas, ácido cítrico, íons (cálcio, zinco, e magnésio), frutose, ácido ascórbico e prostaglandinas, essas últimas

Leia mais

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti MAMÍFEROS Capítulo 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS MAMÍFEROS Aquáticos: Habitat: Mamíferos podem ser terrestres: Único mamífero que voa: Pelos Estratificada

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de Agosto) Curso Geral e Curso Tecnológico de Química Agrupamento 1 PROVA 102/12 Págs. Duração da prova: 120

Leia mais

Aulas Multimídias Santa Cecília. Profa. Renata Coelho

Aulas Multimídias Santa Cecília. Profa. Renata Coelho Aulas Multimídias Santa Cecília Profa. Renata Coelho Duplicação, transcrição e tradução DNA Modelo de Watson e Crick, proposto em 2 de abril de 1953: DNA é formado por 2 fitas (dupla hélice) Cada filamento

Leia mais

Para nossa conveniência, esta aula mistura as seguintes aulas do nosso material de revisão:

Para nossa conveniência, esta aula mistura as seguintes aulas do nosso material de revisão: Aula Mix Para nossa conveniência, esta aula mistura as seguintes aulas do nosso material de revisão: Sistemática e classificação biológica: caderno 2, pgs 8 a 13; Desenvolvimento dos animais: caderno complementar.

Leia mais

ESTUDO SOBRE AS CÉLULAS E SUAS ORGANELAS

ESTUDO SOBRE AS CÉLULAS E SUAS ORGANELAS ESTUDO SOBRE AS CÉLULAS E SUAS ORGANELAS Entendemos que uma célula é a menor unidade estrutural e funcional básica do ser vivo, sendo considerada a menor porção de uma matéria viva. Segundo a Teoria Celular,

Leia mais

Tema 06: Organelas Membranosas

Tema 06: Organelas Membranosas Universidade Federal do Amazonas ICB Dep. Morfologia Disciplina: Biologia Celular Aulas Teóricas Tema 06: Organelas Membranosas Prof: Dr. Cleverson Agner Ramos Organelas Membranosas Sistema de Endomembranas

Leia mais

Introdução à Bioquímica Celular

Introdução à Bioquímica Celular Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Introdução à Bioquímica Celular Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves mackswendhell@gmail.com O que é Biologia Celular? É o ramo da ciência

Leia mais

Sistemas de controle da transcrição gênica. Procariotos

Sistemas de controle da transcrição gênica. Procariotos Sistemas de controle da transcrição gênica Procariotos Controle Positivo e Negativo: Há dois tipos de controle transcricional: Controle negativo: no qual uma proteína reguladora atua como um repressor

Leia mais

Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução

Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução 1. A figura representa os sistemas digestivos

Leia mais

Resolução de Provas Específicas de Biologia (Aula 2)

Resolução de Provas Específicas de Biologia (Aula 2) Resolução de Provas Específicas de Biologia (Aula 2) Resolução de Provas Específicas de Biologia (Aula 2) Biologia 1. (UFSC) A fim de melhor compreender aspectos da fisiologia vegetal, um biólogo resolveu

Leia mais

Biologia. Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri) Citologia

Biologia. Alexandre Bandeira (Rebeca Khouri) Citologia Citologia Citologia 1. (UNESP) Em cada um dos gráficos A e B, há três curvas, porém apenas uma delas, em cada gráfico, representa corretamente o fenômeno estudado. No gráfico A, o fenômeno estudado é a

Leia mais

CITOLOGIA. kytos = célula logos = estudo) Unidade morfológica e funcional dos seres vivos

CITOLOGIA. kytos = célula logos = estudo) Unidade morfológica e funcional dos seres vivos Luci Freitas CITOLOGIA kytos = célula logos = estudo) Unidade morfológica e funcional dos seres vivos Tamanho das células Glóbulo vermelho na ponta de uma agulha Embrião humano na ponta de uma agulha Neste

Leia mais

Roteiro de Estudos para Avaliação Trimestral. 3ª Série E.M. - 1º Trimestre. Biologia - Prof. Paulo O. Borges.

Roteiro de Estudos para Avaliação Trimestral. 3ª Série E.M. - 1º Trimestre. Biologia - Prof. Paulo O. Borges. Roteiro de Estudos para Avaliação Trimestral 3ª Série E.M. - 1º Trimestre Biologia - Prof. Paulo O. Borges. O QUE ESTUDAR: Unidade 2 - Morfologia e anatomia vegetal; Capítulos 22 e 23 - invertebrados e

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Atividade

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Atividade GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º ALUNO(a): Atividade No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Biologia Prof. Edgard Manfrim

Biologia Prof. Edgard Manfrim Metabolismo Celular conjunto de reações químicas que ocorrem no organismo. Energia Reagentes Produtos Metabolismo Celular A energia necessária para a realização de reações químicas do organismo vem da

Leia mais

CITOLOGIA 8º ano Prof. Graziela Grazziotin Costa

CITOLOGIA 8º ano Prof. Graziela Grazziotin Costa CITOLOGIA 8º ano - 2017 Prof. Graziela Grazziotin Costa 1 Célula o Partes básicas: a) Membrana plasmática b) Citoplasma c) Núcleo 2 Célula o Menor porção viva de um organismo. o Eucarioto: presença de

Leia mais

PROVA ESCRITA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS

PROVA ESCRITA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA Instituto Politécnico de Coimbra 2015 PROVA ESCRITA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS DATA 27/04/2015 HORA 10.00H - 12.00H

Leia mais

Escola Secundária Anselmo de Andrtade Biologia e Geologia de 10º Ano

Escola Secundária Anselmo de Andrtade Biologia e Geologia de 10º Ano Escola Secundária Anselmo de Andrtade Biologia e Geologia de 10º Ano 1. A figura evidencia o sistema respiratório humano. 8 bronquíolos. 7 diafragma. 4 pulmão. 2. Os produtos finais da fermentação alcoólica

Leia mais

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Teste de avaliação Nome ----------------------------------------------------------------------- Numero -------------------------------

Leia mais

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo Prof. Msc. Cleysyvan Macedo PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS VÍRUS: Não possui estruturas celulares (membrana plasmática, citoplasma, etc.). São formado basicamente por uma cápsula protéica denominada capsômero

Leia mais

Núcleo celular: O centro de comando. Unidade 4 Pág 34

Núcleo celular: O centro de comando. Unidade 4 Pág 34 Núcleo celular: O centro de comando. Unidade 4 Pág 34 NÚCLEO O núcleo é o centro de coordenação das atividades da célula. Em geral há um núcleo por célula; células sem núcleo são apenas uma fase da vida;

Leia mais

Anabolismo Nuclear e Divisão Celular

Anabolismo Nuclear e Divisão Celular 1. (UFRN) Uma proteína X codificada pelo gene Xp é sintetizada nos ribossomos, a partir de um RNAm. Para que a síntese aconteça, é necessário que ocorram, no núcleo e no citoplasma, respectivamente, as

Leia mais

5º Teste Sumativo (60 minutos)

5º Teste Sumativo (60 minutos) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO 5º Teste Sumativo (60 minutos) DISCIPLINA DE BIOLOGIA E GEOLOGIA 10º Ano - Turma A TEMA : Componente de Biologia Diversidade na biosfera e obtenção de matéria pelos

Leia mais

A tabela resumida do código genético mostra alguns códons e seus aminoácidos correspondentes.

A tabela resumida do código genético mostra alguns códons e seus aminoácidos correspondentes. SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 1ª Série

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Mário Neto. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Mário Neto. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: Mário Neto DISCIPLINA: Ciências da natureza SÉRIE: 7º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

CITOLOGIA II (UECE/ENEM)

CITOLOGIA II (UECE/ENEM) CITOLOGIA II (UECE/ENEM) A célula bacteriana Nucleóide http://recursostic.educacion.es/ciencias/biosfera/web/alumno/1bachillerato/organizacion_sv/imagenes/bacteria_letreros.jpg Procariontes x Eucariontes

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Recuperação 1º Semestre

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Recuperação 1º Semestre GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 2º ALUNO(a): Recuperação 1º Semestre No Anhanguera você é + Enem O trabalho deve ser entregue em folha de papel almaço. Com capa e organizado.

Leia mais

ESTRUTURA E FUNÇÃO DOS GENES E CROMOSSOMOS

ESTRUTURA E FUNÇÃO DOS GENES E CROMOSSOMOS Faculdade Ciência da Vida Disciplina: Genética Básica Aula 2 ESTRUTURA E FUNÇÃO DOS GENES E CROMOSSOMOS PROFESSORA: Fernanda Guimarães E-MAIL: guimaraes.biologia@gmail.com NÚCLEO Abriga do material genético

Leia mais

BIOLOGIA CELULAR. Organelas celulares ORGANELAS CELULARES

BIOLOGIA CELULAR. Organelas celulares ORGANELAS CELULARES BIOLOGIA CELULAR ORGANELAS CELULARES Organelas celulares Núcleo; Retículo endoplasmático; Ribossomos; Complexo de Golgi; Endossomos; Lisossomos; Peroxissomos; Citoesqueleto; Mitocôndrias. 2 1 Retículo

Leia mais

Estes animais costumam estar presentes no dia-a-dia dos seres humanos:

Estes animais costumam estar presentes no dia-a-dia dos seres humanos: PROVA DE BIOLOGIA 1 QUESTÃO 01 Estes animais costumam estar presentes no dia-a-dia dos seres humanos: Considerando-se esse conjunto de animais, é CORRETO afirmar que todos eles A) pertencem à classe Insecta.

Leia mais